a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1


Copyright©2013 por Dulce Consuelo Silveira Lopes Purin Todos os direitos em Língua Portuguesa reservados por: A.D. SANTOS EDITORA Al. Júlia da Costa, 215 80410-070 – Curitiba – Paraná – Brasil + 55 (41) 3207-8585 www.adsantos.com.br editora@adsantos.com.br

Capa: IGOR BRAGA Projeto Gráfico: MANOEL MENEZES Coordenação Editorial: PRISCILA LARANJEIRA Impressão e acabamento: GRÁFICA BETÂNIA

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) PURIN, Dulce Consuelo Silveira Lopes PARA ESPOSAS DE PASTORES – Dulce Consuelo Silveira Lopes Purin, A.D. Santos Editora, 144 páginas. ISBN – 978.85.7459-309-8 CDD 253 1. Direção Espiritual CDD 261 1. Teologia Social Cristã

2. Deveres das esposas de pastores 2. Cristianismo e Sociedade

1ª edição: Abril / 2013 – 3.000 exemplares. Proibida a reprodução total ou parcial, por quaisquer meios a não ser em citações breves, com indicação da fonte.

Edição e Distribuição:


Dedicatória

E

ste modesto trabalho é fruto de bem mais de meio século de observação, acompanhamento e participação no ministério pastoral. Por isso é dedicado, inicialmente, aos meus dois primeiros pastores, santos homens de Deus que aprenderam com Jesus a amar, perdoar, servir e a serem mansos e humildes de coração. ANTONIO LOPES, meu saudoso pai, de cujo ministério participei desde o tempo de seminarista, da minha primeira infância até o dia do meu casamento, quando só então deixei de ser sua ovelha. JOÃO REINALDO PURIN, meu marido, maravilhoso companheiro com que Deus me presenteou e a quem acompanho no ministério por todos esses anos, desde que, ainda seminarista, tornou-se meu noivo. Há ainda uma grande mulher a quem dedico estas páginas – OLINDA SILVEIRA LOPES, minha mãe, lição viva de uma boa esposa de pastor. i


Essas três pessoas me ensinaram a gostar de ser esposa de pastor. Por isso, eu lhes rendo minha homenagem. À minha nora, JEANNI MACEDO PURIN, que há dezoito anos vem se mostrando idônea e cumpridora de seu ministério como esposa de pastor. A DEUS, antes de tudo e de todos, que me deu o privilégio de ocupar tão importante posição, o meu louvor, a minha gratidão e a renovada dedicação da minha vida. Dulce Consuelo

ii


Apresentação

A

ideia deste meu despretensioso trabalho nasceu de uma rica experiência que tive como palestrante em um Retiro de Esposas de Pastores do Estado de São Paulo, em julho de 1984, e em muitas outras ocasiões foi-me dado o mesmo privilégio de falar a colegas do Espírito Santo, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina. Em outro tempo recebi o incentivo de uma querida ex-ovelha, Jacira Queiroz dos Santos. Ela trabalhava na biblioteca de um Seminário Teológico e teve em mãos um livro em inglês escrito para esposas de pastores. Guardo até hoje a carta que ela me escreveu sugerindo-me fazer algo parecido. Propus-me a orar e pensar sobre isso. E já se vão mais de vinte e cinco anos! Aqui está, portanto, o desenvolvimento e ampliação dos esboços das palestras compartilhadas. Não se trata de um compêndio filosófico, muito menos teológico, nem contém noções de psicologia. Não me atreveria a tanto. Se há iii


nele filosofia, é a minha filosofia de vida como esposa de pastor. Se há citações teológicas, são apenas os conceitos que a Bíblia expressa sobre a mulher que deve ser a companheira de um homem vocacionado por Deus para o ministério da Palavra. Se há algo de psicologia, são as experiências do coração, vividas no meu relacionamento com as pessoas do nosso rebanho. Pretendo apenas expor as ideias h que tenho quanto ao ministério da Se há nele filosofia, é esposa de pastor. Tenho me sentido a minha filosofia de feliz, muito feliz e realizada como tal. vida como esposa de Gostaria, a bem dos homens de Deus pastor. Se há citações que são pastores e dos rebanhos que teológicas, são apenas pastoreiam, que todas as minhas coleos conceitos que a Bíblia expressa sobre a gas considerassem, antes de tudo, um mulher que deve ser a privilégio a responsabilidade a elas confiada. Gostaria também que os companheira de um homem vocacionado filhos dos pastores fossem influenciapor Deus para o dos por essa alegria. ministério da Palavra. Meus conceitos são todos calcaSe há algo de dos em princípios bíblicos. A Bíblia psicologia, são as continua a ser o meu guia e a orientaexperiências do ção para o meu viver. coração, vividas no Minha visão do ministério de meu relacionamento esposa de pastor foi se formando com as pessoas do durante mais de sessenta anos de nosso rebanho. h vida participativa ao lado do pai pastor e do marido pastor.

iv


Sei que haverá quem discorde de mim. Admito e respeito! Mas no meu caso, o que penso e a maneira como sempre agi tem dado certo. Pode ser, portanto, que ajude alguém. Este é tão somente o meu objetivo e a minha oração. Dulce Consuelo

v


vi


Prefácio

M

... ais valiosa que os rubis! Uma mulher valiosa, que exala o precioso perfume de Cristo, nos presenteia com esta joia, ao compartilhar conosco sua trajetória de vida. Caminhando com D. Dulce Consuelo, somos edificadas por sua maneira sábia e amorosa de transmitir a palavra de Deus, podendo constatar seu amor e intimidade com o Pai. Permitam-me compartilhar como enxergo essa linda senhora em seu relacionamento com Ele. Sua casa é muito acolhedora e suas xícaras, de porcelana fina, são lindíssimas. Imagino que ela escolha a mais bonita, prepare um delicioso chá e convide o Pai celeste para sentar-se e conversar, ouvindo atentamente Suas palavras amorosas e cheias de sabedoria.

vii


Apesar de ser um perfume raro, mais valiosa que os rubis, D. Dulce, com este livro, nos passa com simplicidade verdades tão enriquecedoras de suas experiências como esposa de pastor que, com certeza, farão diferença em nossas vidas. Querida amiga, prepare um delicioso chá, escolha um cantinho acolhedor e se delicie com este lindo e precioso presente. Cleuza Piragine Primeira Igreja Batista de Curitiba

viii


Índice

capítulo 1 – A Esposa de Pastor – Quem É e o que Faz?. . . . . . . . . . . 1 capítulo 2 – A Família do Pastor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13 capítulo 3 – A Esposa do Pastor e as Relações Humanas . . . . . . . . 29 capítulo 4 – A Esposa de Pastor Confidente e Conselheira. . . . . . . 47 capítulo 5 – A Vida Financeira da Esposa de Pastor . . . . . . . . . . . . 55 capítulo 6 – A Esposa de Pastor na Igreja . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67 capítulo 7 – As Crises da Esposa de Pastor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77 capítulo 8 – Pastor – Homem ou Anjo? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 91 capítulo 9 – Alegrias e Frustrações da Esposa de Pastor. . . . . . . . . 101 capítulo 10 – Eu Fui Esposa de Pastor . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 111 Uma Proposta de Auto avaliação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 119

ix


x


capítulo

1

A Esposa de Pastor – Quem É e o que Faz? “Uma esposa exemplar; feliz quem a encontrar! É muito mais valiosa que os rubis”. (Provérbios 31.10 – NVI)


Para Esposas de Pastores

O

pastor, mais do que qualquer outro homem deve procurar e precisa encontrar essa mulher para ser a sua esposa. Muitos pastores atribuem grande percentagem do seu ministério à dedicação e auxílio da esposa. Alguns vão até além, o que confirma que de fato o pastor precisa pedir a Deus uma mulher virtuosa para ser a sua companheira. Pedir a Deus? Sim, porque “Casa e riqueza herdam-se dos pais; mas a mulher prudente vem do Senhor” (Provérbios 19.14-NVI). Em Levítico 21 lemos as leis acerca dos sacerdotes, responsáveis pela vida religiosa entre o povo de Israel. Aí estão bem claras as recomendações quanto à escolha de sua mulher, ressaltando-lhe a pureza e santidade. Leiam-se os versos 7, 13 e 14. “Ah! Mas esse era o tempo da Lei e hoje estamos no tempo da Graça”, diriam algumas. Então vamos ao Novo Testamento, com a igreja já instituída e homens especiais separados para o ministério. O apóstolo Paulo adverte os jovens pastores Timóteo e Tito quanto a cuidados minuciosos na vida conjugal e na administração da família. Tais recomendações bíblicas ressaltam o papel relevante que a esposa tem na vida do pastor. Aliás, isso é requisito incontestável na vida de qualquer casal. A mulher foi criada por Deus para ser bênção. É o que atesta o texto de Gênesis 2.18-25, onde se lê sobre a criação da mulher. Ser bênção deve ser, portanto, um objetivo pri2


A Esposa de Pastor – Quem é e o que faz?

h mordial na vida de toda mulher, ainda mais da mulher cristã. A esposa de O apóstolo Paulo adverte os jovens pastor precisa ser bênção, já que ela pastores Timóteo e vai completar a vida de um escolhido Tito quanto a cuidados de Deus, pois “Não é bom que o minuciosos na vida homem esteja só; farei para ele alguém conjugal e na que o auxilie e lhe corresponda” (Gêneadministração da sis 2.18 – NVI). família. Tais A esposa de pastor deve ser bênrecomendações ção porque é quem vai ajudá-lo, bíblicas ressaltam o seguindo lado a lado, viver com ele papel relevante que a cada momento, participando de esposa tem na vida do pastor. todas as suas vitórias, mas também de h suas tristezas e frustrações; ela é a sua parceira; às vezes precisa estar na retaguarda e, outras vezes por circunstâncias, até mesmo na sua vanguarda. O padrão de uma boa esposa de pastor pode ser a princípio, a mulher virtuosa exaltada em Provérbios 31.10-31. Essa passagem retrata as virtudes essenciais da mulher que o pastor precisa ter. Vejamos quais são.

1. FIDELIDADE – “Seu marido tem plena confiança nela...” (v.11). Desconfiança, ciúme, incertezas são sentimentos que deixam qualquer ser humano em sobressalto, preocupado. Daí a necessidade que o pastor tem de uma esposa que lhe seja inteiramente fiel, pois ele não pode viver preocupado, sobressaltado com o que possa acontecer ao seu casamento. 3


Para Esposas de Pastores

O comportamento da esposa e suas atitudes em relação ao sexo oposto devem ser íntegros de maneira que o pastor esteja sempre descansado, tranquilo e confiante quanto a isso. Pode ser que alguma colega esteja achando desnecessária essa observação, mas talvez, como eu, você saiba de alguns casos de pastores que sofreram a infidelidade conjugal da mulher. Graças a Deus não são muitos casos, mas tem havido. A fidelidade não é exigida apenas no aspecto do sexo, mas em todas as áreas da vida a dois. Inclui as finanças, palavras, conversas, negócios, amizades, sonhos e pretensões. 2. ESTABILIDADE EMOCIONAL O comportamento da – “Ela só lhe faz o bem, e nunca o mal, todos os dias da sua vida” (v.12). esposa e suas É difícil lidar com pessoas tematitudes em relação ao sexo oposto devem ser peramentais. Por isso, a esposa do íntegros de maneira pastor precisa cultivar a virtude da que o pastor esteja temperança. Seu estado de espírito sempre descansado, deve ser estável, suas emoções contranquilo e confiante troladas, seu humor equilibrado e o quanto a isso. seu temperamento dominado pelo h Espírito Santo, mesmo em dias de TPM ou de problemas emocionais. Só assim ela poderá fazer o bem e não o mal todos os dias para o seu marido pastor. h

4

Profile for A.D.Santos Editora

Para Esposas de Pastores  

Esposas de pastores são ajudadoras fiéis. São cooperadoras e coparticipantes do ministério de seus esposos, mas elas também precisam de quem...

Para Esposas de Pastores  

Esposas de pastores são ajudadoras fiéis. São cooperadoras e coparticipantes do ministério de seus esposos, mas elas também precisam de quem...

Advertisement