Issuu on Google+

Destaque |

Ano V Nº 27 Março/ Abril 2010 Preço: €2.25

Ecos de Primavera Destaque | P.E.C. Sociedade | Madeira • Rosa Lobato Faria Cultura | Rock In Rio Acção Social | Terra dos Sonhos

Abr | Mai 2010 • 1


| Destaque

2 • Abr | Mai 2010


Chegou a Primavera! Director Álvaro José dos Santos aj-santos@netcabo.pt Director Adjunto Cândida Carreto ccarreto@netcabo.pt Chefe de Redacção Elisabete Contramestre elisabete.contramestre@gmail.com Fotógrafo Carlos Rodrigues carlosrod80@hotmail.com Dep. de Publicidade (Coordenadora) Marina Toscano mftoscano@iol.pt

//Num universo paralelo consegue-se ouvir o canto dos pássaros, o voo das andorinhas e cheirar os campos de flores mas, no nosso planeta, aqui no nosso canto, nada se passa…Aqui continua a ser Inverno! Com tanto frio e chuva, não vislumbro a tão esperada Primavera, e faz-me pensar naquele conto lindíssimo de Oscar Wilde “O gigante egoísta” onde a Primavera teimou em entrar no seu jardim. Será que este conto subliminarmente alertava-nos sobre os malefícios que andamos a fazer à Natureza. Será que esse gigante egoísta não passa duma analogia a uma humanidade que singrou em tecnologia em detrimento da Mãe Natureza. Não se ouvem os pássaros a chilrear, parece terem perdido a vontade de cantar, as árvores continuam adormecidas e esqueceram-se de florescer. Algumas flores tentam levantar-se mas o frio faz com que se escondam novamente. Parece quem está contente é o Inverno.“Os únicos que estavam contentes com a situação eram o gelo e a neve. A Primavera esqueceu-se deste jardim por isso vamos poder existir o ano inteiro - comentaram muito satisfeitos um com o outro. A neve estendeu o seu manto pela relva fora, o

Colaboradores: Maria Alvarez Maria Fernanda Ferreira Luís Paulo d´Orey

gelo pintou de prata todas as árvores e convidaram o vento do norte para passar uns tempos com

Propriedade e Editor Escrito e Falado-Edição de Publicações,Lda Sede:Rua Alves Torgo, n.º 13 - 2.ºesq 1000-032 Lisboa Filial: Rua Passos Manuel, n.º 116-1.ºeSQ 1150-260 LISBOA Telef.: 213 146 428/30 | Fax.: 213 146 354 amarca@netcabo.pt

chaminés da casa”. (O Gigante Egoísta)E não é que por todo o mundo a Primavera não chega,

Impressão e Acabamento OffSetmais Rua Latino Coelho, n.º 6 - Venda Nova 2700-516 AMADORA Telef.:214 998 700 | Fax.:214 498 704 dc.offsetmais@netcabo.pt N.º Registo no ICS: 124737 N.º Depósito Legal:229718/05 Tiragem: 20.000 Exemplares Periodicidade: Bimensal Nota de Editor: Os artigos de opinião são da inteira responsabilidade do seu autor

eles. O vento norte aceitou o convite e chegou com um cachecol muito quentinho e um kispo de penas, mas o seu sopro além de fazer um barulho ensurdecedor era tão forte que derrubou as o vento continua a soprar, o granizo a bater nas janelas, o gelo, a neve, sempre presentes numa dança que tornam o ar tão gelado que o encantamento que a neve traz aos mais pequenos começa a ser tão saturante que já ninguém quer brincar com ela. Parece que a Humanidade não aprendeu nada com a natureza e o seu egoísmo entristeceu as estações mais quentes dando lugar a um cinzento-escuro nos quatro cantos do mundo. Aluviões, tsunamis, furacões uma festa perfeita para a estação invernosa que não se cansa de destruir tudo por onde passa.Mas hoje quando acordei, senti um cheiro diferente, olhei pela janela do meu quarto e vi árvores com flor, os pássaros voltaram e cantavam em coro. As flores dos jardins das minhas redondezas agitavam os braços como se estivessem a dançar. Parece que finalmente a Primavera está a espoletar. Vamos acreditar que sim, vamos acreditar que nos estão a dar uma nova oportunidade para respeitarmos a mãe natureza. Mas tal como no conto de Oscar Wilde, há um cantinho, onde o Inverno permanece, e só com amor e carinho é que o vento a neve e o granizo deixaram o sol raiar para aqueles lados. Vamos todos tentar aprender com o Gigante e deixarmos de ser egoístas e olharmos em nosso redor e aproveitar ao máximo o que a natureza nos dá sem que com isso seja preciso destruí-la.// Por Elisabete Contramestre

Sumário Destaque P.E.C...................................................... 4 a 5 Festividades Páscoa.........................................................................6 a 7 Revolução de Abril........................................................8 Mensagem..................................................9 Sociedade Madeira.......................................................................... 10 Rosa Lobato Faria...................................................... .11 .

Politica Internacional Obama recebe Dalai Lama...................................... 12 Economia Zona Euro...................................................................... 13 Cahora Bassa................................................................ 14 Cultura Rock In Rio 2010................................. 15 a 16 Ovibeja........................................................17 Acção Social..................................... 18 a 21 Desporto...................................................22

Abr | Mai 2010 • 3


Programa de Estabilidade e Crescimento Diminuição do défice em quatro anos //Segundo o cenário macroeconómico do Programa de Estabilidade e Crescimento, Portugal vai chegar a 2013 com a economia a crescer 1,7 por cento e com o défice das contas públicas nos 2,8 por cento.O PEC prevê uma poupança de 3,9 mil milhões de euros no total de despesas sociais, que inclui prestações da Segurança Social, gastos com saúde e pensões de reforma no Estado. Ao todo, os cortes nesta área valem 28,3% do total de poupança previsto no programa,

afectando directamente parte da classe média baixa e os mais desfavorecidos. De acordo com o documento do governo, o défice das contas públicas vai passar de 8,3 por cento do produto, este ano, para 6,6 por cento no ano seguinte, descendo para os 4,7 em 2012 e atingir os 2,8 por cento, abaixo do limite de 3 por cento definido no Pacto de Estabilidade e Crescimento, em 2013.

O crescimento da economia, que fica sempre abaixo dos 2 por cento, passa de 0,7 por cento, este ano, para 0,9 por cento, no ano seguinte, acelerando depois para os 1,3 por cento em 2012 e para 1,7 em 2013. A dívida pública, outra das componentes a que as agências e os organismos internacionais estarão mais atentos, vai continuar a subir até 2102, chegando, neste ano, aos 90,1 por cento (85,4 por cento este ano e 88,9 no ano seguinte). No ano final do Programa de Estabilidade e Crescimento, Portugal começa a descer o montante da dívida pública, passando de 90,1 por cento em 2012 para 89,3 por cento em 2013. Por outro lado, tudo indica que a taxa de desemprego, irá manter-se nos 9 por cento nos próximos quatro anos, mantendo-se em 2010 e 2011, e depois descendo duas décimas por ano até 2013. Assim sendo, o desemprego previsto pelo Governo será de 9,5 por cento em 2012 e 9,3 por cento no ano seguinte. Recorde-se que na altura em que José Sócrates leu a declaração inicial sobre as principais linhas do PEC, foi interrogado se a redução das despesas fiscais prevista até 2013 não poderá ser encarada como uma falha de compromisso político, à que o primeiro-ministro negou acrescentando «quem ler o programa eleitoral do PS ou o programa do Governo, sabe que está bem expresso que nós iríamos agir na redução dos benefícios fiscais, em particular para os rendimentos mais elevados. Sócrates foi peremptório ao referir que, «é preciso que os portugueses tenham consciência que o sistema que o país tinha beneficiava aqueles que possuíam rendimentos mais elevados, porque esses poderiam beneficiar das deduções fiscais mais do que com os outros», adiantando «é com isso que queremos acabar e isso não significa aumento de impostos. Isso significa reduzir a despesa fiscal e tornar mais justo o sistema fiscal português», advogou.Na sua declaração sobre o PEC, o primeiro-ministro frisou que este programa não prevê aumento de impostos até 2013, «para defender as empresas e as famílias».Mas «haverá uma excepção: estabelecemos uma tributação extraordinária para os rendimentos acima de 150 mil euros ano, que serão tributados à taxa de 45 por cento».O PEC também prevê o adiamento da execução das linhas de alta velocidade entre Lisboa e Porto e entre Porto e Vigo. Uma proposta para criar um quadro de finanças públicas com um

ALUGUER DE CONTENTORES PARA OBRAS E FÁBRICAS

135 € a unidade 214 792 173 - 910 315 632 Rua Major João Luís de Moura, Lote 61 Famões | 1685-650 PONTINHA Telem.: 910 929 800 e-mail:demacron.ambiente@gmail.com 4 • Abr | Mai 2010


Destaque |

défice mais baixo e com contas mais sustentáveis. A linha de alta velocidade Lisboa-Porto, com abertura prevista para 2015, fica assim adiada para 2017, enquanto a linha PortoVigo só estará concluída em 2015. A linha Porto-Vigo terá uma extensão de 125 quilómetros, dos quais 100 quilómetros em território português. O investimento na primeira fase, entre Braga e Valença, é de 845 milhões de euros, de acordo com a informação disponível na página da RAVE - Rede Ferroviária de Alta Velocidade na Internet. Saliente-se que a linha Lisboa-Porto representa um investimento de 3,8 mil milhões de euros. Crédito à habitação pode ficar 40 por cento mais caro Segundo as previsões macroeconómicas do PEC, os empréstimos para aquisição de casa podem ficar 40 por cento mais caros. A notícia tem por base uma simulação da DECO, e revela que a mensalidade pode aumentar 136 euros. Se as previsões do Governo se verificarem e a Euribor passar dos actuais 0,6 por cento para os 3,2 por cento em 2013, as prestações mensais para crédito à habitação podem subir 40 por cento. A par desta situação, o PEC admite perda de poder de compra de 2,8% em quatro anos.Em média, todos os trabalhadores em Portugal, quer sejam do sector público ou do privado, deverão perder poder de compra nos próximos quatro anos. Afinal, o congelamento dos salários reais não deverá ser regra só para os funcionários públicos. De acordo com as estimativas de Teixeira dos Santos, Ministro das Finanças, os aumentos salariais médios do conjunto do mercado de trabalho até 2013 deverão ficar sempre aquém dos aumentos da inflação. Se as perspectivas se confirmarem, em média os trabalhadores terão uma perda real de poder de compra de 2,8% no conjunto dos quatro anos. Para a Função Pública o Executivo já confirmou que até 2013 serão anos de, pelo menos, congelamento real dos salários. Esta medida permitirá poupar 100 milhões de euros por ano. Uma contenção que gera muitos protestos mas que, no total, não é a que mais contribui para a redução do défice. FMI e OCDE aprovam o PEC O Fundo Monetário Internacional considera o PEC português “bastante apropriado” para fazer descer o défice. O FMI deu recentemente um voto de confiança ao Governo

dotexto

Controlo de qualidade por tradutores que têm por língua materna a língua alvo Garantia de fiabilidade e confidencialidade Cumprimento de prazos

Rua Alexandre Sá Pinto, 25-27|1300-034 LISBOA Telefone e Fax.: 213 629 421 e-mail.: fabrica.texto@netcabo.pt

Por Elisabete Contramestre

FARMÁCIA DOS CAPUCHOS

fábrica

TRADUÇÕES CORRENTES E TÉCNICAS POR PROFISSIONAIS EXPERIENTES Línguas Inglês, Francês, Espanhol e Alemão Áreas de especialização ASSUNTOS COMUNITÁRIOS, QUALIDADE, JURÍDICA, FINANCEIRA, MANUAIS TÉCNICOS

português, considerando que a primeira impressão do Programa de Estabilidade e Crescimento é positiva. O FMI junta-se assim à OCDE e à Comissão Europeia que aprovam a estratégia de consolidação das contas públicas portuguesas. Ressalvando que o PEC ainda não foi discutido nem com Teixeira dos Santos, ministro das Finanças, nem com José Sócrates, primeiro-ministro, Caroline Atkinson, porta-voz do FMI, defendeu que a estratégia de redução do défice para 2,8% do PIB até 2013 é um “plano forte”, assente num “cenário macroeconómico” credível. A responsável do FMI sublinhou apenas que o sucesso da estratégia traçada vai depender da capacidade de “implementação das medidas”. O documento apresentado pelo governo socialista vai ser votado no Parlamento, no próximo dia 25 de Março. O Presidente da República também já se pronunciou sobre o assunto, e foi peremptório ao afirmar que o PEC deve ser discutido no Parlamento e que devem ser os partidos com assento parlamentar a “ajudar a aperfeiçoar” o documento. “O PEC está na Assembleia da República, é aí que nesta fase deve ser discutido, as forças políticas com certeza que vão ajudar a aperfeiçoá-lo, depois vai ser enviado para as instâncias comunitárias e nós temos de esperar pelo desenvolvimento desse ciclo normal dos Programas de Estabilidade e Crescimento, no quadro daquilo que se chama o processo dos défices excessivos”, sublinhou Cavaco Silva numa altura em que já se sente alguma tensão no ar em relação à aprovação do PEC. As críticas de Mário Soares, Paulo Pedro, João Cravinho, Vítor Ramalho e Pedro Adão e Silva (todos PS) sobre as opções tomadas pelo Executivo de José Sócrates no PEC são vistas com preocupação por quem terá de avaliar a credibilidade do programa. À falta de entendimento interna soma-se a recusa dos parceiros sociais em subscrever um parecer comum sobre o documento. Para Carvalho da Silva, dirigente da CGTP, este PEC é “um receituário de sacrifícios aos trabalhadores no activo e pensionistas”. Já João Proença, secretário-geral da UGT, lamenta que não tenha sido alcançada uma posição comum, “pelo menos sobre as matérias macroeconómicas”.//

968 020 423 Estrada Nacional 247, n.º 8 Praia da Areia Branca 2530-213 LOURINHÃ Telef.: 261 469 089 e-mail.:info@praiautus.pt www.praiautus.pt

Adega da Boa Pinga Especialidades da Casa: .Bifanas .Bacalhau com Grão (à segunda-feira) Dia de Fecho: DOMINGO

Rua Luciano Cordeiro, n.º 2- A 1150-215 LISBOA Telef.: 213 572 076 - Fax.: 213 551 001

Telef.: 217 787 597 Rua José dos Santos Pereira, n.º 14 - B 1500-380 BENFICA Abr | Mai 2010 • 5


Páscoa no mundo

Tradições da

//Os festejos da Páscoa em todo o mundo possuem variações em suas origens e significados.//

Na China

O “Ching-Ming” é uma festividade que ocorre na mesma época da Páscoa, onde são visitados os túmulos dos ancestrais e feitas oferendas, em forma de refeições e doces, para deixá-los satisfeitos com os seus descendentes.

Na Europa

As origens da Páscoa remontam, aos antigos rituais pagãos do início da Primavera ( no Hemisfério Norte inicia em Março). Nestes lugares, as tradições de Páscoa incluem a decoração de ovos cozidos e as brincadeiras com os ovos de Páscoa como, por exemplo, rolá-los ladeira abaixo, onde será vencedor aquele ovo que rolar mais longe sem quebrar. Nos países da Europa Oriental, como Ucrânia, Estônia, Lituânia e Rússia a tradição mais forte é a decoração de ovos com os quais serão presenteados amigos e parentes. A tradição diz que, se as crianças forem bem comportadas na noite anterior ao domingo de Páscoa e deixarem um boné de tecido num lugar escondido, o coelho deixará doces e ovos coloridos nesses “ninhos”.

Nos Estados Unidos

A brincadeira mais tradicional ainda é a “caça ao ovo”, onde ovos de chocolate são escondidos pelo quintal ou pela casa para serem descobertos pelas crianças na manhã de Páscoa. Em algumas cidades a “caça ao ovo” é um evento da comunidade e é usada uma praça pública para esconder os ovinhos.

No Brasil e América Latina

O mais comum é as crianças montarem seus próprios ninhos

. Utensílios . Vidros e Porcelanas . Inox´s . Cutelarias . Materiais Diversos

de Páscoa, sejam de vime, madeira ou papelão, e enchê-los de palha ou papel picado. Os ninhos são deixados para o coelhinho colocar doces e ovinhos na madrugada de Páscoa. A “caça ao ovo” ou “caça ao cestinho” também é uma tradição utilizada.

As Tradições e Símbolos Pascais

A Páscoa que celebramos nos dias de hoje pouco ou nada tem que ver com a que era inicialmente celebrada, tendo sido deturpada ao longo do tempo, sobretudo com a introdução de inúmeros rituais de origem pagã. A palavra Páscoa tem origem no hebraico Peseach, que significa passagem, transição. A Páscoa cristã é ela própria uma adaptação das celebrações judaicas da Páscoa, em que se celebra a libertação do povo Judeu e a passagem do Egipto para a Terra Prometida através do Mar Vermelho, chefiada por Moisés. Os primeiros cristãos, sendo principalmente judeus que abraçaram a nova religião, continuaram a celebrar a libertação do povo judeu mas atribuíram-lhe um novo significado, utilizando como mote um outro tipo de passagem - a da morte para a vida, com a ressurreição de Jesus que, por coincidência, teve lugar na altura em que os judeus celebravam a sua Páscoa. Da Páscoa cristã ficaram-nos as seguintes tradições e símbolos: • A Cruz da Ressurreição: representa o sofrimento e a ressurreição de Jesus Cristo. • O Cordeiro: simboliza Cristo, que é o filho e cordeiro de Deus, sacrificado em prol de todo o rebanho (humanidade). Embora tido como símbolo da Páscoa cristã, o cordeiro já era muito importante na Páscoa judaica e nos cultos Teutónicos, onde era frequente o sacrifício de animais aos deuses.

. Bares . Fardamento e Calçado . Plásticos . Vergas e Madeiras . Copos Personalizados

José Pinto Azevedo e Filhos, Lda. Posto de Abastecimento e Distribuição de Gás

Somos especialistas em utensílios e equipamentos hoteleiros desde 1980, temos desenvolvido uma actividade que nos permite actuar hoje em todo o país e responder a encomendas para o estrangeiro onde temos um importante presença nos países lusófonos. Rua dos Anjos, n.º 13 - A 1169-088 LISBOA Telef.: 218 823 770 - Fax.: 218 823 777 www.nortelsul.pt e-mail:geral@nortelsul.pt

6 • Abr | Mai 2010

Trav.Nova de S. Domingos, 34 A 32 - 1100-373 LISBOA Telef.: 213 462 346 - Fax.: 213 422 711 Cash & Carry: Rua João Chagas, 130 | 2795-101 Linda-a-Velha

Telef.:214 155 570 - Fax.:214 155 577

www.brazebraz.pt

e-mail:brazebraz@brazebraz.pt

Largo Dr. João Pereira - Telef.: 295 432 108 - 9800 Velas

Transportes Colectivos Esc.: Urzelina - 9800 VELAS - S. JORGE Telef.: 295 414 165 / 295 414 289 . Fax.: 295 414 422


Festividades

• Pão e Vinho: representando o corpo e sangue de Jesus, o pão e o vinho são dados aos seus discípulos, para celebrar a vida eterna. • O Círio: vela de enorme dimensão que se acende no sábado de Aleluia, que simboliza “Cristo, a luz dos povos”. Alfa e Ômega nela gravadas querem dizer: “Deus é o princípio e o fim de tudo”.

A datação da Páscoa

Ao contrário do que acontece com outros feriados e celebrações religiosas, a Páscoa não tem uma data fixa. Assim, no Concílio de Niceia (séc. IV d.C.) convencionou-se que a data da Páscoa fosse calculada em função da lua, entre os dias 22 de Março e 25 de Abril. Deste modo, o domingo de Páscoa é marcado para a primeira lua cheia depois do início da Primavera. Sendo que a Primavera se inicia a 21 de Março, a lua cheia determina que a Semana Santa se celebre entre 8 (Domingo de Ramos) e 15 de Abril (Domingo de Páscoa). Os quarenta dias que antecedem o Domingo de Páscoa denominam-se Quaresma, que para os cristãos é um período de oração, penitência e (alguma) abstinência, embora hoje em dia em Portugal estas práticas não sejam tão rigorosas como antigamente. A título de exemplo, no passado, durante a Quaresma, havia a total proibição de ingestão de alimentos de origem animal; nos dias de hoje, e em apenas alguns lares, apenas se evita comer carne à sexta-feira, enquanto dura a Quaresma. //

SÉNIOR RESIDENCE ST.ª TERESINHA ALVARÁ N.º 24/2010 SEGURANÇA SOCIAL

MORAIS,UM VERDADEIRO HOTEL PARA LAZER DOS MENOS JOVENS!. .

GRANDE QUALIDADE DE SERVIÇO,LIMPEZA E ALIMENTAÇÃO CUIDADA ASSISTÊNCIA MÉDICA E SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE ENFERMAGEM AMPLOS E AGRADÁVEIS ESPAÇOS, COM GRANDE CONFORTO E REQUINTE JARDIM, PISCINA, SALAS DE JOGOS MINIGINÁSIO COM APARELHOS PARA MANUTENÇÃO FÍSICA, SAUNA E HIDROMASSAGEM QUARTOS INDIVIDUAIS, DUPLOS E SUITES, TODOS COM CASA DE BANHO PRIVATIVA AQUECIMENTO TELEVISÃO E TELEFONE

.

LONGAS E CURTAS PERMANÊNCIAS CONVALESCENÇAS PÓS-OPERATÓRIAS MENSALIDADES MODERADAS VISITE-NOS E COMPROVE INSCREVA-SE JÁ, INSCRIÇÕES LIMITADAS

A Ericeira, onde, além do iodado, o mar é mais azul é, sem dúvida, um lugar aprazível para após uma vida de trabalho se gozar um tonificante descanso!. .

ESTALMORAIS HOTELARIA E TURISMO, LDA.

Telefone 261 86 01 00 • Fax: 261 86 01 08 • 2655-308 ERICEIRA

João Manuel Jesus Pereira Deodato

De: José Manuel Polido Guiomar

TODO O SERVIÇO DE CANALIZAÇÃO Telemóvel.: 917 209 086 Telefone.: 212 363 656

Rua Padre José Estevens Dias, 87 R/C Dt.º | 2955-212 PINHAL NOVO Todo o tipo de Construção Civil

. . .

Vivendas Moradias Reconstrução Acabamentos Empreitadas Sub-Empreitadas

COFRAGENS Rua Principal,n.º 90 | 2640-639 Sobral da Abilheira - MAFRA Telem.: 964 372 563

TravoFino

Comércio de Carnes, Lda. Distribuição de Produtos de Qualidade

CONTABILIDADE E FISCALIDADE SEGUROS EM TODOS OS RAMOS Telef.: 239 991 101 - 239 991 574 Fax.: 239 991 802 - 239 996 526

Apartamentos

. Construção

CONSTRUÇÕES ERVIDEIRA, LDA.

.

Rua Principal, 77 Ervideira - Telef.: 244 606 630 Telms.: 966 003 972 965 801 241 2425-453 Coimbrão - LEIRIA

www.jsrcontabilidade.com e-mail.:jsrcontabilidade@gmail.com Telefs.: 265 995 245 - 265 998 152 265 998 176 Fax.: 265 995 852 Telm.:961 335 243 Rua dos Cardosos-CCI 10657 Lagameças- 2965-261 Poceirão

Avenida de São Silvestre, n.º 35 3200-203 LOUSÃ

Abr | Mai 2010 • 7


Recordar o 25 de Abril de 74 // 36 anos após a revolução dos Cravos, em que Portugal acordou ao som de Zeca Afonso com Grândola, Vila Morena, os portugueses continuam a comemorar o 25 de Abril como o dia da liberdade, o dia de todos portugueses e de todos aqueles que, de uma forma ou outra, tiveram as suas vidas alteradas pela Revolução. Uma revolução que teve início nos anos sessenta com as conturbações provocadas pela guerra colonial, pelo movimento estudantil, pelas questões agrárias, problemas com a censura, a repressão, a condição das mulheres na sociedade tendo alcançado o seu momento de eclosão na revolução dos Cravos. O 25 de Abril de 1974 data o marco da libertação da ditadura que submeteu Portugal e suas colónias por 46 anos. Uma revolução feita pelos Capitães de Abril, quando as pressões exteriores relacionadas com a resistência dos movimentos nacionalistas das colónias africanas desgastaram o governo. Neste sentido, os capitães intensificaram o movimento de insatisfação nas Forças Armadas e entenderam que o tempo dos dogmas estava ultrapassado, fazendo acontecer a chamada revolução dos Cravos. Recorde-se que pouco após a meia-noite de 25 deAbril de 1974 começou a soar na emissora católica de Lisboa a música até então proibida “Grândola Vila Morena”. Era o sinal combinado para o início do levante militar em Portugal. Antes da revolução, era rara a família que não tivesse alguém combatendo nas guerras das colónias na África, o serviço militar durava quatro anos, opiniões contra o regime e contra a guerra eram severamente reprimidas pela censura e pela polícia. Antes de Abril de 1974, os partidos e movimentos políticos estavam proibidos, as prisões políticas estavam cheias, os líderes oposicionistas estavam exilados, os sindicatos eram fortemente controlados, a greve era proibida, as demissões fáceis e a vida cultural estritamente vigiada. A liberdade em Portugal começou com a transmissão, pelo rádio, de uma música até então proibida Os cravos enfiados

Campino MARISQUEIRA

Pão Quente Pastelaria diversa e Doçaria Regional

Refeições rápidas, Quiches Venha comer a sua sandes diferente a cada dia da semana Estrada Nacional 11, Loja 112 2835-172 BAIXA DA BANHEIRA

Telef.: 212 093 113

8 • Abr | Mai 2010

Gerência de: Fernando Bronze

.Todo o tipo de marisco sempre fresco .Aceitam-se encomendas para fora .Encerra à segunda-feira Rua 5 de Outubro, n.º 6 - 2860 MOITA Telef.: 210 874 472 - Telm.: 916 118 346

pela população nas espingardas dos soldados acabaram virando o símbolo da revolução, que encerrou, ao mesmo tempo, 48 anos de ditadura fascista e 13 anos de guerra nas colónias africanas. Em apenas algumas horas, as Forças Armadas ocuparamlocais estratégicos em todo o país. Ao amanhecer, multidões já cercavam as emissoras de rádio à espera de notícias. A operação, calculada minuciosamente, apanhou o regime de surpresa. Acusado pelo povo e pelos militares, o sucessor de Salazar, Marcelo Caetano, transmitiu sua renúncia por telefone ao líder dos golpistas, general António de Spínola.Transportado de tanque ao aeroporto de Lisboa, Marcelo embarcou para o exílio no Brasil. Em quase 18 horas, havia sido derrubada a mais antiga ditadura fascista no mundo.Muitos foram os artistas, políticos e desertores que retornaram do exílio. As colónias receberam a independência. A caça aos responsáveis pela ditadura acabou não acontecendo e as dívidas do governo anterior foram todas pagas. Os únicos a oferecer resistência foram os agentes da polícia política. No entanto três pessoas morreram no conflito pela tomada de seu quartel-general. Ao voltar do exílio em Paris, Mário Soares, o dissidente mais popular do governo Salazar, foi recebido por milhares de pessoas na estação ferroviária de Lisboa. Cravos vermelhos foram jogados de helicóptero sobre a cidade e só se ouvia a famosa canção Grândola, Vila Morena.Em 1974, Portugal era um país atrasado, isolado na comunidade internacional, embora fizesse parte da ONU e da Organização do Tratado do Atlântico Norte. Era o último país europeu a manter colónias e vinha travando uma longa guerra contra a libertação de Angola, Moçambique e Guiné. O regime de Salazar, iniciado em 1926, havia conseguido manter-se através da repressão e fora tolerado pelos países vencedores da Segunda Guerra Mundial.Recorde-se ainda que, a 1 de Maio, a esquerda, fortemente engajada, mostrou sua força em Lisboa, enquanto trabalhadores rurais do Alentejo expulsavam latifundiários e banqueiros eram desapropriados.A esquerda europeia viu em Lisboa um palco ideal para os movimentos frustrados de 68. A pacata e católica população portuguesa, por seu lado, sentiu-se ignorada e, a partir do norte conservador, iniciou um movimento contra os extremistas. Em 1975, aconteceu a dupla tentativa de golpe, da esquerda e da direita, contra o governo socialista, levando Portugal à beira da guerra civil. A ala militar extremista de esquerda obteve o domínio da situação em Novembro de 1975. Após as eleições do ano seguinte, o general António Ramalho Eanes foi eleito presidente do país. O Partido Socialista, com Mário Soares, assumiu um governo minoritário. A crise económica levou-o à renúncia em 1978. Entre 1979 e 1980, o país teve cinco primeiros-ministros. Em 1985, o governo foi assumido por Aníbal Cavaco Silva e Mário Soares tornou-se presidente no ano seguinte. Também em 1986, Portugal ingressou na então Comunidade Económica Europeia, actual União Europeia. //


Mensagem |

Baixa da Banheira:

sido áreas em que a freguesia tem tido especial empenho. Com a ajuda do meio associativo, têm sido desenvolvidas

Terra Singular

várias actividades na área do desporto, cultura e lazer,

//A designação Baixa da Banheira advém de várias

em que a população colabora muito com a Junta de

denominações registadas no decorrer das épocas. «Sítio

Freguesia, e nós vemos isso com o movimento associativo

da Banheira», «Lugar da Banheira» e «Terras Baixas da

e nestes encontros em que as pessoas estão sempre

Banheira do Tejo» são apenas alguns dos exemplos. O

presentes e isso para nós é muito gratificante. Temos a

das quais se destacam as festas em honra de S. José, celebradas no mês de Junho. “ Esta é uma terra singular,

século XIV vem mostrar a importância desta localidade

confiança da população e a população tem confiança em

para o concelho da Moita. As famílias oriundas do norte e sul do país vieram

nós”.O património cultural da Baixa da Banheira é rico em monumentos,

à procura de trabalho nas grandes fábricas da região, como a CUF, CP,

dos quais fazem parte o Painel de Azulejos, Mural e jardim de Pedra, um

siderurgia, indústria naval e cortiça.Neste sentido Fernando Carrasco,

monumento em homenagem a José Afonso e a Padre José e a Igreja de S.

presidente da Junta de Freguesia da Baixa da Banheira em entrevista à

José Operário.//

Marca referiu que o encerramento destas fábricas e empresas foram dramáticos para a população. “Quando falamos em carências elas existem

“Terra Singular”

como existe ao nível do país. Os maiores problemas que temos aqui são o desemprego, um problema como sabemos a nível nacional…um flagelo. Isto é um meio operário onde as pessoas trabalhavam nas fábricas da região. Como sabe estas empresas terminaram e uma grande parte da

SAUDAÇÃO

população com alguma idade foram para o pré reforma e agora estão na reforma senão o drama seria bem pior. Temos um leque de pessoas muito carenciadas, e nós apercebemo-nos nas escolas porque há muitas crianças

À POPULAÇÃO BANHEIRENSE

que só tem a refeição da escola, que é o almoço”, acrescentando “o maior empregador é a autarquia, bem como a Santa Casa da Misericórdia, o comércio e serviços”.Criada a 26 de Janeiro de 1967, a freguesia da Baixa da Banheira tem uma área total de 221 hectares e uma população de cerca de 23.711 habitantes. Está localizada entre as freguesias de Alhos Vedros e Lavradio e estende-se até ao concelho da Moita. Actualmente, comemoram o 43º aniversário da criação da freguesia. “A Junta de Freguesia da Baixa da Banheira comemorou o 43º aniversário da criação da freguesia de uma forma simples, discreta, na medida em que este ano, também serão celebrados os 25 anos de elevação da Baixa da Banheira a Vila, altura em que será feita uma sessão solene e uma festa de aniversário com mais pompa e circunstância. Fizemos uma pequena sessão solene com uma exposição de um pintor da terra, que se ofereceu gratuitamente para recuperar o nosso mural na Alameda do Povo. Essa alameda sofreu algumas alterações devido à remodelação da electrificação da linha do Sado cujo mural teve de ser transladado para outro local, porque onde o mural se encontrava coincidia com a entrada da estação”.Ao longo dos anos, a cultura e cooperação têm

Comemorações dos 36 anos do 25 de Abril

O Executivo da Junta e Assembleia de Freguesia da Baixa da Banheira saúdam a população desta Terra Singular. Vamos celebrar a Liberdade no 36.º Aniversário da Democracia Portuguesa. Para que todos lembrem a conquista de Abril, cabe-me transmitir a mensagem da Revolução dos Cravos. Para podermos gritar sempre “LIBERDADE” é importante que celebremos o 25 de Abril. Os próximos tempos avizinham-se difìcies. Esperamos que a festa de Abril mantenha fortes os sonhos daqueles que lutaram pela conquista da Liberdade, sacrificando tudo, até a própria vida e que os mais idosos não se cansem de transmitir aos mais novos o valor da Liberdade e a importância que tem para as nossas vidas. 25 DE ABRIL SEMPRE Rua Eduardo Mondelane, n.º 2 2835-116 Baixa da Banheira Telef.:212 039 560 Fax.: 212 039 565 Oficina.:212 027 162 www.jfbb.pt e-mail:geral@jfbb.pt

Café Restaurante e Casa de Fados

Nova Adega Gaudêncio Gerência: Telma Martinho

Horário de Funcionamento Manhã - 09H00 - 12H30 Tarde - 14H - 17H00

Cozinha Tradicional Portuguesa  Petiscos | Grelhados no carvão     Preços especiais para grupos

Todas as Sextas: Noite de Fados          reserva já a sua mesa...

Rua do Ginásio, 16 I 2835-104 Baixa da Banheira I Telef.: 212 047 684 Abr | Mai 2010 • 9


Tragédia na Madeira //Chuvas torrenciais e deslizamentos de terras provocaram o caos na ilha da Madeira, deixando um rasto de destruição. Mais de 40 pessoas morreram na tempestade que devastou a Madeira no passado dia 20 de Fevereiro. A ilha rapidamente ergueu-se e apesar da tragédia os ilhéus uniram esforços para começarem um novo viver. O caminho para a normalidade vai no entanto ser longo.// A possibilidade de ocorrer um aluvião como o que assolou a Madeira, bem como as formas de prevenir e minimizar os riscos deste tipo de fenómeno constava de pelo menos quatro estudos técnicos e relatórios oficiais, elaborados nos últimos 17 anos. A tragédia que assolou a Madeira é a pior dos últimos 100 anos. Em 1929, uma derrocada de terras em São Vicente, provocada por um aluvião, causou 32 mortos, um número inferior ao balanço mais recente do temporal. De igual forma, os estragos registados pelo mau tempo superam em larga escala aqueles que há 90 anos ocorreram na ilha da Madeira. O mais detalhado é um documento conjunto do Governo Regional e do Governo da República, financiado pela Comissão Europeia, datado de 2003: no Plano Regional da Água da Madeira (PRAN), concebido por mais de 50 técnicos, descrevia em pormenor o tipo de obras e intervenções que deveriam ser efectuadas, de modo a minorar o impacto das cheias repentinas.Além do alargamento e limpeza regular dos leitos das ribeiras, era também sugerida a implementação de sistemas de vigilância e alerta de cheias, bem como a criação de albufeiras, bacias de retenção e estruturas de amortecimento das águas, ao longo dos cursos que rasgam as montanhas que abraçam o Funchal.A provar-se que houve negligência das autoridades, e que as mortes registadas poderiam ter sido evitadas, os responsáveis do Governo Regional poderão ter de responder perante a Justiça. O coordenador regional do Ministério Público confirma que as autoridades estão já a investigar “a possível prática de um crime”.

42 vítimas mortais

//O número total e oficial de mortos em resultado da intempérie que assolou a Madeira ascendeu a 42 pessoas, 22 das quais registadas no concelho do Funchal, capital da Região Autónoma. No concelho da Ribeira Brava faleceram sete pessoas, seis das quais da mesma família e que faleceram no rescaldo de uma derrocada no Pomar da Rocha. A sétima vítima no concelho foi uma turista britânica. Em Santa Cruz são cinco as mortes a registar, ao passo que em Câmara de Lobos o mau tempo tirou a vida a quatro pessoas. Calheta, onde faleceram três pessoas, e Machico, onde morreu um madeirense, são os concelhos da ilha onde foram registadas os restantes óbitos. O arquipélago da Madeira foi atingido por um forte temporal, que causou inundações e deslizamentos de terras, transformando as ruas da capital da ilha (Funchal) em rios de lama. Este temporal terá sido o mais violento na Madeira desde 1993. A dimensão da calamidade na Madeira moveu uma onda de solidariedade pelo mundo. Mensagens de solidariedade de todo o mundo têm chegado a Belém. Os Presidentes da França e da Rússia, Nicolas Sarkozy e Dmitri Medvedev, respectivamente, e o Rei de Espanha enviaram as suas condolências a Cavaco Silva pelo desastre na Madeira. Também os governos de Angola e Cabo Verde expressaram solidariedade para com o povo madeirense.//

J. M. Martins

JOSÉ CARLOS COSTA

Laboratório Dentário, Lda. Técnico de Prótese Dentária

.Construção-Remodelação e

• Medicina Dentária • Próteses Acrílicas

e Esquelécticas • Consertos Rápidos

• Ortodôncia • Implantes • Orçamentos Grátis Rua da República, n.º 128

10 • Abr | Mai 2010

OFICINA ESPECIALIZADA EM TODAS AS REPARAÇÕES DE BATE-CHAPA

Venda de Materiais

.Projecto Construção Tecnologia

e Sustentabilidade em LSF (Light Steel Framing), extrutura em aço leve Construção Anti-Sísmica, Térmica, Acústica e Super Rápida Energias Renováveis/Estudos e Projectos

.

.

.

www.constfuturo.com E-mail.:geral@constfuturo.com Telef.: e Fax.: 212 122 550 Telem.: 917 837 231

FARMÁCIA

RODRIGUES ROCHA

Sociedade Unipessoal, Lda Directora Técnica: Maria Manuela Serra Rodrigues Monteiro da Rocha

Rua Camilo Castelo Branco Vivenda Costa . Cabanas 2950-613 QUINTA DO ANJO

Rua Tenente Valadim, 921 (Quatro Caminhos)

Telef.: 22 781 18 71 • 4400-326 CANIDELO VNG


Sociedade |

Rosa Lobato Faria 1932 – 2010 //Rosa Lobato Faria, escritora, poeta, romancista e actriz nasceu em Lisboa em Abril de 1932, e faleceu aos 77 anos vítima de doença grave.O seu primeiro romance, “O Pranto de Lúcifer”, foi editado em 1995, mas publicara já antes vários volumes de poesia - como “Os Deuses de Pedra” (1983) ou “As Pequenas Palavras” (1987). O essencial da sua poesia está reunido no volume “Poemas Escolhidos e Dispersos” (1997). Em 1999, na ASA, publica “A Gaveta de Baixo”, um longo poema inédito acompanhado por aguarelas do pintor Oliveira Tavares. Como romancista publicou ainda “Os Pássaros de Seda” (1996), “Os Três Casamentos de Camilla S.” (1997), “Romance de Cordélia” (1998), “O Prenúncio das Águas” (1999, que foi Prémio Máxima Literatura em 2000) e “A Trança de Inês” (2001). Escreveu também “O Sétimo Véu” (2003), “Os Linhos da Avó” (2004), “A Flor do Sal” (2005), “A Alma Trocada” (2007) e “A Estrela de Gonçalo Enes” (2007), além de ter assinado vários livros infantis. Os dois primeiros romances tiveram tradução na Alemanha e “O Prenúncio das Águas” foi publicado em França pelas Éditions Métailié. O seu último livro, “As Esquinas do Tempo”, foi publicado em 2008 pelaPorto Editora. Como actriz, Lobato Faria integrou o elenco da primeira novela portuguesa, “Vila Faia” (1983), e trabalhou com Herman José em “Humor de Perdição” também como argumentista. Filmou com João Botelho (“Tráfico, de 1998, e “A Mulher Que Acreditava Ser Presidente dos Estados Unidos da América”, de 2003). Foi também dirigida por Lauro António em “Paisagem Sem Barcos” (1983) e “O Vestido Cor de Fogo” (1986). Estreou-se como locutora na RTP na década de 1960. Escreveu ainda dezenas de letras para canções, muitas delas para festivais da canção. A par de José Carlos Ary dos Santos, Rosa Lobato Faria foi a letrista com mais sucesso no Festival RTP da Canção, tendo obtido quatro vezes o primeiro lugar com “Amor de Água Fresca” (interpretado, em 1992, pela cantora Dina), “Chamar a Música” (interpretada em 1994 por Sara Tavares), “Baunilha e Chocolate” (cantada por Tó Cruz, em 1995), “Antes do Adeus (na voz de Celia Lawson, em 1997).Recorde-se que, em 2008, morreu o marido de Rosa Lobato Faria, Joaquim Figueiredo Magalhães, com quem a escritora esteve casada 33 anos.//

Grupo J.C.R – Super Páscoa 2010 Não hesite em contactar-nos para outras informações, disponibilidades e preços para grupos.

Residencial Santa Eulália Próxima da Praia de Santa Eulália, Albufeira A 500 m da praia esta cómoda unidade dispõe de terraço vista mar, 24 quartos equipados com casa de banho privativa, ar-condicionado, TV satélite, telefone e Internet WI-FI gratuita, varanda e insonorização a pedido. A escassos minutos dos principais espaços de diversão, encontre nesta unidade um ambiente familiar e uma excelente relação qualidade/preço.

Especial Páscoa 2010 Duplo (2 pessoas) desde €45,00/noite* com pequeno-almoço Buffet

Hotel Santa Maria No centro de Faro – Algarve

restaurante Santa Maria.

Localizado no centro de Faro, este magnífico novo Hotel de 3 estrelas. Desfrute de uma agradável estadia no conforto e modernidade dos nossos quartos, equipados com ar-condicionado, minibar, cofre, TV Satélite, telefone e Internet WI-FI gratuita. Saboreie os pratos típicos e internacionais no nosso

Especial Páscoa 2010 Pacote Especial 4 noites em quarto Duplo € 60,00/noite Meia Pensão* (Alojamento2 pessoas + 1refeição + pequeno-almoço Buffet) Super Oferta Meia Pensão

Conheça a nossa vasta oferta na zona de Albufeira em Apartamentos e Vilas com e sem piscina, jardim e barbeque.

Programa Especial Páscoa 2010 VilasV3 – € 120,00 por noite

* Preços por vila e por noite.



Residencial Santa Eulália Telefone. 289 588 276 /289 542 696 Fax: 289 542 356 E-mail: santaeulalia@jcr-group.com.

Vilas e Apartamentos MarGirassol Telefone: 289 542 020 Fax: 289 541 030 E-mail: marketing@jcr-group.com

Hotel Santa Maria Telf.: 289 824 064/ 898 080 Fax: 289 824 065/ 289 898 089 E-mail: hotelsantamaria@jcr-group.com

Conheça as nossas promoções periódicas e preços de última hora em www.jcr-group.com Abr | Mai 2010 • 11


| Destaque

Dalai Lama

recebido pelo Obama expressa “forte a tibetanos presidente dosapoio” EUA //O Dalai Lama, líder espiritual do Tibete, afirmou que os Estados Unidos e outros países podem ajudar sua campanha por um Tibete livre, promovendo uma sociedade mais aberta na China. “Censura é a fonte do problema”, afirmou o Dalai Lama recentemente em uma entrevista à Reuters. Recorde-se que, Dalai Lama fugiu do Tibete em 1959, após uma revolta fracassada contra o domínio chinês. Actualmente vive na Índia e defende “significativa autonomia” do Tibete dentro da China. “O povo chinês não tem oportunidade de conhecer nosso ponto de vista”, disse o monge budista, que Pequim classificou como um perigoso separatista por pedir a autonomia tibetana. “Quando a China se tornar uma sociedade aberta - liberdade de expressão, liberdade de imprensa, liberdade de informação - todo esse temor e dúvida desnecessários se reduzirão”, disse, acrescentando “Essa é a verdadeira resposta para esse problema. Os norteamericanos podem ajudar nessa mudança”, afirmou. “Eu pareço um demónio?”, brincou o vencedor do prémio Nobel da Paz de 1989. A visita do Dalai Lama à região de Los Angeles ocorreu na sequência do encontro com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, numa reunião que irritou Pequim. Obama usou seu primeiro encontro presidencial com o Dalai Lama para pressionar a China a preservar a identidade tibetana e respeitar os direitos humanos na região, que está sob domínio chinês desde 1950. O Dalai Lama, líder espiritual dos tibetanos, foi recebido na Casa Branca por Barack Obama, com o porta-voz do Presidente norte-americano a declarar no final do encontro o “forte apoio” à defesa dos Direitos Humanos e à identidade

cultural e religiosa do povo do Tibete. De nada serviu à China a ameaça de que poderiam azedar as relações entre as duas potências. Após uma anterior visita a Washington, durante a qual não foi recebido pelo Presidente norte-americano, desta vez o líder tibetano no exílio foi recebido por Obama num encontro que durou 45 minutos. No final, bem-disposto como é sua imagem de marca, o Dalai Lama quebrou o protocolo para se deslocar junto dos meios de comunicação que aguardavam no exterior do edifício e dirigir-se directamente aos repórteres. “Estou muito feliz”, declarou o Dalai Lama, após o encontro com o Nobel de 2009. Manifestando-se satisfeito a propósito do encontro mantido com Obama, o líder tibetano declarou que a sua causa é “justa” e “pacífica”, pelo que terá pedido ao Presidente dos Estados Unidos para que interceda pelo Tibete junto da China. A resposta pública de Obama foi transmitida pelo porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, que exprimiu o “forte apoio” do Presidente à causa dos tibetanos. “O Presidente transmitiu o seu apoio no sentido da preservação da identidade religiosa, cultural e linguística única do Tibete, bem como da protecção dos Direitos Humanos dos tibetanos no âmbito da República Popular da China”, indicou Robert Gibbs numa declaração que aponta para o agudizar das relações com Pequim no que respeita a este dossier, malgrado a prévia exigência chinesa no sentido de que o encontro fosse cancelado. Afirmando que Barack Obama vê de forma positiva o posicionamento do Dalai Lama, nomeadamente a sua postura contra a acção violenta e a procura de estabelecer contactos com as autoridades chinesas, Robert Gibbs acrescentou que Obama encoraja os contactos recentemente retomados entre Pequim e emissários do Dalai Lama. Num momento em que uma crise nipo-americana em nada convém aos Estados Unidos, com Washington a necessitar da cooperação de Pequim para fazer face a questões internacionais relacionadas com o nuclear e as alterações climáticas, e tendo os dos países uma profunda relação económica, Gibbs procurou aplacar a ira chinesa sublinhando que tanto Obama como o Dali Lama deram o seu acordo relativamente à “importância que tem a manutenção de uma relação positiva entre os Estados Unidos e a China”.// Por Elisabete Contramestre

ZONA DE FUMADORES Rua Sacadura Cabral Lt. 2545 R/C QUINTA DO CONDE

Telem: 967 664 644

12 • Abr | Mai 2010


Economia |

«Europa 2020» impõe novos objectivos Aumento de emprego é uma prioridade //O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, vai apresentar em Bruxelas as propostas para a futura estratégia «Europa 2020», o plano de relançamento da economia europeia que vai suceder à «Estratégia de Lisboa». O plano que levava o nome da capital portuguesa, lançado em 2000 durante a presidência portuguesa da União Europeia, e revista em 2005 para dar especial ênfase ao crescimento e emprego, com vista a tornar a economia europeia a mais competitiva do Mundo em 2010, expira este ano e com resultados bastante negativos. A nova estratégia, que visa sobretudo melhorar a coordenação das políticas económicas dos 27, rumo ao que pode ser classificado de projecto de governo económico da União Europeia, para que o bloco europeu saia da crise e relance a sua economia, gira em torno de três prioridades: a investigação e inovação, o crescimento verde e o emprego. Muitos

dos objectivos traçados na «Estratégia de Lisboa» não foram atingidos, mas a União Europeia acredita que a nova «Europa 2020» será bem sucedida, na medida em que dispõe de novas ferramentas, devido ao Tratado de Lisboa. Durão Barroso defende para a Europa uma estratégia que torne a economia «inteligente, verde e inclusiva», com elevados níveis de emprego, produtividade e coesão social, investindo-se num crescimento sustentável e consolidação das finanças públicas. O novo plano inclui metas que passam pelo aumento da taxa de emprego da população entre os 20 e os 64 anos de 69, bem como o aumento dos investimentos em investigação e desenvolvimento dos actuais 1,9% do PIB para 3%. Objectivos antigos que nunca chegaram a ser atingidos também integram a lista, como diminuir as emissões de gases com efeito de estufa em 20% até 2020 e aumentar a parte das energias renováveis em 20%

até à mesma data. O consenso entre os 27 será essencial nesta nova estratégia, na medida em que a Maio convergência entre as polícias económicas nacionais é encarada como essencial para permitir à Europa levar a cabo reformas estruturais indispensáveis para a modernização das suas economias. Bruxelas também defenderá a instituição de um mecanismo de vigilância que abranja os programas de estabilidade e as questões macroeconómicas ligadas à competitividade e crescimento, levando em linha de conta as dificuldades nacionais relacionadas com as finanças públicas. Para que a «Europa 2020» suceda formalmente à Estratégia de Lisboa, é necessário que os 27 a adoptem, sendo essa a prioridade assumida do executivo comunitário até ao próximo Verão.// Por Elisabete Contramestre

MERCADO ABASTECEDOR DA REGIÃO DE COIMBRA, SA O SEU PARCEIRO DE NEGÓCIOS

BONS ACESSOS - ENTREPOSTOS

e-mail:mac.coimbra@maccoimbra.pt 3040-881 Taveiro - COIMBRA Fax.: 239 980 389 Telef.: 239 980 380

BOMBAY PALACE TANDOORI INDIANO RESTAURANTE E TAKE AWAY

Segunda-feira-18H30 - 23H00 De terça-feira a sábado Almoço-12H30 - 15H00 Jantar-18H30 - 23H00 Encerra aos domingos Telef.: 291 763 110 Rua do Gorgulho, C.Com. Eden Mar R/c, Loja 17 9000-107 FUNCHAL

Abr | Mai 2010 • 13


Investimento em Cahora Bassa

supera os 82 milhões de euros //O Estado quer transferir para a REN parte dos 15% que ainda mantém na maior central moçambicana, uma posição avaliada em 82,2 milhões de euros. O capital deverá ser alienado a um consórcio de empresas portuguesas, ao que tudo indica liderado pela EDP e/ou REN. Uma verba que entrará directamente nos cofres do Estado, caso se concretize a venda dos 15% que Portugal ainda detém na barragem de Cahora Bassa à REN, uma empresa cuja maioria do capital ainda é público.A empresa responsável pelas infra-estruturas nacionais de electricidade e gás natural, actualmente gerida por Rui Cartaxo (após a suspensão do seu presidente, José Penedos, na sequência do processo judicial Face Oculta) confirmou o seu envolvimento na compra da participação que o Estado português ainda detém em Cahora Bassa.O primeiroministro português, José Sócrates, disse, recentemente, no Songo, província de Tete, que moçambicanos e portugueses estão ligados por uma História comum que é a Barragem de Cahora Bassa (HCB). Sócrates, em viagem oficial a Moçambique, falava à margem de uma visita que efectuou à HCB, afirmando que aquele empreendimento tem um significado importante na melhoria das relações entre os dois povos.Também no Songo, os ministros das Finanças (Manuel Chang) e da Energia (Salvador Namburete) e o secretário do Estado do Tesouro de Portugal (Carlos Pina) rubricaram um memorando de entendimento sobre a HCB.Entretanto, em Maputo, o Presidente Armando Guebuza, e o PrimeiroMinistro português, José Sócrates, asseveram que a reversão da Central Hidroeléctrica de Cahora Bassa (HCB) a favor de Moçambique catapultou as relações entre os dois países. Com uma capacidade instalada de 2.075mW, Cahora Bassa é a segunda maior central hidroeléctrica em África e uma das dez maiores do mundo.O processo de reversão que na altura

CITRINOS DO CENTRO de: NORBERTO FERREIRA DOS SANTOS

APOLO Restaurante

80

ABERTO TODOS OS DIAS DAS 12H ÀS 14.30H E DAS 18H ÀS 22H ESPECIALIDADES: Arroz de Marisco - Alcatra Molho à Pescador Lombinho Porco com Amêijoa Linguiça da Ilha

Telef.: 239 932 154 Telem.: 919 077 018 Travessa da Lomba - Anaguéis 3040-462 COIMBRA

14 • Abr | Mai 2010

PRATO DO DIA

COZINHA REGIONAL E INTERNACIONAL

SERVIÇO DE SNACK-BAR DAS 07H ÀS 02H

295 712 660

Rua D. João IV

9880 SANTA CRUZ DA GRACIOSA

Armando Guebuza considerou de “segunda independência de Moçambique” foi concluído em Novembro de 2007, quando Moçambique passou a deter 85 porcento do capital do empreendimento, contra os 18 anteriores, tendo Portugal passado de 82 para 15 por cento. Foi precisamente José Sócrates quem facilitou a conclusão do acordo.O primeiroministro declarou a intenção “de fazer uma operação que permita que empresas moçambicanas e portuguesas fiquem agora ligadas ao projecto”. Acrescentou ainda que não fazia sentido “uma participação financeira do Estado português” em Cahora Bassa, mas sim entregar o aproveitamento hidroeléctrico “a empresas portuguesas que tragam tecnologia e possam assumir um papel no desenvolvimento” da barragem. Quatro anos depois do acordo de reversão e dois depois de acertadas todas as contas entre Portugal e Moçambique chegou a altura de tratar do assunto em torno da barragem de Cahora Bassa.A ideia passa por vender esses 15 por cento a empresas portuguesas com alguma presença do Estado, com vocação para este negócio e com vontade de entrar no mercado energético no extremo sul do continente africano, como a EDP ou a REN.No acordo assinado em Outubro de 2006, o executivo português comprometeu-se a consultar o Estado moçambicano antes de alienar os 15 por cento, mas com as relações entre os dois países em estado de graça, o governo moçambicano não deverá questionar o negócio, vendo inclusive com bons olhos a entrada no país de empresas com potencial para desenvolver Cahora Bassa.// Por Elisabete Contramestre

.

Carla Susana Lopes Antunes Solicitadora Rua António Martins Machado, n.º 45 - Cave Dt.ª - Letra B 2565-027 CAMPELOS Telm.:914 056 411 Telef.:261 469 268 - Fax.: 261 469 270 e-mail.: carlantunes1@sapo.pt

. PASTELARIA DIVERSA . VENDA DE PÃO . REFEIÇÕES RÁPIDAS . SANDES VARIADAS AGUARDAMOS A SUA VISITA!

ESTAMOS SITUADOS DENTRO DA ESTAÇÃO DE COMBOIOS DA REFER EM PALMELA Telef.: 212 351 460 ABERTOS DE SEGUNDA A SÁBADO DAS 06:30H ÀS 21:00H


Cultura |

Parque da Bela Vista Lisboa

//“O Parque da Bela Vista, em Lisboa, recebe a quarta edição do maior festival de música do mundo. Ao longo dos cinco dias de festival (21, 22, 27, 28 e 29 Maio), vão passar pela Cidade do Rock alguns dos maiores nomes da música nacional e internacional. À semelhança do que aconteceu nas edições anteriores, a organização vai entregar parte das verbas recebidas a algumas instituições portuguesas de solidariedade social”.Os bilhetes estão disponíveis ao preço de 58 euros (crianças até aos três anos não pagam) em 68 sucursais do Millenium BCP, 13 estações da CP, 314 postos da BP e em 16 lojas Fnac. Quem quiser pode tatmbém adquirir os bilhetes através do site oficial do festival, em www.rockinrio-lisboa. sapo.pt ou no do Millenium BCP.Os portugueses D’ZRT e os britânicos McFly engrossam o cartaz do Rock in Rio-Lisboa, e sobem ao palco no mesmo dia em que Miley Cyrus a popular ‘Hannah Montana’ é cabeça-de-cartaz . Outros já anunciados são Shakira, Muse e Rammstein.//

{Palco Mundo}

21 de Maio

22 de Maio

27 de Maio

29 de Maio

30 de Maio

Shakira

Elton John

Muse

Miley Cirus

Rammstein

John Mayer

Trovante

Snow Patrol

D´ZRT

Motörhead

Ivete Sangalo

Leona Lewis

Xutos & Pontapés

McFly

Mariza

Abr | Mai 2010 • 15


21 de Maio

22 de Maio

Boss AC & Yuri da Cunha

Rui Veloso & Maria Rita + Toni Garrido

Oquestrada e Segredos de Portugal

Tiago Bettencourt + Mantha & Tiê

Azeitonas e António Zambujo

Soulbizness & Zoey Jones

{Tenda Sunset}

27 de Maio

29 de Maio

30 de Maio

Jorge Palma & Zeca Baleiro

Luís Represas & Martinho da Vila

Ramp & Hail

Expensive Soul & Bluey / Incognito + Omar

Tim & Mariza

More Than A Thousand & convidado

Nu Soul Family & Julie McKnight

Lúcia Moniz & Mister Lizard

Fingertips & convidado

{Palco Electrónica} 21 de Maio

27 de Maio

29 de Maio

30 de Maio

Deadmau5

Major Lazer

Dubfire

Green Velvet Live

Chris Lake

Drop The Lime

DJ Vibe

Speedy J Live

Soul_mater feat&Pedro Tabuada e King Bizz

Zombie Kids feat Aqeel

Audiofly

Jim Masters

Garrido

Jamie XX

Davide Squillace

Artista a anunciar

Tó Ricciardi

Alvará de Construção n.º 56244

A AG OR A N A NTE AV. AL MIR R EI S

Idealizamos Criamos Executamos

A S UA DE C LOJ A OMP RA E DE A V E ND R T IG A OS U S ADO S

QU E R C OMP R AR C OM G AR AN T IA E V E N DE R A DIN H E IR O A R T I G O S U S A D O S E M P E R F E I T O E S TA D O ?

C OMP R AMOS

A P R O N T O E A DI N H E I R O

Rua 25 de Abril, Armazém E - Broega - 2860-000 MOITA Telef.: 212 895 067- Fax.: 212 897 395 | Telem.: 938 667 810 e-mails.: Sr. Vitor Fernandes - v.fernandes@tecnicascriativas.com Sr.ª D.ª Carla Fernandes - c.fernandes@tecnicascriativas.com

Transformamos Ideias em Realidade!

TV, PLASMA, HI-FI, INFORMÁTICA , TELEFONES, FAXES, JOALHARIA , OURIVESARIA FOTOGRAFIA, JOGOS DE VÍDEO , INSTRUMENTOS MUSICAIS, BRICOLAGE, ELECTRODOMÉSTICOS, MÓVEIS...

V E N DE MOS G AR ANT IA

C OM

Av. Almirante Reis, 140, 1150-023 LISBOA TEL: 211 554 692 | FAX : 211 554 694 Ru a reira A ntón C a io rrilh o

Rua Vila Real, 54-A Pai do Vento - Alcabideche 2755-299 CASCAIS

P raç a do C hile

Av e nida Almirant e R eis

Pe

R ua R ua J os é Falc ão

Arr oios

M or

a is

S oa

res

P enha de Franç a

U m loc a l únic o pa ra C O M P R AR , V E N DE R e T R O C AR

Aluminíos e Estores de:

José Luís Nascimento PAULO & JOÃO

SOCIEDADE DE EMPREITADAS CONSTRUÇÃO CIVIL,LDA

Rua da Unidade Vimaranense, n.º 73 - Costa 4810-026 GUIMARÃES Telef.: 253 010 427 - Fax.: 253 542 201 www.pharmacomplexo.com e-mail:geral@pharmacomplexo.com 16 • Abr | Mai 2010

COFRAGENS TODO O TIPO DE TRABALHO DE PEDREIRO ACABAMENTOS Casal Monte Guilhão, 16 2560-403 Silveira - TORRES VEDRAS Telef e Fax.: 261 938 178 Sr. Paulo: 969 097 993 Sr. João: 969 097 994

Montagem e restauração; Marquises,janelas,portas, portadas fixas e móveis, resguardos de banheiro e polibans,vidros simples e duplos,ferro e grades, Pvc

Rua do Moinho, 6 - 1.º D | Setúbal Telem.: 932 215 981 - Telef.: 309 725 266


Cultura |

OVIBEJA: “Todo o Alentejo deste Mundo” //Na 27ª edição da Ovibeja que irá decorrer entre os dias 28 de Abril de 2 de Maio, o destaque deste ano passa pelos diversos produtos da região, como a gastronomia, a doçaria, os enchidos e o queijo, o azeite e o vinho. Irá ainda haver mais exposições temáticas interactivas, onde o azeite volta a ser um dos temas centrais, assim como diversos espectáculos.A grande feira do Sul apresentará uma programação intensiva de colóquios e debates dedicados aos temas centrais da agricultura alentejana e nacional. A agricultura e pecuária em extensivo, as novas culturas decorrentes do regadio do Alqueva, o desenvolvimento rural, a sustentabilidade económica e as fileiras estratégicas como o olival e a vinha, são alguns dos temas que estarão em discussão. Os produtos regionais, como a doçaria, enchidos, queijo, vinho, e gastronomia vão merecer especial destaque na 27ª edição da Ovibeja. Depois do sucesso do “Pavilhão Azeite Alentejo” apresentado na última edição, a comissão organizadora vai continuar a apostar em exposições temáticas interactivas onde o azeite volta a ser o tema central.Concursos e exposições de gado, corridas de toiros, demonstrações equestres, artesanato, comércio, provas desportivas, exposições empresariais e institucionais preenchem a oferta do certame para além de uma intensa programação cultural, com espectáculos e concertos para animar as famosas “Ovinoites”.//

Daniela Mercury na Ovibeja //A cantora brasileira Daniela Mercury faz parte do cartaz de espectáculos da Ovibeja 2010. Daniela Mercury é considerada uma das maiores cantoras, e mais famosas de axé, e é conhecida como a rainha deste género musical. Desde 1991 e até à data, Daniela Mercury lançou diversos álbuns e singles, vendendo mais de 12 milhões de discos em todo o mundo. Este é um dos nomes do cartaz de espectáculos da Ovibeja 2010, que começa no dia 28 de Abril, para se prolongar até 2 de Maio, no Parque de Feiras e Exposições de Beja.//

FARMÁCIA

DO CASAL NOVO ENCERRAMENTO SEMANAL ÀS 22H00 Direcção Técnica de:

Dr.ª Teresa M. Figueiredo P. de Albuquerque Reis

1928 - 2010

FAZEMOS TESTES

. Glicémia

. . Colesterol . Gravidez Triglicéridos . Úrico . Ácido PSA * Produtos de Homeopatia e Fitoterapia * Dermocosmética Rua do Brasil, Lote 5 | Loja Dta. 1685-400 CANEÇAS Telef.: 219 801 493 . Fax.: 219 801 495

82 ANOS DE FREGUESIA

Junta de Freguesia de Cova da Piedade Concelho de Almada

Na passagem do 82.º Aniversário da sua fundação, a Junta de freguesia de Cova da Piedade saúda toda a população garantindo que respeitando os princípios de Abril, continuará lutando para o seu progresso, desenvolvimento e bem estar. O Executivo Posto de Atendimento: Rua José Ferreira Jorge, 12 - A 2805-181ALMADA Telef.: 212 767 948 Fax.: 212 755 112 e-mail: geral@jf-covadapiedade.pt Horário - Seg. a Sex. - 09H00-17H30

Sede: Estrada do Brejo, 16 A 2809-004 ALMADA Telef. / Fax.: 212 744 469 Abr | Mai 2010 • 17


Terra dos Sonhos Não basta acreditar, é preciso agir…

//“Estás a ver aquela estrela? Lembra-te bem dela, porque quando eu partir estarei ali, a olhar para ti....” Esta estrela e tantas outras são as palavras dos pequenos heróis da Terra dos Sonhos, que apesar de saberem que a qualquer momento podem “partir” têm sempre uma palavra de conforto para os pais e aos que lhe são mais próximos. Muitos sonhos e sorrisos realizados, que nas palavras de Frederico Vital, presidente da associação Terra dos Sonhos fazem-nos acreditar que é possível mudar o mundo pelas mãos das crianças. “Sempre achei que as crianças são mais puras, porque estão mais perto da fonte da vida. Porque não estão enfermadas dos vícios e das defesas mentais que tanto condicionam o mundo dos adultos (…) Para elas não há futuro nem passado. Há um agora que se prolonga ao ritmo das brincadeiras e dos risos e das histórias para dormir”.// A. M.- Proporcionar momentos de grande felicidade a crianças com doenças várias em fase terminal é a missão da Terra dos Sonhos. A Terra dos Sonhos tem praticamente 3 anos de existência. Faça-me um balanço do vosso trabalho. F. V. - Desde o seu início, em 2007, a Terra dos Sonhos começou por se focar na realização dos sonhos mais impossíveis de crianças e jovens (entre os 2 e os 18 anos) diagnosticados com doenças crónicas e/ou em fase avançada de doença. A verdadeira missão da Terra dos Sonhos, porém, sempre foi a de fazer passar a mensagem que está por trás desta actividade – a de que, independentemente das nossas circunstâncias e condicionamentos, das limitações e do sofrimento, todos temos a capacidade de, nas nossas vidas, realizarmos os nossos sonhos, os nossos objectivos mais inspiradores, aqueles que nos fazem continuar a vibrar na crença da vida. A mensagem de que não existem impossíveis e que o nosso estado de espírito, o nosso estado anímico, as nossas convicções são

António Carlos dos Santos Galveia Serralharia Civil em Máquinas Agrícolas Máquinas Para Indústria da Pedra Av. 29 de Agosto, 117 2705-869| Terrugem - SINTRA Telef./Fax.: 219 617 291 18 • Abr | Mai 2010

uma parte muito importante do processo das nossas vidas, condicionando-a de forma decisiva. E que temos os recursos necessários dentro de cada um de nós para construirmos a nossa vida no sentido dos nossos sonhos. Esta mensagem (que é válida para as pessoas de uma forma geral, independentemente de sexo, idade ou religiões) fazia, no entanto, mais sentido e tinha maior relevância para aquilo que chamamos de “grupos especialmente carenciados” – é o caso destas crianças e jovens com doenças crónicas, com quem iniciámos, em 2007, o nosso trabalho, mas é também o caso das crianças e jovens com outro tipo de carências (sociais, económicas ou afectivas) e para os idosos. Sentimos que nestes quase 3 anos desde que começámos e dentro da população alvo do nosso trabalho, conseguimos criar muitos momentos transformadores, muitas alegrias e muita esperanças na vida e nas pessoas. Isso mesmo nos dizem os testemunhos, as imagens e as reacções de muitas

VERDE GAIO LAREIRAS

SOCIEDADE DE FOGÕES DE SALA, LDA.

O MELHOR GRELHADOR DA CAPITAL ENCERRA AO DOMINGO

ESPECIALIDADES

. Grelhados no carvão . Cozinha Portuguesa FAZEMOS RESERVAS PELO TELEF.: 213 969 579

Rua Francisco Metrass, 18 - B Campo de Ourique | 1350-142 LISBOA

Recuperadores de calor Salamandras Lareiras metálicas Recuperadores dupla face Barbecues Aspiração central Acessórios Ar condicionado e Painéis solares Rua do Freixo, 208 | 4300-208 PORTO Telef.: 225 301 595 - Fax.: 225 309 010 Telem.: 964 856 059 www.megalareiras.com e-mail:megalareiras@megalareiras.com

SOCIPEC SOCIEDADE DE PERITAGENS, ECONOMIA, CONTABILIDADE, LDA. e-mail: socipeclda@mail.telepac.pt Rua Major João Gomes, n.º 29 2640-491 MAFRA Telef.:261 811 305 - Fax.: 261 812 793


Acção Social |

e muitas pessoas que conviveram de perto com as nossas acções. E estes efeitos verificaram-se não só nas crianças e jovens a quem realizámos os sonhos, como nas suas células familiares e no seu meio envolvente (amigos, professores, equipas médicas). Isto é muito gratificante, mas pede mais – não só mais sonhos, mas sonhos para mais grupos especialmente carenciados, maior participação da sociedade civil e mais ferramentas que ajudem as pessoas mais carenciadas a alcançarem, por si mesmas, os seus sonhos. Por outro lado, a adesão massiva de voluntários (cerca de 1.000 em todo o país, actualmente) e de parceiros (mais de 50), bem como o interesse generalizado das pessoas e instituições pelo trabalho que temos vindo a desenvolver, são indicadores que nos deixam satisfeitos pelos resultados alcançados até agora. Estamos contentes, pois, mas não conformados – há muito mais para fazer. E há mais para fazer, melhorando, a cada dia, os nossos métodos, processos e organização. É aí que estamos focados. A.M. – Muitos sonhos concretizados? Muitos sorrisos para concretizar? F.V. - Até agora realizámos 149 sonhos e temos cerca de 50 em realização simultânea pelas equipas de voluntários da terra dos sonhos (os verdadeiros motores deste movimento). Com

a expansão desta actividade a idosos e a crianças e jovens com outro tipo de carências, esperamos ter um aumento significativo dos sonhos realizados.Mas mais importante do que a contabilidade dos sonhos, é a medição do grau de qualidade dos mesmos. Por essa razão, a partir de Abril, começaremos a desenvolver ferramentas que nos permitam fazer um acompanhamento mais rigoroso e bem medido dos efeitos que pretendemos alcançar com a realização destes sonhos, através da ajuda de especialistas em diversas áreas. A.M – Qual a maior lição de vida que retirou nestes 3 anos de “sonhos”? F.V. - A maior lição de vida foram várias. Mas se tivesse que escolher, diria essencialmente duas coisas: não existem limites para aquilo que o espírito humano é capaz de alcançar, independentemente das suas limitações físicas e da sua condição concreta no mundo dos homens; bem como se cada um de nós der uma pequena ajuda aos sonhos de outros, a realização dos nossos próprios sonhos torna-se muito mais fácil. Todos estamos ligados e tudo o que fazemos para fora reflecte-se dentro de nós e altera a qualidade da nossa vida e do nosso mundo. A.M. – Impossível continua a ser aquela palavra que não consta no dicionário da associação ou “infelizmente” por situações adversas à vida vêm-se por vezes na impossibilidade de concretizar alguns sonhos? F.V. - Existem variáveis que não conseguimos controlar. Mas o facto de nós não as conseguirmos controlar, não retira validade à premissa. A excepção não invalida a regra.Não ambicionamos ser magos ou feiticeiros com poderes sobrenaturais. Mas sabemos que todos temos capacidade de nos superarmos. E isso mesmo tem vindo a ser provado pelas crianças e jovens com quem nos temos cruzado. Eles são os verdadeiros heróis, que nos dão lições de vida a cada minuto. Se aproveitarmos o seu exemplo, e nos inspirarmos a realizar essa mudança de visão nas nossas próprias vidas, o trabalho está a ser feito. Os sonhos que não conseguimos concretizar, por uma ou outra razão e que, até agora, foram muito poucos, são alavancas que nos ajudam a melhorar e a concentrar cada vez mais energia

TABACARIA 2009-FIAT 500 1.3 MULTIJET SPORT € 12.950,00

Príncipe da Sorte

.

Telf.: 268 621 630 Mais de 1 século ao seu serviço

2007-TOYOTA 1.0 VVT-I SOL € 9.750,00

Telem.: 932 711 017 www.autobelarosa.com E-mail:autobelarosa@sapo.pt

.

Tractores Jipes Alfaias Agrícolas

€ 14.950,00 € 7.950,00

Serviço de Tornos Serviço de Serralharia Reparação Mecânica de:

2010-CITROÊN C3 1.4 HDI AIRDREAM

2009-CITROÊN BERLINGO 1.6 HDI VAN

Castro & Fagulha, Ld.ª

1878 * 2011

Largo da Misericórdia, n.º 1

Largo da Misericórdia, nº 1 7350 ELVAS 7350 ELVAS

Posto de Combustíveis AZORIA com Serviço de Cafetaria e-mail.:castrofagulha@hotmail.com Telef.: 296 682 664 - Fax.: 296 682 626 Rua Nossa Senhora da Ajuda, n.º 215 - Covoada 9500 PONTA DELGADA

Abr | Mai 2010 • 19


em todos os casos que temos. Mas, para além disso, o facto de nós não o conseguirmos, não significa que o impossível não seja senão uma limitação que nos impomos todos os dias e que podemos vencer. E só sabemos se é impossível ou não, se o tentarmos fazer. Não basta acreditar – é preciso agir. E é essa a nossa missão. A.M. – Momentos mágicos, momentos únicos só são possíveis pelo esforço que fazem há cerca de 3 anos. Tenho conhecimentos de mais de cem sonhos realizados. Um número que vos satisfaz em termos de concretização humana ou ainda um bocado frustrante em termos de pedidos que vos chegam às vossas mãos? F.V. - Hoje são, como disse, 149, mais 50 em realização simultânea. Não há qualquer frustração, pois o número de sonhos realizados, em conjunto com os que estão actualmente em realização, constitui o total do universo de sonhos para os quais recebemos candidaturas, desde o momento do lançamento oficial a público da associação, em Janeiro de 2008. Independentemente disso, queremos realizar muitos mais. Não porque queiramos acumular objectivos cumpridos, mas porque quantos mais sonhos realizarmos, mais famílias ajudamos, mais inspiração espalhamos, mais crença ajudamos a criar. E quanto mais generalizada for a integração desta mensagem de olhar para a vida de uma forma positiva, acreditando nas nossas capacidades de superação, maior é a qualidade geral e o bem estar em que vivemos. A.M. - De todas as crianças que lhe passaram pela vida, é capaz de destacar uma ou é difícil, na medida em que cada caso é um caso? Conte-nos um caso que o tenha marcado. F.V. - Todas as pessoas que passam pelas nossas vidas têm uma energia própria, que deixa marcas no nosso campo emocional e afectivo. No caso destas crianças e jovens, esta energia é mais evidente e mais impactante, pois obriga-nos a relativizar os nossos problemas e os nossos pequenos “dramas”, para passar a dimensionar tudo e todos de forma distinta. Os casos que mais me sensibilizaram foram aqueles em que de uma forma berrante me apercebi do simples que pode ser ajudarmos a criar estados de espírito mais positivos e alegres. E lembro-me especialmente de um menino cujo sonho era o

de conhecer uma fábrica de material escolar. Um sonho que, à partida e para qualquer um de nós, poderia parecer, no mínimo estranho. Mas, se nos pusermos na sua pele e percebermos que ele estava privado da fantasia da escola, do início do ano escolar, com as idas aos supermercados e livrarias para comparar estojos, lápis, canetas, cadernos e mochilas, uma fantasia que todos nós já tivemos e que dávamos como adquirido e que ele não podia ter por causa das suas limitações, percebemos também a emocionante simplicidade da vida e, sobretudo, o quão simples pode ser dar alegria a quem tanto precisa. A.M. - Sorrisos, risos, o brilho dos seus olhares nos momentos de alegria, a força que as fez dar a volta por cima, a forma corajosa com que vivem os últimos dias das suas vidas fazem destas crianças os heróis dos nossos dias. Consegue descrever estes sentimentos que vive diariamente ao depararse com esta força que essas crianças vos transmitem. F.V. - Sempre achei que as crianças são mais puras, porque

Escola de Condução Condense Há 26 anos a Dar-lhe Prioridade

PRODUTOS ALIMENTARES, LDA PRODUTOS PARA HOTELARIA, RESTAURAÇÃO, ESCOLAS, CRECHES, LARES, PRONTO A COMER, SNACK-BAR, ETC

FRESCOS • CONGELADOS • PRÉ-COZINHADOS CARNES • PEIXES • MARISCOS VEGETAIS • SALGADOS • CHARCUTARIA • MERCEARIAS Sede/Armazém/Escritório:Estrada Real - Pinhal Redondo, Armazém 8 - 2870 MONTIJO Telefs.: 212 321 250 - 212 320 960 - Fax.: 212 328 660 Loja/venda ao Público: Av. dos Pescadores, 13-15 - 2870 MONTIJO Telef.: 212 313 472

www.maiamartinho.pt

.

e-mail:maia@maiamartinho.pt

20 • Abr | Mai 2010

COMERCIALIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA REGAS,LDA

PASTELARIA VERSAILLES RESTAURANTE .PASTELARIA

HORÁRIO DA SECRETARIA: 09H00-13H00 E 15H00-19H30

LIGEIROS - MOTOCICLOS TRATA DE TODA A DOCUMENTAÇÃO Promoção de Natal:

carta de condução a p. pagamento

Zona Industrial - Monte da Barca Lotes 3 e 4 - Apartado 54 2104-909 CORUCHE - Portugal Telef.: 243 610 190 - Fax.: 243 610 196 www.imperregas.pt e-mail:imperregas@imperregas.pt

Av. da República, n.º 15 A | 1050-185 LISBOA Telef.: 213 546 340 . Fax.: 213 555 344 Av. Rovisco Pais, n.º 1 - Torre Norte 1049-001 LISBOA - Telef.: 218 418 160 Rua da Beneficiência, n.º 8 - Hospital Curry Cabral 1050-035 LISBOA - Telef.: 217 960 000

€ 499

*Oferta do Livro de Código

Estrada Nacional 10, Lote 169 - 1.º 2975-403 QUINTA DO CONDE Telef.: 212 101 263 | Telem.: 963 667 369 www.escolacondense.pt e-mail: eccondense@escolacondense.pt


Acção Social |

estão mais perto da fonte da vida. Porque não estão enfermadas dos vícios e das defesas mentais que tanto condicionam o mundo dos adultos. Eles sabem, por instinto, que a vida vai muito mais além das formas e do apego que a elas temos. Sabem, não porque pensaram nisso, mas porque intuem a eternidade dos momentos que vivem. Para elas não há futuro nem passado. Há um agora que se prolonga ao ritmo das brincadeiras e dos risos e das histórias para dormir. Estas crianças doentes não deixam de ter esta proximidade da fonte. Mas também são obrigadas a crescer mais depressa. A perceberem que estão limitadas e que estão condicionadas. Mas o milagre destas crianças é que elas canalizam este ganho adicional de maturidade para tranquilizarem os adultos, nomeadamente os seus pais e aqueles que são mais próximos. Para lhes darem palavras de alento. E porquê? Porque apesar de todo o sofrimento e de todas as limitações, a intuição da eternidade da vida e de todas as suas possibilidades em aberto continua bem presente nelas. E isto é uma enorme lição. Para mim, pelo menos. Lembro-me sempre de um menino, que estava perto do seu dia e que uma noite se virou para o pai e disse: “estás a ver aquela estrela? Lembra-te bem dela, porque quando eu partir estarei ali, a olhar para ti....” Estas são palavras que vêm de um plano superior. E o que sinto, de uma forma geral, relativamente a estas crianças e jovens, é isso – eles estão imbuídos de algo superior a nós, mas que todos temos. Aproveitemos o seu exemplo para o descobrir, pois é esse algo que nos leva a superar tudo na nossa vida. A.M. – Projectos a concretizar a médio e a longo prazo. F.V. - Continuar a tentar que as pessoas, de uma forma geral, acreditem que podem realizar os seus sonhos mais inspiradores, se a isso se dedicarem e se aceitarem, de braços abertos, o que os outros têm para lhes oferecer. E dar ferramentas adicionais aos que têm mais dificuldade em chegar lá por si mesmos.

Em termos práticos isto significa: alargar a actividade de realização de sonhos a mais grupos especialmente carenciados, numa perspectiva de intervenção social – idosos e crianças e jovens com carências sociais, económicas e afectivas; implementar novos formatos que inspirem as pessoas a acreditarem nesta visão da vida – o que faremos já a partir de 2010; diversificar as áreas de actuação social da terra dos sonhos, nomeadamente expandindo o tipo de trabalho realizado, com a criação de projectos estruturantes de capacitação e empowerment de determinados grupos sociais, sempre no sentido de criar condições para a concretização de sonhos (objectivos inspiradores e com significado de pessoas e comunidades).Tudo isto será reflectido no nosso plano estratégico para 2010-2013, que estamos neste momento a terminar, com o apoio de uma consultora liderada por Nuno Frazão (positive benefits) e que será apresentado à comunicação social e parceiros já durante o mês de Abril.A nossa terra dos sonhos é Portugal, mas é também o mundo. Convido todos a fazerem parte dela. Por Elisabete Contramestre

SEDE Lx Factory, Rua Rodrigues Faria, nº 103 (Edif. Normajean) 1300-501 Lisboa | Telef.: 213 406 234

VÍTOR PEREIRA GASPAR UNIPESSOAL, LDA. Telem.: 964 076 638

COMÉRCIO DE PALETES E SUCATA

Montagem de Gabiões Construção Civil

Uma palete recuperada uma Árvore não cortada

Empresa associada nº21 da

Telef.:/Fax.: 236 947 506 Telem.: 965 425 241 Rua do Farpado, n.º 1 - Marco 3105-456 Carnide - POMBAL

Rua do Cassanito - Armazém Trajouce 2785-601 SÃO DOMINGOS DE RANA

Empresa associada

Rua Capitão João D’Ávila, n.º 38 - C 9700-042 ANGRA DO HEROÍSMO Telef.: 295 213 081 - Telem.: 962 816 266 Fax.: 295 213 087 e-mail.: rogerio-pereira@mail.telepac.pt

Abr | Mai 2010 • 21


| Desporto

Fórmula 1

Ayrton Senna //Ayrton Senna, tricampeão do Mundo de Fórmula 1, vai ser homenageado virtualmente pela passagem do 50.º aniversário do seu nascimento, com uma corrente de mensagens, anunciou a fundação com o seu nome. A campanha é uma das várias iniciativas do Instituto Ayrton Senna para recordar o falecido piloto, nascido a 21 de março de 1960, em São Paulo, e que morreu a 1 de maio de 1994, num acidente na curva Tamburello do circuito de Imola, no Grande Prémio de San Marino.Os fãs do piloto podem enviar mensagens através das redes sociais Facebook e Twitter ou diretamente no site www.senna50. com.br. A frase "Parabéns, Ayrton!" convida os cibernautas a construírem o maior mural virtual de sempre, já que cada mensagem se transforma num capacete amarelo utilizado pelo piloto, podendo ser consultada depois pelo público, que já deixou mais de 7000 manifestações de carinho em pouco maisde cinco horas.Senna, campeão do Mundo pela McLarenHonda (1988, 1990 e 1991), completou 10 temporadas na F1, num total de 162 grandes prémios, totalizando 41 triunfos, 80 presenças em pódios e 65 "poles".//

Motociclismo

Valentino Rossi //O campeão do mundo em título do MotoGP, Valentino Rossi, foi galardoado pelo Ministro dos Negócios Estrangeiro de Itália, Franco Frattini, com o prémio de mérito desportivo. Numa cerimónia realizada em Roma, Rossi foi premiado  por representar a Itália ao mais alto nível no panorama desportivo internacional.”Por 103 vezes, nos cinco continentes, o hino italiano fez vibrar os corações no final das corridas, tudo devido à capacidade de Valentino Rossi”, pode ler-se num comunicado emitido pelo governo italiano. “O Valentino Rossi tornou-se um ícone, que representa as maravilhosas virtudes de Itália no estrangeiro, sendo motivo de orgulho de todos os italianos”, acrescenta-se.”Rossifumi” agradeceu o prémio e aproveitou a ocasião para negar a possibilidade de se mudar para a Formula 1 ou que tenha qualquer intenção de sair da Yamaha. “Para um verdadeiro orgulho italiano seria perfeita uma combinação entre moto e piloto italianos. Mas para ganhar é preciso pensar no que poderia acontecer em pista, além de que a Yamaha é muito italiana e a nossa história tem sido muito bonita, por isso seria uma traição”, afirmou o piloto de 31 anos.Os números que levaram Valentino Rossi a este prémio são impressionantes: em 14 temporadas, conquistou nove títulos mundiais. Além das 103 vitórias, Valentino tem ainda mais 58 posições no pódio em 223 corridas. No total da carreira, o campeão do mundo soma 3.760 pontos, uma média de 16,8 pontos por GP.// Por José Gomes Ferreira

CUIDE DO SEU AUTOMÓVEL

!!

V Mecânica Reparação para Inspecção Serviços Rápidos

TE ISI

MONTAGENS E REPARAÇÕES AUTO Azinhaga das Mimosas - Est. Nacional 252 - CCI - n.º 3934 - Alto Estanqueiro- Jardia Telef./Fax.: 212 384 757 - Telem. (Márcio Coelho) 938 393 928 22 • Abr | Mai 2010

-

S NO


Destaque |

Abr | Mai 2010 • 23



A MARCA 27