Issuu on Google+

JORNAL

MG TURISMO

Editor: Antônio Claret Guerra ANO XXVIII - Nº 312

BELO HORIZONTE, MG - BRASIL 15 de março a 15 de abril de 2013 www.mgturismo.com.br

O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais facebook.com/antonio.c.guerra.1

twitter.com/JornalMGTurismo

HOTEL OURO MINAS

Vice-governador e presidente da Assembleia participam da solenidade de 28 anos do JORNAL MG TURISMO Autoridades serão homenageadas por leis de apoio ao turismo

O vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho (PP), em nome do governador Antônio Anastasia (PSDB), presidirá a solenidade comemorativa dos 28 anos de circulação ininterrupta do JORNAL MG TURISMO, dia 13 de maio, no Hotel Ouro Minas, o principal “cinco” estrelas de Belo Horizonte. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), e o secretário de Turismo, Agostinho Patrus também estarão presentes. Na ocasião, serão entregues o XXIII Prêmio MG Turismo e o XVII Troféu Mulher influente. Os escolhidos para receber o prêmio foram indicados ao longo de 2012 por uma Comissão de Alto Nível, que indicou nomes que se destacaram em vários segmentos em Minas, no Brasil e no exterior. A Prefeitura de Belo Horizonte, através da Belotur (Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte) considera o evento como de potencial turístico pois fortalece o turismo na capital, valoriza a cultura mineira e promove momento de convivência e de networking entre personalidades,em-

FOTOS: DIVULGAÇÃO ABRAJET/MG

O vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, recebe, na Cidade Administrativa, o jornalista João Carlos Amaral, presidente da Abrajet-MG e Mestre de Cerimônias da solenidade, ocasião em que confirmou a sua honrosa presença. O diretor-geral do JORNAL MG TURISMO, jornalista Antônio Claret Guerra, no dia da audiência estava em Maceió(AL), participando da reunião do Conselho Nacional da Abrajet, do qual é membro. Claret Guerra enfatiza que a homenagem ao vice governador é devido ao seu empenho pessoal para a aprovação do Decreto 46.183, que autoriza o transporte rodoviário de receptivo intermunicipal e metropolitano, em automóvel, com grandes benefícios para os usuários do Aeroporto Internacional de Confins.

presários, instituições e autoridades. “Tem sido uma honra e uma grande satisfação para o JORNAL MG TURISMO colaborar no fortalecimento do trade turístico de Minas ao longo de 28 anos ininterruptos de circulação do mais tradicional jornal especializado em turismo do Estado, afirma o jornalista Antônio Claret Guerra, diretor-geral.

Ainda representando o diretor-geral Antônio Claret Guerra, o jornalista João Carlos Amaral foi recebido em audiência pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Dinis Pinheiro (PSDB). Na ocasião, o presidente recebeu ofício comunicando a sua indicação para receber o XXIII Prêmio MG TURISMO por uma série de ações que serão executadas pela Assembleia para divulgar e valorizar o patrimônio cultural de Minas. Exemplos são a Lei. 20.470 que institui o dia 18 de novembro como o Dia do Barroco Mineiro e o ano de 2014 como comemorativo do Bicentenário de Aleijadinho, artista reconhecido internacionalmente como um dos maiores expoentes da arte barroca. A lei tem origem no Projeto de Lei (PL) 3.396/12, de autoria do deputado Dinis Pinheiro. DIVULGAÇÃO ABRAJET/PB

A jovem e bela Primeira Dama do Estado da Paraíba, Pâmela Bório, recebe, no Palácio do Governo, em João Pessoa, o presidente da Abrajet-PB, Rogério Almeida, que é também correspondente do JORNAL MG TURISMO no Nordeste. Na ocasião, a muher do governador Ricardo Coutinho (PSB), que é jornalista, com atuação na TV Globo local, confirmou a sua presença em Belo Horizonte, para receber o XVII Troféu Mulher Influente

Na próxima edição, veja a relação dos agraciados


2

N

A C

I

O

Conselho Nacional da Abrajet se reúne em Maceió (AL) ANTÔNIO CLARET DE REZENDE, presidente da Abrajet-PR Especial para o JORNAL MG TURISMO Sob a presidência de Hélcio Estrella, o Conselho Nacional da ABRAJET-Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo esteve reunido em Maceió, Capital de Alagoas. O encontro, que reuniu profissionais especializados de mais de vinte Estados brasileiros, aconteceu no Radisson Hotel e foi coordenado pelo presidente da ABRAJET alagoana, Flávio Gomes de Barros. Foram discutidas na ocasião diferentes questões relativas à categoria e à entidade e definidas, também, data e tema do 30º Congresso Nacional da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo. O evento acontecerá de 20 a 23 de junho, em Palmas, Capital de Tocantins, e terá como tema “O Jornalismo de Turismo e o Desenvolvimento das Novas Fronteiras do Turismo Brasileiro”, e como subtemas “Turismo Rural”, “Midia Social” e “Descentralização dos Aeroportos”. No início dos trabalhos, Tariana Carvalho, superintendente do Maceió Convention & Visitors Bureau, apoiador do evento, deu as boas vindas aos jornalistas, falou sobre os esforços da Capital alagoana para atrair mais turistas e disse que a cidade a todos recebe de braços abertos. Também Flávio Barros saudou os colegas dos demais Estados, ressaltando a satisfação de receber os jornalistas de turismo, “dos quais Alagoas espera uma divulgação que mostre as belezas locais e a maneira acolhedora e amiga com que o Estado recebe os visitantes”. Houve, ainda, um minuto de silêncio em razão do fa-

N A

L

FOTOS DIVULGAÇÃO/ABRAJET

O governador de Alagoas, Teotônio Vilela (PSDB), com os representantes de Minas Gerais, Sérgio Moreira, Suely Calais e Antônio Claret Guerra, durante jantar no Palácio do Governo

lecimento dos abrajeteanos Wilson Müller, do Rio Grande do Sul, e José de Anchieta Corrêa, de Rondônia, ambos há muitos anos na entidade. Sobre eles, reportando-se a crônica que escreveu, historiando a trajetória da ABRAJET nacional, falou Carlos Casaes, presidente da Seccional baiana. O governador Teotônio Vilela recebeu os jornalistas

as mais belas praias do Brasil”, além de muitas riquezas históricas. Além do Governador, presentes também o Chefe do Gabinete Civil, Álvaro Machado, a secretária de Turismo Danielle Novis, o superintendente do SEBRAE/AL e empresários do setor. Ainda no local, os profissionais especializados puderam conhecer as diversas

Os presidente nacional Hélcio Estrela e Flávio Gomes de Barros (Alagoas)

para o jantar no salão nobre do Palácio Marechal Floriano Peixoto, centenária sede da administração estadual, hoje transformado em museu histórico. Ele saudou a todos, agradecendo a visita, falando da política de valorização do turismo no Estado e ressaltando as belezas e os atrativos de Alagoas, “que tem

dependências do Palácio, uma construção do início do Século XX, onde estão telas de artistas alagoanos, móveis clássicos, pratarias e alguns memorais, como os do escritor Ledo Ivo e do dicionarista Aurélio Buarque de Holanda, “imortais” da Academia Brasileira de Letras, cujas obras todo o Brasil conhece.

Presidentes estaduais e diretores da Abrajet no jantar de encerramento, no Hotel Maceió Atlantic

BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

PONTO DE VISTA Notas sociais e festivas

S E R G I O

N E V E S

* Um mega-evento duplo, conhecido e consagrado dentro e fora de Minas e até além do Brasil já se avizinha. Será um festivo e formidável acontecimento já marcado para a noite de 13 de maio nos amplos salões do Ouro Minas Palace Hotel, único cinco estrelas da metrópole mineira. Reunindo num duplo evento tanto aqueles que serão agraciados com o trofeu "MG Turismo", quanto as que se verão premiadas com o Trofeu "Muilher Influente". Com a presença de altas autoridades do mundo oficial e incontaveis lideranças do universo empresarial.Tudo sob o correto e competente comando de Antônio Claret e Suely Calais, respectivamente presidente e diretora deste tradicional e turístico jornal.

* O forte e bem-sucedido empresário Maurício Lapertosa e sua elegante esposa Cristina casaram sua bela e jovem filha Luiza com João Lucas, profissional de sucesso. A inigualável festança fez tremer o amplo "Águas do Treme" com saborosos e sofisticados líquidos inundando copos e taças. Segundo os felizes convidados, a noiva estava belíssima, o noivo elegantérrimo e os pais e pares perfeitos. O serviço alimentar completo atendeu fartamente a todos e a programação musical foi das mais ricas e variadas, indo dos Djs aos sertanejos, respeitando os rítmos da moda. E de quando em vez, algo suave, harmônico e melodioso nas horas e momentos próprios para tal. Enfim um espetacular e sofisticado evento matrimonial, com eficaz e rigoroso cerimonial.Totalmente impossibilitado de comparecer por pesados motivos de força maior pedi liçença, como exige a boa educação, para me fazer representar por minha filha Vanessa e seu noivo Igor, ambos advogados. Jovem dupla que cumpriu bem sua agradável e prazerosa missão deixando-me contudo roido e corroido por uma compreensível inveja...

* Após inevitável interrupção, a "Gazeta do Turismo" está voltando a promover a versão internacional de sua consagrada premiação "Catavento de Prata" que existe há 35 anos e com o qual tive a honra de me ver agraciado com uma versão especial, no Dia Internacional do Turismo, em Salvador, boa terra do Senhor do Bonfim. O relevante evento, que já havia sido realizado com êxito em 2004 e 2005 em terras lusitanas será a "Noite de Gala do Turismo Luso-Brasileiro" se estendendo de 3 a 9 de maio. Incluirá também um farto e variado Festival Gastronômico servindo aos lisboetas as conhecidas e consagradas delícias da cozinha bahiana. Dentre os vários apoiadores estão a Sata, companhia aéra portuguesa dos Açores, e o Senac-Bahia. Marina Viana Almeida, Pedro Lisboa, Rui Cordeiro, Pedro Ribeiro, Marco Silva e João Luis Cogumbreiro se colocam entre as rpersonalidades de destaque que ajudaram a tornar viável tal promoção. Benéfíca e relevante tanto para Lisboa e Salvador, quanto para Portugal e para o Brasil. Em mais uma feliz iniciativa do incansável Carlos Casaes, bom bahiano cosmopolita e internacional.

Semana Santa

Estas mal traçadas linhas foram rabiscadas em plena sextafeira santa.Santa e protegida pelas pias rezas de dois Papas e pelas contritas orações de mais de um bilhão e duzentos mil fieis da Santa Madre Igreja Católica. Sexta-feira que, mesmo amparada por tais e por tantas piedosas preces, não se distanciou dos dramas e das tragédias da desumana tradição humana. Mostrando-se plena de mortes nas desastrosas rodovias brasileiras e repleta de assassinatos registrados pela mídia tradicional e pelas redes sociais. Exibindo cruéis atentados a bomba quase sempre suicidas, aqui e ali, lá e acolá, e como se tudo isto fosse pouco, ainda com a ameaçadora e ditatorial Coréia do Norte ameaçando invadir e destruir a Coréia do Sul e destroçar nuclearmente os Estados Unidos com seu arsenal atômico e mísseis de longo alcance. O que lembra o antigo filme "O Rato que Ruge", no qual um pequenino país fraco e falido declara guerra aos norte americanos para perder, serem ocupados e saírem da pobreza. Incrível plano que somente falha porque os "ratenses" ganham e enxovalham a economia estadunidense que, aliás, não anda muito bem das pernas, faz tempo. Formulada tal referência cinematográfica apenas para aliviar, resta-nos desejar sextas-feiras e semanas santas mais voltadas para o bem de todos sob a divina proteção do Todo Poderoso, criador do céu e da terra e de tudo mais, sem nenhuma exceção.

sergioneves@globo.com


3 CÉU DE BRIGADEIRO

BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

ANTÔNIO CLARET GUERRA

Skal BH

O Skal BH reunu os associados durante enc o n t r o n o t r a d i c i o n a l Re s t a u r a n t e X i c o d a Kafu, para desfrutarem da deliciosa comida mineira. O anfitrião Murai Caetano recebeu as presidente Silvânia Capanema e os diretores Antonio da Matta, José Mauricio Miranda G o m e s , C a r l o s D i a s , S a u l o F r o e s , Re n a t o Souza, Nino Bellini, Antonio de Pádua, Marcos Pr o t a , Re i n a l d o F l e m i n g , Vi c e n t e Pr a d o e m a i s e 20 associados. Destaque para a presença da ala jovem, os filhos de ex-presidentes do Skal S a u l o J r. ( L o k a m i g ) e R o b e r t o R i b e i r o ( L o c a mil) e também dos veteranos André Biagioni (Viagens Master), Bruno Heleno (Othon), Célio Ru b e n s ( Pi e m o n t e H o t e l ) . E n t r e o s c o n v i d a dos, a ex-deputada federal Maria Elvira, sempre prestigiando o turismo mineiro.

Homenagem

FOTO DIVULGAÇÃO

Por ocasião do Salão Mineiro do Turismo e Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), a Federação dos Conventions de Minas Gerais, dirigida por Paulo Boechat , e o Belo Horizonte Convention &Visitors Bureau promoveram homenagem aos secretários de Turismo de Minas, Agostinho Patrus, e do Rio de Janeiro, Ronald Azaro. Na ocasião, houve jantar especial no restaurante Saatore do grupo Arco Hotéis, comandado pelo Vice-Presidente do BHCVB, Rodrigo Mangerotti. Eles aparecem na foto.

Niagara Flat

LUANA BASTOS/PRIMEIRO PLANO COMUNICAÇÃO

Daniel Baeta, Isabella Senna, Paulo Paiva, Amanda Dalsecco, Simonal Dias e Izabela Ribeiro, por ocasião da apresentação do espaço de eventos do Niágara Flat, em Belo Horizonte

Saulo Fróes, Roberto Ribeiro, Bueno do Prado, Renato Souza, Saulo Fróes Jr.

Em Lagoa Santa, Hotel Ramada Airport é destaque claret.mgturismo@uol.com.br

Colaboradores do hotel Ramada Airport Lagoa Santa participaram de um encontro de capacitação. O objetivo foi aprimorar a técnica dos serviços prestados aos clientes visando a excelência e a melhoria da qualidade dos mesmos. Entre as atividades desenvolvidas, foi ministrada uma palestra pelo administrador, especialista em Psicologia, especialista em Energética do psiquismo e consultor em Planejamento estratégico, Louis Burlamaqui, com o tema Simplicidade nos Negócios. “O essencial foi mostrar para os colaboradores que a sensação que o hóspede tem em relação ao hotel e ao atendimento prestado é fundamental. Por isso é necessário que eles possam desenvolver suas habilidades e progressivamente o seu potencial visando um futuro sustentável, lucrativo e harmônico para todos”, disse. De acordo com a CEO da Vert Hotéis e representante da bandeira Ramada no Brasil, Érica Drumond, o importante é fazer de fato o que é essencial para o bom funcionamento do Hotel e para fidelizar hospedes e clientes, ou seja, seguir os manuais, processos e procedimentos. “Quando pessoas e organizações estão alinhadas aos seus propósitos reais de existência, criam uma fluidez construtiva geradora de prosperidade”, disse.

Para Isabela Marques, coordenadora do setor de eventos do Ramada Airport, por meio da capacitação foi possível ter uma

visão mais estratégica sobre todo o funcionamento do hotel percebendo, por exemplo, como as atividades do setor de eventos

afetam as outras áreas do hotel e o que é essencial para o seu bom funcionamento. “A sinergia de todas as áreas do hotel é es-

sencial para que o nosso cliente saia e tenha a melhor sensação possível”, afirmou.


4

N

A C

I O

N

Maceió (Alagoas) Um destino onde o mar faz a diferença

ANTÔNIO CLARET DE REZENDE, presidente da Abrajet-PR Especial para o JORNAL MG TURISMO

Verde-esmeralda ou azulturquesa – assim é o mar no Litoral alagoano, onde as águas sempre mornas ora se apresentam agitadas, propícias a atividades esportivas, ora tranquilas, formando verdadeiras piscinas naturais. Essa mesma condição é encontrada também em outros Municipios, de Sul a Norte da Costa do pequeno Estado de Alagoas. Maceió é, sem dúvida, uma das mais ensolaradas Capitais do Nordeste, também uma das que recebe maior número de turistas, do Brasil e do Exterior.A cidade é um misto de beleza natural, tradição cultural e modernidade. Caminhar pela orla marítima é bom para os olhos, pelo cenário que se vai descortinando, além da oportunidade de sentir a brisa do mar, admirar os coqueiros, apreciar o movimento das jangadas e encontrar gente bonita e educada. No calçadão, com sua ciclovia, que deixa os pedestres a salvo de incômodos, encontram-se ainda dezenas de barracas e botecos ou tapiocarias. Pode-se também fazer compras nas feiras de artesanato. Nesses locais o que mais se ouve é a diversidade de sotaques, das diversas regiões brasileiras, ou de línguas – do inglês ao japonês, passando pelo italiano, francês,espanhol etc.. Praias de Guaxuma, Jacarecica, Cruz das Almas, Jatiuca, Ponta Verde, Pajuçara e Ponta da Barra são as mais badaladas e onde se concentram os principais hotéis, restaurantes e bares.

Infra-estrutura A Capital alagoana conta com boa infra-estrutura para atender turistas, eventos técnicos ou quaisquer outros. A rede hoteleira é ampla e de boa qualidade, proporcionando uma estada confortável e tranquila aos hóspedes, por preços que não fogem ao normal. Bons restaurantes atendem os visitantes, oferecendo todo tipo de alimentação – da regional típica à internacional, com predominância dos frutos do mar. A cidade conta com o Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares (uma das poucas queixas é o reduzido número de vôos, o que

encarece as passagens), e com moderno e bem equipado Centro Cultural. Atrativos culturais

A

de Nossa Senhora Mãe do Povo (1888), Catedral Teatro Célio Leite, do Centro Cultural e de Exposições Antiga sede do Governo alagoano,

L

BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

NA BAGAGEM DO NORDESTE Rogério Almeida (João Pessoa-PB)

Pâmela Bório

A Primeira Dama da Paraíba, Pâmela Bório recebeu deste jornalista o convite para ser homenageada no XVII Troféu Mulher Influente, dia 23 de maio no Ouro Minas Hotel, em Belo Horizonte. Sentindo-se lisonjeada, Pâmela agradeceu o convite e confirmou presença no evento. Na formalização do convite tivemos as presenças do governador Ricardo Coutinho, ocolunista Ricardo Castro, como padrinho, e este jornalista com a esposa Yluska.

Canáriu’s de Gravatá

Com as presenças do Prefeito de Gravatá (PE) Bruno Martiniano, do Secretário de Turismo de Pernambuco Alberto Feitosa, do Secretário de Turismo de Gravatá Fernando Resende, do Presidente da ABIH-PE Eduardo Cavalcanti, foi inaugurado o Canariu´s Gravatá. Trata-se do maior empreendimento hoteleiro do interior de Pernambuco. Ruy, Gabriela e Annette Dias foram os anfitriões reunindo jornalistas especialmente convidados de Alagoas, Paraíba e Pernambuco. O hotel possui 222 apartamentos num investimento final de R$ 28 milhões trazendo luxo e lazer para o Agreste de Pernambuco. Com as presenças do Prefeito de Gravatá (PE) Bruno Martiniano, do Secretário de Turismo de Pernambuco Alberto Feitosa, do Secretário de Turismo de Gravatá Fernando Resende, do Presidente da ABIH-PE Eduardo Cavalcanti, Tatiana Alheiros Diniz gestora de captação de eventos do Recife Convention Bureau, imprensa e convidados, Ruy, Gabriela e Annette Dias inauguraram nesta quinta (14) o Canariu´s de Gravatá no Agreste de Pernambuco. Antes da inauguração a imprensa e convidados puderam realizar um site inspection no empreendimento. Na coletiva de imprensa que reuniu jornalistas especialmente convidados de Alagoas, Paraíba e Pernambuco foram prestadas todas as informações sobre este que é o maior hotel do interior de Pernambuco.Gabriela Dias também estará em Belo Horizonte para a solenidade do XXIII Prêmio MG Turismo.

Cruz das Almas

Ponta Verde

Jatiuca

Entre os atrativos culturais, museus como o Palácio Floriano Peixoto (antiga sede do Governo, com o Memorial Lêdo Ivo e o Memorial Aurélio Buarque de Holanda), de Arte Pierre Chalita, Instituto Histórico e Geográfico, Memorial Pontes de Miranda da Justiça do Trabalho, Museu dos Esportes, Casa Jorge de Lima, Museu Theo Brandão, Casa do Patrimônio, Museu da História Natural, Ecomuseu Graciliano Ramos, Museu da Imagem e do Som, Museu do Comércio e da Tecnologia, Fundação Theotônio Vilela, Casa da Arte, Museu da II Guerra Mundial, Memorial à República. Há ainda belas e centenárias igrejas, como a

Gabriela Dias (diretora administrativa da Rede Canariu´s)

o Palácio Floriano Peixoto iluminado à noite 7 Metropolitana (1859), Igreja do Rosário (1853), Bom Jesus dos Martírios, de Nossa Senhora do Livramento (1883).

Distâncias Maceió fica a 3 horas de vôo deSão Paulo e a 2 horas e 10 minutos de Brasília. Está a 1.050 km de Fortaleza,510 km de Natal, 390 km de João Pessoa. 260 km de Recife, 290 km deAracaju, 620 km de Salvador e 2.013 km de Brasília. Tanto em direção ao Norte como ao Sul do País, a Capital de Alagoas é bem servida por rodovias federais.

Operadora Surland

A operadora de turismo paraibana G7 de João Jr convidou a Surland, da Espanha que enviou os executivos Tomás Navarette e Manuel Fernandes para apresentação dos roteiros na Europa, Extremo Oriente e outras culturas e Espanha e Portugal com classe aos agentes de viagem da PB. Na ocasião Luiz Fernando Destro, representante no Brasil do CzechTourism, da República Tcheca fez uma apresentação sobre este belo país destacando a bela capital Praga.

Tomás Navarette e Manuel Fernandes (Surland)

rogerioalmeidatur@gmail.com


VOO PANORÂMICO

BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

Gente notícia

Sônia Medeiros (Nobile Hotéis BeachEDIRClass) FERNADES

Mateus Naranjo, 1o. lugar no Cachaça Gourmet, com o Coquetel Fest

5

S U E LY C A L A I S

Brigadeiromania

Brigadeiro só existe no Brasil. É uma instituição nacional, assim como o futebol, a caipirinha e o carnaval. O doce ficou conhecido em 1.945, durante a campanha do Brigadeiro Eduardo Gomes à Presidência da República. O docinho de chocolate até então quase anônimo, era apresentado nas festas de campanha do político como o preferido "do brigadeiro". O slogan da campanha era "Vote no brigadeiro, que é bonito e é solteiro." Eduardo Gomes perdeu as eleições, mas deixou sua patente no doce, que passou a ser chamado de brigadeiro. A receita original era feita à base de ovos, leite condensado, manteiga e chocolate. Com o passar dos anos, foi sendo modificada e o docinho que antes era bem visto apenas nas festas infantis, passou a ganhar uma nova roupagem, mais sofisticada, conseguindo acesso às festas mais requintadas. O brigadeiro gourmet é uma reinvenção do brigadeiro clássico que leva só os melhores ingredientes. Em vez de achocolatado, um bom chocolate. No lugar da margarina entra a manteiga, que é rica em leite e tem sabor incomparável. Para ter sobrenome gourmet, o brigadeiro também deve ter uma boa apresentação, que permita a ele circular com desenvoltura em qualquer ambiente. O brigadeiro estará nas mesas do coquetel de comemoração dos 28 anos do JORNAL MG TURISMO, dia 13 de maio, no Hotel Ouro Minas.

PSB Mulher

Maria Elvira Salles Ferreira toma posse na presidência do PSB Mulher, sob as vistas do prefeito Márcio Lacerda e do secretário do partido em Minas, Mário Assad Filho

Na Mata Café

O presidente da Abrasel-MG, Fernando Jr., com a cantora Negra Li e Felipe Santiago em evento no Na Mata Café

s u e l y. m g t u r i s m o @ u o l. co m . b r


BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

M

I

N

A

S

G

E

R

A

I

6

S

Transporte rodoviário turístico receptivo em automóvel é autorizado em Minas Gerais, atendendo pedido do setor

O vice-governador Alberto Pinto Coelho partiicpou, no Minascentro, em Belo Horizonte, do 5º Salão Mineiro de Turismo, onde está sendo realizado também 1º Salão da Gastronomia e o 7º Salão de Turismo da Associação Brasileira de Agências de Viagem (ABAV Minas). Participam do encontro 45 circuitos turísticos mineiros, representando aproximadamente 400 municípios mineiros. Durante seu discurso, Alberto Pinto Coelho destacou a publicação do Decreto nº 46.183 que autoriza e disciplina o transporte rodoviário turístico de receptivo intermunicipal e metropolitano, em automóvel. De acordo com o texto, este tipo de transporte somente poderá ser feito mediante autorização especial do DER- Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais. “Este Decreto é um anseio antigo do setor para que o turismo possa se desenvolver ainda mais no nosso estado. Esta modalidade de transporte já é legalizada em outras capitais e em outros estados. O turismo é uma atividade que tem os maiores índices de crescimento e com grande potencial econômico, e devemos apoiar todas as políticas públicas neste sentido”, ressaltou o vice-governador. De acordo com o secretário de estado de Turismo de Minas Gerais,

FOTO: RENATO COBUCCI

artesanato, gastronomia, cultura e negócios. Pela primeira vez realizado o 1º Salão da Gastronomia Mineira, com 13 chefs mineiros que representaram o estado no Madrid Fusión, conhecido como Oscar da Gastronomia, realizado em janeiro deste ano. Os chefs replicaram, através de apresentações, a participação do estado no evento internacional. Também aconteceu no Minascentro, o 7º Salão do Turismo da ABAV Minas. Trata-se da maior feira de comercialização de destinos turísticos do país, além de ser um importante laboratório de inovações e um fórum de tendências do turismo nacional. Parque da Gameleira

Abertura do Salão Mineiro de Turismo, em primeiro plano o vice-governador Alberto Pinto Coelho

Agostinho Patrus, o Decreto amplia o leque de opções e impulsiona o turismo em nosso estado. “Os passageiros que chegarem agora no Aeroporto Internacional Tancredo Neves e que fizerem a reserva com antecedência superior a doze horas poderão ter carros executivos com motoristas para buscá-los e leválos até ao aeroporto. Anteriormente este transporte só

poderia ser feito de vans e ônibus. Estamos oferecendo mais uma opção de transporte ao turista que vier a Minas”, destacou Agostinho Patrus. Durante o encontro, que concentra em um só espaço, as principais agências de viagem do país, além das maiores companhias áreas e empresas que compõem a cadeia de turismo, o visitante teve a oportunidade de conhecer mais sobre segmentos como

Alberto Pinto Coelho também destacou a importância da construção do novo Centro de Convenções que vai ainda integrar e modernizar o Parque da Gameleira. “Faremos a consulta pública e, em breve, esperamos publicar o edital de contratação na modalidade de parceria público privada, para que seja iniciado no mais curto espaço de tempo uma obra de grande importância para acolher as convenções de maior porte e potencializar a vocação natural de Belo Horizonte para o turismo de negócios”, concluiu o vice-governador.

R E C E P T I V O S

Pátio Brasil Shopping - Sala 917 Brasília – DF Tel: (61) 3226.6224 – 3226.6035 Fax. (61) 3321.2240 estheza@prestheza.com.br www.prestheza.com.br

Serviços de excelência em receptivo Transfers, City Tours, locação de veículos executivos com motorista, vans, ônibus e logística de transporte para eventos, reservas de hotéis em Brasília, visitas a Pirenópolis e Chapada dos Veadeiros

Oferecemos aos nossos clientes serviços de transporte exclusivo com frota própria de micro-ônibus, vans e veículos executivos. Atendemos rapidamente todas as suas exigências em transporte Rua da Assembléia, 93, sala 1601- Centro – RJ Tel:(21) 2533-80492533-8059 (21) 9942-2436 www.rltur.com.br


7

I

N

T

E

R

N

A C

I

O

N

A

L

BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

ARMÁRIO DE LETRAS

Clubedehoteis.com é lançado em São Paulo

Foi lançado a nova OTA (Online Travel Agency) clubedehoteis.com. A coletiva de lançamento aconteceu no Pergamon Hotel, em São Paulo, com a presença de jornalistas de grandes veículos da imprensa, destinados ao grande público, como também do setor de turismo e ho-

mentos: uma agência de reservas online que concentra os melhores hotéis do Brasil com os melhores preços, com uma equipe de aproximadamente 40 pessoas especializadas e pronta para atender todas as necessidades reais do consumidor. “Nós somos uma empresa virtual com pessoas

A parceria do Clube com a Associação Brasileira de Indústria de Hotéis foi um dos primeiros tópicos apresentados para exemplificar a preocupação com a qualidade do produto que será oferecido ao viajante. Enrico Fermi Torquato Fontes, presidente da associação falou brevemente

parceria sólida com um projeto que tem um futuro muito promissor pela frente”. Francisco Dalmario, diretor geral do Hotel Pergamon e um dos investidores, também falou de sua satisfação de estar envolvido em um projeto como esse: “Estou muito feliz e emocionado em ver FOTO DIVULGAÇÃO

Nas 33 crônicas que compõem o livro, o autor verbaliza com maestria a sua experiência de ser e estar no mundo e no tempo por meio da prosa poética, construída por imagens, lugares da memória, objetivos biográficos e humildade. O livro nos proporciona a visão desnorteada de um menino-adulto que, ao falar e escrever sobre a morte, constrói castelos e pontes de areia.

Da esquerda para a direita, Fabiano Fernandes, Costa do Sauipe, William Carvalho, Vila Galé, Fabiana Sbarrae, Costão do Santinho, Mariana Luchesi, Costão do Santinho, Philippe Godefroit, Hotel Gran Marquise, Toni Sando, SC&VB, Ivonete Bombo, Clube de Hotéis.Com, Enrico Fermi, ABIH e Francisco Dalmario, Pergamon Hotel

teleiros convidados. Através da diretora executiva do clubedehoteis.com, Ivonete Bombo, foi apresentado o resultado de dois anos de estudos e pesquisas e mais de R$ 1,5 milhão em investi-

reais por trás, empenhadas em ajudar o consumidor a encontrar o que ele realmente precisa e no valor que deseja, tanto antes como depois da sua viagem” declarou Ivonete.

Deu no Twitter

Ministério Turismo Conta verificada @MTurismo Desenvolver o turismo como uma atividade econômica sustentável, com papel relevante na geração de empregos e divisas, proporcionando a inclusão social.

Turismominasgerais @turismo_mg 4 h Hospedagem para o Congresso Mundial de Universidades Católicas em Belo Horizonte. Mais informações. http://migre.me/dYBd7

sobre a importância deste lançamento “A adesão do clubedehoteis.com com a ABIH garante a qualidade de nossos associados, e com certeza se tornará um canal de referência no setor. Esta será uma

mais um projeto, que é como um filho pra gente, nascer. Tenho certeza que os hoteleiros farão sua parte e cada vez mais teremos novas parcerias para nos consolidarmos no mercado.” Psicose Ambientalista desvenda farsas criadas pelos ambientalistas radicais e pelos ecoterroristas. Você sabia que não existe comprovação cientifica de que o aquecimento global é criado pelo homem? Você sabia que o CO2 – que para os “ambientalistas” é o responsável pelo aumento da temperatura média do ar e dos oceanos – é benéfico para o homem e para o animal? E tem muito mais! O que está por trás dos estrategistas verdes? Quais suas intenções e porque divulgam essas mentiras?

Vem aí a 10ª edição do Minastchê, uma feira de produtos e serviços gaúchos em BH. Mais informações. http://www.minastche.com.br

“O livro mostra que não há limites para o ser humano e o imponderável predomina nas relações humanas”, avalia o autor: “Uma pessoa nem sempre tem ideia de sua força e, para conhecê-la, tem que estar atenta e agir como um guerreiro, pois, no dia a dia, sempre enfrentará ‘demônios’, sejam na forma de pessoas, animais, uma árvore, ou mesmo um peregrino”.


8

O

Antonio Anastasia: dois anos de governo

P

I

N

Ozório Couto*

Devemos levar em conta, pelo nível político e administrativo em que se encontra o país, que o governador Antonio Augusto JunhoAnastasia completou, com sucesso, dois anos de governo, fora o período em que substituiu o ex-governador Aécio Neves, que se desincompatibilizou para concorrer ao Senado. É o primeiro governo, depois de duas gestões da mais alta importância de Aécio — pois Anastasia foi o principal mentor da modernidade e do avanço do hoje senador — que, podemos assim dizer, está deixando a marca histórica em Minas Gerais e no Brasil de uma administração inovadora, e sobre tudo, enxuta, em relação a muitas outras deque se tem conhecimento. O sucesso, tanto no setor administrativo quanto na política estadual, mostra o elegante desempenho do governo, comandado pela experiência do professor de Direito Administrativo, e agora competente político, que é o governador Anastasia. Podem dizer o que quiserem, alguns até usarem do “jussperniandi”, de oposição ou não; o certo é que Sua Excelência conseguiu o título, a exemplo de Aécio, de melhor governador do Brasil. E isso deixa Minas Gerais à frente do cenário político nacional, pressionando o debate, as ações e sendo copiado em muitos exemplos. Na atual conjuntura é muito difícil manter o estado com políticos fichalimpa, ainda mais quando se têm parcerias das mais diversas e o complexo jogo do tabuleiro político estadual e nacional impedem implantar mais homogenia.As conquistas políticas em 2012 foram excepcionais: 80% dos prefeitos da base aliada do Palácio Tiradentes/Liberdade conquistaram o poder, inclusive o prefeito reeleito Márcio Lacerda, de Belo Horizonte, um dos maiores colégios eleitorais do país. No quesito segurança, que é dor de cabeça para os governantes em todos os níveis, Minas teve o privilégio de inaugurar a primeira penitenciária com gestão público-privada (o sistema já é sucesso em países de primeiro mundo) do Brasil, em avançadainiciativa do governador Antonio Anastasia, inovando a situação estratégica. As penitenciárias brasileiras em geral não são bem geridas pelo Estado e não apresentam nenhuma novidade para a recuperação social. E o pior, delas os presos insolentes e perigosos comandam o seu mundo criminoso,ficando o povo e os governos como os verdadeiros marginalizados. Um dos pontos mais positivos do atual governo foi em relação à crise da economia que afetou o mundo. Com a exportação mineira do minério de ferro comprometida, principalmente por causa da retração chinesa, pois tivemos menos espaço, o governo exportou menos insumos, diminuindo as divisas. O governador, atento ao cenário, buscou mudar o perfil econômico do estado, atraindo empresas de tecnologia, criando a cidade-aeroporto; Minas deixará de ser também apenas um exportador de minério. O governador igualmente se consolida na luta, no cenário nacional, pelo aumento do minério arrancado de nossas terras. Segundo o Exporta Minas, em 2004 produzimos 190.514 milhões de toneladas, 72,7% do total brasileiro, que é de 262.029 milhões. Ainda podemos citar que a menor taxa de desemprego do país, segundo o Dieese, é a da região metropolitana da capital; que o projeto Trem, para a implantação de malha ferroviária de passageiros, também na região metropolitana, deverá ser partilhado e executado por Parceria Público-Privada. Outro fator superpositivo, público e notório, é que em 2012 o governo mineiro fechou o caixa com R$ 2 bilhões para realizar investimentos este ano. Só aí já está uma grande conquista, fora o que ainda o estado pode contratar. Ainda tivemos, no esporte, as inaugurações dos estádios do Independência e do Mineirão, este, um grande exemplo de engenharia. Sem dúvida, Minas Gerais merece todos os aplausos do Brasil, pois os mineiros já o fazem há muito tempo. O governador Anastasia, pela sua competência, seriedade e disciplina, diante do conturbado quadro econômico mundial e da incompatível política que se pratica em nível nacional, pela continuada e moderna administração que a cada dia inova mais, é o detentor legítimo desses aplausos, com que o devemos, com honra de mineiros, reverenciar. *Escritor, historiador, membro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais e da Adademia de Letras João Guimarães Rosa

O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais

Fundado em 22/10/1986

Endereço: Av. Cristóvão Colombo, 519 sl. 102

Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil. CEP: 30140-140 Telefones: 3282-2666/3055-3577 www.mgturismo.com.br

DIRETOR-GERAL E EDITOR Antônio Claret Guerra Jornalista MG 02142/JP

DIRETORA DE EXPANSÃO Suely Calais Guerra suely.mgturismo@uol.com.br

CONSELHO EDITORIAL EM CONSTITUIÇÃO

CONSELHO CONSULTIVO EM CONSTITUIÇÃO

Gerente-Geral Rafael Lobato

I Ã O

Mobilidade e o futuro das metrópoles

BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

José Aparecido Ribeiro*

Muito bom o artigo do presidente da Assembleia Legislativa de MG, deputado estadual Diniz Pinheiro (PSDB), sobre mobilidade urbana. Suas ponderações trazem conhecimento de causa e consciência de que não podemos mais esperar pelas ações Federais que não chegam a tempo de evitar o colapso do sistema de trânsito e transporte da região metropolitana, com impactos imprevisíveis e graves em Belo Horizonte. Ao abrir um Fórum permanente de debates e estudos, a ALMG dá um passo importante, pois é sabido que as prefeituras que compõem a Região Metropolitana, com destaque para as 13 cidades que estão ao redor de BH, não tem recursos para fazer as obras que são necessárias para melhorar a fluidez entre elas e a Metrópole. Belo Horizonte hoje precisa de mais de 150 obras para eliminar gargalos e sozinha, não dará conta de resolver o problema. A capital é porta de entrada do Estado e precisa estar preparada para receber quem chega a turismo ou quem vem para fincar raízes e trazer investimentos. Mobilidade hoje é fator decisivo para escolha de locais para investimentos. Ninguém mais quer viver em uma cidade onde não há fluidez no transito ou não tenha transporte publico de boa qualidade. Os modais escolhidos pela PBH para enfrentar o problema não são suficientes e terão que ser complementados. Com efeito, a cidade comporta pelo menos 3 linhas de Monotrilhos, a exemplo de São Paulo. O VLT é ideal para a região da Pampulha e para as partes baixas da Região Leste. Fica cada vez mais claro a necessidade de desenvolvimento de um novo modelo de carrocerias de ônibus adaptadas ao nosso clima e a topografia acidentada de BH, que é única no Brasil. Os ônibus, é importante que se diga, não sairão de cena, ao contrário, terão papel fundamental na integração destes vários modais. Metrô, BRT, Monotrilho e VLT. Metro, todo mundo sabe, se sair do papel, levará muito tempo. Um tempo que não temos para evitar o colapso que já é realidade. Portanto, além do BRT, o modal Monotrilho, em se tratando de transporte intermunicipal é a melhor opção para BH, Contagem, Betim, Vespasiano e Lagoa Santa. Tomara que a ALMG consiga vencer os entraves políticos e as forças ocultas, para que o quanto antes as obras que poderão melhorar a vida de quem se desloca destas regiões, ocorram. Parabéns Deputado Diniz Pinheiro pela lucidez revelada em seu artigo.

*Consultor em Mobilidade e Assuntos Urbanos, Presidente do Conselho Empresarial de Política Urbana, Fundador do Movimento SOS Mobilidade Urbana

Painel do Leitor Ao c h e ga r d e u m a lon ga vi a ge m d e fé ri a s, t i ve o p ra zer de tomar conhecimento da carta que me foi enviada, comunicando a indicação do meu nome, e o da m i n h a I n st i t u i ç ã o, p a ra re c e b e re m a H om e n a ge m Especial, durante o XXIII PRÊMIO MG TURISMO, em 13 de m a i o, n o Ou ro M i n a s Pa la c e H ot e l. Ao a gra d e c e r a i n d i c a ç ã o, re ssa lt o a i m p ort â n c i a d o e ve n t o e a h on ra q u e si n t o e m se r d i st i n gu i d o p or u m ve í c u lo d e c om u n i c a ç ã o c om o o JOR N AL M G TU R I SM O, d e e le va d a c re d i b i li d a d e n a soc i e d a d e m i n e i ra e b ra si le i ra , e q u e se d e st a c a t a m b é m p e la e q u i p e d e a lt o nível técnico que possui,muito bem liderada pelo jorn a li st a An t ôn i o C la re t G u e rra . Va l s e n i B ra g a Diretor-Geral do Sistema Batista Mineiro de Educação Belo Horizonte-MG Agradeço a mensagem e a generosidades das palavras, certamente imerecidas, a mim dirigidas pela direçãoge ra l d o JOR N AL M G TU R I SM O. Re gi st ro m i n h a sa t i sfa ç ã o e h on ra e m p od e r re c e b e r a mais importante honraria do turismo mineiro dia 13 de maio, cuja confirmação de presença faço neste m om e n t o. João Luiz dos Santos Moreira Presidente da CBC&VB-Confederação Brasileira de Convention e Visitors Burea Brasília-DF


BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

O

Editorial

O PAPA DO POVO

Um Papa sem pose e sem pompa. Simples e complexo. Diferente e divergente, conquistando toda gente. Avesso ao luxo e a luxuria. E entronizado recusando o trono. Cardeal ao posto de Sumo Pontífice, o posto de Pedro, o santo pescador, pedra fundamental da Santa Igreja Católica Apostólica Romana. Romana, mundial e universal. Papa que optou pelo admirável nome de Francisco, São Francisco, o santo dos santos. E que assume, amparado por sua fé, num momento no qual o cristianismo se divide e se subdivide em crises internas e externas, que se estendem da corrupção à pedofilia, sem dó, nem piedade. Com a Cúria contrariando Cristo. Crises duplas, dobradas e persistentes que exigiram, pela primeira vez, dois Papas, ambos sugeridos em concorridos conclaves pelo próprio Espírito Santo.Bento XVI e Francisco, até agora primeiro e único. Um agora emérito, ambos por reconhecido e consagrado mérito. Cansado, magoado e decepcionado com os pesados e robustos desacertos investigados e definitivamente apurados por sua ordem, fime e forte, Bento afastouse, abrindo as portas do Vaticano e de todo o poder pontifício para Francisco, menos idoso e mais saudável. E passou a servir à sua Igreja orando e pensando, lendo e escrevendo. Esses dois santos padres já se telefonaram e já se reuniram em busca de melhores caminhos para a recondução da Igreja às suas trilhas naturais, sagradas e consagradas. Tudo para que uma bela história de mais de dois mil anos não se esfacele, nem se desgaste nas tramas dos novos tempos. Do novo Francisco, que pela simplicidade já se aproxima daquele cujo nome escolheu, aguarda-se a inovação e se espera a renovação, sem renúncia aos preceitos basilares do Evangelho Cristão. Dele se esperam apenas a compreensão e flexibilização adequadas e compatíveis aos cânones cristãos do ecumenismo e da agitada modernidade, sem o abandono dos dogmas da fé terna, eterna e permanente. Que assim seja e que os anjos, querubins e serafins digam amém. Francisco, permitam-nos chamá-lo assim, estará no nosso Brasil, maior nação católica do mundo, para prestigiar com sua incontestável autoridade e reconhecido carisma a Jornada da Juventude Cristã e, aproveitando o feliz ensejo. voltará a orar da Basílica de Nossa Senhora Aparecida, padroeira deste nosso portentoso país. O Papa Francisco é o Papa-Padre, o Papa do Perdão, o Papa dos Pobres. Em suma o Sumo Pontífice é o Papa do Povo. DIAGRAMAÇÃO/PAGINAÇÃO FUNDADORES Antônio Claret Guerra Mozart Borburema Ênio Fonseca (in memorian) PROJETO GRÁFICO Elber Monteiro de Castro Araújo Alysson Lisboa Neves - MTB 0177/MG (in memorian) Jornalista colaborador FILIADO A Jussara Coelho -17114MG Para anunciar (31) 3282-2666 IMPRESSÃO: Sempre Editora Distribuição BH Home - (31)3297-3874/2511-8711 Marca Registrada no I.N.P.I. sob o n° 816392529 de 25/05/93 Publicação da Tour Press Ltda - CNPJ 21.612.775.0001-98 Insc. Estadual 062.131218.00-55/ Insc. Municipal 339813/001-3 O jornal não se responsabiliza pelos conceitos emitidos pelos artigos e assinados, que são da responsabilidade de seus autores, não refletindo, necessariamente, a opinião do jornal.

P

I

N

I Ã O

9

Redes sociais a favor do cidadão Leonardo Bortoletto* As re d e s soc i a i s c om e ç a ra m a a p a re c e r n o fi n a l d a d é c a d a d e 1 9 9 0 , m a s som e n t e n os a n os 2 0 0 0 q u e e la s se c on c re t i za ra m e t orn a ra m - se p op u la re s. D e se n volvi d a a p ri n c í p i o c om i n t u i t o d e e n vi a r m e n sa ge n s a os a m i gos, h oje a rede social é um meio eficaz de reclamação e de solução de problemas com e m p re sa s d e p rod u t os e se rvi ç os. Esse s c a n a i s se t orn a ra m i m p ort a n t e s fe rra m e n t a s d e d e fe sa d o c on su m i d or. Qu a n d o o se rvi ç o d e a t e n d i m e n t o é i n e ficaz, o usuário reclama do atendimento, da qualidade do produto, das t roc a s e d os d e fe i t os p or m e i o d o Tw i t t e r ou Fa c e b ook , p or e xe m p lo. D e vi d o à grande repercussão na web, na maioria das vezes a solução para o caso vem d e m a n e i ra rá p i d a . Alé m d a s re d e s soc i a i s, o si t e Re c la m e Aq u i t a m b é m é u m a form a d e re q u e re r re sp ost a s i m e d i a t a s p a ra o p rob le m a . Som e n t e n o p ri m e i ro se m e st re d e 2 0 1 2 o p ort a l re c e b e u m a i s d e u m m i lh ã o d e re c la m a ç õe s e a e st i m a t i va é c h e ga r a os q u a t ro m i lh õe s d e q u e i xa s a t é o fi n a l d o a n o. O si t e d i vu lgou q u e a s loja s vi rt u a i s li d e ra m a li st a d e i n sa t i sfa ç ã o, re p re se n t a n d o 3 8 % . Os e le t roe le t rôn i c os re gi st ra m 1 4 % ; os se rvi ç os d e t e le fon i a , 1 1 % ; e os si t e s d e compras coletivas representam 5% das reclamações. É interessante sempre verificar nesse e em outros sites a reputação da empresa e se o problema foi re solvi d o. A gra n d e fa lh a d a s orga n i za ç õe s é n ã o d a r e st ru t u ra su fi c i e n t e a os se rvi ç os d e a t e n d i m e n t o a os c li e n t e s forç a n d o, a ssi m , q u e os c on su m i d ore s p rocurem a solução dos problemas nas redes sociais. A disseminação de re c la m a ç õe s n a s re d e s é rá p i d a e , p or i sso, a s e m p re sa s d e ve m i n ve st i r e m p rofi ssi on a i s p a ra m on i t ora r o q u e e st á se n d o fa la d o sob re a m a rc a , o p rod u t o e o se rvi ç o n a i n t e rn e t . O m e d o d a p rop a ga n d a n e ga t i va fa z c om q u e a s e m p re sa s re solva m o p rob le m a o m a i s rá p i d o p ossí ve l. Qu a n d o u m a re c la m a ç ã o é fe i t a n a w e b , a e m p re sa p re c i sa se r á gi l e , a t é m e sm o, c ri a t i va n a re sp ost a . U m c a so i n t e re ssa n t e foi o d a b a t a t a Ru ffle s. A q u e i xa d e u m c li e n t e sob re o e xc e sso d e a r n os p a c ot e s ge rou gra n d e re percussão nas redes sociais. A empresa respondeu à reclamação em forma de i n fográ fi c o p a ra e xp li c a r q u e o a r d os p a c ot e s é e sse n c i a l p a ra o b om a c on dicionamento e transporte do produto. Outro exemplo é da rede Spoleto, em que foi gravado um vídeo criticando o atendimento do estabelecimento. Com o m e s m o a t o r, a e m p r e s a f e z o u t r a g r a v a ç ã o p a r a r e s p o n d e r à s c r í t i c a s d e form a b e m h u m ora d a . Est ra t é gi a s c ri a t i va s a ju d a m a li d a r c om p ossí ve i s c ri se s d e i m a ge m . É fu n d a m e n t a l d a r u m a solu ç ã o rá p i d a à s re c la m a ç õe s d os c on su m i dores porque o impacto para as marcas pode ser muito grande, já que a maioria pesquisa na Internet, principalmente se for comprar em lojas virtuais. A empresa que é ágil na resposta sai na frente e até pode se beneficiar c om a e xp osi ç ã o, c om o os c a sos d a Ru ffle s e d o Sp ole t o. As redes sociais se mostram importantes canais de comunicação com a s e m p re sa s. M a s, o c on su m i d or d e ve fi c a r a t e n t o. As re c la m a ç õe s p ost a d a s nas redes sociais não são oficiais. O cliente deve usá-las para fazer a queixa, mas não pode se esquecer de notificar os órgãos de defesa, formalizar a q u e i xa e re q u e re r se u s d i re i t os.

*Diretor-presidente da Web Consult e vice-presidente da SUCESU Minas


10 BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

O 8° Minastur – Salão de Negócios Turísticos foi realizado em Belo Horizonte e o balanço feito pela organização do evento é bastante positivo. Compareceram 1.200 agentes de viagem, número menor do que a expectativa inicial dos organizadores, mas que foi suficiente para deixar expositores e organização satisfeitos. “Conversamos com diversos expositores ao final da feira e a maior parte está comemorando o sucesso do evento, em função de que o público presente é extremamente qualificado: agentes de viagem realmente interessados em informações relevantes e dispostos a fechar negócios posteriormente à

Minas Tur: balanço foi positivo para o Salão de Negócios Turísticos

feira”, declarou na coletiva de imprensa, Cláudia Miranda, da Promove Eventos. Ainda de acordo com Miranda, o destaque do evento foram as duas Salas de Capacitação que receberam ao todo 500 pessoas, em nove palestras com temas que foram desde destinos internacionais, como o Caribe até a outros que apresentaram dicas de gestão ao agente de viagens. “Tivemos lotação máxima em todos os horários das palestras e o sucesso foi tão grande que três operadoras participantes como expositores nessa edição, já fizeram a reserva para serem apoiadores das capacitações no próximo ano”, comemora Miranda.

Festa de encerramento no Porcão

Bacalhau brasileiro

Abertura oficial no Galopeira

Participaram da feira como expositores qualificados, dispostos a fazer negócios e estreitar relacionamentos com os agentes de viagem presentes hotéis, operadoras, Secretarias de Turismo de Estado de todo o Brasil, Turismo da Argentina, Turismo de Israel, companhias aéreas, receptivos, entre outros, com destaque para a Localiza e TAM que participam da feira desde a primeira edição. Além da feira, foi realizado também Coquetel de Abertura no dia anterior, no Alambique Cachaçaria, que contou com a presença de au-

toridades, empresários do trade, expositores e agentes de viagem, no qual foi realizada também a premiação do “Troféu Amigos do Minas Tur”, com patrocínio da Prefeitura de Campina Grande e apoio da TAM e da MMTGapnet.

E como já é tradição, ao final da feira foi realizada a Festa de Encerramento, no Espaço Meet Porcão BH, com o patrocínio da Secretaria de Turismo de São Luís do Maranhão e apoio da Viagens Master.

Cláudia Miranda e Rodrigo Mangerotti (Arco Hotéis)

ROSILENE CAMPOLINA portalgastronomico@chefachef.com.br

Ingredientes 1 quilo de bacalhau em postas (retirar o sal), Buquê de ervas (alecrim, manjericão, salsinha, louro ou ervas que tenha em casa) 1 cebola partida ao meio,6 batatas, 2 colheres de manteiga, 500 ml de azeite, 1 colher de alho picadinho, Pitada de sal,Pitada de pimenta-do-reino, 200 ml de cachaça branca mineira,Salsinha, Couve picada fina (será usada apenas na finalização) Purê: 2 colheres de manteiga,1 colher de chá de açafrão, 200 ml de leite de coco, Sal a gosto, Pimenta-branca moída a gosto, Azeite de salsinha: 1 xícara de azeite 1 cabeça de alho laminado Modo de preparo: Despeje o azeite e o alho na panela quente. Retire quando o alho estiver dourado; não deixe queimar. Reserve. Na panela quente, coloque o leite e o bacalhau. Envolva o buquê de ervas em um paninho e amarre para que ele não se desfaça durante o cozimento. Coloque na panela junto com a cebola. Deixe o bacalhau cozinhar por 10 a 15 minutos ou até que ele comece a se abrir em lascas. O bacalhau deve continuar em pedaços, sem se desfazer. Antes do fim do cozimento, junte as batatas cortadas. Quando o bacalhau estiver no ponto, retire-o da panela. Deixe as batatas, para terminar o cozimento. Em outro recipiente, desfolhe o bacalhau, seguindo as camadas. Refogue o bacalhau com manteiga ou margarina e azeite. Acrescente o azeite depois que a manteiga/margarina estiver dourada. Junte uma colher de alho picadinho. Deixe dourar, sem queimar. Acrescente o bacalhau. Mexa com cuidado para que as pétalas do bacalhau não se desfaçam. Acrescente temperos, como sal e pimenta-do-reino. Despeje a cachaça e coloque a chama dentro da panela para flambar o bacalhau. Quando a chama apagar, salpique um pouco de salsinha. Está pronto. Reserve. Quando a batata estiver cozida, retire da panela com o auxílio de uma escumadeira. Amasse, fazendo um purê. Em outra panela quente e no fogo, derreta a manteiga e acrescente o açafrão. Junte a batata amassada e despeje o leite de coco. Para dar ponto, junte um pouco do leite usado para cozinhar o bacalhau e as batatas. Coloque uma pitada de sal, uma pitada de pimenta branca moída e noz-moscada moída na hora.

Aberto ao público

Avenida Bandeirantes - 2323 - Serra Belo Horizonte Tel.:3227 - 0338 Unidade 1 Rua Padre Odorico,38 São Pedro - BH 3227 0562

Unidade 2 Rua Sergipe, 811 Funcionários BH 3261 5930


11 BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

AS BELEZAS DA REGIÃO DA NORMANDIA (FRANÇA)

Mont Saint-Michel é a maior atração turística para brasileiros

A Normandia é uma região histórica do noroeste da França colonizada pelos normandos. É dividida em duas regiões administrativas: a Baixa Normandia, reagrupando os departamentos Calvados, Manche e Orne, e a Alta Normandia, com os departamentos Eure e Seine-Maritime. Mundialmente conhecida pelo Mont-Saint-Michel e o desafio ao tempo devido aos monges da Idade Média, a Normandia é uma promessa de delícias marinhas, urbanas e campestres. Campo verdejante e florido, a Normandia estende-se

entre o mar e os pequenos bosques. Se o Mont-Saint-Michel é sua mais bela atração, é porque desde a Idade Média, ele permanece o símbolo do conhecimento do homem diante da natureza. Às margens do Canal da Mancha, cortada pelo Sena e cheia de paisagens bucólicas (com vaquinhas que produzem o leite usado para fabricar a melhor manteiga do planeta e macieiras com cujos frutos são feitos a cidra e o calvados), a Normandia é uma região muito querida pelos franceses. Sua maior atração turística

Stéphane Lagevin, Rouen Vallée e Sandrine Papini, do turismo da Normandia que vieram a Belo Horizonte, e estiveram com o JORNAL MG TURISMO

Mont Saint-Michel

da Normandia é o Mont St-Michel, um dos mais importantes os destinos turísticos da França. Ao contrário do que o nome leva a crer, não se trata propriamente de um monte, e sim de uma minúscula península no meio da qual, sobre uma colina, uma imponente abadia medieval, onde a atmosfera lembra o cenário de "O Nome da Rosa". Quando a maré sobre, o Mont St-Michel fica isolado do continente durante algumas horas. Em Giverny, a Fundação

Claude Monet mantém a propriedade que pertenceu a esse brilhante pintor impressionista, um dos mais conhecidos e querido pelos brasileiros. A casa de Monet, reconstituída do jeito que era quando ele morou lá, pode ser visitada por dentro Foi em Giverny que Monet viveu seus últimos anos, pintando o jardim que ele mesmo criou. O maravilhoso jardim está vivo tal como foi concebido: as ninféias, a ponte japonesa, as flores, tudo está lá e, eviden-

temente, pode ser melhor aproveitado em um dia de sol. Um pouco ao norte de Giverny, à beira do Sena, estão as ruínas do Château Gaillard. Os aeroportos internacionais Charles de Gaulle e de Orly em Paris, são o melhor ponto de acesso para chegar a Normandia. Saindo do Charles de Gauller, por exemplo, são menos de duas horas de voo.


12

O Pantheon de Paris passará por restauração histórica

BELO HORIZONTE, MG - BRASIL,15 de março a 15 de abril de 2013

O Pantheon, uma das principais atrações turísticas de Paris, passará por uma restauração histórica a partir deste ano que terminará em 2023. O edifício, um dos ícones neoclássicos da França, é conhecido por conter o túmulo de uma série de personalidades como Rousseau, Pierre e Marie Curie e Jean Moulin. A última grande restauração do monumento aconteceu em 1873. Comandada pelo Centro de Monumentos Nacionais da França, a reforma de 100 milhões de euros acontecerá em cinco fases. A primeira, que durará dois anos, começa em 2013 e restaurará a cúpula do monumento. O segundo passo, que começa em 2015, cuidará do peristilo. A partir de 2017 os arcos, suportes e paredes interiores serão restaurados, seguidos pelo tapume, em 2020, e pelo chão das áreas externas em 2022. A reforma também será importante para a acessibilidade do monumento. Rampas e elevadores serão instalados para tornar o Pantheon acessível a portadores de defi-

Rápidas

ciência. Um estudo realizado no monumento em 2008 revelou uma série de problemas estruturais, originados principalmente nos arcos, nos quais a oxidação dos metais geraram rachaduras e quebras nas pedras da construção. Alguns reparos foram feitos nas coberturas entre 1993 e 2009, mas agora uma intervenção mais definitiva é necessária.

História Construído entre 1764 e 1790, o Pantheon foi uma grande obra do arquiteto Soufflot, concebido para tornar-se uma igreja dedicada a Santa Genoveva, padroeira de

Paris. Em 1791 foi consagrado pela Assembleia Constituinte como um local de sepultamento, onde a nação celebraria a memória de seus grande homens. Até hoje o Pantheon é considerado um templo nacional. A história da França é representada por uma série de pinturas comemorativas em suas paredes. O edifício, de 82 metros, somado a altura natural do monte de Santa Genoveva no qual está localizado, foi a construção mais alta de Paris até a inauguração da Torre Eiffel. Até hoje o domo do Pantheon pode ser visto de todos os pontos da cidade.

O artista plástico mineiro Fernando Vignoli está em Belo Horizonte para mostrar aos conterrâneos uma exposição inédita no Brasil. Entre os dias 10 de abril a 11 de maio, ele apresenta a mostra “Vignoli” com exclusividade na Casa de Arte Glauco Moraes (Av. Getúlio Vargas, 167, Funcionários), com entrada franca.

o 30º Congresso Nacional da Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo (ABRAJET) terá como tema central: "O Jornalismo de Turismo e o Desenvolvimento de novas fronteiras turísticas brasileiras". O evento será realizado em Palmas, Capital do Estado do Tocantins, entre os dias 20 e 23 de junho deste ano. A Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social une-se à AMAS e à Childhood Brasil para a construção dos Manuais de Boas Práticas destinados aos profissionais do trade de turismo com o objetivo de conscientizar agentes de viagem e demais operadores do setor turístico a respeito da promoção do turismo engajado com as causas de proteção do público infantojuvenil. RAFAEL LOBATO Envie sua foto por e-mail publicidade.mgturismo.com.br

flash

O odontólogo Marcelo Gontijo com sua super bike curtindo as trilhas da região de Lagoa da Prata - MG

Foto: Maria Ignêz Dayrell

NOTÍCIAS DA AMAZÔNIA Turismo do Pará

N I LT O N

G U E D E S

Um dos principais agraciados com o XXIII Prêmio MG TURISMO, secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, já confirmou presença em Belo Horizonte

Acompanho, com atenção, ações desenvolvidas no cenário turístico paraense, não apenas como diretor da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet\Pará), mas na condição de cidadão amazônico interessado em saber, de fato, o que acontece neste importante segmento. Durante a recente entrevista coletiva do secretário de Estado de Turismo do Pará, Adenauer Góes (foto), pude conversar com ele em particular, oportunidade na qual ficou claro que o Estado vive novos tempos, principalmente em termos de união em busca de resultados que atendam aos anseios de quem, como eu, espera ver reconhecido e constatado o potencial desta continental unidade da Federação. Um dos pontos que considero positivo é a possibilidade de gestores estaduais e municipais estarem trabalhando em parceria. O governador Simão Jatene (licenciado por motivos de saúde), o governador em exercício, Helenilson Pontes, vice-governador do Estado; o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, e o coordenador da Belemtur, Fábio Haber, compõem um grupo de peso que pode, se unido, alavancar um soerguimento do turismo paraense, há muito almejado por integrantes dos poderes constituídos e da iniciativa privada. Como enfatizou Roberto Sena, coordenador do Dieese no Pará, “O mais importante neste momento é que o Governo reconhece a importância do turismo para a economia do Estado e, a partir destes indicadores que temos em mãos, pode apontar políticas públicas e de iniciativa privada para o crescimento ainda maior do setor”. Antes de deixar a Setur, informei ao secretário Adenauer Góes, de sua indicação popara receber o prêmio do JORNAL MG TURISMO e reforcei o convite para que participe desta mega solenidade na capital mineira, não por ser ele o titular da Setur, mas pelo trabalho que desenvolve há bastante tempo em prol do turismo e do qual sou testemunha.

Ver-o-Peso

Um dos mais conhecidos e comentados pontos turísticos da capital paraense, o Ver-o-Peso, foi alvo de manifestações pela passagem de seus 386 anos de existência. Além de um evento popular no local, que ostenta, entre outros títulos, os de “principal cartão postal de Belém”, e “maior feira aberta da América Latina”, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico e Nacional (IPHAN) em 1977, programações foram cumpridas para destacar o fato. O coordenador da Belemtur (Coordenadoria Municipal de Turismo), Fábio Haber, enfatizou que “o Ver-o-Peso é o nosso principal cartão postal e a maior atração turística do município, pois concentra um pouco de tudo, desde os cheiros da Amazônia, passando pela nossa culinária, pela cultura e pelo exotismo das nossas tradições”. O Ver-o-Peso é parte da vida do belenense e deve ser mantido e cuidado com todo zelo e carinho por todos, acrescentou. Para o prefeito Zenaldo Coutinho, como símbolo maior da cidade, o Ver-o-Peso merece atenção especial da prefeitura e também da sociedade, por isso está como prioridade na lista de pedidos que a PMB fez ao governo federal para a revitalização de prédios e monumentos da cidade com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) das Cidades Históricas. niltonguedespereira@gmail.com


13

Secretária de Casa Civil Maria Coeli destaca avanços e desafios das mulheres no século XXI BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

Para secretária, Minas Gerais é um dos Estados que mais avançaram em políticas de proteção e promoção do gênero feminino Quais os avanços das mulheres nos últimos anos? Já se pode falar em protagonismo feminino? Afinal, em 2013, qual o papel delas na sociedade? No Dia Internacional da Mulher, a secretária de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais, Maria Coeli Simões Pires, faz uma reflexão sobre estas e outras questões ligadas ao posicionamento e tratamento do gênero feminino na atualidade. Com mais oportunidades de atuação no mercado de trabalho e na esfera pública em geral, as mulheres, segundo Maria Coeli, demonstram um poder transformador das relações humanas e dos processos já estabelecidos. “Elas vêm exercendo um crescente papel na humanização das relações de poder, o que jamais poderá ser confundido

Com mais oportunidades de atuação no mercado de trabalho e na esfera pública em geral, as mulheres, segundo Maria Coeli, demonstram um poder transformador

com a fragilização de sua presença nos espaços de governança”, observa. Segundo a secretária, Minas Gerais é hoje um dos Estados que mais avançaram em políticas de proteção e promoção das mulheres, processo iniciado em 1983, quando o então governador Tancredo Neves criou o Conselho Estadual das Mulheres. “Diversas ou-

tras iniciativas, no âmbito do Poder Judiciário, do Poder Legislativo e das instituições essenciais à Justiça, agregamse a essas, ganhando corpo em projetos capitaneados pelo Governo Anastasia que, ademais, prestigia, em seu quadro de auxiliares diretos, cinco secretárias de Estado”, comemora. Entretanto, a secre-

tária explica que as conquistas são muito recentes e muitas transformações ainda estão em curso. “No Brasil, somente nos anos 30 do século 20, houve reconhecimento da condição cidadã da mulher, com a previsão do direito ao voto”, destaca a secretária. “O processo ainda precisa transcender a estruturação de marcos legais e de institucionalidades, para buscar a superação de uma mentalidade arcaica por uma cultura de equidade nesses papéis”, afirma.

Entrevista: O dia 8 de março marca a luta das mulheres pela garantia de direitos. O que realmente tem mudado na sociedade para que a mulher deixe de ser vista apenas como mera reprodutora? Maria Coeli: A mulher reprodutora e cuidadora da prole é uma imagem

que nos vem da pré-história da humanidade. A humanidade descobriu a agricultura, os metais, a escrita, mas o avanço material em pouco alterou a ordem familiar estabelecida sob o poder masculino de defesa e provisão. A partir do século 18, também chamado “século das luzes”, essa desigualdade de gênero começou a tornar-se tema publicamente debatido, com as idéias de igualdade proclamadas por Condorcet, por exemplo, na esteira da Revolução Francesa. Contudo, mesmo em países avançados, só na segunda metade do século 19, e, no Brasil, somente nos anos 30 do século 20, houve reconhecimento da condição cidadã da mulher, com a previsão do direito ao voto. Essa conquista no campo político marcou o início de um processo

geral de mobilização, não somente de mulheres notáveis, mas, também, de homens lúcidos e conscientes, pela garantia e ampliação de direitos e pela superação dos preconceitos herdados ao longo da civilização e que ainda subsistem em larga medida. Sem dúvida, nesse processo histórico, significativos são os avanços na estrutura jurídica e política da igualdade de gênero. Isso, entretanto, não foi suficiente para mudar, profundamente, a realidade, e atender às expectativas sociais a respeito de papéis femininos e masculinos. Ou seja, o processo ainda precisa transcender a estruturação de marcos legais e de institucionalidades, para buscar a superação de uma mentalidade arcaica por uma cultura de equidade nesses papéis.


14 BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

ASSOCIAÇÃO DAS CAMINHANTES DA ESTRADA REAL (ACER)

Projeto “Árvore é Vida” planta 1 milhão de árvores em Minas

FRANCISCA LESSA EMPRESÁRIA

De uma conversa na Faculldade de Direito, em 2003, com Beth Pimenta e Dalva Thomaz, surgiu a idéia do convite para colegas do colégio São Joaquim, em Conceição do Mato Dentro, percorrerem a pé a antiga Estrada Real. Era uma ideia renascendo pelo governador de Minas, Aécio Neves, juntamente com o presidente da FIEMG, naRobson Andrade. Vinte e duas amigas com grande entusiasmo por esse novo projeto e, cheias de expectativas, coragem e também medo, saíram nessa empreitada, que três anos mais tarde se solidificou como Associação das Caminhantes da Estrada Real (ACER). Hoje a entidade conta com 70 mulheres corajosas, animadas, realizadas profissionalmente e que querem viver novas aventuras. Já percorreram todo o Caminho Velho (Diamantina a Paraty) e completam , até o mês de agosto, o Caminho Novo (Ouro Preto a Rio de Janeiro), caminhando, conversando, cantando, rezando e apreciando as belas paisagens

que descobrem a cada trecho. Este grupo de mulheres sempre se preocupou com a área social, contribuindo com várias instituições e doando materiais como cobertores, instrumentos musicais, material para limpeza, livros, filmes, mudas de árvores, roupas e sapatos. De acordo com o Plano Estratégico da ACER, a presidente, Maria Elvira Salles Ferreira optou em dar um foco maior ao meio ambiente, abraçando com mais afinco, o projeto “Árvore é Vida” da Business Professional Woman (BPW), instituição da qual já faz parte há algum tempo. O governador do Estado, Antônio Anastasia, é um dos maiores incentivadores da política da ACER e nos nomeou como “Embaixadoras da Estrada Real”. Juntos, Governo de Minas e Caminhantes da Estrada Real, firmaram um Protocolo de Intenções juntamente com as Secretarias de Meio Ambiente (SEMAD), Turismo (SETUR), Agricultura (SEAPA/EMATER). Técnicos da Emater são a base do nosso trabalho determinando o local e tipo de mudas adequadas para cada solo.

FOTOS DIVULGAÇÃO ACER

A presidente Maria Elvira e caminhantes recebem Homenagem Especial no XXII Prêmio MG Turismo, em 2012

Já se plantaram quase 3.000 árvores , com a ajuda de várias empresas como a Tenco Conceito Shopping, Lafarge, Precon, Cimentos Brennand, Tora Transportes, com o trocínio de mudas e insumos necessários para o seu plantio. Mas precisamos de muito mais, já que o objetivo da ACER é plantar 1 milhão de árvores, dentro do projeto “Á rvore é Vida” reconhecido nacional e internacionalmente. Foi ele o responsável por prêmios, como: Versão Prata do Jornal Primeira Linha -2009, JORNAL MG TURISMO - 2009, Medalha Espaço Libertas -

abril/2010 e 2011, Colar Mérito Legislativo oferecido pela vereadora Priscila Teixeira setembro/2011, Mulheres Distintas em Connecticut- USA março/2012, Comenda Ambiental São Lourençomarço/2012, XVI Troféu Mulher Influente pelo Jornal MG Turismo- maio/2012, Premiação da ACMinas – Salto em Negócios - Mulheres Notáveis de Minas -Hour Concour - setembro/2012, Gestão Ambiental, oferecido pela ONG Zeladoria do Planeta -novembro/2012, O Oscar da Ecologia, III Premio Hugo Werneck de Sustentabilidade Amor à Natureza, na categoria “Melhor Exemplo em Turismo”- dezembro 2012.

As Caminhantes participaram do Carnaval 2013, de Belo Horizonte, desfilando na Escola de Samba Cidade Jardim, cujo Samba Enredo “Cada Louco com sua Loucura”, homenageou a presidente, Maria Elvira, destacando-a como colecionista, numa referência ao acervo da empresária e que foi tema de um livro de arte, “O Prazer de Colecionar” publicado em 2012. Maria Elvira, destaque do carro alegórico, e as Caminhantes, formaram uma ala representando os Bandeirantes da época do ouro, lembrando a temática da Estrada Real.

Prêmio Hugo Werneck, honraria recebida em 2012

As Caminhantes sempre presentes pelas belas estradas e caminhos de Minas Gerais

As Caminhantes em foto com o governador Antônio Anastasia


15

M

I

N A

S

G

E

R

A

I

S BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

Anibal Teixeira faz 80 anos e comemora com família e amigos Ex-ministro do Planejamento lança novo livro em maio

O ex-ministro do Planejamento do governo José Sarney (1985-1989),deputado federal por quatro mandatos, Aníbal Teixeira, completou 80 anos bem vividos, demonstrando o vigor e alegria de um jovem colegial. Na ocasião, executou elogiado Plano de Ação Governamental, implantou o Programa do Leite, o Casa Para Todos e a Ação Comunitária em Marcha. Antes, havia sido cassado, perseguido, exilado e caluniado. Atualmente é presidente do Instituto JK, onde desenvolve diversos programas sociais e culturais. Anibal viveu momentos dramáticos no naufrágio do Bateau Mouche em que perdeu a esposa. Ele reuniu amigos no Espaço Gutierrez para uma grande festa onde tivemos a boa música vinda de Diamantina, bufê impecável e bela mesa de doces. Anibal Teixeira sofreu acusações, foi levado a julgamento e absolvido pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Foi escoteiro ferroviário e estudou no Colégio Militar no Rio de Janeiro. Foi presidente da UESA (União dos Estudantes do Amazonas), UBES (União Brasileira de Estudantes Secundários) e da Confederação Nacional dos Centros Culturais da Juventude. Seguidor e amigo fiel do presidente JK, grande articulador político, sempre ao lado de JK e Tancredo Neves.

FOTOS ELOY LANNA E JOÃO CARLOS AMARAL (ABRAJET-MG)

Anibal, diante do bolo de 80 anos, faz o famoso gesto de seu amigo JK

Escritor, com 26 livros publicados, conferencista, Aníbal ocupou 16 cargos públicos desde JK. Lança em maio, seu novo livro, “Flautista do Rei – Uma história de vida”, que conta e documenta com fotos e gráficos os bastidores da Revolução de 1964, baseando-se em arquivos pessoais e secretos do SNI e outros orgãos de informação. Mostra a sua luta pela redemocratização do país, enfrentando a ditadura militar, a cassação e exílio. Flautista do Rei é uma figura anedótica que esteve sempre presente no lugar e hora errados, mas com as melhores intenções

Jornalista Antônio Claret Guerra (que já trabalhou com Aníbal), secretário de Relações Institucionais da PBH, Marcelo Abi-Saber, deputado Federal Lincoln Portela (PR), ex-deputado Aloísio Vasconcelos e o jornalista João Carlos Amaral

O advogado Jacob Máximo e a engenheira Consulo Máximo, com Marilene e Serafim Jardim, assessor do Presidente JK no exílio

A alegria e jovialdiade do anviersáriante em foto com a família

Aníbal e Emídio Teles (Livraria Leitura)

Marcelo Abi-Saber e a ex-deputada federal Maria Elvira


BELO HORIZONTE, MG - BRASIL, 15 de março a 15 de abril de 2013

ANTÔNIO CLARET GUERRA REPÓRTER

Fale-nos sobre o cidadão e o dirigente de turismo, Baques Sanna. Sou graduado em engenharia pela PUC-Minas (na época IPUC-Instituto Politécnico da Universidade Católica), e pósgraduado em Comércio Exterior pela UNA. Como engenheiro, atuei por vários anos no setor siderúrgico (Usiminas e Açominas, atual Gerdau) e estou há mais de cinco anos na direção geral do Instituto Estrada Real. Sou membro do CET-Conselho Estadual de Turismo, coordenador da Câmara de Grandes Eventos do COMTURConselho Municipal de Turismo de Belo Horizonte, conselheiro do Centro Cultural Yves Alves e cidadão honorário de Tiradentes, Vitória/ES e Hóspede Ilustre da Municipalidad Distrital de Los Baños del Inca, em Cajamarca/Peru. Apoiado por uma equipe jovem, talentosa e supercompetente, formada em sua maioria por turismólogos, mas também por administradores e economistas, e também pela Fiemg, principalmente pelo presidente Olavo Machado Jr., colega de turma no IPUC, amigo particular e com uma atenção especial ao turismo e à cultura do nosso estado, tenho que creditar a todos os citados o sucesso do IER neste período de minha gestão. Juntos, conseguimos levar o IER ao Brasil e ao mundo, tendo como um dos principais responsáveis o projeto de Turismo de Lazer com a parceria do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e com o governo do estado. Este projeto permitiu que todos os países da área de atuação do banco – América Latina e Caribe - tenham conhecimento e demonstrado interesse no nosso projeto. Recentemente recebemos uma missão oficial do governo do Haiti, que veio conhecer de perto o projeto e que, por intermédio do BID, manifestou desejo de que o projeto Estrada Real seja re-

M

I

N

A

S

ENTREVISTA

G

E

R

A

I S

16

Baques Sanna

Diretor-Geral do Instituto Estrada Real O presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., tem atenção para com o turismo e a cultura

plicado naquele país. Outros países como o Peru, o Equador, a Argentina, a República Dominicana e o Chile, têm tido contatos e reuniões com o IER no sentido de melhor conhecer o projeto e também de ter apoio do Instituto para desenvolvimento de projetos que são similares ao nosso. No Brasil, estados como o Espírito Santo (ao qual já estamos prestando serviços de apoio na implantação de projeto turístico bastante similar ao nosso, também apoiado pela Federação das Indústrias e pelo governo daquele estado), Bahia, Goiás, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Amazonas também já demonstraram interesse no desenvolvimento de ações conjuntas. A Estrada Real é um dos maiores complexos turísticos do Brasil, destino reconhecido no exterior. Como estão os indicadores de ocupação da Estrada Real? R - No que se refere à taxa de ocupação dos meios de hospedagem, estamos recuperando quedas anteriores. Embora a oferta de meios de hospedagem tenha crescido bastante nos últimos dois anos (mais de 100 novos hotéis e ampliações/modernizações em todo o estado) em função dos eventos esportivos (Copa das Confederações, Copa do Mundo, Olimpíadas), do evento religioso Jornada Mundial da Juventude e de vários eventos do setor de turismo de negócios que estão sendo captados por Minas, as taxas de ocupação vêm subindo lenta, mas constantemente.

A Estrada Real possui quatro caminhos. Quais as características de cada um e como devem ser explorados pelos turistas? R - O Caminho Velho, o primeiro a ser construído, no início do século 18, liga Paraty (RJ) a Ouro Preto (MG). Passa por 22 municípios de São Paulo e entra em Minas Gerais pelo sul do estado. Segue pelo Circuito das Águas e chega a algumas das mais tradicionais

O IER tem equipe jovem, talentosa e supercompetente, formada por turismólogos, administradores e economistas cidades históricas mineiras: São João del-Rey, Tiradentes e Ouro Preto. O trecho Entre Rios de Minas e Cruzília é conhecido como o berço do cavalo Mangalarga Marchador. E Maria da Fé, antes conhecida por ser a cidade mais fria de Minas, agora tem um projeto de produção de azeite extravirgem de qualidade igual ou mesmo superior aos seus pares da Europa. O Caminho dos Diamantes liga Ouro Preto à Diamantina. Além de ter início e fim em duas das mais importantes cidades históricas do estado, passa pelo Serro, onde é produzido o queijo famoso, considerado patrimônio imaterial da humanidade pela Unesco. Está em sua área de abrangência a Cachoeira do Tabuleiro, com 279 metros de queda d’agua, a 3ª mais alta do país. A região possui vários filhos ilustres, entre eles o ex-presidente Juscelino Kubistschek e o poeta CarlosDrummond de Andrade.

O Caminho de Saburabuçu (serra que brilha, na linguagem indígena) é na verdade um anel que se inicia e termina em Ouro Preto – com seus 13 distritos, e que iclui outros sete municípios. O Caminho Novo, ligando Ouro Preto ao Rio de Janeiro, passa por cidades importantes do estado como Barbacena e Juiz de Fora, e chega ao Rio de Janeiro passando por Petrópolis, Itaipava e Magé. Em Santana dos Montes, estão localizadas várias pousadas conhecidas pelo charme, beleza da região e qualidade dos serviços oferecidos.

Quais são os principais roteiros planificados e o que oferecem ? R - Cada um dos caminhos possui suas características, atrativos e atrações. Dentro deles, temos projetos específicos de atração de turistas. Podemos salientar o Caminho Religioso da Estrada Real

(Crer), que tem como subtítulo “De Padroeira a Padroeira”, pois liga o Santuário de Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Minas Gerais, em Caeté, até o Santuário de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, em Aparecida (SP). Sua área de influência conta com 86 municípios dos dois estados. Existe ainda o projeto VER – Vivendo a Estrada Real, desenvolvido em parceria com o Sesi-MG. Nele, atuamos nas cidades de Barão de Cocais, Caeté, Catas Altas e Santa Bárbara, desenvolvendo o turismo da região e capacitando o pessoal envolvido direta e indiretamente com o turismo. Existem ainda, para todos os turistas, centenas de roteiros e pacotes de viagens oferecidos pelas melhores agências de turismo. A Estrada Real faz parte do leque de opções nas empresas do ramo, com atrativos espalhados por todos os caminhos e que atendem aos diferentes estilos de viajantes, desde os mais aventureiros até os que preferem o turismo romântico. No site, www.estradareal.org.br, oferecemos ainda roteiros planilhados para turistas que gostam de viajar por conta própria. Com informações precisas sobre os caminhos da rota histórica, buscamos subsidiar o viajante com detalhes sobre o trajeto da Estrada Real.

Quais são os principais parceiros da Estrada Real? O Instituto Estrada Real, organização sem fins lucrativos, foi criado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) em 1999. No setor privado, o SesiMG, entidade do Sistema Fiemg, é parceiro do IER em praticamente todas as ações. Também o Sebrae-MG e o trade turístico de Minas são nossos parceiros constantes. No setor público, principalmente as secretarias de Estado de Turismo e Cultura, o Ministério do Turismo e a Embratur.


Versão Impressa Jornal MG Turismo - Edição 312