Issuu on Google+

* Autora: Sophia de Mello Breyner Andresen Ilustrador: Pedro Avelar

Editora: Figueirinhas


Era uma vez um menino que ia sempre à praia. Um dia, ouviu uns barulhos atrás de uma rocha. Era uma menina do mar, um caranguejo, um polvo e um peixe. Acabaram por ficar todos amigos. O menino conversou com a menina e mostrou-lhe muitas coisas da terra. Como ela ficou muito curiosa, o menino convidou-a para ir visitar a terra. No outro dia, a menina do mar disse-lhe que não podia ir porque os búzios tinham dito à raia gigante. Depois tentaram fugir, mas logo apareceram muitos polvos que fizeram muito mal ao menino. Este caiu e deixou de ouvir, ver, acabando por desmaiar. Quando acordou numa rocha, a maré já estava cheia. Ele levantou-se e foi para casa cheio de marcas das ventosas dos polvos. Apesar de nunca mais ver a menina e os seus três amigos, o menino voltava sempre à praia na esperança de, um dia, os reencontrar. Até que chegou o inverno. O menino viu uma gaivota que trazia no bico uma poção para ele se transformar em menino do mar e o informou que estava um golfinho à sua espera para o levar aos seus amigos. Passaram dias e noites a atravessar o mar e, finalmente, chegaram à ilha onde a menina do mar estava. A menina voltou a dançar no palácio e ficaram amigos e felizes para sempre. Eduardo Moreira 5ºI nrº13 28 de fevereiro de 2012


Menina do Mar