Page 1

9 5%

junho - 2015

Campanha Salarial 2015/2016 ABC e região

Vencemos!!!

Conquistamos reajuste de L

utamos, e conquistamos reajuste de 9,5%. Por ampla maioria, os trabalhadores decidiram aceitar a proposta apresentada pelo Sindicato patronal. Em assembleia avaliaram os avanços nas negociações e optaram em aceitar as propostas, a Campanha Salarial 2015-2016 do ABC continua com negociação por empresa, que tem como parâmetro mínimo as propostas aprovadas. Avançamos em questões importantíssimas, como a aprovação da obrigatoriedade de uma folga mensal aos domingos e o aumento significativo do piso. Os patrões estavam irredutíveis e não se propunham a conceder nem o índice da inflação acumulada no período. Não poderíamos aceitar, e não aceitamos essa proposta estapafúrdia. Pressionamos, decretamos a greve e a deflagraríamos, caso não apresentassem uma proposta decente. Mais uma vez ficou provado que com união, Sindicato e trabalhadores são imbatíveis! Vencemos a intransigência dos patrões. Conseguimos a reposição da inflação acumulada e aumento real, além de garantir a manutenção de todas as cláusulas anteriores. AVANÇOS CONQUISTADOS O reajuste salarial de 9,50%. Sendo em duas etapas, 8,76% em 1º de junho de 2015; e a partir de 1º de novembro de 2015, 0,74% como complementação. Fechamos o Acordo Coletivo

fotos: Paulo Rogério “Neguita”

Aprovação da proposta patronal, durante Assembleia na Subsede do ABC, em Santo André

garantindo um ótimo aumento do piso, que passa a ser, a partir de 1º de junho, R$ 1.163,73; e a partir de 1º de novembro, R$ 1.180,00, para empresas com até 60 empregados. Já, para empresas com mais de 60 empregados o piso, a partir de 1º de junho, passa a ser R$ 1.250,74; e a partir de 1º de novembro, R$ 1.270,00. (Veja a tabela com os novos valores dos pisos e abonos na pág. 8). DIA DO PADEIRO, REAJUSTE e ABONO Em reconhecimento pelo dia do trabalhador da categoria, 13 de junho, cada funcionário será remunerado com um abono no valor de R$ 160,00, com pagamento até 30

DIREITO NÃO SE REDUZ, SE AMPLIA! Padeiros participam das mobilizações pelos diretos dos trabalhadores. Saímos nas ruas para protestar. Para fazer valer nosso desejo, nosso voto, nossos direitos. Pág 2 e 3

Ato na Paulista Junho - 2015

de junho. Os abonos salariais: para empresas com até 15 funcionários, R$ 215,00; para empresas entre 16 e 40 funcionários, R$ 390,00; e para empresas com mais de 41 funcionários, R$ 570,00. Os abonos serão pagos, 50% em janeiro de 2016, e 50% em abril de 2016, isso para trabalhadores admitidos até 31 de dezembro de 2015, desde que aprovados no período de experiência de 90 dias. Agradecemos aos trabalhadores participantes. Somente conseguimos avançar com união e mobilização de todos os companheiros. Lembramos que, caso a empresa em que você trabalha não repasse os índices de reajuste ou não cumpra as demais

cláusulas, entre em contato com o Sindicato e denuncie. Continuaremos trabalhando juntos na defesa das garantias e direitos dos sindicalizados. Nenhum direito a menos! UMA FOLGA MENSAL AOS DOMINGOS Uma das folgas mensais dos trabalhadores obrigatoriamente deverá coincidir com o domingo, a partir de 1º de julho de 2015. Caso a empresa não conceda esta folga aos domingos será obrigada a dar uma folga extra, ou seja, a 5ª folga mensal ou indenizar esse dia com o adicional de 100% previsto na CCT.

Comemoração: Dia dos Padeiros

Com muita alegria, o Sindicato dos Padeiros manteve sua tradição e recebeu a comunidade para participar das comemorações pelo Dia dos Padeiros, no dia 12 de junho. Pág. 7

Bênção dos Pães 1

A Massa - Junho/2015  
A Massa - Junho/2015  
Advertisement