Page 1

JORNAL A VERDADE

ISSN 1678-6653

Recife, Vitória, Gravatá, Escada, Pombos, Glória, Limoeiro, Chã Grande, Chã de Alegria,

Vitória de Santo Antão, março de 2007

FUNDADO EM 1° DE JANEIRO DE 2001

AGLAÍLSON JÚNIOR É O LÍDER REGIONAL OS últimos acontecimentos políticos envolvendo o deputado estadual Aglaílson Júnior, só serviram para demonstração de maturidade e equilíbrio político do jovem deputado do PSB. O deputado que completa 42 anos no dia 2 de abril, vai cada vez mais se firmando como o principal líder político da região da zona da mata. POLÍTICA A-3

SAÚDE

DIRETOR DE REDAÇÃO: IBIRAPUÃ R. G. BAIMA

UM JORNAL A SERVIÇO DA VITÓRIA E REGIÃO

ANO 6

A PARTIR do mês de março começa a alta estação em Gravatá. Semana Santa, São João, Festa do Artesanato e o Circuito do Frio, são eventos que transformam Gravatá no centro turístico mais importante de Pernambuco. Nesse período Gravatá recebe mais de 1 milhão de visitantes e fica completamente tomada. A Prefeitura de Gravatá vem tomando providências no sentido de facilitar o tráfego na cidade com a construção de vias perimetrais que facilitarão o acesso à Br 232. Outras obras de reestruturação urbana já foram concluídas, o que deverá facilitar o acesso do turista ao centro da cidade. A prefeitura tem demonstrado muita preocupação com a melhoria urbanística da cidade.

CIDADES B-1

PREFEITO CONCEDE BOLSA UNIVERSITÁRIA

O PREFEITO da Vitória, José Aglaílson, enviou mensagem à Câmara de Vereadores concedendo 6 (seis) bolsas estudantis para alunos carentes. O projeto foi aprovado pelo plenário da Câmara de Vereadores por unanimidade e, a apartir de agora, a prefeitura vai poder atender, dentro de suas possibilidades, alunos carentes.

INFORMATIVO B-3

SALMO 22 (DAVI) Deus, pastor dos homens

POLÍTICA A-3

ENTREVISTA SEMANA SANTA A prefeitura de Gravatá divulga a agenda para a Semana Santa que tem início quinta-feira dia 04/04/2007, às 21:30, com o Espetáculo Paixão de Jesus (Teatro Amador de Gravatá)

O JOVEM empresário vitoriense Wilton Rodrigues confirma, em entrevista, a sua disposição em disputar o próximo pleito eleitoral, 2008, na condição de candidato a prefeito da Vitória. POLÍTICA B-4

R$ 1,00

GRAVATÁ EM ALTO ASTRAL

CONHEÇA O HOSPITAL JOÃO MURILO SOB A ADMINISTRAÇÃO DO DR. JÚLIO REIS

O EMPRESÁRIO WILTON RODRIGUES CONCEDE ENTREVISTA

Nº 51

INFORMATIVO B-3

Reforma, da avenida Mariana Amália A REFORMA do centro é indiscutível uma obra necessária. Mas o que muita gente tem criticado é a derrubada das árvores da avenida Mariana Amália, no centro da Vitória. Outra preocupação da população é com a reordenação do centro da cidade. De nada vai adiantar uma obra de paisagismo sem a devida adequação do entorno urbano. Em

JORNAL A VERDADE

contato com a Secretaria de Obras fomos informados de que serão repostas árvores (figueiras), já com tamanho de 1,80m. Assim sendo não haverá perdas para o já comprometido ar do centro da cidade. Já com relação a ordenação do centro não tivemos nenhuma informação conclusiva até o fechamento desta edição.

Endereço: Rua Marques do Herval, 138 sl. 101 - livramento - Vitória/PE - C.E.P. 55.602-370 EMPRESARIAL MARGARIADA VERÇOSA

E-mail: jornalaverdade@averdadeonline.com.br

O SENHOR é meu pastor, nada me faltará. Em verdes prados ele me faz repousar. Conduz-me junto às águas refrescantes, restaura as forças de minha alma. Pelos caminhos retos ele me leva, por amor do seu nome. Ainda que eu atravesse o vale escuro, nada temerei, pois estais comigo. Vosso bordão e vosso báculo são o meu amparo. Preparais para mim a mesa à vista de meus inimigos. Derramais o perfume sobre a minha cabeça, e transborda minha taça. A vossa bondade e misericórdia hão de seguir-me por todos os dias da minha vida. E habitarei na casa do Senhor por longos dias.

No dia 20/03, os Correios completaram 38 anos. Nesse período, a empresa teve um papel fundamental no desenvolvimento e na integração do País, oferecendo serviços de qualidade a toda a população e participando do diaa-dia dos mais de 188 milhões de brasileiros.

Fones: (081) 3523-2053 / 3533-3816


>BUSH VISITA O BRASIL

JORNAL A VERDADE

Sem trazer nada de benéfico para a melhoria das relações comerciais Brasil/ EUA, Bush visitou o Brasil nesse mês de março sob forte esquema de segurança.

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, MARÇO DE 2007

JORNAL A VERDADE UM JORNAL A SERVIÇO DA VITÓRIA E REGIÃO

Publicado desde 2001 - I. R. Gonçalves - ME EDITOR: Ibirapuã R. G. Baima DIRETOR COMERCIAL: Carlos Horácio (Guiga Mizura) JORNALISTA RESPONSÁVEL: Luiz Mário do Vale D’Ávila MTB:. 20.318SSP/SP ATENDIMENTO AO LEITOR: (081) 3523.2053 FALE COM O EDITOR: (081) 9295.4405 E-MAIL: jornalaverdade@averdadeonline.com jornal_averdade@terra.com.br END: Rua Marques do Herval, 138 - sala 101 - Livramento - Vitória/PE EMPRESARIAL MARGARIDA VERÇOSA C.E.P. 55.602-370 C.N.P.J. 69.918.902/0001-08 DEPTo COMERCIAL: Rua Cleto Campelo, 5 - sala 204 Centro - Gravatá/PE GALERIA OTIVAL CORREIA LEITE FONE FAX: (081) 3533.3816 (081) 8866.7555 Tiragem Especial de Semana Santa: 20 mil exemplares

www.averdadeonline.com

Editoriais Os artigos assinados são de responsabilidade de seus autores e não traduzem necessariamente a opinião do jornal.

Desastre educacional

Q

UANDO já não parece mais possível receber más notícias sobre o desastre educacional, eis que elas não param de chegar. A última nova saiu de um recorte paulistano do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem): nenhuma escola estadual da maior cidade do país foi aprovada. Todas as 621 escola consideradas tiveram rendimento inferior a 50%. Apenas 12 escolas reconhecidamente diferenciadas na rede oficial do Estado - 11 técnicas e uma ligada a USP - foram escluídas da amostra. A mediocridade é geral. Mesmo ressalvadas as limitações de abrangência do Enem ( o exame não é obrigratório) impressiona a disseminação do mau resultado por todas as regiões do município. A melhor das 13 regiões (Centro-oeste) conseguiu a média de 40,76 pontos de acertos no total de cem possíveis. A pior (Sul) ficou em 37,07. A nota média da capital ficou em 38,42, muito abaixo dos 52,81 pontos das esco-

las privadas do município (que já não são nenhuma maravilha). Para comparação, a avaliação do Estado de São Paulo como um todo, incluindo as redes municipais e particular, foi 40,37; no plano geral nacional, 40,08. De qualquer ângulo que se observe, o desempenho da educação vai mal. Considerar que possa haver algo de positivo nessa uniformidade da ignorância, como chegou a pronunciar-se a titular da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas (Cenp) da Secretaria de Educação de São Paulo, não passa de um arroubo panglossiano. Nada há nem pode haver de auspicioso em nivelar por baixo um requesito tão básico do desenvolvimento socioeconômico. Melhor fez a própria ocupante da Pasta, Maria Lucia Marcondes Carvalho Vasconcelos, que reconheceu o resultado como “alarmante”.Como efeito, é de alarme que se trata, e vermelho, pois o estágio amarelo já ultrapassou há muito.

Indústria da multa

C

Foto: Arquivo A Verdade

Opinião

Tel:(081) 3523.2053 (081) 9295.4405 E-mail: jornalaverdade@averdadeonline.com.br End: Rua Marques do Herval,138 - Livramento Vitória de Santo Antão/PE - C.E.P. 55.602-370

OMO se já não bastasse tanta violência contra o cidadão através dos altos impostos, falta de crédito para produção e, o mais comum, as balas perdidas, os assaltos, estrupos, sequestros só para citar uns poucos, agora as frequentes blitzs policiais para fiscalizar extintor de incêncio de carros de passeio. Não procuram armas, bandidos, pneus carecas, carros sem freio, sem outros equipamentos, procuram exclusivamente extintores de incêndio. São comuns os relatos de vítimas dessas blitz’s, que sem cumprirem todas as vistorias no veículo pedem para ver a validade do extintor de incêndio. E que para infelicidade da maioria o extintor está sempre vencido, - será que alguém se lembra de verificar a validade do extintor? - resultado, a multa ultrapassa R$ 100 e o motorista ainda perdi 5 pontos na carteira, pois trata-se de infração grave. Uma dessas vitímas relatou que perguntou ao policial o que aconteceria se fosse usar esse extintor vencido para apagar um incêndio? O policial respondeu: ‘o extintor não funcionaria’. Por curiosidade o motorista testou o extintor, já que havia recebido a multa, para ver se o mesmo funcionava. O extintor não só funcionou como lançou um jato de pó com mais de 10 metros de distância. Para não ficar sem argumento o policial explicou que esses testes são realizados por amostragem e que em um grupo de mil extintores vencidos um percentual de 5% não funcionaram após o vencimento, pois ele perderam a pressão hidrostática. Sem querer entrar no mérito da cientificidade do exíguo prazo de válidade, um ano, a importância do uso do extintor é de natureza individual, e de muita impor-

tância, sendo assim o Detran ou o Denatran deveria antes fazer uma campanha nacional conscientizando o motorista da necessidade de verificação da válidade do extintor e não ir logo aplicando multa. Não é demais lembrar, que de fato os únicos beneficiados por essa intensa ficalização não são os proprietários dos veículos e sim os Detrans que recebem as generosas multas e, principalmente, os fabricantes de extintores para carros por esse Brasil afora. Será que eles não estão fazendo um ‘loby’ junto aos Detrans de todo o país? Será que isso é uma iniciativa dos próprios Detrans que estão preocupados com a segurança dos motoristas? E as empresas de seguro? Outro dia um professor da UFPE relatou que foi multado por uma lombada eletrônica no município de Ipojuca. A velocidade máxima, por ser travessia urbana, é de 40 Km, tudo dentro da normalidade, não fosse a Lombada Eletrônica ficar encoberta por árvores e no local não ter nenhum indicativo da Lombada. A multa é de apenas R$ 500. O professor semanas depois relatava que houve protestos contra a referida Lombada, que teve que ser relocada e a prefeitura foi obrigada a colocar sinalização em toda a extensão da Lombada. Isso depois de muitos veículos terem caído nessa armadilha e pagarem multas altíssimas. Seja como for o Brasil é o paraíso da multinacionais, não apenas pelo seu mercado promissor, salários baixos e fartura de matéria-prima mas, principalmente, pelo entreguismo e subserviência de nossas autoridades constituídas ao capital estrangeiro. Quando o povo não se rebela, ou a imprensa não denuncia, nada, mas absolutamente nada, acontece.

Cartas

End: Rua Marques do Herval,138 - Livramento Vitória de Santo Antão/PE - C.E.P. 55.602-370

Conscientização contra a destruição TÁSSYA KELLY é estudante do curso de Letras da Faintvisa

A

HUMANIDADE evolui cada vez mais nas áreas de saúde e tecnologia. Proporcionando assim, uma melhor qualidade de vida para os cidadãos. Porem, esse progresso não chega a todos os lares e muitas pessoas ainda vivem em situação de miséria. O progresso alcançado pela humanidade, também trouxe muitos prejuízos para a população. A desigualdade social e a fome persistem em existir em um mundo desenvolvido em pleno século XXI. Um dos grandes malefícios trazidos por esses avanços tecnológicos é o aquecimento global, o desmatamento das florestas e a extinção de animais. Enfim, em busca de desenvolvimento o ser humano está degradando o ambiente em que vive. Inclusive, o renomado escritor e teólogo Leonardo Boff , em entrevista a um canal aberto de televisão critica essa atitude da sociedade e nos faz um sério alerta, pois se essa situação permanecer, corremos o risco de passarmos fome e sede e até chegarmos a causar o extermínio da nossa raça. Muitas pessoas pensam que isso não é tão sério ou que ainda existem reservas de água no meio ambiente para muitos anos. Entretanto, segundo Boff, uma situação de calamidade pode ocorrer em cerca de quatro anos, na qual as nações disputarão as últimas reservas de água. Portanto, a situação é bem mais grave do que pensamos, pois qual é o futuro que desejamos para nossos filhos e em que ambiente eles viverão? Se não mudarmos nosso conceito de desenvolvimento social e começarmos a pensar no bem-estar da humanidade como um todo, deixando de lado o individualismo que hoje impera em nossas ralações, iremos pagar um preço bastante alto.Será que é preciso destruição e calamidade em nome de um falso progresso?

FRASES

“...minha decisão de ser candidato em 2008 é irrevogável... se quizesse fazer jogada política para ser vice de alguém teria feito isso nas eleições passadas”. DR. PAULO ROBERTO LEITE DE ARRUDA diretor da Facol (Faculdade Osman Lins) afirmando, em entrevista concedida ao Jornal A Verdade no mês de Fevereiro/2007, que será candidato a prefeito da Vitória em 2008.

Tel:(081) 3523.2053 (081) 9295.4405 E-mail: jornal_averdade@terra.com.br

A-2


Foto: Arquivo A Verdade

Política

Tel:(081) 3523.2053 (081) 9295.4405 E-mail: jornalaverdade@averdadeonline.com.br End: Rua Marques do Herval,138 - Livramento Vitória de Santo Antão/PE - C.E.P. 55.602-370

JORNAL A VERDADE

>LANÇADO O INFORMATIVO CÂMARA MUNICIPAL

A-3

Lançado no dia 3 de abril de 2007 o Informativo da Câmara da Vitória em sessão solene na sede da OAB - Vitória. O Informativo é uma iniciativa do Presidente da Casa, vereador Geraldo Enfermeiro.

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, MARÇO DE 2007

Aglaílson Júnior: líder regional a verdade

política IBIRAPUÃ BAIMA

E-mail: averdade_política@terra.com.br

Arena, Pds, Pfl agora DEM

A

REFORMA política poderia, em parte, resolver algumas questões éticas da prática política em nosso país. Infelizmente ela esbarra na falta de interesse dos deputados federais, que vêm nela uma adversária para os seus interesses, nem sempre digno de elogios.O financiamento público de campanhas parece ser uma outra boa ação para minimizar os compromentimentos entre candidatos e empresários, pelo menos do ponto de vista financeiro e a fidelidade partidária. A cirurgia plástica a que está sendo submetido o PFL é coisa de cinema. Na verdade trata-se da troca de navio com os tripulantes a bordo. Existe também proposta de mudança do número, que atualmente é o 25. De Arena para PDS e depois PFL, agora a partir de abril será PD (Partido Democrático). Está de fato sendo fundado um outro partido. A mudança teorica seria de Liberal para Democrático. Nesses dias surge vamos ter uma polarização do PD com o PR (Partido Republicano), assim como acontece nos E.U.A. Será? O PFL foi criado em 1985 por deputados e senadores do PDS que apoiavam o então presidente João Batista Figueredo, o último General Presidente do Regime Militar, que antes era ARENA (Aliança Renovadora Nacional). O PFL foi poder nesse país por 22 anos, não sabe viver na planície, não aprendeu a ficar fora do poder, ficar sem cargos. É um partido formado pela elite econômica desse país e que para manter as benesses do poder do Estado sempre se aliou aos governos de plantão.

Bolsa universitária DANDO mostras de ser um dos prefeitos mais preocupados com a educação que passou pelo no município, o prefeito José Aglaílson (PSB), concede bolsa escola universitária com recursos do próprio município. A iniciativa se soma a muitas outras já adotadas pelo prefeito desde o inínicio do seu governo. Desde que assumiu o comando da Vitória, em 2001, José Aglaílson tem adotado providências importantes para possibilitar o acesso dos mais carentes à educação de qualidade. Primeiro foram os ônibus gratuitos

para transportar estudantes para as Universidades. Depois criou os Anexos, que são cursinhos gratuíto preparatórios para vestibular. Por fim, trouxe uma extensão da UFPE com os cursos de Enfermagem, Nutrição e Biologia. A atual medida adotada é uma grande ação do poder público municipal, Governo que Faz, que precisa ser ampliada. Como sugestão, a prefeitura poderia estender as bolsas para alunos da rede pública do município premiando, entre aprovados no vestibular, os com melhor desempenho escolar.

O deputado estadual Aglaílson Júnior (PSB), com apenas 42 anos, consolida-se como a grande liderança política regional

O

DEPUTADO Aglaílson Júnior (PSB), demonstrou muita maturidade e desprendimento político e pessoal nos últimos episódios envolvendo a eleição para a Mesa Diretora da Assembléia Legislativa. Muita gente do meio político ficou sem entender o porque Aglaílson Júnior, que tinha uma eleição certa para a 1ª Secretaria da Casa, abriu mão para um companheiro de partido, o deputado João Fernando Coutinho. Em conversa com o deputado Aglaílson Júnior fizemos o questionamento e tivemos a seguinte explicação: “...fui eleito por um grupo político comandado pelo governador Eduardo Campos (PSB). Tenho que, na condição de integrante desse grupo, fazer todo o possível para a manutenção da unidade, mesmo que isso exija sacrifícios e adiamentos de projetos pessoais legítimos. Existiam duas candidaturas postas para presidência da Casa, a do deputado Guilherme Uchoa (PDT) e a do deputado João Fernando Coutinho (PSB). A continuidade dessas duas candidaturas poderia ocasionar um racha na chapa governista proporcionando uma possibilidade de vitória de candidaturas oposicionistas, coisa que seria ruim para todos nós que fazemos parte da bancada de apoio ao governador Eduardo Campos. Sabia da minha vitória caso fizesse opção por uma candidatura solo, mas também tinha consciência do mal que uma atitude como essa poderia causar para a eleição da Mesa Diretora, seria uma atitude egoísta e pequena da minha parte.

Foto: Arquivo A Verdade

Deputados Aglaílson Júnior (PSB), Izaias Régis (PTB) e Sérgio Leite (PT)

Tomei a decisão correta, abri mão de um projeto pessoal em nome da unidade em torno da liderança do governador Eduardo Campos, quem já acompanho politicamente há um longo tempo. Fui eleito para trabalhar por minha região e é isso que venho fazendo, e é por isso que minha votação cresceu em relação ao meu primeiro mandato. Ultrapassei os 52 mil votos em todo o Estado esses votos de confiança me pressionam a trabalhar ainda mais pelas cidades que represento. No governo passado infelizmente não tive meus pleitos atendidos, mas agora no governo Eduardo Campos tenho a certeza Foto: Arquivo JA

Sinuca de bico O VEREADOR Mano Holanda (PMDB) colocou o prefeito José Aglaílson em uma sinuca de bico. Com a reforma da avenida Mariana Amália os engraxates e ambulantes perderam o ponto de negócio. Agora em março o vereador convocou os ambulantes prejudicados para a Câmara de Vereadores para solicitar do prefeito um salário temporário para os mesmos até o fim das obras. Resultado, o prefeito se conceder o beneficio estará atendendo ao líder da oposição, se não der fica mal visto pelos ambulantes e pela população.

Tem aposta

Estacionamento

EMBORA o deputado Elias Lira jure de pé junto que não é candidato a prefeito, tem gente apostando tudo o que tem como ele é candidato. De última hora ele vai dizer a já celebre frase: “...a gente entra na política pelos amigos e não sai pelos inimigos”.

DURANTE a Semana Santa em Gravatá o estacionamento do Villa da Serra estará cobrando 1 kg de alimento não perecível. O alimento arrecadado será doado às instituições de caridade da cidade e pessoas carentes através da Secretaria de Ação Social.

Concursados OS APROVADOS no último concurso público de Gravatá estão preocupados. Querem saber se vão ser chamados, quando vão ser chamados e porque ainda não foram chamados. É que a válidade do concurso vence em 1 de maio de 2007, e querem saber também se caso não foram chamados se a válidade vai ser renovada por mais dois anos ou não. São muitas as dúvidas dos aprovados. Com a palavra o prefeito de Gravatá Joaquim Neto.

Mais um golpe

Vai dá bronca

MAL contaram os votos das eleições passadas, outubro de 2006, e a tão esperada estrada de Pirituba ficou em passo de targtaruga. Como o povo pode ainda cair numa esparrela dessas. Obra iniciada às vésperas de eleição não pode dar em outra coisa.

A TROPA de choque do deputado Elias Lira já começou a espalhar boatos de que o dr. Paulo Roberto não passa de um aliado ‘insatisfeito’ que está apenas fazendo o dever de casa para de última hora ser o vice na chapa encabeçada pelo deputado. Paulo garante que é candidato.

Demetrius Lisboa, vice-prefeito e Biu da Morepe ex-vice

Chapa quente CONFIRMADO, estão flertando o prefeito José Aglaílson e o seu ex-vice e excompanheiro Biu da Morepe. Dizem que agora o namoro é sério e tem tudo para dar em casamento. Como todo namoro renovado no início deixa o casal cismado, vamos aguardar mais um pouco para ver se dessa vez a coisa vinga. Como as eleições já passaram, o atual prefeito não é candidato a reeleição, o que estará motivando o prefeito a reatar uma relação dada como perdida? Biu da Morepe era tido como nome certo para a sucessão do prefeito José Aglaílson quando exercia o cargo de vice-prefeito, brigaram, cada um foi para o seu lado e Biu foi parar no grupo do deputado Elias Lira. Como o deputado é Pé de Cardero, não dá sombra nem encosto, só promessas antes de eleição, ninguém fica muito tempo. Já falam em uma possível chapa para 2008 encabeçada por Biu da Morepe com Demetrius na vice, ou o advogado Washington Amorim, com o apoio do prefeito José Aglaílson. Essa aproximação tem uma explicação. Esse namoro não é em vão!

de iremos resolver muitos problemas deixados pela administração anterior. Não me proponho a resolver tudo, isso seria demagogia, mas o que nos for possível”, finalizou o parlamentar. Muitos foram os comentários, e opiniões, sobre o assunto durante todo o mês de março. Alguns concordam com o deputado, outros dizem que teriam sido candidatos assim mesmo. Mas em um ponto todos concordam, é que foi uma atitude difícil de ser tomada, onde Aglaílson Júnior teve que dar provas de maturidade política. Aglaílson Júnior se mostrou bastante preocupado com os ajustes

que o governador terá que fazer em um curto período de tempo para que a máquina pública estadual possa andar. Os problemas são muitos, vão desde nomeações para cargos estratégicos à continuidade de obras paralisadas e pagamentos de obras e convênios firmados pelo governo anterior. O deputado Aglaílson Júnior deixou claro que fará tudo o que tiver ao seu alcance para resolver os problemas da cidade no âmbito estadual, que são muitos. “Agora Vitória vai ter um alinhamento político entre o governo estadual e o municipal”, concluiu o parlamentar.

Corda Bamba

Vereador dr. Heleno

COM a discussão no TSE a respeito da fidelidade vigorar já para os eleitos em 2006, tem muita gente sem dormir por esse Brasil afora. Como no país não vigora a candidatura independente, que deveria ser adotada, o mandato pertence ao partido pelo qual o candidato se elegeu, em saindo do partido o político deixa o mandato. Justíssimo!

O VEREADOR Dr. Heleno Rodrigues, fez as seguintes solicitações ao prefeito do município, nesse mês de março de 2007. 1.Requerimento 041/2007 de 20/03/2007. A instalação de um semáforo no cruzamento da antiga BR 232 (em frente a Morepe); 2. Requerimento 040/2007 de 20/03/2007. A construção do calçamento da Rua Mardoqueu Teixeira, como também a construção de uma passagem de nível para a Rua Eurico Valois. 3. Requerimento 043/2007 de 20/03/2007. Voto de Repúdio ao árbitro de futebol Wilson de Souza Mendonça pelo erro absurdo na partida entre as equipes do Verra Cruz e Central realizado no dia 18 de março, domingo, quando anulou um gol legítimo do Vera Cruz prejudicando a equipe vitoriense. de tão brilhante campanha no pernambucano de 2007.

Deputado ameaçado O DEPUTADO Henrique Queiroz, que foi eleito pelo PP e depois passou para o PL, atual PR, pode vir a perder o mandato caso vingue a Fidelidade Partidária em discussão no TSE. Além dele, existem outros em Pernambuco.

Aloísio Lorena NOSSOS agradecimentos ao ex-prefeito de Gravatá, o sr. Aloísio Lorena, pela acolhida. O exprefeito demonstrou um amor e preocupação contagiante pela cidade de Gravatá. Coisa que falta a muitos políticos hoje emdia, infelizmente.

ERRAMOS Na edição passada noticiamos o sr. Luís Prequé de Gravatá como ainda pertencente aos quadros do PMDB, erramos, o sr. Luís Prequé faz parte dos quadros do PSB há dois anos.


Foto: Arquivo A Verdade

Política

Tel:(081) 3523.2053 (081) 9295.4405 E-mail: jornalaverdade@averdadeonline.com.br End: Rua Marques do Herval,138 - Livramento Vitória de Santo Antão/PE - C.E.P. 55.602-370

JORNAL A VERDADE

>PREFEITO DE GRAVATÁ JOAQUIM NETO

A-4

“A política não leva ninguém para o céu, mas a falta dela, com certeza, nos leverá a todos para o inferno”

Deputado inocêncio oliveira eleito 2º vice-presidente Foto: Arquivo A Verdade

Foto: Arquivo A Verdade

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, MARÇO DE 2007

Presidente da Câmara dos deputados Arlindo Chinaglia (PT/SP) conversa com Inocêncio Oliveira que foi escolhido novo Corregedor

O DEPUTADO Inocêncio de Oliveira (PR/PE) tem muitos motivos para está comemorando. Natural de Serra Talhada, o deputado pernambucano está em seu nono mandato, há 32 anos exerce o cargo de deputado por Pernambuco. Exerceu o cargo de primeiro-secretário da 52ª legislatura e no dia 1º de fevereiro de 2007 foi eleito com 305 votos para exercer o cargo de 2º vice-presidente da Casa nesta nova legislatura. Inocêncio fo indicado pelo bloco que apoiou a candidatura de Arlindo Chinaglia (PT)SP

WILTON RODRIGUES

a renovação da política vitoriense

N

ESTE mês de março entrevistamos, com exclusividade, o jovem e bem sucedido empresário vitoriense de 40 anos, Wilton Rodrigues, sendo uma grata surpresa a confirmação de sua candidatura a prefeito da Vitória em 2008 pelo PDT.

O grupo da família Wilton Rodrigues, investe em Vitória há muito tempo. O grupo possui vários prédios, Distribuidora de Bebidas e Alimentos, Loja de Carros e Motos, Factoring, Sacaria, só para citar alguns. O grupo gera 250 empregos

ENTREVISTA J.A. - Wilton, o sr. é candidato a prefeito da Vitória em 2008? Wilton Rodrigues: Sim, sou candidato a prefeito da Vitória em 2008, mas não sou candidato de mim mesmo, sou candidato para representar um grupo, um partido, o PDT e, principalmente, para retribuir à Vitória de Santo Antão tudo o que essa cidade tem dado a mim e a toda a minha família. Quero poder ter a oportunidade de estar a frente da administração da Vitória e mostrar tudo o que eu aprendi em minha vida empresarial. J.A. - Wilton quem está lhe dando apoio nessa caminhada rumo a prefeitura? Wilton Rodrigues: Deus em primeiro lugar, pois nada acontece sem o seu consentimento. Depois minha família que está inteiramente favorável a minha decisão, meu grupo político o PDT e todos os vitorienses que quizerem dias melhores para a nossa querida cidade. J.A. - Wilton o sr. tem apoio de algum político tradicional? Wilton Rodrigues: Tradicional ou não, eu quero o apoio de todos os que querem o melhor para a cidade. Não vamos discutir pessoas, vamos discutir idéias. Não vamos tabalhar para grupos, vamos fazer uma administação moderna, com planejamento, organizada, com apoios do governo federal e estadual. Para isso vamos instalar um escritório

em Brasília, para que através de deputados federais e senadores que nos representam possamos conseguir verbas para execução de nossas obras de maior porte. J.A. - Wilton alguns acham que é cedo para lançamento de candidatura. O que o sr. acha disso? Wilton Rodrigues: Realmente é muito cedo para campanha eleitoral, até porque o TSE só permite campanha 90 dias antes do pleito. Agora, para a prática política, que deve ser diária, e todo o tempo, está até tarde para alguns. Existe uma prática comum entre os políticos tradicionais que é a de ficarem fora da discussão política do país por 3 anos e meio, só vindo a dar o ar da graça durante a campanha eleitoral para pedir o voto do eleitor. Outra coisa extremamente danosa é o abuso do poder econômico por parte de alguns candiatos, que gastam milhões em uma eleição, para cargos nos quais não vão recuperar através de salários o dinheiro investido. Ora tem alguma coisa errada. Se eles querem fazer caridade, que façam doações à entidades filantrópicas. Vou denunciar esse tipo de procedimento. Não aceito o ambiente político como meio de enrequecimento. Minha família tem, graças a Deus e ao nosso trabalho, uma boa condição, mas engana-se quem pensar que vamos fazer uso dessa condição.

diretos e compra tudo o que consome no comércio de Vitória de Santo Antão. Empresário audácioso, Wilton Rodrigues aparece no momento certo como uma boa opção de renovação para a política vitoriense.

e concorreu com a candidatura avulsa do deputado Damião Feliciano (PR/PB) que obteve 180 votos e foi expulso do partido por não aceitar a vontade da maioria. Nesta nova funçxão, Inocêncio Oliveira terá novos desafios, já que ocupou tantas funções na Mesa ao longo de vários mandatos, mas nunca foi Corregedor, ou seja agora vai relatar as denúncias contra os parlamentares. “Torcemos que não haja denúncias, mas caso haja, vamos apurálas com isenção e responsabilidade”, declarou o parlamentar.


Cidades

Tel:(081) 3523.2053 (081) 9295.4405 E-mail: jornalaverdade@averdadeonline.com.br End: Rua Marques do Herval,138 - Livramento Vitória de Santo Antão/PE - C.E.P. 55.602-370

JORNAL A VERDADE

>SETOR DE NEONATOLOGIA DO HJMO

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, MARÇO DE 2007

O setor de neonatologia do Hospital João Murilo é um dos mais modernos de Pernambuco, igual apenas os dos hospitais do Recife. O setor possui equipe médica especializada e incubadora de transporte, caso o récem- nascido precise ser transportado para a capital para tratamento.

>GRUPO GERADOR DO HJMO

B-1

Foto: Arquivo A Verdade

A atual adminstração adquiriu Grupo Gerador de grande potência para atender ao hospital em casos de falta de energia elétrica.

Conheça o novo hospital

JOÃO MURILO

Dr. Júlio Reis, diretor geral do Hospital João Murilo de Oliveira

Dr. Júlio José Reis de Lima é médico cirurgião (emergência) e foi por muito tempo chefe do setor de emergência do Hospital da Restauração

C

OM apenas dois meses à frente da administração do Hospital João Murilo Policlínica a Vitória, o dr. Júlio Reis e equipe, melhoraram visivelmente o atendimento nessa importante unidade de saúde regional. Estivemos no HJMO no dia 26 de março, onde, acompanhados pelo dr. Júlio Reis e o vereador Geraldo Enfermeiro percorremos todas as dependências dos Hospital e testemunhamos todo o trabalho realizado. LIMPEZA O Hospital é limpo e encerrado todos os dias. Foi totalmente detetizado recentemente. O refeitório é lavado e esterelizado após cada refeição e os corredores e demais setores do HJMO estão impecáveis. Higiene em qualquer hospital é a base para diminuição do índice de infecção hospitalar. REMÉDIOS Encontramos dois depósitos abarrotados de remédios, material cirúrgico de primeira linha e vacinas (em freezer) em ambientes totalmente aclimatizados. A aclimatização permanente é indispensável para a conservação dos medicamentos. O atual estoque de medicamentos do Hospital tem uma estimativa de atender a demanda por cinco meses. Anteriormente faltava gases e esparadrapo, atualmente o HJMO possui estoque até de remédios

caros para 150 dias. MÉDICOS O HJMO atende diariamente cerca de 500 pacientes na emrgência; 350 em ambulatório e faz 280 partos por mês. Para isso, atualmente, conta com 15 médicos de plantão nas seguintes especialidades: Clínicos, 4 médicos por plantão; Pediatras, 3 médicos por plantão; Cirurgião, 1 médico por plantão; Obstreta, 2 médicos por plantão; Neonatologia, 1 médico por plantão; Tramatologia, 1 médico por plantão; Anestesista, 1 médico por plantão; Traumatologia Ambulatorial, 2 médicos por dia. Antes eram em média apenas três médicos por plantão. HUMANIZAÇÃO O grande desafio para qualquer empreendimento, de qualquer natureza é sem dúvida a parte humana. De nada adianta toda uma estrutura favorável se a parte humana não estiver adequada para as necessidades da empresa. A atual administração do HJMO demonstrou especial preocupação com essa questão. De início o dr. Júlio Reis trouxe consigo um equipe de alto nível composta por 13 médicos das mais diversas especialidades. De cara o Hospital ganhou quantitativo para fazer frente a demanda sempre crescente e qualidade, para descongestionar os hospitais da capital. Atualmente só os casos mais graves são

encaminhados para a capital. Os funcionários do hospital são conscientizados da importância do seu trabalho, desde o pessoal da limpeza até os médicos e dirigentes. ALIMENTAÇÃO Refeitório limpo, organizado e comida com opções de cardápio diário para pacientes e funcionários do HJMO. Os alimentos são acondicionado em freezer e o cardápio e indicado por nutricionista de plantão. Tanto o refeitório quanto a cozinha são aclimatizados. Isso mesmo, a cozinha possui uma central de ar-condicionado e os funcionários trabalham com todos os equipamentos de segurança e higiene. ATENDIMENTO ESPECIAL No setor de neonatologia e obstetrícia, a parturiente e o bebe recebem tratamento especial. Na futura mãe são feitos vários exames, entre os quais Fator RH negativo e HIV. No recém-nascido é feito o teste do pezinho, uma exclusividade do HJMO no interior de Pernambuco. ENERGIA DE EMERGÊNCIA Foi adquirido recentemente um grupo gerador de emergência, de grande potência, para suprir a falta de energia temporária tão comum em nossa cidade. Setores vitais do Hospital como o bloco cirúrgico não pode ficar um minuto sequer sem energia.

RESPEITO AO PACIENTE Além da dimunuição das filas na emergência do Hospital, atual administração cobra de todos os funcionários do HJMO o melhor atendimento ao paciente e familiares que procuram o Hospital. PROJETOS EM ANDAMENTO 1. Criação de uma UTI, que além de beneficiar toda a região da mata centro e parte do agreste ira desafogar os hospitais da capital. Atualmente apenas os hospitais de Petrolina, Caruaru e Recife possuem UTI. 2. Emergência Pediátrica, é o padrão todos os hospitais de grande e médio porte terem a emergência geral separada da pediátrica. Essa separação além de melhorar o atendimento vai evitar que crianças presenciem casos graves de acidentes e violência. 3. Urbanização, construção de uma praça na entrada do Hospital e obra de paisagismo na frente do HJMO voltada para a antiga BR 232. 4. Nova sala de RX ambulatório, evitando assim deslocamentos desnecessárioseprejudicais para pacientes lesionados.


JORNAL A VERDADE

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, MARÇO DE 2007

Foto: Arquivo A Verdade

Urbanidade

Tel:(081) 3523.2053 (081) 9295.4405 E-mail: jornalaverdade@averdadeonline.com.br End: Rua Marques do Herval,138 - Livramento Vitória de Santo Antão/PE - C.E.P. 55.602-370

>PRAÇA DA MATRIZ DE GRAVATÁ

B-2

Foto: Arquivo A Verdade

Centro da cidade cruzamento com a Av. Cleto Campelo em 1940.

Foto: Arquivo JA

Gravatá em 1930

Professor Alberto Frederico Lins Alberto Frederico Lins, tem mestrado em História e é professor da UFPE desde 1979. Nascido na cidade da Escada em 6 de agosto de 1930, é filho do tetrólogo Osiris Lins Caldas. Alberto Lins é escritor e entre as suas prinicipais obras destacam-se: História de Gravatá, Em defesa da Memória do Tenente Cleto Campelo, Crônicas do Agreste da Cordilheira da Borborema (1950), A Cruz da Cigana (1955), A pena e a Cruz (1961), O Alvo de Ébano (1962) e a História Geral e do Brasil - O Ensino Tradicional de um Erro Permanente (1967).

História de GRAVATÁ PROFESSOR ALBERTO FREDERICO LINS

C

História de Gravatá

RIADO o município do Bonito, em, 1833, desmembrado de Santo Antão, passou Gravatá a pertencer-lhe, juntamente com Bezerros e Caruaru; São Caitano da Rapôsa, Altinho, São Bento e Bebedouro, hoje Agrestina. As autoridades, que atuavam na região, careciam de tudo, e a dificuldade em receber os impostos verdadeira odisséia. Talvez por isso, no ano de 1835, no dia 12 de junho, o presidente da província, Francisco de Paula Cavalcanti de Albuquerque, tenha assinado a lei n. 9, que autorizava o alargamento, a conservação e o prosseguimento da estrada central de Pernambuco, mencionada no roteiro oficial cem anos antes, que se tornara dificílimo no trecho Santo Antão - Gravatá, sobre as Ruças. Dez anos mais tarde, 1845 veio encontrar Gravatá autêntica e próspera povoação. Comerciava francamente com Santo Antão, Bezerros e Bonito, Caruaru e nos arredores, Limoeiro e Amaraji. Pertencia então, a Bezerros, pois a capela de Sant’Ana integrava a freguesia de São José, acima na ribeira do Ipojuca e a três léguas de distância a oeste. A 16 de agosto de 1848, por força de lei provincial, Bezerros teve a sua paróquia de São José incorporada à de Caruaru, que se ia tomanda o núcleo humano e comercial mais importante de todo o agreste central. Junto também passou a povoação de Gravatá à freguesia de N.Sa. das Dores do antigo dítio do Caruru, então regida pelo padre Antonio Jorge Guerra. O VISITANE DA MADRUGADA: PADRE CÍCERO No dia 7 de setembro de 1896 Joaquim Didier inaugurou a ponte sobre o Ipojuca, entre o seu curtume e a serra das éguas, que financiou e abriu à servetia pública. Tudo que esse industrial de espírito filantrópico construiu em Gravatá doou ao seu povo. Casas, edifícios, pontes - tudo cedeu em favos da cidade, nos trinta e cinco anos que nela viveu. Praticamente sustentava a fábrica paroquial com suas doações e auxílios importantes. Não deixava de comparecer à missa das 9 horas, aos domingos, acompanhado da família. A cerimônia, por excelência, da elite local, que se vestia apuradamente para ouvir a prédica do vigário, no púlpito sobranceiro, cercando a figura modesta mas impressiva do rico industrial. Hábito que, mesmo desaparecido Didier, ficou até quase o meio do próximo século, quando seu filho Antonio Didier deixou de vez Gravatá. Para fechar o século XIX, em 6 de fevereiro de 1989, no pátio da estação da pequena cidade de mil habitantes, em paupérrima pensão de 3a classe e a única que havia com o pomposo título de “Hotel do Jucá”, hospedou-se, por uma noite, o padre Cícero Romão Batista, vigário do Juazeiro do Ceará, na sua viagem à Roma, vítima da inveja, da intolerância e da incompetência descaridosa de padres e bispos sem algum valor. Abre-se o século XX e com ele, em 5 de julh de 1901, por 102 votos ambos, elegiam-se prefeito e sub José Bezerra do Rêgo Barros e Firmino Gomes Cabral d’Andrade. Em 26 de julho, comemorou Gravatá a sua maior festa, unindo os atos litúrgicos às brincadeiras profanas, comemorando o novo século. Julho e Santana eram o tema de tudo que se fazia na pequena cidade do planalto das Ruças. Joaquim Didier e outros homens ricos da comunidade fizeram doações para a festa.


JORNAL A VERDADE

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, MARÇO DE 2007

Foto: Ednaldo Lourenço

Informativo

Tel:(081) 3523.2053 (081) 9295.4405 E-mail: jornalaverdade@averdadeonline.com.br End: Rua Marques do Herval,138 - Livramento Vitória de Santo Antão/PE - C.E.P. 55.602-370

>SEMANA SANTA EM GRAVATÁ

A cidade se prepara para receber cerca de 300 mil visitantes durante a Semana Santa que terá uma das programações mais atrativas do Estado

As obras realizadas pela Prefeitura Municipal de Gravatá, nesse início de 2007, irão facilitar o acesso dos turistas a cidade em dias de maior fluxo como a Semana Santa

C

OMEÇA na quinta-feira (05) uma das mais tradicionais festas do calendário turístico e cultural de Gravatá, a Semana Santa. Encenação da Paixão de Cristo, pelo grupo de Teatro Amador de Gravatá, shows em clubes fechados e no Pátio de Eventos Chucre Mussa Zazar, abertos ao público, atraem cerca de 300 mil visitantes e invernistas todos os anos. Também a programação religiosa, com procissões e missas em todos os cantos da cidade, satisfaz a devoção daqueles que preferem se dedicar aos atos de fé. Há grande expectativa em Pernambuco - e até nos estados vizinhos - sobre os shows de Ivete Sangalo, onde serão cobrados ingressos, e pelo shows abertos ao público, como o da banda Cheiro de Amor, no Pátio de Eventos. Além das bandas que se apresentam, o clima de montanha, com temperaturas médias em torno dos 20 graus, a gastronomia da cidade e a possibilidade de desfrutar de atrações típicas do turismo rural, como hotéis fazenda e haras são atrativos que garantem o sucesso da Semana Santa de Gravatá. Este ano os visitantes se deparam com uma nova infra-estrutura existente na cidade. A Prefeitura concluiu a primeira parte da Perimetral, anel viário de 9 quilômetros de extensão total, que está ligando o lado leste ao lado oeste da cidade,

em paralelo à BR 232. Com isso, os moradores dos bairros e condomínios localizados atrás da área central ganham acesso novo pela BR 232, com alternativa de passar ou não pelo centro da cidade. O projeto inclui uma nova ponte sobre o Rio Ipojuca que está sendo construída, ligando o bairro do Prado ao Centro da cidade, calçadas, iluminação e arborização ao longo da via. O trecho concluído compreende a região da Fazenda SEGRA (BR 232) até à Estação do Artesão (Centro), passa pelos bairros Alto do Jucá, Volta do Rio e dezenas de condomínios. Os investimentos na obra giram em torno de R$ 10 milhões. Outra ação para a melhoria da acessibilidade em Gravatá foi o projeto de requalificação da principal avenida da cidade, inaugurada no final de 2006. A revitalização abrange a área que começa nas proximidades da rua XV de novembro até a ponte do comércio na Avenida Agamenon Magalhães, envolvendo, também, o Pólo Moveleiro na rua Duarte Coelho. Foram feitos com o revestimento asfáltico da faixa de rolamento, padronização das calçadas com instalação pavimentos intertravados, pigmentados com desenhos coloridos, arborização, revitalização das praças e implantação de baias de estacionamento. Mas, como diz o slogan: “tem muita coisa pra fazer”.

Foto: Ednaldo Lourenço

NOVAS OBRAS MELHORAM ACESSOS A GRAVATÁ

B-3

Pavimentação do centro de Gravatá


Social

Tel:(081) 3523.2053 (081) 9295.4405 E-mail: jornalaverdade@averdadeonline.com.br End: Rua Marques do Herval,138 - Livramento Vitória de Santo Antão/PE - C.E.P. 55.602-370

Renildo Júnior

JORNAL A VERDADE

Foto: Divulgação

VITÓRIA DE SANTO ANTÃO, MARÇO DE 2007

Exposição da raça Pit Bull realizada pelo Núcleo Gravatá

Kennel Club de Pernambuco 10 Anos de Cinofilia Gravataense NO DIA 10 de março de 2007, foram comemorados os 10 anos de cinofilia Gravataense, com três exposições panamericanas e duas exposições especializadas das raças Pit Bull e Rottweiler, exposições validadas pela CBKC e Dog Show, organizado pelo Núcleo Gravatá. Esse evento foi realizado na Fazenda Monte Castelo, um local com uma das melhores estruturas de lazer e entretenimento do estado, ideal para realização do evento e acolhimento dos participantes e dos astros da festa, os cães. Essa foi a primeira de muitas realizações da nova direção do núcleo, presidida pelo médico veterinário e também criador de Pit Bull, Dr. Rodrigo Torres, e com sua grande equipe, Erika Torres, Carlos Pontual e Lorena Albuquerque, também amantes da cinofilia. O núcleo Gravatá do kennel está localizado no Consultório Veterinário Saúde Animal, no endereço Rua Lamartine Farias Castro, 59, Gravatá – PE. O Saúde Animal, está aos cuidados do Dr. Rodrigo Torres e Erika Torres, oferece serviços de, Clinica Medica Veterinária; Clinica Cirúrgica; Pet Shop; Banho e Tosa; Farmácia ; Rações Nacionais e Importadas; Acessórios pet; entre outros, maiores informações: (81)3533.5232 / 9212.9799

Antonieta Ristorante, o melhor da cozinha italiana agora em Gravatá. Vista sua melhor roupa de frio, delicie-se com a típica culinária italiana, escolha um bom vinho e capriche na foto.

Esporte em alta em Gravatá. O Ministério dos Esportes em parceria com o IPAD, promoverá projeto esportivo que atenderá cerca de 25 mil jovens em todo o Brasil. Gravatá está sendo contemplada.

Cartão Desconto Aciag, já lançado em Gravatá o Cartão de Desconto da Associação Comercial e Empresarial de Gravatá. O Cartão Desconto trará benefícios para os associados e funcionários da Aciag.

Faisão Dourado, concluídas as ampliações de um dos melhores restaurante de Gravatá. Esse novo espaço será destinado para uma choparia e petiscaria. Promete ser um dos points mais movimentados da cidade.

Lulinha da Gravatanet e sua esposa Ana

Torneio feminino de volei amador de areia, dia 1 de maio no AABB. Informe-se pelo telefone (081) 8701.1943 ou clauss_rodrigues@hotmail. com. AABB, realiza aos sábados, noite dançante em grande estilo com todos os ritmos. Descontração com segurança! Pizza Grill conheça o maravilhoso rodízio de camarão em Gravatá! Uma delícia!

Lavanderia da Serra, já inaugurada em Gravatá e voltada para atendimento de hóteis, móteis, privês e particulares. A inovação é o serviço Delivery da Lavanderia da Serra. É Gravatá ganhando estrutura de cidade grande. Igreja Episcopal I, inaugurada em Gravatá a Paróquia do Intercessor, na rua Agamenon Magalhães, próxima a Pizza Grill. Cultos realizados aos sábados às 19:30hs, e domingos às 10:00hs. Igreja Episcopal II, o pastor Frederico Bastos ainda esse mês de abril de 2007 será consagrado Bispo e a Paróquia Pedra Viva, Vitória de Santo Antão, passará a condição de Catedral.

curta A socialite Cristina Carvalho de Mattos Vieira comemora hoje, dia 1º de abril seu aniversário aqui na Suíça pernambucana em almoço íntimo com sua família. A Semana Santa se aproxima e os visitantes ilustres começam a confirmar presença. Gravatá receberá nomes badalados de nossa sociedade, como: O Governador Eduardo Campos, o colunista do nosso jornal A Verdade Renildo Jr., a atriz global Grazi Massafera, a socialite Rafaela Siqueira de Melo, Rodrigo de Paula e a expectativa de receber o ex-BBB7 comandados pelo nosso conterrâneo Allan Pierre. Sérgio Feitosa também confirmou presença. O Boticário investe pesado na coleção royalty, quem tem como forte os tons de boca opaco. Aguardem no próximo número notícias do Agreste ao Litoral. Um abraço a todos os leitores, do seu mais novo colunista Renildo Jr.

B-4

Edição número 51 do Jornal A Verdade  

Esta é a Edição número 51 do Jornal A Verdade