__MAIN_TEXT__

Page 1

Ano XXXIII | Nº 375

Belo Horizonte, MG | Brasil | 15 de junho a 15 de julho de 2018

O MAIS TRADICIONAL JORNAL ESPECIALIZADO EM TURISMO DE MINAS GERAIS www.mgturismo.com.br | Editor: Antônio Claret Guerra

UMA NOTÍCIA EM MIL LUGARES

Criada a AJOBTUR - Associação de Jornalistas e Blogueiros de Turismo do Brasil Diretor-Geral do JORNAL MG TURISMO, Antônio Claret Guerra, é o Diretor de Expansão em Minas Gerais FOTOS AJOBTUR/DIVULGAÇÃO

Com este chavão, “Uma Notícia em Mil Lugares”, a entidade foi criada para difundir as notícias, feiras e eventos do Turismo do Brasil. A AJOBTUR Brasil, Associação de Jornalistas e Blogueiros de Turismo do Brasil, leva em seu nome “JOB” trabalho em inglês, propositalmente fundada em 1º de Maio de 2018 e vem para ocupar uma lacuna entre os empreendedores, gestores, administradores e profissionais de turismo que se veem muitas vezes sem opções de como e onde divulgar seus eventos, festas, feiras, e reelises em geral sejam eles de roteiros, destinos, empreendimentos da gastronomia, hotelaria e ou serviços. A entidade abraça os milhares de blogueiros e jornalistas de turismo de todo o Brasil, com diretórios de expansão em vários estados busca captar profissionais para uma pulverização da informação e notícias de turismo disparada aos mais distantes pontos do país e do mundo. Isso tudo graças à internet, cada vez mais usada para este e outros fins. A AJOBTUR, com a proposta de agregar profissionais da áreas, disponibilizará espaço aos associados postarem diretamente no portal de notícias, este que será de modo livre, mas sistemático divulgado por todos os associados como priore para difusão da notícia. Todos associados terão senha e loguin no site, para postagem de seus reelises ao mesmo tempo que pode e deve compar-

DIRETORIA Francisco Muller – Porto Alegre/RS VICE PRESIDENTE – PORTO ALEGRE

jornalcidadesorriso.com.br

André Lubambo – Recife/ PE SECRETÁRIO GERAL

www.caderno1.com.br

Iva Volpini – Bento Gonçalves/RS TESOUREIRA GERAL

www.revistareceptiva.com.br

Claudir Benini – Garibaldi/RS Presidente jornalcidadesdaserra.com.br

tilhar o conteúdo de outros estados, difundindo assim na prática e mostrando um diferencial da associação. Ainda sobre os associados, que podem entre sí, participarem de eventos em outros estados e regiões como forma de parcerias e coberturas de eventos, feiras, festas, lançamentos de roteiros.

este que servirá de referência a entrada de novos associados, coordenação e auxilio ao associado de seu estado. Em estados de grandes territórios geográficos estes Diretores de Expansão por ser mais de um, sendo responsáveis pelas regiões pré-determinadas.

Sobre os diretórios: A Associação tem em cada estado um Diretor de Expansão,

Uma dos critérios da AJOBTUR do Brasil em sua

plena forma é de ter em no quadro de associados, profissionais que realmente escrevem e divulgam o turismo de alguma forma, seja fotógrafos blogueiros ou jornalistas que tenham site blog, instablog, jornal impresso, revista , impressa ou online ou outro tipo de mídia referente ao segmento em questão.

DIRETORES NOS ESTADOS Alagoas

Roberto Baia Barros DIRETOR DE EXPANSÃO

Bahia

Francisco Araújo DIRETOR DE EXPANSÃO

Brasilia DF

Osvaldo Rocha DIRETOR DE EXPANSÃO

Ceará

Marcelo Rocha DIRETOR DE EXPANSÃO

ARQUIVO JORNAL MG TURISMO

Espirito Santo

Pernambuco

Itamar Gurgel

André Lubambo Diretor de Expansão

DIRETOR DE EXPANSÃO

Paraiba

Piaui

Fábio Cardoso

Karla Caroline Nery de Souza

DIRETOR DE EXPANSÃO

Pará

Cleiton Palmeira DIRETOR DE EXPANSÃO

DIRETOR DE EXPANSÃO

Minas Gerais

Rio Grande do Norte

DIRETOR DE EXPANSÃO

DIRETOR DE EXPANSÃO

Antonio Claret Guerra

Kadu Severiano

Sergipe

Cândida Oliveira

São Paulo Jorge Neto

DIRETOR DE EXPANSÃO

Santa Catarina Jeferson Severino

DIRETOR DE EXPANSÃO


2

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

I N T E R N A C I O N A L

Europa acessível: quatro destinos para conhecer durante o outono brasileiro Depois do calorão que é o verão no Brasil, agora é a hora de passar calor – mas não tanto – na Europa. O nosso outono é considerado o melhor período para viajar para o Velho Continente porque, primeiramente, é considerado baixa temporada. Além dos preços mais acessíveis, as atrações estarão mais vazias e as filas, menores. Além disso, a probabilidade de o clima nas cidades europeias estar ameno ou mais fresco, é bem maior, depen-

dendo do país. Março, abril e maio são os meses de primavera para os europeus, o que significa que as temperaturas não estarão tão elevadas, nem tão frias, quanto no congelante inverno. A agência de viagens on-line ViajaNet selecionou quatro cidades europeias incríveis para visitar até junho – quando o verão começa a reinar por lá. Confira a galeria:

Uma boa dica é não deixar de

silcapanema@gmail.com

Festa de Portugal A 8a. edição da Festa da Comunidade Portuguesa de Minas Gerais superou, em muito, as comemorações anteriores. A cada ano o evento festeja o dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, sempre em um sábado próximo ao 10 de junho. Este ano, espalhou-se pelo entorno do Museu Abílio Barreto, na Cidade Jardim, onde foram instalados o palco principal, uma ampla e confortável área de alimentação, área de pic-nic, espaço kids, palco acústico e feirinha de artesanato.

visitar o cais de Nyhavn, para perceber a cidade antiga se fundindo com o presente, seja nas casinhas da área ou nos barcos-restaurantes. É lá, também, que se encontra talvez o último refúgio hippie do mundo, o bairro de Christiania.

esportes de neve e algumas vinícolas. Mas o melhor de tudo: é um dos destinos mais baratos da Europa para visitar.

Os tradicionais Armazém Medeiros, Baltazar, Caravela, Casa di Maria, Doces de Portugal, Paladino, Restaurante do Porto, Tugas e Verde Gaio esmeraram-se no preparo das receitas portuguesas, apresentadas em fartas porções bastante apreciadas e o Verdemar brilhou na seleção de vinhos das principais vinícolas portuguesas. Professores de Gastronomia da Faculdade Promove e da Una e chefs do Senac e da Cozinha Pif Paf ministraram aulas de culinária portuguesa. Por todo o dia, seguiram-se apresentações culturais como a do Coral Luís de Camões, do Grupo de Poesia da Faculdade de Letras da UFMG, Grupo Folclórico Gil Vicente, Choro por Elas e Trio Dom Preto. A direção geral da Festa Portuguesa esteve a cargo da Câmara Portuguesa de Minas Gerais, com a eficiente coordenação de produção de Vitório Lanari Jr. , auxiliado, na produção gastronômica, por Edson Puiati e Felipe Tavares.

FOTOS DIVULGAÇÃO

Bulgária A Bulgária quase passa despercebida quando o assunto é Europa. Localizada no chamado leste europeu, ou Europa oriental, o país é composto por uma mistura de búlgaros, turcos, ciganos, armênios, judeus e outras etnias. É repleto de igrejas e monastérios, ruínas medievais, montanhas, florestas, cachoeiras, praias banhadas pelo Mar Negro, festivais,

Silvania Capanema

Presenças na solenidade oficial de abertura: o embaixador de Portugal Jorge Cabral, a cônsul de Portugal Maria Joana Pinto Caliço, o secretário de Estado da Cultura Ângelo Oswaldo, o presidente da Câmara Portuguesa de Minas Gerais e da Master Turismo Fernando Meira Dias, o presidente do Conselho Consultivo da Câmara Portuguesa Raul Penna, o presidente do Centro da Comunidade Luso-Brasileira Leandro Andrade Mendes, o presidente da empresa Cimentos Liz Roberto Castelani, o representante da TAP em Minas Gerais Carlos Dias e o presidente da Associação dos Moradores de Lourdes Jeferson Rios, dentre outros. Joana Caliço aproveitou a oportunidade para agradecimentos gerais e para fazer a sua despedida do cargo. Tendo marcado forte presença em Minas pela excelente gestão do consulado português nos quatro anos em que aqui esteve - segundo a opinião unânime das autoridades presentes - ela já retorna a Lisboa no próximo mês. Representando o Corpo Consular, o presidente Manoel Ferreira Guimarães com a esposa Maria e o secretário Augusto Parish Jr., os cônsules honorários da Bulgária, Renato Russeff e de Trinidade-Tobago Francisco Pontello e Helene Paulinyi, cônsul honorária adjunta da Hungria.

Dinamarca Esse país parece ter saído de um conto de fadas: cheio de castelos, palácios e jardins – que no outono ficam ainda mais bonitos com coloração amarelo - alaranjada e as folhas caídas pelo chão. Algumas das histórias infantis mais famosas, inclusive, foram escritas por um dinamarquês, provavelmente inspirado na paisagem que contemplava no seu cotidiano: Hans Christian Andersen escreveu obras como A Pequena Sereia, A Roupa Nova do Rei e O Soldadinho de Chumbo.

Consulados e Turismo

Visita ao JORNAL MG TURISMO e recuperação da Rua Dona Cecília

ELOY LANA

O jornal “Planeta Serra”, editado no bairro do mesmo nome, fez uma visita ao JORNAL MG TURISMO, o mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais, com circulação ininterrupta há 33 anos desde 1985, encontrando-se com o Diretor-Geral, jornalista Antônio Claret Guerra, na sede da Savassi. Morador da Serra, da rua Dona Cecília, Claret solicitou o apoio do Planeta Serra para obter o recapeamento asfáltico, divisão de faixas, mão única e estacionamento de um lado para a rua onde mora há vários anos. O jornalista lembrou, ainda, que essa luta é muito antiga, sendo iniciada na primeira gestão do ex-prefeito Márcio Lacerda (PSB), quando chegou a se reunir com o então presidente da Câmara Municipal de Belo Matheus Laboissiere e AnHorizonte, vereador Léo Burgues, e o secretário de As- tônio Claret Guerra suntos Institucionais da PBH, Marcelo Abi-Saber.

Na mesma noite, em recepção especial, o embaixador Jorge Cabral conferiu ao luso-brasileiro Fernando Meira Dias, atual presidente da Câmara Portuguesa de Minas Gerais e também presidente da Master Turismo, a Comenda do Governo Português, em justo reconhecimento ao estreitamento das relações luso-brasileiras à qual tem prestado valiosa contribuição. SILVANIA CAPANEMA

Da esquerda para a direita: Roberto Castelani, Raul Penna, Joana Caliço, Jorge Cabral, Ângelo Oswaldo, Jeferson Rios, Fernando Meira Dias e Leandro Andrade Mendes


3

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

CÉU DE BRIGADEIRO A N TÔ NI O CLARET G U ERRA | claret.mgturismo@uol.com.br

Dia da República Italiana FOTOS TIÃO MOURÃO

Cônsul Aurora Russi e o l’Arch Edoardo Fontana abriram as portas do Consulado da Itália, ontem, em Belo Horizonte para um coquetel na comemoração da Festa da República 2018, celebrando a troca da monarquia pela república, há mais de 70 anos. O evento representa a confraternização e integração das comunidades italiana e mineira. Aurora se despede do Consulado na capital mineira, onde atuou durante quatro anos, que passa a ser conduzido pelo diplomata italiano Dario Savarez. Ele estava atuando na embaixada da Itália na Tunísia, antes de ser escolhido para ocupar o Consulado da Itália em Belo Horizonte. Nesse período em que esteve na condução dos trabalhos, Aurora Russi disse que teve um grande crescimento tanto do ponto de vista profissional, como pessoal. P aralelo a Festa da República, o Consulado também promoveu a oitava edição do Seminário Imigração Italiana em Minas Gerais, que terminou ontem na Casa Fiat de Cultura.

Edoardo Fonta, Henrique Campos, a Cônsul Aurora Russi, Suely e o jornalista Antônio Claret Guerra

Nino Belini, Vittorio Belini e Vera Valentino Rizzioli, Silvana, Clarice e Djon Moraes Jr

Cônsul da Itália, Aurora Russi, que volta para Roma nos próximos dias

Georgio Colina, Rosita e Rafaele Peano

César Romero movimenta Juiz de Fora com sua “Feijoada da Torcida” João Carlos Amaral

CRÉDITOS: ANDRÉA OTTONI, ALUÍZIO BARBOSA, BRENDHA TORRES E WÓLMER MONTEIRO

JORNALISTA

O decano da crônica social de Juiz de Fora, o jornalista Cesar Romero, promoveu a 26ª Feijoada da Torcida no excelente espaço de Eventos Centro de Convenções Capitólio para cerca de mais de mil convidados. Ele reúne personalidades da Zona da Mata, de Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Festa alegre, chic, eclético, feijoada quentinha a tarde toda, e a novidade com a feijoada branca de frutos do mar, drinks deliciosos, serviço volante o tempo todo, enfim, um evento inesquecível e muito prestigiado. Shows musicais e muitos prêmios animam a tarde toda até o começo da noite. Presente há vários anos o senador Antonio Anastasia, o ex-prefeito e pré candidato ao senado, Bruno Siqueira, o prefeito Antonio Almas e o deputado Isauro Calais, que é da terrinha.

Vista geral da grande festa para cerca de duas mil pessoas

Luiz Antonio Naresi, Daniele e Bruno Siqueira e o deputado Julio Delgado

O senador Antonio Anastasia, Cida Amaral, Suely e Claret Guerra

O anfitrião César Romero, ao centro, com o jornalista João Carlos Amaral e o médico Gustavo Ramalho

O prefeito Antonio Almas com a mulher Eloisa e a filha Barbara


4

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

I N T E R N A C I O N A L BRANDED DEVELOPMENT DE LUXO EM ORLANDO (EUA)

Magic Development lança Magic Village by Pininfarina

Lançado em dezembro de 2017 e com entrega prevista para 2020, o único branded development de luxo de Orlando une a experiência dos demais condomínios com o design inovador e sofisticado do estúdio italiano Pininfarina.

rogerioalmeidaturismo@yahoo.com.br

Medalha Cidade de João Pessoa A Câmara Municipal de João Pessoa, numa propositura do vereador Fernando Milanez, neto (PTB), concedeu ao general angolano Antônio dos Santos França, a Medalha Cidade de João Pessoa. O general foi Embaixador de Angola nos Estados Unidos. O General e sua esposa Maria João, única mulher também general em Angola possuem investimentos na Paraíba e são muito queridos pelos paraibanos. ROGÉRIO ALMEIDA

Aspectos do Villlage

O objetivo desse projeto, assim como os demais que já são sucesso, é oferecer às famílias a possibilidade de ter uma propriedade em outro país com os benefícios e serviços de um hotel. Além da oportunidade de alugar o imóvel através de uma administradora com expertise no assunto. “O Magic Village by Pininfarina mudará não apenas a paisagem e o horizonte da região, mas a economia futura, atraindo atenção global para a área turística mais famosa de Kissimmee. Somos os primeiros a trazer esse tipo de conceito para Orlando e temos a honra de nos associar ao Pininfarina, um escritório conhecido internacionalmente por seu estilo e sofisticação”, comenta Rodrigo Cunha, CEO do Magic Development.

Rogério Almeida

PAULA ROCHA

Criado pelo Magic Development, grupo que há 10 anos desenvolve empreendimentos de luxo para o turismo nos Estados Unidos, o Magic Village by Pininfarina é o mais novo projeto criado pelos empreendedores brasileiros proprietários também dos condomínios Magic Village 1 e Magic Village 2.

Na bagagem do Nordeste

Maria João, Embaixador de Angola Nelson Manuel Cosme, Fernando Milanez Neto e Lide Milanez e general França

Tropical Bessa

Maquete da obra

Uma das novidades de João Pessoa para esta temporada é a Pousada Tropical Bessa. O grande diferencial é que todos os funcionários dominam o inglês, afinal a proprietária, a paraibana Cilene Araújo residiu por mais de 25 anos nos Estados Unidos. Com a proposta de sua casa fora de casa a Pousada Tropical Bessa fica à uma quadra da tranquila Praia do Bessa e possui 10 apartamentos distribuídos em casal, 3, 4 e até 5 pessoas e um café da manhã regional

ROGÉRIO ALMEIDA

que é um dos melhores das pousadas de João Pessoa. A Tropical Bessa está na Av. Afonso Pena, 641. Email: tropicalbessa@ hotmail.com

1ª Mostra De AaZ Décor TRADIÇÃO, QUALIDADE E SEGURANÇA Atendimento: 31 3287-4422 | 3282-7663 comercial@buffetsausalito.com.br • restauranteminas2@yahoo.com.br www.buffetsausalito.com.br

A 3ª edição da Mostra De AaZ no Shopping Paço Alfândega no Recife prestou homenagem a Martha Medeiros, em um ambiente com um vestido e objetos da mais famosa designer de Alagoas. A Curadora da Mostra, Ana Claudia Thorpe apresentou 35 ambientes em dois andares reunindo nomes consagrados e novos talentos da arquitetura do nordeste. MORGANA NUNES

O melhor da Culinária Mineira

à sua porta!

Peça pelo

Informações: 3261-5930 www.donalucinha.com.br facebook.com/donalucinhabh @donalucinhabh

Restaurante Dona Lucinha Rua Sergipe, 811 – Funcionários

Nethe Lima (A3), Luiza Nogueira, Ana Cláudia Thorpe e o vestido de Martha Medeiros


5

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

VOO PANORÂMICO SUE LY CALAI S | suely.mgturismo@uol.com.br

Seu Elias

Congraçamento Skal FOTOS JOÃO CARLOS AMARAL

Elias Torres, o Seu Elias é um Pop Star entre os barbeiros de Belo Horizonte. É um profissional referência no trabalho que faz e segue o caminho natural que é dividir o conhecimento que adquiriu ao longo do tempo. Há 4 anos viaja para ministrar cursos aqui e no exterior, acaba de abrir na capital o Barber Day Academy, segundo ele, o mais completo centro de ensino avançado em cabelo masculino no país, na Pampulha. Segundo Seu Elias, “a profissão se reiventou e essa demanda não para”. Ele foi à Rússia ensinar para 500 pessoas. Acaba de inaugurar a quarta unidade de sua rede, um espaço

Ercilio Domingues, Antonio Geraldo, Marcos Prota, Saulo Froes, Chef Tulio, Marcelo Jeunon e Reinaldo Fleming

Marcelo Jeunon e Daltro Nogueira

Marcos Prota, Chef Túlio, Saulo Froes e sua namorada

de 240m quadrados na principal avenida do Belvedere.

FOTO DIVULGAÇÃO/SEU ELIAS

A foto registra o cabelereiro Jaks com o jornalista Antônio Claret Guerra, logo após um caprichado corte de cabelos no tradicional Salão da Savasi. Cliente do Seu Elias, Claret só tem elogios para Elias Torres.

Assembleia Legislativa.

Construindo, com responsabilidade, a Minas que você quer. Nos últimos anos, a gestão da Assembleia soube enfrentar com responsabilidade grandes desafios: não deixou seu orçamento crescer acima da inflação e cortou gastos, com economia real de 45% com transporte, 86% na realização de eventos e muito mais. Exerça sua cidadania. Conheça o trabalho da ALMG.

Trabalho sério que economizou o dinheiro de todos os mineiros sem deixar de cuidar do que é importante para nossa Minas Gerais.

almg.gov.br


6

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

ENTREVISTA | JULVAN LACERDA

Lançamento do livro “Moema, Doce Terra de Minas”, de Jacinto Guerra

FOTO DIVULGAÇÃO/AMM

Fui surpreendido, em Moema, senhor prefeito, pelo seu grande entusiasmo com o livro “Moema-Terra Doce de Minas”, imediatamente após minha palestra a respeito desse projeto editorial. Qual a sua visão a respeito de livros dessa natureza para os municípios brasileiros? É de grande importância para preservar a história de cada município. As gerações passam e, muitas vezes, a história fica esquecida. Então, esse tipo de livro tem a condição de registrar, guardar para a posteridade os acontecimentos da construção do dia a dia de cada município. Uma construção feita pelo povo. Vejo como uma iniciativa muito louvável e que os municípios devem apoiar. Qual sua opinião a respeito de investimentos culturais em nossos municípios nas áreas de arte, cultura e turismo, especialmente edição de alguns livros especiais, realização de eventos, criação de bibliotecas, museus, incentivos à criação e desenvolvimento de instituições culturais e outras iniciativas desta área? Os investimentos culturais devem ser colocados como prioridade nas prefeituras. Nós, aqui mesmo, remodelamos a nossa biblioteca, incentivamos lançamentos de livros de moemenses, todos os anos, no aniversário da cidade, ou na inauguração de alguma obra. A gente está com nossos escritores, valorizando-os, lançando os livros deles, porque é uma forma de o município incentivar o desenvolvimento cultural e intelectual do seu povo. A cidade de Moema vem se destacando, nos últimos anos, com uma surpreendente atuação de cidadãos do lugar, brilhando nas artes, na ciência e na educação, inclusive em outros países, o que isso poderá resultar em benefício da educação, cultura e turismo na cidade? O destaque de moemenses na cultura, astrofísica, em diversas áreas de destaque nacional e internacional é muito bom porque serve como exemplo para incentivar as próximas gerações a também trabalharem para poder se desenvolverem e serem boas no que fazem; ter perspectivas de desenvolvimento pa ra poderem alçar voos mais altos, no sentido de se aperfeiçoarem e levarem o nome da nossa cidade positivamente para fora.

Direto de BH Rafael Lobato rafaellobato@mgturismo.com.br

Troféu Tancredo Neves Entrega do Troféu Tancredo Neves do jornal Edição do Brasil (leia-se jornalista Eujácio Silva), levou ao Auditório do TCE em BH, dezenas de personalidades ao evento que está fazendo 31 anos. O mestre de cerimônia foi o competente jornalista da Rádio Itatiaia, Acir Antão. O orador oficial, representando os agraciados da noite, foi o presidente da Usiminas Sérgio Leite. O governador Fernando Pimentel foi representado pelo líder do governo na ALMG, deputado Durval Angelo.

Julvan Lacerda

plo de ética, moral, transparência, condução da coisa pública com seriedade, para construir uma cidade melhor de se viver, em que tenha mais saúde, educação, segurança pública. Um lugar em que a gestão pública seja vista como uma representatividade da população. E na Associação Mineira não pode ser diferente. A gente se pauta na imparcialidade, na condução segura e firme, na defesa do municipalismo, sem dono. A presidência da Associação não pode ter dono. A Associação não pode ser um braço do Governo do Estado. Ela tem que se pautar em princípios fortes que possam defender a sua causa sem estar presa a ninguém; sem se curvar diante de interesses de grupos partidários ou pessoas. Qual a sua mensagem final aos leitores desse livro, que são muitos em Moema, em nossa região e até em lugares diversos do Brasil e de outros países? É uma obra que muito orgulha todos nós de Moema. Com certeza será uma leitura prazerosa, pois estaremos lendo sobre a nossa cidade, nossa história. Que todos tenham uma boa leitura e divulguem essa obra entre parentes, amigos e conhecidos.

À mesa estavam o ex-governador Alberto Pinto Coelho, o presidente da AMM, Julvan Lacerda, o deputado federal Marcelo Alvaro Antonio, a presidente do Servas Carolina Oliveira, o deputado Arlen Santiago representando a presidência da ALMG.

Discurso do diretor do jornal Edição do Brasil, Eujácio Antônio Silva

Debut de Marina Rizzioli Foi no Condomínio Portal da Montanha, no Belvedere, a bela festa de 15 anos de Marina Rizziolli. Decoração primorosa com rosas, hortênsias, astromélias e gipsons. Desde as entradas até o bolo, a mesa de café com licores italianos, tudo ficou a cargo do Buffet Catharina.. Decoração do expert Carlos Costa e fotos de Nicácio. NICACIO FOTOS

Marina com avó Silvana Rizzioli, avô Valentino e pai Cláudio Rizzioli

Quais os seus projetos e programas principais no Governo Municipal de Moema e na administração da Associação Mineira de Municípios? O principal projeto nosso na prefeitura é fazer uma administração que seja exem-

A linda debutante ladeada por Albertina Moura (Brazilian Times) e este colunista


7

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

NO CLICK E DY FE RNAND ES | edyfernandesbh@terra.com.br

Bruno Orsini, Marianna Petrovna, Frederico Augusto Almeida, Carolina Bernardes Enham, Mateus Cardoso Caetano

Carol Meyer

Alexandre Meira, Jorge Berg

Cadu Brandao, Viviane Furst, Carlos Henrique Faria Vasconcelos, Guilherme Torres

Cidinha Castelo Branco, Carol Pimentel, Lucia GuimarĂŁes

Filipe Costa, Gabriela Tarachuck

Diomar Silveira, Helenice Laguardia

Celso Picchioni, Luciana Magalhaes, Frederico DAlcantara, Wagner Espanha

Michelle Bastos

Daniel Castro, Keyla Cerceau, Schubert Araujo, Abmael de Souza

Marcella PaterNostro, Ralf Mayer, Heitor Silva

Herwig e Isabel Gangl, Alfredo Figueiredo


8

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

O P I N I Ã O

Bem vindos ao conexidades TONI SANDO

Quem atua na área de turismo, de eventos, de viagens, de hospedagens, por estar sempre atento com o ato do bem servir, talvez não perceba a importância que tem na vida das pessoas. Quando falamos de turismo de eventos, de negócios e de lazer falamos de ESPERANÇA, de SENSAÇOES, de EXPERIÊNCIAS. Somos parte de uma engrenagem que não pode deixar a roda parar, tanto na atuação das políticas públicas como nas atividades da iniciativa privada. Os Conventions & Visitors Bureaus são entidades privadas, sem fins lucrativos que captam eventos, promovem o destinos e agem como agente de integração entre os diversos estabelecimentos e prestadores de serviço local. No turismo, a chave do sucesso é ser um agente agregador. Atuar em sintonia com o

setor público e com a iniciativa privada, participando ativamente do Conselho municipal de turismo, acompanhando as atividades das entidades representativas, como a UVESP, APRECESP E AMITESP e conhecendo de perto os trabalhos que a Frente Parlamentar Mista do Turismo no Congresso Nacional tem em pauta no seu dia a dia, onde leis impactam inclusive no futuro de um destino. Ubatuba CVB é exemplo regional e vem demonstrando muita sintonia com o mercado e seu envolvimento. Com o 1º CONEXIDADES que acontece de 8 a 12 de maio, demonstra seu comprometimento com seus associados, com seus habitantes e as cidades vizinhas. A participação dos hoteleiros, organizadores de eventos, agências e guias de turismo, jornalistas, donos de restaurantes, comerciantes, do transporte e todos os seus colaboradores, é a chave do sucesso de um destino.

O turismo pode transformar um país, pode transformar um Estado, e pode transformar uma cidade. Com o turismo, o dinheiro vem de fora, entra na cidade e distribui riqueza. A prosperidade está em nossas mãos. A vida é feita de relações, de convivência, de encontros e esta edição do CONEXIDADES se propõe a isso, no capitulo Turismo. E um evento como este, criam-se movimentos, geram-se negócios e oportunidades e promove-se o bem-estar aos seus participantes. Estamos em um momento de retomada do crescimento da economia e otimismo do mercado. O momento é esse. Os que estiverem preparados para fazer parte de um novo momento de prosperidade devem se integrar para colher os frutos deste estimulante setor.

Toni Sando é presidente da UNEDESTINOS e da União Nacional de CVBs e Entidades de Destinos

Entenda as principais mudanças na nova Lei para motorista que beber e causar acidente com morte PROF. ALEXANDRE MATOS

O presidente Michel Temer, por intermédio da Lei n.º 13.546/17 (publicada no Diário Oficial da União em 20/12/2017), alterou quatro artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Referidos artigos tiveram sua vigência implementada quatro meses após a publicação, ou seja, desde 19 de abril de 2018 a pena de reclusão para os casos de homicídio decorrente de acidente de trânsito, com comprovação de embriaguez do motorista, passou de 2 e 4 anos para 6 a 8 anos. Além deste aumento do tempo de punição, a Lei também prevê o início do cumprimento da pena em regime fechado e não admite pagamento de fiança no caso de prisão em flagrante. Quando foi noticiada essa mudança na Lei, circularam pelas redes sociais muitos boatos de que qualquer pessoa que fosse flagrada dirigindo embriagada poderia ficar presa por 8 anos. No entanto, o certo é que essa mudança na Lei afetará somente o indivíduo que, ao dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência, venha a se envolver em acidente com vítima fatal. Importante mencionar que o motorista flagrado dirigindo sob o efeito de álcool responderá a processo administrativo junto ao órgão de trânsito, sendo garantido o seu direito à ampla defesa nas três instâncias de julgamento, além da possibilidade de discussão na via judicial. Professor Alexandre Matos é Bacharel em Direito e membro da comissão de Direito de Trânsito da OAB/SP- Subseção de São Miguel Paulista e palestrante e professor convidado na OAB e empresas privadas.

Painel do Leitor Gostei muito das edições do JORNAL MG TURISMO! Estão de parabéns pelo trabalho que exercem, de grande utilidade pública! Junto ao turismo são agregados: cultura, gastronomia, informações importantes que dão ao turista a segurança e a certeza de estar lidando com uma empresa séria! E esta parceria é essencial! Levam muito a sério este “dom”, que se transformou em vocação! Sucesso constante em suas vidas! Possuem muita seriedade e serenidade para crescerem, cada vez mais! São vitoriosos! Deus os abençoem! Célia Felício Pedagoga e professora, Natural de Diamantina (MG), residente em Belo Horizonte

31 2516 0505 UNID. OURO PRETO 31 3243 9351 UNID. FUNCIONÁRIOS

TOUR PRESS JORNALISMO LTDA FILIADO A

ESCRITÓRIOS COMERCIAIS BRASÍLIA

Bridge Propaganda Fernando Braga (61) 98112 2227 fernando@bridgepropaganda.com.br

CNPJ 21.612.775.0001-98 Insc. Estadual 062.131218.00-55 Insc. Municipal 339813/001-3

Marca Registrada no I.N.P.I. sob o n° 816392529 de 25/05/93

Sonia Brandão (61) 99973 4304 sonia@bridgepropaganda.com.br

SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO, PORTO ALEGRE, SALVADOR, RECIFE E FORTALEZA Hub Comunicação (11) 4552 1062 hubcomunica@gmail.com Antônio Motta (11) 93011 0543 motta@hubcom.vc Andressa Abranches (11) 98747 2685 andressa@hubcom.vc

*O jornal não se responsabiliza pelos conceitos emitidos pelos artigos e assinados, que são da responsabilidade de seus autores, não refletindo, necessariamente, a opinião do jornal.


9

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

O P I N I Ã O

“Nós, ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos” CARLOS CASAES

Por mais estranho e macabro que possa parecer, essa inscrição está aposta no limiar do portal de entrada da, denominada, “Capela dos Ossos”, na Igreja de São Ferancisco, na cidade de Évora, no Alentejo Central de Portugal. Construída no século XVII, a capela e igreja situam-se à praça 1º de Maio e foi construída no estilo gótico. É um dos mais visitados monumentos de Portugal, capela construída internamente com mais de 5.000 ossos de monges, sendo a mais famosa das seis capelas dos ossos que se dizem existentes no país lusitano. A história relata que havia 42 cemitérios monásticos em Évora, no século XVI, ocupando espaço muito grande. Pretendendo proporcinar melhor aproveitamento de toda a área, a solução encontrada pelos franciscanos teria sido extrair todos os ossos da terra e utilisá-los para erguer e “decorar” uma capela. Foram empregados, então, ossos entre crânios, tíbias, vértebras e fêmures dispostos de tal sorte nas paredes, nas colunas e no teto, numa arquitetura indiscutivelmente macabra, iluminados por faxos de luz que entram por três frestas à esquerda. Todas as paredes e pilares da capela estão revestidos por ossos ligados por cimento pardo. Enquanto as abóbodas encontram-se pintadas com motivos alegóricos à morte. A inscrição que dá título a êste artigo teria sido o meio pelos quais os monges convidariam as pessoas para que a capela servisse de consolação a uns e de notícia à curiosidade de outros. Afinal, teriam evidenciado a transitoriedade da vida. Outra e especial curiosidade é que, no fundo da capela, encontram-se pendurados dois cadáveres - um adulto e uma criança. Conta a lenda, como a origem determinante daquela postura, de que teria ocorrido pelo fato de uma mulher ter sido muito maltrada pelo marido e pelo filho. E que, por consequência, quando no leito da morte, ela os teria amaldiçoado, dizendo-lhe algo como: “Quando morrerem, não serão dignos de a terra os comer e os desfazer”. E aquela determinação os teria ferrado com o destino de estarem permanentemente exibidos e suspensos para a execração pública. Destinado a criar ainda mais um ambiente de suspense, um sensor de movimento, quando pisado, aciona as luzes que iluminam aqueles dois

corpos pendurados estrategicamente. A capela é constituída por três naves. Cada uma delas tem a dimensão de 11 metros de largura por 18,70 metros de comprimento. Na realidade, a “Capela dos Ossos” é um monumento de arquitetuera dedicado ao Senhor dos Passos, ou Senhor Jesus da Casa dos Ossos. Évora, onde se encontra a capela, é a capital do distrito de Évora, e está situada na região do Alentejo Central. Por sinal, é a única cidade portuguesa que é membro da “Rêde de Cidades Européias mais antigas” e tem por característica, ainda, ser a séde do quinto município mais extenso de Portugal, contando com um território de extensão que marca 1.307,08 km² de área. Toda esssa dimensão está subdividida em 12 freguesias. Évora é tão famosa que leva o epíteto de “Cidade-Museu”, pelo fato de ser um centro histórico dos mais ricos em monumentos de Portugal. Évora, inclusive, foi declarada Patrimônio Mundial da UNESCO em 1986. Há alguns anos, quando estávamos em Lisboa por conta de participar da BTL, fomos convidados pelo querido amigo NUNO LIMA DE CARVALHO a jantar no belíssimo salão “Preto e Prata” do Cassino do Estoril, do qual era o seu Diretor (hoje aposentado). E o convite era extensivo a um outro queridísimo amigo e irmão, dirigente de um órgão de turismo brasileiro, dentre alguns outros partícipes. Ao nosso lado, encontrava-se, também, um amigo proprietário de um dos mais destacados restaurantes daquela bela cidade. Que nos convidou a lá almoçarmos. Entenda-se que Évora fica a poucas horas de Lisboa. Para lá seguimos no dia seguinte. Por evidente, aproveitamos para revisitar os tantos sítios históricos da cidade. Um deles foi, claro, a “Capela dos Ossos”. Ao alcançarmos a entrada da capela e “descobrir” a inscrição no limiar da sua entrada, o querido amigo e irmão – que a visitava pela primeira vez - deu um freio e se recusou a entrar, impressionado com o impacto daqueles dizeres. Foi necessário a interferência da sua esposa para que ele se dispusesse a visitar aquele curioso monumento. Até porque os ingressos já haviam sido adquiridos. Foi um momento, deveras, bastante curioso de como tal atração pode impactar aos que lhe visitam. Aliás, bom esclarecer que “Conta-se o milagre, mas não se conta o santo”.

Carlos Casaes, jornalista em Salvador (BA), é presidente da Confraria de Turismo

Painel do Leitor Não era novidade, para mim, suas viagens ao exterior! Já conhecia, de longe, a competência nesse ramo da comunicação e divulgação do nosso Estado! Mais uma vez, fiquei impressionada com tantas o informações, passadas aos leitores, pelo JORNAL MG TURISMO, jornal, este, muito bem conceituado! Com isto, não só nos trazem, ricas e preciosas informações, como levam para os lugares que passam, a nossa cultura, costumes; enfim, tudo aquilo de riqueza que possui nossa Minas Gerais! Acompanho, sempre, as postagens com suas andanças pelo mundo, mostrando imagens lindas; encantadoras! Parabéns pelo grande empenho em divulgar o que é nosso e que muito nos orgulha em nosso Estado! Deus lhes dê muita saúde para que possam dar continuidade a esse trabalho digno do nosso respeito e admiração! Célia Felício Pedagoga e professora, Natural de Diamantina (MG), residente em Belo Horizonte

O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais

Fundado em 22/10/1986 Endereço: Av. Cristóvão Colombo, 519 - sl. 102 Telefones: 3282 - 2666 Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil | CEP: 30140-140 www.mgturismo.com.br

FUNDADORES

DIRETOR-GERAL E EDITOR

CONSELHO EDITORIAL

DIRETORA DE EXPANSÃO

Cristiane Nobre (MG) João Carlos Amaral - (MG) Nilton Guedes (PA) Rafael Lobato (MG) Rogério Almeida (PB) Rogério Zola Santiago (MG) Rosilene Campolina (MG) Sérgio Neves (MG)

Antônio Claret Guerra Jornalista MG 02142/JP claret.mgturismo@uol.com.br Suely Calais Guerra Jornalista MG 08713/JP suely.mgturismo@uol.com.br

Ênio Fonseca (in memorian)

DIRETOR DE RELAÇÕES PÚBLICAS Henrique Campos

Elber Monteiro de Castro Araújo (in memorian)

GERENTE-GERAL

Antônio Claret Guerra

Rafael Lobato

EDITORA DE CONTEÚDO ON-LINE Luana Gabriely Rodrigues Jardim

IMPRESSÃO

DIAGRAMAÇÃO / PAGINAÇÃO Fatine Oliveira PROJETO GRÁFICO Fatine Oliveira

DEPARTAMENTO COMERCIAL 31-99336-1235


10

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

M I N A S

G E R A I S

A BOEMIA CARIOCA EM BH

Redentor Bar completa 15 anos com novidades “É melhor ser alegre que ser triste. Alegria é a melhor coisa que existe. É assim como a luz no coração...” Estar em um bar, reunido com os amigos e pessoas especiais, remete muito aos versos iniciais de “Samba da Bênção”, imortalizados na voz do carioca mais boêmio que já existiu: o poeta, músico e compositor Vinícius de Moraes.

Ipanema de BH], nas ruas Fernandes Tourinho com Sergipe; e no shopping Cidade, na região central da capital, a casa oferece tudo que os mineiros gostam: chope tradicional, ambiente despojado, rodas de música ao vivo com jazz, bossa nova bem à la Jobim, chorinho e samba, além de saborosos petiscos e atendimento cordial.

E essa atmosfera boêmia da cidade maravilhosa, tão popularizada por ícones da Bossa Nova brasileira, como Tom Jobim, Miúcha, Carlos Lyra, Ronaldo Bôscoli, João Gilberto, além, é claro, do próprio ‘Poetinha’, unida ao prazer dos mineiros por uma mesa de bar e pela proza descompromissada, é a essência do Redentor, que este ano completa 15 anos repleto de novidades, mas sem abrir mão da tradição.

“O bar brinda a boemia e, por trazer um pedacinho generoso do calor carioca, está sempre de portas abertas para quem gosta de uma boa conversa depois do trabalho e aos finais de semana, afinal, como já dizia o próprio Vinícius de Moraes, a vida é a arte do encontro. E nada melhor que celebrá-lo numa mesa de bar”, destaca um dos sócios, Daniel Ribeiro.

Situada em uma charmosa esquina da Savassi [a

Marca registrada O foco do Redentor sem-

LUCIANA CHEIN

Da esquerda para a direita os sócios Daniel Ribeiro, Antônio Câmera e Fausto Dias

pre foi na qualidade da tiragem de chope, que envolve uma expertise desde o recebimento, o gás e equipamentos utilizados. “O nosso chopeiro Welington Duarte já disputou várias vezes prêmios como melhor chopeiro do Brasil. Já ganhamos também diversos prêmios na Ambev, e revistas como Veja e Encontro. Porém, o maior prêmio mesmo, após esses 15 anos, é escutar do belo-horizontino que gosta de chope que o Redentor é Serviço: Redentor Rua Fernandes Tourinho, 500 - Savassi. Telefone: 3284-1175. Funcionamento: Todos os dias, de 11h até as 02:00 Aceita todos os cartões. www.redentorbar.com.br.

o melhor chope tradicional de BH”, diz Daniel. Ele acrescenta também que, atualmente, com a ascendência da cerveja artesanal, o Redentor oferece três chopes da Wals (pale ale, trigo e ipa) e, em breve, terá mais duas opções da Colorado. A ideia de fazer uma mistura do Rio com BH veio da vontade de trazer o astral carioca para Minas, aquele lugar onde se bebe em pé, de bermuda ou de terno. O tema do Redentor é: O espírito carioca com o abraço mineiro. Desde sempre a ideia foi um bar descontraído, casual e alegre. Um bar familiar e de amigos que preza pela excelência na gastronomia de boteco, no chope e no atendimento: aquele bar aonde o garçom chama o cliente fiel pelo nome.

Rossi & Zorzanello: 30 anos e muitos cases de sucesso no Turismo e no setor de Eventos ARQUIVO/ROSSI&ZORZANELLO

No dia 1º de abril de 1988 duas empreendedoras de Gramado/RS se uniam para criar uma empresa organizadora de eventos que fez história: a Rossi & Zorzanello. Hoje, 30 anos depois, a marca é reconhecida no Brasil e no exterior pelo pioneirismo e credibilidade na concepção e organização de grandes eventos próprios como a consagrada Feira Internacional de Turismo - FESTURIS Gramado, a Chocofest (maior eventos de Páscoa do Brasil) e a Gramado Summit (evento pioneiro ao unir startups e investidores e que terá sua segunda edição em agosto), além de expertise na organização de eventos corporativos e empresariais. Marta Rossi e Silvia Zorzanello (in memoriam) não imaginavam que sua iniciativa naquela época resultaria no início do processo de profissionalização do

A empresa prepara algumas ações comemorativas como o lançamento do livro dos 30 anos, já anunciou a reformulação de suas marcas e foca na realização do FESTURIS 2018, 30ª edição, como um grande marco para as comemorações dos 30 anos. Mais detalhes em: www.rossiezorzanello.com.br, www.festurisgramado. com, www.chocofest.com.br e www. gramadosummit.com MELOHUNTERDRONE

setor turístico de Gramado, da Região das Hortênsias e do Rio Grande do Sul com a criação da Feira Internacional de Turismo, que teve sua primeira edição em 1989. De lá para cá muita coisa mudou e as duas, junto com lideranças da região, conduziram Gramado e a Serra Gaúcha à um patamar de destaque no setor de Turismo e Eventos no Brasil. Atualmente a empresa é comandada por Marta Rossi e, desde a partida de Silvia Zorzanello após uma ferrenha luta contra o câncer em 2010, por Eduardo Zorzanello e Marcus Vinícius Rossi, filhos das fun-

dadoras e que assumiram seus postos de diretores junto com Marta. Além dos eventos e marcas próprias a R&Z já realizou e continua realizando alguns grandes eventos como: Aluno Nota Dez, Enef (Encontro de Empresas Familiares), Congresso Brasileiro de Carvão Mineral, Combrasul, Convenção Nacional da Anfinp, Congresso Brasileiro do Concreto, entre outros. O projeto atual é fortalecer a R&Z e seus produtos próprios, sempre desempenhando e realizando atividades que tragam um retorno positivo para a comunidade e nicho de mercado a que estejam inseridos.


11

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

M I N A S

G E R A I S

Caminhantes da Estrada Real participam do Festival de Gastronomia Rural de Itapecerica Convidadas pelo prefeito de Itapecerica, Eirley Rodrigues Reis, as Caminhantes da Estrada Real cumpriram uma agenda de homenagens e plantio de 100 árvores dentro do Projeto Árvore é Vida. Paralelamente acontecia o Xll Festival de Gastronomia Rural, um sucesso que acontece há 12 anos. No coquetel da abertura oficial do Festival, a ACER - Associação das Caminhantes da Estrada Real foi homenageada pelos 15 anos de atuação dinâmica em prol do turismo de Minas Gerais, do meio ambiente, das relações com o trabalho das Prefeituras, Secretaria de Agricultura, Emater e muitas outras entidades.

FOTOS/ARQUIVO DA ACER

Beth Pimenta e o prefeito de Itapecerica (MG), Eirley Rodrigues Reis

Diploma recebido pelas Caminhantes

Estavam presentes cerca de 10 prefeitos de municípios vizinhos e as Caminhantes foram homenageadas na Praça, em frente à Prefeitura, com discursos e uma bela Placa. Nestes 3 dias, 30.000 pessoas visitam a cidade e fazem a economia girar. O objetivo desde o início era valorizar os cozinheiros e cozinheiras locais, resgatando as tradições culinárias da região! O 1° Festival de Gastronomia Rural teve início na Fazenda Capetinga qdo os 5 melhores “chefs” do Senac foram para o meu Hotel para fazerem um jantar para 150 pessoas, dando início então ao Festival que foi para Itapecerica e com o apoio da Prefeitura se tornou o maior evento turístico da cidade! A presidente da ACER, Maria Elvira Salles Ferreira, estava cumprindo agenda oficial em Cordisburgo (MG).

Grupo de Caminhantes em Itapecerica (MG)

QUANDO O MUNDO INTEIRO VIAJA A GRAMADO, A GENTE NÃO CHAMA DE FÉRIAS: CHAMA DE TRABALHO.

Em 2018 acontecerá a 30ª edição do FESTURIS: o maior evento para efet ivação de negócios no setor t uríst ico. Venha fazer part e dest e marco hist órico.

ANOS YEARS AÑOS

Rua Garibaldi, 308 - Sala 201 Gram ado - RS - Brasil Caixa Postal 394, CEP 95670-000

+55 (54) 3286 3313 | +55 (54) 3295 8500 www.festurisgram ado.com comercial@rossiezorzanello.com .br


12

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

N A C I O N A L

Sete passos para planejar a viagem ideal APRIL Brasil Seguro Viagem tem conselhos valiosos para quem prefere organizar o roteiro por conta própria Planejar uma viagem por conta própria desde o início pode ser trabalhoso. É preciso ter muita organização, atenção aos detalhes e ainda pesquisar bastante antes de fechar qualquer reserva. Mas todo o esforço vale a pena para deixar o

roteiro personalizado – do jeito que você sempre sonhou. Para ajudar nesta aventura, a APRIL Brasil Seguro Viagem dá um passo a passo para você organizar a viagem dos sonhos. DIVULGAÇÃO

In Foco Poliana Oliveira poliana.oliveira2010@hotmail.com

Feijoada do Maranhão Texto e Fotos BH Eventos Com muita alegria e espírito de Copa do Mundo, que foi realizada a primeira Feijoada do Maranhão, com a Associação Atlética Banco do Brasil/AABB- BH, no salão Social do clube, localizado na região da Pampulha. Os convidados chegavam com suas camisas com designer exclusivo para ocasião, customizadas ou não. Ao entrarem no salão recebiam uma senha para participar de sorteios que ocorreriam durante o evento, além de dois ambientes temáticos, criados no hall que serviram de fundo para os presentes tirarem fotos e darem entrevistas. A decoração do evento estava impecável. O salão todo decorado de verde, amarelo e azul, com bandeiras, flores e bolas. Quem esteve presente também foi a Musa da Feijoada do Maranhão, a modelo e apresentadora Laís Cruz, que deu seu show à parte através da sua beleza e simpatia, atendendo todos os pedidos para fotos. FOTOS VALDEZ MARANHÃO

1. Escolha o destino O primeiro passo é definir qual destino você quer conhecer. Pode ser um lugar que esteja em alta entre os blogs de viagem ou então um que combine com seu estilo, seja ele na praia, no campo ou uma grande capital. Uma boa dica é pedir indicações aos amigos e pesquisar detalhes para saber se realmente tem a sua cara! 2. Montando o roteiro de atrações Destino escolhido, agora é a hora de ver tudo o que ele tem para te oferecer! Veja os melhores lugares para visitar, museus e atrações turísticas. Também envolva os demais participantes para opinarem nos passeios do itinerário e estabeleça um cronograma para cada dia, com todos os detalhes dos deslocamentos entre uma atividade e outra. Encontre mapas dos transportes públicos ou verifique a necessidade de alugar um carro. 3. Determine a data da viagem Veja qual é o melhor período para viajar para o destino que você escolheu, fugindo de épocas de chuvas, furacões e secas. Outra dica é usar o sistema de alerta das companhias aéreas e sites especializados em busca de passagens aéreas, que avisam quando os preços dos bilhetes caem. Também já tenha conhecimento do trajeto entre o seu hotel e o aeroporto. 4. Busque as melhores hospedagens O segredo é ir de acordo com o seu perfil de viajante e o estilo de sua viagem. Você pode optar por viver como um local e alugar uma casa de temporada, viver como um rei em um hotel cinco estrelas ou conhecer gente de

todo mundo em um hostel bem moderninho. O local deve ser de fácil acesso por transporte público ou próximo das atrações que você vai curtir. Só não se esqueça de checar as referências e indicações do estabelecimento escolhido em sites confiáveis para não cair numa roubada. 5. Defina os lugares para comer Para não perder muito tempo procurando por restaurantes para agradar o paladar de todos os viajantes, faça uma pesquisa de onde fazer as refeições do itinerário. Considere as boas indicações, preços justos e que estejam no caminho entre as atrações que irá visitar, além de opções que sirvam pratos típicos do destino, para incrementar a imersão na cultura local.

Valdez Maranhão e a bela musa Laís Cruz

6. Contrate um seguro viagem Indispensável para quem quer uma viagem tranquila, o seguro irá garantir atendimento de urgência e emergência no exterior e até mesmo proporcionar assistência ou indenizações para diferentes situações, como extravio de bagagem ou interrupção da viagem, de acordo com as condições gerais. A APRIL Brasil Seguro Viagem tem os produtos certos para qualquer perfil de viajante, e ainda oferece 100% de cobertura para doenças preexistentes.

Tatiane Cerqueira (AABB), Valdez Maranhão e Luis Carlos Braga, superintendente do Mercado Central

7. Aplicativos que facilitam Antes de embarcar, faça o download de apps que podem te ajudar e muito durante a viagem. Existem aplicativos para todos os tipos e gostos: previsão do tempo, tradução de idiomas, indicações de restaurantes e hotéis, mapas, entre outros. Use a tecnologia a seu favor!

A alegria de Toninho da Matta e sua mulher Márcia


13

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

M I N A S

G E R A I S

Eu ouvi feriado? 2018 ainda nos reserva boas opções para emendar e viajar DIVULGAÇÃO

O AlugueTemporada – marca brasileira da HomeAway – selecionou imóveis em destinos inspirados em cada um deles. São opções com conforto, segurança, privacidade e para todos os perfis de viajantes. As diárias dos imóveis selecionados variam de R$ 48 a R$ 312 por pessoa.

Maresias, SP Está chegando o verão e com ele as temperaturas elevadas. Nada como um casarão com vista mar para relaxar em grande estilo e curtir o feriadão com sombra e água fresca.

Independência do Brasil (07/09 – sexta-feira) Petrópolis, Rio de Janeiro Lá viveu D. Pedro II! Petrópolis é uma cidade histórica e abriga o Museu Imperial, principal acervo do país de peças da família imperial brasileira. Se programe para ir com calma, pois além do tour guiado o museu oferece diversos programas culturais, tais como o Sarau da Princesa. Tarifa média por noite – R$ 2.500 (Acomoda 14 pessoas/ 6 quartos – R$ 179 por pessoa) https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/p3698560

Finados (02/11 – sexta-feira)

Campos do Jordão

Nossa Senhora Aparecida (12/10 – sexta-feira) Campos do Jordão Quem curte um tour gastronômico, Campos do Jordão é rico em restaurantes e bares. Além disso, você pode aproveitar a viagem para dar um pulinho no Santuário Nacional de Aparecida, a cerca de 1h30 da cidade. Tarifa média por noite – R$ 2.500 (Acomoda 8 pessoas/ 3 quartos – R$ 312 por pessoa) https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/ p4135561

Tarifa média por noite – R$ 3.000 (Acomoda 14 pessoas/ 5 quartos – R$ 215 por pessoa)

Tarifa média por noite – R$ 600 (Acomoda 6 pessoas/ 2 quartos – R$ 100 por pessoa) https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/ p4725583

Natal (25/12 – terça-feira) Gramado, Rio Grande do Sul

Tiradentes, Minas Gerais

A cidade gaúcha é a sede do Natal Luz de Gramado, considerado um dos maiores eventos natalinos do mundo. A decoração é primorosa e toma conta de toda a cidade. O imóvel é muito bem localizado e pertinho de um dos principais pontos turísticos para quem viaja com crianças: a Aldeia do Papai Noel.

A charmosa cidade mineira oferece diversas atrações e opções de passeios, com muitas casas e igrejas tombadas. Uma ótima opção para viagem em família!

https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/ p952045

https://www.aluguetemporada.com.br/imovel/ p4772301

Proclamação da República (15/11 – quinta-feira)

Tarifa média por noite – R$ 1.250 (Acomoda 12 pessoas/ 4 quartos – R$ 104 por pessoa)

Dicas para economizar nos feriadões DIVULGAÇÃO

2018 já é considerado um dos anos com mais feriadões, nada menos que 13 feriadões nacionais! É felicidade que não cabe no peito… e às vezes no bolso. Mas não precisa ser assim, se você quer aproveitar o feriadão e conhecer lugares novos, com planejamento e seguindo essas dicas de como economizar nos feriados que te daremos agora, vai ser mole! Nós sabemos que o próximo está um pouco distante, só em setembro, mas sempre é bom já lembrar que está chegando! Leia o infográfico abaixo, preparado pelo site Barkus e já vá preparando suas malas para os próximos feriados.

Aproveite as milhas roça na frente dos bois. Saiba quanto você está apto a gastar e pesquise os destinos viáveis para o seu orçamento, desse jeito você não ficará com dívidas até o feriadão do ano que vem.

Estratégias Quanto antes, melhor Programação é tudo quando o assunto é economizar. E programação com antecedência, melhor ainda. As passagens e hospedagens de última hora ou muito em cima de feriados costumam ser bem caras. Portanto se você já se programar para um feriado que está mais longe, encontrará tudo mais em conta. Comece já!

Pense no seu bolso Nessas horas é bom ter muita inteligência financeira e não passar a car-

os aplicativos como aliados. Para passagens, use o Decolar.com, Kayak, Skyscanner e o Google Flights para comparar preços; para hotéis, use sites como o Booking, Trip Advisor ou Trivago para ajudar na sua busca e no seu bolso.

As milhas são ótimas amigas na hora de economizar em passagens aéreas. Se você tem cartão de crédito cadastrado em algum programa de fidelidade você pode trocar esses pontos por passagens e hospedagens. Cadastre-se também no programa de milhas da empresa aérea com a qual você quer viajar, pois elas vão acumulando com seus voos. Leia bem o regulamento de cada empresa e aproveite!

Precisamos ter algumas estratégias se nosso objetivo é economizar. Por exemplo, saiba quais são as altas e baixas temporadas do lugar para onde você vai viajar. Por exemplo, Carnaval em Salvador? Você sabe que vai Use o transporte público estar caro! A dica é ir nesses lugares nas baixas temporadas e você economizará MUITO. Outra estratégia tamDica para a vida e principalmente para bém é se hospedar nos locais próximos que você queira as suas viagens: use o transporte público visitar, assim você gastará menos com transporte. da região. Às vezes, por comodidade, nos jogamos sempre nos táxis ou nos ubers. Só que isso não é nada legal para o nosso Compare preços bolso. Faça uma pesquisa de como cheNão caia no impulso de sair comprando a primeira gar a tal lugar e conheça a cidade de uma opção que você encontra! Compare os preços de pas- maneira mais local e, principalmente, mais sagens aéreas, hotéis e restaurantes. Para isso, tenha barata! E boa viagem!


14

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

​​N A C I O N A L

Dicas para viajantes grávidas FOTOS DIVULGAÇÃO

Crianças nos exigem atenção e cuidado, mas também nos trazem muitas alegrias. Confira aqui, nesta matéria preparada pelo ETA Canadá Visa, pequenas dicas que irão te ajudar em tudo que precisa para que sua viagem seja uma maravilhosa experiência para você e seu (sua) filho (a).

Faça as contas das semanas que faltam para o bebê nascer, imagina um parto longe de casa sem conhecer ninguém?! Melhor garantir que você já esteja de volta. Mas, por precaução, escolha sempre destinos que tenham uma mínima estrutura médica para atendê-la caso alguma complicação surja durante a viagem.

Faça uma avaliação da viagem VIAJANDO COM BEBÊS Não há uma idade mínima para viajar, porém a maioria das companhias aéreas só aceita bebês com mais de 7 dias de vida. Avalie a necessidade da viagem com um recém-nascido, já que eles são mais suscetíveis à infecções. VIAJANDO GRÁVIDA Depende do meio de transporte. Em viagens de navio, só é possível embarcar até 24 semanas de gravidez. Para viagens de avião, até a 27ª semana de gestação não existe muita complicação, entre a 28ª e a 36ª, é preciso um atestado ou

Levando os pertences VIAJANDO COM BEBÊS termo de responsabilidade, pois as companhias costumam Você tem a opção de ficar com o carficar mais alertas por conta da possibilidade de um parto prematuro. A partir da 36ª semana, é preciso atestado mé- rinho até o embarque ou despachá-lo dico ou uma avaliação da equipe médica da própria compa- como bagagem. nhia. Em alguns casos, a partir da 38ª semana, só é possível VIAJANDO GRÁVIDA viajar acompanhada do médico responsável. Despache o máximo de bagagem possível para não ter que carregar muito peso. Do meio para o final da gravidez, Escolha bem o destino é preciso evitar esse tipo de esforço. VIAJANDO COM BEBÊS Busque sempre um carrinho para levar Verifique se o destino possui uma estrutura mínima para a bagagem de mão e, se precisar de ajuuma viagem com crianças. Faça essa avaliação tanto em re- da, procure alguém da companhia aérea lação à localidade quanto ao hotel, restaurantes, etc. que eles irão prontamente auxiliá-la.

Debates sobre corrupção e programa de integridade são destaques entre empresários cristãos da ADCE Promovido pela Associação de Dirigentes Cristão de Empresa (ADCE-MG), em parceria com o SESI,o Almoço-palestra realizado na Fiemg no último dia 15 de junho, recebeu a professora Cristiana Fortini que falou sobre a responsabilidade das empresas por atos de corrupção e a importância da implantação de um programa de integridade.

no Brasil, mas ela pode ser uma ferramenta de mudança gradual e paulatina,” afirmou. Ela ainda completou, “aliado a isso, é muito importante uma reflexão sobre o cotidiano e todos os pequenos atos de corrupção que cometemos no dia a dia, seja furando uma fila ou dando uma pequena vantagem indevida para alguém”.

A Lei Anticorrupção Empresarial, ou Lei 12.846, criada em 2013 e em vigor desde 2014, estabelece às empresas, entidades e seus representantes responsabilidade sobre comportamentos ilícitos em suas relações com o poder público.

Para a professora, o programa de integridade ou Compliance, quando aplicado de forma efetiva é capaz de coibir a corrupção seja ela com entes privados ou públicos, consistindo em uma série de medidas e instrumentos de prevenção e combate a atos ilícitos, além de contribuir para o aumento da eficiência interna e promover a proteção da empresa ou minimizar os riscos de uma eventual condenação administrativa e judicial..

A palestrante fez ainda uma reflexão social sobre o assunto. “Apenas uma lei não é capaz de alterar uma realidade cultural tão disseminada quanto à corrupção

VIAJANDO GRÁVIDA

Vaga: Vendas externas Salário:

Requisitos:

Fixo + comissão

1 - Com experiência na área de vendas

Alimentação e Combustível

2 - Exclusivo (Será funcionária registrado pela empresa)

Interessados enviar currículo para: vendas4@damenny.com.br


15

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

C E N T R O C U LT U R A L B A N C O D O B R A S I L ( C C B B )

Sucesso das exposições de Marta Zeidler e Gilda Queiroz Crítico Rogério Zola Santiago (MESTRE PELA INDIANA UNIVERSITY)

Marta von Zeidler pinta com as mãos, os dedos, sem pincéis ou espátulas. Isso é literalmente colocar o corpo na tela. Seu furor criativo sai da derme segundo a teoria psicanalítica freudiana, a pele tocada repõe e faz a vida resistir além, retendo pelo toque a sobrevivência emocional dos homens e das mulheres e até dos animais irracionais. Assim, esta artista teuto-brasileira expele sua energia vital para cima da lona ou da tela - através dos dedos (funcionam como pincéis), de seus olhos de onça jaguatirica, quase extinta, íris plena do material de que são feitos os sonhos. Marta Von Zeider imprime teor onírico aos trabalhos que podem ser paisagens interiores projetadas e/ou introjetadas da natureza, numa estranha simbiose dentro-fora fora-dentro.

FOTOS THIAGO MIRANDA/BH EVENTOS

fusão de azul turquesa com dourado, parece um ramalhete side-

ral, ou uma sofisticada explosão interior.

Gilda Queiroz

As belas artistas plásticas Gilda Queiroz e Marta Von Zeidler

Roberto Noronha, a curadoria de Manuel Hagen colocou um quadro-painel de dois metros e meio com riscado difuso ao centro, de fora a fora, e ao redor o ocre amarelado do alvorecer.

Foi fotografado tarde afora e noite adentro, com pessoas posando na sua frente. Marta Zeidler tem galeria na Alemanha. Um de seus mais belos inventos Areia pigmentada, céu nublado pictóricos (repetimos - saídos de com projeção de arroubos lumi- seus dedos entintados), foi vennosos. Ao fundo da galeria-café de dido em Berlim, - mostra uma

Por sua vez, Gilda Queiroz, depois da Guignard e de passar temporada na Europa, volta misturando ares europeus (Paris e Berlim) com trejeitos corporais da mulher brasileira. Seus desenhos-pinturas-croquis de moda e de profusão de estilos refletem a carreira da ex-modelo em formas aquareladas que englobam a desenvoltura do corpo feminino vestido ou em nus artísticos mesclados a mandalas distorcidas e signos do inconsciente coletivo. Mais belas que nunca, Gilda Queiroz e Marta von Zeidler receberam convidados no Café da Galeria do Banco do Brasil (produção de Manoel Hagen com a cooperação da mestra em literatura Simone Rondon

que também, com Hagen, nos convidou). A princípio, eu ainda não havia reconhecido minha modelo favorita: faz 12 anos, tinha visto seus quadros em seu “flat” no bairro São Pedro, em BH, onde morava. A artista Queiroz evoluiu, cresceu. Agora suas formas corporais semi-abstratas compõem desenhos-pinturas sob vidro, aguadas envolventes ao olhar que combinam estilismo, modelagem (há chapéus que merecem ser produzidos). Queiroz está exímia na técnica da exigida transparência na estilização das figuras. Estas também incluem grafismos e certa profusão de signos - como se fossem azulejos. Contemporaneidade e bom gosto.

No Café do Banco do Brasil, Praça da Liberdade, coordenado por Roberto Noronha, a mostra fica um mês.

Marta Zeidler pinta com tinta nos dedos (e da alma) Crítico Rogério Zola Santiago (MESTRE PELA INDIANA UNIVERSITY)

Marta von Zeidler pinta com as mãos, os dedos, sem pincéis ou espátulas. Isso é literalmente colocar o corpo na tela. Seu furor criativo sai da derme segundo a teoria psicanalítica freudiana, a pele tocada repõe e faz a vida resistir além, retendo pelo toque a sobrevivência emocional dos homens e das mulheres e dos bichos que, após tocados, se deixam adestrar. Assim, esta artista teuto-brasileira expele sua energia vital para cima da lona ou da tela - através de seus olhos de onça jaguatirica (quase extinta), íris plena do material de que são feitos os sonhos. Marta Von Zeider imprime teor onírico aos trabalhos que podem ser paisagens interiores projetadas e/ou introjetadas da natureza, nu ma simbiose “dentro-fora fora-dentro” estranha, original, pessoal. Areia pigmentada, céu nublado com projeção de arroubos de luz.

FOTOS THIAGO MIRANDA/BH EVENTOS

Marta Von Zeideler

Ao fundo da galeria, um quadro-painel (premiado) que emite riscado ao centro, de fora a fora, e ao redor o ocre amarelado do alvorecer. Zeidler tem galeria na Alemanha, Berlim, a qual leva seu nome . Um de seus mais belos inventos pictóricos (repetimos saídos de seus dedos repletos de tinta), foi vendido na Europa: mostra uma fusão de azul turquesa com dourado, parece um ramalhete sideral, ou uma sofisticada explosão interior.

From fingers and the soul Marta von Zeidler paints with her fingers, using the strength of arms and the palms of her hands. She never makes use of brushes and other devices to spread paint and pigment on either canvas or paper. Her criative force flows from her own skin, from her inner depth. According to the Freudian theory, even animals when touched on he surface of the body tend to accept being trained and tamed. She tames our joy for Art and adds further significance to it. It can be said that this prize-winnin g artist born in Brazil is capable of transporting vital energy through the tips of her “dactilos” onto a surface that can receive and transmit collor and emotion.

Belo quadro da artista teuta-brasileira

He ‘inner-out’ symbiosis leads to an intricate and also sensible imagery inspired by the observation of nature and by reminiscences of early childhood spent in Latin America. Texture of sand, barren fields and tormented skies are blatant messages before the eyes of the observer. Beauty is also another ingridient in the enlightening thunders from the soul of a woman whose vision contains a silent emerald green intermingled with the almost extinct acqua marina.


16

Belo Horizonte, MG - Brasil • 15 de junho a 15 de julho de 2018

ENTREVISTA

Portugal 2020, Acordo de Parceria com a Comissão Europeia, principal recurso de Fundo Perdido para investidores Líder mineiro fala sobre seu amor por Portugal, vinhos do Alentejo e as belas vilas medievais do Conselho de Reguengos de Monsaraz ARQUIVO PESSOAL

CLÁUDIO MOTTA Empresário e Advogado Diretor Jurídico e de Relações Internacionais da Câmara Portuguesa de Comércio no BrasilMinas Gerais

Antônio Claret Guerra JORNALISTA Como empresários brasileiros podem conseguir recursos a fundo perdido em Portugal? Há facilidades para créditos e financiamentos? Os empresários brasileiros têm muitas formas de obter recursos financeiros para os seus projetos. A principal fonte é o Portugal 2020, um Acordo de Parceria adotado entre Portugal e a Comissão Europeia e que congrega cinco Fundos Europeus Estruturais e de Investimento - FEDER, Fundo de Coesão, FSE, FEADER e FEAMP - no qual se definem os princípios de programação que consagram a política de desenvolvimento econômico, social e territorial para promover, em Portugal, entre 2014 e 2020. Em relação ao Alentejo, foi criado o “Alentejo 2020”, um programa regional com uma dotação global de 1.082,9 Milhões de euros, dos quais 898,2 Milhões de euros FEDER e 184,7 Milhões de euros FSE. Este Programa é constituído por quatro Agendas e 10 Eixos Estratégicos, articulados entre si, nas áreas de Competitividade e Internacionalização, Capital Humano, Inclusão Social, Emprego e Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, princípios que se alinham com o Crescimento Inteligente, Sustentável e Inclusivo, estabelecido ESTRATÉGIA EUROPA 2020. Assim, Portugal vai receber 25 mil milhões de euros até 2020, razão pela qual estabeleceu e definiu os Objetivos Temáticos para estimular o crescimento e a criação de Emprego, as intervenções necessárias para os concretizar e as realizações e os resultados esperados com estes financiamentos, através do Estímulo à produção de bens e serviços transacionáveis; Incremento das exportações; Transferência de resultados do sistema científico para o tecido produtivo; Cumprimento da escolaridade obrigatória até aos 18 anos; Redução dos níveis de abandono escolar precoce; Integração das pessoas em risco de pobreza e combate à exclusão social; Promoção do desenvolvimento sustentável, numa óptica de eficiência no uso dos recursos; Reforço da coesão territorial, particularmente nas cidades e em zonas de baixa densidade; Racionalização, modernização e capacitação da Administração Pública. Estamos próximos do fim deste programa, que poderá ser prorrogado, mas precisamos aproveitar este extenso universo de oportunidades únicas. Portugal tem recebido projetos em todas as suas regiões, Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira. Os brasileiros, certamente, ainda não conhecem este país pequeno e menor que o nosso Estado de Pernambuco, mas de uma complexidade e riqueza, de qualidade de vida e extrema segurança . Por que a escolha de Portugal e, especialmente do Alentejo, para aprofundamento de negócios na União Européia? Portugal foi sempre um grande sonho, uma escolha, por ser um país que carrega a nossa história, as nossas origens culturais e políticas, as tradições que nos unem em laços definitivos e por representar uma enorme porta de oportunidades em todos os sentidos. Portugal é, seguramente, um dos melhores países para viver, com três aeroportos internacionais, Lisboa, Faro e Porto, além de outro em Beja, no Alentejo, que está sendo objeto de um estudo para ativação. O povo português é extremamente hospitaleiro e pacífico, o clima tem invernos moderados e verões quentes, mas secos, com longas e deliciosas horas de sol. Tudo nos une, desde a gastronomia e a arte, até as questões religiosas e históricas de dois povos que foram marcados para uma convivência de valores humanos e culturais.

Há 40 anos venho frequentando Lisboa, Porto e muitas outras cidades, até que descobri um novo horizonte de campos de girassóis, videiras, sobreiros e oliveiras milenares. O Alentejo ocupa um terço do território de Portugal, é diferente e encantador, com um relevo uniforme das terras “além do Rio Tejo”. As planícies são intermináveis, com seus campos cobertos de flores de múltiplas cores na primavera, delimitando ao sul com o Algarve e, no Leste, do Oceano Atlântico à Espanha. É a área de maior incidência de sol por ano, embora com baixa densidade populacional, em torno de 7%, o que explica o seu cenário calmo e ermo, uma tranquilidade que ilumina o coração. Entretanto, esta tranquilidade é marcada por cidades medievais de valores históricos incomparáveis, com traços culturais de celtas, romanos, mouros e cristãos. As vilas de casas branquinhas e muito bem cuidadas é mourisca e a cidade de Évora, declarada Patrimônio da Humanidade pela Unesco, representa toda esta tradição. O litoral alentejano tem um mar azul intenso e foi considerado pelo jornal britânico The Guardian, em 2014, o mais bonito da Europa. O Alentejo é uma pérola que ainda não foi descoberta e apenas 4% dos brasileiros que frequentam o país estiveram lá. De Lisboa a Évora são apenas 137 quilômetros, cruzando a famosa e impressionante Ponte Vasco da Gama, de 17 quilômetros de extensão, para que se possa avistar um lindo mar de planícies inconfundíveis, de surpresas e paisagens que conquistaram a minha alma de descobridor. Certamente, o Alentejo tem oportunidades de negócios em todos os aspectos, nas áreas de alimentação e floresta, na recuperação do patrimônio, indústrias culturais e criativas e múltiplos serviços de turismo, no segmento das tecnologias críticas, energia e mobilidade inteligente, além do setor de tecnologias e serviços especializados de economia social, voltados para as populações idosas. A indústria de vinhos é um atrativo empresarial no Alentejo? Destaque também para a inovação, desenvolvimento humano, segurança e facilidades dessa região? Além de todas as oportunidades que comentamos e do enorme potencial de negócios, o Alentejo tem uma grande aptidão para a produção de vinhos de qualidade, seja pela grande variação de clima anual, com um sol forte e altas temperaturas no verão, e um frio seco no inverno, seja pela particularidade dos solos, predominantemente com baixo vigor e levemente inclinados, dando aos vinhos da Região características únicas. A área de vinha no Alentejo é de aproximadamente 23.000 hectares (7% da área dedicada à cultura em todo o país), distribuídos por mais de 3.140 explorações, com uma área média por exploração de 7,4 ha (para uma média em Portugal de 0,9 ha.).

A viticultura é um setor econômico muito importante para o Alentejo e os seus 3.000 viticultores. Destaco, especialmente, a região de Reguengos de Monsaraz, local que escolhi para viver e realizar negócios, no coração do Grande Lago de Alqueva, que além de possuir uma das mais potentes centrais de produção de energia hidroelétrica de Portugal, é uma reserva estratégica de água, imprescindível para o desenvolvimento de atividades na região. Ao longo dos seus mais de 200 quilômetros de margens, são realizadas atividades náuticas e passeios de barco por centenas de ilhas. O Concelho de Reguengos de Monsaraz dispõe de cais e ancoradouros com infraestruturas de apoio a esportes náuticos e atracamento de barcos, especialmente em Campinho e Monsaraz, uma vila medieval acastelada, com ocupação dos tempos pré-históricos e cercada de centenas de sítios arqueológicos dos períodos paleolítico, neolítico, calcolítico, Idade do Bronze e Idade do Ferro. Monsaraz foi eleita em 2017 uma das 7 Maravilhas de Portugal, na categoria de Aldeias, não só pela sua beleza monumental e arquitetônica, mas também pela genuinidade de seu povo hospitaleiro, gentil e acolhedor. Monsaraz recebe por ano mais de 100 mil turistas de todos os cantos do mundo, atividade que vem crescendo enormemente pela divulgação de tantas riquezas culturais e artísticas de sua região. O Concelho de Reguengos de Monsaraz é, seguramente, um dos melhores lugares para se viver, com excelente qualidade de vida e segurança aos seus habitantes e turistas que o visitam e retornam, pela qualidade dos serviços e estrutura turística, pelo elevado nível de sua hotelaria, pelas múltiplas oportunidades de negócios que citamos e pelo enoturismo. A cidade de Reguengos de Monsaraz, cujo Presidente da Câmara é o Dr. José Calixto, tem um Auditório Municipal que permite o desenvolvimento de ações neste sentido, atraindo investidores interessados em conhecer o seu agronegócio, a gastronomia espetacular, as atividades esportivas e náuticas e a cerâmica de Corval, que é o maior centro oleiro de Portugal, com produtos de tradição que remonta aos tempos da pré-história. Como recebeu sua indicação como Diretor de Relações Internacionais da Câmara de Comércio Brasil-Portugal? O que já foi feito e quais os planos para este ano? O convite para ocupar a Diretoria Jurídica e de Relações Internacionais da Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil - Minas Gerais foi uma honra para mim, que venho há muitos anos plantando sementes e criando oportunidades de negócios entre os dois países. Meu trisavô, Antônio Celestino Bastos, era alentejano, da Sé, na região de Évora, e veio para o Brasil com aproximadamente 18 anos, atraído por uma vida melhor. Minhas origens e tradições estão plantadas em Portugal, com raízes profundas no Alentejo que chegou a mim por um certo “aca-

so”, quando visitava a pequena povoação do Telheiro, onde resido atualmente. Hoje temos muitos e significativos amigos por lá e em todo o país, e queremos levar a Portugal e trazer ao Brasil uma convivência de valores, de cultura e arte, de desenvolvimento sustentável e de relacionamentos de negócios éticos e de compromissos com a qualidade de vida. A Câmara Portuguesa é uma associação sem fins lucrativos e tem por missão estreitar os laços de amizade historicamente existentes entre os dois países, reforçar a imagem de Portugal no mercado brasileiro e vice-versa, com relevo às atividades entre Minas Gerais e Portugal. Assumi esta diretoria há pouco mais de um mês e já estou divulgando nosso trabalho, com foco na promoção do desenvolvimento, no intercâmbio, na informação, conhecimento e em todas as atividades que possam gerar relacionamentos sustentáveis, com efetiva credibilidade e respeito aos nossos associados e parceiros. Pretendo realizar “mesas” de debates e negócios, para informar e criar oportunidades, com ciclos itinerantes em empresas parceiras ou não, que possam sediar estes pequenos encontros. Nosso planejamento será contínuo e determinado, em permanente contato com Portugal e com o Brasil, numa verdadeira ponte de amizade e respeito às culturas e às gentes. Falando de turismo, quais seus lugares preferidos para viagens no Brasil e exterior? O Brasil é um país maravilhoso, que precisa ser resgatado. Nosso turismo é fantástico, de também múltiplas opções, de montanhas e mares, de campos e florestas. Tenho raízes na Bahia, origem dos meus pais, e também em Minas, onde fui adotado como filho desta terra de Gerais. Adoro as praias quentes e o povo do Nordeste, mas gosto de frio, e o Sul me atrai também. Não há um só lugar que não queira conhecer ou que não queira voltar no Brasil, mas estou de mudança para Portugal, onde já sou advogado em Évora, empresário e mediador, e onde pretendo estabelecer a base das minhas atividades, retornando ao Brasil sempre que necessário para atender os meus inúmeros compromissos e rever os meus filhos que amo e meus amigos do coração. Eu e minha mulher somos sócios da empresa que criamos em Portugal, que cuida da gestão de negócios e de atividades ligadas ao empreendedorismo, formação e desenvolvimento de pessoas e treinamentos, bem como de eventos empresariais, empreendimentos e investimentos. Constantemente visitamos a Espanha e viajamos pela Europa, de um modo geral, mas a Holanda nos chamou atenção pela beleza e hospitalidade do povo. O importante é deixar que o coração vá descobrindo os caminhos. A razão nos chama de volta, mas a visão nos leva adiante para avançar em novos rumos.

Quero, para finalizar, agradecer ao amigo jornalista Antônio Claret Guerra pelo convite da entrevista e pelo destaque do nosso trabalho em prol do desenvolvimento de Portugal e Brasil

Profile for JORNAL MG TURISMO

Jornal MGTURISMO - Edição 375 - Julho 2018  

JORNAL MGTURISMO

Jornal MGTURISMO - Edição 375 - Julho 2018  

JORNAL MGTURISMO

Profile for 220192
Advertisement