Page 1

ANO 11 :: NÚMERO 53 :: SETEMBRO :: 2013 :: www.aar3.com.br

Nossos parquinhos!!! Pág. 2

A partir da esquerda, as amigas Letícia (8), Isabella (9) e Sabine (8), em momento de pura diversão no parquinho localizado entre as Alamedas Ubatuba e Bertioga.


Página 2 Setembro/2013 Alpha Três

Editorial

A

migo morador, nosso periódico interno chega à 53ª edição. Nós da Diretoria Executiva agradecemos o prestígio de todos os leitores a este que em suas breves 4 páginas registra parte de nossa história.

Nesta edição abordamos diversos temas. A matéria de capa tem o objetivo de incentivar nossos moradores a utilizarem os parquinhos e o arvorismo, destinados às crianças e adolescentes. Nossa principal estação elevatória de esgosto, responsável por 30% do Residencial 3, está na fase final da reforma. Já a coluna Gerações do 3 apresenta uma entrevista interessante

Capa

AAR3 - Cotidiano Lavagem das Alamedas Semanalmente nossas vias recebem limpeza com jato de água do caminhão pipa. A água utilizada não é potável, sendo de reuso, adequada para essa finalidade. Economia de água potável Alertamos os moradores sobre a importância da economia de água potável. Evite o desperdício ao lavar automóveis e quintais. Piscinas Devem ser tratadas, também, nas estações mais frias do ano (outono e inverno). Essa prática evita a proliferação de insetos nocivos à saúde do ser humano. Animais (1) Tenha em mente que animais de estimação necessitam de atenção e cuidados especiais. Com isso, destacamos a importância dos proprietários de cães, quando em passeios pelas áreas comum, para recolherem as fezes e as depositarem no lixo. Animais (2) Cães de grande porte, ferozes ou sem raça definida devem ser conduzidos na coleira e com guia curta. Por mais que seu animal seja dócil com você e com os membros de sua família, é sabido que ele pode atacar pessoas estranhas ao convívio dele. É melhor prevenir do que lamentar. Pense nisso! Obras e Reformas Antes de construir ou reformar, com ou sem acréscimo de área entre em contato com o Departamento Técnico da AAR3. Evite transtornos!

com nosso Diretor de Segurança, Acácio V. Lourenção Júnior, que explana sobre as ações e diretrizes de sua pasta. Com o objetivo de facilitar o acesso aos associados à movimentação financeira da A A R 3, na página 2, voltamos a publicar o balancete patrimonial (levantado em 31 de julho de 2013). A apresentação está no modo simplificado. O modo analítico está disponível no site: www.aar3.com.br

Enfim, a 53ª edição do nosso jornal Alpha Três está repleta de informações sobre nosso querido e amado Residencial 3. Desejamos a todos uma ótima leitura.

Diretoria Executiva Associação Alphaville Residencial 3

..................................................Nossos Parquinhos..................................................

A

ssociados, nosso Residencial possui diversos equipamentos sociais, esportivos e de lazer que estão à disposição de todos os moradores. Nesta edição destacamos os três parquinhos e o arvorismo, espaços que a Diretoria incentiva o uso. Cada parquinho está equipado adequadamente para a diversão das crianças e possuem: escorregas, balanços, gaiola, agradável

área verde, sinalização de segurança, bancos, lixeiras e amplos espaços para convivência. Já o arvorismo têm os itens construídos em madeira, pneu e cordas. Salientamos que o acompanhamento de um responsável, durante a diversão dos baixinhos, é importante para a segurança. A babá, Sandra Nascimento, da linda Giovanna (3), que é moradora da Alameda Guarujá, leva a pequena ao

parquinho, todos os dias. «O espaço é muito bom e a Giovanna se diverte muito nos brinquedos. Recomendo os parquinhos para todas as crianças», ressalta Sandra.

Circuito de arvorismo

..........................................Estação elevatória de esgoto..........................................

V

ocê sabe para onde vai o esgoto que produzimos em nossas casas? A resposta é simples, para a rede da Sabesp. Porém, existe toda uma infraestrutura em nosso residencial que, ininterruptamente

desempenha esse trabalho. O Residencial 3 possui quatro e s t a ç õ e s e l e va t ó r i a s q u e s ã o responsáveis pelo deslocamento de 50% do esgoto que produzimos em nossas casas. Essas estações transportam esse líquido até certo

ponto, a partir do qual, por gravidade, desloca-se para a rede da Sabesp. Atualmente a principal e s t a ç ã o e l e va t ó r i a d a A A R 3 (responsável por 30% do esgoto), localizada na Alameda Itanhaem, foi reformada. Foram realizados os serviços de substituição da bomba nemo, instalação de nova tubulação, adequação da base de concreto com espaço para instalação de bomba reserva e implantação de novo painel de controle. Vale salientar que as outras três estações elevatórias, são responsáveis (juntas) pelo deslocamento de apenas 20% do esgoto, uma vez que o restante (50%) é movimentado pela força da gravidade para a rede da Sabesp. As estações elevatórias são monitoradas pelo Departamento Técnico e recebem manutenção preventiva prestada por empresa terceirizada.

Velocidade Respeite o limite de velocidade em nossas Alamedas que é de 20Km/h. Nosso Residencial não possui passeio e com isso, as vias são utilizadas, também, por pedestres, carrinhos de bebê, skate, bicicletas dentre outros.

O jornal ALPHA TRÊS é uma publicação da Associação Alphaville Residencial 3 Av. Yojiro Takaoka, 2.411, Alphaville - Santana de Parnaíba - SP - www.aar3.com.br - E-mail: comunicacao@aar3.com.br - Telefone: 3787-4599 Diretoria Executiva - Presidente José Carlos Coelho - Diretor Financeiro Mário Vieira Filho - Diretor Administrativo Gilmar Neves dos Santos Diretor Técnico Hu Peir Jyh - Diretor de Segurança Acácio Valdemar L. Júnior - Diretor Social Vago - Gerente Geral Ricardo A. Jimenez Jornalista Responsável Claudinei Tavares MTB: 31.821/SP - Fone: (11) 9.8222.8033 - (11) 7784.5211 / e-mail:claudinei.oct@uol.com.br


Página 3 Setembro/2013 Alpha Três

Gerações do 3

A

ssociados, para esta edição trouxemos uma entrevista com o Diretor de Segurança da Associação Alphaville Residencial 3, o Sr. Acácio V. Lorenção Júnior, que reside na Alameda Guarujá há 11 anos é casado com a Sra. Vandira, com quem tem dois filhos, Beatriz e Victor. O Sr. Acácio foi Diretor de Segurança deste Residencial por quatro anos, reassumindo novamente em 2013. Neste intervalo, atuou como Conselheiro da AAR3 por dois anos. Além de gostar da área de segurança nosso entrevistado estuda o assunto. O principal objetivo desta entrevista é esclarecer para os moradores, principalmente para os mais recentes, como funciona a Segurança do nosso Residencial e quais são os direitos e deveres de cada um, de acordo com o pressuposto: o sucesso de uma sociedade organizada depende da participação positiva de cada indivíduo/associado. J O R N A L - Sr. Acácio, antes de iniciarmos o tema segurança, como conheceu Alphaville? SR. ACÁCIO – Eu cresci na Região de Carapicuíba/Osasco, e assim o contato com Alphaville foi constante. JORNAL – Como e quando chegou ao Residencial 3 ? S R . A C ÁC I O – Eu sempre quis morar em Alphaville, de preferência até o Residencial 4, pela localização (antes da U N I P ). Surgiu uma oportunidade de compra de uma casa no Residencial 3, dentro das minhas possibilidades. Não pensei duas vezes. Adoro viver aqui, tenho amigos, a turma do futebol é fantástica, temos academia, etc. JORNAL – Em todos esses anos, quais as mudanças mais relevantes que o senhor notou em Alphaville, tendo como base a época em que chegou aqui com a família? S R . A C ÁC I O – A principal mudança é o crescimento urbano, o que gera consequências boas e ruins. Eu trabalho e moro em Alphaville, e isso somente foi possível graças ao desenvolvimento do bairro. De qualquer forma, Alphaville ainda é u m l u g a r ó t i m o p a r a v i ve r e trabalhar. Sou muito realizado aqui. JORNAL – No quesito segurança, qual é a sua avaliação sobre o bairro Alphaville? S R . A C ÁC I O – Estamos bem. Sempre temos um probleminha aqui, outro ali, mas isto é inevitável devido ao desenvolvimento. JORNAL – Em sua opinião, o que deve ser feito para que os cidadãos de bem voltem a ter aquela sensação

de segurança que existia no passado (extramuros)? S R . A C ÁC I O – Reavaliação e reestudo pelo Poder Público do impacto provocado com a inclusão de novos projetos imobiliários, gerador de aumento no fluxo de veículos e transeuntes, não absorvido pela infraestrutura atual, talvez implementando uma linha metroviária local, interligando os residenciais às faculdades e centros comerciais. Investimento em tecnologia, notadamente na troca de informações entre os residenciais, primando por um banco de dados dos prestadores de serviço integrado. JORNAL – Podemos afirmar que o Residencial 3, é um lugar seguro para os associados viverem com suas famílias? S R . A C ÁC I O – Com certeza. Mantemos um Corpo de Segurança capacitado para atender qualquer situação emergencial, tais como princípio de incêndio, primeiros socorros, dentre outros. Em situações excepcionais, efetuamos acompanhamento do morador, com acidente de trânsito ou eventual acidente doméstico. JORNAL – Qual é a real função da Diretoria de Segurança de um Residencial? S R . A C ÁC I O – É a gestão do complexo de serviços, que permite detectar e prevenir riscos comprometedores, do bem estar físico e patrimonial do morador do Residencial. As decisões sempre são tomadas em conjunto, com o nosso competentíssimo Presidente Sr. Coelho, nosso criterioso Diretor Financeiro, Sr. Mário, nosso atento Diretor Administrativo, Sr. Gilmar e o nosso observador Diretor Técnico, Sr. Hu. A gestão também seria impraticável, sem a vibrante atuação do nosso Gerente Administrativo Sr. Ricardo e equipe e do nosso focado Supervisor de Segurança, Cel. Luiz Claudio Galvão e equipe. J O R N A L - Como funciona a Diretoria de Segurança do Residencial 3? SR. ACÁCIO – O Diretor, através do Supervisor e Encarregados identifica os riscos e, proativamente, planeja e estipula planos de ação que permitam minimizar ou inibir a incidência em desconformidade. J O R N A L – Quantos vigilantes atuam no Residencial 3, e como é a jornada de trabalho do efetivo? SR. ACÁCIO - Contamos com 56 colaboradores que atuam em três turnos de serviço, em regime de 4 x 1, com rodízios de 2 folgas dominicais mensais. J O R N A L – Periodicamente a segurança é atualizada? SR. ACÁCIO – A reciclagem é a ferramenta que permite mantermos

nossos colaboradores sempre atualizados. O efetivo é submetido a esse processo a cada dois anos. Independente disso, bimestralmente reunimos nossos colaboradores para avaliação de resultados, onde a p r o ve i t a m o s a o c a s i ã o p a r a repassarmos as diretrizes e procedimentos. No início do trabalho, também, utilizamos de 10 a 15 minutos para transmitir determinações e novas ordens. JORNAL - Em que estágio está a modernidade da Segurança no Residencial 3? S R . A C ÁC I O – As novas tecnologias avançam a passos galopantes, com isso, procuramos acompanhar a modernidade. Contamos atualmente com a informatização, monitoramento e rondas eletrônicas. Estamos em fase de planejamento e aprovação pelo Conselho Deliberativo da A A R 3 para instalação do módulo da Cidade Digital, onde todos os processos de telefonia, monitoramento via endereço I P , intranet, wi-fi, triagem, monitoramento da cercania pelo subsolo e elétrica serão integrados. O projeto, passando pelo Conselho (este muito diligente) será levado à Assembleia, para aprovação dos moradores. J O R N A L – Sabemos que a segurança do Residencial 3 (assim como a de todos os Residenciais) é patrimonial e que os vigilantes não têm poder de polícia. Diante dessa realidade, como o associado deve se comportar para colaborar com a eficiência da segurança? S R . A C ÁC I O – Por conta desta particularidade, são elaboradas as Normas de Convivência, que, quando respeitadas, permitem a harmonia e respeito entre os moradores, o que reflete a ideia de Segurança Comunitária, uma característica da boa convivência das cidades interioranas com população entre 2 e 3 mil habitantes. JORNAL – Em algumas situações d e d i s c ó r d i a ( e n t r e associado/associado, ou associado/associação), o motivo está na falta do conhecimento sobre o Regulamento Interno. Como a Diretoria atua nesses casos? S R . A C ÁC I O – Buscamos sempre a harmonia entre os discordantes, orientando quanto ao conteúdo das Normas, mas, em raros casos cientificamos formalmente ambas às partes quanto à inobservância do Regulamento e, na reincidência, adotamos as providências previstas

no Regulamento Interno. Em casos extremos, na Lei. J O R N A L – Quais são os limites legais de atuação da Segurança do Residencial? S R . A C ÁC I O – O Código De Processo Penal reza, no art. 301º: “Qualquer do povo poderá e as autoridades policiais e seus agentes deverão prender quem quer que seja encontrado em flagrante delito”. O Residencial é uma área pública, portanto, a atuação da Segurança no perímetro afeto a AAR3, limita-se a inibir, através das rondas ostensivas, a ocorrência de fatos que provoquem riscos à integridade física e patrimonial dos moradores. Acaso ocorram fatos que extrapolem os limites de atuação dos agentes, os órgãos públicos são acionados, mediante comunicação ou encaminhamento da ocorrência. JORNAL – Deixe uma mensagem para os moradores, sobre as diretrizes de atuação da Diretoria de Segurança da AAR3, em prol dos interesses dos associados. S R . A C ÁC I O - O convívio em sociedade é marcado pela indispensável observância às regras pré-estabelecidas. Se algum morador entender que não se deve observar as regras estatutárias ou do Regimento Interno, prejudicará a Segurança e o bem estar de toda coletividade. Obviamente que, com a conscientização de todos para o bem estar da coletividade, será cada vez menor o número de ocorrências negativas que teremos, reduzindo-se assim a aplicação de multas aos associados que, ainda, insistem em deixar de cumprir com suas obrigações. Associados, façam suas críticas, através do meu e-mail advogados@acaciojunior.com.br , ou do nosso Supervisor de Segurança, Cel. Luiz Claudio Galvão supseg@aar3.com.br , façam comentários e sugestões, pois tenho a plena convicção de que cabe a cada um de nós, preservar os padrões de qualidade, que fazem com que a Associação Alphaville Residencial 3, seja, cada vez mais, um empreendimento de reconhecido sucesso.


Página 4 Setembro/2013 Alpha Três

...................................Vem aí: DAY TOURNAMENT TENNIS..................................

T

enistas do Residencial 3, a Diretoria Executiva está preparando o 1° Day T o u r n a m e n t Te n n i s , q u e acontecerá no dia 28 de setembro no Centro de Vivência. As inscrições serão abertas no dia 2 de setembro, e poderão ser efetivadas diretamente com os professores da L M Sports (empresa responsável pelas atividades esportivas na AAR3).

As regras e categorias que estarão em disputa serão estabelecidas de acordo com o número de inscritos. Informações

complementares podem ser obtidas através do tel. 99629-5992, com o coordenador da LM Sports, Luciano Matheus.

...................................................Escolarização de adultos..................................................

P

rezado morador, você que tem, ou conhece funcionário ou prestador de serviço da A A R 3 não alfabetizado, encaminhe-o para as aulas de escolarização de adultos que são ministradas em nosso Residencial. O p r o g r a m a é direcionado para pessoas que não tenham concluído a 1ª, 2ª, 3ª ou 4ª série do ensino fundamental.

As aulas são gratuitas (inclusive o material didático) e são ministradas às terças, quartas e quintas-feiras, das 16h30 às 18h30, na sala de aula ao lado da Administração. Va l e s a l i e n t a r q u e o aprendizado é oficial e capacita o aluno a prosseguir com os estudos a partir da 5ª série do ensino fundamental na rede pública, e com vaga garantida.

Dança de Salão é na AAR3

M

orador, em nossa grade esportiva temos a Dança de Salão, uma atividade física que proporciona prazer e condicionamento. As aulas, que acontecem no piso superior da academia, às segundas e quintas-feiras, das 20h às 21h30, são divididas nas categorias iniciante, intermediário e avançado. Atualmente cerca de 20 moradores participam das aulas do professor Maurício e as inscrições estão abertas. Deixe o sedentarismo de lado e venha se divertir e exercitarse conosco!

...............................................................Programação de férias agitou o Residencial 3..............................................................

A

s c r i a n ç a s e adolescentes do Residencial 3 se divertiram nas férias de julho com a programação de férias. O Brincando nas Férias foi realizado no Centro de Vivência entre os dias 16 e 26/07, às terças, quartas e quintasfeiras no período da tarde. Para as crianças até 8

anos foram desenvolvidas as seguintes atividades: oficinas de artes; circuito lúdico; T V com pipoca e gincanas. Já para os adolescentes: lances-livres de basquete; confecção de pipas; queimada e torneios de futebol society e futsal. Não faltaram comidas e bebidas para a confraternização. De acordo com o

professor de educação física, Luciano Matheus, responsável pelas atividades, cerca de 60 pessoas entre crianças e adolescentes, participaram do evento. «O Brincando nas Férias foi um sucesso. Já estamos planejando a próxima edição para as férias de janeiro/2014", adiantou.

Setembro 2013  

Jornal Alpha3

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you