Page 1

BIOWARE Desenvolvimento de Tecnologias de Energia e Meio Ambiente


Apresentação BIOWARE DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIAS DE ENERGIA E MEIO AMBIENTE ESPECIALIDADE Desenvolvimento de nova tecnologia de energia renovável e meio ambiente

FUNDAÇÃO 2002, Empresa iniciada na Incamp, incubadora da UNICAMP, Universidade Estadual de Campinas

RAZÃO SOCIAL Bioware Desenvolvimento de Tecnologia de Energia e Meio Ambiente Ltda

CLASSIFICAÇÃO DA EMPRESA Empresa de Pequeno Porte

CNPJ 05.353.011/0001-79 - Lucro Presumido

ENDEREÇO Rua Uirapuru, 185 - Jardim São Gonçalo - Barão Geraldo - Campinas / SP Fone: 55 (19) 3515 7450

HOME-PAGE www.bioware.com.br

Apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa para o Desenvolvimento de São Paulo – FAPESP (PIPE) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq (RHAE) durante os anos 2002-2010.

2 www.BIOWARE.com.br


Projetos Projetos Financiados nos últimos 5 (cinco) anos 01) Edital MCT/CNPq CT-Energ 33/2006. Combustão e Gaseificação Processo: 555127/2006-0, Projeto: Planta demonstrativa para produção de briquetes de carvão renovável para uso em tecnologias de combustão, gaseificação e redução. Vigência 01/11/2006-15/11/2008. 02) Edital de fomento Tecnológico-14/2004, Projeto: Produção e Caracterização do Bio-óleo Combustível em Planta Piloto de Pirólise Rápida Usando Resíduos Agro-Industriais como Matéria-prima. Processo: 507492/2004-8. Vigência: 01/07/2005 a 31/10/2008. 03) Edital CTPETRO/MCT/CNPq 16/2005 - P&D Tecnológico nas Áreas da Cadeia Produtiva de Petróleo e Gás Natural. 04) Projeto: Aditivo Renovável para Emulsões de Petróleo Pesado. Vigência 01/10/2006-30/08/2008. 05) Projeto de Auxílio FAPESP: Processo no 06/52843-8. Projeto: Bio-combustível obtido do óleo pirolítico da palha de cana-de-açúcar. Avaliação técnico-econômica e ambiental do seu uso. Período 09/2006 a 09/2007. 06) Convênio 007/2002 MME/FUNCAMP: Produção de Bio-Óleo, Combustível por Pirólise de Biomassa em Reator de Leito Fluidizado” Período 2003 a 2005. 07) Edital MCT/CNPq 15/2007 – Universal. Processo: 475048/2007-5. Produção de amostras de briquetes de carvão e bio-óleo em planta de pirólise-PPR-200 visando a sua comercialização. Período 2007 a 2009. 08) Pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em pinhão manso (Jatrophacurcas L.) para produção de biodiesel”, sigla “BRJATROPHA”, Proponente: Fundação Arthur Bernardes FUNARBE e executora a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - EMBRAPA; Período 2009 a 2012. 09) Edital MCT/CNPq 14/2009: Universal. Processo: 474627/2009-8. Produção de Gás de Síntese a partir de Bio-óleo de Pirólise Rápida de Cana de açúcar integral e Palha de Cana. Coordenador. Período 11/2009 -11/2011.

3 www.BIOWARE.com.br


10) Edital MCT/CNPq 20/2009 - Linha de Pesquisa 1: Biomassa. Processo: 551432/2010-1. Gás de Síntese a partir de Bio-óleo da Pirólise Rápida de Biomassas. Período 03/2010 a 03/2012. 11) Edital MCT/CNPq 67/2008 – RHAE Pesquisador na Empresa. Processo 555694/2009-7. Desenvolvimento de Fertilizante de liberação lenta a partir de biomassa. Período 10/2009 a 04/2012. 12) Edital MCT/CNPq 32/2007 – RHAE – Pesquisador na Empresa. Processo 561026/2008-4. Produção de gás de síntese por gaseificação de bio-óleo obtido por pirólise rápida usando diferentes tipos de biomassa. Período 04/2008 a 10/2010. 13) Edital MCT/CNPq 52/2008 CT-Energ. Processo 578084/2008-2. Produção de biocombustíveis a partir de ilhas flutuantes de biomassa em planícies de inundação do Brasil: estudo de caso no Pantanal. Período 12/2008 a 12/2010. 14) ANEEL / Tractebel Energia S.A. Convênio PD-0403-0009/2010. Aplicação de bio-óleo e carvão vegetal da pirólise rápida de biomassa como alternativa renovável na geração termelétrica em larga escala. Período 06/2011 a 06/2014.

PPR BIOWARE - Pilot Plant 20 kg/h 4 www.BIOWARE.com.br


Patentes Patentes requeridas 01) PI0604076-4. Patente de invenção, de 18/09/2006, Processo e dispositivo para produção de carvão verde. Titulares: PEREZ, J. M. M., ROCHA, J. D., ROCHA A.P.J.D. 02) MU8700845-9. Modelo de Utilidade, de 07/05/2007, Dispositivo para recuperação de aerossóis em sistemas de pirólise ou carbonização de biomassa e outras aplicações, titulares: PEREZ, J. M. M., ROCHA, J. D. 03) PI0802259-3, Patente de invenção, de 12/02/2008, Sistema para obtenção de biocombustível/bio-óleo, carvão vegetal em pó, extrato ácido e gases pirolíticos por degradação térmica de biomassa. Titulares: CORTEZ, L. A. B. 04) Protocolo 018120010890. Modelo de utilidade, de 02/04/2012, Processo de separação fracionada dos produtos da devolatilização de biomassa. Titular: PEREZ, J. M. M. A empresa conta com importantes convênios de cooperação e parcerias com grupos de pesquisa, companhias privadas e universidades no Brasil e no exterior tais como: • UNICAMP – Universidade Estadual de Campinas, • Grupo de Combustíveis Alternativos do Instituto de Física/ UNICAMP • CENBIO - Centro Nacional de Referência em Biomassa, • TERMOQUIP Energia Alternativa Ltda., • Biocarbo Indústria e Comércio Ltda., • RENABIO - Rede Nacional de Biomassa para Energia, • CENPES – Centro de Pesquisa da Petrobras, • Tractebel Energia, • Votorantin, • Pyrovac International Ltda., 5 www.BIOWARE.com.br


• Université Laval em Quebec-Canadá, • Biomassa BR, Jornal Brasileiro das indústrias de Biomassa e Anuário Brasileiro das indústrias de Energias Renováveis. • Diversos grupos da rede PyNE-Pyrolysis Network este que já teve grande destaque no cenário nacional.

Receitas Faturamento (em contratos firmados/fechados) 2013

R$ 3.500.000,00

Missão Desenvolver tecnologias Inovadoras para transformação de biomassa, resíduos vegetais e animais que agreguem valor às matérias primas, superiores às tecnologias já existentes, transformando em produtos químicos, energia, combustível renovável, sempre com responsabilidade social e ambiental.

Visão Atender clientes e parceiros em todas suas necessidades específicas, gerando tecnologias inovadoras que venham diversificar e expandir negócios, produtos, mercado, otimizando a utilização de recursos. Desenvolvimento de novas tecnologias para a produção de combustíveis que sejam economicamente competitivos, renováveis e ambientalmente corretos, produzidos a partir de resíduos, são as bases da Bioware desde o seu princípio. Com foco em ações que são ambientalmente corretas, os projetos desenvolvidos são candidatos á recuperação em créditos de carbono. Este cenário favorece e ajuda na viabilidade econômica dos empreendimentos que utilizam as tecnologias da Bioware.

6 www.BIOWARE.com.br


Atualmente a Bioware conta com dois sócios na direção da empresa, (divisão das quotas 1% Henry, 99% Juan). Complementando o quadro de colaboradores temos mais dois empregados diretos, e mais um grupo de apoiadores formados por 15 pessoas entre mestres, doutores de diferentes áreas entre elas mais de 20 fornecedores e prestadores de serviços de contabilidade, advogado, produção dos equipamentos, análise química, engenharia, pesquisas e desenvolvimento.

7 www.BIOWARE.com.br


Executivos Principais executivos Juan Miguel Mesa Pérez Presidente da empresa; engenheiro químico. Fundador da Bioware, especialista em processos de combustão, autor das patentes da Bioware. Defendeu diversas teses orientadas, participou de diversos livros sobre pirólise rápida, transformação de biomassa, roadmap do setor de etanol. Luis Guilherme Campos de Oliveira Engenheiro de Alimentos formado pela Unicamp, pós graduado em Gestão de Negócios na FGV extensão em Belo Horizonte, cursos na Suiça, Lausanne IMD Institute of Managing Directors, curso extensivo em Energia Renováveis, foi executivo por 18 anos da empresa sueca Tetra Pak, passando por diversas áreas tais como; técnica, administrativa , vendas , marketing , diretoria e desenvolvimento Responsável pelo setor comercial da Bioware, captação de recursos e introdução em novos segmentos de mercado. Robson Cristiano Martins Técnico em Química – Etecap - ETE Conselheiro Antonio Prado – Concluído 2004. Faculdade de Química Tecnológica – PUCCAMP, Concluído – Dez/2010. Alisson Fabiano Martins Engenheiro Mecânico – Desenhista. Henry Ramón Marin Mesa Engenheiro Elétrico, Sócio, Gerente de logística.

8 www.BIOWARE.com.br


E q u i pe Dr. Juan Miguel Mesa Pérez

Engenheiro Químico EngenheiroElétrico

MSc. Henry Ramon Marin Mesa Dr. Felix Felfli

Engenheiro Mecânico

MSc. Gerson José dos Santos Ciampi

Físico-Mecânico

MSc. Liena Marin Mesa

Engenheira Química

Dr. Caio Glauco Sanchez

Engenheiro Mecânico

Dr. Elisabete Maria Saraiva Sanchez

Química

Dr. Wagner da Silva Lima Luis Guilherme Campos de Oliveira

Engenheiro Elétrico Engenheiro de Alimentos

Dr. José Falcon Hernandez Eng. De Minaz

energy content (%)

Performance Padrão

Typical energy distribution after flash pyrolysis 9 www.BIOWARE.com.br www.BIOWARE.com.br


Planta Comercial Pirólise Rápida, capacidade 1.200 Kg/h biomassa seca, 3100 toneladas/ano bio-óleo, poder calorífico 5.000 Kcal/h, 18.429 Boe /ano.

Tecnologia de processamento e transformação para qualquer tipo de biomassa e resíduos animaissólidos em líquido chamado bio óleo, carvão e gás. Fracionamento de bio óleo e transformação em diversos produtos para indústria química / energia / agronegócio, como; impermeabilizantes, fertilizante, biocarvão utilizando equipamentos desenvolvidos pela Bioware através de pirólise rápida, tecnologia única e exclusiva no mercado nacional. Rendimento variado conforme a matéria prima entre 50-70% de produtos comercializáveis. Briquetadeira para produção de biocarvão com biomassa e finos de carvão.

Vantagem comparativa do bio óleo com combustível fóssil do ponto de vista ambiental. 10 www.BIOWARE.com.br


BIO ÓLEO REDUÇÃO DE EMISSÃO FAVORÁVEL EM RELAÇÃO AO COMBUSTÍVEL FÓSSIL • SOx redução : > 99% • NOx redução: > 36% • CO redução: > 72%

Equivalência com Petróleo em energia e preço 1 boe = 1.400.000 Kcal = US$ 106,85WTI / US$ 110,20 BRENT (previsão 1 ano US$ 120,00 WTI ) 1 boe bio óleo = US$ 91,30 equivalente em energia Fonte: http://www.oil-price.net/index.php?lang=pt

Concorrentes Mercado Nacional Inexistente tecnologia no presente momento concorre com todo e qualquer tipo de combustível fóssil ou renovável, com fertilizantes importado, com impermeabilizantes a base de tar oil existente no mercado. Mercado Internacional EUA Ensyn: http://www.ensyn.com Opção única no momento no mercado de energia onde produto é enviado a refinaria e processado junto com petróleo pela Exxon. Baixo poder calorífico e maior rendimento, 72%, usando também energia do carvão consumido no processo e custo equivalente de US$ 45,00 boep.

11 www.BIOWARE.com.br


Mercados Veja alguns dos principais Mercados, potenciais clientes e parceiros 13 diferentes setores industriais e do setor agropecuário: • Energia Elétrica • Gás, Óleo e Petróleo • Cimento • Alimentos • Biomassa / Biorrefinaria • Indústrias Químicas em geral • Indústrias de Papel e Celulose • Setor de Construção civil • Agronegócio • Madeira e Móveis • Indústria Siderúrgica • Setor Sucroalcooleiro Biorefinarias: • Bioasfalto • Sabonete • Fertilizantes • Carvão • Gourmet • Syngas ( Energia Elétrica).

12 www.BIOWARE.com.br


Os setores com maiores volumes de produtos finais são os setores de energia elétrica, óleo e petróleo e fertilizantes. Energia elétrica O Bio óleo pode ser utilizado nas termelétricas brasileiras como principal substituto dos combustíveis fósseis, reduzindo os custos de produção de energia, redução de emissão de CO2 e enxofre, além de ser um combustível renovável. As termelétricas tem hoje em média 20% de participação na matriz energética brasileira com cerca de 1.300 unidades, sendo destas mais de 850, movidas a combustíveis fósseis. Como a autorização para funcionamento das térmicas se faz em função de custos, as térmicas a biomassa (bio óleo) devem ser acionadas preferencialmente em relação ás térmicas a combustível fóssil Há possibilidade também do bio óleo ser utilizado paralelamente aos combustíveis fósseis. O Bio óleo como combustível pode ser substituto ou complementar aos combustíveis fósseis principalmente óleo combustível BPF, em setores de 13 www.BIOWARE.com.br www.BIOWARE.com.br


transformação que são grandes utilizadores como nas indústrias de cimentos, siderúrgica, papel e celulose onde se aproveita os resíduos gerados. No setor elétrico a Bioware busca ampliar a sua participação na Geração Distribuída de Energia, com cogerção por absorção de energia produzindo frio para Shopping Center, grandes redes de hospitais e centros de saúde, centros empresariais, indústrias, aeroportos, etc. temos também uma parceria desenvolvida especialmente para atender estes setores com projetos competitivos e de retorno dos investimentos em médio e longo prazo, que trazem grande eficiência energética principalmente para setores que utilizem cogeração com frio e ou calor. No Brasil a participação no mercado da energia distribuída é de apenas 1%, enquanto em países mais desenvolvidos, como por exemplo, nos Estados Unidos a participação chega a aproximadamente 40%. O preço de venda do bio óleo estimado será de 50% do preço do óleo BPF, hoje seria em torno de R$ 750,00/ tonelada, tendo um poder energético de 5.000 Kcal /Kg contra 9.600 Kcal/Kg do combustível fóssil, além de ser renovável e ecologicamente correto, reduzindo as emissões de CO2 e enxofre. Referências: http://www.mme.gov.br/sgm/galerias/arquivos/plano_duo_decenal/a_transformacao_mineral_ no_brasil/P42_RT68_Perfil_do_Cimento.pdf

Siderúrgica O Brasil produz cerca de 36 milhões de toneladas de aço bruto, para cada tonelada são necessários 750 Kg de carvão. Destes 32% são carvão vegetal e 68% coque siderúrgico. Consumo médio de energia é 15 GJ/t. O bio óleo e o coque do bio óleo poderiam ser utilizados no setor de siderurgia para energia também como fonte de carbono. Referências: http://www.epe.gov.br/mercado/Documents/S%C3%A9rie%20Estudos%20de%20Energia/20090430_2.pdf

14 www.BIOWARE.com.br


Indústrias de Alimentos Produção de energia e frio utilizando-se do bio óleo com resíduos de matérias-primas principalmente do setor processamento animal. Produção de fertilizantes/bio óleo com resíduos animais e de tratamento de resíduos secos. O Brasil gera 65 kg per capta /ano de resíduos animais sendo grande maioria destinada a ração animal /PER e biocombustíveis. Calcula-s que o Brasil processou em 2010 aproximadamente 12,4 milhões de toneladas de ROIs que não foram destinados para consumo humano, gerando aproximadamente 5,4 milhões de toneladas de farinhas e óleos, produtos nobres, ricos em energia, proteínas e minerais. De acordo com dados da ANP, em 2010, 13,9% de todo o Biodiesel produzido no Brasil foi fabricado a partir de gorduras de origem animal, tornando-se assim a fonte de óleo mais econômica entre todas as opções disponíveis atualmente no mercado, isto equivale a 290 milhões de litros de biodiesel. Fonte: http://abra.ind.br/views/download/diagnostico.pdf Fertilizante organo mineral de liberação lenta

Bio óleo : 5.000-6.000 kcal/Kg 15 www.BIOWARE.com.br


Papel e Celulose No Brasil, o setor de papel e celulose é composto por 220 (duzentas e vinte) empresas, que operam 255 (duzentos e cinquenta e cinco) unidades industriais, localizadas em 16(dezesseis) estados brasileiros. O país ocupa a 7° colocação entre os maiores produtores mundiais de celulose e a 11° posição na produção mundial de papel, além de ser um dos 15 maiores mercados mundiais consumidores desses produtos. Um total de 235 empresas de papel e celulose opera 268 unidades industriais localizadas em 17 estados brasileiros. Temos como resíduos das indústrias de base florestal, as sobras que ocorrem no processamento mecânico, físico ou químico, também como as que não são incorporadas ao produto final. No caso da celulose, a casca, a lama de cal, o lodo biológico, o resíduo celulósico e a cinza de caldeira resultante da queima da biomassa, são genericamente classificados como resíduos. A geração de resíduos tem sido significativa no setor florestal. As fábricas de papel e celulose enfrentam grandes problemas de ordem ambiental, devido à grande quantidade de resíduos gerados, aproximadamente 48 toneladas de resíduos para cada 100 t de celulose produzida. A opção por aterro sanitário para disposição final destes resíduos é inviável, principalmente em função dos altos custos para sua implantação e manutenção, além da exigência de cuidados especiais no manuseio, tendo em vista os riscos de contaminação ambiental. Fonte: http://www.cnpf.embrapa.br/publica/boletim/boletarqv/boletim37/abellote.pdf Madeira A produção de fenóis e polifenois através do processo de pirólise rápida, e a separação físico / química que são utilizados em indústrias de couro e química para produção de adesivos naturais. O aproveitamento de resíduos como serragem, casca de árvores e galhos mostrou-se economicamente viável em testes realizados pela Bioware para produção de bio óleo . Fonte:

http://www.remade.com.br/br/revistadamadeira_materia.php?num=964&subject=Resin

as&title=Aproveitamento%20do%20pinus%20resinoso

16 www.BIOWARE.com.br


Biomassa / Biorrefinaria Toda biomassa pode ser transformada em bio óleo ou outros produtos com maior valor agregado, portanto todo setor de biomassa é um parceiro, fornecedor, cliente potencial para a nova tecnologia da Bioware. O Brasil precisa investir cada vez mais no crescente e promissor mercado das energias renováveis, caso queira estar na frente ou mesmo acompanhando o crescimento dos países mais desenvolvidos. O crescimento deste mercado no Brasil, só é possível a partir do desenvolvimento de uma política definida e efetiva de incentivos para indústria e do uso (comercial, residencial e industrial) de fontes alternativas de energia. Nosso país possui um enorme potencial a ser explorado se tratando de energias renováveis, com o qual poderá gerar energia limpa garantindo fornecimento de energia nesta e para futuras gerações, geração de empregos sustentáveis, dividendos financeiros e ajudar no combate mundial às mudanças climáticas, com redução da emissão de gases de efeito estufa. A diversificação da matriz energética, além de abrir novas oportunidades para o setor industrial, é uma necessidade eminente para o desenvolvimento sustentável do país. A biomassa é a energia mais acessível e de menor risco para o desenvolvimento de projetos energéticos. A utilização de biomassa para aproveitamento energético é de notável importância, sendo considerada uma fonte alternativa de energia, além de uma excelente solução para problemas ambientais e econômicos que são a disposição final de resíduos gerados nas mais diversas atividades do setor agrícola, industrial e sucroenergético. A Associação Brasileira das Indústrias de Biomassa Energia Renovável busca promover a utilização da biomassa como fonte renovável de energia, a desenvolver conceitos inovadores bioenergia e fomentando a cooperação internacional no âmbito das energias renováveis. Setor congrega (476) as principais indústrias produtoras de biomassa, bioenergia, wood e bio pellets e wood e biobriquete do Brasil e desenvolvemos uma série de Iniciativas de apoio ao setor no Brasil e no mercado internacional: Fonte: http://abibbrasil.wix.com/associacaobiomassabrasil#! Fertilizantes Com transformação de biomassa em bio óleo é possível agregar outros componentes, matérias primas como oleaginosas ou resíduos de alimentos secos e produzir fertilizante organo mineral com alto valor agregado. Segundo 17 www.BIOWARE.com.br


a Anda, Associação Nacional para difusão de adubos, que tem em seu quadro 122 empresas filiadas, o Brasil importou em 2012, 19,5 milhões de toneladas de fertilizante e produziu 9,5 milhões de toneladas, exportando 416 mil toneladas, portanto mercado altamente demandante, uma vez que para aumentar a produção agrícola sem aumento significativo de área e obter melhor produtividade, cada vez mais se faz indispensável no processo o uso de fertilizante. A safra brasileira deverá quebrar record histórico com 186 milhões de toneladas . O preço estimado de venda do fertilizante organo mineral com tecnologia da Bioware seria de R$ 1.450,00 / tonelada. Fonte: http://www.anda.org.br/index.php?mpg=03.00.00&ver=por Construção civil Parte do bio óleo produzido pode ser transformado em impermeabilizantes ou verniz usado em madeiras, pisos, paredes e estruturas no setor da construção civil. Este seria um dos processos de transformação com o uso da tecnologia desenvolvida pela Bioware, e refinado a terminado em um processo complementar da biorrefinaria, que através de transformações físico/ químicas, separaria diversos componentes, agregando ainda mais valor á transformação da biomassa. O mercado de impermeabilizante aproxima-se de 90 mil toneladas/ano.

Planta Comercial Pirólise Rápida, capacidade 1.200 Kg/h biomassa seca, 3100 toneladas/ano bio óleo, poder calorífico 5.000 Kcal/h, 18.429 Boe /ano. 18 www.BIOWARE.com.br


Agronegócio Aumentar o aproveitamento de resíduos sólidos agregando valor como cascas de café, soja, coco, cacau, amendoim, mamona e babaçu, além do processamento de algumas oleaginosas que são economicamente viáveis para a produção de bio óleo e fertilizante concomitantemente. Cerca de 1,5 bilhões de litros de biodiesel são produzidos com soja no Brasil a preço médio de R$1,90- 2,20 /l, o que torna o processamento através de pirólise rápida competitivo podendo produzir um bio óleo de maior poder calorífico. Sucro alcooleiro A tecnologia desenvolvida pela Bioware oferece a este setor, um diferencial muito importante tendo em vista que se aproveita apenas aproximadamente 30% da capacidade energética da cana de açúcar em valores superiores a 60%. A utilização de cana energia, uma variedade específica da cana de açúcar, que demonstrou resultados muito satisfatórios na pirólise rápida. Atualmente cerca de 30% da palha da cana fica na lavoura, sendo que este volume poderia ser aproveitado para agregar valor que as tecnologias existentes e mesmo em cogeração. Nos próximos 10 anos estima-se uma duplicação do setor, frente á demanda crescente, novas políticas de recuperação e incentivos. O volume total de cana plantada aproxima-se dos 750 milhões de toneladas, 50% é bagaço e das 435 empresas do setor apenas 110 utilizam em coogeração de energia.

19 www.BIOWARE.com.br


Clientes/Parceiros Conheça alguns dos principais Clientes e Parceiros da Bioware

Minas Energia Ind. e Com. de Biocombustíveis e Óleos Vegetais LTDA

A Bioware tem 02 (dois) contratos de confidencialidade de desenvolvimento com as principais empresas do setor de papel de celulose nacional e americana no setor de novas tecnologias renováveis de energia.

20 www.BIOWARE.com.br


Tecnologias Outras tecnologias desenvolvidas e em desenvolvimento • Pirólise de resíduo sólido urbano • Transformação de plásticos em combustível líquido com mais de 80% de eficiência - protótipo desenvolvido e comercializado.

Plantas comercializadas • 03 plantas de testes com capacidade 20 Kg/h • 02 plantas comerciais de capacidade de 1000 Kg/h cada, México, para ser entregue em novembro de 2013.

21 www.BIOWARE.com.br www.BIOWARE.com.br


Projeção de faturamento próximos anos, sem alavancagem de investidores /Venture Capital • 2014

(6,5 milhões reais)

• 2015

(9,5 milhões reais)

• 2016

(12,5 milhões reais)

• 2017

(17,0 milhões reais)

• 2018

(22,0 milhões reais)

E q uipe

22 www.BIOWARE.com.br


Ativos Relevantes da Bioware • 02 Plantas de teste com capacidade 20 KG/h e 200 Kg/h • Valor do ativo a preço atual de mercado: 1,3 milhões de reais • Bens intangíveis: 8,0 milhões de reais - valores equivalentes em custo de pesquisas e trabalhos técnicos desenvolvidos pela Bioware ou em parcerias. Projetos financiados, patentes, testes de abertura de mercado e plantas em escalas comerciais demonstrativas, 05 (cinco) milhões. Valor total da empresa 15 (quinze) milhões de reais.

23 www.BIOWARE.com.br


Marketing Planejamento de Marketing segundo semestre 2013 / primeiro semestre 2014 - 1 ano Com o objetivo definido em alavancar negócios, fortalecimento e fixação de marca, promover as tecnologias da Bioware, estamos com planejamento de investimos aproximadamente R$433.000,00 no período de 01 ano, o que é equivalente a 12% do orçamento. Assim participando de em média 03 Revistas do setor de biomassa e energia mais 02 feiras do setor de energia, sucroalcoleiro e de biomassa. Para esta ação, optamos por uma comprometida e capaz de nos ajudar a alcançar nossos principais objetivos. Uma agência 360 que nos dê suporte com assessoria de imprensa, criação, atualização e desenvolvimento em WEB e mídia digital e mídias sociais.

Projeção da necessidade de Capital para próximos 03 anos A necessidade de capital para este período é de R$ 30.000.000,00 Esses recursos seriam canalizados para os seguintes projetos: A) R$ 16.000.000,00 - Embora não seja definição estratégica da empresa produzir o bio óleo para vender ao mercado, mas sim produzir a tecnologia e desenvolver para grandes consumidores, neste primeiro momento para criar um CASE, A BIOWARE EXCEPCIONALMENTE construiria esta planta e operaria 24 www.BIOWARE.com.br


criando uma SOCIEDADE ESPECÍFICA PARA ESTE FIM. Ao final desta etapa, buscaria comercializar a planta construída e retornar ao seu core business. Este recurso seria investido em montagem de uma planta completa de capacidade de 4.000 Kg/h ( biomassa seca a 10% de umidade ou 2.000 Kg/h de bio óleo + 600 Kg/h carvão ) para fornecimento de bio óleo a uma termelétrica ou grande indústria que utiliza óleo combustível em caldeiras . Temos um acordo com Tractebel Energia que será retomado e seguimos bem avançado com Votorantim, nessa ordem de prioridade. Essa planta somente seria construída baseada com um pré-acordo de aquisição de toda produção de bio óleo por 03 anos a preço previamente acordado com índice de correção. A matéria prima a ser utilizada neste caso seria a cana energia, a qual temos garantida o fornecimento com preço de mercado de cana cortada entregue na planta de operação. O capital da eventual venda desta operação retornaria em novos investimentos para desenvolvimento de novas tecnologias e aprimoramento da bio refinaria destinado a química fina e maiores valores agregados / desenvolvimento de gás de síntese e bio óleo de maior poder calorífico sintético. Nestes 03 anos de operação, embora seja bem possível obter retorno com a venda do bio óleo, ele será considerável desprezível, bem como o acordo deverá impossibilitar perdas consideráveis mais o custo da introdução no mercado que está definido abaixo. O Faturamento pode variar entre R$5.100.000 / R$ 10.200.000,00 conforme o acordo firmado e horas trabalhadas ( 50%-100% da capacidade da planta ) B) R$ 6.000.000,00 - Seriam destinados na atualização e equipamentos periféricos na nossa planta piloto em Campinas com show room do circuito fechado e parceiros: secador, turbinas, queimadores, briquetadeira - carvão, resfriamento por absorção, GAE gás de alta energia, automação de todo processo interligado e mini produção de etanol. C) R$ 500.000,00 - Em Equipamentos, laboratório bomba calorífica, medidor automático proteína, análises cromatografia, análises diversas. D) R$ 1.500.000,00 - Para marketing, anúncios, ações para vendas, participação em feiras, seminários, viagens, material divulgação e assessoria de imprensa. E) R$ 2.500.000.00 - Padronização do bio óleo ANP, testes em outras fontes de matérias primas, finalizar testes de campo fertilizantes, planta completa, desenvolvimento sistema de logística para o bio óleo. F) R$ 3.000.000,00 - Introdução do bio óleo no mercado, marcha da planta em 25 www.BIOWARE.com.br www.BIOWARE.com.br


operação até atingir regime de produção e comercialização total dos produtos obtidos. Com a injeção destes recursos + faturamento das vendas de equipamentos + vendas de plantas, temos certeza que daremos um grande passo em busca de aumentar a comercialização de todos os projetos, tendo em vista que hoje já temos comercializados muitos equipamentos de processos. G) Projeto ácido pirolenhoso / fertilizante - Finalizar aplicação e abertura de mercado. H) R$ 1.500.000,00 - Custo de introdução no mercado de bio óleo até completo equilíbrio e lucratividade da planta instalada de 04 ton/h.

Resumo da Viabilidade para Projeto completo de Planta Pirólise Rápida para cliente implantar projeto Bio óleo

26 www.BIOWARE.com.br


Resumo Viabilidade de Projeto completo para Planta de Pirólise Rápida para cliente implantar projeto Fertilizante

Outros projetos com participação de Bioware • Estudo da viabilidade técnica-econômica dos produtos da pirólise do PET Jung Ha Hwang -2003/2004- São Paulo - SP • Avaliação técnica do processamento de resíduo de tabaco na PPR-200 Associated Tobacco Company (Brasil) - Marcelo Marques - set/06 - jan/07 Santa Cruz do Sul - RS • Avaliação técnica da briquetagem e testes de gaseificação de resíduos de fumo. Associated Tobacco Company (Brasil) - Samir Santos jul/07 - out/07 - Santa Cruz do Sul - RS • Estado atual e a funcionalidade das instalações de carbonização e de briquetagem. Adão Pereira e Carlos Gomes de Souza - 17 a 18/02/07 - fev/07 - Jacundá - PA • Avaliação técnica do processamento de bagaço de laranja da CITROVITA em planta piloto - PPR-200 da BIOWARE. Citrovita - nov/06 - Catanduva SP • Estudo de viabilidade técnico-econômica (EVTE) das potencialidades de uso de biomassa disponível na região de Juruti para a geração de energia e insumos químicos. ALCOA World Alumina Brasil Participações Ltda 22/10/2008 - mar/09 - Juruti - PA • Elaboração de estudos de viabilidade técnica e econômica para o beneficiamento de resíduos no Estado de Mato Grosso Bimetal – Indústria e Comércio de Produtos Metalúrgicos Ltda - Pedro Soares - 10/jun - mai/08 Cuiabá - MT 27 www.BIOWARE.com.br


• Testes exploratórios de pirólise catalítica para beneficiamento de bio-óleo em planta piloto PPR-200 - CENPES - Marlon Almeida nov/08 em andamento - Rio de Janeiro - RJ • Produção de amostras de bio-óleo na PPR-200. Estudo e preparação de emulsões. CENPES - Marlon Almeida - mai/08 - dez/08 - Rio de Janeiro RJ • Produção, fracionamento e caracterização de bio-óleo na PPR-200. CENPES - Marlon Almeida - jul/07 - Rio de Janeiro - RJ • Remoção dos ácidos carboxílicos do bio-óleo obtido na pirólise de palha de cana-de-açúcar. CENPES - Marlon Almeida - dez/07 - Rio de Janeiro - RJ • Caracterização de bio-óleo, extrato ácido e fração orgânica da pirólise de palha de cana-de-açúcar. CENPES - Marlon Almeida - abr/07 - Rio de Janeiro - RJ • Desenvolvimento de tecnologia para Produção de Dimetileter - DME a partir de biomassa. Amtrol-Alfa Metalomecânica, S.A. - mai/07 - out/07 Guimarães - Portugal • Custos de implantação de uma planta de briquetagem de carvão com capacidade de processar na entrada do forno 100 kg/h de biomassa – Projeto Carvão Verde Prefeitura de Conceição de Macabu - abr/07 - Conceição de Macabu - RJ • Avaliação dos custos de implantação e de operação de uma planta industrial para produzir 1.000 t/dia de pellets a partir de resíduos agrícolas Paulo Puterman - ago/05 - fev/06 - São Paulo - SP • Fornecimento de Máquina Extrusora para Briquetagem de Serragem Universidade Federal do Pará Campus de Marabá - Reginaldo Sabóia - jan/09 - Marabá - PA • Produção de Carvão Vegetal e Bio-Óleo a Partir da Casca e da Fibra do Coco Luiz Sortino - out/05 • Planta de Pirólise Rápida para processar 10 kg/h de biomassa para produção de bio-óleo, carvão e extrato ácido. Universidade Federal do Rio Grande do Norte - João Fernandes - mai/09 - Natal - RN • Fornecimento de conexões, válvulas e Acessórios precisos para interligar a Planta de Pirólise Rápida – PPR- 10 com módulos catalíticos. Universidade Federal do Rio Grande do Norte - João Fernandes - mai/09 - Natal - RN 28 www.BIOWARE.com.br


• Avaliação das emissões gasosas proveniente da pirólise de briquetes com diferentes proporções de madeira, termoplásticos e celulose. UNESP - Alcides Leão - dez/05 2005 - Botucatu - SP • Avaliação Técnica e Ambiental do Uso de Blendas de Resíduos Madeireiros e Rejeitos de Resíduos Sólidos Urbanos para Geração de EnergiaUNESP - Alcides Leão • Palestra: Aproveitamento comercial de resíduos de serragem e palha de arroz Amazontech - 28/11/2008 - 28/11/2008 • Mini curso: Tecnologias de transformação de biomassa em energia e insumos químicos Amazontech - 28/11/2008 - 28/11/2008 • Mesa redonda: Exploração de energias alternativas na Região Amazônica Amazontech - 29/11/2008 - 29/11/2008 • Pré-tratamento de múltiplas biomassas brasileiras para uso em processo de gaseificação FUNTEC / Embrapa - Patrick Rousset - em andamento.

29 www.BIOWARE.com.br


Considerações finais

A Bioware desenvolveu ao longo dos 11 anos de sua existência processos altamente inovadores para mercados de grandes volumes em sua maioria já existentes para produção de substitutos sempre ecologicamente corretos e que sejam renováveis. Com visão voltada para o futuro, buscamos sempre parcerias com empresas altamente qualificadas e comprometidas com o processo para complementação da cadeia como secadores/ turbinas / queimadores/ caldeiras / refrigeração por absorção a fim de oferecer aos clientes e parceiros soluções completas turnkey para vários segmentos de atuação, e futuramente atuar como uma grande biorrefinaria, buscando sempre inovar, agregar valor aos produtos finais e melhorar a eficiência energética das plantas. Outras etapas de médio prazo é a produção de gás de syntese para operar com turbinas a gás aumentando eficiência para geração de energia elétrica. No setor de Geração Distribuída, teoricamente junto aos nossos parceiros temos um projeto definido exeqüível e competitivo, iniciando comercialização do conceito também inovador. Nossa constante preocupação esta em melhorar a cada dia a viabilidade econômica do ponto de vista do cliente, assim aumentando a atratividade pelos nossos projetos que buscam parcerias e aprimoramento de longo prazo. A internacionalização da empresa também é um dos objetivos da Bioware para os próximos 05 anos bem como padronização do bio óleo criando uma logística de transporte e comercialização em grande e larga escala. Há muitas alternativas ainda pendentes, porém altamente promissoras, como a melhoria do poder calorífico do combustível e transformação em combustível sintético a médio e longo prazo. Também promover um intenso intercâmbio com as principais universidades, institutos nacionais, internacionais, empresas para o aprimoramento constante da inovação, busca por novas e eficientes tecnologias. Inovação e consciência ambiental são nossos principais combustíveis. Campinas, Brasil, 2013.

30 www.BIOWARE.com.br


31 www.BIOWARE.com.br www.BIOWARE.com.br


Rua Uirapuru, 185 - Jardim São Gonçalo Barão Geraldo - Campinas / SP ver qual é

+ 55 (19) 3515.7450

ver qual é

+ 55 (19) 9799.1464

bioware@bioware.com.br

www.BIOWARE.com.br


Bioware  

Desenvolvimento de Tecnologias de Energia e Meio Ambiente.

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you