Issuu on Google+

Projecto “Animalia” – Vida de Palmo e Meio

Chave dicotómica para a identificação de insectos

Chave dicotómica para identificação de insectos 1.a. Animal com 8 patas (tens um aracnídeo) b.Animal com 6 patas (tens um insecto)

Vai para a chave dos aracnídeos Vai para a chave dos insectos

2.a. O insecto tem asas b.O insecto não tem asas

Vai para a chave dos insectos alados Vai para a chave dos insectos sem asas

Chave dos insectos alados 1.a. b.

Um par de asas …………………………………………………………………………. Segue para o número 2 Dois pares de asas …………………………………………………………………….. Segue para o número 3 ORDEM DIPTERA (moscas)

2.a.

Asas de pequenas dimensões, arredondadas. Ponta do abdómen sem prolongamentos. ……………………………

ORDEM EPHEMEROPTERA (efémeras)

b.

Asas alongadas. Existem prolongamentos na ponta do abdómen……………………..

3 a.

Asas anteriores e posteriores com textura semelhante ………….

Segue para o número 4

Asas anteriores funcionam como cobertura para as asas posteriores

Segue para o número 14

b.

ORDEM LEPIDOPTERA (borboletas e traças)

4 a.

Asas cobertas de pó, peças bucais com uma estrutura longa e enrolada (probóscis), que serve para sugar.

b.

Asas simples, peças bucais sem ser em forma de probóscis …… Segue para o número 5

5 a.

Asas em forma de “telhado” (partem do centro do abdómen em Segue para o número 6 direcção aos lados com um ligeiro declive)

b.

Asas com disposição direita, sem ser em declive ……………………… Segue para o número 9

ORDEM TRICHOPTERA (moscas de água) 6. a.

b.

Asas cobertas por pêlos ………………………………………………

Asas sem pêlos ……………………………………………………………..

Segue para o número 7 ORDEM HOMOPTERA (cigarras, pulgões)

7. a.

b.

Armadura bucal sugadora, em forma de um bico rígido. O corpo pode terminar em forma afilada. Frequentemente apresentam antenas curtas em forma de cerdas. Insectos saltadores.

Armadura bucal sem forma de bico. Antenas longas. …… Segue para o número 8 ORDEM NEUROPTERA (asas rendilhadas)

8 a.

Asas com muitos veios transversais. ……………………………

ORDEM PSOCOPTERA

b.

Asas com poucos veios transversais. ………………………….

9 a.

Asas anteriores e posteriores semelhantes em forma e tamanho.

Segue para o número 10

Asas anteriores e posteriores diferentes em forma e tamanho

Segue para o número 12

b.

ORDEM ODONATA (libelinhas)

10a.

b.

Antenas sempre curtas e cerdosas. …………………………..

Antenas longas. ……………………………………………………………… Segue para o número 11

ORDEM ISOPTERA (térmites) Asas planas sobre o abdómen quando em repouso. 11 a. O último segmento abdominal não dilatada. Normalmente encontram-se em colónias. ORDEM MECOPTERA Asas com disposição não plana sobre o abdómen. Os b. machos apresentam a parte terminal do abdómen alargada, como a cauda de um escorpião.

12.a. Corpo muito mole, sem uma “cintura” estreita. ……………… Segue para o número 13 ORDEM HYMENOPTERA (vespas e abelhas) b. Corpo com uma “cintura” estreita. ………………………………..

ORDEM PLECOPTERA

13 a.

Asas posteriores mais largas que as anteriores, dobradas por baixo como um leque.

ORDEM EPHEMEROPTERA

b.

Asas posteriores menores que as anteriores, não dobradas em forma de leque. ………………………………………

ORDEM HETEROPTERA

Peças bucais sugadoras em forma de um bico rígido. As asas em repouso sobrepõem-se e têm as extremidades 14 a. transparentes, formando um triângulo quando sobrepostas.

b.

Peças bucais adaptadas para mastigação. Asas anteriores Segue para o número 15 sem pontas transparentes.

ORDEM COLEOPTERA

15 a.

Asas anteriores rígidas, que se encontram em linha recta sobre o abdómen.

b. Asas de forma diferente. ……………………………………………….

16 a. Cabeça visível de cima. …………………………………………………

Segue para o número 16. Segue para o número 17. ORDEM BLATTARIA (baratas)

b. Cabeça oculta. ………………………………………………………………

ORDEM MANTODEA (louva-a-Deus)

13 a.

Patas anteriores fortes, com espinhos. Pernas longas e delgadas. ……………………………………………….

ORDEM ORTHOPTERA (grilos e gafanhotos)

b.

Patas anteriores sem espinhos. Femora das patas posteriores alargadas para saltar. …..

Chave para identificação de insectos sem asas (visíveis) ORDEM PHASMIDA

1 a.

b.

Corpo semelhante a um pauzinho, movem-se muito lentamente.

Corpo que não parece um pauzinho. ………………………………………………

Segue para o número 2

2 a. b.

3 a.

Corpo muito mole. …………………………………………………………………………….

Segue para o número 3

Corpo um pouco mais rígido. ……………………………………………………………. Segue para o número 8

Peças bucais ocultas. Frequentemente apresentam uma estrutura (chamada fúrcula) na parte inferior do abdómen usada para saltar.

ORDEM COLEMBOLA

b.

Peças bucais externas. Sem fúrcula…………………………………………………… Segue para o número 4

4 a.

Projecções visíveis na ponta do abdómen………………………………………… Segue para o número 5

b.

Sem projecções visíveis na ponta do abdómen. ………………………………. Segue para o número 6

ORDEM THYSANURA 5 a.

Corpo longo e achatado, com duas ou 3 projecções salientes na ponta do abdómen.

ORDEM HOMOPTERA

b.

Corpo em forma de uma pequena pêra. Na ponta do abdómen apresentam duas pequenas projecções. Alguns indivíduos têm asas desenvolvidas.

ORDEM ISOPTERA 6 a.

b.

Encontrados normalmente em colónias com muitos indivíduos. Alguns apresentam a cabeça com mandíbulas muito desenvolvida, outros apresentam peças bucais semelhantes a um tubo.

Pequenos insectos encontrados em grupos grandes de indivíduos, mas com peças bucais diferentes.

Segue para o número 7

ORDEM PSOCOPTERA

7 a.

Peças bucais adaptadas para a mastigação. Antenas relativamente longas. Quando os indivíduos têm asas, estas nunca apresentam pêlos.

ORDEM THYSANOPTERA

b.

Peças bucais adaptadas para sugar. Antenas relativamente curtas. Os adultos podem ter asas com estruturas semelhantes a franjas.

ORDEM HYMENOPTERA 8 a.

Corpo com uma “cintura” estreita, e as antenas normalmente estão dobradas a meio. (Formigas e vespas sem asas)

b.

Não apresenta as características referidas. ……………………………………… Segue para o número 9

ORDEM SIPHONAPTERA 9 a.

Pequenos animais parasitas saltadores, encontrados em mamíferos e que sugam sangue. (pulgas)

b.

Animais não parasitas, com peças bucais mastigadoras. ………………… Segue para o número 10

ORDEM DERMAPTERA

10 a. Corpo com pinças proeminentes na extremidade. ……………………………

ORDEM COLEOPTERA

b.

Corpo sem pinças na extremidade. ……………………………………………………

(escaravelhos, besouros)


Chave dicotómica para identificação de insectos