Page 1

LER É CRESCER! CULTIVE ESTA IDÉIA!

Setembro/96 - Astros & Estros

SETEMBRO/1996

ANO I - Nº 05 Primavera, Primavera! / De brotos e verdes ramos, No verão, outono e inverno, / Por ti, todos esperamos. “Se teus projetos são para uma ano, semeia o grão; se são para dez anos, planta uma árvore; se são para cem anos, instrui o povo.” Chuang-Tzu

NA PRIMAVERA, O ESPLENDOR Vera Maria Viana Borges

AS ÁRVORES Renato Báez

Beleza rutilante nas floradas Que embelezam as serras e os altares, Com viço nas planícies renovadas, Nas manhãs perfumadas, suaves ares.

Cavando o solo abrupto em busca de firmeza, onde possam crescer, florir, dar sombra amiga, seguem firmes, meu Deus, as leis da natureza, sem revolta, sem tédio e sem clamar fadiga!

Com o olor emanante de braçadas, Da florente estação, dos seus cantares, Matizes dos jardins às bem-amadas, Ramalhetes de flores para os lares.

Entre os verdes ramais em que o amor se abriga na comunhão feliz do sonho e da beleza, não medra como em nós, a trama, a vil intriga, a minar-lhes, de vez, os troncos e a nobreza!

Em adejo de amor, os passarinhos Buscando pessegueiro, pitangueira, Fazendo sinfonia em burburinhos.

São todas bem irmãs!.. E os galhos retorcidos, a caminho dos céus, sublimes, são erguidos, em mudas oblações às glórias do Senhor!

Os lírios, manacás, campos em flor, O verde da colina, a flor rasteira, Na PRIMAVERA alcançam o esplendor.

No mundo vegetal, mais puro e mais perfeito, traz cada uma um tronco, e dentro dele - um peito, se as árvores têm alma... e delas - nasce a flor!

ÁRVORE VELHA Elcy Amorim

A PAZ NASCE DENTRO DE NÓS...

Setembro/96 - Astros & Estros SALVE AIMPRENSA! A linguagem é indispensável à vida. As invenções, da arte culinária, das armas, da escrita, da imprensa, dos métodos de construção, dos meios de transporte, das descobertas das Ciências e das Artes, nos foram legadas através de nossos antepassados por meio da linguagem falada ou escrita. É sem dúvida a LINGUAGEM que movimenta o mundo... É ela que distingue o ser humano dos animais. Ao homem bárbaro, bastavam-lhe meios rudimentares para a comunicação; quando a necessidade se fazia sentir, valiamse de sinais como o fogo, a fumaça e o som. Os desenhos tiveram importância, prova disso são as gravações no interior das grutas pré-históricas, nas tábulas de madeira e de argila encontradas em escavações arqueológicas. A evolução da linguagem foi extremamente lenta! Através de milênios, foi-se dando característica própria a cada povo. Surgiram as várias LÍNGUAS... Um dos maiores inventos de todos os tempos, foi o da IMPRENSA em 1450. Gutenberg abria com ela os portos da COMUNICAÇÃO, que tornou-se certa e permanente, propiciando ao homem chegar a outros inventos, tornando possível a Revolução Industrial. Com tantas conquistas, as comunicações são causa e efeito do progresso, e assim sendo, a história dos meios de comunicação se confunde com a história da humanidade. A imprensa foi introduzida no Brasil com a corte de D. João VI; o material gráfico pertencia à Secretaria dos Estrangeiros e da Guerra, tendo sido colocado no porão do navio “Medusa”, pelo conde da Barca, e posteriormente instalado em sua casa. Depois de um ato real, a casa passou a funcionar como Imprensa Régia e aos 10 de setembro de 1808, sai o primeiro jornal editado no Brasil, a “Gazeta do Rio de Janeiro”. A radiofusão iniciada em 1920, com a estação KDKA, de Pittsburg, EUA, serviu-se do sistema conhecido por AM. Roquete Pinto, o pai da radiofusão brasileira funda no Rio de Janeiro em 1923 a primeira estação de Rádio. Tempos saudosos e heróicos os das radionovelas! A Voz do Brasil... Era audiência absoluta, até o advento da televisão. Em 1950 , ei-la que surge! Os primeiros canais foram: TV Tupi, Rio e TV Difusora. Em 1972 fomos brindados com a TV a cores... Acaba o diálogo, a conversa doméstica, a família fica hipnotizada. Os modernos meios de comunicação são uma CONQUISTA e inteligentemente usados são úteis. O bombardeio de mensagens e o turbilhão de notícias são fatos, mas nem por isso, rádio, televisão, jornal, livro, revista se opõem; pelo contrário, eles se completam. Se os primeiros nos fornecem impressões imediatas, os segundos, levam-nos à reflexão, fazendo-nos digerir melhor as matérias. No mundo, todos sabem de tudo. Tem livro, revista, jornal, rádio, televisão, telégrafo, telefone,DDD, DDI, CELULAR, Embratel, Intelsat e,a Internet que transpõe barreiras, desconhece distâncias geográficas, elimina fronteiras... Salvaguardemos estas conquistas com a experiência de séculos e milênios. Somos responsáveis pela história e por nosso destino. Preservemo-nos do sensacionalismo, das notícias escandalosas, pois só a VERDADE liberta. Assim , serão descobertos novos valores, novas perspectivas, alcançando-se horizonte auspicioso, com o amor tão necessário ao equilíbrio do homem e à paz social.

COGITAÇÕES Eugênio de Freitas

Árvore amiga, velha companheira, a tua sombra protetora abriga quem da labuta traz tanta canseira e o fardo tão pesado da fadiga.

Escravizado à lei fatal que impera em cada espaço que imagina a mente, o tempo marcha irreversivelmente, sem distinguir verão de primavera.

Tu serás sempre a imagem mensageira acolhedora, hospitaleira e amiga, dá flor e o fruto, na razão primeira, derradeira de nossa paz a viga.

Não vê realidade nem quimera. Mantém-se em equilíbrio permanente, no eterno desafio a toda a gente... E é hoje o mesmo que já ontem era.

Pois para sempre viverás lembrada. Bendita sejas tu, nesta lição, deste-nos tudo, e a última morada.

A vida é pródiga e também avara. De seus tesouros o segredo esconde, por mais que os dê. E embora igual, não pára.

Neste pleito de eterna gratidão, serve ao homem, ainda que tombada, na mais santa e mais doce comunhão.

O ser humano não atinge a fronde da árvore do saber, viçosa e rara; só a voz das raízes lhe responde...

1996 - Ano J.G. de Araújo Jorge - 1996

8 Poesia Clássica-“TEMPO”-Relva do Egypto R. Silveira-Belo Horizonte-MG; Poesia Moderna-“CENTENÁRIO EM COR CINEMASCOPE”-Maria Elizabeth Cândio-São Paulo-SP. ·Acesse BLOCOS pela INTERNET, digitando-http:/ /www.netgate.com.br/blocos E-Mail: blocos@netgate.com.br ·9º Festival Nacional de Poesias (inscrições até 10 de setembro, com Levi da Silva-Rua Nova Lisboa,34,quadra08Raul Veiga-São Gonçalo-RJ-24700270. ·Miguel J. Malty- laureado pela Ordem Internacional das Ciências, das Artes, das Letras e da Cultura-Brasília-DF. ·TROVAVIVA do amigo Joamir, em novo estilo. Parabéns! ·1ª ANTOLOGIA do Postal Clube-Versão 1996 (Verso e Prosa)-Contactar: Araci Barreto da Costa - Caixa Postal 1122 -Rio de Janeiro-RJ -20001-970 Tel./Fax:(021)2647672 E Mail: inesbarreto@easynet.com.br.. ·ANTOLOGIA NEOTROVISMO/97- Apoio do Clube dos Trovadores Capixabas(CTC) e da Federação Brasileira de Entidades Trovistas(FEBET)- Promoção: Minas EditoraCaixa Postal 231- Araguari-MG 38440-000 ·Clério José Borges-Presidente do CTC mandando notícias do CTC, do Neotrovismo com trovas e nomes dos trovadores para todo mundo via Internet. E-Mail: CLERIO@INTERLINK.COM.BR HTTP:// WWW.INTERLINK>COM>BR/CTC/CLERIO.HTM ·Abel B. Pereira, Osmarina Maria de Souza,Miguel J. Malty, entre os Acadêmicos recentemente empossados na Academia São José de Letras. ·II Concurso de Crônicas Nylce Mourão Gontijo1996-inscrições até 15/09-Caixa Postal 28 Divinópolis-MG ·12 de outubro! Nesta data a Academia de Letras, Artes e Ciências de Chapadinha estará completando dois anos de fundação. Solicita que Alternativos Culturais sejam enviados para- Rua do Comércio 670 Chapadinha-MA 65500-000 ·X Salão Nacional de Poesia “Psiu Poético” de 04 a 15 de outubro-Departamento de Literatura da Secretaria de Cultura e Turismo da Prefeitura de Montes Claros-MG. ·Mac Dowell Perdigão de Brito, lança em Recife, KANDEEIRO-Prosa e Verso-publicação alternativa. Sucesso! ·Jornalista Tarcísio Marques de “AVOZ DO VALE” e Dr.José Aluísio Arruda, Promotor de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, nosso confrade da Academia Bonjesuense de Letras,receberam títulos de cidadania bonjesuense em sessão solene da Câmara Municipal. Merecidíssimo!!! Felizes, rendemos graças, por estes amigos,que vindos de distantes plagas se integraram a esta terra. ·II Concurso de Poesia e Trova Conde Irajáinscrições até 31 de outubro-Rua Marquês de Aracati-81-IrajáRJ 21235-250. ·Organização Lóide Fernandes Mota-Rua Pedro Gomes,133-Fábrica-Paracambi-RJ propõe participação em Antologia. ·DIVULGANDO A CULTURA!-Aos sábados, 15horas na Rádio Bom Jesus, com o Presidente da Academia Bonjesuense de Letras, Dr. Antônio Bendia. Avante Presidente!


2 EDITORIAL Se por um lado, a chegada do “Carteiro” faz-me delirar com as deliciosas e agradáveis notícias dos queridos leitores, por outro, quando deparo com alguma falha na digitação, assumo totalmente a culpa , pois além da diagramadora ainda sou a revisora; sinto-me desolada! Procuro desculpa; só a encontro na falta de destreza, associada à pressa, por trocar aquele “s” por “x” e até mesmo pela inversão (1966-1996) como ocorreu em nossos primeiros números. Errar é mesmo humano! São altos e baixos, pecados e virtudes! Às vezes vamos além, muito além de penhascos longínquos, em vôo condoreiro, pairando acima das montanhas, em lugares tranqüilos, outras vezes, puxamos o fio da frágil e humilde pipa, enrolamo-nos no carretel e nos sentimos uma simples formiguinha. Felizmente os pequenos deslizes que me frustram são perfeitamente compreensíveis. O ideal está acima destas pequenas falhas, mas apesar disto penitencio-me por elas e espero contar com a compreensão de todos. Envolvo-me com telefonemas, cartas, cartões, poesias, e em êxtase preparo o boletim de setembro, com ares de Primavera perfumando a nossa edição. Sete de setembro, Semana da Pátria! Esta Pátria, tão querida e tão sofrida, que salvo algumas exceções, é lembrada somente em declamações nas escolas, desta “brava gente brasileira” repetindo as belezas da terra que “tem palmeiras onde canta o sabiá”... Independência ou Morte!... Fico confusa... Morte, de índios, de menores, de marginalizados, de sem-terra, de desempregados... repressões policiais... Independência! Dívida externa... salários... liberdade de imprensa... ai meu Deus, que medo de estar trocando apenas de Colonizador!... A Independência não se dará sem a superação destes e de outros males... Só mesmo o Deus Pai, com seu INFINITO AMOR, poderá nos conduzir através do sopro de Seu Divino Espírito, e de Sua Palavra que nos conduz ao Verdadeiro Caminho. Seguindo o Mestre, na leitura da Bíblia, comemorada e celebrada neste mês, faremos desta Pátria, uma Pátria livre dos grilhões que a forjavam, Pátria liberta, amada e feliz. SETEMBRO:02-Dia do Repórter Fotográfico;03Polícia Militar;05-Amazônia;06-Alfaiate e Bombeiro;07-Dia da Pátria;08-Alfabetização;09-Veterinário e Administrador de Empresas;10-Imprensa e Jornalista;13-Agrônomo;18-Dia do Perdão;19-Teatro;21-Árvore, Radialista e Agricultura;22Juventude e Aves;23-Soldador e Início da Primavera;25-Rádio e Trânsito;26-Relações Públicas;27-Ancião, Encanador e Turismo;;28-Dia da Bíblia;29-Petróleo;30-Secretária.

EXPEDIENTE

ASTROS & ESTROS Boletim Alternativo · PROSA & POESIA Mensário de Cultura · Circulação Nacional Fundador, Editor e Redator:

Vera Maria Viana Borges Rua Ver. João Rodrigues do Carmo, 220 Bom Jesus do Itabapoana - RJ CEP 28360-000 - Tel. (0248) 31-1424

Setembro/96 - Astros & Estros LUZ DA LIBERDADE Oswaldo Névola Filho

Setembro que amanhece ao som do hino, Que faz voltar no tempo e relembrar... Às margens do Ipiranga por destino, De um povo honrado ouvir um brado retumbar... E assim nasceu o sol da liberdade, Que em raios fúlgidos sempre há de brilhar, No céu da pátria amada uma verdade, De amor e de esperança há de ecoar. Que se ergam olhos rumo ao infinito, E Deus afaste os tristes pensamentos! Brasil de amor eterno tão contrito, Há força e paz na luz destes momentos! Despojam já cores da primavera, Campos de trigo amarelos a reflorir! No vasto solo verde brota a espera, De novo a brava gente ver sorrir... Independência, alegria, a vida é o sol! Levem os ventos para longe a tempestade, Que se enterrem os lamentos no arrebol, Que em nós renasça a luz da liberdade! Ver no horizonte o raiar da liberdade, Tão contente outra vez a Mãe Gentil, Desfraldando a auriverde honestidade, Resplandece a justiça, viva o Brasil! BRASIL I Lucilla Milanese

Sonhos de um Brasil, Esperanças brasileiras De um país decente. Rico nas esperanças sonhadas De um Brasil melhor, Melhor sem inflação. Brasil, Brasil, Tu és o meu país. Nasci, vivi e vou morrer Neste Brasil de ilusões E rico em esperanças. QUEBRAR A PEDRA! J.Cardias

Quebrar a pedra! Quebrar a pedra! A dor no peito é grande, eu sei. Quebrar a pedra! Quebrar a pedra! Até a pedra ser carne, alma, sangue, coração. ILUSÕES DA VIDA Francisco Otaviano

Quem passou pela vida em branca nuvem E em plácido repouso adormeceu; Quem não sentiu o frio da desgraça, Quem passou pela vida e não sofreu; Foi espectro de homem, não foi homem, Só passou pela vida, não viveu. “Foi atravessando os rigores do inverno que o tempo chegou à PRIMAVERA.” Zalkind Piatigorsky

Setembro/96 - Astros & Estros

“Astros & Estros” , que veio enriquecer seu acervo. A publicação citada será mantida em arquivo para histórico, bem como será divulgada posteriormente em nosso boletim, cujo exemplar será encaminhado a V. S.ª quando de sua edição. No ensejo retribuímos com material congênere, que temos em disponibilidade, a seguir discriminado: BOLETIM “AÇÃO POESIA” nº 09. RONALDO CAGIANO-Brasília-DF Recebo mais uma edição de Astros & Estros, que você tão bem faz circular, num esforço altruísta de buscar o intercâmbio com os confrades de todo o Brasil. Tomando emprestado de Fernando Pessoa: “ A literatura, como toda arte, é a confissão de que a vida não basta”. Nesse sentido, a arte poética é a nossa ponte, nosso leitmotiv, reduto espiritual e psicológico onde ambienta-se nossa criação. É o que nos tem conduzido, em meio às idiossincrasias do quotidiano. É bom ver nestas páginas companheiros que há tanto tempo têm dado seu esforço em prol da nossa literatura: Carlos Moreira Santos, Miguel Russowsky, Walter Siqueira, Herbert Lago e outros abnegados confrades. Agradeço-lhe pela força que vem nos dando neste espaço poético, ao lado de grandes companheiros das letras. Os meus votos de permanente sucesso... EDISON CHAVES-Bom Jesus do Norte-ES Venho agradecer-lhe duplamente. Primeiro, pela nova remessa de seu excelente Boletim Astros & Estros em seu nº 04 e também pelo envio do nº 01, que eu ainda não possuía. Em segundo lugar, quero agradecer-lhe, sensibilizado, por ter incluído no nº 04 um de meus modestos sonetos. Aproveito, ainda, para renovar-lhe os meus sinceros cumprimentos pelo grandioso e construtivo trabalho que vem realizando em prol da Prosa e da Poesia, reiterandolhe, também, o desejo de que possa prosseguir triunfante em sua nobre e edificante tarefa. Obrigado, obrigado, parabéns! QUE PENA! Lamentavelmente não temos espaço para a publicação de todas as cartas. Todas nos agradaram muitíssimo... Ainda acusamos e agradecemos correspondência de: Sônia Maria Ditzel Martelo- Presidente da Academia PontaGrossense de Letras, Célia Campos Rodrigues-GuaratinguetáSP, Frank Jardel-São Paulo-SP,J. Cardias-Rio de Janeiro-RJ, Valdemar Hostin-Editor Catequético-Pastoral-Editora Vozes, Roberto de Castro Del'Secchi-Vassouras-RJ, Jornalista Matta Freire-Magé-RJ, Herbert Lago Castelo Branco-Taguatinga-DF, Ricardo Silveira Fíngolo-Maringá-PR, Walter Siqueira- Campos dos Goitacases-RJ, Miguel J. Malty-Brasília-DF, Haroldo R. Castro-Magé-RJ, Renato B. Martins-São Paulo-SP, Loide Fernandes Mota-Paracambi-RJ, Hilton da Cruz Gouveia-NatalRN, Vinícius Leite Silva-Volta Redonda-RJ, Dirceu de Amorim Marinho-Pavuna-RJ, Celina Sílvia G. Silva-Itaperuna-RJ

7 JORNAIS, BOLETINS E REVISTAS: Dimensão-Revista Internacional de Poesia-UberabaMG, Brasília-Revista de Circulação Nacional-Brasília-DF, Jornal da ALMURS-Porto Alegre-RS, Kandeeiro-Recife-PE, Informativo Códice-Brasília-DF, Poster & Perfil-APPERJ- Rio de Janeiro-RJ, Só Poesias-Belém-PA, Ação Poesia-Ferraz de Vasconcelos-SP, A Orquídea-Domingos Martins-ES, CLIPEPelotas-RS, Arte Real- Rio de Janeiro-RJ, Jornalzinho Maringaense-Maringá-PR, Garatuja-Bento Gonçalves-RS, Correio Mimosense-Mimoso do Sul-ES, O Condor-Bom Jesus do Itabapoana-RJ, Boletim da ANE-Associação Nacional de Escritores-Brasília-DF, Boletim Informativo da Academia Irajaense de Letras e Artes, Blocos-Rio de Janeiro-RJ, O Jornalzinho-Rio de Janeiro-RJ, Boletim Informativo UBT-MagéRJ, Jornal AEI-Órgão Oficial da Associação Espírito-Santense de Imprensa, Parando São Paulo-Edição Fernando Cereja-Poeta, Literarte-São Paulo-SP, A Figueira-Florianópolis-SC, EstroBrasília-DF, Trovaviva-Natal-RN, Escriba-Informativo do Sindicato dos Escritores no Distrito Federal, ANE-Associação Niteroiense de Escritores, Koisalinda-Ribeirão Preto-SP, Poietiké-Brasília-DF, Letras Itaocarenses-Itaocara-RJ, O Menestrel-APEBS-Associação de Poetas e Escritores da Baixada Santista, Coletânea de Poesias-Severino de Oliveira Borges. LIVROS: NOVO CANTO- Nina Tubino, DICIONÁRIO DE CITAÇÕES FELIZES-Eno Teodoro Wanke, PRISTOLINO (O menino que comia terra)- Hebert Lago Castelo Branco, A VIDA COM HUMOR (VOZES)- Dom Tomás Murphy, ANTOLOGIA DE TROVAS-(Academia Brasileira de Trovas-1992), RITUAL DE VIDA- Lucilla Milanese, INVENTÁRIO- J. Cardias, A ARTE DE SER MÉDICO- Drs. Walter Siqueira e Welligton Paes. INFORMES CULTURAIS ·Primeiros lugares no 3º Concurso de Contos e Poemas-Revista Literatura: Contos- O Vôo da Águia de Menalton João Braff (Serrana-SP); Poemas-Canção de Penélope de Madellon (Brasília). ·Revista Literatura- 4º Concurso de Contos e Poemas-Caixa Postal 02205-Brasília-70349-970 (inscrições até 30 de setembro). ·CLIPE-Suelly Corrêa Gomes, editando livros... ·Com o passamento do Acadêmico, Professor e Jornalista Modesto de Abreu assume a Presidência de Honra, a atual Acadêmica Vice-Presidente da AILA, Professora e Jornalista Galdina Britto de Abreu, e para o cargo de VicePresidente de Honra foi eleito por unanimidade o Acadêmico, Advogado, Jornalista e Radialista Gerdal Renner dos Santos, com posse marcada para 14 de dezembro. ·Intensa programação Cultural no II Congresso Nacional da Trova de Magé. Promoção: Casa do Mestre -Jornal Voz de Piabetá-Voz do Mestre. Parabéns Jornalista Matta Freire! ·Primeiros lugares do III Concurso Nacional de Poesias-APLA(Academia Ponta-Grossense de Letras e Artes):


4

Setembro/96 - Astros & Estros

BEST-SELLER MUNDIAL Obra-prima da literatura, inesgotável fonte inspiradora de conhecimento e sabedoria, restauradora das Grandes Verdades, com filosofia viva para o sucesso, para a felicidade; inigualável na conquista da saúde física e mental, da paz de espírito, da maior capacidade de compreensão; lição de fraternidade, mensagem de amor e vida. Vida, dom maravilhoso, tesouro mais precioso que deve ser vivido em plenitude. Conta a história de um povo que viveu em busca da Salvação, da Paz e da Felicidade. Atualíssimo, apesar de haver sido escrito a partir do ano 1000 antes de Cristo, até o ano 100 depois de Cristo. O livro precioso, de importância capital, o mais lido e o mais vendido no mundo, é intitulado - Bíblia, um nome grego que significa “coleção de livros ou biblioteca”. Conjunto dos Livros Sagrados do Antigo e do Novo Testamento. Também chamado de “Sagrada Escritura”, “Palavra de Deus”, “Livro de Deus”, “História Sagrada”, “Escrituras”. Composto por 73 livros, alguns não passando de poucas páginas, outros são maiores. Cada vez mais a Bíblia está nas mãos do povo, iluminando, animando pessoas, grupos, comunidades em sua caminhada. Com a Nova Aliança, firmada na Instituição da Eucaristia, Jesus, o Rei dos Reis, o Filho de Deus entre nós, dá a plenitude da Revelação Divina e Ele que é o Caminho, a Verdade e a Vida, configura o CAMINHO para trilharmos. Deverá ser lida em clima de oração, pois através dela Deus nos fala, ultrapassando os limites do tempo ensinanos a fé que dá sentido à vida, o amor que nos faz irmãos, que une a família, faz-nos encontrar a paz que tanto buscamos. “É, como sempre, no Evangelho, que vamos encontrar a solução para nossas perplexidades.”(Alceu Amoroso Lima) Desde 1971 o mês de setembro é conhecido como o mês da Bíblia, e no último domingo, o mais próximo do dia 30, é celebrado o seu dia. Possamos trazer em nossos corações as leis de amor contidas neste Livro Sagrado, usufruindo emanações luminosas das belas e esplendorosas poesias que dele provêm. 25 de setembro-DIA NACIONAL do TRÂNSITO O trânsito está matando demais! E o Brasil está entre os campeões em mortes. Não corra, não mate, não morra! O CINTO DE SEGURANÇA Argentina Lopes Tristão

Quando eu entro no meu carro, com presteza, sem tardança, logo em seguida, eu me amarro no cinto de segurança. No trajeto, nas estradas, nas perigosas descidas, nas constantes derrapadas, ele é o melhor salva-vidas.

INSTRUI O POVO! Final de século! Às portas do terceiro milênio, ainda é alta a porcentagem de analfabetos, principalmente nos países subdesenvolvidos. O drama da evasão escolar no Brasil, sobretudo nos primeiros anos da Escola Primária, e o da repetência, são assustadores, exigindo esforços que a qualquer custo deverão ser enfrentados. Não se pode abrir mão da maior riqueza, o ser humano, como parte decisiva para o desenvolvimento. Acorda Brasil!... O analfabetismo é uma das causas que contribui para manter imensas multidões na condição de subdesenvolvimento. O papa João XXIII já dizia que “a fome de instrução não é menos deprimente que a fome de alimentos: um analfabeto é um espírito subalimentado.” Que critérios usar? Conseguiremos mudar este quadro? Convocados às urnas para democraticamente expressarmos nossa vontade política, devemos fazê-lo com responsabilidade, com seriedade, pois o futuro do nosso povo, com tantas necessidades, dependerá de nossa decisão. Enquanto isto, fiquemos com o pensamento de Chuang-Tzu: “Se teus projetos são para uma ano, semeia o grão; se são para dez anos, planta uma árvore; se são para cem anos, instrui o povo.”

5

Setembro/96 - Astros & Estros

SONETOS & ASTROS (Soneto-Poesia Clássica devidamente metrificada e rimada, agrupada em dois quartetos e dois tercetos)

O ETERNO SONETO Aníbal Albuquerque Escrevem que o soneto é do passado. Que morreu ou por fim está morrendo. Que compor um soneto ou cantar fado é demonstrar velhice ou gosto horrendo.

INGRATIDÃO Raul de Leoni Nunca mais me esqueci!... Eu era criança E em meu velho quintal, ao sol nascente, Plantei, com a minha mão ingênua e mansa, Uma linda amendoeira adolescente.

Catorze versos bem metrificados, em sua forma rígida, contendo temas vários, porém, selecionados: ele será eterno, assim entendo.

Era a mais rútila e íntima esperança... Cresceu... cresceu... e, aos poucos, suavemente, Pendeu os ramos sobre um muro em frente E foi frutificar na vizinhança...

Foi forma de Petrarca e de Camões, do barroco Gregório, mas também árcades, simbolistas, parnasianos,

Daí por diante, pela vida inteira, Todas as grandes árvores que em minhas Terras, num sonho esplêndido, semeio,

em sonetos, cantaram ilusões, com versos ricos, fortes, que, porém, mais belos ficam ao passar dos anos.

Como aquela magnífica amendoeira, Eflorescem nas chácaras vizinhas E vão dar frutos no pomar alheio...

ESTROS & TROVAS (Trova- quatro versos setissílabos rigorosamente metrificados e rimados)

CENTENÁRIO DE CARLOS GOMES Quando se fala de música brasileira do século XIX o primeiro nome que nos vem à mente é, sem dúvida, o de Carlos Gomes. Compositor e maestro, Antônio Carlos Gomes, nasceu em Campinas, São Paulo, em 11-07-1836 e morreu em Belém, Pará , em 16-09-1896. Seus restos mortais foram trasladados para Campinas. Tinha quinze anos quando começou a compor peças musicais, incluindo modinhas e valsas. Compôs a canção de rara beleza e romantismo, “Quem Sabe?”, célebre em todo o país. Entre outras obras destacam-se: A Noite no Castelo, Joana de Flandres, a ópera Fosca, O Escravo, Maria Tudor, Condor, Salvador Rosa. Sua ópera “O Guarani” atingiu a glória nacional sendo prefixo do programa de rádio “A VOZ DO BRASIL”. Inspirada no livro de José de Alencar que tem o mesmo nome, foi apresentada pela primeira vez, no Teatro Scala de Milão. Nosso primeiro compositor cujas obras atravessaram as fronteiras do Brasil.

“Os ideais são como as estrelas, tocá-los com a mão, não o conseguireis. Mas como os navegantes no deserto do oceano, podeis escolhê-los como guias, e seguílos até alcançardes vossa meta.” (Carl Schurz)

Os lábios rubros da tarde Beijam de leve o poente. E a noite, fria e covarde, Esses momentos não sente. Abel B. Pereira

Tu foste, amor, a incerteza e a minha infelicidade!... -Primavera de tristeza que me enlutou de saudade. P. de Petrus

Quando a mão busca outra mão E, sem rodeios, perdoa, Dá-se tão bela união Que Deus bendiz e abençoa. Alaôr Eduardo Scisinio

As amizades e o amor merecem de nossa parte os cuidados de uma flor do contrário o elo parte. MacDowell P. de Brito

Violências se eliminam com trabalho, escola e pão, não com leis que discriminam quem tem direitos ou não. Dalmir Penna

Amando a Pátria querida, bem mais que à própria existência, TIRADENTES deu a vida pela nossa INDEPENDÊNCIA! Francisco Assis Menezes

Verdade de alto valor que às vezes fica escondida: Chave doirada é o Amor Abrindo as portas da vida. Miguel J. Malty

Jesus nos deixou a cruz Com a qual nós expiamos, Também deixou sua luz Sob a qual nós caminhamos. Hilton da Cruz Gouveia

É a bebida que conduz os homens à perdição: Tira a beleza da luz e a luz de sua razão. Constantino A. Gonçalves

O salto ao longe ressoa, Beijando o verde da mata; E a aura do sol abençoa, O despencar da cascata. Agostinho José de Souza

Do Verão à Primavera, em momentos de ilusões, a minha alma se exaspera buscando mais emoções. Walter Siqueira

O arco-íris tão bonito e de tão finos arranjos, é só o varal do infinito secando a roupa dos anjos. Amália Max


6 CORRESPONDÊNCIA NINA TUBINO-Brasília-DF Você é mais uma voz plantando poemas neste mundo tão torto. Plantar poesia espalhando afeto e melodia é o que de melhor podemos fazer pela humanidade. Quem sabe um dia... nos ouvirão e os caminhos serão menos duros. Parabéns, em teu “Astros e Estros” encontrei-me com muitos amigos daqui e distantes, isso é bom. ... EDSON LOBO TEIXEIRA-Presidente da Academia Calçadense de Letras-São José do Calçado-ES Com entusiasmo e muita alegria, recebi os nºs 03 e 04 do Boletim “Astros e Estros”, orgulho do vale do Itabapoana. Com profundo contentamento, a Academia Calçadense de Letras recebeu o nº 04 do referido Boletim, que já é sucesso porque tem como fundadora, editora e redatora uma pessoa de indiscutível talento como você. Além de outros trabalhos publicados em “Astros e Estros”, os seus dão um brilho especial, comprovando, assim, mais uma vez, que você está no caminho certo. Em meu nome e da Academia Calçadense de Letras - confraria que se orgulha de tê-la como membro - agradeçolhe e parabenizo-a por enriquecer a cultura nacional. Receba os nossos afetuosos aplausos! AGOSTINHO RODRIGUES-Rio de Janeiro-RJ Saúde, paz e progresso sempre. Quero agradecer a nota publicada na página 07 sobre o falecimento do inesquecível professor e jornalista Modesto de Abreu. Encaminhei a página à ilustre e intelectual acadêmica, professora e jornalista Dina Britto, esposa do falecido e atual Presidente de Honra da Aila, já que exercia o cargo de VicePresidente de Honra. “O Dia dos Pais” pelo contido no alternativo nº 04/ 96 editado pela intelectual confreira ficou magnífico bem como os demais assuntos publicados. ... HUMBERTO DEL MAESTRO-Serra-ES Tenho recebido periodicamente o lindo Boletim Alternativo “Astros & Estros”, Prosa & Poesia, de sua bondade, e feito leitura dos mesmos. Todos estão registrados em minha coluna, que está indo como um poema de Drummond... devagar. ... E fico por aqui. Felicidades, poetisa! P. DE PETRUS-Rio de Janeiro-RJ ... Quero associar-me às manifestações de júbilo de todos os poetas e trovadores que lhe escreveram e que tiveram suas cartas publicadas nesse nº 04, que, por sinal, está uma beleza na seleção das trovas e poesias! Os sonetos em homenagem ao “Dia dos Pais”, maravilhosos! O seu trabalho é bom e valoriza os poetas que têm o privilégio de constar em “ASTROS & ESTROS”, muito bem impresso, de perfeição, também, o trabalho do Revisor (a), tendo, em tudo, aquele “toque” bem feminino que é o seu, querida Vera Maria, no planejamento e na coordenação e na apresentação delicada ao leitor. Creia-me seu admirador. Parabéns. RUBENS DIAS DOS SANTOS-São Gonçalo-RJ Serve a presente para solicitar informações de como

Setembro/96 - Astros & Estros

poderei proceder para receber o Informativo Literário editado/ distribuído por V. S.ª Aproveito para esclarecer que, como escritoramador e pós-graduando em Literatura, esse material será de grande valia, inclusive como parte da pesquisa de minha Tese. LAÍS COSTAVELHO,editor-Rio de Janeiro-RJ Seu Astros e Estros (nº04) está de melhor qualidade e digno da poesia brasileira. Tomara que você receba de todos o apoio merecido. De minha parte estarei sempre ao seu lado, apoiando e divulgando o seu trabalho. ... JESSÉ NASCIMENTO-Rio de Janeiro-RJ ... Devemos reconhecer que “Astros & Estros” é uma das melhores publicações literárias alternativas. Muito bem editada, com bela diagramação e excelentes trabalhos selecionados. Todos os meses, já aguardo com ansiedade o recebimento de um novo exemplar. Muito bom o reencontro com os amigos de literatura através das páginas de “Astros & Estros”, quer nos sonetos ou nas trovas. ... significativa e marcante publicação, pela beleza poética que suas páginas nos transmitem. Quero crer que “Astros & Estros” tornou a cidade de Bom Jesus do Itabapoana ainda mais conhecida em nosso querido Brasil... SUELLY CORRÊA GOMES-Pelotas-RS ...aqui seu Astros & Estros. Como está crescendo a divulgação poética! Todo dia recebo jornais, alternativos, boletins, nas mais variadas formas e apresentações. O seu já nasceu bem vestidinho, limpinho, agradável... ótimo enfim! ...grande abraço e VITÓRIA! AGOSTINHO JOSÉ DE SOUZA-Cachambi-RJ Acuso o recebimento do exemplar nº 04 de Astros & Estros, através das mãos do meu grande amigo e trovador Haroldo R. de Castro, que comigo trabalha no BOLETIM DE MAGÉ. Quero felicitá-la pelas excelências deste seu Boletim e associo-me àqueles... ...Gostei muito dos poemas “Duque de Caxias”, “Sol Agonizante”, “Ave-Maria”, embora os outros também muito bons. A página da trova estava impecável. Adorei a trova de Adélia Victória Ferreira e a do Joamir Medeiros. Finalizando, receba, mais uma vez, os meus aplausos por esse trabalho bonito e não deixe que ele morra no nascedouro. ... MARTINHO CONDE-Belém-PA Através do poetamigo J. Cárdias, que me enviou seu Boletim Alternativo Astros & Estros, nº 04, Ano I, de agosto de 1996, pude tomar conhecimento de seu trabalho. Quero parabenizá-la pelo excelente trabalho de divulgação poética que você faz através de seu alternativo. Segue em anexo o nosso “SÓ POESIAS”... JACY GÊ DE ALMEIDA-Ferraz de Vasconcelos-SP O Movimento Cultural “Ação Poesia” agradece

3

Setembro/96 - Astros & Estros

RESTA UMA PRECE Severino de Oliveira Borges Era assim antigamente, A alegria da criança e o perfil do adolescente - clarões vivos de esperança. Mas a poluição do mal fez a cizânia crescer no abençoado trigal. Hoje a droga que deprime, já invadiu a escola e o lar: Aprendizado do crime, profanidade do altar. E o desastrado menino, correndo atrás de ilusões joga fora o seu destino. Da juventude o caminho, iluminai-o Senhor. Há por aí tanto espinho de raro em raro uma flor.

DEUS DESCE! Paulo Nunes Batista

De asas acesas sobre mim Deus desce! Com toda minha atroz Insignificância, Deus me dá Seu Amor todo Abundância na Beleza que em Luzes resplandece! Deus ouviu algum dia Aquela Prece que vem das Praias Líricas da Infância... E no Gosto do Bem e na Fragrância do Amor, as Flores brilham na Alta Messe!... Quem sou eu, esse Pobre Pequenino para a Deus receber? O Sol divino nada pergunta. Apenasmente brilha! E cheio desse Sol, pegando fogo vou vida afora ouvindo o humano Rogo e mostrando de Deus a Maravilha!...

JARDIM DA SAUDADE Nina Tubino

Minhas orquídeas floridas lembram cantos de pássaros em primaveras bonitas. Meus gerânios, de saudades são formados, mostrando uma etapa florida da primavera da vida. E esta violeta solitária, humilde flor do coração, é a lembrança bonita da tua e da minha paixão. Escuto balidos... Abro a janela com sono: - Apenas as estrelas.

Eu era menino e a lua morava logo por trás da montanha

HUMBERTO DEL MAESTRO “O SEGREDO DA FELICIDADE É FAZER DO SEU DEVER O SEU PRAZER.” Ulisses Guimarães

TRÊS MARIAS Carlos Alberto Malta Carpi Sorria Maria! Maria sorria para mim. Ponha minhas mãos por entre as suas Aos pés do Menino Jesus. Ilumine Maria! Maria ilumine a mim. Irradie das suas mãos para as minhas Bênçãos e graças de Amor e Paz. Ore Maria! Maria ore por mim. Envie das suas mãos para as minhas Contas das contas do teu Rosário. ANOITECER Juçara Gonçalves Lima Bedim O céu, como um véu nublado. No ar, uma brisa leve. Nas montanhas, um verde aveludado. De longe um murmúrio leve, do rio que corre lânguido. Em suas águas que descem chorosas, o reflexo do brilho da cidade. Em tal hora ainda mais formosas pelas cambiantes cores do poente da tarde. A tranqüilidade se faz sentimento. Momento sublime de êxtase total. Diante da beleza do firmamento, chora, clama, ama este pobre mortal. 174 ANOS Suelly Corrêa Gomes Eis que ouviram o teu brado retumbante, enxergaram teus bosques, tuas flores, viram teu seio resplender amores: brilhava o sol da Pátria nesse instante! Brasil, onde teu reino de esplendores? Esse orgulho de fé, em ti, constante? Liberdade sustenta esse Gigante? Amor capaz de aliviar horrores? E quem, por ti, enfrenta a própria morte? Ou abre mão do ganho escorchante que te aniquila a orbi sufocada? Sem continência querem mais da sorte: mais dinheiro, mais taxa exorbitante! Ó pobre Pátria, salve, salve, amada!

TREVAE LUZ Sólon Borges dos Reis Não te aflijas, se há trevas. É que, depois do inverno, é certa a primavera, e não há noite que não gere a madrugada, nem madrugada que não ceda ao dia. Este vazio há de ceder mais tarde... Como o embrião que dorme dentro da semente, da noite espessa nascerá a luz.

Astros e Estros Setembro 96  

Edição Setembro de 1996

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you