ABFamiliar // Newsletter Nº 5

Page 1

Bolsas de Estudo Caixa Económica do Porto

Universidade Sénior Saúde Seguros Poupanças Subsídios Turismo Funerária

Promovemos qualidade de vida www.abfamiliar.pt

Newsletter nº 5


Junho 2020

Nesta

Edição

03 Porta Solidária Por Pe Rubens Marques

04 Caixa Económica do Porto Por José Ferraz Alves

05 Seguros ABFamiliar Por Elisabete Lemos

06 Desconfinar em Segurança Comunicação ABF

07 Neste mês que passou... ABFamiliar Online

08 Parceiro em destaque AFF-Material Fotográfico,


ABFAMILIAR PARTILHA...

Porta Solidária

“A alegria de quem recebe é a felicidade de quem dá” Por Pe Rubens Marques Contornando a Igreja da Senhora da Conceição, na Praça do Marquês do Pombal, há gente em fila; vão mantendo algum distanciamento, segundo as normas sanitárias e os rostos, embora parcialmente escondidos pelas máscaras, revelam alguns olhares distantes ou tristes; são ainda, só, 5 horas da tarde… As pessoas que se dirigem à Porta Solidária sabem que ali encontram, todos os dias da semana, uma refeição quente (com sopa e prato principal), bem como sandes, fruta, bolos e iogurtes para matar a fome durante o resto do dia. Tudo o que levam é dádiva de outros; de muitos outros – famílias, empresas, instituições - que descobriram que “há maior alegria em dar do que em receber”, mesmo se o que podem dar nem sempre é muito… Os milagres acontecem, em cada jornada, com a soma de grandes generosidades e de muitas “migalhas”! Tudo é preparado por mãos de voluntários, que cozinham, preparam, embalam e entregam a comida; mas essas mãos trabalham ao ritmo do coração, sabendo que, hoje, são aqueles outros que precisam, mas … não nos ensinou este tempo de confinamento que somos todos necessitados uns dos outros e que, afinal, estamos no mesmo barco perante as vicissitudes da vida? A pandemia que está a abalar o mundo inteiro em 2020, não provocou só doença, medo e mortes; a Covid-19 teve rapidamente consequências graves na economia dos países e, bem concreta e dolorosamente, na vida das pessoas e famílias: lay off, despedimentos, encerramento de negócios e atividades por conta própria, reduziram os rendimentos mensais, deixando mesmo muita gente desprovida de recursos.

A Porta Solidária já existe há 11 anos: o seu serviço iniciou-se em fevereiro de 2009, quando uma outra crise social atingiu o nosso país, juntando boas vontades e trabalhando em sinergia com outras entidades particulares (como o Hospital de Santa Maria, o Colégio de Nossa Sra. da Paz, o Centro de Caridade Nossa Sra. do Perpétuo Socorro, a ESSE Paula Frassinetti e a Esc. de Enfermagem da UCP); foi inicialmente pensada pela comunidade paroquial, impelida pelo desafio de Cristo “dai-lhes vós mesmos de comer”, para atender cerca de 40 pessoas, mas bem depressa viu a demanda atingir as 200 refeições. Em março do corrente ano, quando foi decretado o estado

Newsletter nº 05 // Junho de 2020

de emergência, os números estavam à volta de 150, mas dispararam em flecha, ultrapassando os 300, os 400 e abeirando-se mesmo, rapidamente, da meia centena diária! Na nossa “Porta” não se fazem inscrições, não se exige declaração de rendimentos, não se questiona a forma de viver: há gente que vive na rua, outros que habitam em quartos sem condições e sem serventia de cozinha, idosos, mas também jovens que trabalhavam na restauração ou em empregos sem contrato… Antes da pandemia, as refeições serviam-se à mesa, sentados, o que proporcionava a hipótese da conversa, de que tantos, na sua grande solidão, têm fome também. Agora, aos alimentos são entregues embalados, em kits, em regime de takeaway; mesmo assim, há caras conhecidas que sorriem, ajudas e encaminhamentos realizados, nomes que se saúdam como velhos amigos… Os números dão ideia da dimensão da tarefa: só entre 12 de março e 4 de junho, foram servidas 30094 refeições, sendo que 1037 se destinaram a crianças; e isto, mesmo apesar de que numerosas famílias, resguardando os seus filhos têm, em alternativa, levado um cabaz de bens alimentares para cozinhar em sua casa. O projeto da Porta Solidária fez a diferença na vida de muitas pessoas e em alguns casos, foi mesmo trampolim para vidas novas; agora, faz o que está ao seu alcance para impedir a epidemia da fome, permanecendo a trabalhar quando falharam outros apoios habituais na cidade para os pobres e para os sem-abrigo. Todos desejamos que a situação seja passageira, que a economia nacional e o tecido empresarial se reergam depois da crise, que o desemprego diminua, que a ajuda alimentar seja cada vez menos necessária … Entretanto, a Porta Solidária apela aos que possam ajudar, com bens alimentares, donativos ou tempo de voluntariado, porque não podemos esconder a cabeça debaixo da areia: o outro, o que precisa e pede, é nosso irmão!

I

+Info: www.facebook.com/ParoquiaSenhoradaConceicao

3


ABFAMILIAR INFORMA...

Caixa Económica do Porto

“Um caminho novo para a atividade da Banca” Por José Ferraz Alves Fruto da crise financeira vivida na última década, os Bancos têm sido vistos como causadores e agravadores de problemas sociais. Porque não passar a vê-los como um instrumento para a resolução de alguns problemas sociais, nomeadamente os que concernem a dificuldades financeiras das famílias e empresas? Acima de tudo, podem surgir novos negócios para a Banca, com retorno financeiro e crescimento de clientes, se esta souber construir os seus produtos financeiros a partir de novos objetivos de atividades e pela busca de soluções para a concretização de pedidos de apoio financeiro pelos seus clientes. A inovação da atividade bancária tem assente sobretudo na introdução de tecnologia na comunicação com os seus clientes, sendo quase inexistente ao nível da criação de novos produtos financeiros. Mas a identificação de problemas, com o intuito de os resolver, tem sido precisamente, ao longo da História, o grande motor para a construções de soluções mais avançadas e inovadoras. Ajudar os mais frágeis, pelo desafio que acarreta em termos de busca de soluções sustentáveis, é um dos focos de que as empresas mais necessitam para os seus desafios de inovação e mudança. Por exemplo, a criação do microcrédito, que está na base da consolidação de um Banco inovador, o Grameen Bank no Bangladesh, foi uma resposta à perceção das dificuldades financeiras de mulheres trabalhadoras em artesanato com os seus credores de matérias-primas, que acabavam por explorar o seu trabalho e por conduzi-las a uma vida de escravidão. A procura de uma solução para esse sofrimento, por parte de Muhammad Yunus, deu origem a uma primeira grande revolução na atividade financeira contemporânea. É necessário assumir que o combate a todo o tipo de exclusões e problemas sociais se deve fazer, preferencialmente, pela capacitação das pessoas afetadas, em detrimento das políticas de caridade, que se esgotam nessa ação imediata. Muitas vezes essa capacitação das pessoas mais frágeis passa simplesmente por lhe aumentar os rendimentos líquidos mensais.

Ao longo de três décadas de trabalho na Banca, vivemse imensas situações novas que são apresentadas para análise de financiamento e que ficam sem resposta, por o esquema tradicional dos produtos financeiros pré-formatados não as conseguir enquadrar. Torna-se difícil de operacionalizar, e fazer aprovar superiormente, todo um conjunto de soluções novas e a feitio para as situações distintas que são apresentadas. Muito menos é pensada e sugerida uma via alternativa para a resolução destas situações, não se vendo essas soluções a propor como fatores proporcionadores de mudança de paradigmas de funcionamento de determinados setores de atividades. Este é o primeiro desafio prático no domínio da responsabilidade social, e que consiste em procurar uma solução alternativa que se aconselhe ao cliente. É importante saber adotar uma postura de orientação a quem pede apoio, que se dê uma resposta a quem faz uma pergunta. Será a Caixa Económica do Porto a única e última Instituição financeira capaz de trilhar este caminho? Poderão os profissionais deste setor passar a estar imbuídos, como sua prioridade, por um espírito de ajuda e de participação na concretização de sonhos de vida dos seus clientes, enquanto o fazem numa entidade sustentável financeira e economicamente?

Rua Formosa, 325 - 1º 4000-252 Porto 222 087 520 // geral@ceporto.pt https://www.ceporto.pt facebook.com/caixaeconomicaporto

As questões centrais estão na desmitificação de uma possível utopia que este novo paradigma de atividade bancária possa assumir, e em segundo, na caraterização da organização empresarial em que deverá assentar a implementação deste novo caminho para a Banca.

Newsletter nº 05 // Junho de 2020

4


ABFAMILIAR OFERECE...

Seguros ABF

“(...) no desemprego ou na reforma, o nosso objetivo é cuidar de si,” Por Elisabete Lemos Estimados(as) Leitores(as) Associados(as) Quantas vezes já se questionaram se o(s) seguro(s)/poupança(s) que têm atualmente são a solução ideal? Ambos(as) sabemos que não existem soluções ideais. Certamente que, com dedicação e zelo, nós, a ABFamiliar e o(a) associado(a) seremos capazes de encontrar a melhor solução para si e para os seus familiares. A mudança depende de si. A Secção de Seguros e Poupanças da ABFamiliar deu os seus primeiros passos em 2017 e desde então tem trabalhado a pensar em si, nos seus familiares e nos seus bens, no sentido de o ajudar a alcançar o que mais necessitam. Seja em casa ou no exterior, em trabalho ou em lazer, na saúde ou na doença, na proteção jovem, no desemprego ou na reforma, o nosso objetivo é cuidar de si, dos seus interesses e protegê-los em qualquer circunstância. Através da Mutuália – Federação Mutualista, da qual somos societários, disponibilizamos produtos financeiros e seguro de saúde mutualistas. Os produtos financeiros ajudam-no(a) a poupar no presente para desfrutar no futuro. Seja para os seus filhos ou netos, fundo de emergência para imprevistos, situação de desemprego ou reforma, garanta uma vida com mais tranquilidade e segurança. Pode subscrever uma poupança para si ou indicar alguém como beneficiário.

Newsletter nº 05 // Junho de 2020

O seguro de saúde MGEN protege os(as) associados(as) ao longo da vida. É um seguro com garantias únicas e diferenciadoras que o(a) protege em caso de alteração do estado de saúde e tratamento prolongado. É um seguro para todas as idades, sem limites na adesão ou permanência, sem exclusão de doenças graves, raras, preexistentes ou por malformação congénita e sem necessidade de preencher questionário médico à data da subscrição da apólice. Os períodos de carência são mais reduzidos bem como cobre pandemias e epidemias. No sentido de alargar os benefícios aos nossos(as) associados(as), a ABFamiliar estabeleceu um Protocolo com a Frontside – Mediadora de Seguros, para possibilitar aos nossos(as) associados(as) a obtenção de seguros automóveis abaixo da média de mercado. Entretanto e, de forma a colmatar a solicitação dos(as) nossos(as) associados(as), o leque de seguros foi alargado para as vertentes multirriscos, empregada doméstica, acidentes pessoais e de grupo, animais domésticos e responsabilidade civil familiar. Aproveite os benefícios da ABFamiliar como nunca e colha as vantagens como sempre. Fique atento aos próximos artigos para conhecer mais em pormenor as particularidades dos seguros e das poupanças. Voltamos em breve. Saudações mutualistas.

5


ABFAMILIAR CONVOCA...

Newsletter nยบ 05 // Junho de 2020

6


ABFAMILIAR ALERTA...

Desconfinar em segurança Nesta fase de desconfinamento é importante esclarecer dúvidas em relação ao uso de Máscara. Partilhamos consigo algumas informações uteis.

Newsletter nº 05 // Junho de 2020

7


ABFAMILIAR ONLINE...

Neste mês que passou... Acompanhou as nossas redes sociais? Partilhamos consigo alguns dos vídeos que realizamos neste ultimo mês. ESTAMOS NO INSTAGRAM!

AULA DE U.S. EM DESTAQUE...

A partir de agora já nos pode seguir no Instagram! Fique a par de todas as novidade da sua Associação!

O professor Pedro Cerqueiraexplica como utilizar o programa Zoom, que faz com que seja possível mantermos aulas.

PROFESSORES DA UNIVERSIDADE SÉNIOR

GRUPO DE FADOS DO ISEP

Testemunhos dos professores da nossa Universidade Atuação da musica “Invicta Academia”. Sénior, que nos contaram o que aproveitaram para fazer durante o período de isolamento social.

Newsletter nº 05 // Junho de 2020

8


ABFAMILIAR PARCEIROS...

Parceiro em destaque

AFF- Material Fotografico, Lda

No passado dia 29 de Maio A Beneficência Familiar - ASM do Porto firmou parceria com a AFF- Material Fotografico, Lda. Com esta parceria os nossos associados poderão usufruir de 10% de desconto em impressão de fotografias. Consulte a loja online www.affloja.com e fique a par de mais vantagens

Casa da Guitarra muda de Instalações

A Casa da Guitarra deixou as instalações na praça Guilherme Gomes Fernandes, 98. Pode encontrar-nos no nosso espaço na Avenida Vímara Peres, 49, zona da Sé, junto à ponte Luís I. geral@casadaguitarra.pt // 222 010 033 | 938 278 213 | 964101291

Newsletter nº 05 // Junho de 2020

9


ABFAMILIAR SERVIÇOS...

Vantagens em ser associado Empréstimos sobre penhores Depósitos à ordem Depósitos a prazo

Ensino

A sabedoria não tem idade!

Caixa Económica do Porto

Universidade Sénior Bolsas de estudo para jovens

Médico ao Domicílio Clínica da Liga Porto e Gaia Farmácia da Liga ​Porto e Gaia Apoio ao domicilio

Nós cuidamos de si!

Seguros

Seguro de Saúde Mutualista ​Seguro Casa/Comércio Seguro Automóvel/Mota

A nossa proteção!

Mutuália 55+ Poupança Extra Protecção Jovem ​ omplemento de Desemprego C

Saúde

Poupanças

O seu futuro sem problemas.

Subsídios

Subsídio por morte dos subscritores Subsídio por morte dos cônjuges Subsídio por morte de filhos

Açores Madeira Astúrias e Picos da Europa Entre outras viagens.

Turismo

Descubra o mundo connosco!

Funerária

Serviços fúnebres ​Protocolos ​Apoio ao Luto

Assegure o futuro.

Ao seu lado em todos os momentos. Newsletter nº 05 // Junho de 2020

10


Centro de Cópias e Impressão

Bombeiros Voluntários Portuenses

Auto-Campanhã – reparação e comércio automóvel

FARMÁCIA OLIVEIRA

FARMÁCIA GESTAÇÔ

SAMUEL OLIVEIRA MASSAGISTA

SAPATARIA STYLE

CONTACTOS

HORÁRIO

Rua Formosa 325,1º 4000-252 Porto | Portugal

09h - 17h de 2ª a 6ª

E. geral@abfamiliar.pt

ATENDIMENTO FUNERÁRIO

Sem interrupção para almoço

Tel. 222 087 520 / 223 320 961

Tlm. 919 354 372

Tlm. 962 004 508

(Serviço Permanente 24 horas)

Newsletter nº 05 // Junho de 2020

11