Issuu on Google+

www.abcdmaior.com.br

LucIAnO vIcIOnI

Renato sobral, o babalu, é um dos ídolos do MMA, modalidade que tem crescido no AbcD. Em agosto, Ribeirão fará torneio regional. páG. 15

AnO 7 | nº 447 | 24 E 25 DE JuLhO DE 2012

E XEM pLaR gRatU i t o

Pressão alta leva quase 180 mil para a rede pública quase 180 mil moradores do ABCD cadastrados nas unidades Básicas de Saúde sofrem de pressão alta. O número corresponde a 6,8% da população regional. A cidade que mais atende hipertensos na rede pública de saúde é Diadema, com 71 mil pessoas cadastradas. páGinA 4

A DEscObERTA DO quE é cOMunIDADE

o Jardim São Jorge, bairro de São Bernardo, passa por transformações sociais e culturais a partir de ações comunitárias. os moradores, reunidos em associação para a qual estão construindo uma sede (foto), descobrem aos poucos o verdadeiro sentido da palavra comunidade. páGinA 6

LuCIANO vICIONI

E c OnOMIA

POL Í T I c A

Es P O R T Es

E u AbcD

REGião CRiA 5.810 VAGAS no SEmEStRE

CAndidAtoS dE mAuá ExpÕEm pRopoStAS

timE JAponÊS VAi ConHECER pRoJEto tiGRinHo

SEu VitoR, A VidA noS ACoRdES do Violão páG. 3

As empresas do ABCD criaram 5.810 empregos formais no semestre, de acordo com o Caged. O setor de serviços foi o que mais se destacou em contratações: 5.475 novas vagas. Na outra ponta, a indústria de transformação dispensou 4.584. páG.13

O ABCD MAIOR inicia nesta terça-feira (24/07) uma série de reportagens com as principais propostas dos candidatos às prefeituras da Região. A primeira é Mauá, onde os prefeituráveis apontam a saúde como prioridade. páGs. 8 e 9

A equipe sub-15 do time japonês Fukuyama Futebol Clube estará em são Bernardo a partir de 11 de agosto para um intercâmbio esportivo. Os garotos também terão contato com o projeto Tigrinho, do são Bernardo. páG. 16

MARISteLA RAINeRI


2 ABCDMAIOR | 17 e 18 de julho de 2012

opinião

17 e 18 de julho de 2012 | ABCDMAIOR

eu abcd

MARISTELA RAINERI / divulgação

Vitor Pampa se dedica ao violão profissionalmente desde 1955

EDITORIAL

O sal e os juros A matéria de capa desta edição (página 4) mostra a incidência da hipertensão na Região, onde quase 180 mil pessoas já foram cadastradas com a doença somente ao passar pela rede pública. Certamente o contingente é bem maior, visto que uma parcela de moradores das sete cidades se vale apenas de hospitais e clínicas particulares, principalmente os que utilizam os planos de saúde. De qualquer forma, o poder público precisa encarar o problema e desenvolver campanhas de orientação. É sabido que um dos causadores da pressão alta é o hábito alimentar, principalmente o uso exagerado do sal. Alimentos gordurosos também estão entre os fatores que facilitam o aparecimento da doença. O problema aumenta na exata medida em que diminui o trabalho físico e aumentam as atividades sedentárias. Além das campanhas de orientação, os gestores públicos precisam também ficar atentos nas alterações a serem feitas no sistema educacional, de forma que crianças e jovens sejam orientados de forma enfática sobre os fatores que causam a hipertensão e saibam que podem ser responsáveis pelo aumento significativo da expectativa de vida. Outra matéria da edição (página 13), o balanço semestral do ano feito pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho, indicou que o ABCD registrou um saldo de 5,8 mil empregos, embora na comparação entre junho e maio tenha ocorrido uma queda de 1,8 mil vagas, certamente fruto da desaceleração provocada pela política de juros altos aplicados ainda em 2011. Diante da desaceleração, o governo passou, desde agosto de 2011, a reduzir paulatinamente a taxa Selic. Os efeitos dessa redução nos juros são benéficos para a economia que, no entanto, demora a apresentar resultados, notadamente no setor industrial. É por isso que, nesse balanço do primeiro semestre de 2012, a Região registre um saldo positivo na geração de empregos, principalmente devido ao setor de serviços e ao comércio, enquanto que a indústria ainda sofra com os juros altos praticados um ano antes. Fica para o segundo semestre a reação das indústrias, uma tendência que deve se consolidar em 2013.

Aqui tem

ABCD MAIOR

instituto amélia rodrigues Rua Silveiras, 17, Sala 34 - SBC Ver lista completa no www.abcdmaior.com.br

3

Nós e os outros e outras Tuca Munhoz *

Estava um dia desses na estação Sé do Metrô aguardando minha esposa para irmos às compras na rua Santa Rosa, zona cerealista da Capital, próxima ao Mercado Municipal. Várias coisas interessantes eu pude observar, mas uma me incomodou especialmente. Ouvi chamar pelos autofalantes da estação, por diversas vezes, funcionários para esta ou aquela atividade, uma delas, apoiar no embarque ou desembarque pessoas com deficiência, como este que vos escreve. O caso foi o seguinte: a voz no autofalante chamava, (nomes fictícios): jovem cidadão Robson Andrade, jovem cidadão Mateus Oliveira, jovem cidadão Vanessa Silva, jovem cidadão Priscila Gonçalves... Incomodou-me bastante o fato de chamarem meninas como Jovem Cidadão, não havendo a menor preocupação em se utilizar o gênero feminino: jovem cidadã. Tenho uma amiga que é engenheira e em seu diploma universitário consta: engenheiro. Já vi diplomas de advogadas onde se lê advogado.

Quando a presidenta Dilma, ao assumir, fez questão de ser chamada presidenta, ocorreram críticas da grande mídia e dos setores mais conservadores da sociedade que chegaram a beira da chacota e do escarnecimento. Reconheço e admiro a importância simbólica desse que parece ter sido um pequeno gesto, mas comprovou sua importância pela própria reação negativa dos setores acima citados. Nós pessoas com deficiência

considero que chamar uma mulher utilizando uma flexão masculina de gênero é ofensivo, desmerece e desqualifica sua condição feminina

temos lutado muito, e sofrido constrangimentos, para sermos apenas e simplesmente chamados como queremos ser chamados: pessoas com deficiência. Nada de portadores. Especiais, menos ainda. Ao sermos chamados de portadores ou de especiais, ou de outras maneiras que inventam por aí eivadas de preconceito, deixamos de ser o que somos, deixamos de ser reconhecidos pelo que somos, e nossa luta por visibilidade, participação e cidadania se enfraquece e dilui. Considero que chamar a uma mulher utilizando uma flexão masculina de gênero é ofensivo, desmerece e desqualifica sua condição feminina. A inferioriza, sendo desimportante e sem valor a flexão de gênero utilizada. Ocorrendo o oposto no caso masculino. Chamar a um homem pela flexão feminina de gênero é grande ofensa. Qual profissional homem aceitaria que em seu diploma universitário constasse médica, ou bióloga? *Tuca Munhoz é coordenador da Pastoral das Pessoas com Deficiência da Arquidiocese de São Paulo. tuca@ pessoascomdeficiência.org

ABCD MAIOR na internet, veja mais artigos www.abcdmaior.com.br

Expediente MP Editora Ltda | Endereço: Trav. Monteiro Lobato, 95, Centro, SBC | CEP 09721-140 | (11) 4128-1430 | Diretor e Jornalista Responsável: Celso Horta (Mtb 140002/51/66/SP) Diretor Executivo: Silvio Berengani |Diretor de redação: Walter Venturini | Editores: Juliana Finardi, Mauricio Milani, Niceia Climaco e Júlio Gardesani| Redação: Angela de Paula, Caio Luiz, Carol Scorce, Claudia Mayara, Fabiola Andrade, Felipe Rodrigues, Gislayne Jacinto, Marina Bastos, Michelly Cyrillo, Nicole Briones, Vinicius Morende, Rodrigo Bruder, Rosângela Dias, Karen Marchetti, Vladimir Ribeiro e Walter Fernandes | Fotografia: Luciano Vicioni, Amanda Perobelli, Andris Bovo e Rodrigo Pinto | Projeto Gráfico: Ligia Minami |Diagramação e editoração: Guilherme Horta | Assistente de Arte: Viviane Araujo | Tratamento de imagem: Fabiano Ibidi | Comercial: Jader Reinecke (11) 4335-6017 | comercial@abcdmaior.com.br | Distribuição: distribuicao@abcdmaior.com.br (11) 4128-1430 | www.abcdmaior.com. br | pauta@abcdmaior.com.br. Os artigos são de responsabilidade dos autores e não expressam necessariamente a opinião deste jornal. Publicação trissemanal

Circulação em Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

TIRAGEM 25 mil exemplares certificação:

FONE 4193-5357

O homem e seu violão Vitor Pampa é um homem de muita classe. Na excelência de seus 73 anos, o homem caminha calmamente, com uma postura contemplativa, enxergando o mundo através de belos olhos azuis, sem muita pressa em ver as coisas acontecerem. Afinal de contas, com o seu parceiro violão, Vitor já viu muito da vida, dos homens, das paixões e das canções, coisa que faz profissionalmente desde 1955, quando começou no mundo da música em sua cidade, Alfenas, Interior de Minas Gerais. Por lá, Vitor tem contato com muita gente boa, que o iniciou no mundo maravilhoso de acordes,

harmonias e melodias. Tinha 22 anos quando conheceu Wagner Tiso e com ele começou a tocar e compor. Ficou por Alfenas até 1960, quando conheceu Milton Nascimento. Então decidiu vir para São Paulo, chegando a Santo André no começo dos anos 1960. Por aqui continuou na música, trabalhou com muita gente de primeira, como o músico Ucho Gaeta e outros tantos bons profissionais que atuaram pelos bastidores de estúdios e gravadoras. Ao pé de um balcão de bar onde conversamos, com muita paciência e classe, Seu Vitor fala da vida, analisa as coisas do mundo como

um Marcel Proust que, ao invés de escrever Caminho de Swan ou Em Busca do Tempo Perdido – obras do famoso escritor francês –, pega o violão e toca com um estilo ímpar sambas, jazz, maxixes, choros e bossa nova, uma das grandes paixões da sua vida. “Quando escutei João Gilberto decidi que aquilo seria minha vida. Me espelhei demais nele. Gosto de gente como Luiz Eça e outros da Bossa Nova, mas o João é meu grande ídolo.” A impressão que se tem quando se escuta seu Vitor falando de música é de que de fato estamos diante de um mestre, de um acadêmico, de um homem sábio,

um James Joyce – escritor irlandês – que abre mão de seu precioso e bem gasto tempo para dar umas pílulas de sabedoria para nós, reles mortais. Com essa fleuma, seu Vitor analisa o quadro musical atual com bastante cuidado. Sente que, apesar da mudança dos tempos, a música, ao invés de evoluir, regrediu. Perdeu em sentimento, em romantismo, em poesia. Seu Vitor ressalta a importância de se apegar ao pouco que ainda resta desses elementos. Fala com alegria dos espaços que surgem no ABCD para um estilo musical mais apurado, de qualidade. Gosta do interesse de gente que

foge da vala comum do mercadão musical. “Ver gente correndo desse tal ‘Tchu-Tchá-Tchá’ é um indicador de que ainda existe uma salvação. Esse tipo de música é medíocre”. Antenado, sempre atento ao que acontece, seu Vitor gosta de gente como Djavan, João Bosco, Jorge Vercilio, Jorge Benjor e outros tantos que surgem. Espera continuar vendo esse pessoal. Enquanto viver, enquanto tiver uma roda de música pelo ABCD, seu Vitor estará por aí. Firme e forte com seu velho companheiro violão. Marcelo Mendez


4 ABCDMAIOR | 17 e 18 de julho de 2012

17 e 18 de julho de 2012 | ABCDMAIOR

cidades

Novo remédio no SUS O Ministério da Saúde irá oferecer gratuitamente o remédio Trastuzumabe, utilizado no combate ao câncer de mama, ao SUS (Sistema Único de Saúde).

Até 7% de quem usa rede pública sofre de pressão alta na Região Cerca de 178,2 mil moradores do ABCD (6,8% da população) cadastrados nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) sofrem de hipertensão. A cidade que concentra a maior parcela da população com a doença é Diadema, com 71 mil hipertensos. São Bernardo é o segundo município da Região com maior concentração de hipertensos, com 66 mil pessoas cadastradas nas unidades de saúde. Mauá (23,5 mil), São Caetano (10 mil) e Ribeirão Pires (7,7 mil) completam o quadro. Santo André e Rio Grande não responderam até o fechamento desta edição. O último levantamento feito pelo Ministério da Saúde, considerando tanto a rede pública quanto a rede privada de saúde, mostra que 23,3% dos brasileiros adultos são portadores da doença. Para a cardiologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) Maria Teresa Nogueira Bombig, o ABCD está dentro da média nacional. “Também estamos dentro de uma média mundial, que não muda muito para a realidade brasileira. Porém, as projeções não são animadoras, pois com o envelhecimento da população, a prevalência da doença tende a aumentar”, disse.

luciano vicioni

SEM SINTOMAS Por ser uma doença assintomática – que não demonstra sintomas –, Maria Teresa alerta que as pessoas que têm histórico de familiares hipertensos devem ter cuidados redobrados. “Quando a hipertensão se manifesta é porque já está em um estágio avançado.” O histórico familiar não é o único que pode desencadear a doença. A cardiologista explicou que as condições a que a pessoa está exposta no cotidiano também são levadas em consideração. “Má alimentação, estresse e sedentarismo são componentes que podem fazer com que a doença se manifeste. No caso de pessoas que têm predisposição genética, esses fatores farão com que a hipertensão se manifeste mais cedo”, destacou.

Isabel Dantas realiza caminhadas diárias para controlar a pressão alta

números

saiba que...

178,2 mil

3%

moradores do ABCD que estão cadastrados nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) sofrem de hipertensão. Esse total representa 6,8% da população.

é o percentual estimado de crianças brasileiras que sofrem de hipertensão.

A hipertensão é uma doença assintomática (que não demonstra sintomas) e se manifesta quando já está em estágio avançado. A pressão alta pode lesionar órgãos como o coração, cérebro e sistema renal. Alguns fatores podem desencadear a doença, tais como histórico familiar, má alimentação, estresse e sedentarismo. Para evitar complicações, o hipertenso deve manter alimentação saudável e praticar exercícios.

Problema também pode Mudança de hábitos estar presente em crianças ajuda a controlar doença Outro alerta feito pela cardiologista da Unifesp Maria Teresa Nogueira Bombig é que não são somente os adultos que podem ser hipertensos. A estimativa é que 3% das crianças brasileiras tenham a doença. “Mesmo com os esforços do governo em oferecer medicamentos gratuitos para controle da pressão e o aumento do conhecimento da população sobre os riscos da doença, ainda é possível ver pessoas comendo muitos alimentos industrializados e adicionando mais sal, o que não é recomendado para quem tem pressão alta”, destacou. Em 2011, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, assinou

acordo com a indústria alimentícia para que o sal em alimentos industrializados seja reduzido gradualmente até 2014. “O sal necessário aos alimentos já está adicionado naturalmente, não é necessário colocar mais. A população deve estar atenta aos rótulos dos alimentos para saber a quantidade de sal que está ingerindo”, afirmou Maria Teresa. Para evitar as complicações causadas pela hipertensão, a médica destaca que o doente deve manter alimentação saudável e exercitar-se. “É tirar o saleiro da mesa e fazer, no mínimo, meia hora de caminhada todos os dias”, alertou.

Convivendo com a hipertensão há cerca de 20 anos, a dona de casa Isabel Cristina Amaro Dantas, 43 anos, recorda o susto que teve quando recebeu o diagnóstico da doença. “Foi difícil, em um primeiro momento, pois é algo com que terei de conviver até o final da minha vida. A maior dificuldade foi me adaptar a novos hábitos”, disse. Isabel afirmou que o mais difícil foi diminuir a quantidade de sal no momento do preparo das refeições. “Em casa, todo mundo sabe que minha comida tem pouco sal, mas meus filhos entendem e até se juntaram a mim na dieta. Como minha mãe tem a doença, essa é

As Etecs (Escolas Técnicas Estaduais) fixaram em suas unidades, nesta segunda (23/07), listas dos classificados no processo de avaliação. Também foram divulgados os convocados e datas de matrícula das vagas remanescentes de 2º módulo para 13 cursos técnicos.

uma maneira de eles também se cuidarem”, ressaltou. Há alguns meses veio o primeiro susto por conta da doença, uma internação de três dias, até que o quadro se estabilizasse. “Comecei a sentir falta de ar e fui até o posto de saúde medir a pressão. Lá constaram que estava alta e eu comecei a piorar muito. Foram três dias tomando remédio até que minha pressão voltasse ao normal.” Hoje a dona de casa faz uma hora de caminhada cinco vezes por semana e ainda vai à academia três dias por semana. “Tento manter essa rotina, alem dos remédios que tenho de tomar, para não passar por novos sustos”, disse.

Universidades Católicas A FEI realiza nesta semana a 24ª Assembleia Geral da FIUC (Federação Internacional das Universidades Católicas), com instituições dos cinco continentes.

Acidentes deixam dois mortos Além dos óbitos, madrugada de muitos acidentes no ABCD deixa saldo de cinco feridos Claudia Mayara mayara@abcdmaior.com.br

Número não leva em conta a rede privada de saúde; Ministério da Saúde mostra que incidência no País chega a 23% Vladimir Ribeiro vladimir@abcdmaior.com.br

Etecs divulgam classificados

5

A madrugada e a manhã desta segunda-feira (23/07) foram violentas no trânsito. De acordo com os bombeiros, o ABCD registrou quatro acidentes entre 1h e 8h. As colisões deixaram cinco feridos e dois mortos em Diadema, Ribeirão Pires e Santo André. À tarde, um carro invadiu a praça de alimentação de hipermercado em São Bernardo. Os dois acidentes mais graves ocorreram em Santo André. No primeiro, por volta das 6h, na avenida Dom Pedro 2º, altura do número 2.464, um motoqueiro perdeu o controle e colidiu com

uma árvore. O rapaz chegou a ser socorrido, mas sofreu uma parada cardiorrespiratória e faleceu. O outro acidente com vítima fatal ocorreu por volta das 8h, na avenida Pereira Barreto, altura do 422. Gilmar Correia de Souza, 44 anos, foi atropelado e morto por uma moto. O motoqueiro ficou com a perna presa e foi arrastado pela via. Yussif Hazim Appas Filho, 24 anos, cortou a veia femural e teve fratura exposta na perna. Foi levado ao Hospital Mário Covas, e seu estado é grave. Em Diadema, colisão entre moto e ônibus por volta das 5h40, na avenida Piraporinha, deixou o motoqueiro ferido. A vítima foi levada ao Hospital

Municipal. Sofreu escoriações na perna esquerda, foi medicada e após avaliação médica recebeu alta às 7h30. Em Ribeirão Pires, o primeiro acidente da madrugada, que ocorreu na avenida Rotary, onde um automóvel colidiu com um poste. Houve um ferido, mas não se sabe para onde a vítima foi encaminhada. Em São Bernardo, um carro invadiu a praça de alimentação do Extra Anchieta, por volta das 12h40. Apesar de ser horário de almoço e o local estar cheio, ninguém se feriu além do motorista, Waldir Rodrigues, 52 anos, que passou mal e foi levado ao PS Central do município.

andris bovo

Motorista passou mal e carro invadiu praça de alimentação em hipermercado


6 ABCDMAIOR | 17 e 18 de julho de 2012

17 e 18 de julho de 2012 | ABCDMAIOR

cidades

Plano de Mobilidade O Consórcio Intermunicipal, que reúne as sete cidades, abriu consulta sobre transporte de cargas para elaboração do Plano de Mobilidade Regional.

Moradores se unem em associação e mudam a cara do Jardim S. Jorge Bairro de São Bernardo passa por transformações sociais e culturais a partir de ações que resultam em benefício para todos Carol Scorce carol@abcdmaior.com.br

Realizar o sonho da casa própria não é só ter uma casa. Quem quer uma casa, quer também rua, bairro, endereço e CEP. Em São Bernardo, o bairro ainda conhecido como Jardim Telma, mas que hoje oficialmente se chama Jardim São Jorge, passa por fortes transformações sociais e culturais. Isso graças a um grupo de moradores que não querem mais viver em um sub-bairro. A comunidade, que antes era chamada de comunidade como sinônimo de favela ou periferia, está, enfim, descobrindo o verdadeiro significado da palavra. Os problemas eram muitos. O presidente da Associação Amigos de Bairro do Jardim São Jorge, Sebastião Domingo da Silva, conta que há pouco mais de dois anos as ruas do bairro não estavam relacionadas nos Correios, e que os moradores sequer conseguiam receber as correspondências. Nessa época, o então Jardim Telma era considerado uma extensão do Bairro Cooperativa, e não possuía serviços básicos. “O bairro não passou por regularização fundiária, e era administrado por uma associação de bairro que nada fazia. Agora assumimos e estamos lutando para que aqui seja um lugar bom para todos viverem”, disse Silva. RECONSTRUÇÃO Com cerca de nove mil moradores, o bairro está reconstruindo sua associação. A antiga esta-

va instalada em uma casa feita de madeirite, sem condições de uso, e o terreno possuía dívidas acumuladas do IPTU. A solução encontrada pelos associados foi vender parte do terreno, pagar as dívidas e construir com as próprias mãos a nova sede. “Não teríamos dinheiro para contratar toda a mão de obra, então estamos fazendo o trabalho nós mesmos em boa parte. Recebemos doações de material de construção, e arrecadamos uma pouco de verba. Aos poucos a casa vai aparecendo”, conta Artur Neto, morador desde 1990 do Jardim São Jorge, considerado um dos fundadores do bairro. Para a futura sede, Neto e Silva já fazem planos. Além dos programas públicos Leva Leite e Mutirão da Saúde, que só chegam aos bairros que têm sede das associações, querem fazer parcerias com as iniciativas privada e pública para dar cursos profissionalizantes aos jovens do bairro. NOVO NOME A mudança de Jardim Telma para Jardim São Jorge ocorreu em maio deste ano, e contou com a aprovação de todo o bairro. A razão para a mudança é simples: Jardim Telma é um nome que surgiu de moradores de bairros vizinhos e que não tinham o local como um bairro. Agora é Jardim São Jorge, como sempre foi conhecido pelos seus moradores. O novo nome foi reconhecido em cartório, assim como a alteração do nome de 15 ruas, e passou pela Câmara Municipal.

fotos: luciano vicioni

Mais cor nos muros de Mauá

O muro de 600 metros paralelo à linha férrea da CPTM - trecho da avenida Capitão João - ganhou uma nova pintura neste final de semana (21 e 22). Durante dois dias, 200 artistas transformaram o espaço numa imensa tela exposta ao ar livre, mudando a paisagem do local.

7

Segunda-feira quente A tarde desta segunda-feira (23/07) foi a mais quente desde 26 de abril. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 28,3 graus, às 15h.

Governo e professores de federais chegam a impasse Depois de reunião realizada nesta segunda-feira, novo encontro foi agendado para esta terça Redação pauta@abcdmaior.com.br

Morador desce escada perto de muro de arrimo, luta da associação do Jardim São Jorge que afastou risco de deslizamentos

Bairro mudou de nome e está passando por intervenções

Associação quer local em que todos possam viver melhor

Luta é por mais qualidade de vida Além de uma nova identidade, essa com a cara de quem mora no Jardim São Jorge, as famílias lutam e já ganharam algumas batalhas por mais qualidade de vida. Todo o bairro agora tem água encanada, coleta regular do lixo, e os moradores recebem nas casas a correspondência. Na

parte mais alta do bairro, onde nas épocas de chuvas havia risco de desbarrancar, a Prefeitura construiu neste ano muros de arrimo. A ideia é urbanizar totalmente o local. “Já estamos com os processos de regularização fundiária todos encaminhados e

em breve devemos receber as escrituras definitivas das casas. Já existe também o projeto de canalização do córrego e da construção de uma área de lazer. Vamos ter um bairro de verdade, e não um canto na cidade”, disse o morador e diretor da associação, Edgar Saraiva.

Após três horas de discussão, terminou em impasse a reunião entre professores grevistas de universidades federais e representantes do governo federal, realizada nesta segunda-feira (23/07). Um novo encontro foi agendado para esta terça-feira (24/07), ainda sem horário definido. O único ponto de acordo foi a criação de um grupo de trabalho sobre a carreira de professor, que irá discutir sobre carga horária mínima e titularidade. A greve já dura dois meses e atinge 58 das 59 universidades federais do País, entre elas a UFABC (Universidade Federal do ABC), com campus em Santo André e São Bernardo, e a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), com campus em Diadema. De acordo com a presidente do Andes (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de

andris bovo

Ensino Superior), Marinalva Oliveira, a rejeição foi por unanimidade. “Temos uma grande divergência com o governo enquanto concepção. O conjunto das entidades rejeitou por unanimidade e o governo avalia que tem avanço na sua proposta. O que eles oferecem desestrutura ainda mais nossa carreira”, disse Marinalva. PROPOSTA O texto apresentado pelo Ministério do Planejamento prevê mudanças no plano de carreira, que entrariam em vigor a partir de 2013, e um aumento salarial que, de acordo com o governo, poderia chegar a 45,1% para o topo da carreira (professor titular com dedicação exclusiva). Também estava prevista a redução dos níveis de carreira de 17 para 13. No entanto, cada uma das três entidades sindicais envolvidas nas negociações com o governo federal elaborou uma contraproposta ao governo. Em linhas gerais, as entida-

Na Região, UFABC e Unifesp estão em greve e, na avaliação dos professores, proposta feita desestrutura carreira

des criticam o valor do aumento proposto pelo governo e exigem a apresentação dos conceitos que irão basear o programa de reestruturação da carreira, e não apenas uma tabela com valores. SEM MARGEM O ministro da Educação, Aloi-

zio Mercadante já havia declarado na semana passada que não há margem orçamentária para melhorar a proposta de reestruturação da carreira dos professores. De acordo com o ministro, no cenário de crise financeira internacional, a prioridade do governo é manter o crescimento da econo-

mia para evitar o desemprego. Mercadante disse também que existem outras categorias que precisam ser atendidas e argumentou que os professores das universidades foram os primeiros servidores federais que receberam do governo proposta de novo plano de carreira.

Desaparecimento de jovem mobiliza polícia em São Bernardo Desde o último dia 18, o desaparecimento de uma jovem no Baeta Neves, em São Bernardo, mobiliza policiais, parentes e amigos. A estudante Bruna Bonifácio de Oliveira, 17 anos, foi vista pela última vez quando saía da Biblio-

teca Manuel Bandeira, no Baeta. No mesmo dia, a família desconfiou da demora da menina para retornar. Preocupada com a ausência, uma irmã mais velha foi, no dia seguinte, ao 6º Distrito Policial para registrar bo-

letim de ocorrência do desaparecimento. Familiares afirmam que a jovem era tranquila e não costumava sair ou dormir fora de casa sem avisar. De acordo com a polícia, na quinta-feira (19/07) um colega

divulgação

de Bruna recebeu telefonema da jovem em que ela pedia ajuda. A ligação foi interrompida antes que falasse onde estava. RASTREAMENTO Investigadores conseguiram rastrear a origem da chamada e descobriram que havia sido feita de um orelhão na estação Ipiranga da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), na Capital. Imagens do circuito interno da companhia confirmaram que a jovem esteve lá. Foi descoberto também que Bruna havia passado por um posto de gasolina em São Bernardo, onde fez amizade com um frentista. O homem disse à polícia que hospedou a jovem durante alguns dias e que, antes de partir, ela contou que seguiria para Santo André. Bruna aparentava estar sozinha. De acordo com a Secretaria da

Bruna de Oliveira tem 17 anos

Segurança Pública, Bruna usava calça jeans e blusa xadrez corde-rosa quando sumiu. A jovem é magra, tem olhos castanhoescuros, cabelos lisos compridos e 1,67 metro de altura. Quem tiver informações deve avisar a polícia, pelo telefone 190, ou pelo Disk Denúncia, número 181. O sigilo é garantido. (Redação)


8 ABCDMAIOR | 17 e 18 de julho de 2012

17 e 18 de julho de 2012 | ABCDMAIOR

política

Dividido O candidato à Prefeitura de Ribeirão Alberto Ticianelli (PSOL) disse que a partir de agora terá que se dividir entre o trabalho de professor e a campanha.

Porta a porta O candidato a prefeito de Rio Grande, Luiz Carlos Alexandre, o Luiz internet (PSDC), disse que se dedicará em fazer campanha porta a porta na cidade.

Michels cancela caminhadas

O candidato pelo PV à Prefeitura de Diadema, o vereador Lauro Michels, anunciou nesta segunda-feira (23/07) o cancelamento de toda a agenda externa programada para esta semana. De acordo com a assessoria de Michels, o candidato deve dedicar o período à reorganização da campanha.

Prefeituráveis de Mauá elegem saúde como problema crônico ABCD MAIOR dá início a série de reportagens com planos de governo dos candidatos às prefeituras do ABCD; postulantes de Mauá afirmam que sistema de saúde é preocupação dos eleitores Rodrigo Bruder rodrigo@abcdmaior.com.br

O ABCD MAIOR inicia nesta terça-feira (24/07) uma série de reportagens através das quais o leitor poderá ter um contato maior com as principais propostas dos candidatos a prefeito das sete cidades do ABCD. A reportagem ouviu os prefeituráveis e os estimulou a apontar seus planos para o que entendiam ser as três principais prioridades de cada um dos municípios. A série tem início com Mauá. Após mais de duas semanas fazendo o tradicional corpo a corpo nas ruas, os oito candidatos à Prefeitura do município elegeram a saúde pública como um dos problemas mais crônicos. De acordo com os candidatos, trata-se do serviço com maior incidência de crítica dos eleitores no dia-a-dia, e que aparece nas pesquisas de qualificação feitas pelas campanhas como o principal desafio a ser superado. Com base em dados da Prefeitura, o município estima investir neste ano R$ 189 milhões na rede, e prevê receita para 2013 de R$ 227 milhões. A atual gestão do prefeito Oswaldo Dias (PT) apostou na reestruturação da rede por meio da contratação da Fundação do ABC (que faz a gestão dos equipamentos e médicos), e na descentralização do atendimento de emergência do Hospital Dr. Radamés Nardini, que passou a ser atendido nas quatro UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) recém-inauguradas na cidade com aportes do governo federal. Em março, o Ministério da Saúde divulgou resultados do Idsus (Índice de Desempenho do SUS) e classificou o atendimento de Mauá com nota de 4,61, dentro de uma escala que vai de 0 a 10. A média dos municípios brasileiros foi de 5,47. Além disso, os candidatos mencionaram propostas para melhorar o transporte público, a educação, segurança pública e geração de emprego e renda. O próximo município da série Eleições 2012 será São Caetano, a ser publicada na edição da próxima quinta-feira (26/07).

fotos: rodrigo pinto

Átila Jacomussi (PPS) O candidato do PPS pretende investir na área de Saúde com o remodelamento do sistema. “Queremos unificar e integrar as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) com as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) para termos grupos de unidades funcionando 24 horas”, disse. A intenção de Átila Jacomussi também é instalar o Poupatempo da Saúde, que abrigará o centro de tratamento da mulher e do idoso, e dos tratamentos dos Donisete Braga (PT) Dentro das diretrizes de governo do candidato do PT, Donisete Braga, a intenção é dar prioridade para o desenvolvimento econômico e priorizar o potencial industrial do Polo Sertãozinho. “E também dos setores de plástico e borracha que estão ligados à indústria petroquímica e à Refinaria de Capuava”, disse. O petista quer gerar emprego e recuperar as receitas. “Para nós, essa proposta pioneira, que é a Diniz Lopes (PR) “Fundamental é Mauá investir na saúde, na saúde, e na saúde.” É com essa afirmação que Diniz Lopes aponta a principal prioridade de seu plano de governo. O candidato do PR não poupa críticas à Administração e afirma que não há falta de dinheiro. “Nesse ano estão sendo gastos quase 40% do orçamento, cerca de R$ 200 milhões. O problema não é dinheiro. Eu acho que houve uma falha

cânceres de mama e próstrata. No hospital Dr. Radamés Nardini, o socialista quer instalar um posto de alto atendimento só para vítimas de acidentes e assaltos. Outra intenção de Jacomussi é investir nas creches para beneficiar mulheres que trabalham e crianças em estado de vulnerabilidade social. “Para isso, queremos abrir convênios com creches particulares para elas atenderem até 30% das vagas.”

recuperação de receitas (oriundas do refino de petróleo) de R$ 167 milhões que Mauá deixa de arrecadar, esses recursos vão para São Caetano e Barueri”. O segundo item destacado por Donisete é a mobilidade urbana, que é o transporte público integrado, bilhete único para ônibus e trem, além da construção de duas marginais. Outra intenção de Donisete Braga é expandir as ciclofaixas da cidade, que tem o maior bicicle-

na descentralização dos atendimentos de emergência, que saíram do Hospital Nardini e foram para as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), só que não conseguiram colocar médicos nas quatro UPAs”, disse. A proposta de Diniz Lopes é também construir ao lado do Nardini um grande Prontosocorro Municipal. “Essa descentralização foi um grande equívoco, por causa da falta

Edmar da Reciclagem (PSDB) Edmar da Reciclagem é outro de”. O candidato tucano tamcandidato que aponta a saúde bém afirma que nas ruas tem como prioridade. “Temos de ar- escutado da população queixa rumar um jeito para corrigirmos com relação a dificuldade com esses serviços. E faremos isso atendimentos de emergência com ajuda do governador Ge- e especialidades. “O segundo raldo Alckmin (PSDB). Já con- passo é arrumarmos um jeito de versei com ele para pensarmos atendimentos às mais de 4 mil na construção de um hospital crianças que esperam vagas em do porte do Mário Covas, de creches, eu creio que é possível Santo André. A cidade tem um zerar esse déficit com parcerias grande número de habitantes e nas escolinhas particulares”, não tem uma saúde de qualida- afirmou. Edmar aponta, ainda,

Na área da Educação, o candidato afirma que vai lutar para a UFABC (Universidade Federal do ABC) ser construída na cidade, e batalhar pela construção de três CEUs (Centros de Educação Unificada). Para os jovens. Jacomussi quer estabelecer a cidade digital com pontos de acesso à internet por toda a cidade. Com relação ao transporte público, a intenção de Jacomussi é construir novos miniterminais nos bairros.

José Silva (Psol) O primeiro objetivo do candidato do PSOL, José Silva, é a formação de um conselho popular com diversas assembleias nos bairros, para descentralizar o governo pensando em todos os segmentos da sociedade. “Não vamos fazer um governo tomando decisões no gabinete. Nossas ações estarão voltadas para a saúde preventiva, porque a saúde curativa dá muito lucro para os laboratórios”, disse.

tário da América Latina. “Temos de pensar numa rede de Saúde informatizada para aperfeiçoarmos os recursos, e, assim, podemos garantir um atendimento mais qualificado”, afirmou. O petista também afirmou querer fazer o que Marta (ex-prefeita Marta Suplicy) fez na Capital: a entrega dos medicamentos para hipertensos e diabéticos. “Isso evita o desperdício e faz o uso ser mais racionalizado”, disse.

Ozelito José Benedito (PTB) Na opinião do petebista Oze- dades)”, afirmou. O candidato lito José Benedito, o problema disse que ouve muitas queixas número um da cidade é a Saú- de moradores sobre a demora de. “Hoje para a pessoa passar de marcação de consultas e exano clínico, por exemplo, e ser mes na rede pública. “Na eduencaminhada para exames e cação infantil Mauá tem um especialistas, não vai fazer isso déficit de mais de 4 mil vagas. em menos de um ano. Nossa Queremos trabalhar essas vagas proposta é fazer uma espécie de de creches através de parceria poupatempo da Saúde, e de re- com as entidades já existentes pente podemos centralizar esse no município.” Outra proposta do petebista é atendimento no AME (Ama de ter uma escola técnica mubulatório Médico de Especiali-

nicipal para trabalhar a mão de obra dos moradores de Mauá com mais qualificação. Para a área de segurança, Ozelito propõe o monitoramento de todos os eixos comerciais, das partes das escolas, e unidades de saúde. “Um modelo semelhante ao de Indaiatuba, onde há segurança feita com base no monitoramento e valorização da Guarda Civil Municipal. A população precisa se sentir mais segura.”

de médicos. Não adianta ter unidades de saúde do lado de casa, e os pacientes não encontrarem atendimento”, afirmou. O candidato do PR também faz questão de lembrar o período em que foi prefeito. “Nesse período, por exemplo, a cidade tinha 15 médicos no Nardini, e eu aumentei esse efetivo para 27 médicos. Isso fez com que o tempo das consultas caísse para 20 minutos.”

Paulo Bio (PV) O candidato do PV, Paulo Bio, diz que trabalha com os eixos da proposta de cidade sustentável em todas as ações de governança. “Na saúde, por exemplo, nossa visão é a ação preventiva com esportes, lazer, cultura, saneamento básico, somado a questões fundamentais como médicos e remédios nos hospitais. Temos de levar em consideração esse aspecto da sustentabilidade, para termos políticas mais efetivas”, afirmou.

O verde afirma querer criar espaços para o empreendedor investir mais. Para isso, na opinião de Bio, a Prefeitura precisa ser um facilitador para comerciantes, não os tratando com rigor excessivo e nem a bagunça, “onde amigo pode tudo”. Paulo Bio também afirma que o município precisa potencializar suas características mais importantes, como o Polo Sertãozinho, que precisa

ser qualificado com mais emprego e renda. “Hoje existe a dificuldade de os empreendedores conseguirem certidões, documentos na Prefeitura, porque não há um sistema informatizado”, disse. Paulo Bio também afirmou que quando foi secretário de Desenvolvimento conseguiu aprovar a Lei Geral, mas a legislação não foi colocada em prática.

preocupação com a questão da mobilidade urbana. “Temos de pensar em modelos alternativos e novas vias”, disse. Na área de segurança, o tucano aposta no aumento do efetivo da Guarda Civil Municipal para estabelecer uma central de videomonitoramento. “Os comerciantes precisam de mais segurança”, disse Edmar, que também quer trazer uma escola de ensino técnico para o polo sertãozinho.

Vanessa Damo (PMDB) A candidata do PMDB, Vanessa Damo, diz que pretende implantar mais cinco novas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) nas principais regiões da cidade, equipadas e com médicos, para fazer com que pelo menos em cinco unidades o atendimento seja feito durante 24 horas. “Além disso, queremos reabrir a Santa Casa para atendimentos do SUS (Sistema Único de Saúde), e vamos fazer um convênio

municipal gratuito.” A intenção de Vanessa é fazer a integração de dados e informatização de todas as unidades de atendimento médico, para o atendimento ser mais dinâmico. A peemedebista também afirmou que, com essa informatização, a central de regulação de vagas da Prefeitura poderá fazer com que o paciente tenha um atendimento mais rápido. “Quem espera tanto tempo por

uma consulta e exame tem um agravamento em seu estado de saúde. Se houver esse sistema organizado, quando o paciente não conseguir uma vaga nos equipamentos públicos, a Prefeitura pode encaminhá-lo para outros equipamentos, como o AME (Ambulatório Médico de Especialidades), ou pagar consultas em redes conveniadas”. A candidata também quer melhorias nos transportes públicos.

os números José Silva também quer estruturar as UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) com médicos, além de “fazer funcionar o que já temos”. O candidato também quer rever os contratos com os remédios para saber se estão condizentes com o mercado. “Entendemos que saúde preventiva diz respeito a algumas questões, como a qualidade do transporte público, alimentação correta, e atendimento psicológico e terapia alternativa.”

9

Silva afirmou que mais de 80% das doenças físicas existentes são de cunho psicológico, e que é preciso curar a mente das pessoas. “O poder público peca muito por não oferecer uma terapia alternativa. Temos de investir mais em saneamento básico, porque como uma pessoa que vive com esgoto na porta de casa pode ter uma vida saudável.” Outra proposta é a de que o esgoto terá de ser tratado 100% até 2014.

R$

227

milhões é quanto Mauá prevê investir em Saúde em 2013

R$

189

milhões é quanto Mauá estima investir na Saúde neste ano

26

é o número de unidades de saúde que a cidade tem

2

é o número de polos industriais que a cidade possui

417 mil é o número de habitantes de Mauá fonte: Prefeitura de mauá


10 ABCDMAIOR | 17 e 18 de julho de 2012

nacional/internacional

política

CONveRSA COM A PReSIDeNtA

DIvuLgAçãO

17 e 18 de julho de 2012 | ABCDMAIOR

11

vai ter que falar A Justiça negou o pedido de Carlinhos Cachoeira para que ele permaneça calado em depoimento na Justiça nesta quarta-feira (25/07).

Coluna semanal da Presidenta Dilma Rousseff

oZAno CARnEiRo, 53 AnoS, médio pRodutoR RuRAl dE miRAndA do noRtE (mA) - QuE mEdidAS EStão SEndo AdotAdAS pARA AliViAR oS pREJuÍZoS dA EStiAGEm E pARA QuEm EStá inSCRito Em dÍVidA AtiVA E é CoBRAdo Com o lEilão dE noSSo mAioR pAtRimÔnio, A tERRA? pRESidEntA dilmA – Ozano, para amenizar as consequências da seca sobre a população e a economia do semiárido do Nordeste, liberamos R$ 2,7 bilhões para ações emergenciais e temos 3.360 carros-pipa distribuindo água potável em 692 municípios. Criamos a Bolsa Estiagem, no valor de R$ 400, pagos em cinco parcelas, que já beneficia mais de 700 mil agricultores em 800 municípios. Desde 2011, entregamos 111 mil cisternas e chegaremos a 200 mil neste ano. O Ministério da Agricultura destinou 400 mil toneladas de milho para ração animal a pequenos e médios produtores, com preços abaixo do mercado. Há uma linha especial com R$ 1 bilhão para investimento, capital de giro e custeio agrícola e pecuário. Empreendedores e agricultores afetados podem contratar entre R$ 12 mil e R$ 100 mil, com juros máximos de 3,5% ao ano. Nos municípios em situação de emergência na área da sudene, produtores adimplentes em 31/12/2011 podem prorrogar dívidas rurais com vencimento até 1º de janeiro de 2013. Quanto aos débitos antigos de produtores rurais de todo o Brasil, a lei 11.775/2008 já havia permitido descontos de 33% a 70% sobre os saldos, para liquidação ou renegociação, em até dez anos. Deu, ain-

da, desconto fixo de até R$ 19.200,00, além de desconto adicional de 10% para a região da sudene. RAimundo nonAto dE CAStRo luStoSA, pRopRiEtáRio RuRAl dE piRACuRuCA (pi) - tEnHo umA pRopRiEdAdE RuRAl, dE nomE Bom luGAR, QuE Há muito nECESSitA dE EnERGiA ElétRiCA. QuAndo A EnERGiA VAi CHEGAR? noSSA ComunidAdE ESpERA AnSioSA. pRESidEntA dilmA – Raimundo, o atendimento da sua comunidade está programado para ser feito ainda neste ano, segundo o planejamento do programa luz para Todos. serão feitas as ligações para as 22 famílias de Bom lugar. Em todo o município de piracuruca, já atendemos 1.094 famílias com um investimento de mais de R$ 5,2 milhões. No estado do piauí, o governo federal já investiu mais de R$ 595 milhões para atender 123.307 domicílios. Em todo o Brasil, já foram beneficiadas quase 3 milhões de famílias. Mas não vamos parar por aí. Estamos trabalhando para levar energia a mais localidades como a sua e, por isso, o luz para Todos foi prorrogado até 2014, com a inclusão da meta de atendimento a mais 495 mil domicílios rurais em todo o Brasil. A partir dessa expansão, vamos atender povos indígenas, quilombolas, comunidades tradicionais e famílias contempladas no programa Brasil sem Miséria. Temos preocupação tanto em assegurar a universalização do acesso, quanto em garantir a segurança das pessoas no uso do serviço. Com o luz para Todos, Raimundo, estamos levando energia a quem precisa dela para produzir e para viver.

AntÔnio dE páduA ASSunÇão, 42 AnoS, pRoFESSoR uniVERSitáRio Em pAlmAS (to) - pRESidEntA, o QuE ESpERAR dE ConCREto pARA A EConomiA VERdE Como RESultAdo dA ConFERÊnCiA Rio+20? pRESidEntA dilmA - Antônio, a Conferência das Nações unidas sobre Desenvolvimento sustentável, a Rio+20, deu passos importantes para um novo modelo de desenvolvimento sustentável para o mundo, que combine crescimento com inclusão social e proteção do meio ambiente. Os países reconheceram a erradicação da pobreza como o maior desafio global, decidiram criar os Objetivos de Desenvolvimento sustentável e se comprometeram com o fortalecimento do programa das Nações unidas para o Meio Ambiente (pnuma), para auxiliar os países mais pobres na implementação de suas políticas de proteção do meio ambiente. O Brasil contribuirá com us$ 6 milhões para o Fundo do pnuma e com us$ 10 milhões para o enfrentamento das mudanças do clima em países da África e nas pequenas ilhas. A biodiversidade marinha foi considerada de importância estratégica e terá um tratado específico para protegê-la. Foi adotado ainda o plano Decenal de produção e Consumo sustentáveis. A Rio+20, Antônio, consolidou uma agenda para o século 21 e demonstrou que todos nós – governos, organizações internacionais e sociedade civil – somos sócios na construção de um mundo mais justo, com a pobreza erradicada, o meio ambiente protegido, e com padrões sustentáveis de produção, consumo e gestão dos recursos naturais.

PStu fica sem registro em Diadema A Justiça Eleitoral de Diadema indeferiu no domingo (22/07) o registro de candidatura do prefeiturável pelo PSTU, o professor Ivanci dos Santos. O motivo foi a formação da chapa que concorre ao Legislativo, formada apenas pela candidata Arinete Ferreira dos Santos. A legislação prevê que cada sigla ou coligação deve preencher o número mínimo de 30% e o máximo de 70% para candidaturas de cada sexo. Com apenas uma mulher na chapa, o PSTU

não atendia à cota mínima para homens. Nesta segunda-feira (23/07), a executiva do PSTU entrou com recurso contra a decisão e agora aguarda julgamento. No início de julho, o mesmo problema foi vivenciado pelo PSOL de Ribeirão Pires, que optou por retirar a candidatura à Câmara. Já o PSTU preferiu tentar uma nova análise. “Vamos esperar o deferimento. Essa lei é no sentido de não haver tanta discrepância entre o número de

candidatos homens e mulheres. Porque o gênero feminino não é valorizado. Esperamos que o juiz entenda isso”, argumentou Ivanci dos Santos. Apesar de ter impetrado o recurso, o PSTU já se prepara para buscar outra alternativa. “Vamos trabalhar uma segunda possibilidade, a de colocar um outro candidato a vereador. Não será uma tarefa fácil, já que não temos verba para campanha”, avaliou. (nicole Briones)

Kassab e Paulinho Serra: vereador tem garantia de legenda para deputado

Paulinho Serra vai para o PSD e apoia Carlos grana gislayne Jacinto gislayne@abcdmaior.com.br

O vereador de Santo André Paulinho Serra, que deixou o PSDB neste mês porque seu projeto de candidatura a prefeito foi abortado pela legenda tucana, assina a ficha de filiação ao PSD nesta quarta-feira (25/07). No mesmo dia, anunciará apoio ao prefeiturável Carlos Grana (PT), em evento que contará com o presidente da Câmara de São Paulo, José Police Neto, coordenador regional do PSD. “Vamos dar um voto de confiança a Carlos Grana”, disse Paulinho. O vereador, que obteve 6,1 mil votos e foi o mais votado nas eleições de 2008, foi para o PSD com a garantia de que terá legenda para disputar as eleições para deputado em 2014. Paulinho estava entre o

PV e o PSD, mas acabou batendo o martelo nesta segunda-feira (23/07), após reunião com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD, e também com Police Neto. O PSD já faz parte da coligação que apoia a candidatura a prefeito de Carlos Grana. “Todo meu grupo me acompanhará”, disse. O parlamentar, que tem grande inserção na classe média alta, acredita que seus eleitores compreenderão sua posição. “As pessoas sabem que minha candidatura a prefeito foi estuprada pelo PSDB”, disse Paulinho, ao mostrar mágoas com relação à posição do seu ex-partido, que optou por se coligar com o prefeiturável Raimundo Salles em troca da vaga de vice, ocupada por Ricardo Torres, presidente do PSDB em Santo André.

Regina Maura garante material de campanha A candidata a prefeita pelo PTB de São Caetano, Regina Maura Zetone, não precisará mais recolher o material de campanha, conforme liminar concedida no fim de semana ao advogado Éder Xavier (PC do B). O juiz acatou argumento da petebista e ainda julgará o mérito da ação. O juiz Pedro Corrêa entendeu que havia irregularidade nas propagandas do PTB por terem um símbolo similar ao logotipo usado pela Prefeitura no progra-

ma “Orçamento Comunidade 2013”, que envolve plenárias públicas para debater as prioridades para a cidade. Leandro Petrin, advogado de Regina Maura, argumentou que os dois logotipos são diferentes. A Justiça tinha determinado a retirada imediata ou a regularização das propagandas em 48 hora. O advogado Éder Xavier deve recorrer da decisão. (Gislayne Jacinto)

Haddad quer reestatizar trecho urbano de rodovias Já o governador Alckmin quer implantar pedágio eletrônico, o que custará ainda mais aos motoristas Redação pauta@abcdmaior.com.br

O candidato do PT à Prefeitura da Capital, Fernando Haddad, defendeu a estatização dos trechos urbanos de rodovias privatizadas, como forma de evitar a cobrança de pedágio nesses locais. A declaração foi dada ao jornal Valor Econômico. A proposta de Haddad caminha na direção contrária do que o governador Geraldo Alckmin (PSDB) quer: a instalação, até 2014, de pedágios eletrônicos em toda a extensão das rodovias operadas pela iniciativa privada. Os veículos seriam obrigados a andar com um chip de identificação e o motorista passaria a pagar por tre-

cho rodado, independentemente de passar ou não nas tradicionais praças de pedágio. “Minha proposta é que esses trechos das rodovias sejam excluídos dos contratos de concessão. Eles deixariam de ser concedidos para serem mantidos pela Prefeitura. A Prefeitura, na minha gestão, estará disposta a manter as rodovias estaduais, dentro do território da capital, para evitar pedágios”, afirmou Haddad. De acordo com o candidato do PT, o contrato com as concessionárias pode ser mudado. “O contrato já está sendo revisto pelo governo do Estado. Não sou eu que estou propondo isso. Se eles podem rever para pior, para cobrar mais pedágio, por

Comissão investigará crimes contra os índios A Comissão Nacional da Verdade investigará os crimes cometidos durante a ditadura militar contra os povos indígenas que tiveram a participação ou a conivência do Estado. “É um tema que está no nosso planejamento. Vamos investigar isso, sim, porque na construção de rodovias há histórias terríveis de violações de direitos indígenas”, ressaltou nesta semana um dos membros da comissão, o diplomata Paulo Sérgio Pinheiro.

O Grupo Tortura Nunca Mais se articula com outras entidades, como a Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo, para reunir material sobre as violações contra os índios no período da ditadura. Segundo o vice-presidente do grupo, Marcelo Zelic, a política de extermínio promovida pelo regime é evidenciada em documentos públicos da década de 1960. (Agência Brasil)

que não mudar para excluir pequenos trechos da rodovia para que o Estado cuide?”, disse. PROJETO A expansão do Sistema Ponto a Ponto, lançado em abril pelo governo do Estado, não tem data para ser posta em prática, mas a expectativa é isso ocorrer nos próximos dois anos. As praças de pedágio existentes só poderiam ser eliminadas se o projeto estivesse em operação em toda a malha concedida do Estado de São Paulo (que representa cerca de 6 mil quilômetros de rodovias) e em caráter de adesão definitivo. (Com informações da Rede Brasil Atual e do jornal Valor Econômico).

LuCIANO vICIONI

Haddad afirma que, se eleito, irá evitar mais pedágios, estatizando rodovias

internacional com cristina kirchner, pobreza e indigência caem na Argentina A Argentina reduziu as taxas de pobreza e indigência no país durante os quatro primeiros anos de governo da presidente Cristina Kirchner. A melhora foi atestada pelo Observatório da Dívida social da universidade Católica Argentina, em pesquisa financiada pelo banco Galicia e pelo jornal la Nación, de oposição. De acordo com o levantamento, a taxa de pobreza caiu de 26,9% em 2007 para 21,9% em 2011 e a de indigência regrediu de 8,1% para 5,4% no período. Essas foram as faixas de população que no último trimestre de 2011 eram incapazes de comprar com seus ganhos mensais uma cesta individual de produtos de 720 pesos (cerca de us$ 167), no primeiro caso; e de 360 pesos (us$ 83) no segundo. Liga Árabe vai investigar a causa da morte de Arafat A pedido da Autoridade Nacional palestina, a liga Árabe vai investigar a morte de Yasser Arafat, líder palestino morto em 2004. Há suspeitas que ele tenha sido envenenado. O pedido de apuração é comandado pelo negociador palestino saeb Erekat.


12 ABCDMAIOR | 17 e 18 de julho de 2012

economia

classificados Editais

Empregos

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A ELEIÇÃO DA DIRETORIA E DO CONSELHO FISCAL DA ASSOCIAÇÃO DOS TAPIOQUEIROS DE DIADEMA - Convoca-se todos os associados para a Assembléia que se realizará no dia 23/08/2012 das 09:00h às 11:00h em primeira votação e, em não dando o quorum, das 11 às 12:00h em segunda votação com qualquer numero. A se realizar no Sindicato dos Metalúrgicos, localizado na Rua da Encarnação nº. 290, Bairro de Piraporinha Diadema SP. Para deliberar sobre: - Eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal. Sendo que o prazo para inscrição de chapas será de 24/07/2012 a 03/08/2012 e o prazo para impugnação de candidatura, até 10/08/2011. Junta Provisória: Andréia da Silva Ferreira Beatriz Ferreira da Silva Lana Luciene Vicente da Silva

Apareça, anuncie

4335-6017

17 e 18 de julho de 2012 | ABCDMAIOR

INSTITUTO MUNICIPAL DE PREVIDÊNCIA DE RIBEIRÃO PIRES PORTARIA Nº 013, DE 16 DE JULHO DE 2012. Conceder PENSÃO POR MORTE a EVERALDO PEREIRA DA SILVA, portador da cédula de identidade RG: 21.315.487-0, SSP/SP, CPF: 107.750.368-70, inscrito no PIS: 1.228.510.869-0 e TAYNÁ REIS DA SILVA, menor púbere, portadora da cédula de identidade RG: 47.042.526-X, respectivamente viúvo e filha da servidora falecida MESEZABEEL REIS DA SILVA, que se qualificava como brasileira, portadora da cédula de identidade RG: 23.025.180-8, CPF: 131.560.58807, inscrita no PIS: 1.243.202.714-2, servidora pública municipal efetiva, Agente Escolar I, lotada na Secretaria de Educação e Inclusão, com proventos mensais correspondentes aos vencimentos integrais, percebidos em vida pela “de cujus”, nos termos do artigo 40, § 7º, inc. I, da Constituição Federal e artigo 49, da Lei Municipal 5.607, de 09 de janeiro de 2012, conforme consta do Processo Administrativo n.º 020/2012, do IMPRERP – Instituto Municipal de Previdência de Ribeirão Pires, a contar de 18 de junho de 2012 – Processo n° 020/2012

SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS E AUTARQUICOS DE SÃO BERNARDO DO CAMPO EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINARIA O SINDICATO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS E AUTARQUICOS DE SÃO BERNARDO DO CAMPO, na pessoa de seu Presidente, regularmente eleito, no uso de suas atribuições em conformidade com o artigo 35, inciso III do estatuto do sindicato, CONVOCA os servidores públicos sindicalizados que estão no uso e gozo de seus direitos associativos e que deste edital tomar conhecimento, na forma do artigo 137 inciso II, do estatuto, a se reunirem em ASSEMBLEIA GERAL ORDINARIA, que se realizará no dia 08 de agosto de 2012, às 17 horas em primeira chamada e 17h30 em segunda e ultima chamada, na sede social da entidade localizada a Rua Caetano Zanella, nº 90, Vila Olga, São Bernardo do Campo, a fim de deliberar sobre a seguinte ordem do dia: REAJUSTE DA MENSALIDADE DOS ASSOCIADOS APOSENTADOS. GIOVANI CHAGAS PRESIDENTE

Negócios oportunidades Vendo Piano Fritz Dobbert, usado. Preço: R$4.000,00 Aceita-se proposta. Mais informações, ligar para: Alba Lúcia: (11) 2062-7933 ou 8244-6013

Oportunidade

Se você é uma pessoa empreendedora disposta a MUDAR DE VIDA com dedicação e trabalho em uma atividade séria, não perca tempo.

Informe-se com Julio Tokue 4351-2584 ou 9262-2132 juliotokue.flp@gmail.com

Grupo de Comunicação do ABCD contrata

Executivo de Contas

Experiente na venda de espaço publicitário em mídia impressa. Com boa desenvoltura e comunicação. Prospecção e abertura de novos clientes, vivência em negociação, veículo próprio.

Salário, comissões, CLT, convênio médico, seguro de vida. Enviar curriculum para atendimento@abcdmaior.com.br

13

qualificação Ribeirão Pires vai dar curso gratuito de atendimento ao público e operador de caixa. As inscrições vão até a próxima terça-feira (31/07)

Região contratou 5.810 trabalhadores neste ano O setor de serviços foi o que mais gerou emprego e contribuiu para o saldo positivo niceia climaco e Ana Paula Dante

As empresas da Região criaram 5.810 postos de trabalho com carteira assinada de janeiro a junho deste ano. O saldo positivo é referente ao total de 190.273 trabalhadores admitidos e 184.463 desligados no período, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira (23/07) pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego). Já em junho em relação a maio, o dado foi de queda, um saldo negativo de 1.883 vagas. Apesar da queda em junho, o resultado mostra estabilidade no emprego formal na Região. No acumulado de um ano fo-

As MEDIDAs DO gOvERnO vãO suRTIR EfEITO E O MERcADO vAI RETOMAR O DEsEnvOLvIMEnTO DAvID hIDORnE, professor de economia da universidade Metodista

ram abertas 11.818 vagas, o que significa 375.698 trabalhadores admitidos e 363.880 demitidos em 12 meses. RETOMADA A expectativa é que no segundo semestre o setor industrial comece a sentir a retomada na economia em função das recentes medidas adotadas pelo governo para acelerar o crescimento. O governo vem baixando as taxas de juros, também reduziu o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para eletrodomésticos e para automóveis, desonerou a folha de pagamentos para alguns setores e liberou crédito para pequenas empresas. “O governo sentiu e resolveu tomar algumas medidas. As resposta não são imediatas, vão surtir efeito e, com o ajuste interno, terá aumento no número de contratações. Está havendo incentivo ao mercado local, terá aumento do consumo e de investimento”, afirmou o professor de economia da Universidade Metodista, David Hidorne. O economista explicou ainda que o mercado acredita que a melhora comece no terceiro trimestre e se intensifique a partir do quarto. “A expecta-

AMANDA PeROBeLLI

emprego na indústria mantém nível de estabilidade; economistas esperam retomada no segundo semestre

tiva é de que as taxas de juros cheguem a 7,5% ao ano e até o final do ano vamos ter mais crescimento e o último trimestre de 2012 será melhor do que o de 2011”, explica. sERvIçOs O setor que mais empregou neste ano na Região foi o de serviços com a criação de 5.475 empregos formais, seguido pela construção civil, com 3.323 vagas abertas nas empresas do setor no ABCD. Na outra ponta,

a indústria foi a que teve o pior resultado, um saldo negativo de 4.584 empregos, de janeiro a junho. nO PAÍs Em todo Brasil foram abertas 1.047 milhão de vagas entre janeiro a junho. O ritmo é 26% menor em relação a igual período de 2011, que fechou com 1,4 milhão de empregos. Em um ano e meio, o governo Dilma já criou 3.064 milhões de postos de trabalho com car-

teira assinada. Se no campo do emprego houve uma desaceleração, com os salários houve avanço. No mercado nacional o salário médio de admissão no primeiro semestre supera em R$ 56 o valor pago no mesmo período de 2011. Nos primeiros seis meses do ano passado, os trabalhadores eram contratados com salário de aproximadamente R$ 946. No mesmo período de 2012, o salário passou para R$1.002.

Regulamentação de cooperativas beneficia a atividade RODRIgO PINtO

Faça depilação completa, e ganhe manicure ou sobrancelha

4335-0220

Mauad: reconhecimento para o setor

Depois de oito anos de intensas negociações no âmbito do Executivo, Legislativo e entidades privadas, a Unisol (União e Solidariedade das Cooperativas) e cooperativistas comemoram a vitória da aprovação da lei 12.690 que regulamenta a atividade no País. A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei sexta-feira (20/07), que possibilita novas regras para a organização e funcionamento das cooperativas de trabalho no Brasil. De acordo com o assessor jurídico da Unilsol e chefe do departamento jurídico do Sindi-

cato dos Metalúrgicos do ABC, Marcelo Mauad, antes de constituir a nova lei, as cooperativas viviam em uma permanente insegurança porque corriam risco de autuação pela fiscalização. Marcelo Mauad disse que são mais de 22 mil empreendimentos do setor de economia solidária espalhados pelo Brasil, mas apenas 10% são organizados por cooperativas porque o modelo cooperativista não era compatível com os grupos que estavam sendo constituídos. Agora, com a regulamentação, o número de sócios permitido para formar

uma cooperativa cai de 20 para sete, o que facilita para o setor. “É motivo de grande alegria e otimismo. Nós, da Unisol Brasil temos muito que nos orgulhar porque partiu dessa entidade a proposta negociada, pois durante muitos anos procuramos buscar esse reconhecimento jurídico. Espero que todas as cooperativas sejam informadas sobre a nova lei, para que possam aproveitar os benefícios”, afirmou Mauad. O diretor da Uniforja, copperativa de Diadema, Maurício Costa, contou que não foi fácil esta conquista. “A aprovação es-

tabelecerá novas diretrizes, definindo a autogestão deste tipo de empreendimento, reforçando os valores essenciais do cooperativismo, e visa dentre outras seguranças, uma condição entre a cooperativa, o cooperado e a sociedade”, ressaltou Costa. Para o diretor-presidente da Unisol, Arildo Mota Lopes, a aprovação da lei representa a união de forças da Unisol, outras entidades e empreendimentos de todo o País. “É um grande passo rumo ao desenvolvimento justo e solidário, considerou”. (Ana paula dante)


14 ABCDMAIOR | 17 e 18 de julho de 2012

arte e ação

cultura na terceira idade A Metodista, em São Bernardo, lançou o programa Aquarela – terceira Idade na universidade. trata-se de atividades gratuitas semanais de cultura e arte durante agosto. Informações: 4366-5598/ 4366-5923.

cultura

Músico andreense apresenta seu novo CD em espaço de São Bernardo nesta quinta-feira, dia 26

agenda são bernardo

cInEMA São Bernardo exibe gratuitamente, nesta quarta-feira (25/07), filmes de sucesso no teatro elis Regina. A programação faz parte do Cinemão nas Férias, que oferece duas sessões, uma para toda a família, às 15h, e a teen, às 18h, com filmes com mais ação e aventura para o público jovem. As atrações são Kung Fu Panda 2 e Capitão América – O Primeiro vingador. O teatro fica na av. João Firmino, 900, Bairro Assunção. Mais informações: 4351-3479. MúsIcA nA PRAçA temas de filmes, pop, MPB, blues, bossa e jazz irão embalar as noites dos visitantes do Shopping Metrópole até 25 de julho, no projeto “Música na Praça”. A atração acontece na Praça de Alimentação, das 19h às 21h, e será realizada semanalmente até o fim de setembro. Nesta terça (24), Paulinho Canhoto tocará guitarra. O shopping fica na praça Samuel Sabatini, 200, Centro de São Bernardo. entrada gratuita.

DIvuLgAçãO

Diadema

cOncERTO Nesta quarta-feira (25/07), às 20h, subirá ao palco do teatro Clara Nunes, em Diadema, a orquestra de câmara polonesa Capella Bydgostiensis. No programa, obras de Nepomuceno, Holst e dos poloneses twardowski e Kilar. O evento, da série “Concertos no estado de São Paulo” tem entrada franca. o teatro Clara Nunes fica na rua graciosa, 300, Centro. Informações: 4056-3366.

Bá Kimbuta atua em várias frentes, a musical e a de fortalecimento do movimento negro no ABCD

Sarau nasce do Coletivo Fórum de Hip Hop Parte fundamental para essa conscientização, o Sarau do Fórum é uma atividade que nasce da vontade do Coletivo Fórum de Hip Hop de criar um movimento de autogestão que envolva o cidadão nas mais variadas formas de organização. Desde a limpeza do espaço, até a produção do evento, passando pela comida que é preparada, tudo passa pela ação coletiva. O encontro de poetas, escritores e compositores, segue por esse mesmo fim: criar um espaço onde as artes de fato contribuam para o aperfeiçoamento das relações humanas e da emancipação dos indivíduos. Sobretudo através da literatura.

“Em um País como o Brasil, onde o povo não é preparado para a leitura, para o conhecimento histórico, é fundamental ter atividades como o Sarau do Fórum. Quem vende oito horas de trabalho para sobreviver e mais quatro de percurso para chegar amassado ao trabalho, não vai chegar com disposição para ler”, disse. Para Bá Kimbuta, é necessá-

rio que haja um meio de ajuda para que essas pessoas criem o hábito da leitura. “O Sarau é a entrada dos nossos nas universidades, uma ponte, uma possibilidade de ter o contato com a leitura, de criar uma via com a literatura. É desconstruir para construir novos rumos. Fico muito feliz de poder participar de ações como esta”, finaliza.

sERvIçO sarau do fórum Quando: toda última quinta-feira do mês. onde: rua Jurubatuba, 1.610, Centro de são Bernardo. Horário: 18h. Entrada franca.

copa Paulista Após vencer o São Bento, em Sorocaba (2 a 1), o São Bernardo encara o Audax paulistano, quartafeira (25/07), às 15h, na Barra Funda, pela Copa Paulista.

Luta atrai crianças e jovens da Região; coordenação, resistência e fortalecimento são benefícios felipe Rodrigues felipe@abdcmaior.com.br

O trabalho de um artista que é muito mais que um cantor de hip hop poderá ser conferido em São Bernardo nesta quintafeira (26/07), a partir das 19h. Trabalhando no lançamento de seu primeiro CD, Bá Kimbuta se apresenta ao lado da cantora Denna Hill no Sarau do Fórum, espaço criado pelo Fórum de Hip Hop. Um ambiente muito conhecido por Bá. Educador social, envolvido no movimento hip hop desde 1996, Bá Kimbuta atua em várias frentes, tanto as musicais, como nos projetos com a banda Uafro e o Conde Favela, quanto em ações sociais como na Associação Negroatividades, onde é um dos organizadores. Na Negroatividades, Bá trabalha com o fortalecimento do movimento negro no ABCD, promovendo debates e reflexões sobre as lutas de gênero, racial e de classes. Além deste projeto, é fundador da Escola de Cultura Negra Bantu, coprodutor do Dia da Cabeça Preta, Jantar Africano, Pão e Vinho Cultural. Uma vida ativa que influencia positivamente em seu trabalho como rapper. ÁfRIcA “Quando criamos a Negroatividades, a Escola de Cultura Ban-Tu, o grupo Kilombagem, o Usina Preta e mais tantas outras ações, a ideia era criar um elo para entender mais sobre o capitalismo, sobre a escravidão e como o colonialismo foi destrutivo para os pretos. Então percebemos que tinha algo escondido e que não era na escola que iríamos descobrir a nossa ligação com o continente africano”, afirmou, ao acrescentar que isso tem influência total no seu trabalho. “Acho importante dizer que as mazelas que o capitalismo deixou ainda nos prejudicam e a denúncia da desigualdade racial é necessária. Isso faz parte do que sou, é minha essência”, avaliou Bá Kimbuta.

espor tes

15

MMA e seus múltiplos golpes são cada vez mais procurados

Bá Kimbuta e o rap que pensa no Sarau do Fórum Marcelo Mendez pauta@abcdmaior.com.br

arte e ação

17 e 18 de julho de 2012 | ABCDMAIOR

As artes marciais mistas, popularmente conhecidas como MMA (Mixed Martial Arts), são a mais nova febre nos centros esportivos do ABCD. Atualmente, a modalidade de combate passou por padronização reunindo vários golpes de lutas marciais utilizando punhos, pés, cotovelos, joelhos, além de técnicas de imobilização. Está programado para agosto o primeiro evento do esporte, no Complexo Cultural Educacional Ayrton Senna, de Ribeirão Pires. Nomes como Anderson Silva, Rodrigo Minotauro e Júnior Cigano já fazem parte das conversas de muita gente. Com a popularização da luta, centros esportivos públicos e academias do ABCD têm uma extensa procura de novos esportistas pela modalidade. É possível notar que houve um aumento expressivo de alunos matriculados nas aulas de artes marciais mistas nos últimos meses. Para o sócio-proprietário da academia Octógono Gym, Arthur Bizam Blum, o MMA é segundo esporte que mais atrai público no País, sendo o que mais cresce em todo o mundo. “Essa modalidade não é passageira, começou no Brasil e está cada vez está mais forte. O volume de matrículas na academia está crescendo mês a mês e com certeza não deve parar tão cedo, por conta dos últimos resultados positivos conquistados pelos lutadores brasileiros como Anderson Silva, Júnior Cigano, José Aldo e Renan Barão”, disse. O secretário de Esportes e Turismo de São Caetano, Marcos Siarvi, acredita que o fato de o UFC (Ultimate Fighting Championship) ter crescido, impulsionou o público a procurar empreendimentos esportivos que oferecessem as artes marciais mistas. “Atualmente contamos com o centro de lutas, que é destinado tanto para as aulas de esportistas comuns como também para treinamentos das equipes que representam a nossa cidade”, ressaltou. De acordo com o Aílton Pessoa,

treinador de boxe e muay thai do centro esportivo de lutas de Ribeirão Pires, a arte marcial basicamente trabalha pernas, braços, abdômen e desenvolve o condicionamento físico, concentração e autoconfiança. “É um esporte que trabalha a coordenação motora, aumenta a resistência cardiovascular e também fortalece a musculatura. A prática propicia aos iniciantes a perda de 600 calorias até mil calorias”, disse. Para Pessoa, a procura pela modalidade veio depois da divulgação do esporte nas novelas e também por conta das transmissões de campeonatos em canais de televisão. “O esporte de luta passou por uma reformulação e toda aquela ideia de esporte violento acabou mudando. É uma modalidade agressiva como qualquer outra”, afirmou. Matheus Rodrigues e Diego Dantas, 15 anos, estudantes, moradores de Ribeirão Pires, começaram recentemente a praticar MMA no complexo de lutas de Ribeirão Pires e desde então já são considerados um dos destaques do grupo que pratica a modalidade esportiva na cidade. “Um dos meus objetivos é poder participar de campeonatos e poder crescer neste esporte. É uma modalidade que contribui tanto para o nosso desenvolvimento físico, como também ajuda a melhorar a concentração na escola”, destacou Dantas.

LuCIANO vICIONI

Babalu diz que público já consegue enxergar que se trata de esporte com intenso contato; ideia de violência já é passado

Brasil tem potencial para formar lutadores O campeão de Wrestling (um tipo de arte marcial) e MMA, Renato Sobral, o “Babalu”, esteve em São Bernardo recentemente e concedeu uma entrevista exclusiva ao ABCD MAIOR. O atleta ressaltou que o Brasil tem potencial para formar novos lutadores para competir em torneios internacionais. O lutador destacou que o volume de academias focadas em artes marciais mistas está em expansão no país. De acordo com Sobral, o es-

porte de luta tem crescido muito. “Até há pouco tempo, as pessoas achavam as arte marciais violentas, mas aos poucos o pensamento tem mudado e o público conseguiu enxergar que se trata de um esporte com intenso contato. No Brasil, ainda temos poucas academias especializadas em lutas, mas certamente aos poucos vamos ter novos empreendimentos atuando nesse segmento”, disse. Para “Babalu”, as academias

brasileiras cada vez mais estão buscando se especializar para fornecer treinos de alto rendimento para os jovens esportistas. “O empreendimento precisa contar com profissionais que tenham experiência no esporte. O MMA é uma modalidade que está em pleno desenvolvimento no nosso país e se for bem trabalhada, certamente teremos grandes estrelas representando o verde-amarelo em inúmeras competições”, finalizou.

MMA história

vOLuME DE MATRÍcuLAs nA AcADEMIA EsTÁ cREscEnDO Mês A Mês E cOM cERTEzA nãO DEvE PARAR TãO cEDO ARThuR bLuM, proprietário da academia Octógono gym

O esporte teve origem por volta de 1940 no Brasil. No Rio de Janeiro, os irmãos Hélio e Carlos Gracie percorreram academias da cidade desafiando oponentes para provar que o jiu-jitsu era a forma de combate mais eficiente. Esses desafios promovidos pelos irmãos Gracie eram chamados de “vale-tudo” e a partir daí surgiu o nome que se popularizou com o crescimento do esporte. pensando em uma nomenclatura mais amena para a modalidade, os organizadores passaram a chamar o esporte de MMA (Mixed Marcial Arts ou “Artes Marciais Misturadas”). Atualmente, as academias preferem o novo nome, mas, apesar disso, a maioria das pessoas conhece o MMA como “vale-tudo”.

Equipamentos para a prática do esporte, é preciso utilizar uma bandagem (faixa para proteção das mãos), luva de boxe (para treino em sacos de pancada e proteção do rosto), protetor bucal, calção ou calça térmica e camiseta.

Onde praticar centro de Lutas - Av. Fernando simonsen, 130 - Bairro Cerâmica – são Caetano centro esportivo do complexo cultural Educacional Ayrton senna - Avenida Brasil,193-Centro - Ribeirão pires Octógono gym - Rua dos Vianas, 237, Baeta Neves, são Bernardo


16 ABCDMAIOR | 17 e 18 de julho de 2012 Título em Santo André Guaraciaba e Real, times das duas das maiores torcidas amadoras do ABCD, decidem no próximo domingo (29/07), às 10h, o título do Amador.

decisão do AMADOR em s.bernardo

Nacional e Divinéia decidem domingo (29/07), às 10h, no estádio do Baetão ou no 1º de Maio (decisão sai nesta terça-feira, 24/07), o título da Divisão Especial da Liga de Futebol de São Bernardo. Domingo (22/07), o Nacional empatou com o Divinéia por 1 a 1. O Blumenau venceu o 11 Unidos por 2 a 0.

S. Bernardo recebe time do futebol japonês para intercâmbio esportivo Equipe sub-15 do Fukuyama Futebol Clube faz amistosos entre 11 e 19 de agosto e conhecerá a ascensão do Projeto Tigrinho andris bovo

Edélcio Cândido edelcio@abcdmaior.com.br

São Bernardo recebe entre os dias 11 e 19 de agosto a delegação da equipe sub-15 do Fukuyama Futebol Clube. O clube japonês chega em 8 de agosto para disputar amistosos contra times do Projeto Tigrinho e visitar campos varzeanos numa iniciativa do São Bernardo Futebol Clube em parceria com a Prefeitura. O Projeto Tigrinho oferece, para cerca de 5,5 mil crianças e adolescentes, aulas gratuitas de futebol e atividades educativas e sociais a partir do Centro Esportivo Jardim Lavínia, mas também espalhadas por campos de toda a cidade. O ex-jogador do Santos Kazuyoshi Miura, o Kazu, 44 anos, foi quem fez a ligação dos garotos japoneses com o São Bernardo F.C. Kazu foi o primeiro japonês a jogar no Brasil. O atleta jogou em times como o Santos, Palmeiras, Juventus e Coritiba. No exterior, atuou em equipes do Japão (onde chegou a jogar na seleção do país), Itália, Croácia e até na Austrália. Kazu foi o responsável por trazer o Fukuyama ao ABCD num sonho que passou a existir desde o final do ano passado. A agenda dos japoneses em São Bernardo também inclui visitas a equipamentos esportivos do município. Os cerca de 25 atletas da categoria sub-15 do Japão e mais a comissão técnica participarão de jogos amistosos, que acontecem em 11, 12, 14, 17 e 19 de agosto, nos estádios

Projeto Tigrinho oferece aulas para 5,5 mil crianças e adolescentes

do Lavínia e do Baetão. O secretário de Esportes da Prefeitura de São Bernardo, Eduardo Tadeu Costa, disse que o fundamental é que as crianças nipônicas conheçam não apenas os equipamentos esportivos de alto rendimento e os campos de futebol da chamada várzea. “Eles também vão conhecer o Poliesportivo e as obras do Centro de Alto Rendimento que está sendo construído para o atletismo, handebol e outras atividades, na Vila do Tanque.” Salto ao futuro “Esse intercâmbio sela uma nova era, novo salto ao futuro de São Bernardo, que recentemente esteve com equipes de base em Pescara, na Itália. Grandes craques que estão pelo

mundo saem de projetos bem elaborados, como o David Luiz, do Chelsea, que saiu do futebol amador da Região. A várzea também revela jogadores. É uma escola”, afirmou Tadeu. Os campos bernardenses a serem visitados devem ser os do Triângulo Esporte Clube, Sociedade Esportiva Corinthians de Alves Dias, Esporte Clube Nacional de Vila Vivaldi, Esporte Clube DER, Sociedade Esportiva Nova Petrópolis e Lavínia Esporte Clube. O ex-atleta Kazu (Kazutoshi Yamaguchi) acompanhará os jogos dos meninos nipônicos. Divaldo Bizzoto, presidente do Triângulo Esporte Clube e coordenador do intercâmbio, vê a “visita japonesa” como um salto na era dos intercâmbios esportivos.

Tabelão da Várzea

São Bernardo Divisão Especial - Semifinais Mapa dos jogos amistosos

O São Caetano volta a campo no sábado (28/07) para enfrentar o Ipatinga, em Ipatinga, às 21h, no estádio do clube mineiro, e busca três pontos para entrar finalmente no G4 da Série B do Brasileiro. O Azulão está em 5º lugar, com 22 pontos ganhos, um a menos do que o América-RN, com 23. Criciúma (29 pontos) e Vitória-BA

(28) são os dois melhores times do campeonato, por enquanto. O goleiro Luiz e o atacante Leandrão podem voltar a reforçar a equipe após cumprimento de suspensão. Para o técnico Sérgio Guedes, o São Caetano melhorou muito tecnicamente nos últimos três jogos, mas ainda vê um pouco de “ansiedade excessiva” de alguns jogadores do meio-campo

para a frente. “O time está saindo consciente para o ataque, bom toque de bola, mas acho que na hora de finalizar é que bate o nervosismo e perdemos a chance de fazer mais gols. Aliás, a ansiedade é um problema em muitos clubes, mas dentro do possível temos de saber trabalhar o nervosismo”, diz o técnico. (Edélcio Cândido)

Estádio do Baetão Nacional | 1 x 1 | Divinéia

11/08

Estádio do Nacional

Triângulo x Fukuyama | 9h

Blumenau | 2 x 0 | 11 Unidos

Corinthians x Fukuyama | 11h

Nacional e Blumenau farão a finalíssima.

Campo do Triângulo rua cristóvão de barros, 236, bairro assunção

Santo André - 1ª Divisão 29/07

12/08 D E R x Fukuyama | 14h N. Petrópolis x Fukuyama | 16h Centro Esportivo do Jd. Lavínia avenida capitão casa, 1500, jardim lavínia

14/08 São Bernardo x Fukuyama | 14h

Guedes pede menos ansiedade ao Azulão

22/07

Estádio do Baetão avenida armando ítalo setti, 901, baeta neves

Campo do Nacional Real* x Guaraciaba O Real joga pelo empate para ser campeão*

São Caetano 1ª Divisão - Semifinais 22/07 Gisela Internacional | 2 x 2 | Em Cima da Hora Águias de Nova Gerty Metalúrgicos | 2 x 0 | AED

17/08 Nac. Vl. Vivaldi x Fukuyama | 14h

copa são pedro - 1° Fase - 22/07

Estádio do Nac. de Vl. Vivaldi

Campo do Ex-Volks

Rua iguape, 251, vila vivaldi

1° de Agosto | 0 x 1 | Bola+1

19/08

Azulão | 1 x 1 | Platinense

Lavínia x Fukuyama | 9h

Nacional | 2 x 1 | Rudge Ramos

Triângulo x Fukuyama | 11h Centro Esportivo do Jd. Lavínia avenida capitão casa, 1500, jardim lavínia

União | 0 x 0 | Palestra XV de Novembro | 7 x 0 | Cruzeirinho


Jornal ABCD MAIOR edição 447