Page 3

EDITORIAL De consciência tranquila...

1

- O mandato autárquico que agora chega ao fim, desenvolveu-se em condições muito difíceis, senão mesmo, no seio da conjuntura política, social e económica mais adversa, desde a Revolução de Abril de 1974. Governar com tantas limitações, restrições e condicionalismos, revelou-se um enorme desafio, que a atual equipa autárquica enfrentou com muita determinação, trabalho e humildade, procurando parcerias e consensos, privilegiando sempre um modelo de gestão o mais participado possível. Em jeito de balanço, não posso deixar de classificar o trabalho desenvolvido muito positivo, uma vez que realizando-se um investimento superior a 7.000.000.00€ (o maior investimento de sempre num mandato autárquico no nosso Concelho), foi possível, ao mesmo tempo, garantir a saúde financeira das contas do município, estando a nossa autarquia, atualmente, em 6º lugar no ranking nacional (entre 308 municípios) das autarquias com menos dívida.

(Bernardino Bengalinha Pinto) presidente.bengalinha@gmail.com

Não sendo naturalmente o espaço próprio para mencionar todas as intervenções e obras realizadas, as quais podem ser consultadas noutros espaços de informação, quero, de uma forma muito sintética, referir que o investimento tocou todas as áreas da vida autárquica com apostas muito fortes na reabilitação urbana, na educação, no património cultural, no apoio à atividade económica e promoção do Concelho, no apoio social, na organização administrativa, no apoio ao Desporto, Cultura e Tempos Livres. Este desempenho de sucesso, apenas foi possível com a conjugação de esforços dos eleitos e de uma vasta equipa de colaboradores e trabalhadores da autarquia, a quem aproveito para endereçar os meus maiores agradecimentos.

2

– Está a chegar a Feira D`Aires 2013. Aquele que será, porventura, o maior ponto de encontro do concelho, um verdadeiro fórum de religião, comércio, cultura e entretenimento, é um evento que reúne os vianenses e não só. Os que residem na terra recebem os que estão fora e “vai-se à feira”. Mas, a Feira D`Aires vai sendo cada vez mais um fórum de todo o concelho, onde Aguiarenses e Alcaçovenses não deixam de estar presentes, entre as dezenas de expositores e os milhares de visitantes. É bom lembrar que a Feira D`Aires tem sido, ao longo dos seus 262 anos, um caso notável de adaptação a novos tempos e tendências, moldando-se à evolução, sem quebrar tradições. Terá sempre resistido a conjunturas menos favoráveis e permanece como uma grande feira. Hoje estamos numa dessas conjunturas. À tendência de decréscimo da importância da feira franca no quotidiano das pessoas, acrescem as conhecidas dificuldades socioeconómicas atuais. No entanto, sabemos do papel ativo que as autarquias devem desempenhar neste contexto. Assim, temos tentado sempre manter uma aposta forte neste certame, que este ano reforçamos com a participação das Juntas de Freguesia de Aguiar e Alcáçovas, como já vinha acontecendo com a de Viana. É, assim, possível apresentar um programa de entretenimento mais forte que, ao longo dos dias, irá ao encontro de diferentes públicos, procurando cativar toda a gente. Gente de todas as idades, pessoas de cá e pessoas de outras paragens. Os visitantes de sempre e novos visitantes que possam descobrir a Feira D`Aires e tudo o que proporciona. Mas pensamos também naqueles que, no fundo, fazem a Feira, os expositores e os feirantes, sobretudo porque acreditamos que a vertente cultural é um fator decisivo para atrair visitantes e gerar dinamismo económico no certame.

Profile for Municipio de Viana do Alentejo Viana do Alentejo

Boletim Municipal de Viana do Alentejo Setembro 2013  

Boletim Municipal de Viana do Alentejo Setembro 2013

Boletim Municipal de Viana do Alentejo Setembro 2013  

Boletim Municipal de Viana do Alentejo Setembro 2013

Profile for 67482
Advertisement