Issuu on Google+

O valor do silêncio e o perturbador estrépito, por Tarcílio de Souza Barros

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Página 8

FOLHA

opinião

Radares na Fernão Dias serão ativados até o fim do mês Segundo a Autopista Fernão Dias, os radares instalados ao longo da rodovia encontram-se em fase de conclusão de testes e aferições e têm previsão de libe-

ração para funcionamento até o final de fevereiro. Estão incluídos os radares posicionados do quilômetro 63 ao 80, trecho que compreende a li-

gação entre Mairiporã e a Capital paulista. Ainda segundo a Autopista, as autuações são de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal Página 3

TERÇA-FEIRA 11 DE FEVEREIRO DE 2.014

Prefeitura realiza operação tapa buracos nas ruas do Centro

Página 11

Odontologia na UBS de Terra Preta recebe melhorias

Página 9

Valor da multa pode chegar a R$ 574,62


2

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Ponha a máquina para funcionar

O ano de 2013 é passado e, para muitos empresários, 2014 já está a pleno vapor. No âmbito profissional, voltam aquela rotineira correria, a sensação de falta de tempo para tratar de tantos assuntos e o desejo de se multiplicar para dar conta de tudo. Nesse turbilhão de atividades, obrigações e preocupações, coisas ficam pelo caminho, inclusive as tradicionais resoluções de ano novo que muita gente faz. Ou deveria ter feito para melhorar e não repetir erros. No mundo dos negócios, tal postura pode fazer a diferença entre estagnar e comprometer o empreendimento ou se desenvolver e ganhar mercado. Podemos sugerir algumas resoluções de ano novo úteis a qualquer empreendedor que está em

falta nesse campo. A primeira é sair da zona de conforto. Isso significa ousar, trabalhar fora dos limites do que é garantido e ter coragem para correr riscos calculados, aqueles que trazem avanços sem colocar em xeque a empresa. Para sair da zona de conforto, estabeleça metas, segundo item na nossa lista de resoluções. São elas que vão empurrar a empresa para o crescimento. Defina seus objetivos e direcione o trabalho. Só assim o empreendimento foge da paralisia. Esse quesito fará com que você planeje seu negócio de forma mais sólida, não só financeiramente, mas em todos os aspectos. O planejamento é mais um ponto (vital) a ser colocado em prática no ano. Outra resolução: aproxime-se da equipe. Ouça os

CITAÇÃO DA SEMANA

“Aprendi a não tentar convencer ninguém. O trabalho de convencer é uma falta de respeito, é uma tentativa de colonização do outro” José Saramago, foi um escritor, argumentista, teatrólogo, ensaísta, jornalista, dramaturgo, contista, romancista e poeta português.

Editor: Maurício Araújo

funcionários, experimente assumir a rotina deles para sentir na pele o que passam e que você talvez nem conheça tão a fundo. Esteja aberto a críticas e sugestões. Isso serve para saber como estimulá-los, quais suas necessidades em termos de capacitação (que você poderá oferecer) e como melhorar o clima interno. Expanda a iniciativa para os clientes. Crie um canal de comunicação (pode ser e-mail, cadastro a ser preenchido no estabelecimento, por exemplo) para seu consumidor opinar. A aproximação com o público interno e externo é um caminho para o próximo passo: inovação. O diálogo permite a captação de ideias que podem melhorar produtos, serviços ou processos. Inovação é a chave para a sobrevivência e evolução do negócio. Ligue as máquinas e veja o que precisa ser feito. Ainda dá tempo de agir e não passar 2014 estacionado. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae - SP

NOTAS Cinegrafista Bandeirantes O cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, atingido na cabeça por um rojão durante a cobertura de um protesto contra o aumento do preço do ônibus no Centro do Rio de Janeiro, teve morte cerebral nesta segunda-feira. A morte encefálica foi informada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) no início da tarde e diagnosticada pela equipe de neurocirurgia do Hospital Municipal Souza Aguiar, onde ele estava internado no Centro de Terapia Intensiva desde a noite de quinta-feira. “A pedido da família, a SMS torna público o agradecimento a todos os que torceram pelo seu restabelecimento e que, num ato de solidariedade, atenderam ao chamado para doar sangue ao Hemorio”, informou, em nota, a secretaria.Após saber da notícia, a família prontamente informou que iria doar os órgãos de Santiago. O tatuador Fábio Raposo confessou à polícia ter participado da explosão do rojão que atingiu o cinegrafista da TV Bandeirantes. Ele foi preso na manhã de domingo em cumprimento a um mandado de prisão temporária expedido pela Justiça. O cinegrafista cobria uma manifestação na Central do Brasil contra o aumento da passagem de ônibus de R$ 2,75 para R$ 3, que começou a vigorar no sábado no Rio de Janeiro, e acabou ferido por uma bomba identificada pela polícia como sendo do tipo rojão de vara. O delegado Maurício Luciano, titular da 17ª Delegacia de Polícia e responsável pelas investigações,

Folha Opinião Comunicação, Eventos e Jornalismo Ltda - CNPJ: 11.603.231/0001-06 Rua Cardoso César, 363, sala 3, Centro, Mairiporã – CEP: 07600-000 Redação e publicidade: (11) 4275-0504 / (11) 9-9529-2619 / redacao@folhaopiniao.com.br Reportagem: Renato Sarvanini e Tatiara Guariente Editoração: Renato Sarvanini Web: Hygor Uyeno Colaboradores: Anderson Gonçalves, Antonio Carlos Mendes Thame, Essio Minozzi Júnior, Lucas Goullart, Marisa Motta Cardone, Renata Meira e Tarcílio de Souza Barrros

OPINIÃO disse que Fábio já foi indiciado por tentativa de homicídio qualifi-

cado e crime de explosão e que a pena pode chegar a 35 anos de reclusão caso o cinegrafista não resistisse aos ferimentos. Santiago Andrade teve afundamento

do crânio, perdeu parte da orelha esquerda e foi submetido a uma cirurgia logo após ser levado para o Hospital Souza Aguiar, onde estava em coma induzido até ser constatada sua morte. Sindicato A presidente Sindicato dos Jornalistas do Município do Rio de Janeiro, Paula Máiran, esteve na porta do hospital Souza Aguiar na tarde desta segunda para prestar solidariedade à família do cinegrafista da Band, Santiago Andrade, morto na manhã de hoje. “Infelizmente isso é uma tragédia e é um atentado contra a liberdade de imprensa”, disse afirmando que já passam de 50 o número de jornalistas agredidos desde junho do ano passado apenas na cidade do Rio durante os protestos. A sindicalista voltou a criticar o Estado, como já fez por meio de nota, por ser responsável pela segurança pública. “Não é pra ninguém sair por aí atirando bomba, nem a polícia, nem manifestantes”, afirmou. Paula Máiran disse que já fez um relatório para a Organização

dos Estados Americanos (OEA) e convocou órgãos ligados aos Direitos Humanos na sede do sindicato para que todos tomem ciência dos ataques constantes aos jornalistas que vêm acontecendo no Rio. “Esses movimentos têm que se alinhar ao nosso papel de defesa da sociedade”, disse.

Impressão: Atlântica Distribuição: Mairiporã Terra Preta Serra da Cantareira


CIDADE

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

3

Radares na Fernão Dias serão ativados até o fim do mês Segundo a Autopista Fernão Dias, os radares instalados ao longo da rodovia encontram-se em fase de conclusão de testes e aferições e têm previsão de liberação para funcionamento até o final de fevereiro. Estão incluídos os radares posicionados do quilômetro 63 ao 80, trecho que compreende a ligação entre Mairiporã e a Capital paulista. Ainda segundo a concessionária, as autuações são de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal


4

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

RESUMO DA RODADA ANDERSON GONÇALVES

Campeonato Paulista Ponte vence o São Paulo e mantém jejum de vitórias do tricolor longe do Morumbi São Paulo ainda não sabe o que é vencer fora de casa nesta edição do Paulistão. Após as derrotas para Bragantino e Palmeiras, ambas por 2 a 0, a equipe foi superada novamente neste domingo, dessa vez pela Ponte Preta, por 2 a 1, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Assim, desperdiçou também a oportunidade de revanche pela eliminação na semifinal da Copa Sul-Americana do ano passado. Esta foi a terceira vitória seguida da Macaca, todas sob o comando do técnico Vadão: 2 a 1 no Corinthians, Comercial, 1 a 0, em ribeirão Preto, e agora o São Paulo, em casa. Apesar da derrota, o São Paulo mostrou bom futebol, sendo surpreendido nos contra-ataques da Ponte Preta. O volante Souza e o atacante Pabón, que estrearam com a camisa são-paulina neste domingo, atuaram bem, com chances de balançar as redes adversárias - o único gol saiu dos pés do goleiro Rogério Ceni, em cobrança de pênalti. Assim, o time segue com 12 pontos, na liderança do Grupo A. Do lado da Ponte Preta, o destaque ficou por conta do atacante Silvinho, que teve passagem apagada pelo São Paulo no passado. Além de abrir o placar, ele esteve presente em praticamente todos os lances que levaram perigo ao adversário. Assim, ajudou a equipe de Campinas a conseguir a importante vitória deste domingo, que a deixa com 12 pontos no Grupo C, cujo líder é o Santos com 16. O São Paulo começou melhor em Campinas. Dominava no meio e atacava mais. Um chute forte de Pabón aos 12 minutos

quase encontrou o caminho do gol, não fosse um desvio provocado por Fernando Bob. Pouco antes, Antônio Carlos havia perdido grande chance de abrir o placar de cabeça. Já a Ponte Preta se segurava na defesa, ganhando espaço aos poucos. Tanto é que os donos da casa só foram levar algum perigo aos 37 minutos. Após cobrança de escanteio, Diego Sacoman aproveitou sobra da zaga adversária e chutou forte, bem perto do ângulo de Rogério Ceni. Quatro minutos depois, contudo, a história foi diferente. Novamente contando com sobra da defesa rival, Silvinho chutou rasteiro no canto esquerdo, abrindo o placar no Estádio Moisés Lucarelli. Na volta dos vestiários, o jogo se mostrava mais equilibrado, com ambas as equipes levando perigo ao gol adversário. Aos 11 minutos, contudo, Álvaro Pereira recebeu na entrada da área e foi derrubado por Ademir. O árbitro marcou o pênalti, convertido por Rogério Ceni. Mas a igualdade no placar durou pouco. Aos 14 minutos, Silvinho mandou a bola pelo alto, no meio da área, e Alemão se antecipou para cabecear e vencer o goleiro são-paulino. Novamente a Ponte Preta estava na frente. No restante do segundo tempo, foram feitas alterações nas duas equipes e a disputa perdeu um pouco do embalo. O São Paulo chegou a ter algumas chances com Ewandro e a Ponte Preta, com César, que, de cabeça, quase marcou aos 35 minutos. Mas, sem ritmo, a partida não se alterou e terminou mesmo com a vitória ponte-pretana no Moisés Lucarelli.

Corinthians encerra sequência de derrotas, mas só empata com Mogi Mirim

O Corinthians estreou um novo uniforme, amarelo, em homenagem à Seleção Brasileira, testou uma nova formação, com Guerrero barrado e sem centroavante fixo, mas não foi neste domingo que voltou a vencer. Apesar de ter exibido uma certa melhora, a equipe de Mano Menezes voltou a apresentar muitos erros em campo e não passou de um empate por 1 a 1 diante do Mogi Mirim, na casa do adversário, pelo Campeonato Paulista. E a igualdade só aconteceu porque Mirita, que havia inaugurado o placar para o time do interior, marcou contra pouco depois, ainda na etapa inicial. Já são cinco partidas sem vencer do lado corintiano, que voltou a ter problemas na criação e na marcação, mas pelo menos a equipe encerrou a sequência de quatro derrotas consecutivas. Em meio à crise que atravessa, terá pela frente, no domingo que vem nada menos que um clássico diante do Palmeiras, melhor equipe do campeonato até o momento. Com sete pontos, o Corinthians é o lanterna do Grupo B, mais próximo da zona de rebaixamento do que da classificação para a segunda fase. Já o Mogi Mirim tem 11 pontos e é o quarto do Grupo D. Quinta-feira, volta a campo pela oitava rodada para pegar o Botafogo, em Ribeirão Preto. O Corinthians começou no ataque, com Emerson bastante participativo. Mas a primeira chance foi de Romarinho. Aos cinco minutos, Fagner recebeu pela direita e cruzou para o atacante, que tocou de letra, rente à trave. Aos nove, Guilherme bateu falta com categoria e assustou. Mas depois de um início animador, o Corinthians voltou a ter muita dificuldade na criação, com Ramírez e Zé Paulo apagados. O Mogi Mirim aproveitou e cresceu. Aos 26 minutos, Fernando Baiano em posição irregular não marcada pelo árbitro, dominou após cobrança de falta e só não marcou porque Paulo André cortou na hora certa. O time da casa chegava com qualidade nos contra-ataques e um deles resultou no escanteio

em que Mirita abriu o placar, aos 37. Paulo André, novamente, cortou com precisão após jogada de Serginho pela esquerda, mas na cobrança de escanteio, o zagueiro do Mogi Mirim subiu sozinho para cabecear para a rede. O gol assustou o Corinthians e os donos da casa foram com tudo para cima, perdendo duas boas chances nos minutos seguintes, com Edson Ratinho e Serginho, que pararam em Walter. Em um lance fortuito, no entanto, saiu o empate. Romarinho encontrou Uendel pela esquerda. O lateral avançou até a linha de fundo e encheu o pé para o meio da área. Herói minutos antes, Mirita desta vez foi vilão e tocou contra o próprio gol, aos 43. O time do Parque São Jorge voltou mais animado para a etapa final e quase marcou antes do primeiro minuto, com Guilherme, que recebeu sozinho, dentro da área, mas bateu mal de esquerda. Aos quatro, nova chance desperdiçada, desta vez com Emerson, que encheu o pé de fora da área e parou em Reynaldo. Mas, como na etapa inicial, o ímpeto diminuiu logo e o jogo voltou a ficar morno. Menos mal para o lado corintiano que dessa vez o Mogi Mirim já não chegava com tanto perigo. Com isso, Mano Menezes decidiu promover a entrada de Guerrero. O time melhorou e voltou a chegar aos 22, com o peruano, que parou em Reynaldo. Aos 27, Uendel recebeu e cruzou para Romarinho, que acertou o travessão. Os últimos minutos foram de um Corinthians todo para frente, buscando a virada, mas muito mais na vontade do que na qualidade. Mirita ainda foi expulso e Guerrero quase virou, aos 45, de cabeça, mas foi só.

Palmeiras empata com Audax e perde 100% de aproveitamento no Paulistão

Apesar do Alviverde ter jogado melhor e pressionado o adversário durante todo o tempo, quem saiu na frente foi a equipe de Osasco. Só no terço final Mendieta conseguiu empatar a partida. O Verdão ainda perdeu um pênalti no fim da peleja. Mesmo com o empate, o Palmeiras se manteve na liderança

GASTRONOMIA

do grupo D. O próximo compromisso é o clássico contra o Corinthians, domingo (16), às 17h, no Pacaembu com mando do rival. O início da partida foi muito pegado e concentrado no meio campo, já que nenhuma das equipes conseguiam chegar ao ataque. A primeira oportunidade aconteceu somente aos 13 minutos e foi seguida de uma pressão alviverde. Wendel cruzou para Leandro chutar rente à trave. Três minutos depois, Wesley roubou a bola no campo de ataque e rolou para William Matheus, que quase abriu o placar. Momentos após, Leandro fez bela jogada individual, mas teve o chute bloqueado por Nenê Bonilha. Aos 28 minutos, Leandro invadiu a área, limpou o zagueiro três vezes e acabou ficando sem ângulo. Três minutos depois, Valdivia viu o goleiro adiantado e quase marco um golaço por cobertura, porém o chute foi muito forte. Já aos 36, Alan Kardec recebeu de Leandro, girou o finalizou para boa defesa de Felipe Alves. A primeira chance do Audax aconteceu somente na segunda etapa. Carlos Magno arriscou de fora da área e a bola passou perto do gol. Aos 7 minutos, Denilson aproveitou a falha da zaga, chutou forte e abriu o placar. (Palmeiras 0x1 Audax-SP). Dez minutos depois, Wendel cruzou na medida para Marcelo Oliveira cabecear para fora. A chance seguinte do Verdão foi acontecer somente aos 28 minutos. Alan Kardec ajeitou de calcanhar para Diogo, na entrada da pequena área, chutar por cima do gol. Três minutos depois, Mendieta acertou a trave em cobrança de falta. O gol foi sair só aos 33 minutos. Após cobrança de escanteio, Mendieta finalizou da meia-lua da área e acertou o canto direito de Felipe Alves. (Palmeiras 1x1 Audax-SP). Aproveitando o embalo, o Alviverde foi pra cima, e Marquinhos Gabriel conseguiu um pênalti. O goleiro foi buscar a batida de Alan Kardec e mandou o rebote para escanteio. Depois da marca dos 40 minutos, Wendel cruzou para Valdivia chutar e Felipe Alves salvar mais uma. Anderson Gonçalves é estudante de jornalismo


www.folhaopiniao.com.br Terรงa-feira, 11 de fevereiro de 2014

Vende-se lotes No Jardim Oliveira prรณximo ao centro

Direto com o proprietรกrio Telefones:

9 8966-1731 - Vivo 7828-2308 - Nextel Id 653*10203

5


6

www.folhaopiniao.com.br Terรงa-feira, 11 de fevereiro de 2014

Av. General Ataliba Leonel, 1205, Conj 95 Santana | Sรฃo Paulo | 02033-000 55 11 2337-3122


VARIEDADES

HORÓSCOPO Ocorre o ponto da segunda oposição entre Júpiter e Plutão, no ciclo destes planetas. Um representa a morte, o outro, o renascimento. O contato entre ambos indica momento

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 em que as coisas tendem a se colocar num impasse entre crescer e morrer. É preciso morrer para crescer, é preciso crescer para transcender a morte. Mas, fundamentalmente, é um momento para confiarmos no grande poder de renovação da Natureza e da vida.

ÁRIES - 21.mar a 20.abr Momento de total transformação na carreira e no sentido integral de sua vida. Um novo ramo de talentos, sonhos e motivações está pronto para nascer. Confie na renovação

LIBRA - 23.set a 22.out Há aspectos da estrutura de vida - casa e trabalho - que perderam validade e significado. Para sua estrutura crescer, parte dela precisa findar. Agora é o tempo disso acontecer

TOURO - 21.abr a 20.mai Transformação no modo de pensar, de comunicar e na relação com pessoas com quem convive. Perdas repentinas, afastamentos, encontros inesperados. Mantenha a sua linha

ESCORPIÃO - 23.out a 21.nov Os valores éticos e o modo de pensar vão ruir por terra, ou ser cauterizados por fogo. Antigos conflitos deixam de existir. Pensamentos novos, vivos e criativos estão a nascer

GÊMEOS - 21.mai a 20.jun Os bens materiais não duram para sempre. A prosperidade depende da renovação. Aceite as renovações, ou perdas, que possam ocorrer, abrindo para novas possibilidades

SAGITÁRIO - 22.nov a 21.dez Sua condição material se altera drasticamente, dando lugar a uma condição inteiramente nova. É dolorido aceitar uma perda, mas veja tudo que se torna mais vivo e presente

CÂNCER - 21.jun a 21.jul As transformações provêm das uniões e alianças. Causam grande comoção no modo de encarar a vida. As perdas vêm em nome da abertura de campo para novas realidades LEÃO - 22.jul a 22.ago Aquilo que não pode controlar, não deveria lhe afligir. Se algo vai embora, é por que está no tempo de findar. Olhe para as condições das quais se livra e que abrem espaço novo

CAPRICÓRNIO - 22.dez a 20.jan Você se transforma em outra pessoa, assim como sua visão do casamento e das alianças é renovada. Deixe morrer um tipo de relação, para poder renascer para outras relações AQUÁRIO - 21.jan a 19.fev As restrições do passado desaparecem, se transmutando em outras dimensões. Mas algo de você vai junto, o que pode fazer sentir-se vazio. Rejubile-se com a chance de renovar

VIRGEM - 23.ago a 22.set Os amores se vão, como folhas que não conseguem mais se prender às árvores. Novas folhas virão, com o tempo. As mudanças mudam as cores de seus sentimentos

PEIXES - 20.fev a 20.mar Os amores já não podem ser os mesmos. Nem, aliás, você deveria desejar que o fossem. Não se apegue ao antigo que já escapa de seus dedos. Aceite a hora de mudar o amor

7


8

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

VIAGEM

TARCÍLIO DE SOUZA BARROS

O valor do silêncio e o perturbador estrépito do cotidiano O eminente filosofo brasileiro, Professor Hubert Rohden, dizia ser o ruído, a algazarra e o incessante falatório parte integrante do homem, não sabendo este como desvencilhar-se deste tormento! Na vida atribulada do cotidiano impõe-se ao ser humano buscar um recôndito de paz interior. Nazaré Uníluz é um centro de estudos que facilita a prática da meditação e o au-

toconhecimento. Neste espaço de sensível vivência humana predomina o bem estar do visitante. Nazaré Uniluz repousa envolvida por jardins perfumados de flores variadas e sombreadas árvores. Neste ambiente nossa reportagem entrevistou Sergio Luis de Moraes, Diretor- Superitendente de Nazaré Uniluz que disse ser o Retiro do Silêncio deste espaço espiritual

uma oferenda em um formato tradicional com pequenas variações, desde os primórdios desta instituição. Frequentadores mais antigos poderão nele reconectar-se com a essência deste local, assim como os mais novos encontrarão a oportunidade de aquietar-se e dar uma pausa às solicitações do mundo exterior. Não utilizamos no Retiro, disse brandamente, Sergio Luis ao repórter, qualquer tipo de comunicação (fala, olhares, bilhetes, gestos e cochichos), e nos entregamos para o novo viver. Deixamos de lado as perguntas usuais e seguimos nossa intuição. Sua chegada, caro leitor, deverá ser feita até às 22,30hs. da sexta-feira. um dia antes do inicio do Carnaval. Caso não seja possível, comunique-se antecipadamente para que aguardemos sua presença até às 12h. do sábado.

Haverá uma reunião explicativa no sábado de carnaval após o almoço, na qual serão saneadas as dúvidas mais frequentes. A partir desta reunião tudo transcenderá em silêncio até o final dos feriados carnavalescos, finalizou Sergio Luis. Observou a reportagem em sua estadia em Nazaré Uniluz a impecável organização, a higiene da cozinha onde se preparam saborosos pratos de alimentação, Lacto, Ovo-Vegetariana. Uma estética ambiental emanada dos cuidados éticos de Delora Jan Write, President por este notável espaço espiritualista. Possui uma moderna padaria, sob os cuidados da chef Janaina Ferreira Silva, que produz deliciosos pães integrais, roscas e bolos adoçados com açúcar mascavo. Os alojados terão à sua disposição não só uma sadia alimentação, como também confortáveis acomo-

CULTURA

dações para descanso e paz interior. João Batista Vieira Jr., graduado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, e de cursos no Kaivalyadhana College of Yoga na Índia, em Havana e Bombaim estará presente à este evento do silêncio.

Serviço ao leitor Localização: Seguir pela Rodovia D. Pedro I, sentido Campinas-Jacareí. O acesso fica no Km. 47. Entrar à diretia, numa pequena estrada, junto à placa Bairro do Moinho I, cerca de 800 metros adiante está a sede de Nazaré Uniluz. Retiro do Silêncio de Nazaré Uniluz De 28 de fevereiro a 04 de março (Sexta à terça-feira de Carnaval). Tarcílio de Souza Barros é crítico de arte e analista de temas culturais


9

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Prefeitura investe em melhorias no atendimento odontológico A Prefeitura de Mairiporã reativou o consultório odontológico da Unidade Básica de Saúde de Terra Preta. A unidade que já conta com uma excelente equipe de profissionais empenhados em atender melhor a população ganhou o reforço da dentista Monica Silva Tolacsvai. O serviço que teve início neste mês atende crianças de 7 a 14 anos, além da comunidade. O consultório conta com equipamentos, materiais, instrumentais e tudo necessário à realização dos procedimentos odontológicos. Os serviços oferecidos na unidade contemplam atendimento clínico

geral especializado em odontologia, incluindo exames e atividades de prevenção, orientação e educação com objetivo de prevenir doenças e promover a saúde bucal, além de diagnóstico oral, restauração e extração. “Esta é uma das melhorias que realizamos no atendimento odontológico, estamos trabalhando para otimizar o serviço oferecido nesta área. Essas melhorias são importantes para que possamos oferecer um atendimento de qualidade à população”, disse o secretário de Saúde, Dr. Manuel Blanco Leiro.

Dra. Monica Silva Tolacsvai é a nova dentista na UBS de Terra Preta

Prefeitura recebe representantes de loteamentos do município

No dia 29 de janeiro, foi realizada na Prefeitura de Mairiporã reunião com representantes de condomínios e loteamentos fechados, que estavam acompanhados do vereador Nil. Na ocasião, foram discutidas questões ligadas a saneamento, manutenção de ruas, iluminação, lixo, pavimentação, áreas irregulares, etc. Estavam representados os loteamentos Jardim Brilha, Vila Renascença, Vila Machado, Jardim Mantiqueira/Dib, Mon Chalé, Jardim da Serra, Hortolândia e Santa Fé.

Representantes discutiram questões como saneamento, iluminação, coleta de lixo, entre outros


10

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Prefeitura participa de encontro para a criação de Escritório Intermunicipal Na segunda-feira, dia 27 de janeiro, na sede da Prefeitura de Bragança Paulista, o prefeito Dr. Márcio Pampuri participou de encontro com prefeitos de 16 municípios vizinhos da cidade anfitriã, de quem partiu a iniciativa da reunião para discutir a criação de um Escritório Intermunicipal de Projetos e Captação de Recursos, comum aos trinta municípios convidados por aquela administração. Utilizando como exemplo a atuação de seu Escritório de Projetos e Captação de Recursos - EPCR - que no prazo de um ano geriu 67 convênios em execução, celebrou 69 novos convênios e incluiu mais nove projetos no banco de projetos, possibilitando o espetacular crescimento de 451,86% na captação de recursos aplicados em diversos projetos de interes-

Autoridades de cidades vizinhas

Encontro aconteceu na prefeitura de Bragança Paulista

se do município, ou seja, de R$ 8.426.856,83 (2012) para R$ 46.504.947,26 (2013) – o prefeito de Bragança Paulista, Fernão Dias da Silva Leme, propôs o incremento do escritório com funcionários cedidos pelas prefeituras interessa-

das, a fim de que o mesmo se torne um Escritório Intermunicipal de Projetos e Captação de Recursos, um consórcio que viabilize os projetos comuns ou não dos municípios consorciados mais rápido e eficientemente.

“A ideia é criar esse novo escritório ou consórcio, de maneira a conquistar maior poder de decisão e força política junto aos ministérios e autoridades, ganhando tempo na autorização e liberação de verba para viabilização de projetos

comuns ou não aos municípios filiados”, disse o coordenador do EPCR de Bragança, Cristhian Conte Lima. “A ideia é muito interessante, inclusive fiz um acréscimo na proposta no que diz respeito à problemática fundiária sofrida por nós e vários municípios vizinhos, o que foi aceito prontamente pelos presentes”, contou o prefeito Dr. Márcio Pampuri. Paralelamente à reunião, Lima fez uma explanação do assunto para o grupo de assessores e jornalistas das cidades de Águas de Lindóia, Bragança Paulista, Monte Alegre, Cordeirópolis, Engenheiro Coelho, Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Pedreira, Mairiporã, Limeira, Tuiuti, Leme, Mogi Guaçu, Iracemápolis, Pinhalzinho, Socorro e Morungaba.


www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

11

Prefeitura realiza operação tapa buracos

Mais uma operação tapa buracos está sendo realizada na cidade. Na segunda– feira, 3, os trabalhos foram iniciados na Alameda Tibiriçá, em toda sua extensão. A operação tapa buracos realizada pela Prefeitura de Mairiporã, através da Secretaria de Obras, Serviços e Habitação são constantes e tem como objetivo recuperar a malha asfáltica urbana para melhorar as condições de trânsito e aumentar a segurança dos condutores de veículos e pedestres.

Nova ação da operação tapa buracos começou na Alameda Tibiriçá


12

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Coletiva de imprensa da Saúde divulga ações de combate à dengue No último dia 3 de fe-

muitas vezes acabam sen-

também está auxiliando o

cia de casos e, a proposta

para o sucesso da campa-

vereiro, na Sala de Lici-

do utilizadas para outros

município

contenção

da secretaria da saúde, é

nha”, disse o secretário, Dr.

tações da Prefeitura Mu-

fins prejudicando o traba-

química (fumacê), produ-

que os agentes da Sucen

Blanco.

nicipal,

uma

lho de prevenção da doen-

to altamente tóxico mani-

procedam treinamento jun-

“Agora é o momento de

coletiva de imprensa com

ça”, disse o Dr. Fernando

pulado

profissionais

to ao nosso pessoal com os

mobilização e participação

representantes da Saúde

Carlim.

bem treinados. “Inclusive,

equipamentos de fumacê.

de toda a sociedade. Jun-

aconteceu

na

por

e jornalistas dos veículos

CASA A CASA – Desde o

a lavagem das roupas uti-

Já mantemos contato em-

tamente com a Sucen or-

de comunicação do mu-

final de 2013, as equipes do

lizadas durante a aplica-

presas que possam lavar os

ganizaremos de um comitê

nicípio para esclarecer a

PSF – Programa de Saúde

ção são enviadas para São

equipamentos e uniformes”,

permanente, com a partici-

população a respeito das

da Família estão atuando

Paulo, por conta do alto

relatou Cippolari revelando

pação de todos. O dia “D”

medidas que estão sendo

no programa Casa a casa,

poder de contaminação do

que a somatória dos casos

será realizado no dia 22

adotadas com relação à

onde os agentes percorrem

produto e pelas áreas de

atualmente é de 33.

de fevereiro, nos pontos

prevenção e o combate à

os bairros onde há indícios

manancial que temos no

INFORMAÇÃO - Tentar

de maior concentração de

dengue na cidade.

do mosquito, levando orien-

município”, disse o secre-

identificar os pontos estra-

pessoas (centro da cida-

Na ocasião, a diretora

tações e telas de proteção

tário da Saúde Manuel Lei-

tégicos dos possíveis focos

de, centro de Terra Preta,

do Departamento de Vi-

para serem colocadas nas

ro Blanco.

do mosquito, para evitar a

etc.), além do casa a casa.

gilância em Saúde, Dra.

caixas d´água.

Entre 2012/2013, Mairi-

expansão dos mesmos para

Vamos antecipar as orien-

porã registrou cinco casos

outras regiões é o principal

tações do Ministério”, fina-

Patrícia Cippolari, contou

BLOQUEIO – A vigilância

que os primeiros casos im-

também realiza o chamado

de

“Atualmente

objetivo da ação. “A grande

lizou Blanco. Para informar

portados (vindos de outras

‘Bloqueio’ das áreas onde

o município dispõe de 66

prevenção não é a química

qualquer caso de dengue

localidades)

eventualmente

existam

agentes – fora a equipe da

e sim a da educação/infor-

ou de suspeita de focos de

no ano passado, e que os

foco de dengue. A partir da

Sucen - trabalhando direta-

mação. A frequência do tra-

dengue ligue para a Vigi-

autóctones (adquiridos no

confirmação de algum caso

mente no casa a casa dos

balho orientativo/educativo

lância em Saúde, pelo tele-

próprio município) come-

os agentes da vigilância

bairros com maior incidên-

da imprensa é fundamental

fone 4419-2300

çaram a ser identificados

vistoriam minuciosamente

na região do Jardim Brilha,

a casa do suposto paciente

Parque

Jardim

e todo o quarteirão com o

Santana, e região, entre

objetivo de eliminar possí-

dezembro (2013) e janei-

veis criadouros da larva.

começaram

Náutico,

ro (2014). “Essa região é

CATA TRECO – Outra

mais complicada, pois não

operação realizada na re-

dispõe de água encanada

gião é a operação cata tre-

e as pessoas acabam acu-

co que tem como objetivo

mulando água em diversos

recolher materiais inser-

recipientes

quintais

víveis que eventualmente

de casa, o que favorece a

possam se tornar criadou-

aparição de focos do mos-

ros da dengue.

nos

quito”, contou Cippolari. “A Vigilância doa telas

dengue.

FUMACÊ - Uma equipe

da

Superintendência

para a proteção das caixas

de Controle de Endemias

d’água, mas as mesmas

– Sucen, de São Paulo,

Autoridades do setor de Saúde atenderam a imprensa local


13

www.folhaopiniao.com.br Terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

APAE realiza bazar Em seu primeiro evento, a entidade colocará à venda produtos recebidos de doação A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Mairiporã (APAE Mairiporã) realiza, no próximo dia 14 (sexta-feira), um ba-

zar para comercializar produtos recebidos de doação, no Lions Clube de Mairiporã, na Rua Coronel Fagundes, 167, Centro.

Obras no prédio da APAE estão em andamento

Além de roupas e sapatos que serão vendidos por R$ 2,99, cada, haverá outros produtos com preços reduzidos, inclusive de limpeza.

“Estamos liquidando tudo que recebemos de doação, pois precisamos de recursos para dar continuidade as obras de recuperação

do prédio administrativo/escolar”, informa o presidente Boanerges Mauruto. O bazar vai funcionar das 9 às 17 horas.


14

www.folhaopiniao.com.br Terรงa-feira, 11 de fevereiro de 2014


Edicao 11022014issu