Page 1

Gratidรฃo,

nossa prรกtica diรกria


NOVA ESTRUTURA DA IGREJA NO BRASIL IZUNOME

JOHREI CENTERS - REGIÃO NORDESTE 3 IGREJA BAHIA INTERIOR JC FEIRA DE SANTANA Rua Cônego José Cupertino de Lacerda, 1095 - Brasília CEP 44060-320 - Feira de Santana - BA - Tel. (75) 3223-8097 JC ALAGOINHAS Praça Aristides Maltez, 128 - Centro - CEP 48091-490 Alagoinhas - BA - Tel. (75) 3422-1355 JC BARREIRAS Rua Guarujá, 654 - Vila Regina - CEP 47804-260 Barreiras - BA - Tel. (77) 3611-5442 JC JACOBINA Rua 3, 11 - Jacobina I - CEP 44700-000 Jacobina - BA - Tel. (74) 3621-7037 JC NOVA SOURE Rua Bela Vista, 525 - Centro - CEP 48460-000 Nova Soure - BA - Tel. (75) 3437-3415 JC SERRINHA Avenida Manoel Novaes, 611 - Centro - CEP 48700-000 Serrinha - BA - Tel. (75) 3621-1575 JC N MARIA PRETA Povoado Maria Preta, 9988 - Maria Preta CEP 48460-000 - Nova Soure - BA JC N RIBEIRA DO POMBAL Rua Silva Brito, 592 - Centro - CEP 48400-000 Ribeira do Pombal - BA JC SANTO ANTÔNIO DE JESUS Rua Lindolfo de Queiroz, 15 - Centro - CEP 44572-020 Santo Antônio de Jesus - BA - Tel. (75) 3631-6251 JC CRUZ DAS ALMAS Rua Crisogno Fernandes, 274 - Centro - CEP 44380-000 Cruz das Almas - BA - Tel. (75) 3621-3549 JC MURITIBA Rua Doutor Zamenhof, 0 - Centro - CEP 44340-000 Muritiba - BA - Tel. (75) 3424-1046

JC VALENÇA - BA Rua Elizeu Leal, 46 - Graça - CEP 45400-000 Valença - BA - Tel. (75) 3641-3585 JC E ITABUNA Rua Sergipe, 183 - Jardim Vitória - CEP 45605-460 Itabuna - BA - Tel. (73) 3613-5749 JC CAMAMU Rua Alfredo Martins, 15 - Centro - CEP 45445-000 Camamu - BA - Tel. (73) 3255-1965 JC ILHÉUS Rua Adonias Filho, 111 - Teresópolis - CEP 45652-410 Ilhéus - BA - Tel. (73) 3632-1492 JC PORTO SEGURO Rua Treze de Maio, 77 - Centro - CEP 45810-000 Porto Seguro - BA - Tel. (73) 3288-3455 JC VITÓRIA DA CONQUISTA Avenida São Geraldo, 68 - Recreio - CEP 45020-700 Vitória da Conquista - BA - Tel. (77) 3421-2363 JC N ARRAIAL D’AJUDA Praça Brigadeiro Eduardo Gomes, 196 - Centro CEP 45810-000 - Porto Seguro - BA JC N BARRA DO CHOÇA Rua Eurípedes Vieira Rocha, 30 - Ouro Verde CEP 45120-000 - Barra do Choça - BA JC N BRUMADO Rua Floriza Viana Cardoso, 204 - Ginasio Industrial CEP 46100-000 - Brumado - BA JC N GUANAMBI Rua Belo Horizonte, 132 - Vila Nova - CEP 46430-000 Guanambi - BA JC N ITAMARAJU Rua Getulio Vargas, 100 - Centro - CEP 45836-000 Itamaraju - BA

IGREJA PITUBA JC PITUBA Rua Santa Catarina, 195 - Pituba - CEP 41830-190 Salvador - BA - Tel. (71) 3347-6533 JC ITAPUÃ Avenida Octávio Mangabeira, 12 - Piatã CEP 41650-000 - Salvador - BA - Tel. (71) 3367-1529 JC N SIMÕES FILHO Rua Marechal Hermes Fonseca, 86 - Ponto de Parada CEP 43700-000 - Simões Filho - BA JC BOCA DO RIO Rua Heitor Dias, 6 - Boca do Rio - CEP 41710-745 Salvador - BA - Tel. (71) 3230-0628 JC CAJAZEIRAS Estrada do Coqueiro Grande, 1898-E - Cajazeiras CEP 41343-855 - Salvador - BA - Tel. (71) 3305-3526

JC CAMAÇARI Rua Eixo Urbano Central, 34 - Bairro dos 46 CEP 42800-110 - Camaçari - BA - Tel. (71) 3622-1543 JC CANDEIAS Rua Dom Geronimo Tomé, 75 - Centro CEP 43805-330 Candeias - BA Tel. (71) 3601-7929 JC LAURO DE FREITAS Avenida Praia de Pajussara, Q B09 - Vilas do Atlântico CEP 42700-000 - Lauro de Freitas - BA Tel. (71) 3379-2557 JC NOVA DIAS D ÁVILA Rua Sumauma, s/n - Nova Dias D’ávila CEP 42850-000 - Dias D’ávila - BA Tel. (71) 3644-6798


ÍNDICE

Ensinamento do mês Pragmatismo

6

Trono de Kyoshu Palavras de Kyoshu-Sama

10

Trono de Kyoshu Boletim Izunome

12

IMM - Igreja Izunome Palestra do Rev. Masayoshi Kobayashi

15

Culto Mensal de Agradecimento Gratidão, nossa prática diária

18

Experiência na prática da fé Tropeços são amor de Deus para nos polir

20

IMMB - Gabinete da Presidência Viagens missionárias do Rev. Marco Antonio B. Resende

22

IMMB - Divisão de Expansão Concurso Horta em Casa 2017

IZUNOME

5

Foto F ot oto o da d ca capa: apaa: Marc Marcio cio i M Ma Manji. anjii MAIO/2017 –

3


IZUNOME

EDITORIAL

Praticar é essencial

Já imaginaram que povo e que nação surgiriam, se todas as pessoas se unissem para praticar o bem?”, afirmava Meishu-Sama. Se Deus e Sua Luz estão dentro de cada um de nós, por que o mundo ainda não se transformou em um lugar melhor de se viver? Muitas vezes, no dia a dia, agimos sem pensar e nos esquecemos de nossa verdadeira origem, Deus, e de que nossas vidas pertencem a Ele. O Paraíso Terrestre, certamente, se materializará aos nossos olhos quando cada um se conscientizar de que sua pequena contribuição e disposição para o Bem podem proporcionar grandes e significativas mudanças. Todos desejam o Paraíso, mas poucos têm se dedicado, verdadeiramente, a ele. Portanto, é preciso colocar em prática tudo o que viemos aprendendo, ao longo dos anos, com os Ensinamentos deixados pelo Messias Meishu-Sama. Isso incluí as práticas diárias de gratidão, do Johrei, do servir de coração, entre outros elementos importantes para a solidificação da fé messiânica. Praticar é essencial! À medida que os dias vão passando, a Luz de Deus se intensifica. E o próximo dia 15 de junho, em que comemoramos o Culto do Paraíso Terrestre, é o marco para darmos mais um passo em nossa transição pessoal. A mudança começa dentro de cada um. Portanto, é preciso reconhecer isso e tomar a decisão de transformar os próprios pensamentos,

sentimentos, palavras e ações. Será que Deus está contente com nossas atitudes e posturas em nossos lares, no trânsito, na Igreja, no trabalho? “Quem deseja ser feliz deve, primeiramente, tornar feliz seu semelhante”, orientava o Mestre. Então, que tal nos empenharmos de corpo e alma, juntos, para a construção de um novo paradigma social, colocando mais amor, gentileza e nobreza em nossos atos? Como inspiração, a Revista Izunome traz as palavras do Líder Espiritual, Kyoshu-Sama, e do reverendo Masayoshi Kobayashi, proferidas em dezembro de 2016. Também o Boletim Izunome, uma publicação da Igreja Messiânica Mundial – Izunome (Atami, Japão), elaborado com base no tema: “Unir nossos corações com Kyoshu-Sama”, está nesta edição. “Gratidão, nossa prática diária” é o tema da palestra do Rev. Marco Antonio Baptista Resende, que aborda a importância das práticas básicas no nosso cotidiano. O relato de fé de Regiane Aparecida de Souza Bortolassi mostra que Deus, com Seu amor, está nos polindo constantemente. Por fim, o início das obras na Igreja Cuiabá (MT), a visita do Rev. Resende à cidade e o Concurso Horta em Casa 2017 – uma iniciativa da Divisão de Expansão para valorizar os praticantes da Agricultura Natural e incentivar os membros à prática da horta caseira, também estão nesta edição. Feliz preparação para o Culto do Paraíso!

Acesse nossos sites:

Publicação mensal da Igreja Messiânica Mundial do Brasil Ano V - nº 111 - ISSN 2177-7462 Tiragem: 96.610 exemplares Elaboração: Igreja Messiânica Mundial do Brasil Impressão: Editora Abril Divisão de Comunicação Diretor da Divisão: Rev. Marco Antonio B. Resende Redação e Administração: Rua Morgado de Mateus, 77 – 1º andar – CEP 04015-050 Vila Mariana – São Paulo – SP E-mail: ascom@messianica.org.br Produção e coordenação de impressão Jornalista responsável: Antonio Ramos de Queiroz Filho (MTb 21898) Editoria interina: Kelly Mello Edição de Arte: Kioshi Hashimoto Redação: Aline Pagliarini, Silvana Boghi. www.fmo.org.br Fotografia (colaboradores nesta edição): Camila Rossetti, Cinara Troina, Marcio Manji, Setor Comercial: Rua Joaquim Távora, 1030 Melissa Binder, Michel Rossetti, Saiuri Tajima CEP 04015-012 – Vila Mariana – São Paulo – SP Tel. 11 5087-5186 e Tony Tajima.

4 – MAIO/2017

www.messianica.org.br

www.fmo.org.br

www.korin.com.br

www.kmambiente.com.br

www.planetaazul.com.br

www.faculdademessianica.edu.br

SEKAI KYUSEI KYO IZUNOME

www.solosagrado.org.br

www.izunome.jp


IGREJA MESSIÂNICA MUNDIAL DO BRASIL

IZUNOME

ENSINAMENTO DO MÊS

Pragmatismo

N

a mocidade, apreciei muito a Filosofia. Entre as inúmeras teorias filosóficas, a que mais me atraiu foi o Pragmatismo, do famoso norte-americano William James (1842-1910). James achava que a exposição meramente teórica da filosofia constitui apenas uma espécie de distração; para ele, a filosofia só era válida se fosse colocada em ação. Acho interessante a sua teoria, cujo realismo autêntico é característico dos filósofos americanos. Aderi, portanto, às suas ideias e me esforcei por adotá-las em meu trabalho e na vida cotidiana. O benefício que o pragmatismo me proporcionou naquela época, não foi pequeno. Mais tarde, quando iniciei meus trabalhos religiosos, julguei necessário aplicá-lo à Religião. Isto significa ampliar o campo religioso de modo que abranja a vida em geral. Então, o político não cometeria injustiças, porque, visando à felicidade do povo, promoveria uma boa administração, granjeando, assim, a confiança de todos. O industrial obteria a admiração da coletividade, pois exerceria a profissão honestamente; seus negócios progrediriam com segurança, porque ele mereceria a estima de seus empregados, que seriam fiéis no trabalho. O educador seria respeitado e teria notável influência sobre seus discípulos, educando-os com bases sólidas. Os funcionários e os assala-

riados em geral subiriam de posição, porque a Fé produz bom trabalho. A alma do artista irradiaria de suas obras, com grande elevação e força espiritual, exercendo influência benéfica sobre o povo. O ator, no palco, manifestaria nobreza, porque suas representações seriam baseadas na Fé, e os espectadores receberiam o reflexo de seus sentimentos elevados. Entretanto, isso não significa que as coisas se processassem com rigidez didática: tudo deveria ser agradável e atraente. É fácil imaginar como melhoraria o destino dos indivíduos e como eles se tornariam úteis à sociedade, se seus atos fossem iluminados pela Fé, qualquer que fosse sua profissão ou situação. Haveria, certamente, um cuidado especial: o pragmatismo religioso não deveria transformar-se em fanatismo, pois todo exagero é desagradável. A ostentação religiosa é uma das piores coisas que há. Existem muitas criaturas que exibem atitudes de religiosidade. Isso aborrece os outros. O ideal é ser natural, ser uma pessoa simples, pondo apenas mais gentileza e nobreza nos atos. Em uma frase: ser polido, eliminando a fé grosseira. Meishu-Sama, em 25 de Janeiro de 1949 Extraído do Alicerce do Paraíso, vol. 4, págs, 9 e 10

MAIO/2017 –

5


IZUNOME

TRONO DE KYOSHU

Palavras de

Kyoshu-Sama

B

Culto do Natalício de Meishu-Sama Templo Messiânico Solo Sagrado de Atami 22 e 23 de dezembro de 2016

om dia a todos e parapalavra é Deus”. Deus é a origem béns pelo Culto do Nade todas as palavras. As palavras talício de Meishu-Sama. pertencem a Ele. As cinco palavras Sete anos atrás, em usadas nas caligrafias que presen2009, eu estive no Brasil teei nessas áreas também são proe, quatro anos atrás, em 2012, visipriedade d’Ele. Esse Deus, ao qual tei a Tailândia. Nestes dois países, todas as palavras pertencem, está pude reconfirmar que estamos unidentro de cada um dos senhores. dos a Meishu-Sama através de um Todas as palavras de Deus estão elo muito forte. Foi maravilhoso têdentro dos senhores. Yoichi Okada: Líder Espiritual da Igreja Messiânica Mundial. -los encontrado lá. A Vontade Divina está gravaNo Japão, de maio de 2014 a da em cada palavra existente, em novembro deste ano, visitei todas as cinco áreas de todas as línguas. E só existe uma Vontade Divina: expansão e participei dos encontros de membros or- tornar-nos Messias – Seus filhos – perdoando-nos, ganizados em cada uma delas. salvando-nos e fazendo com que nasçamos de novo. No Brasil, na Tailândia e no Japão, os senhores Essas visitas aos senhores me fizeram pensar a me receberam com toda sinceridade e me mostra- respeito do que são realmente os Ensinamentos de ram uma fé inabalável em Meishu-Sama. Fiquei pro- Meishu-Sama. Qual é a mensagem de Meishu-Sama fundamente emocionado e entusiasmado com sua e seus ensinamentos? Quem é Meishu-Sama? O que fé. Os sentimentos que recebi nessas visitas ficaram Deus quer nos dizer através de Meishu-Sama? O que profundamente marcados em meu coração e estou é Messias? Quem é Messias? realmente grato a Deus por essas oportunidades de No passado, eu achava que sabia qual era a mensaencontrá-los. gem de Meishu-Sama. Eu achava que tinha a resposta. No Japão, eu escrevi caligrafias e as presenteei a cada Eu achava que essa mensagem era a de espalhar a feuma das cinco áreas que visitei – um ideograma para licidade pelo mundo e construir um paraíso na Terra cada área de expansão. Os cinco ideogramas, ou pala- através do Johrei, da Agricultura Natural e das ativivras, que usei foram: “concretizar”, “caminho”, “respira- dades artísticas. No entanto, quanto mais eu conheço ção”, “fruto” e “unir”. Apesar de cada área receber uma a totalidade dos Ensinamentos de Meishu-Sama, mais caligrafia diferente, não foi minha intenção diferenciar eu perco confiança em minha resposta. O que é a feo papel de cada uma delas. Aos olhos de Meishu-Sama, licidade para Meishu-Sama? O que é o paraíso para essas cinco áreas são vistas como uma só. Meishu-Sama? O que é Johrei? Acredito que estamos Meishu-Sama nos ensinou que “o espírito da todos interpretando mal os Ensinamentos de Meishu-

6 – MAIO/2017


TRONO DE KYOSHU

MAIO/2017 –

IZUNOME

-Sama e a sua mensagem. Talvez os senhores não sinDeus é a origem de nossa existência e de todo tam isso, mas eu sinto. Eu sinto que estava completa- poder e autoridade no Céu e na Terra. Ele é o vermente enganado a respeito de qual é a mensagem de dadeiro Rei. Através deste salmo, Meishu-Sama está Meishu-Sama. E hoje Meishu-Sama está me fazendo nos alertando para o fato de que precisamos temer a perceber o que ele realmente quer que saibamos. Deus, que possui toda a autoridade, e que precisaAtravés das minhas mensagens nestes cultos, e mos nos voltar para Ele e trilhar o Seu caminho justo. de minhas viagens missionárias pelo mundo, estou Talvez pensemos que não cometemos nenhum pecatentando compartilhar esse meu entendimento com do grave contra Deus. os senhores, na esperança de que conseguirei trilhar, Talvez pensemos que não somos as pessoas mais junto aos senhores, o caminho pelo qual Meishu-Sama pecadoras do mundo. No entanto, nos esquecemos de está nos conduzindo. que viemos de Deus e que nossa vida, na realidade, Com profundo respeito e temor a Deus, gostaria pertence a Ele. Todos nós, sem exceção, abandonade dizer que fomos todos criados por Ele, o Deus úni- mos Deus. Todos nós pecamos contra Ele. Nem mesco, o Criador de todas as coisas no Céu e na Terra. mo uma única pessoa sequer estava do lado de Deus. Esse Deus Criador está vivo dentro de cada um de Nenhum de nós estava trilhando o caminho justo. nós e de todas as coisas Estávamos todos trilhanno Céu e na Terra. Sem do o caminho das trevas, Ele, nada daquilo que faz vagando como crianças parte da Criação, visível perdidas, sem saber onde ou invisível, poderia ter estão nossos pais. sido criado. Nossa alma, Na verdade, nem mente e corpos físico e mesmo percebíamos que espiritual, todos pertenestávamos perdidos. Éracem a Ele. Em nosso inmos muito orgulhosos e terior existe Deus, e Deus presunçosos e acreditásomente. Nossa vida vamos que, de alguma aparentemente mortal forma, estávamos no canão é nossa; ela é a vida minho certo. Nunca sendo Deus imortal e eterno. timos a necessidade de Nossa respiração apatemer a Deus e nos arrerentemente mortal não é pender. Até dizíamos coiParticipantes em oração, no Templo Messiânico (Atami, Japão). nossa; ela é a respiração sas como “Deus é amor, do Deus imortal e eterno. portanto não precisamos O primeiro salmo de Meishu-Sama que cantamos temê-lo”. Sim, é verdade que Deus é amor. Porém, jano culto de hoje diz: mais poderemos sentir Seu amor sem antes temê-Lo. Somente quando realmente temermos a Deus, e nos Vocês precisam conhecer a verdade! arrependermos, é que Ele nos dirá: “Você não precisa A verdadeira Luz Divina é a Luz que Deus, me temer, porque Eu preparei o perdão para você”. o Senhor Deus nosso Pai, irradia. Meishu-Sama nos trouxe o conhecimento sobre esse perdão através da “Transição da Era da Noite Deus e Sua Luz estão dentro de nós. Sua Luz ver- para a Era do Dia”. Essa transição já foi concluída. dadeira está em tudo. Nossa alma, mente e corpos es- Deus já concretizou a transição, nos perdoou, sem expiritual e físico estão brilhando intensamente com essa ceção, e trouxe todas as coisas de volta ao Seu glorioLuz verdadeira. Em suma, nós somos filhos da Luz de so Paraíso. Como nós, que O abandonamos, somos Deus. bem-aventurados por tomar conhecimento dessa Meishu-Sama declarou que “Deus é Luz, e onde transição e do perdão divino! há Luz, paz, felicidade e alegria são abundantes... Vós A verdadeira Luz de Deus é o Seu perdão. Cada que desejais Luz e prosperidade, vinde!” Ele quer que um de nós já está abundantemente preenchido com entendamos que viemos originalmente de Deus, do Sua verdadeira Luz. Apesar disso, será que não é um Paraíso, da fonte da Luz, e para lá precisamos retor- hábito nosso querer mais Luz quando recebemos Jonar. Todas as coisas vieram de Deus e a Ele estão desti- hrei ou quando visitamos um Johrei Center, uma Igrenadas a retornar. Nós também viemos de Deus e a Ele ja ou os Solos Sagrados? Não pensamos assim porque estamos destinados a retornar. nos falta Luz; pensamos assim porque, na verdade, Outro salmo de Meishu-Sama, cantado hoje, diz: estamos completamente preenchidos por ela. Em nossa forma de pensar, também queremos Meus fiéis, transmitir Luz às pessoas quando lhes ministramos vocês precisam temer a Deus Johrei, não é verdade? Pensamos dessa forma não e trilhar o caminho justo. porque falta Luz a quem ministramos Johrei, mas Deus me concedeu a missão de conduzi-los sim porque quem o recebe está completamente prea tornarem-se este tipo de ser humano. enchido pela Luz. A Luz, ou seja, o perdão de

7


IZUNOME

TRONO DE KYOSHU

Deus, está em todo lugar e o nosso corpo inteiro está nós querendo receber o perdão de Deus e retornar ao transbordando de Luz. Paraíso. Portanto, eu gostaria de sugerir a seguinte O Johrei é a obra do próprio Deus e a manifesta- prática aos senhores. Quando enfrentarem momenção de Sua vontade. Meishu-Sama não nos ensinou o tos difíceis, ou quando estiverem desanimados, diriato sagrado do Johrei para que canalizássemos a Luz jam a seguinte oração a Deus: “para fora”, “para quem o recebe”; ele nos ensinou isso para que canalizássemos a Luz “de volta para Que o Senhor, Deus, Se alegre e esteja contente! Deus”. Deus está nos dizendo que Ele já preencheu Muitos vieram até mim em busca do retorno todo o mundo e todas as pessoas com Sua Luz. Senao Paraíso. Em nome do Messias, que é uno do assim, não é possível canalizar a Luz “para quem a Meishu-Sama, eu me entrego inteiramente recebe Johrei” achando que o mundo precisa de mais ao Senhor junto àqueles que vieram até mim. Luz, não é verdade? Precisamos desapegar-nos de Por favor, receba-nos como Sua glória nossa antiga compreensão sobre o que é o Johrei. e use-nos conforme a Sua vontade. Através do Johrei, Deus quer que reconheçamos O ensinamento esque a Luz do Johrei colhido para o culto de já chegou a todos e a hoje foi “Minha Natutudo, completamente, reza”. Nele, Meishu-Sasem exceção. Através ma escreveu: “Se não do Johrei, Deus quer fizermos a felicidade que entendamos que, do próximo, não podeao invés de transmitir remos ser felizes”. Até Luz ao mundo, nós prerecentemente, eu entencisamos nos voltar para dia essas palavras de Deus, que é perfeito, forma muito superficial e retornar ao Paraíso, e, equivocadamente, onde existe a fonte da acreditava que MeishuLuz. Usamos o Ohikari -Sama estava falando (que literalmente signisobre um código de étifica “Luz”), ou Sagrado ca que deve ser seguido Ponto Focal, para que nas relações humanas. nos lembremos que o Eu achava que precisámundo está preenchido Kyoshu-Sama sempre aprecia os trabalhos de Ikebana, após os cultos. vamos ser gentis, amar pelo perdão de Deus, e cuidar do próximo se por Sua Luz. quiséssemos obter a felicidade. Em um de seus salmos, Meishu-Sama nos ensiNo entanto, os Ensinamentos de Meishu-Sama nou que nós, que estamos ligados ao nome Messias, vêm de Deus e estão além da compreensão, da expesomos seus amigos de Luz. Ele escreveu: riência e da sabedoria humanas. Eles não podem ser compreendidos através da sabedoria ou conhecimenMeus amigos de Luz! to humanos. Apesar disso, eu pensava que entendia As pessoas vagam pelas trevas o significado das palavras: “Se não fizermos a feliComo ovelhas perdidas. cidade do próximo, não poderemos ser felizes”. Eu Vamos tornar-nos seus guias de Luz! pensava que entendia as palavras de Meishu-Sama e os seus ensinamentos. Como eu fui presunçoso! Eu Da mesma forma que nós nos rebelamos contra sinto muito remorso quando penso sobre minha preDeus e vivemos uma vida de trevas, há muitas pes- sunção e gostaria que os senhores também sentissem soas pelo mundo, incluindo nossos ancestrais, que o mesmo. Nosso entendimento dos Ensinamentos de fizeram o mesmo e, agora, querem obter o perdão Meishu-Sama esteve errado até hoje. Nossa interpredivino e retornar ao Paraíso de Deus. Se os senho- tação e entendimento sobre eles estiveram equivores se arrependerem, receberem o perdão de Deus e cados até hoje. Precisamos mudar completamente a tornarem-se Seus filhos de Luz, aqueles que querem forma como entendemos os Ensinamentos. ser perdoados virão até os senhores para retornar ao Com relação à “felicidade”, Deus me fez perceber Paraíso através do nome Messias. Agora, Deus está que nós, seres humanos, viemos buscando a felicidade chamando todos de volta ao Seu lar e está pronto somente para nós mesmos e ignoramos a felicidade e para recebê-los através dos senhores. alegria de Deus, nosso verdadeiro Pai. Eu sinto que Como reconheceremos aqueles que vêm até nós viemos buscando uma felicidade passageira e negliem busca de Luz e salvação? Será através de senti- genciamos a felicidade eterna. mentos aparentemente negativos que temos: raiva, O que é a felicidade de Deus? O que é a felicidaansiedade, estresse, inveja e outros. Temos tais senti- de eterna? Para Deus, ela consiste em perdoar-nos, mentos no exato momento em que alguém chega até fazer com que nasçamos de novo como Seus filhos e

8 – MAIO/2017


TRONO DE KYOSHU

MAIO/2017 –

IZUNOME

viver conosco no Paraíso. Este é o significado da “felicidade” sobre a qual Meishu-Sama está tentando nos ensinar. Eu cometi um grave engano em relação ao significado de felicidade para Meishu-Sama. Só existe uma única felicidade. A “felicidade exclusivamente humana” não existe. A felicidade de Deus é a nossa felicidade. A frase, “Se não fizermos a felicidade do próximo, não poderemos ser felizes”, se refere à felicidade de Deus e ao Seu amor por nós. Isto quer dizer que Ele só poderá se tornar feliz quando nós nascermos de novo como Foto comemorativa com caravanistas do exterior. Seus filhos e vivermos com Ele no Paraíso. Portanto, esta frase deve ser entendida como “Se Deus não nos fizer isso minha gratidão a Deus é constante e profunda”. felizes, Ele jamais poderá ser feliz”. Além disso, o Eventualmente, em 1954, Meishu-Sama nasceu título do ensinamento “Minha Natureza” deve ser de novo como um Messias, um filho de Deus, e obentendido como “A Natureza de Deus”. teve a verdadeira felicidade de um ser humano, a O amor e a felicidade de Deus tomaram uma felicidade de Deus. Deus está dizendo que nós tamforma concreta: o nome Messias. Isso porque é so- bém podemos ser Seus verdadeiros filhos e nascer mente através deste nome sagrado que poderemos de novo como Messias. Deus não está impedindo retornar a Ele e ao Seu Paraíso. Agora que tomamos que renasçamos como Messias; os seres humanos conhecimento deste nome, nos foi dada uma opor- estão. Estamos negando que o nome Messias foi tunidade única de receber o perdão de Deus e retor- preparado para todos. Viemos pressupondo que o nar ao Seu Paraíso. Portanto, vamos todos retornar nome foi preparado somente para uma pessoa esao Paraíso em nome do Messias. Os senhores pre- pecial. Porém, mesmo que neguemos este fato vecisam clamar o nome Messias. Ninguém os forçará ementemente, o nome Messias já foi gravado na a fazer isso. Os senhores precisam fazê-lo por livre alma de cada um de nós, e ninguém pode apagá-lo. e espontânea vontade. Ninguém pode fazer Se os senhores fizerem isso. Sejam corajosos. isso, se nós fizermos Sigam os passos de isso, não consigo nem Meishu-Sama. Aceiimaginar o quanto tem o nome Messias. Deus ficará feliz. Esta Assim, os senhores alegria e felicidade de conseguirão obter a Deus é a nossa alegria verdadeira felicidae felicidade. de que Deus quer nos Por favor lembremconceder. -se de que há alguém Meishu-Sama comque, antes de nós, pôs o seguinte salmo: retornou ao Paraíso em nome do Messias: O Messias nasceu! Meishu-Sama. EnSoarei trombetas quanto ainda estava por todo o mundo. na Terra, Meishu-SaAcordem todos! Alegria e emoção no encontro com o Líder Espiritual da IMM. ma obteve a verdadeira felicidade de coMeishu-Sama está nhecer o nome Messias, retornar ao Paraíso e servir nos mandando acordar. Eu estava adormecido; a Deus de todo coração. Deus preencheu Meishu- nós estávamos adormecidos. Vamos responder ao -Sama com Sua própria felicidade. Foi por isso que chamado de Meishu-Sama, acordar, abandonar o Meishu-Sama escreveu o seguinte no início do ensi- nosso velho eu, e despertar para uma fé complenamento “Minha Natureza”: “Creio que, atualmen- tamente nova, em nome do Messias, que é uno a te, não existe uma pessoa tão feliz quanto eu, e por Meishu-Sama.

9


IZUNOME IZUNOME

TRONO DE KYOSHU

Boletim Izunome Uma das publicações da Igreja Messiânica Mundial – Izunome (Atami, Japão) é o BOLETIM IZUNOME, elaborado com base no tema: “Unir nossos corações com Kyoshu-Sama”. Abaixo, compartilhamos com todos os messiânicos a tradução dos textos “Oração de Luz”, “Nosso Juramento” e “Palavras de Oração” que foram publicados nesse informativo, sendo que os textos “Nosso Juramento” e “Palavras de Oração” foram escritos pelo próprio Kyoshu-Sama. Esperamos que todos os messiânicos brasileiros também estudem esses textos e, alicerçados no tema: “Unir nossos corações com Kyoshu-Sama” possam aprofundar a compreensão da essência dos Ensinamentos de Meishu-Sama pela sua leitura e prática no cotidiano. Oração de Luz* Deus é Luz. E onde há Luz, paz, felicidade e alegria são abundantes. Na escuridão, permeiam-se o conflito, a pobreza e a doença. Vós que desejais Luz e prosperidade, vinde! Vinde à Luz e chamai o nome do Messias! Assim sereis salvos. *“Oração de Luz” é um texto divulgado por Meishu-Sama em 1935, pouco após a fundação da nossa Igreja, que foi publicado na edição de lançamento da revista Komyo Sekai (“Mundo de Luz”, em tradução livre). Maiores informações sobre o trecho “o nome Messias”, podem ser obtidas na Mensagem de Ano Novo de Kyoshu-Sama do ano de 2017.

10 – MAIO/2017


TRONO DE KYOSHU

Palavras de Oração

Nós, membros da Igreja Messiânica Mundial, temos como objetivo nascer de novo como verdadeiros filhos de Deus seguindo os passos de Meishu-Sama, que alcançou a posição de um Messias, um filho de Deus. Todos nós nos tornamos filhos de nossos pais terrenos através do nascimento físico. Hoje, acreditamos ser necessário nascer, mais uma vez, como verdadeiros filhos de Deus e reconhecer que nosso verdadeiro Pai é o Deus vivo e eterno. Da mesma forma que nossos pais terrenos nos deram um nome ao nascermos, Deus nos deu um nome quando Ele nos concebeu no paraíso. Acreditamos que esse nome é Messias e que todos os seres humanos nascem na Terra para se tornarem verdadeiros filhos de Deus – Messias. Para que sejamos aceitos por Deus como Seus verdadeiros filhos, acreditamos ser necessário nos esforçar, conscientemente, para direcionar nossos corações a Deus em nosso dia-a-dia. Nós louvamos e glorificamos Deus, O reconhecemos como o Criador e atribuímos a Ele tudo o que acontece em nossa vida. Acreditamos que, gradualmente, esse esforço fará com que cresçamos para nos tornarmos aquilo que precisamos ser, isto é, verdadeiros filhos de Deus – Messias.

Deus, eu reconheço que o Senhor está vivo. Dentro de mim, o Senhor está vivo. Eu Lhe agradeço por me criar e educar para nascer de novo como Seu filho. Que essa benção seja compartilhada com todos. Em nome do Messias que é uno a Meishu-Sama, eu me entrego ao Senhor. Por favor, me use conforme a Sua vontade.

MAIO/2017 –

11

IZUNOME

Nosso Juramento


IZUNOME

IMM - IGREJA IZUNOME

Oficiantes concluem a disposição das oferendas no Altar do Templo Messiânico, no Culto do Natalício de Meishu-Sama (2016).

Palestra do reverendo

Masayoshi Kobayashi Culto do Natalício de Meishu-Sama Templo Messiânico - Solo Sagrado de Atami 22 e 23 de dezembro de 2016

F

elicitações a todos pela realização do Culto do Natalício de Meishu-Sama. Antes de mais nada, gostaria de apresentar os caravanistas do exterior. Hoje, estamos orando com 15 messiânicos do Laos, 2 da Malásia, 5 da Bolívia, 48 do Brasil e 116 da Tailândia, totalizando 186 caravanistas. Sejam todos bem-vindos ao Solo Sagrado. Falta pouco para a chegada do novo ano. Hoje está sendo realizada a última cerimônia litúrgica

12 – MAIO/2017

Reverendo Masayoshi Kobayashi.

deste ano. O que 2016 representou para os senhores? Certamente, muitos que receberam maravilhosas graças, passaram momentos felizes; mas também talvez existam pessoas que sofreram ou ficaram preocupadas com alguma purificação mais severa. Entretanto, cada uma destas situações ocorre por haver um motivo. Gostaria de apresentar aos senhores um episódio que retirei do livro “Reminiscências sobre Meishu-Sama”. Certo dia, uma senhora que dedicava na residên-


IMM - IGREJA IZUNOME

*NT: A caligrafia foi apresentada em telão durante o culto. MAIO/2017 –

13

IZUNOME

cia de Meishu-Sama acabou quebrando uma tigela até que um barulho muito forte ecoou na vila: um dos de porcelana de grande estimação de Meishu-Sama. dentes do oni havia quebrado. Ele chorou a noite toda, Essa senhora ficou com tanto receio de receber uma por causa da dor e da tristeza pela perda do dente. severa advertência que desistiu de ir naquele moO monge foi visitar o oni e lhe disse: “Olha, não mento pedir desculpas. Contudo, no dia seguinte, ela se preocupe. Seu dente quebrou; mas, ano que vem, tomou a decisão e foi pedir perdão a Meishu-Sama. nascerá outro novinho em folha. Por isso, não chore”. Ele disse: “Bem, a senhora deve ter passado a noite Ao escutar isso, o oni perguntou se isso significava inteira preocupada, pensando: E agora? O que vou que ele conseguiria voltar a comer normalmente. fazer?, não foi? Por isso, seu pecado foi expiado. Se Com o intuito de aliviar o sofrimento do oni, o monvocê reconheceu que errou, então, está tudo bem”. ge respondeu: “Sim, vai sim!” Então, o oni, que nunAssim, ela foi perdoada por Meishu-Sama. ca dera um sorriso, começou a dar gargalhadas de Nossos pecados são expiados quando sofremos alegria e chegou até a lacrimejar de tanto dar risadas. pela preocupação de tê-los cometido. Ou seja, nossa Os moradores da vila, que também ficaram preocualma é polida e nossos sentimentos são purificados pados com o sofrimento do oni, iam visitá-lo para dar por meio dos sofrimentos. Se refletirmos corretamen- forças a ele, e diziam: “No ano que vem, vai nascer um te, Deus corresponderá a esta atitude, presenteando- dente novo.” Cada vez que ele escutava isso, ficava fe-nos com os melhores resultados possíveis. Por este liz e dava risadas. Muitos consideram que essa é a orimotivo, estarei orando para que aqueles que enfren- gem do ditado popular: “Quando alguém fala o que vai taram muitos sofrimentos durante este ano, possam acontecer no próximo ano, o oni dá gargalhadas.” ter um maravilhoso 2017. Naturalmente, ninguém sabe se realmente nasUm ditado popular no Japão diz o seguinte: ceu um novo dente na boca do oni. Como onis são “Quando alguém fala o que vai acontecer no próximo diferentes dos seres humanos, acredito que deva ter ano, o oni dá gargalhadas”. Oni é uma criatura mito- nascido um dente novo. Eu prefiro as gargalhadas lógica, parecido com um grande do oni em nome da esperança e ogro. Entretanto, qual o motivo do alegria às risadas de deboche em oni dar risadas? Existem inúmeras relação às pessoas. versões a este respeito. Uma das Creio que, se dermos muitas explicações é que o oni dá risadas risadas, com o coração cheio de esporque os seres humanos não saperança e de grandes sonhos para bem quantos anos ainda vão viver o futuro, aumentaremos a possibie nem mesmo sabem a respeito de lidade de tudo se concretizar, pois seu futuro e, mesmo assim, queé como dizem: “A felicidade bate rem adivinhar o que vai ocorrer à porta das pessoas que dão risano ano que está por vir... das.” Existe também outra versão Esta é a imagem de uma calique diz assim: antigamente, havia grafia escrita por Meishu-Sama por um templo cujo monge responsávolta de 1943*. Ela significa “sorrir”. vel se esforçava para transmitir os Ao observarmos este ideograma, ensinamentos de Buda, além de temos a impressão que ele represer um bom conselheiro para os senta o rosto de uma pessoa alegre, moradores e para outros monges Caligrafia “Sorrir”, escrita por Meishu-Sama. que transmite a felicidade a quem a também. Nessa vila, entre os moaprecia. Entretanto, isto não signifiradores, vivia um oni que gostava de estudar as pre- ca que Meishu-Sama a caligrafou em um momento de gações deste sábio monge. Entretanto, esse oni não sua vida repleto de tranquilidade. Pelo contrário: ela sorria: mesmo que o monge dissesse algo engraça- foi escrita em um período de extrema dificuldade no do, sua fisionomia não mudava. Ao perceber isso, o qual Meishu-Sama buscou mostrar como o sorriso seria monge decidiu fazer dele um de seus discípulos. capaz de modificar uma atmosfera pesada, criada por Certa época, os moradores resolveram construir situações difíceis de serem superadas. um novo prédio para o templo, e como o oni era Na época da fundação da nossa religião, Meishugrande e forte, trabalhou intensamente na constru- -Sama chegou a afirmar: “Na Igreja Messiânica, preção. Entretanto, ele comia muito. Além disso, comia cisamos ter risadas. Isto porque não seremos capazes tão rápido, que não sobrava comida para os outros de abrir nossos corações através de debates e sermões. colaboradores. Por este motivo, o sábio monge pen- O riso traz a alegria ao rosto das pessoas. É dando sou em uma maneira de controlar o apetite do oni, e risada juntos, que conseguiremos abrir a porta dos colocou palitos feitos de bambu dentro das panelas corações”. (11 de fevereiro de 1935). com a comida. Além disso, Meishu-Sama afirmou que “A risada O oni, porém, nem se importou com os palitos que é a flor do Paraíso” (20 de fevereiro de 1950) e “Nossa estavam junto da comida e continuou devorando tudo Igreja pode ser considerada uma religião de risos”.


IZUNOME

IMM - IGREJA IZUNOME

No ensinamento “A flor do Paraíso” (10 de julho de 1931), ele fez a seguinte afirmação: “A saúde das pessoas, o amor entre o casal, a felicidade da família, a paz mundial e a alegria da humanidade podem ser alcançados com as risadas. O riso é o salvador do mundo! Por isso, vamos dar risadas! Riam bastante!”. O poder do riso já foi comprovado cientificamente. A risada diminui a produção dos hormônios relacionados ao estresse, fortalecendo nosso sistema imunológico. Ela também controla os níveis de glicose e de colesterol no sangue, diminuindo os riscos de um ataque cardíaco, e aumenta a resistência muscular. Dizem também que aumenta a capacidade de memorização e concentração. Realmente, se o professor for capaz de descontrair a sala de aula com explicações divertidas, é bem provável que a capacidade de concentração e a memorização dos alunos aumente. Pensando bem, do jeito que faço palestra para os senhores, acho que eu também preciso colocar isso em prática, não é mesmo? O riso também melhora o relacionamento entre as pessoas. É costume dizer que o “riso contagia”, pois ele tem a capacidade de mudar as pessoas que estão ao nosso redor. Acredito que o riso é um elemento purificador. Depois de falar tudo isso, acho que só nos resta dar risadas... Quem ri, sempre sai ganhando. Todos nós fomos abençoados por Deus com o dom do riso. Isto porque, inconscientemente, sentimos seus vários efeitos, que acabei de citar. Em outras palavras, ele é necessário para que possamos ultrapassar nossas dificuldades. Pensando bem, em quais situações o sorriso aparece? Vejamos: para disfarçar alguma gafe, aparece aquele sorriso “amarelo”. Quando ficamos envergonhados perante outras pessoas, temos o sorriso constrangido. Se estamos escondendo alguma coisa, surge o riso forçado. O sorriso, em qualquer uma destas situações, são formas de nos proteger do estresse e do nervosismo. Entretanto, o sorriso paradisíaco proposto por Meishu-Sama é o sorriso da alegria e da descontração. Ou seja, o sorriso que vem do coração. Existe um comediante muito famoso aqui no Japão, chamado Kimimaro Ayanokoji. Ele é realmente divertido, tanto que a Terceira Líder Espiritual gos-

Templo Messiânico - Solo Sagrado de Atami, Japão.

14 – MAIO/2017

tava muito dos seus shows. Ele faz seus fãs de idade avançada sentir dores na barriga de tanto dar risada. Suas piadas têm como temas principais a situação vivida pelos casais de idosos, a velhice e até a morte. Ele faz a plateia – predominantemente composta de pessoas com mais de 60 anos de idade –, relembrar com muito humor, como foi a vida a dois ao longo dos anos. É muito engraçado quando ele lembra que, no Japão, a produção de fraldas geriátricas ultrapassou a produção de fraldas para bebês... E ele complementa: “Todos começam a vida usando fraldas e terminam usando fraldas. Logo, não precisam ter vergonha. Todo mundo vai passar por isso.” Eu ainda não estou precisando disso (fraldas), mas esse comediante é muito bom, mesmo! Seu humor revela a realidade do cotidiano das pessoas. Ele diz: “Antigamente eu comia arroz quentinho ao lado de uma esposa calorosa... quarenta anos depois, só como arroz gelado ao lado de uma esposa fria”; “Quando eu era jovem, as reclamações viviam saltando da minha boca; hoje, após quarenta anos, é o arroz que vive saltando da minha boca...” São coisas simples do cotidiano, mas que dificilmente alguém tem a coragem de mencionar. Se todo mundo ri, é porque certamente já passou por isso. Realmente, quando há mentira, não nasce o verdadeiro sorriso. Quando há mentira no sorriso, é um sorriso forçado. No mundo onde se fala a verdade, nasce o verdadeiro sorriso, que é a própria flor do Paraíso. Só conseguiremos sorrir natural e autenticamente com nossos amigos e familiares, quando edificarmos um ambiente em que não haja mentiras nem fofocas; um local onde se possa falar a verdade com toda a sinceridade. Acredito que, se alcançarmos isso, Deus e Meishu-Sama vão nos enviar o “Deus da Felicidade”, e assim mereceremos um ambiente paradisíaco repleto de felicidade e prosperidade não só no nosso lar, como também na nossa relação com os amigos, dentro do Johrei Center, dentro da Igreja. Encerro minha saudação deste Culto do Natalício de Meishu-Sama, orando do fundo de meu coração para que 2017 seja um ano maravilhoso e repleto de sorrisos para todos. Muito obrigado!


CULTO MENSAL DE AGRADECIMENTO

IZUNOME

Gratidão, nossa prática diária

Saudação do presidente da IMMB, Rev. Marco Antonio Baptista Resende Solo Sagrado de Guarapiranga 1 de maio de 2017

B

om-dia! Os senhores estão passando bem? Inicialmente, agradeço a Deus e a Meishu-Sama a permissão de realizar este Culto Mensal de Agradecimento e de poder servir à Obra Divina com os senhores e senhoras. Hoje, antes de iniciar minha saudação, gostaria de ler três textos que foram enviados do Solo Sagrado do Japão. Primeiro vou ler o poema escrito por Meishu-Sama e divulgado no ano de 1935, que se chama Oração de Luz. Deus é Luz. E onde há Luz, paz, felicidade e alegria são abundantes. Na escuridão, permeiam-se o conflito, a pobreza e a doença. Vós, que desejais Luz e prosperidade, vinde! Vinde à Luz e chamai o nome do Messias! Assim sereis salvos. Agora, lerei dois textos escritos por Kyoshu-Sama. O primeiro chama-se Nosso Juramento. “Nós, membros da Igreja Messiânica Mundial, temos como objetivo

Ofertório: rev rev. Paulo César Leite Mathias e min. Wany Cristina de Oliveira.

nascer de novo como verdadeiros filhos de Deus seguindo os passos de Meishu-Sama, que alcançou a posição de um Messias, um filho de Deus. Todos nós nos tornamos filhos de nossos pais terrenos através do nascimento físico. Hoje, acreditamos ser necessário nascer, mais uma vez, como verdadeiros filhos de Deus e reconhecer que nosso verdadeiro Pai é o Deus vivo e eterno. Da mesma forma que nossos pais terrenos nos deram um nome ao nascermos, Deus nos deu um nome quando Ele nos concebeu no paraíso. Acreditamos que esse nome é Messias e que todos os seres humanos nascem na Terra para se tornarem verdadeiros filhos de Deus – Messias. Para que sejamos aceitos por Deus como Seus verdadeiros filhos, acreditamos ser necessário esforçar-nos conscientemente, para direcionar nossos corações a Deus em nosso dia a dia.

R M t i B ti t R d Rev. Marco A Antonio Baptista Resende.

Nós louvamos e glorificamos a Deus, O reconhecemos como o Criador e atribuímos a Ele tudo o que acontece em nossa vida. Acreditamos que, gradualmente, esse esforço fará com que cresçamos para nos tornarmos aquilo que precisamos ser, isto é, verdadeiros filhos de Deus – Messias.” O segundo texto chama-se Palavras de Oração. Deus, eu reconheço que o Senhor está vivo. Dentro de mim, o Senhor está vivo. Eu lhe agradeço por me criar e educar para nascer de novo como Seu filho. Que essa bênção seja compartilhada com todos. Em nome do Messias que é uno a Meishu-Sama, eu me entrego ao Senhor. Por favor, me use conforme a Sua vontade. MAIO/2017 –

15


IZUNOME

CULTO MENSAL DE AGRADECIMENTO

Esses textos já se encontram publicados no site da Igreja Messiânica com o nome de Boletim Izunome. Gostaria que, por meio do estudo e prática desses textos, todos aprofundassem a compreensão da essência dos Ensinamentos de Meishu-Sama. Agora, gostaria de apresentar os messiânicos do exterior que estão participando conosco deste culto. São 30 representantes vindos de seis países: Angola, Coreia do Sul, Inglaterra, Japão, México e Moçambique. Sejam bem-vindos ao Solo Sagrado! Hoje, é um dia muito especial, pois estamos comemorando o Dia do Trabalho, em que devemos agradecer os trabalhadores. Eu também me sinto muito feliz por poder servir e trabalhar com os messiânicos nessa grandiosa Obra de Salvação. Peço uma calorosa salva de palmas a todos os trabalhadores! Parabéns! Há pouco ouvimos o Ensinamento “Pragmatismo”, no qual Meishu-Sama nos ensina a importância de tomarmos a decisão de, como messiânicos, praticar a nossa fé, usar nosso conhecimento e nossa capacidade para o bem da sociedade. Ele afirma que essa atitude foi muito benéfica em seu trabalho religioso e também em sua vida cotidiana. Meishu-Sama nos deixou escrito o que ele mesmo vivenciou e confirmou com a prática da fé. Eu sinto, de maneira muito forte, que ele está vivo em seus Ensinamentos e deseja que, por meio do seu estudo e prática, nós também possamos direcionar nossas ações seguindo seus passos, conscientizando-nos, cada vez mais, da existência de Deus e da maneira como Ele atua o tempo todo neste mundo e em nossa vida. Contudo, em nosso dia a dia, quando estamos trabalhando, será que nos lembramos que é Deus quem está ali, conosco, concedendo-nos saúde, força, sabedoria, per-

16 – MAIO/2017

Caravanistas vindos do exterior.

missão e condições para executar um bom trabalho? Por outro lado, ao nos depararmos com desafios e dificuldades, será que reconhecemos que essas situações também foram criadas por Deus para nos lapidar e polir nossa alma? Geralmente, nossa tendência é pensar que aquilo que realizamos é fruto somente da nossa capacidade, do nosso empenho, mas precisamos reconhecer, acima de tudo, que estamos sendo conduzidos por uma Vontade invisível, por uma força maior. Eu acredito que esta é a mensagem que Meishu-Sama trouxe para nós, ou seja, precisamos reconhecer que Deus está comandando Sua obra de construção, afinal foi Ele quem criou as profissões e, por intermédio delas, está nos utilizando como seus filhos para construir o Paraíso Terrestre. Num sentido amplo, todos os trabalhos, todas as pessoas, estão sendo utilizados para este grande

Ministração de Johrei.

objetivo de Deus. Se nos conscientizarmos que fazemos parte da obra de construção do Paraíso Terrestre, certamente, conseguiremos trilhar um caminho de realizações e felicidade plena, pois nosso trabalho simboliza o grande servir a Deus. Foi isso que ouvimos na experiência relatada há pouco pela Sra. Regiane. Em seu trabalho como professora, ao se deparar com uma classe em que os alunos a desafiavam o tempo todo, ela buscou os Ensinamentos de Meishu-Sama e refletiu sobre sua missão e sobre como agir para mudar aquela situação. Ela percebeu que o mais importante era, primeiramente, sentir gratidão por seu trabalho, por seus alunos e materializar essa gratidão através de uma prática: oferecer pequenos arranjos florais. Esse gesto tocou o coração dos alunos, o que os levou a pedir perdão pelas atitudes que tiveram para com ela. Realmente, o ambiente se transformou e ela pôde, enfim, cumprir sua missão no trabalho. Parabéns, Sra. Regiane, e obrigado por compartilhar conosco sua maravilhosa experiência. Assim como ela, acredito que devemos conscientizar-nos da importância do espírito de dedicação em todos os trabalhos que nos são confiados por Deus. Com essa consciência, gostaria de pensar com os senhores a respeito das práticas básicas que nos foram ensinadas por Meishu-Sama. Elas são o caminho do pragmatismo da fé messiânica para conseguirmos alcançar o mesmo estado de espírito paradisíaco que Meishu-Sama alcançou. Nesse sentido, mês a mês, estamos intensificando cada uma delas. Vamos lembrar quais são as práticas básicas? Culto, Johrei e dedicação. Eu pergunto aos senhores e senhoras: almoçar, jantar, beber água, ou seja, cuidar do corpo físico, também não constituem práticas básicas? Agradecer diariamente pelos alimentos, respirar, estudar, trabalhar são


CULTO MENSAL DE AGRADECIMENTO

MAIO/2017 –

17

IZUNOME

importantíssimas práticas agradecer e conduzir a Deus básicas, não acham? Até doratravés de Meishu-Sama mir é uma grande prática bánossas preocupações e nos sica e altruísta, sabiam? Em empenhar na construção do algumas situações, ir dormir Paraíso Terrestre, que comee ficar quietinho pode fazer ça dentro de nós e se estende com que as pessoas se sinà nossa volta. tam felizes... E aquele que Então, vamos dizer. ronca? Talvez seja melhor ir “Deus, muito obrigado! Eu dormir depois de todos. confio que o Senhor está no Acordar também é prácomando de tudo.” tica básica. Principalmente, Que prática maravilhosa! acordar de bom humor e Ela parece muito simples, Vivência de horta caseira fez parte das atividades. importar-se com as pessoas mas é muito importante. Os à sua volta. Isso é uma exsenhores perceberam que, celente prática básica e altruísta. agradecer? Quem nos apoia e ao pronunciarmos várias vezes A leitura dos Ensinamentos e o nos acompanha em todos os mo- “muito obrigado”, estas palavras encaminhamento de pessoas a mentos, que é a nossa família. aqueceram o nosso coração e senMeishu-Sama também são prá- Então, vamos dizer: “Meus fami- timos o calor e a luz que já existem ticas básicas. Não podemos nos liares, muito obrigado por esta- em nossas almas? Então, vamos esquecer que, direcionar cons- rem comigo”. deixar esse calor, essa luz de nosQuem está ao seu lado, neste sas almas se propagar nas pessoas cientemente nossos pensamentos a Deus, também é uma prática bá- momento, também não é por aca- à nossa volta? so. Foi Deus que o colocou aí, não sica fundamental. Acho que todos devem lemEm suma, nosso dia é o resul- foi? Então, olhem para a pessoa ao brar-se de uma estrofe do Hino da tado do pensamento e sentimento lado e agradeçam dizendo: “Mui- Luz Divina que sempre cantamos com o qual realizamos essas inú- to obrigado por você estar aqui, ao nos cultos e que diz o seguinte: meras atividades que não deixam meu lado, participando do culto.” Quando, porém, nós nos dede ser práticas básicas. Portanto, “E cumprindo sagrado preceito gostaria que colocassem espírito paramos com a situação do nosso em favor de uma paz bem comum de gratidão nas atividades que re- país e do mundo, ficamos tristes A virtude vencendo o defeito e preocupados. Acredito que, nesalizarem diariamente. cada qual somar deve mais um.” No próximo dia 15 de junho, ses momentos, seja muito difícil celebraremos o Culto do Paraíso expressar um sentimento de graEntão, diariamente, com esse Terrestre aqui, no Solo Sagrado e tidão. Contudo, não podemos nos sonen, com esse sentimento, vaem todas as Igrejas e Johrei Cen- esquecer do que aprendemos com mos procurar envolver as pessoas ters do Brasil. Esse dia tão espe- Meishu-Sama: “Com o avançar da na prática da gratidão e, junto a rado durante o ano é o momento Nova Era e à medida que aumenta elas, preparar-nos para o Culto do de expressarmos a nossa gratidão a intensidade da Luz, a purifica- Paraíso Terrestre! por quem nos preparou o Para- ção tornar-se-á proporcionalmente Antes de encerrar, gostaria de íso, iniciou sua construção aqui mais severa.” Portanto, por mais lembrar que, no próximo dia 14 na Terra e vem nos conduzindo a difícil que seja a situação pela qual de maio, comemoraremos um esse Paraíso. Para isso, é muito im- estamos passando, precisamos dia muito especial: o Dia das portante, como preparação, culti- nos centralizar nos Ensinamentos, Mães! Vamos parabenizar tovar o sentimento de gratidão das as mães com um grande diariamente. Assim, gostaria “muito obrigado”? Contudo, de nesse momento, juntos, não basta só dizer “muito começarmos um treinamenobrigado”. Devemos mateto. Primeiro, vamos agradecer rializar com muito amor a a Deus, que nos preparou o gratidão que sentimos por Paraíso. Então, vamos dizer: nossas mães, dando-lhes um “Deus, muito obrigado!” grande abraço! Agora, vamos agradecer Com o coração repleto de a Meishu-Sama, que vem nos gratidão a Deus e a Meishuconduzindo ao Paraíso, e ao -Sama, desejo um excelente reconhecimento da existência mês a todos e uma boa prepade Deus. Então, vamos dizer: ração para o culto do Paraíso “Meishu-Sama, muito obrigaTerrestre! do, por me guiar a Deus.” Muito obrigado e boa misA quem mais precisamos são! Apreciação da mostra “Eixos flutuantes”.


IZUNOME

EXPERIÊNCIA NA PRÁTICA DA FÉ

Tropeços são amor de

Regiane Aparecida de Souza Bortolassi compartilhou seu relato de fé.

B

om-dia a todos! Sou membro da Igreja Messiânica há quase seis anos e dedico no Johrei Center Sarandi, ligado à Igreja Londrina, Paraná. Gostaria de compartilhar a transformação ocorrida em minha profissão como professora do Estado e, consequentemente, em minha vida, através do empenho em buscar respostas nos Ensinamentos de Meishu-Sama e colocá-los em prática. Um ano após meu ingresso na fé, vivia insatisfeita com a falta de recursos para desempenhar meu papel como professora. Passei a reclamar frequentemente do salário, da falta de recursos, da minha relação conturbada com os alunos, ou seja, de tudo. Além disso, tinha problemas com os pais, que me deixavam cada vez

18 – MAIO/2017

mais entristecida e, neste clima, tudo piorava. Então, no segundo semestre de 2012, pedi um afastamento remu-nerado a que tinha ha direito, para descansar nsar e refletir sobre minha ha misi são no campo profissional. Voltei a me dedicar à leitura dos Ensinamentos de Meishu-Sama, especificamente sobre as três colunas de salvação da fé messiânica, que são o Johrei, a Agricultura e a Alimentação Natural e o Belo. Foi quando recebi a proposta de cobrir as férias de uma professora em uma escola muito conceituada e, visando ao lado material, aceitei o convite. Ao chegar à escola, fiquei admirada, pois nunca tinha visto tantos recursos disponíveis para

que pudesse exercer minha função. No entanto, não conseguia desempenhar meu trab balho como queria. Os O alunos me desafiav avam o tempo todo. Sentia-me Se tia desrespeitada por eles, principalmente quando se colocavam em uma posição financeira superior à minha, como se eu nada tivesse para contribuir na formação deles. Comparando as duas escolas, achava que o problema estava na condição social dos alunos. Apesar de ficar aborrecida com a situação, continuei lendo os Ensinamentos e buscando neles as respostas. Coloquei-me à disposição de Deus para que eu pudesse aprender e crescer com essas experiências.


EXPERIÊNCIA NA PRÁTICA DA FÉ

IZUNOME

Deus para nos polir À medida que me aproem nossas vidas, não enfundava na leitura dos Encontraremos o motivo de sinamentos, fui compreennossa verdadeira missão dendo que não adiantava como educadores. ficar aguardando que as No início do ano letivo, coisas mudassem e entendi retomei as aulas na minha que era eu quem precisava escola de origem. Já no primudar em primeiro lugar, meiro dia, meu sentimenou seja, a transformação to era outro. Sentia uma maior deveria partir de alegria ao olhar para cada dentro de mim. Dessa maaluno e agradecia a cada neira, reconheci a falta de um. Já não enxergava mais gratidão que vinha tendo a falta de recursos e iniciava por esta permissão concemeu dia com motivação. dida por Deus, que é ser Inscrevi-me para participrofessora, e entendi a impar de novos projetos. Conportância de minha missão, videi o missionário responque é servir a Deus através sável pela horta do Johrei do meu trabalho. Center para proferir uma Não perdi tempo e me palestra na escola, e logo tiesforcei para mudar minha vemos a oportunidade de postura perante os alunos. começar a fazer uma horta Passei a vê-los com outro na escola. Fui escolhida para olhar, a valorizar cada atiparticipar de um programa tude e a agradecer pelo que oferecido pelo Governo do estava vivendo e aprendenEstado, muito concorrido, do com as oportunidades com duração de dois anos e, que surgiam. Com isso, as graças a isso, tive a permisaulas passaram a transcorsão de voltar para a universiRev. Resende parabenizou Regiane após o Culto. rer num clima bem difedade, aprimorando meus corente. Os alunos já não me nhecimentos de magistério. desafiavam como antes. Atualmente, já aplico o aprenpela pedagoga da escola, que queEstava chegando o último dia ria saber o que eu fizera na sala, dizado que obtive na universide aula com aqueles alunos e, pois depois que saí, alguns alunos dade em um projeto em que se como forma de materializar a mi- a procuraram chorando muito e aborda o espírito da palavra e, em nha gratidão, preparei pequenos querendo pedir perdão pelas ati- especial, a importância do servir arranjos florais para oferecer a eles. tudes que tiveram. Ela queria sa- nas atitudes e do respeito para No dia seguinte, quinze minutos ber que método eu aplicara, pois com o próximo com base os Ensiantes de terminar a aula, distribuí a turma tinha dado trabalho o ano namentos de Meishu-Sama. os arranjos e agradeci por eles te- inteiro aos outros professores. Com essa experiência, ganhei a rem sido meus alunos, mesmo que Respondi que coloquei em prá- plena convicção de que a situação por somente três meses. tica aquilo que venho aprendendo vivenciada inicialmente foi o ponPara minha surpresa, eles fica- em minha Igreja, ou seja, reconhe- to de partida para minha transram encantados com as flores, per- cer que as circunstâncias são cria- formação, tanto no âmbito profisguntaram como poderiam cuidar das por Deus para nos lapidar e sional, pessoal e, principalmente, delas e por que eu lhes tinha dado nos polir. E que graças a essa opor- dentro da fé. um presente já que eles constante- tunidade que tivera, minha vida se Agradeço a Deus e a Meishumente me desrespeitaram. Eu res- transformou em todos os sentidos. -Sama a permissão de compartipondi que o comportamento deles Ela agradeceu e me convidou para lhar com vocês essa experiência me ajudou a refletir sobre minha fazer parte do corpo docente. Ex- e desejo que, através dela, todos missão como professora, por isso pliquei que tinha um compromisso possam valorizar o trabalho que era muito grata. Foi quando a aula com outra escola e agradeci. desenvolvem e, principalmente, o terminou e deixei a sala, pela priConcluí que, se não reconhe- façam com espírito de dedicação e meira vez, em silêncio. cermos a importância da nossa servir a Deus. No outro dia, fui chamada vocação e o valor de cada aluno Muito obrigada. MAIO/2017 –

19


IZUNOME

IMMB - GABINETE DA PRESIDÊNCIA

Começam as obras e

Membros se reuniram em Mato Grosso para o Culto de Lançamento da Pedra Fundamental da Igreja em Cuiabá.

Cerca de 430 pessoas compareceram ao Culto de Lançamento da Pedra Fundamental da Igreja Cuiabá, em Mato Grosso, no dia 25 de março. Para representar os participantes no Ofertório de Gratidão, foram escolhidos os missionários Alexandre Antônio de Barros Costa e Ivone João Marcondes. Após o lançamento da Pedra Fundamental, o presidente e comitiva se confraternizaram em animado almoço, com menu típico da região e com a performance musical da cantora Leia Golin. O presidente e o reverendo José Roberto Bellinger também participaram da animação, descontraindo o público.

20 – MAIO/2017

COLABORAÇÃO: TAÍS UETA

A

cerimônia foi o ponto culminante da visita missionária do presidente da IMMB à capital mato-grossense, iniciada na noite de quinta-feira (23) com palestra para membros em geral. Na sexta-feira (24), o Rev. Resende conduziu Marcha de Johrei e contatou com pioneiros; no período da tarde, visitou o Johrei Center Centro-Sul, localizado próximo à Câmara de Vereadores da cidade e o marco do Centro Geodésico da América do Sul (*). O encontro reuniu 66 pessoas. A nova sede da expansão da Obra Divina em Mato Grosso será construída no bairro do Shangri-Lá, na região do Coxipó, um dos primeiros núcleos de povoamento da capital mato-grossense. Cada um somar mais um O acompanhamento constante, desde a primeira visita à Igreja, passando por aprender a orar perante * Ponto central da América do Sul.

o Altar, as práticas básicas (Culto, Johrei, Servir e leitura de Ensinamentos) e conduzir as pessoas rumo à Salvação. Estes foram os principais pontos das orientações proferidas pelo Rev. Marco Resende durante a visita missionária. Sempre interagindo com os presentes, o presidente relembrou o início da Obra Divina em Mato Grosso, ocorrido em 1978. “A partir de uma garagem, a expansão seguiu para uma casa e agora, quase 40 anos depois, está começando o processo de construção de uma sede própria”, comentou. Foi a dedicação fervorosa de todos os membros, missionários e ministros, assim como a atitude mental (sonen) forte e constante, que possibilitou chegar a esta nova etapa de expansão. As crianças de hoje, quando crescerem, poderão narrar com orgulho as vivências desse processo de construção”, afirmou. “O apoio, o acompanhamento constante, saber ouvir com atenção os anseios e sofrimentos do próxi-


IMMB - GABINETE DA PRESIDÊNCIA

O presidente da IMMB, rev. Marco Antonio Baptista Resende, participou da cerimônia.

mo, estendendo a mão – tudo isso se torna fundamental para que as pessoas que hoje estão nos visitando pela primeira vez ganhem forças, superem suas dificuldades e se juntem a nós, aprendendo a encaminhar mais pessoas. Quanto mais tempo estivermos em contato com a Luz Divina, seja ministrando ou recebendo, melhor será”, pontuou o reverendo. Conforme as palavras do presidente, o ser humano é a obra-prima da Criação; adapta-se a todo e qualquer ambiente e conta com a partícula divina em seu interior. “Todos nós temos virtudes e pontos de aprimoramento. Como proceder para conceder forças a quem está em dificuldade? Precisamos, então, recorrer a Deus e Meishu-Sama, orando juntos, recebendo e ministrando Johrei, ouvindo os problemas dessas pessoas atentamente, sem se apegar a pormenores como querer ver os resultados surgirem imediatamente. Em outras palavras, precisamos cuidar atentamente de cada um e sempre procurar fazer isso de forma simples.”

IZUNOME

m Cuiabá Para o missionário Alessandro Domingues, do Johrei C Center Juína (distante 75 750 km de Cuiabá), a cer cerimônia representou o ree reencontro com Deus e MeishuMeishu-Sama e a reconfirmação da fé. “A partir deste momento iremos construir esta Igreja diariamente, seguindo comprometidos com a salvação de muitas pessoas, em um espírito de busca firme e constante. Então, podemos expandir a Luz Divina para Mato Grosso, para todo o Brasil e para o mundo”, observou. O primeiro ministro outorgado no Estado, Waldisnei Moreno Costa, sintetizou o sentimento de todos os pares da região. “Sem dúvida, um momento de muita alegria e muita satisfação. À medida em que ocorre a construção física, devemos também aprofundar e solidificar a nossa fé”, concluiu. Érika de Assis, jovem que também dedica como guia no Solo Sagrado de Guarapiranga, narrou seu sentimento. “A cerimônia, principalmente a oração, foi muito emocionante. Agora, precisamos refletir sobre a importância e a missão de cada um de nós nessa construção. Para que a obra aconteça, devemos também edificar nosso interior, para termos a permissão de expandir a Luz Divina a partir do novo local”, finalizou.

Emoção em todos os momentos Irmanados em um só sentimento, os membros, ministros e missionários de Mato Grosso relataram suas impressões sobre a cerimônia. Em todos os depoimentos, um ponto comum: a emoção de ver várias gerações de messiânicos, de todos os cantos do Estado, presentes em um momento tão importante e histórico. A dona de casa Euremy Gimenes Maciel, missionária do Johrei Center Shangri-Lá e pioneira na região, contou que sonha com o dia da inauguração: “Um momento de emoção e muita responsabilidade, pois Meishu-Sama confia em nós. Só tenho a agradecer, ao longo dos meus 81 anos de vida e 39 de membro. Plantem e semeiem felicidade aos seus semelhantes, pois isso é o que mais alegra a Meishu-Sama e aos antepassados.” Parte da equipe que recepcionou o 0Rev. Marco Resende. MAIO/2017 –

21


IZUNOME

IMMB - DIVISÃO DE EXPANSÃO

Concurso Horta em Casa 2017 A Divisão de Expansão da IMMB, por meio da Secretaria de Horta em Casa, está promovendo a 2ª edição do concurso de horta caseira. As inscrições irão até o dia 1º de junho.

A

iniciativa objetiva estimular e valorizar todos que estão praticando a Agricultura Natural por meio da horta caseira, bem como fortalecer os envolvidos e incentivar os membros das unidades religiosas à prática, disseminando-a e apresentando, por meio dela, os Ensinamentos de Meishu-Sama a mais pessoas. Os interessados em se inscrever no concurso deverão, primeiramente, verificar os seguintes pré-requisitos:  obrigatoriedade do cultivo por meio do sistema de Agricultura Natural;  o plantio deve estar sob os cuidados do próprio candidato;  a horta deve estar alocada na residência, na Igreja ou Johrei Center ao qual a pessoa é ligada. O edital do concurso estabelece quatro modalidades:  nas unidades religiosas – na Igreja ou Johrei Center. É possível concorrer por meio dos formatos de horta suspensa, vasos e/ou canteiros;  suspensa (no lar);  em vasos (no lar);  em canteiros (no lar) Também merecerão destaque as hortas que expressarem os conceitos de Verdade, Bem e Belo (*), com exemplo de um plantio que apresente equilíbrio entre o ambiente e a produção. *Ensinamento Verdade, Bem e Belo, Alicerce do Paraíso, vol. 1.

22 – MAIO/2017

Ao preencher a ficha de inscrição na unidade religiosa, é necessário incluir as dimensões das hortas (em qualquer modalidade) e anexar o registro fotográfico com data, em alta resolução (1500 megapixels). Os vencedores serão apresentados no Culto Mensal e de Agradecimento à ural, Agricultura Natural, lo que ocorrerá no Solo Sagrado de Guara-piranga (SP), em São Paulo, no dia 6 de agosto. Lá, eles receberão seus respectivos prêmios. Outras informações sobre o Concurso Horta em Casa poderão serr obti obtidas na Igreja ou Johrei Center ao qual o interessado é ligado, com o coordenador ou responsável de horta da unidade. Você também pode enviar um e-mail para: horta@messianica.org.br.

Vencedores em 2016, a partir do alto: Sonia Marques Mosko (JC Pinhais), Núbia Maria Fonseca (JC Cruz das Almas), Sabrina Lopes Ferreira (JC Jardim Guarujá) e Johrei Center Jardim Alvorada.


NOVA ESTRUTURA DA IGREJA NO BRASIL IGREJA G ARCIA JC GARCIA Rua Comendador José Alves Ferreira, 212 - Garcia CEP 40100-160 - Salvador - BA - Tel. (71) 3329-8000 JC BARBALHO Rua Xavier Marques, 3 - Barbalho - CEP 40301-190 Salvador - BA - Tel. (71) 3242-4614 JC BARRA Rua Doutor João Pondé, 231 - Barra - CEP 40140-810 Salvador - BA - Tel. (71) 3336-7256 JC BONFIM Avenida Dendezeiros, 154 - Bonfim - CEP 40415-006 Salvador - BA - Tel. (71) 3315-2076 JC BROTAS - BA Rua Machado de Assis, 10 - Brotas - CEP 40285-280 Salvador - BA - Tel. (71) 3356-9835 JC CABULA Rua Silveira Martins, 69 - Cabula - CEP 41150-000 Salvador - BA - Tel. (71) 3387-9812 JC ENGENHO VELHO DE BROTAS Rua Padre Luis Filgueiras, 10 - Engenho Velho de Brotas

CEP 40245-770 - Salvador - BA - Tel. (71) 3261-0472 JC IAPI Rua Dr. Odilon Machado, 108 - IAPI - CEP 40340-420 Salvador - BA - Tel. (71) 3386-3421 JC PARIPE Rua Almirante Barroso, 85 - Paripe - CEP 40800-770 Salvador - BA - Tel. (71) 3307-5836 JC N PELOURINHO Rua Das Portas do Carmo, 8 - Pelourinho CEP 40026-290 - Salvador - BA JC N SALGADO Rua Antonio Macedo, 116 - Estação - CEP 49390-000 Salgado - SE JC ARACAJU Rua Urquiza Leal, 164 - Salgado Filho CEP 49020-490 Aracaju - SE Tel. (79) 3211-2340 JC ATALAIA - SE Rua Jornalista Paulo Costa, 355 - Atalaia CEP 49037-340 - Aracaju - SE - Tel. (79) 3248-1079

JOHREI CENTERS - REGIÃO BRASÍLIA IGREJA BRASÍLIA JC ASA NORTE Quadra EQN 315/316, AE - Asa Norte - CEP 70774-400 Brasília - DF - Tel. (61) 3340-8696 JC 104 NORTE Quadra SCLN 104 - Bl.C Ljs., 28/38 - Asa Norte CEP 70733-530 - Brasília - DF - Tel. (61) 3327-0990 JC GAMA Quadra 43, 18 - Setor Central - Gama - CEP 72405-430 Brasília - DF - Tel. (61) 3384-6947 JC VALPARAÍSO Quadra 24, 06 - Valparaíso I - Etapa A - CEP 72876-072 Valparaíso de Goiás - GO - Tel. (61) 3629-8522 JC ASA SUL Quadra CRS 509 - Bloco C, Sl 75 - Asa Sul CEP 70360-530 - Brasília - DF - Tel. (61) 3242-1210 JC CRUZEIRO - DF Quadra SRES - Qd 1 Bl G Lt, 3 Cs 1 - Cruzeiro Velho CEP 70640-070 - Cruzeiro - DF - tel. (61) 3361-6197 JC GUARÁ Quadra QE 20 - Conj. N, Cs. 5 - Guará I - CEP 71015-147 Brasília - DF - Tel. (61) 3436-0123 JC LAGO SUL Polo de Artesanato QI 23, 10

Setor de Habitações Individuais Sul - CEP 71679-600 Brasília - DF - Tel. (61) 3365-1066 JC SOBRADINHO Quadra 4, L E 03 - Sobradinho - CEP 73025-040 Brasília - DF - Tel. (61) 3591-1592 JC TAGUATINGA Quadra QNA 14 - Lote, 33 - Taguatinga Norte CEP 72110-140 - Brasília - DF - Tel. (61) 3561-3983 JC E GOIÂNIA Rua T 53 Q H 21 - Lote 30, 238 - Setor Marista CEP 74150-310 - Goiânia - GO - Tel. (62) 3241-3725 JC ANÁPOLIS Rua Primeiro de Maio, 67 - Setor Central CEP 75020-050 - Anápolis - GO - Tel. (62) 3324-4154 JC CALDAS NOVAS Rua Coronel Gonzaga, 475 - Centro - CEP 75690-060 Caldas Novas - GO - Tel. (64) 3453-5338 Jc Goiás Av. Doutor Deusdeth Ferreira De Moura, s/n - Vila Boa CEP 76600-000 - Goiás - GO - Tel. (62) 3371-2343 JC RIO VERDE Rua Augusta Bastos, 812 - Centro - CEP 75903-370 Rio Verde - GO - Tel. (64) 3621-6648

IZUNOME

JOHREI CENTERS - REGIÃO NORDESTE 3


IZUNOME

Revista Izunome Maio - 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you