Issuu on Google+

O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais ANO XXXII • Nº 357 • Belo Horizonte, Mg | Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017 • www.mgturismo.com.br • Editor: Antônio Claret Guerra

Setor de turismo vê oportunidades em 2017 Maior operadora de viagens do setor investe em viagens rápidas e curtas para famílias que pretendem viajar mais vezes durante o ano, já que o calendário 2017 terá nove feriados nacionais contra seis de 2016 FOTO DIVULGAÇÃO CVC

Pela experiência de 44 anos da CVC no setor de viagens – que é a operadora que mais brasileiros embarca em viagens de lazer pelo Brasil e exterior –, os brasileiros da classe média já estão habituados a programar viagens rápidas e curtas ao longo do ano, nos feriados prolongados, além das tradicionais férias. “À medida que o brasileiro trabalha mais, o descanso se faz cada vez mais necessário e, neste sentido, as viagens nos feriados entram no orçamento familiar como uma necessidade de qualidade de vida e em complemento às férias”, diz Valter Patriani, Vice-Presidente de Produtos, Vendas e Marketing da CVC. Atenta a este comportamento e de olho no calendário 2017, que terá 9 feriados nacionais prolongados, contra 6 de 2016, a operadora de viagens passa a oferecer, em suas mais de 1.000 lojas e 6.500 agências credenciadas no Brasil, uma ampla programação de viagens curtas, com 3, 4 ou 5 dias de duração, nas modalidades de viagens terrestre (carro e ônibus), aéreas e, também, marítimas (mini cruzeiros). A novidade busca atender a demanda de brasileiros que pretendem viajar mais em 2017 do que em 2016. Segundo pesquisa realizada pelo FIPE e Ministério do Turismo em dezembro, as intenções de viagens dos brasileiros neste verão cresceram 0,8% no período, se comparado com o verão passado, sendo que a maioria (88%) pretende fazer mais viagens terrestres – com o próprio carro, alugado ou de ônibus. Para quem quer gastar pouco e viajar mais, a CVC oferece possibilidades de economizar, como a de o

consumidor reservar somente diárias de hospedagens e viajar com o próprio carro, para percorrer cidades com mais liberdade e à sua maneira. As diárias de hospedagens reservadas com a CVC durante o Carnaval no Rio de Janeiro, por exemplo, saem por R$ 269,80 por pessoa. Caso o cliente queira deixar o carro em casa, pode alugar um veículo na CVC com diárias a R$ 64,21, já incluindo seguros e Km livre (preço por dia, para contratação de pacote de 7 diárias. O valor da locação de carro avulsa é de R$ 89,80). Há, ainda, a opção de o cliente fazer viagens rodoviárias até mesmo interestaduais, que já incluam hospedagens e visitas a diferentes cidades num mesmo roteiro. São pelo menos 18 roteiros rodoviários da CVC para os Feriados de 2017, rumo a praias, hotéis fazenda, montanhas e balneários. Um deles visita 4 cervejarias de Teresópolis (RJ); já outro oferece tour completo pelas Cidades Históricas (MG), com passeios em Belo Horizonte, Ouro Preto, Congonhas do Campo, Mariana, São João Del Rey e Gruta do Maquiné, cujo roteiro com passeios, transporte e diárias custa R$ 858 por pessoa, no Feriado Corpus Christi. Também dá para aproveitar a folga e embarcar em algum mini cruzeiro pelo litoral brasileiro, já que os transatlânticos permanecerão no Brasil até meados de Março de 2017, ou rumo ao Nordeste de avião, em viagens sob medida com a duração em dias do feriado. Uma viagem de 4 dias para Porto Seguro no Carnaval, já com passagens aéreas (saindo de SP) e três diárias de hospedagem, custa R$ 958 por pessoa.

Praia da Barra, em Salvador, Bahia

Já para quem prefere cruzar as fronteiras nos feriados, os pacotes para Buenos Aires/Argentina (4 dias) e Montevidéu/Uruguai (4 dias), ambos na Páscoa, estão com preços convidativos: R$ 1.697 e R$ 1.839 por pessoa, respectivamente, já considerando passagens aéreas (saindo de SP) e 3 noites de hospedagem. Os pacotes de viagens da CVC podem ser montados de acordo com as preferências de cada cliente, e parcelados em até 10x (boleto e outros cartões) ou em até 12x sem juros no Cartão CVC & Bradesco. Feriados Nacionais 2017 A maioria dos feriados está concentrada no 1º semestre, começando pelo Carnaval (28 de fevereiro), logo depois a Sexta-feira Santa (14 de abril), Tiradentes (21 de abril) e Corpus Christi (15 de junho). Já na segunda metade do ano, os feriados da In-

dependência do Brasil (7 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro) e Finados (2 de novembro) cairão na quinta-feira, aumentando os dias de pausa já que poderão ser emendados com o final de semana. Já o feriado da Proclamação da República (15 de novembro) este ano cairá na quarta-feira. Sugestões de Viagens Os valores consideram saídas de São Paulo. Para consultar preços com saídas de outras regiões e datas, favor solicitar à assessoria de imprensa. FERIADO DO CARNAVAL- VIAGENS AÉREAS Porto Seguro Saída: 24 de fevereiro Duração: 5 dias e 4 noites A partir de R$ 1.698 por pessoa – em 10x sem juros de R$ 169,80, em apartamento duplo Inclui: Passagem aérea ida e volta, traslado, 4 noites

de hospedagem com café da manhã no Hotel Fênix e passeios pela cidade Natal Saída: 25 de fevereiro Duração: 5 dias e 4 noites A partir de R$ 1.998 por pessoa – em 10x sem juros de R$ 199,80, em apartamento duplo Inclui: Passagem aérea ida e volta, traslado, 4 noites de hospedagem com café da manhã no Aram Residence Praia Hotel e passeios pela cidade Fortaleza Saída: 25 de fevereiro Duração: 5 dias e 4 noites A partir de R$ 2.248 por pessoa – em 10x sem juros de R$ 224,80, por pessoa em apartamento duplo Inclui: Passagem aérea ida e volta, traslado, 4 noites de hospedagem com café da manhã no Hotel Marbello Ariaú e passeios pela cidade


2

M i n a s

G e r a i s

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Eleitos novos membros do Conselho Estadual de Turismo Nesta quinta-feira (15), a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur -MG) promoveu a 31ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Turismo (CET), na Cidade Administrativa de Minas Gerais. Encerrando o ano, as ações executadas pela Setur foram apresentadas para o públi-

co. Além disso, durante o encontro, o plano estratégico elaborado pela Fundação João Pinheiro foi discutido entre os presentes. A eleição das entidades da sociedade civil que irão compor o Conselho Estadual Turismo, durante o mandato 2017-2018, também foram realizadas.

SUELY GUERRA

Os jornalistas Antônio Claret Guerra, fundador da Abrajet em Minas Gerais, e João Carlos Amaral, atual presidente, são os representantes da imprensa no Conselho Estadual de Turismo

Confira a lista dos eleitos — Associação Brasileira de Agências de Viagens de Minas Gerais - ABAV-MG — Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais - ABRASEL — Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis - ABLA — Associação Brasileira de Indústria de Hotéis de Minas Gerais - ABIH MG — Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo - ABRAJET — Associação Comercial e Empresarial de Minas Gerais - ACMINAS — Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais - ACHMG — Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte - CDL BH — Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET — Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais - FECITUR — Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado de Minas Gerais - FC&VB

O secretário de Estado Adjunto de Turismo de Minas Gerais, Gustavo Arrais, revela a importância do evento e das novas eleições. "O turismo em Minas Gerais está alcançando reconhecimento nacional e in-

— Federação do Comércio de Bens, Serviço e Turismo do Estado de Minas Gerais — FECOMERCIO — Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes Bares e Similares (FNHRBS)/ FBHA — Fundação Belo Horizonte Turismo e Eventos BHC&VB — Instituto Estrada Real - IER — Nova Central Sindical de Trabalhadores Minas Gerais - NCST MG — Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais - SEBRAE — Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC Minas — Serviço Social do Comércio - SESC MG — Sindicato das Empresas de Turismo no Estado de Minas Gerais - SINDETUR — Sindicato de Guias de Turismo de Minas Gerais - SINGTUR/MG

ternacional. Dessa forma, estamos trabalhando para que possamos conquistar novas oportunidades para o setor. Esperamos que a nova gestão alcance novas metas e, consequentemente, bons frutos".

PONTO D E V I S TA SERGIO NEVES

Feliz ano-velho Uma ou outra reformazinha, como exceção, e mais nada. Tudo meia-boca. Nada de uma autêntica reforma educacional, nada da reforma política, neca da reforma previdenciária. Nadinha das reformas trabalhista e tributária. Numa verdadeira reforma social, nem pensar. Já que tudo ficou para depois, aguardemos nosso esterno país do futuro... Daí o feliz ano-velho que encima e dá título a esta matéria.

Feliz 2018 Como tudo aquilo que era esperado e havia sido prometido e previsto para 2016 ficou para 2017, só nos resta saltar o 2017 e seguir reto e direto para o 2018. Mesmo sabendo do enorme risco das eleições. Presidenciais... Será a hora da verdade, ou a da mentira? Perigo à vista!

Pagando aluguel Dizem tanto as boas, quanto as más línguas que em várias cidades mineiras, o aumento so IPTU foi exorbitante, chegando em casos extremos a 2.000 porcento. O imposto médio será, contudo, de apenas 6,68%, limitando-se a inflação medida pelo IPCA-E. O que parece acertado e razoável. Reclamações e discordâncias, com pedidos de revisão poderão ser apresentados até o dia 2 de fevereiro, tanto no BH Resolve, quanto na regionais do Barreiro e de Venda Nova. Obviamente esta é uma informação de utilidade pública deste JORNAL MG Turismo aos seu leitores da capital mineira. As vítimas do aumento de 2.000% estarão pagando pesado aluguel mensal. Mesmo sendo donos...

As jóias da coroa 2,23 kg é o peso da corôa usada nas cerimônias de coroação dos soberanos britânicos. 530,2 quilates é o peso do maior diamante lapidado do mundo que fica no centro do cetro. 3.000 jóias ornavam a coroa com a qual foi coroada a Rainha Elizabeth. 6.000 diamantes, rubis e esmeraldas compuseram a coroa usada por George V, em Délhi, na Índia. Somente falei nesta riqueza toda, por ter me cansado de falar sobre as pobres vítimas dos impostos, como lemos na nota anterior.

É chegada a hora Que é chegada, é, embora eu não saiba bem do quê. Mas se chegou, chegou e chegou bem chegada. E por tanto, até a próxima edição vocês estarão livres de mim e de minhas inúteis rabiscadas. Cada vez mais arriscadas e riscadas por mim mesmo. Em vão, como tudo mais... sergioneves@globo.com


Jornal MGTurismo

3

Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Céu de Brigadeiro

ant ô nio

c l aret g u erra claret.mgturismo@uol.com.br

Posse do Kalil

Turistas estrangeiros Fotos Edy Fernandes

A grande expectativa do "trade" é que o novo prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), apóie decisivamente as atividades do Conselho Municipal de Turismo, contribuindo, de uma vez por todas, para que a Capital se torne um pólo nacional e internacional. A ABRAJET (Asssociação Brasileira de Jornalistas de Turismo) participa do COMTUR, sendo os jornalistas Antônio Claret Guerra (JORNAL MG TURISMO) e Eujácio Antônio (Edição do Brasil) os seus representantes.

Kakil com o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), que prestigiou a posse

A bela Primeira Dama Ana Laender e o feliz Prefeito Alexandre Kalil

Presidente da Assembleia Legislativa, deputado Adalclever Lopes (PMDB) e ex-prefeito Márcio Lacerda (PSB)

No ano dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o Brasil registrou recorde na entrada de turistas estrangeiros. Números apurados pelo Ministério do Turismo revelam que 6,6 milhões de visitantes internacionais entraram no país em 2016, um aumento de 4,8% em relação a 2015. No total, eles injetaram US$ 6,2 bilhões na economia nacional, o equivalente a mais de R$ 21 bilhões. O montante é 6,2% maior que os US$ 5,84 bilhões gastos em 2015. “Os números são extremamente positivos. Se comparados com o contexto internacional, mostram que ainda podemos avançar muito, mas soubemos aproveitar os megaeventos que realizamos”, comentou o ministro do Turismo, Marx Beltrão. A Inglaterra, último país a sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, registrou um crescimento de 0,92% de 2011 para 2012. Nos anos subsequentes, o aumento médio foi de 5% ao ano. “Ainda temos muita a fazer para aproveitar de forma eficiente o legado de imagem dos Jogos”, destacou o ministro.

Público presente no Teatro Francisco Nunes, local da posse

Vice-prefeito Paulo Lamarc (Rede), Kalil, Pimentel, Lacerda e ex-vice-prefeito Délio Malheiros

Divulgação Embratur

Cristo Redentor no Rio de Janeiro


4

M i n a s

Jornal

G e r a i s

Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Mineiro é muito acolhedor, lembrando as raízes italianas Entrevista Aurora Russi Cônsul da Itália em Minas Gerais

Repórter Antônio Claret Guerra Quais são as principais características dos mineiros, na sua opinião? Como se relacionam mineiros e italianos? O que percebe da influência italiana em Minas Gerais? Mineiro é muito acolhedor-- esta é a maior característica de vocês! Acho que isto tem muito a ver também com as raízes italianas: a mesma atmosfera de família, você encontra na Itália. Por isso também a comunicação entre nossos dois povos é tão fácil!

Edy Fernandes

Os leitores do JORNAL MG TURISMO sabem do sucesso de suas atividades como representante oficial da Itália em Minas Gerais. Conte-nos sobre a sua trajetória como diplomata ao longo de uma vitoriosa carreira em várias partes do mundo Sempre quis me tornar diplomata e desde meu ingresso na carreira (que na Itália é por concurso público, como aqui) aprendi a me adaptar e a valorizar o melhor de cada lugar e cada pessoa. Ao longo dos últimos 10 anos viajei muito e morei em Madri, Londres, Atenas e agora em BH. Em Roma, trabalhei no cerimonial do presidente da república da Itália, cuidando das visitas do nosso chefe de estado ao exterior. Quais são os atrativos turísticos que você destaca como mais importantes na Itália? Quais sãos os atrativos turísticos que você mais aprecia no Brasil e em Minas Gerais Acho quase Impossível escolher destinos turístico na Itália: cada esquina do meu país, merece uma visita! Eu nasci em Roma, portanto posso parecer suspeita ao falar que é a cidade mais linda do mundo, mas é a verdade. A região de origem dos meu pais, a Puglia, não é muito conhecida pelos turistas brasileiros, porém mereceria uma viagem. E como não mencionar um lugar como Salerno e a costiera amalfitana? O meu marido é de lá: são os lugares do meu coração. Em Minas, fiquei encantada com Diamantina, no Brasil é difícil dizer porque o país é tão grande que é impossível conhecê-lo todo, sobretudo no meu caso, irei morar aqui por tão poucos anos! Fale-nos especificamente dos vinhos italianos. Quais as Regiões Vinícolas mais importantes? Você é também uma apreciadora de vinho? Quais são suas uvas e regiões de vinho preferidas na Itália e em outras partes do mundo? Na Itália você convive com

vinho desde sempre! A gente gosta de acompanhar uma maravilhosa comida com um bom vinho, com moderação claro! Meus favoritos são os tintos, sobretudo alguns das regiões do Sul, Sicilia e Campania, em especial modo. Outros vinhos, de outros países do mundo, de que gosto muito são os chilenos. E fiquei surpreendida com os progressos que o Brasil, e Minas em especial modo, estãoo fazendo na produção de vinhos finos! E a gastronomia italiana? Capítulo à parte? Você já aprecia a culinária mineira? É impossível não apreciar a gastronomia mineira. É sem duvida a melhor Gastronomia do Brasil, com fortes influências de outras culturas -- a italiana, a portuguesa, a japonesa. BH é um dos melhores lugares do Brasil para conhecer suas iguarias! O JORNAL MG TURISMO lançou, em 2016, a Coluna "Consulados e Turismo", a cargo da bacharelanda em jornalismo Silvânia Capanema. Como a cônsul da Itália vê a iniciativa e qual a contribuição que o mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta há 32 anos poderá, na sua opinião, dar ao setor consular de Minas Gerais Com certeza, o trabalho da Silvania é para nós, cônsules, uma grandissima ajuda: além de oferecer serviços consulares aos nossos concidadãos, o consulados tem a tarefa de fazer conhecer nossos países ao público das cidades que nos hospedam! Com o jornal MG turismo, conseguimos chegar a um público que vai além dos nossos interlocutores habituais. Isso é muito bom, porque muitos leitores seus, lendo a coluna, devem ter procurado informações sobre o consulado e sobre a Itália: isso aumenta o intercâmbio entre as sociedades italiana e mineira e gera riqueza para todos nós!

Ao sabor da viagem s i lvâ n i a c a pa n e ma

Turismo de experiências Vivenciar experiências autênticas é o grande diferencial para tornar uma viagem inesquecível. Nada de entretenimento 'fake' nem de cenários produzidos para oferecer emoções banais. Desde quando surgiu a chamada terceira onda do turismo, as agências de viagem buscam, nos roteitos turísticos, proporcionar ao viajante surpresas que fazem o coração bater mais forte. Maeklong é um lugarejo no interior da Tailândia distante uma hora de Bangcoc. A feira de produtos locais tem lugar em uma ruela estreita e comprida onde passa a linha férrea. Nos cinco palmos de terra batida de cada lado dos trilhos se expõem verduras, frutas, ovos, frangos vivos e peixes ainda se debatendo em bacias d'água. No meio, os passantes se acotovelam para seguir com suas sacolas de mercadorias. De repente, do autofalante da estação próxima anunciam a chegada do trem dentro de cinco minutos. Eis que se ouve a gritaria dos feirantes e só se vê gente pulando a se espremer contra as fachadas das casinhas de madeira colorida. O trem passa assobiando a um palmo de nossos corpos e tudo retoma aos seus lugares. Luang Prabang é a remota e milenar capital do Laos, que já fez parte da antiga Indochina. Fica às margens do Rio Mekong e hoje conta com cerca de trinta mosteiros budistas, remanescentes dos mais de cinquenta dos tempos da última dinastia laosiana. Os monges não têm bens materiais, sua única vestimenta é um quadrado de tecido laranja enrolado no corpo e só podem ter a posse da quantidade de comida suficiente para um único dia. Antes do amanhecer, os monges fazem a ronda pela parte antiga da cidade onde ficam os templos budistas. Sentados em banquinhos diante de cestas de arroz, os que desejam oferecer-lhes alimento aguardam sua passagem. No meio da bruma, surge uma compacta massa da cor do fogo. À medida que se aproximam, percebe-se a longa fila dos monges, dos idosos aos meninos que abrem suas panelas e aguardam a dádiva. Apenas o canto de um galo ao longe ousa cortar o silêncio. Halong Bay, situada no Mar da China ao norte do Vietnan, foi listada pela Unesco como Patrimonio Mundial e uma das sete maravilhas naturais do mundo. Seu nome em vietnamita significa 'o lugar onde repousa o dragão'. Emergindo das tranquilas águas verde jade, a silhueta das duas mil ilhotas espalhadas pelos quinhentos quilômetros quadrados da baia lembra o perfil dentado da calda de um imenso dragão. À bordo de um 'steamboat' assiste-se ao esplendor do por do sol a lançar um rastro de luz brilhante sobre as casinhas flutuantes dos cultivadores de pérolas. Uma vendedora, com o tradicional chapeu de palha em forma de cone, passa no seu barquinho à remo oferecendo frutas. No deck da casinha azul um cão dorme alheio ao alto volume do som 'trancy' de seu jovem vizinho de cabelos pintados de amarelo. SILVÂNIA CAPANEMA

Baia de Halong no Vietnã

silcapanema@gmail.com


Jornal MGTurismo

5

Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Voo panorâmico

s u e l y c a l ais suely.mgturismo@uol.com.br

É ouro! Backer A cervejaria Backer reuniu um grupo de jornalistas mineiros para brindar as conquistas de 2016. Ao todo foram 20 premiações entre concursos nacionais e internacionais de representatividade no mercado cervejeiro. Em março, a Backer conquistou três medalhas de ouro no IV Concurso Brasileiro da Cerveja, em Blumenau. E foi ainda considerada a segunda melhor cervejaria da América Latina no South Beer Cup, um dos eventos mais importantes do ano, realizado em Curitiba. Pensa que acabou? Nada disso, A Backer encerra o ano com a cerveja Reserva do Proprietário recebendo a medalha de Bronze no European Beer Star, a única brasileira premiada no evento realizado na Alemanha, com concorrente do mundo todo. A imprensa feliz da vida brindou noite adentro !! Vitórias Segundo Paula Lebbos, diretora de marketing da Cervejaria Backer, ganhar prêmios tão importantes quanto estes, é confirmar que a Backer está trabalhando bem e investindo no caminho certo: "Realmente esse tem sido um ano diferente e incrível! Sermos reconhecidos como a segunda melhor do continente foi muito importante para nós. Representamos o Brasil e Minas em grandes evenmtos pelo mundo, e sabemos da nossa res-

De Bologna para BH Stúdio Pixel

Na foto, a cerveja premiada.

ponsabilidade no meio. Acabamos de encerrar recebendo uma medalha importantíssima que foi no European Beer Star, é um orgulho imenso. A Backer tem uma preocupação e dedicação enorme com suas cervejas. São prêmios não só nossos, mas para todos nós mineiros", destaca a diretora de marketing da marca. O mestre cervejeiro da empresa, Sandro Duarte, também não esconde o contentamento visto o elevado nível dos concorrentes e várias cervejas renomadas: "Conquistamos este ano méritos importantes, principalmente no quesito inovação. Disputamos não só com os brasileiros, mas argentinos, chilenos, uruguaios e tantos outros, o que tornou a concorrência muito mais acirrada. Com certeza termino o ano com a sensação de dever cumprido e muito feliz com os resultados", destaca Duarte.

O novo projeto de Yuri Guerra, “Na Corda da Vitrola”, traz o seu trabalho crossover, no qual interpreta músicas populares utilizando a técnica do canto lírico. “Fazer essa junção do período radiofônico brasileiro e a música clássica é uma boa combinação, na medida que muitos artistas do período do rádio tinham influências da música erudita em sua formação, como é o caso de Vicente Celestino”, destaca Yuri. No repertório também estarão Francisco Alves, Dalva de Oliveira, Luiz Bonfá, Nelson Gonçalves, Vicente Celestino e Maysa. Os artistas são retomados com o objetivo de resgatar canções que fazem parte da história da Música Popular Brasileira. Yuri Guerra destaca que a seleção tem uma relação afetiva para ele. “Escolhi cantores que me marcaram. Minha avó me introduziu neste repertório quando ainda era criança, e eu sempre tive curiosidade de conhecer mais os artistas: pesquisava trechos das músicas e acabava me deparando com grandes nomes” afirma o músico. Marcelo Alcântara


6

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Dez promessas para o Ano Novo Daniel Medeiros*

Primeira promessa: não ser amigo de pessoas com as quais você não tem a menor satisfação em trocar ideias. Por exemplo: gente que acha que o Hitler era de esquerda; gente que vibra com a morte ou doença de alguém ( mesmo sendo o Hitler!); gente que manda você se informar melhor quando você discorda da opinião dela ( mesmo que a opinião seja a de que o Hitler era de esquerda); gente que fica dividindo todo mundo em "esquerda" e "direita". E coloca o Hitler na esquerda. Segunda promessa: não terminar de ler livros que eu leio sem saber por que estou lendo. Há livros que quando você pega não consegue largar. Outros livros, quando você larga não consegue mais pegar. Prometo deixa-los no lugar onde caírem. Terceira promessa: não almoçar nem jantar com pessoas que se referem à refeição como "calorias", "benefícios", " antioxidantes", "betacaroteno" e outras denominações que tiram o apetite de qualquer um. Quarta promessa: não planejar viagens para destinos turísticos, daqueles que estão na lista dos lugares que você não deve morrer sem visitar. Aliás, listas de coisas que você deve fazer ou visitar antes de morrer são de matar. Quinta promessa: recusar bebida ruim, comida ruim, roupa ruim, filme ruim (conversa ruim e livro ruim já foram citados), sem remorso ou constrangimento. Ficar dando desculpa quando o que você está fazendo é simplesmente defender sua ética/estética de vida é indesculpável. Um "não, obrigado" funciona melhor e é mais elegante do que um "nem obrigado". Sexta promessa: não dar opinião quando não se tem opinião sobre algo ou quando não se pensou suficiente sobre o assunto. Há tanta opinião na rede como o lixo nos oceanos: incomoda, é feio e mata os peixes. Sétima promessa: cultivar amigos e amores. Cultivar no sentido etimológico da palavra, referente ao seu aspecto agrícola, de preparar, semear, esperar, cuidar, colher e fruir. Oitava promessa: ouvir sempre que possível os jovens. Esse negócio de que jovem é alienado e não quer saber de melhorar o mundo é incrível. Principalmente quando lembramos que o mundo no qual eles vivem foi "estragado" por quem? Nona promessa: andar muito pela cidade. Conhecer as ruas do centro, dos bairros, as pracinhas, os parques, as bancas de jornal, os terminais de ônibus. É a melhor forma de entender a importância de se preservar e ampliar o espaço público. E faz bem pra saúde do andarilho. Décima promessa: nunca mais escrever um texto prometendo dez coisas para o ano novo. Nove está ótimo. E sempre dá pra dizer "noves fora, zero." Ou não. Bom 2017. * Daniel Medeiros é Doutor em Educação Histórica pela UFPR e professor do Curso Positivo.

na bagagem do nordeste r o g é r i o a l m e i da

Senador Cássio Cunha Lima Restrito a amigos íntimos e poucos familiares, foi realizado no Restaurante Casa Roccia, em João Pessoa, durante jantar, o enlace do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) e Jacilene Azevedo. A cerimônia civil foi realizada pelo juiz Inácio Jário Queiroz de Albuquerque. Dentre os presentes, estavam a mãe do senador, dona Glória Cunha Lima e Ronaldo Cunha Lima Filho, vice-prefeito de Campina Grande e irmão de Cássio. O senador foi casado anteriormente com Sílvia Cunha Lima e o casal possui três filhos: Pedro, Diogo e Marcela. Divulgação

Senador Cássio Cunha Lima e Jacilene Azevedo

Medalha Cidade de João Pessoa A historiadora e ex-primeira-dama da Paraíba, Glauce Navarro Burity, fundadora da Campanha de Assistência ao Menor Carente e autora do livro sobre a presença dos Padres Franciscanos na Paraíba recebeu, em sessão especial no Plenário Senador Humberto Lucena, a Medalha Cidade de João Pessoa, a mais alta comenda entregue pela Câmara Municipal. A iniciativa foi do vereador Marmute Cavalcanti (PSD) que destacou os trabalhos sociais realizados pela homenageada. Glauce é viúva do ex-governador Tarcísio Burity. Olenildo Nascimento

Glauce Burity e vereador Marmute Cavalcanti

Renata Arruda A cantora Renata Arruda estreou na literatura apresentando seu primeiro livro de poesias “Nua”. O lançamento aconteceu na Fundação Casa de José Américo, em João Pessoa e teve a participação do ator e diretor Jayme Periard. rogerioalmeidaturismo@yahoo.com.br


7

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Seis itens que não podem faltar na mala de viagem Marcos Mesa Sam Wordley/Shutterstock.com

As férias estão aí e arrumar as malas não é uma tarefa simples. Nessa época é muito comum viajar para locais próximos à praia e por isso existem itens que não podem faltar na sua mala. Para não passar nenhum aperto e garantir uma viagem de sucesso, listamos os principais itens que vão garantir o sossego e o bem-estar do seu passeio: 1. Adaptador de tomada universal: Deixar de registrar momentos ou não se comunicar porque a bateria acabou ou o carregador não se encaixa no padrão do país visitado é um dos maiores medos de qualquer viajante. A dica é ter um adaptador de tomada universal Newlink para ser utilizado em qualquer lugar do mundo. Onde comprar: www.submarino.com 2. Toalha compacta: Para quem vai fazer mochilão, as toalhas compactas da Smart-Guepardo são uma ótima solução. Além de ocuparem pouco espaço, secam rápido e são biodegradáveis. Onde comprar: www.americanas.com.br 3. Bastão de selfie: Mais conhecido como pau de selfie no Brasil, é ótimo para quem vai viajar sozinho ou em grandes grupos e não quer deixar de registrar a viagem com ângulos incríveis. O bastão da Monopod traz mais emoção para suas fotos e vídeos. Onde comprar: www.walmart.com.br 4. Caixa de som portátil Bluetooth: A praticidade e possibilidade de levar a caixa de som para diversos ambientes e ocasiões diferentes como, uma viagem se torna ainda mais divertida. A speaker PARTYBOX,

da UpSound, é resistente a água, poeira e choque e ainda possui a função power bank (carrega o celular) com saída USB independente. Caso a viagem seja mais radical, a caixa de som AQUA, da UpSound, resiste a jatos d'água ou até rápidos mergulhos. Onde comprar: http://www.novoshop.com.br; 5. Nécessaire: Alguns modelos de nécessaire são bastante compactas e possuem até espelhos. Bolsos com zíper, outros com te-

las, porta objetos elásticos, a nécessaire da Deuter possui zíper perimétrico. Em determinadas viagens, é importante ter tudo a mão e uma bolsa portátil e compacta pode ajuda muito. Onde comprar: www.netshoes.com.br 6. Moleskine: Para registrar, organizar e anotar informações importantes durante sua viagem, o caderno Moleskine é indispensável na sua mala. Onde comprar: www.coisascriativas.com.br

A mala foi extraviada, o que fazer? Imagine chegar no aeroporto, esperar ao lado da esteira de devolução de bagagens até ela ficar vazia e não encontrar a sua mala? De acordo com um levantamento feito pela SITA, uma empresa de tecnologia aeroportuária, 23,1 milhões de malas foram perdidas em 2015. Apesar do número parecer assustador, ele representa “apenas” 6,5 bagagens extraviadas a cada mil passageiros. A principal razão para isso acontecer é: erros na transferência das bagagens em conexões. Ou seja, quando você desembarca em um aeroporto no meio do caminho e embarca em um outro avião rumo ao seu destino final, a chance de perder a sua mala aumenta consideravelmente. Mas há outros problemas que também resultam nisso, como erro na etiquetagem das malas. Como evitar mala extraviada Há algumas coisas que você pode fazer antes de embarcar para diminuir o risco de passar por isso ou ter menos dor de cabeça, caso aconteça: · Não despachar a bagagem em cima da hora, ainda mais se estiver em um aeroporto grande, visto que pode não dar tempo dela chegar até o avião. · Colocar algum tipo de deta-

lhe, como um laço, fita ou adesivos, que diferencie a sua mala das demais, principalmente se ela for preta, cinza ou azul escuro. · Fotografar o conteúdo da sua mala e listar o que você está despachando. Lembrando que, é aconselhável que só leve itens de valor, como eletrônicos e jóias, na mala de mão. Caso decida despachá-los – o que é muito arriscado -, deve avisar a companhia aérea no momento do check-in. Vale a pena fotografar a sua mala por fora e fechadinha também, já no aeroporto, caso precise provar que ela sofreu algum dano durante o voo (rodinha ou alças quebradas, por exemplo). · Colocar uma ou duas trocas de roupa na mala de mão (roupas íntimas, camisetas e meias). Se estiver viajando com outra pessoa, uma boa ideia é misturar as suas roupas com a dela e montar malas mistas, assim, se uma for extraviada, ninguém ficará totalmente desamparado no destino. O que fazer? Porém, não há como garantir 100% que a sua mala despachada chegará ao destino. Caso ela se perca, é essencial que você siga essas instruções:

· Em hipótese alguma saia da área de desembarque sem avisar a companhia que a sua mala sumiu. Os atendentes da cia aérea, provavelmente, vão procurá-la na área de achados e perdidos do aeroporto e, caso confirmem que ela não veio no seu voo, te darão um formulário para preencher. · Com base nesse formulário ou no seu depoimento será feito o RIB (Relatório de Irregularidade de Bagagem) ou PIR (Relatório de Irregularidade de Propriedade), ainda no aeroporto, e é aconselhável que você o guarde bem, se possível até fotografe, porque nele consta o número que você e a sua seguradora usarão para acompanhar a busca pela bagagem. · Nesse momento você pode pedir uma indenização para a companhia aérea, para comprar itens básicos para se manter enquanto sua mala não é encontrada. Algumas cias aéreas, porém, não oferecem nenhum tipo de ajuda de custo prévia, somente após x horas ou x dias do sumiço e com base em notas, ou seja, eles se oferecem para fazer um reembolso dos seus gastos com roupas e outros itens até um determinado valor (em média US$ 150 para voos internacionais e R$ 350 para voos nacionais). · No aeroporto ou depois que sair dele, você deve ligar para a empresa responsável pelo seu Seguro Viagem, passar os seus dados, informar

o sumiço da bagagem e o número do RIB ou PIR, para que ela possa acompanhar junto à cia aérea a procura da mala e também te informe sobre a cobertura diária para os seus gastos com vestuário, calçados e itens de higiene pessoal. Normalmente, você deve guardar todas as notas para enviar à seguradora depois e receber o seu reembolso. · Se a sua mala for encontrada, a companhia aérea entrará em contato e marcará um dia e horário para entregá-la no endereço que você especificou ou, então, combinará a retirada no aeroporto, caso seja mais rápido e cômodo. · Se a sua mala não for encontrada após 21 dias do voo internacional ou 30 dias do voo nacional, ela está oficialmente extraviada, ou seja, ninguém sabe onde foi parar. É só a partir desse momento que você pode negociar junto a cia aérea uma indenização de acordo com o peso da bagagem.Em voos nacionais o limite é um pouco mais de R$ 4.000 e em voos internacionais costuma ser de apenas US$ 20 por quilo. Se você não ficar satisfeito com a indenização, pode recorrer na justiça. Também vale a pena entrar em contato com a seguradora para saber o procedimento para receber a cobertura completa do extravio da bagagem.


8

Jornal

o p i n i ã o

Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Mariah Jatahi Fonseca (Hotel Catussaba), exemplo de vida * Carlos Casaes

Evidente que, nesta minha caminhada de “oitenta quilômetros”, tenho amealhado exemplos que dignificam a vida. Pela exuberância de cada dessas expressões, não me canso de as exaltar. Desta feita, busco “fotografar” uma imagem que é a concepção da mulher especialmente concebida. Mulher que tem imposto a sua presença Brasil afora pela sua excepcionalidade de carater. Partícipe de uma comunidade familiar muito especial, não simplesmente acomodou-se na postura de esposa e mãe exemplar. Seguiu bem mais distante, no momento em que a vida lhe impôs a liderança, porquanto afirmouse como guerreira absolutaeconsciente. Despegando-se o varão líder da família, não vacilou em assumir a rédea do grupo que concebeu com tanta generosidade. Hoje, quando a imagem da mulher busca ocupar o espaço que lhe é devido, no compartilhamento das responsabilidades, emergiu com invulgar segurança e firmeza. Não apenas para consumar a formação das cinco almas que compuseram e compõem a família modelo. Mas no comando mesmo de todo o patrimônio construído com o entusiasmo e a energia dos voluntariosos. Um patrimônio de invejável formação, tão complexo quanto valioso. Configurado nos quatro cantos por onde se expandiu. Para o domínio do universo dos bens emergidos da busca pela afirmação, soube, competentemente, encaminhar a formação de cada um dos membros da sua prole especial. E, desse equilíbrio de eficiência pessoal, pode gerir compartilhadamente não apenas a confirmação dos bens,mas asuaampliação. Bens de natureza tão variada quanto sua origeme destinação. Tanto assimque, na demanda a configura-

ção do considerável bem imóvel, construiu o instrumento responsável pela sua valorização. São bens rurais e bens urbanos. Nestes últimos, num momento inspirado cuidou de transformar parte deles em aproveitamento muito especial. Naquela preferência, inclusive, negou uma assertiva vigente nos meios empresariais e profissionais do importante setor da atividade turística: a hotelaria. Conceito de que hotéis geridos de forma familiar não seria mo modelo ideal. Porque, não simplesmente concebeu uma unidade hoteleira, mas um exemplo de “resort” que, desde o seu lançamento, passou a ocupar posição privilegiada no concerto da hotelaria brasileira. Mas alí não se acomodou. Osucesso da investida levou a família a inserir mais um e mais outro ao, hoje, grupo de hotéis deinvulgar sucesso. A hotelaria baiana, e brasileira, portanto, conquistou um muito especial coadjuvante na afirmação do melhor do turismo nacional. Hoje, “Hotéis Catussaba” são um modêlo especial de investimento muito bemsucedido. Na complexidade empresarial integrada por algumas unidades, cada um dos partícipes dessa família invulgar tem a sua cota de responsabilidade. Mas, na testa do grupo familiar, a força e a imperiosa responsabilidade não se desprende da impetuosidade de MARIAH JATAHI FONSECA. A marca da sua personalidade não se exaure na admiração dos que lhe são próximos. Afirma-se, ocupando destaque, além limites da sua comunidade, porque conquistou o prestígio, o respeito e o apreço de toda a comunidade nacional. Mais ainda e emespecial, hoje é uma bandeira de liderança proclamada pela unanimidade da imprensa que milita especialmente nas hostes do turismo bra-

sileiro. Ao lado de Marcos, de Dilson, de Darkson, de Marcelo e de Mariazinha, figura na galeria dos consagrados destaques. E nunca é demais evidenciar que a sua prole segue as suas pegadas, cada qual perseguindo a condução no seu grupamento. Lembrem do Dilson, pela segunda vez, Presidente Nacional da ABIH, o que lhe confere especial liderança na comunidade hoteleira do país. Tanto quanto Marcos, na sua passagem pela Presidência daAssociaçãoComercial da Bahia. Evidenciados, ainda quanto Darkson, Marcelo e Mariazinhanos seus misteres. MARIAH destaca-se inda mais nas ações sociais, do que a proximidade do Natal é momento de particular realização. Nunca são demais, assim, os tantos louvores quanto a vida nos permite a essa mulher exemplo, modelo, que já há tantos anos emergiu em Salvador da Bahia para a conquista do especial espaço no Brasil.

*Jornalista em Salvador (BA), ex-presidente nacional da Abrajet - Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo

Jornal

Expediente

O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais

Fundado em 22/10/1986

Endereço: Av. Cristóvão Colombo, 519 - sl. 102 Telefones: 3282 - 2666 Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil | CEP: 30140-140 www.mgturismo.com.br

FUNDADORES

Antônio Claret Guerra Ênio Fonseca (in memorian) Elber Monteiro de Castro Araújo (in memorian)

CONSELHO EDITORIAL Cristiane Nobre (MG) João Carlos Amaral - (MG) Nilton Guedes (PA) Rafael Lobato (MG) Rogério Almeida (PB) Rogério Santiago (MG) Rosilene Campolina (MG) Sérgio Neves (MG)

IMPRESSÃO

Filiado a

Gerente-Geral Rafael Lobato

Editora de conteúdo on-line

Marca Registrada no I.N.P.I. sob o n° 816392529 de 25/05/93

Antônio Claret Guerra Jornalista MG 02142/JP claret.mgturismo@uol.com.br

DIAGRAMAÇÃO / PAGINAÇÃO

Publicação da Tour Press Jornalismo S/C. Ltda

DIRETORA DE EXPANSÃO

Alysson Lisboa Neves - MTB 0177/MG

DIRETOR-GERAL E EDITOR

Suely Calais Guerra Jornalista MG 08713/JP suely.mgturismo@uol.com.br

Daisy Batista da Silva Fatine Oliveira

PROJETO GRÁFICO Departamento Comercial Maurício Birchal maurciobirchal@gmail.com | 031 99107-6806

CNPJ 21.612.775.0001-98 Insc. Estadual 062.131218.00-55/ Insc. Municipal 339813/001-3

*O jornal não se responsabiliza pelos conceitos emitidos pelos artigos e assinados, que são da responsabilidade de seus autores, não refletindo, necessariamente, a opinião do jornal.


Jornal

o p i n i ã o

9

Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

e d i t o r i a l

Notas históricas do turismo no Brasil * Carlos Casaes

O Estado Islâmico Trata-se efetivamente de uma situação original. Não é um país, não é uma nação, não é um estado. Não tem território próprio, nem localizado, nem capital conhecida, definida e reconhecida. Mas mesmo assim tem um rico capital financeiro originado por sua riqueza petrolífera. Trata-se, contudo, de um grupo coeso e numeroso, capaz de lutar até a morte, gerando mártires. Corajoso e determinado, forte, belicoso e fundamentalisticamente religioso. Seus integrantes garantem que há um único deus, Alá, e que Maomé é seu único profeta. E que, como "A lah Akbar" - ou seja, Deus é grande, estão com tudo e estão prosa. Essa intensa e definitiva religiosidade lhes confere força, vontade e força de vontade para seguir em frente, célere e firmemente, sem dúvidas, nem hesitações.

Semana do Turismo Bahia/Estoril/Portugal

Um dos eventos mais belos e eficientes ocorreu entre 1980 (Fevereiro) e 1981 (maio): a Semana do Turismo Bahia/Estoril/Portugal. Em 80 aconteceu no Hotel Estoril, em Portugal, do qual participaram autoridades, empresários, comunicadores e representantes da cultura baiana. Em 1981, a Semana veio para Salvador (BahiaOthon Pálace), quando a TAP trouxe um avião lotado de empresários, autoridades e jornalistas do setor turístico, além das figuras mais representativas da cultura lusitana, entre elas a excepcional e saudosa cantora Amália Rodrigues. Estatísticas manipuladas

Podem atacar a qualquer hora, em qualquer local, em qualquer ponto, em qualquer lugar do mundo, com comprovada eficiência e incontestável violência. E seguir e insistir e prosseguir e jamais desistir em sua santa guerra, a "jirad" Seus militantes se consideram guiados pelas mãos de seu deus, seus apoiadores os consideram heróis. Seus adversários e seus críticos os veem apenas como cruéis terroristas. São árabes e islâmicos, os membros desse vigoroso grupo guerreiro. Assim é o inexistente, mas atuante e eficiente Estado Islâmico. Assim nos parece, numa visão simplificada do complexo Estado Islâmico. Aquele que o é, sem jamais ter sido.

Sergio A.Neves facebook.com/antonio.c.guerra.1

Para quem não recorda, eis alguns nomes que figuraram em tempos passados como Presidentes da Embratur: 1976 – Said Farhat; 1979 – Miguel Colas suono; 1983 – Hermógenes Teixeira Ladeira; 1985 – MacDowellLeitedeCastro;1986 –João Dória Junior; 1987 – PedroGross; 1989 – Ricardo Mesquita de Farias; 1992 – RonaldoMonteRosa;1994 – FlavioCoelho;1995 – Caio Luiz de Carvalho que acumulou a Presidência da Embratur. Potencial turístico baiano reconhecido - O Diretor do Escritório Nacional Austríaco de Turismo no Brasil, Oskar A. Dignóes, em 1976, declarou que Salvador deveria ser a porta de entrada do turismo brasileiro, uma das cidades mais belas que ele conhecera.No mesmo ano, a Bahia liderava a comercialização dos VTDs (Vôos Turísticos Domésticos), que concediam 40% de desconto, Salvador com 34%, Manaus com 28%, Foz de Iguaçu com 23% e Rio de Janeiro com 7%. Em 1978, a Varig concluiu pesquisa na Europa que revelou que Salvador, em dois anos, seria a principal porta de entrada e o Rio de Janeiro a porta de saída do turismo brasileiro. Em 1981 ( junho), Salvador figurava como a segunda mais importante destinação do turismo no Brasil,ficando atrás apenas do RiodeJaneiro. Em 1981 (Setembro), o Presidente da Embratur, MiguelColassuono, apresentou noCongresso daABAV pesquisa sobre o perfil do agente de viagens, a qual apontou Salvador como o destino mais solicitado pelos agentes,acimadeFozdoIguaçu. Em1982, a Soletur, através do seu então diretor de Marketing, Helio LimaDuarte, lançou o programa inédito “FaçaAmor emSalvador”, destinado a casais em“lua de mel”. No entanto, o programa não vingou porque o Governador Antônio Carlos Magalhães repudiou o “slogan”. Em 1984, Salvador era considerada como detentora da condição de terceiro parque hoteleiro do país. Em 1985, a sede da Nordeste Linhas Aéreas, subsidiária da VARIG,estava instalada nacapital baiana. Em 1992, o então Governador da Bahia,Antônio Carlos Magalhães (em reconhecimento pelo seu decisivo apoio ao turismo),foi alvo designificativa homenagemem jantar no Hotel Ceasar Park, São Paulo, ao qual estiveram presentes Michel Tuma Ness, Caio Luís de Carvalho, o Governador paulista Antonio Fleury, o comunicador dono do SBT Silvio Santos, o empresário Abílio Diniz,Miguel Colassuono, dentre inúmeras outras personalidades. Em 1993 (maio), foi inaugurada a primeira etapa da recuperação do Centro Histórico de Salvador (Pelourinho), de cuja solenidade participou o Presidente das Organizações Globo de Comunicação, Roberto Marinho. Em 1993 (dezembro), o Governador Antonio Carlos Magalhães inaugurou a segunda etapa da recuperação do Centro Histórico de Salvador. Em1994 (abril), o, então, Presidente de Portugal, Mário Soares, participou da inauguração da terceira etapa da recuperação do Centro Histórico de Salvador, quando,em discurso na solenidade ocorrida no“Cruzeiro de São Francisco”, declarou que aquela era uma “obra únicanomundo”.

twitter.com/JornalMGTurismo

Em 1981 a Embraturfoi acusada de manipular as estatísticas do turismo brasileiro.Até o gaúcho Mário Ramos, que ocupava a sua Diretoria de Planejamento, ao se demitir, revelou, no Congresso da ABIH, que existiam manipuladores de estatísticas naquele órgão. Seminário que só não falou de “termalismo” - No final de 1983, foi anunciada com certa ênfase a realização de um Seminário de Termalismo, tendo como sede a estância hidromineral de Poços de Caldas, em Minas Gerais. Para la foram convidados vários jornalistas especializados em turismo de todo o país. Ocorre que o evento tinha como escopo, na realidade, preparar o caminho para uma candidatura a Presidência da República, que era disputada pelos governadores, o mineiro Tancredo Neves e o paulista Franco Montoro, pois a grande maioria dos participantes era de prefeitos e políticos dos dois Estados. Instado para agradecer em nome dos profissionais da imprensa, num jantar na casa do Prefeito local, resisti porquanto não estava nada satisfeito em termos sido utilizados para objetivo político. Coma insistência dos colegas, concordei,mas mandei o “verbo” contra aquela farsa, causando, evidente, um mal estar geral. Ocorre que o episódio me rendeu a felicidade de ter conquistado um grande amigo no Prefeito da Cidade mineira de Andradas, Carlos Heitor Piolli, que buscou,então,me apaziguar. *Jornalista em Salvador (BA), ex-presidente nacional da Abrajet - Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo


10

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Marta Rossi recebe título de Cidadã Emérita de Gramado A empresária gramadense Marta Rossi (foto) recebeu o título de Cidadã Emérita de Gramado. A Sessão Solene, ocorreu na Câmara de Vereadores de Gramado. O título foi uma indicação do vereador Celso Fioreze do PSDB. “O título foi concedido a Marta Maria Rossi em reconhecimento aos relevantes serviços prestados ao município de Gramado. Por toda a demonstração de empreendedorismo, visão de negócios e dedicação ao crescimento turístico de Gramado Marta Rossi merece esta grande homenagem, pois em todos os sentidos sempre prestou relevantes serviços ao município, bem como elevou o nome de Gramado no Brasil e Internacionalmente”, fala o edil. “Este reconhecimento, em minha cidade natal, me deixa muito feliz e honrada. Agradeço a iniciativa do vereador Celso Fioreze o carinho de todos os representantes do Poder Legislativo que deram o aval para a indicação”, destaca a empresária. Por estar em viagem,

FOTO DIVULGAÇÃO

N ot í c ias da A m a zô nia N i lto n g u e d e s

Turismo paraense Ações desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur\Pará) ao longo dos últimos anos, baseado em um planejamento que reforça política pública para o setor, começam a dar frutos. Para 2017 que se inicia, vários municípios integrantes dos seis pólos turísticos paraenses colocam em prática atividades que servirão para despertar o o interesse tanto de turistas estaduais assim como nacionais e estrangeiros.

Marta Rossi não pode receber o título. O seu filho e sócio, Marcus Vinícius Rossi, representou-a na cerimônia.

vadora do desenvolvimento do turismo, da geração de negócios, empregos e renda, tanto para a região, como para o país.

Empreendedorismo Com 28 anos a empresa comandada por Marta Maria Rossi é hoje exemplo de empreendedorismo, sendo reconhecida nacional e internacionalmente e apontada por profissionais do setor como grande incenti-

Para Marta, o segredo do crescimento sólido e ordenado é saber escutar e implementar as demandas e sugestões viáveis da equipe e dos clientes. Aliás, é marca da empresa investir em sua equipe de profissionais.

Festuris será realizado de 9 a 12 de novembro de 2017 Fotos Rafael Cavalli

A 29ª edição do Festuris já tem sua data definida: ocorre de 09 a 12 de novembro de 2017 em Gramado. O evento em 2017 antecede as comemorações dos 30 anos do Festuris. A feira completa três décadas em 2018, sempre em crescimento e apontando tendências para o setor turístico da América do Sul.. A comercialização de espaços para as edições de 2017 e 2018 já estão sendo realizadas pelo Departamento Comercial da Rossi & Zorzanello, empresa que concebeu e organiza o evento. Alguns dados relevantes da pesquisa apontam que circularam pelos 22 mil metros quadrados 8.031 profissionais compradores, o que revela o perfil altamente profissional dos visitantes. “Nesses mais de 8 mil compradores, não estão contabilizados expositores, convidados e imprensa”, explicou Marcus Vinícius Rossi. Segundo o presidente da CNC, Alexandre Sampaio, "o Festuris não só impacta o turismo na Região Sul, mas também é um consolidador de projetos, vendas e comercialização de prétemporada para todo o Brasil.

Um desses exemplos são destinos como a Rota Turística da Estrada de Ferro Belém\Bragança. A rota (num trajeto de 222,88 Km, que vai de São Brás à Caixa D'Água de Bragança) engloba 13 municípios da região Amazônia Atlântica (Marituba, Benevides, Santa Isabel, Castanhal, Igarapé-Açu, Nova Timboteua, Peixe-Boi, São Francisco do Pará, Salinópolis, Capanema, Tracuateua e Bragança) com o objetivo de fortalecer a atividade e aumentar os ganhos do setor. "A rota, na verdade, é uma estratégia para fortalecimento e compreensão efetiva do turismo como uma atividade econômica, capaz de promover o desenvolvimento, a geração de emprego, renda e melhores condições de vida à população", afirma o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes. O desafio é transformar pelo Turismo (receptivo, de eventos, hospedagem e alimentação, por exemplo) e ao mesmo tempo incrementar a agropecuária, avicultura, pesca e apicultura, comércio e serviços, além da indústria na região do Salgado. Capacitar a população para transformar sua produção da roça de modo a atender turistas. Os atrativos são muitos, desde o artesanato local até os campos naturais da região bragantina, passando pela Ponte do Livramento (nos limites entre Igarapé Açu e Nova Timboteua), comunidade quilombola de N. Sra. do Livramento, em Igarapé Açu, onde há também programação litúrgica e cultural da Festividade do Glorioso São Sebastião, além de licores com diversos sabores produzidos ao longo da Rota e o Circuito do Sal.

Ministro do Turismo Marx Beltrão na abertura do FESTURIS 2016

A feira

agencianoticiasgerais@gmail.com


11

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Belo Horizonte terá voos diretos para Buenos Aires a partir de março A Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur-MG) e a Azul Linhas Aéreas anunciaram que a partir do dia 6 de março a companhia terá voos diretos saindo de Belo Horizonte com destino a Buenos Aires. O diretor da Azul, Marcelo Bento Ribeiro, o assessor da Presidência para Assuntos Institucionais da companhia, Ronaldo da Silva Veras e o representante da BH Airport, Dany H. L. Oliveira, se reuniram com o secretário de Estado de Turismo, Ricardo Faria e o adjunto da pasta, Gustavo Arrais. Após um trabalho de reaproximação com as companhias aéreas, que haviam deixado de comercializar voos interacionais tendo Minas Gerais como destino turístico, a Setur comemora a chegada do primeiro voo sem escala da Azul para a capital argentina. O diretor da companhia aérea, Marcelo Bento Ribeiro, explica a

escolha de Belo Horizonte para o voo. "Ter um fluxo de visitantes constante é importante para a manutenção de qualquer voo, principalmente os internacionais. Entendemos que os mineiros têm um enorme interesse em visitar Buenos Aires e consequentemente todo o país portenho. Por isso, nos dedicamos, juntamente com a Setur, para que a divulgação de Beagá seja feita com êxito possibilitando crescimento no número de turistas argentinos na cidade". Segundo dados da Azul, um grande número de argentinos em busca de praias brasileiras deverá realizar uma breve parada em Beagá. "Dessa forma, temos que ofertar nossos atrativos para que esses mesmos turistas sejam provocados a conhecer não apenas a capital mineira, assim como as cidades históricas e as inúmeras belezas que o Estado possui", convida o secretário de Turismo, Ricardo Faria. Divulgação/Setur

Secretário de Turismo, Ricardo Faria (ao centro) e secretário-adjunto Gustavo Arrais (primeiro à esquerda) recebem representantes da Azul e da BH Airport

Risco de trombose em viagens longas Cuidados simples antes de enfrentar muitas horas de estrada podem evitar sérios problemas de saúde. Segundo a clínica geral do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Rossana Maria Russo Funari, é importante não ficar mais de três horas sem ir ao banheiro. “Permanecer com a bexiga cheia por muito tempo pode propiciar infecções urinárias. Já em casos de acidentes, ao estar cheia de urina, a bexiga absorve o impacto da batida e pode haver ruptura do órgão com maior facilidade”, explica a especialista. Outro cuidado que deve ser tomado durante a viagem é esticar pernas e braços sempre que possível para evitar câimbras, dores articulares, que podem permanecer mesmo após o término da vigem, ou até mesmo risco de trombose em membros inferiores. Idosos, obesos, portadores de doenças crônicas ou quem já teve episódios de trombose no passado são mais suscetíveis a problemas de circulação.

Longas viagens também prejudicam a coluna. Nesta situação, é fundamental manter as costas sempre retas e evitar ficar com o pescoço curvado. Almofadas podem ajudar a manter a postura correta. “A principal causa da doença é o baixo fluxo sanguíneo e a dificuldade do retorno do sangue pelas veias devido ao longo período que o passageiro permanece sentado, propiciando a formação de coágulos”, explica Rossana Funari. “Para quem se encontra imobilizado com gesso ou tala nos membros inferiores ou superiores, é recomendável, em alguns casos, tomar anticoagulantes antes da viagem”, reforça a médica.

Chef a Chef

Rosilene Campolina

portalgastronomico@chefachef.com.br

Fundação Municipal de Cultura-FMC O Projeto de Extensão Interdisciplinar LEIA - Laboratório Ecossistêmico Interdisciplinar de Aprendizagem do Centro Universitário Una que trata da implementação de hortas urbanas sustentáveis em espaços ociosos ultrapassa os muros da escola e se torna parceiro da Fundação Municipal de Cultura (FMC) e Belotur, ambas ligadas à prefeitura Municipal de Belo Horizonte-PBH com ações sociais e culturais para atender as regionais do Município. Como primeiro modelo, o Centro Cultural Regional Ipiranga que leva o nome também de Usina de Cultura, deu início à esta ação com sua inauguração no último dia 16 deste mês. Um presente pra Comunidade exercer cidadania e qualidade de vida. O projeto LEIA esteve presente com as oficinas de Moda (gestão de resíduos têxteis) e Gastronomia (com plantio das hortas sustentáveis) envolvendo toda a comunidade presente. “Pretendemos intensificar estas ações e parcerias em todos os centros culturais que serão inaugurados em BH e desta forma promovermos a conexão e integração dos saberes acadêmicos e populares que

colaboram para a economia solidária e criativa, bem como para o alcance de uma cidade mais sustentável”, pontua Rosilene.

TRADIÇÃO, QUALIDADE E SEGURANÇA Atendimento: 31 3287-4422 | 3282-7663 comercial@buffetsausalito.com.br • restauranteminas2@yahoo.com.br www.buffetsausalito.com.br

Uma vez no San Carlos, sempre no San Carlos Hotel O San Carlos Hotel New York está localizado no coração de Midtown Manhattan, na 150 East 50th Street, entre a Lexington e 3rd Avenues. Fica a apenas alguns minutos da Times Square, do Rockfeller Center, do Central Parque, Museus, Teatros e de vários outros locais de interesse do turista. Além de ficar perto dos locais estratégicos da cidade, ao mesmo tempo está localizado numa rua tranquila, o que permite um bom descanso depois de um dia de passeios e compras.

A hospedagem no San Carlos inclui: • Upgrade (dependendo da disponibilidade) • Sem custo para terceira ou quarta pessoa no quarto • Café da manhã Continental Superior • Serviço Wifi gratuito • Utilização gratuita do Business Center e Fitness • Jornal entregue no quarto (seg-sex) • Serviço de camareira noite com chocolates

O melhor da Culinária Mineira

à sua porta!

Peça pelo

Informações: 3261-5930 www.donalucinha.com.br

Leia e fmc mãos na terra

facebook.com/donalucinhabh @donalucinhabh

Restaurante Dona Lucinha Rua Sergipe, 811 – Funcionários

• Suite Especial Familia Elite com 2 camas queen size e sofá cama. Pode acomodar até 6 pessoas

Reservas: ECC@schnyc.com Mencione o Jornal MG Turismo e receba uma bolsa comodidade de cortesia


12

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Fale conosco

Pa i n e l

d o

L e i to r

D ireto de B H R a fa e l Lo b ato

Muito obrigada pela delicadeza do Sempre estarei em débito com as gentilezas envio da edição. Adorei todo o conte- com as quais vocês me distinguem. údo do Jornal MG Turismo. ParaComo é um honra colaborar com o qualibéns pelo trabalho de tantos anos! ficado Jornal MG Turismo, prometo que na próxima semana, enviarei um artigo sobre Letícia Simões Jerusalém, versando sobre a polêmica com a UNESCO. É um pouco longo. Mas interessa tanto aos judeus quanto aos cristãos(católicos, Obrigado pela distinção de estar nas pásobretudo). ginas do "nosso" Jornal MG Turismo. Roberto Luciano Fortes Fagundes, ex-secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais

Ricardo Guerra, Jornalista em Recife (PE), ex-presidente nacional da ABRAJET

“BH: vem pra cá!” No período de férias, que antecede o Carnaval, turistas terão mais um bom motivo para visitar Belo Horizonte. É que a Belotur, em parceria com entidades ligadas ao turismo na cidade, lança a campanha "BH: vem pra cá". O objetivo é aumentar o fluxo turístico de lazer na cidade aos finais de semana e gerar mais negócios para os setores ligados à cadeia do turismo, como hotéis, atrativos, comércio varejista da moda, bares e restaurantes. O mote da campanha é que as pessoas venham curtir também a intensa agenda cultural de Belo Horizonte. Mais de 120 empresas já estão inscritas no projeto, que será realizado de dia 6 de janeiro e 19 de fevereiro de 2017. Miguel Aun

Se ao deslocar pelas ruas de BH você tem a sensação de que os sinais vermelhos estão no seu caminho te perseguindo, não se assuste, não é paranoia sua e nem mania de perseguição. Acredite, é proposital. A ordem é não permitir a fluidez. Pasmem, mas NÃO existe em BH uma única via com sincronia de sinais do início ao fim. A sequência é de no máximo 3 sinais verdes e 1 vermelho. O que se gasta de combustível, tempo, embreagem e paciência é algo inacreditável para uma capital. Ninguém aguenta mais tanta incompetência da BH Trans.

José Aparecido Ribeiro Presidente da Comissão de Transportes da ACMinas Especialista em Trânsito

Piscinas no Verão Já sabe em qual piscina você irá mergulhar em janeiro? Ainda não? Então veja essas piscinas em hotéis que preparamos para que você possa escolher onde irá se refrescar durante a estação mais quente do ano: Malai Manso Resort - Chapada dos Guimarães - MT Com três mil metros de lamina d'água, as piscinas do primeiro resort do Mato Grosso contam com vista exuberante dos Morros do Chapéu e do Navio, relevos marcantes da Chapada dos Guimarães. Hidromassagem, brinquedos aquáticos para crianças e uma piscina climatizada e coberta fazem a alegria dos hóspedes o ano inteiro. Aproveite a vista e os petiscos e bebidas que são servidos à vontade no bar ao lado da piscina principal. Diárias a partir de R$ 1.285,00 para casal com cortesia para 2 crianças de até 11 anos no mesmo apartamento. Com no mínimo duas diárias em janeiro. Sistema all inclusive com oito refeições diárias e bebidas à vontade. Quality Resort Itupeva - Itupeva - SP Com piscinas climatizadas para adultos e crianças, o Quality Resort Itupeva é ideal para famílias que buscam diversão e descanso na medida certa. A área de lazer ainda conta com um bar que oferece bebidas e

petiscos diversos para os hóspedes. rafaellobato@mgturismo.com.br


13

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Jader Kalid, da revista "Exclusive", entrega "Prêmio Top Empresarial" em concorrida solenidade Fotos Edy Fernandes

Em uma das prestigiadas promoções do destacado veículo de comunicação da imprensa mineira, foi entregue o Prêmio Top Profissional a 17 personalidades de Minas Gerais, com destaque para a Personalidade do Ano de 2016, o novo prefeito de Betim Vitório Medioli (PHS). Todos receberam troféu assinado pela artista plástica Vânia Braga, sendo apresentadores da grande noite os jornalistas Nayra Lellis e Paulo Leite e patrocinadores o Grupo Epa Plus, Krug Bier e Bufê Gustare. Convidado especial, o JORNAL MG TURISMO não pode estar presente, por causa de viagem de seus diretores Antônio Claret Guerra e Suely Calais Guerra à Europa e EUA. A cobertura fotográfica é de um dos melhores repórteres de imagem da imprensa mineira, o conhecido Edy Fernandes, especialmente cedidas ao mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, em circulação ininterrupta há 32 anos, desde 1985.

Edoardo Fontana com a dinâmica, bonita e jovem Cônsul da Itália em Minas Gerais, Aurora Russi

Alysson Resende, Cristiane Maciel

O prefeito de Betim, Vitório Medioli (ao centro), com o grande anfitrião Jader Kalid e sua filha, a bonita jornalista Camila Kalid

Cristina Teixeira e o deputado estadual Mário Henrique Caixa, exsecretário de Turismo

Geraldo e Faride Domingos Coelho, João Bosco

Cláudia Resende, Kelson Oliveira

Dayse Rezende, Heron Guimarães, Alessandra Soares

Fale com um Especialista Vistos de Turismo, de Intercâmbio e de Negócios Acesse: www.mundialvistos.com.br Ligue: 0800 030 8200 (ligar de telefone fixo) WhatsApp: (31) 99389-0607 E-mail: qualidade@mundialvistos.com.br


14

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Copa Airlines passa a decolar do Aeroporto Internacional de Confins A partir de janeiro, os voos da Copa Airlines no Aeroporto Internacional de Confins/Tancredo Neves serão transferidos do Terminal 3, onde operam hoje, para o novo Terminal Internacional. Após passar por obras de expansão, o aeroporto apresenta uma nova estrutura, com áreas exclusivas para check-in, novas salas de espera e pontes de embarque e desembarque. Além disso, a numeração dos portões de embarque será alterada e o acesso de veículos otimizado. Por questões operacionais, os voos CM765, do dia 19 de janeiro, e CM764, do dia 20, ainda serão atendidos no Terminal 3. Os voos CM765, do dia 20 de janeiro, e o CM764, do dia 21, inauguram o primeiro pouso e decolagem da Copa Airlines no Terminal Internacional. Desde 2008 com operações em Minas Gerais, a companhia mantém uma frequência diária rumo à Cidade do Panamá, de onde estabelece conexões para mais de 60 destinos em toda a América. Confira os horários dos voos. As rotas são operadas por modernas aeronaves Boeing 737-800 Next Generation, com 155 assentos, dos quais 14 na classe executiva. Copa Holdings, S.A. A Copa Airlines e a Copa Airlines Colômbia, subsidiárias da Copa Holdings, são as companhias líderes na América Latina para passageiros e carga. As companhias aéreas oferecem atualmente serviço para mais de 70 destinos de 31 países nas Américas do Norte, Central, do Sul e no Caribe. Ao longo de 69 anos de operações ininterruptas, conseguiram converter o Centro de Conexões das Américas, localizado no Panamá, no centro de conexões líder de todo o continente. Contam com uma das frotas mais jovens e modernas da indústria, composta por 100 aeronaves: 77 Boeing 737 Next-Generation e 23 Embraer-190, e uma pon-

ARMÁRIO DE LETRAS

Divulgação

As rotas são operadas em modernas aeronaves, garantindo todo o conforto aos passageiros de Belo Horizonte

tualidade superior a 91%, um dos melhores indicadores da indústria. Graças a esta pontualidade, a Copa Airlines foi reconhecida pela FlightStats, pelo terceiro ano consecutivo, como a companhia aérea mais pontual da América Latina e pela Official Airline Guide como a segunda companhia aérea mais pontual do mundo, por seus resultados obtidos em 2015. No mesmo período, a companhia foi vencedora do prêmio de "Empresa Aérea Líder no México e na América Central" nos World Travel Awards. Em 2016, também foi reconhecida com

três prêmios Skytrax, com, "Melhor Companhia Aérea da América Central e Caribe", "Melhor Equipe de Companhia Aérea da América Central" e "Melhor Companhia Regional da América Central". A Copa Airlines faz parte da Star Alliance, oferecendo a seus clientes a possibilidade de chegar a 1.300 aeroportos em 190 países e desfrutar de mais de 18.450 voos diários. Além disso, mantém acordos de código compartilhado com a United Airlines, Aeroméxico, KLM, Lufthansa, Avianca, Iberia, GOL e TAME.

31 2516 0505 UNID. OURO PRETO 31 3243 9351 UNID. FUNCIONÁRIOS

O funcionamento da democracia ateniense permite a articulação de jogos de poder entre grupos que disputam a proeminência política. Esses jogos de poder se relacionam diretamente com cidadania, uma vez que uma característica essencial da democracia ateniense é a ampla participação daqueles considerados cidadãos. Dessa forma, a liderança política tinha que cooptar para perto de si o maior número de cidadãos para conseguir o apoio político na assembleia. Para essa operação, era necessário convencer o cidadão a participar de sua causa. Portanto, a retórica estava ativamente presente em todas as esferas da vida e se transformou no instrumento mais eficaz caso um cidadão desejasse se destacar na condução dos assuntos da pólis. É justamente a retórica que oferece elementos a nós modernos para entendermos e refletirmos sobre alguns aspectos essenciais da democracia ateniense. Ao utilizar os discursos forenses como fontes históricas, podemos perceber claramente as disputas políticas em jogo e como rivalidades políticas extrapolavam a assembleia e chegavam aos tribunais. Exemplo disso é o caso relatado no discurso Contra Mídias. Ali, o orador Demóstenes acusa seu inimigo, Mídias, de agressão durante as Grandes Dionisíacas do ano de 348, enquanto exercia a liturgia da coregia. Para compor sua ação de ofensa à festa, probolē, Demóstenes construí sua argumentação utilizando o argumento da impiedade (asébeia). Ao analisar a utilização de elementos religiosos nos discursos forenses, nota-se que eles são extremamente eficazes para atrair a simpatia do ouvinte, pois permite a construção da imagem do adversário como mau cidadão. Dessa maneira, a leitura do Contra Mídias permite entender a construção da polaridade entre o bom e o mau cidadão, bem como seu uso retórico nos jogos de poder. O bom cidadão, representado por Demóstenes, é aquele que respeita seus concidadãos, as leis da cidade e a esfera divina, já o mau, por outro lado, simbolizado por Mídias, desdenha de todos esses aspectos.


Jornal

15

I n t e r n a c i o n a l

Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Feijoada do Maranhão, sucesso em Portugal Antônio Claret Guerra e Suely Calais Enviados Especiais a Lisboa, via TAP

A Feijoada do Maranhão depois de 25 anos em Belo Horizonte e São Luis do Maranhão chega a Portugal reunindo mineiros e portugueses com muita animação e a feijoada foi elogiada com tempeiro brasileiro comandada pelo Chef mineiro Ilmar de Jesus que deu uma aula como fazer caipirinha brasileira com cachaça Garrancho que muitos elogiois por todos os convidados no VIP Hotel Executive de Lisboa com grande sucesso e já estamos planejando a proxima edição na quele Pais em 2017. E a mais em 2017 vai acontecer a primeira Feijoada do Maranhão em Escarpas do Lago a praia dos mineiros milionáros no dia 22 de Abril no Clube de Escarpas.

FOTOS DIVULGAÇÃO FEIJOADA DO MARANHÃO

Comemorando o sucesso da Feijoada do Maranhão em Lisboa

Jornalista Antônio Claret Guerra, ao centro, com Márcia e Antônio da Matta, diretores da B&L, operadora que organizou a viagem

O anfitrião Valdez Maranhão divulgando a TAP, grande parceira dos mineiros

Antônio Claret Guerra, Antônio da Matta, e o casal Ilmar de Jesus

Ilmar de Jesus e a chefe de cozinha do Hotel

Suely Calais Guerra também divulgou a TAP

O querido cabelereiro Wander Coelho

E Marcia e Toninho da Matta divulgaram a B&L

O casal Fátima e Wander Coelho e sua Cachaça Garranço em terra portuguesa

Marcela Malta, Clarinda Maria Guerra, Suely Calais e Pedro Henrique Calais Guerra

Fatima e Wander Coelho, Gustavo Coutinho, Marcia Márcia Nunes e Veronica Coutinho

Milton Pimentel, Wander Coelho, o chef. Ilmar de Jesus, Márcia e Antonio Damatta

Pedro Henrique Calais Guerra e Marcela Malta, dois belos jovens mineiros presentes em Lisboa

Ana Cristina e o Chef brasilero Ilmar de Jesus

Marcia Resende, Marcela Malta e Valdez Maranhão

No final da Feijoada o grupo de mineiros e portugueses comemora o sucesso de festa com espumante Miolo


16

Jornal Belo Horizonte, MG - Brasil • 1 a 30 de janeiro de 2017

Juntos há cinco décadas, Embratur e profissionais do am turismo do Brasil se dedic a preparar e a apresentar ar nosso país para proporcion momentos inesquecíveis. Que venham os próximos 50 anos de mais parcerias, asil mais resultados e mais Br o. recebendo o mundo inteir

visitbrasil.com


Jornal MGTURISMO - Edição 357 - Janeiro 2017