Page 1

Edição Especial 2017

Paixão por Formulação O MEDICAMENTO PERSONALIZADO RESOLVE Faça parte dessa campanha

LONGEVIDADE

TRICOLOGIA

Oportunidades terapêuticas para uma vida saudável

Os novos rumos da ciência capilar


ÍNDICE

03 04 08 13 17 23 26 30 35 39 43 46

Paixão por formulação Depoimentos Tratamentos Capilares Avançados

TrichoConcept™ pg 08

Alopecia de Barba Como tratar SiliciuMax® A escolha da Vitamina C tópica ideal Liberação Transdérmica de Fármacos

SiliciuMax® pg 17

Metformina HCl Fagron Micro em Pentravan® Alprostadil Fagron Wellmune®

Metformina Fagron em Pentravan® pg 30

FagronCaps™ A farmácia de manipulação Resolve Alprostadil Fagron em Pentravan ® pg 35

2

fagron.com.br


Paixão por Formulação A Fagron acredita que cada ser humano é único, e que respeitar essa individualidade vem de dentro, requer muita paixão. O que te move? Por esse ideal, e com essa visão, que mantemos nossa existência. Existe algo de especial em todas as pessoas, uma essência sem igual, e essa diversidade nos torna mais fortes. Somos movidos por esse intenso sentimento no nosso dia a dia, presente desde o início, em nosso DNA. Paixão pelo medicamento personalizado, pois acreditamos que é através deste tratamento que alcançamos a melhora da qualidade de vida e melhores resultados para os pacientes, considerando que cada pessoa tem suas necessidades específicas e características singulares. A cada desafio, cada passo e cada conquista, estamos investindo mais e mais em pesquisa e desenvolvimento de produtos. Comprometidos em entregar o melhor, com segurança e qualidade, e tendo nossos clientes sempre em primeiro lugar, em qualquer que seja nossa decisão. Com carinho, foco e velocidade, cuidamos de cada ação, buscando sempre promover a saúde e o bem estar, atentos às necessidades do mercado magistral. Nos veículos, nos ativos e outros insumos, nas visitas e nas prescrições, ali está a nossa paixão. Queremos nos superar a cada dia que passa, inovando em tudo que fazemos. Com mais agilidade, praticidade e eficácia, buscando construir laços de confiança duradouros. Somos movidos pela mesma paixão: A paixão por formulação.

fagron.com.br

3


Depoimentos Dra. Dulce Camacho "Não tinha muito conhecimento sobre o mercado magistral e não acreditava nessa forma de medicação. Lembro-me do dia em que a Lucia Gennari entrou em minha sala para falar sobre a Fagron, há 4 anos, e me convidou para as palestras Fagron Academy. Aulas ministradas por farmacêuticas muito bem preparadas, mostrando profundo conhecimento sobre farmacologia, sempre fundamentadas em trabalhos científicos. Pude constatar a seriedade da empresa, que desenvolve vários produtos inovadores e diferenciados que são distribuídos para farmácias magistrais. Então meu conceito sobre manipulação mudou. Foi um marco em minha vida profissional, pois percebi que podia prescrever meus tratamentos de forma personalizada para cada paciente, dependendo de sua necessidade. Com produtos de ponta como Pentravan®, SiliciuMax® e TrichoConcept™, a Fagron está sempre na vanguarda. Serei eternamente grata a Fagron por ter aberto meus horizontes. Continuem brilhando!"

Dr. Juliano Sheffer "Para o médico, considerar aspectos individuais de disfunções sexuais tornou-se um desafio também para a terapêutica. Mesmo com a farmacopeia já disponível, adaptações precisam ser feitas de acordo com cada caso, considerando aspectos muito particulares de cada paciente. Nesse sentido, o uso de medicamentos manipulados, com doses ajustadas, mostrou-se útil e importante no manejo clínico destes quadros. Dificilmente todas as pessoas podem ser tratadas pelos mesmos medicamentos, e com as mesmas doses. A Fagron trouxe identidade, origem, procedência e qualidade para viabilizar o uso de medicamentos manipulados, não se apresentando como mero comercializador de substâncias, mas demonstrando conhecimento, propondo inovações e investindo em tecnologia, revolucionou o mercado de produtos medicinais, trazendo credibilidade e confiança para quem prescreve, e segurança para quem faz uso. Uma alternativa para o tratamento de todas as patologias sexuais."

Dr. Paulo Sityá "A endometriose é uma doença crônica que acomete mulheres jovens, causando dor e infertilidade. O tratamento da doença pode ser clínico ou cirúrgico. Algumas pacientes apresentam contraindicação ou não autorizam o tratamento cirúrgico da endometriose. A Fagron, pela seriedade e exemplo de fundamentação científica, abriu caminho para que eu encontrasse na manipulação mais uma opção segura no tratamento de pacientes com endometriose. Como cirurgião, tive a grata satisfação de conhecer, através da Fagron, um produto eficaz para o tratamento clínico da endometriose, a gestrinona via vaginal em Pentravan®, com excelentes resultados. A farmácia magistral proporciona uma maior aproximação entre farmacêutico e médico, resultando em maior confiança e aderência ao tratamento, o que considero a chave para a melhora e o bem-estar das pacientes. "

Dra. Tatiana Gabbi "Sempre gostei de prescrever tratamentos personalizados para os meus pacientes, mas depois que conheci a Fagron e seus produtos inovadores fiquei muito mais segura e confiante devido à qualidade incorporada a pesquisa e desenvolvimento de seus ativos e, principalmente, seus veículos funcionais, porque através destes conseguimos manter um padrão independente da farmácia que for manipulado. Os veículos da Fagron permitem a incorporação de ativos consagrados e inovadores, com máxima penetração, melhor cosmética e com possibilidade de desenvolver um tratamento integrado. Isso mudou minha forma de abordar o paciente, pois entendo que a escolha do veículo é tão importante quanto a do princípio ativo. Sem dúvida a Fagron fez uma grande diferença no dia a dia do consultório!"

4

fagron.com.br


Dra. Carolina Carvalho "Acho que a Fagron veio revolucionar o mercado magistral, principalmente com relação à prescrição de hormônios. Sou ginecologista especialista em sexualidade, prescrevo bastante testosterona, mas até pouco tempo atrás, eu não tinha um creme transdérmico bom o suficiente para confiar em uma prescrição. A partir do momento que o Pentravan® entrou no mercado eu realmente percebi que houve uma grande evolução nesta área, proporcionando segurança para minha prescrição. Sinto-me segura para prescrever, pois sei que estou prescrevendo algo que realmente vai fazer efeito para o paciente. Pude comprovar isso através de exames laboratoriais pré e pós para verificar os índices dos hormônios que estava prescrevendo. Então, considero um grande avanço, pois a prescrição, principalmente da testosterona por via transdérmica é muito mais benéfica do que as outras vias. Para mim, essa é a grande contribuição da Fagron."

Dr. Luiz Henrique Basile "A Fagron trouxe pesquisa de alta tecnologia e, portanto, mais confiança nos produtos farmacêuticos manipulados, além da possibilidade de personalizar o tratamento medicamentoso quanto à dose, frequência e associações farmacêuticas. Inova pela qualidade, facilidade de manipulação, fácil acesso ao consumidor e diversidade de via de administração, seja oral, tópica e vaginal, adaptando-se e personalizando para cada paciente."

Dra. Marlene Siqueira "A Fagron trouxe para o nosso dia a dia de consultório um grande diferencial, oferecendo a retaguarda de uma empresa inovadora e atenta às exigências do mercado. Investindo em produtos diferenciados que aliam eficácia, segurança e conforto. De maneira clara e objetiva nos proporcionou conhecimento técnico dos seus produtos com a apresentação de cursos com os mais renomados profissionais. Mantém um canal de comunicação aberto e de fácil acesso para nós, profissionais prescritores, facilitando a compreensão e as consultas em caso de necessidade. Mudou a visão da medicação formulada pela manipulação, onde temos uma maior possibilidade de flexibilidade da posologia de acordo com as necessidades dos pacientes, acrescendo confiança e credibilidade. Nos apresentou novas vias de administração com a perspectiva de melhores resultados e comodidade posológica, como por exemplo a base Pentravan® para veicular hormônios pela via transdérmica, possibilitando maior absorção."

Dr. Hugo Maia Filho "A Fagron teve um impacto muito positivo na minha prática como ginecologista ao trazer o conceito da multiterapia e do tratamento individualizado na ginecologia. Esta parceria nos permitiu desenvolver novos tratamentos para a endometriose e mioma uterino por via vaginal utilizando o Pentravan®, o que resultou na resolução de casos clínicos nos quais o tratamento anterior tinha falhado. Outras áreas na ginecologia também sofreram importantes avanços com a introdução do Pentravan® como, por exemplo, a modulação hormonal tanto no homem como na mulher. O uso do Pentravan® permitiu a combinação de hormônios bioidênticos com outros fármacos como a metformina, resveratrol e a vitamina D3, por exemplo, que trouxeram grandes avanços na terapia anti-aging. Por isso, fico muito orgulhoso desta parceria com a Fagron, pois ela resultou em uma mudança muito positiva na qualidade do atendimento aos nossos pacientes."

fagron.com.br

5


Fagron ĂŠ aprovada pelo


A Fagron, líder mundial em inovação e pesquisa científica magistral, através de sua unidade em Anápolis, já é reconhecida pela ANVISA, através da certificação de boas práticas de distribuição e fracionamento de insumos farmacêuticos.

Equipamentos de última geração que nos garantem o mais alto nível de qualidade (não encontrados em muitas empresas do segmento farmacêutico).

Agora, temos a satisfação em compartilhar com o mercado farmacêutico magistral nossa nova conquista: Fomos inspecionados pelo órgão norte-americano Food and Drug Administration (FDA), nas seguintes divisões: • • • • •

Quality; Materials (Receipt, Storage, Supplier Qualification); Facilities/Equipment; Packaging/Labeling; Laboratory Control Systems.

Constatou-se por parte do FDA que nossos processos, produtos e sistemas atendem as rigorosas regras americanas no que referese as boas práticas farmacêuticas, reforçando o compromisso do Grupo Fagron com o mercado magistral. Este é o endosso que precisávamos para evidenciar que a qualidade dos insumos utilizados pelas farmácias de manipulação no Brasil, atendem às exigências de um padrão internacional. A Fagron possui um completo Sistema da Qualidade, que abrange desde a qualificação dos fornecedores através de auditorias in loco, passando por um moderno e rigoroso controle de qualidade e processos validados, assegurando os mais elevados padrões mundiais de fornecimento de insumos ao mercado. Reforçamos mais uma vez o convite para farmacêuticos, médicos e profissionais do setor magistral, para virem conhecer a Fagron! Fagron, inovando e otimizando o tratamento farmacêutico personalizado.


Tratamentos Capilares Avançados

Veículos Multifuncionais e Ativos de Alta Performance O cabelo é a moldura do rosto e por isso é de extrema importância na autoestima e vida social. Mas o que significa ter um cabelo bonito e saudável? Diversos aspectos são levados em conta, como a quantidade de fios, o volume e o brilho das hastes. Para isso, o equilíbrio de todo sistema capilar deve ser avaliado: bulbo, couro cabeludo e haste. Quando avaliamos os tratamentos para o estímulo do crescimento de fios nos deparamos com duas situações que nem sempre são distinguidas corretamente. A primeira é o tratamento cosmético que, na maioria das vezes, irá apenas limpar o couro cabeludo e reparar a haste. Ingredientes cosméticos com foco no crescimento de fios dificilmente apresentam estudos clínicos publicados em jornais de dermatologia. A segunda situação são os tratamentos médicos baseados em protocolos clínicos com API’s (Active Pharmaceutical Ingredient) e DCI’s (DermaCeutical Ingredient) estabelecidos na prática dermatológica e que apresentam eficácia clínica publicada em periódicos conceituados internacionalmente, porém, em sua maioria, não levam em consideração a fisiologia do bulbo, couro cabeludo e haste.

TrichoConcept™ A linha de veículos TrichoConcept™ foi desenvolvida pela Fagron para auxiliar o dermatologista a unir os benefícios cosméticos à eficácia clínica no desenvolvimento de protocolos clínicos personalizados. Durante décadas, as pesquisas para o tratamento da perda capilar estiveram voltadas somente para o API, pensando exclusivamente no estímulo da função folicular. Os prescritores tiveram à disposição um arsenal limitado de veículos compatíveis com esses API’s que, em sua maioria, são altamente agressivos, normalmente diminuindo a adesão de pacientes. Com base nisso, o departamento de P&D da Fagron Brasil desenvolveu a linha TrichoConcept™, composta por 7 veículos com foco na manutenção da fisiologia do sistema capilar BCH (Bulbo, Couro Cabeludo e Haste), deixando-o mais receptivo aos API’s. Todos contêm TrichoTech™, uma tecnologia Fagron baseada em um fitocomplexo que atua estimulando a fase neógena do ciclo de crescimento capilar. A linha TrichoConcept™ é livre de álcool, propilenoglicol, parabenos, óleo mineral, LSS, 1,4-dioxano e outros ingredientes tóxicos, controversos ou disruptores endócrinos.

regressão (catágena) e a fase de repouso (telógena), que em humanos dura cerca de 3 anos, 3 semanas e alguns meses, respectivamente. O renomado pesquisador francês Dr. Bruno Bernard publicou estudos que proporcionaram um maior entendimento do crescimento capilar e suas fases. Ele esclarece que o início da fase anágena inclui um processo morfogenético muito rápido e ativo, seguido por um estado estável e de longa duração em que a fibra é produzida. Desde 2012 em sua publicação no Experimental Dermatology ele discute que é curioso como a fase catágena seja o nome descrevendo a mudança entre as fases anágena e telógena, mas nenhum nome descreve o período entre as fases telógena e anágena. Pode-se conceber que o folículo piloso passa por fases estáveis, anágena e telógena, interrompidas por fases curtas e intensamente ativas de regressão e regeneração. Se a curta fase de regressão é denominada de catágena, tem sido proposto denominar a curta fase de regeneração de neógena, onde há produção de genes específicos (FGF-7 e FGF-10). Desde então, os Departamentos de P&D da Fagron em todo o mundo voltaram ainda mais suas pesquisas em tricologia, até que a Fagron Brasil chegou ao TrichoTech™.

A Fase Neógena

A Papila Dérmica

Atualmente, o ciclo de crescimento capilar é alvo de muito debate pelos estudiosos da tricologia. De forma clássica é dividido em 3 fases: a fase de produção da fibra (anágena), a fase de

A manutenção da produção da fibra capilar (anágena) é mantida pela comunicação entre a papila dérmica e a matriz extracelular. Uma alteração dessa comunicação, induzida pela modifi-

8

fagron.com.br

cação de alguma variável, como a expressão de fatores de crescimento de fibroblasto, resultaria no início da fase catágena. Quando isso acontece a papila dérmica é desligada do folículo em regressão e a matriz extracelular começa a ser degradada. Na fase telógena o folículo piloso é um simples agregado de células, sem matriz extracelular. Eventualmente, uma nova comunicação acontece e sinais morfogenéticos podem ser trocados. Dessa forma após ser atingido um determinado limiar é desencadeada a fase neógena e simultaneamente é reiniciada a síntese de matriz extracelular.

1

Anágena

2

Catágena

3

Telógena

TrichoTech™

4

Neógena


Tratamentos Capilares Avançados Teor total de colágeno em fibroblastos após exposição de 24 horas a diferentes concentrações de TrichoTech™.

mRNA Relative Expression

colágeno (%)

Um estudo com linhagem de fibroblastos humanos demonstrou que TrichoTech™ modula a expressão gênica dos fatores de crescimento de fibroblasto FGF-7 e FGF-10, que atuam na fase neógena do ciclo de crescimento capilar.

Níveis de expressão relativa de mRNA dos genes FGF-7 e FGF-10 em fibroblastos.

mRNA Relative Expression

TrichoConcept™

Concentração de TrichoTech™

Journal of Cosmetics, Dermatological Sciences and Applications, 7, 1-13.

Journal of Cosmetics, Dermatological Sciences and Applications, 7, 1-13.

A Linha de Veículos TrichoConcept™ Os primeiros 4 veículos atuam na higienização e nutrição do couro cabeludo e da haste. Relatos clínicos demonstram melhora da inflamação e excesso de oleosidade já na primeira semana de uso.

Na avaliação da restauração cuticular do fio de cabelo por microscopia eletrônica de varredura (MEV) após aplicação da combinação de TrichoOil™, TrichoWash™ e TrichoCond™ concluiu-se grande eficiência na restauração da superfície capilar (cutícula). Após 6 aplicações.

1

2

3

Óleo Pré-Shampoo Promove hidratação do couro cabeludo até a haste

Shampoo Limpa da raiz até a ponta sem causar danos

4 Condicionador Sela e fortalece a cutícula capilar

Controle

Os outros 3 veículos são para veicular os API’s e DCI’s que deverão permanecer por mais tempo atuando no couro cabeludo em substituição à loções hidroalcoólicas e espumas de propilenoglicol. Há também um creme para aplicação nas regiões de cílios, sobrancelhas e barba.

Dessa forma, são contempladas todas as possibilidades para a prescrição de protocolos para o tratamento da alopecia. Os relatos de dermatologistas que iniciaram protocolos com Minoxidil Base e Latanoprosta Fagron atestam a melhor performance desses API’s. Os pacientes passaram a utilizar corretamente o ativo escolhido pelo dermatologista, duas vezes ao dia, sem relato de aspecto oleoso e sujo nos fios. Com isso foi evidenciado uma surpreendente adesão dos pacientes que, mesmo com 45 dias de tratamento, afirmam crescimento de novos fios, aumento da densidade capilar, um couro cabeludo com oleosidade equilibrada e uma haste mais brilhante.

Finalizador Promove proteção, brilho e anti-frizz

Tratado

TrichoSol™

TrichoFoam™

TrichoCream™

Solução hidrofílica não irritante

Veículo formador de espuma para aplicação localizada

Ideal para área dos cílios e sobrancelhas

Solução Capilar

Indicações • Alopecia androgenética • Alopecia areata • Eflúvio anágeno • Eflúvio telógeno • Pós-cirurgia de transplante capilar • Dermatite seborreica

Espuma Capilar

Creme

Farmacotécnica Facilitada TrichoSol™ e TrichoFoam™ permitem a solubilização de até 7% de Minoxidil Base à frio.

Segurança e Adesão do Paciente Livres de Álcool e Propilenoglicol.

fagron.com.br

9


Tratamentos Capilares Avançados Aceleração do Crescimento Capilar IGrantine-F1™ ↑ IGF-1 Novo

Baseado nas últimas evidências científicas, o Departamento de P&D da Fagron desenvolveu IGrantine-F1™ para o tratamento tópico da alopecia. É um fitocomplexo altamente concentrado baseado em cefarantina que tem demonstrado importante efeito no crescimento capilar, tanto na alopecia androgenética como na alopecia areata. Estudos científicos de Pesquisadores do Departamento de Dermatologia Regenerativa da Universidade de Osaka, Japão, confirmam que a cefarantina inibe a produção de citocinas pró-inflamatórias e estimula o aumento da taxa de crescimento capilar por aumentar a produção de IGF-1 (Insulin-Like Growth Factor 1), um indutor da fase anágena, na papila dérmica. O IGF-1 é relacionado com efeitos antiapoptóticos, regula positivamente o PDGF-A e PDGF-B (estimuladores mitóticos), estimula a proliferação de queratinócitos no folículo capilar e retarda o início da fase catágena do ciclo de crescimento. Após esses achados, um estudo foi conduzido com 23 homens entre 20 e 50 anos de idade apresentando alopecia androgenética. Foi demonstrado sua capacidade em estimular a papila dérmica a produzir IGF-1 e pode promover o crescimento capilar, principalmente por acelerar a taxa de crescimento. Com isso, IGrantine-F1™ apresenta-se como um ingrediente inovador no desenvolvimento de protocolos clínicos para o tratamento da alopecia, acelerando o crescimento dos fios. Também é inovador quanto a segurança para os pacientes, pois não se trata do IGF-1 e sim de um estimulador de sua produção. Com isso age complementando o mecanismo de ação de outros ingredientes que podem ser formulados de forma associada em TrichoSol™ ou TrichoFoam™. Concentração Usual: 0,1% a 0,5%.

Prostaglandinas O foco central das pesquisas em alopecia androgenética atualmente é elucidar os sinais moleculares que atuam na transição entre as fases do ciclo capilar. Prostaglandinas são sinais químicos celulares lipídicos similares a hormônios produzidos por quase todas as células, atuando apenas na própria célula e nas células vizinhas. Por terem sido primeiramente descobertas e isoladas de líquido seminal, como secreção da próstata, foram assim denominadas, sendo o sufixo “glandinas” associado à glândula. Atualmente, sabe-se que as prostaglandinas estão presentes em todos os tecidos animais, exercendo várias funções. A prostaglandina D2 (PGD2) é sabidamente uma prostaglandina que inibe o crescimento capilar, seu maior pico se dá durante a fase catágena, estando elevada no couro cabeludo de homens com alopecia androgenética, enquanto a prostaglandina E2 (PGE2) e a prostaglandina F2α e (PGF2α) têm efeito estimulante do crescimento e podem estar diminuídas no couro cabeludo calvo. Concentrações adequadas de prostaglandinas permitem o equilíbrio entre as fases de crescimento do fio, podendo ser um dos mecanismos de gatilho para o início ou prolongamento da fase telógena e/ou para o processo de miniaturização folicular na alopecia androgenética. O desbalanço na concentração de prostaglandinas na região do couro cabeludo leva a uma redução da fase anágena e ao aumento das fases catágena e telógena.

Prostaquinon™ ↓ PGD2 Baseado nas evidências científicas que demonstram que o desbalanço das prostaglandinas na alopecia é caracterizado por um aumento de PGD2 inflamatória e uma redução simultânea de PGE2 e PGF2α no couro cabeludo, a Fagron desenvolveu um fitocomplexo padronizado em timoquinona, que inibe a síntese de PGD2. Prostaquinon™ diminui a inflamação do couro cabeludo, reduzindo a queda capilar e promovendo aumento da espessura e densidade do fio. Um estudo duplo-cego, controlado e randomizado, realizado na Itália por 3 meses, identificou sua eficácia para o tratamento do eflúvio telógeno (alopecia difusa) com inibição de PGD2 10

fagron.com.br

e, consequentemente, da inflamação e da queda capilar. Prostaquinon™ também promove a supressão de citocinas pró-inflamatórias como IL-1b, TNF-α, IL-4, IL-5 e IL-3, inibe a expressão da COX-2 e a ativação de NF-κB. Concentração Usual: 3%.

Latanoprosta Fagron ↑ PGF2α Latanoprosta Fagron é um análogo direto da PGF2α, comumente utilizado sob a forma de colírio no tratamento de glaucoma e hipertensão ocular, que apresenta como efeito adverso o aumento da densidade ciliar. A ação de Latanoprosta Fagron ocorre principalmente através do estímulo aos folículos capilares, prolongando a fase anágena e promovendo a conversão da fase telógena à fase anágena. Formulações contendo Latanoprosta Fagron fazem parte da primeira linha de tratamento para a alopecia androgenética em homens e mulheres. O uso de Latanoprosta Fagron tem apresentado resultados de grande eficácia, promovendo em um período relativamente curto o aumento significativo da densidade capilar e redução de sua queda. Observou-se que os efeitos no crescimento capilar ocorrem no início da fase anágena. Sua ação, provavelmente nas papilas dérmicas promoveu maior quantidade de fios, com maior espessura e comprimento. Concentração Usual: 0,005%.

Minoxidil Base ↑ PGE2 O Minoxidil Base apresenta efeito vasodilatador e estimula a produção de PGE2 pela papila dérmica. Também aumenta a expressão de m-RNA para VEGF, induzindo a angiogênese e estimula a produção de leucotrieno B4. Aumenta a expressão de um dos quatro receptores de PGE2, chamado de EP2, que pode contribuir para a prolongação da fase anágena. Também promove a sobrevivência de células da papila dérmica por aumentar a razão Bcl-2/Bax (genes anti-apoptóticos/pró-apoptóticos) e por ativar ERK e Akt (proteínas quinases envolvidas no crescimento e apoptose celular). Concentração Usual: 5%.

Latanoprosta Fagron + PGF2α Fase Anágena

IGrantine-F1™ + IGF-1 Fase Anágena

CafeiSome™ - DHT Fase Anágena

+ PGD2 + DHT + TGFβ2 - PGF2α - PGE2 - IGF-1 - Fios Terminais

Prostaquinon™ - PGD2 Catágena

Minoxidil Base + PGE2 Fase Telógena TrichoTech™ + FGF7 +FGF10 Fase Neógena

- PGD2 - DHT - TGFβ2 + PGF2α + PGE2 + IGF-1 + Fios Terminais


Sugestões de Formulações TRATAMENTO SEMANAL

- PGE2 Prostaquinon™ é um fitocomplexo padronizado em timoquinona que inibe a síntese de PGD2. Diminui a inflamação do couro cabeludo, reduzindo a queda capilar e promovendo aumento da espessura e densidade do fio.

TrichoOil™ - Ampola Reguladora de PGD2 Prostaquinon™

3%

TrichoOil™

qsp 5 ml

Posologia: Aplicar metade da quantidade de forma homogênea no couro cabeludo e massagear por 3 a 5 minutos. Em seguida, aplicar o restante nos fios e manter em oclusão. Deixe agir por 10 minutos e lavar com TrichoWash™. Uso semanal.

LIMPEZA E CUIDADO PARA O TRATAMENTO DIÁRIO

TrichoWash™ - Shampoo Regulador de DHT e TGFβ2 CafeiSome™

5%

L-Carnitina-Tartarato

2%

TrichoWash™

qsp 200 ml

Posologia: Lavar os cabelos massageando o couro cabeludo por 2 minutos. Enxaguar e repetir se necessário. Usar 3 vezes por semana e outro TrichoWash™ sem Cetoconazol nos dias de intervalos.

TrichoCond™ - Selagem e Fortalecimento da Cutícula LunaMatrix™ System

0,5 – 10%

TrichoCond™

qsp 200 ml

Posologia: Após lavar os cabelos com TrichoWash™, retirar o excesso de água e aplicar o TrichoCond™ uniformemente sobre os cabelos. Massagear mecha a mecha deixando atuar de 2 a 3 minutos. Enxaguar. Uso diário.

FINALIZAÇÃO E PROTEÇÃO DA HASTE

0,5 – 5%

Escolol™ HP

0,5 – 5%

TrichoSerum™

qsp 50 g

Posologia: Após a lavagem capilar com o TrichoWash™ e TrichoCond™ retire bem o excesso de água com toalha e aplique pequena porção do TrichoSerum™, mecha a mecha no comprimento e pontas fixando sobre as hastes e evitando o couro cabeludo. Penteie para que o produto seja distribuído por todos os fios. Não enxague, aplique o secador de cabelos de acordo com o penteado e modelagem desejada.

OPÇÕES PARA O TRATAMENTO DIÁRIO DO COURO CABELUDO

+ Massa LunaMatrix™ System é um bioativo que devolve a massa perdida dos cabelos por processos oxidativos como tinturas, processos químicos/térmicos e radiação UV. Protege e restaura a fibra capilar desde a cutícula até o córtex.

+ Proteção UV Escolol™ HP protege o fio contra os danos causados pela radiação solar enquanto promove condicionamento.

TrichoSol™ - Ação Reguladora PGF2α e PGE2

TrichoFoam™ - Ação Reguladora PGF2α e PGE2

Latanoprosta Fagron

0,005 %

Latanoprosta Fagron

0,005%

Minoxidil Base

5%

Minoxidil Base

5%

TrichoSol™

qsp 100 ml

TrichoFoam™

qsp 100 ml

Posologia: Aplicar nas áreas afetadas 1 ou 2 vezes ao dia.

Posologia: Aplicar nas áreas afetadas 1 ou 2 vezes ao dia.

TrichoSol™ - Ação Aceleradora do Crescimento

TrichoFoam™ - Ação Aceleradora do Crescimento

IGrantine-F1™

0,5 %

IGrantine-F1™

0,5%

Minoxidil Base

5%

Minoxidil Base

5%

TrichoSol™

qsp 100 ml

TrichoFoam™

qsp 100 ml

Posologia: Aplicar nas áreas afetadas 1 ou 2 vezes ao dia.

TRATAMENTO DIÁRIO DOS CÍLIOS E SOBRANCELHAS

- TGFβ2 A L-Carnitina L-Tartarato além de aumentar o metabolismo energético celular da região folicular, prolonga a fase anágena por regular negativamente o TGFβ2 na papila dérmica, um promotor da fase catágena. promotor da fase catágena.

+ Brilho Lumini™ System é um sistema único para texturização da fibra capilar para proporcionar, de forma inteligente, condicionamento e brilho tridimensional, assim como efeito liso e ação anti-frizz. Sua tecnologia permite também efetiva proteção da cor dos cabelos tingidos.

TrichoSerum™ - Ação Anti-Frizz e Proteção UV Lumini™ System

- DHT CafeiSome™ estimula o metabolismo celular e inibe a atividade da 5α-redutase. É um complexo lipossomado de alta concentração de cafeína associada à vitamina B3 para aplicações dermacêuticas. Em estudos comparativos com controle, apresenta permeação de cafeína através das camadas cutâneas aumentada em 538% após 2h e 236% após 26h. Fornece um suprimento constante de cafeína por 24h.

Posologia: Aplicar nas áreas afetadas 1 ou 2 vezes ao dia.

TrichoCream™ - Aumento dos Cílios e Sobrancelhas Latanoprosta Fagron

0,005 %

TrichoCream™

qsp 5 g

Posologia: Aplicar na margem das pálpebras e sobrancelhas 1 vez ao dia. Referências Bibliográficas Amaral F, et al. (2017) In Vitro Effects of the Phytocomplex TrichoTechTM on Human Fibroblasts: Proliferative Potential and Effects on Gene Expression of FGF-7 and FGF-10. Journal of Cosmetics, Dermatological Sciences and Applications, 7, 1-13. Bernard BA. Advances in Understanding Hair Growth. F1000Res. 2016 Feb 8;5. pii: F1000 Faculty Rev-147.Bernard BA. The human hair follicle, a bistable organ? Exp Dermatol. 2012 Jun;21(6):401-3. Blume-Peytavi U, et al. A randomized double-blind placebo-controlled pilot study to assess the efficacy of a 24-week topical treatment by latanoprost 0.1% on hair growth and pigmentation in healthy volunteers with androgenetic alopecia. J Am Acad Dermatol. 2012 May;66(5):794-800. Foitzik K, et al. Indications that topical L-carnitin-L-tartrate promotes human hair growth in vivo. J Dermatol Sci. 2007 Nov;48(2):141-4. Epub 2007 Sep 4.Foitzik K, et al. L-carnitine-L-tartrate promotes human hair growth in vitro. Exp Dermatol. 2007 Nov;16(11):936-45.Garza LA, et al. Prostaglandin D2 inhibits hair growth and is elevated in bald scalp of men with androgenetic alopecia. Sci Transl Med. 2012 Mar 21;4(126):126ra34. Halloy J, et al. The follicular automaton model: effect of stochasticity and of synchronization of hair cycles. J Theor Biol. 2002 Feb 7;214(3):469-79.Inui S, et al. Acceleration of Hair Growth Rate by Topical Liposomal Cepharanthine in Male Androgenetic Alopecia. Hair Ther Transplant 2016, 6:2.Inui S, et al. Induction of insulin-like growth factor-I by cepharanthine from dermal papilla cells: a novel potential pathway for hair growth stimulation. J Dermatol. 2013 Dec;40(12):1054-5.Inui S, et al. Reversal of androgenetic alopecia by topical ketoconzole: relevance of anti-androgenic activity. J Dermatol Sci. 2007 Jan;45(1):66-8. Johnstone MA, et al. Prostaglandin-induced hair growth. Surv Ophthalmol. 2002 Aug;47 Suppl 1:S185-202.Kelly Y, et al. Androgenetic Alopecia: An Update of Treatment Options. Drugs. 2016 Sep;76(14):1349-64. Levy LL, et al. Female pattern alopecia: current perspectives. Int J Womens Health. 2013 Aug 29;5:541-56. Piérard-Franchimont C, et al. Ketoconazole shampoo: effect of long-term use in androgenic alopecia. Dermatology. 1998;196(4):474-7.Rebora A, et al. A new phase of the hair cycle? Dermatology. 2002;205(2):108-10.Rossi A, et al. Evaluation of a Therapeutic Alternative for Telogen Effluvium: A Pilot Study. Journal of Cosmetics, Dermatological Sciences and Applications, Vol. 3 No. 3A, 2013, pp. 9-16. Rossi A, et al. Multi-therapies in androgenetic alopecia: review and clinical experiences. Dermatol Ther. 2016 Nov;29(6):424-432. Solanas G, et al. Regenerating the skin: a task for the heterogeneous stem cell pool and surrounding niche. Nat Rev Mol Cell Biol. 2013 Nov;14(11):737-48.Stenn K. Exogen is an active, separately controlled phase of the hair growth cycle. J Am Acad Dermatol. 2005 Feb;52(2):374-5.van Zuuren EJ, et al. Interventions for female pattern hair loss. Cochrane Database Syst Rev. 2016 May 26;(5):CD007628. Nieves A, et al. Does prostaglandin D2 hold the cure to male pattern baldness? Exp Dermatol. 2014 Apr;23(4):224-7. Herman A, et al. Caffeine's mechanisms of action and its cosmetic use. Skin Pharmacol Physiol. 2013;26(1):8-14.

fagron.com.br

11


12

fagron.com.br


Alopecia de Barba Como tratar

Novos Fios e Estímulo do Crescimento A Barba e o Homem Cada vez mais os homens estão adotando o uso da barba por ser associada à masculinidade, atratividade, força e autoconfiança. O aumento da quantidade e tamanho dos fios é desejado por alguns homens e para uma barba mais volumosa e impecável é preciso cuidar bem dos fios. Além de cuidar da flexibilidade e do brilho da haste é preciso manter o estímulo do crescimento.

TrichoConcept™ TrichoConcept™ é a primeira linha global de veículos multifuncionais, com tecnologia TrichoTech™, um fitocomplexo inteligente, que atua modulando a expressão gênica dos fatores de crescimento de fibroblasto FGF-7 e FGF-10, que atuam na fase neógena do ciclo de crescimento dos pelos.

TrichoWash™

TrichoCream™

TrichoFoam™

Limpeza da barba sem causar danos

Creme para barba com fios curtos

Espuma para barba com fios longos

TrichoWash™ é um shampoo elaborado com ingredientes não irritantes. A formulação deste shampoo permite limpar sem destruir os ácidos graxos e promover uma hidratação duradoura, maciez e flexibilidade à haste. TrichoWash™ favorece a ação de ativos para o crescimento de novos fios, demonstrando resultados acumulativos desde a primeira aplicação.

TrichoCream™ é um gel creme hidrofílico e nutritivo, desenvolvido para estimular o crescimento de fios em áreas como cílios, sobrancelhas e barba. Possui formulação suave e muito leve, que proporciona propriedades antioxidantes e emolientes. TrichoCream™ é um veículo tópico não oleoso, com viscosidade adequada, que facilita o uso local com segurança.

TrichoFoam™ é um veículo formador de espuma livre de álcool e propilenoglicol, para dissolução de princípios ativos hidrossolúveis e alguns lipossolúveis, formulado com ingredientes suaves, que não irritam a pele e com sensorial agradável. TrichoFoam™ demonstrou ser um veículo ideal e estável para aplicação de minoxidil base em até 7%, sendo esta a única forma de minoxidil terapeuticamente comprovada.

fagron.com.br

13


Sugestões de Formulações LIMPEZA DA BARBA E ESTÍMULO DO CRESCIMENTO

TrichoWash™ com L-Carnitina-L-Tartarato L-Carnitina-L-Tartarato

2%

TrichoWash™

qsp 100 ml

A L-Carnitina-L-Tartarato demonstrou ser um ingrediente ideal para aumentar a energia do meio ambiente folicular, permitindo a produção de fios mais forte e saudáveis.

Posologia: Massagear por 2 minutos e enxaguar. Foitzik K, et al. L-carnitine-L-tartrate promotes human hair growth in vitro. Exp Dermatol. 2007 Nov;16(11):936-45. Foitzik K, et al. Indications that topical L-carnitin-L-tartrate promotes human hair growth in vivo. J Dermatol Sci. 2007 Nov;48(2):141-4. Epub 2007 Sep 4. Giesen M, et al. Hair care formulations containing carnitine derivatives activate cellular energy metabolism and boost the atp content in human hair follicles. EHRS - Zurich 2005. Henkel KGaA, Düsseldorf, Germany.

Minoxidil no Aumento da Barba OPÇÃO 1 PARA FIOS CURTOS

TrichoCream™ com Minoxidil Base Minoxidil Base

3%

TrichoCream™

qsp 50 g

Posologia: Aplicar na área da barba 2 vezes ao dia. Ingprasert S, et al. Efficacy and safety of minoxidil 3% lotion for beard enhancement: A randomized, double-masked, placebo-controlled study. J Dermatol. 2016 Aug;43(8):968-9.

OPÇÃO 2 PARA FIOS LONGOS

TrichoFoam™ com Minoxidil Base Minoxidil Base

3%

TrichoFoam™

qsp 100 ml

Um estudo randomizado e placebo-controlado avaliou a aplicação de Minoxidil Base em 48 homens com idades entre 20 e 60 anos. Durante 16 semanas eles receberam a aplicação de Minoxidil Base a 3%, 2 vezes ao dia. Os resultados demonstraram que o tratamento foi efetivo e seguro para o aumento da barba.

Posologia: Aplicar na área da barba 2 vezes ao dia. Ingprasert S, et al. Efficacy and safety of minoxidil 3% lotion for beard enhancement: A randomized, double-masked, placebo-controlled study. J Dermatol. 2016 Aug;43(8):968-9.

Latanoprosta Fagron na Alopecia Areata da Barba OPÇÃO 1 PARA ALOPECIA AREATA

TrichoCream™ com Latanoprosta Fagron Latanoprosta Fagron

0,005 %

Valerato de Betametasona

0,1%

TrichoCream™

qsp 50 g

Posologia: Aplicar na afetada 2 vezes ao dia. El-Ashmawy AA, et al. Efficacy of Topical Latanoprost Versus Minoxidil and Betamethasone Valerate on The Treatment of Alopecia Areata. J Dermatolog Treat. 2017 May 18:1-31. Coronel-Pérez IM, et al. Latanoprost in the treatment of eyelash alopecia in alopecia areata universalis. J Eur Acad Dermatol Venereol 2010; 24: 481–5.

OPÇÃO 2 PARA ALOPECIA AREATA

TrichoFoam™ com Latanoprosta Fagron Latanoprosta Fagron

0,005 %

Valerato de Betametasona

0,1%

TrichoFoam™

qsp 100 ml

Posologia: Aplicar na afetada 2 vezes ao dia. El-Ashmawy AA, et al. Efficacy of Topical Latanoprost Versus Minoxidil and Betamethasone Valerate on The Treatment of Alopecia Areata. J Dermatolog Treat. 2017 May 18:1-31. Coronel-Pérez IM, et al. Latanoprost in the treatment of eyelash alopecia in alopecia areata universalis. J Eur Acad Dermatol Venereol 2010; 24: 481–5.

14

fagron.com.br

A Latanoprosta Fagron já demostrou eficácia no tratamento da alopecia areata resultando em crescimento de fios na área dos cílios. A alopecia areata da barba pode prejudicar a qualidade de vida do homem e ser a primeira manifestação antes de afetar o couro cabeludo ou até um quadro de alopecia totalis e universalis. Em homens com alopecia areata da barba a Latanoprosta Fagron também demonstrou ser um tratamento eficaz quanto utilizada de forma isolada, além de aumentar os resultados do tratamento tópico com Betametasona, de forma eficaz e segura.


fagron.com.br

15


Propaganda Tricho Primeira linha global de veículos multifuncionais com tecnologia Trichotech™ que favorece a fase neógena, no tratamento das alopecias.

Linha completa de veículos desenvolvidos especialmente para formulações aplicadas em tratamentos de alopecia, com foco na manutenção da fisiologia do sistema capilar BCH (Bulbo, Couro cabeludo e Haste), deixando-o mais receptivo aos ativos farmacêuticos.

Tecnologia TrichotechTM Fitocomplexo patenteado pela Fagron, que favorece a fase neógena.

Livre de parabenos, petrolatos, álcool, propilenoglicol, etoxilados, 1-4 dioxano Estudos Allergisa - Não causa irritação, sensibilização, fotoalergia e fototoxicidade.

Compatível com ampla gama de fármacos.

Solução hidrofílica não irritante

Promove hidratação do couro cabeludo até a haste

Limpa da raiz até a ponta sem causar danos

Veículo formador de espuma para aplicação localizada

Ideal para área dos cílios e sobrancelhas

Selagem e fortalecimento da cutícula capilar

Saiba mais em: trichoconcept.com O medicamento personalizado resolve a alopecia 16

fagron.com.br

Promove proteção, brilho e anti-frizz


SiliciuMax®

Benefícios superiores na suplementação de silício orgânico O Silício É um dos doze principais elementos da composição dos organismos vivos, apresenta-se na natureza essencialmente na forma insolúvel, sendo pouco biodisponível. Quando na forma solúvel, o silício é muito biodisponível, porém, extremamente instável e tende a polimerizar-se rapidamente, acarretando deficiência na sua absorção. Portanto, o desenvolvimento de formas de silício orgânico, solúvel e não polimerizável é um desafio constante na indústria de suplementos e dermocosméticos. O silício orgânico atua no tecido conjuntivo, renovando as fibras de colágeno e elastina e reestruturando as proteínas de sustentação da pele de dentro para fora.

SiliciuMax® Pó

SiliciuMax® Líquido

É uma molécula de ácido ortosilícico estabilizado em maltodextrina. A complexação é realizada por um método patenteado que inibe a polimerização do ácido ortosilícico, mantendo a molécula estável e aumentando a sua biodisponibilidade no organismo. Estudos de biodisponibilidade comparativos demonstraram superioridade a outras formas de apresentação (cerca de 30%).

É a forma monometilsilanetriol (MMST) de silício orgânico. O MMST é uma molécula monomérica de silício orgânico, anfifílica de alta permeabilidade nas membranas biológicas e, portanto, altamente absorvido. Sua biodisponibilidade oral é superior a todas as demais formas de silício (cerca de 64%). O MMST é convertido em ácido ortosilícico após a sua absorção. É indicado tanto para preparações de uso interno quanto de uso externo.

fagron.com.br

17


Saúde da pele, cabelos e unhas A aparência da pele, cabelos e unhas pode ser afetada pelo baixo nível de silício. Além da síntese de colágeno e mineralização óssea, tem sido sugerido que o silício exerce funções na integridade estrutural da pele, cabelo e unhas. Um sinal típico do envelhecimento é a diminuição de silício e ácido hialurônico nos tecidos conectivos, resultando em perda da hidratação e da elasticidade. Já foi reportado que o silício é ativamente envolvido na prevenção do envelhecimento da pele e nas condições gerais dos cabelos e das unhas. Na pele, a presença de silício (Si) é importante para a síntese de colágeno tipo I pelos fibroblastos, aumento da síntese de glicosaminoglicanas e ativação de enzimas hidroxilases, melhorando a elasticidade cutânea. Altas concentrações de silício são benéficas também para as fibras capilares, resultando em redução da queda capilar e aumento de brilho. As unhas também são positivamente afetadas pela presença de silício pois é o mineral predominante na sua composição e vem sendo utilizado como suplementação e tratamento para unhas fracas e quebradiças.

Anti-aging skin care - in

Nail Repair - in

SiliciuMax® Pó

150 mg

Vitamina C

500 mg

Niacinamida

500 mg

SiliciuMax® Líquido

5 mL

HygroCaps™

1 un

Posologia: Administrar 1 ou 2 cápsulas ao dia ou conforme orientação médica. Chen AC, et al. Oral nicotinamide reduces transepidermal water loss: a randomised controlled trial. Br J Dermatol. 2016 Apr 7. Bissett DL, et al. Niacinamide: A B vitamin that improves aging facial skin appearance. Dermatol Surg. 2005 Jul;31(7 Pt 2): 860-5; discussion 865.

SiliciuMax® e vitamina C pura - out

Posologia: Administrar por via oral, 5 ml 2 vezes ao dia ou conforme orientação médica. Preparar 150 ml.

Costa, I.C.et al. Síndrome das unhas frágeis. Anais Brasileiros de Dermatologia, 2007, 82(3), 263-267.

Nail Repair - out

SiliciuMax® Líquido

20%

SiliciuMax® Líquido

20%

Vitamina C

5%

Minoxidil Base

5%

Nourivan™

qsp 50 g

Pentravan®

qsp 10 ml

Posologia: Aplicar sobre a área afetada 1 a 2 vezes ao dia ou conforme orientação médica. (embalagem airless).

Posologia: Aplicar sobre as unhas 1 vez ao dia ou conforme orientação médica.

Crisan D, et al. The role of vitamin C in pushing back the boundaries of skin aging: an ultrasonographic approach. Clin Cosmet Investig Dermatol. 2015 Sep 2;8:463-70.

Aiempanakit K, et al. The use of topical minoxidil to accelerate nail growth: a pilot study. Int J Dermatol. 2017 Jul;56(7):788-791.

Fortalecimento de cabelos e unhas - in

Anti-aging skin care - out SiliciuMax® Líquido

10%

SiliciuMax® Pó

150 mg

DermaSpheres® Fagron C

10%

Vitamina C

250 mg

Niacinamida

5%

Vitamina A

50.000 UI

Ácido hialurônico

2%

Biotina

2,5 mg

Fitalite™

qsp 50 g

Zinco

7 mg

HygroCaps™

1 un

Posologia: Aplicar sobre a área afetada 1 a 2 vezes ao dia ou conforme orientação médica.

Crisan D, et al. The role of vitamin C in pushing back the boundaries of skin aging: an ultrasonographic approach. Clin Cosmet Investig Dermatol. 2015 Sep 2;8:463-70. Bissett DL, et al. Niacinamide: A B vitamin that improves aging facial skin appearance. Dermatol Surg. 2005 Jul;31(7 Pt 2):860-5; discussion 865.

Posologia: Administrar 1 ou 2 cápsulas ao dia ou conforme orientação médica. Jurkić LM, et al. Biological and therapeutic effects of ortho-silicic acid and some ortho-silicic acid-releasing compounds: New perspectives for therapy. Nutr Metab (Lond). 2013 Jan 8;10(1):2.

HygroCaps™: São cápsulas vegetais de hidroxipropil metilcelulose (HPMC), atualmente conhecida como hipromelose. Têm um teor mais baixo de umidade do que as cápsulas de gelatina e um perfil de dissolução equivalente, mantêm sua integridade física quando cheias com materiais higroscópicos, quando são expostas a condições de baixa umidade, são quimicamente inertes e não sofrem reações de crosslinking. DermaSpheres® Fagron C: Vitamina C de alta estabilidade e penetração, além de conter niacinamida, sendo uma excelente alternativa para protocolos clareadores e anti-aging. A vitamina C e a niacinamida estão revestidas por um sistema de liberação enzimática podendo ser considerado um Drug Delivery System.

18

fagron.com.br


Saúde dos ossos e articulações Síntese de colágeno e diferenciação de osteoblastos

A concentração de silício foi avaliada em ossos e tecido conectivo em modelo animal de diferentes idades, e as concentrações mais elevadas foram encontradas nos animais jovens, sendo o declínio do conteúdo de silício evidenciado nos animais mais velhos e correlacionado com a diminuição de colágeno tipo I

3 serum CTx serum Si

200

2

100

Serum Si (mg/L)

O declínio nos níveis de silício com o envelhecimento

300

Serum CTx (mg/L)

Um estudo em modelo animal demonstrou que a suplementação de silício foi capaz de restaurar formações ósseas anormais e defeitos no tecido cartilaginoso, com isso foi sugerido que a ingestão de silício poderia exercer uma função importante no metabolismo do tecido conjuntivo, especialmente ossos e cartilagens. Foi demonstrado também que concentrações fisiológicas de silício na forma de ácido ortosilícico estimulam a síntese de colágeno tipo I e aumenta a diferenciação de osteoblastos humanos.

Turnover de colágeno tipo I

1

0

0

81

62

43

24

04

8

0.0

Age (week) Jugdaohsingh R, 2015

A ação do silício (Si) na densidade mineral óssea (DMO) é afetada pelo nível de estrogênio circulante Um estudo epidemiológico com 2847 participantes investigou a associação entre a ingestão de silício, na forma de ácido ortosilícico e a densidade mineral óssea (DMO), encontrando correlação positiva significativa, especialmente em osso cortical em mulheres na pré-menopausa e em homens, porém, não aumentou a DMO em mulheres na pós menopausa. Portanto, a associação positiva entre o silício e a DMO pode ser mediada pelo nível de estradiol circulante. Outro estudo em modelo animal, no qual um grupo (machos e fêmeas) recebeu suplementação de silício na forma de monometilsilanetriol (MMST)e a reposição de silício apresentou impacto positivo na DMO das fêmeas jovens, sustenta estas observações e reforça a interação entre silício e estradiol circulante. Com o objetivo de investigar a associação entre a ingestão de silício e os marcadores de saúde óssea em mulheres de meia idade e avaliar sua interação com o status de estrogênios circulantes nessas mulheres, foram investigados, DMO de cabeça de fêmur e de coluna lombar, marcadores urinários de reabsorção óssea e marcadores séricos de formação óssea em um grupo de 3198 mulheres entre 50 e 62 anos. Os resultados demonstraram que a ingestão de silício estava associada a aumento de DMO nas mulheres com níveis normais de estrogênios (pré-menopausa) e naquelas em uso de terapia de reposição hormonal (TRH) com estrogênios. Este estudo sugere que o status de estrogênio circulante (especialmente estradiol) é um fator relevante para a efetividade de silício na saúde óssea.

Referências Bibliográficas Jugdaohsingh R, et al. Dietary silicon intake and absorption. Am J Clin Nutr. 2002 May;75(5):887-93. Jugdaohsingh R, et al. The slicon supplement Monomethylsilanetriol’ is safe and increases the body pool of silicon in healthy Pre-menopausal women. Nutr Metab (Lond). 2013 Apr 26;10(1):37.Jugdaohsingh R. Silicon and bone health. J Nutr Health Aging. 2007 Mar-Apr;11(2):99-110.Jugdaohsingh R, et al. The decrease in silicon concentration of the connective tissues with age in rats is a marker of connective tissue turnover. Bone. 2015 Jun; 75: 40–48. Jugdaohsingh R, et al. Dietary Silicon Intake Is Positively Associated With Bone Mineral Density in Men and Premenopausal Women of the Framingham Off spring Cohort. J bone and mineral res, 2004; v 19, 2 Jugdaohsingh R. Positive association between serum silicon levels and bone mineral density in female rats following oral silicon supplementation with monomethylsilanetriol. Osteoporos Int (2015) 26:1405–1415 Jurkić LM, et al. Biological and therapeutic eff ects of ortho-silicic acid and some ortho-silicic acid-releasing compounds: New perspectives for therapy. Nutr Metab (Lond). 2013 Jan 8;10(1):2.Macdonald H M, et al. Dietary silicon interacts with oestrogen to infl uence bone health: Evidence from the Aberdeen Prospective Osteoporosis Screening Study. Bone,2012, 50: 681–687 Martin KR. Silicon: the health benefi ts of a metalloid. Met Ions Life Sci. 2013;13:451-73 Pruksa S, et al. Silicon balance in human volunteers; a pilot study to establish the variance in silicon excretion versus intake. Nutr Metab (Lond). 2014 Jan 9;11(1):4. Reffi tt DM, et al. Orthosilicic acid stimulates collagen type 1 synthesis and osteoblastic diff erentiation in human osteoblast-like cells in vitro. Bone. 2003 Feb;32(2):127-35. Sripanyakorn S, et al. The comparative absorption of silicon from diff erent foods and food supplements. Br J Nutr. 2009 Sep;102(6):825-34.

fagron.com.br

19


Sugestões de Formulações na Saúde Feminina SUPLEMENTAÇÃO DE SILÍCIO PARA AUMENTO DE MASSA ÓSSEA NA PRÉ-MENOPAUSA

ASSOCIAR A SUPLEMENTAÇÃO DE SILÍCIO À TERAPIA HORMONAL PARA AUMENTO DE MASSA ÓSSEA NA PÓSMENOPAUSA

Aumento da massa óssea SiliciuMax® Pó

300 mg

Vitamina D3

2.000 UI

Vitamina K2 (MK-7)

180 mcg

HygroCaps™

1 un

Posologia: Administrar 1 cápsula ao dia ou conforme orientação médica.

Terapia hormonal estrogênica Estradiol (E2)

0,5 mg

Estriol (E3)

2 mg

Testosterona (opcional)

3 mg

Pentravan®

qsp 1 mL

Ushiroyama T, et al; Effect of continuous combined therapy with vitamin K(2) and vitamin D(3) on bone mineral density and coagulofibrinolysis function in postmenopausal women. Maturitas. 2002 Mar 25;41(3):211-21. Rizzoli R, et al.; Vitamin D supplementation in elderly or postmenopausal women: a 2013 update of the 2008 recommendations from the European Society for Clinical and Economic Aspects of Osteoporosis and Osteoarthritis (ESCEO). Curr Med Res Opin. 2013 Apr;29(4):305-13. Knapen MH, et al.; Three-year low-dose menaquinone-7 supplementation helps decrease bone loss in healthy postmenopausal women. Osteoporos Int. 2013 Sep;24(9):2499-507.

Sturdee D.W. - Review - The menopausal hot flush— Anything new? Maturitas 60 (2008) 42–49 Roberts H - Clinical review - Managing the menopause - BMJ 2007;334:736-41

Posologia: Aplicar 1 ml ao dia pela manhã (frasco dosador), por 25 dias no mês, em local com poucos pelos e pouco tecido adiposo.

Terapia hormonal com progesterona Progesterona

30 mg

Pentravan®

qsp 1 mL

Sturdee D.W. - Review - The menopausal hot flush— Anything new? Maturitas 60 (2008) 42–49 Prior JC.; Progesterone effective for hot flushes, night sweats up to 10 years after final menstruation; Presented at: The Endocrine Society 92nd Annual Meeting and Expo; June 19-22,2010; San Diego

Posologia: Aplicar 1 ml ao dia à noite (frasco dosador), por 10 a 15 dias no mês, em local com poucos pelos e pouco tecido adiposo.

Pentravan® é o promotor de permeação transdérmica com maior número de estudos publicados no mundo. Para total garantia de eficácia e segurança na reposição hormonal. Utilize sempre Pentravan®. A ferramenta de precisão médica para via transdérmica.

SiliciuMax® associado a suplementos que demonstram ser eficazes na manutenção da densidade mineral óssea e na redução da dor relacionada à osteoartrite.

Dor na osteoartrite

Dismenorreia

SiliciuMax® Pó

150 mg

SiliciuMax® Pó

300 mg

Curcuma longa extrato seco

350 mg

Pinus pinaster extrato seco

60 mg

Boswellia serrata extrato seco

150 mg

HygroCaps™

1 un

Hygrocaps™

1 un

Posologia: Administrar 1 cápsula, 2 vezes ao dia, ou conforme orientação médica.

Posologia: Administrar 1 cápsula ao dia ou conforme orientação médica. Suzuki N, et al.;. French maritime pine bark extract significantly lowers the requirement for analgesic medication in dysmenorrhea: a multicenter, randomized, double-blind, placebo-controlled study. J Reprod Med. 2008 May;53(5):338-46.

Kizhakkedath R. Clinical evaluation of a formulation containing Curcuma longa and Boswellia serrata extracts in the management of knee osteoarthritis. Mol Med Rep. 2013 Nov;8(5):1542-8.

Dor crônica

Redução de risco de fraturas

SiliciuMax® Pó

300 mg

Vitamina C

500 mg

Vitamina D3

4000 UI

SiliciuMax® Líquido

qsp 5 mL

HygroCaps™

1 un

Posologia: Administrar 1 cápsula ao dia ou conforme orientação médica ou nutricional. Schwalfenberg G. Improvement of chronic back pain or failed back surgery with vitamin D repletion: a case series. J Am Board Fam Med. 2009 Jan-Feb;22(1):69-74

20

fagron.com.br

Posologia: Administrar 5 ml 2 vezes ao dia ou conforme orientação médica ou nutricional. Mandar 150 ml. Aïm F, et al. Efficacy of vitamin C in preventing complex regional pain syndrome after wrist fracture: A systematic review and meta-analysis. Orthop Traumatol Surg Res. 2017 Mar 4. pii: S1877-0568(17)30055-5.


SiliciuMax® Elevada biodisponibilidade

Siliciumax® Líquido

Siliciumax® Pó

Absorção de diferentes formas de silício

Excreção urinária de silício (%)

t. es io a líc lin Si co

Um estudo realizado nos laboratórios da Ortofarma investigou três suplementos comerciais de silício (Si) orgânico na forma de ácido ortosilício complexado e estabilizado em diferentes moléculas: SiliciuMax®, amostra “E” e amostra “N”, com o objetivo de avaliar o teor de silício solúvel em solução ácida por espectrometria de massas com plasma indutivamente acoplado (ICP-MS) nos três suplementos comerciais na forma sólida, simulando sua solubilidade no estômago, e concluiu que SiliciuMax® pó possui maior teor de silício total e de silício solúvel em sua formulação. Estes resultados numéricos são corroborados pela Figura abaixo, que mostra o aspecto das soluções finais dos três suplementos após tentativa de solubilização em solução ácida. Como se nota, a solução obtida com a amostra de SiliciuMax® apresentou maior solubilidade. Aspecto final das soluções de amostras de suplementos comerciais de silício em solução ácida.

100% 73,94%

5,26% SiliciuMax®

Amostra "E"

Aspecto final das soluções de amostras de suplementos comerciais de silício em solução ácida.

SiliciuMax®

E

N

Amostra "N"


A escolha da Vitamina C tópica ideal

Vitamina C de Alta Estabilidade e Alta Penetração A Vitamina C está disponível para a prescrição dermatológica em diversas formas, porém, em muitas ela está oxidada para a forma ácido deidroascórbico, de coloração amarela. Sua instabilidade e a dificuldade de permear a barreira cutânea dependem da concentração e do pH da formulação e tem sido alvo de inúmeros estudos químicos e farmacológicos.

DermaSpheres Fagron C® Formulações de Alta Performance A DermaSpheres Fagron C ® apresenta vitamina C de alta estabilidade e penetração, além de conter niacinamida, sendo uma excelente alternativa para protocolos clareadores e anti-aging. +

VC-PMG Niacinamida Parabeno free Exclusiva Tecnologia Bio-DDS (Drug Delivery Sistem) 100% vegetal

A vitamina C e a niacinamida estão revestidas por estruturas lipossomadas vegetais com tecnologia alemã, que podem ser degradadas pelas enzimas que estão na superfície da pele. Devido a este controle de liberação enzimática com base na biodegradabilidade é considerada como um Drug Delivery System. Para escolha da vitamina C tópica ideal para suas formulações é preciso levar em consideração se ela é somente estabilizada ou é microencapsulada, a concentração que possui de vitamina C, a faixa de pH de estabilidade, se é livre de ingredientes tóxicos ou controversos associados e os demais diferenciais que ela apresenta. Por que usar Fagron DermaSpheres® C? • A microencapsulação da vitamina C promove maior estabilidade e liberação gradual na pele proporcionando ação prolongada. Aumenta a estabilidade e a permeação cutânea promovendo melhorias nos resultados relacionados à ação clareadora e anti-aging. Além de todos esses benefícios, a presença da niacinamida potencializa a ação antioxidante e clareadora nas formulações.

Estrutura única no mercado brasileiro Vitamina C Estabilizada (VC-PMG)

Niacinamida

Microcápsula de Liberação Controlada (100% vegetal)

• A niacinamida apresenta ação inibitória da transferência de melanossomas dos melanócitos para os queratinócitos e é comprovadamente eficaz em reduzir linhas finas, rugas, pontos de hiperpigmentação, aspereza e coloração amarelada proveniente do processo de glicação. Além disso, induz ao aumento da síntese de ceramidas, reduz a oleosidade e tem eficácia clínica no tratamento da acne e da rosácea. Informações Farmacotécnicas: Concentração de uso: 1 a 10% pH ideal: 5 a 8 Compatibilidades: Compatível com bases aniônicas em geral, exceto carbomeros. Incompatível com substâncias ácidas.

Não contém ingredientes de origem animal como colágeno marinho, que são derivados de peixe.

fagron.com.br

23


Veículos ideais Fitalite™ - Gel Creme Natural Premium Fitalite™ é um gel creme hidrofílico natural muito leve, que possui formulação única. Fitalite™ contém fitossomas (corpúsculos oleosos de origem vegetal), que melhoram a penetração dos ativos presentes na formulação. Também possui propriedades antioxidantes. Fitalite™ é ideal para prescrição médica individualizada e cuidados diários da pele e também pode ser a base gel-creme premium de escolha da farmácia, atendendo de forma perfeita às necessidades de peles vulneráveis, sensíveis, oleosas e normais. Formulado de acordo com os mais avançados conhecimentos sobre segurança e tolerância de veículos tópicos, Fitalite™ não contém ingredientes nocivos, obsoletos ou controversos.

Ação antioxidante e estímulo de colágeno Dermaspheres Fagron C®

10%

Ácido Hialurônico

2%

Lipossomas de Coenzimas Q10

3%

SiliciuMax® Líquido

5%

Fitalite™

qsp 30g

Posologia: Aplicar sobre a área afetada, de 1 a 2 vezes ao dia

Aplicações

Controle da acne, ação anti-inflamatória e seborreguladora

• • • • • •

Dermaspheres Fagron C®

5%

Sulfato de Zinco

1%

Extrato de Hamamélis

3%

Fitalite™

qsp 30g

Tratamento de envelhecimento e fotoenvelhecimento Área dos olhos Peles acneicas e oleosas Peles sensíveis e vulneráveis Pele submetida a procedimentos dermatológicos ou cirúrgicos Peles com dermatite

Posologia: Aplicar sobre a área afetada, de 1 a 2 vezes ao dia

Benefícios de Fitalite™ Formulado com emulsionantes naturais e fitossomas que contêm altas concentrações de triglicérides de ácidos linoleico e oleico, Fitalite™ otimiza a penetração dos ativos na epiderme. • Oferece hidratação suave • Sensorial leve

Nourivan™ Antiox - Creme Base Antioxidante Nourivan™ Antiox é um creme hidrofílico antioxidante, de toque suave e rápida absorção, com formulação única. Este veículo combina sistemas antioxidantes naturais em uma formulação nutritiva, proporcionando proteção e hidratação para a pele. Nourivan™ Antiox foi especialmente formulado para ser compatível com ingredientes farmacêuticos ativos (APIs) e dermacêuticos (DCIS) que são facilmente suscetíveis à oxidação, promovendo sua estabilidade nessas preparações.

Aplicações • Tratamento de hipercromias • Terapias individualizadas com APIs altamente oxidáveis como ácido ascórbico • Indicada para pele normal e desidratada

Ação anti-aging e melhora da circulação periocular Dermaspheres Fagron C®

5%

Rutina

2%

CafeiSome™

5%

SiliciuMax® Líquido

10%

Nourivan™ Antiox

qsp 30g

Posologia: Aplicar ao redor dos olhos, de 1 a 2 vezes ao dia.

Benefícios de Nourivan Antiox™ • Compatibilidade com APIs altamente oxidáveis; adição de demais antioxidantes não é necessária • Contém antioxidantes naturais que protegem a pele • Toque suave e elegante • Altamente hidratante

Referências Bibliográficas Bissett DL, et. al. Topical niacinamide reduces yellowing, wrinkling, red blotchiness, and hyperpigmented spots in aging facial skin. Int J Cosmet Sci. 2004 Oct;26(5):231-8. Bissett DL, Niacinamide: A B vitamin that improves aging facial skin appearance. Dermatol Surg. 2005 Jul;31(7 Pt 2):860-5; discussion 865. Crisan D. The role of vitamin C in pushing back the boundaries of skin aging: an ultrasonographic approach. Clin Cosmet Investig Dermatol. 2015 Sep 2;8:463-70. Draelos ZD, Ertel K, Berge C. Niacinamide-containing facial moisturizer improves skin barrier and benefits subjects with rosacea. Cutis. 2005 Aug;76(2):135-41. Draelos ZD, The effect of 2% niacinamide on facial sebum production. J Cosmet Laser Ther. 2006 Jun; 8(2):96-101. Espinal-Perez LE, A double-blind randomized trial of 5% ascorbic acid vs. 4% hydroquinone in melasma. Int J Dermatol. 2004 Aug;43(8):604-7. Kameyama K, Inhibitory effect of magnesium L-ascorbyl-2-phosphate (VC-PMG) on melanogenesis in vitro and in vivo. J Am Acad Dermatol. 1996 Jan;34(1):29-33. Navarrete-Solís J, A Double-Blind, Randomized Clinical Trial of Niacinamide 4% versus Hydroquinone 4% in the Treatment of Melasma. Dermatol Res Pract. 2011;2011:379173. Shahmoradi Z, Comparison of topical 5% nicotinamid gel versus 2% clindamycin gel in the treatment of the mild-moderate acne vulgaris: A double-blinded randomized clinical trial. J Res Med Sci. 2013 Feb;18(2):115-7. Telang PS. Vitamin C in dermatology. Indian Dermatol Online J. 2013 Apr;4(2):143-6.

24

fagron.com.br


CafeiSome™ Cafeína com Permeação Cutânea Aumentada em Mais de 500% e Liberação Constante por 24h

A permeação da cafeína pelas camadas cutâneas é muito limitada devido à sua alta hidrofilicidade e baixa solubilidade em água. Por isso a Fagron traz para o mercado magistral brasileiro CafeiSome™, um complexo multiativo com alta concentração de cafeína para aplicações dermacêuticas que confere suprimento constante de cafeína por 24h através da epiderme e da derme. É uma forma inovadora desenvolvida a partir de grãos de café verde e vitamina B3 em lipossomas de 20 nm que, de forma eficiente, permeiam a barreira cutânea atingindo as camadas mais profundas da pele. Com isso pode atuar em diferentes vias bioquímicas nos tratamentos para redução de medidas, da queda capilar e do envelhecimento.

Redução de Medidas

Redução da Queda Capilar

Redução de Envelhecimento

Estímulo da lipólise nos adipócitos

Inibição da atividade da 5 α-redutase.

Eficiente ação varredora de radicais livres.

Estímulo da microcirculação dos vasos sanguíneos.

Estímulo do metabolismo celular.

Aceleração da apoptose de queratinócitos UV-danificados.

Creme Redutor de Medidas

Shampoo Redutor de DHT

Creme Redutor de Envelhecimento e

CafeiSome™

5%

CafeiSome™

5%

EyeBags

qsp 100 ml

TrichoWash™

qsp 200 ml

CafeiSome™

5%

DermaSphere Fagron C®

10%

SiliciuMax® Líquido

10%

Vital ET™

2%

Fitalite™

qsp 50 g

Pentravan®

Posologia: Aplicar na região afetada 1 vez ao dia.

Permeação de

Posologia: Usar para lavar os cabelos em dias alternados.

Permeação de

538 236 %

maior do que a

maior do que a

cafeína anidra

cafeína anidra

2h

Posologia: Aplicar 1 vez a noite.

%

26h fagron.com.br

25


Liberação Transdérmica de Fármacos

Pentravan® - Veículo Transdérmico de Precisão Permeação cientificamente comprovada e clinicamente testado Em um mundo cada vez mais globalizado e competitivo, a eficácia da administração transdérmica de hormônios e fármacos tem proporcionado uma importante contribuição à prática médica e chamado a atenção da sociedade (médicos e pacientes). O desenvolvimento de preparações transdérmicas é uma estratégia importante para o transporte de ingredientes farmacêuticos ativos (IFAs) e uma atraente alternativa às vias oral e injetável.

26

fagron.com.br

Paciente

Sucesso da terapia por via transdérmica

Processo

São quatro os principais fatores determinantes do sucesso de uma terapia por via transdérmica que devem ser considerados no momento da escolha desta opção terapêutica e também durante o acompanhamento do tratamento : • Fármaco: natureza da substância, características físico química, solubilidade, tamanho de partícula; • Veículo: capacidade de liberar efetivamente os ingredientes ativos para o interior das células sem comprometer a integridade epidérmica. • Processo: técnica empregada na preparação, agentes solubilizantes, tecnologia empregada; • Paciente: estado da epiderme, local e área da aplicação, mas também características fisiológicas, bioquímicas e metabólicas inerentes a cada paciente; A importância da escolha do veículo transdérmico ideal é tratada em detalhes a seguir.

Veículo

A liberação transdérmica de fármacos possui vantagens quando comparada com outras vias de administração. Pode representar um meio para evitar ou minimizar efeitos adversos decorrentes da ingestão oral. Atualmente, formas farmacêuticas transdérmicas têm sido consideradas com frequência como meio para superar limitações de outras vias de administração de fármacos. Destacam-se como principais vantagens da via transdérmica: • Ausência do metabolismo intestinal e de primeira passagem hepática; • Promoção da absorção do insumo farmacêu tico ativo de forma lenta, reduzindo seus níveis de concentração plasmática, com manutenção de níveis sanguíneos estáveis e controlados por período de tempo prolongado; • Redução dos efeitos metabólicos, incluindo efeitos adversos gastrintestinais e sistêmicos; • Melhor controle do tratamento com facilidade de ajustes ou descontinuação; • Maior adesão do paciente (patient compliance) através da conveniência na redução da frequência de administração e pela forma não-invasiva, indolor além da facilidade de aplicação.

Os pilares da via transdérmica

Fármaco

Liberação transdérmica de fármacos

Veículos de liberação transdérmica Veículos de liberação transdérmica proporcionam oportunidades de pesquisas sobre a função barreira e como calcular doses corretas e adequadas de administração transdérmica. Devido ao seu comportamento reológico peculiar, podem aderir à superfície de aplicação por tempo suficientemente longo, prolongando a liberação do fármaco no local de aplicação e tem sido investigada para liberação sistêmica de fármacos de reduzida bio-

disponibilidade oral. A habilidade de um fármaco penetrar nas camadas epidérmicas, dérmicas e subcutâneas depende de propriedades não apenas do fármaco, mas também do veículo transdérmico escolhido. Veículos de liberação transdérmica têm demonstrado serem sistemas carreadores ideais e muitas novas tecnologias de formulações têm emergido nos últimos anos.


Pentravan® As principais estratégias e mecanismos de liberação sistêmica de fármacos através da utilização de veículos transdérmicos. • Géis com adição de promotores de permeação; • Veículo emulsionado com sistema de partículas submicron; • Sistemas polímeros com veículos voláteis; • Hidrogéis; • Creme contendo nanopartículas lipídicas; • Microemulsão lipossomal fosfolipídica.

Pentravan® - Matriz na forma de microemulsão lipossomal fosfolipídica Comparativamente aos outros sistemas de liberação transdérmica, a microemulsão lipossomal fosfolipídica (Pentravan®) é o sistema mais promissor de matriz de liberação transdérmica, apresentando alguns diferenciais positivos: • Especial interesse devido a sua habilidade de solubilizar substâncias com diferentes propriedades físico químicas; • Elevada biocompatibilidade cutânea e, portanto, baixo potencial para provocar irritação de pele; • Elevado potencial de penetração cutânea devido ao potencial de ação da lecitina (fosfolipídeo) associada ao ester de isopropila. Fosfolipídeos são frequentemente usados nas preparações transdérmicas, devido a sua natureza anfifílica que se arranjam em bicamadas com

cauda externa lipídica (apolar) e cabeça polar interna, quando em solução aquosa. Pentravan® cujo significado em inglês é penetration enhanced vanishing cream (creme evanescente de penetração aumentada). Constitui um veículo de liberação transdérmica de elevada biocompatibilidade que promove maior permeaçãocutânea dos ingredientes ativos e hormônios, aumentando sua eficácia e garantindo maior tolerabilidade cutânea e segurança na aplicação tanto em pele quanto em mucosa vaginal. Trata-se de uma formulação de composição segura, livre de perfume, parabenos, petrolatos, resíduos de 1,4 dioxano e de qualquer outro resíduo potencialmente tóxico ou que possa agir como disruptor hormonal ou xenoestrógeno. Os fosfolipídeos presentes na formulação são provenientes da lecitina de soja de alto grau de pureza, isentos de fitoestrógenos, conforme descrito em estudos publicados que demonstram que não é encontrada a presença de fitoestrógenos na lecitina e em seus fosfolipídios. Possui maior nível mundial de evidências laboratoriais científicas comprobatórias de sua eficiência promotora de permeação cutânea para diversos hormônios e fármacos. Estudos clínicos também demonstram sua efetividade e aceitabilidade na veiculação de fármacos via transmucosa vulvovaginal. Pentravan® vem sendo globalmente prescrito por profissionais médicos como veículo transdérmico em diversas formulações individualizadas preparadas por farmácias e usadas por inúmeros

pacientes em vários países. Pentravan® apresenta como diferencial, a maior taxa de absorção quando comparado a outros veículos disponíveis. A evidência de sua superioridade promotora de permeação está documentada por vários estudos laboratoriais e clínicos, proporcionando maior segurança para o prescritor, paciente e farmácia. A qualidade das preparações e os resultados terapêuticos alcançados fazem de Pentravan®, o veiculo transdérmico de escolha para a prescrição médica e para a farmácia magistral.

Pentravan® - Veículo transdérmico de precisão Conforme demonstrado, está bem estabelecida a elevada performance de permeação alcançada com Pentravan® em preparações transdérmicas. Pentravan® é o único veículo transdérmico que possibilita conhecer com precisão o potencial de absorção para hormônios e grande número de ingredientes ativos, possibilitando ao prescritor melhor controle do tratamento e principalmente das doses empregadas durante a terapia transdérmica. A tabela à seguir mostra os principais estudos de permeação em pele e mucosa vaginal realizados em Célula de Franz até o presente momento, estando incluídos alguns estudos publicados e outros não publicados ou ainda em fase de publicação. +de pub2li0 estud cado os s

Insumo ativo

Conc. % p/p

Membrana

Fluxo de permeação estacionário

% total permeado (em relação à dose aplicada)

Referência

Progesterona

5% (50mg/g)

Pele humana (ex vivo)

4,55μg/cm-2h-1

68,31% (24h) 76,80% (24h)

Polonini et al., 2014a

Progesterona

5% (50mg/g)

Mucosa vaginal suína

1,19μg/cm-2h-1

42,90% (24h)

Em fase de publicação

Testosterona

10%(100mg/g)

Pele humana (ex vivo)

0,095±0,026μg/cm-2h-1

ND

Lehman; Raney, 2012

Testosterona

1% (10mg/g)

Pele humana (ex vivo)

8,77μg/cm-2h-1

68,30% (24h)

Não publicado

Testosterona

0,3% (3mg/g)

Mucosa vaginal suína

6,09μg/cm-2h-1

44,07% (24h)

Em fase de publicação

Estradiol (E2)

0,1%(1mg/g)

Pele humana (ex vivo)

1,15μg/cm-2h-1

86,33% (24h) 99,9% (48h)

Polonini et al., 2014a

BIEST (E2 + E3)

E2:0,1%(1mg/g)E3:0,4% (4mg/g)

Pele humana (ex vivo)

E2=1,13μg/cm-2h-1 E3=0,27μg/cm-2h-1

E2:73,53%(24h) 84,7%(48h) E3:43,67%(24h) 49,9% (48h)

Polonini et al., 2014

Oxandrolona

2% (20mg/g)

Pele humana (ex vivo)

1,20μg/cm-2h-1

25,9%(24h)

Polonini et al., 2016

Gestrinona

0,5%(5mg/g)

Mucosa vaginal suína

3,72μg/cm-2h-1

61,40%(24h)

Em fase de publicação

Cetoprofeno

10% (100mg/g)

Pele humana (ex vivo)

1,627±0,422μg/cm-2h-1(28h)

ND

Lehman;Raney, 2012

Piroxicam

2,0%(20mg/g)

Mucosa vaginal suína

3,91μg/cm-2h-1

59,25%(24h)

Em fase de publicação

Nimesulida

5%(50mg/g)

Mucosa vaginal suína

2,26μg/cm-2h-1

58,87%(24h)

Em fase de publicação

Resveratrol

2%(20mg/g)

Pele humana (ex vivo)

0,87μg/cm-2h-1

62,6%(24h)

Polonini et al., 2014b

Resveratrol

2%(20mg/g)

Pele humana (ex vivo)

-

64,96%(24h)

Almeida et al., 2015

Resveratrol

2%(20mg/g)

Mucosa vaginal suína

1,17μg/cm-2h-1

89,22%(24h)

Polonini et al., 2015

1,6%

Pele de orelha de porco

606μg/cm-2h-1

-

Bourdon et al., 2016

Ondansetrona


Pentravan® Estudos clínicos conduzidos com a utilização de fármacos veiculados no Pentravan® Pentravan® tem sido empregado como veiculo para liberação transmucosa vaginal de insumos farmacêuticos ativos e sua eficácia e adequação para essa via de administração têm sido confirmados por sucessivos estudos clínicos. A tabela abaixo relaciona os estudos publicados utilizando Pentravan® como veículo transmucoso vaginal. Insumo farmacêutico ativo veiculado

Dose administrada

Via de administração

N (no. de participantes)

Condição clínica empregada

Referência

Gestrinona 5mg/mL

5mg/dia

vaginal

47

Endometriose

MAIA Jr.et al., 2015

Gestrinona 5mg/mL

5mg/dia

vaginal

15

Endometriose

MAIA Jr.et al., 2014a

Gestrinona 2,5mg/mL

0,1%(1mg/g)

vaginal

20

Endometriose

MAIA Jr.et al., 2016

Danazol 100mg/mL

100mg/dia

vaginal

14

Endometriose

MAIA Jr.et al., 2014b

3mg/dia

vaginal

26

Atrofia vaginal

MAIA Jr.et al., 2013

Testosterona 3mg/mL

Conclusão Embora a matriz lipossomal fosfolipídica do Pentravan® contenha ingredientes promotores de permeação tradicionalmente empregados em outras preparações transdérmicas, estabelece-se no Pentravan® o diferencial da maior taxa de absorção quando comparado a outras bases disponíveis. A evidência de sua superioridade promotora de permeação documentada por sucessivos estudos laboratoriais e clínicos proporciona maior segurança para o prescritor, paciente e farmacia. Adicionalmente, sua composição e praticidade como “base pronta para uso” na manipulacao farmacêutica, confere ao farmaceutico maior praticidade e reprodutibilidade no preparo de sistemas de liberação transdérmicas. A reprodutibilidade na qualidade das formulações e dos resultados terapêuticos alcançados somam-se aos demais atributos, tornando Pentravan® um veiculo transdérmico de escolha para a prescrição médica e para a farmácia magistral

Sugestões de Formulações TERAPIA DE REPOSIÇÃO DE TESTOSTERONA

Reposição de testosterona via transdérmica em mulheres Testosterona base micronizada

0,3 a 5 mg

Pentravan®

qsp 1 ml

Posologia: Aplicar 1 ml (pump dosador) ao dia em região com poucos pelos e pouco tecido adiposo, como pulsos, antebraços, ombros, parte interna da coxas. Mandar tratamento para 2 meses.

Propriedades • • • • • • •

Tratamento de distúrbio de desejo sexual hipoativo (DDSH) Estimulante de função sexual e libido feminina Estimulante de memória e cognição Aumento de força e massa muscular Anti-inflamatório Aumento de energia e resistência física Redução de síndrome metabólica e risco de diabetes tipo II

• • • • • • •

Tratamento de distúrbio de desejo sexual hipoativo (DDSH) Estimulante de função sexual e libido feminina Estimulante de memória e cognição Aumento de força e massa muscular Anti-inflamatório Aumento de energia e resistência física Redução de síndrome metabólica e risco de diabetes tipo II

• • • • • •

Estimulante de função sexual e libido Aumento de força e massa muscular Anti-inflamatório Aumento de energia e resistência física Redução de síndrome metabólica e risco de diabetes tipo II Estimulante de memória e cognição

Davis S. Ngl j med; 2008; 359;19 Bolout S; Braunstein G -International Journal of Impotence Research 2005 17, 399–408

Reposição de testosterona via mucosa vulvar / vaginal Testosterona base micronizada

0,3 a 5 mg

Pentravan®

qsp 1 g

Posologia: Aplicar 1 g na mucosa vulvar (pump dosador) ou mucosa vaginal (aplicador vaginal) 1 vez ao dia. Mandar tratamento para 2 meses. Maia H; et al; Presented in COGI Lisbon, Nov,2012 Nathorst-Bjoos J ; Floter A- Maturitas - V53(1), 2006 -11-18

Reposição de testosterona transdérmica para homens com DAEM Testosterona base micronizada

40 a 100 mg

Pentravan®

1 ml

Posologia: Aplicar 1ml (pump dosador) em região sem pelo e pouco tecido adiposo 1 vez ao dia. Mandar tratamento para 2 meses. Wang C. et al; Clin Endocrinol (Oxf). 2011.

TERAPIA DE REPOSIÇÃO DE ESTROGÊNIOS

Tratamento de sintomas do climatério Estradiol 17 B

0,25 a 2,0 mg

Estriol

1 a 4 mg

Pentravan®

qsp 1 ml

• Alívio de sintomas vasomotores • Alívio de sintomas urogenitais • Combate flacidez e enrugamento da pele • Estimulante de folículo piloso e crescimento capilar

Posologia: Aplicar 1 ml (pump dosador) ao dia por 25 dias ao mês, intervalo de 5 dias, em região com poucos pelos e pouco tecido adiposo, como pulsos e antebraços. Mandar tratamento para 2 meses. 28

fagron.com.br

Sturdee D.W. - Maturitas 60 (2008) 42–49 Roberts H - BMJ 2007;334:736-41 Wright J - Bio- Ann. N.Y. Acad. Sci. 1057: 506–524 (2005)


Sugestões de Formulações TERAPIA DE REPOSIÇÃO DE ESTROGÊNIOS

Propriedades

Tratamento de sintomas geniturinários Estriol

2 a 4 mg

Pentravan®

qsp 1 g

• Alívio de sintomas vasomotores • Alívio de sintomas urogenitais • Combate flacidez e enrugamento da pele

Posologia: Aplicar 1 g intravaginal (aplicador vaginal) 1 vez à noite. Mandar tratamento para 2 meses. Head KA; Altern Med Rev. 1998 Apr;3(2):101-13

TERAPIA DE REPOSIÇÃO DE PROGESTERONA

Progesterona associada à terapia estrogênica Progesterona base micronizada

20 a 80 mg

Pentravan®

qsp 1 g

Posologia: Aplicar 1g por via intravaginal (aplicador vaginal) 1 vez à noite, por 15 dias ao mês. Mandar tratamento para 2 meses.

• • • • •

Contraposição ao efeito proliferativo estrogênico em mamas e útero Estimulante de formação de massa óssea Manutenção de perfil lipídico Proteção cardiovascular e neurológica Estimulante de formação de colágeno

L’hermitea M, Simoncinib T, Fuller S.A - Maturitas 60 (2008) 185–201 Prior JC. ; 92nd Annual Meeting, 2010

TRATAMENTO PARA ENDOMETRIOSE COM GESTRINONA EM PENTRAVAN®

Alívio de dor pélvica relacionada à endometriose Gestrinona

2,5 ou 5 mg

Pentravan®

qsp 1 g

• Alívio de dor pélvica relacionada à endometriose • Amenorreia • Tratamento de lesões endometrióticas

Posologia: Aplicar 1 g por via vaginal (aplicador vaginal), 2 ou 3 vezes por semana. L’hermitea M, Simoncinib T, Fuller S.A - Maturitas 60 (2008) 185–201 Prior JC. ; 92nd Annual Meeting, 2010

Associação de polifenóis anti-inflamatórios Pinus pinaster ext ext

100 mg

Resveratrol

100 mg

HygroCaps™

1 un

Posologia: Administrar 1 cápsula 1 vez ao dia.

SUPLEMENTAÇÃO DE RESVERATROL POR VIA TRANSDÉRMICA

Polifenol antioxidante e anti-inflamatório Resveratrol

50 mg

Pentravan®

qsp 1 ml

Posologia: Aplicar 1 ml (pump dosador) em região sem pelos 1 vez ao dia. Mandar tratamento para 60 dias. Polonini H.C. et al. / J. Chromatogr. B (2014) 947– 948 ;23– 31

SUPLEMENTAÇÃO DE OXANDROLONA POR VIA TRANSDÉRMICA

Terapia adjuvante para sarcopenia e ganho de peso Oxandrolona

10 mg

Pentravan®

qsp 1 ml

Posologia: Aplicar 1 ml (pump dosador) em região sem pelos 1 ou 2 vezes ao dia. Mandar tratamento para 60 dias. Polonini H.C..; Current Drug Delivery, 2016, 13, 000-000

Referências Bibliográficas

• Antioxidante • Anti-inflamatório • Antienvelhecimento • Proteção cardiovascular e neurológica • Agonista estrogênico e estimulante da produção de testosterona • Ativador de sirtuínas e mimético de restrição calórica • Resistência imunológica • Anticancerígeno • Inibição de aromatase e de NF-kappa-B

• Tratamento de condições de sarcopenia com perda de peso severa como: grandes cirurgias, infecções crônicas, traumas severos e alivio da ostealgia relacionada à osteoporose. • Perda de massa muscular relacionada ao HIV • Lesões causadas por queimaduras severas • Distúrbios neuromusculares • Caquexia em pacientes com câncer • Distrofia muscular em Duchenne e Becker • Atraso no crescimento • Aumento de massa e força muscular em idosos, • Perdas de massa muscular de natureza desconhecida.

Almeida, P.A.; et al. Studies with Emulsion Containing trans-resveratrol: in vitro Release Profile and ex vivo Human Skin Permeation. Curr Drug Deliv, 2015, 12, 157-165. Anderson, L.N.; et al; Lecithin Supplements and Breast Cancer Risk. Epidemiology 2011; 22(3):444-445. Bourdon, F.; et al.; Evaluation of Pentravan®, Pentravan® Plus, Phytobase®, Lipovan® and Pluronic Lecithin Organogel for the transdermal administration of antiemetic drugs to treat chemotherapy-induced nausea and vomiting at the hospital. IJPC; 2016;515(1-2):774-787. Cramer, M.P.; et al.;Safety, Efficacy and Compliance into Economic Value for Controlled Release Dosage Forms. PharmacoEconomics, v.5, n.6,p.482-504, 1994. Gupta P., et al.; Recent advances in semisolid dosage forms for dermatological application; Pharmaceutical Thecnology, 2002, Mar;144,162 Guy, R. H. Transdermal drug delivery. Handbook of Experimental Pharmacology, v. 197, p. 399-410, 2010. Kooper, N.W.; et al; Transdermal Hormone therapy in postmenopausal women: A review of metabolic effects and drug delivery Technologies. Drug Des Develop and Therapy, v.2, p.193-202, 2008. Lehman,P.A.;et al.; In Vitro percutaneous absorption of ketoprofen and testosterone: comparison of pluronic lecithin organogel vs. pentravan cream. International Journal of Pharmaceutical Compounding 2012;16(3):248-252. Maia Jr., H.; et al.; Pulsatile administration of testosterone by the vaginal route using Pentravan®. Monduzzi Editoriale. 2013;181-184. Maia Jr., H.; et al. Clinical Experience with Vaginal Gestrinone in Pentravan® in the Treatment of Endometriosis Pain. Austin J Reprod Med Infertil. 2015; 2(4): 1021. Maia Jr., H.; et al. Treatment of Refractory Endometriosis-Related Pain with Vaginal Gestrinone in Pentravan Associated with Pinus Pinaster Extract and Resveratrol: A Preliminary Study. Gynecol Obstet (Sunnyvale) 2014a;4: 246. doi:10.4172/2161-0932.1000246 Maia Jr., H.; et al;. The effect of a combination of vaginal danazol with pycnogenol on pelvic pain in patients with deep endometriosis using Mirena®. (2014b);The European Journal of Contraception & Reproductive Health Care, 19:sup1, S91-S240, Maia Jr., H. Effect of vaginal gestrinone in Pentravan® on endometriosis patients using Mirena®: A preliminary report. Clinical Obstetrics, Gynecology and Reproductive Medicine (COGRM) 2016;2(2). https://oatext.com/Effect-of-vaginal-gestrinone-in-Pentravan-on-endometriosis-patients-using-Mirena-A-preliminary-report.php Polonini, H.C.; et al. Evaluation of Percutaneous Absorption Performance for Human Female Sexual Steroids into Pentravan Cream. International Journal of Pharmaceutical Compounding 2014a;18(4):332-340. Polonini, H.;; et al. Transdermal Oxandrolone: ex vivo percutaneous absorption study. Current Drug Delivery, 2016, 13. Polonini, H.C.; et al. In vitro drug release and ex vivo percutaneous absorption of resveratrol cream using HPLC with zirconized silica stationary phase. J. Chromatogr. B 947– 948 (2014b) 23– 31. Polonini, H.C.; et al. Permeation profiles of resveratrol cream delivered through porcine vaginal mucosa: Evaluation of different HPLC stationary phases; J. Chromatogr. B 1002 (2015) 8–12. Prausnitz, M.; et al. Current status and future potential of transdermal drug delivery. Nature, v.3, n.2, p. 115124, 2004. Sharma, A.; et al; Transdermal Drug Delivery System: A Review. International Journal of Research in Pharmaceutical and Biomedical Sciences, v.4,n.1,p.286-292, 2013. Shingade, GM.; et al. Review on: Recent Trend on Transdermal Drug Delivery System. Journal of Drug Delivery & Therapeutics, v.2, n.1, jan. 2012. http://jddtonline.info/index.php/jddt/article/view/74/46. Acesso em: 21 jan. 2016. Soni, M.; et al; Transdermal drug delivery: A novel approach to skin permeation. Journal of Pharmacy Research, v. 2, p. 1184-1190, 2009. Thompson, L.U.; et al; Phytoestrogen content of foods consumed in Canada, including isoflavones, lignans, and coumestan. Nutr Cancer. 2006;54:184–201.

fagron.com.br

29


Metformina HCl Fagron Micro em Pentravan®

Benefícios na longevidade sem efeitos gastrintestinais

Longevidade com qualidade de vida As doenças relacionadas ao envelhecimento estão entre as principais causas de morte em países industrializados e a metformina tem sido avaliada por gerontologistas em triagens clínicas com alvo em longevidade. Pesquisadores do National Institute on Aging, Baltimore, EUA, realizaram uma revisão sobre o uso da metformina como um agente preventivo do envelhecimento. A metformina pode influenciar os processos metabólicos e celulares associados com condições crônicas como inflamação, esteatose hepática, dano oxidativo, glicação de proteína, senescência celular, apop-

tose e o desenvolvimento de diversos tipos de câncer. Revisões recentes reportaram os efeitos geroprotetores da metformina e o seu elevado perfil de segurança. Há relatos de que pacientes diabéticos e com doenças cardiovasculares que receberam metformina apresentaram taxas de sobrevida aumentadas e com redução do risco de declínio cognitivo e demência. Essas evidências permitem o desenvolvimento de terapias modificadoras de doenças mesmo em pacientes não diabéticos.

Metformina HCL Fagron Micro em Pentravan® É a única com estudo de permeação em pele humana em fase de publicação. A absorção oral da metformina é em torno de 50% em jejum, porém na prática, o mais comum é a administração concomitantemente às refeições, na tentativa de reduzir os efeitos adversos gástricos, prejudicando consideravelmente a absorção. Uma das vantagens da Metformina HCl Fagron Micro em Pentravan® administrada por via transdérmica é evitar a passagem pelo trato gastrintestinal e a ocorrência dos indesejáveis efeitos gastrintestinais associados com a sua administração por via oral. Conforme demonstrado por avaliações clínicas em andamento, a dosagem de metformina administrada pela via transdérmica pode ser reduzida em relação à dosagem administrada oralmente, dependendo da avaliação clínica de cada paciente. Têm sido avaliadas doses entre 100 a 200 mg ao dia em doses divididas.

30

fagron.com.br


Metformina e Emagrecimento Mecanismo de ação na redução do índice glicêmico e do IMC A metformina tem ganhado interesse clínico pelo seu potencial na redução do IMC (índice de massa corporal). Muitos indivíduos lutam pela manutenção do peso após mudanças no estilo de vida e intervenções cirúrgicas. A terapia com metformina é sugerida para pacientes obesos, pois tem demonstrado reduzir a incidência de diabetes tipo 2 e apresenta um perfil de eficácia e segurança favorável em comparação com medicações para perda de peso. Além do seu efeito redutor do índice glicêmico, a metformina também promove a redução da ingestão de alimento, sendo este seu primeiro mecanismo de ação na redução de peso. Seu efeito na redução de apetite aparenta ser multifatorial com mudanças na fisiologia do eixo hipotálamo-hipofisário, incluindo a sensibilidade à leptina e insulina. Novos achados demonstram que a metformina promove mudanças na fisiologia gastrintestinal e no ritmo circadiano, além de regular a oxidação e o depósito de gordura no fígado, músculo esquelético e tecido adiposo.

• • • • • •

• • • • •

Promove perda de peso duradoura; Reduz a ingestão de alimento; Age no sistema nervoso central; Reduz o apetite por atenuar a atividade da AMPK no hipotálamo; Diminui a expressão de NPY (neuropeptídeo orexígeno); Aumenta a expressão de POMC (neuropeptídeo anorexígeno);

Melhora a sensibilidade à insulina e leptina; Aumenta os níveis de GLP-1 afetando a microbiota intestinal; Reduz depósitos lipídicos ectópicos (fígado e músculo esquelético); Aumenta a oxidação lipídica; Diminui a síntese lipídica.

Compreender os mecanismos de ação pelos quais a metformina leva à perda de peso podem aperfeiçoar estratégias de prevenção e reversão da obesidade.

AMPK

Ingestão de alimento NPY e AgRP POMC Sensibilidade à leptina e insulina

Absorção de glicose estimulada pela insulina

AMPK

Metformina

Oxidação de gordura

Absorção de CHO GLP-1 Microbiota intestinal

Leptina

AMPK

AMPK

Peso

Potencial mecanismo de redução de IMC com atuação da metformina no cérebro, músculo esquelético, trato gastrintestinal, tecido adiposo e fígado. A metformina apresenta efeitos tecido-específicos sobre a AMPK que favorecem a ingestão reduzida de alimentos através de mecanismos neuronais e endócrinos. Além disso, a metformina aumenta a oxidação de gordura e diminui as reservas de lipídeos ectópicos, complementando assim as reduções do peso corporal. AgRP, proteína relacionada à agouti; AMPK, adenosina monofosfato quinase; CHO, carboidrato; GLP-1, peptídeo 1 tipo glucagon; NPY, neuropeptídio Y; POMC, pró-opiomelanocortina; Δ, mudança na microbiota intestinal.

Produção de glicose hepática Síntese de gordura Síntese de colesterol

A Metformina A metformina reduz a ingestão de alimento e o peso corporal devido à sua ação direta nos centros hipotalâmicos, ocorrendo uma regulação da saciedade. Podendo com isso influenciar os processos metabólicos e celulares associados às condições crônicas de envelhecimento. Novelle MG, et al. Metformin: A Hopeful Promise in Aging Research. Cold Spring Harb Perspect Med. 2016 Mar 1;6(3):a025932.

fagron.com.br

31


Metformina e Prevenção do Envelhecimento (1) A metformina interage com os receptores para citocinas, insulina, IGF-1 e adiponectina, mecanismos que quando modulados, são associados com o aumento da expectativa de vida. (2) A metformina inibe as vias inflamatórias e ativa a AMPK, aumentando a inibição da mTOR, que aparentemente é um dos alvos principais na modulação do envelhecimento. Através de alguns desses mecanismos ela também modula o estresse oxidativo e remove células senescentes. (3) Juntos, esses processos afetam a inflamação, a sobrevivência celular, a defesa contra o estresse, autofagia e a síntese de proteínas que são os principais resultados biológicos associados com o aumento da expectativa de vida.

Redução do risco de declínio cognitivo Evidências recentes sugerem que a metformina apresenta efeitos positivos na função cognitiva. Um estudo placebo-controlado em pacientes com diabetes tipo 2 e depressão, a metformina demonstrou uma melhor performance cognitiva e redução dos sintomas depressivos, além do controle glicêmico. Uma avaliação de 4 anos em 365 pacientes diabéticos com mais de 55 anos demonstrou que a metformina pode reduzir o risco de declínio cognitivo.

Redução da neuroinflamação A metformina demonstrou manter o equilíbrio redox e a homeostase celular do cérebro em modelos animais com envelhecimento induzido. Ocorreu a indução de vias autofágicas protetoras simultaneamente com a redução da neuroinflamação. Esses resultados levantam a possibilidade de que a metformina apresenta a habilidade de promover uma proteção saudável durante o envelhecimento.

Redução da mortalidade Uma observação clínica em mais de 100 mil pacientes identificou que os que apresentavam diabetes tipo 2 e foram tratados com metformina apresentaram uma expectativa de vida maior em comparação com os pacientes não diabéticos utilizados como controle e muito maior em comparação com os pacientes diabéticos tratados com outro fármaco.

32

fagron.com.br


Estudo de permeação Estudo de Permeação

Metformina HCl Fagron Micro 10% em Pentravan®

Fármaco absorvido (μg/cm2)

Neste estudo de permeação ex vivo em célula Franz, em pele humana full thikness, realizado pelo Laboratório Ortofarma, avaliou a performance de permeação de uma formulação com metformina a 10% em Pentravan®. Foram observados os resultados em relação ao aproveitamento da dose aplicada na superfície da pele em 24h. Os resultados demonstraram 46,7% de permeação. Relatório Ortofarma. Skin permeation – metformin in Pentravan.

020 018 016 014 012 010 008 006 004 002 000

1

2

4

8

16

24

Tempo (h)

Sugestões de formulações Metformina HCl Fagron Micro em Pentravan®

Metformina HCl Fagron Micro e Resveratrol em Pentravan®

Metformina HCl Fagron Micro

50 mg a 100 mg

Metformina HCl Fagron Micro

50 mg

Pentravan®

qsp 1 ml

Resveratrol

50 mg

Pentravan®

qsp 1 ml

Preparar 60 mL Posologia: Aplicar 1 ml (pump dosador) 2 vezes ao dia no antebraço.

Preparar 60 mL Posologia: Aplicar 1 ml (pump dosador) 2 vezes ao dia no antebraço.

Polonini HC, et al. In vitro drug release and ex vivo percutaneous absorption of resveratrol cream using HPLC with zirconized silica stationary phase. J Chromatogr B Analyt Technol Biomed Life Sci. 2014 Feb 1;947-948:23-31. Bhullar KS, et at. Lifespan and healthspan extension by resveratrol. Biochim Biophys Acta. 2015 Jun;1852(6):1209-18. Kodali M, et al. Resveratrol prevents age-related memory and mood dysfunction with increased hippocampal neurogenesis and microvasculature, and reduced glial activation. Sci Rep. 2015 Jan 28;5:8075. Pearson KJ, et al. Resveratrol delays age-related deterioration and mimics transcriptional aspects of dietary restriction without extending life span. Cell Metab. 2008 Aug;8(2):157-68. Tresguerres IF, et al. Resveratrol as anti-aging therapy for age-related bone loss. Rejuvenation Res. 2014 Oct;17(5):439-45.

Pentravan® é um veículo promotor de permeação cutânea na forma de matriz fosfolipídica desenvolvida por tecnologia lipossomal. Atua aumentando a permeação cutânea de ingredientes farmacêuticos ativos (APIs) com elevada compatibilidade celular. Apresenta permeação cutânea cientificamente comprovada, além de eficácia e segurança garantidas. É o único veículo transdérmico clinicamente testado com resultados publicados e mais estudado globalmente. Pentravan® apresenta o mais elevado grau de evidências científicas publicadas.

Referências Bibliográficas Allena RT, et al. Preparation and evaluation of transdermal patches of metformin hydrochloride using natural polymer for sustained release. Int J Pharm Pharm Sci, Vol 4, Suppl 3, 2012, 297-302. Bannister CA, et al. Can people with type 2 diabetes live longer than those without? A comparison of mortality in people initiated with metformin or sulphonylurea monotherapy and matched, non-diabetic controls. Diabetes Obes Metab. 2014 Nov;16(11):1165-73. Barzilai N, et al. Metformin as a Tool to Target Aging. Cell Metab. 2016 Jun 14;23(6):1060-5. Bhullar KS, et at. Lifespan and healthspan extension by resveratrol. Biochim Biophys Acta. 2015 Jun;1852(6):1209-18. Bulterijs S. Metformin as a geroprotector.Rejuvenation Res. 2011 Oct;14(5):469-82. Garg G, et al. Antiaging Eff ect of Metformin on Brain in Naturally Aged and Accelerated Senescence Model of Rat. Rejuvenation Res. 2017 Jan 9. Guo M, et al. Metformin may produce antidepressant eff ects through improvement of cognitive function among depressed patients with diabetes mellitus. Clin Exp Pharmacol Physiol. 2014 Sep;41(9):650-6. Jahan L, et al. In vitro Transdermal Delivery of Metformin from a HPMC/ PVA Based TDS-patch at Diff erent pH. J. Sci. Res. 3 (3), 2011, 651-657. Kodali M, et al. Resveratrol prevents age-related memory and mood dysfunction with increased hippocampal neurogenesis and microvasculature, and reduced glial activation. Sci Rep. 2015 Jan 28;5:8075. Ng TP, et al. Long-term metformin usage and cognitive function among older adults with diabetes. Alzheimers Dis. 2014;41(1):61-8. Novelle MG, et al. Metformin: A Hopeful Promise in Aging Research. Cold Spring Harb Perspect Med. 2016 Mar 1;6(3):a025932. Patrone C, et al. Diabetes drugs and neurological disorders: new views and therapeutic possibilities. Lancet Diabetes Endocrinol. 2014 Mar;2(3):256-62 Pearson KJ, et al. Resveratrol delays age-related deterioration and mimics transcriptional aspects of dietary restriction without extending life span. Cell Metab. 2008 Aug;8(2):157-68. Polonini HC, et al. In vitro drug release and ex vivo percutaneous absorption of resveratrol cream using HPLC with zirconized silica stationary phase. J Chromatogr B Analyt Technol Biomed Life Sci. 2014 Feb 1;947-948:23-31. Sharma RK, et al. Solid lipid nanoparticles as a carrier of metformin for transdermal delivery.International Journal of Drug Delivery 5 (2013) 137-145. Shruthi M, et al. Formulation and evaluation of proliposomal gel containing metformin hydrochloride using mannitol as a water soluble carrier. IJPDT / 5(1), 2015, 27-34. Tresguerres IF, et al. Resveratrol as anti-aging therapy for age-related bone loss. Rejuvenation Res. 2014 Oct;17(5):439-45. Wang CP, et al. Diff erential eff ects of metformin on age related comorbidities in older men with type 2 diabetes. J Diabetes Complications. 2017 Apr;31(4):679-686. Wang CP, et al. Frailty Attenuates the Impact of Metformin on Reducing Mortality in Older Adults with Type 2 Diabetes. J Endocrinol Diabetes Obes. 2014;2(2). pii: 1031.

fagron.com.br

33


34

fagron.com.br


Alprostadil Fagron

As diretrizes atuais no tratamento de alprostadil tópico intrauretral A Disfunção Erétil (DE), doença crônica e marcador clínico de saúde cardiovascular A disfunção erétil (DE) é uma das principais disfunções sexuais que afetam a qualidade de vida do homem e do casal, com prevalência de condição leve a severa em cerca de 50 % dos homens acima de 40 anos. A DE apresenta causas fisiológicas e psicológicas. Cerca de 70 % dos casos de disfunção erétil têm origem orgânica associados à: • Doenças cardiovasculares • Sintomas do trato urinário inferior (TUI) • Causas iatrogênicas, como uso de alguns • Doenças metabólicas como diabetes e • Deficiência de testosterona medicamentos e cirurgias hiperlipidemias • Condições e distúrbios neurológicos • Distúrbios renais • Obesidade, sedentarismo e tabagismo As queixas de disfunção erétil são consideradas marcadores das condições acima e propiciam ao médico oportunidade de prevenir as consequências de um atraso no tratamento da disfunção erétil, levando em consideração e ajustando os fatores fisiológicos associados.

Diretrizes terapêuticas Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia, a conduta terapêutica para pacientes apresentando queixa de disfunção erétil, segue o seguinte fluxo:

Se

te

Hi

st ór ico

co m

pl

et o

ee te xa st sto m os st ef te er ísi ro on co na a , p ba ro ixa la ct , re in pe a e ti LH r DA EM Re po siç ão Ca ho ve rm rn on os al om et US ria Do , ca pp ver le no r so A gr Or pen afi ie a s a, nt e aç m ão si t se ua xu çõ M al es ed e p es ica sic pe m ot cia en er is to ap via ia or al In ( je in çã ib id o in or tra es da ca ve PD Pr rn ót Eo 5) es s a( ep a en lp ro ia st na ad (m il) al eá ve lo u in flá ve l)

Fluxo terapêutico

Eficácia terapêutica dos tratamentos disponíveis para disfunção erétil Reposição de testosterona

Tratamento de primeira linha

Segunda escolha de tratamento

Sempre que for diagnosticado clínica e bioquimicamente Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino (DAEM) ou hipogonadismo concomitante à disfunção erétil. A testosterona é o mediador do processo fisiológico de ereção e também atua na libido (psiconeurológica).

Inibidores de fosfodiesterase-5 (PDE-5-I): citrato de sildenafila, tadalafila e outros, não são efetivos em 100 % dos casos, cerca de 30 % dos pacientes são refratários aos PDE-5-I, pacientes em uso de nitratos são totalmente contraindicados e grande número de pacientes apresenta intolerância aos principais efeitos adversos. Como consequência, apresenta cerca de 70% de descontinuação devido a resultados abaixo do esperado ou intolerância aos efeitos adversos. Fatores como idade e comorbidades predispõem o aumento do número de pacientes inicialmente refratários ou que se tornam refratários à terapia oral com PDE-5-I.

As injeções intracavernosas de substâncias vasoativas (alprostadil), são opção de escolha nos casos refratários, contraindicados ou intolerantes para inibidores de PDE-5. Apresentam elevada eficácia, porém sua natureza invasiva e o desconforto na administração ocasionam índices de desistência de 40% a 50%. De acordo com as recomendações da International Consultation for Sexual Medicine (ICSM, 2015), alprostadil administrado por via tópica intrauretral é uma alternativa de tratamento menos invasivo e pode ser considerada a primeira opção na segunda linha de tratamento para disfunção erétil.

fagron.com.br

35


Alprostadil Fagron Abordagem atual dos tratamentos para disfunção erétil (DE)

Pacientes diagnósticados com DE

1ª linha de tratamento

}

Terapia oral

2ª linha de tratamento

Alprostadil uretral e tópico

IIC

3ª linha de tratamento

Implante peniano

Cirurgia vascular corretiva

Bomba de vácuo

Prescrito por especialistas em medicina sexual e por clínicos

Prescrito por especialistas em medicina sexual

DE = disfunção erétil; IIC = injeção intracavernosa Baseado em Hatzimouratidis K, 2016

Alprostadil tópico intrauretral no tratamento para disfunção erétil Alprostadil é o análogo sintético equivalente a prostaglandina E1 (PGE1), usado no tratamento da disfunção erétil (DE). Liga-se em receptores de PGE1 e a resposta no relaxamento do músculo liso é mediada pelo AMPc utilizando, portanto, uma via metabólica diferente dos PDE-5-I, que estimulam GMPc via estímulo ao óxido nítrico (NO) endotelial. A PGE1 não é efetiva por via oral, seu sucesso na disfunção erétil depende de ser injetada no corpo cavernoso ou administrada por via intrauretral em uma formulação local. Alprostadil age independentemente de fatores neurológicos estimulatórios, induzindo a ereção pela ação de agonista direto. É particularmente eficaz em homens com DE neurogênica pura. A eficácia e segurança de alprostadil tópico intrauretral em um promotor de permeação transdérmica foi avaliada em estudos clínicos de fase II e III. O tratamento

Variação na escala de pontuação IIEF (índice internacional de função erétil)

Variação na escala de função erétil

12

Estudo 1 Estudo 2

8 6

*

4 2 0 -2

Placebo

*p < 0.01 comparado com placebo

Padma-Nathan H.; 2003

36

*

10

fagron.com.br

0,05 mg

0,1 mg

0,2 mg

0,3 mg

Dose

com alprostadil administrado topicamente, por via intrauretral, apresentou melhora significativa nas ereções, foi bem tolerado e considerado seguro para os pacientes e parceiras, sendo a maior parte dos efeitos adversos leves a moderados, de curta duração e restritos ao local da aplicação. Tais efeitos corresponderam à dor urogenital e irritação local. Nenhum caso de priaprismo foi reportado. A dose foi ajustada conforme a condição clínica dos pacientes e a resposta facilitou significativamente a função erétil na maioria dos casos. Os resultados demonstraram que alprostadil em um sistema promotor de permeação transdérmico, foi eficaz e bem tolerado em diferentes formas e intensidades de disfunção erétil em um amplo percentual de pacientes em tratamento. Os estudos 1 (n= 161) e 2 (n=142) utilizaram modelos semelhantes com a principal diferença que no estudo 1 foram selecionados pacientes que apresentaram índice de função erétil, segundo a escala IIEF, entre 14 e 21 (DE leve a moderada. Enquanto que no estudo 2 os pacientes escolhidos apresentavam todos IIEF abaixo de 14 (DE severa). Os resultados demonstraram que em ambos os estudos, a variação foi significativa, sendo a resposta terapêutica superior ao placebo e dose-dependente.


Alprostadil Fagron Evidências clínicas na reabilitação peniana Evidências clínicas atuais indicam alprostadil tópico intrauretral como tratamento diário em doses, geralmente, insuficientes para ereção completa, porém adequadas para estímulo vascular constante, possibilitando inclusive, tratamento de reabilitação peniana pós prostatectomia radical. A disfunção erétil permanece uma complicação comum que afeta a qualidade de vida dos pacientes submetidos à prostatectomia radical (PR), os índices de disfunção erétil após PR estão entre 60 e 70 % dos pacientes e muitos levam alguns anos para recuperar a função sexual espontânea. A reabilitação peniana vem ganhando atenção e opções terapêuticas têm sido investigadas, mais de 80 % dos especialistas recomendam algum tratamento de reabilitação peniana para os pacientes. É importante iniciar o tratamento o mais rápido possível após a cirurgia, comumente o tratamento deve ser iniciado após a retirada do cateter e mantido por 12 a 18 meses.

Terapia combinada para disfunção erétil Pacientes mais idosos ou que apresentam comorbidades são mais propensos a apresentarem-se refratários ao tratamento oral de disfunção erétil com PDE-5-I, que é a terapia de primeira escolha empregada. A terapia combinada com tratamento oral (PDE-5-I) e não-oral (alprostadil intracavernosa ou intrauretral) tem apresentado crescente importância na possibilidade de resgate da monoterapia ou da função erétil peniana. Quanto mais cedo o início da terapia combinada maiores as possibilidades de recu-

perar a função erétil natural ou a possibilidade de resposta à monoterapia, especialmente em pacientes prostatectomizados, sem apresentar efeitos adversos importantes

Alprostadil Fagron em Pentravan® em sistema aplicador Airless Pen Patente requerida no BR102016015716-1 É uma alternativa para administração de alprostadil por via tópica intrauretral, que apresenta elevada eficácia e conforto terapêutico para pacientes de todas as faixas etárias e todos os graus de severidade de disfunção erétil. É seguro e eficaz, especialmente indicado nos casos em que os inibidores de PDE-5 são ineficazes, contraindicados ou quando o paciente é intolerante aos seus efeitos adversos. Alprostadil Fagron em Pentravan® pode ser usado de diferentes formas, uma vez que o sistema AIrless Pen, que dispensa jatos com dose e vazão controlada permite adaptação a diferentes opções de tratamento: • Isoladamente, como indutor de ereção, neste caso é necessário ajuste de dose conforme cada caso e pode ser utilizado de 5 a 30 minutos antes da atividade sexual 3 vezes por semana; • Tratamento diário, na dose de 100 mcg ou 200 mcg 2 vezes ao dia, independentemente de atividade sexual, como estímulo vascular constante • Também pode ser utilizado em combinação com outros fármacos (vasodi latadores ou PDE-5-I), como a principal opção terapêutica para pacientes que precisam de reabilitação peniana pós prostatectomia radical

Sugestão de Formulação Alprostadil Fagron em Pentravan® em sistema aplicador Airless Pen* Tratamento para Disfunção Erétil – uso por demanda

Tratamento de reabilitação peniana – uso diário

Alprostadil Fagron

100 mcg / 1 pump

Alprostadil Fagron

100 mcg / 1 pump

Pentravan®

qsp 2 g

Pentravan®

qsp 2 g

Airless Pen

1 un

Airless Pen

1 un

Posologia: Aplicar o número de pumps indicado (entre 2 e 10 pumps) de 5 a 30 minutos antes da atividade sexual. Pode ser utilizado até 3 vezes por semana com intervalo de 24 horas entre as aplicações. Considerar que cada pump contém 100 mcg de Alprostadil Fagron.

Posologia: Aplicar 1 ou 2 pumps 2 vezes ao dia. Para atividade sexual, substituir a aplicação diária pela dose ajustada necessária para ereção completa. Considerar que cada pump contém 100 mcg de Alprostadil Fagron.

Modo de aplicar: Inserir a ponta de silicone do Airless Pen por cerca de 5 mm diretamente ao meato uretral (na glande) e acionar o êmbolo do aplicador até o final (sem intervalo entre um pump e outro). É comum que parte do produto não penetre no orifício, permanecendo sobre a pele. Nesse caso, devese massagear suavemente até que o produto seja absorvido (em média 15 segundos). Idealmente, quanto maior a quantidade de produto introduzido na uretra maior é a eficácia.

Pentravan® é um veículo é um veículo de liberação transdérmica de elevada biocompatibilidade que promove maior permeação cutânea de hormônios e fármacos, aumentando sua eficácia e garantindo maior tolerabilidade cutânea e segurança na aplicação. Possui elevado nível de evidências laboratoriais científicas comprobatórias de sua eficiência promotora de permeação cutânea para diversos hormônios e fármacos. Estudos clínicos também demonstram sua efetividade e aceitabilidade na veiculação de fármacos. Pentravan® apresenta como diferencial, a maior taxa de absorção quando comparado a outros veículos disponíveis. A evidência de sua superioridade promotora de permeação está documentada por vários estudos laboratoriais e clínicos, proporcionando maior segurança para o prescritor, paciente e farmácia. A qualidade das preparações e os resultados terapêuticos alcançados fazem de Pentravan®, o veiculo transdérmico de escolha para a prescrição médica e para a farmácia magistral.

Referências Bibliográficas Berkseth K.E, et al.; Pharmacologic Therapy in Men’s Health Hypogonadism, Erectile Dysfunction, and Benign Prostatic Hyperplasia; Med Clin N Am, 2016; 100(4): 791–805 Berookhim BM, et al; Medical implications of erectile dysfunction. ; Med Clin North Am. 2011 Jan;95(1):213-21 Hatzimouratidis, K.,et al; Pharmacotherapy for Erectile Dysfunction: Recommendations From the Fourth International Consultation for Sexual Medicine (ICSM 2015); J Sex Med 2016;13:465e488 Kim J.H.; Lee S W; Current status of penile rehabilitation after radical prostatectomy; Korean J urol, 2015; 56 99-108 Moisidis K.; Current role of local treatments for erectile dysfunction in the real-life setting; Curr Opin Urol. 2016 ; 26: 123-128 Moncada I., et al.; Clinical efficacy and safety of Alprostadil cream for the treatment of erectile dysfunction; Urologia,2015. Nardozza A. et al Manual de Urologia – Sociedade Brasileira de Urologia – 2010 Nehra A., Oral and Non-Oral Combination Therapy for Erectile Dysfunction; Rev Urol. 2007;9(3):99-105 Padma-Nathan H.,et al.; The efficacy and safety of a topical alprostadil cream, Alprox-TDs, for the treatment of erectile dysfunction: two phase 2 studies in mild-to-moderate and severe ED; International Journal of impotence Research, 2003,15,10-17 Padma-Nathan H., et al, An integrated analysis of alprostadil topical cream for the treatment of erectile dysfunction in 1732 patients; Urology, 2006, 68(2):386-91 Rooney M, et al., Long term multicenter study of safety and efficacy of topical Alprostadil cream in male patients with erectile dysfunction;. J Sex Med, 2009,6(2):520-34. Saleh A. et al; Management of erectile dysfunction post-radical prostatectomy; Research and reports in Urology; 2015:7 19-23 Segal R.L.; et al; Current penile-rehabilitation strategies: clinical evidence; Arab journal of urology; 2013; 11; 230-236 Thomas J. A.; Pharmacological Aspects of Erectile Dysfunction; Jpn. J. Pharmacol., 2002, 89: 101-112 Urciuoli R, et al; Prostaglandin E1 for treatment of erectile dysfunction.Cochrane Database of Systematic Reviews 2004, Issue 2. Art. No.: CD001784. Yassin AA, et al.; Testosterone and erectile dysfunction. J Androl. 2008 Nov-Dec;29(6):593-604.

fagron.com.br

37


Wellmune®

Melhora da Imunidade e da Qualidade de vida Wellmune® é o polissacarídeo de cepa Saccharomyces cerevisiae padronizado em β-glucana 1,3/1,6 mais utilizado em estudos clínicos no mundo em crianças, adultos e idosos. Já foram demonstrados seus efeitos no bem-estar emocional, na melhora física geral, na melhora dos sintomas de alergia e na redução por infecções do trato respiratório e seus sintomas.

Estudos Clínicos em Crianças As infecções do trato respiratório estão entre as maiores causas de morbidade e mortalidade em crianças menores de 5 anos. O risco de doenças alérgicas como asma, dermatite atópica e rinite alérgica é outra preocupação importante. O bem-estar da criança pode refletir na qualidade de vida de toda a família, com menos faltas na escola e no trabalho dos pais. A função imunológica também é especialmente crítica para a população idosa, pois já são pacientes normalmente polimedicados, além de atletas e adultos com um ritmo de vida estressante. Wellmune® é considerado seguro como suplemento para uso diário e é aprovado pelo FDA e outros órgãos reguladores da saúde em diversos países.

Redução de infecções respiratórias Wellmune® já demonstrou reduzir o número e a duração dos episódios de infecções respiratórias em adultos e seus benefícios foram publicado em 2014 no jornal Pediatrics em avaliação realizada com crianças entre 3-4 anos. Um novo estudo clínico randomizado, duplo-cego e placebo-controlado publicado em 2016 no Journal of Nutrition and Food Sciences foi realizado em Pequim, China, com 174 crianças com idades entre 1-4 anos (73 meninos e 83 meninas). De acordo com a recomendação do FDA chinês os pesquisadores administram em torno de 1/3 da dosagem utilizada em adultos (250 mg/dia). Foram utilizadas as doses de 35 ou 75 mg/dia de Wellmune® por 12 semanas,

em solução, apenas com maltodextrina e açúcar, em um sachê de 5 g para ser dissolvido em água quente antes da administração. Ambos os grupos que receberam Wellmune® foram significativamente diferentes do placebo (*75 mg p < 0.001 e **35 mg p < 0.0001), apresentando menos episódios de infecção. Porcentagem de crianças com episódios de infecção 100% 85% 80% 60% 47% 40%

32%

20% 0%

Placebo

Wellmune® 75mg*

Wellmune® 35mg*

fagron.com.br

39


ALPROSTADIL Wellmune® em Crianças Ambos os grupos que receberam Wellmune® apresentaram significativamente (p < 0.0001) menos dias totais com sintomas de ITRS e menos episódios de ITRS em comparação com o grupo placebo. Total de dias com sintomas de ITRS 100%

8.85%

Média de episódios de ITRS por criança

*P<0.0001 versus Placebo

80%

2

1.5

*P<0.0001 versus Placebo 1.5

60% 1 40%

3.47%

0.5

0.5

20% 0%

0.7

2.87%

Placebo

Wellmune® 75mg

Wellmune® 35mg

0

Placebo

Wellmune® 75mg*

Wellmune® 35mg*

Ambos os grupos que receberam Wellmune® apresentaram significativamente (p < 0.0001) menos dias totais com sintomas de doenças comuns na infância (bronquite, pirexia e diarreia) e menos episódios dessas doenças em comparação com o grupo placebo. Total de dias com sintomas de doenças comuns na infância 10

9.9

*P<0.0001 versus Placebo

Média de episódios de doenças comuns na infância por criança 2

*P<0.0001 versus Placebo 1.6

8

1.5

6 4.7 3.6

4

0.7

0.7

0.5

2 0

1

Placebo

Wellmune® 75mg*

Wellmune® 35mg*

0

Placebo

Wellmune® 75mg*

Wellmune® 35mg*

Não houve diferença significativa entre os grupos que receberam Wellmune®. Os resultados demonstraram que Wellmune® reduziu o número e a duração de infecções do trato respiratório, sendo que para essa faixa etária a dose de 35 mg/dia foi suficiente. É sugerido que, durante os meses de frio, a suplementação com Wellmune® pode diminuir a incidência e a severidade de doenças permitindo benefícios para os pais e maior qualidade de vida para a criança e toda família.

Redução de manifestações alérgicas As duas maiores causas de morbidade e mortalidade infantil entre crianças menores que 5 anos são as infecções respiratórias e diarreia. Outra causa de preocupação com significativo impacto na qualidade de vida é o aumento do risco de doenças alérgicas como asma, dermatite atópica e rinite alérgica. Um estudo clínico randomizado, duplo-cego e controlado foi realizado em Salvador, Brasil, avaliando 256 crianças entre 1-4 anos que receberam uma bebida baseada em leite com ou sem suplementação nutricional contendo a adição de Wellmune® 8,7 mg, por 28 semanas. As bebidas foram administradas 3 vezes do dia, substituindo a bebida utilizada durante as refeições.

40

fagron.com.br

Os resultados demonstraram menos manifestações alérgicas na pele e no trato respiratório como rinite alérgica ou conjuntivite, chiado no peito, tosse alérgica, eczema e urticária. Esses resultados são altamente relevantes para a saúde física geral e desenvolvimento físico, cognitivo, psicológico da criança podendo contribuir para a qualidade de vida de toda a família, com menos faltas na escola e menos transtornos na vida profissional dos pais.


Wellmune® em Adultos Estudos Clínicos em Adultos Melhora da saúde em atletas com redução da fadiga e da tensão Corredores de maratonas e outros atletas de alta performance são mais susceptíveis a ITRS e a suplementação nutricional pode beneficiá-los. Um estudo clínico publicado no Journal of Sports Science and Medicine avaliou atletas com idades entre 18-53 anos, sendo 35 homens e 40 mulheres, que receberam a suplementação de Wellmune® 250 mg ou 500 mg/dia, por 4 semanas.

Pesquisas reportam que atletas de elite ao treinar para maratonas experienciaram um a significativa diminuição no vigor e aumento da fadiga. Os resultados demonstraram que Wellmune® promoveu melhora da saúde geral com redução no número de sintomas de ITRS, diminuição da fadiga (59%) e da tensão (47%), além do aumento do vigor. Em todos os casos os participantes que receberam Wellmune® experienciaram uma melhor saúde física e uma significativa melhora psicológica.

Melhora da saúde geral 100%

* *

80%

*

*

60% 40%

Semana 2 Semana 4

20% 0%

Wellmune® 250mg

Placebo

Wellmune® 500mg

Os participantes responderam o questionamento “Como você classificaria sua saúde?”. As pontuações foram baseadas numa escalada de 0-10 sendo que 0 sendo pior, 5 sem mudança e 10 uma saúde melhor. * p ≤ 0.05

Redução do Estresse Um estudo clínico avaliou os efeitos de Wellmune® no bem estar psicológico de mulheres com níveis moderados de estresse. Foram avaliadas 77 mulheres (38 ± 12 anos de idade) divididas em 2 grupos que receberam placebo ou 250 mg de Wellmune® diariamente por 12 semanas. Os resultados demonstraram que as mulheres que receberam Wellmune®, além de menos sintomas de ITRS, reportaram melhor bem-estar geral e maiores níveis de energia mental e física. Esses dados mostram que Wellmune® melhora o estado de humor em indivíduos estressados e por isso pode ser uma abordagem útil na manutenção da proteção imune diária.

Melhora Física e Emocional Um estudo realizado antes do início do outono, no norte dos Estados Unidos avaliou 50 pacientes com idades entre 18-53 anos que receberam a suplementação de placebo ou 250 mg de Wellmune® ao dia por 4 semanas. Os resultados demonstraram significativa melhora física geral com redução do número total de sintomas de alergia (28%) e na severidade dos sintomas (52%). Também foi demonstrada melhora no bem-estar emocional da semana 0 para a semana 4 no grupo que recebeu Wellmune® incluindo a redução da tensão (34%), depressão (45%), raiva (41%), fadiga (38%), confusão (34%) e aumento do vigor (10%). Em comparação com as imunoterapias, o tratamento com Wellmune® é natural, efetivo e de menor custo.

Melhora da capacidade respiratória Um estudo clínico publicado no jornal Nutrition avaliou 100 indivíduos saudáveis com idades entre 18-65 anos que receberam placebo ou a suplementação de Wellmune® 250mg/dia por 90 dias, durante os meses de inverno. Os resultados demonstraram que ao pacientes que receberam Wellmune® apresentaram redução no número de dias com ITRS e melhora significativa da capacidade respiratória. Um outro estudo clínico avaliou indivíduos saudáveis com idades entre 50-70 anos de uma comunidade de idosos. Os resultados demonstraram redução das ITRS, seus sintomas e duração. Em conclusão, Wellmune® pode apresentar uma importante função na prevenção e rápida resolução da ITRS.

Perfil de estados de humor

Placebo (pré) Placebo (pós) Wellmune® (pré) Wellmune® (pós)

25 20 15 10 5 0

Tensão

Depressão

Raiva

Vigor

Fadiga

Confusão

Wellmune®

Uso

Posologia

• Segurança • Evidências • Eficácia • Versatilidade • Confiança

• Crianças • Adultos • Idosos • Atletas

• Crianças: 2,5 mg/kg/dia • Adultos: 250 mg/dia

Benefícios • Redução de infecções do trato respiratório e de manifestações alérgicas com melhora da capacidade respiratória e dos sintomas de alergia. • Redução da fadiga e do estrese com aumento do bem estar emocional, do vigor da função imunológica e da qualidade de vida.

fagron.com.br

41


Sugestões de Formulações Wellmune® em SyrSpend® para Adultos

Wellmune® em SyrSpend® para Crianças

Wellmune®

250 mg

Wellmune®

35 a 75 mg / 5 ml

Flavorizante

qs

Flavorizante

qs

SyrSpend® SF

qsp 150 ml

SyrSpend® SF

qsp 150 ml

Posologia: : Administrar 5 ou 10 ml ao dia.

Posologia: Administrar 5 ml ao dia.

Wellmune® em Cápsulas para Adultos

Wellmune® em Gomagron® para Crianças

Wellmune®

250 mg

Wellmune

35 a 75 mg / 5 ml

HygroCaps™

1 un

Flavorizante

qs

Gomagron®

1 un

Posologia: Administrar 1 ou 2 cápsulas ao dia.

Posologia: Administrar 1 goma ao dia.

SyrSpend® é um veículo para suspensão oral altamente estável e seguro por não conter ingredientes tóxicos, irritantes ou controversos como parabenos, xilitol, sorbitol, glúten, glicerol, lactose, entre outros HygroCaps™ são cápsulas vegetais de hidroxipropil metilcelulose (HPMC) que mantêm sua integridade física quando cheia com materiais higroscópicos ou expostas a condições de umidade. Gomagron® é um veículo para preparação de gomas farmacêuticas, sendo indicado para crianças e adultos com dificuldade de deglutição ou que se recusam a receber a administração de cápsulas ou líquidos.

Referências Bibliográficas Fuller R, et al. Yeast-derived β-1,3/1,6 glucan, upper respiratory tract infection and innate immunity in older adults. Nutrition 39–40 (2017) 30–35. Fuller R, et al. Influence of yeast-derived 1,3/1,6 glucopolysaccharide on circulating cytokines and chemokines with respect to upper respiratory tract infections. Nutrition. 2012 Jun;28(6):665-9. Li F, et al. Follow-up formula consumption in 3- to 4-year-olds and respiratory infections: an RCT. Pediatrics. 2014 Jun;133(6):e1533-40. Meng F. Baker’s Yeast Beta-Glucan Decreases Episodes of Common Childhood Illness in 1 to 4 Year Old Children during Cold Season in China. J Nutr Food Sci 2016, 6:4. Pontes MV, et al. Cow's milk-based beverage consumption in 1- to 4-year-olds and allergic manifestations: an RCT. Nutr J. 2016 Feb 27;15:19. Talbott SM, et al. Baker's yeast beta-glucan supplement reduces upper respiratory symptoms and improves mood state in stressed women. J Am Coll Nutr. 2012 Aug;31(4):295-300. Talbott SM, et al. Effect of BETA 1, 3/1, 6 GLUCAN on Upper Respiratory Tract Infection Symptoms and Mood State in Marathon Athletes. J Sports Sci Med. 2009 Dec 1;8(4):509-15. Talbott SM, et al. β-Glucan supplementation, allergy symptoms, and quality of life in self-described ragweed allergy sufferers. Food Sci Nutr. 2013 Jan;1(1):90-101.

42

fagron.com.br


FagronCaps™

ReleaseCaps™ e HygroCaps™ O processo de fabricação da linha FagronCaps™ é suportado pelo grupo QualiCaps®, com presença global em todos os maiores mercados farmacêuticos, sendo parte da Mitsubishi Chemical Holdings Corporation (MCHC), reconhecido pela alta qualificação de seus laboratórios e pesquisadores. É um grupo que, como a Fagron, além de ter foco nas necessidades do cliente, também tem compromisso com a inovação. Primeiro a desenvolver uma cápsula de gelatina livre de conservantes. Primeiro a desenvolver uma cápsula de origem vegetal e perfil de dissolução similar ao da de gelatina.

A Linha FagronCaps™ Cápsulas projetadas e fabricadas tendo funcionalidade e precisão em mente. O processo de engenharia e produção de cada cápsula objetiva sempre a melhor performance, analisada por muitas perspectivas com o objetivo de oferecer um desempenho superior.

Qualidade de Grau Farmacêutico O processo de fabricação é conduzido seguindo critérios farmacêuticos rigorosos, sendo certificado de acordo com a ISO 9001 e a ISO 14001; Todas as cápsulas são inspecionadas por um sistema automático de câmeras para detectar e remover unidades defeituosas; Estão disponíveis em todos os tamanhos farmacêuticos e em grande variedade de cores, desenvolvidas com corantes aceitos pelo mercado.

farmacêuticas. Sua aplicação como polímero de revestimento e modificador de liberação é bem documentada. Outro uso notável é na produção de cápsulas como substituto da gelatina de origem animal. Há algum tempo, muitas investigações clínicas estão sendo conduzidas com fármacos encapsulados em cápsulas de HPMC, por serem de origem vegetal e oferecerem atrativos em comparação com as cápsulas de gelatina. A ligação reticulada de gelatina, incompatibilidades de fármacos e preocupações quanto ao uso de produtos de origem animal tem encorajado a busca de substitutos para a gelatina. Aspectos religiosos e culturais também podem afetar a preferência dos pacientes.

Benefícios • • • • • • • • •

Qualidade de grau farmacêutico; Produtividade nas encapsuladoras; Estabilidade durante o período de validade; Proteção do fármaco contido em seu interior; Facilidade de uso e aderência do paciente; Melanine Free Certificate; Non-Animal Origin; GMO Free Certificate; Phthalate Free.

Al-Tabakha MM. HPMC capsules: current status and future prospects. J Pharm Pharm Sci. 2010;13(3):428-42.

ReleaseCaps™ Resistência em meio ácido

Cápsulas de HPMC A hidroxipropil metilcelulose (HPMC), atualmente conhecida como hipromelose é empregada em uma ampla variedade de preparações

HygroCaps™ Redução de conteúdo hídrico

fagron.com.br

43


ReleaseCaps™

Ensaios de Desintegração Os resultados demonstraram que em meio ácido (pH 1.2 e 37°C +/- 0,5°C) não ocorreu a desintegração de nenhuma cápsula analisada antes de 30 minutos e, em meio alcalino (pH 6.8 e 37°C +/- 0,5°C) ocorreu a desintegração de todas as cápsulas analisadas.

Ensaios de Dissolução O perfil de dissolução das cápsulas ReleaseCaps™ foi analisado pelo laboratório Ortofarma utilizando cloridrato de fluoxetina (90 mg) e diclofenaco de sódio (50 mg).

Resultados Perfil de dissolução de cápsulas de cloridrato de fluoxetina (90 mg) em ReleaseCaps™

Perfil de dissolução de cápsulas de diclofenaco de sódio de 50 mg em ReleaseCaps™

120,00

120,00 102,45

93,83

80,00

Estágio ácido - pH 1,2

97,79

69,93

60,00 40,00

Estágio tampão - pH 6,8

100,00

1,29

0,00 0

15

1,09 30

1,02 45

1,28 60

1,22 75

1,27 90

1,22 105

5,15

Estágio ácido - pH 1,2

(Fluido gástrico simulado sem sem adição de enzima)

60,00

62,22

40,00

120

0,00 135

150

165

180

97,22

87,21

80,00

Estágio tampão - pH 6,8 (Fluido intestinal simulado sem adição de enzima)

20,00

20,00 0,00

Quantidade dissolvida%

Quantidade dissolvida%

102,10 100,00

1,29

0,00 0

15

1,09 30

1,02 45

1,28 60

1,22 75

1,27 90

1,22 105

1,42 120

135

150

165

180

Tempo/minutos.

Tempo/minutos.

Estágio ácido: nenhuma cápsula excedeu a liberação de 10% do valor rotulado em 120 minutos.

Estágio ácido: nenhuma cápsula ReleaseCaps™ excedeu a liberação de 10% do valor rotulado em 120 minutos.

Estágio tampão: cada cápsula libera não menos que 90% (+5%) do valor rotulado em 45 minutos.

Estágio tampão: cada cápsula libera não menos que 75% (+5%) do valor rotulado em 45 minutos.

Superioridade ReleaseCaps™ No ensaio de dissolução do diclofenaco de sódio, o perfil da cápsula ReleaseCaps™ foi comparado com o perfil de uma cápsula DelayedRelease (DR). Em pH 1.2, ao final de 120 minutos nenhuma cápsula Delayed-Release excedeu a liberação de 20% do valor, enquanto que, nenhuma cápsula ReleaseCaps™ excedeu a liberação de 10% do valor.

ReleaseCaps™

Delayed-Release (DR)

Liberação de apenas 10% do valor rotulado

Liberação de 20% do valor rotulado

Benefícios de ReleaseCaps™ • • • • •

Liberação em meio alcalino sem a necessidade de revestimento entérico; Proteção frente à alta temperatura associada ao processo tradicional de revestimento entérico; Proteção de fármacos sensíveis ao pH estomacal; Proteção de fármacos sensíveis às enzimas estomacais; Proteção do estômago contra fármacos irritantes.

44

fagron.com.br


HygroCaps™

As cápsulas HygroCaps™ são uma alternativa de origem vegetal às cápsulas de gelatina, com propriedades superiores para fármacos higroscópicos. Parâmetro

Cápsula de Gelatina

HygroCaps™

Origem

Animal

Vegetal

Estrutura

Proteína

Celulose

Teor de umidade

13.0% - 16.0%

4.0% - 6.0%

Permeabilidade à água*

1.00

0.55

Quebradiças em baixas UR

Sim

Não

Risco de crosslinking

Sim

Não

Triboeletrificação *

1.00

0.05

Perfil de Dissolução 1º meio de dissolução da JP (Japanese Pharmacopeia) a pH1,2

Água WATER WATER

JP 1st (pHJP 1.2) 1st (pH 1.2) 100

100

100

100

80

80

80

80

60

60

60

60

40

40

40

40

20

20

20

20

0

0 10

1020

2030

30

40

Tempo/minutos Tempo/minutos

40

50

50 60

60

0

0 10

1020

2030

30

40

40

Tempo/minutos Tempo/minutos

Cápsula de gelatina HygroCaps™

50

50 60

60

Cápsula de gelatina HygroCaps™

Formulação do enchimento da cápsula: Acetaminofeno 50 mg, lactose 175 mg, croscarmelose 25 mg. Peso do enchimento: 250 mg (cápsula tamanho 1). Método do teste de dissolução: Paddle a 50 rpm.

Análise de quebradiças ANALIZADOR DE QUEBRADIÇAS Analisador de Quebradiças

QUEBRADIÇAS E TEOR DE UMIDADE

Quebradiças e teor de umidade

Y: Quebradiças (% quebradas) 100

PESO 50G

80

60 40

ALTURA DA QUEDA 10 cm

20 0 CÁPSULA VAZIA

• • • • •

5

10

15

X: Teor de umidade da cápsula (%)

HygroCaps™ têm um teor mais baixo de umidade do que as cápsulas de gelatina (4.0% - 6.0%); HygroCaps™ têm um perfil de dissolução equivalente ao das tradicionais cápsulas de gelatina; HygroCaps™ mantêm sua integridade física quando preenchida materiais higroscópicos; HygroCaps™ mantêm sua integridade física quando são expostas a condições de baixa umidade; HygroCaps™ são quimicamente inertes e não sofrem reações de crosslinking. fagron.com.br

45


O Medicamento Personalizado Resolve é uma campanha lançada pela Fagron, em prol do segmento magistral, para ampliar a cultura de acesso ao medicamento manipulado. Desta forma, levaremos ao conhecimento dos médicos e pacientes a qualidade, segurança e vantagens do tratamento sob medida. Atualmente, muitos pacientes e até mesmo os médicos desconhecem ou associam o medicamento manipulado a medicamento de baixo custo, sendo que este não é o seu propósito e suas principais vantagens, que são: • • • • • •

Personalização; Redução de efeitos adversos; Possibilidade de associações aumentando o compliance dos pacientes; Possibilidade de escolha do veículo e formas farmacêuticas adequadas para cada caso e cada paciente; Possibilidade de prescrições de moléculas descontinuadas; Aplicação rápida de novas alternativas terapêuticas.

A Fagron entende que os medicamentos manipulados são feitos sob medida, com a dosagem correta para cada necessidade, garantindo maior eficácia no tratamento e a certeza de que você está consumindo um produto exclusivo, ideal para o que realmente precisa. A vantagem da prescrição personalizada, como o próprio nome diz, é que vai atender diretamente a essas particularidades e, consequentemente, a satisfação do paciente e do médico, de forma mais rápida e assertiva. No final de 2016 a Fagron recebeu a aprovação do FDA (órgão norte americano responsável pelo controle da comercialização, qualidade, eficácia e segurança de produtos voltados para saúde) e temos orgulho de compartilhar esta aprovação, conquista que fortalece e reconhece o papel da farmácia magistral como propulsora de qualidade de vida dos pacientes. Este endosso era o que precisávamos para evidenciar que a qualidade dos insumos utilizados pelas farmácias de manipulação no Brasil atendem exigências de um padrão internacional. Vamos fortalecer nosso mercado! Faça parte desta campanha você também! Porque você é único!

46

fagron.com.br


fagron.com.br

47


fagron.com.br

Revista consulfarma 2017  
Revista consulfarma 2017  
Advertisement