Page 1

Estudantes comemoram Dia Nacional do Estudante com campanha que pretende obter respostas do Governo ● ● ●

No âmbito das Comemorações do Dia Nacional do Estudante, será lançada hoje uma campanha que procura dar a conhecer os problemas que os estudantes do Ensino Superior enfrentam Utilizando o mote “Sabias que…?” e com o hashtag de resposta “#eusei”, os estudantes procuram as respostas que dizem que o Governo não confere Pretende-se ainda garantir reuniões com diversos decisores políticos

Lisboa, 7 de março de 2018 Todos os anos, a 24 de março, os estudantes celebram o Dia Nacional do Estudante com o intuito de recordar as dificuldades e obstáculos enfrentados na década de 60, aquando da crise académica vivida em Portugal. Para as celebrações deste ano, o movimento associativo nacional organizou uma campanha de sensibilização – com início no dia de hoje - que pretende alertar para a falta de diálogo dos diversos atores políticos e agentes do Ensino Superior com os estudantes. Para o movimento associativo estudantil, responsável por esta mesma campanha – constituída por algumas das principais federações e associações académicas e de estudantes do país -, assiste-se hoje a uma falta de visão e estratégia governativa relativamente ao Ensino Superior. Os estudantes têm vindo a mostrarse frequentemente desapontados com a postura adotada pelo Ministério, que não tem efetivado as soluções e recomendações dos estudantes. Surge assim a ideia para a campanha que marca o mês de março deste ano – reivindicar respostas e tomadas de consideração. Em junho de 2015, o movimento associativo nacional decidiu apresentar um documento com um conjunto de reivindicações sufragadas por todas as Associações Académicas e de Estudantes em sede de Encontro Nacional de Direções Associativas mas foram escassas as matérias que foram levadas em consideração por parte da tutela. Por diversas vezes, no entanto, continuaram as várias federações e associações académicas e de estudantes a manifestar-se relativamente a assuntos relacionados com o Ensino Superior – sendo que a falta de respostas continuou a verificar-se. A apresentação do relatório preliminar da OCDE no passado dia 9 de fevereiro só veio, por isso, dar ainda mais força a esta campanha. “Foi assim que tivemos a confirmação de que a nossa voz não estava a ser ouvida”, explicam os estudantes por trás desta iniciativa. O facto de a grande maioria das conclusões apresentadas pela OCDE, no âmbito da avaliação ao sistema de Ensino Superior, Inovação e Desenvolvimento, irem ao encontro de soluções já antes propostas pelo movimento associativo nacional e, consequentemente, ignoradas foi a gota de água. Nas próximas semanas, os estudantes pretendem então, com uma comunicação simples mas celebrativa, dar a conhecer algumas das problemáticas identificadas no Ensino Superior e que continuam a carecer de resolução. É uma campanha lançada pelas redes sociais, onde os jovens passam grande parte do seu tempo, e que permitirá divulgar algumas das fragilidades que afetam diariamente os estudantes do Ensino Superior, versando sobre 3 temas considerados prioritários: Rede de Ensino Superior, Abandono e Ação Social e Financiamento e Investigação. A campanha promovida pelas Federações e Associações Académicas e de Estudantes terá como protagonistas os estudantes e terá como principal mote “Sabias que?”, com o objetivo de elucidar os mesmos para temáticas que têm vindo a ser descartadas pela tutela no que toca ao Ensino Superior. A utilização da hashtag “#eusei” pretende transmitir a mensagem de que os estudantes conhecem melhor os seus problemas do que quem tutela as pastas da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Para o dia 24 de março, os responsáveis estudantis já solicitaram uma audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o Primeiro-Ministro, António Costa e com Manuel Heitor, Ministro


da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, que pretendem receber em Portalegre dando o sinal claro de que o interior do país também é uma prioridade para as Federações e Associações Académicas e de Estudantes.

Nota Imprensa: Dia Nacional do Estudante  
Nota Imprensa: Dia Nacional do Estudante  
Advertisement