Page 1

Edição Eletrônica - 04

Informativo do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região

Agosto de 2010

Bancários adoecem mais por pressão e assédio moral Quase 15% dos bancários de Piracicaba e região sofrem de doenças provocadas pelo exercício da atividade profissional. Isso é o que revela a pesquisa realizada pelo Núcleo de Qualidade de Vida, coordenado pela diretora Olívia Brossi, que foi apresentada durante a palestra SAÚDE MENTAL & ASSÉDIO MORAL, realizada no último dia 18, na sede do sindicato, ministrada pela psicóloga Nahara Ribeiro. Dores lombares, estresse, ansiedade, depressão e até problemas gastrointestinais são alguns dos males que afetam os bancários, em decorrência da cobrança excessiva de metas e da pressão que os trabalhadores sofrem diariamente das chefias. Para a psicóloga Nahara Ribeiro, o primeiro passo é o bancário procurar ajuda no sindicato, que dispõe de uma equipe multidisciplinar para ampará-lo. Em seguida, dependendo dos casos, é preciso iniciar tratamentos psicológicos

e fisioterapêuticos. O presidente do sindicato, José Antonio Fernandes Paiva lembra que o assédio moral nos bancos é, em geral, consequência de um modelo de gestão opressor e altamente nocivo à saúde física e mental do trabalhador. A afirmação foi endossada pelo presiden-

te da CONTRAF/CUT, Carlos Alberto Cordeiro da Silva, que esteve presente e chamou esse tipo de assédio, de ‘violência corporativa’. A palestra SAÚDE MENTAL & ASSÉDIO MORAL, que faz parte das atividades que integram a Campanha Salarial 2010, pode ser conferida no site www.bancariosdepiracicaba.com.br.

Momentos da atividade que movimentou o Sindicato na última quarta-feira (18)

O Sindicato é o nosso instrumento de luta e união!


A Ç Ã O

S I N D I C A L

Unibanco da Vila é fechado Agência em reforma exalava forte cheiro de tinta. Alguns bancários chegaram a passar mal O Sindicato dos Bancários agiu com rapidez e eficácia ao acionar o CEREST - Centro de Referência em Saúde do Trabalhador, para verificar as condições de trabalho a que estão sendo submetidos os funcionários da agência Unibanco, da Vila Resende. Em visita à agência, diretores do sindicato constaram o risco de intoxicação respiratória pelo forte cheiro de tinta e demais produtos químicos utilizados na reforma da agência. Além de funcionários asmáticos, o Unibanco da Vila tem duas

gestantes, razão pela qual o CEREST notificou o banco para que conclua as obras até segunda-feira, mantendo fechada a agência. Contudo, preocupado também com os usuários do banco, o sindicato viabilizou o atendimento ao público na agência do Itaú, ao lado do Unibanco, já que as duas instituições fazem parte do mesmo conglomerado. O presidente José Antonio Fernandes Paiva informou que esta foi a segunda constatação de irregularidades em bancos esta semana pelo sindicato.

Diretores do Sindicato acionaram CEREST, que interditou agência até segunda-feira. Bancário Urgente é uma produção do Sindicato dos Bancários de Piracicaba e Região - Rua XV de Novembro, 549 - Centro - CEP 13.400-370 - Piracicaba SP (19) 3434.7388 Presidente: José Antonio Fernandes Paiva - Editores: Sérgio Luis Bertholdi e Marcelo Bongagna (Mtb 21.234) - sindicato@bancariosdepiracicaba.com.br

www.bancariosdepiracicaba.com.br

Boletim Eletrônico 004  

Boletim Informativo do Sindicato dos Bancários de Piracicaba & Região