Issuu on Google+

ETEC Cel. Fernando Febeliano da Costa CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

Satisfação no Trabalho

Rafael Koshima Mayara Femenias Marina Fernandes

PIRACICABA-SP 30/03/2010

Sumário Sumário.................................................................................................................2 A motivação no Trabalho......................................................................................4 O que é satisfação no trabalho?.......................................................................5 Como a Insatisfação no trabalho pode prejudicar a empresa?........................6 Como a satisfação no trabalho pode ajudar a empresa?.................................8 Os fatores da satisfação no trabalho ...................................................................9 O que fazer para manter seus funcionários Satisfeitos?....................................10 Conclusão...........................................................................................................12

Introdução Nesse trabalho será abordado o assunto “satisfação no trabalho”, no trabalho iremos identificar o que é “satisfação no trabalho” e também mostrar quais as vantagens e desvantagens ela tem em uma empresa. Para que o assunto seja mais claro iremos utilizar exemplos de jornais e revistas expostos nas mídias nos últimos tempos. Todas as informações foram retiradas de fontes extremamente seguras para que as informações do texto não sejam distorcidas. Com a mudança do mercado mundial as empresas estão sendo obrigadas a utilizar novas ferramentas para que elas melhorem seus lucros e diminuam seus gastos, a grande ferramenta usada hoje para maximizar os lucros além da tecnologia é o endomarketing que será exposto no trabalho como item importante para mostrar como as empresas podem chegar até a satisfação dos seus funcionários. Por escolha do grupo escolhemos expor nosso trabalho em forma de apresentação em slides criados para facilitar o atendimento da classe sobre o assunto.

A motivação no Trabalho Para ter uma base teórica irei citar alguns autores que definem o que é a motivação: Segundo Bergamini (1990), a motivação se origina das carências internas que predispõem o indivíduo a um comportamento de busca, que tem como finalidade satisfazê-la. Berelson e Steiner (1964 apud L OPES, 1980, p.3): "Um motivo é um estado interno que dá energia, torna ativo ou move (daí motivação) e que dirige ou canaliza o comportamento em direção a objetivos". Robins (2002) define motivação como o processo responsável pela intensidade, direção e persistência dos esforços de uma pessoa para o alcance de uma determinada meta. Silva e Rodrigues (2007) afirma que o estudo da motivação e do comportamento é uma busca de respostas para perguntas complexas a respeito da natureza humana Para deixar um pouco mais claro podemos dizer que motivação em uma empresa é aquilo que nos faz continuar, um exemplo é uma promoção, aumento de salário, melhoramento do currículo e até mesmo melhoramento pessoal.

Satisfação no trabalho O que é satisfação no trabalho? Satisfação no trabalho é como estamos nos sentindo em relação ao nosso trabalho, hoje em dia estamos em uma sociedade aonde o lucro é visto como maior importância em uma empresa. Mas o que muitas empresas acham é que os empregados são apenas uma peça sem importância no conjunto de sua empresa, mas que na verdade é a base fundamental para o rendimento financeiro e mecânico de sua empresa. Para (Martinez, 2003) as conceituações mais frequentes referemse à satisfação no trabalho como sinônimo de motivação, mas outros conceitos podem ser usados na satisfação do trabalho como, por exemplo, saúde, físico e psicológico. No artigo de (Cura, 1999) a autora diz que enfermeiras mais jovens e com pouca experiência sofrem com alto nível de stress e tem maior nível de insatisfação. Vários teóricos explicaram o que é a “satisfação do trabalho” e não é muito difícil de entender, quando você acorda todos os dias para trabalhar e não reclama do seu trabalho, parabéns, você tem grande chance de estar satisfeito com sua empresa.

Como a Insatisfação no trabalho pode prejudicar a empresa? Há controvérsia sobre as associações entre satisfação no trabalho e produtividade e sobre se a insatisfação leva à queda de produtividade ou viceversa, ou ainda se existem elementos que podem afetar tanto a satisfação como a produtividade (Henne & Locke, 1985; Locke, 1976).

Baixa

produtividade e qualidade insatisfatória do trabalho são respostas possíveis à insatisfação no trabalho, mas que certamente não ocorrem em todos os empregados insatisfeitos. A insatisfação também pode ter efeitos sobre a produtividade por meio de ausentismo1, rotatividade, greves (Locke, 1984). A maioria das empresas trabalha com o modelo de produção em massa, o fordismo2, nesse modo de produção onde cada funcionário tem apenas uma função acaba não tendo problema quanto à quantidade de produto. Mas será que o que importa é apenas a quantidade? Não! Um dos maiores problemas quanto à insatisfação do funcionário é a qualidade do produto. Algum tempo atrás houve algumas notícias sobre recall 3 de algumas empresas, como no caso da Toyota que foi noticiada em várias mídias. Não podemos dizer que foi a Insatisfação dos funcionários, mas caso esse erro fosse motivado por insatisfação do trabalho seria um grande prejuízo para a imagem da empresa e principalmente financeiramente. Outro prejuízo quando se trata de insatisfação do funcionário é a imagem da empresa, nenhuma empresa irá conseguir passar a imagem de uma empresa responsável quando os próprios funcionários têm uma má imagem da empresa. Um exemplo que pode ser citado é a telefônica, no ano de 2010 ela foi campeã pelo 4° ano seguido de reclamações, e para reafirmar essa posição ela não está na lista das “melhores empresas para se trabalhar”.

1

O termo ausentismo ou absentismo é usado para designar as ausências dos trabalhadores no processo de trabalho, seja por falta ou atraso, devido a algum motivo interveniente. 2

Fordismo é um modelo de Produção em massa que revolucionou a indústria automobilística a partir de janeiro de 1914, quando introduziu a primeira linha de montagem automatizada..

3

Um recall (do inglês "chamar de volta", "chamamento") ou recolha de produto é uma solicitação de devolução de um lote ou de uma linha inteira de produtos feita pelo fabricante do mesmo.

Enfim podemos dizer que a insatisfação dos funcionários pode atrapalhar a empresa de várias formas e por isso hoje o “endomarketing4” está sendo muito importante para auxiliar o marketing externo.

4

“ações de Marketing para o público interno - FUNCIONÁRIOS - das empresas e organizações” (Bekin, 1995: XVII)

Como a satisfação no trabalho pode ajudar a empresa? Para (Henne & Locke, 1985; Locke, 1976) ha contradição quando fala sobre produtividade x insatisfação, mas será que o prejuízo só conta quando a perda de produtividade? Sobre produtividade, em lojas e empresas que trabalham diretamente como o público pode-se notar que o atendimento é fundamental para uma venda ou aquisição de novos clientes, para um bom atendimento além de uma boa conversa e outros atributos que um vendedor tem para vender o mais importante é “satisfação no trabalho”. Como uma pessoa irá vender um produto ou um serviço quando ela não está satisfeita com a empresa? Claro que isso influi na hora da venda. Preste atenção na hora da compra verifique como é mais fácil escolher um produto quando o vendedor é bom e teoricamente satisfeito com o trabalho. Outra vantagem de um trabalhador satisfeito é a imagem que a empresa terá quando os próprios funcionários disserem que gostam de ir trabalhar, que a empresa oferece suporte e que estão satisfeito com o trabalho. Um exemplo, no ano de 2009 a empresa CATERPILLAR 5 foi premiada como a melhor a empresa para se trabalhar no Brasil, e para reafirmar essa premiação a empresa não entrou na lista das “empresas com mais reclamações”, e não por coincidência a empresa é líder no seguimento de maquinas.

5 A Caterpillar Inc. possui mais de 80 anos de história. Com vendas e receitas de US$ 36,34 bilhões em 2005, a Caterpillar é líder no fornecimento mundial de equipamentos de construção e mineração.

5

Os fatores da satisfação no trabalho Os fatores para a satisfação no trabalho não é apenas um ou dois, mas sim um conjunto de ações que fazem com que os funcionários se sintam cada vez mais satisfeitos com o seu trabalho, segundo explica Dailey, cada faceta representa uma predisposição que o indivíduo tem para responder às pessoas, objetos ou instituições de uma forma positiva ou negativa. Essas facetas da satisfação no trabalho seriam atitudes focadas em:

􀂃Satisfação com o próprio trabalho. 􀂃Satisfação com a remuneração. 􀂃Satisfação com os colegas de trabalho. 􀂃Satisfação com o supervisor. 􀂃Satisfação com as promoções.

Olhando essa lista parece simples fazer com que os funcionário sejam totalmente satisfeito com seus trabalhos, mas cada função desta acaba tendo muita importância e no fim da história acaba prejudicando a cadeia por inteira. Dailey (1995), supondo que todas as tarefas menos uma delas sejam completadas isso pode fazer com que o funcionário seja que parcialmente satisfeito.

O que fazer para manter seus funcionários Satisfeitos? As empresas podem adotar políticas que melhorem o ambiente de trabalho e propicie maior bem- estar a seus funcionários. “Condições saudáveis de trabalho incluem a justiça, a solidariedade, a perspectiva da participação, o tratamento ético, o reconhecimento e a valorização de pessoas. O aprendizado e a qualidade de vida estão sendo mais valorizados dentro das empresas e, principalmente, pelos profissionais. “Estamos falando em satisfação no trabalho. Alguns fatores contribuem para isso, como o desenvolvimento profissional, mas não se trata apenas de um salário melhor ou uma promoção. Trata-se de evoluir do ponto de vista de aprendizado dentro de uma empresa. A qualidade de vida também tem um papel relevante. Muitas vezes as pessoas se dedicam crescer profissionalmente, mas há um custo muito alto, que é o pouco contato com a família, não ver o filho crescer, não ter momentos de lazer. E isso esta começando a pesar muito na hora de avaliar a satisfação dos profissionais. “Um trabalho desafiador, com oportunidade de desenvolvimento, um bom clima organizacional, com processos transparentes são formas de estimular a felicidade no trabalho”. É preciso que as pessoas tenham vontade de aprender e ensinar e que gostem de se relacionar. Na Natura estimulamos o relacionamento entre as pessoas de diversas formas. Acreditamos que a vida é um “encadeamento de relações”.

Ferramentas: Endomarketing O grande desafio do Endomarketing é proporcionar aos empregados uma condição de aplicação de valores como: transparência, empatia, afetividade, comprometimento e cooperação, transformando esses valores em crescimento e desenvolvimento dos empregados, e conseqüentemente, em ganhos de produtividade. Avaliando grandes empresas que implantaram o processo de Endomarketing (mesmo implantando parte do processo), observamos que os ganhos de produtividade foram enormes. Basta verificar no “Guia das melhores empresas do Brasil para você trabalhar”, da Revista Exame. Comparando os dados atuais das empresas com

os dados de anos anteriores, podemos identificar grandes mudanças, mas, se verificarmos com mais profundidade e acompanharmos as empresas, notaremos o quê realmente mudou. A comunicação ficou mais clara, os empregados têm mais liberdade para expor suas idéias, os níveis hierárquicos foram simplificados e os empregados chegam a seus gerentes com mais facilidade. A horizontalização chegou, e com isso, os empregados sentem-se mais seguros para tomar atitudes, pois conhecem muito mais a empresa que trabalham, a missão, visão, enfim, estão mais preparados para fazer a empresa crescer e a empresa também está preparada para permitir o crescimento e desenvolvimento de seus empregados, agora chamados com orgulho, de colaboradores.

Conclusão Depois das pesquisas feitas para entender o que é “satisfação no trabalho” ficou muito mais simples entender muitos processos que as empresas fazem para agradar os funcionários. Podemos notar nessa pesquisa que as empresas estão cada vez mais investindo nos seus próprios funcionários e assim melhorando cada vez mais o relacionamento a empresa, uma forma usada por muitas empresas para melhorar o relacionamento foi o endomarketing que cada vez mais é utilizada pelas empresas.

Bibliografia

MARTINEZ, Maria Carmen e PARAGUAY, Ana Isabel Bruzzi Bezerra. Satisfação e saúde no trabalho: aspectos conceituais e metodológicos. Cad. psicol. soc. trab. [online]. 2003, vol. 6, pp. 59-78. ISSN 1516-3717. DEL CURA, Maria Leonor Araújo e RODRIGUES, Antonia Regina Furegato. Satisfação profissional do enfermeiro. Rev. Latino-Am. Enfermagem [online]. 1999, vol.7, n.4, pp. 21-28. ISSN 0104-1169. doi: 10.1590/S0104-11691999000400004. Henne, D. & Locke, E. A. (1985). Job dissatisfaction: what are the consequences? International Journal of Psychology, 20, 221-240. Locke, E. A. & Whiting, R. L. (1984). Sources of satisfaction and dissatisfaction among solid waste management employees. Journal of Applied Psychology, 59 (2), 145-156 Wikipédia. Fordismo: Disponível na lnternet no endereço http://pt.wikipedia.org/wiki/Fordismo Folha On-line. Caderno Dinheiro: Disponível na lnternet no endereço http://www1.folha.uol.com.br/folha/dinheiro/ult91u691394.shtml Procon. Notícias: Disponível na lnternet no endereço http://www.procon.sp.gov.br/noticia.asp? id=1454 BERGAMINI, C. W. Motivação nas organizações. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1997. ROBBINS, S. P. Comportamento Organizacional. Rio de Janeiro: LTC, 2001. SILVA, W. R. da; RODRIGUES, C. M. C. Motivação nas organizações. São Paulo: Atlas, 2007. MATOS, Maurício César Souza. A satisfação no trabalho do servidor do poder judiciário. Brasilia: UNB, 2009. (Monografia de conclusão de curso de economia) DIAS, José Geraldo Gaurink. Utilização do Endomarketing como recurso estratégico para melhoria da produtividade: Disponível na lnternet no endereço http://www. Endomarketing.com


Satisfação no Trabalho