Issuu on Google+

IMPRESSO

Jornal da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Abril de 2011 | Ano 22 | Nº 206 | abccc.com.br

II Congresso do Cavalo Crioulo é sucesso em Gramado Foto Felipe Ulbrich

PÁGINAS 56 e 57

Maior evento de debate sobre a raça reuniu centenas de interessados em três dias de palestras na serra gaúcha

ABCCC realizará assembleia geral Página 7

Marcha de Jaguarão começa no dia 24 Página 37

Foto Henrique Vicente

Raça Crioula brilha na Equitana Página 54

Rédeas

Remendo do Purunã vence Copa Querência Sob o comando de Gilson Diniz Filho, exemplar da cabanha Marca dos Santos teve nota final 224,5 Páginas 40 e 41

Série aponta caminho até o Freio de Ouro Páginas 32 e 33

Paleteada terá semifinal em Pelotas Página 45

Bocal de Ouro reúne melhores inéditos do ano Seletiva entre animais estreantes garante vaga no Freio de Ouro; evento ainda terá Mofologia Passaporte e a final da Paleteada Internacional Página 12


2

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Opinião

Editorial

Foto do criador

Pista pronta para receber os inéditos Preparo forte, muito treino, qualidade e a adrenalina da estreia. Esses são os componentes que deverão entrar em pista na primeira Classificatória brasileira do Freio de Ouro 2011, que ocorre no penúltimo final de semana de abril, em Esteio/RS. Em sua nona edição, o Bocal de Ouro está entre as competições que mais geram expectativas. Lá se fazem presentes os melhores novatos do ciclo, cavalos e éguas que até então ainda não participaram de outra competição, mas que no decorrer da prova não só mostram o bom preparo, como também, a capacidade de pontear na grande final. A importância desta etapa – exclusiva para animais inéditos – já está consolidada no calendário da raça e a cada ano, além do maior número de inscritos, aumentam também as credenciadoras. No ciclo passado ocorreram 17 eventos envolvendo 463 inscritos. Este ano foram 20 eventos e cerca de 500 inscrições. Na página 12 você acompanha mais detalhes sobre o Bocal de Ouro. Nesta edição outro assunto que ganhou destaque foi o II Congresso do Cavalo Crioulo, realizado em meados de março, em Gramado/RS. Em parce-

Este espaço é dedicado para divulgar imagens de criadores em momentos representativos de sua trajetória dentro da raça Crioula. As fotos, devidamente identificadas, devem ser enviadas para o e-mail: jornalcavalocrioulo@abccc.com.br – assunto: Foto do Criador.

ria com a Abraveq, o Congresso reuniu um grande número de criadores de fora do Rio Grande do Sul e possibilitou um importante e amplo espaço de debates sobre a raça. Leia mais a respeito nas páginas 56 e 57 desta edição. Já nas páginas centrais, 32 e 33, você acompanha a segunda parte da série Freio de Ouro 30 anos. Nela a reportagem do JCC explica cada uma das etapas na corrida pelo grande título. Também é na edição de abril que a ABCCC apresenta o selo comemorativo dessas três décadas de seleção dos melhores exemplares da raça Crioula. Não deixe de ler a editoria Por Dentro da ABCCC. Veja quais foram as novas determinações do Conselho Deliberativo Técnico sobre o registro de cavalos melados. Acompanhe mais na página 6. Temas como inseminação artificial e transferência de embriões também fazem parte desta publicação que chega, agora, as suas mãos. Desde que assumiu a gestão, a diretoria desta casa vem discutindo sobre a possibilidade de uso dessas novas tecnologias de reprodução. Acompanhe a matéria na página 7 e saiba o que está sendo tratado.

A Foto do Criador do mês de abril foi enviada por Letícia Peter Barbosa, de Pelotas/RS. Segundo Letícia, sendo o cavalo Crioulo um dos símbolos oficiais do RS, teria que ser montado em um que todos deveriam homenagear e representar o Estado na Semana Farroupilha, assim como ela que registrou o momento em Piratini

Erramos

Na matéria especial publicada nas páginas centrais da edição de março do Jornal Cavalo Crioulo foi publicado erroneamente que, em 1983 a ABCCC deu ao Freio de Ouro o nome de Roberto e Flávio Bastos Tellechea. Na verdade, em 1983 foi dado apenas o nome de Roberto à prova. A homenagem foi estendida a Flávio somente em 1990, quando este veio a falecer.

Índice Opinião Por dentro da ABCCC

2 6

Freio de Ouro

12

Morfologia

28

Especial

32

Morfologia

34

Eventos

36

Geral

54

Gente

62

Boa leitura!

Expediente

Correspondências para o Jornal devem ser encaminhadas para o e-mail jornalcavalocrioulo@abccc.com.br ou remetidas à ABCCC, avenida Fernando Osório, 1.754-A, CEP 96055-000, Caixa Postal 571, Pelotas/RS. O fechamento de cada edição ocorre no último dia do mês. ISSN - 2179-7250.

Vices-presidentes: Frederico Wolf, Alfredo Lisboa Ribeiro Tellechea, Mauro Raimundi Ferreira e Mário Móglia Suñe Primeiro-secretário: Elisabeth Amaral Lemos Segundo-secretário: Luís Augusto Weber Primeiro-tesoureiro: César Augusto Rabassa Hax Segundo-tesoureiro: Mílton Martins Moraes Filho Conselho Fiscal: Daniel Anzanello, Eduardo Macedo Linhares, Luiz Antônio Martins Bastos Suplentes do Conselho Fiscal: Antônio Augusto Marques de Fernandes, Fernando Fabrício de Faria Corrêa Presidente do Conselho Deliberativo Técnico: Ricardo Vieira Borges Membros: Antônio Carlos Albuquerque Py, Francisco Kessler Fleck, Luiz Martins Bastos Neto, Ciro Manoel Canto de Freitas, Eduardo Móglia Suñe, Luiz Alberto Martins Bastos

DIRETORIA DA ABCCC 2010/2012 Presidente: Manuel Luís Benevenga Sarmento

Diretor de Marcha Resistência: Paulo Gomes Móglia Diretoria de Provas Funcionais

O Jornal Cavalo Crioulo é a publicação oficial da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), produzido pelo setor de Comunicação e Marketing da Associação. Tem periodicidade mensal e tiragem de quatro mil exemplares.

Membros: Cássio Souza Bonotto, Francisco Carlos Habowsky, José Francisco Pereira de Moura, Lauro Varela Martins, Leandro Amaral, Luís Rodolfo da Costa Machado Jornalista responsável: Débora Borba (MTB/RS 11.619) Textos: créditos nas matérias Fotos: créditos nas imagens Projeto Gráfico: Thiago Garcia Rocha - thiagorochadg@gmail.com Diagramação: Tadeo Pérez Davyt e Thiago Garcia Rocha Revisão: Rosi Pedroni Weege Impressão: Grupo Editorial Sinos AS, Novo Hamburgo/RS Publicidade: anuncios@abccc.com.br ou através do telefone (53) 3223-2122. Envio de arte sempre até o dia 25 de cada mês Atenção anunciante: a ABCCC não se responsabiliza pelas informações prestadas nas páginas de publicidade, bem como pelas fotos cedidas para a publicação. Elas são de inteira responsabilidade dos anunciantes


6

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Por dentro da ABCCC

Chile promove novo encontro da FICCC Foto Almuerzo Graneros

Representantes das entidades nacionais se reuniram em Rancágua, no Chile; próximo encontro será no Brasil, em Esteio/RS, na Expointer

Douglas Saraiva

Entre os dias 30 e 31 de março, representantes dos países integrantes da Federação Internacional de Criadores de Cavalos Crioulos (FICCC) estiveram mais uma vez reunidos no Chile, para discutir a respeito da próxima Expo-FICCC, que será realizada entre os dias 11 e 13 de outubro de 2012, em Santiago.

Na última reunião, no dia 22

de janeiro, foram divulgadas as modalidades que terão seletivas no evento: morfologia, provas funcionais do Freio, rédea internacional, Rodeio Chileno, Paleteada Argentina, Movimiento a La Rienda, Atrelagem e Enduro. Desta vez, além dos criadores chilenos, também estiveram representadas as entidades do Brasil, do Uruguai e do Paraguai, no encontro ocorrido na localidade de Rancágua, na residência do criador Agustín

Edwards. Presente na reunião, o presidente da ABCCC, Manuel Luís Sarmento, relata que foram discutidas as cotas de animais por país, sendo decidido que cada um terá livre decisão a respeito. O Chile, porém, já definiu que trabalhará com 50 animais como máximo. A próxima reunião com os representantes dos países da FICCC será em Esteio/RS, no dia 26 de agosto deste ano, durante a Expointer.

Exames de DNA DNA, independente de ter tipagem sanguinea. As éguas cobertas no período 2009/2010, não terão registrados os potrancos desses reprodutores, sem a sua regularização, assim como as padreações do período 2010/2011 não serão aceitas.

Para evitar custos, a Associação sugere que os criadores aproveitem a visita do técnico por ocasião da resenha ao pé da mãe, para a realização do exame. A relação dos animais que ainda não realizaram o procedimento está no site da ABCCC (abccc.com.br).

Crioulos. Por isso, o Conselho Deliberativo Técnico (CDT) decidiu não confirmar mais exemplares que se classifiquem nas especificações descritas. De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo Técnico (CDT), Ricardo Vieira Borges,

por decisão do próprio conselho, os animais despigmentados não serão mais aceitos a fim de registro. ”Consideramos que ao selecionarmos uma raça rústica, como deve ser a nossa, estes animais não terão esta qualidade como característica”, explicou.

Cavalos melados O cavalo melado é um tipo de animal completamente branco, que também pode ser classificado como albino. Por suas diferentes características físicas sua concorrência perde pontos em fatores de qualidade quando comparados com os demais cavalos

Cláudio Neto de Azevedo - Médico veterinário – CRMV 1722MT

Manejo alimentar do cavalo atleta - Parte 2 Sempre se deve ter um equilíbrio no requerimento nutricional, levando em conta o peso e a idade do animal, a carga de trabalho (que em cada estágio, terá uma exigência) e o estado corporal que ele se encontra, pois, conforme a condição corporal, haverá um ganho compensatório até atingir seu estágio ideal. Por outro lado, temos as fontes de alimentos nas quais encontramos os volumosos, concentrados e suplementos. Em tese, com essas informações temos condições de analisar todas as variáveis, o que prova que cada cavalo tem uma necessidade, conforme o estágio de trabalho. Em média a indicação de concentrados varia entre um a 1,5% do peso vivo, por dia, dividido em três refeições. Entretanto, de nada adianta se preocupar somente com a quantidade e a qualidade da ração e esquecer da quantidade e da qualidade do volumoso que está diretamente relacionado com a performance do cavalo atleta. Muitas vezes encontramos situação inversa, na qual pela falta de volumoso se pode aumentar a quantidade de ração por dia, onde acontecem muitas vezes os problemas digestivos. A proporção ideal entre volumoso (feno) e concentrado (ração) será em média 70% de feno e 30% de ração por dia. Outro fator é o teor de fibra do feno, pois, se este apresentar um alto teor de lignina, o cavalo não metaboliza.

Utilização de óleos na dieta

Comunicados A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) ratifica que, conforme determinação do Conselho Deliberativo Técnico (CDT) da entidade, todos os produtos nascidos a partir do dia 1º de julho de 2010, deverão fazer exame de

Papo Técnico

Os óleos vegetais de maneira geral possuem uma alta quantidade em calorias e, por isso, quando utilizados nas formulações das rações conferem um aumento da energia fornecida pelo produto. Além disso, o óleo de linhaça, mais especificamente, apresenta em sua composição uma relação equilibrada dos ácidos graxos essenciais, Omega 3 e Omega 6, que são sabidamente agentes importantes dentro do metabolismo dos cavalos, interferindo em processos importantes como inflamação, respostas alérgicas e imunidade. Fatores como o aumento de exercício exigem um maior aporte ener-

gético. Podemos utilizar o óleo puro ou, no caso de rações que possuem na sua formulação, altos teores de energia.

Benefícios do uso de óleo - Digestibilidade acima dos 90% - Melhora a eficiência alimentar - Diminui a produção de calor - Aumenta a concentração de glicogênio - Diminui o tempo de recuperação do animal após o exercício - Diminui a excitabilidade dos animais - Auxilia na absorção das vitaminas lipossolúveis (Adek)

Em resumo, creio que, cada vez mais, será importante o equilíbrio entre os principais pontos que fazem o cavalo atleta, que são: treinamento, manejo e nutrição, sendo que a disputa final de qualquer prova equestre está, muitas vezes, nos pequenos detalhes principalmente no caso da nossa prova do Freio de Ouro, onde temos um acúmulo de provas, exigindo ainda mais do cavalo.

Pergunta do Leitor Eventualmente vejo o cavalo Crioulo no canal rural, onde aprecio muito a sua morfologia. Gostaria de saber como é a questão do andado da raça, se mais trotão do que marchador, se dada a sua semelhança mais forte com o quarto de milha, se assemelha na montaria? Alex Melo, Anápolis/GO Resposta do técnico Oi Alex

As andaduras do cavalo Crioulo são o tranco, o trote e o galope. Na raça, em uma prova de andadura ou morfologia, não são aceitos animais marchadores, este é um ponto de penalização grave. Quanto ao cômodo e à semelhança ao quarto de milha, são muito próximas sendo que o Crioulo é mais correto e macio em seus movimentos. A sua disposição para qualquer dúvida. Cláudio

Dúvidas? Envie sua pergunta para

jornalcavalocrioulo@abccc.com.br


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Por dentro da ABCCC

7

Diretoria projeta assembleia geral para discutir novas tecnologias O debate de temas pontuais tem mobilizado a atenção da diretoria da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), que programa a realização de uma assembleia geral entre os criadores. Novas tecnologias como a Inseminação Artificial (IA) e a Transferência de Embriões (TE) estão entre os tópicos a serem discutidos em reunião, ainda sem data definida.

O corpo diretor da entidade já demonstrou preocupação em relação a estas tecnologias e, inclusive, esclareceu durante o II Congresso do Cavalo Crioulo, em Gramado/RS, que pretende discutir os temas com base em criteriosa avaliação de todos os prós e os contras referentes à aceitação aos referidos métodos reprodutivos. Na ocasião, o presidente da ABCCC, Manuel Luís Sarmento, adiantou que será proposta pelo Conselho Deliberativo Técnico

(CDT) a liberação da IA com sêmen fresco ou congelado, entretanto, com o estabelecimento de um número limite de procedimentos por reprodutor. Da mesma forma, será discutida a possibilidade de admitir a TE nas fêmeas habilitadas conforme sistema de ranqueamento. Para o presidente do CDT da Associação, Ricardo Vieira Borges, estes assuntos são de grande relevância no contexto atual da raça. “O debate envolve não somente o uso da técnica em si, mas, principalmente, as consequências que estes métodos podem influenciar no nosso futuro”, aponta. Em ambos os casos, ressaltou Borges, o CDT e a diretoria mantêm a preocupação, não somente em relação à liberação pura e simples destas técnicas, mas ainda levam em conta os desdobramentos que acarretariam no mercado de reprodutores machos e também de fêmeas.

Entenda as propostas Inseminação Artificial - Sobre o uso da técnica em si entende-se que, se bem manejada, traz muito mais vantagens do que desvantagens. Além da preservação do reprodutor, evitando lesões físicas e prejuízos reprodutivos por excesso de coberturas, são considerados também os ganhos do ponto de vista sanitário. A IA pode facilitar o acesso à genética de animais de ponta, principalmente, aos criadores que devido à distância e ao custo não teriam esta condição, assim como estrangeiros. Quanto aos prejuízos ao usarmos esta técnica estima-se que, em princípio, uma liberação generalizada poderia acarretar queda no mercado de reprodutores e, ainda, a possibilidade de concentração sanguinea, que poderá levar a raça a um nível de consanguinidade não desejado. A proposta inicial indica que esta liberação deve ser feita com con-

trole do número máximo de 120 padreações ao ano, num primeiro momento, até que se possa avaliar melhor a situação. Transferência de Embriões – A TE é um método já utilizado e de grande valia no melhoramento da raça, pois possibilita aos animais superiores a condição de ter mais de um produto ao ano. A nova proposição do CDT prevê a liberação de um produto de TE ao ano a qualquer fêmea da raça, visando aos animais que já estão em prepa-

ração para campanhas morfológicas e/ou funcionais e que, por não disporem deste método, acabam entrando tarde na reprodução, considerando-se que, na maioria dos casos, estes são de ponta. Dessa forma, os animais que não são habilitados à transferência de embrião no modelo atual poderão escolher entre tirar um embrião ou uma prenhez normal. O sistema não muda o ciclo natural de uma fêmea que é de uma cria ao ano, só modifica o método de concepção.

Galeria de Novos Associados Leonardo Corrêa Santa Vitória do Palmar/RS Charles André Rovigo Curitiba/PR José Adair Nepomuceno Viamão/RS Maria Amélia Rocha Cardozo

Santa Vitória do Palmar/RS Servino Albani Modelo/SC Vander Endller Quilombo/SC Fernando do Amaral Paiva Dom Pedrito/RS

Gaúcho de Jaguarão se incorpora ao quadro técnico da ABCCC O médico veterinário Rouget Gigena Wrege recebeu das mãos do superintendente do Setor de Registro Genealógico da ABCCC, Gilberto Loureiro de Souza, o instrumento com a marca da entidade, no ato que simbolizou o seu ingresso no quadro de técnicos autônomos da Associação. A nomeação de Wrege, aprovado no último processo seletivo, ocorreu no dia 9 de março, na sede da ABCCC. Aos 33 anos, o gaúcho de Jaguarão adquiriu experiência na raça ao trabalhar em centro especializado em reprodução equina com sede nos municípios de Jaguarão e Capão do Leão, no Rio Grande do Sul. Além disso, já atuou como jurado em diversas exposições morfológicas e funcionais do cavalo Crioulo como o Bocal e o Freio de Ouro. Na opinião de Wrege, a condição de técnico vai lhe oportunizar atuar com maior efetividade pela raça. “Cresci trabalhando para melhorar o cavalo Crioulo e agora, como técnico, poderei ampliar a minha atuação. A minha intenção, muito antes de econômica ou qualquer coisa, sempre foi trabalhar pela qualificação da raça”, disse.

Foto Maysa Maciel

Rouget Wrege recebeu o instrumento com a marca da raça das mãos do superintendente do Setor de Registro Genealógico da ABCCC, Gilberto Loureiro de Souza

Com o novo profissional, a relação de técnicos habilitados

a prestar orientações e a realizar a super visão de provas ofi-

ciais da ABCCC sobe para 20. Confira no site da ABCCC a lis-

ta completa e as formas de contato com cada um deles.


10

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Por dentro da ABCCC

Calendário de Eventos

de Paleteada - Cidade: Pelotas/ RS - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

PR - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Sudoeste do Paraná - Responsável: Valmir Dallacosta – Contato: (46) 3225 1586/3225 5435/9972 1851

ABRIL 7 a 10 - Evento: Morfologia, Credenciadora, Campereada - Cidade: Brasília/DF - Apoio: Associação de Criadores de Cavalos Crioulos do Distrito Federal - Responsável: Haroldo Leonetti – Contato: (61)3318 5705/3367 4995/3318 2705/9976 1172

16 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Quaraí/RS - Apoio: Núcleo Quaraiense de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Claudino Murillo Jr – Contato: (55) 3423 1012/9984 1345/9964 5163

29 - Evento: Resenha Coletiva Cidade: Montenegro/RS - Apoio: Núcleo Encosta da Serra de Criadores de Cavalos Crioulos – Contato: (51) 3504 2979/9157 4121

10 - Evento: Campereada - Cidade: Santa Vitória do Palmar/RS Responsável: Núcleo Pedro Arício Souza de Criadores de Cavalos Crioulos Contato: (53)3263 1932/3263 1551 14 a 17 - Evento: Credenciadora e Morfologia - Cidade: Santa Maria/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria – Contato: (55) 3222 4746/3025 3235 14 a 17 - Evento: Credenciadora Cidade: Campo Alegre/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Planalto e Norte Catarinense - Responsável: Isolete e Cabanha Bela Aliança – Contato: (47)3631 3301/(47)3634 0480 15 a 17 - Evento: Provas Jovens e Credenciadora - Cidade: Santana do Livramento/RS - Apoio: Núcleo Santanense de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Elton Enick – Contato:(55)9961 1179/8124 0000 15 a 17 - Evento: Resenha Coletiva, Provas Jovens e Morfologia - Cidade: São Jerônimo/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Região Carbonífera - Responsável: Luiz Mierczynski Neto – Contato: (51)3347 2370/3208 2637/3501 9644/9282 1977 15 a 17 - Evento: Morfologia - Cidade: Londrina/PR - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Norte Paranaense - Responsável: Elizandro Pellin - Contato: (43)3321 6078/3334 4134/8403 9344/(46)9109 1149

16 a 17 - Evento: Tiro de Laço e Enduro - Cidade: Arambaré/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos José Júlio Coutinho - Responsável: Luiz Mário Azambuja – Contato: (51) 3692 3173/9984 0682/9984 0606 16 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Nova Prata/RS - Apoio: Núcleo Biriva de Criadores de Cavalos Crioulos – Contato: (54)3358 1223/9978 1725 16 - Evento: Rédeas - Cidade: Brasília/DF - Apoio: Associação de Criadores de Cavalos Crioulos do Distrito Federal - Responsável: Haroldo Leonetti – Contato: (61)3318 5705/3367 4995/9976 1172 16 a 17 – Evento: Morfologia, Campereada e Palestra Técnica – Cidade: Petrópolis/RJ – Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Rio de Janeiro – Responsável: Luiz Araripe Júnior – Contato: (21) 2103 2200/9268 9220 17 - Evento: Paleteada - Cidade: Fraiburgo/SC - Apoio: Associação Catarinense de Criadores de Cavalos Crioulos Adolfo Martins Responsável: Paulo - Contato: (49) 3256-3000 Ramal 26 /9917-4642 20 a 24 - Evento: Final da Paleteada Internacional, Morfologia Passaporte e Bocal de Ouro - Cidade: Esteio/RS - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 23 - Evento: Resenha Coletiva Cidade: Nova Santa Rita/RS - Apoio: Núcleo Encosta da Serra de Criadores de Cavalos Crioulos – Contato: (51) 3504 2979/9157 4121 - e-mail: acccvc@gmail.com

16 - Evento: Resenha Coletiva e Dia de Campo - Cidade: Caçapava do Sul/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Caçapava do Sul Responsável: Luiz Teixeira – Contato: (55)9964 2218

24 a 8 - Evento: Marcha - Cidade: Jaguarão/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Jaguarão - Responsável: Rodrigo Gonçalves – Contato: (53) 3261 2134/3261 1703/9818 4649

16 - Evento: Palestra Técnica e Dia de Campo - Cidade: Carazinho/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Carazinho - Responsável: Bruno Tombini - Contato: (54) 3330 2206/3331 3522/9933 0837

29 a 1 - Evento: Provas Jovens, Credenciadora e Morfologia - Cidade: Canguçu/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Canguçú - Responsável: Leomar – Contato: (53) 84031219

16 e 17 - Evento: Classificatória

29 a 1º/5 - Evento: Morfologia e Credenciadora - Cidade: Pato Branco/

30 - Evento: Palestra Técnica, Provas Jovens e Credenciadora - Cidade: Santa Cruz do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Cruz do Sul - Responsável: Tibicuera de Almeida – Contato: (51) 3713 2280/3719 2532/9884 9339 30 a 1º/5 - Evento: Campereada, Morfologia égua prenhez e com cria, Provas Jovens e Resenha Coletiva - Cidade: São Borja/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de São Borja - Responsável: Ricardo Alvarez – Contato: (55) 3431 1281/9977 6884/3611 3031 30 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Pinheiro Machado/RS Apoio: Núcleo Zona Sul de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Mauricio Oliveira – Contato: (53) 3248 1600 30 - Evento: Morfologia - Cidade: Viamão/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da 6ª Região - Responsável: Henrique Noronha – Contato: (51) 9971 1957 30 a 1º/5 - Evento: Provas Jovens, Paleteada e Tiro de Laço - Cidade: Quaraí/RS - Apoio: Núcleo Quaraiense de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Claudino Murillo Jr – Contato: (55) 3423 1012/9984 1345/9964 5163 30 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Pedro Osório/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Pedro Osório - Responsável: Paulo Velho - Contato: (53) 3255 2187/9128 1821 30 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Joinville/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Planalto e Norte Catarinense – Contato: (47) 3435 3550/9977 2843 30 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Bom Jardim da Serra/SC - Apoio: Associação Catarinense de Criadores de Cavalos Crioulos Adolfo Martins - Responsável: Karin Sobrinho – Contato: (48) 9968 6815 30 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Itapetininga/SP - Apoio: Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos- Responsável: Ana Esparza e Paulo R. Parmegiani - Contato: (14) 3227 6777/3227 6326/9652 3445/ (42)9962 3488

MAIO 5 a 8 - Evento: Paleteada, Morfologia e Credenciadora - Cidade: Vacaria/RS - Apoio: Núcleo Serrano de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Fábio Camargo – Contato: (54) 9974 8324 5 a 8 - Evento: Provas Jovens, Campereada, Credenciadora e Morfologia - Cidade: Soledade/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Soledade - Responsável: Josiano Garcia – Contato: (54) 8118 2820 5 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Júlio de Castilhos/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Júlio de Castilhos - Responsável: Thiago Van Hoogstraten – Contato: (55) 9973 6728 5 a 8 - Evento: Palestra Técnica e Morfologia - Cidade: Santo Ângelo/ RS - Apoio: Núcleo Missioneiro de Criadores de Cavalos Crioulos Responsável: Pedro Moro - Contato: (55) 3312 5370/9961 2615 6 a 8 - Evento: Credenciadora, Provas Jovens e Morfologia - Cidade: Palmeira das Missões/RS - Apoio: Núcleo Palmeirense de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Luíz Sobrinho e Filhos – Contato: (55) 3742 2265/3742 3089/9964 1122/9657 3823 6 a 7 - Evento: Campereada, Prova de 1 Ano de Doma, Prova de 21 Dias - Cidade: Jaraguá do Sul/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Planalto e Norte Catarinense - Contato: (47) 3435 3550/3275 8501/9977 2843 7 e 8 - Evento: Tiro de Laço e Prova de 21 Dias - Cidade: Chapecó/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Oeste Catarinense – Contato: (49) 9987 5225/8829 8472 7 - Evento: Palestra Técnica e Resenha Coletiva - Cidade: Canelinha/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Florianópolis e Vale do Rio Tijucas - Responsável: Antônio Huscher – Contato: (47) 3349 3132/3349 3132/9936 3441/9936 3441 8 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Santa Maria/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria – Contato: (55) 3222 4746/3025 3235 12 a 15 - Evento: Morfologia e Credenciadora - Cidade: Maringá/ PR - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Noroeste do Paraná – Contato: (44) 4009 6666/4009 6669/9974 1772 13 a 15 - Evento: Morfologia Passaporte - Cidade: Uruguaiana/

RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Flávio Bastos Tellechea - Contato: (55) 3413 3567/3412 4259/9935 4224 13 a 15 - Evento: Credenciadora, Provas Jovens e Morfologia - Cidade: Cruz Alta/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cruz Alta - Responsável: Jorge da Costa – Contato: (55) 3322 1460 13 a 15 - Evento: Credenciadora e Provas Jovens - Cidade: Cachoeira do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cachoeira do Sul – Contato: (51) 3722 7386/3722 2181/9847 5757 13 a 14 - Evento: Morfologia e Resenha Coletiva - Cidade: Aceguá/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Aceguá Responsável: Luis Mário Silveira Contato: (53) 3246 1008/9974 6090 13 a 15 - Evento: Classificatória Cidade: Montevideo/ROU - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53)3223 2122/3223 4774 14 e 15 - Evento: Classificatória de Paleteada - Cidade: Alegrete/RS Apoio: ABCCC – Contato: (53)3223 2122/3223 4774 14 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Dom Pedrito/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Dom Pedrito – Contato: (53) 3242 1273/3243 3622/3243 3378 /9945 3287 14 - Evento: Morfologia - Cidade: Santiago/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santiago - Responsável: Cristiano da Silva – Contato: (55) 3251 1863/ (51)9817 0999 14 a 15 - Evento: Enduro - Cidade: Lavras do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Lavras do Sul - Responsável: Ramiro Teixeira – Contato: (55) 3282 1349/9974 5183 14 - Evento: Resenha Coletiva Cidade: Piratini/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Piratini - Responsável: Frutuoso de Araújo – Contato: (53) 9948 2800/9975 4150 14 - Evento: Resenha Coletiva e Dia de Campo - Cidade: Estrela/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vales do Taquari e Rio Pardo - Responsável: Roberto Müller – Contato: (51) 3710 2714/9933 1113/9996 5354 15 a 16 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Botucatu/SP - Apoio: Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Ana Esparza


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Por dentro da ABCCC e Paulo R. Parmegiani - Contato: (14) 3227 6777/3227 6326/9652 3445/ (42)9962 3488 19 a 22 - Evento: Paleteada, Provas Jovens, Morfologia e Credenciadora Cidade: São José/SP - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Florianópolis e Vale do Rio Tijucas - Responsável: Antonio Huscher – Contato: (48)3265 0674

Criadores de Cavalos Crioulos de Tupanciretã - Responsável: Rodrigo Bopp – Contato: (55) 3272 1779/9988 0818 27 a 29 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Bagé/RS Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

19 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: São Lourenço do Sul/RS - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

27 a 29 - Evento: Provas Jovens e Credenciadora - Cidade: Santo Ângelo/RS Apoio: Núcleo Missioneiro de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Pedro Moro – Contato: (55) 3312 5370/9961 2615

20 - Evento: Credenciadora, Provas Jovens e Palestra Técnica - Cidade: Joinville/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Planalto e Norte Catarinense - Responsável: Luciano Ghisleri – Contato: (47) 3435 3550/3423 3718/9977 2843

27 a 28 - Evento: Morfologia Cidade: Osório/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Trevisan – Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/9971 9979

20 a 22 - Evento: Provas Jovens e Copa do Proprietário - Cidade: Santo Antônio da Patrulha/RS Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Diego Peixoto Contato: (51) 3662 1274/9918 9130/9974 4539 21 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Camaquã/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos José Júlio Coutinho - Responsável: Luiz Mário Azambuja - Contato: (51) 3692 3173/9984 0682/9984 0606 21 - Evento: Morfologia - Cidade: Carazinho/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Carazinho - Responsável: Bruno Tombini – Contato: (54) 3330 2206/3331 3522/9933 0837 21 a 22 - Evento: Provas Jovens e Morfologia - Cidade: Rio Pardo/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rio Pardo Responsável: Amilcar Neto - Contato: (51) 3731 3489/3731 3051/9994 4605 22 - Evento: Movimiento a La Rienda - Cidade: Joinville/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Planalto e Norte Catarinense - Responsável: Luciano Ghisleri – Contato: (47) 3435 3550/3423 3718/9977 2843 25 a 29 - Evento: Palestra Técnica, Provas Jovens, Credenciadora e Resenha Coletiva - Cidade: Passo Fundo/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos José Ronald Bertagnolli - Contato: (54) 3311 1191/3313 2287/9104 2179/9971 3228 26 a 27 - Evento: Morfologia - Cidade: Tupanciretã/RS - Apoio: Núcleo de

27 a 29 - Evento: Curso de Rédeas - Cidade: Sapopema/PR - Apoio: Nucleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Ana Esparza e Paulo R. Parmegiani – Contato: (14) 3227 6777/3227 6326/9652 3445/(42)9962 3488 28 - Evento: Palestra Técnica e Resenha Coletiva - Cidade: Arroio Grande/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Arroio Grande - Responsável: Marcelo Silveira – Contato: (53) 3262 1272/3262 2885/9975 0015 28 a 29 - Evento: Provas Jovens, Prova de Criadores - Cidade: Tupanciretã/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Tupanciretã - Responsável: Rodrigo Bopp – Contato: (55) 3272 1779/9988 0818 28 a 29 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Canoinhas/SC - Apoio: Núcleo dos Criadores de Cavalos Crioulos do Contestado - Responsável: José Ademir Pereira - Contato: (47) 3622 3111/3622 1271/3622 4316/9986 6276 JUNHO 3 a 5 - Evento: Classificatória de Paleteada, Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Lages/ SC - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

Schossler – Contato: (55) 9976 5891

Contato: (42) 3232 2893/8805 1332

4 - Evento: Movimiento La Rienda Cidade: Eldorado do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Costa Doce - Responsável: Roberto Jou – Contato: (51) 9982 2451

JULHO 1º a 3 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Pato Branco/PR - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122

5 - Evento: Campereada - Cidade: Julio de Castilhos/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Júlio de Castilhos - Responsável: Thiago Van Hoogstraten – Contato: (55) 9973 6728 10 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Santo Ângelo/ RS – Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 11 e 12 - Evento: Morfologia e Campereada - Cidade: Ourinhos/ SP - Apoio: Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos Responsável: Ana Esparza e Paulo R. Parmegiani – Contato: (14) 3227 6777/3227 6326/3234 8852/9652 3445/(42)9962 3488 12 - Evento: Enduro - Cidade: Bagé/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé Responsável: Vânia Ferrari – Contato: (53) 3242 0006 17 a 19 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Camaquã/RS - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 17 a 19 - Evento: Credenciadora Cidade: Ponta Grossa/PR - Apoio: Núcleo Caminho das Tropas de Criadores e Proprietários de Cavalos Crioulos – Contato: (42) 3232 2893/8805 1332 17 a 19 - Evento: Credenciadora Cidade: Campo Largo/PR - Apoio: Núcleo Caminho das Tropas de Criadores e Proprietários de Cavalos Crioulos – Contato: (42) 3232 2893/9911 4927/8805 1332 18 a 19 - Evento: Tiro de Laço e Campereada - Cidade: Mostardas/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Trevisan – Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/3601 1812/9971 9979

3 a 5 - Evento: Resenha Coletiva, Palestra Técnica e Tiro de LaçoCidade: Ijuí/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Ijuí Responsável: Vilson Bilíbio – Contato: (55) 3333 7619/9944 5950

23 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Passo Fundo/ RS - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

4 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Rosário do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rosário do Sul - Responsável: Eunice

23 a 26 - Evento: Tiro de Laço Cidade: Tibagi/PR - Apoio: Núcleo Caminho das Tropas de Criadores e Proprietários de Cavalos Crioulos –

11

1 – Dom Pedrito/RS, 8h, Luiz Franciso de Quadros Leite

1 – Capão do Leão/RS, Fernando Drummond de Mello

7 – Santa Vitória do Palmar, 14h, Rodrigo Teixeira

7 – Itaqui/RS, 15h, Paulo Armando Solheid

2 e 3 - Evento: Campereada - Cidade: Capivari do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Salazar Trevisan - Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/3601 1812/9971 9979

8 – Pantano Grande/RS, Olmiro An-

6 - Evento: Palestra Técnica - Cidade: Soledade/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Soledade - Responsável: Josiano Garcia – Contato: (54) 8118 2820

8 – Bragança Paulista/SP, 9h, Clau-

8 a 10 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Esteio/RS - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

José Martins Netto

9 a 10 - Evento: Enduro - Cidade: Pelotas/RS - Apoio: Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos – Contato: (53) 3273 3414 15 - Evento: Palestra Técnica - Cidade: Chapecó/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Oeste Catarinense – Contato: (49) 9987 5225 17 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Santa Maria/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria – Contato: (55) 3222 4746/ 3025 3235 22 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Brasília/ DF - Apoio: Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos - ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 28 a 30 - Evento: Tiro de Laço e Morfologia - Cidade: Arroio do Sal/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Salazar Trevisan – Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/ 3601 1812/9971 9979

drade Filho

8 – Santo Antônio da Patrulha/RS, 9h, Rodrigo Albuquerque Py

8 – Santo Cristo/RS, Jorge Aginelo do Nascimento

dio Neto de Azevedo

14 – Santa Maria/RS, Fernando Drummond de Mello

14 – Campo Alegre/RS, 11h, Adolfo 15 – Santana do Livramento/RS, 14h Alexandre Suñe

15 – São Jerônimo/RS, 14h, Marcelo Coelho

15 – Londrina/PR, 14h30min, Jorge Aginelo do Nascimento 16

Coelho

Petrópolis/RJ,

8h,

Heitor

17 – Fraiburgo/SC, 10h, Adolfo José Martins Coelho

28 – Pato Branco/PR, 16h, Jorge Aginelo do Nascimento

29 – Santa Cruz do Sul/RS, 14h30min, Jorge Aginelo do Nascimento

29 – Campo Bom/RS, 9h, Marcelo Montano Coelho

29 – Bom Jardim da Serra/SC, 16h, Adolfo José Martins Coelho MAIO 5 – Santo Ângelo/RS, Gilberto Domingues Rieth

5 – Soledade/RS, Gilberto Domingues Rieth

12 – Maringá/PR, 10h, Jorge Aginelo do Nascimento

13 – Uruguaiana/RS, Paulo Armando Solheid

13 – Cachoeira do Sul/RS, 8h Marcelo Montano Coelho

20 – São José/RS, 8h30min, Romeu

Calendário de Concentrações

Koch

20 – Joinville/SC, 14h, Adolfo José Martins Coelho

27 – Canoinhas/RS, Adolfo José ABRIL 1 – Lages/SC, 9h, Adolfo José Mar-

Martins Coelho

tins Netto

JUNHO

1 – Cachoeira do Sul/RS, 14h, Rodri-

3 – Ijuí/RS, 14h, Jorge Aginelo do

go Albuquerque Py

Nascimento


12

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

É chegada a hora dos estreantes Foto Felipe Ulbrich

O Parque de Exposições Assis Brasil em Esteio/RS está preparado para receber, entre os dias 19 e 24 de abril, os cavalos Crioulos inéditos credenciados no ciclo 2011 para a disputa do 11º Bocal de Ouro da ABCCC. Foram realizadas 20 seletivas entre animais estreantes durante todo o ciclo, que resultaram no ranqueamento das 48 melhores notas de machos e de fêmeas na briga pelo Bocal.

Na última edição do Bocal, o primeiro lugar da prova dos machos foi Haragano da Boa Vista, com o ginete Lindor Collares Luiz, que alcançou a pontuação de 20,471 e que, no final do ciclo, ainda levou o Freio de Prata. Nas fêmeas, a égua JLS Formosa ficou com o primeiro lugar, sob o comando de Daniel Waihrich Marim Teixeira, somando 19,520 pontos. A programação do Bocal de Ouro também contará com a 9ª Expo Outonal, morfologia passaporte para a grande final na Expointer 2011 e a final será transmitida ao vivo pelo Canal Rural, além de ter a cobertura completa pela TV ABCCC e Programa Ca-

valos Crioulos. As inscrições para a prova podem ser feitas pelo site da ABCCC (abccc.com.br) até o dia 11 de abril, no valor de R$ 380,00.

Veja a programação completa 19 de abril

12h - Término da Entrada dos Animais da 9ª Expo Outonal

14h - Início do Exame de Admissão da 9ª Expo Outonal 15h - Concentração de Machos 20 de abril

Região 2 - Bagé/Rs - 27 A 29/5/2011 Bagé/Rs (Inéditos) Lavras Do Sul/Rs São Gabriel/Rs (Inéditos) Santa Maria/Rs Cachoeira Do Sul/Rs

15 A 17/10/2010 22 A 23/1/2011 7 A 10/4/2011 14 A 17/4/2011 13 A 15/5/2011

Região 3 - Santo Ângelo/Rs - 10 A 12/6/2011 Santa Rosa/Rs (Inéditos) São Borja/Rs Santana Do Livramento/Rs (Inéditos) Alegrete/Rs Uruguaiana/Rs (Inéditos) Santana Do Livramento/Rs Itaqui/Rs Santo Ângelo/Rs

24 A 26/9/2010 7 A 10/10/2010 4 A 7/11/2010 9 A 13/3/2011 18 A 20/3/2011 25 A27/3/2011 7 A 10/4/2011 26 A 28/5/2011

Região 4 - Passo Fundo/Rs - 23 A 26/6/2011 Lagoa Vermelha/Rs Ijuí/Rs Julio De Castilhos/Rs Vacaria/Rs (Inéditos) Cruz Alta/Rs (Inéditos) Carazinho/Rs (Inéditos) Nonoai/Rs Vacaria/Rs Palmeira Das Missões/Rs Cruz Alta/Rs Passo Fundo/Rs

17 A 19/9/2010 6 A 10/10/2010 7 A 9/10/2010 21 A 24/10/2010 28 A 31/10/2010 3 A 5/12/2010 11 A 13/3/2011 5 A 8/5/2011 6 A 8/5/2011 13 A 15/5/2011 25 A 29/5/2011

Região 5A - Lages/Sc - 3 A 5/6/2011 Chapecó/Sc Lages/Sc Balsa Nova/Sc (Inéditos) Campo Alegre/Sc São José/Sc Joinville/Sc

14 A 17/10/2010 22 A 23/10/2010 24 A 26/3/2011 25 A 17/4/2011 19 A 22/5/2011 20 A 22/5/2011

8h - Julgamento Funcional (Fêmeas)

Região 5B - Pato Branco/Pr - 1º A 3/7/2011 Tibagi/Pr Pato Branco/Pr Maringá/Pr Ponta Grossa/Pr Campo Largo/Pr

31/3 A 3/4/2011 30/4 A 1º/5/2011 13 A 15/5/2011 11 A 13/3/2011 17 A 19/6/2011

21h - Remate Cabanha GAP São Pedro

Região 5C - Brasília/Df - 22 A 24/7/2011 Brasília/Df

8 A 10/4/2011

Região 6 - Camaquã/Rs - 17 A 19/6/2011 Santo Antônio Da Patrulha/Rs Esteio/Rs (Inéditos) Arambaré/Rs (Inéditos) Soledade (Inéditos) Camaquã/Rs Canela/Rs (Inéditos) Caxias Do Sul/Rs Esteio/Rs Guaíba/Rs (Inéditos) Santa Cruz Do Sul/Rs Sto Antônio Da Patrulha/Rs (Inéditos) Soledade/Rs

28 A 31/10/2010 18 A 21/11/2010 26 A 28/11/2010 26 A 28/11/2010 21 A 23/1/2011 28 A 30/1/2011 5 A 8/3/2011 25 A 27/3/2011 31/3 A 3/4/2011 1º A 3/4/2011 8 A 10/4/2011 5 A 8/5/2011

12h30min - Coquetel de Entrega de Prêmios - 9ª Expo Outonal

14h - Julgamento Morfológico do 12º Bocal de Ouro 21h - Remate Cabanhas Macanudo e Itaó 22 de abril

13h30min - Julgamento Funcional (Machos)

23 de abril

8h - Julgamento Prova de Mangueira (Fêmeas e Machos)

14h - Julgamento Prova de Campo (Fêmeas e Machos)

18h - Encerramento da entrada dos animais do 12º Bocal de Ouro

21h - Remate Jurados e Sucessores (Agropecuária Schwanck e Cimarron)

21h - Remate Cavalos Crioulos

17h - Paleteada Internacional

24 de abril

21 de abril

9h - Fase Final do 11º Bocal de Ouro

9h - Julgamento dos Campeonatos e Grandes Campeonatos da 9ª Expo Outonal

14h - Paleteada Internacional

8h - Início do Exame de Admissão ao 12º Bocal de Ouro

entre os dias 5 e 8 de abril no Parque de Palermo. Confira o calendário completo de credenciadoras, por região, no ciclo 2011.

6 A 7/11/2010 11 A 14/11/2010 2 A 5/12/2010 27 A 30/A/2011 11 A 13/2/2011 25 A 27/2/2011 11 A 13/3/2011 25 A 27/3/2011 25 A 27/3/2011 8 A 10/4/2011

8h30min - Início do julgamento da 9ª Expo Outonal 14h - Continuação do julgamento da 9ª Expo Outonal

Além do Bocal de Ouro, o mês de abril terá a primeira Classificatória ao Freio de Ouro 2011, em Buenos Aires, na Argentina. A disputa se realizará

Região 1 - São Lourenço Do Sul/Rs - 19 A 22/5/2011 Arroio Grande/Rs Rio Grande/Rs Piratini/Rs Santa Vitória Do Palmar/Rs Herval/Rs (Inéditos) São Lourenço Do Sul/Rs (Inéditos) Arroio Grande/Rs (Inéditos) Pelotas/Rs Pelotas (Inéditos) Canguçu/Rs

JLS Formosa é a atual vencedora do Bocal de Ouro entre as fêmeas, tendo conquistado o título em 2010 sob o comando de Daniel Teixeira

Maysa Maciel

Corrida pelo Freio também começa em abril

12h - Encerramento e entrega de prêmios do 12º Bocal de Ouro 21h - Remate Cabanhas PO, 3J e La Castellana

Repescagem - Esteio/Rs - 8 A 10/7/2011 Credenciados A Partir De 18 Pontos. Região 7A - Montevidéo/Rou - 13 A 15/5/2011 Tacuarembó/Rou Pando/Rou Rivera/Rou

15 A 17/10/2010 4 E 5/12/2010 2 A 4/4/2011

Região 7B - Buenos Aires/Arg - 5 A 8/4/2011 Lujan/Arg (Inéditos) Pellegrini/Arg Curuzu Cuatiá/Rou

24 A 26/9/2010 22 A 24/10/2010 4 A 6/3/2011


14

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

Argentina realiza sua segunda Credenciadora ao Freio de Ouro Fotos Miguel Marticorena

Maysa Maciel

Em preparação para a primeira Classificatória ao Freio de Ouro do ciclo 2011, realizada no início de abril em Buenos Aires, os argentinos promoveram a sua segunda Credenciadora da temporada, desta vez em Curuzú Cuatiá, na província de Corrientes, entre os dias 4 e 6 de março.

O evento, realizado na Sociedad Rural de Curuzú teve como jurados Hermes Moraes Dourado Filho, Jaime Bicca de Freitas e Jean Carlos dos Santos Mendes. A seletiva contou com a participação de 15 exemplares, sendo dez fêmeas e cinco machos. Segundo o técnico da ABCCC responsável pela prova, Vilson Aguiar, além de reunir um grande público, a prova apresentou animais muito bem preparados, com destaque para a melhor fêmea que vai ser uma das grandes atrações na classificatória. “A fêmea, Ñandu Tenebrosa, era um animal muito preparado e apresentou condições muito boas na competição. É um animal de futuro e tem tudo para se sair muito bem em Buenos Aires”, disse Aguiar. A classificatória argentina ocorre entre os dias 5 e 8 de abril, dando início à corrida por uma vaga na grande final do Freio de Ouro 2011.

Credenciados Fêmeas 1º lugar Ñandu Tenebrosa, filha de Basco El Simbolo e Ñandu Yancamil, expositor Juan Victor Tronconi Ballester, Cabana Las Mulitas Ginete Cristian Aguilera. Nota 19,670 2º lugar Del Paye Rupestre, filha de BT Jiquigua e Malal Potro Rupertina, expositor Silvia C. de Matteucci, Cabana El Paye Ginete: Hugo Nogueira. Nota 18,935 3º lugar Mañanera Salerosa, filha de Pichico Aguacil e Mañanero Bolichera, expositor Marcela G. de Diaz Rivero, Cabana El Rosario Ginete: Arthur Silveira. Nota 18,243 4º lugar Chake La Zamba, filha de BT Jaguar e

Ñandu Tenebrosa, com Cristian Aguilera, ficou com o primeiro lugar entre as fêmeas

Chake La Bofetada, expositor Ricardo D. Matho Garat, Cabana La Estrella Ginete: Ruben Dario Beron. Nota 17,539 Machos

1º lugar

Pya Guazu Condor, filho de BT Jaguar e Pichi Co Ventajera, expositor Don Serafin S.A., Cabana San Agustin Ginete: não informado. Nota 18,716

Freitas, Mendes, Dourado Filho e Aguiar atuaram na seletiva

2º lugar

Del Paye Desagradecido, filho de BT Jiquigua e Nochera Ingratitud, expositor Silvia C. de Matteucci, Cabana El Paye Ginete: Hugo Nogueira. Nota 18,559 3º lugar

Capella O de Casa, filho de Santa Teresa Papayero e Chantal da Capella, expositor Bartolome Carlos Allende, Cabana La Brava Ginete: Juan Segobia. Nota 17,389 4º lugar

Chamame El Espanol, filho de Tinajera Aguaitando e Calandria Ilusión, expositor Ricardo Matho Meabe, Cabana Yajha Catu Ginete: Ruben Dario Beron. Nota 14,527

O ginete Hugo Nogueira (E), foi considerado o melhor da prova, pelos jurados


16

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

Nível forte e jovem ginete são destaques em Alegrete Fotos Oscar Augusto Souza

A cidade de Alegrete, no Rio Grande do Sul, sediou mais uma credenciadora ao Freio de Ouro do ciclo 2011. A prova foi realizada no Parque de Exposições Lauro Dorneles entre os dias 11 e 13 de março e foi promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município.

Julgada por Carlos Loureiro de Souza, Manuel Francisco Zirbes Rodrigues e Vinícius Freitas, a seletiva contou com a presença de oito machos e oito fêmeas. A supervisão técnica ficou por conta de Paulo Armando Rebello Solheid. De acordo com Souza, o evento foi muito bem organizado. “O gado ajudou muito nas provas de campo e a pista de qualidade possibilitou uma boa bayard”, descreveu. Sobre os competidores, o jurado destacou “o nível bastante forte entre os credenciados, com uma égua Freio de Bronze e um cavalo finalista do Freio”. Entre os ginetes, o grande destaque ficou por conta do jovem Eduardo Moraes, de apenas 14 anos, responsável por credenciar a égua Harpia da Escondida. O trabalho em família também premiou o irmão de Eduardo, Luis Felipe, que credenciou o macho BT Rodes. Além da credenciadora, o núcleo também realizou, no mesmo evento, Exposição Morfológica e Paleteada. (Leia mais nas páginas 30 e 46)

Inspetor do Trinta e Oito (E), com o ginete Raul Lima, foi o vencedor entre os machos da credenciadora disputada na Parque de Exposições Lauro Dorneles, em Alegrete

e expositor Luiz Mierczynski Neto, Cabanha Três Pontas, São Jerônimo/RS. Ginete: Lindor Collares Luiz. Nota: 19,233

dição, criador e expositor Augusto Ormazabal de Faria Corrêa, Cabanha Liberal, Uruguaiana/RS. Ginete: Raul Lima. Nota: 17,645

nato Júnior Donadel e expositor Sônia Saldanha Martins, Uruguaiana/RS. Ginete: Renato Júnior Donadel. Nota: 18,534

2º lugar

4º lugar

4º lugar

Harpia da Escondida, filha de Festeiro do Itapororó e Pan-América 166, criador José Inácio e Vinícius Freitas e expositor Edson Moraes. Ginete: Eduardo Moraes. Nota: 17,451

Fêmeas

Resenha de Sol de Maio, filha de BT Inteiro do Junco e Habanera de Sol de Maio, criador Agropecuária Sol de Maio e expositor Paulo Affonso Dumoncel e Filhos, Fazenda Sol de Maio, Santa Bárbara do Sul/RS. Ginete: Rodrigo Nunes. Nota: 18,219

1º lugar

3º lugar

Três Pontas Guapa, filha de Campana Farrapo e BT Demônica, criador

Bimbarra Liberal, filha de Tan Tan Cimarron e Palmeira 2439 da Tra-

Credenciados

BT Rodes, filho de BT Inquisitor e BT Libra, criador Flávio Bastos Tellechea e expositor Franciele da Silva, estabelecimento não informado. Ginete: Luís Felipe Moraes. Nota: 18,302

Machos 1º lugar Inspetor do Trinta e Oito, filho de Jotace Destaque e Fat Feiticeira, criador Cabanha do 38 Agropecuária Ltda e expositor Amauri Pinheiro, Cabanha Recanto dos Pinheiros, Sapucaia do Sul/RS. Ginete: Raul Lima. Nota: 19,355 2º lugar

A primeira fêmea credenciada foi Três Pontas Guapa, com o ginete Lindor Collares Luiz

Cacique do Rincão da Figueira, filho de BT Faceiro do Junco e Taleira 1141 de São Bibiano, criador Pedro Galtieri e expositor Cristiano Ricardo Herberts, Cabanha Esplendor, Venâncio Aires/RS. Ginete: Maurício Idiart. Nota: 18,635 3º lugar Cacique do Rincão da Figueira conquistou nota 18,635 e ficou em segundo lugar

RJD Andarilho, filho de Las Missiones Couro Cru e Canela Kiko, criador Re-

Ginete Eduardo Moraes, de 14 anos, credenciou a quarta melhor fêmea, Harpia da Escondida


18

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

Prova em Arroio Grande habilita para ranking do Bocal Douglas Saraiva

O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Arroio Grande promoveu, entre os dias 11 e 13 de março, Credenciadora de Inéditos, junto à Exposição Morfológica, Provas Jovens e campeonato de Paleteada. (Leia mais nas páginas 30, 47 e 50)

Na credenciadora, julgada por Rouget Wrege, Felipe Malfatto e Daniel Mello, oito exemplares ingressaram no ranking do Bocal de Ouro, que será disputado em Esteio/RS, no mês de abril. A supervisão técnica foi feita por Fernando Drummond. Na avaliação de Mello, os animais inscritos - 11 machos e

oito fêmeas - eram poucos, porém, com potencial. “São animais de boa morfologia que, com certeza, vão brigar forte pela vaga no Bocal e talvez, até mesmo, no Freio”, disse. O jurado ainda salientou o profissionalismo dos ginetes e a qualidade da pista, do piso, do brete e da mangueira.

Ranqueados Fêmeas 1º lugar Nuvencita do Infinito, filha de Consuelo do Infinito e Hematita do Infinito, criador e expositor Roberto Sidney Davis Júnior, Agropecuária Infinito Ltda, São Sepé/RS. Ginete: José Fonseca Macedo. Nota: 19,247

2º lugar Capanegra Kopa de Cristal, filha de Hilário do Purunã e Capanegra Ursula, criador e expositor Fernando Dornelles Pons, Cabanha Capanegra, Dom Pedrito/RS. Ginete: Roberto Carlos. Nota: 18,186 3º lugar Duqueza das Três Bocas, filha de TT Joalheiro e Ianca das Três Bocas, criador e expositor Hilda e Fernando Luís D’Ávila Soares, Fazenda Tarumã, Arroio Grande/RS. Ginete: Rogério Delias. Nota: 16,456 4º lugar Queimada da Lagoa dos Gateados, filha de SR Nevoeiro e Famosa da Lagoa dos Gateados, criador e ex-

Fêmeas

positor Manoel Luiz e José Ricardo Cardoso Terra, Cabanha dos Gateados, Mostardas/RS. Ginete: Alexandre Pedroso. Nota: 16,411 Machos 1º lugar RZ Rodopio da Carapuça, filho de BT Lamborguine e Descoberta do Itapororó, criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância da Carapuça, Cristal/RS. Ginete: Daniel Teixeira. Nota: 19,762 2º lugar JA Colibri, filho de Rodopio de Santa Edwiges e JA Namorada, criador José Antônio Anzanello e expositor João Alberto Dutra Silveira, Estância Santo Antônio, Jaguarão/RS. Ginete:

3º lugar Butiá Universo, filho de Santa Elba Comediante e Butiá Eclipse, criador Sementes e Cabanha Butiá Ltda e expositor Hilário Barreto Sória, Cabanha Dom Germano, Arroio Grande/RS. Ginete: José Fonseca Macedo. Nota: 18,868 4º lugar Bienvenido Al Baile Del Candieiro, filho de Ibirapuitã do Itapororó e Safira das Águas Claras, criador Isoel Gotardo Andrighetti e expositor Fernando de Zorzi, Cabanha do Lobo, São Francisco de Paula/ RS. Ginete: Garibaldi Ferraz. Nota: 17,881

Machos

Em primeiro lugar, entre as fêmeas, ficou Nuvencita do Infinito com o ginete Zeca Macedo

A quarta melhor fêmea foi Queimada da Lagoa dos Gateados

Fotos Ana Cândida Cassal

RZ Rodopio da Carapuça ficou com a primeira colocação entre os machos, montado por Daniel Teixeira

Capanegra Kopa de Cristal foi a segunda melhor fêmea da seletiva

Duqueza das Três Bocas, com Rogério Delias, ficou na terceira posição

Marcos Silveira. Nota: 19,052

O segundo melhor entre os machos foi JA Colibri com Marcos Silveira

O terceiro melhor macho foi Butiá Universo com Zeca Macedo

Na quarta colocação ficou Bienvenido Al Baile Del Candieiro


20

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

Prova inaugura pista em Nonoai Douglas Saraiva

Entre os dias 12 e 13 de março, a cabanha Santa Luzia, do criador Fábio Vaccaro, junto ao Núcleo Alto Uruguai de Criadores de Cavalos Crioulos, realizou a sua primeira Credenciadora ao Freio de Ouro em Nonoai, no Rio Grande do Sul. A seletiva contou com a participação de 15 machos e nove fêmeas, totalizando 24 animais inscritos.

A apresentação dos conjuntos em pista foi julgada por Álvaro Dumoncel, Lauro Martins e Marco Antônio Stumpf. Para o técnico do evento, Jorge Agnelo do Nascimento, a prova foi um sucesso. “A equipe do núcleo está de parabéns pela organização. O gado de qualidade e a estrutura de pista da Santa Luzia também

colaboraram”, disse. A pista de eventos, inclusive, foi inaugurada no dia 11, em solenidade que contou com a presença de criadores e apreciadores da raça, além do prefeito de Nonoai, Vianei Rubin, e do padre da paróquia do município que abençoou o novo espaço batizado em homenagem a Áurea Oltramari Vaccaro. O evento culminou com jantar e show nativista. Na avaliação de Dumoncel, o julgamento foi “louco de bom”. Conforme o jurado, o maior destaque ficou com os machos, especialmente o primeiro credenciado que já teria mais experiência que os demais. No geral, segundo ele, a performance dos conjuntos mostrou uma tendência de evolução positiva no evento.

Credenciados Fêmeas 1º lugar Sanfona do Purunã, filha de Defensor De Las Flechas e Madona de Santa Cecília, criador Mariano Lemanski e expositor Ralf Murilo Bertol, Cabanha Guepardo, Pato Branco/PR. Ginete: Ronovaldo Oliveira. Nota: 16,026 2º lugar Encantada da Estância Guarda Velha, filha de Âncora Floreio e Arisca da Canhada, criador e expositor Jacson Tiago de Souza Silva, Estância Guarda Velha, Gentil/RS. Ginete: Tiago Silva. Nota: 15,996 3º lugar Santo Onofre Paisana, filha de Vesúvio da Escondida e Fulana de Santa Angé-

Fêmeas

lica, criador Nestor Augusto e Jorge Rosas Demiate Júnior, expositor Tiago Henrique Wandscheer, Cabanha FTW, Curitiba/PR. Ginete: Leandro Silva. Nota: 15,655 4º lugar Canhafé Badana, filha de Magnata dos Três Pastores e Bianca do La-Bella, criador e expositor Flaviano Júnior Saibro e Júlia Berthier Saibro, Cabanha Canhafé, Trindade do Sul/RS. Ginete: Charles Fagundes. Nota: 15,614 Machos 1º lugar Ultimato da Reconquista, filho de La Invernada Hornero e Kadraba da Reconquista, criador Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli e expositor Eduardo Fernandes e Maximo Antônio Deuder, Cabanha Anguera e Santa Tecla, Triunfo/RS. Ginete: Cezar Augusto Freire.

3º lugar Baluarte do Itaipú, filho de Luxemburgo do Monte Verde e Destacada do Itaipu, criador e expositor Valmir Dallacosta, Cabanha Itaipu, Pato Branco/PR. Ginete: Sérgio Ramos. Nota: 16,120 4º lugar Sendero Chamanto, filho de El Palo Rejoneo e Índia Bela do Itapororó, criador e expositor Jader Luiz Piccin, Cabanha Sendero, Esmeralda/RS. Ginete: Eduardo Quadros. Nota: 15,397

Machos

Sanfona do Purunã, com o ginete Ronovaldo Oliveira, foi a primeira credenciada entre as fêmeas

Canhafé Badana ficou com a quarta colocação

Fotos Alexandre Freitas

Ultimato da Reconquista, com Cezar Augusto Freire, ficou com o primeiro lugar nos machos

Encantada da Estância Guarda Velha foi a segunda melhor fêmea

Santo Onofre Paisana foi a terceira fêmea credenciada

Nota: 17,779 2º lugar Balaço da Reconquista, filho de BT Guzman e Tímida da Reconquista, criador Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli e expositor Pedro Luiz e Sílvio Winckler, Cabanha Mãe Maria, Nonoai/RS. Ginete: Jackes de Oliveira. Nota: 16,576

O segundo colocado entre os machos foi Balaço da Reconquista

O terceiro melhor macho foi Baluarte do Itaipú

Sendero Chamanto ficou na quarta posição


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

21

Fêmeas decidem no final na Credenciadora de Uruguaiana Yéssica Lopes

Promovida pelo Núcleo Flávio Bastos Tellechea, a Credenciadora de Inéditos realizada no município gaúcho de Uruguaiana reuniu 22 exemplares.

O evento ocorreu no dia 20 de março sob a supervisão do técnico da ABCCC Paulo Armando Solheid e avaliação de Carlos Azambuja Neto, Eduardo Móglia Suñe e Sandro Fonseca do Amaral. De acordo com o jurado Eduardo Suñe, o evento foi bem organizado e contou com gado de excelente nível. Nos crioulos, o destaque ficou por conta das fêmeas. “O gado foi excepcional,

de bom tamanho e corredor. As sete éguas eram muito competitivas e brigaram do início ao fim, só na prova de campo conseguimos decidir o resultado. Quanto aos machos, também eram de boa qualidade e deverão chegar bem ao Bocal”, comenta. Os resultados de outras Credenciadoras ao Bocal de Ouro e o ranking da prova você pode acessar no site da ABCCC em http://freiodeouro.racacrioula. com.br/resultados/.

Ranqueados (resultado ainda não homologado pela ABCCC)

Machos 1º lugar KT Príncipe, filho de Camb Toncho e Jocasta de Santa Angélica, criador e expositor Alfredo, Guilherme e Diego Tellechea, Cabanha KT, Uruguaiana. Nota: 19,879 2º lugar AS Malke Pampa, filho de Jalisco de Santa Angélica e Cantina de Santa Angélica, criador Agropecuária Schwank Ltda e expositor José Schutz Schwanck, Cabanha Malke Cerrito, Uruguaiana/RS. Nota: 19,318 3º lugar La Esperanza Cadenero, filho de Calafate Custódio e Santa Laura

Fêmeas

Relinda, criador Cesar Nuñez Villarroel e expositor Antônio Bastos Filho, Cabanha São Bibiano, Uruguaiana/RS. Nota: 16,978 4º lugar Infinito de Santa Cinilda, filho de BT Harmônico e Amada de Santa Cinilda, criador e expositor Márcia Regina de Castro, Cabanha Santa Cinilda, Chiapietta/RS. Nota: 16,591 Fêmeas 1º lugar Rendilha do Itaó, filha de BT Cara e Coroa e Lagoa do Acampamento, criador e expositor Cássio Souza Bonotto, Cabanha Itaó, Santiago/ RS. Nota: 19,229

2º lugar Niazzi Cambona, filha de Jurado de Santa Adriana e Dama das Mercedes, criador e expositor Tiago Antoniazzi, Cabanha Santa Marta, São Gabriel/RS. Nota: 19,199 3º lugar Quilha do Itapevy, filha de Despacito do Itapevy e Bandida 22 do Itapevy, criador e expositor Ana Maria Matas e Vicente Matas, Cabanha Tarumã, Itaqui/RS. Nota: 19,066 4º lugar Baturete Cimarron, filha de Xique Cimarron e Urtiga Cimarron, criador e expositor Fernando Fabrício de Faria Corrêa, Estância Aurora, Uruguaiana/RS. Nota: 19,053

Machos

Rendilha do Itaó conquistou nota 19,229 e garantiu a primeira colocação

Fotos Ceni Adriano Alves

KT Príncipe foi o primeiro macho da credenciadora com nota 19,879

Segunda fêmea da credenciadora foi Niazzi Cambona

Terceiro lugar foi de Quilha do Itapevy

Com nota 19,053, Baturete Cimarron ficou em quarto

Segundo lugar foi conquistado por AS Malke Pampa

Terceiro lugar ficou com La Esperanza Cadenero

Infinito de Santa Cinilda ficou na quarta colocação


22

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

São Rafael sedia Credenciadora de Inéditos ao Bocal de Ouro Maysa Maciel

Com a participação de 37 exemplares, o município de Balsa Nova, no Paraná, teve sua 11ª Credenciadora de Inéditos ao Bocal de Ouro entre os dias 24 e 26 de março, na Cabanha São Rafael. A supervisão técnica do evento foi de Jorge Aginelo do Nascimento.

Tendo o apoio da Associação Paranaense de Criadores de Cavalos Crioulos, o evento foi julgado por João Luís Arísio, Álvaro Dumoncel e Cássio de Souza Bonotto e teve como destaque a grande qualidade dos exemplares participantes, entre eles o campeão, Coronel 666 Maufer, credenciado

com 19,336 de média final. Para o jurado Álvaro Dumoncel, os animais estavam muito bem preparados e grande parte dos exemplares apresentou boa funcionalidade. “Tanto o exemplar do Nei Eduardo quanto o do Daniel Teixeira mereceram a primeira colocação. Os ginetes mostraram muita experiência, conduzindo de forma excelente os seus animais”, disse. Além da qualidade dos animais, o jurado ainda destacou a boa estrutura da Cabanha São Rafael. “A organização da São Rafael é excelente. A pista está sempre muito bem preparada e o gado é sempre muito bom. Todos estão de parabéns”, completa.

Ranqueados (ainda não homologados pela ABCCC) Fêmeas 1º lugar BT Tiffany, filha de BT Delantero e BT Dolores, criador Flávio Bastos Tellechea, expositor Marcelo e Maria da Glória Tellechea Cairoli, Reconquista Agropecuária Ltda, Alegrete/RS. Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Nota 18,575 2º lugar Cantiga de Los Campos, filha de Macanudo do Itapororó e Cantiga do Itapororó, criador e expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin, Ponta Grossa/PR. Ginete: Fábio Gonçalves. Nota 18,513

Fêmeas

3º lugar RZ Rama Negra da Carapuça, criador Rubens Elias Zogbi e expositor Aldo Vendramin e Jayme M. Matarazzo, Ponta Grossa/PR. Ginete: Fábio Teixeira da Silveira. Nota 18,199 4º lugar Polvadera do Purunã, filha de Dom Carrasco do Purunã e UVA Tupambaé, criador Mariano Lemanski, expositor José Ademir Pereira, Cabanha Espigão, Canoinhas/SC. Ginete: Caio Habowsky. Nota 17,489 Machos 1º lugar Coronel 666 Maufer, filho de BT Faceiro do Junco e Carpeta do Strass, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS Ginete: Nei Eduardo Rodrigues Lima. Nota 19,336

2º lugar La Passion Brilhante, filho de Pozo Azul Deslinde e Milionária 181 do Barulho, criador Francisco M. Bastos e Jayme M. Matarazzo, expositor Dean Jaison Eccher, Cabanha Furna Crioula, Rio do Sul/SC. Ginete: Hercules Almeida. Nota 18,982 3º lugar Quatrilho do Purunã, filho de Dom Carrasco do Purunã e BT Baronesa, criador Mariano Lemanski, expositor Rafael Bogoni, Sítio Pai João, Videira/SC. Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Nota 18,860 4º lugar Riacho Frio Don Casmurro, filho de Dom Carrasco do Purunã e Labuta do Purunã, criador e expositor João Nestor Mendes Antunes, Fazenda Riacho Frio, Luziania/GO. Ginete: Ernesto Wairich. Nota 18,817

Machos

Primeiro lugar entre as fêmeas foi BT Tiffany que alcançou nota 18,575

Fotos JG Martini

Coronel 666 Maufer ficou com o primeiro lugar entre os machos com nota 19,336

Cantiga de Los Campos ficou em segundo lugar

Terceira colocação foi de RZ Rama Negra da Carapuça

Nota 17,489 deixou Polvadera do Purunã em quarto

Nota 18,982 colocou La Passion Brilhante na segunda posição

Terceiro lugar ficou com Quatrilho do Purunã

Riacho Frio Don Casmurro foi o quarto entre os machos


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

23

Esteio/RS credencia para o Freio de Ouro 2011 Maysa Maciel

Promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da 6ª Região, a Credenciadora realizada em Esteio contou com a participação de 33 animais, julgados pelos criadores Ciro Manoel de Andrade Freitas, José Inácio de Andrade Freitas e Rodrigo Py.

Mesmo com o tempo chuvoso durante todo o final de semana, os animais conseguiram manter o nível alto da disputa, que foi acirrada do início ao fim. “Um evento forte e com animais de grande qualidade, como todos os eventos da 6ª região”, define Ciro Freitas. Os primeiros colocados tiveram bastante destaque na disputa e foram considerados animais com grandes chances de brilhar

na final do Freio de Ouro. “Tanto a fêmea, SJ Rosquilla, quanto o macho, Jotace Destaque do Trinta e Oito, são animais de muita qualidade. Mesmo com a dificuldade da pista molhada, eles fizeram uma grande prova”, completa o jurado. O evento foi realizado no Parque de Exposições Assis Brasil, juntamente com uma Exposição Morfológica e disputa de paleteada, sob supervisão técnica de Marcelo Montano Coelho.

Credenciados

Barbela, criador João Alberto Cunha da Rocha e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS Ginete João Antônio Rupp. Nota 18,976 2º lugar

Fêmeas 1º lugar

SJ Rosquilla, filha de BT Mouro e SJ

Fêmeas

4º lugar Espora de Santa Edwiges, filha de Tinajera Buen Abrigo e Xuxinha de Santa Edwiges, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS

Los Tacos de Rumai Bribona, criador Agricola e Inversiones La Quihua Ltda e expositor João Carlos Medeiros, Cabanha Reservada, Novo Hamburgo/RS

Ginete Juliano Castro. Nota 16,589

Ginete Adriano Streck. Nota 18,702

Jotace Destaque do Trinta e Oito, filho de Jotace Destaque e La Amanecida Esponja, criador e expositor Cabanha do 38 Agropecuária Ltda, Cabanha do 38, Arroio Teixeira/RS

3º lugar

(resultados ainda não homologados pela ABCCC)

18,386

Capanegra Jocasta, filha de Hilário do Purunã e Capanegra Queimada, criador e expositor Fernando Dornelles Pons, Cabanha Capanegra, Dom Pedrito/RS Ginete Roberto Carlos Duarte. Nota

Machos

Machos 1º lugar

Campana Dona-mala, criador e expositor Cabanha JCL, Cabanha JCL, Guaíba/RS Ginete Maurício Niquel. Nota 18,054 3º lugar Anhangüera dos Sete Povos, filho de Dom Carrasco do Purunã e BT Demônica, criador e expositor Fabrício Brunelli Barbosa e Wilson Barbosa, Cabanha São Caetano, Porto Alegre/RS Ginete 17,823

Fabrício

Barbosa.

Nota

4º lugar

2º lugar

Gaiteiro Tupambaé, filho de San Baldomero Puestero e Aguardente Tupambaé, criador e expositor Oswaldo Dornelles Pons, Cabanha Tupambaé, Dom Pedrito/RS

JCL Descuido, filho de BT Fidalgo e

Ginete Pedro Móglia. Nota 17,299

Ginete Felipe Moraes. Nota 18,516

Fotos Felipe Ulbrich

SJ Rosquilla, da Fazenda São João, garantiu o primeiro lugar

Jotace Destaque do Trinta e Oito foi o primeiro macho credenciado

Los Tacos de Rumai Bribona foi a segunda fêmea credenciada

Com nota 18,386, Capanegra Jocasta ficou em terceiro

Quarto lugar ficou com Espora de Santa Edwiges

JCL Descuido, da Cabanha JCL, ficou com o segundo lugar

Terceiro credenciado foi Anhangüera dos Sete Povos

Nota 17,299 deixou Gaiteiro Tupambaé em quarto lugar


24

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

Chuva forte não impediu realização de credenciadora em Pelotas Nívea Oliveira

Nos dias 26 e 27 de março, o Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos realizou, pela primeira vez, uma credenciadora Aberta e uma de Inéditos ao mesmo tempo, no Parque Ildefonso Simões Lopes, em Pelotas/RS. As duas seletivas mobilizaram a presença de bom público que, mesmo com a chuva, compareceu e prestigiou o evento.

Na disputa por uma vaga na classificatória da região para o Freio de Ouro competiram 19 animais, oito fêmeas e 11 machos, julgados por Eduardo Neto Azevedo, Frederico Araújo e Rouget Gigena Wrege. A supervisão técnica foi feita por Cláudio Neto Azevedo.

A forte chuva que caiu na manhã do dia 26 não interferiu na realização da credenciadora, apesar de elevar a dificuldade na execução das provas. Graças à boa drenagem do local, algumas horas depois, a pista já estava em condições de uso. Destacaram-se na seletiva os primeiros credenciados - Abusada do Retiro, nas fêmeas, com o ginete Gladimir Marques, e Parceiro da Pousada, entre os machos, com o ginete Rogério Delias.

Credenciados Fêmeas 1º lugar Abusada do Retiro, filha de São Leopoldo Absoluto e Faca do Retiro,

criador e expositor Mílton M. Moraes Filho e Fernando Ribeiro, Cabanha Retiro, Santa Vitória do Palmar/ RS. Ginete: Gladimir Marques. Nota: 17,625 2º lugar Iguaria Tupambaé, filha de Capanegra Querendon e São Martim Benvinda, criador Oswaldo Dornelles Pons, expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS. Ginete: Gilson Nunes. Nota: 16,650 3º lugar Sapatilha do Purunã, filha de BT Butiá e Gruta Azul de Santa Angélica, criador Mariano Lemanski, expositor AC Agropecuária, Cabanha do Pontal, Arambaré/RS. Ginete: Júlio César Souto Pereira. Nota: 16,302

Fêmeas

4º lugar Buenacha da Miraquiluna, filha de Fandango do Itapororó e Iara II do Bom Prazer, criador Thiago Lima Neves, expositor Adão Bento Ferreira Pereira, Cabanha São Raimundo, Piratini/RS. Ginete: Maurício Pereira. Nota: 15,756 Machos 1º lugar Parceiro da Pousada, filho de BT Jade e Alvorada da Santa Cândida, criador Luiz Adelino Hugo Oliveira, expositor Elwin Fetter Júnior, Cabanha SF, Pelotas/RS. Ginete: Rogério Delias. Nota: 18,267 2º lugar Noitero da Marca Antiga, filho de Butiá Leopardo e Florecita da Marca Antiga, criador e expositor Gustavo

Loureiro de Souza Delabary, Cabanha Marca Antiga, Lavras do Sul/RS. Ginete: Gustavo Loureiro de Souza Delabary. Nota: 17,721 3º lugar HF Imortal, filho de BT Faceiro do Junco e JW Ventosa, criador e expositor AC Agropecuária Ltda, Cabanha do Pontal, Arambaré/RS. Ginete: Júlio César Souza Pereira. Nota: 17,604 4º lugar Africano do Macanudo, filho de Pergaminho AA e Rancheira do Macanudo, criador Antônio Augusto Brum Ferreira, expositor Jonatan Fontoura Teixeira, Cabanha Campo de Ouro, Lavras do Sul/RS. Ginete: Jonatan Fontoura Teixeira. Nota: 17,59

Machos

Abusada do Retiro foi a primeira fêmea credenciada com nota 17,625

Primeiro macho credenciado foi Parceiro da Pousada, da Cabanha SF, com nota 18,267

Segundo lugar ficou com Iguaria Tupambaé

Da Cabanha do Pontal, Sapatilha do Purunã ficou em terceiro

Com nota 15,756, Buenacha da Miraquiluna ficou com a quarta colocação

Fotos Nívea Oliveira

Noitero da Marca Antiga ficou em segundo lugar

Nota 17,604 deixou HF Imortal, da Cabanha do Pontal, em terceiro

Da Cabanha Campo de Ouro, Africano do Macanudo foi o quarto macho credenciado


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

25

Núcleo Sudeste também promove seletiva para inéditos Nívea Oliveira

Em evento realizado no parque de Exposições Ildefonso Simões Lopes, em Pelotas/RS, quatro machos e quatro fêmeas estreantes no circuito de provas do cavalo Crioulo garantiram presença na relação de animais que concorrem a uma vaga no Bocal de Ouro, disputado em Esteio/RS. A credenciadora de inéditos foi promovida pelo Núcleo Sudeste de Criadores, junto à credenciadora aberta ao Freio de Ouro, entre os dias 26 e 27 de março.

Na luta por uma vaga no Bocal, disputado entre os 96 animais inéditos melhores ranqueados no ciclo, entraram em pista 22 exem-

plares - 12 fêmeas e dez machos. Os conjuntos foram julgados por Carlos Loureiro de Souza, Francisco Martins Bastos Sobrinho e Júlio César Hax. Nem mesmo a forte chuva que caiu na manhã de sábado afastou o público que compareceu em bom número para assistir à prova. Para o presidente do Núcleo, José Luís Laitano, a ideia de realizar as duas provas juntas foi para facilitar aos participantes. “A ideia surgiu em conversa com os ginetes que fazem parte da diretoria do Núcleo. Para facilitar a vinda de criadores e participantes, resolvemos fazer as duas provas simultâneas, as quais ocorreram dentro de nossa expectativa.”

Ranqueados

expositor Jandir dos Santos Ribas, Cabanha Castelo, Osório/RS. Ginete: Jucinei Oliveira. Nota: 18.184

Fêmeas

1º lugar Dominique da Reconquista, filha de BT Delantero e Urtiga da Reconquista, criador Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli, expositor José Fernando Keller Jochims, Cabanha Del Chaco, Piratini/ RS. Ginete: Flávio de Borba Pereira. Nota: 19.104 2º lugar Quilero Que Suerte, filha de Pozo Azul Deslinde e Quilero Katiuska, criador e expositor Eduardo Móglia Suñe, Cabanha Quilero, Bagé/RS. Ginete: Marcelo Rezende Móglia. Nota: 19.017 3º lugar BT Tereza, filha de BT Delantero e BT Gina, criador Flávio Bastos Telechea,

Fêmeas

4º lugar Guanabara Guitarra, filha de Tan Tan Cimarron e Última Cimarron, criador Luiz Carlos da Silva Carvalho Júnior, expositor Leandro Souza, Cabanha Paredão, Rio Grande/RS. Ginete: Rodrigo Fonseca. Nota: 17.239 Machos

3º lugar Idioma Tupambaé, filho de Cincerro de Santa Angélica e Dachila Tupambaé, criador Oswaldo Dornelles Pons, expositor Luciano de Oliveira Silva, Fazenda da Canoa, Santa Vitória do Palmar/RS. Ginete: Jackson Fonseca. Nota: 19.703

2º lugar Piraí 1511 do Candidato, filho de Can-

4º lugar Molejo da Guajuvira, filho de Galo de Briga Tupambaé e Relíquia Tupambaé, criador Walter Francisco de Moura, expositor Valdir Júnior Sperinde da Silva, Cabanha da Extrema, Porto Alegre/RS. Ginete: Flávio de Borba Pereira. Nota: 18.144

1º lugar Nobre da Quitaúna, filho de Jaboti do Infinito e Charrua da Itapororó, criador e expositor Paola Bacchin Schneider, Agropecuária Quitauna, Rio Pardo/RS. Ginete: Raul Lima. Nota: 20.786

Machos

Dominique da Reconquista, da Cabanha Del Chaco, ficou com o primeiro lugar na prova

Fotos Nívea Oliveira

Entre os machos foi Nobre da Quitaúna que garantiu a primeira colocação

Segundo lugar foi conquistado por Quilero Que Suerte

Na terceira colocação ficou BT Tereza

didato Simpatia e Firmeza 125 do Papito, criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS. Ginete: Marcelo Rezende Móglia. Nota: 19.500

Em quarto, com nota 17,239, ficou Guanabara Guitarra

Piraí 1511 do Candidato ficou em segundo com 19,500

Idioma Tupambaé garantiu a terceira posição

Nota 18,144 fez Molejo da Guajuvira chegar em quarto


26

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Freio de Ouro

Regularidade premia melhores em Caxias Maysa Maciel

“O destaque da prova foi para quem conseguiu manter um ritmo regular, pois todos os exemplares demonstraram muita qualidade”, disse João Luiz Arísio, que julgou a Credenciadora realizada em Caxias do Sul/RS nos dias 4 e 5 de março, ao lado de Luiz Rodolfo Machado e Rodrigo Py.

Participaram da disputa a uma vaga nas classificatórias ao Freio de Ouro, 23 animais, sob supervisão técnica de Ricardo Guazzelli Martins. A prova contou com animais de ótimo nível e foi definida somente na paleteada final. “Os primeiros colocados garantiram a posição apenas na paleteada, quando tiveram um aproveitamento melhor. Todos os credenciados estavam bem colocados desde o início da prova, nada era definitivo e todos estavam na briga pelos primeiros lugares”, comentou Arísio, que ainda elogiou a qualidade dos machos credenciados. “As fêmeas eram muito funcionais, mas os machos se saíram melhor, tanto morfológica quanto funcionalmente”, completa. A prova foi realizada dentro da programação da 7ª Festa do Cavalo Crioulo do Núcleo dos Vinhedos, que também contou com uma Exposição Morfológica, prova de Paleteada, Provas Jovens e

uma classificatória à final do Tiro de Laço (leia mais nas páginas 35, 51 e 52).

Credenciados Fêmeas 1º lugar Fama do Capão Cortado, filha de Jangadeiro de Santa Angélica e Badalada do Itapevy, criador Francisco Assis da Rosa Carvalho e expositor Francisco Assis da Rosa Carvalho, Estância Camaquã, Bagé/RS. Ginete: Michelangelo Streb. Nota 16,490 2º lugar As Malke Madame, filha de Vagalume de Santa Edwiges e Fat Hornada, criador Agro Pecuária Schwanck Ltda e expositor Alex Sandro Silva Lessa, Cabanha Garceira, Porto Alegre/RS. Ginete: José Ramon D’Ávila. Nota 15,678 3º lugar Palavra do Manantial, filha de Farol do Manantial e Decisão do Ibirocai, criador Rafael Macedo Gregory e expositor Jaime Antônio Andrighetti. Ginete: Marcos Andrighetti. Nota 14,916 4º lugar Manilha da Boa Vista, filha de Juquete do Itapororó e As Malke Estampada, criador Fazenda Boa Vista e expositor Cassiano de Zorzi, Cabanha Ouro Verde, São Francisco de Paula/

RS. Ginete: Hermes Nunes. Nota 14,725

Machos 1º lugar BT Trevo, filho de BT Jade e As Malke Honesta, criador e expositor Flávio Bastos Tellechea, Cabanha Paineiras, Uruguaiana/RS. Ginete: Alexandre Pedroso. Nota 17,304 2º lugar Utrillo 311 Maufer, filho de Muchacho de Santa Angélica e BT Rendeira, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS. Ginete: Everton de Deus Valin. Nota 17,187 3º lugar Vendaval 359 Maufer, filho de Muchacho de Santa Angélica e Garoa da Luz, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS. Ginete: Garibaldi Ferraz. Nota 16,923 4º lugar Cerro Campero Velhaco, filho de Gago de Santa Angélica e Capela Fiadora, criador Giulianno Chemin Spréa e expositor Empreendimentos Agropecuária Rio Bonito Ltda, Fazenda Santa Cruz, Ponta Grossa/ PR. Ginete: Valdomiro Rocha. Nota 16,387

Credenciadora e Dia de Campo em Brasília Entre os dias 7 e 10 de abril, a Associação de Criadores de Cavalos Crioulos do Distrito Federal promoverá Credenciadora e Dia de Campo. A programação inicia no dia 7 com Exposição Morfológica, com o julgamento no dia seguinte, juntamente com a Morfologia da Credenciadora. No sábado, dia 9, serão realizadas as provas Doma de 21 dias, Andadura, Figura, Esbarradas e Volta sobre Patas, Mangueira e Paleteada, além de um leilão à noite. Já a final da Credenciadora ocorrerá no domingo, 10, seguida de Campereada. No dia 2 de abril o município também sediará Dia de Campo e no dia 16 será a vez das provas de rédeas, com classificatória para Esteio, no Rio Grande do Sul. De acordo com o presidente do núcleo, Haroldo Leonetti, a expectativa é grande e estima-se que neste ano a credenciadora bata um recorde de animais inscritos. O evento irá contar com a participação de criadores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Goiás, Bahia e Brasília. A feira irá ocorrer durante 20 dias, no Parque de Exposições da Granja do Torto. Para mais informações entre em contato pelo telefone (61) 9976-1172. (Pâmela Seyffert)

Programação 7/4

15h - Admissão dos animais

8/4 8h às 12h Morfológico

-

Julgamento

14h às 16h - Continuação do Julgamento Morfológico 16h - Julgamento Morfológico da 6ª Credenciadora

9/4 8h - 5ª Prova de Doma de 21 Dias 9h às 12h - Andaduras, Figura, Esbarrada/Volta sobre Patas - Fêmeas e Machos 14h às 17h Paleteadas

-

Mangueira

e

20h - 9º Leilão Rédeas de Ouro

10/4 9h - Final da 6ª Credenciadora de Brasília ao Freio de Ouro 13h - Campereada Campeiro

e

Aparte

16/4 9h30min - Prova de Rédeas - Classificatória ao Campeonato Nacional da ABCCC


28

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Morfologia

Em Pelotas, oito exemplares garantem vaga na Expointer Nívea Oliveira

Em disputa acirrada no final da manhã da sexta-feira, 25 de março, 84 animais entraram na pista da Associação Rural de Pelotas/RS, para disputar vaga na mais alta seleção morfológica da raça Crioula que é a Exposição de Esteio, durante a Expointer 2011. A mostra foi a primeira exposição passaporte do ciclo, sendo classificada como nível “C”, conforme o número de exemplares inscritos.

A cargo do jurado Francisco Martins Bastos Sobrinho, acompanhado de seu secretário Pablo Rodrigues, ambos de Uruguaiana, foram apontados os animais das cabanhas Charqueada, Marconi, Santa Edwiges, Monte Sinai, Mistério e Estância Carapuça como os melhores em pista. Conforme o jurado, “toda Exposição Passaporte hoje em dia possui animais de alta qualidade, pois é uma pré-seleção para a Expointer. Pelotas é uma das exposições mais difíceis de julgar, visto estar no centro de criadores importantes, que possuem excelentes animais”. Bastos comentou que a cada ano fica mais difícil sair de casa com animais para pisar na pista de Esteio. De acordo com o jurado até mesmo os criadores novos sabem o que a raça Crioula busca, podendo assim competir de igual para igual com os criadores mais antigos, tornando assim a Expointer uma competição muito acirrada. Além das tradicionais escarapelas aos grandes campeões da mostra, o jurado selecionou a égua Campana Tutora, da Cabanha Campana, de Bagé/RS, para receber o prêmio Mário Santos Burck, oferecido pelo Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos ao melhor animal a campo. A entrega de prêmios foi feita na sede do Núcleo na noite do sábado, dia 26, com show artístico.

Passaportes na TV ABCCC Para aqueles que não poderão estar presentes nas mostras passaporte do ciclo 2011, a TV ABCCC estará disponibilizando vídeos das seletivas morfológicas que definirão os exemplares que entrarão em pista na exposição final da temporada, em Esteio/RS. A TV ABCCC pode ser visualiza-

da através do site da Associação na internet, no endereço abccc. com.br.

Fêmeas

Fotos Nívea Oliveira Fotos J.G. Martini

Resultado Fêmeas Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça Haragana da Charqueada, filha de BT Delantero e Jandaia de São Pedro, criador e expositor Jacó Edmundo Weiand, Cabanha Charqueada, Vale Verde/RS Reservada Grande Campeã RZ Selva Negra da Carapuça, filha de BT Lamborguine e Folgada do Iguaçú, criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância Carapuça, Cristal/RS 3ª Melhor Fêmea JA Guadalupe, filha de Xiru de Santa Edwiges e JA Santinha, criador José Antônio Anzanello e expositor Alexandre Espínola Araújo, Cabanha Marconi, Santana do Livramento/RS 4ª Melhor Fêmea Guardiã de Santa Edwiges, filha de Xiru de Santa Edwiges e Reservada de Santa Edwiges, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS

Haragana da Charqueada foi a Grande Campeã entre as fêmeas e ainda levou o título de Melhor Exemplar da Raça

RZ Selva Negra da Carapuça

JA Guadalupe

Guardiã de Santa Edwiges

Machos

Machos Grande Campeão Peçuelo Potreador, filho de Mano a Mano do Itapororó e SJ Nevasca, criador Heber Vega Pereira de Ávila e expositor Carlos Amorin e Antônio Carlos de Souza, Cabanha Monte Sinai, São José do Norte/RS Reservado Grande Campeão Marconi Fogo de Chão, filho de Xiru de Santa Edwiges e Tira-Teima de Santa Edwiges, criador Alexandre Espíndola Araújo e expositor Maurício Wiesel Beltrame, Cabanha Mistério, Santa Maria/RS 3º Melhor Macho RZ Tiempo Al Vento da Carapuça, filho de BT Lamborguine e Maestra de Santa Angélica, criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância Carapuça, Cristal/RS 4º Melhor Macho Feriado de Santa Edwiges, filho de Rodopio de Santa Edwiges e Víbora de Santa Edwiges, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS

Peçuelo Potreador, da Cabanha Monte Sinai, foi julgado como o Grande Campeão

Marconi Fogo de Chão

RZ Tiempo Al Vento da Carapuça

Feriado de Santa Edwiges


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

29

Inscrições para a Outonal de Esteio estão abertas Já estão abertas as inscrições para a Exposição Morfológica Outonal, que será realizada no Parque Assis Brasil em Esteio/RS, junto à programação do Bocal de Ouro. O processo pode ser feito através do site da ABCCC (abccc.com.br) no link Inscrição On-line. Mais informações podem ser obtidas com o setor de eventos da associação, pelo telefone (53) 3223-2122 ou pelo e-mail eventos@ abccc.com.br.

Nas demais passaportes, os contatos são os a seguir: Uruguaiana/RS - 13 de maio

Núcleo Flávio Bastos Tellechea

Rua Santana, 2.717, 2º andar. CEP

97510-471 - Caixa Postal: 30

Fone/Fax: (55) 3413-3567 - Fax: 3412-4259

Presidente: Ângelo Antônio Martins Bastos E-mail: ncccfbt@hotmail.com

São Lourenço do Sul/RS - 19 de maio NCCC de São Lourenço do Sul

Rua Alfredo Born, 260/41 - CEP: 96170-000

Fone/Fax: (53)3253-2526 - 32513350 - 3251-1612

Presidente: João Alberto Cunha da Rocha Bagé/RS - 27 de maio NCCC de Bagé

Avenida Visconde Ribeiro de Magalhães, S/N - Caixa Postal: 314 - CEP: 96418-050 Fone/Fax: (53) 3242-0006

Presidente: Roberta Móglia Lages/SC - 3 de junho

Associação Catarinense de CCC Adolfo Luiz Nunes Martins

Avenida Luiz de Camões, 2.200, bairro Conta Dinheiro, Lages/SC CEP: 88502-000 - Telefone: (49) 3223-9263 - Fax: (47) 3348-8335

Presidente: André Luiz Narciso Rosa e-mail: andrelrosa@terra.com.br Santo Ângelo/RS - 10 de junho Núcleo Missioneiro de CCC

Rua Bento Gonçalves, 1.001 - CEP 98801-700 - Santo Ângelo/RS Fone: (55) 3312-5370

Presidente: Paulo Bottom Moro

E-mail: nucleomissioneiro@hotmail.com Camaquã/RS - 16 de junho

Núcleo de CCC José Júlio Coutinho

Presidente: Valmir Dallacosta

Fone/Fax: (51) 3671-0757

Esteio/RS - 7 de julho

Rua Júlio de Castilho, 253 - CEP: 96180-000 - Camaquã/RS

Presidente: Luís Mário Azambuja

E-mail: luismarioaz@terra.com.br Passo Fundo/RS - 23 de junho

E-mail: ncccpb@hotmail.com

ABCCC

Avenida Fernando Osório, 1.754 A Três Vendas - Pelotas/RS CEP: 96055-000

Núcleo de CCC José Ronald Bertagnolli

Fones: (53) 3223-2122 - Fax: (53) 3223-4774 Caixa Postal 571

Fone/Fax: (54) 3311-1191

Brasília/DF - 22 de julho

Rua Fagundes dos Reis, 406/101 CEP: 99040-000 Presidente: Jader Luís Piccin

E-mail: nucleojrb@hotmail.com Pato Branco/PR - 1º de julho

Núcleo de CCC do Sudoeste do Paraná

Rua Benjamin Borges dos Santos, 1.121 - Bairro Fraron - Pato Branco/PR Fone/Fax: (46) 9105-7424

Internet: http://www.abccc.com.br

Associação de CCC do Distrito Federal

Sia Centro Empresarial, trecho 3/4 - Lotes 625/695 - Bloco A Sala 127A Brasília/DF - CEP: 71200-030 Fone: (61) 3318 5705

Presidente: Haroldo Siqueira Leonetti

E-mail: haroldo.leonetti@camara. gov.br


30

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Morfologia

Homogeneidade em Arroio Grande Fotos Ana Cândida Cassal

Maysa Maciel

“Contendo bons animais, com bom conjunto de virtudes dentro do padrão da raça. Essa foi a disputa do Melhor Exemplar”, conta Luiz Carlos Cassal de Albuquerque, jurado da Exposição Morfológica de Arroio Grande, realizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município, no dia 11 de março.

A exposição contou com a participação de 42 exemplares sob supervisão técnica de Fernando Drummond de Mello. Realizada graças ao grande esforço do núcleo, a mostra teve grande aceitação da população, segundo o jurado. “São exposições feitas com sacrifício, onde todos se envolvem para fazer um bom trabalho. A cidade é pequena, mas a raça vem crescendo e o evento tem tudo para continuar sendo um sucesso”, disse Albuquerque.

Resultados Grande Campeonato Fêmeas Grande Campeã - Campeã Égua Menor São João do Juncal Pupila, filha de São João do Juncal Paladino e São

João do Juncal Pepita, criador e expositor Roberto Vieira Lucas, Estância São João do Juncal, Jaguarão/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Prenhe Baronesa da Santa Hilária, filha de BT Barão e Felina do Iguaçú, criador e expositor Wilson Xavier Bence e Willian Bence, Cabanha Santa Hilária, Arroio Grande/RS 3°Melhor Fêmea - Campeã Égua Adulta Fina Flor do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e Havana dos Campos Neutrais, criador e expositor Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS 4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Prenhe Famosa da Badana, filha de Tormento da Badana e Promessa do Jaredo, criador e expositor Uilson Silveira Machado, Agropecuária Palmito, Arroio Grande/RS Machos Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Império Mapocho, filho de BT Lucero e Linha Dura de Santa Angélica, criador e expositor Sérgio Santos Sant’anna e Filhas, Cabanha Mapocho, Pelotas/RS

Reservado Grande Campeão Campeão Potranco Menor Índio Vago Charrua, filho de Entrevero Charrua e Escolta Charrua, criador João Rouget Pérez Wrege e expositor Criadero Las Callanas, Cabanha Os Charruas, Jaguarão/RS 3°Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto Imperador Mapocho, filho de Mano a Mano do Itapororó e Simpática Mapocho, criador e expositor Sérgio Santos Sant’anna e filhas, Cabanha Mapocho, Pelotas/RS 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Potranco Menor Zamorano da 3J, filho de Mano a Mano do Itapororó e Paloma da 3J, criador Agropecuária Andrade Lima Ltda e expositor Carlos Amorin e Antônio Carlos de Souza, Cabanha Monte Sinai, São José do Norte/RS Campeonato Incentivo Fêmeas Campeã Incentivo Riscada da Porteira de Ferro, filha de Las Misiones Iporãite e Chaíra da São Leopoldo, criador e expositor Diego Moscarelli Pinto e Guilherme Xavier, Cabanha Porteira de Ferro, Arroio Grande/RS

Império Mapocho foi o Grande Campeão e o Melhor Exemplar da Raça

O Reservado Grande Campeão foi Índio Vago Charrua, da Cabanha Os Charruas

A Grande Campeã foi São João do Juncal Pupila, criada e exposta por Roberto Vieira Lucas

Baronesa de Santa Hilária foi a Reservada Grande Campeã e a Campeã Égua Prenhe

Reservada Campeã Incentivo Campana do Butiazeiro, filha de Butiá Wrangler e Pampeira do Strass, criador Agropecuária Butiazeiro e expositor Agropecuária Butiazeiro - Cabanha Butiazeiro, Capão do Leão/RS

lha de Mano a Mano do Itapororó e São Leopoldo Domitila, criador José Paulo Machado dos Santos e expositor Geraldo Machado Silveira, Arroio Grande/RS

Machos Campeão Incentivo Boato do Canto do Mato Grande, fi-

Reservado Campeão Incentivo Jujo II Charrua, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Ocasião Charrua, criador João Rouget Pérez Wrege e expositor Ruil Carlos Cruz Júnior, Arroio Grande/RS

Exposição Morfológica com ótimos exemplares em Alegrete/RS O município gaúcho de Alegrete reuniu 52 exemplares da raça Crioula em Exposição Morfológica realizada no dia 11 de março. O julgamento ocorreu no Parque de Exposições Lauro Dorneles, sob a super visão do técnico da ABCCC, Paulo Armando Rebello Solheid. O evento também teve a presença de conjuntos participantes da Credenciadora ao Freio de Ouro e de etapa do Campeonato de Paleteada, disputados na localidade. As provas foram promovidas pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Alegrete/RS. Sob calor intenso, coube ao jurado Carlos Loureiro de Souza, que também atuou na credenciadora, realizar a avaliação dos exemplares. Entre os participantes, destaque para os grandes campeões: Domínio 857 Maufer, da Cabanha Maufer, de Cruzeiro do Sul/RS, entre os machos, e para a potra Gralha do Igiquiquá, da Cabanha Igiquiquá, de Uruguaiana/RS. (Yéssica Lopes)

Resultados

tor José Inácio e Vinícius Freitas, Estância Escondida, Alegrete/RS

Machos Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Domínio 857 Maufer, filho de BT Delantero e Turca 266 Maufer, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Potranca Menor Gralha do Igiquiquá, filha de BT Delantero e Águia do Igiquiquá, criador e expositor Nelson Bastos Pinto, Cabanha Igiquiquá, Uruguaiana/RS

Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Palanque da Tropilha Mansa, filho de Macanudo do Itapororó e BT Essência, criador e expositor Ciro Manoel Canto de Freitas, Cabanha São Marcos, Alegrete/RS 3°Melhor Macho - Campeão Potranco Menor Quebracho Colorado da Escondida, filho de Índio da Escondida e Índia da Escondida, criador e expositor José Inácio e Vinícius Freitas, Estância Escondida, Alegrete/RS 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Potranco Menor Quebrachero da Escondida, filho de Fulano de Tal da Escondida e Itamaracá da Escondida, criador e exposi-

Reservada Grande Campeã - Campeão Égua Adulta Alteza 517 Maufer, filha de Mananero Jalisco e Lúcia de Santa Angélica, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS 3°Melhor Fêmea - Reservada Campeã Potranca Menor Fortuna do Curupá, filha de Festeiro do Itapororó e Cancorosa da Escondida, criador e expositor Ricardo de Freitas Labrêa, Cabanha Curupá, Alegrete/RS 4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Adulta Quilapy Ponta de Lança, filha de BT Sargento e Navalha da Escondida, criador e expositor Ciro Manoel de Andrade Freitas, Cabanha São Marcos, Alegrete/RS

Fotos Oscar Augusto Souza

Gralha do Igiquiquá foi a Grande Campeã e a Melhor Exemplar da Raça

O Grande Campeão foi Domínio 857 Maufer, da Cabanha Maufer


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Morfologia

31

Lajeado apresenta os seus campeões da Morfologia Yéssica Lopes

No dia 19 de março, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vales do Taquari e Rio Pardo promoveu a 37ª Exposição Morfológica no município gaúcho de Lajeado. A programação iniciou no dia 18, sexta-feira, com Concentração de Machos na qual todos os 16 participantes foram confirmados.

No sábado, 19, o julgamento teve início, sob a supervisão do técnico da ABCCC Olmiro Andrade Filho e avaliação de Jorge Aginelo do Nascimento. A Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça foi Fiesta do Quaraci. O evento ainda teve Tiro de Laço no domingo. De acordo com o jurado, o nível dos animais foi muito bom, bem como a organização do evento, realizada pelo Núcleo. “Essa é uma região de grande potencial com muitos criadores novos. Os animais

Fotos Jaime Labres

que participaram da prova, apesar de serem bem jovens, tinham muita qualidade”, comentou Nascimento.

Resultados

(ainda não homologados pela ABCCC)

Fêmeas

Grande Campeã e Melhor Exemplar

da Raça Fiesta de Quaraci, filha de Chicão de Santa Odessa e Intriga Maragato, criador e expositor Rosali Tavares Jones, Cabanha Quaraci, Santa Cruz do Sul/RS Reservada Campeã Três Cerros Alegria II, filha de Campana Naco e Estância Três Cerros, criador Rafael Pons Suñe e expositor Matheus Drago de Almeida, Cabanha Tapera do Pascoal, Bom Jesus/RS 3ª Melhor Fêmea La Vitoria do Tamboré, filha de Tamboré do Purunã e Esquila do Tamboré, criador e expositor Diego de Lucena Zanandréa, Cabanha Tamboré, São Francisco de Paula/RS 4ª Melhor Fêmea

Fiesta de Quaraci foi consagrada a Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça

Reservada Campeã foi Três Cerros Alegria II, da Cabanha Tapera do Pascoal

JK do Tamboré, filho de Tamboré do Purunã e JA Sinhá Moça, criador e expositor Diego Zanandréa, Cambanha Tamboré, São Francisco de Paula/RS 3°Melhor Macho Domínio 857 Maufer, filho de BT Delantero e Turca 266 Maufer, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS 4°Melhor Macho La Plata Fiador, filho de Destaque de Santa Adriana e Zurrapa da Tamanca, criador Juliano Severo Leon e expositor Cristiano Herberts, Venâncio Aires/RS

Campeonato Incentivo

Grande Campeão foi Escalpo 1001 Maufer, da Cabanha Maufer

Alteza 517 Maufer, filha de Mananero Jalisco e Lúcia de Santa Angélica, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

Machos

JK do Tamboré ficou com o título de Reservado Grande Campeão

Grande Campeão Escalpo 1011 Maufer, filho de BT Apache e Tranquila 217 Maufer, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS Reservado Grande Campeão

Campeã Fêmeas Harmoniosa 17 das Duas Meninas, filha de Moleque do Purunã e Minerva 2702 da Tradição, criador e expositor Joner Frederico Kern, Cabanha Duas Meninas, Arroio do Meio/RS Campeão Machos Universo do Itapororó, filho de Roncador do Itapororó e Jandaia do Infinito, criador Nestor M. Jardim Neto/Maria L.F. Jardim e expositor Joner Frederico Kern, Cabanha Duas Meninas, Arroio do Meio/RS


Freio de Ouro - 30 anos

Os caminhos que levam ao Freio de Ouro Fotos Felipe Ulbrich / Arquivo ABCCC

J. Tomás

As 29 edições do Freio de Ouro foram construídas com belas histórias de animais que se sagraram campeões depois de transitarem entre posições intermediárias e de ponta no ranking resultante das provas da competição. Esta é uma característica do modelo adotado para a disputa. Do início da temporada, quando ocorrem as credenciadoras e as classificatórias, aos instantes finais da grande decisão, nenhum cavalo ou égua costuma se apresentar já com o título garantido. Bom para o público e os criadores. Melhor ainda para os ginetes, que veem a oportunidade nunca se distanciar do alcance das rédeas. Neste segundo capítulo da série especial sobre as 30 edições do Freio de Ouro, celebrado em agosto desse ano no Parque Assis Brasil em Esteio (RS), o Jornal Cavalo Crioulo irá abordar o funcionamento da prova.

Classificatória de Brasília/DF será a última oportunidade para os conjuntos tentarem uma vaga à final do Freio de Ouro

O encerramento de uma edição em agosto, além do fim de um ciclo, marca automaticamente o começo e os preparativos da etapa seguinte. Durante os meses que seguem, milhares de pessoas - e cerca de 1,2 mil animais - trabalham atrás das vagas nas seletivas que ocorrem em cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Brasília, além de Uruguai e Argentina. Em 2010 foram à pista de Esteio 96 exemplares. No mês de abril, por exemplo, as chances serão oferecidas em 14 credenciadoras (Rivera/Uruguai, Dom Pedrito/RS, Guaiba/RS, São Gabriel/RS, Tibagi/PR, Brasília/ DF, Santo Antônio da Patrulha/

Técnico da ABCCC, Heitor Cheuiche Coelho (D), diz crer que o modelo instituído pela prova é o grande responsável pelo seu sucesso

RS, Itaqui/RS, Santa Maria/RS, Campo Alegre/SC, Santana do Livramento/RS, Canguçu/RS, Pato Branco/PR e Santa Cruz do Sul/RS) e duas classificatórias (Buenos Aires/Argentina e Esteio/RS). Técnico da ABCCC e um dos responsáveis pela organização da classificatória em Brasília, Heitor Cheuiche Coelho atribui o modelo instituído nas seletivas e no Freio como o responsável pelo crescimento da raça no Brasil. “O cavalo Crioulo que o Freio de Ouro produz é completo. Atende a qualquer necessidade”, afirma. O Distrito Federal organiza este ano sua sexta credenciadora - e deve realizar ainda quatro leilões - um feito a ser comemorado, de acordo com Coelho, principalmente se for levado em conta que 80% dos animais serão próprios daquela região. Se na década de 80 as informações eram escassas e chegavam basicamente através dos jornais

ou eram encontradas diretamente nas exposições, atualmente a realidade é outra. As transmissões pela TV, os leilões virtuais, a facilidade de parcelamento e os fretes subsidiados contribuem para popularizar a raça. Como o próprio técnico da ABCCC fala, hoje o criador adquire um animal no Acre e o recebe em casa em duas semanas, algo inviável há alguns anos.

No Paraná A presidente do Núcleo de Criadores do Noroeste do Paraná, Jacqueline de Góes, considera criterioso o modelo adotado nas etapas classificatórias. “Mas é válido. Só acrescenta à raça”, diz, referindo-se ao melhoramento genético e funcional conquistado ano após ano com as provas. Nesta parte do Paraná o cavalo Crioulo vive um momento de forte interesse por parte dos


Cavalo Crioulo Abril de 2011

33

Foto Felipe Ulbrich / Arquivo ABCCC

criadores, segundo ela, e já ocupa um espaço até então ocupado por outras raças. Em 2010, Jacqueline conseguiu classificar um de seus animais pela primeira vez ao Freio de Ouro, experiência que considera única. O fato de o exemplar ter participado da decisão no domingo, lembra, foi como se tivesse conquistado o primeiro lugar (ele terminou na oitava colocação).

Como se chega ao Freio de Ouro A prova ocorre em três certames 1. As Credenciadoras (em número de 64) São dois tipos: as de animais inéditos e as abertas. Nas credenciadoras de inéditos, os 48 machos e 48 fêmeas mais bem pontuados do ciclo garantem vaga no Bocal de Ouro. Já nas abertas, habilitam-se os quatro machos e as quatro fêmeas mais pontuados para a fase Classificatória. Bocal de Ouro é a grande disputa entre os animais inéditos no ciclo e costuma revelar bons estreantes que, mais tarde, apresentam alto nível competitivo no Freio de Ouro

2. As Classificatórias (em número de 12) Também são de dois tipos: o Bocal de Ouro, para animais inéditos, e as classificatórias regionais. Cada uma, por sua vez, habilita os quatro machos e as quatro fêmeas mais pontuados, com dois reservas por sexo, para a final do Freio de Ouro.

3. O Freio de Ouro Os animais participam de uma prova morfológica e oito funcionais, as mesmas disputadas durante as etapas iniciais. É vencedor aquele que obtiver a maior pontuação final, resultante da soma da nota morfológica com a média das notas das oito provas funcionais. São elas:

andadura, figura, volta sobre patas e esbarrada, mangueira, campo, mangueira II, Bayard-Sarmento e campo II.

Saiba mais - A lista de jurados aptos a julgarem as exposições funcionais no perío-

do 2009-2010 do Freio de Ouro somou 115 nomes, entre efetivos e auxiliares. - O ano de 1994 é considerado emblemático para o Freio de Ouro. Foi quando várias vertentes surgiram e abriram novas “portas” para a prova, o que ajudou a renovar a disputa. Foto Vilson Aguiar / Arquivo ABCCC

- A prova Bayard-Sarmento, uma das mais vibrantes para o público, costuma revelar aqueles animais que enfrentam problemas de doma e submissão. - Os animais estrangeiros credenciados no Uruguai e na Argentina que não obtêm a classificação nos seus países de origem podem participar ainda de outra classificatória brasileira a sua escolha. Eles também podem participar das Classificatórias de Repescagem, desde que preencham a pontuação e as condições mínimas exigidas para ingresso.

Acompanhe a série Edição anterior - As 30 edições do Freio de Ouro No total, serão 64 credenciadoras no ciclo, sendo cinco internacionais como a de Taquarembó, no Uruguai

Nesta edição - Como funciona a prova Maio - Os ginetes campeões Junho - A prova ultrapassa as fronteiras Julho - A economia gira em torno do Freio Agosto - O presente: do espetáculo ao envolvimento familiar

(*) Para a realização dessa série também foram consultados o site da ABCCC e o livro

Freio de Ouro, uma história a cavalo, de Renato Dalto


34

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Morfologia

Alto nível impressiona em Esteio Maysa Maciel

Foi realizada nos dias 24 e 25 de março, no Parque de Exposições Assis Brasil, a Exposição Morfológica promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da 6ª Região. Mesmo com uma pouca quantidade de exemplares inscritos, a mostra supervisionada pelo técnico Marcelo Montano Coelho, impressionou pelo alto nível dos animais.

Participaram do evento 45 animais confirmados e 15 animais na exposição incentivo, julgados pelo criador Antônio Carlos Py. Segundo o jurado, apesar do número pequeno de concorrentes, a qualidade dos animais, principalmente das fêmeas, era muito boa. “Os animais estavam muito uniformes, com destaque principalmente para as fêmeas, que apresentaram um bom conjunto”, disse. Entre os elogiados animais, a grande destaque da mostra foi Fina Flor da Ouro Branco, exemplar classificada como muito equilibrada, de propriedade da Cabanha Mapa Gaúcho. “A Melhor Exemplar da Raça pode participar de

qualquer exposição porque está muito bem preparada. Ela tem um selo racial muito bom e é muito típica e equilibrada”, descreve Py. Além da exposição morfológica, os crioulistas de Esteio também puderam apreciar uma disputa de paleteada e uma Credenciadora ao Freio de Ouro. Veja os resultados completos da morfologia no site da ABCCC (abccc.com.br).

Resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Grande Campeonato Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Prenhe Fina Flor da Ouro Branco, filha de BT Jade e Diamantina Quincha, criador Erni Griebeler, expositor Leandro Mosmann e André Arnecke Angeli, Cabanha Mapa Gaúcho, Sapiranga/RS

Kessler Fleck, Cabanha Gravatá, Gravataí/RS 4ª Melhor Fêmea - Campeã Égua Adulta Toscana de São Pedro, filha de BT Hospedeiro e Anita de São Pedro, criador Eduardo Macedo Linhares, expositor Alcione Rubattino, Cabanha Berço Criouro, Viamão/RS Machos Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor SJ Xadrez, filho de BT Fiador e Utopia de Santa Edwiges, criador e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS Reservado Grande Campeão - Reservado Campeão Cavalo Menor Tchê Silêncio Que Te Quero, CRT Guapo e Fronteiriça do Tchê, criador Jorge Guilherme Pires Maia, expositor José Calvino Pires Maia, Cabanha Santa Rita, Dom Pedrito/RS

Fêmeas

Fina Flor da Ouro Branco foi a Melhor Exemplar da Raça

Reservada Grande Campeã - Campeã Potranca Menor Três Cerros Alegria II, filha de Campana Naco e VF Alteza, criador Rafael Pons Suñe, expositor Matheus Drago de Almeida, Cabanha Tapera do Pascoal, Bom Jesus/RS 3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Potranca Menor Hermana Gravatá, filha de Agua de Los Campos Y Maquena Criterioso e AHI Veremos Aguja, criador e expositor Francisco

Campeonato Incentivo Fêmeas Campeã Incentivo Maior Gota D’água do Resplendor, filha de Destaque da Boa Vista e Capela do Resplendor,

Reservada Grande Campeã foi Três Cerros Alegria II, da Cabanha Tapera do Pascoal

Machos

3º Melhor Macho - 3º Melhor Cavalo Menor HF Lutador, filho de El Guapo da São Marcelino e HF Chinoca, criador AC Agropecuária Ltda, expositor Márcio Júnior Aguiar da Rocha, Porto Alegre/RS 4º Melhor Macho - 4º Melhor Cavalo Menor Guasqueiro do Mapa Gaúcho, filho de Taludo da Escondida e Bela do Tempo Novo, criador e expositor Leandro Mosmann e André Arnecke Angeli, Cabanha Mapa Gaúcho, Sapiranga/RS

Fotos Felipe Ulbrich

Grande Campeão foi SJ Xadrez, da Fazenda São João

criador e expositor Juliano Fonseca Motter, Cabanha Resplendor, São Francisco de Paula/RS Reservada Campeã Incentivo Maior Harmoniosa 17 das Duas Meninas, filha de Moleque do Purunã e Minerva 2702 da Tradição, criador e expositor Joner Frederico Kern, Cabanha Duas Meninas, Arroio do Meio/RS Machos

Tchê Silêncio Que Te Quero, da Cabanha Santa Rita, foi o Reservado Grande Campeão

Campeão Incentivo Maior Universo do Itapororó, filho de Roncador do Itapororó e Jandaia do Infinito, criador Nestor M. Jardim Neto e Maria Jardim, expositor Joner Frederico Kern, Cabanha Duas Meninas, Arroio do Meio/RS Reservado Campeão Incentivo Maior Distinto da Melina, filho de Tinajera Buen Abrigo e Já Boa Sorte, criador Paulo César Pozo de Mattos


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Morfologia

35

Núcleo dos Vinhedos realiza festa do Cavalo Crioulo em Caxias do Sul Douglas Saraiva

No final de semana do Carnaval, quem fez a festa em Caxias do Sul foi o cavalo Crioulo. Entre os dias 3 e 6 de março, o município gaúcho sediou a 7ª Festa do Cavalo Crioulo, um evento promovido pelo Núcleo de Criadores dos Vinhedos, no qual foram realizadas disputas de Paleteada, Tiro de Laço, Provas Jovens, Credenciadora ao Freio de Ouro e Exposição Morfológica. (Leia mais nas páginas 26, 46 e 52)

Sob a supervisão do técnico Ricardo Guazzelli Martins, que ainda orientou a Concentração de Machos no dia anterior, o julgamento morfológico reuniu mais de cem animais, contando com a categoria incentivo. Além do número expressivo de exemplares a

boa apresentação destes também chamou a atenção dos jurados Rodrigo Py e Gustavo Weiand. “A exposição teve um nível muito parelho, apesar das fêmeas estarem um pouco melhores do que os machos. As éguas que ficaram no grande campeonato eram muito boas”, afirmou Py. Conforme o jurado, o ambiente coberto onde ocorreu a mostra - no interior do pavilhão da Festa da Uva, tradicional feira do município - também contribuiu para o sucesso do evento. “A estrutura da pista era muito qualificada, o pessoal do núcleo está de parabéns”, finalizou.

Resultado Machos Grande Campeão

Alado do Ribeirão Bonito, filho de Jalisco de Santa Angélica e Laura de Santa Angélica, criador Arison Jung e expositor Fernando Andrighetti, CT Del Candieiro, Caxias do Sul/RS Reservado Grande Campeão Domínio 857 Maufer, filho de BT Delantero e Turca 266 Maufer, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/ RS 3°Melhor Macho JK do Tamboré, filho de Tamboré do Purunã e JA Sinhá Moça, criador e expositor Diego de Lucena Zanandréa, Cabanha Tamboré, São Francisco de Paula/RS

Exposição no RJ estimula criadores da raça no Estado Injeção de ânimo e divulgação da raça Crioula. Estes são os principais objetivos do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Estado do Rio de Janeiro, que irá realizar mostra morfológica no mês de abril, durante a Petrópolis Rural, exposição agropecuária realizada no Parque de Itaipava/RJ. O evento é organizado pela prefeitura do município em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e conta com a participação de diversas raças bovinas e equinas. As inscrições para a exposição morfológica foram realizadas até o dia 31 de março. Já as inscrições para a Campereada (Team Penning) serão feitas no dia do evento, diretamente com os organizadores. O ingresso dos animais deverá ser efetuado no dia 15 de abril, devidamente acompanhados do exame de AIE. (Pâmela Seyffert)

Cronograma 15 de abril

19h - Churrasco de Confraternização. 16 de abril 8h - Confirmação de Machos, 9h - Concurso morfológico dos animais com julgamento e justificativa das notas dadas por técnico da ABCCC, 15h - Palestra técnica, 17h - Campereada (Team Penning) realizada em conjunto com a raça Quarto de Milha, com premiação, Exposição de animais colocados à venda com demonstração de aptidão e “test drive” de interessados. 17 de abril 9h - Concurso morfológico dos animais com julgamento e justificativa das notas dadas, Exposição de animais colocados à venda, com demonstração de aptidão e “test drive” de interessados.

4º Melhor Macho Farrapo do Morro Chato, filho de São João do Juncal Pandemônio e Juju do Aceguá, criador e expositor Marcus Arruda Silva, Cabanha Morro Chato, Painel/SC

do Junco, criador Euro e Eliseu da Silva Taborda Ribas e expositor Juliano Fonseca Motter, Cabanha Resplendor, São Francisco de Paula/RS 3ª Melhor Fêmea

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã Encantada da Estância Guarda Velha, filha de Âncora Floreio e Arisca da Canhada, criador e expositor Jacson Tiago de Souza Silva, Estância Guarda Velha, Gentil/RS Reservada Grande Campeã Pena Branca 03 Aranca, filha de BT Hornero do Junco e BT Peona

Status Naira, filha de PO Soy Taura e Valsa dos Sete Povos, criador Alípio Henrique Petzinger e expositor Alípio Henrique Petzinger, Fazenda Várzea São João, São Francisco de Paula/RS 4ª Melhor Fêmea Avenca do Morro Chato, filha de Molejão do Purunã e Santa Mônica Rancheira, criador Marlus Arruda Silva e expositor Sérgio Pedro Nesello, Cabanha La Conquista, Caxias do Sul/RS


36

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

Marcha de Resistência testa os limites da raça Fotos Alexandre Teixeira/Arquivo ABCCC

Pâmela Seyffert

Difundir a capacidade de resistência do cavalo Crioulo. Este é um dos objetivos da Marcha de Resistência, realizada em conjunto com os vizinhos uruguaios. A modalidade consiste em uma prova de 45 dias, sendo que ao longo de um mês os animais permanecem em processo de concentração. No começo da disputa todos os cavalos são colocados em um mesmo campo à base de pasto e água, para igualar o nível de suas condições físicas e alimentares. Logo após, é realizado, durante 15 dias, um percurso de 750 quilômetros em estrada.

A modalidade surgiu no Uruguai em 1940 e logo em seguida, os argentinos viraram adeptos da seleção. No Brasil, a Marcha de Resistência começou a ser inserida no país apenas no final da década de 80. A prova ocorre em cenários reais e faz com que cavalos e seus cavaleiros enfrentem inúmeras adversidades como o frio, a chuva e os obstáculos naturais. De acordo com o criador e integrante da comissão de Marchas da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), João Pedro Jacques, a modalidade ainda busca mais adeptos, visto que a prova é muito difícil de ser acompanhada devido à sua longa duração. Além disso, aproximadamente 30% dos animais não conseguem completála em função do nível elevado da competição. “É uma prova de seleção de raça, não é um esporte. O principal objetivo é destacar os melhores cavalos”, ressalta.

competição contra o relógio. “Já participei de oito Marchas e corro porque acredito que esta seja uma prova de avaliação e seleção.” Gonçalves foi o grande campeão da Marcha de Resistência realizada no ano passado, em Jaguarão. Para o competidor, quando se participa de uma prova dessas se atinge um resultado diferente a cada ano, visto que cada ginete entra na competição com determinado objetivo, dependendo do cavalo. “O fato de ter ganhado incentiva bastante, mas é secundário. Sou apaixonado por esta seleção, em que correm criadores e peões e todo mundo é tratado de forma igualitária. A Marcha é uma disputa saudável.”

Premiação Modalidade busca difundir a capacidade de resistência do cavalo Crioulo em uma prova de 45 dias; próxima será em Jaguarão, em 24 de abril

Em uma competição em que o grande mérito é conseguir concluir o percurso, o tempo é um fator fundamental para um bom desempenho. Jacques, que acompanha as marchas desde a primeira edição, em 1992, frisa que a distancia, o campo e as condições climáticas são iguais para todos. Todo ano é esperado que uma nova cabanha torne-se adepta da Marcha de Resistência no ciclo. Em Jaguarão, no Rio Grande do Sul, aproximadamente 30 pessoas participam da prova por ano e a tendência é que este número cresça de acordo com o interesse e a divulgação de seus competidores. ”É um evento de difícil organização, que possui toda uma assistência veterinária, mas que ao

mesmo tempo não intervém com medicação.” Em Jaguarão, os cavalos já estão no período de concentração, iniciado no dia 25 de março. A largada para o percurso ocorre no dia 24 de abril e a chegada está prevista para o dia 8 de maio. “A Marcha tem sede fixa no sindicato rural da cidade. Fazemos diariamente um trajeto de 50 quilômetros de ida e volta e sempre paramos no mesmo lugar para repousar”, explica Jaques.

Experiência Para Jaques o importante da prova é que não haja uma supervalorização do ginete, já que a marcha é feita para valorizar os cavalos

Ao longo de um mês, todos os cavalos ficam no mesmo campo, à base de pasto e água, para igualar suas condições

da raça. “Corri dez marchas e posso afirmar que o participante sai da seleção apaixonado pelo processo. Os competidores terminam a seleção cansados, mas já pensando no cavalo do próximo ano.” Ao levar os cavalos Crioulos para a concentração, o clima de ansiedade já toma conta dos concorrentes que encontram na disputa uma forma de trocar experiências e também promover um encontro entre os criadores do Estado. “O nível dos participantes que correm é excelente e mesmo sendo uma disputa, existe muito companheirismo”, destacou. Para o participante, Rodrigo Gonçalves, a marcha é uma prova que avalia os pilares da raça Crioula. Além disso, a modalidade é uma

A premiação é estabelecida pela ordem de chegada dos participantes. Além disso, existe uma subdivisão de categorias como cavalos menores e maiores de sete anos, castrados e reprodutores machos. A premiação em dinheiro não é uma das prioridades da prova, em que o maior prêmio é concluir o fim do percurso e selecionar a manada. A expectativa é que no futuro mais cabanhas e criadores participem da seleção. Segundo Jaques, a meta é que em qualquer competição sempre se sobressaia um cavalo e, que por meio dos animais, fique possível promover a experimentação de diversas origens. “A Marcha é uma competição que devido ao regulamento só pode ser realizada por cavalo Crioulo e isso é um grande mérito.”

Disputa não deixa de lado o companheirismo entre os competidores, que enfrentam situações adversas


40

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

Copa Querência apresenta espetáculo nas rédeas Maysa Maciel

Fotos Henrique Vicente

A sétima edição de uma das mais importantes disputas de rédeas do Brasil definiu seu campeão no dia 12 de março. Entre os 24 conjuntos que entraram na arena do Condomínio Terra Ville, na capital gaúcha Porto Alegre, Gilson Diniz Filho e o cavalo gateado Remendo do Purunã se consagraram campeões da 7ª Copa Querência Copyland, alcançando a impressionante média de 224,5.

A disputa foi organizada pela Associação Gaúcha dos Cavalos de Rédeas (AGCR) e, neste ano, em parceria com a empresa Copyland, reuniu 90 exemplares Crioulos entre os dias 10 e 14 de março, divididos nas categorias Aberta e Amador. O evento contou com a presença do presidente da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas, Peter Christians, que destacou a importância que a raça está alcançando dentro da modalidade no Brasil. “O nível que o cavalo Crioulo vem adquirindo dentro das rédeas é impressionante. Isso foi comprovado nos Jogos Equestres Mundiais, onde Wellington Teixeira foi o brasileiro melhor colocado no 14º lugar, com seu crioulo SJ Rodopio”, coloca Christians. Além de um espetáculo à parte para o grande público do evento, os R$ 150 mil em prêmios foram muito disputados, dando trabalho aos juízes Leonardo Feitosa, Reginaldo Melo Rosa e Nelson Wood. “Esta prova foi uma das mais difíceis de julgar nos meus oito anos como jurado”, disse Rosa. Segundo o presidente da AGCR, José Alfredo Santos Amarante, o evento surpreendeu na grande quantidade de animais e no crescimento qualitativo dos participantes. “Foi um sucesso completo, organizado em apenas 30 dias.” A Copa Querência neste ano teve a maior média para entrar numa final no Brasil com 216 pontos e a média de nota dos 20 primeiros foi de 220 pontos, também uma das maiores da história das rédeas.

”O campeão mais segundeiro da minha vida” Não é a primeira vez que o jovem Gilson Diniz Filho sobe ao pódio em uma Copa Querência, mas é a primeira vez que consegue um título montando Remendo do Pu-

Na disputa realizada em Porto Alegre, Remendo do Purunã, da Cabanha Marca dos Santos, ficou em primeiro lugar da categoria aberta

Duque do Caajara conquistou nota 222 e ficou em segundo lugar

runã, exemplar de propriedade da Cabanha Marca dos Santos. “Isso é impressionante, porque o Remendo do Purunã é o maior segundeiro da minha vida. Mas, dessa vez, entramos pro tudo ou nada. Já estava na hora de ele subir mais alto no pódio”, conta o tricampeão da Copa Querência. Além da alegria de levar para casa o cheque de R$ 50 mil, o cavaleiro ganhou muitos elogios da comissão julgadora. “É fácil explicar o motivo da vitória do Gilson. Ele simplesmente uniu as características básicas de sucesso para uma

SJ Rodopio, com Wellington Teixeira, ficou em terceiro lugar com nota 221,5

prova de rédeas: sutileza, rapidez e agilidade”, disse Feitosa. “Desde o primeiro movimento vimos que ele realmente tinha entrado pro tudo ou nada”, completa. O segundo colocado, Gilson Vendrame também fez bonito na prova, ponteando com uma média de 222 desde a 2ª bateria com o cavalo Duque do Caajara. Em terceiro lugar, ficaram empatados o cavaleiro Antônio Corrêa com Marajá do Trinta e Oito e o melhor conjunto brasileiro colocado nos Jogos Equestres Mundiais, Wellington Teixeira com SJ Rodopio.

Marajá do Trinta e Oito, com Antônio Correa, também ficou em terceiro

Veja o resultado da categoria aberta 1º lugar

3º lugar (empate)

Remendo do Purunã, filho de Dom Carrasco do Purunã e Labuta do Purunã, proprietário Cabanha Marca dos Santos, Viamão/RS.

SJ Rodopio, filho BT Mouro e Genova da Glória, proprietário Onécio Silveira Prado Júnior, Ribeirão Preto/SP.

Gilson Diniz Filho. Nota 224,5 2º lugar Duque do Caajara, filho de BT Sultão e CP Roseta, proprietário Cabanha do Trinta e Oito, Porto Alegre/RS. Gilson Vendrame. Nota 222

Welington Teixeira. Nota 221,5 Marajá do Trinta e Oito, filho de Diamente do Trinta e Oito e Nochebuena da Carovy, proprietário Rita de Cassia Feijó e Joana Azevedo, Porto Alegre/RS. Antônio Corrêa. Nota 221,5


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

41

Categoria Amador é definida no desempate Fotos Henrique Vicente

No dia 13 de março, entraram em pista os participantes da categoria Amador na arena no condomínio Terra Ville, para a disputa da fase final da 7ª edição da Copa Querência Copyland. Com mais de 30 inscritos, a prova foi para o desempate no qual Juliana Osório, montando Impulso Mapocho, conquistou a primeira colocação. Em treinamento com o exemplar há apenas uma semana, a amazona gaúcha se emocionou com a conquista e deu ao animal grande parte do crédito pela premiação. “Estou muito feliz. O Impulso Mapocho é um cavalo muito especial e nos integramos muito bem”, disse Juliana. A disputa foi julgada por Leonardo Feitosa, Reginaldo Melo Rosa e Nelson Wood, que consideraram a prova de ótima qualidade. “Foi muito bom ver uma disputa da categoria Amador, com número tão alto de participantes. É a primeira vez que presencio isso”, afirmou Rosa. Também foi realizada a prova na categoria Principiante Amador, na qual o cavaleiro Gabriel Borges com Unha de Gato da Quinta, ficou com o primeiro lugar.

Juliana Osório montou Impulso Mapocho e conquistou a primeira colocação

Tudo pronto para Copa Querência 2012 Com o sucesso da sétima edição, já foram divulgados os planos para a Copa Querência 2012. “Atenção cavaleiros e cavaleiras! No ano que vem teremos, no mínimo, R$ 250 mil na premiação”, anunciou o presidente da AGCR José Alfredo Santos Amarante. De acordo com ele, a ideia é dar aos atletas a condição de artistas que é inerente a eles. “Vamos valorizar o cavaleiro e o exemplar, que trabalham o ano todo para esse espetáculo”, disse.

Veja os resultados Categoria Amador 1º lugar

Impulso Mapocho, filho de BT Mascote e Las Callanas Dichosa, Palmares do Sul/RS. Juliana Osório. Nota 221,5 2º lugar

Garufa da Reconquista ficou em segundo com nota 219,5

Garufa da Reconquista, filho de Santa Elba Corajudo e Noturna da Reconquista, Porto Alegre/RS. Rafael Xavier. Nota 219,5

A prova será realizada entre os dias 5 e 12 de março de 2012 e, mais uma vez, contará com o apoio da Copyland. Para participar da prova, as cabanhas devem estar habilitadas até o dia 31 de janeiro de 2012. As cabanhas interessadas já podem se habilitar enviando a ficha de inscrição abaixo, devidamente preenchida para a Associação Gaúcha dos Cavalos de Rédeas (AGCR) na rua Juca Batista, 9.622, bairro Belém Novo, Porto Alegre/RS.

Autorização Eu, abaixo qualificado, autorizo à AGCR – Associação Gaúcha do Cavalo de Rédeas, habilitar minha Cabanha na prova intitulada Copa Querência 2012, ciente de que para tal assumo o compromisso de efetuar o pagamento da habilitação, entre as datas abaixo relacionadas:

3º lugar

Cabanha:____________________________________________

Santo Izidro Costanera, filho de Mañanero Terere e Quentura do Azul, Uruguaiana/RS.

Afixo:_______________________________________________ Responsável:_________________________________________

Mariana Macedo Salvador. Nota 211

Fones:______________________________________________ E-mail:______________________________________________

Categoria Principiante Aberto 1º lugar

CPF/CNPJ:___________________________________________

PO Vale Quatro, filho de Água de Los Campos y Maquena Guailon e PO Reparona, Porto Alegre/RS.

Datas para pagamento:

Endereço:___________________________________________

Marcus Fraga. Nota 208,5 2º lugar Quietarrão da Fé, filho de Chimango do Itapororó e Elegante do Rodeio, Bom Retiro do Sul/RS. Enio Silveira Brandão. Nota 207 3º lugar Obstinado do Infinito, filho Lamborguine do Itapororó e As Malke Flechilha, Viamão/RS. Juliano Vargas. Nota 204,5

Até 31/3/2011 valor de R$ 1,200,00 ( )

1º/4/2011 até 31/08/2011 valor de R$ 1,500,00 ( ) Em terceiro, com nota 211, ficou Santo Izidro Costanera com Mariana Salvador

1º/9/2011 até 31/12/2011 valor de R$ 1,800,00 ( ) 1º/1/2012 até 31/01/2012 valor de R$ 2,000,00 ( )

Categoria Principiante Amador 1º lugar

Unha de Gato da Quinta, filho de Debochado do Quartel Mestre e Nativa da Quinta, Porto Alegre/RS. Gabriel Borges. Nota 206,5 2º lugar Nudista do Trinta e Oito, filho de Idên-

tico do Trinta e Oito e Fada do Trinta e Oito, Porto Alegre/RS. Everton Rodrigues. Nota 203 3º lugar Laço JB de Palermo, filho de Entrevero da Boa Vista e Divina do Monte Verde, Porto Alegre/RS. Luís Schutz. Nota 202

Porto Alegre ____/____/______ _____________________________ Ciente do Responsável Enviar para o Endereço: Associação Gaúcha do Cavalo de Rédeas – Av. Juca Batista, 9622 – bairro Belém Novo, Porto Alegre/RS. CEP 91780-070


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

43

Cabanha Mapuche promove etapa do La Rienda Pâmela Seyffert

Profissional

Amador

Docilidade e Destreza. Estes são alguns dos componentes principais para que o ginete e o cavalo encontrem equilíbrio na prova Movimiento a La Rienda. A competição foi inserida no Brasil através dos argentinos e mesmo sendo uma modalidade recente, já reúne diversos adeptos no país.

Com o objetivo de incentivar a valorização da prova, a Cabanha Mapuche, localizada em Pomerode, no estado de Santa Catarina, realizou no dia 26 de março uma disputa que contou com a participação de 17 animais. O jurado da prova foi o argentino Juan Cruz Amestoy que pôde analisar com profissionalismo e vasto conhecimento os concorrentes da competição. O tempo estável também foi fundamental para que um bom público comparecesse no local para prestigiar a raça crioula. De acordo com o técnico, Adolfo Martins, o evento estava bastante movimentado e mesmo que sua realização tenha coincidido com outras competições foi possível manter o clima de disputa entre os concorrentes. “O Movimiento a La Rienda foi muito bem organizado pela cabanha Mapuche, que disponibilizou uma estrutura adequada para receber o público.” Segundo Martins, o nível dos competidores estava bom tanto na categoria amador quanto na categoria profissional. Além disso, a premiação distribuiu motocicletas, televisores e computadores aos vencedores. ”Uma premiação como esta não é frequente nas provas. Acredito que esta seja uma excelente forma de estimular as participações”, concluiu.

Índio no Infinito, com Ronaldo Kreusch, garantiu o primeiro lugar

Primeiro entre os amadores foi Guampo do Monte Verde com Reinaldo Kreusch

Mapuche do Itaó, montado por Vicente Mafra, ficou em segundo

Encontro da Vila Verde, com Cesar Hardt, ficou em segundo

Terceiro lugar foi de Mapuche Aguatana, também com Vicente Mafra

Bruxo da Vila Verde também foi montado por Cesar Hardt e ficou em terceiro

Resultados Profissional 1º lugar

Ronaldo Kreusch montando Índio do Infinito 2º lugar

Vicente Mafra montando Mapuche do Itaó

3º lugar

Vicente Mafra montando Mapuche Aguatana 4º lugar

Vicente Mafra montando Mapuche Amazônia

Florianópolis sedia prova de Rédeas Nos dias 26 e 27 de março, a Associação Catarinense do Cavalo de Rédeas (AGCR) promoveu a quinta e a sexta etapas do Campeonato de Rédeas de Santa Catarina, na Cabanha São Pedro, em Florianópolis/SC. A prova, julgada por Leonardo Feitosa, ranqueou os participantes para a final da modalidade, que será realizada em Esteio, paralelo à Expointer 2011. O evento teve supervisão técnica de Adolfo Martins Neto. (Maysa Maciel)

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Categoria Aberto 1º - BT Soneto, expositor: Edson Paludo, Porto Alegre/RS 2º - Batuque do Capão Redondo, expositor: Sérgio Saraiva, Porto Alegre/RS 3º - Cacique da Onicron, expositor: Jéferson Fernandes S., Florianópolis/SC 4º - Ferro Branco da Bela Aliança, ex-

positor: Edson Paludo, Porto Alegre/RS Categoria Amador 1º - Quelen Esputlazo, expositor: Fernando Phelippe, Florianópolis/SC 2º - Mapuche Caldeiro, expositor: Diogo Ostin, Joinville/SC 3º - Macanudo do Bueiro Branco, expositor: Marcos Vinícius da Rosa, Porto Alegre/RS 4º - Las Missiones Jacaquá, expositor: Orácio Fervezani, Garopaba/RS

Amador

Fotos Mário Tissot

1º lugar

3º lugar

2º lugar

4º lugar

Reinaldo Kreusch montando Guampo do Monte Verde

Cesar Hardt montando Bruxo da Vila Verde

Cesar Hardt montando Encontro da Vila Verde

João Justino montando Atropelo do Capão Redondo


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

45

Final da Paleteada Internacional será junto com Bocal de Ouro Foto Felipe Ulbrich

Pâmela Seyffert

O Parque de Exposições Assis Brasil irá receber entre os dias 19 e 24 de abril, competidores de Brasil, Argentina e Uruguai na final da Paleteada Internacional da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). A competição ocorrerá junto à programação do XI Bocal de Ouro, que selecionará os melhores animais inéditos credenciados no ciclo 2011.

De acordo com o coordenador da subcomissão de Paleteada Internacional, Francisco Martins Bastos Sobrinho, a ideia de transferir a prova da Expointer para o Bocal de Ouro surgiu devido à necessidade de realizar a disputa em um período menos movimentado, já que assim é mais fácil divulgar a modalidade e promover sua valorização nas exposições. “Esta prova é muito importante para a raça Crioula. Agora a Paleteada Internacional vai ocorrer de forma mais tranquila”, explicou. As provas ocorrem no dia 23 de abril às 16h e no dia 24 às 14h. Segundo Bastos, o critério de seleção da modalidade leva em consideração força, habilidade e docilidade dos animais. “É necessário haver aptidão vaqueira, ou seja, o cavalo tem que ter instinto de apertar a vaca”, ressaltou. As inscrições para a Palete-

No ciclo 2010, final na Expointer deu o bicampeonato à dupla Thiago Teixeira e Carlos Loureiro de Souza, que montaram Capella Orvalho e Capella Pedro Milonga respectivamente

ada Internacional só podem ser realizadas pelos concorrentes

que disputaram o ciclo deste ano. A programação do Bocal de Ouro

também contará com a VIII Expo Outonal e morfologia passaporte

para a grande final na Expointer 2011.

Primeira semifinal de Paleteada será em Pelotas O município gaúcho de Pelotas será a sede da primeira classificatória de paleteada do ciclo 2011. As duplas habilitadas nas 45 disputas realizadas até agora competem na etapa semifinal das regiões um e seis, que será realizada dias 16 e 17 de abril no Parque de Exposições da cidade. Os habilitados na região um, que compreende os municípios

de Pelotas, Rio Grande, Jaguarão, Herval e região, entrarão em pista no dia 16. Já no dia 17 é hora dos habilitados na região 6, que compreende, entre outros, os municípios de Porto Alegre, Caxias do Sul, Camaquã, Soledade e Santa Cruz do Sul. As inscrições podem ser realizadas pelo site da ABCCC (abccc. com.br) até o dia da prova ou di-

retamente com o setor de eventos pelo telefone (53) 3223-2122 ou ainda pelo e-mail eventos@abccc. com.br, pelo valor de R$ 120,00 por dupla. Além da cobertura completa feita pelo portal da ABCCC, as etapas classificatórias da modalidade terão veiculação no programa Cavalos Crioulos do Canal Rural. Já a Final Nacional

de Paleteada ocorrerá na Expointer 2011, no Parque Assis Brasil,

em Esteio, no dia 4 de setembro. (Maysa Maciel)

Veja as demais classificatórias Pelotas/RS (classificatória regiões 1 e 6) - 16 e 17 de abril, no Parque de Exposições Ildefonso Simões Lopes Alegrete/RS (classificatória regiões 2

e 3) - 14 e 15 de maio, no Parque de Exposições Lauro Dorneles Lages/SC (classificatória região 5) - 5 de junho, no Parque de Exposições Conta Dinheiro


46

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

Mais de R$ 1 mil em prêmios em Rio Grande Fotos Nívea Oliveira

Resultado

Paulo Santos com Dengoso do Velho Paraíso e José Maria Araújo montando Atrevido do Dom Germano, em primeiro lugar

1º lugar Paulo Santos com Dengoso do Velho Paraíso e José Maria Araújo montando Atrevido do Dom Germano 2º lugar Júlio César Hax montando Demanda do Rebuliço e Tomaz Gonçalves com Odilo Bolicho 3º lugar Vasco Gama Filho com Escravo do Bom Fim e Marcelo Fioravante montando Fábula do Bom Fim 4º lugar Everton Lobato montando Neblina da Dona Silvina e Rafael Ávila com SJ Vodka

Nívea Oliveira

Dando início às atividades juntamente com sua diretoria, o presidente do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rio Grande, Frederico Araújo, promoveu entre os dias 19 e 20, as provas de Paleteada e Campereada, no parque de Exposições Filinto Eládio da Silveira, em Rio Grande/RS.

passaram para a fase final da prova e, destes, seis foram classificados para disputar a semifinal. A primeira dupla classificada recebeu um prêmio de R$ 650,00, a segunda de R$ 550,00, a terceira de R$ 450,00, a quarta de R$ 350,00,

a quinta de R$ 250,00 e a sexta de R$ 200,00. Tanto na disputa de paleteada, quanto na campereada o Selo de Raça escolhido pelo técnico foi Uno Más da 3J, da Cabanha Monte Sinai, de São José do Norte/RS.

O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Alegrete promoveu mais uma seletiva de Paleteada, entre os dias 10 e 13 de março, no próprio município. A prova foi realizada no Parque de Exposições Lauro Dorneles, em evento que ainda teve Credenciadora ao Freio de Ouro e Exposição Morfológica. Com 40 duplas inscritas, o julgamento das corridas foi feito por Mário Bandeira de Mello e Felipe Silveira, resultou em oito duplas habilitadas a competir na classi-

6º lugar Jesus Oliveira com Buenaventura Rico El Mate e Flávio Domingues montando Tupahue Gitana

Com a presença de 13 duplas, foi disputada no dia 6 de março, em Caxias do Sul, mais uma seletiva de Paleteada do ciclo 2011. A prova ocorreu durante a 7ª Festa do Cavalo Crioulo, promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vinhedos, no município da Serra gaúcha. A modalidade integrou a programação da festa, junto à Credenciadora ao Freio de Ouro, Prova Jovem, Tiro de Laço e Exposição Morfológica. Em ambiente diferenciado, num pavilhão coberto, a prova resultou em quatro duplas habilitadas para a classificatória das regiões um e seis, que será disputada em Pelotas/RS. Para o jurado Rodrigo Py, que avaliou as corridas junto a Garibaldi Ferraz, os competidores demonstraram muita competência na condução do gado. “Destaque para a dupla que ganhou, estavam bem afinados”, disse. A supervisão técnica foi feita por Ricardo Guazzelli Martins, que concedeu o Selo de Raça a Libertador Tupambaé. (Douglas Saraiva)

Resultado

Durante o primeiro dia, 23 duplas disputaram uma vaga na classificatória do Campeonato Nacional de Paleteada, que terá sua etapa regional disputada em abril, na cidade de Pelotas/RS. Os animais participantes foram julgados pelos criadores Artur Freire Diogo Júnior, de Rio Grande, e Hilário Barreto Sória, de Arroio Grande. Do total de participantes, 11

Nível alto em Alegrete

5º lugar Mílton Macedo com Entonado da Uruguaia e Renato Macedo montando TJ Tormenta

Duplas afinadas em Caxias do Sul

Na segunda posição, Júlio César Hax montando Demanda do Rebuliço e Tomaz Gonçalves com Odilo Bolicho

1°lugar

BT Posteiro II com Adolfo San Martin

Capella Jerez com Andrei de Souza Cidade: Tijucas 96 Pontos 2°lugar

Tenente 263 Maufer com Nei Eduardo Lima

ficatória da cidade. A supervisão da prova foi feita pelo técnico da ABCCC, Paulo Armando Rebello Solheid. Conforme Mello, a paleteada foi bastante disputada e teve a presença de duplas experientes. “A prova teve um nível muito alto, com um pessoal bom que está sempre correndo”, disse. O jurado ainda salientou que as duplas que melhor pontuaram na prova têm condições de se sair bem na classificatória e inclusive de chegar à final. Para Mello, outro ponto de destaque do evento foi a estrutura muito boa de pista e instalações, além do gado de ótima qualidade. (Douglas Saraiva)

Resultado Elvio Comis com Festa Gaúcha Chico e Rafael Carvalho montando Maravilha 3093 da Tradição Elvio Comis com Dengosa do Itapitocai e Guinter de Quadros montando Camb Nevasca Carlos Félix montando Jangada de Pai Passo e Sílvio Ribeiro com Ultimato de Pai Passo

pador e Lazaro Martinez montando Havana da Charqueada

Adolfo San Martin montando BT

Secretário 191 Maufer com Fernando Lampert Weiand Cidade: Lageado 76 Pontos

Posteiro II e Diego Orguissa com

3°lugar

Alessandro Costa com AV Uirapurú

Santa Alice Otário com Rudi Penso

Bagé da Bela Aliança

219 e Ciro Manoel Freitas montando Régia do Manantial

Marcelo Montes D’oca com Inverna-

Bagé da Bela Aliança com Adolfo San Martin

Cidade: Tijucas 52,5 Pontos

da do Jacaraí e Luiz Felipe Moraes

4°lugar

Márcio Carvalho com Demônio do

Laço da Palha com Iuri Martins

Leonardo Pavin com PP Jóia da Renascer e João Nunes montando PP Legendário da Renascer

montando Olvido da Tropilha Mansa

Jonas Soares com Jasmim do To-

Samurai do Manantial

Saladeiro e Dioni Arrial montando

Tornado de São Pedro com Adolfo San Martin Cidade: Tijucas 42 Pontos


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

47

Em Arroio Grande, oito exemplares garantem vaga na fase classificatória Sob tempo bom e com pista e gado de qualidade, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Arroio Grande promoveu Paleteada, no dia 13 de março. Além da modalidade, também foram realizadas Credenciadora ao Bocal de Ouro, Provas Jovens e Exposição

Morfológica. (Leia mais nas páginas 18, 30 e 50) O evento ocorreu no Sindicato Rural do município gaúcho, reuniu 26 duplas e habilitou oito exemplares para as classificatórias da região um, que serão disputadas em Pelotas/RS nos dias

Porto Alegre aponta quatro conjuntos aptos à semifinal No dia 20 de março, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da 6ª Região realizou um campeonato de paleteadas que habilitou quatro duplas para a etapa semifinal da modalidade. O evento foi realizado na Cabanha São Caetano, em Porto Alegre/RS, e contou com a presença de 16 duplas. Julgados por Pedro Silva e Clóvis Soares dos Santos, os conjuntos mostraram-se bem preparados para a competição e o evento, que teve supervisão do técnico da ABCCC, Felipe Caccia Maciel, foi considerado um sucesso. “O padrão dos animais estava ótimo e somado com a pista, muito boa, e o gado excelente, fez um grande evento”, comentou Silva. “O João Vítor e o Ricardo fizeram uma grande prova. Ficaram em primeiro de ponta a ponta, com

animais de muita qualidade. A prova foi realmente um sucesso”, disse. O Selo de Raça da prova foi Don Aristeu Alarido. (Maysa Maciel)

Resultado 1º lugar João Vítor Dutra montando Flor de Masanilha da Morada Nova e Ricardo Perez com Lembrança da Morada Nova 2º lugar João Vítor Dutra com Iguaria da Morada Nova e Ricardo Perez montandom RZ Santana da Carapuça 3º lugar Fernando Weiand montando Ás de Copas 444 Maufer e Nei Eduardo Lima com Bacheiro 602 Maufer 4º lugar Luís Vaqueiro Castro com Centenária do Silvano e Ricardo Perez montando Azteca do Silvano

16 e 17 de abril. Julgada por Zeca Macedo e Marcos Silveira, a prova teve a supervisão do técnico da ABCCC, Fernando Drummond de Mello. Na ocasião, a égua Lua JS do Trevo recebeu o Selo de Raça. (Maysa Maciel)

Resultado João Francisco Silveira montando Junta de Prata do Trevo e Gustavo Silveira com Rinconada da Granja Elbio Teles com Facão Três vinco do Dom Germano e Rubimar Garcia mon-

tando Missioneiro de Santa Angélica Willian Bense montando Gracias Viejo de Santa Hilária e Flávio Campelo com Campesino do Dom Germano Paulo Santos montando Mosquetão Sombra e Daniel Xavier com Comadreja do Canto do Mato Grande

Bons competidores na prova de Esteio A prova de Paleteada, julgada por David Carvalho e James Angeli, reuniu diversos participantes no Parque de Exposições Assis Brasil, localizado em Esteio, no Rio Grande do Sul. O evento ocorreu no dia 27 de março e entre as 24 duplas que disputaram a competição, seis delas garantiram a habilitação para a próxima fase. De acordo com o jurado, James Angeli, o nível dos competidores estava alto, assim como os animais que foram classificados pelos apreciadores da raça como fortes e de impecável apresentação. A promoção do evento, que ainda teve Credenciadora ao Freio de Ouro e Exposição Morfológica, foi do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da 6ª Região.

Nem mesmo a chuva atrapalhou a movimentação da prova, que contou com a presença de um público bastante significativo para as condições climáticas registradas. Segundo Angeli, a modalidade está cada vez mais concorrida e, com isso, o número de adeptos só tende a crescer a cada ano. “No geral foi um evento proveitoso em que foi possível reunir bons competidores e animais de grande valor”, conclui. (Pâmela Seyffert)

Resultado Leandro dos Santos com Virgílio da Manto Azul e Luiz Vaqueiro Castro montando Damasco da Reconquista

Cristiano Kinzel montando SR Paloma e Luiz Vaqueiro Castro com Pascuero do Firmamento João Victor Dutra com Esperança da Morada Nova e Ricardo Perez montando Garoa da Morada Nova Pedro Móglia montando Honesto de Santa Margarida e Tiago Rodrigues com Alpargata de Santa Margarida João Antônio Rupp com SJ Lameiro e Joao Alberto Cunha Filho montando SJ Quadrilha Luciano de Moura montando Oportunista 696 do Barulho e Álvaro Guimaraes com Ícaro do Barulho


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

49

Um percurso difícil no Enduro Solidário de Pedras Altas Fotos Ana Silvio Munhoz

Maysa Maciel

O município de Pedras Altas, no Rio Grande do Sul, sediou no dia 12 de março a 2ª Etapa do Enduro Solidário do ciclo 2011. A prova reuniu 18 animais sob os cuidados da equipe veterinária formada por Leandro Freitas, Fabiane Michelon e Natasha Abascal.

Segundo Freitas o percurso da prova foi um dos que mais exigiram dos participantes, que apresentaram exemplares muito bem preparados e um grande domínio na modalidade. ”Os exemplares tiveram uma ótima atuação na prova, que ocorreu dentro das condições esperadas”, disse o veterinário da comissão. Além da qualidade dos exemplares, Freitas ainda destacou a boa organização do evento, feita pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Pedras Altas, e uma participação muito especial na disputa. “Na prova dos 30km me chamou muito a atenção a participação de Alfredo Tavares, que participou do Enduro ao lado do filho e era o participante mais velho na prova. Ele teve uma atuação magnífica, demonstrando muito domínio do animal. O senhor Alfredo chegou em segundo lugar, ficando atrás apenas do seu filho Leonardo Tavares”, completa o médico veterinário. O evento promoveu a doação de um cavalo à equoterapia da Apae do município de Pelotas/RS.

Campereada em Rio Grande reúne 21 exemplares A prova de Campereada promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rio Grande, entre os dias 18 e 20 de março, reuniu sete trios, sendo que os três primeiros colocados receberam como prêmio: R$ 450,00, R$ 350,00 e R$ 250,00. A avaliação ficou a cargo dos jurados Artur Freire Diogo Júnior e Hilário Barreto Sória, sob responsabilidade

dor e expositor Geovani Lucas Tadeu, Cabanha Bella Vista, Aceguá/RS Ginete: Maurício Felipe Hard 3º lugar Virtuoso do Rincão dos Xucros, filho de Veneno da Carovy e Baderna do Rincão dos Xucros, criador e expositor Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário do Sul/RS Ginete: Eduardo Vidal

Exemplares tiveram ótima atuação, segundo veterinário da comissão

Nos dias 16 e 17 de abril será realizada mais uma etapa do Enduro Solidário, desta vez, na Cabanha Sapato, em Cristal/RS. O ciclo 2011 do Enduro conta com o patrocínio da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE).

Resultados Categoria 80km

1º lugar Dele Ruta Del Camino, filho de Vitório do Cinco Salsos e Mulata do Cinco Salsos, criador e expositor Cabanha La Caminera, Cabanha La Caminera, Aceguá/RS Ginete: Fernando Pereira 2º lugar Mariposa Casablanca, filho de Ramon do Cinco Salsos e CRW Harmonia, criador Antônio Luís Blanco de Blanco e expositor Paulo Suñé Cardoso,

Cabanha Don Hugo, Aceguá/RS Ginete: João Pedro Moraes 3º lugar Raçuda do Rincão dos Xucros, filho de Andarilho do Rincão dos Xucros e Destemida do Rincão dos Xucros, criador e expositor Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário do Sul/RS Ginete: Jorge Nei Pires

Categoria 30kmA 1º lugar Montarás da Sotéia, filho de Luceroja da Sotéia e Estrela dos Oito Tentos, criador Parceria Agro Pecuária Sotéia e expositor Rogério Fabian Fick Kummer, Cabanha Ponche Verde, Dom Pedrito/RS Ginete: Henrique do Amaral Kummer 2º lugar Dureza do Rincão dos Xucros, filho de Veneno da Carovy e Paixão do Rincão dos Xucros, criador e expositor Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário do Sul/RS Ginete: Rodrigo Zambrano

2º lugar Madre da Timbaúba, filha de BT Mandrake e Gertrudes da Ilha Bela, criador e expositor Alfredo da Silva Tavares, Cabanha Timbaúba, Pedras Altas/RS Ginete: Alfredo Tavares 3º lugar SC Serra Azul, filho de Favorito da Boa Vista e SC 36, criador e expositor Carlos Santos Silveira de Ávila, Fazenda São Carlos, Pedras Altas/RS Ginete: Carlos Santos Silveira D’Ávila 4º lugar Nhandu Guerreiro, filho de Alarife de Santo Ângelo e Janga do Jaredo, criador e expositor Diego e Ana Cândida Moreira de Azeredo, Cabanha Ycatu, Pedras Altas/RS Ginete: Diego Azeredo

Categoria 50Km

1º lugar Fm Bela Dona do Cinco Salsos, filha de Notaço do Aceguá e Fm Macarena, criador Felipe Mário Martins e expositor Rogério Fabian Fick Kummer, Cabanha Ponche Verde, Dom Pedrito/RS Ginete: Bernardo do Amaral Kummer

Evento promoveu a doação de um cavalo à equoterapia da Apae Pelotas

2º lugar Aceguá da Authentic, filho de Corsário do Cinco Salsos e Fm Sinuca, criaFoto Nívea Oliveira

técnica de Rodrigo Teixeira. Para Frederico Araújo, presidente do núcleo, a ideia é sempre realizar eventos com um número variado de atividades, como desta vez que fez parte da programação a Concentração de Machos, Resenha Coletiva, provas de Paleteada e Campereada, além de palestra técnica e dois remates de cabanhas do município. “Temos uma diretoria formada por muitos jovens dispostos a trabalhar em prol do desenvolvimento da raça Crioula no município, visto que aqui possuímos um número grande de usuários do cavalo.” O Selo de Raça, escolhido pelo técnico em ambas as provas, foi Uno Más da 3J, de Carlos Amorim, da Cabanha Monte Sinai, de São José do Norte/RS. (Nívea Oliveira)

Categoria 30KmB 1º lugar Lázaro da Timbaúba, filho de BT Mandrake e Balalaika da Timbaúba, criador e expositor Alfredo da Silva Tavares, Cabanha Timbaúba, Pedras Altas/RS Ginete: Leonardo Tavares

Resultado 1º lugar Haragano do Rincão das Hortênsias, com Manoel Gonçalves, Descoberta do Rebuliço, com Everton Lobato e RZ Salvino da Carapuça, com Rafael Ávila. Tempo: 2’45”90, seis bois. 2º lugar Ajuri Del Rancho, com Rafael Viana, Guardião 231 da Coxilha do Mouro, com Mílton Macedo e Entonado da Araguaia, com Santiago Macedo. Tempo: 4’09”76, seis bois.

Trio montado por Manoel Gonçalves, Everton Lobato e Rafael Ávila ficou em primeiro lugar

3º lugar Tupahue Gitana, com Flávio Domingues, Exilado de Santa Edwiges, com Leandro Marques e Que Fiador da Tamanca, com Sérgio Prieto. Tempo 5’16”75, seis bois.


50

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

Jovens fazem bonito na prova de Arroio Grande Fotos Ana Cândida Cassal

Flávia Reis venceu a Infantil Feminina com Missioneiro de Santa Angélica

Maysa Maciel

Nos dias 12 e 13 de março o Sindicato Rural de Arroio Grande, no Rio Grande do Sul, sediou uma disputa de Provas Jovens que reuniu quatro participantes julgados por Felipe Malfato, Daniel Mello e Rouget Wrege.

Sob responsabilidade técnica de Fernando Drummond de Mello, a disputa de Provas Jovens promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade

Prova jovem teve seletiva em Nonoai A recém inaugurada pista de eventos da cabanha Santa Luzia, em Nonoai/RS, foi palco de mais uma seletiva do ciclo 2011 de Provas Jovens. Entre os dias 11 e 13 de março, em evento promovido com o apoio do Núcleo Alto Uruguai de Criadores de Cavalos Crioulos, foi realizada a disputa nas categorias Juvenil e Aspirante. A modalidade, no entanto, teve apenas um conjunto escrito em cada categoria. Os competidores foram avaliados pelos jurados Álvaro Dumoncel, Lauro Martins e Marco Antônio Stumpf, que também julgaram, no mesmo evento, a Credenciadora ao Freio de Ouro. O técnico da prova foi Jorge Aginelo do Nascimento. De acordo com Dumoncel, a seletiva foi um bom teste para os jovens competidores. “Foi muito

Ginete Rian Valadão foi o primeiro lugar Infantil Masculino, com Serenata Sam

reuniu muita qualidade, tanto nos exemplares quanto nos jovens ginetes. Segundo o jurado Rouget Wrege, os ginetes mostraram muita vontade de vencer a prova e surpreenderam em pista. “Tivemos participantes muito bons que demonstraram muito preparo na prova. Três dos participantes foram ranqueados na ABCCC e poderão estar na grande final da modalidade”, disse. Além das provas jovens, o núcleo de Arroio Grande também

promoveu Credenciadora de Inéditos, Paleteada e Exposição Morfológica. (Leia mais nas páginas 18, 30 e 47)

Resultados Infantil Feminina 1º lugar Missioneiro de Santa Angélica, filho de Santa Elba Señuelo e Rotineira de Santa Angélica, criador Paulino e Agenor Ávila Costa e expositor Clarice Costa Caldas, Fazenda Nossa Se-

Tranquilo do Passo do Salso e Felipe Delias venceram a Juvenil Masculino

nhora da Gruta Pecuária Ltda, Herval do Sul/RS Ginete Flávia Reis. Nota 10,096 Infantil Masculino 1º lugar Serenata Sam, filho de Naco Del Arroyo e Adaga do Rincão dos Xucros, criador e expositor Cláudio Alves Pimentel, Haras Santa Anita do Minuano, Capão do Leão/RS Ginete Rian Valadão. Nota 9,518 2º lugar São João do Juncal Presada, filho de

As Malke Juramento e São João do Juncal Platina, criador Roberto Vieira Lucas e expositor Erni Waltermann da Rosa, Cabanha Arranchada, Capão do Leão/RS Ginete Nathan Valadão. Nota 5,569 Juvenil Masculino 1º lugar Tranquilo do Passo do Salso, filho de SJ Palanque e Saracura do Laranjal, criador e expositor Rogério Luiz Gomes Delias, Cabanha Passo do Salso, Pelotas/RS Ginete Felipe Delias. Nota 10,518 Fotos Alexandre Freitas

bom para eles que ainda buscam experiência” apontou. O jurado ainda salientou o crescimento da modalidade fomentado pelo suporte da ABCCC. “As provas jovens ganharam um pouco mais de força agora, com maior apoio da Associação. No âmbito geral da modalidade acredito que estamos formando novos ginetes com qualidade, renovando a atuação na seleção da raça.”

Felipe Weber montou Faceira do Ouriço e conseguiu nota 9,725 na cateoria Juvenil Masculino

Resultado Juvenil Masculino Faceira do Ouriço, filha de Joio de Santa Edwiges e Labareda da Guarida, criador e expositor Luís Augusto Weber, Cabanha do Ouriço, Carazinho/RS. Ginete: Felipe Weber. Nota: 9,725 Aspirante Masculino Chilenita do Nonoai, filha de Santa Guillermina Jugueron e Quepulican Paisanita, criador e expositor Fábio Vaccaro, Fazenda Santa Luzia, Nonoai/RS. Ginete: Vinícius Ventura. Nota: 7,067

Com Chilenita do Nonoai, Vinícius Ventura venceu a categoria Aspirante Masculino


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

51

Jovens de Pelotas são classificados para Esteio Fotos Nívea Oliveira

Nívea Oliveira

A iniciativa do Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos de realizar entre os dias 26 e 27 de março, na Associação Rural de Pelotas/RS, uma classificatória das Provas Jovens, proporcionou a classificação de três competidores para a disputa da fase final da modalidade em Esteio.

Ginete Pedro Azevedo montou Xamixunga 3j e garantiu a classificação na categoria Infantil Masculina

Os participantes foram julgados pelos jurados Carlos Loureiro de Souza, de Bagé/RS; Francisco Martins Bastos Sobrinho, de Uruguaiana/RS; e Júlio César Hax, de Pelotas/RS. Os familiares dos jovens, muito entusiasmados e emocionados, animavam os filhos e davam as últimas instruções antes de iniciarem a prova. Na hora em que Pedro Azevedo, competidor da categoria Infantil Masculina, entrava em pista, o nervosismo dos pais era bastante nítido. A mãe, Cíntia, não escondia a preocupação na hora da pechada, da prova de mangueira. Seu pai, o experiente ginete e jurado da Credenciadora aberta, Eduardo Azevedo, também deixava transparecer a vontade de que o filho se saísse bem nas manobras da prova. No final da competição tudo deu certo e Pedro foi um dos classificados para a final em Esteio. Os outros dois concorrentes, Eugênia Dornelles, da Juvenil Feminina, e Felipe Delias, da Juvenil Masculina, também alcançaram pontuação necessária para classificação.

Resultado Categoria Infantil Masculina Xamixunga da 3J, filha de Santa Elba

Fugitivo

Demetria,

criador

e

e

Mañanero

expositor

Agropecuária Andrade Lima Ltda,

Eugênia Dornelles alcançou pontuação para classificar CM Fanático do Cinco Salsos

Com nota 9,593, Felipe Delias e Princeza do Garrucho classificaram na Juvenil Masculina

Cabanha 3J, Pelotas/RS. Ginete:

CM Fanático do Cinco Salsos, filho

Dornelles. Nota: 7,574

Atalaia dos Fresnos, criador Cláudio

Categoria

Pedro

Azevedo.

Nota:

9,192

Categoria Juvenil Feminina

de Afamado de Santa Angélica e Nery Martins e expositor Cabanha GRA, Piratini/RS. Ginete: Eugênia

Juvenil

Retrato Tupambaé e Cascata do Itapororó, criador Hernani Taunay Masculina

Princeza do Garrucho, filha de

Angeli e expositor Cabanha SF,

Pelotas/RS. Ginete: Felipe Delias. Nota: 9,593

Caxias do Sul garante ranquemento de dois aspirantes Com a presença de grande público, a 7ª Festa do Cavalo Crioulo do Núcleo dos Vinhedos contou com uma disputa de Provas Jovens de muita qualidade. A seletiva garantiu o ingresso de um aspirante masculino e um aspirante feminino no ranking da modalidade, onde concorrem a uma vaga na final das Provas Jovens que será realizada durante a Expointer, em Esteio/RS.

Realizada nos dias 5 e 6 de março, em Caxias do Sul/RS, a prova teve a participação de seis conjuntos, que se apresentaram sob os olhos atentos dos jurados João Luiz Arísio, Luiz Rodolfo Machado e Rodrigo Py. A supervisão técnica ficou a cargo de Ricardo Guazzelli Martins. Segundo Arísio, o nível dos participantes estava muito bom e os classificados para a final

terão grande chance de se destacar na final em Esteio. “Tanto a aspirante feminina quanto o masculino estavam muito preparados para a prova. Com a qualidade dos ginetes e exemplares, estes jovens têm grande chance de se destacar muito em Esteio”, disse. Mesmo com um grande número de participantes na categoria Aspirante Masculino, os de-

mais não conseguiram alcançar a média necessária para entrar no ranking da prova. (Maysa Maciel)

Paula/RS Ginete: Sílvio Mello. Nota 8,860

Resultado

Aspirante Feminino

Inusitada do Tamboré, filha de Luganno das Três Estâncias e Duda do Tamboré, criador e expositor Diego de Lucena Zanandréa, Cabanha Tamboré, São Francisco de

Ginete: Calintia Cunha. Nota 9,350

Aspirante Masculino

Aconchego do Portal do Gaúcho, filho de Cônsuelo do Infinito e Pozo Azul Encomienda, criador e expositor José Luiz Teixeira Marcantônio, Portal Gaúcho, Vacaria/RS


52

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos

Tiro de Laço teve mais cinco seletivas do ciclo 2012 Foto Karine Dias

No mês de março, cinco municípios sediaram seletivas do ciclo 2012 do Tiro de Laço. As provas ocorreram em Caxias do Sul, Dom Pedrito, Lageado e Santiago, no Rio Grande do Sul e na cidade paranaense de Ponta Grossa. Os eventos reuniram 277 duplas que disputaram uma vaga em uma das finais da modalidade. Saiba como foi cada um dos eventos do mês.

Prova em Dom Pedrito foi vencida pela dupla Fabiano Furtado, com DS Russa, e Fabrício Alves com Estrela do Dom Rafael (foto)

Laço de qualidade em Caxias do Sul A cidade de Caxias do Sul, na Serra gaúcha, recebeu 50 duplas de laçadores no dia 6 de março para a disputa do Crioulaço promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vinhedos. A prova integrou a programação da 7ª Festa do Cavalo Crioulo do município. Julgada por Evandro Shonardie, com a supervisão técnica de Ricardo Guazzelli Martins, que concedeu o Selo de Raça a Alado do Ribeirão Bonito a disputa concedeu às cinco primeiras duplas da competição, premiação de R$ 4 mil. Para Shonardie, o Crioulaço foi muito bom, apesar do número de duplas um pouco abaixo do esperado. “No mais saiu tudo muito bem. As duplas tinham muita qualidade”, disse.

Resultado Nílton Moraes com Eulália da Coxilha Dois Irmãos e Roberio Castilhos montando Bisca dos Meus Filhos

Elizandro Silveira com Cigana da Caxanfa e Luan da Silva montando Trovero do Taita André Macedo montando HN Entrevero e Emerson Gomes com Festa das Águas Claras II Carlos Borges com Aretusa da Barra do Ribeiro e Cesar Donizette com La Castellana Catita Norli de Brito com AS Malke Quilero e Sirineu Marques com Vitória do Passinho Fundo Edson Reis com Telesita do Telho e Silvano Pinto com Estaca da Coruja

Felipe Fonseca montando Ketalho Tupambaé e Gustavo Oliveira com Chinoca do Batovi

Alisson Ecker com Nocaute da Hulha Negra e Valdecir Macedo Necessário da Hulha Negra

Dalnei Castilhos montando Barreiro da Chimangá e Anderson Araldi com Quadrilha do Arroyto

Adair Pires com Macanudo da Sanguinha e Juarez Meneguzzi com PSL Alteza

Eraldo Mendes montando Lendário da Perpeta e Agnaldo de Godói com Goiabada 293 do Santa Fé

Edgar Andrade com Ingênua da Ronda Maleva e Leandro Andrade com Shonda II Es Justo

Adair Brollo com Lacaia de São Borja e Neri Alves montando Pimenta do Morro Agudo

Festa Campeira de Dom Pedrito

José Pinheiro montando Princesa Ebhes dos Cedros e Daniel dos Santos com Neco do Shenho Cassiano de Zorzi montando CDZ Farrapo e Hermes Nunes com CDZ Marguerita

A programação da 29ª Festa Campeira do município gaúcho de Dom Pedrito contou com um Crioulaço, promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade na sede de rodeios Gilberto Caillava, sob

supervisão técnica de Luís Francisco Quadros Leite. O evento foi realizado no dia 12 de março, com a participação de 35 duplas julgadas por Antônio Rodrigues e Dilmar Lopes. Segundo Leite, a organização do evento estava muito boa. “A pista e o gado estavam muito bons e os conjuntos se saíram muito bem”, descreveu. Na ocasião, foi consagrada com o Selo de Raça a égua Linda Prenda de Fontouras.

Resultado (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Fabiano Furtado montando DS Russa e Fabrício Alves com Estrela do Dom Rafael Eduardo Souza com Linda Prenda de Fontouras e Diego Lima montando Capanegra Fulana Eduardo Vigil montando Rainha do El Trapezon e Gilmar Castro com Morena do El Trapezon Rogério Godinho com OPL Rancho e Marício Godinho montando Farroupilha do Chulengo Joaquim Tarouco montando Bonito do Rincão do Barreto e Jordan Tarouco com Tempestade da Quinte José Luís Nunes montando Atrevida da Marca JLN e Belício dos Santos com Gavião do Rincão da Macega

Jandir Pinto montando Joio Ico e Jair Pinto com Olé Ico Rafael Rodrigues com Gulosa do Kavaju Porã e Douglas Lemos montando Pandero da Pedra Negra Wagner Machado com ES Justiceira de Santa Delfina e Alberto Martins montando Alapucha da Soteia Eduardo Vigil montando Amarante da Pedra Negra e José Artur Machado com Oriental do Recanto

Grande público em Ponta Grossa Público diferenciado e superlotação. Assim foram os dias de provas de Tiro de Laço em Ponta Grossa, no Paraná. O evento ocorreu entre os dias 18 e 20 de março. De acordo com o técnico da ABCCC, Marcos Gomes Antunes, o evento reuniu um público bastante expressivo e muitas inscrições foram realizadas. “18 duplas participaram da competição, sendo que seis delas alcançaram a classificação.” O clima agradável do início de outono contribuiu para a movimentação do público e para a boa atuação dos animais que participaram da prova. Além disso, o evento premiou os participantes com um automóvel e cinco motocicletas.

Resultado (ainda não ABCCC)

homologado

pela

Luciano Camargo com Jamaicano de Santa Margarida e Vanderlei Vaz montando Borracho da Rio Bonito Oscardin com Orientales da Rio Bonito e Ricardinho montando Primadona da Rio Bonito Antônio Augusto Pereira montando Trovoada da Rio Bonito e Jonathan Machado com Airosa da Rio Bonito Alex Jordani montando Ponchero da Rio Bonito e Lucianinho com Preta da Rio Bonito Valdoir Pires com Fofoca da Rio Bonito e Adelar dos Santos montando Martingala da Rio Bonito Ivan Barbosa montando Raposa da Rio Bonito e Juninho Paulista com Lucero da Rio Bonito

Prova reúne 65 duplas em Lajeado O Parque do Imigrante, localizado em Lajeado/RS, recebeu de 18 a 20 de março, 65 duplas participantes da prova de Tiro de Laço. O evento, promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vales do Taquari e Rio Pardo, foi julgado por Felipe Oliveira Batista e Volnei Wil Pessi.


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Eventos Segundo o técnico, Olmiro Andrade Filho, o evento estava organizado e bem concorrido. “65 duplas participaram da competição e 21 foram classificadas. Foi um evento ótimo, que segue uma linha de evolução a cada ano que passa.” Entre os exemplares participantes no Crioulaço, RZ Setecto da Carapuça foi um dos destaques e recebeu o Selo de Raça.

Resultado (ainda não ABCCC)

homologados

53

Foto Karine Dias

Modalidade reuniu 277 duplas durante o mês de março, na disputa por uma vaga nas finais regionais

pela

Jeferson Pilar montando BT Ordenado e Marlon Werner com JV Bela Dona Rogério Alves com Marujo do Boeiro Branco e Ismael Bagestan montando Dama Preta K Everaldo Reginatti montando Objetivo do Boeiro Branco e Gilberto Duarte com Rico do Painel Maicon Bastiani com Bacara de Sam Phelipe e Cleiton Mello montando JPO Balaço Adílson Ramos montando Recordação do Chapadão e Vítor Freitas com Neno do Painel Maicon Scheible montando Coquetel 779 Maufer e Mairon Machy com Bagre 631 Maufer Edgar Feldens montando Bugre de Brida e Ariel Vargas com Registro do Rincão do Barreto Igor Romanha com Carta Vieja da Invernia e Jucenei da Silva com Preto 483 Quando Sarli de Cerba Vinícius Reginatto com Guajuvira da Kênia e Pablo Duarte montando Bruck Bem-Vindo Flávio Santos com Cigana da Toca do Lobo e Alex Ortiz com Tristeza do Campo Seco Eider da Costa montando Conhaque Bertolini e Vinícius Reginatto com Florida da Kênia Alexandre Marchese com Carioca Bien Hablada e Alciomar da Rosa montando Madrugada do Pântano Grande William Teixeira montando JV Hérculo e Marco Antônio da Rocha com Puestero da Mazeden Marcos Nunes com Capanegra Mafta e João Adam com Estopim da Charqueada Adílson Ramos montando JD Vento Forte e Vítor Freitas com Chimango da Chácara da Figueira Célio Flores com Onde Andas do Painel e Robson dos Santos montando Badana do Imbaé João Mattos com BT Pastor do Junco e Gustavo Marniett montando Obje-

tivo do HB

Quito do Itaó

wski com Upa e Truco da Querência

Mansa

Rodrigo de Souza com Clementina Alfomba e Cleiton Mello montando JV Gaiteiro

Joceli Silva montando Porcelana II da Escondida e Cleo Valente com Amuleto dos Farias

Cléo Valente montando Promessa do Sá Brito e Claudiomiro dos Santos com Ipacaray da Escondida

Claudiomiro dos Santos montando Aposta da Don Ramiro e Joceli Silva com Promessa da Marca Fogo

Ariel Ferreira montando Mangrulho da Fama e Cláudio Fagundes com Reponte do Tronco da Figueira

Marcelo Amaral montando Palanque do Itaó e Claudiomiro Padilha com Saquê do Itaó

Nelci Portela montando Gazela do Cerro do Catimbau e Adriano Kaefer com Serrano do Aguay

Francisco Vieira montando Nafta do Itaó e Rodrigo Marques com Neblina de São Borja

Cláudio Fagundes montando Bailarina do Eba e Ariel Ferreira com Nó Cego da Fama

Márcio Pilar montando Heresia Tapa Boca e José Pilar com Baronesa da Aguada Grande

Paulo Ferreira montando Soledade da Santa Ursula e Edelino Rosa com Boneca da Chuva de Ouro

Rafael Soares montando Dom Dido Laurindo e Francisco Vieira com Remo do Manantial

Wilian Freitas montando Capiaty 58 de Santo Inácio e Alex Dutra com Luz Del Fuego das Duas Palmas

Rafael Guterres montando Quilapy Mateador e Tiago Prates com Santa Brígida Avispa

Arlan Soares montando Dope Paraverá e Onei Paz com Surungo da Sanga da Saudade

Cristiano Maia montando Povoeiro do Remanso e Felipe Vacht com Olho D’água da Fama

Bayard Oliveira montando Indigo de São Borja e Valdecir Bica com orquídea da Fama

Valdecir Bica montando Urtigão da Querência e Bayard Oliveira com Capiati 81 de Santo Inácio

Jacir Jovaski montando Regata do Tell e Jeferson Silva com Justiceiro de Santa

Jeferson Silva montando Poeta do Manantial e Jacir Jovaski com Condorito do Taboão

Reinaldo Souza montando Ormigren da Fama e Paulo Martins com Olegaria de Pindayassu

Edson Jesus montando Peleador do Beherega e Paulo Martins com Bambino da Quarenta e Quatro

André Nunes montando Alvo do Ouro e Valdemar Benites com Urutau do Tronco da Figueira

Carlos Souza montando Farrapo da Encarnação e Leandro Gripa com Fantasiado da Encarnação

Tuquinha Belmonte montando Atalho de São Borja e Guilherme Andres com Estreleiro da Uerba

Leandro Reis montando Patacon de Pindayassú e Juliano Dicceti com Scorpion da Santa Ursula

Doelton Machado montando Uluatu do Tronco da Figueira e Élbo Machado com Um Xirú do Tronco da Figueira

Rodrigo Marques montando Estrela Guria do Acalanto e Enio Altemann com Galocha do Itaó

Fernando Santos montando Jurado da Santa Paz e Roberto Guerreiro com Hannah 118 do Cerro Velho Igor Romanho montando Silvério do Ebelê e Jucenei da Silva com Jacarandá Energia Anselmo Rosa com Bruch Esmeralda e Rogério Weber montando Pederneiras Raja Laço Criador Davi Musskopff com Brigadeiro da Imbituba

Laço em Santiago teve 218 conjuntos Mesmo sob chuva intensa, o Crioulaço promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santiago reuniu 218 participantes no município gaúcho. A prova julgada por Mílton Gomes de Bittencourt e Gilmar Barbosa teve a supervisão do técnico da ABCCC Gilberto Rieth. De acordo com Rieth, os ginetes da região estão acostumados e bem preparados para esse tipo de prova. “Correu tudo muito bem. Apesar da chuva, o pessoal já está habituado com o Crioulaço e foi tranquilo. O gado e a estrutura eram muito bons”, comenta. O selo de raça foi concedido ao Crioulo Tapichá Jacuí e foram classificadas 36 duplas na disputa.

Resultado (ainda não ABCCC)

homologado

pela

Claudiomiro Padilha montando Esquilador do Itaó e Jair Carvalho com

Oralino Mendes montando Trunfo da Santa Ursula e Nelcir Portela com Serena da Santa Ursula Vílson Amaral montando Uberaba da Querência e Lúcio Rigon Staco-

Gaudêncio Machado montando Gaudério da Santa Celuta e Leonardo Piegas Ramos com Oea Rufino João Paulo Fontela montando Garrancho do Itaó e Paulo Renan com Jujo do Akhal-Tek Arlan Soares montando BRM Cabo e Rogério Dibe com Caleche do Aguapey Marlon Machado montando Cortesia do Itaó e Henrique Fontoura com Valsa do Segredo do Ibicuí Laço Criador Lúcio Rigon Stacowski montando Upa e Truco da Querência Claudiomiro dos Santos montando Aposta da Don Ramiro

Miguel Martins montando Bacudo da Merial e Leocir Martins com Bilhete Premiado da Merial

Joceli Silva montando Promessa da Marca Fogo

Herton Busnelo montando Recomeço da Ronda Maleva e Valdenir Aiger com Escudeiro da Tropilha

Carlos Heitor Benevides de Carvalho montando Ferro Branco do Rincão do Américo


54

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Geral

Marcando presença na Alemanha Foto Jônio Salles

Agenda de Remates Abril Dia 1 – Leilão +Q1/2 – Guaíba/RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 2 - Remate Super Potros – Vacaria/RS, às 20h (Três Martelos Negócios Rurais) Dia 2 - 4°Leilão Crioulos da Serra – Lages/SC, às 20h (Camargo e Peroni Agronegócios) Dia 9 - União Raça Crioula do Mato Grosso do Sul – Campo Grande/MS, às 21h (Crioulo Remates, transmissão Canal do Boi) Dia 9 - Leilão União Raça Crioula – Campo Grande/MS, às 21h (Triângulo Leilões) Dia 10 - Leilão Cavalos Crioulos – Esteio/ RS, às 21h (Crioulo Remates, transmissão Canal Rural) Dia 15 - Leilão Cavalos Crioulos – Santana do Livramento/RS, às 21h (Crioulo Remates, transmissão Canal Rural)

Cavalos Crioulos foram destaques na Equitana, uma das maiores feiras de equinos do mundo, na cidade de Essen

André Amaral

A cidade de Essen, no leste da Alemanha, foi palco de uma das maiores feiras do mundo, voltada ao universo de equinos. Entre os dias 12 e 20 de março, a Equitana reuniu cerca de 850 expositores, distribuídos entre os 17 pavilhões que comportaram o evento, onde foram apresentadas diversas modalidades equestres e comercializados os mais variados produtos destinados a cavalos.

Entre as atrações, uma ganhou destaque especial ao atrair inúmeros visitantes em três apresentações diárias: o cavalo Crioulo que, definitivamente, esteve presente. Além das demonstrações envolvendo exemplares da raça, duas de 15 minutos e uma de meia hora, o Crioulo marcou presença no segundo pavilhão da Equitana em estandes de Brasil, Uruguai, Argentina e, também, da própria Alemanha. De acordo com o diretor do programa Cavalos Crioulos, do Canal Rural, Jônio Salles, que esteve presente na feira, o Uruguai vem desenvolvendo um trabalho sério com a raça em parceria com criadores alemães, para os quais disponibilizam uma visita técnica anual onde permitem que os animais nascidos neste país tenham seus registros efetuados no Stud Book uruguaio. Com relação ao Brasil, este foi representado pelo criador Martin Gurmendez, uma espécie de embaixador da raça na Europa. Ele foi jurado na primeira exposição

morfológica da raça realizada na Fiera Cavalli, em Verona, na Itália, no ano passado. Segundo Salles, foi Gurmendez quem apresentou o presidente da associação na Alemanha, senhor Erich Kueffner, assim como os demais criadores locais. O diretor relata que, na bagagem, além dos vídeos institucionais que mostram o estágio de desenvolvimento da criação de Crioulos no Brasil, foi levada toda uma intenção de somar esforços aos demais países do Mercosul, no intuito de desenvolver o mercado da raça na Europa. “Martin acredita que com o ingresso do Brasil neste grupo as coisas certamente irão se desenvolver com maior rapidez”, disse. Salles descreveu ainda que, atualmente, são cerca de mil cavalos Crioulos na Alemanha, utilizados principalmente em cavalgadas no turismo rural e aulas de equitação, mas também é possível observar a raça atuando em modalidades de Rédeas e Working Cow Horse. “Também conhecemos um trabalho bastante interessante de utilização do leite de éguas Crioulas na indústria de cosmético.” Além disso, o representante brasileiro afirma que a raça desperta a atenção dos visitantes e profissionais das mais variadas áreas ligadas a equinos. “Conversamos com o repórter de uma revista de esportes equestres chinesa que nos mostrou interesse no cavalo Crioulo para a prática de iniciação de crianças nos esportes”, exemplificou.

Visita à La Primera O local é repleto de história, mas também esbanja modernidade. Localizada na cidade de Dalwitiz, na Alemanha, a cabanha La Primera está localizada em uma área de dois mil hectares, onde funciona um hotel de turismo local de propriedade da família Von Bassewitz (filhos de javali), que por sua vez tem como um dos grandes atrativos os cavalos Crioulos. Atual exemplo de modernidade, o local possui uma usina de bioenergia capaz de abastecer mais de mil lares, alimentada pela cama da granja de ovinos, silagem de trevo e esterco de suínos, equinos e bovinos. A energia gerada é comercializada para empresas privadas e gera uma receita anual de um milhão de euros. Paralelamente, a produção de ovos orgânicos também contribui, e muito, à renda da propriedade, gerando quatro milhões de euros por ano. Ainda assim, as galinhas e os bovinos não são o grande chamariz da propriedade. A criação La Primera, primeira cabanha de cavalos crioulos da Europa, impulsionou o crescimento do turismo devido às qualidades do animal, utilizado para o passeio dos turistas. As importações feitas por Heino e seus sócios, Gabriel e Conrad Hoyos, teve como objetivo selecionar animais adequados para cavalgadas. Hoje são cerca de 90 animais, que configuram um dos grandes diferenciais do local, imensamente admirado por seus frequentadores, que saem encantados com a funcionalidade e a beleza dos Crioulos.

Dia 15 – Remate BT Geração 2007 – Porto Alegre/RS, às 20h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural) Dia 20 – Remate Cabanha Santa Edwiges – São Lourenço do Sul/RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 22 – Leilão Capão Grande e Convidados – Pelotas/RS, às 21h (Trajano Silva Remates e Knorr Remates) Dia 26 - Remate Especial Crioulo Cinchador e Amigos – Bagé/RS, às 20h (Cambará Remates) Dia 26 – Remate de Potros – Terraville, Porto Alegre/RS, às 21h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural) Dia 27 - Leilão de Potros do Núcleo do Litoral – Osório/RS, às 20h (PH Negócios Rurais) Dia 28 – Remate Tupambaé – Bagé/RS, às 20h (Trajano Silva Remates)

Dia 16 - Leilão Feras do Laço – Santa Rosa/RS, às 21h (Crioulo Remates, transmissão multiweb)

Dia 28 - 2º Leilão Cavalos Crioulos – Canoinhas/SC, às 20h (Três Martelos Negócios Rurais)

Dia 16 - II Leilão Novos Rumos – Londrina/PR, às 21h (Núcleo de CCC do Norte do Paraná)

Dia 29 – Remate Campeiro – Bagé/RS, às 14h (Trajano Silva Remates, transmissão online pelo C2 Rural)

Dia 16 – Remate Bela Aliança e Convidados – Jaguará do Sul/SC, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural)

Números

Dia 16 – Remate Laço de Prata – Nova Prata/RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 20 - Leilão Cavalos Crioulos – Esteio/ RS, às 21h (Crioulo Remates, transmissão Canal Rural) Dia 21 - Remate Cabanha Macanudo e Itaó - Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural) Dia 22 - Remate Cabanha São Pedro - Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural) Dia 23 - Remate Jurado e SucessoresAgropecuárias Schwanck e Cimarron Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural) Dia 24 – Remate Cabanhas PO, 3J e La Castellana – Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 30 - 3° Leilão Três Marcas – Joinville/ SC, às 21h (Crioulo Remates) Dia 30 – Remate Cabanha Encanto - Veranópolis/RS, às 20h (Três Martelos Negócios Rurais)

Maio Dia 6 – Crioulos do Litoral – São José/SC, às 20h (Premier Leilões) Dia 6 - 8º Leilão Criando Função – Vacaria/RS, às 20h (Três Martelos, transmissão online pelo C2 Rural) Dia 10 - Leilão Sangues Consagrados – Esteio/RS, às 20h30min (PH Negócios Rurais, transmissão Canal Rural) Dia 11 – Crioulos de Seleção – Pelotas/ RS, às 20h (Casarão Remates, transmissão online pelo C2 Rural) Dia 12 – Remate Cavalos Crioulos – Esteio/RS, às 20h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural) Dia 13 - 2º Leilão Rédeas do Futuro – Terraville, Porto Alegre/RS, às 20h30min (PH Negócios Rurais, transmissão online pelo C2 Rural) Dia 13 – Leilão Nobreza Crioula – Virtual, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural) Dia 14 - Remate do Núcleo de Cruz Alta – Cruz Alta/RS, às 20h (Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cruz Alta) Dia 14 - Leilão Estância Guarda Velha – Passo Fundo/RS, às 20h (Três Martelos Negócios Rurais)

Leilão Butiá No leilão da Cabanha Butiá, realizado no dia 10 de março em Porto Alegre/RS, o garanhão Santa Elba Comediante foi arrematado por R$ 1,75 milhão, sendo a maior cotação dos e 35 lotes ofertados na ocasião. Um condomínio formado por oito cabanhas - Liberdade, Castanheiros, 3J, Don Marcelino, Estância São Pedro, Santo Expedito, Agropecuária Burtet e do Parque – adquiriu a totalidade do exemplar. Foram leiloados 33 animais - 29 fêmeas e 3 machos inteiros e as vendas somaram R$ 3,090 milhões. Remates em Pelotas Durante a 38ª Expo Outono de Pelotas/ RS, que aconteceu entre os dias 23 a 25 de março, no Parque Ildefonso Simões Lopes, foram comercializados 69 animais, em dois remates que atingiram a soma de R$ 340.970,00. Abrindo as vendas, o 3º Redomão Crioulo, das Cabanhas 3J, Puruã, Recalada, Rebuliço, Pedra Só e convidados, faturou R$ 181.250,00, com a venda de 33 animais e média de R$ 5.492,42. Foram também comercializados animais no 2º. Fibra Crioula, com oferta dos criatórios das Estâncias Baronesa, Graça, Gruta e Páscoa. Um Mar de Função O já tradicional leilão Um Mar de Função, promovido pelas Cabanhas Mouro Velho, Mainá, Recomeço e convidados teve sua quarta edição realizada na noite de 18 de março na pista do Sindicato Rural de Rio Grande. O remate fez a abertura dos eventos promovidos pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município gaúcho e comercializou 29 animais atingindo média de R$ 7.482,75 e faturamento total de R$ 217 mil. Leilão Vem Que Tem

Com pista quente, na noite de 19 de março, foram vendidos 33 animais, alcançando a soma de R$ 325,4 mil e média de R$ 9.860,61, no 2º Leilão Vem Que Tem, realizado no Sindicato Rural de Rio Grande/RS. Os animais que estiveram em pista foram do criatório da Estância Guanabara, Cabanhas Esperanto, São Leandro e Fazenda Umbú, tendo ainda animais de outras cabanhas convidadas. Também foi doado pela Cabanha Abraão, de Rio Grande, R$ 2,2 mil, aos atingidos pela chuva em São Lourenço.


56

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Geral

Congresso em Gramado aproxima criadores e Associação Fotos Felipe Ulbrich

Douglas Saraiva

crito pelo veterinário, passo a passo, com destaque em alguns pontos citados por ele como críticos, como o monitoramento folicular, a sincronização entre os animais envolvidos e o respeito à natureza.

A história, a evolução, a valorização e o futuro de uma das raças que mais movimentam o mercado de equinos atualmente no país foram discutidos na segunda edição do Congresso do Cavalo Crioulo, promovido pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), em paralelo ao simpósio da Associação Brasileira de Médicos Veterinários de Equídeos (Abraveq), em Gramado/ RS.

Entre a sexta-feira e o domingo, de 18 a 20 de março, o centro de convenções do Hotel Serrano recebeu cerca de 600 pessoas que evidenciaram e exerceram o seu “crioulismo” em mais de 20 palestras e painéis debatendo exclusivamente sobre o cavalo Crioulo. Além do Rio Grande do Sul, o congresso também recebeu interessados de Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rondônia. Na opinião do presidente da ABCCC, Manuel Luís Benevenga Sarmento, o evento foi muito importante para a raça, para os criadores e para a entidade, pois abriu espaço para o diálogo em prol da qualificação do cavalo Crioulo. “O que se extrai de melhor do evento é a troca de informações. É importante que a ABCCC mostre ao seu criador o que está fazendo e que ela escute o que ele tem a dizer”, disse.

Diretoria compõe mesa na abertura Após a saudação aos presentes, feita pelo presidente da Abraveq, Sílvio Piotto, Manuel Sarmento deu início ao ciclo de palestras, na manhã do dia 18, explanando

Suplementação em evidência

Evento em Gramado/RS teve presença expressiva de público, em três dias de debates sobre temas ligados ao cavalo Crioulo

sobre o novo modelo de gestão da ABCCC. Sarmento apresentou o novo organograma da entidade e a composição das gerências. Junto ao presidente, fizeram parte da mesa os vices Alfredo Lisboa Ribeiro Tellechea, Mauro Raimundi Ferreira e Ricardo Vieira Borges, além do ex-presidente e coordenador do conselho de planejamento, Roberto Davis. Sarmento destacou os números que representam o crescimento da entidade nos últimos anos e a significativa otimização nos processos e serviços prestados pela Associação.

Planejamento é apresentado Logo após a abertura, o vice-presidente de Comunicação e Ma-

O presidente da ABCCC, Manuel Luís Sarmento, palestrou na abertura do congresso

rketing da ABCCC, Alfredo Lisboa Ribeiro Tellechea, apresentou as diretrizes estabelecidas pelo Planejamento Macroestratégico da entidade. De acordo com Tellechea, no início, quando foi fundada a ABCCC em 1932, a preocupação dos criadores era somente preservar e difundir a raça. Porém, 50 anos depois, com o advento do Freio de Ouro, outras demandas surgiram e determinaram novos rumos na administração da Associação. O vice-presidente salientou que, atualmente, a ABCCC trabalha visando uma evolução baseada no trinômio: promoção de crescimento, qualificação e credibilidade.

Palestra ressalta 30 anos do Freio Os 30 anos do Freio de Ouro foram recordados com muita propriedade por Paulo Gomes Móglia, Silvia Graciela de Matteucci, Alma Elorza de Aznárez e Gabriela Balmaceda Errázuriz, na palestra que abordou a evolução e o desenvolvimento dessa ferramenta de seleção. Mediados pelo técnico Alexandre Suñe, os palestrantes falaram sobre a importância do acréscimo da funcionalidade às seletivas funcionais. O primeiro a falar foi Móglia, responsável por abordar a prova no Brasil, desde a disputa entre Chacay Sombra e Itaí Tupambaé até os dias atuais. Em se-

guida, a ex-presidente da Sociedad de Criadores de Caballos Criollos Del Uruguay, Alma Elorza, contou como a prova foi importante na seleção dos animais do país vizinho. Já na Argentina, a representante da Associación de Criadores de Caballos Criollos, Silvia Matteucci, afirmou que o cavalo Crioulo compete nas modalidades do Freno de Oro desde 2000 e que, nesses dez anos, o número de cabanhas que competem nesta modalidade no país dobrou. Já Gabriela Balmaceda palestrou sobre o Caballo Criollo chileno e a evolução na seleção da raça naquele país. A criadora aproveitou a oportunidade para apresentar o que está sendo feito em preparação para a Expo-FICCC 2012, em Santiago, e convidar a todos para o evento.

Novas tecnologias em debate Uma das palestras mais esperadas do congresso gerou bastante debate, no primeiro dia do evento. Na mesa composta pelo veterinário e PhD em reprodução, Cláudio Pimentel, junto ao vice-presidente da ABCCC, Ricardo Vieira Borges, mediada por Alexandre Suñe, a Inseminação Artificial (IA), a Transferência de Embriões (TE) e as novas tecnologias foram os temas levados à pauta. Conforme a explanação de Pimentel, a IA é uma prática antiga, que deve ser discutida e pensada com seriedade. O processo foi des-

A suplementação nutricional de cavalos atletas, seus mitos e suas verdades foi o tema da palestra do professor Alexandre Gobesso, na tarde do dia 18 de março. Em sua palestra Gobesso discorreu sobre os efeitos e as consequências do uso de determinados nutrientes na dieta alimentar de equinos. O professor destacou entre outros fatores que, para um manejo nutricional correto, é importante que se respeite a qualidade de vida que o animal leva e o programa de treinamento que esse cavalo realiza. Vaquejada e Rédeas em painel A emoção das Vaquejadas e dos Jogos Equestres Mundiais suscitou fortes aplausos do público presente no anfiteatro do Hotel Serrano. No painel sobre a performance da raça na modalidade tradicional do Nordeste e na Copa do Mundo do cavalo, foram convidados para compor a mesa do evento o criador de Fortaleza/CE, Leôncio Barreto, e o cavaleiro de rédeas de Goiânia/GO, Wellington Teixeira. Barreto falou sobre a sua experiência na Vaquejada, apresentou a modalidade e ainda comentou o mercado e o potencial econômico da prova, para o cavalo Crioulo. Por sua vez, Teixeira explanou sobre o seu trabalho nas rédeas e a sua participação nos Jogos Mundiais de Kentucky/EUA, no ano passado, quando foi o único da equipe brasileira finalista da competição, montando SJ Rodopio.

Mesa orienta renovação de plantel Em mesa composta pelos criadores Mauro Raimundi Ferreira, Álvaro Dumoncel e Claudir Weiand, com a mediação de Alexandre Suñe, foram discutidas a renovação de plantel e a contribuição da genética estrangeira. Ferreira deu início ao debate falando sobre a importância das escolhas certas na hora de promover um cruzamento. Complemen-


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Geral Foto Felipe Ulbrich

técnica, com a mediação de Gilberto Loureiro de Souza, o veterinário ressaltou a eficácia de medidas de controle como o acompanhamento e o planejamento de esquemas de vacinação.

Enduro e Marcha dividem painel

Ginetes do Freio de Ouro e Cavaleiros que competem nas Rédeas dividiram mesa sobre a doma e o treinamento de cavalos atletas

tando a ideia exposta por Ferreira, Dumoncel utilizou o registro de mérito da ABCCC para ilustrar a sua palestra e mostrar a porcentagem de sangue estrangeiro nos últimos campeões do Freio de Ouro e da morfologia da Expointer. Para finalizar, Weiand mostrou, na prática, como o planejamento para a escolha dos cruzamentos tem dado resultados positivos na cabanha Maufer.

A criação de potros é debatida Abrindo o segundo dia de atividades, na manhã de 19 de março, o veterinário Fernando Gonzáles subiu no palco do anfiteatro do Hotel Serrano para falar sobre a criação de potros e as maneiras para se garantir um bom desenvolvimento desses animais. Com a mediação do superintendente de Gilberto Loureiro de Souza, Gonzáles falou sobre a sua experiência no preparo de potros para provas funcionais e nos cuidados a serem adotados para possibilitar uma evolução positiva ao animal. Preparo morfológico em destaque Em mesa composta pelo médico veterinário e técnico da ABCCC, Alexandre Suñe, e pelo também veterinário e professor, doutor Carlos Eduardo Wayne Nogueira, com a mediação de Gilberto Loureiro de Souza, veterinário e superintendente do Setor de Registro Genealógico da ABCCC, foi abordado o tema: Preparação de animais para exposição. Suñe iniciou a sua fala explanando sobre os passos recomendados na seleção para pista morfológica. De acordo com o técnico, se deve pensar primeiros nos objetivos da cabanha e, a partir desse princípio, programar os acasalamentos e moldar a criação dentro de um ambiente favorável. Por sua vez,

Nogueira voltou a sua fala à base do trabalho. O professor começou sua palestra citando a importância do acompanhamento da gestação e da atenção aos primeiros meses de vida dos potros e concluiu falando sobre a metodologia de manejo e os cuidados ortopédicos.

Raul Lima fala sobre doma A doma foi também um dos temas debatidos em Gramado. O escolhido para falar a respeito chegou com significativa credencial - o atual domador do ano, Raul Lima, explicou, passo a passo, a sua forma de trabalho ao público presente no auditório do Hotel Serrano. De acordo com Lima, o primeiro passo é o contato com o animal. “Cada cavalo tem o seu jeito de lidar e procuramos trabalhar conforme a personalidade de cada animal”, disse. O domador apontou a aquisição da confiança, a busca do controle e do conhecimento a respeito de cada animal como fatores primordiais no início do processo.

tado nessas premissas e atender ao que se deseja em cada característica”, disse.

Kenny Knowlton desmitifica o ferrageamento O americano Kenny Knowlton deu uma verdadeira aula sobre o ferrageamento de cavalos de prova, no segundo dia de palestras do congresso. Renomado especialista na área, com sólida experiência no ferrageamento de cavalos de campanha funcional, o palestrante demonstrou quais os métodos e tipos de ferraduras corretas para cada situação. Em bom português, o americano que atua há muito tempo no Brasil reforçou a influência da boa prática na desempenho do cavalo. “O ferrageamento muda a postura, a atitude do cavalo, não só na pista de prova. O animal precisa de proteção e conforto para se movimentar com eficiência e tração”, disse Knowlton.

Rodrigo Py comenta a morfologia ideal

Ferraz aborda moléstias de éguas e de potros

Em palestra muito esclarecedora e didática, o médico veterinário, criador e técnico da ABCCC, Rodrigo Albuquerque Py, descreveu os parâmetros morfológicos ideais para o cavalo de competição. Py apontou o que se busca atualmente na raça Crioula em termos morfológicos, em mesa mediada por Gilberto Loureiro de Souza. Conforme Py, os parâmetros básicos compreendem a tipicidade racial, linha superior, aprumos/angulações e equilíbrio. “Para estar dentro do padrão morfológico da raça, o animal precisa estar susten-

As enfermidades de mais significativa ocorrência em éguas e potros foram dissecadas na palestra do médico veterinário Luís Eduardo Ferraz, durante o Congresso do Cavalo Crioulo. O profissional foi convidado a falar sobre as doenças que acometem esses animais e o manejo frente a estas moléstias. Com o centro de convenções do Hotel Serrano repleto, Ferraz discorreu com propriedade sobre doenças como a garrotilha, o Rhodococcus equi, a raiva, o tétano e a encéfalo mielite, além da influenza equina. Em uma palestra bastante

A irresistível resistência do cavalo Crioulo conquistou novos adeptos e despertou a atenção de muitos criadores, que demonstraram interesse após o painel sobre o Enduro e a Marcha, que reuniu João Pedro Jacques, Rodrigo Dias Michelon e Alberto Patron de Araújo em Gramado. No mesa, mediada por Gilberto Loureiro de Souza, os integrantes apresentaram as tradicionais provas de resistência ao público presente e os resultados obtidos até então nas seletivas das referidas modalidades. Tanto a Marcha de Resistência quanto o Enduro foram amplamente comentados e resultaram em manifestações de interesse de novos criadores em aderir às provas.

Palestra discute babésia equi A médica veterinária e professora Danielle De Maria encerrou o segundo dia de palestras do Congresso do Cavalo, em Gramado/RS. Danielle abordou o tema Transmissão transplacentária de babésia equi, em mesa mediada por Gilberto Loureiro de Souza. A ocorrência, as vias de contagio, os sintomas, as consequências na criação e os métodos preventivos contra a babesiose transmitida pelos carrapatos foram comentados pela professora, que, ao final da palestra técnica, ainda sanou diversos questionamentos sobre as formas de combate à doença.

A realidade econômica é o tema de Davis A palestra do ex-presidente da ABCCC e atual coordenador do Conselho de Planejamento da entidade, Roberto Davis, deu início ao último dia de explanações do Congresso. Davis falou ao público presente sobre a realidade econômica atual do cavalo Crioulo, dentro da propriedade. Entre os aspectos destacados pelo palestrante, em mesa mediada por Gilberto Loureiro de Souza, estavam: a relação entre produto e mercado, a elevação do patamar de valorização do cavalo a partir da consolidação do Freio de Ouro, a conjuntura do evento na criação de valor, o papel da ABCCC na promoção do “show” e o ponto de vista do criador.

57

Debate sobre treinamento reúne ginetes e cavaleiros Em mesa-redonda composta pelos ginetes Cezar Augusto Freire e Raul Lima e pelos cavaleiros Gabriel Diano e Wellington Teixeira, foram debatidos a doma e o treinamento de cavalos atletas, na manhã de domingo, 20 de abril, no II Congresso do Cavalo Crioulo em Gramado/RS. Cada um dos profissionais da mesa falou um pouco de seus métodos de doma e treinamento. Mediados por Gilberto Loureiro de Souza e Alexandre Suñe, os palestrantes abriram espaço para o diálogo com o público e responderam aos questionamentos dos atentos e ativos participantes do evento.

Perez palestra sobre o cavalo atleta O médico veterinário que atua em clínica de equinos esportistas, Rolando Martin Perez, palestrou sobre o tema Cuidados com o cavalo Crioulo atleta no Freio de Ouro. O profissional apresentou aos presentes o que vem sendo desenvolvido para que se obtenha o máximo de performance, sem ser prejudicado em razão do esforço demasiado. Perez elencou uma relação de fatores que, na sua opinião, interferem diretamente no desempenho dos animais como a estrutura de treinamento, a alimentação equilibrada, o acompanhamento clínico periódico, a vacinação, a vermifugação, assim como o ferrageamento, a dentição e o uso preventivo da fisioterapia.

Ginetes e jurados analisam julgamentos No encerramento do Congresso, uma mesa especial foi montada para discutir a avaliação e o julgamento de cada etapa do Freio de Ouro. Com a mediação de Gilberto Loureiro de Souza, foram colocados frente a frente os ginetes Cezar Freire, Carlos Quadros e Raul Lima, e os jurados Mário Suñe, Ricardo Borges e Alexandre Suñe. No debate entre os integrantes da mesa, foram apresentados vídeos com exemplos de andaduras, figuras, apartes, pechadas, provas de campo e Bayard/Sarmento, submetidos à avaliação, tanto dos jurados quanto dos ginetes, que deram notas a cada uma das provas. Os métodos de julgamento e de treinamento para a execução dos movimentos foram comentados e suscitaram dúvidas dos presentes.


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Geral

59

A internet a favor do cavalo Crioulo Fotos Divulgação

Osíris Reis

Basta alguns cliques e pronto: você está conectado à maior rede de computadores do mundo, a internet. Não bastasse, o internauta é chamado cada vez mais a uma crescente variedade de redes sociais que inovam a cada dia. Nesses espaços, pessoas com os mesmos interesses encontramse, comunicam-se e passam a estabelecer relações com interesses financeiros, amorosos e muitos outros.

No mundo dos cavalos não é diferente. Apenas uma passada pelo Orkut - uma das mais populares e maiores redes sociais do Brasil - para ver que os admiradores da raça crioula também encontraram na internet um espaço saudável para debater a raça. A maior das comunidades que se refere à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) foi criada em 8 de junho de 2004 e em novembro de 2010 já reunia mais de 18 mil participantes. Somente entre as três maiores comunidades, reúnem-se cerca de 25 mil internautas que se dividem entre criadores e admiradores da raça

Estudante de Jornalismo Vinícius Conrad é dono da terceira maior comunidade sobre a ABCCC no Orkut

Crioula. Os assuntos variam e os internautas anunciam cavalos para venda, avaliam a qualidade dos animais nascidos nas cabanhas, expõem resultados de exposições morfológicas e provas funcionais e divulgam remates. Dentre os principais temas, destacam-se os criadores que debatem sobre o futuro da raça crioula e tiram dúvidas sobre problemas frequentes entre seus animais. Resumindo: há espaço para todo o tipo de assunto.

Paixão pelo cavalo Crioulo é manifestada nas redes sociais; Eduardo Bicca Rossato tem a maior comunidade relacionada à ABCCC

Dono da terceira maior comunidade sobre a ABCCC no Orkut, o estudante de Jornalismo, Vinícius Braga Conrad, 22, teve a ideia de criar o grupo de discussão on-line em 2004, quando a rede social ainda estava firmando-se entre os internautas. Naquela época, o estudante da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) não fazia ideia sobre a proporção que a iniciativa iria tomar. A ideia de inserir o cavalo Crioulo nas redes sociais não nasceu por acaso. Sua relação com a raça é crescente desde sua infância, quando passava boa parte do tempo livre com o avô, que criava pôneis. Atualmente, a família expandiu os negócios e cria cavalos na Cabanha Campanário, em Pedro Osório e Canguçu. “Noto que no início as pessoas procuravam as redes sociais para debater a raça; agora é mais vendas”, explica o jovem que também é dono de outras comunidades, como Quero viajar o mundo, atualmente com 30 mil adeptos. Em

sua avaliação, atualmente está mais fácil para que as cabanhas desenvolvam seus sites, a exemplo da ABCCC, que na seção de classificados também comercializa animais. Atualmente, o site recebe uma média de cem mil acessos por mês; somente no último mês de outubro, foram cerca de 139 mil visitas.

Uma ferramenta lucrativa

Os anúncios de vendas são os principais assuntos comentados na rede mundial de computadores. Apesar de no início Conrad tentar moderar as postagens com fins comerciais, ele notou normalmente que a tendência era que a maioria dos usuários publicasse anúncios de vendas e divulgação de exposições e remates. Eduardo Bica Rossato, 22 anos, é o moderador da maior comunidade relacionada à ABCCC, com mais de 18 mil participantes.

Sua entrada no grupo deu-se por acaso, já que a comunidade também pertencia a um familiar que o escolheu para ajudar a moderar o grupo de discussões. Cabe ao estudante de Veterinária aceitar ou rejeitar as pessoas que desejam participar e até mesmo excluir comentários considerados ofensivos ou inconvenientes. “As comunidades que tratam sobre o assunto são muito produtivas, pois servem como um espaço para tirar dívidas dos mais iniciantes no ramo, por exemplo”, avaliou. Segundo ele, os tópicos mais comentados são sobre os reprodutores mais utilizados e as provas funcionais, como o Freio de Ouro. “Os criadores comentam sobre as provas em suas regiões e também debatem sobre os nascimentos em suas cabanhas.” Atualmente o jovem cria 50 animais na Cabanha La Canción, em São Gabriel, no Rio Grande do Sul.

Participe Para integrar a rede social, é fácil. Caso você ainda não tenha perfil ativo no Orkut, acesse o site www.orkut.com e cadastre-se. Após ter adicionado uma foto no perfil e escrito algumas de suas principais características, você está pronto para procurar amigos e comunidades que interessem. Na ferramenta de busca, situada no canto superior do site, digite palavras-chave, como ABCCC e Cavalo Crioulo. Em seguida, aparecerá uma lista com as comunidades relacionadas. Pronto. Basta ingressar nos grupos de discussão e se inteirar sobre o que está acontecendo no mundo crioulo.


Cavalo Crioulo Abril de 2011

Geral

Mural Rio Pardo tem Dia de Campo No dia 12 de março, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rio Pardo promoveu um Dia de Campo na Fazenda São João do Posto. A programação reuniu crioulistas de diversos municípios gaúchos e teve, pela manhã, Resenha Coletiva e Palestra Técnica com Felipe Maciel. O evento foi promovido em parceria com as cabanhas Tibá, Videira, Santo Antônio, Lagoa Serena, Auxiliadora, Quitaúna e do Passo.

1º Regimento de Cavalaria, dia 19 de março. O cavalo já esteve nas mãos de Zeca Macedo no município gaúcho de Rio Grande. Proprietária do exemplar, Cybele Lara Queiroz sente-se gratificada com a atuação da raça Crioula na prova. “Ele era o único Crioulo frente aos outros cavalos e mesmo assim bateu os árabes e venceu a etapa do ranking. Estou muito feliz”, comenta. A apaixonada pelos Crioulos ainda ressalta que, mesmo longe do sul, os crioulistas do centro-oeste mostram que os crioulos são capazes em diversas modalidades por serem uma raça forte e valente. Currupiu Delpiá é filho de Mui Amigo do Purunã e Fineza P.A.S. do Conesul.

Crioulo é destaque em enduro Núcleo Missioneiro inter-raças terá grande em Brasília/RS Programação na Dentre os cavalos árabes, 15ª Fenamilho um crioulo. Currupiu Delpiá foi o campeão em prova de Enduro multirraças realizada em Brasília/DF. A modalidade em que Currupiu venceu fez parte da 1ª Etapa do Ranking da Federação Hípica de Brasília e ocorreu no

O Núcleo Missioneiro promoverá de 5 a 8 de maio de 2011, exposição morfológica de outono, concentração para confirmação de machos e o 1º Congresso Missioneiro da Raça Crioula. O even-

to será realizado no Parque de Exposições Siegfried Ritter, em Santo Ângelo/RS. A concentração para confirmação de machos e a supervisão técnica da exposição morfológica estarão ao encargo do técnico Gilberto Domingues Rieth e o julgamento da exposição morfológica caberá a Francisco Martins Bastos Sobrinho. Mais informações diretamente com o Núcleo Missioneiro de Criadores de Cavalos Crioulos pelo telefone (55) 3312-5370.

Mato Grosso do Sul volta a realizar Exposição Morfológica Após mais de dez anos sem realizar morfologias, os crioulistas do Mato Grosso do Sul poderão prestigiar uma mostra promovida pela Genética Aditiva, entre os dias 5 e 9 de abril, em Campo Grande. A disputa terá supervisão técnica de Rafael Fagundes Sant’Anna e a responsabilidade de avaliar os animais em pista fica a cargo de Romeu Koch. Já está confirmada no evento a presença de criadores e de expositores de Rondônia, São Paulo e Mato Grosso.

Atenção crioulistas! A égua MT Feiticeira da Maria Thereza está desaparecida desde o Tiro de Laço realizado na Cabanha Rio Bonito, em Ponta Grossa/ PR, no último final de semana. Com pelagem gateada, a égua é filha de Temporal Barrozo e Ibiza do Monte Verde. Se encontrada, favor entrar em contato com o senhor Euclides pelos telefones (42)9114-1943 ou (42) 8844-1445.

Pantano Grande/ RS sedia prova de doma No dia 20 de fevereiro, a Cabanha Cerro Frio promoveu sua

61

3ª Prova de Doma de 21 Dias, no município gaúcho de Pantano Grande. O evento reuniu mais de 40 animais e concedeu o primeiro lugar ao cachoeirense Raul Lima, montando Anatiba da Bianca. O ginete superou 23 concorrentes e levou uma moto zero quilômetro para casa. Em segundo lugar ficou o ginete Júnior Chileno, que ganhou um potro da Cerro Frio como premiação, montando o Crioulo Dom Pedro da Cola Crioula. A terceira colocação foi conquistada por outro cachoeirense, Felipe Santos, com a égua Notável de Santa Teresa, e a quarta por Paulo Soares, com a égua Buena da 18. A intenção dos organizadores do evento é realizar uma prova de seis meses de doma em agosto.


62

Cavalo Crioulo Abril de 2011

Gente


Gente

Cavalo Crioulo Abril de 2011

63

Fotos Alexandre Freitas, Ana C창ndida Cassal e JG Martini



Jornal Cavalo Crioulo - Abril 2011