Page 1

BOYCAM


APRESENTAÇÃO

O curta metragem BOYCAM está sendo realizado por cineastas independentes potiguares, com recursos próprios. A intenção dos realizadores é viabilizar o projeto com a mais elevada qualidade artística e técnica possível, no menor prazo, para que o curta chegue rapidamente ao público nas variadas janelas de exibição disponíveis. Surgido a partir do argumento ficcional proposto pelo realizador Rodrigo Sena, o projeto conta também com os realizadores Ernani Silveira e Arlindo Bezerra que juntos desenvolveram o roteiro do filme, ao qual tem BOYCAM como personagem principal. A partir disso, foi decidido que os três assinariam a direção artística do projeto, em uma metodologia de trabalho horizontalizada que permite a divisão das responsabilidades envolvidas, ao mesmo tempo que admite a permeabilidade da visão criativa dos três diretores. Ainda na fase de pré-produção o projeto recebeu apoio da ABOCA Audiovisual que acolheu o projeto, desenvolvendo a seleção de elenco, visita e escolha de locações, bem como acionou uma rede de colaboradores que passaram a compor os departamentos necessários para realização do filme. Esses profissionais integraram o projeto independente de qualquer retorno remunerado. No decorrer da etapa de produção, as gravações foram realizadas ao longo de 9 (nove) diárias nos meses de junho, julho e agosto de 2018.

Com o material captado, um primeiro corte foi montado por um dos diretores, porém, é preciso um olhar externo para lapidar melhor a história do filme.


CONTEXTO DA HISTÓRIA

A indústria das sexcams, é um dos setores da pornografia que mais crescem no mundo. Na vida contemporânea as relações pessoais estatisticamente diminuíram e os encontros virtuais aumentaram. O desemprego crescente se espalha pelo globo, desencadeando uma corrida em busca de alternativas que se adequem ao mundo do mercado de trabalho digital. Cada vez mais são reinventadas novas ou antigas profissões.


SINOPSE

Alexandre faz apresentações em um site adulto para ganhar a vida, ao mesmo tempo precisa se desdobrar em meio a uma relação de responsabilidade com sua filha pequena e as diversas outras relações humanas que construiu ao longo dos tempos. Em um canto do seu quarto há uma ampla tela de computador, uma câmera, luzes e diversos objetos. Pessoas podem ver Alexandre, um BOYCAM de profissão que fica online em tempo real. Ele só ganha dinheiro quando um usuário solicita uma sessão privada via webcam. Mas o que acontece na sessão privada? Os clientes aficcionados pelas apresentações sabem bem. Para Alexandre o mais importante é manter o cliente pagante online pelo maior tempo possível.


ABORDAGEM DO FILME

O curta metragem BOYCAM adentra no cotidiano de Alexandre, profissional do sexo virtual. Com 33 anos de idade, ele já conquistou um leque de clientes pela internet que lhe garantem boa remuneração mensal. Alexandre é bom no que faz, oferece aos parceiros virtuais a possibilidade de realizar suas fantasias sexuais na frente da webcam. Desconectado desse mundo, Alexandre se dedica com esmero a Ana Laura, filha querida que aos sete anos já demonstra ter herdado do pai a aptidão musical e a facilidade de interlocução digital. Perfeccionista, ele atende aos caprichos da filha com a mesma disposição que dispensa aos clientes virtuais. A seriedade no cumprimento das obrigações domésticas e profissionais é reforçada diante do compromisso que assumiu no culto religioso que frequenta semanalmente. Nessa dimensão espiritual, Alexandre encontrou acolhimento independente de qualquer julgamento, podendo exercer sua sexualidade desvinculada das pressões morais que costumam ser seguidas tanto mundo físico como no virtual. Os diferentes personagens encarnados por Alexandre para atender seus clientes na frente da câmera convergem para uma relação conflituosa e necessariamente complementar, vivida por ele do outro lado da câmera. Nos muitos papéis sociais que ele exerce ao longo do dia e da noite, Alexandre é consumido por essa jornada. Cai na cama exausto e dorme, sem tempo de pensar nessas facetas contraditórias que insistem em borrar as fronteiras do mundo real e virtual.


personagens ALEXANDRE - BOYCAM Personagem principal, Alexandre ganha a vida fazendo performances eróticas pela internet. Sempre usando máscaras, BOYCAM protege sua identidade em relação a seus clientes e evita levantar suspeitas de seus parentes próximos. Parte de sua rotina doméstica é dedicada à educação da fllha Ana Laura, a quem direciona grande carinho e respeito. A filha é fruto de um relacionamento antigo e mal sucedido, que não preenche mais seu sentimento, pois no culto religioso que frequenta Alexandre conheceu e se apaixonou por André, com quem mantém um firme namoro e pretende casar.

ANA LAURA - FILHA Do alto de seus 7 anos, Ana Laura é uma garota ativa que adora tecnologia e Rock’nRoll. Há dois anos convenceu o pai comprar uma bateria, mas não consegue convencê-lo a deixá-la dormir até tarde, para não chegar atrasada na aula de matemática. Não entende como seu pai, que na maioria das vezes é seu grande herói, repentinamente se transforma num grande chato.


LUCIANA - MÃE DE ANA LAURA Luciana conheceu Alexandre em uma festa de Reveillon da loja de departamento em que trabalhavam. Mal imaginava que a paixão imprevista pelo colega de trabalho traria também um fruto imprevisto. O nascimento de Ana Laura permitiu um breve entendimento e aproximação entre os dois, mas logo ela percebeu que sua personalidade controladora era incompatível com espírito inconstante de Alexandre.


ANDRÉ - NAMORADO Quando André viu Alexandre no culto não teve dúvidas, era um sinal do Divino em sua vida. Os olhares se cruzaram entre o final de uma oração e o início da outra e o resto aconteceu pela lei natural dos homens e do Eterno. O amor de Alexandre lhe traz a segurança que precisa para enfrentar todos os desafios que a vida lhe impõe. Se Alexandre não se esquivasse, já estariam com data de casamento marcado há bastante tempo.


CLIENTES Alexandre atende a um público bastante variado. As sessões privadas são solicitadas por internautas de diferentes classes sociais, idades e preferências sexuais. Em comum, eles têm admiração pelo trabalho de Alexandre e dinheiro em conta para gastar. BOYCAM parece antecipar os desejos dos seus interlocutores antes de começarem a teclar. O romantismo de um jantar a luz de velas com olhar sedutor, pode ser repentinamente rompido para dar lugar a um masoquista agressivo e extravagante, sendo depois convertido em uma relação primitiva e animalesca, que volta a permitir toda a delicadeza possível no universo insaciável dos clientes de BOYCAM.


FICHA TÉCNICA PRODUÇÃO ABOCA Audiovisual e Ori Audiovisual

ELENCO Ênio Cavalcante, Aurora Cavalcante, Giovanna Araújo, Wallace Santos, Paulo LimaFirmino, Rogério Ferraz, Nara Kelly, Alex Cordeiro, Francisco Julio Xavier, Múcia Teixeira, Beto Morais, Marcílio Amorim, Vânia Maria. DIREÇÃO E ROTEIRO Arlindo Bezerra, Ernani Silveira e Rodrigo Sena ASSISTENTE DE DIREÇÃO Manoel Batista DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA Rodrigo Sena SOM DIRETO Herison Pedro DIREÇÃO DE ARTE Vitoria Ventura DIREÇÃO DE PRODUÇÃO Arlindo Bezerra ASSISTENTE DE PRODUÇÃO Cláudio Henrique DESIGN Werban Freitas


BOYCAM


Prospecto_BOY CAM  

Projeto de filme da ABOCA Audiovisual #boycam

Prospecto_BOY CAM  

Projeto de filme da ABOCA Audiovisual #boycam

Advertisement