Issuu on Google+

DIRECTOR Joaquim Duarte

SEMANÁRIO 16 de Outubro de 2009 | Ano X XIII | N. 1250 | €0,80 243 309 600 Telefone 243 333 766 Fax · CNE - Quinta das Cegonhas - Apartado 355 - 2000 -471

Educação

O ranking das escolas no distrito página 6

Santarém Concurso do petisco é novidade na Gastronomia página 8

Abrantes IC9 vai ter nova ponte sobre o Tejo página 19

Negócios Falências aumentaram 36% no distrito página 28

Politécnico Estudantes já têm provedor página 33

O RIBATEJO DÁ BILHETES

243 333 766

(IVA 5% incluído)

Santarém

info@oribatejo.pt · w w w.oribatejo.pt

O que mudou com as autárquicas O números Os ú e o comentário tá i aos resultados das eleições autárquicas nos 21 concelhos e nas 193 freguesias do distrito | páginas 21 a 27

2

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

praçapública Política à parte

sopa da pedra

Na noite de festa que o PCP viveu em Alpiarça, com uma mega-caravana de carros e buzinadelas pelas ruas da vila, só um militante do CDS-PP se atreveu a sair à rua para fazer a contra-festa. Com o carro enfeitado com estas bandeiras azuis a brancas (como as da CDU, mas apenas na cor), enfrentou militantes e apoiantes do PCP. Tudo na boa, eram alpiarcenses conhecidos e amigos os que por ali passaram. Embora nisto das eleições e de festa seja muito como nos negócios: “Amigos, amigos, política à parte”.

Prioridades Moita Flores chegou com algum atraso à sua sede de campanha e pediu desde logo desculpas aos muitos jornalistas e repórteres de imagem que desesperavam pela sua presença. Mas, ao ver Rosalina Melro dentro da sala da conferência de imprensa, não resistiu a interromper o discurso para um sentido abraço.

A prova dos nove No centro de trabalho da PCP em Alpiarça contaram-se votos até ao fim. Todos reunidos e de olhos no ecrã gigante ali instalado, com uma folha de Excel a mostrar os resultados apurados. E cada fecho de uma mesa de voto favorável à CDU era motivo para explosão de alegria. Mas também haviam militantes menos confiantes nestas coisas das novas tecnologias que preferiram recorrer à caneta e papel para ir anotando e fazendo a conta aos votos. E dizem que quase ao mesmo tempo que os modernos processadores de computador.

Falta de oxigénio

Ribeira mais efusiva Apesar das projecções que, logo às 20 horas de Domingo, davam folgadíssima vitória a Moita Flores, estava calmo o ambiente no Largo do Seminário até à chegada da comitiva da Ribeira de Santarém. Liderada pelo ex-comunista Fernando Rodrigues – agora independente apoiado pelo PSD –, a comitiva popular da Ribeira fez tanta barulheira que toda a gente pensou: “vem lá o Moita”. Afinal, era o “Salamanca”, alcunha do reeleito presidente da Junta, que não deixou de ser levantado ao ar pela população.

No rescaldo eleitoral de domingo, a presidente do PSD Manuela Ferreira Leite omitiu Santarém na lista das câmaras em que o PSD saiu vitorioso. Francisco Moita Flores disse ter ficado “magoado com este esquecimento deliberado” e vaticinou que “as direcções passam e os partidos ficam”. Também a Concelhia do PSD de Santarém “lamentou que, após tão retumbante vitória em Santarém, Manuela Ferreira leite não tenha feito qualquer referência, ou felicitado o presidente eleito, Francisco Moita Flores, o que só pode ser explicado, ou por esquecimento, ou por manifesta falta de oxigénio democrático e político”. É o PSD no seu melhor, uns a abafar e outros a oxigenar não se sabe bem o quê.

Lapardanas “Este ano não vamos ter lapardanas no Festival Nacional de Gastronomia”, disse o presidente da Câmara Municipal de Santarém. “Vamos ter cachupa rica, peito de codorniz recheado, chicharada popular, charém, e, para os mais conservadores, açorda

alentejana, cabrito no forno, ensopado de borrego, feijoada de lebre… Tudo menos lapardanas, garantiu Francisco Moita Flores. Não resistimos à curiosidade e fomos ao dicionário ver o que significa lapardana: “indivíduo bronco, estúpido, bruto, etc.”.

crónica de maldizer

Milhões sobre milhões sobre milhares Com o passar do tempo fomo-nos conformando com notícias destas e já não reagimos. Mas não podemos continuar calados. Vi no jornal que os quatro administradores executivos da PT (Portugal Telecom) tiveram um prémio anual de 2,2 milhões de euros (480 mil contos dos antigos), a que somaram um prémio plurianual de

3,8 milhões de euros (760 mil contos dos antigos), que repartiram com Henrique Granadeiro, tendo sido de quase quatro milhões de contos a remuneração variável da administração da PT, entre 2006 e 2008. Esses milhões acrescem aos milhares de contos que os administradores sacam todos os meses. O que se passa na PT repete-

se noutras empresas e há um Vai-vém melhor do que os da Nasa que ritmadamente faz transitar políticos entre os lugares políticos e a administração de várias empresas públicas ou semi-públicas ou privadas interessadas nas obras públicas e noutras cousas públicas. A coisa tem sido tão escandalosa, tão obscena mesmo,

que dá para pensar que o nosso tremendo endividamento externo só tem uma causa: os nossos políticos papam ou consentem que uns tantos papem os nossos impostos; por isso, para manter o aparelho administrativo e fazer umas obras só há uma solução: pedir emprestado. Admito que possa estar a exagerar, mas os nossos caros

Eurico H. Consciência

governantes têm uma maneira lesta de travar exageros destes: acabem com essas porcarias de sacarem num ano o que a maioria dos portugueses não ganham numa vida inteira de trabalho. Acabem com essa merda, porra! E já.

OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 3

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Cartoon de António Maia

eles dizem r [Essa atitude] só pode ser explicada, ou por esquecimento, ou por manifesta falta de ‘oxigénio democrático e político”

Concelhia de Santarém do PSD Em comunicado sobre a não referência à vitória do PSD em Santarém no discurso de Manuela Ferreira Leite

a pergunta da semana

r

O que deve ser feito em Santarém nos próximos quatro anos? O presidente Moita Flores tem feito um bom trabalho em Santarém, agora não pode esquecer as freguesias. Deve apoia-las ao nível do saneamento básico, da saúde e nunca esquecer o apoio aos idosos e às crianças, que são os dois grupos mais desfavorecidos neste momento.

Luís Silva Reformado

Nestes próximos quatro anos, deve-se esquecer os espaços de lazer e começar a pensar no saneamento básico na cidade, nas limpezas das ruas que, neste momento é muito pouca mas urgente. Neste sentido, há que repensar a questão dos pombos que são um atentado à saúde pública. Também a ocupação dos jovens deve ser uma preocupação, assim como o emprego que é cada vez mais escasso. Luís Santos Reformado

Primeiro que tudo, há que acabar o que se começou, ou seja, terminar as obras que tanto caos provocam. Depois deve olhar-se para o centro da cidade, a zona antiga que está cada vez mais degradada e ao abandono. Essa zona sim, precisa de obras.

Alice Roque Massagista

F editorial

Razões e casos da mudança

Vasco Graça Moura Diário de Notícias

Há muito a fazer nestes próximos anos. Têm que melhorar a qualidade de vida nas freguesias de Santarém. Moita Flores tem que saber gerir o dinheiro público e não endividar a Câmara Municipal. A nível social e humano também há que fazer...há que melhorar as condições e o apoio aos idosos, apoiar as familias com baixos rendimentos e que tanta dificuldade passam, há que criar emFernando Rita prego para os jovens. Há muito a fazer. Reformado e membro da UGT

Moita Flores meteu Santarém quase inteirinha no bolso. Silvino Sequeira estatelou-se ao comprido em Rio Maior. Paulo Fonseca conseguiu uma viragem histórica na terra dos pastorinhos. Sónia Sanfona devolveu de mão beijada o emblema comunista que voltou a ser Alpiarça. Fernanda Asseiceiro desalojou os independentes de Alcanena que espigaram durante oito anos de uma cisão socialista. José Veiga Maltez conseguiu a proeza de aplanar a Golegã e ficar à frente do único executivo autárquico monocolor no país. Já em Tomar a governação está tão difícil para Corvêlo de Sousa como o país para José Sócrates, só mesmo à custa de muito diálogo. O mapa autárquico do distrito voltou assim a sofrer alterações de monta, embora mantendo-se maioritariamente rosa no conjunto dos

21 municípios. Se os políticos locais e os directórios partidários souberem ler o sucedido, perceberão que os eleitores já deixaram de ser aquela massa clubística cega, aquela simpática e moldável carneirada de outrora. Ao longo de sucessivos actos eleitorais fomos todos aprendendo a saber avaliar melhor as ofertas políticas, como também a exigir mais dos nossos políticos e, do mesmo modo, a premiar ou a penalizar com mais facilidade na hora do voto. Até aqueles políticos experientes e com obra reconhecida, como Silvino Sequeira, que colocou Rio Maior no mapa nacional do desporto, terá percebido agora que um município não é um couto privado para onde se entra e sai e volta a entrar a belo prazer. Os eleitores não gostam e só por esse motivo, ou em grande parte por essa razão

O resultado das legislativas não se limita a traduzir a profunda estupidez com que o eleitorado nacional se comportou. Levará o país aceleradamente na pior das sendas.

deram a vitória à principiante Isaura Morais, o rosto feminino da coligação PSD/CDS. Já a Norte, foi o PSD de Ourém que, no entra e sai de Catarino para Frazão, abriu a janela de oportunidade a Paulo Fonseca, a quem se reconhece grande persistência e profissionalismo político. Tal como as trapalhadas do PS de Alpiarça que se permitiu alimentar protagonismos e vaidades pessoais ajudou e muito o PCP a reconquistar o seu bastião. Sónia Sanfona tem agora uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma, ao perder simultaneamente o lugar que teve no parlamento e a ilusão de ter a Câmara. Ao contrário, a sua colega Fernanda Asseiceiro garimpou com êxito em Alcanena. O caso do estrondoso sucesso, mais do que justificado, de Moita Flores em Santarém e do seu amigo

r As autarquias

estão para os arguidos como aquelas lâmpadas roxas dos restaurantes estão para as moscas” Ricardo Araújo Pereira Visão

José Maltez na Golegã explica-se pela obra e pela personalidade dos protagonistas. Uma mundividência esclarecida e visionária que soube mobilizar vontades e ultrapassar a fronteira dos seus municípios. O efeito Luísa Mesquita destroçou o PCP que perdeu o seu vereador em Santarém, como o PS se perdeu na penosa oposição que foi na Câmara e na lista mal colada com que enfrentou Moita Flores. Mas isso já é história. Vale acrescentar que, daqui a quatro anos, mais de metade dos actuais presidentes não vai poder voltar a candidatar-se, por força da lei de limitação de mandatos. São doze Câmaras, mais uma, porque Moita Flores diz já que não se voltará a candidatar. É pois este o tempo para percebermos também onde estão e quem são os potenciais delfins. Joaquim Duarte

4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Director Joaquim Duarte joaquim.duarte@oribatejo.pt CP. n.º 867

Redacção - 243 309 601 João Baptista (chefe) joao.baptista@oribatejo.pt - CP. n.º 1157 João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt - CP. n.º 6911 Bruno Oliveira bruno.oliveira@oribatejo.pt - CP. nº 8754 Jorge Guedes - CP. nº 2798 Maria João Ricardo - CP. nº 6383 (Abrantes) Vânia Clemente (Estagiária) Colunistas Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Daniel Abrunheiro; Eurico Heitor Consciência, José Niza, Luís Eugénio Ferreira, António Maia (Cartoon)

Colaboradores António Branquinho Pequeno, António Brotas, Alexandre Manuel, André Lopes (desporto), Adolfo Luís (fotografia futebol), Carlos Alberto Cruz, Hélder Duque (fotografia futebol), Jerónimo Belo Jorge (Abrantes), Joaquim Dâmaso (fotografia), João Grego Esteves, José A. Costa (fotografia futebol), Júlio Freches, Nuno Abreu (fotografia futebol), Nuno Matos (fotografia futebol), Renato Campos, Rogério Rodrigues, Rosalina Melro, Vítor Gomes (fotografia futebol)

Departamento Gráfico Vítor Arsénio (chefe), António Vieira

Projecto Gráfico

defrank - Comunicação Editorial defrank@interacesso.pt

Departamento Comercial - 243 309 602 Rita Duarte (directora comercial) 962 108 761 rita.duarte@oribatejo.pt Luís Silva - 962 108 756 Ana Marecos - 962 108 762 Sandra Amendoeira - 961 736 350

foto denúncia A “epopeia do alcatrão”, que em vésperas de eleições autárquicas invadiu Rio Maior, também “bafejou” a família Morais, na Rua do Mercado. Não é que a recém-eleita presidente da Câmara, Isaura Morais, tenha tido mais votos que Silvino Sequeira por causa do alcatrão, mas, a seguir à tomada de posse, vai ter que optar: alcatrão “à balda” ou calçada à portuguesa em Rio Maior?

Secretariado - 243 309 600 Ana Sousa - 962 108 760

Sede: Centro Nacional de Exposições Quinta das Cegonhas Apartado 355 2000-471 Santarém Geral: 243 309 600

Publicidade

Penso logo insisto

Ilações autárquicas

243 309 602 Fax: 243 333 766

E-mail info@oribatejo.pt

Internet www.oribatejo.pt

Serviços assinaturas 243 309 600

Paginação e montagem Jortejo, Lda. - Santarém telef.: 243 309 605

Impressão Imprejornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

José Niza

Distribuição Vasp

Assinaturas (52 Números) Portugal: 25 € Europa: 50 € Resto do Mundo: 75 € Preço Avulso 0.80 € (IVA incluído) Editora e proprietária: Jortejo, Lda. Apartado 355 2002 SANTARÉM Codex

GERÊNCIA Francisco Santos, Ângela Gil, Albertino Antunes

Departamento Financeiro Ângela Gil (Direcção) Catarina Branquinho, Celeste Pereira, Gabriela Alves, João Machado e Patrícia Santos. info@lenacomunicacao.pt

Departamento de Marketing Patrícia Duarte (Direcção), Catarina Fonseca e Catarina Silva. marketing@sojormedia.pt

Departamento Recursos Humanos Nuno Silva (Direcção) e Sónia Vieira drh@sojormedia.pt

Departamento Sist. Informação Tiago Fidalgo (Direcção) Hugo Monteiro dsi@sojormedia.pt

Gestão de Assinaturas Susana Santos (Coordenação) e Maria Lopes assinaturas@sojormedia.pt

Unidade de Projectos Lúcia Silva (Direcção) e Joana Baptista (Coordenação) assinaturas@sojormedia.pt Tiragem semanal 9.500 exemplares Depósito Legal 13 983/86 Sócios com mais de 10% de capital Sojormédia: 83% Nº Registo no ICS: 111209 (20.11.85) Nº Contribuinte: 501636110

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico envoi fermé autorisé par les PTT Portugais · Autorização - Autorisation: Nº 16 DE 001602 DCE pode abrir-se para verificação postal

É chegado o momento de uma reflexão conjunta e realista, de convocar os novos e de os apoiar com estímulo, carinho e experiência política vivida. Porque o PS tem que ter um futuro em Santarém.

Em Santarém, o PS bateu no fundo. Esperava, desde há muito, uma derrota digna e aceitável. Mas não uma humilhação desta dimensão: - entre o PSD e o PS há 43% de votos de distância! O enorme mérito de Francisco Moita Flores não explica tudo. E o PS de Santarém não é “isto”. A Comissão Política Concelhia – a começar pelo seu presidente – deveria ter-se demitido na noite das eleições. Era o mínimo que poderia fazer para sair com alguma honra, e com o respeito do partido. O futuro está agora, mais do que nunca, nas mãos de todos os militantes. Eu sou um deles. Aquele que, em 1974, foi o primeiro presidente da Assembleia de Militantes da Secção de Santarém. Não tenho ambições políticas, claro que não! Mas, da mesma forma que saí do recato da lareira para ser mandatário distrital de Manuel Alegre nas presidenciais de há quatro anos, também agora sinto que é chegada a hora de contribuir para um novo PS em Santarém. É chegado o momento de uma reflexão conjunta e realista, de convocar os novos e de os apoiar com estímulo, carinho e experiência política vivida. Porque o PS tem que ter um futuro em Santarém. E eles e elas são o futuro do PS. Voltarei a este tema na próxima semana. Moita Flores – Há muitos meses, numa cerimónia pública de apresentação de um livro, declarei que Francisco Moita Flores merecia continuar como Presidente da Câmara de Santarém. Isto é, disse uma evidência. O resultado histórico que conseguiu é a consequência natural do reconhecimento popular pela notável obra que, em apenas quatro anos, construiu – e

está a construir – em Santarém. Luisa Mesquita – Com ela era a CDUma. Agora é a CDZero. É a vida... Lisboa – Uma vitória extraordinária de António Costa e do PS. Uma maioria absoluta conquistada a uma direita toda coligada e a uma esquerda toda dividida. Uma vitória contra a assumida chantagem do PCP e contra a hostilidade pseudo-revolucionária do Bloco de Esquerda, cada vez mais parecida com o delírio do declínio do PRD. Santana Lopes – Será desta? Será que é desta vez que o homem vai perceber que está a mais na política portu-

guesa? Será que a sua definitiva saída de cena não constituiria um benefício ecológico? Ou será que, daqui a quatro anos, se vai candidatar a uma Junta de Freguesia? Vamos às contas nacionais – É só fazê-las. Numas eleições em que todos dizem que ganharam, há sempre uns que ganharam mais do que os outros, como é o caso do PS. Senão, vejamos: maior número de votos; maior número de mandatos; 131 Câmaras. O PSD diz que ganhou a maioria das Câmaras, 138. É uma meia verdade. É que, em 22 delas, o PSD concorreu em coligação com o CDS/PP e outros micro-partidos. Em metade destas Câmaras o PSD nunca

ganharia sozinho. Donde, feitas as contas, o PS sozinho ganha ao PSD sozinho. Não é assim, Paulo Portas? E onde está o teu quinhão? Alpiarça – Se isto fosse uma brincadeira, Vanda Nunes seria a primeira a rir. O duplo desastre alpiarcense poderia e deveria ter sido evitado. Para isso bastaria que a ex-presidente fosse candidata à Câmara, e Sónia Sanfona recandidata a deputada. Porque é que coisas tão simples e evidentes se transformam em desastres irreparáveis? Rio Maior – Meu caro Silvino: como é que não aprendeste com o Fernando Gomes? É que o cargo de presidente de uma Câmara não é um vai-vem espacial. Mesmo assim, o mérito do que fizeste em Rio Maior já ninguém to tira. Ourém – Água mole em pedra dura... Amigo Paulo, um abraço. Conseguiste conquistar o inexpugnável Castelo de Ourém. Em política não há impossíveis. Elege que é ladrão – Será que um autarca populista e corrupto merece mais votos do que um candidato honesto e competente? Em Oeiras e Gondomar é esta a lei que a generosa democracia eleitoral instituiu por mais quatro anos. Em Felgueiras e Marco de Canaveses reinou finalmente o bom senso. Já foi pior... Mártires da Pátria – Quando é para ganhar, todos se perfilam, todos aparecem, todos se empurram uns aos outros. Quando é para perder, é mais difícil: é preciso ter coragem, dar o corpo ao manifesto e levar porrada. Por isso, para aqueles que em Santarém deram a cara sabendo que iam para o martírio, aqui fica a minha solidariedade. A começar pelo António Carmo.

OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

há vinte anos

números

2010 A Caima mudava a sede social para Constância, para passar a pagar aqui a derrama, 80 mil contos ao tempo para os cofres do muncípio. A Hidráulica do Tejo anunciava maior fiscalização no negócio de milhões que era extracção de areias no rio. Na Azambuja, o Estado assinava com uma empresa californiana o projecto Lusolância, o maior parque de diversões Ibérico que nunca chegou a nascer.

A partir de Janeiro de 2010 está disponível em todo o mundo o novo código de barras. Além do preço, inclui data de validade, origem, produtor, fornecedor, lote, número de série e quantidade. A nova etiqueta - que apenas não abrange a carne - pode ser utilizada em alimentos frescos e de pequenas dimensões, com vatagem para o consumidor final.

estrelas

Sofia Santos Directora Pedagógica do Colégio Infante Santo

O Colégio Infante Santo, de Tremez (Santarém), volta a liderar o ranking das escolas do distrito com melhores resultados nos exames nacionais de Língua Portuguesa e Matemática. Uma distinção que confirma a qualidade de ensino desta escola e que se mede também pelo elevado envolvimento dos pais dos alunos na vida da instituição. A celebrar 10 anos de vida, parabéns à escola. (Pág. 6)

A espuma dos dias

Armando Fernandes

Um histórico rosa dizia-me compungido: até as mulheres socialistas votam nele! Acontece que as outras também. Tem mel, sim senhor, e sabe doseálo.

O coruchense José da Silva sagrou-se vice-campeão nacional de maratonas no Algarve (103 km), naquela que é a prova mais importante do calendário visto estar em jogo a atribuição do título. José da Silva terminou a 10 segundos do campeão nacional, numa corrida muito renhida. O ciclista ribatejano já tinha vencido, a 10 de Setembro, a maratona de Almeirim contra o líder da Taça de Portugal.

José Miguel Noras Presidente do PS Santarém

Um partido que já foi soberano na Câmara de Santarém, durante 32 longos anos, tem que saber tirar ilações desta esmagadora derrota autárquica. Miguel Noras, ex-autarca e actual presidente da concelhia socialista, é também o rosto deste desaire eleitoral pelo modo como construiu uma tão frágil alternativa. A retumbante vitória de Moita Flores veio por em evidência a necessidade de renovação do PS.

Comunicação

Água mole… Uma das condições impostas à agua para furar a pedra dura, é não cessar o batimento, de dia e de noite, a toda a hora e momento. Na acção política também assim sucede como exuberantemente o demonstra a vitória de Paulo Fonseca em Ourém, ao conquistar a Câmara à terceira tentativa. O vizinho do lado – Raul Castro consegue a mesma proeza em Leiria. Raros são os capazes de aguentarem duas derrotas mais ou menos copiosas sem vergarem. Nos exemplos apontados o insucesso converteuse em contínua motivação até conseguirem ganhar. Um feito. A persistência por si só não chega, mas ajuda muito, a bela e animosa Isaura – julgo que a posso tratar assim –, também nunca cedeu às argumentações infantis de, novamente, estar antecipadamente derrotada em Rio Maior. Uma excelente vitória. Teimosia será a palavra definidora do êxito comunista em Alpiarça – esperaram muitos anos – agora recuperaram a coroa simbólica da luta anti-fascista no Ribatejo. O Armindo Pinhão deve estar radiante. Em Almeirim o resultado obtido por Sousa Gomes confirma a doutrina do marketing: quem bate perde. Nestes últimos quatro anos foi ele um autêntico bombo de festa. Deu uma abada ao inimigo. Nas bandas de Coruche vespas e zângãos tentaram

José da Silva Ciclista BTT

Projecto luso no jornalismo brasileiro picar Dionísio Mendes, debalde. Conseguiu um extraordinário triunfo a proporcionar-lhe balanço, efeito e pujança para novos cometimentos. O meu amigo António José Ganhão é paradigma do pragmatismo, nunca se cansa de bater na rocha até esta se desfazer – vejam-se os indicadores económicos relativos a Benavente, eles explicam mais um êxito de Ganhão. A lei do impedimento neste caso não devia ser aplicada. O sorridente Paulo Caldas não deu hipóteses ao adversário. O público parvenu cheio de embófia, os precipitados ou primários devem estar estupefactos ante a amplitude da derrota infligida por Moita Flores aos socialistas. Há semanas, um histórico rosa dizia-me compungido: até as mulheres socialistas votam nele! E as outras. Respondi. Terá mel? Tem, sim senhor, e sabe doseá-lo. Diluída a oposição sob o vaporizador da sua argumentação, a partir de agora Moita Flores terçará argumentações nos ministérios de modo a conseguir os financiamentos indispensáveis à concretização da obra encetada ou ainda restringida a planos e projectos. O score alcançado concede-lhe tal faculdade. O espaço não estica, por esse facto outras referências serão anotadas na próxima crónica. Por Abrantes tudo como dantes, Céu Albuquerque ganha bem, sem surpresa para mim.

Carlos Chaparro

Com dinheiro, poder e ambições do lusitano Grupo Ongoing, e prováveis afagos espanhóis, nasce em São Paulo o Brasil Económico, primoirmão do lisboeta Diário Económico.

Brasil Económico, o novo jornal diário brasileiro que veio ao mundo em São Paulo, no dia 8 de Outubro, tem atrás de si um arranjo empresarial luso-espanhol do qual participam directamente os grupos lusitanos Ongoing e Media Capital, e, indirectamente, o grupo PRISA, proprietário do diário espanhol El País. Pensado e criado à imagem e semelhança do Diário Económico, jornal editado em Lisboa também pelo grupo Ongoing, o Brasil Económico assume como paradigma jornalístico o britânico Financial Times. “Seremos um jornal com foco nos negócios e no empreendedorismo, empenhado em fornecer ferramentas úteis para o processo decisório”, disse ao portal Observatório de Imprensa o jornalista Ricardo Galuppo, director do novo diário. Também conversei com Ricardo Galuppo. A mim, ele garantiu que o Brasil Económico será um jornal integrado à realidade brasileira, com formas diferenciadas de trabalhar conteúdos e formas. Circulará em edições diárias de segunda a sábado, com tiragens médias de 50 mil exemplares. De segunda a sexta, o tom jornalístico será marcado pela preponderância informativa, no recorte de fatos que possam influenciar a tomada de decisões nas esferas empresariais e políticas. Já a edição de sábado terá perfil mais analítico, abrangendo, inclusive, as principais tendências e novidades nos campos da cultura, do lazer e do consumo. Da edição

de sábado fará parte uma revista (Fora de Série), dedicada ao mercado do luxo. Ricardo Galuppo revela que a agenda jornalística do Brasil Económico estará aberta a perspectivas lusófonas. O que tem pleno sentido, pois, ao que sei, o espaço da Lusofonia é também o foco geográfico o Grupo Ongoing, parceiro português do empreendimento. Como vocês aí sabem, melhor que eu aqui, o Grupo Ongoing acaba de adquirir do Grupo PRISA (leia-se El País) 35% das acções do Grupo Media Capital, actualmente presidido pelo empresário lusobrasileiro Nuno Vasconcellos. E por ser também cidadão brasileiro, Nuno Vasconcelos assume o papel de parceiro brasileiro do empreendimento, garantindo viabilização legal ao Brasil Económico. Para os efeitos legais, na qualidade de cidadão brasileiro, o empresário Nuno Vasconcelos responde por 70% do capital do empreendimento, cabendo ao Grupo Ongoing os 30% restantes – limite imposto pela legislação brasileira à participação de capital estrangeiro em empresas de comunicação social. Para a argumentação jurídica do Brasil Económico, essa é a verdade, mesmo que, nos bem protegidos espaços dos entendimentos sigilosos, outras verdades possam existir. De qualquer forma, suporte financeiro e empresarial não faltará ao Brasil Económico. www.oxisdaquestao.com.br

6

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

abertura AS MELHORES SECUNDÁRIAS

A O Colégio Infante Santo, em Tremez (Santarém), volta a liderar o ranking das escolas com melhores notas nos exames do 9º ano

Ranking das escolas do distrito O Colégio Infante Santo, de Tremez, volta a estar na liderança do ranking de escolas do distrito com melhor média de resultados nos exames do 9º ano. A escola privada alcançou uma média de 3,6 na conjugação dos resultados dos exames às disciplinas de Português e Matemática. No ranking global das escolas básicas e secundárias, o Colégio Infante Santo surge na 71ª posição. Este colégio é também a escola do distrito com melhores resultados a Português e a segunda melhor nos resultados

mais de 100 provas. Ainda assim, no ranking distrital as três primeiras escolas têm todas mais de 100 exames realizados. Apesar de Santarém estar com duas escolas no topo da lista, são os concelhos mais a norte, sobretudo Ourém, Tomar e Torres Novas que colocam, no seu conjunto, mais escolas no top 50 das escolas com melhores resultados. Uma boa notícia é que das mais de 60 escolas básicas do distrito que realizaram exames de Matemática, só 22 é que tiveram mé-

a matemática. O Colégio Infante Santo, que comemora 10 anos de existência, está sedeado a 15km da cidade de Santarém e, mesmo não sendo propriedade estatal, é uma escola pública, dado que integra a rede pública do país proporcionado acesso gratuito ao ensino e em condições de acesso iguais à de outras escolas públicas. Num ranking nacional em que as privadas continuam a liderar ainda que as posições dessas escolas desçam quando se consideram escolas que tenham realizado

POSIÇÃO DAS ESCOLAS NO RANKING DISTRITAL

Concelho

Posição Média Número no ranking do exame de provas nacional

dia global negativa, cerca de 32,7%. Ainda assim, um número que coloca o distrito longe da média nacional onde quase 90% das escolas do ensino básico tiveram nota positiva a esta disciplina, enquanto que no distrito nos ficámos pelos 67%. A maioria das escolas baixaram a média do exame face à nota de classificação interna obtida na escola. Mas existem excepções: o Colégio Infante Santo, a Escola de Santa Iria, a Secundária de Alcanena, a Mem Ramires em Santarém e o Colégio Andrade Corvo.

POSIÇÃO DAS ESCOLAS NO RANKING DISTRITAL

Concelho

Se analisarmos só os resultados dos exames finais do ensino secundária, encontramos em primeiro no ranking o Centro de Estudos de Fátima, seguido da Escola Secundária Santa Maria do Olival, de Tomar. No último lugar desta tabela voltamos a encontrar a Escola Secundária Pedro Ferreiro em Ferreira de Zêzere que é também a última escola do distrito nos resultados dos exames do ensino básico. Ao compararmos os resultados internos das duas primeiras escolas com a nota em exame encontramos uma tendência global nacional que é a descida da média de valores. No caso da Secundária Santa Maria do Olival a descida é superior a dois valores. A descida é mais acentuada na escola Augusto César Ferreira, em Rio Maior, que passa de 13,2 para uma média de 9,7.

Posição Média Número no ranking do exame de provas nacional

1

Colégio Infante Santo

Santarém

71ª

3,6

129

30

Escola Secundária de Salvaterra

Salvaterra de Magos

519ª

3,01

155

2

Escola Dr. Ginestal Machado

Santarém

111ª

3,47

121

31

Escola de Alcanede

Santarém

545ª

3

81

3

Escola de Santa Iria

Tomar

130ª

3,4

149

32

Escola de Mem Ramires

Santarém

548ª

3

74

4

Escola Manuel de Figueiredo

Torres Novas

137ª

3,4

84

33

Escola D. João II

Santarém

611ª

2,96

145

5

Escola D. Afonso/IV Conde de Ourém

Ourém

201ª

3,27

159

34

Escola Dr. Manuel Fernandes

Abrantes

640ª

2,94

186

6

Escola Artur Gonçalves

Torres Novas

208ª

3,26

209

35

Escola Dr. Solano de Abreu

Abrantes

662ª

2,92

149

7

Escola de Minde

Alcanena

225ª

3,24

45

36

Escola José Tagarro

Cartaxo

678ª

2,91

61

8

Escola D. Manuel I -Pernes

Santarém

229ª

3,24

74

37

Escola Dr. Anastácio Gonçalves

Alcanena

684ª

2,91

70

9

183

Escola de Santa Maria do Olival

Tomar

245ª

3,22

135

38

Escola Secundária de Ourém

Ourém

688ª

2,91

10

Colégio de São Miguel

Ourém

271ª

3,2

254

39

Escola Octávio Duarte Ferreira

Abrantes

711ª

2,9

80

11

Colégio Sagrado Coração de Maria (Fátima)

Ourém

281ª

3,19

178

40

Escola Prof. J. Fernandes Pratas

Benavente

713ª

2,89

179

12

Escola Sá da Bandeira

Santarém

284ª

3,18

191

41

Escola José Relvas

Alpiarça

723ª

2,89

93

13

Escola do 3º ciclo do Entroncamento

Entroncamento

289ª

3,18

276

42

Escola Secundária da Chamusca

Chamusca

774ª

2,86

123

14

Escola do 3º ciclo de Coruche

Coruche

331ª

3,14

102

43

Escola Cónego Perdigão

Ourém

807ª

2,84

97

15

Escola Básica do Couço

Coruche

334ª

3,14

28

44

Escola Marquesa da Alorna

Almeirim

808ª

2,84

84

16

Centro de Estudos de Fátima

Ourém

341ª

3,14

248

45

Escola D. Nuno Álvares Pereira

Tomar

832ª

2,82

164

17

Escola Dr. Armando Lizardo

Coruche

346ª

3,13

138

46

Escola Febo Moniz

Almeirim

839ª

2,82

150

18

Escola Dr. Anrtónio Chora Barroso

Torres Novas

349ª

3,13

74

47

Escola Luis de Camões

Constância

841ª

2,82

63

19

Escola Drªa Maria J. Serrão Andrade

Sardoal

351ª

3,13

76

48

Escola Secundária do Cartaxo

Cartaxo

864ª

2,81

209

20

Escola Secundária de Alcanena

Alcanena

355ª

3,12

55

49

Escola D. Miguel de Almeida

Abrantes

870ª

2,8

94

21

Escola D. Maria II

Barquinha

358ª

3,12

64

50

Escola Dr. Augusto César Ferreira

Rio Maior

873ª

2,8

93

22

Escola Alexandre Herculano

Santarém

368ª

3,11

179

51

Escola Pedro Ferreiro

Ferreira do Zêzere

894ª

2,7

166

23

Colégio Andrade Corvo

Torres Novas

376ª

3,11

18

52

Escola Duarte Lopes

Benavente

952ª

2,7

198

24

Escola Dr. Ruy Andrade

Entroncamento

384ª

3,10

133

53

Escola Secundária de Mação

Mação

966ª

25

Escola Maria Lamas

Torres Novas

456ª

3,04

183

54

Escola Jacome Ratton

Tomar

1005ª

2,7

62

26

Escola Marinhas do Sal

Rio Maior

457ª

3,04

82

55

Escola de Pontével

Cartaxo

1006ª

2,7

79

27

Escola Gualdim Pais

Tomar

468ª

3,04

188

56

Escola de Porto Alto

Benavente

1041ª

2,6

44

28

Escola de Fazendas de Almeirim

Almeirim

477ª

3,03

88

57

Escola Casimiro Silva

Rio Maior

1149ª

2,58

101

29

Escola de Freixianda

Ourém

491ª

3,02

73

58

Escola Fernando Loureiro

Abrantes

1231ª

2,4

13

Fonte: Diário “i” com base em dados da Agência Lusa

8

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

santarém NOVA CÂMARA, ASSEMBLEIA E FREGUESIAS TOMAM POSSE NO DIA 29 A tomada de posse dos novos eleitos da Câmara Municipal de Santarém vai realizar-se no dia 29 de Outubro, quinta-feira, às 11 horas. Francisco Moita Flores, reeleito presidente da Câmara de Santarém, anunciou segunda-feira na sessão do executivo a realização da cerimónia de tomada de posse dos novos eleitos nas autarquias do concelho para o dia 29. A nova redistribuição de forças resultante das eleições de domingo deu a maioria absoluta ao PSD, que elege 7 dos 9 vereadores: Francisco Moita Flores, Ricardo Gonçalves, Catarina Maia, João Leite,Vítor Gaspar, Luísa Féria e António Valente. O PS sofreu uma dura derrota baixando de quatro para dois vereadores. Nos próximos quatro anos António Carmo e Ludgero Mendes vão ser os vereadores do PS na Câmara. Na segunda-feira realizou-se a última reunião do actual executivo, marcada pela despedida dos socialistas Rui Barreiro, Manuel Afonso, Joaquim Neto e Henriqueta Carolo, da ex-comunista Luísa Mesquita, e da social-democrata Vânia Neto que foi vereadora por sete meses e também se despediu das funções, pois não integrou as listas autárquicas do PSD. Nos discursos, todos formularam votos de boa sorte aos que vão iniciar novo mandato e aos que saem e saudações a Moita Flores pela vitória obtida. Francisco Moita Flores disse ter ficado magoado com a presidente do PSD Manuela Ferreira Leite por, “mais uma vez se ter esquecido deliberadamente de Santarém”, quando enumerou as vitórias do PSD.

AI ENCONTRO DE MULHERES OPERADAS AO CANCRO DA MAMA

A Joaquim Rosa do Céu, do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, na apresentação do programa do Festival

Concurso do petisco é novidade da Gastronomia Gastronomia ∑ Novos talentos da cozinha e I concurso de petiscos no Festival O I concurso do petisco e as demonstrações diárias de jovens talentos da cozinha portuguesa são as novidades da edição deste ano do Festival Nacional de Gastronomia, que decorre de 23 de Outubro a 8 de Novembro em Santarém. O presidente do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo e do Festival Nacional de Gastronomia, Joaquim Rosa do Céu, sublinhou que as sessões de cozinha ao vivo com 13 “promessas” da gastronomia portuguesa são uma das componentes da iniciativa que mais o entusiasmam. Os jovens chefes são desafiados - em sessões agendadas para as 19 horas nos claustros da Casa do Campino - a “traçar as linhas entre os sabores portugueses e as novas técnicas” da culinária.

No I concurso do petisco, os 13 restaurantes presentes nas “tasquinhas” vão disponibilizar, num espaço do balcão destinado exclusivamente para esse fim, entre dois e seis petiscos, que submetem à votação do público. Os petiscos constarão de uma iguaria, uma fatia de pão e um copo de vinho ou uma “lambreta” de cerveja (a um preço único de 3,50

euros), podendo os “provadores” aprender a confeccionar a especialidade que mais apreciaram, em demonstrações de cozinha previamente agendadas pela organização. Ao votarem no petisco mais apreciado habilitam-se a prémios entre os quais finsde-semana nos Açores, Madeira e Minho. O festival mantém o figurino das tasquinhas,

Congresso Nacional de Gastronomia está de volta

∑ O Festival volta a apostar na discussão de temas relacionados com a gastronomia, estando agendado para os dias 26 e 27 de Outubro o V Congresso Nacional de Gastronomia. A ViniPortugal e a Associação de Municípios Produtores de Vinhos marcarão forte presença, com provas diárias de vinhos.

associadas a mostras de produtos regionais, artesanato, doçaria e vinho (no rés-do-chão da Casa do Campino), e dos grandes almoços regionais, servidos por restaurantes de cada uma das regiões gastronómicas do país seleccionados pelas entidades regionais de turismo, no Salão Nobre, situado no primeiro piso. Na apresentação do certame, Rosa do Céu disse que o Festival conta com mais de 50 mil entradas pagas, o que permite à associação que promove o Festival - constituída pelo Turismo de Lisboa e Vale do Tejo e a Câmara de Santarém – suportar os cerca de 500.000 euros de despesas. Em 2008, foram investidos cerca de 110 mil euros na qualificação das “tasquinhas”.

O I Encontro de Mulheres Operadas por Cancro da Mama vai realizar-se no dia 24 de Outubro, pelas 15 horas, na Casa do Brasil, em Santarém. O Encontro é organizado pelo Serviço de Ginecologia – departamento da Mulher e da Criança do Hospital de Santarém, com o apoio da Câmara Municipal e da Roche. Desde 2008, que o Serviço de Ginecologia do Hospital de Santarém realiza, com carácter regular, sessões de apoio às mulheres operadas por cancro da mama, com a colaboração da psicóloga Elsa Martins. Trata-se do projecto “Continuar a Viver” que inclui sessões durante o internamento e após a alta, sempre que a utente e/ou os familiares assim o desejarem. A enfermeira chefe do serviço Isabel Batalha disse que “esta experiência altamente gratificante sensibilizou-nos para as necessidades que estas mulheres e famílias têm”. Sendo Outubro o mês Internacional da Saúde mamária, conhecido como “Outubro Rosa”, o Serviço de Ginecologia decidiu realizar este I Encontro. “Pretende-se que, para além do convívio, os testemunhos de outras mulheres operadas seja um dos momentos importantes, para partilhar as estratégias e apoios que tiveram para ultrapassar os momentos difíceis que esta doença implica”, disse Isabel Batalha. O encontro contará com as participações da directora do Departamento da mulher e da Criança do Hospital, Dr.ª Graça Marona, da directora do Serviço de Ginecologia, Dr.ª Teresa Pinto Correia, do Serviço de Senologia, Dr. José Teixeira, de um representante da administração do Hospital e do presidente da Câmara de Santarém.

SANTARÉM 9

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Chefe Luís Suspiro apresenta “Uma cozinha com raízes” O chefe ribatejano Luís Suspiro, natural de Vale de Figueira, Santarém, esteve sexta-feira, dia 9, pelas 18h30, no centro comercial W Shopping. O chefe de cozinha, proprietário e gestor de vários restaurantes promoveu uma sessão de cozinha ao vivo, onde deu a conhecer e a provar algumas das suas receitas mais conhecidas. Assim, e assumindo-se como patrióta convicto, orgulhoso da sua cultura, cozinhou um prato típico português: bacalhau assado, a acompanhar com migas de sêmola de trigo. A sobremesa e o vinho também não foram esquecidos. Verdadeiras iguarias, dadas a prover a quem por ali passou. Esta sessão de culinária do chefe Luís Suspiro ter-

minou com uma sessão de autógrafos do seu último livro “Uma cozinha com raízes”, lançado pela editora Gradiva. Um livro que o próprio cozinheiro apelida de memórias de um rural refinado.

“Euro a nossa moeda” no W Shopping

Inaugurada, no dia 13 de Outubro, no centro comercial W Shopping, em Santarém, a exposição ‘Euro, a nossa moeda’ é uma iniciativa organizada pela Representação da Comissão Europeia em Portugal e do Centro de Informação Europe Direct de Santarém, com o apoio do W Shopping. “Euro, a nossa moeda” é uma exposição que se enquadra nas comemorações dos 10.º aniversário do Euro e pretende destacar os be-

nefícios da existência da moeda única e as oportunidades que oferece à economia e aos cidadãos. Esteve em exibição, em diversas cidades da Europa, sendo que em Portugal passou por Lisboa e agora Santarém. Composta por vários painéis sobre o processo de criação da moeda única europeia e sobre as características das notas e moedas, esta é uma exposição que vai continuar em exibição até dia 23 de Outubro, no W Shopping.

OBRAS DA ETAR DE PERNES ARRANCAM EM OUTUBRO

A Santarém vai receber várias provas nacionais de ciclismo no Festival.

6º Festival Bike Portugal no Cnema Certame ∑ Maior evento nacional dedicado à bicicleta O Centro Nacional de Exposições (CNEMA), em Santarém, realiza de 23 a 25 de Outubro a 6ª edição do Festival Bike Portugal, o maior evento desportivo do país dedicado à bicicleta, que abrange ainda o Festival Internacional da Bicicleta, Equipamentos e Acessórios e o Salão de Ciclismo Profissional. Destinado ao público em geral, profissionais do sector e atletas, o evento vai incluir a 5ª Maratona BTT Festival Bike, o 6º Encontro Nacional de Ciclismo, o 2º Duatlo Festival Bike e a final do Campeonato Nacional de BMX e Dirt Jumping. A realização do 1º Duatlo Jovem Festival Bike, uma prova de competição para os mais novos, é a principal novidade do programa deste ano. O Festival vai ainda realizar exibições de Trial Bike, testdrive dos novos modelos de bicicletas, workshops e sessões de autógrafos com prestigiados atletas nacionais e internacionais como Vanessa Fernandes

(Triatlo), Cândido Barbosa (Ciclismo) ou David Blanco (Ciclismo). Timo Pritzel, Blake Samson, Dary Brown e Victor Esplugas, são presenças confirmadas para as provas de Dirt Jumping, e Ivan Izquierdo e Roberto Esteban nas exibições de Trial Bike. Durante os três dias do Festival, vão ser constantes as apresentações de novidades das marcas existentes no mercado nacional e internacional. Com uma área bruta de exposição de 15.000 m2, o espaço interior do certame está reservado para expositores com produ-

tos diversificados e novos modelos de bicicletas, equipamentos e acessórios, workshops, apresentação de produtos, sessões de autógrafos, entre outras actividades. O espaço exterior será palco para a exibição de várias modalidades que se praticam ao ar livre. Com um vasto programa de actividades competitivas, o envolvimento de prestigiadas empresas e a presença de atletas de renome, o CNEMA prevê que o Festival Bike Portugal ultrapasse as 24 mil visitas que registou na edição do ano passado.

Três dias dedicados ao mundo da bicicleta

∑ Horários do Festival Bike Portugal: Dia 23/10 – das 10h às 17h (só profissionais) Dia 23/10 – das 17h às 21h (público em geral) Dia 24/10 – das 10h às 22h (público em geral). Dia 25/10 – das 10h às 20h (público em geral). Preços: Bilhete para 1 dia - 6 euros; bilhete para os 3 dias - 10 euros.

As obras de remodelação e ampliação da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Pernes vão arrancar no dia 19 de Outubro, “se o Tribunal de Contas não pedir mais algum elemento ou esclarecimento”, afirma um comunicado da Junta de Freguesia. Depois de vários anos de mau funcionamento, será introduzido na nova ETAR um sistema de tratamento biológico por lamas activadas em arejamento prolongado, com nitrificação e desnitrificação dos efluentes. Segundo a mesma nota, “estão a ser concluídos os procedimentos administrativos para a realização da rede de saneamento em Póvoa das Mós”, a cargo da empresa Águas de Santarém, ao passo que na Chã de Baixo e Outeiro de Fora “estão a ser desenvolvidos os respectivos projectos”.

90% DOS CANDIDATOS DA ESCOLA GINESTAL MACHADO ENTRARAM NO SUPERIOR A Escola Secundária Dr. Ginestal Machado de Santarém divulgou os resultados do concurso nacional de acesso ao ensino superior/ 2009. Assim, dos 189 alunos que apresentaram candidatura foram colocados 172 na primeira fase, sendo que 111 foram colocados na primeira opção, 26 na 2ª opção e 19 na 3ª opção. De sublinhar que entraram 34 alunos no Instituto Politécnico de Santarém. Por cursos, o que recebeu mais alunos foi o de enfermagem com 9 alunos, seguindo-se 8 em arquitectura, 7 em medicina, 7 em educação básica, 6 em gestão, 5 em ciências farmacêuticas, informática, engenharia electrotécnica e computadores, 4 em design e engenharia civil e 3 em design de comunicação.

10 SANTARÉM

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Café Central vai reabrir em breve Reabertura ∑ Já existe uma empresa interessada em explorar o velho Café Central em Santarém A Câmara Municipal de Santarém aprovou, no final de Setembro, a concessão à empresa Cármen & Selim do direito de exploração do Café central e do pronto a comer adjacente. Na segunda-feira, a Câmara aprovou o pedido da empresa para adiamento do prazo de entrega do documento de habilitação e comprovativo de prestação de caução. Segundo a Câmara, a empresa Cármen & Selim apresentou todos os documentos dentro do prazo estipulado, excepto o comprovativo da prestação da caução e o documento comprovativo de que a empresa tem a sua situação regularizada relativamente a contribuições para a Segurança Social. A empresa solicitou um adiamento do prazo, alegando que tanto o banco como a

A A Câmara conseguiu encontrar uma empresa interessada em explorar o Café Central, fechado desde 2007 Segurança Social de Santarém não trataram dos documentos em tempo útil e que este facto não é imputável a si, mas aos serviços. Recorde-se que a Câmara decidiu atribuir a concessão da exploração do Café

Central através de ajuste directo, mediante consulta a cinco potenciais interessados, depois de ter realizado dois concursos públicos que ficaram desertos, sem qualquer empresa interessada em explorar este

espaço que esteve arrendado a um particular e que tem estado encerrado nos últimos anos. A autarquia tomou de trespasse e arrendamento o Café Central, no centro histórico da cidade, em 26 de Abril de

2000. Após algum tempo fechado, o Café foi concessionado a uma sociedade que manteve o funcionamento até Abril de 2007. tendo saído em conflito com a autarquia que a processou em tribunal.

CÂMARA RESPONSABILIZA EMPREITEIRO PELA LIMPEZA DO JARDIM DA REPÚBLICA A Câmara Municipal de Santarém decidiu responsabilizar o empreiteiro que fez as obras de valorização do Jardim da República pelos trabalhos de manutenção e limpeza do Jardim. A decisão foi tomada com base os pareceres dos serviços jurídicos da Câmara e da empresa responsável pela fiscalização da obra. A Câmara Municipal de Santarém resolve, assim, o diferendo que a opunha ao empreiteiro quanto à responsabilidade dos trabalhos de manutenção e limpeza do Jardim da República. A empreitada de valorização do Jardim da República foi adjudicada à empresa Oliveiras pelo valor de 1,6 milhões de euros, acrescido de IVA.

Município de Santarém

CÂMARA MUNICIPAL DEPARTAMENTO DE GESTÃO URBANÍSTICA E AMBIENTE

AVISO Em cumprimento do disposto no n.º 1 do artigo 22º do Decreto-Lei n.º 555/99, de 16 de Dezembro, na redacção que lhe foi conferida pela Lei nº. 60/07, de 4 de Setembro, e em conformidade com o despacho de 15 do corrente mês, torne-se publico que se vai proceder ao período de discussão pública do pedido de licenciamento de uma operação de loteamento para um prédio descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o n.º 176/Azoia de Baixo, sito em Quinta do Gualdim, freguesia de Azoia de Baixo, deste Município, requerido em nome de IMOVISÃO SUL– Gestão e Investimentos Imobiliários, SA, e que consiste na criação de dezoito lotes destinados a armazenagem e indústria, à excepção do lote sete que é destinado a posto de abastecimento de combustiveis. Durante o período de discussão pública que decorrerá no prazo de 15 dias úteis, contados a partir da data de publicação do presente aviso, na parte especial da 2ª Série do Diário da República, o processo de loteamento 022008/07 estará disponível, para consulta, no Departamento de Gestão Urbanística e Ambiente (Secção de Licenciamento de Obras Particulares – das 09h.00m às 15h.30m). Os interessados podem apresentar por escrito, no decurso daquele período, reclamações, observações, sugestões e pedidos de esclarecimentos, que deverão ser entregues no serviço acima identificado. O presente aviso será igualmente afixado nos Paços do Concelho, Junta de Freguesia respectiva e locais do costume. Santarém, 18 de Setembro de 2009 Por Delegação de Competências do Presidente da Câmara Municipal, O Vereador do Urbanismo e Obras Particulares António Francisco Baptista Valente

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200401019066 AP

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS 2ª PUBLICAÇÃO JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes do executado MANUEL JOSÉ MARQUES DUARTE, casado com Almerinda Maria Inácio Fernandes Duarte, domiciliados na Rua das Sopas - Alcanhões, 2000-000 Alcanhões - Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 23 de Junho de 2009 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) dos anos de 2003 a 2006, no montante actual de 16.215,64 €, sendo 11.752,40 € de quantia exequenda e 4.463,24 € de acréscimos legais. BEM A VENDER Prédio MISTO sito em SOPAS, freguesia de Alcanhões, concelho de Santarém, com a área total de 5.760,00 m2, sendo a parte urbana composta por casas de habitação com dois pisos e quatro divisões, com as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/Divisões: 4, Nº de pisos: 2, Área total do terreno: 1.500,00m2, Área de implantação do edifício: 138,41m2, Área bruta de construção: 276,82m2. Área bruta dependente: 138,41m2 e Área bruta privativa: 138,41m2. A parte rústica é composta de solo subjacente de cultura arvense com oliveiras. Confronta de norte com Travessa pública, de sul e poente com Francisco Gomes Malaca e de nascente com Joaquim Matias Madeira. Encontra-se inscrito na matriz urbana sob o artigo nº 1350 e rústica sob o artigo nº 119 da secção D, ambas da freguesia de Alcanhões e acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém, sob o nº 00413/19940407 – Alcanhões.

É fiel depositário o Sr. Manuel José Marques Duarte, executado nos autos, o qual, depois de contactado no seu domicílio, o mostrará aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 3 de DEZEMBRO de 2009, pelas 11,00 horas, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 88.530,00€, correspondente a 70% do valor atribuído em avaliação, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2009.167 – MANUEL JOSÉ MARQUES DUARTE”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o executado e o seu cônjuge, os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se referem as verbas nºs 1 e 3 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos seis dias do mês de Outubro do ano de dois mil e nove. O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1250 de 16.10.2009)

O ESCRIVÃO, (João José Marcelino Tavares)

SANTARÉM 11

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

CÂMARA ADERE AO SIMPLEX AUTÁRQUICO A Câmara Municipal de Santarém aprovou, por unanimidade, o protocolo de adesão do município ao Simplex Autárquico a assinar em breve com a Secretaria de Estado da Modernização Administrativa. O programa Simplex Autárquico foi iniciado em Julho de 2009 com nove autarquias e, actualmente, integra 47 municípios portugueses e um total de 289 medidas de simplificação legislativa e administrativa. O Simplex Autárquico assenta numa cooperação entre municípios e organismos da Administração Central, tendo em vista melhorar a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos e às empresas. A simplificação administrativa e a administração electrónica são hoje reconhecidas como instrumentos fundamentais para a melhoria da competitividade e da qualidade de vida dos cidadãos e das empresas. O programa inclui 289 medidas intersectoriais, que dependem de colaboração entre a administração central e local; intermunicipais, que dependem da articulação entre os municípios participantes; e municipais, que dependem do exclusivo compromisso de cada autarquia.

JOVENS DETIDOS POR FURTO EM HIPERMERCADOS A PSP de Santarém deteve duas raparigas, de 17 e 21 anos, e um rapaz de 20 por terem tentado passar nas caixas de duas superfícies comerciais com artigos roubados, na quinta-feira, 8 de Outubro. As jovens foram apanhadas com seis telemóveis, avaliados em 1.334 euros, e o sujeito com oito máquinas fotográficas, que valiam 1.512 euros. Todos foram julgados em processo sumário no Tribunal Judicial de Santarém.

EL GALEGO GANHA CONCESSÃO DA CAFETARIA DO JARDIM DA REPÚBLICA

A Depois da desmaterialização das reuniões, chega agora a vez da sua transmissão pela internet.

Sessões da Câmara ao vivo pela internet Novo site ∑ As reuniões da Câmara de Santarém são transmitidas pela internet Desde segunda-feira, as reuniões da Câmara de Santarém passaram a ser transmitidas em directo pela internet, através do novo portal da autarquia scalabitana Agora já é possível assistir, em casa ou no trabalho, à sessão de Câmara de Santarém, através do novo site do município, também lançado no dia 12. A pri-

meira emissão de teste da reunião de Câmara para a Internet correu muito bem, com uma média de 60 pessoas a assistir pela internet. Para aceder basta clicar em https://www. livemeeting.com/cc/microsoft/join?id=K7Q97P& role=attend&pw=8tNJH% 3F8%3BX. O novo site (www.cmsantarem.pt) tem um

design moderno e mais apelativo, possui novas valências com a finalidade de facilitar a intercomunicação entre os munícipes e os serviços da autarquia, nomeadamente através dos muitos serviços online disponíveis. O site proporciona também uma melhor visualização dos conteúdos publicados e uma navegabi-

lidade objectiva, onde com poucos cliques o visitante pode encontrar todas as informações desejadas, assim como fotografias e vídeos. A próxima reunião da Câmara de Santarém vai realizar-se no dia 29, às 15 horas, já com os novos eleitos destas eleições autárquicas, que vão tomar posse neste mesmo dia.

GNR de Pernes já tem novas instalações Depois de muitos anos a funcionar num imóvel degradado e sem as mínimas condições, a GNR de Pernes vai mudar-se para um novo edifício encontrado pela Junta de Freguesia local e pela Câmara Municipal de Santarém, que suportaram as obras de remodelação e adaptação do espaço. “Mais uma vez, substituímo-nos ao governo”, afirmou o presidente da Junta, Francisco José Viegas, que diz ter sido “novamente enganado” pelo ex-governador civil de Santarém, Paulo Fonseca, que “por indicação do secretário de Estado, informou publicamente que a

obra do novo quartel se iniciava em 2008”. Lamentando ainda os anos há que este processo se arrasta, Francisco José Viegas recordou ainda que o novo posto foi objecto de concurso público, sem que a obra chegasse a ser adjudicada. “Este executivo tem lutado com todas as suas forças para que a GNR não saia de Pernes”, o que agora foi conseguido com recurso a instalações provisória, acrescentou o autarca, explicando que o Comando Geral da Guarda “aceitou o esforço e compreendeu as razões e os argumentos da Junta de Freguesia”.

A sociedade El Galego – Hotelaria, Indústria e Comércio de Carnes ganhou o concurso para a concessão do direito de exploração da cafetaria do Jardim da República. A decisão foi tomada por unanimidade na reunião da Câmara de segunda-feira passada. A concessão do direito de exploração tem um prazo de 60 meses e pode ser prorrogado por períodos sucessivos de um ano. Nos termos do contrato, o concessionário deverá explorar ininterruptamente a cafetaria, que deverá funcionar entre as 10 horas e pelo menos as 24 horas, todos os dias da semana, com possibilidade de um dia de encerramento semanal. O concessionário obrigase a garantir “elevados níveis de qualidade na prestação dos serviços” e deverá “equipar e decorar a expensas próprias” a cafetaria. A empresa vai pagar uma renda mensal de 360 euros ao Município pela concessão da exploração da cafetaria e da esplanada virada para o Convento de S. Francisco.

PSD CRITICA “FALTA DE OXIGÉNIO POLÍTICO” DE MANUELA FERREIRA LEITE A Comissão Politica de Secção do PSD de Santarém lamentou, em comunicado, o facto de a Comissão Política Nacional do PSD e a sua líder, Manuela Ferreira Leite, “no rescaldo das eleições e após tão retumbante vitória em Santarém, não terem feito qualquer referência, ou felicitado o presidente eleito, Francisco Moita Flores, o que só pode ser explicado, ou por esquecimento, ou por manifesta falta de oxigénio democrático e político”.

12 SANTARÉM EM DEFESA DO RIO TEJO Vão realizar-se no sábado, dia 17, um conjunto de acções em defesa do Tejo e das culturas associadas ao rio. Os organizadores das iniciativas - Projecto de candidatura dos Avieiros a património nacional e o Movimento ProTEJO manifestando igualmente os protestos contra a “nova sangria” a que o Tejo se encontra submetido em resultado do aumento dos transvases em Espanha, decididos unilateralmente. O “cruzeiro contra a indiferença” partirá no sábado da marina do Parque das Nações até Valada e às Caneiras, em Santarém. Os organizadores referem que “vale a pena participar neste Cruzeiro contra a indiferença e em defesa de uma nova cultura da água, que respeite as populações, as actividades económicas e as culturas ribeirinhas.

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Vítimas de pedófilo estão a receber apoio psicológico Alcanede ∑ Escola tenta tranquilizar comunidade escolar As crianças que foram vítimas de abusos sexuais por parte do chefe da secretaria da escola EB 2,3 de Alcanede, Santarém, estão a receber apoio psicológico de profissionais indicados pela Polícia Judiciária (PJ). O acompanhamento estende-se às famílias e aos professores, que estão a receber conselhos sobre a melhor forma de lidar com as perguntas e a curiosidade dos restantes alunos. Estas informações foram prestadas pela direcção do agrupamento durante duas reuniões gerais com pais e encarregados de educação, realizadas esta semana, e que servi-

ram para tranquilizar a comunidade escolar. Segundo a mãe de uma aluna, que pede reserva de identidade, os responsáveis do agrupamento continuam a manter o secretismo sobre a identidade das vítimas e dos pais que apresentaram a queixa. Sabe-se, no entanto, que são famílias com poucos recursos económicos. O caso está também a ser acompanhado pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Santarém. O funcionário, de 56 anos, foi detido pela PJ a de 3 de Outubro, durante um casamento, por suspeitas de ter abusado sexualmente de vários menores

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

do sexo masculino entre os 12 e os 14 anos, que aliciava com dinheiro e prendas caras. Fernando V. está em prisão preventiva e vai responder pelos crimes de abuso sexual de crianças, actos sexuais com adolescentes e recurso à prosti-

tuição de menores. Durante as reuniões, alguns pais manifestaram apreensão pelo facto do funcionário ter tido acesso a dados pessoais de todos os alunos e respectivas famílias. Segundo a direcção, os actos pedófilos nunca ocorreram dentro da es-

cola. O suspeito era muito estimado pelos colegas de trabalho e pelos professores, e o seu comportamento nunca levantou suspeitas até serem apresentadas as denúncias. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200801009036 AP

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200701092413 AP

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

2ª PUBLICAÇÃO

2ª PUBLICAÇÃO

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes do executado FRANCISCO JOSÉ FERNANDES PEREIRA, no estado de casado com Ana Paula Silva Almeida Pereira, com domicílio fiscal na Rua do Brejo , N 24 – Casal do Pombo – 2005-446 Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 20 de Abril de 2009 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de que é responsável respeitantes a Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e Imposto sobre Rendimento das Pessoas Singulares (IRS), dos anos 2007 e 2008, no montante actual de 9.996,71 €, sendo 8.134,13 € de quantia exequenda e 1.862,58 € de acréscimos legais.

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes do executado JOSÉ JOÃO GUEDES DOMINGOS, no estado de divorciado, com domicílio fiscal na Rua Joaquim Caetano Frazão, N 5 Vale de Estacas – 2005-506 Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 21 de Abril de 2009 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de que é responsável respeitantes a Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS), dos anos 2006 e 2007, no montante actual de 3.184,08 €, sendo 2.602,88 € de quantia exequenda e 581,20 € de acréscimos legais. BEM A VENDER

BEM A VENDER Fracção autónoma designada pela letra B do prédio urbano constituído no regime de propriedade horizontal, sito na Urbanização do Salmeirim – Jardim de Cima, na freguesia de S. Salvador, concelho de Santarém, cuja fracção respeita a CAVE ampla destinada a garagem. Tem as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Estacionamento coberto e fechado, Tipologia/Divisões: 1, Permilagem: 100,00, Nº de pisos: 1, Área do terreno integrante: 0,00m2, Área bruta privativa: 54,09m2, Área bruta dependente: 00,00m2, Área total do terreno: 216,00m2, Área de implantação do edifício: 216,00m2, Área bruta privativa total: 54,09m2, Área do terreno integrante das fracções: 00,00m2. Inscrito na matriz no ano de 1995 sob o artigo urbano nº 3602 – Fracção B da freguesia de S. Salvador. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o nº 01259/19940512-B (S. Salvador).

Fracção autónoma designada pela letra C do prédio urbano constituído no regime de propriedade horizontal, sito na Rua Joaquim Caetano Frazão, N 1 a 5, na freguesia de S. Salvador, concelho de Santarém, cuja fracção respeita ao PRIMEIRO ANDAR destinado a habitação, composto de quatro divisões assoalhadas, cozinha, marquise, casa de banho, corredor e logradouro. Tem as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/Divisões: 4, Permilagem: 33,33, Nº de pisos: 1, Área do terreno integrante: 88,00m2, Área bruta privativa: 93,50m2, Área bruta dependente: 00,00m2, Área total do terreno: 200,00m2, Área de implantação do edifício: 93,50m2, Área bruta privativa total: 93,50m2, Área do terreno integrante das fracções: 88,00m2. Inscrito na matriz no ano de 1980 sob o artigo urbano nº 1966 – Fracção C da freguesia de S. Salvador. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o nº 03238/20080128-C (S. Salvador). É DESCONHECIDA A EXISTÊNCIA DE CONTRATO DE ARRENDAMENTO DO IMÓVEL EM VENDA.

É depositário o Sr. Francisco José Fernandes Pereira, executado nos autos, o qual, nessa qualidade e depois de contactado no seu domicílio fiscal, o mostrará aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 2 de DEZEMBRO de 2009, pelas 15,00 HORAS, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 7.840,00€, correspondente a 70% do valor atribuído em avaliação, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2009.093 – FRANCISCO JOSÉ FERNANDES PEREIRA”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o executado, o se cônjuge e os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se referem as verbas nºs 1 e 3 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos seis dias do mês de Outubro do ano de dois mil e nove.

É depositário o Sr. José João Guedes Domingos, executado nos autos, o qual, nessa qualidade e depois de contactado no seu domicílio fiscal, o mostrará aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 2 de DEZEMBRO de 2009, pelas 11,00 HORAS, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 30.289,00€, correspondente a 70% do valor atribuído em avaliação, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2009.111 – JOSÉ JOÃO GUEDES DOMINGOS”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o executado, os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se referem as verbas nºs 1 e 3 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, ao primeiro dia do mês de Outubro do ano de dois mil e nove.

O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1250 de 16.10.2009)

O ESCRIVÃO, (João José Marcelino Tavares)

O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1250 de 16.10.2009)

O ESCRIVÃO, (João José Marcelino Tavares)

SANTARÉM 13

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Centenário da República vai ser comemorado em Santarém Centenário ∑ Santarém vai ser palco das comemorações que culminarão em Outubro de 2010 Santarém vai aco lher várias iniciativas inseridas nas comemorações do centenário da implantação da República em Portugal, durante um ano, de Outubro de 2009 a Outubro de 2010. Mostras bibliográficas, conferências, exposições, dança, música e cinema são algumas das actividades que vão preencher o centenário das comemorações. O programa foi apresentado publicamente no dia 8 de Outubro, na Biblioteca Municipal, sob o tema “Bandeiras da República em Santarém”, e com a colaboração do Centro Dramático Bernardo Santareno e do Coro do Círculo Cultural Scalabitano. O programa das comemorações começa já em Novembro, com uma mostra bibliográfica intitulada “A República na Biblioteca de Braamcamp Freire”, entre os dias 2 a 30, na biblioteca municipal, que será o espaço principal da efeméride. A 19 de Novembro, às 21h30, o professora Fernando Catroga dará uma conferência sobre “O lugar do poder local na utopia do republicanismo português”. De 11 a 31 de Janeiro de

A O centenário da implantação da República é assinalado com vasto programa ao longo de todo o ano 2010, a biblioteca recebe uma outra mostra bibliográfica, “A Revolta do 31 de Janeiro de 1891”, seguindose, de 5 a 27 de Fevereiro, uma mostra sobre “A Maçonaria na Biblioteca”. “A Maçonaria e a República” vão também servir de tema a uma conferência no dia 25 de Fevereiro, às 21h30, na Biblioteca. A conferência vai estar a cargo do historiador e professor António Reis, grãomestre do Grande Oriente Lusitano - Maçonaria Por-

tuguesa. De 4 a 31 de Março, a Biblioteca Municipal de Santarém vai acolher nova mostra bibliográfica, desta vez sobre “Manuel António das Neves”. As comemorações prosseguem com a inauguração da exposição de pintura “As criadas”, no dia 8 de Maio, às 21h30, na sala de leitura Bernardo Santareno. Esta mostra, da autoria de Fernanda Narciso, vai estar patente até ao dia 31 de Maio.

Ainda neste mês, no dia 25, a academia de dança do Círculo Cultural Scalabitano apresenta “A República Dançada”, às 21h30, na Biblioteca Municipal. No dia 27, o património vai estar em viagem, a partir das 16 horas, na freguesia de Azóia de Baixo, onde terá lugar uma iniciativa subordinada ao tema “A República na Azóia de Baixo”. Esta iniciativa conta com a parceria da Junta de Freguesia da Azóia e do Centro de Cultura e

Recreio Alexandre Herculano. O programa oficial das comemorações inclui ainda um vasto rol de iniciativas e actividades, espalhadas por vários locais da cidade e dirigidas a diferentes tipos de público, com destaque para a realização das jornadas europeias do património em Santarém. O programa das comemorações da República pode ser consultado na íntegra na página on-line do município.

Veto estreia nova peça de teatro no 40º aniversário O novo espectáculo do Veto Teatro Oficina: “La Nonna” estreia dia 23, no Círculo Cultural Scalabitano. Este espectáculo, com encenação de José Ramos, a partir da obra do italiano Roberto Cossa, marca o início das comemorações dos 40 anos do Veto Teatro Oficina. Trata-se de uma comédia de situações grotescas, que retrata uma família de imigrantes italianos. “Uma avó centenária, La Nonna, de

dimensão quase sobrenatural, que devora insaciavelmente todos os alimentos que encontra ao seu alcance, acabando por arruinar material e moralmente toda a sua família e levá-la até à sua destruição total”, refere a nota de imprensa do Veto. Segundo o Veto, “Nonna é uma personagem sinistra, tirana, egoísta, caprichosa e indiferente a tudo e a todos os que a rodeiam. A sua obsessão pela comida, metáfo-

ra utilizada neste argumento, transforma um comportamento absurdo numa interpretação de concentração de poder e destruição total com inicio no núcleo familiar mais restrito que por sua vez se vê obrigado a sugar a sociedade para satisfação da Nonna, que assim vai estendendo os seus tentáculos a uma escala de dimensão gigantesca, onde o limite será definido pelo espectador”. “O trágico, o cómico e o

grotesco misturam-se permitindo que uma mensagem forte, de ridículos e permissivos quotidianos, faça o espectador rir do jogo, da artimanha e da estratégia inventados para fazer parar Nonna e permitir que outras vidas subsistam, embora sempre sem sucesso”, adianta o Veto. “A personagem símbolo La Nonna protagoniza a parábola que a partir de uma história aparentemente simples, nos conduz a pro-

postas insuspeitáveis”, afirma a nota de imprensa. “Personagem sinistra, é metáfora de tudo o que nos pode devorar” refere o Veto, prometendo que “é impossível travar a voracidade de Nonna, assim como vai ser impossível travar o riso continuo do espectador”. A peça está em cena no Círculo Cultural Scalabitano, todas as sextas-feiras, às 21h45, até final de Janeiro de 2010, devendo depois partir em itinerância.

BALDIOS DE ALCANEDE CRIAM EQUIPA DE SAPADORES FLORESTAIS O conselho directivo dos Baldios de Pé da Pedreira, Valverde, Barreirinhas e Murteira, na freguesia de Alcanede, criaram uma equipa de sapadores florestais. O projecto, financiado pelo Estado português, permitiu adquirir uma viatura todo-o-terreno e criar cinco postos de trabalho, a desempregados que receberam formação em gestão florestal. A equipa já está no terreno a trabalhar na manutenção e desmatação da floresta e preparamse para começar a limpeza de caminhos vicinais, para que no Verão, durante a época dos fogos, seja mais fácil chegar rapidamente aos locais onde deflagrem incêndios. O conselho directivo dos Baldios vai contar com a colaboração do Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros, visto grande parte da floresta intervencionada situar-se dentro desta área protegida, e dos bombeiros voluntários de Alcanede, que se mostraram bastante satisfeitos quando lhes foi apresentado o projecto. Os sapadores vão proceder também à limpeza de árvores como o pinheiro manso e a azinheira, podendo ainda reflorestar áreas que arderam ou áreas desertificadas.

TARDES DO EMPREGO REGRESSAM DIA 28 As Tardes de Emprego estão a registar uma boa afluência. A última reunião, na Sala de Leitura Bernardo Santareno, contou com cerca de 70 de pessoas à procura de trabalho. Esta iniciativa da Câmara Municipal de Santarém, através da Bolsa de Emprego, em parceria com a PMEConsult, tem como objectivo a promoção do emprego na região de Santarém. As Tardes de Emprego regressam, no dia 28 de Outubro.

14

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

região lezíria do tejo santarém ALMEIRIM VAI PREMIAR MELHORES ALUNOS

A Uma perseguição a alta velocidade na ponte Salgueiro Maia, com troca de tiros, resultou na morte involuntária de um fugitivo

CENTRO DE CONVÍVIO ACEITA INSCRIÇÕES

Cadastrado julgado por tentar matar soldados da GNR Arguido ∑ Está acusado de dois crimes de homicídio na forma tentada Um cadastrado de 31 anos, acusado de tentar matar vários soldados da GNR durante uma perseguição a alta velocidade, vai responder por sete crimes graves no Tribunal de Almeirim. Dessa perseguição, resultou a morte do padrasto do arguido, que estava escondido na parte traseira da carrinha de mercadorias e foi atingido por um disparo de shotgun de um militar. Os factos remontam a Junho de 2003, quando o arguido, Nelson P., o amigo Raphael V., e o padrasto Vitor Santos, estavam parados numa carrinha Opel Combo junto a um supermercado em Alpiarça. Ao verem aproximar-se uma patrulha da GNR, arrancaram do local mas foram mandados parar pelos militares, que entretanto tinham saído do carro. É então que Nelson P. acelera a fundo e tenta atropelar a patrulha, antes de fugir na direcção de Almeirim. Os militares co-

municam de imediato com a GNR de Almeirim, que montou uma barreira à entrada da cidade. Em vez de parar, os suspeitos tentam novamente atropelar dois soldados e fogem na direcção de Santarém, pela ponte Salgueiro Maia, já com as duas patrulhas no seu encalço. Durante a perseguição no tabuleiro da ponte, o arguido disparou vários tiros de arma de fogo, tendo atingido um dos carros no pára-

Família quer militar no banco dos réus

choques e guarda-lamas. A GNR ripostou com tiros de “shotgun”, primeiro com balas de borracha e depois com munições reais, que acertaram na porta traseira da carrinha. Os fugitivos só foram capturados ao fim de 25 quilómetros, junto à rotunda do Modelo, em Santarém, onde eram esperados por um enorme dispositivo policial da GNR e PSP. Quando as autoridades abriram a porta de trás da carrinha,

à procura de material furtado, encontraram Vitor Santos gravemente ferido com nove chumbos cravados no corpo. O homem, que tinha 42 anos, acabou por morrer no Hospital de Santarém. No inquérito, as forças policiais alegaram que desconheciam a presença da vítima mortal no veículo, uma vez que era impossível ver o interior da carrinha. Segundo a acusação, a que o nosso jornal teve

∑ A mãe de Nelson P. e esposa do falecido Vítor Santos constitui-se assistente requereu a abertura da instrução, acusando o militar que disparou a shotgun de homicídio doloso e omissão de auxílio, uma vez que as autoridades algemaram Vitor Santos com uma cinta plástica, mesmo vendo que estava gravemente ferido. O advogado da assistente considera que o Ministério Público se deixou enganar pela “história da carochinha” que os militares contaram, e acrescenta que a morte de Vítor Santos resulta da imprudência de agentes da autoridade que julgam viver no “farwest”. Para o jurista, a actuação da GNR foi claramente desproporcional à situação, mas o Juiz de Instrução Criminal de Almeirim decidiu não pronunciar o militar, em Fevereiro deste ano

A Câmara Municipal de Almeirim vai premiar os melhores alunos das escolas do concelho no próximo dia 23 de Outubro, a partir das 21 horas, no cine-teatro municipal. No total, as distinções vão ser entregues a um total de 33 estudantes, nove do 5º ano, três do 6º ano, dois do 7º ano, seis do 8º ano, três do 9º ano, e, já no que se refere ao ensino secundário, quatro do 10º ano, três do 11º ano, e também três do 12º ano. Na lista das menções honrosas, estão 36 alunos.

acesso,Nelson P. está acusado de dois crimes de homicídio qualificado na forma tentada, quatro de ofensas à integridade física qualificada e três de resistência e coacção sobre funcionário. O arguido, residente em São Mamede, Batalha, chegou a ser detido por furtos em viaturas e roubos por esticão em Tomar e Leiria, e estava referenciado por tráfico de droga. O padrasto, Vítor Santos, estava em liberdade condicional quando foi morto, condenado pelo TEP de Coimbra por tráfico de estupefacientes em 2003. O Ministério Público decidiu não pronunciar Raphael V. como arguido, considerando que não teve intervenção directa nos factos e por ter colaborado com as autoridades, confessado que o trio estava em Alpiarça à procura de um veículo para roubar. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

Inserido no projecto “encontro de saberes”, o Centro Paroquial de Bem Estar Social de Almeirim está a organizar algumas actividades no centro de convívio de Almeirim, que visam a partilha de experiências e a confraternização entre a população sénior do concelho. Os temas são bastante variados e vão desde a cidadania e desenvolvimento (a cargo de Eurico Henriques), bordados (Maria Augusta), filosofia e informática (Matos Costa), escrita criativa, artes decorativas, culinária e ainda actividades desportivas, como ginástica e hidroginástica. Os encontros nos dias úteis da semana, tanto de manhã como à tarde. Exposições, passeios, festas, seminários e workshops são outras das actividades previstas para este ano no centro de convívio.

CÂMARA ACEITA ESTAGIÁRIOS Estão abertas as inscrições para cinco estágios profissionais na Câmara de Almeirim, ao abrigo do programa PEPAL. Mais informações em www.cm-almeirim.pt.

SALVATERRA | CARTAXO | REGIÃO 15

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

GOVERNO CIVIL EDITA NOVO CADERNO DISTRITAL “A Evolução e Prospectiva Demográfica no Distrito de Santarém. Projecções e Análise Concelhia 2001 / 2030” é o nome do 5º caderno distrital publicado pelo Governo Civil de Santarém, que se integra num conjunto de estudos que tem por objectivo contribuir para um conhecimento plural da realidade ribatejana. Nos últimos dois anos, foram editados quatro números, que abrangeram áreas como a estrutura empresarial, os níveis de caracterização do desemprego, as finanças municipais e os principais indicadores sociais do distrito. Segundo uma nota de imprensa do Governo Civil, “a importância desta edição decorre do facto inquestionável das questões demográficas serem cada vez mais decisivas para a sustentabilidade do modelo de sociedade e dos padrões de bem-estar que se desejam para o futuro”, onde se lê ainda que “o distrito de Santarém não tem tido, nos últimos 30 anos um crescimento populacional uniforme”. A obra explica que, “após um breve período de crescimento, o distrito vai ter uma tendência para acompanhar o envelhecimento populacional do país, quer por via da baixa natalidade quer pela prevista quebra dos movimentos migratórios”.

FEIRA DOS SANTOS ANIMA CARTAXO A tradicional feira dos santos do Cartaxo vai decorrer entre os dias 30 de Outubro e 3 de Novembro. Em paralelo, realizase também a ExpoCartaxo, no pavilhão municipal de exposições, certame durante o qual vão ser entregues os prémios “Prestígio 2008”, atribuídos pela Câmara Municipal do Cartaxo. Do programa, destaque para uma passagem de modelos da Casa das Peles, a 31 de Outubro.

GNR QUER IDOSOS EM SEGURANÇA

A O cruzeiro vai passar pela aldeia de Valada, no Cartaxo

Viagem de barco em defesa do rio Tejo Embarque ∑ Na marina do Parque das Nações, em Lisboa “Vogar contra a indiferença” é o nome do cruzeiro que se vai realizar no próximo dia 17 de Outubro, às 10 horas, entre a marina do Parque das Nações, em Lisboa, e as aldeias ribeirinhas de Valada, no concelho do Cartaxo, e Caneiras, Santarém. Esta acção, que pretende alertar para a necessidade de protecção do Tejo e da defesa das culturas a ele associadas, vai descer o rio em três em-

barcações tradicionais, o bote-de-fragata “Baía do Seixal”, e os varinos “Liberdade” e “Vala Real”, propriedade das Câmaras do Seixal, Vila Franca de Xira e Azambuja, respectivamente. A organização é do Movimento PROTEJO e do projecto de candidatura dos Avieiros a património nacional, e visa ainda protestar contra a “nova sangria a que o Tejo se encontra submetido em re-

sultado do aumento dos transvases em Espanha, decididos unilateralmente”, explica uma nota dos organizadores. Os movimentos cívicos acrescentam que Espanha já lançou um novo concurso público para transvases, através da Junta de Extremadura, que contratou um estudo de viabilidade para um possível transvase no Médio Tejo até ao Segura e ao Guadiana.

Além do protesto contra as intenções espanholas, esta iniciativa servirá ainda para divulgar as potencialidades da “rota turística do Tejo e dos Avieiros”, valorizando esta cultura e a sua candidatura a património nacional, e “sensibilizar os cidadãos para os graves problemas do Tejo e dos seus ecossistemas”, segundo a mesma nota. João Nuno Pepino

Bombeiros municipais do Cartaxo dão curso de formação Os bombeiros municipais do Cartaxo vão dar um curso de formação a futuros bombeiros voluntários, uma acção destinada a interessados com mais de 17 anos e que decorre em horário pós-laboral. Segundo um comunicado da corporação, quem concluir o curso com aproveitamento e tornar-se bom-

beiro voluntário terá acesso a alguns benefícios previstos por lei, como a a preferência nos concursos de admissão para bombeiros profissionais a todos os voluntários que se encontrem ao serviço da corporação, ou a isenção do pagamento de propinas no ensino superior público e das taxas moderadoras no Serviço Na-

cional de Saúde, entre outros. Esta acção “pode ser o início de uma profissão com futuro e que nada tem de rotineira”, acrescenta o mesmo comunicado, porque “ser bombeiro é muito mais do que participar na extinção de fogos”. Para além do combate aos incêndios, a actividade dos Bombeiros apresenta uma

diversidade de missões, como resgate aquático, através de mergulhadores, condutores de embarcações de socorro e nadadores salvadores, o resgate em grande ângulo, recorrendo a técnicas similares à da escalada; e a emergência pré-hospitalar, através de bombeiros habilitados com curso próprio.

O comando da GNR de Santarém vai desenvolver várias acções de sensibilização dirigidas à população mais idosa, no sentido de alertar os mais velhos sobre as formas mais adequadas de proceder em situações de tentativa de burla. Estas acções, inseridas no âmbito do programa “Idosos em Segurança”, vão decorrer em centros de dia, lares de 3ª idade, centros de convívio das Misericórdias e igrejas, mas também nas residências das potenciais vítimas, sobretudo as que residem em locais mais isolados. Esta acção da GNR vai estar no terreno durante um mês, entre 15 de Outubro e 15 de Novembro. A Guarda quer “sensibilizar e alertar para a adopção de medidas preventivas, ou para procedimentos de segurança a seguir aquando da ocorrência deste género de crimes”, afirma a GNR em comunicado, onde acrescenta que esta iniciativa visa ainda “reforçar o sentimento de segurança junto da população mais afectada por este tipo de criminalidade”.

BANCO ASSALTADO EM SALVATERRA A dependência do Millennium BCP de Salvaterra de Magos foi assaltada na sexta-feira, 9 de Outubro, por um homem que actuou sozinho e ameaçou os três funcionários que se encontravam no interior com uma arma de fogo. Em menos de um minuto, fugiu a pé apenas com o dinheiro que estava nas caixas. A Polícia Judiciária esteve no local, onde recolheu eventuais vestígios de prova e levou as imagens das câmaras de segurança. Segundo conseguimos apurar, o ladrão não actuou encapuzado, envergava apenas uma protecção que lhe tapava parte da cara. Antes de chegar a Salvaterra, o mesmo homem já tinha tentado assaltar uma outra dependência bancária em Benavente.

16 REGIÃO | ALMEIRIM | CARTAXO

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

SANEAMENTO ARRANCA EM AGLOMERADOS URBANOS

“Conversas na taberna” animadas O comerciante mais antigo do Cartaxo e proprietário de uma casa com 110 anos de existência, Fernando Guedes, foi o convidado da 16ª edição das “conversas da taberna”, uma iniciativa do Museu Rural da Vinha e do Vinho. Este “enólogo por afinidade”, de 78 anos, falou da sua longa experiência de vida e das suas experiências no mundo da produção de vinho. Noutros tempos, mesmo sem curso, chegou a fazer cerca de duas mil análises por ano, quando agora faz apenas 100. “Uns produto-

res faliram, outros fugiram. É uma pena”, lamentou Fernando Guedes. E as análises que faz actualmente são encomendadas por clientes com características diferentes. “Faço-as a vinhos de pessoas que chegam aqui e compram um hectare de terreno. Fazem uma vivenda, com piscina, e compram um jipe. E está formulada a quinta. A produção são uns 200 litros de vinho, que eu corrijo para não matar as visitas que vêm de Lisboa ou daqui e de acolá. Se não bebem tudo azedo”, explicou com sentido de humor.

Centro social de Vila Chã de Ourique continua encerrado

A O campo de futebol do pavilhão municipal serviu de pista de aterragem

Vítima evacuada de helicóptero Almeirim ∑ Acidente violento na estrada das Fazendas

Inaugurado com pompa e circunstância em 2007, o centro social ouriquense mantém-se de portas fechadas às colectividades de Vila Chã de Ourique, concelho do Cartaxo, que continuam sem um local para desenvolver as suas actividades. Na origem da situação, estão problemas jurídicos relacionados com a doação do terreno onde foi edificado o centro, mas que poderão ser resolvidos a curto prazo, segundo disse à Lusa Luís Nepomuceno, presidente da Junta de Freguesia. “Quando fui regularizar o contrato com a EDP, fui surpreendido com a impossibilidade de transferir o direito de superfície do centro da comissão de obras para a Junta de Freguesia”, disse o autarca local. A existência de uma cláusula de reversão do

terreno doado, no qual foi edificado o equipamento social, impede a regularização do processo. Nesse sentido, “a solução poderá passar por um contrato de comodato, o que está a ser estudado pelo gabinete jurídico da Câmara”, acrescentou. A obra, que contou com apoios municipais e de várias empresas e particulares da freguesia, prolongou-se por mais de 20 anos. Na origem do arranque do edifício, em 1988, esteve um grupo de voluntários que se organizou e constituiu a comissão de obras, que até hoje se mantém na posse do equipamento. O edifício foi construído com o objectivo de albergar todas as colectividades existentes na freguesia, disponibilizando sala de ensaios e sedes, para além da sala de espectáculos comum.

Um violento choque frontal entre dois carros ligeiros provocou três feridos, um dos quais em estado crítico, que foi evacuado num helicóptero do INEM para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, com prognóstico reservado. “A vítima foi transportada já estabilizada, mas correndo perigo de vida”, disse ao nosso jornal Ruth Almada, da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Vila Franca de Xira. O jovem sofreu um traumatismo craniano com perda de consciência e fracturas expostas no braço e perna esquerda, tendo sido “entubado e ventilado”, acrescentou a médica. O acidente ocorreu na madrugada de domingo, 11 de Outubro, às 00h20, na estrada municipal 568, entre Almeirim e Fazendas de Almeirim. Segundo conseguimos apurar, uma das viaturas entrou em despiste após uma curva e embateu frontalmente noutro ligeiro que seguia em sentido contrá-

rio. O embate deixou os carros totalmente danificados e destroços na estrada ao longo de 150 metros. A circulação foi reaberta ao fim de três horas, depois dos trabalhos de limpeza da via. Do acidente resultou ainda um ferido grave, um jovem de 25 anos com traumatismo craniano com perda de consciência, e um ligeiro, de 23 anos, com uma fractura na perna esquerda. Foram transportados para o hospital de Santarém. O quarto envolvido no sinistro não necessitou de receber tratamento hospitalar.

Duas das vítimas tiveram que ser desencarceradas pelos bombeiros voluntários de Almeirim, que enviaram ao local uma viatura de desencarceramento e três ambulâncias. Nas operações de socorro, estiveram ainda envolvidas uma ambulância dos bombeiros de Alpiarça, e a VMER do Hospital Reynaldo dos Santos, em Vila Franca de Xira. O helicóptero do INEM aterrou no campo de futebol do pavilhão municiapl de Almeirim.

Vítima permanece internada

∑ Segundo conseguimos apurar à hora de fecho desta edição, a vítima evacuada de helicóptero ainda permanece internada no serviço de observação permanente do Hospital Santa Maria. Este jovem, de 24 anos, reside no concelho de Benavente e seguia num Opel Astra no sentido das Fazendas de Almeirim.

João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

As obras do saneamento básico nos aglomerados urbanos de Casais da Amendoeira e Casais Penedos, na freguesia de Pontével, e no Reguengo, Valada, arrancaram na semana passada, segundo informações da Câmara do Cartaxo. Nas duas primeiras aldeias, o investimento ascende a cerca de 140 mil euros, estimando-se um prazo de concretização de cerca de 3 meses. Segundo a mesma nota, este investimento visa completar “a rede de infra-estruturas da freguesia de Pontével, e vai entrosar-se com a consolidação da ampliação da ETAR de Pontével e emissários de Vale da Pinta, cujas trabalhos se iniciarão em breve e já foram adjudicadas pela Câmara”. No caso do Reguengo, o investimento ronda os 130 mil euros e inclui a construção da nova ETAR do Reguengo, “após algumas obras de construção civil que vão permitir o tratamento da rede colectora de esgotos” desta aldeia junto a Valada. “Apesar de se tratar de um pequeno aglomerado populacional, este investimento, cuja conclusão se prevê para final de 2009, vai permitir melhorar substancialmente nesta área básica a qualidade de vida dos habitantes daquela freguesia”, sustenta a autarquia. Todas estas obras e respectivos custos vão ser integrados na concessão de Águas e Saneamento cujo processo está em fase de conclusão. O presidente da Câmara do Cartaxo, Paulo Caldas, considera de “extrema importância” o investimento em Pontével, a segunda maior freguesia do concelho, “não só porque representa a satisfação de um compromisso muito antigo, mas também porque a rede colectora vê assim crescer para cima dos 95% o saneamento básico dos aglomerados urbanos”.

BENAVENTE | ALMEIRIM | REGIÃO 17

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

UM MORTO EM ACIDENTE NO PORTO ALTO Uma colisão frontal entre um pesado de mercadorias e um ligeiro provocou a morte do condutor deste último veículo, na quarta-feira, 7 de Outubro, na Estrada Nacional 118 na zona do Porto Alto, concelho de Benavente. Fonte da GNR disse ao nosso jornal que o único ocupante da viatura mais pequena morreu no local do acidente, ao passo que o condutor do pesado sofreu apenas ferimentos ligeiros e recusou receber tratamento hospitalar. Ao sinistro, acorreram a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do hospital Reynaldo dos Santos, Vila Franca de Xira, os bombeiros voluntários de Samora Correia e a GNR, que está a investigar as causas do acidente.

Arguido sem pulseira electrónica Almeirim ∑ Suspeito de tiros ao posto da GNR de Alpiarça já não está em prisão domiciliária Um dos três suspeitos da autoria dos tiros ao posto da GNR de Alpiarça deixou de estar em prisão domiciliária com pulseira electrónica. Na terça-feira, 12 de Outubro, o Tribunal de Almeirim revogou a medida de coacção a que José Alexandre Vieira estava sujeito desde 28 de Março, após ter sido detido pela GNR de Almeirim. Após duas sessões de julgamento, nenhuma das 14 testemunhas de acusação arroladas pelo Ministério Público conseguiram relacionar o arguido com os factos em julgamento neste processo, os disparos sobre o posto da guarda de Alpiarça, e sobre as casas de um cabo da GNR e de um guarda-florestal, entre Janeiro e Março de

2008. No entanto, o colectivo de juízes convocou como testemunhas para a próxima sessão os outros dois suspeitos dos crimes, António Teixeira e Filipe Mira, que vão ser julgados em tribunal de júri num processo separado. A juíza-presidente considerou fundamental para o apuramento da verdade a inquirição dos dois homens, uma vez que as únicas provas que envolvem José Alexandre Vieira neste caso são os depoimentos que António Teixeira e Filipe Mira prestaram à Polícia Judiciária quando foram capturados. Recorde-se que António Teixeira, que também estava em prisão domiciliária, viu sua a medida de coacção revogada a 7 de Outubro, data em que se de-

A José Alexandre Vieira via iniciar o julgamento, que foi adiado porque Filipe Mira está a monte e as autoridades não o conseguem notificar. Os serviços do Instituto de Reinserção Social vieram ao Frade de Cima no próprio dia retirar a pulseira electrónica a José

Vieira, que fica apenas sujeito e termo de identidade e residência. Há muito tempo que o arguido vinha defendendo que a medida de coacção foi exagerada, tendo em conta os indícios de prova existentes nos autos. Tal como o nosso jornal noticiou, o Tri-

bunal da Relação de Évora confirmou a obrigação de permanência na habitação no início de Setembro, a poucos dias do começo do julgamento. Ao fim de duas sessões, José Vieira já pode sair livremente de casa. João Nuno Pepino

18 REGIÃO | BENAVENTE | RIO MAIOR

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

CÂMARA DE BENAVENTE COLOCA ALCATRÃO NAS FREGUESIAS

LADRÕES ROUBAM 20 MIL EUROS EM TABACO

A Câmara Municipal de Benavente vai investir cerca de 350 mil euros na pavimentação de vários arruamentos nas freguesias de Samora Correia e Santo Estêvão. A obra foi adjudicada às Construções Pragosa na última reunião pública do executivo, realizada a 6 de Outubro. Os trabalhos têm um prazo de conclusão de 60 dias.

GNR EFECTUA 21 DETENÇÕES NUMA SEMANA O grupo territorial de Santarém da GNR efectuou um total de 21 detenções a nível do distrito, entre os dias 6 e 11 de Outubro. Segundo um comunicado desta força militar, 11 indivíduos receberam ordem de detenção por terem sido apanhados a conduzir sem carta, ao passo que quatro estavam ao volante com uma taxa de alcoolemia superior a 1,2 gramas de álcool no sangue. Dos restantes seis, dois foram detidos por estarem em permanência ilegal no país, no concelho de Tomar, um por ofensas à integridade física de um militar, em Benavente, e um por cumprimento de mandato judicial, em Ourém. No concelho da Barquinha, foram detidos dois indivíduos, um apanhado em flagrante a roubar dentro de uma residência e o segundo por posse ilegal de arma de caça. Em termos de acidentes de viação, a GNR registou um total de 94 acidentes, dos quais resultaram uma vítima mortal, seis feridos graves e 34 ligeiros. A morte registouse num sinistro ocorrido na área do destacamento de Coruche, que registou, durante este período, um total de 20 acidente de viação. Há ainda a lamentar mais uma morte, esta ocorrida num acidente de trabalho no concelho de Ourém.

Pedófilo de Benavente fica em prisão preventiva Benavente ∑ Suspeito de ter abusado de duas meninas de 11 e 13 anos O pedófilo de Benavente acusado de ter abusado de duas menores de 11 e 13 anos vai ficar em prisão preventiva, depois de ter sido ouvido no Tribunal de Vila Franca de Xira na sexta-feira, 9 de Outubro. Joaquim C., de 51 anos, foi denunciado pelas famílias das vítimas, que apresentaram queixa na GNR de Benavente após a menina mais velha ter contado à mãe que andou envolvida com o arguido, juntamente com a amiga de 11 anos. Mas na vizinhança comentava-se que a denúncia foi apresentada por motivos passionais. “Sabe-se por aqui que ele teve um relacionamento com a mãe da miúda, que também não é tão inocente como parece”, contou ao nosso jornal o proprietário de uma casa comercial da zona, acrescentando que “na minha opinião, a denúncia foi apresentada por vingança”. “Ela não gostou que ele tivesse voltado para a mulher. Sabe, isto é tudo uma tremenda confusão”, acrescentou.”Mas atenção, isso não quer di-

zer que a mãe soubesse aquilo que ele andava a fazer com a miúda”, alerta o mesmo empresário. Segundo um outro vizinho, que também pede para não ser identificado, o alegado abusador e a menor de 13 anos tinham uma “relação de confiança”. “A miúda, que parece mais velha do que realmente é, passeava muitas vezes com ele de carro, e até a ia pôr à escola”, conta. Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) informa que os abusos sexuais ocorreram dentro do carro de Joaquim C. e em barracões isolados, que o nosso jornal apurou serem na zona das Areias, em Benavente,

Abusador sexual de Samora Correia condenado a 22 anos

não muito longe do local onde habitam. O arguido e a esposa são funcionários da Câmara Municipal de Benavente, na recolha do lixo. Os pais da menor têm a mesma profissão, mas por conta de uma empresa que a autarquia contratou. Trabalhavam em zonas e turnos diferentes, mas são vizinhos e conheciamse. As meninas abusadas vivem a famílias disfuncionais, tal como o suspeito, que reside numa habitação social com a mulher, dois filhos, uma filha e uma neta pequena. Nas redondezas, todos lhe conhecem os problemas de alcoolismo e as desaven-

ças familiares, algumas delas terminadas em cenas de violência doméstica com intervenção da GNR. “Se é alcoólico ou não, eu não sei, mas posso garantir que é um funcionário bastante antigo e exemplar no desempenho das suas funções”, disse ao nosso jornal Manuel dos Santos, o vereador da autarquia com o pelouro da higiene urbana. “Recebemos a notícia com grande surpresa porque ninguém estava à espera de o ver envolvido nisto”, declarou o mesmo. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

∑Este caso traz à memória outra infeliz situação de abuso sexual de menores que ocorreu no concelho de Benavente. Carlos Oliveira Correia, que ficou conhecido como o “monstro de Samora Correia”, foi condenado a 22 anos de cadeia efectiva por ter violado repetidamente as suas duas filhas durante 12 anos, no apartamento onde viviam, no bairro do Arneiro dos Corvos. O pesadelo das duas jovens, hoje com 20 e 22 anos, transformadas em verdadeiras escravas sexuais por um pai alcoólico e desempregado, só terminou em Maio de 2008, quando uma vizinha assistiu da sua marquise no 4º andar a um acto de violação e denunciou o caso à polícia.

É Quatro a cinco indivíduos assaltaram uma carrinha de transporte de tabaco em Boiças, perto de Rio Maior, na segunda-feira, 12 de Outubro, por volta das 12 horas. A carrinha, que transportava cerca de 20 mil euros em mercadoria, foi interceptada em plena estrada nacional, tendo depois sido desviada para fora da via pública, onde os ladrões retiraram o tabaco e abandonaram o condutor, que não sofreu qualquer ferimento. “Ele não chegou a ver armas, mas foi ameaçado”, segundo uma fonte da GNR citada pela Lusa, que acrescentou que o assalto terá sido cometido por quatro ou cinco homens, que ainda se encontram a monte. A investigação do caso passou para a competência da Polícia Judiciária, que continua a procurar os autores do crime.

RECOLHA SOLIDÁRIA NA ESCOLA DE DESPORTO A comunidade estudantil da Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM) associou-se novamente ao movimento “levanta-te e actua”, que decorrerá em todo o mundo a 17 de Outubro, dia mundial para a erradicação da pobreza. Os alunos da ESDRM estão a promover uma campanha de recolha de roupa de criança/adulto, brinquedos, livros e material escolar, que está a decorrer desde o início do mês de Outubro. Designada por “campanha de sorrisos”, os produtos recolhidos vão ser entregues à “Helpo”, uma organização não governamental para o desenvolvimento, assim como a outras instituições. No âmbito do dia mundial para a erradicação da pobreza, vão decorrer actividades de norte a sul nos dias 16, 17 e 18 de Outubro, que vão tentar entrar no Guiness

19

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

região médio tejo santarém ESCOLA DE TECNOLOGIA COMEMORA 10 ANOS A Escola Superior de Tecnologia de Abrantes (ESTA) vai assinalar a sua primeira década de existência na próxima terça-feira, 20 de Outubro, com uma maratona bastante especial. Intitulada “ESTA Maratona – 10 Anos de Desafios Cumpridos”, o evento começa às 10horas, junto ao edifício principal da escola. O percurso segue depois para as futuras instalações deste pólo do Instituto Politécnico de Tomar (IPT), no Tecnopólo de Alferrarede, onde terá lugar uma cerimónia oficial de homenagem ao executivo da Câmara de Abrantes, que tem sido “o grande patrono da existência da ESTA”, segundo uma nota de imprensa da própria escola. O almoço alusivo ao 10º aniversário será servido na cidade desportiva de Abrantes, gratuito para todos os que participarem na maratona festiva, seguindo-se um torneio de futebol entre alunos e docentes da instituição. A participação no evento é aberta a toda a comunidade. “Pretendemos brindar não só aos 10 anos de existência da ESTA, como afincar de forma positiva a importância da ESTA como instituição”, acrescenta a mesma nota.

ASSOCIAÇÃO DE CUIDADOS PALIATIVOS COM SEDE EM ABRANTES A “Outonos da Vida” Associação para os Cuidados Paliativos e Dor Crónica do Médio Tejo, vai inaugurar muito em breve uma sede em Abrantes, situada na Rua Maria de Lurdes Pintassilgo (antiga Rua da Sardinha). O projecto para abrir este novo espaço contou com o apoio da Câmara de Abrantes.

TROÇO ABRE AO TRÂNSITO SEM INAUGURAÇÃO

A Concurso público deverá ser lançado até ao primeiro semestre de 2010

IC9 terá nova ponte sobre o rio Tejo em Abrantes Custo ∑ troço tem um custo estimado entre os 48 a 53 milhões de euros O troço do Itinerário Complementar 9 (IC9), que inclui a construção de uma nova ponte sobre o rio Tejo, tem um custo estimado entre os 48 e os 53 milhões de euros, ligando, no seu conjunto, o norte do distrito à Nazaré e Ponte de Sor. A nova travessia sobre o Tejo custa 17 milhões de euros, segundo informações dadas pelo presidente da Câmara de Abrantes à Lusa. Nelson de Carvalho acrescentou que “o volume de tráfego médio previsto por dia é de 5.274 veículos ligeiros e 381 veículos pesados”. O concurso público internacional para a subconcessão do troço deve ser lançado até final do primeiro semestre de 2010, informou. “Esta decisão”, continuou o autarca, “decorre de um despacho conjunto

dos ministérios das Finanças e das Obras Púbicas, já publicado em Diário da República”. No âmbito do mesmo concurso, a EP Estradas de Portugal deve requalificar a Estrada Nacional 118 entre a Chamusca e o Gavião, incluindo a construção das variantes ao Tramagal e ao Rossio ao Sul do Tejo, duas localidades do concelho de Abrantes.

“Este troço do IC9 e esta nova travessia na zona de Tramagal é crucial para o reforço do eixo industrial emergente entre Abrantes e Ponte de Sôr, sendo mesmo uma peça vital para o desenvolvimento da margem sul do concelho de Abrantes e do Alto Alentejo”, afirmou o Nelson de Carvalho. O futuro troço do IC9 irá fazer a ligação entre a

17ª travessia sobre o Tejo em território nacional

∑ A nova ponte, que terá 475 metros de extensão, é a 17ª travessia sobre o Tejo em território nacional. Nos 230 quilómetros de percurso do rio em Portugal, existem 16 pontes ferroviárias, rodoviárias e duplas. A primeira ponte rodoviária a ser executada foi a ponte de Abrantes, inaugurada em 1870.

A23, em Abrantes, e a EN 118, em Ponte de Sôr, num total de 34 quilómetros, com perfil de auto-estrada e quatro faixas de rodagem, com duas em cada sentido. Ao longo da via, está prevista a construção de diversos viadutos nas travessias dos principais cursos de água, bem como de cinco nós desnivelados e de uma rotunda no seu final. Segundo acrescentou à Lusa o presidente da Câmara de Abrantes “a empresa que ganhar o concurso faz o projecto e lançará simultaneamente a obra, permitindo um ganho temporal que permite pensar que a nova travessia estará concluída no final do ano de 2011, início de 2012”. A nova ponte sobre o Tejo deverá ficar localizada entre a cidade e a zona industrial do Tramagal.

O troço do Itinerário Complementar 9 (IC9) entre Carregueiros e Vale de Ovos, no concelho de Tomar, foi aberto ao trânsito na sextafeira, 9 de Outubro. Este troço com pouco mais de quatro quilómetros foi concluído no passado mês de Julho, mas o aluimento de uma barreira obrigou a trabalhos de reparação que ficaram concluídos poucos dias antes da abertura da via, que faz parte do sublanço Carregueiros, Tomar, e Alburitel, concelho de Ourém. A abertura da circulação ao trânsito não foi precedida de nenhuma cerimónia de abertura, ao contrário do primeiro troço do IC9, que foi motivo de festa rija no dia da inauguração, a 29 de Abril.

PAPA BENTO XVI ESGOTA HOTÉIS A cerca de seis meses da vinda do Papa Bento XVI a Fátima, a 11 de Maio de 2010, todos os hotéis da cidade já estão esgotados, segundo dados da Região de Turismo de Fátima. Nos últimos anos, os visitantes internacionais assumiram um papel importante na região e o regresso do sumo pontífice da Igreja Católica é um óptimo cartão-de-visita. “Não podíamos ter melhor promoção turística”, defende Pedro Pereira, da Associação de Comerciantes de Ourém, lembrando as enchente com João Paulo II em 1982, 1991 e 2000. Depois das duas visitas de Karol Woytila, os polacos tornaram-se, logo a seguir aos italianos e espanhóis, os maiores visitantes de Fátima, assegura. Este ano, a afluência de peregrinos durante o 13 de Outubro ficou um pouco aquém das expectativas, depois do ano passado terem marcado presença em Fátima cerca de 145 mil visitantes.

20 REGIÃO | BARQUINHA | CONSTÂNCIA

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Nova escola na Barquinha Intervenção ∑ Tem um custo estimado de 3,7 milhões de euros

A Maqueta que apresenta o aspecto final da D. Maria II J

A remodelação da Escola Básica e Secundária D. Maria II está em marcha. Na reunião extraordinária do executivo camarário realizada no passado dia 28 de Setembro, a abertura do respectivo concurso público. Segundo uma nota da autarquia, “a obra terá um custo aproximado de 3,7 milhões de euros e consiste na construção de um edifício de raiz em substituição das actuais instalações”, que estão degradadas. Está prevista uma intervenção de fundo no estabelecimento onde são ministrados o 2º e 3º Ciclos do ensino básico e o secundário, mantendo-se apenas três edifícios: o bloco C, o pavilhão polidesportivo e os balneários de apoio ao campo de jogos exterior. O projecto vai gerar, “em

conjunto com o pavilhão gimnodesportivo existente, um novo espaço urbano”, acrescenta a mesma nota, estando prevista a construção de “uma grande antecâmara que permite o acesso independente à escola e área desportiva”. Está prevista também a separação da área desportiva

de apoio ao complexo escolar, permitindo o seu uso pela população, no horário pós-escolar e aos fins-desemana. Segundo a autarquia, “o edifício proposto responde de forma efectiva às necessidades técnicas específicas de uma escola básica e secundária”, que vai

ser implantada em forma de “U”, com dois pisos. A cada um dos três “volumes” que constituem o “U” estão atribuídas funções específicas. No central, estão colocados todos os espaços de uso comum, como o refeitório, auditório, sala de convívio de alunos, área adminis-

trativa, áreas de convívio e trabalho de docentes. Nos dois “volumes” perpendiculares ao primeiro, funcionam os espaços de ensino. No piso térreo, estão as salas de ensino específico (laboratórios e salas de música, ao passo que no 1º piso funcionam as salas de aulas normais.

NOVA CRECHE EM CONSTÂNCIA A nova creche da Santa Casa da Misericórdia de Constância, construída mesmo em frente à Escola Secundária Luís de Camões, vai ser oficialmente inaugurada no final do mês de Outubro, apesar de já estar em funcionamento desde o dia 1 de Setembro. Esta valência abre as portas doze anos após o início da construção, e vai acolher crianças dos três meses aos três anos, com uma três educadoras de infância, uma com funções de coordenação, outra responsável pela sala dos 12 aos 24 meses e a terceira responsável pelas crianças dos 24 aos 36 meses. Conta ainda com quatro auxiliares de acção educativa e uma cozinheira. A Câmara cedeu os terreno à Santa Casa e pagou o projecto de arquitectura e especialidades no valor aproximado de 30 mil euros.

21

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

O que mudou no distrito O mapa autárquico do distrito sofreu algumas alterações assinaláveis, embora mantendo-se maioritariamente rosa no conjunto dos 21 municípios. Há surpreendentes transferências de Câmaras entre partidos: o PS consegue ganhar Ourém e Alcanena e perder Rio Maior e Alpiarça. O PSD ganha Rio Maior e perde Ourém. A CDU é o único que só acrescenta ganho neste duelo eleitoral, ao reconquistar o bastião comunista de Alpiarça depois de 12 anos de governação socialista. Mas o PS consegue o maior número de eleitos directos nas Assembleias Municipais, com um total de 164

deputados. O PSD baixa para 100 embora some mais 23 em coligações com o CDS. A CDU também baixa para 62 eleitos. Os independentes sobem para o dobro e somam 24. O Bloco de Esquerda também sobe para 22: E o CDS cresce mais um, para 6. Digno de registo ainda nos anais destas autárquicas é a estrondosa vitória de Moita Flores em Santarém, tal como o executivo monocromático de Veiga Maltez na Golegã. Em Tomar a governação está difícil para Corvelo de Sousa, tal como Sérgio Carrinho minguou na Chamusca. Mas o melhor mesmo é seguir os textos e os números que acompanham os quadros.

SANTARÉM - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PSD PS CDU CDS-PP BE Abstenção Votantes Nulos Brancos

21602 7125 1923 1204 821 20846 33642 359 608

%

Mandatos

64.21% 21.18% 5.72% 3.58% 2.44% 38.26% 61.74% 1.07% 1.81%

7 2

A Moita Flores

Moita Flores arrasou – O movimento “Viva Santarém” de Moita Flores/PSD elegeu sete dos nove vereadores, deixando apenas dois para o PS, que obteve o seu pior resultado de sempre no concelho onde governou durante 32 anos. Mais

duas notas importantes: Moita Flores, com os movimentos de cidadãos que o PSD apoiou, arrecadou 20 das 28 freguesias do concelho. A CDU fica sem representantes na Câmara e apenas mantém a Junta de Pernes. O PS sofre também uma razia nas

freguesias. Fica apenas com sete, perdendo Abrã, Amiais de Baixo, Abitureiras, Pombalinho e Tremês, embora tenha ganho Póvoa da Isenta e Póvoa de Santarém. Para a Assembleia Municipal, o PSD ganha também a maioria absoluta, elegendo

Pinto Correia como presidente, com 52% dos votos, que valem 17 eleitos. O PS só conseguiu 8 eleitos, a CDU ficou reduzida a 2 eleitos, o CDS/PP e o Bloco de Esquerda mantiveram um eleito cada.

Alcanhões

Amiais de Baixo

Arneiro das Milhariças

Moçarria

Resultados das Freguesias - Santarém Abitureiras PARTIDO

PSD PS CDU Abstenção Votantes

Achete

Abrã VOTOS

350 264 12 241 638

%

PARTIDO

54.86% 41.38% 1.88% 27.42% 72.58%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

50.65% 46.48% 0.72% 30.58% 69.42%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

559 365 49 599 1007

55.51% 36.25% 4.87% 37.30% 62.70%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

VOTOS

353 324 5 307 697

Presidente: Carlos Santos (PSD)

Presidente: Rui Ferreira (PSD)

Marvila

São Nicolau

VOTOS

341 272 250 480 901

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

37.85% 30.19% 27.75% 34.76% 65.24%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

602 522 61 528 1219

49.38% 42.82% 5.00% 30.22% 69.78%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

Presidente: Joaquim Saramago (PSD)

Presidente: Pedro Mena Esteves (PS)

Presidente: César Rei (PSD)

São Salvador

Almoster

Vale de Figueira

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

PSD PS CDU CDS-PP BE Abstenção Votantes

2949 974 316 307 240 3376 5006

58.91% 19.46% 6.31% 6.13% 4.79% 40.28% 59.72%

PSD PS CDU BE CDS-PP Abstenção Votantes

2255 986 309 255 210 3142 4201

53.68% 23.47% 7.36% 6.07% 5.00% 42.79% 57.21%

PSD PS CDS-PP CDU BE Abstenção Votantes

2682 1092 262 244 201 3467 4656

57.60% 23.45% 5.63% 5.24% 4.32% 42.68% 57.32%

PSD PS CDU CDS-PP BE Abstenção Votantes

399 309 236 33 27 569 1025

38.93% 30.15% 23.02% 3.22% 2.63% 35.70% 64.30%

VFI PS CDU CDS-PP Abstenção Votantes

Presidente: Carlos Marçal (PSD)

Presidente: Nuno Ferreira (PSD)

Presidente: Abílio Ribeiro (PSD)

São Vicente do Paul

Pombalinho

Casével

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

MISVP CDU Abstenção Votantes

843 135 491 1018

82.81% 13.26% 32.54% 67.46%

MICP PS Abstenção Votantes

Presidente: Ricardo Costa (ind/PSD)

VOTOS

233 176 149 413

%

PARTIDO

56.42% 42.62% 26.51% 73.49%

PSD PS Abstenção Votantes

Presidente: Luis Filipe Júlio (ind/PSD)

325 147 355 510

PARTIDO

50.55% 31.18% 13.84% 35.01% 64.99%

MIMO PS CDU Abstenção Votantes

PARTIDO

59.69% 24.81% 9.17% 3.23% 27.26% 72.74%

PS LIPS CPS CDU Abstenção Votantes

VOTOS

258 121 42 9 118 440

531 127 64 314 758

%

70.05% 16.75% 8.44% 29.29% 70.71%

Presidente: Carlos Beja (ind/PSD)

Póvoa de Santarém %

VOTOS

Vale de Santarém %

PARTIDO

VOTOS

%

58.64% 27.50% 9.55% 2.05% 21.15% 78.85%

PS CDU PSD BE Abstenção Votantes

459 451 442 52 1167 1452

31.61% 31.06% 30.44% 3.58% 44.56% 55.44%

Presidente: Manuel Cordeiro (ind/PSD)

Presidente: António João Henriques (PS)

Presidente: Maria Ilda Lanceiro (PS)

Gançaria

Vaqueiros

Azoia de Cima

Presidente: João Neves (PSD)

Azoia de Baixo VOTOS

274 169 75 292 542

%

Presidente: Basílio Oleiro (PSD)

VOTOS

462 192 71 25 290 774

VOTOS

%

PARTIDO

63.73% 28.82% 41.04% 58.96%

PSD CDU Abstenção Votantes

Presidente: Carlos Trigo (PSD)

VOTOS

85 50 43 163

%

PARTIDO

52.15% 30.67% 20.87% 79.13%

PSD PS Abstenção Votantes

Presidente: Edmundo Lima (PSD)

VOTOS

235 124 154 377

%

PARTIDO

62.33% 32.89% 29.00% 71.00%

MIVA CDU Abstenção Votantes

Presidente: Joaquim Aniceto (PSD)

VOTOS

178 14 85 207

%

PARTIDO

85.99% 6.76% 29.11% 70.89%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

Presidente: Firmino Oliveira (ind/PSD)

VOTOS

227 58 17 175 310

%

73.23% 18.71% 5.48% 36.08% 63.92%

Presidente: Luis Mena Esteves (PS)

Alcanede

Romeira

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

PSD PS CDS-PP CDU Abstenção Votantes

1694 501 206 70 1709 2559

66.20% 19.58% 8.05% 2.74% 40.04% 59.96%

PS PSD BE CDU Abstenção Votantes

Presidente: Manuel J. Vieira (PSD)

Várzea VOTOS

177 164 48 17 226 416

Presidente: Luis Silva (PS)

%

PARTIDO

42.55% 39.42% 11.54% 4.09% 35.20% 64.80%

PS PSD BE CDU Abstenção Votantes

St.ª Iria da Ribeira de Santarém VOTOS

528 263 41 39 605 897

%

PARTIDO

58.86% 29.32% 4.57% 4.35% 40.28% 59.72%

IRS PS CDU Abstenção Votantes

Presidente: José Coelho (PS)

VOTOS

342 98 75 348 532

Tremês

Póvoa da Isenta

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

64.29% 18.42% 14.10% 39.55% 60.45%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

661 496 64 698 1261

52.42% 39.33% 5.08% 35.63% 64.37%

PS IPI CDU Abstenção Votantes

Fernando Rodrigues (ind/PSD)

Presidente: Maria Emília (PSD)

VOTOS

204 197 185 311 619

Pernes %

PARTIDO

VOTOS

%

32.96% 31.83% 29.89% 33.44% 66.56%

CDU PS PSD Abstenção Votantes

390 333 328 551 1100

35.45% 30.27% 29.82% 33.37% 66.63%

Presidente: Francisco Patrício (PS)

Presidente: Salomé Vieira (CDU)

22 AUTÁRQUICAS 2009

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

RIO MAIOR - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PSD+CDS-PP PS MIC Rio Maior BE CDU Abstenção Votantes Nulos Brancos

5997 4789 381 352 299 6232 12187 170 199

%

Mandatos

49.21% 39.30% 3.13% 2.89% 2.45% 33.83% 66.17% 1.39% 1.63%

4 3

A Isaura Morais

Adeus Silvino, olá Isaura - Rio Maior encontra-se entre os quatro concelhos do distrito em que se registaram as maiores surpresas e mudanças. Isaura Morais, cabeça de lista da coligação “Juntos pelo Futuro” (PSD/CDS) conseguiu conquis-

tar a Câmara ao histórico socialista Silvino Sequeira. No próximo executivo, o PSD terá quatro vereadores, contra três eleitos do PS, onde será pouco provável que Silvino regresse na qualidade de vereador. Quanto a freguesias, o PSD tem

a maioria em seis, o PS noutras seis, a CDU mantém a Asseiceira e os independentes a Ribeira de S. João. A coligação PSD/CDS tem também a presidência da Assembleia Municipal. Rio Maior volta ao regaço do PSD passados 24 anos, agora com

um perfil e desenvolvimento muito marcado pelo desporto.

Azambujeira

Fráguas

Marmeleira

Outeiro da Cortiçada

Resultados das Freguesias - Rio Maior Alcobertas PARTIDO

Arrouquelas VOTOS

PSD+CDS 751 PS 487 Abstenção 440 Votantes 1279

%

PARTIDO

58.72% 38.08% 25.60% 74.40%

PS CDU PSD+CDS Abstenção Votantes

Rio Maior

Arruda dos Pisões VOTOS

229 96 62 126 403

%

PARTIDO

56.82% 23.82% 15.38% 23.82% 76.18%

PSD+CDS PS Abstenção Votantes

São João da Ribeira

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

PSD+CDS PS MIC BE CDU Abstenção Votantes

3078 1662 514 373 230 3938 6102

50.44% 27.24% 8.42% 6.11% 3.77% 39.22% 60.78%

PSD+CDS PS Abstenção Votantes

314 247 224 574

VOTOS

164 100 111 272

%

PARTIDO

60.29% 36.76% 28.98% 71.02%

PS PSD+CDS Abstenção Votantes

Asseiceira %

PARTIDO

54.70% 43.03% 28.07% 71.93%

CDU PSD+CDS PS Abstenção Votantes

VOTOS

PS PSD CDS-PP CDU Abstenção Votantes Nulos Brancos

12459 11398 1197 511 17596 26311 313 433

%

291 150 88 268 556

%

PARTIDO

52.34% 26.98% 15.83% 32.52% 67.48%

PSD+CDS PS Abstenção Votantes

Mandatos

47.35% 43.32% 4.55% 1.94% 40.08% 59.92% 1.19% 1.65%

208 104 98 324

%

PARTIDO

64.20% 32.10% 23.22% 76.78%

PS PSD+CDS Abstenção Votantes

São Sebastião VOTOS

OURÉM - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

4 3

A Paulo Fonseca

VOTOS

161 156 152 325

VOTOS

325 256 271 609

%

PARTIDO

53.37% 42.04% 30.80% 69.20%

PS CDU PSD+CDS Abstenção Votantes

Ribeira de São João %

PARTIDO

49.54% 48.00% 31.87% 68.13%

MIUR PSD+CDS Abstenção Votantes

VOTOS

194 110 158 325

VOTOS

%

PARTIDO

132 88 76 105 302

43.71% 29.14% 25.17% 25.80% 74.20%

PSD+CDS PS Abstenção Votantes

VOTOS

%

PARTIDO

47.53% 47.22% 20.78% 79.22%

PS PSD+CDS Abstenção Votantes

Malaqueijo %

PARTIDO

59.69% 33.85% 32.71% 67.29%

PS PSD+CDS Abstenção Votantes

VOTOS

249 228 182 489

%

50.92% 46.63% 27.12% 72.88%

Assentiz 154 153 85 324

VOTOS

189 95 74 303

%

62.38% 31.35% 19.63% 80.37%

À terceira, Paulo Fonseca venceu - O socialista Paulo Fonseca conseguiu conquistar a Câmara de Ourém, há muito um bastião social-democrata no distrito. É caso para dizer que à terceira foi de vez, pois esta

foi a terceira candidatura de Paulo Fonseca à Câmara onde já fora vereador e é agora o novo presidente. O PSD também ajudou à reviravolta com a substituição da presidência a meio do mandato, quando David Catarino passou

para a região de Turismo e foi substituído por Vítor Frazão. O PS elegeu agora 4 vereadores, contra 3 do PSD, que continua ainda a ter forte peso nas freguesias, com 10 juntas, enquanto o PS tem maioria em 6 freguesias e os

grupos de cidadãos em 2. O PSD ganha ainda a Assembleia Municipal, com 10 eleitos, contra 9 do PS, um do CDS e outro da CDU. Um órgão que vai exigir as qualidades de diálogo do novo presidente da Câmara.

Matas

N.ª Senhora das Misericórdias

Olival

Nossa Senhora da Piedade

Resultados das Freguesias - Ourém Atouguia

Alburitel PARTIDO

PS PSD CDU Abstenção Votantes

VOTOS

485 299 29 231 844

Casal dos Bernardos

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

57.46% 35.43% 3.44% 21.49% 78.51%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

845 471 55 946 1414

59.76% 33.31% 3.89% 40.08% 59.92%

PSD PS CDS-PP Abstenção Votantes

Freixianda

Rio de Couros

VOTOS

314 239 66 530 631

%

PARTIDO

49.76% 37.88% 10.46% 45.65% 54.35%

PSD PS CDS-PP Abstenção Votantes

Caxarias

VOTOS

323 236 114 462 701

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

46.08% 33.67% 16.26% 39.72% 60.28%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

1780 746 129 1890 2777

64.10% 26.86% 4.65% 40.50% 59.50%

PS PSD MOIA Abstenção Votantes

470 430 385 945 1332

35.29% 32.28% 28.90% 41.50% 58.50%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

1954 1408 183 2271 3643

53.64% 38.65% 5.02% 38.40% 61.60%

VOTOS

%

PARTIDO

60.50% 37.71% 34.79% 65.21%

PSD PS Abstenção Votantes

Seiça

Urqueira

Gondemaria

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

MVM PSD CDS-PP CDU Abstenção Votantes

719 626 80 24 1320 1511

47.58% 41.43% 5.29% 1.59% 46.63% 53.37%

PSD PS CDS-PP MPT Abstenção Votantes

571 274 265 78 1001 1215

47.00 22.55 21.81 6.42 45.17% 54.83%

PS PSD CDS-PP CDU Abstenção Votantes

665 488 71 23 899 1296

51.31% 37.65% 5.48% 1.77% 40.96% 59.04%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

687 568 30 755 1322

51.97% 42.97% 2.27% 36.35% 63.65%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

527 466 36 992 1061

49.67% 43.92% 3.39% 48.32% 51.68%

PSD PS Abstenção Votantes

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

54.57% 42.62% 51.30% 48.70%

PSD Lista Ind. Abstenção Votantes

3893 1419 3319 5607

69.43% 25.31% 37.18% 62.82%

PSD PS Abstenção Votantes

Espite

Ribeira do Farrio PARTIDO

Lista Ind. CDU Abstenção Votantes

VOTOS

429 87 354 568

%

PARTIDO

75.53% 15.32% 38.39% 61.61%

PSD PS Abstenção Votantes

Fátima 388 303 749 711

Formigais VOTOS

181 80 220 266

%

68.05% 30.08% 45.27% 54.73%

Cercal 507 316 447 838

VOTOS

397 157 267 572

%

69.41% 27.45% 31.82% 68.18%

AUTÁRQUICAS 2009 23

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

ABRANTES - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PS PSD ICA CDU BE CDS-PP Abstenção Votantes Nulos Brancos

%

9076 5297 3806 1571 1191 752 14453 22408 296 419

Mandatos

40.50% 23.64% 16.99% 7.01% 5.32% 3.36% 39.21% 60.79% 1.32% 1.87%

4 2 1

A

Maria do Céu Albuquerque

PS renovado segura Abrantes - Maria do Céu Albuquerque é a nova presidente da Câmara de Abrantes. A renovação da lista do PS, com a saída de Nelson Carvalho, resultou na manutenção da maioria absoluta. O PS

elege 4 vereadores para a Câmara, enquanto o PSD elege 2, e o grupo de independentes elege apenas Albano Matos, que já foi vereador socialista. O PS ganhou também 15 juntas de freguesia, enquanto o PSD

tem a maioria em Rio de Moinhos e Souto, a CDU preside em Mouriscas e o grupo de independentes em São Facundo. Na Assembleia Municipal, o PS deverá eleger o presidente Jorge Lacão, com 9 deputa-

dos eleitos directamente, contra 5 do PSD, 4 independentes, um do CDS, um da CDU e um do Bloco de Esquerda.

Abrantes (São João)

Concavada

Vale de Mós

Alvega

Resultados das Freguesias - Abrantes Alferrarede

Tramagal

Abrantes (São Vicente)

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

PS ICA PSD CDS-PP CDU BE Abstenção Votantes

711 467 443 269 88 66 1356 2129

33.40% 21.94% 20.81% 12.64% 4.13% 3.10% 38.91% 61.09%

PS PSD ICA CDU BE CDS-PP Abstenção Votantes

710 387 352 257 239 59 1329 2067

34.35% 18.72% 17.03% 12.43% 11.56% 2.85% 39.13% 60.87%

PS PSD ICA BE CDU CDS-PP Abstenção Votantes

2065 1304 894 290 255 215 3998 5182

39.85% 25.16% 17.25% 5.60% 4.92% 4.15% 43.55% 56.45%

PS PSD ICA CDU BE Abstenção Votantes

Rio de Moinhos PARTIDO

PSD PS CDS-PP CDU Abstenção Votantes

VOTOS

340 189 131 70 481 762

44.62% 24.80% 17.19% 9.19% 38.70% 61.30%

Souto PARTIDO

PSD PS CDS-PP Abstenção Votantes

São Facundo

Rossio ao Sul do Tejo %

PARTIDO

VOTOS

PS ICA PSD CDU Abstenção Votantes

732 279 258 66 842 1361

%

PARTIDO

53.78% 20.50% 18.96% 4.85% 38.22% 61.78%

ICA PS PSD CDU Abstenção Votantes

212 118 42 153 382

%

PARTIDO

55.50% 30.89% 10.99% 28.60% 71.40%

PS PSD Abstenção Votantes

VOTOS

284 120 301 431

325 256 95 37 257 720

VOTOS

CDU PSD PS CDS-PP Abstenção Votantes Nulos Brancos

6243 1908 1427 462 10786 10459 164 255

%

PARTIDO

VOTOS

%

PS PSD ICA CDU BE Abstenção Votantes

550 430 271 176 97 1124 1564

35.17% 27.49% 17.33% 11.25% 6.20% 41.82% 58.18%

59.69% 18.24% 13.64% 4.42% 50.77% 49.23% 1.57% 2.44%

A António José

5 1 1

Ganhão

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

CDU LISA PSD BE CDS-PP Abstenção Votantes

2847 1109 960 242 207 6431 5593

50.90% 19.83% 17.16% 4.33% 3.70% 53.48% 46.52%

CDU PSD PS CDS-PP Abstenção Votantes

2173 558 491 173 3670 3543

61.33% 15.75% 13.86% 4.88% 50.88% 49.12%

VOTOS

%

PARTIDO

41.28% 36.61% 20.64% 34.67% 65.33%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

PS CDU PSD Abstenção Votantes

Santo Estêvão 168 149 84 216 407

302 39 38 209 387

%

PARTIDO

78.04% 10.08% 9.82% 35.07% 64.93%

PS CDU PSD Abstenção Votantes

Carvalhal PARTIDO

VOTOS

272 114 32 185 432

VOTOS

380 323 188 469 916

%

PARTIDO

VOTOS

%

62.96% 26.39% 7.41% 29.98% 70.02%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

431 355 193 481 1000

43.10% 35.50% 19.30% 32.48% 67.52%

Fontes VOTOS

Aldeia do Mato

%

PARTIDO

323 227 310 563

57.37% 40.32% 35.51% 64.49%

PS PSD Abstenção Votantes

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

CDU PS PSD Abstenção Votantes

541 312 269 582 1168

46.32% 26.71% 23.03% 33.26% 66.74%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

815 228 139 691 1220

66.80% 18.69% 11.39% 36.16% 63.84%

PS PSD BE CDU Abstenção Votantes

702 232 155 154 1045 1287

54.55% 18.03% 12.04% 11.97% 44.81% 55.19%

PS PSD Abstenção Votantes Mouriscas

VOTOS

294 169 282 480

%

PARTIDO

61.25% 35.21% 37.01% 62.99%

PS PSD Abstenção Votantes

%

41.48% 35.26% 20.52% 33.86% 66.14%

António Ganhão de pedra e cal - O veterano António José Ganhão está de pedra e cal na Câmara de Benavente. Neste seu último mandato, António Ganhão conquistou, uma vez mais, a maioria absoluta para a CDU, com 5 vereadores, contra um do PS e outro do PSD. Nas freguesias, a CDU ganhou em Samora Correia e Benavente, enquanto o PSD venceu Santo Estêvão e o PS ganhou na Barrosa. Na Assembleia Municipal, a CDU tem 12 eleitos, o PSD 4, o PS 3, o Bloco de Esquerda e o CDS/ PP um cada.

PARTIDO

VOTOS

PS CDU MIC PSD BE Abstenção Votantes Nulos Brancos

6342 2764 769 591 358 7672 11099 115 160

%

Mandatos

57.14 24.90 6.93 5.32 3.23 40.87% 59.13% 1.04% 1.44%

5 2

VOTOS

172 165 199 354

%

48.59% 46.61% 35.99% 64.01%

Pego

Bemposta

Dionísio Mendes em força O socialista Dionísio Mendes renovou a maioria absoluta para o PS na Câmara de Coruche. Os socialistas têm 5 vereadores e a CDU elegeu dois, tendo o PSD tal como os independentes claudicado na corrida para a Câmara. Nas freguesias, o PS ganhou as Juntas de Coruche, Lamarosa, Branca, Biscainho, Erra e Santana do Mato, enquanto a CDU mantém o Couço e a Fajarda. O PS tem também a maioria na Assembleia Municipal que deverá ser presidida por José Dias Coelho, com 12 eleitos, contra 6 da CDU, 2 independentes e um do PSD.

CORUCHE - Câmara Municipal Mandatos

PARTIDO

PARTIDO

PS PSD CDU Abstenção Votantes

%

Benavente

Barrosa

40.48% 24.16% 21.33% 5.98% 4.68% 40.59% 59.41%

%

VOTOS

65.89% 27.84% 41.12% 58.88%

Resultados das Freguesias - Benavente Samora Correia

PARTIDO

45.14% 35.56% 13.19% 5.14% 26.31% 73.69%

BENAVENTE - Câmara Municipal PARTIDO

372 222 196 55 43 628 919

%

São Miguel do Rio Torto

VOTOS

Martinchel VOTOS

VOTOS

A Dionísio Mendes

Resultados das Freguesias - Coruche São José da Lamorosa

Couço

Coruche PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

PS CDU MIC PSD BE Abstenção Votantes

2506 753 438 321 240 3781 4421

56.68% 17.03% 9.91% 7.26% 5.43% 46.10% 53.90%

CDU PS BE PSD Abstenção Votantes

1113 474 120 116 925 1892

58.83% 25.05% 6.34% 6.13% 32.84% 67.16%

PS MIC CDU BE Abstenção Votantes

VOTOS

%

PARTIDO

55.67% 33.62% 4.77% 2.55% 41.17% 58.83%

PS CDU MIC Abstenção Votantes

Fajarda PARTIDO

CDU PS PSD MIC Abstenção Votantes

Santana do Mato 525 317 45 24 660 943

VOTOS

455 236 80 337 787

VOTOS

637 119 111 45 743 950

Branca %

PARTIDO

67.05% 12.53% 11.68% 4.74% 43.89% 56.11%

PS CDU MIC PSD Abstenção Votantes

Erra %

PARTIDO

57.81% 29.99% 10.17% 29.98% 70.02%

PS CDU MIC Abstenção Votantes

VOTOS

426 245 96 56 588 832

%

51.20% 29.45% 11.54% 6.73% 41.41% 58.59%

Biscainho VOTOS

288 269 93 306 676

%

PARTIDO

42.60% 39.79% 13.76% 31.16% 68.84%

PS MIC CDU Abstenção Votantes

VOTOS

369 157 36 332 598

%

61.71% 26.25% 6.02% 35.70% 64.30%

24 AUTÁRQUICAS 2009

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

TOMAR - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PSD PS Ind. Tomar CDU CDS-PP BE TPL Abstenção Votantes Nulos Brancos

7959 4756 4552 1667 1210 829 736 15957 22767 461 597

%

Mandatos

34.96% 20.89% 19.99% 7.32% 5.31% 3.64% 3.23% 41.21% 58.79% 2.02% 2.62%

3 2 2

A

Corvêlo de Sousa

Tomar vai ter de dialogar muito - Corvelo de Sousa ganhou a Câmara Municipal de Tomar, mas vai ter de dialogar muito com a vereação, pois o PSD tem apenas 3 vereadores, contra 2 do PS e 2 independentes da lista de Pedro Marques. Nas

freguesias, o PSD tem a presidência de 8 juntas, com 70 eleitos, enquanto o PS tem 4 juntas e 39 eleitos, os independentes 3 juntas e 25 eleitos, e a CDU uma junta e 8 eleitos. O PSD está também fragilizado na Assembleia Municipal, com apenas 8

eleitos, enquanto o PS e os independentes têm 5 eleitos cada, e o CDS, a CDU e o Bloco têm um eleito cada.

Carregueiros

Casais

São João Baptista

Resultados das Freguesias - Tomar Alviobeira PARTIDO

IT PS PSD Abstenção Votantes

Asseiceira VOTOS

174 151 83 175 424

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

41.04% 35.61% 19.58% 29.22% 70.78%

PSD PS IT BE CDU Abstenção Votantes

927 423 243 72 71 1160 1782

52.02% 23.74% 13.64% 4.04% 3.98% 39.43% 60.57%

PS IT PSD CDU Abstenção Votantes

Junceira PARTIDO

IT PSD Abstenção Votantes

VOTOS

285 214 237 522

%

54.60% 41.00% 31.23% 68.77%

Serra PARTIDO

PSD PS Abstenção Votantes

VOTOS

477 140 526 706

Beselga

%

%

67.56% 19.83% 42.69% 57.31%

VOTOS

198 150 119 33 234 525

%

PARTIDO

37.71% 28.57% 22.67% 6.29% 30.83% 69.17%

PSD IT PS CDU Abstenção Votantes

Santa Maria dos Olivais Paialvo PARTIDO

VOTOS

%

CDU IT PSD PS Abstenção Votantes

472 350 286 185 1050 1353

34.89% 25.87% 21.14% 13.67% 43.70% 56.30%

VOTOS

PS ICA PSD+CDS-PP CDU BE Abstenção Votantes Nulos Brancos

3914 2225 1443 552 197 4491 8586 127 128

%

Alcanena PARTIDO

PS PSD+CDS ICA CDU BE Abstenção Votantes

823 521 492 350 67 1437 2321

%

PARTIDO

35.46% 22.45% 21.20% 15.08% 2.89% 38.24% 61.76%

PS ICA PSD+CDS BE CDU Abstenção Votantes

Monsanto PARTIDO

CIM CDU Abstenção Votantes

297 254 28 20 14 363 626

%

47.44% 40.58% 4.47% 3.19% 2.24% 36.70% 63.30%

Serra de Santo António VOTOS

319 193 347 565

%

PARTIDO

56.46% 34.16% 38.05% 61.95%

PS PSD+CDS Abstenção Votantes

VOTOS

339 164 240 514

%

65.95% 31.91% 31.83% 68.17%

PARTIDO

ICA PS PSD+CDS Abstenção Votantes

VOTOS

308 140 137 366 620

Malhou %

PARTIDO

49.68% 22.58% 22.10% 37.12% 62.88%

PS ICA Abstenção Votantes

326 212 140 556

%

58.63% 38.13% 20.11% 79.89%

%

PARTIDO

65.42% 18.53% 7.61% 5.12% 33.24% 66.76%

PSD IT PS CDU Abstenção Votantes

747 249 213 76 870 1343

55.62% 18.54% 15.86% 5.66% 39.31% 60.69%

IT PSD PS CDU BE Abstenção Votantes

1036 998 516 238 186 2665 3157

32.82% 31.61% 16.34% 7.54% 5.89% 45.77% 54.23%

PSD CDU PS Abstenção Votantes

São Pedro de Tomar

PSD PS IT CDU BE Abstenção Votantes

3149 1030 1013 508 330 4866 6345

49.63% 16.23% 15.97% 8.01% 5.20% 43.40% 56.60%

PSD PS IT CDU BE Abstenção Votantes

899 422 173 70 70 1245 1680

53.51% 25.12% 10.30% 4.17% 4.17% 42.56% 57.44%

PS PSD Abstenção Votantes

Alcanena regressa ao PS - Fernanda Asseiceira reconquistou a Câmara de Alcanena para o PS, após 8 anos de presidência do ICA - movimento de independentes que reLouriceira PARTIDO

PS ICA PSD+CDS CDU BE Abstenção Votantes

PS PSD+CDS CDU BE Abstenção Votantes

sultou da cisão dos socialistas. O PS elegeu 4 vereadores, os independentes ficaram reduzidos a 2 vereadores e a coligação PSD/DS elegeu apenas um. Nas freguesias, o PS ganhou 7 presidências de junta, enquanto o ICA fica com apenas duas, e Monsanto continua independente. O PS ganhou ainda a presidência da Assembleia Municipal, cm 10 eleitos, contra 6 independentes, 4 do PSD e um da CDU. Vila Moreira

VOTOS

200 94 30 29 9 162 370

%

PARTIDO

54.05% 25.41% 8.11% 7.84% 2.43% 30.45% 69.55%

PS ICA PSD+CDS CDU BE Abstenção Votantes

VOTOS

312 151 53 35 11 298 572

%

54.55% 26.40% 9.27% 6.12% 1.92% 34.25% 65.75%

Minde VOTOS

205 163 43 16 163 436

%

PARTIDO

VOTOS

%

47.02% 37.39% 9.86% 3.67% 27.21% 72.79%

ICA NMI CDU BE Abstenção Votantes

936 744 187 49 974 2007

46.64% 37.07% 9.32% 2.44% 32.67% 67.33%

VOTOS

407 227 382 668

%

60.93% 33.98% 36.38% 63.62%

Madalena PARTIDO

VOTOS

%

PS PSD IT CDU BE Abstenção Votantes

937 279 198 101 92 1101 1667

56.21% 16.74% 11.88% 6.06% 5.52% 39.78% 60.22%

VOTOS

237 126 32 132 408

%

58.09% 30.88% 7.84% 24.44% 75.56%

Além da Ribeira PARTIDO

Sabacheira PARTIDO

PARTIDO VOTOS

VOTOS

%

Espinheiro Moitas Venda

PARTIDO

VOTOS

A

VOTOS

%

PARTIDO

Fernanda Asseiceira

Bugalhos VOTOS

VOTOS

%

4 2 1

Resultados das Freguesias - Alcanena

PARTIDO

VOTOS

Mandatos

45.59% 25.91% 16.81% 6.43% 2.29% 34.34% 65.66% 1.48% 1.49%

473 134 55 37 360 723

Pedreira

%

PARTIDO

ALCANENA - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PS PSD Abstenção Votantes

VOTOS

369 105 342 519

%

71.10% 20.23% 39.72% 60.28%

Olalhas PARTIDO

PSD PS Abstenção Votantes

VOTOS

606 265 611 946

%

64.06% 28.01% 39.24% 60.76%

GOLEGÃ - Câmara Municipal PARTIDO

PS GIGA PSD CDU CDS-PP Abstenção Votantes Nulos Brancos

VOTOS

1918 363 282 236 165 1748 3027 36 27

%

63.36% 11.99% 9.32% 7.80% 5.45% 36.61% 63.39% 1.19% 0.89%

Mandatos

5

A

José Veiga Maltez

Resultados das Freguesias - Golegã Veiga Maltez dá 5-0 na Golegã - José Veiga Maltez arrasou nestas eleições, arrebatando todos os 5 vereadores da Câmara para o PS, caso único no país de uma câmara monocolor. O PS mantém a presidência da Junta da Golegã, e o independente Vítor Guia continua a presidir à Azinhaga. O PSD perdeu o vereador que tinha na Câmara e ficou reduzido a 2 eleitos na Assembleia Municipal. O PS tem a maioria absoluta na Assembleia Municipal, com 9 eleitos, contra 2 PSD, 2 independentes, um da CDU e um do CDS/PP.

Azinhaga PARTIDO

GIGA PS CDU PSD CDS-PP Abstenção Votantes

VOTOS

509 266 129 49 11 406 989

%

51.47% 26.90% 13.04% 4.95% 1.11% 29.10% 70.90%

Golegã PARTIDO

VOTOS

%

PS PSD CDS-PP CDU Abstenção Votantes

1301 293 190 177 1342 2038

63.84% 14.38% 9.32% 8.68% 39.70% 60.30%

AUTÁRQUICAS 2009 25

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

TORRES NOVAS - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PS PSD CDU BE CDS-PP Abstenção Votantes Nulos Brancos

%

10420 4047 2517 1132 631 13483 19363 246 370

Mandatos

53.8% 20.90% 13.00% 5.85% 3.26% 41.05% 58.95% 1.27% 1.91%

5 1 1

A

António Rodrigues

António Rodrigues reforça maioria O socialista António Rodrigues reforçou a maioria absoluta na Câmara de Torres Novas, elegendo 5 dos 7 vereadores, ficando o PSD e a CDU com um vereador cada. O PS ganhou ainda 10 das 17 fregue-

sias, com o PSD a vencer em 3 juntas, os independentes em duas e a CDU noutras 2. O PS tem ainda a maioria absoluta na Assembleia Municipal, com 11 eleitos, contra 5 do PSD, 3 da CDU e 2 do Bloco de Esquerda.

Chancelaria

Lapas

Resultados das Freguesias - Torres Novas Alcorochel PARTIDO

Assentiz VOTOS

PSD PS CDU Abstenção Votantes

161 151 129 294 465

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

34.62% 32.47% 27.74% 38.74% 61.26%

PS PSD BE CDU Abstenção Votantes

1089 581 85 58 930 1883

57.83% 30.86% 4.51% 3.08% 33.06% 66.94%

L.I.B.F. CDU PSD Abstenção Votantes

Parceiros de Igreja PARTIDO

VOTOS

Brogueira

%

Pedrógão

VOTOS

420 114 103 381 664

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

63.25% 17.17% 15.51% 36.46% 63.54%

PSD PS BE Abstenção Votantes

560 487 51 568 1132

49.47% 43.02% 4.51% 33.41% 66.59%

CDU PS JILapas PSD BE Abstenção Votantes

414 349 152 148 53 731 1165

35.54% 29.96% 13.05% 12.70% 4.55% 38.55% 61.45%

PS PSD CDU BE Abstenção Votantes

415 327 183 81 649 1047

39.64% 31.23% 17.48% 7.74% 38.27% 61.73%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

47.40% 31.82% 7.68% 7.58% 47.62% 52.38%

PS PSD CDU BE Abstenção Votantes

997 759 258 147 1640 2248

44.35% 33.76% 11.48% 6.54% 42.18% 57.82%

PS PSD BE CDU Abstenção Votantes

Riachos

Ribeira Branca

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

341 189 26 322 577

59.10% 32.76% 4.51% 35.82% 64.18%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

454 375 324 768 1197

37.93% 31.33% 27.07% 39.08% 60.92%

PS CDU PSD BE Abstenção Votantes

812 725 435 340 2134 2415

33.62% 30.02% 18.01% 14.08% 46.91% 53.09%

CDU PSD BE Abstenção Votantes

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

PS PSD CDU BE Abstenção Votantes

1583 592 331 217 2389 2834

55.86 20.89 11.68 7.66 45.74% 54.26%

PS CDU PSD Abstenção Votantes

61.86 19.89 14.96 39.85% 60.15%

M.V.C. PS PSD BE CDU Abstenção Votantes

São Pedro

Zibreira

VOTOS

244 118 31 238 410

Salvador %

PARTIDO

59.51% 28.78% 7.56% 36.73% 63.27%

PS PSD CDU BE Abstenção Votantes

Santa Maria 438 294 71 70 840 924

339 109 82 363 548

VOTOS

349 224 154 98 42 480 910

VOTOS

2926 2113 165 135 35 2692 5588 102 112

%

Mandatos

52.36% 37.81% 2.95% 2.42% 0.63% 32.51% 67.49% 1.83% 2.00%

3 2

A Jacinto Flores

Resultados das Freguesias - Ferreira do Zêzere Ferreira do Zêzere PARTIDO

VOTOS

PSD 598 PS 464 CDS+MPT 150 BE 31 CDU 15 Abstenção 625 Votantes 1318

Areias %

PARTIDO

45.37% 35.20% 11.38% 2.35% 1.14% 32.17% 67.83%

PSD PS CDS+MPT BE CDU Abstenção Votantes

Paio Mendes PARTIDO

PS PSD CDU Abstenção Votantes

%

PARTIDO

168 164 4 108 352

47.73% 46.59% 1.14% 23.48% 76.52%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

VOTOS

%

PARTIDO

51.57% 44.17% 2.02% 29.21% 70.79%

PS PSD BE Abstenção Votantes

Dornes PARTIDO

PSD PS BE Abstenção Votantes

Águas Belas VOTOS

526 300 46 22 6 570 935

%

PARTIDO

56.26% 32.09% 4.92% 2.35% 0.64% 37.87% 62.13%

PS PSD BE CDU Abstenção Votantes

Pias

VOTOS

VOTOS

441 260 23 4 310 748

%

58.96% 34.76% 3.07% 0.53% 29.30% 70.70%

Beco VOTOS

226 100 5 138 345

%

PARTIDO

65.51% 28.99% 1.45% 28.57% 71.43%

PSD PS UPF Abstenção Votantes

Igreja Nova do Sobral 230 197 9 184 446

161 147 133 240 451

%

35.70% 32.59% 29.49% 34.73% 65.27%

Santiago VOTOS

240 127 55 55 514 495

%

48.48% 25.66% 11.11% 11.11% 50.94% 49.06%

%

38.35 24.62 16.92 10.77 4.62 34.53% 65.47%

FERREIRA DO ZÊZERE - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

Meia Via

SALVATERRA DE MAGOS - Câmara Municipal PARTIDO

PSD PS CDS-PP+MPT BE CDU Abstenção Votantes Nulos Brancos

Paço

PARTIDO

%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

Olaia

%

VOTOS

202 180 27 216 427

VOTOS

367 178 62 300 628

%

58.44% 28.34% 9.87% 32.33% 67.67%

Chãos %

PARTIDO

47.31% 42.15% 6.32% 33.59% 66.41%

PSD PS Abstenção Votantes

VOTOS

205 169 241 389

%

52.70% 43.44% 38.25% 61.75%

Jacinto Flores segura Ferreira do Zêzere - O PSD ganhou a aposta no vice-presidente da Câmara de Ferreira do Zêzere Jacinto Lopes Flores como cabeça de lista nestas eleições autárquicas. O PSD elegeu 3 vereadores, contra dois do PS. Nas freguesias, o PSD ganhou 6 juntas e o PS três. O PSD tem ainda a maioria absoluta na Assembleia Municipal, com 9 eleitos, contra 6 do PS.

VOTOS

BE PS PSD CDU Abstenção Votantes

4655 2907 1155 1043 8348 10101

%

Mandatos

46.08% 28.78% 11.43% 10.33% 45.25% 54.75%

4 2 1

A

Ana Cristina Ribeiro

Resultados das Freguesias - Salvaterra de Magos Glória do Ribatejo

Marinhais

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PS BE CDU PSD Abstenção Votantes

888 510 213 33 1309 1697

52.33% 30.05% 12.55% 1.94% 43.55% 56.45%

PS BE PSD CDU Abstenção Votantes

1049 968 391 139 2293 2646

39.64% 36.58% 14.78% 5.25% 46.43% 53.57%

VOTOS

%

PARTIDO

40.08% 27.57% 19.41% 9.00% 36.52% 63.48%

BE PS PSD CDU Abstenção Votantes

Muge PARTIDO

PS BE CDU PSD Abstenção Votantes

Granho 285 196 138 64 409 711

VOTOS

233 194 112 33 259 578

%

40.31% 33.56% 19.38% 5.71% 30.94% 69.06%

Salvaterra de Magos

Foros de Salvaterra PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

BE PS PSD CDU Abstenção Votantes

1038 391 211 162 1845 1866

55.63% 20.95% 11.31% 8.68% 49.72% 50.28%

BE PS PSD CDU Abstenção Votantes

949 715 424 423 2233 2603

36.46% 27.47% 16.29% 16.25% 46.17% 53.83%

Bloco de Esquerda segura Salvaterra de Magos - Ana Cristina Ribeiro segurou a maioria absoluta na Câmara de Salvaterra de Magos, a única autarquia do país presidida pelo Bloco de Esquerda. O BE elege 4 vereadores, contra 2 do PS e um do PSD. O Bloco tem ainda a presidência de 3 juntas e o PS de outras 3. Pedro Choy foi eleito presidente da Assembleia Municipal, onde o Bloco tem 9 eleitos, contra 7 do PS, 3 do PSD e 2 da CDU.

26 AUTÁRQUICAS 2009

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

CARTAXO - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PS PSD CDU BE Abstenção Votantes Nulos Brancos

5382 3309 1415 842 9205 11451 222 281

%

Mandatos

47.00% 28.90% 12.36% 7.35% 44.56% 55.44% 1.94% 2.45%

4 2 1

A Paulo Caldas

Cartaxo é socialista - Paulo Caldas volta a ganhar com maioria absoluta no concelho do Cartaxo. Apesar da oposição interna que sofreu dentro do seu próprio partido, a vitória voltou a sorrir-lhe, tendo conquistado qua-

tro lugares na Câmara, contra dois do PSD e um da CDU. Dos sete eleitos para a vereação, há duas caras novas: no PS entra Paulo Varanda, directamente para vice-presidente; e no PSD, o independente Paulo Neves. Temos

assim que o PS ganhou com 47% dos votos, PSD com 28,9%, PCP com 12,36% e BE com 7,35%, sem vereador mas a conseguir eleger dois deputados municipais. O PS vai continuar a liderar a Assembleia Municipal, com

uma maioria de 10 eleitos em 21 deputados e a maioria das freguesias. No entanto, das oito freguesias do concelho, o PS conseguiu maioria em sete mas perdeu a freguesia da Ereira para o PSD, com uma diferença de 54 votos.

Pontével

Valada

Vila Chã de Ourique

Vale da Pedra

Resultados das Freguesias - Cartaxo Cartaxo

Ereira

Lapa

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

PS PSD CDU BE Abstenção Votantes

2107 1489 549 429 4402 4786

44.02% 31.11% 11.47% 8.96% 47.91% 52.09%

PSD PS CDU BE Abstenção Votantes

198 144 38 18 165 416

%

PARTIDO

47.60% 34.62% 9.13% 4.33% 28.40% 71.60%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

VOTOS

316 231 62 396 638

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

49.53% 36.21% 9.72% 38.30% 61.70%

PS PSD CDU BE Abstenção Votantes

926 520 319 190 1901 2044

45.30% 25.44% 15.61% 9.30% 48.19% 51.81%

PS CDU PSD Abstenção Votantes

VOTOS

269 138 89 291 515

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

52.23% 26.80% 17.28% 36.10% 63.90%

PS PSD BE CDU Abstenção Votantes

649 490 124 119 1084 1446

44.88% 33.89% 8.58% 8.23% 42.85% 57.15%

PS CDU PSD Abstenção Votantes

VOTOS

469 220 211 546 933

%

50.27% 23.58% 22.62% 36.92% 63.08%

Vale da Pinta PARTIDO

PS PSD CDU Abstenção Votantes

VOTOS

397 187 60 420 673

%

58.99% 27.79% 8.92% 38.43% 61.57%

MAÇÃO - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PSD PS CDU Abstenção Votantes Nulos Brancos

2991 2445 119 1747 5742 99 88

%

Mandatos

52.09% 42.58% 2.07% 23.33% 76.67% 1.72% 1.53%

3 2

A Saldanha Rocha

A Sousa Gomes

Saldanha Rocha firme em Mação - Saldanha Rocha conquistou mais uma maioria absoluta na Câmara de Mação, onde o PSD tem 3 vereadores, contra 2 do PS. Nas freguesias, o PSD preside a 4 juntas e o PS a 2. Na Assembleia Municipal, o PSD continua na presidência, com 8 eleitos, contra 7 do PS.

Resultados das Freguesias - Mação Aboboreira PARTIDO

PS PSD CDU Abstenção Votantes

263 173 3 103 463

%

PARTIDO

56.80% 37.37% 0.65% 18.20% 81.80%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

Carvoeiro

Cardigos

Amêndoa VOTOS

VOTOS

272 163 5 170 455

%

PARTIDO

59.78% 35.82% 1.10% 27.20% 72.80%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

%

PARTIDO

49.65% 47.69% 0.93% 23.47% 76.53%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

VOTOS

429 412 8 265 864

Mação

Penhascoso VOTOS

295 210 5 165 524

%

PARTIDO

56.30% 40.08% 0.95% 23.95% 76.05%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

Ortiga

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

PS PSD CDU Abstenção Votantes

792 607 74 486 1518

52.17% 39.99% 4.87% 24.25% 75.75%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

VOTOS

337 279 6 163 637

%

52.90% 43.80% 0.94% 20.37% 79.63%

Envendos VOTOS

242 231 12 100 493

%

PARTIDO

49.09% 46.86% 2.43% 16.86% 83.14%

PS PSD CDU Abstenção Votantes

VOTOS

383 357 23 295 788

%

48.60% 45.30% 2.92% 27.24% 72.76%

ENTRONCAMENTO - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PSD PS BE CDU Abstenção Votantes Nulos Brancos

4963 2280 1045 818 7361 9449 149 194

%

ALMEIRIM - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PS MICA CDU PSD CDS-PP Abstenção Votantes Nulos Brancos

5644 2071 1342 1015 336 9077 10674 99 167

%

Mandatos

52.88% 19.40% 12.57% 9.51% 3.15% 45.96% 54.04% 0.93% 1.56%

5 1 1

Mandatos

52.52% 24.13% 11.06% 8.66% 43.79% 56.21% 1.58% 2.05%

4 2 1

Resultados das Freguesias - Almeirim Almeirim

A Jaime Ramos

Resultados das Freguesias - Entroncamento São João Baptista

Sousa Gomes com nova maioria absoluta - O veterano Sousa Gomes voltou a ganhar a Câmara de Almeirim com maioria absoluta. O PS elegeu 5 vereadores, a CDU mantém o vereador e o PSD foi arredado da vereação

pelo movimento de independentes nascido da cisão do PS e que elegee Francisco Maurício. O PS ganhou nas 4 freguesias do concelho. Na Assembleia Municipal, o PS tem 12 eleitos e elege José Marouço a presidente. O movimento de independentes tem 4 eleitos, a CDU 3 e o PSD 2. Portanto, um PS folgado em todos os órgãos autárquicos para enfrentar o novo mandato.

Nossa Senhora de Fátima

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PSD PS BE CDU Abstenção Votantes

1933 1181 495 488 3130 4267

45.30% 27.68% 11.60% 11.44% 42.31% 57.69%

PSD PS BE CDU Abstenção Votantes

2187 1706 653 446 4232 5181

42.21% 32.93% 12.60% 8.61% 44.96% 55.04%

Jaime Ramos vence no Entroncamento - O social-democrata Jaime Ramos foi reeleito presidente da Câmara do Entroncamento, com o PSD a eleger 4 deputados, o PS 2 e o Bloco de Esquerda um.

O PSD ganhou a presidência das duas juntas de freguesia do concelho. Na Assembleia Municipal, a vitória do PSD foi menos expressiva, com apenas 8 eleitos, contra 6 do PS, 3 do Bloco de Esquer-

da e 2 da CDU. Um órgão onde a maioria relativa do PSD obrigará o executivo a negociar os principais documentos autárquicos.

Benfica do Ribatejo

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

VOTOS

%

PS MICA PSD CDU CDS-PP Abstenção Votantes

2752 1138 730 621 224 4832 5615

49.01% 20.27% 13.00% 11.06% 3.99% 46.25% 53.75%

PS CDU MICA PSD CDS-PP Abstenção Votantes

793 597 120 44 26 1148 1608

49.32% 37.13% 7.46% 2.74% 1.62% 41.65% 58.35%

Fazendas de Almeirim

Raposa

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

PS MICA PSD CDU CDS-PP Abstenção Votantes

1573 504 395 351 125 2952 3030

51.91% 16.63% 13.04% 11.58% 4.13% 49.35% 50.65%

PS MICA PSD CDU Abstenção Votantes

VOTOS

281 74 33 26 145 421

%

66.75% 17.58% 7.84% 6.18% 25.62% 74.38%

AUTÁRQUICAS 2009 27

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

CONSTÂNCIA - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

CDU PS PSD CDS-PP Abstenção Votantes Nulos Brancos

1231 928 280 41 926 2560 35 45

%

Mandatos

48.09% 36.25% 10.94% 1.60% 26.56% 73.44% 1.37% 1.76%

3 2

A

Máximo Ferreira

Resultados das Freguesias - Constância Constância PARTIDO

CDU PS PSD Abstenção Votantes

Montalvo VOTOS

308 169 75 253 582

%

PARTIDO

52.92% 29.04% 12.89% 30.30% 69.70%

PS CDU PSD Abstenção Votantes

Santa Margarida da Coutada VOTOS

445 300 30 227 791

%

PARTIDO

VOTOS

%

56.26% 37.93% 3.79% 22.30% 77.70%

CDU PS PSD Abstenção Votantes

517 475 159 447 1186

43.59% 40.05% 13.41% 27.37% 72.63%

Máximo Ferreira preside a Constância - É a mudança na continuidade. O astrónomo Máximo Ferreira é o novo presidente da Câmara de Constância, substituindo o veterano António Mendes, também da CDU, que elege 3 vereadores, contra 2 do PS. A CDU ganhou em duas freguesias e o PS ganhou a Junta de Montalvo. Na Assembleia Municipal, a CDU tem 8 eleitos, o PS 6 e o PSD um.

ALPIARÇA - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

CDU PS PSD+CDS-PP Abstenção Votantes Nulos Brancos

%

2185 1849 222 2202 4399 43 100

Mandatos

49.67% 42.03% 5.05% 33.36% 66.64% 0.98% 2.27%

3 2

A Mário Pereira

Resultado da Freguesia - Alpiarça O PS perde Alpiarça para CDU - A socialista Sónia Sanfona foi a grande derrotada em Alpiarça. A ex-deputada do PS perdeu a presidência da Câmara para o comunista Mário Pereira. A CDU reconquistou com maioria absoluta uma autarquia que tinha perdido, em 1998, para o socialista Rosa do Céu. Os comunistas elegeram 3 vereadores e o PS 2. A CDU ganhou também a única Junta de Freguesia, embora com 6 eleitos, contra outros 6 do PS e um do PSD. Na Assembleia Municipal, a CDU tem 8 eleitos, o PS 6 e o PSD 1.

Alpiarça PARTIDO

VOTOS

%

CDU PS PSD+CDS Abstenção Votantes

2022 1951 292 2202 4399

45.96% 44.35% 6.64% 33.36% 66.64%

SARDOAL - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PSD PS CDU Abstenção Votantes Nulos Brancos

1551 1095 59 878 2799 42 52

%

Mandatos

55.41% 39.12% 2.11% 23.88% 76.12% 1.50% 1.86%

Fernando Moleirinho soma e segue no Sardoal - O social-democrata Fernando Moleirinho foi reeleito presidente da Câmara do Sardoal. O PSD volta a ter a maioria absoluta, com 3 vereadores, contra 2 do PS. Os socialdemocratas ganharam as 4 juntas de freguesia do concelho. Na Assembleia Municipal, o PSD tem 9 eleitos contra 6 do PS.

3 2

A

Fernando Moleirinho

Resultados das Freguesias - Sardoal Alcaravela PARTIDO

PSD PS Abstenção Votantes

Santiago de Montalegre VOTOS

501 205 202 734

%

PARTIDO

VOTOS

68.26% 27.93% 21.58% 78.42%

PSD PS Abstenção Votantes

178 50 83 234

Sardoal

Valhascos

%

PARTIDO

VOTOS

%

PARTIDO

76.07% 21.37% 26.18% 73.82%

PSD PS CDU Abstenção Votantes

795 660 52 498 1569

50.67% 42.07% 3.31% 24.09% 75.91%

PSD PS Abstenção Votantes

CHAMUSCA - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

CDU PS PSD+CDS-PP Abstenção Votantes Nulos Brancos

2528 1905 1160 3704 5810 96 121

%

Mandatos

43.51% 32.79% 19.97% 38.93% 61.07% 1.65% 2.08%

2 2 1

A

Sérgio Carrinho

Resultados das Freguesias - Chamusca Chamusca PARTIDO

Pinheiro Grande VOTOS

PSD+CDS 813 CDU 529 PS 440 Abstenção 1296 Votantes 1855

%

PARTIDO

43.83% 28.52% 23.72% 41.13% 58.87%

PS CDU PSD+CDS Abstenção Votantes

212 150 135 327 516

Chouto %

PARTIDO

41.09 29.07 26.16 38.79% 61.21%

CDU PSD+CDS PS Abstenção Votantes

Vale de Cavalos

Carregueira PARTIDO

VOTOS

VOTOS

PS 487 CDU 310 BE 225 PSD+CDS 168 Abstenção 647 Votantes 1232

%

PARTIDO

39.53% 25.16% 18.26% 13.64% 34.43% 65.57%

PS CDU BE PSD+CDS Abstenção Votantes

VOTOS

315 238 62 30 353 663

VOTOS

206 104 26 231 347

%

59.37% 29.97% 7.49% 39.97% 60.03%

Parreira %

PARTIDO

47.51% 35.90% 9.35% 4.52% 34.74% 65.26%

PSD+CDS PS CDU Abstenção Votantes

VOTOS

270 134 67 351 486

%

55.56% 27.57% 13.79% 41.94% 58.06%

PS CDU PSD+CDS Abstenção Votantes

140 110 95 262

%

53.44% 41.98% 26.61% 73.39%

Carrinho com maioria relativa - O veterano Sérgio Carrinho foi reeleito presidente da Câmara da Chamusca, mas com maioria relativa de 2 vereadores da CDU, contra outros 2 do PS e um do PSD. Nas freguesias, a CDU ficou reduzida apenas à presidência da Junta do Chouto, enquanto o PS ganhou 4 juntas e a coligação PSD-CDS venceu 2. Também na Assembleia Municipal a CDU está em maioria relativa, com 6 eleitos, contra 5 do PS, 3 da coligação PSD-CDS e 1 do Bloco de Esquerda. Uma gestão que obrigará Sérgio Carrinho a muita negociação.

BARQUINHA - Câmara Municipal PARTIDO

VOTOS

PS PSD+CDS CDU Abstenção Votantes Nulos Brancos

307 243 143 498 712

%

43.12% 34.13% 20.08% 41.16% 58.84%

Mandatos

59.05%

927

23.19%

589

14.73%

2660

39.95%

3998

60.05%

53

1.33%

68

1.70%

4 1

A Miguel Pombeiro

Resultados das Freguesias - Barquinha Atalaia PARTIDO

PS PSD+CDS CDU Abstenção Votantes

Praia do Ribatejo VOTOS

483 222 188 608 930

%

PARTIDO

51.94% 23.87% 20.22% 39.53% 60.47%

PS PSD+CDS CDU Abstenção Votantes

Vila Nova da Barquinha PARTIDO

PS PSD+CDS CDU Abstenção Votantes

PARTIDO VOTOS

%

2361

VOTOS

439 203 93 567 770

%

57.01% 26.36% 12.08% 42.41% 57.59%

Tancos

Ulme PARTIDO

VOTOS

PS PSD+CDS CDU Abstenção Votantes

VOTOS

105 50 24 97 186

%

56.45% 26.88% 12.90% 34.28% 65.72%

VOTOS

461 384 106 743 984

%

46.85% 39.02% 10.77% 43.02% 56.98%

Moita do Norte PARTIDO

VOTOS

PS 539 PSD+CDS 285 CDU 272 Abstenção 645 Votantes 1128

%

47.78% 25.27% 24.11% 36.38% 63.62%

PS de Pombeiro na Barquinha - O socialista Miguel Pombeiro foi reeleito presidente da Câmara de Vila Nova da Barquinha, com uma expressiva maioria absoluta de 4 vereadores contra 1 da coligação PSD-CDS. O PS ganhou as 5 juntas de freguesia do concelho. E ganhou também a Assembleia Municipal com folgada maioria de 9 eleitos socialistas, contra 4 da coligação PSD-CDS e 2 da CDU.

28

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

negócios “CRIMINALIZAÇÃO AFASTA POTENCIAIS EMPRESÁRIOS”

A Além de mais falências, o distrito diminuiu a criação de novas empresas; em 2009 apresentaram falência 125 empresas e nasceram 817

Falências aumentaram 36% este ano Distrito de Santarém ∑ É o nono do país com mais falências entre Janeiro e Setembro de 2009 Santarém é o nono distrito do país com maior número de processos de falências de empresas finalizados durante os primeiros nove meses deste ano. Ao todo, foi declarada a insolvência de 26 empresas no distrito de Janeiro a Setembro de 2009, um número que representa um acréscimo de 36,8% relativamente ao mesmo período em 2008, em que se registaram 19 insolvências declaradas. Estes são dados de um estudo da Coface relativamente às acções de insolvência registadas em tribunal durante o período de Janeiro a Setembro de 2009. No distrito de Santarém, durante este mesmo período de 2009, para além dos casos de insolvência declarados por um juiz, registam-se ainda mais 33 casos de insolvências apresentados pela própria empresa e mais 66 acasos de insolvência pedida por credores. Na soma das 26 insolvências declaradas mais as insolvências apresenta-

das pelas empresas e pedidas pelos credores registase um total de 125 empresas em dificuldades no distrito. De salientar que o facto de ter sido declarada a insolvência às 26 empresas não significa que o processo seja irreversível, de acordo com a nova legislação do Código de Insolvência e Recuperação de Empresas (CIRE). O maior aumento percentual nos números do distrito regista-se nos casos de falências apresentadas pelas pró-

Presidente da Nersant acredita na redução no crescimento das falências

prias empresas, uma área em que houve um aumento de 120% relativamente a 2008, passando de 15 casos para 33 em 2009. Um aumento significativo registou-se também na percentagem global de casos de insolvência. Dos 71 contabilizados em 2008 passouse para 125 em 2009, um aumento de 76,1%. Mas se por um lado as falências estão a crescer, em sentido inverso, o número de novas empresas está a decrescer. Em 2008 foram

criadas 933 empresas e em 2009 há registo da criação de 817 novas empresas, um decréscimo de 12,4%. Para o presidente da associação empresarial Nersant, José Eduardo Carvalho, o aumento de falências não se deve só à crise mas é “consequência do ajustamento estrutural da nossa economia”. “O distrito de Santarém não fica imune a esta situação mas isso não se explica por razões endógenas”, salienta o dirigente empresarial, recor-

∑José Eduardo Carvalho acredita que a tendência de desaceleração no número de pedidos de falência que está a verificar se vai acentuar no final do ano, prevendo-se melhores perspectivas para as empresas do distrito. A taxa de insolvência baixou dos 86% para 76%. “O que há de novo nestes números, é que até aqui, o sector mais penalizado pelas insolvências era o sector retalhista e grossista, em consequência, entre outras razões, do aumento da escala das grandes cadeias”, analisa o presidente da Nersant, referindo que esta situação atinge agora a indústria transformadora e a construção e obras públicas. “É angustiante constatar que o sector de bens e serviços transaccionáveis, onde irá depender da sobrevivência deste país, esteja fortemente atingido por esta crise”, .

dando que entre Agosto de 2009 e Agosto deste ano dissolveram-se no país, “a grande maioria, por falência”, 50.583 empresas, cerca de 20% do tecido empresarial. O presidente da Nersant acredita também que o decréscimo da taxa de crescimento das empresas no distrito não se deve à falta de espírito empreendedor até porque o distrito apresenta melhores índices de crescimento do que os distritos vizinhos: Leiria e Coimbra. “É bom recordar, que o distrito de Santarém, apresentou entre 1995/2005 uma das maiores taxas de crescimento de empresas a nível nacional – 88%. Nesse período, e particularmente entre 2000 e 2005 constituíram-se 7060 empresas na região. Não podemos inferir, que há falta de espírito empreendedor Antes, pelo contrário, o que se tem passado em termos de crescimento e renovação do tecido empresarial é notável”, conclui.

José Eduardo Carvalho considera que a redução no número de empresas se deve ao facto de não estarem criadas “condições para o aparecimento de muitas iniciativas empresariais quando não há mercado”. Por outro lado, o dirigente salienta “a criminalização da actividade empresarial, que vem desde os tempos do Ministro Catroga”, e que, na sua opinião, “afasta potenciais empresários”. “É um quadro legal que se poderá aceitar em fases de crescimento do ciclo económico, mas que é perfeitamente inadequado nos momentos de recessão. Tem valido o bom senso e a prudência dos juízes”, frisa ainda José Eduardo Carvalho.

NOVO CÓDIGO “FACILITA” RECUPERAÇÃO O presidente da Nersant salienta que a nova legislação de insolvências vem “facilitar” os processos. “Antes, o empresário tentava aguentar a empresa, mesmo que as condições de viabilidade fossem nulas. A legislação actual motiva os empresários e gestores a requererem o pedido de insolvência quando as condições operacionais de gestão das empresas se encontram em fase de aguda deterioração. Daí também o crescimento dos pedidos de insolvência”, explica José Eduardo Carvalho. O dirigente diz ainda que a nova lei possibilita uma melhor recuperação das empresas porque permite-lhes chegar a um processo de insolvência “em melhores condições do que anteriormente o que pode facilitar os processos de recuperação.” “Os administradores judiciais estão melhor preparados e há uma moralização do sistema”, salienta.

INVESTIR & AGIR | NEGÓCIOS 29

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Aposta no mercado de Angola: “Sim nós podemos!” Internacionalização ∑ Nersant promove mercado angolano na Fersant Angola é um dos principais mercados em que a Nersant está a apostar para promover a internacionalização da economia regional. Em Angola, a estratégia da Nersant passa por não concentrar investimentos em Luanda, onde dominam os grandes grupos internacionais e portugueses, mas descentralizar essa aposta para províncias como o Huambo, Benguela e Huíla, onde existe margem de manobra para as PME. Para o mercado angolano, José Eduardo Carvalho e a Nersant sugerem uma “estratégia colectiva de internacionalização”, até porque segundo o dirigente, só é possível conceber projectos neste país que rondem os 3 milhões de euros. O mercado angolano esteve em destaque na edição deste ano da Fersant, onde decorreu um encontro entre mais de 70 empresas do distrito e a comitiva angolana de empresários. Neste dia, houve também um seminário em que foram apresentadas as potencialidades do mercado de Angola assim como as vantagens da internacionalização. José Eduardo Carvalho abordou a questão pela necessidade

Qual o balanço que faz dessas reuniões com a comitiva angolana?

Um balanço extremamente positivo. Realizaram-se 103 reuniões bilaterais e estiveram envolvidas 76 empresas da região. Alterou-se o modelo das missões empresariais. Até aqui as missões organizadas limitavam-se a visitas, agora convidámos empresários e empresas a visitarem o distrito e a realizarem reuniões com empresas da região. Estabeleceram-se contactos; fecharam-se negócios; agendaram-se novas deslocações a Huila. Considera que Angola se adequa ao perfil produtivo do nosso distrito?

A José Eduardo Carvalho. com Carlos Julião da AICEP,e Rui Silva Xavier, ministro da Embaixada de Angola que o país tem de “captar poupança externa para cobrir os 10% a mais de dívida que temos no nosso produto interno”. “Consumimos demasiado nos últimos anos, vivemos acima das nossas possibilidades”, referiu ainda, salientando que existem seis milhões de pessoas ainda a viver “à custa do Orçamento de Estado”. “É preciso ajustar a despesa ao rendimento e não é com crescimento do consumo mas com crescimento da produção e numa

produção voltada para internacionalização e para a exportação”, analisou o presidente da Nersant para justificar a aposta em mercados internacionais como o de Angola, mas também do da Roménia, da Líbia e o da Tunísia. Carlos Julião, representante da AICEP, salientou que mais de metade das PME portuguesas já estão no mercado angolano e que existem áreas novas a explorar neste país como o caso da formação a pro-

fissionais locais. O especialista frisou ainda que, para investir em Angola, é necessário pensar numa perspectiva de médio e longo prazo e que é importante o estabelecimento de parcerias. Felizardo Gonçalves, técnico da AICEP, elencou algumas das características positivas do mercado Angola, sobretudo o facto de ter registado um crescimento de 13,8% em 2008 e de, apesar da crise, voltar a crescer este ano e

Nersant certificou 103 adultos nas Novas Oportunidades O Centro de Novas Oportunidades da Nersant certificou recentemente 103 adultos ao abrigo do programa Novas Oportunidades e te mais 1073 inscritos para frequentarem este processo. Numa cerimónia realizada durante a Fersant, que incluiu um seminário sobre metodologias de interpretação do referencial do Secundário,

A PALAVRA A JOSÉ EDUARDO CARVALHO

foram entregues cerca de meia centena de diplomas aos finalistas dos processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) nos níveis de ensino do básico e secundário. O presidente da Nersant, José Eduardo Carvalho, elogiou este processo e considerou a ministra da Educação, Maria de

Lurdes Rodrigues, como a “melhor ministra da educação depois do 25 de Abril”. “É pena ver este trabalho interrompido na próxima legislatura”, lamentou o dirigente da Nersant. José Eduardo de Carvalho disse ainda que o país teve “gerações perdidas” para a educação durante o Estado Novo e na política educativa dos anos 80, a que apeli-

dou de “eduquês”. A vice-presidente da Agência Nacional para a Qualificação, Maria do Carmo Gomes, salientou que este processo das Novas Oportunidades “não é facilitista” e não é uma ferramenta “para trabalhar para as estatatísticas”. “O que mais me motiva é ver os sorrisos felizes destas pessoas que recebem diplomas”, frisou.

ser previsível que volte a crescer acima dos dois dígitos no próximo ano. Portugal é ainda o maior fornecedor de produtos par Angola mas tem já a concorrência de mercados como a China ou os Estados Unidos. Angola é o 4º maior cliente português e, segundo Felizardo Gonçalves, existe uma margem de crescimento para os produtos alimentares. A cerveja é aliás um dos produtos portugueses mais conhecidos em Angola.

Obviamente. Os sectores de mão-de-obra intensiva, particularmente construção civil, metalomecânica e sector agro-indústria estão com ritmos de crescimento assinaláveis. Existe uma estratégia de diversificação da economia angolana, com o objectivo de diminuir o grau de dependência do petróleo e diamantes que está a criar oportunidades para as empresas portuguesas.Foi correcta a estratégia de concentrar o esforço no incremento das relações comerciais com Huila e Benguela, e não em Luanda. Angola tem riscos?

Há um amigo meu, que tem negócios em Angola, que define o mercado angolano como um “mar de problemas num oceano de oportunidades”. Creio que sintetiza e caracteriza bem o mercado. É um engano pensar que uma empresa debilitada em Portugal, possa ter sucesso em Angola. É um logro pensar nisso. A segunda, é que sem instrumentos e mecanismos de cooperação empresarial não é possível às PME terem sucesso nesses processos de internacionalização dada a afectação de recursos financeiros e humanos envolvidos.

30

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

desporto Manuel Lopes

Taça de Portugal

Monsanto-Benfica em Torres Novas É já nete sábado, dia 17, que se disputa a 3ª eliminatória da Taça de Portugal, com 64 equipas em jogo. O afamado encontro do

Monsanto com o Benfica acontece no Municipal de Torres Novas. Já o Fátima recebe o Vila Meã da 3ª Divisão Nacional.

2ª jornada da Taça do Ribatejo

13 13 13 12 12 7 7 6 2 1 0 0

Z

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - PRIMEIRA FASE - SÉRIE A

2ª jornada

3ª jornada (25 Outubro) Porto Alto Salvaterrense Benavente Pontével Folga o Samora Correia

Coruchense Barrosense Glória Marinhais

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.

Benavente Samora Correia Pontével Porto Alto Salvaterrense Marinhais Glória Coruchense Barrosense

2 2 2 1 2 1 2 2 2

2 2 2 1 1 0 0 0 0

0 0 0 0 0 0 0 0 0

0 0 0 0 1 1 2 2 2

7-2 5-3 3-1 1-0 2-2 1-2 3-5 3-6 0-4

PONTOS

GOLOS

2 3 2 2

DERROTAS

Salvaterrense Benavente Pontével Samora Correia

EMPATADOS

1 0 1 1

JOGOS

Coruchense Barrosense Glória Marinhais Folgou o Porto Alto

6 6 6 3 3 0 0 0 0

Z

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - PRIMEIRA FASE - SÉRIE B

2ª jornada

Classificação

Moçarriense Emp. Comércio U. Chamusca Meiaviense Folgou o Atalaiense

0 2 1 1

Ferroviários Rio Maior Goleganense Pernes

3ª jornada (25 Outubro) Atalaiense Ferroviários Rio Maior Goleganense Folga o Pernes

Moçarriense Emp. Comércio U. Chamusca Meiaviense

1 1 2 0 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.

Ferroviários Emp. Comércio Goleganense Moçarriense Pernes Meiaviense U.Chamusca Atalaiense Rio Maior

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - PRIMEIRA FASE - SÉRIE C

2ª jornada

Classificação

2 2 2 2 2 1 2 1 2

2 1 1 1 1 1 0 0 0

0 1 1 0 0 0 0 0 0

0 0 0 1 1 0 2 1 2

5-0 3-2 3-2 4-1 3-2 1-0 2-5 0-4 1-6

6 4 4 3 3 3 0 0 0

Caxarias Linhaceira Cercal Tramagal Ferreira do Zêzere

Classificação 2 2 1 1 2

Mouriscas Sardoal Mindense Ouriense Assentis

3ª jornada (25 Outubro) Caxarias Sardoal Mindense Ouriense Mouriscas

Linhaceira Cercal Tramagal Ferreira do Zêzere Assentis

0 0 0 1 5

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10.

Ouriense Assentis Mindense Caxarias Sardoal Mouriscas Linhaceira Cercal Tramagal Ferreira Zêzere

2 2 2 2 2 2 2 2 2 2

1 1 1 1 1 1 1 1 0 0

1 1 0 0 0 0 0 0 2 0

GOLOS

PONTOS

GOLOS

13-1 11-4 9-2 12-4 11-7 7-7 5-8 5-7 0-7 5-13 4-12 4-14

0 0 1 1 1 1 1 1 0 2

5-1 6-3 4-1 3-3 3-3 3-4 2-4 1-4 2-2 4-8

PONTOS

0 0 0 1 1 2 2 3 3 4 5 5

DERROTAS

1 1 1 0 0 1 1 0 2 1 0 0

JOGOS

4 4 4 4 4 2 2 2 0 0 0 0

DERROTAS

JOGOS

5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5 5

VITÓRIAS

Z

Alferrarede Torres Novas Ouriquense Alcanenense U.Almeirim Amiense

Amiense U. Almeirim Atl. Riachense Alcanenense Torres Novas Ouriquense U. Tomar Cartaxo Pego Maçâo Alferrarede Fazendense

Apesar da vitória obtida na taça, o novo treinador Filipe Rego confessa que não é fácil pegar na equipa depois das quatro derrotas iniciais, apesar de conhecer bem os jogadores. Por seu lado, o Ouriquense de Jorge Mourinha continua a afirmarse na Divisão Principal, finalmente sem o prolongado obstáculo dos salários em atraso. A próxima jornada disputa-se no dia 25 de Outubro, depois de mais uma etapa da taça.

VITÓRIAS

Mação Fazendense Pego U.Tomar Cartaxo Riachense

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12.

não repetiram a façanha ante um Alcanenense cada vez mais em forma. O Torres Novas também demonstra estar a ganhar força. Os torrejanos foram vitoriosos em casa ante o Mação, num jogo que poderia ter derivado para uma goleada ainda maior. Já os maçaenses começam a perder margem para a recuperação. Quem também continua sem pontuar é o Fazendense, que perdeu no reduto do Ouriquense.

EMPATADOS

6ª jornada (25 Outubro)

VITÓRIAS

1 0 0 1 0 2

EMPATADOS

Classificação Mação Fazendense Pego U.Tomar Cartaxo Riachense

golos. A equipa tinta voltou a perder terreno para outro dos seus adversários directos na corrida ao pódio. O terceiro líder é o Riachense, que venceu em Alferrarede, completando também o périplo dos pelados na primeira fase - já foi ao Pego. O Alferrarede ainda não pontuou e, depois da estreia do treinador Pedro Santos no jogo da taça, voltou a perder. Depois dos empates com dois dos mais fortes candidatos, os pegachos

GOLOS

3 1 4 1 3 1

O U. Almeirim teve o seu primeiro revés, se assim se puder considerar um empate caseiro de uma equipa que só tinha vitórias. Neste encontro de Uniões, o Tomar, que ainda esteve em vantagem devido ao golo de Diogo, recuperou algum alento após duas derrotas consecutivas. A equipa de João Henriques mantém a liderança, com os mesmos pontos do Amiense e do Riachense. O Amiense recebeu e bateu o Cartaxo por três

PONTOS

Torres Novas Ouriquense Alcanenense U.Almeirim Amiense Alferrarede

U. Almeirim escorrega pela primeira vez

DERROTAS

DISTRITAL - DIVISÃO PRINCIPAL - PRIMEIRA FASE

5ª jornada

Distrital - Divisão Principal

EMPATADOS

Z

A Torres Novas-Mação: não houve pernas para bloquear o ataque torrejano

JOGOS

Série 1: Alcanenense-Ouriense; Caxarias-Sardoal Série 2: Riachense-Assentis; Goleganense-Torres Novas Série 3: Alferrarede-Tramagal; Mouriscas-Pego Série 4: Amiense-Mindense; Pernes-Moçarriense Série 5: Ouriquense-Rio Maior; Pontével-Emp.Comércio Série 6: Fazendense-Barrosense; Benavente-Coruchense Série 7: U.Tomar-Ferroviários; Linhaceira-Ferreira do Zêzere Série 8: Mação-Meiaviense Atalaiense-Sardoal (Parque Jogos da Meia Via) Série 9: U.Almeirim-Marinhais; Glória-U.Chamusca Série 10: Cartaxo-Salvaterrense,; Porto Alto-Samora Correia

VITÓRIAS

A 2ª jornada da Taça Ribatejo pode deixar definida a passagem de alguns clubes para a fase seguinte, uma vez que para além do primeiro classificado de cada grupo, também os seis melhores segundos ganham esse direito. Esta etapa é disputada a uma só mão. Alcanenense, Ouriense, Golega nense, Pego, Tra maga l, Mindense, Empregados do Comércio, Rio Maior, Fazendense, Benavente, Ferroviários, Mação, Meiaviense, Cartaxo e Porto Alto foram os vencedores da primeira jornada e são, para já, os que ficam em melhor posição para conseguir o apuramento, caso vençam. Os jogos de domingo, 18 de Outubro, são os seguintes:

4 4 3 3 3 3 3 3 2 0

FUTEBOL | DESPORTO 31

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Distrital de futsal

No Cnema, em Santarém

“Os Patos” e Ribeira do Fárrio na frente Disputada a 2ª jornada da série A do campeonato distrital de futsal, “Os Patos” e a Ribeira do Fárrio comandam a tabela classificativa com seis pontos e são as únicas equipas só com vitórias. A equipa do Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, sofreu para conquistar os três pontos em Tomar, frente ao Carvalhos Figueiredo, que perdeu apenas por 3-2, mas a jogar num pavilhão com piso de cimento e com poucas condições para a prática da modalidade.

Já a Ribeira do Fárrio passou com facilidade na sua deslocação ao terreno da Sabacheira, onde venceu por 4-1. Depois de uma derrota na primeira jornada, o Fátima vingou-se frente ao Moreiras Grandes, tendo goleado fora por uns esclarecedores 7-1. Num “derby” do concelho de Ourém, a Freixianda, que folgou na primeira jornada, aproveitou o factor casa para vencer por 1-0 a Juventude Ouriense. Nesta jornada, folgou o Alferrarede.

Hóquei Clube de Santarém

Fim-de-semana negro com quatro derrotas A época para o Hóquei Clube de Santarém (HCS) começou há duas semanas com os diversos campeonatos de infantis a juniores a serem disputados pelas associações das associações do Ribatejo, Leiria e Coimbra. O fim-de-semana passado foi negro para o HCS, com quatro derrotas em outros tantos jogos, o que foi totalmente inesperado. Os juvenis foram a Tomar perder por 8-4, um resultado surpresa que não espelha o valor dos sca-

labitanos. Em iniciados, a equipa B perdeu por uns expressivos 13-1 com o Oliveira do Hospital, ao passo que a equipa A ficou muito aquém das expectativas ao perder por 5-3 frente à Juventude Ouriense, onde os 4-1 que se registavam ao intervalo determinaram o resultado final. Quanto aos infantis, perderam por 2-1 em Tomar, mas a derrota pode ser considerada injusto tal foi a quantidade de oportunidades de golo desperdiçadas.

Santarém

Inscrições abertas para prática de Aikido Encontram-se abertas as inscrições para a classe de Aikido da Escola Deaikai - Santarém, dirigida por Eduardo Tavares, instrutor nível II da Federação Portuguesa de Aikido e 2º Dan da Associação de Aikido do Sul. As aulas são às terças e quintas-ferias, das 20 às 21h30, na escola D. João II, no Jardim de Baixo. Para mais informações e inscrições, os interessados devem contactar o número de telefone 967 082 969. O Aiki-

do foi criado no Japão pelo mestre Morihei Ueshiba, adaptando técnicas praticadas em antigas artes marciais, de luta com sabre ou corpo a corpo. Mas o Aikido não é praticado como uma luta, nem a defesa pessoal é o seu aspecto mais relevante. No Aikido estuda-se o desequilíbrio e a não-resistência através da utilização de movimentos circulares. Nele está presente um estudo constante da atenção, da atitude e da respiração.

Festival Bike Portugal regressa com várias novidades O maior certame português dedicado à bicicleta, o Festival Bike Portugal, realiza-se este ano entre os dias 23 e 25 de Outubro, no Cnema, em Santarém. Do programa, destaque para a 5ª maratona BTT Festival Bike, que se realiza no sábado, dia 24, com partida marcada para as 9h30. No domingo, dia 25, realiza-se um grande passeio de cicloturismo com partida do Parque

das Nações, em Lisboa, e chegada a Santarém, ao recinto do certame. Outros dois pontos altos são a realização do 2º duatlo Festival Bike, no domingo, e do 1º duatlo jovem Festival Bike, este último no sábado, às 15h30. Vanessa Fernandes, campeã europeia e mundial de triatlo, vai também estar presente no certame para uma sessão de autógrafos, assim como vários ciclistas profis-

sionais das equipas Barbot – Siper, L.A. – Rota dos Móveis, Palmeiras Resort / Tavira, Madeinox – Boavista, e Casactiva – Quinta das Arcas, entre os quais se contam Cândido Barbosa, David Blanco, Ricardo Mestre, Tiago Machado, Joaquim Andrade e Bruno Castanheira, entre outros. Durante o festival, vão ainda realizar-se os campeonatos nacionais de BMX e “dirt jumping”.

“TRACK-DAY” NO KARTÓDROMO DE ABRANTES O Automóvel Clube de Tomar vai realizar um “track-day” no Kartódromo de Abrantes no domingo, 18 de Outubro, a partir das 14h30. A prova denomina-se “trackday” porque é uma variante do automobilismo que visa proporcionar aos condutores amadores a adrenalina que os pilotos profissionais sentem quando estão em pista. A organização admite em prova todas as viaturas em condições de circulação, divididas em duas classes, uma para carros com menos de 1.300 cc de cilindrada e outro para automóveis com potência superior a 1.300 cc.

Distrital - Divisão Secundário

Benavente e Ferroviários com os melhores resultados Com o campeonato a intercalar com a Taça Ribatejo, este fim-de-semana volta a haver interrupção do campeonato. Em relação à segunda jornada, esta foi um pouco incomum na série A uma vez que todos os jogos resultaram na vitória da equipa visitante. Após golear os vizinhos do Barrosense, é o Benavente quem se mantém no comando com duas vitórias em dois jogos. Segundo as exibições prestadas, a equipa de Benavente parece estar apostada em regressar ao principal escalão. Com os mesmos pontos está o Samora Correia que venceu em Marinhais numa partida cheia de peripécias e expulsões para ambos os lados. Também no pódio está o Pontével que venceu em Glória do Ribatejo. Por fim, o Salvaterrense obteve a primeira vitória da época frente ao Coruchense. Na série B, o Ferroviários foi a Moçarria vencer pela margem mínima e já está isolado no comando. Dias antes, a equipa

A Meiaviense-Pernes: o golo dos operários surgiu quase ao cair do pano de Paulo Costa empatou com o Monsanto num jogo amigável, indiciando mais uma vez a qualidade do seu plantel. O Empregados do Comércio e o Goleganense obtiveram a primeira vitória do campeonato, respectivamente ante o Rio Maior e o Chamusca. Depois da folga e da goleada no jogo da taça da semana passada, o Meiaviense teve um jogo muito disputado na recepção ao Pernes, mas acabou

por vencer o seu primeiro jogo a contar para o campeonato. Apenas na série C já não há equipas com cem por cento de vitórias. O Ouriense empatou no Tramagal mas aguenta-se no comando, com os mesmos pontos do Assentis. A equipa do concelho de Torres Novas protagonizou o resultado mais espectacular da jornada: a perder por dois a zero em Ferreira do Zêzere, a reviravolta do Assentis chegou aos cinco golos. O Ferreira

do Zêzere é a única equipa que ainda não pontuou. Apesar de ser uma análise um pouco precoce, o facto de as seis equipas do meio terem os mesmos pontos, permite imaginar um campeonato renhido. Ou seja, os que venceram esta semana foram os que perderam na semana passada. O Cercal venceu o Mindense em casa, a Linhaceira ultrapassou os Lagartos do Sardoal e o Caxarias recebeu e bateu o Mouriscas.

32 DESPORTO | MODALIDADES

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Kickboxing

Taça do Inatel / Troféu Albino Maria

Team Nevershake no “The Revanche”

Campeonato arranca esta semana

O scalabitano Flávio Santos, mais conhecido pelas suas proezas no Muay Thai, vai combater no “The Revanche”, o K1 Champions League de kickboxing, que se realiza no domingo, 18 de Outubro, a partir das 17 horas, no pavilhão municipal Casal Vistoso, no Areeiro, Lisboa. Flávio Santos, da Team Nevershake, terá pela frente o veterano Miguel Marques, várias vezes me-

dalhado nos campeonatos mundiais da Tailândia e europeus da Wako, num verdadeiro combate de gerações. Da Team Nevershake, vão ainda marcar presença neste grande evento duas jovens promessas: Diogo Neves, que vai defrontar Nelson Pinto, e Rodnald Santos, que terá pela frente o antigo campeão nacional Paulo Oliveira.

O antigo campeonato de futebol do Inatel, que agora se designa Taça Fundação Inatel / Troféu Albino Maria, arranca esta semana com 62 equipas, divididas em sete grupos. Na primeira fase, que se disputa até Dezembro, as equipas jogam a uma só volta, e onde se vão apurar as equipas que, a partir de Janeiro vão disputar a sé-

rie 1, para apuramento de campeão e acesso à fase nacional. A constituição dos grupos é a seguinte: Grupo A: Água Travessa, Casais Revelhos, Sentieiras, Arreciadas, Vale das Mós, Alvega, Carvoeiro, São Facundo e Envendos. Grupo B: Amoreira, Rio de Moinhos, Tancos, Carregueirense, Seiça, Lobos do Carvalhal, Batalha,

Olival e Sabacheira. Grupo C: Foros Salvaterra, S. Domingos, Vale de Cavalos, Ulme, Paço dos Negros, Parreira, Marianos e Murta, Benfica do Ribatejo e Granho. Grupo D: Alcobertas, Marmeleira, Azambujeira, Alcanhões, Assentiz, Arrouquelas, Atalaia, Alvitejo e Almoster. Grupo E: Alencalense, Lapa, Vale Paraíso, Vila-

novense, Vale da Pinta, Valada, Ereira e Vale da Pedra. Grupo F: Zebrinho, Santa Justa, Foros de Lagoiços, Volta do Vale, Raposa, Erra, Azervadinha, Valverde e Fajarda. Grupo G: Montinhos dos Pegos, Cortiçadas de Lavre, Samora Correia, Santanense, Figueirense, Rebocho, Carapuções, Lavre e Malhada Alta.

José da Silva é vice campeão de maratonas O coruchense José da Silva sagrou-se vice campeão nacional de maratonas BTT em Vila do Bispo, Algarve, naquela que, ao longo de 103 quilómetros bastante duros, é a prova mais importante do calendário visto estar em jogo a atribuição do título. José da Silva terminou a apenas 10 segundos do campeão nacional, numa corrida muito renhida. Os resultados de José da Silva são impressionantes, tendo em conta que o

atleta recuperou rapidamente de lesão bastante complicada, que o levou mesmo ao hospital para uma operação ao colo do fémur, depois de uma queda na 3ª maratona da Taça de Portugal. José da Silva não baixou os braços e começou a fazer exercícios de reabilitação todos os dias, assim que teve luz verde do médico, com o objectivo de regressar o mais cedo possível à competição. Na maratona de Almei-

rim, realizada a 20 de Setembro, José da Silva venceu a prova perante o líder da Taça de Portugal de Maratonas. Em Évora, na última prova para da Taça de Portugal, o atleta conseguiu apenas o 5º lugar. No fim-de-semana de 24 e 25 de Outubro, realiza-se em Santarém o “Festibike” que conta no seu programa com uma maratona de referência, e onde José Silva vai estar presente para defender o título conquistado em 2008.

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Instituto Politécnico de Santarém

politécnico

33

Integram o Instituto Politécnico a Escola Superior Agrária de Santarém, Escola Superior de Educação de Santarém, Escola Superior de Desporto de Rio Maior, Escola Superior de Saúde de Santarém e Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém

George Camacho assume cargo de Provedor do Estudante Mediação ∑ Professor da ESES quer ser um “mediador” entre estudantes e órgãos do Instituto George Camacho, professor da Escola Superior de Educação de Santarém, é o Provedor do Estudante, um cargo nascido no âmbito dos novos Estatutos e da nova orgânica do Instituto Politécnico de Santarém. O ex-vice-presidente da ESES, e professor nas áreas da geografia e educação ambiental desde a fundação da escola em 1987, assume o cargo como “um desafio” e espera poder ajudar a desenvolver boas relações entre estudantes e as instituições. George Camacho confia na sua experiência como ex-membro dos conselhos pedagógico e científico da ESES e no cargo que desempenhou como responsável das relações internacionais nesta escola, onde também foi presidente em exercício durante alguns meses. O provedor vai estar disponível para os alunos através de e-mail e telefone mas também através de atendimento pessoal, que está previsto acontecer duas manhãs e duas tardes por semana. Qual acha que deve ser o papel do provedor do estudante?

O provedor tem como

quaisquer excessos. Penso que as praxes, ao contrário do que foi a opinião pública há alguns anos, devem ter uma boa reputação. A praxe académica é um ritual de iniciação, de passagem, como tantos outros que existem noutros contextos sociais. Desde que a praxe seja praticada de forma correcta e não viole a dignidade dos estudantes, é uma prática normal.

A George Camacho está já a ter um papel de sensibilização para “boas práticas” na praxe papel principal os legítimos interesses e direitos dos alunos. Pretende-se que o provedor tenha um papel activo no sentido de promover e assegurar estes direitos e interesses, promovendo também os necessários mecanismos de integração na comunidade académica. Vai ser um papel de fiscalizador?

Não, de todo. O provedor fará a mediação entre os estudantes e os órgãos do Instituto em casos em que exista uma interpretação diferente das situações. Mas o provedor não poderá ter uma atitude passiva só intervindo quando se verificam situações. Tem o papel de agir activamente na promoção e sensibilização para estes direitos e interesses dos estudantes.

Como encara o seu papel no caso das praxes académicas?

Ainda antes de se iniciarem as praxes, tivemos uma reunião conjunta entre o provedor, a presidente do Instituto e os presidentes das associações académicas e das comissões de praxe para sensibilizar estes últimos para a boa relação que deve existir durante este perío-

do. Queremos que sejam salvaguardados os direitos dos novos estudantes, garantindo que as praxes vão ser práticas socialmente aceitáveis e que eles podem sempre não participar se essa não for a sua vontade. Tanto quando sabemos, até este momento, não houve qualquer problema. Para além da reunião inicial, vamos estar atentos à evolução do processo para evitar

Como é que o aluno pode chegar ao contacto com provedor? Vamos ter vários canais de comunicação. Vai ser criado um e-mail directo para a provedoria, para que qualquer estudante possa contactar directamente com o provedor, de forma confidencial, se o entender. Vamos ter os normais fax e telefone e vai existir um horário de atendimento pessoal aos alunos. Ainda não definimos os dias e as horas mas pensamos estipular dois dias de manhã e dois dias à tarde por semana para este atendimento, de forma a dar resposta quer aos alunos diurnos quer aos que estão em horário pós-laboral. E estarei disponível no dia-a-dia para qualquer situação.

Comissões unidas para preservar praxe académica As comissões de praxe das escolas do Instituto dizem-se “unidas” na defesa da praxe académica, uma tradição que consideram importante para a integração dos novos alunos. Os responsáveis destas comissões referem ter reunido várias vezes entre si e com a presidente do Instituto com o intuito de melhor organizar estas actividades e de reabilitar a imagem desta tradição.

Uma praxe “incomodativa mas não humilhante”: é assim que definem os objectivos da sua acção, salientando ainda que uma das principais missões destas comissões é ajudar os alunos mais novos, tendo sempre em atenção os seus direitos e “a saúde dos caloiros, não usando produtos que lhes causem problemas” e tendo “bom senso em todas as praxes”. Os vetera-

nos destas comissões salientam que são eles que, muitas vezes, levam os alunos mais novos a conhecer a cidade, a saber onde existem quartos para alugar, os horários dos comboios e até chegam a emprestar dinheiro. Novidade este ano é o facto da praxe ter sido de novo possível na Escola Agrária e da comissão de praxes da Escola de Saúde ter também decidi-

do realizar estas actividades. Recorde-se que, no ano passado, as praxes foram proibidas na Agrária e na Escola de Saúde a comissão suspendeu as actividades. Estas duas situações levou a que aAgrária não tivessem ido ao desfile e os da Saúde tivessem desfilado em protesto. Este ano todas as escolas vão ao desfile que será no próximo dia 11 de Novembro.

34

O Ribatejo

Recital de canto lírico e piano em Santarém

culturas

16 | Outubro | 2009

Floor de van der Sluis e Rui Rodrigues voltam a Santarém para apresentar um espectáculo diverso e elaborado com canções de ópera, peças para o piano e a solo. A não perder, no Teatro Sá da bandeira, dia 22, às 21h30.

destaques

Ana Free sobe ao palco em Abrantes Deu-se a conhecer ao mundo pelo nome de Ana Free, é uma das meninas bonitas de Portugal, vive actualmente no Reino Unido mas chega-nos a Abrantes, para um concerto único. Há muito que esta jovem portuguesa despertou emoções no Youtube, quando decidiu colocar os seus vídeos, mostrando ao mundo aquilo que faz e muito bem: Cantar e Tocar! Aos 22 anos de idade, esta compositora, letrista, instrumentista e cantora é um fenómeno a nível nacional e internacional, utilizando sempre a internet como ferramenta de divulgação das suas músicas. “In My Place!”, é o seu primeiro single e “Keep on Walking”, o seu segundo single, sendo também, dos temas mais rodados nas rádios nacionais portuguesas. Um espectáculo a não perder, dia 16 de Outubro, pelas 21h30, no Teatro de São Pedro, em Abrantes.

Festival da Canção no Teatro Virgínia

Drakula: Comédia do Chapitô no Cartaxo

Noite de Fados em Fazendas deAlmeirim

Um coro de 40 crianças a acompanhar 12 jovens intérpretes de vários pontos do país. Assim é, o espectáculo de cariz social, que faz renascer o Festival da Canção Infantil e Juvenil de Torres Novas e cuja canção vencedora representará o festival nos Açores. Esta é uma ideia, que visa incentivar os mais pequenos na canção ligeira infantil e juvenil e que pode ser visto dia 17 Out, às 16h, no Teatro Virgínia.

A Brilhante comédia Drakula, pelo Chapitô, chega ao Centro Cultural do Cartaxo. Drakula conta-nos a história de um célebre dentista contratado pelo conde Drácula. Porém, quando o dentista observa a boca do conde, depara-se com um vasto espólio de doenças. Ao regressar a Londres começa a ter preferência por certos grupos sanguineos. É o renascimento do Conde Drácula, que com o

O rancho folclórico de Fazendas de Almeirim está a organizar uma grande tarde de fados e música de baile, precedida de um almoço que se realiza no salão Moinho de Vento, em Almeirim, no dia 25 de Outubro, a partir das 12h30. Pela tarde, será servido lanche. A compra de bilhetes pode ser feita através dos telefones 917 008 766, 919 748 032, 965 077 180 e 243 599 855.

passar dos séculos foi perdendo a sua dentição. Uma comédia espectacular, encenada por John Mowat. Para ver dia 17 Out. pelas 21h30.

roteiro cinemas SANTARÉM W Shopping - Cinemas Tel: 707220220

Castello Lopes 1 Sacanas sem lei Drama/Guerra (M16) -O filme que marca o regresso de Quentin Tarantino ao cinema. Sessões às 15h35, 18h30 e 21h25.

Thriller (M16)- Mikael é um jornalista de meia-idade, divorciado, que tem passado a sua vida a denunciar a corrupção do mundo dos negócios, agora vai ter entre mãos um caso de um desaparecimento, num encontro de família. Sexta e sábado às 00h15.

Pânico em Hollywood Millennium 1: os homens que odeiam mulheres

Comédia (M12) - Um filme com Robert de Niro num dra-

ma maliciosamente divertido, escrito por Art Linson. Sessões às 21h50. Sexta e sábado à 00h30.

Castello Lopes 2 Fama Musical (M12) - Talento, dedicação e trabalho árduo é o que todos os alunos da “New York City High School of Performing Arts” precisam de ter para procurar a Fama. Sessões às

∑ 15h50, 18h35 e 21h50. Sexta e sábado às 00h30.

Castello Lopes 3

18h25 e 21h50.

filme de Neill Blomkamp. Sessões às 21h40.

Castello Lopes 5 Marido por acidente Comédia (M12) - Será que alguém se pode esquecer acidentalmente que já tem um marido? Sessões às 15h30,

Força G

18h00 e 21h30.

Teatro Sá da Bandeira

Abraços desfeitos

Castello Lopes 6

Religious - que o céu nos ajude

Drama (M12) - Ver destaque em cima. Sessões às 15h40,

Distrito 9

As minhas adoráveis exnamoradas Comédia (M12) - Sessões às 16h10, 18h40 e 21h30.

Castello Lopes 4

Ficção científica (M12) -um

Comédia (M6) - Sessões às 15h, 17h10 e 19h20.

SANTARÉM

Documentário (M12) - Sessão dia 21 às 21h45

O Ribatejo

CULTURAS 35

O Patinho Feio e Eu em Tomar

16 | Outubro | 2009

O cine-Teatro Paraíso apresenta um filme para os mais pequenos. “O patinho Feio e Eu” é uma história engraçada de um patinho que encara um rato como sua mãe. Estranho? Uma história a não perder, dia 18 Out. às 10h30, em Tomar.

à conversa

destaques

à conversa

Santarém Exposição A assinalar o 10º aniversário do euro, o W Shopping apresenta uma exposição que retrata a história e evolução das moedas nacionais dos países membros até à moeda única. Em exposição até 23 Outubro.

Tomar Fotografia

“Sou mais jovem que muitos cantores novos”

“A forma visível da poesia”, uma exposição com fotografias de Cristina Afonso, acompanhadas por poemas de conhecidos poetas como Fernando Pessoa e António Ramos Rosa. Em exposição na livraria “Ao pé das Letras” até 31 de Outubro.

Concertos Promenade apresenta Músicas do Mundo em Santarém Com inicio marcado para dia 18 de Outubro, o Ciclo de Concertos Promenade volta a Santarém. Este novo Ciclo de Concertos tem como temática central as Músicas do Mundo, dando assim a conhecer ao público as raízes populares e a evolução da música erudita de diversas regiões do Globo. Santarém acolhe esta iniciativa, pelas 17h, no Teatro Sá da Bandeira, um concerto onde será representada a música da América do Sul, famosa pelos seus ritmos fortes e latinos, que fazem mexer corpo e alma. Este concerto, tem ainda uma vertente lúdica e educativa, onde para além de ouvir boa música, quem vier assistir pode trazer o seu próprio instrumento e tocar. Os Concertos Promenade têm assim, inicio em Santarém, seguindo para Faro, Évora e Portalegre.

Torres Novas Dinossáurios da Serra de Aire 15 anos após a descoberta das pegadas dos dinossáurios e 13 anos depois da criação do Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios, a Biblioteca Municipal de Torres Novas apresenta uma exposição que reflecte os grandes seres vivos que habitaram a serra há 175 milhões de anos. Até 31 Outubro.

cinema

Um drama de Pedro Almodóvar Mais um grande filme do Cineasta, actor e argumentista espanhol, o regresso de Pedro Almodôvar. “Abraços Desfeitos”, é um drama que nos conta a história de um homem que escreve, vive e ama na escuridão. Um homem, que catorze anos antes foi vítima de um brutal choque automóvel, na ilha de Lanzarote, no qual perdeu a vista e também Lena, o amor da sua vida. Depois do acidente, Mateo Blanco reduz-se a si próprio ao seu pseudónimo, Harry Caine, vivendo das histórias e argumentos que escreve para cinema com a ajuda da sua fiel amiga e produtora Judit García, e do filho desta, Diego, o seu secretário, escrivão e guia. Um filme que conta com Penélope Cruz, Rubén Orchandiano e Blanca Portillo nos principais papéis.

Sardoal Escultura “Esculturas em Bronze e Releituras em Tela”, uma exposição de Santos Lopes, no Centro Cultural Gil Vicente, Sardoal, com inauguração marcada para dia 16 Out. pelas 19h.

José Cid, cantor e músico O cantor ribatejano José Cid tem novo disco. “Coisas do Amor e do Mar” é o nome do álbum que junta a voz de Cid à de Luís Represas, André Sardet e Susana Félix. Apesar dos 67 anos, José Cid diz que quer continuar a cantar e a gravar discos e tem já mais quatro trabalhos para lançar. É obra. Como surgiu a ideia de fazer gravar estes duetos?

Estou a compor estes temas há mais de dez anos. Quando escrevi alguns dos temas, como “No meu veleiro”, pensei logo na voz do Luís Represas. O André Sardet ouviu o tema que canta comigo e quis cantá-lo. A Susana Félix foi-me sugerida pela minha editora. Sente-se bem a cantar com outras gerações de cantores mais jovens?

Acho que o meu público é

mais jovem do que o público destes cantores. Eu ando nas queimas, nas latadas, em festas de jovens… A minha atitude musical é no mínimo tão jovem quanto a deles. Até quando quer continuar a cantar e a gravar discos?

Já tenho quatro discos novos gravados. O meu próximo álbum chamase “Quem tem medo de baladas” e penso ainda editar mais dois, um que lhe penso chamar “Menino-prodígio” e outro que se vai chamar “Clube dos Corações Solitários do Capitão Cid”. Já estão gravados e só falta masterizar e editar. Vou ter o cuidado de não me arrastar em palco. Quando sentir que a minha capacidade musical já não é do José Cid retiro-me. Posso sempre continuar a ser instrumentista.

roteiro cinemas 13h40, 16h10, 18h40 e 21h20.

TORRES NOVAS

TorreShopping

Teatro Virgínia Tile-Jail, Toilet-Tale

A Esperança Está Onde Menos Se Espera

Curta metragem (M6) de João Rodrigues e Soetkin Verstegen. Prémio Revelação no 12º Festival de Cinema Luso-Brasileiro.

Drama (M12) - Filme de Joaquim Leitão, que conta a reviravolta de uma familia abastada. Sessões às 13h10, 16h00, 18h45 e 21h30.

Passageiros Thriller ( M12) Sessões às 21h40.

Ficção Cientifica ( M12) de Ursula Meier. Sessões às 21h30.

de aventura da Disney Pixar sobre um vendedor de balões de 78 anos, que finalmente realiza o sonho da sua vida. Sessões de 16 a 18Out. às 21h30.

Centro Comercial Millenium

Sacanas sem lei

Assalto ao metro 123 Thriller (M12) - Com Denzel Washington. Sessões às 21h30.

Drama/Guerra (M16) -O filme que marca o regresso de Quentin Tarantino ao cinemaSessões dia 22, às 21h30.

ABRANTES

RIO MAIOR

CONSTÂNCIA

Cine-teatro S.Pedro

Cine-Teatro

Cine-Teatro Municipal

O argentino Che: parte 1

As Minhas Adoráveis ExNamoradas

Star Trek

Força G Comédia (M6) - Sessões às 13h00, 15h10, 17h20 e 19h30.

CARTAXO Home - Lar Doce Lar

As minhas adoráveis exnamoradas

Centro Cultural

Comédia (M12) - Sessões às

Comédia (M4) - Uma comédia

Up-Altamente

Drama (M12) de Steven Soderbergh. Sessão, dia 21 Out. às 21h30.

Comédia (M12) - Sessões dia 16 às 21h30.

Acção/Aventura (M12) - Realizado por J.J. Abrams. Sessão dia 17Out. às 21h30.

36 CULTURAS

Casa dos Beirões celebra 9º aniversário

destaque

O Ribatejo

A Casa dos Beirões celebra o seu 9º aniversário, razão pela qual serão visitados pela Câmara Municipal de Trancoso. “ As Concertinas do Reboleiro” prometem animar a festa. Provas gastronómicas e ainda aexposição de produtos diversos prometem abrilhantar esta data. A festa acontece no Restaurante “O Gato Preto” em Rio Maior, dia 18Out. pelas 12h30.

16 | Outubro | 2009

vai acontecer

Festa das Vindimas em Vila Chã de Ourique

A realizar dia 24 e 25 de Outubro, a “Festa das Vindimas” em Vila Chã de Ourique contará com dois dias de animação, num certame que marca a freguesia. Dia 24, a festa é por noite dentro, com um apontamento teatral que retrata as noites de diversão no seio dos ranchos das vindimas. Já a música fica a cargo de Leonel Nunes. Dia 25, haverá o “Desfile das Vindimas”, um desfile etnográfico onde cada carro retrata as tarefas das vindimas. Uma festa marcada para dia 24 e 25, no Centro Social Ouriquense.

Te a t r o ( R e) N a s c e r em Ferreira do Zêzere Após o sucesso da peça “Lendas com Cheiro a Rosmaninho” em Agosto, apresentado pelo Grupo de teatro (Re)Nascer de Ferreira do Zêzere, o grupo volta a repor esta peça entre os dias 17 e 18 de Outubro, a pedido do público. Uma peça que conta com a representação das mais emblemáticas lendas do Concelho de Ferreira do Zêzere. Sobe a palco dia 17 às 16h30 numa sessão para idosos e às 21h30 para o público em geral. Dia 18 regressa às 16h30. Em exibição na sala de espectáculos da Filarmónica Frazoeirense.

Cartaxo elege Rainha das Vindimas Na noite de 17 de Outubro, a partir das 21h30, o Pavilhão do Atneu Artístico Cartaxense, no Cartaxo, recebe a Eleição da Rainha das Vindimas 2009. Um certame que alia a beleza à valorização das tradições vitivinícolas do concelho. Presentes a júri vão estar oito candidatas, em

representação das várias freguesias. Mas, até chegar a esta grande noite, as candidatas realizaram uma visita guiada . uma prova escrita e ainda uma prova de comunicação e expressão. Três elementos que permitem ao júri avaliar a capacidade criativa das candidatas, sendo por isso fundamentais para a

decisão final. Ainda assim, dia 17 as candidatas irão desfilar em traje regional, roupa desportiva e em vestido de noite, e terão que voltar a apresentar os seus conhecimentos sobre a sua freguesia e concelho, de modo a mostrar que merecem o título de futura Rainha das Vindimas do Cartaxo.

das letras

Mea Culpa Não duvido que o mundo no seu eixo Gire suspenso e volva em harmonia; Que o homem suba e vá da noite ao dia, E o homem vá subindo insecto o seixo.

desleixo.

Não chamo a Deus tirano, nem me queixo,

Se nada há que me aqueça esta frieza; Se estou cheio de fel e de tristeza... É de crer que só eu seja o culpado! Antero de Quental in “Sonetos”

Nem chamo ao céu da vida noite fria; Não chamo à existencia hora sombria; Acaso, à ordem; nem à lei

A Natureza é minha mãe ainda... É minha mãe... Ah, se eu à face linda Não sei sorrir: se estou desesperado;

O Ribatejo

CULTURAS 37

Campeonato nacional de Motonáutica

16 | Outubro | 2009

Realiza-se dia 18 Out. pelas 10h até às 19h, em Vila Nova da Barquinha, a última jornada do Campeonato Nacional de Motonáutica e de Motonáutica Radiocontrolada. Um evento em pleno Rio Tejo, organizado pelo Município de Vila Nova da Barquinha.

televisão A luta pela vida Odisseia

horóscopo carneiro 21/3 a 20/4

Não parece ser uma semana fácil, na medida em que está um tanto desgastado e sem grande capacidade de compreensão ou tolerância. Poderá haver lugar a rupturas ou à criação de novos relacionamentos. A sua vida económica necessita de uma gestão muito mais rígida.

No amor, está muito favorecido e é natural que balança 24/9 a 23/10 marque pontos e colha vantagens. É no convívio

touro 21/4 a 21/5

Não se sentirá muito satisfeito com a vida sentimental, por falta da correspondência e/ou compreensão desejadas ou necessárias. Depende de si dar uma volta à sua vida. Não conte, esta semana, com resultados imediatos. Morosidade nos processos e desenvolvimentos.

escorpião 24/10 a 22/11

Os sentimentos estão muito agitados e tende a reagir com excessos de emotividade. Não encare comentários ou conversas banais como críticas. Também no aspecto profissional as emoções se fazem sentir. Tende a misturar assuntos e a sentir-se lesado de uma forma pessoal.

gémeos 22/5 a 21/6

Esta semana, encontrará facilidades no sector amoroso, fazendo assim com que toda a esperança seja lícita e a felicidade nos relacionamentos previsível. A vida profissional tende a revelar-se intensa, podendo mesmo trazer muitos transtornos à sua vida pessoal.

sagitário 23/11 a 20/12

Denota uma grande lucidez ao enfrentar as questões da vida afectiva. Pode tomar decisões e é natural que opções de outros impendam sobre si. De uma maneira geral, saberá sempre adoptar as atitudes mais correctas. A semana pode ser decisiva em termos profissionais.

caranguejo 22/6 a 22/7

Está sujeito a oscilações de sentimentos e mesmo a paixões fortes que o podem levar a comportamentos inusitados. Assuma completamente as suas opções. Esta semana não poderá tomar os acontecimentos como certos nem actuar só com base em hipóteses.

capricórnio 21/12 a 20/1

Esta semana, os sentimentos e as emoções surgem cheios de intensidade e, quando menos esperar, pode ser surpreendido por manifestações fortes ou pela necessidade de se expressar. Os resultados só surgem com persistência. Ponha capitais a circular.

leão 23/7 a 23/8

O momento é especialmente favorável à vida sentimental e à conquista. Neste período, não há lugar para reservas ou desânimo; é essencial manter uma atitude positiva. Esta semana deve colocar-se bastante no centro dos acontecimentos e chamar a si as iniciativas.

aquário 21/1 a 19/2

No sector amoroso necessita de tentar entrar num regime mais calmo, para poder definir melhor os seus sentimentos. Impõem-se uma reflexão sobre situações de constante decepção. Esta semana, necessita de actuar de forma muito consistente profissionalmente.

virgem 24/8 a 23/9

Está sujeito a influências bastante positivas e a conjuntura é-lhe favorável; apesar de tudo, nem sempre se sentirá satisfeito, já que atravessa uma fase de grande exigência. Boa semana para falar sobre assuntos, esclarecer pontos de vista e adquirir novos conhecimentos.

peixes 20/2 a 20/3

Sector amoroso bastante favorecido; sentir-se-á admirado e desejado. Ponha de lado preconceitos ou outros condicionalismos e tente novos relacionamentos. Todo o tempo que dedicar ao amor será bem empregue. Embora com realismo, deve aproveitar as oportunidades.

Sexta-feira, 16 de Outubro, 20h00

LIVRO Um amor em tempos de Guerra Júlio Magalhães PVP: 16,20€ Júlio Magalhães apresenta Um Amor em Tempos de Guerra. um livro que nos leva a um dos episódios mais marcantes e controversos da História contemporânea portuguesa: a guerra do Ultramar. Uma história empolgante onde o amor assume o papel principal. Porque mesmo em tempos de guerra e sofrimento há amores que resistem a tudo.

Uma série sobre a impressionante capacidade que o corpo humano tem para sobreviver e para reunir forças com a medicina moderna para seguir em frente. Como é que o organismo responde a danos graves? Como vão mudando as doenças ao longo do tempo e como é que isto afecta os doentes? O Odisseia lhe apresenta faz uma passagem ao longo da vida de uma pessoa desde o seu até à vida adulta, passando pela infância e pela adolescência.

Grandes Catástrofes Canal História

Domingo, 18 de Outubro, 16h00

CD Em`Cantado Rão Kyao PVP:14,95€ Rão Kyao um dos mais importantes e versáteis músicos/compositores nacionais, mestre do Saxofone e da Flauta de Bambu e um praticante apaixonado do Fado. Lança agora, , “Em’Cantado” com a primeira colaboração num só disco de Rão Kyao e artistas de várias gerações como Camané, Carminho e Ricardo Ribeiro

O condutor de um carro de corrida bate e capota várias vezes antes de ficar preso enquanto o carro explode. Uma mansão é arrastada para uma depressão nas colinas de San Francisco. Um instrutor de voo está a treinar outro piloto quando o avião vira de forma violenta, fica fora do controlo e o sistema de ejecção do assento falha. Um documentário com imagens inéditas sobre as grandes catástrofes do mundo.

sorte

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso

Concurso nº 41/2009

DVD O Quinto Elemento Luc Besson PVP: 14,99€ Em cada 5.000 anos, cinco elementos da natureza juntamente para afastar as Forças do Mal.Terra, Ar, Água e Fogo unidos são o motor do Universo; mas existe um 5º elemento que ninguém conhece e que é preciso proteger. Um confronto com as Forças do Mal para salvar a humanidade.

totobola

112121221111x Super 14.Portugal - Hungria M:0

totoloto 1 | 7 | 16 | 20 |30| 40|48

JOGO The Elder Scrolls IV Oblivion PS3 PVP: 34,99€ Oblivion é o capítulo mais recente na saga épica de grande sucesso, Elder Scrolls, e utiliza o hardware de videojogos da próxima geração para envolver o jogador completamente na experiência. Com uma poderosa combinação de escolhas livres e gráficos magníficos, desvende a aventura principal ao seu próprio ritmo ou explore o mundo e descubra os seus próprios desafios.

joker 9 .341.605

loto2 2 | 21 |24 | 26 | 33| 40| 31 Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

sudoku 8

2 5

3

3 3

6

5

5

6 9 6

2

4

4

3

4 2

7

VERTICAIS: 1 - Fruta ou natural de uma cidade marroquina. 2 - Gritavam as bacantes em honra de Dionísio. Do Chão em Portalegre. 3 - Gostam de olhar. No meio dos remos. 4 - Ilha grega. Protagonista da tragédia Castro de António Ferreira. 5 - República da Irlanda (de baixo para cima). Manipulava a roda da fortuna na mitologia grega. 6 - Capela do Vaticano. Ide na confusão. 7 - Tem tudo para ser torta. Vagaroso. 8 Mais. Ponte alentejana. 9 - O generoso fá-lo por prazer. Era vulnerável no calcanhar. 10 - Pedaço de História. Furo sem princípio. 11 - Freguesia de Viana do Castelo. É a cara do doente.

1

8 7

HORIZONTAIS: 1 - Podem fazer-se num copo de água. 2 - Onde se engordam frangos. Rarefaz com a altitude. 3 - O natural do Pará, por exemplo. Vogal repetida. 4 - Estuda formas e volumes. 5 - O Górdio foi cortado por Alexandre Magno. O americano para o inglês. 6 - Em sete há dois. Resistente. 7 - Deslocavas-te. Naturais de uma região do sudeste asiático. 8 - Normal nos extremos. Lua de Júpiter. 9 - Naturais da capital grega. 10 - Têm as honras do cargo, mas já não a o exercem. 11 - Escreve ao correr da pena. Fica perto.

4 7

8 7

HORIZONTAIS: 1 - tempestades. 2 - aviário; ar. 3 - nortista; aa. 4 - geometria. 5 - nó; ianque. 6 - es; duro. 7 - ias; malaios. 8 - nl; lo. 9 - atenienses. 10 - eméritos. 11 - prosador; cá.

7 | 11 | 29 | 46|50| 4 | 7

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

VERTICAIS: 1 - tangerina. 2 - evoé; Alter. 3 - mirones; emo. 4 - Patmos; Inês. 5 - Erie; moira. 6 - Sistina; eid. 7 - totra; lento. 8 - ainda; Sor. 9 - dá; Aquiles. 10 - era; uro. 11 Areosa; má

euromilhões

que podem estar oportunidades sentimentais muito promissoras. A semana é excelente para rebater críticas e libertar-se de pressões, podendo passar da defesa ao ataque.

Soluções

escaparate

8

9

6

2

2

7

9

6

5 3

5

3 1 9

4

3 5

4

7

5

2

6

8

8 1

6 7

6

4

7

1

2

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!

38

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

comeres & beberes

Douro, 2007

Albergaria Dom Dinis Restaurante ∑ Vila de Rei O ilustre Frei Joaquim Viterbo legounos uma obra fundamental – o Elucidário das Palavras Termos e Frases – para percebermos o nosso viver na Idade-Média. Relativamente ao termo Albergaria elucida-nos: “Casa ou edifício destinado para recolher toda a qualidade de pessoas que fazem jornada e precisam das comodidades do sono, mantimentos e descanso.” O estudioso Frade ainda nos concede mais informações, mas para o ensejo desta crónica já bondam. O rei Dom Dinis além de poeta jornadeou muito e esta albergaria ao ser baptizada com o seu nome, aumentamlhe as responsabilidades de bem agasalhar e alimentar os viajantes, passeantes e todos os figurantes que a demandem. No caso em apreço ali fui tomar uma refeição porque os agora seus responsáveis fizeram o favor de quebrar a bisonha monotonia gastronómica da cidade de Abrantes, ao abrirem o restaurante Sabores do Pinhal. A sala é larga e longa, mesas adequadamente

compostas, toalhas e guardanapos de alvo tecido, cutelarias e vidros em conformidade. Apenas na companhia de jornais optei por reduzir as entradas – um precioso queijinho –, de modo a poder degustar dois pratos. Naquela semana decorria a festa em honra do achigã, venha um dos oriundos do lago Michigan. Veio: frito em polme de farinha de milho, exibindo as qualidades reveladores de uma fritura excelsa – seca, estaladiça e dourada –, o que não é muito comum, acompanhado por açorda qualificada dada a saboridade do conjunto culinário. Muito bem. A segunda prova recaiu no ensopado de borreguinho. Costelas tenras não da molenguidade da ração, sim do tenro saudável e rijo do leite materno o que cada vez é mais difícil de se arranjar. Molho conseguido a embeber fatias de pão gulosas até pela excentricidade da trincadela. Acompanhei o festim com tinto Duas

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

Quintas, um duriense filho de óptimas uvas a escorrerem em néctar. Neste restaurante encontramos um gracioso naipe de pratos regionais dignos de nota, sendo um de alto coturno – o cabrito estonado (só por encomenda) –, assim como uma gulosa tábua de queijos. Serviço atento. Preços sensatos. Ora, aqui está um restaurante a honrar o termo albergaria e a engrandecer o nome do rei poeta. Armando Fernandes

Estacionamento privativo. Aceita cartões de crédito. Encerra às quartas-feiras. Tel. 274 898 066.

As vindimas obrigam à realização de “feiras” nas grandes superfícies, nas quais pululam rótulos e mais rótulos de vinhos de modo a os clientes se obrigarem a “limpar” os armazéns dos stocks existentes a fim de a nova produção conseguir espaço para ficar. Numa dessas feiras adquiri este Douro colheita de 2007, engarrafado propositadamente para uma dessas cadeias de hiper-mercados. O enólogo Anselmo Mendes é o “culpado” da compra pela razão do seu nome estar salientado no rótulo, a significar reconhecimento da minha parte. Feito à base das castas Touriga Nacional (está em todos!), Touriga Franca, Tinta Roriz e Tinta Barroca, delas redundou um tinto revelador de adequada estrutura, brilhante no copo, dono de aromas florais e frutais, com algum mineral à mistura num conjunto bem estruturado. Na boca revelou pujança sem agressividade e um final agradável. Acompanha aquilo que o consumidor entender e bem peixes gordos, carne assada e queijo curado. A.F.

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200501099159 AP

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200501017950 AP

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

1ª PUBLICAÇÃO

1ª PUBLICAÇÃO

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes da executada SANTOS RUIVO E COMPANHIA, LDA., que tem a sua sede em Amiais de Cima 2025-012 Abrã - Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 7 de Dezembro de 2006 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) e Coimas Fiscais (CF) dos anos de 2005 e 2006, no montante actual de 12.927,14 €, sendo 11.246,99 € de quantia exequenda e 1.680,42 € de acréscimos legais.

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes da executada SANTOS RUIVO E COMPANHIA, LDA., que tem a sua sede em Amiais de Cima 2025-012 Abrã - Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 7 de Dezembro de 2006 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Colectivas (IRC) e Coimas Fiscais (CF) do ano de 2005, no montante actual de 6.798,99 €, sendo 4.859,73 € de quantia exequenda e 1.939,26 € de acréscimos legais.

BEM A VENDER

BEM A VENDER

Bomba eléctrica de puxar vinho, com 16 bicos para enchimento de garrafões, da marca LOWARA, modelo Pompa C 70/45, em aço inoxidável e com razoável estado de conservação e funcionamento. Foi-lhe atribuído o valor de 5.000,00 € (Cinco mil euros). É depositário o representante legal da executada Sr. António dos Santos Ruivo Júnior, com domicílio em Amiais de Cima – 2025-012 Abrã, o qual, nessa qualidade e depois de contactado no seu domicílio, no cumprimento das suas obrigações mostrará o bem aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 9 de DEZEMBRO de 2009, pelas 11H00M, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 3.500,00€, correspondente a 70% do valor atribuído, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2009.169 – SANTOS RUIVO E COMPANHIA, LDA.”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o legal representante da executada, bem como os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. É devido o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 20%. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos catorze dias do mês de Outubro do ano de dois mil e nove. O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra)

O ESCRIVÃO, (João José Marcelino Tavares)

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1250 de 16.10.2009)

Engarrafadora automática em aço inoxidável com 16 bicos de enchimento, da marca METALENO, com o nº de série 98622121, com bomba eléctrica incorporada e em razoável estado de conservação e funcionamento. Foi-lhe atribuído o valor de 5.000,00 € (Cinco mil euros). É depositário o representante legal da executada Sr. António dos Santos Ruivo Júnior, com domicílio em Amiais de Cima – 2025-012 Abrã, o qual, nessa qualidade e depois de contactado no seu domicílio, no cumprimento das suas obrigações mostrará o bem aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 9 de DEZEMBRO de 2009, pelas 11H30M, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 3.500,00€, correspondente a 70% do valor atribuído, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2009.169 – SANTOS RUIVO E COMPANHIA, LDA.”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o legal representante da executada, bem como os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. É devido o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) à taxa de 20%. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos catorze dias do mês de Outubro do ano de dois mil e nove O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra)

O ESCRIVÃO, (João José Marcelino Tavares)

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1250 de 16.10.2009)

RESTAURANTES E ESPECIALIDADES | COMERES & BEBERES 39

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

SANTARÉM A GRELHA Especialidades Peixe Fresco, Bacalhau Assado com Magusto, Espetadas de Lulas com Gambas, Espetadas de carne Barrosã com Gambas e Ananás, Espetadas Mistas, Arroz de Feijoca, Bons Vinhos da Região Folga 2ª Feira Morada R. Ateneu Comercial, 1 r/c Esq. – Santarém Telefone. 243333348/ 243322636/ 917604488 ADEGA DO BACALHAU Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau assado com Magusto, Bife à Casa Folga Domingo Morada Travessa da Boleta, 2 e 4 (centro histórico) Santarém. Tel. 243306519- 964569837. QUINTAL DO BECO Especialidades Lulas fritas com camarão, Bife à Beco. Folga Domingo. Morada Beco dos Fiéis de Deus, nº 15, Santarém. Tel. 243391247. OH VARGAS Especialidade Comida Tradicional Folga Sábado (excepto para serviços marcados) Morada EN 3 - Portela das Padeiras - Santarém Tel. 243351146.

TABERNA RENTINI Especialidades Cozinha Tradicional, Grelhados no carvão Morada Casais do Quintão - Perofilho, 2005-021 Várzea Santarém Tel. 243499254

O TASCO Especialidades Massa à Barrão, Bacalhau grelado com Magusto, Bife à Tasco, Entrecôte com Migas, Carnes de Porco Preto grelhadas Folga Domingo Morada EN 3 – S. Pedro (frente à JAE) – 2005 Santarém Tel. 243302740 Tlm. 917062391

CASA CONDEÇO Especialidades Açorda de Bacalhau à Barrão, Molhinhos de Carneiro com Grão, Migas Ribatejanas c/ Bochechas de Porco Favas com Entrecosto Folga 2ª Feira Morada Rua do Alfageme, 41 – Ribeira de Santarém - Santarém Tel. 243326887

MINA VELHA Especialidades: Bacalhau Assado com Magusto, Bacalhau c/ Broa, Massa à Barrão, Bife à Mina Velha, Posta à Mina Velha. Folga : Domingo à Noite e 2ª Feira. Contacto 243 372 581. Morada : Urb. Quinta das Fontainhas – Santarém. Long. 08´42´20” O. Lat. 39´42´19” N

FONTE VALE DA VIDEIRA Especialidades Costeleta de Novilho, Ensopado de Galinha, Pernil no Forno, Carne de Porco Preto, Bacalhau c/ Magusto e Batata a Murro. Pão Quente. Folga 2ªs feiras. Morada Rua José Júlio S Delgado, 37 – Póvoa de Isenta Tlm: 962559852. TABERNA DO QUINZENA Especialidades: Magusto com Bacalhau Assado, Pato Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Cabrito Assado no Forno, Pernil de Porco e Naco de Toiro Bravo Avinhado Folga Domingo Morada Taberna I - Rua Pedro Santarém, 93/95 - Santarém Tel. 243322804 Morada Taberna II – Cerco da Mecheira, 20 - Santarém Tel. 243333110 ADEGA DOS SABORES Especialidades Cabrito Assado no Forno, Bacalhau assado com batata a murro, Polvo à Lagareiro. Folga 5ª feira e domingo ao Jantar. Morada Rua 25 de Abril, 27 – Casa dos Pinheirinhos- Casal da Charneca – Almoster – Santarém. Tlm 916845000

O FARNEL Especialidades Bacalhau à Farnel; Bacalhau assado c/migas à moda de Coruche; cabrito frito à lavrador; migas de batata c/ carne de porco; ensopado de borrego, grelhado de novilho bravo e porco preto na telha Folga 2ª feira Morada Sala p/ banquetes no Monte da Barca. Rua Vasconcelos Porto – Coruche Tel. 243675436

O CANTINHO DOS SABORES Especialidade Bacalhau Assado com Açorda de Grelos Folga: Domingo. Morada Estrada Nacional 3, Alto do Vale, Vale de Santarém Tel. 243761268

J F RESTAURANTE Especialidades Folhado de Perdiz, Bacalhau frito com Gambas e Coentros, Camarão com Risotto 3 queijos, Bifes do lombo, Cozinha Tradicional portuguesa Folga 3ª Feira Morada Jardim de Cima - Santarém Tel. 243302200

O BACALHAU Especialidades Borrego à Casa, Bacalhau à Lagareiro, Peixe Fresco Folga 3ª feira à tarde Morada Rua S. Tiago - Tremez Tel. 243479196

O CHOUPO Especialidades Bacalhau à Choupo; ensopado de enguias; cabrito assado à padeiro; medalhões de porco à Ti Fernanda Folga 2ª feira (após almoço) Morada Montinhos dos Pegos (1 Km cruz. Monte da Barca) – Coruche Tel. 243618875

DOM TACHO Especialidades Ensopado de Enguias, Feijoada de Gambas, Mar e Terra Morada Rua Marquesa da Ribeira Grande 53, Vale de Santarém Tel. 243 761078. Aberto todos os dias.

CHAFARICA DA TORRE Especialidades Carne de Vitela Maronesa, Bacalhau na brasa, Camarão Tigre, Raia com molho de alcaparras Folga Domingo Morada Praceta João Caetano Brás, 9 - S. Domingos - Santarém Telf. 243 372 649 96 6620790

LUÍS DO LEITÕES Especialidades Leitão assado à Bairrada, Bacalhau à Lagareiro, Grelhados variados Folga 2ª Feira Morada Rua Teófilo Braga, 10 - Santarém Tel. 243332102

A TASCA Especialidades Pernil de porco no forno, cozido à portuguesa. Carne Brava Folga Domingo Morada Mercado Municipal – Coruche Tel. 243675232

QUINTA DOS GRAVELHOS Folga 3ª feira Morada: Rua do Comércio, 58 - Moçarria Tel. 243499300 Tlm. 967062629

O SALSA Especialidades Peixe Fresco, Carnes da Especialidade, Massinhas de Peixe, Açorda de Ovas Folga Domingo - Aberto nos Feriados Morada EN 3 – Portela das Padeiras – Santarém Tel. 243351341

A CARROÇA Especialidades Bacalhau à Carroça; Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Brás, Carne de porco à Alentejana, Petiscos (amêijoas, moelas, pica-pau) - Aberto todos os dias Morada Rua Principal – Advagar - Achete Tel. 243478216

trada Nacional 119 (Área de serviço Repsol) – Biscainho . Tel. 243660333

O CANTINHO DA BELA Especialidades Bacalhau gratinado, bacalhau à casa, ensopado de borrego, lombo assado com migas, coelho à caçador Folga Domingo Morada Estrada Nacional 3, Lote 3, Pernes Tel. 243 449 514.

O BERNARDO Especialidades: Bacalhau no forno com Broa de Milho, Polvo no forno, Ensopado de Borrego, Cabrito no Forno e Lombos de Fataça Grelhados Folga: 2ªas Feiras Morada: Loja Nova – S. Vicente do Paúl Contactos: 243428388 Telemóvel 9918939656 O CANTINHO DO AVÔ Especialidades: Queixadas de Porco no Forno, Molhinhos com Feijão Branco, Cozido à Portuguesa, Feijoada à Transmontana, Secretos de Porco Preto, Magusto com Bacalhau Assado, Polvo à Lagareiro. Folga Domingo. Morada Rua Paulino da Cunha e Silva nº 121 – 2000-369 Alcanhões. Tel. 243428303 ABRANTES CRISTINA Especialidades Bacalhau c/Broa, Polvo à Lagareiro, Cherne c/molho de coentros, cabrito assado no forno, Arroz de Pato à Antiga, Perna de Borrego assada c/alecrim. Folga Domingo à tarde e 2ª feira Morada Rio Moinhos – Abrantes Tel. 241881177 Fax: 241881343 Email info@ restaurante-cristina.com Web www.restaurante-cristina.com

SAL & BRASAS Especialidade: Carnes na brasa Folga 2ª feira Morada Cruzamento Monte da Barca - Coruche Tel. 243618319 Rua do Pisco, 9 – Abrantes Tel. 938851963 Email restaurantefumeiro@clix.pt CONSTÂNCIA FALCÕES Especialidades: Troxas de Sta. Madalena, Bife na Pedra, Terra e Mar, Maçã Romana Folga: Terça-Feira Morada: Rua Luís de Camões, 33 - Abrantes Horário: 12h10m ás 15h00m e das 19h30m ás 22h30m Telefone: 249 098 875 E-mail: restaurantefalcoes@gmail.com SALVATERRA TIRA PICOS Especialidades Grelhados Folga 2ª Feira Morada Foros de Salvaterra - Salvaterra de Magos Tel. 263501447

Fonseca 54 - Salvaterra de Magos Tel. 263504795 DOM ROBERTO Especialidades Enguias à Lagareiro, Grelhados Folga 5ª Feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 70/ 72 - Salvaterra de Magos Tel. 263504484 BARQUINHA ALMOUROL Especialidades Enguias, Sável e Lampreia Folga 3ª Feira Morada Tancos, Vila Nova da Barquinha Tel. 249 720 100. Mail: www.almourol.com GOLEGÃ

PRETO & BRANCO Especialidades Bacalhau com natas, Porco Preto, Arroz de Pato, Enguias do Rio, Carne Mirandesa Folga 2ª feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 144 Salvaterra de Magos Tel. 263507858 918675981

CENTRAL Especialidades: Bife à Central com Molho à Brogueira, Entrecosto à Goleganense, Açorda de Sável- Sobremesa: Toureiros Telefone : 249976345 Morada : Largo Imaculada Conceição 3 a 8 - 2150-125 Golegã. Reservas@cafecentral.pt www. cafecentral.pt

PARQUE REAL Especialidades Cataplanas de Enguias e Mariscos. Mariscos e Peixe fresco durante todo o ano. Espetadas variadas. Folga 5ª Feira. Tel. 263505508; Telm. 969517664. Morada Estrada Nacional 118, nº51 - Val Queimado - Salvaterra de Magos

O BARRIGAS Especialidades: Buffet de entradas regionais, fritada de camarão com açorda e naco de boi no carvão.Folga: Domingo ao jantar e 2ª feira Morada: Largo 5º Outubro, nº 55 e 56 – Golegã Contacto: 240 717 631 Site: www.obarrigas.com Outras info: Zona para fumadores

ADEGA DA ROSA Especialidades Picanha, Bacalhau à Lagareiro, Chocos à Lagareiro, Espetada de lulas c/gambas, costeleta Mirandesa. Garrocheira – Foros de Salvaterra; Telf: 263 507 240 CABANA DOS PARODIANTES Especialidades Bife à Patilhas & Ventoinha, Molhata de Enguias (caldeirada típica avieira). Pode encomendar Barretes, Bolo Rei e outras especialidades. Folga 4ªs feiras à tarde. Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca. Mail: cabana.eventos@ gmail.com telf: 263504177 ; site: www. cabanadosparodiantes.com

AVENIDA Especialidades Polvo a Lagareiro, Bacalhau a Braga, Pescada Gratinada com Camarão, Bifes da vazia à Portuguesa com Pimenta ou com Alho. Reservas para grupo e Serviço de Take Away pelo 968486613 - Karaoke aos Sábados Morada Av. Forças Armadas - Abrantes

ESCAROUPIM Especialidades Enguias todo o ano, Açorda de Sável, Lampreia em época, Arroz de Bacalhau c/ Farinheira, Migas, Tarte de Perdiz Folga 5ª Feira e Domingo ao jantar Morada Largo do Avieiros - Escaroupim Salvaterra de Magos Tel. 263107332 telemóvel: 912539228 e mail: rest.o.escaroupim@hotmail.com

O FUMEIRO Especialidades Bife da casa, Fondue de Porco Preto, secretos com migalhana, Ovas na Brasa com Açorda de Ovas, Bacalhau à Fumeiro Folga Domingo Morada

A CASINHA Especialidades Ensopado de Enguias, Enguias Fritas, Picanha, Plumas de Porco Preto, Alheira, Caça Grelhada Folga Domingo Morada Av. Dr Roberto Ferreira da

ALMEIRIM RETIRO DO CAMPINO Especialidades Sopa da Pedra, Grelhados no Carvão Folga 3ª Feira Morada Largo da Praça de Toiros, 1 A - Almeirim Tel. 243592528

O FORNO Especialidades Sopa da Pedra, Peixe Fresco, Carne Porto Preto e Grelhados Folga 3ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 23 - Almeirim Tel. 243592916 O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Carnes grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. 5 de Outubro, 115 - Almeirim Telem: 963458371 CONSTANTINO DAS“ENGUIAS” Especialidades: Enguias Fritas, Ensopado, Grelhados no carvão Folga à 2ª Feira. Aceita reservas Morada Foros de Benfica – Benfica do Ribatejo Tel. 243589156 CAMBÁIA Especialidades: Ensopado de Enguia e Enguias Fritas. Folga 4ª e 5ª feira (excepto feriados). Morada Rua do Campo da Bola - Foros de Benfica. Tel. 243580934

ALPIARÇA TERTÚLIA Especialidades Ensopado de enguias, bacalhau com broa, bacalhau com favas, bacalhau (frito) à marialva, porco preto, borrego à moda de Alpiarça, costeletas de borrego, espetada de javali, alheiras (caça/ mirandesa), coelho com molho de coentros. Bons vinhos da Região e de outras regiões. Ementas personalizadas para grupos e ocasiões especiais. Abrerto todos os dias Morada Rua Engº Álvaro da SilvaSimões,108-AlpiarçaTel:243558588 Reservas 935587920. Site http//tertuliarest-bar.hi5.com Email:bernardos.inv. hot@sapo.pt

CARTAXO QG Folga 3ª feira Morada: Praça 15 de Dezembro, 1 - Cartaxo Tel. 243499300 Tlm. 967062629 O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Costeletas e Mistas grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. Dr. Gomes da Silva (Sociedade Filarmónica Cartaxense) - Cartaxo Telem: 963458371 TABERNA DO GAIO Especialidades Pratos Regionais e grelhados de peixe e carne. Jantares às sextas e sábados. Folga ao domingo. Estrada Nacional N3 - Cruz do Campo - Cartaxo. Telf: 243 759 883

O GALINHA Especialidades Sopa 3/1, Sopa da Pedra, Polvo à Lagareiro, Cozido à Portuguesa, Arroz de Tamboril, Massada de Cherne, Bife à Cortador Folga 3ª Feira. Aceita-se reservas para grupos Morada Rua Ilha da Madeira, 16 J - Almeirim Tel. 243579797

CHARANA Especialidades Mão de vaca c/grão, pernil no forno, entrecosto de novilho, chocos grelhados, grelhados no carvão. Folga domingo Morada Rua 25 Abril,131 – Vale da Pedra. Tlm. 912274197

DAVID PARK Especialidades Arroz de Tamboril, Espetadas de Lombinhos c/ Gambas, Cozinha Tradicional, Peixe Fresco grelhado na Brasa Folga 4ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 15 - Almeirim Email: davidparkmail.telepac.pt. Tel. 243591475

CORUCHE

SEPÚLVEDA Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Molhinhos c/ Grão, Entremeada de Vitela, Moelas estufadas c/ batata frita, Chocos e Grelhados Folga Não tem Morada Rua Vinha do Santíssimo, Bloco 32 - Almeirim Tel. 938732058

PONTE DA COROA Especialidades: Cozinha regional e grelhados no carvão Folga Domingo Morada Estrada Nacional 114 - Coruche Tel. 243617390

Ó MANEL Especialidades: Espetadas do Toiro Bravo. Dobrada e mão de vaca. Sopa de Rabo de boi. Grelhados. Morada Rua de S Tomé, 4 – Bairro Novo. Tel. 243675878. Folga ao Domingo JAKIM GIRASSOL Especialidades: Bacalhau c/ Migas, Feijoada de Chocos c/ Gambas, Borrego assado no forno, Pernil de Porco no Forno, Arroz de Pato, Bacalhau gratinado c/camarões. Petiscos variados. Morada: Es-

RIO MAIOR MANJAR DO PARQUE Especialidades Leitão assado em forno de lenha, Picanha à Brasileira, Secretos de porco preto na brasa , Manjar de Gambas, Bacalhau Maravilha, Bife à Casa. Leitão assado para fora. Ementas para grupos Morada Rua Almirante Cândido Reis, 26 R/c (junto ao jardim) – Rio Maior Tel. 243997071 Email geral@manjardoparque.net PALHINHAS GOLD Especialidades Alheira de caça, Carne mirandesa, Porco preto com migas, Picanha, Bacalhau com crosta de azeitona, Tiborna de bacalhau, Caril de gambas, Arroz de tamboril, , Pão de Ló caseiro. Folga Domingo à noite e 2ª Feira. Morada Trav. do Palhinhas (centro da cidade) - Rio Maior Tel. 963435547. Site www.palhinhasgold.pt MAÇÃO O GODINHO Especialidades Café – Restaurante.Cozinha Regional. Quarta-Feira: Cozido à Portuguesa. Serve Almoços e Jantares. Encerra ao Domingo. Telf: 241572874;tlm 962536310 Rua da Republica – Mação O CANTINHO Especialidades Restaurante Marisqueira; Especialidades: Arroz de Marisco, Cataplana de Cherne, Bife à Cantinho na Frigideira e Maranho de Mação.Almoços e Jantares.Aberto todos os dias.Telf: 241107558.Tlm: 964677705. Rua Monsenhor Alvares de Moura - Mação

40 PUBLICIDADE | SERVIÇOS

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

CRÉDITOS PAU LO N I ZA INÍCIO DO SEU NEGÓCIO * CRÉDITO RÁPIDOTaegP/desde 12,49%

* CRÉDITO PARA MÁQUINAS INDUSTRIAIS, AGRÍCOLAS E VEÍCULOS PESADOS Taeg desde 6,06%

* CRÉDITO PESSOAL RÁPIDO ATÉ 60.000���

OU CONSOLIDADO S/ HIPOTECA C/ REDUÇÃO ATÉ 50% DO ENCARGO MENSAL, AMBOS C/ ASSINATURA DE 1 SÓ TITULAR, SE CASADO Taeg desde 12,49%

* CRÉDITO COM GARANTIA DO SEU AUTOMÓVEL E NEGÓCIOS AUTO ENTRE PARTICULARES Taeg desde 18,52%

* CRÉDITO HABITAÇÃO SEM FIADORES E COM REDUÇÃO DA SUA PRESTAÇÃO MENSAL PARA TRANSFERÊNCIAS Taeg desde 5,1994%

* CRÉDITO CONSOLIDADO MESMO P/ PESSOAS COM PROBLEMAS BANCÁRIOS, DÍVIDAS FISCAIS, S. SOCIAL E PENHORAS Todos os créditos num só, com redução Até 60% da prestação mensal Taeg desde 6,509%

Auxilia Portugueses e Estrangeiros: A iniciar o seu novo negócio ou empresa com créditos Para fundo de maneio, instalações e equipamento

AUXILIA A CONCRETIZAR SONHOS Urb. Vila das Taipas. Lt.4 – r/c Drt. 2080-067 Almeirim Telf.: 243 579 296 Fax: 243 591 298 Telm. 938 879 678

FAÇO LEITURA TAROT,

SE TEM PROBLEMAS DIFÍCEIS , SE PRECISA DE AFASTAR OU APROXIMAR ALGUÉM ... ENCONTRE AJUDA .

CONTACTE 910 921 407

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

saúde

D Espondilite Anquilosante

41

Cerca de 50 mil portugueses sofrem de Espondilite Anquilosante, uma forma crónica de artrite que não tem cura e atinge a coluna, ombros, ancas e joelhos. Cerca de 80% destes doentes iniciam os sintomas perto dos 30 anos, com limitações na produtividade laboral.

Objectos inteligentes para seniores Vencer a dependência ∑ Objectos adaptados à mobilidade e conforto do sénior

CONSULTÓRIO DENTÁRIO - Nova morada -

DR. MARCÃO Médico especialista de ESTOMATOLOGIA (Doenças da boca e dentes) pela Ordem dos Médicos e pelo Hospital de Santa Maria

CLÍNICA - CIRURGIA - PRÓTESES DENTÁRIAS CONSULTAS TODOS OS DIAS Largo Cândido dos Reis, 11 - 1º Direito (junto à rotunda do hospital velho) Telef: 243 326 435 - 2000 SANTARÉM

Os objectos de uso quotidiano foram desenhados para pessoas dotadas de todas as suas capacidades físicas. Um sénior com alguma dependência pode ter dificuldades quando se curva para se calçar, para se por de pé de uma cadeira ou de um sofá, ou a abrir um boião – os músculos e as articulações perderam flexibilidade, é preciso recorrer a um objecto astuto. Muitas vezes é num simples andar de um quarto para o outro que surgem problemas. O mercado das bengalas (tanto para uso doméstico como para andar na rua) melhorou muito. Há bengalas com suporte e assim deixaram de andar sempre a cair, há bengalas desdobráveis e outras com pegas antiderrapantes. A evolução dos andarilhos e dos carros de rodas é também prodigiosa. Surgiram almofadas adaptadas aos sofás, com ergonomia para aliviar a pressão sobre as partes mais dolorosas. Para agarrar um objecto ou prender os atacadores há também instrumentos muito úteis. Há os “braços” que se esticam equipados de uma pinça, leve e fácil de manipular que permite apanhar do chão um objecto que caiu. Há “dedos” com ventosas muito úteis para apanhar, por exemplo, os óculos ou para agarrar o que se encontra nas gavetas, evitando os riscos

de uma vertigem. O tapete antiderrapante na banheira ou no duche é indispensável, o mesmo se dirá das barras de apoio. Mas há outro equipamento de base que se pode revelar muito útil. É o caso da cadeira de banho adaptada para que o sénior não se precise de baixar. Surgiu recentemente uma almofada com telecomando que se põe no fundo da banheira e é susceptível de inchar ou desinchar. O sofá, a cama e o colchão devem ser escolhidos com muito cuidado. Há hoje uma grande variedade de cadeiras de repouso que permitem estender as pernas ou tê-las ao alto em casos de má circulação, ou levantar ou baixar as costas. A cama deve ter um colchão em látex espesso e um revestimento anatómico em espuma para evitar o risco das escaras nos casos em que se está muito tempo acamado. As lupas, os despertadores com números de maior dimensão, telefones com escuta amplificada regulável são outras soluções para mitigar a dependência. Os chamados púlpitos de leitura com inclinação regulável que se podem poisar nas mesas, camas ou sofás podem aumentar o conforto do sénior e que permitem encontrar prazer na leitura ou trabalhos manuais.

O mercado oferece felizmente a várias soluções adaptadas aos problemas de dependência. Também para garantir a autonomia na cozinha e na alimentação. As organizações de seniores têm o dever de publicitar esta informação, propondo conselhos e locais adequados para adquirir estes objectos e instrumentos funcionais. Beja Santos beja.santos@dg.consumidor.pt

CONSULTÓRIOS MÉDICOS DO JARDIM Praça da República, Nº 47 - 1.º - ALMEIRIM Junto à Farmácia Barreto do Carmo MEDICINA GERAL E FAMILIAR Dr.ª Emanuela Santos Andrade Dr. Generoso Barbosa Dr.ª Anabela Xavier de Basto PSIQUIATRIA Dr.ª Joana Alexandre CARDIOLOGIA Dr.ª Marisa Peres NEUROCIRURGIA Dr. Rui Bello Silva PSICOLOGIA Dr.ª Sandra Silva Dr. Ricardo Luciano (Avaliação Psicoterapia c/ crianças) ENDOCRINOLOGIA Dr. Carlos Fernandes PEDIATRIA Dr.ª Teresa Barracha Dr. Nuno Carvalho GINECOLOGIA/OBSTETRICIA Dr. Pedro Rocha (HDS) Dr.ª Lucília Gaspar (HDS) PODOLOGIA Dr.ª Sandrina Fortunato UROLOGIA Dr. António Oliveira ORTOPEDIA Dr. Joaquim Simões

CIRURGIA VASCULAR Dr. Edgar Berdeja FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA Fisioterapeuta Alexandra Claudino PNEUMOLOGIA Dr.ª Paula Cravo IMUNOALERGOLOGIA Dr. Abreu Nogueira DIETISTA/NUTRICIONISTA Dr.ª Susana Brites/Dr.ª Helga Marques ACUPUNCTURA Dr.ª Alda Costa HOMEOPATIA/ FISIOTERAPIA Dr. Rui Pinto Dr. Raúl Silva TERAPIA DA FALA Terapeuta Dora Colaço SERVIÇOS DE ENFERMAGEM Enf.ª Ana SHIATSU Drª Mª Rosário Salavessa ELECTROCARDIOGRAMAS Com Técnico Especializado CTG - Grávidas Holter - 24 h Mapa (Tensão Arterial)

Acordos com ADVANCE CARE; MULTICARE e MÉDIS ANÁLISES CLÍNICAS - com todos os acordos

MARCAÇÕES

Tel 243 593 422 Tlm 969 902 195

42 SAÚDE

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

CENTRO AUDITIVO WIDEX Audiologia  X  X  X X

Dr.ª Odete Batista Diagnóstico (adultos e crianças) Reabilitação Auditiva (Próteses Auditivas) Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Cerebral (PEATC) Protectores de Natação

Cardiopneumologia X

Dr.ª Patrícia Branco

Estudo do Sono

Acordos: CGD, SAMS, PT, Médis, Advance Care e Mondial Assistance Horário: 13.00 às 20.00 horas

Largo Cândido dos Reis, 14 - 1.º Esquerdo • 2000-241 Santarém Tel.: 243 391 547 • Fax: 243 391 549 • E-mail: audioteste@netcabo.pt

Drª MADALENA BARRETO INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ LUÍS P. BARRETO UROLOGISTA Pela Ordem dos Médicos DOENÇAS DOS RINS, VIAS URINÁRIAS E APARELHO SEXUAL MASCULINO

F. RIBEIRO DE CARVALHO CIRURGIÃO PLÁSTICO Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética Cirurgia Estética e Reconstrutiva da Mama Cirurgia do Contorno Corporal Cirurgia Estética Facial Surgimed Pcta. Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6 - r/c SANTARÉM Marcações pelo Tel: 243 30 57 80

CONS. - SURGIMED

Pr. Eduardo Rosa Mendes n.º 6 R/C - Telef.: 243305780 2000 SANTARÉM

Dr. Martinho do Rosário

Médico de Urologia CONSULTAS 2ªs, 4ªs e 6ªfeiras a partir das 15 h. MARCAÇÕES todos os dias, a partir das 15 h. SANTARÉM

Sandra Silva

Dr. Rui Castro

PSICÓLOGA CLÍNICA

Médico Especialista de Clínica Geral

Avaliação Psicológica e Acompanhamento: Crianças, Adolescentes e Adultos Santarém - Climeco Rua do Colégio Militar lt. 10 1º Esq. Telefone 243 328 303

CONSULTÓRIO: Rua José Saramago, 17-1º

Rua José Saramago, 17 Telef.: 243327431 - 2005-185 SANTARÉM

CLIMECO - Clínica Médica de Eduardo Lopes Oftalmologia Dr. Eduardo Lopes Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

(edifícios atrás do Banco de Portugal)

Telef. e Fax: 243 327 431 Telemóvel: 917 770 678 CONSULTAS E MARCAÇÕES DIÁRIAS

Oftalmologia Pediátrica Drª Cristina Amorim Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Ortóptica Dr. Alfredo Sousa - Drª Ana Ascensão Neurocirurgia Dr. Bello da Silva Acordos c/ Multicare

Neurologia Drª Adelaide Palos Dermatologia Drª Maria João Reumatologia Drª Manuela Micaelo Acordos c/ Multicare

Psicologia Drª Edite Oliveira - Drª Isabel Baptista MARCAÇÕES PELO TELEFONE 243 328 303 Rua Colégio Militar, Lt. A - 1º Esquerdo (junto ao antigo Campo dos Leões) 2000 SANTARÉM

SAÚDE 43

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

Drª ISABEL MONTEIRO Médica Cardiologista • Consultas de Cardiologia • Electrocardiogramas • Ecocardiogramas Modo M, 2D e Doppler a cor • M.A.P.A. (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial) Rua Dr. António José de Almeida, nº 11, 4º Dt.º 2000 - SANTARÉM

CENTRO CLÍNICO DO CHOUPAL

OTORRINO

MED. FÍSICA E REABILITAÇÃO

DR. FLÁVIO DE SÁ

Fisiatria (Dr.ª Helena Martins) (Dr. José Miguel Pais) Ortopedia (Dr. A. Júlio Silva) Psicologia (Dr.ª Elsa Couchinho) (Dr.ª Teresa Molina) Clínica Geral e doenças do Coração (Dr.ª Liliana Aleksandrov)

CHEFE DO SERVIÇO HOSPITALAR DE OTORRINO PEDIÁTRICO

CONSULTAS

ACORDOS FISIOTERAPIA: ADSE, ADMFA, ADMA, C.G. DEPÓSITOS, CTT, SAMS, TELECOM e SEGURADORAS R. Capitão António Montês, 4-A (Rampa Ciclistas) Tel. 243326935 - Fax: 243326935 2000 SANTARÉM

Sílvia Lencastre Fróis Psicóloga Clínica Psicologia Clínica e Psicoterapia

TODOS OS DIAS DAS 9.00 - 20.00 horas R. Dr. António José de Almeida, n.º 11 - 2.º Esq.º Tel./Fax 243 329 010 - SANTARÉM

918 732 116

Marcações pelo tmóvel -

• Otorrino (crianças) • Otorrino Geral • Alergologia • Terapia da Fala • Exames de Audição • Endoscopia • Cirurgia Pediátrica e Geral • Doenças do Saco Lacrimal

Santarém • Coruche • Rio Maior

Rosa Ferro

Dr. A. JÚLIO SILVA

Psicóloga Clínica

Médico Especialista

Avaliação e Acompanhamento Psicológico de Crianças, Adolescentes e Adultos. Orientação Escolar.

ORTOPEDIA

Consultório:

R. Capitão António Montez, 4-A

(Centro Clínico do Choupal)

Telef. 243 326 957 DRA. MARISA PERES MÉDICA CARDIOLOGISTA

JOSÉ MANUEL PIRES TEIXEIRA MÉDICO ESPECIALISTA - GINECOLOGISTA / OBSTETRA ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO do HOSPITAL DE SANTARÉM DOENÇA DA MAMA - DIPLOMADO e MASTER em Senologia / / Pat. Mamária pela F. de Medicina da Un. de Barcelona CONSULTÓRIO NA CLÍNICA “FERRO DE ENGOMAR” Rua do Quintino, 9 - A - Tel.: 243770939 - CARTAXO

JÚLIO ARANHA

Consultas e Exames de Cardiologia Santarém: GFS: 243 328 890 IMS: 962 567 961

M.A.P.A. Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial E. C. G. Holter 24 Horas Ecocardiograma

Almeirim: Clínica do Jardim: 243 593 422 Enfercentro: 243 579 601

Av.ª José Saramago, nº 17 - 1º SANTARÉM Telef.: 243327431

Aveiras de Cima: Centro Médico de Aveiras: 263 474 976

Dr. ARMANDO RODRIGUES LOPES INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

João Paulo Ribeiro PSICÓLOGO • Psicoclínico / Psicoterapeuta • Psicoterapia de Crianças, Adolescentes e Adultos Surgimed - Tel. 243 305 780 • SANTARÉM

FAUSTINO SANTOS

Acupunctura / Hipnoterapia Clínica Licenciado em Medicina Tradicional Chinesa Curso pós-graduado de aperfeiçoamento de Hipnose em Clínica Médica (componente de especialização) da Faculdade de Medicina de Lisboa

Rua Pedro de Santarém, nº 65, 1º andar (antiga Rua do Matadouro perto do W Shopping)

MARCAÇÕES - Telemóvel: 962 600 338

www.faustinosantos-acupunctura.com

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DE ABRANTES Largo de S. João, N.º 1 - Telefones 241 371 566 - 241 371 690

C O N S U LTA S ACUPUNCTURA Dr.ª Elisabete Alexandra Duarte Serra ALERGOLOGIA Dr. Mário de Almeida; Dr.ª Cristina Santa Marta CARDIOLOGIA Dr.ª Maria João Carvalho CIRURGIA Dr. Francisco Rufino CLÍNICA GERAL Dr. Pereira Ambrósio - Dr. António Prôa DERMATOLOGIA Dr.ª Maria João Silva GASTROENTERELOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA Dr. Rui Mesquita; Dr.ª Cláudia Sequeira MEDICINA INTERNA Dr. Matoso Ferreira NEFROLOGIA Dr. Mário Silva NEUROCIRURGIA Dr. Armando Lopes NEUROLOGIA Dr.ª Isabel Luzeiro; Dr.ª Amélia Guilherme

Cartaxo e Lisboa Tlm: 914 646 937 E-mail: rosaferro@sapo.pt

CARDIOLOGISTA Electrocardiograma

POR

MARCAÇÃO

OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA Dr.ª Lígia Ribeiro, Dr. João Pinhel OFTALMOLOGIA Dr. Luís Cardiga ORTOPEDIA Dr. Matos Melo OTORRINOLARINGOLOGIA Dr. João Eloi PNEUMOLOGIA Dr. Carlos Luís Lousada PROV. FUNÇÃO RESPIRATÓRIA Patricia Gerra PSICOLOGIA Dr.ª Odete Vieira; Dr. Michael Knoch; Dr.ª Maria Conceição Calado PSIQUIATRIA Dr. Carlos Roldão Vieira; Dr.ª Fátima Palma UROLOGIA Dr. Rafael Passarinho NUTRICIONISTA Dr.ª Carla Louro SERVIÇO DE ENFERMAGEM Maria João TERAPEUTA DA FALA Dr.ª Susana Martins

Tel. 243326935 SANTARÉM

Surgimed Anat. Patológica Dra. Margarida Mendes

Gastroenterologia Dr. Júlio Veloso

Ortopedia Dr. D. Cadavez

Cir. Geral / Obesidade Dr. Joaquim Costa

Endocrinologia Dr. Luís Raposo

Otorrino. Dr. Flávio de Sá

Cirurgia Geral Dr. Paulo Alves

Medicina Interna Dra. Luísa Wandschneider

Pneumologia Dr. Marco da Costa e Silva

Cirurgia Plástica Dr. Ribeiro de Carvalho Cirurgia Vascular Dr. Mário Soares Clínica Geral Dra. Hélia Castro Dr. Benjamim Coimbra Dietética Dra. Célia Dias

Neurocirurgia Dr. Carlos Calado

Psicologia Dra. Elsa Martins Dr. João Paulo Ribeiro

Neurologia Dr. Jorge Becho

Psiquiatria Dr. Vítor Henriques

Oftalmologia Dr. Juan Palomares Dr. Castela Rodrigues Dr. Fábio Trindade

Reumatologia Dr. Teixeira Costa Urologia Dr. Luís Barreto

Exames Complementares e Outros: • • • • • • •

Endoscopia Digestiva Alta Colonoscopia Fibrorectosigmoidoscopia Polipectomia Endoscópica Citologia Aspirativa Urofluxometria E.C.G.

• Trat. varizes (esclerose e laser) • Sedação profunda c/apoio de Anest. p/ exames endoscópicos • Laser Cirúrgico • Internamento (Piso 10 – HDS) • M.A.P.A. • Holter 24 horas

Marcações das 9:00 às 19:00 de 2ª a 6ª Feira Telef: 243 305 780 Fax: 243 305 781 Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6-r/c 2005-174 SANTARÉM Email: surgimed@mail.telepac.pt

44 ADVOGADOS SANTARÉM A Dr. José Francisco Faustino; Drª. Cristina Alvarez; Dr. João Rafael; Dr. Pedro Goulão; Dr. Pedro Matos Barbosa; Dr. Francisco Lopes Leitão - Rua Capitão António Montez, 10 – Santarém - Tel. 243327159 Fax 243327160 - adv.santarem@mail. telepac.pt A Oliveira Domingos - Largo Cândido dos Reis, 3 -1º - Santarém Tel. 243326310 - Fax 243333587 oliveiradomingos-161e@adv.oa.pt A Sandra Alexandre - Rua do Colégio Militar, 10 - 2º esq. - 2000-230 Santarém - Telef./Fax: 243 322 268 A Dr. Francisco Antunes Luís - Av. D. Afonso Henriques, 89 - 2º Dtº - Santarém - Tel. 243321024/ 243321426 - Fax 243321425 advogados.s@mail.telepac.pt A Drª Sónia Bento - Av. do Brasil, 13 – 1º Andar – Santarém - Tel. 243372159 Fax 243372159 - sbentompires.adv@gmail.com

ORLANDO MENDES TERESA PINTO FERREIRA SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL Travessa do Fróis, 3 - 1º e 2º Tel: 243 328 444 - Fax: 243 391 079

2000-145 SANTARÉM E-mail: orlandomtpf_socadv.rl@mail.telepac.pt

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009 A Dr. Marco Pires - Av. do Brasil, 13 – 1º Andar – Santarém - Tel. 243372159 Fax 243372159 - sbentompires.adv@gmail.com A Dr. Morgado Ribeiro - Av. do Brasil – Edifício Scálabis, 1º Esq – Santarém - Tel. 243323143 Fax 243326144 - morgadoribeiro-185e@ adv.oa.pt A Drª Margarida Lencastre Fróis - Praça Sá da Bandeira, 22 – 1º Santarém - Tel. 243325178 Fax 243325178 - margarida.lencastre@ gmail.com

352 409 - 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) - hmduarte-16362l@adv.oa.pt

ALMEIRIM A Dr. Manuel Faustino Silva - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 - faustino-1239e@adv.oa.pt A Dr. Adriano de Melo Nazareth Barbosa - Praça da República, 29 – 1º Esq. – Almeirim - Tel. 243597997/8 Fax 243597999

A Drª Célia Sousa Pinhal - Praça Lourenço de Carvalho, 12 A 1º 2080-043 Almeirim - Tel. 243593737 Fax 243593737 TLM 966110936 Celiasp-1498e@adv.oa.pt A Drª Ana Oliveira Simões - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570092 Fax 243570099 - anaoliveirasimoes2078e@adv.oa.pt A Drª Ana Gomes Ribeiro - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570093 Fax 243570099 - anagomesribeiro2104e@adv.oa.pt

A Drª Cristina Saldanha - Av. D. Afonso Henriques, 67 – 1º Esq – Santarém - Tel. 243323019 Fax 243333414 - cristinasaldanha1531e@adv.oa.pt

A Drª Ana Sofia Casebre - Rua Dionísio Saraiva, Lote 1 – 1º Andar – Porta A – Almeirim - Tel. 243579134 Fax 243579134 TLM 936280534

A Dr.º Martins Carreto - Rua Dr. António José de Almeida, 17-2º Dto - 2000-238 Santarém - Telefone 243333519 Fax 243326531 e-mail: artinscarreto-1078C@adv.oa.pt

A Dr. Sérgio Luís Coutinho dos Santos - Praça da República, 18 A 1º - Apartado 61 – 2080-044 Almeirim Tel. 2435991172 - Fax 243593224 sergiosantos - 365e@advogados.oa.pt

A Dr.ª Helena Marques Duarte - Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A - Tel. 243 352 407 – Fax. 243

A Dr. Vítor Sousa - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626

Fernando Martinho Sofia Martinho José Carlos Pó

Francisco Pedrógão

ADVOGADOS

ADVOGADOS

ADVOGADOS

Rua Dr. António José de Almeida nº 17, 1º Esquerdo Tel.: 243326821 - Fax: 243333830 2005-238 SANTARÉM

Pcta. Pedro Escuro n. 2 1.º Esq. Telef.: 243333821 Fax: 243391021 2000 SANTARÉM

Tel.: 243323700 - Fax: 243332994 Rua Elias Garcia, 24 - 1º Apartado 173 2001-902 Santarém

Armando Ferreira

A Dr. Pedro Borrego - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim -Tel. 243570091 Fax 243570099 - pedroborrego-2083e@ adv.oa.pt A Drª América Cravo - R. Dr. Óscar da Costa Neves, 8 - 1º - 2080-130 Almeirim - Tel. 243597946/8 Fax 243597947 - americacravo-855e@ adv.oa.pt

ADVOGADOS

Telem.: 969 239 263

Av. do Brasil - Edifício Scalabis - 1º F Tef.: 243326242 2000 SANTARÉM

Av. 5 de Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 LISBOA Tel. 213172720 Fax. 213172729

CARTAXO A Drª Liliana Pita - R. Dr. Manuel Correia Ramalho, 9 – 2º Esqº - 2070095 Cartaxo - Tel 243703631 Fax 243703631- lilianapita-18943l@ adv.oa.pt

A Norberto Timóteo - Advogado Praceta do Chafariz, Lote 6- 1º Esq. - Apartado 93 - 2204-909 Abrantes; Tel.: 241 363 484; Fax: 241 365 234; Email: norbertotimoteo-169e@ advogados.oa.pt A Eurico Consciência & Associados - Abrantes - Apartado 37 Tel: 241372831 /2/3 - Fax: 241362645 - E-mail: consciencia-839c@adv.oa.pt A António Pires de Oliveira - Rua de Santa Isabel, nº 1- 1º Dto. 2200-393 Abrantes Tel.: 241 360 540 - Fax: 241 372 481 E-mail: dr.a.oliveira-355e@adv.oa.pt - Cédula Prof. 355 Évora

A Drª Rute Nunes - Rua Dr. Lopes Batista, 5 B -1º E – Cartaxo TLM 914177635 Fax 243120102 - rute.nunes@apoiojuridico.com - www.apoiojuridico.com A Drª Ana Fonseca e Silva - Praça 15 de Dezembro, 23ª - 2º A – 2070049 Cartaxo - Tel. 243704323 Fax. 2437074328 - anafonsecaesilva1002e@advogados.oa.pt

LISBOA A Albertino Antunes - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa Tel. 213172720 Fax. 213172729 A Alexandre Oliveira - Telem.: 969 239 263 - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa - Tel. 213172720 - Fax. 213172729

MADEIRA LOPES FRANCISCO MADEIRA LOPES

ALBERTINO ANTUNES ALEXANDRE OLIVEIRA

ANA MARTINHO DO ROSÁRIO ISABEL ALVES DE MATOS VICTOR BAPTISTA

ABRANTES A Mário P. Claro - Célia Cruz Rua Luís de Camões nºs 9 - 11, 1º Esq., 2200-421 Abrantes Tel 241 379 090 - Fax.: 241 363 364; Trv. da Batoca, 6 - 2140-149 Chamusca; Tel/fax: 249 760 058 E-mail: mclaro.ccruz.spa@mail. telepac.pt

ADVOGADOS  Eurico Heitor Consciência  João Roboredo Consciência  Teresa Roboredo Consciência

 Rui Roboredo Consciência  Fernando Zuzarte Saraiva  Rita Teimão Figueiredo

ABRANTES: Rua de S. Domingos – 336-2º A - Apart. 37 Tel. 241 372 831/2/3 - Fax: 241 362 645 2200 - 397 ABRANTES SANTARÉM: Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) LISBOA: Rua Braamcamp – 52 – 9º Esqº Tel. 213 860 963 – 213 862 922 – Fax: 213 863 923 1250–051 LISBOA E.Mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

ADVOGADOS

FARMÁCIAS DE SERVIÇO SANTARÉM

ALMEIRIM

TORRES NOVAS

Sexta

16 Baptista

Rua Serpa Pinto, 101/3

243 322 072

Sexta

16 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Sexta

16 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

Sábado

17 Veríssimo

R. Capelo Ivens, 74

243 330 230

Sábado

17 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 265

Sábado

17 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

Domingo 18 S. Nicolau

R. Capelo Ivens, 38

243 325 067

Domingo 18 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Domingo 18 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

Segunda

19 Francisco Viegas

Rua Pedro Santarém, 2-A

243 330 570

Segunda

19 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Segunda

19 Central

Rua de São Pedro, 5

249 822 411

Terça

20 Oliveira

Rua Colégio Militar, 1

243 326 182

Terça

20 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Terça

20 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Quarta

21 Pereira

Av. Grup. Forcados Amadores St - 8 243 325 113

Quarta

21 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 265

Quarta

21 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

Quinta

22 Sá da Bandeira

Av.ª do Brasil, 38

243 322 966

Quinta

22 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Quinta

22 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

Sexta

23 Confiança

Urb. Oliv. Arame - S. Domingos

243 306 410

Sexta

23 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Sexta

23 Central

Rua de São Pedro, 5

249 822 411

243 675 070

TOMAR

249 822 067

CORUCHE

ALPIARÇA

Sexta

16 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Sexta

16 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sábado

17 Nova

Rua Silva Magalhães, 6

249 310 360

Sábado

17 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Domingo 18 Central

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Domingo 18 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Segunda

19 Misericórdia

Rua Infantaria, 15, Nº 9

249 312 465

Segunda

19 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Terça

20 Torres Pinheiro

Rua Serpa Pinto, 27-33

249 312 206

Terça

20 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Quarta

21 Ribeiro dos Santos

Av. Norton de Matos, 13-15 e 17 249 324 373

Quarta

21 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Quinta

22 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Quinta

22 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sexta

23 Nova

Rua Silva Magalhães, 6

249 310 360

Sexta

23 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Sexta

16 Higiene

Rua da Misericórdia

Sábado

17 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Domingo 18 Almeida Segunda

19 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Terça

20 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Quarta

21 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Quinta

22 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Sexta

23 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

SALVATERRA DE MAGOS Sexta

CARTAXO

ABRANTES

16 Carvalho

Sábado a Sexta 17 a 23 Martins

Sexta

16 Silva Tavares

Rua do Comércio, 56

241 371 713

Sexta

16 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 770 997

Sábado

17 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Sábado

17 Pereira, Sucrs

243 700 130

Domingo 18 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Domingo 18 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

Segunda

19 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Segunda

Rua de S. Sebastião, 3

Terça

20 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.s. Mart. 47

241 360 530

Terça

20 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 770 997

Quarta

21 Silva

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Quarta

21 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

Quinta

22 Silva Tavares

Rua do Comércio, 56

241 371 713

Quinta

22 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

Funciona 9 às 22 h

Sexta

23 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Sexta

23 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

Assegura serviço durante a noite Martins

19 Abílio Guerra

Rua Serpa Pinto, 8

243 702 653

243 702 653

R. Dr. Gregório Fernandes, 20/2 263 504 451 R. Heróis de Chave

263 504 319

RIO MAIOR Sexta

16 Almeida

R. Almir. Cândido dos Reis, 19 243 992 255

Sábado a Sexta 17 a 23 Cândido Barbosa Rua Serpa Pinto, 50

243 994 700

BENAVENTE Baptista

Av. Dr. Francisco S. Dias, 8, 1º 263 580 108 R. do Diário de Notícias, 9-r/c

263 517 633

45

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

emprego & formação “Re”Formar o Estado Florinda Matos(*)

Durante os últimos anos tenho falado, sucessivamente, na necessidade de criáramos um tecido empresarial forte, competitivo e inovador, assente em elevados índices de formação e de qualificação. Mas como poderemos sustentar este tecido empresarial quando o Estado continua a ser, maioritariamente, representado por uma Administração Pública desgastada e mal formada para o exercício do serviço público? Como poderemos sustentar este tecido empresarial, quando o Sistema Jurídico é incapaz de dar respostas adequadas e atempadas às necessida-

des dos cidadãos e das empresas? Como poderemos sustentar este tecido empresarial quando os Sistema Fiscal se torna num mero cobrador de impostos e muitas vezes, mesmo, no “carrasco” de muitas empresas? Estes são apenas alguns exemplos, de muitas áreas – chave da administração pública que têm que ter uma profunda e urgente mudança, se quisermos construir a tal economia competitiva de que tanto se fala. Na verdade, quando se refere a chamada “Reforma da Administração Pública” é frequente a abordagem à necessidade de se reduzir o número de efectivos e de se racionalizar custos, sendo, geralmente, ignorado o problema da qualificação e da formação, todavia Portugal precisa de formar a sua Administração Pública. É preciso construir uma Administração Pública responsável, com qualidade e empreendedora, cuja missão seja servir os cidadãos, numa cultura de ética e de

promoção dos valores do serviço público, centrado na excelência. Esta Administração Pública tem que ser avaliada, com critérios objectivos, e tem que poder ser responsabilizada pelos actos que pratica e que possam prejudicar cidadãos individuais, empresas ou outras organizações. Só com um forte investimento em formação e com a responsabilização dos agentes públicos, poderemos desenvolver a ética no “Serviço Público”. Na verdade, hoje, em muitas áreas, os agentes públicos são meros executores de ordens, emanadas por sistemas informáticos cegos. Por exemplo, quantos de nós não foram já indevidamente incomodados, por má aplicação de leis, por deficiente funcionamento de serviços públicos ou por falta de formação ética dos agentes públicos? Quantos de nós, perdemos tempo e desperdiçámos recursos económicos por erros de um Sistema que nos deveria servir e defender?

Não tenho dúvidas de que somos muitos milhares de portugueses. Também não tenho dúvidas que um Estado destes é, claramente, inimigo das empresas e do desenvolvimento económico e que só poderemos evoluir para uma sociedade mais equitativa e mais desenvolvida se investirmos fortemente na formação de todos aqueles que representam o Estado. É preciso prestigiar a missão da Administração Pública, cujos agentes têm que demonstrar aos cidadãos e às empresas que são seus aliados e não, mais uma força, a combater. É preciso inovar, qualificando os agentes da Administração Pública, dando-lhes condições de trabalho e motivando-os com práticas de gestão responsabilizadoras. A ética, tem que ser falada, explicada e incentivada como um elemento fundamental do Serviço Público. O Estado, tem que ser capaz de assumir os erros dos seus agentes, indemnizando e compen-

sando de uma forma célere e desburocratizada todos aqueles que sejam penalizados por práticas erradas destes agentes. Estas práticas têm que ser um elemento central da avaliação de desempenho destes agentes que têm que ser avaliados em função duma cultura de mérito e de responsabilização. Os Recursos Humanos são um elemento fundamental de qualquer reforma que o Estado inicie, por isso, é necessário que esta reforma seja rapidamente implementada, sendo a formação e a responsabilização os dois eixos fundamentais. Mesmo assim, não queria terminar esta crónica sem deixar o meu louvor a todos os agentes do Estado que, de uma forma voluntariosa, às vezes mesmo heróica, têm a capacidade de enfrentar estes problemas, ultrapassando dificuldades e pautando a sua actuação por um serviço responsável e ético. (*) Investigadora MRC /ISCTE – Consultora PMEConsult

46

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009

imobiliário & classificados IMOBILIÁRIO arrenda-se A SANTARÉM Espaço comercial / mercearia equipado e pronto a funcionar 700 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www. remax.pt/121871066-21 Tel.: 961 778 995 A QUARTO mobilado em Santarém TLM 969303121 A ESCRITÓRIOS/ SALAS em Marvila, Com roupeiro. Serviço de recepção incluído. Excelente localização. Valor: 250€ CADA - Ref. A73/A77 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A ARMAZÉM na Zona Industrial. Com cerca de 1.500m2. Valor: 2.500€ - Ref. A83 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A LOJA junto ao Centro de Emprego, área: 250m2 + 250m2 de cave. Preço: 2.000,00€ - Ref. A84 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A ESCRITÓRIO Marvila, 3 salas, 1 wc, Perto do Seminário Preço: 400,00€ - Ref. A79 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A ARRENDA-SE T3 Sala c/ lareira. Não equipado. Perto do centro da cidade Preço: 400,00€ - Ref. A92 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf. 915084892/243094092

A T4 em São Domingos/ Str. Cozinha semi-equipada, lareira, suite, grandes áreas. Preço: 500,00€ Ref. A80 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A T2 Alto do Bexiga, S. Salvador, cozinha equipada, lugar de garagem, rec. calor, suite. Preço: 420,00€ - Ref. A93 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf. 915084892/243094092 A APT T2 mobilado, no Cartaxo, 380€, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151 A APT T2 semi-novo c/ 1 lugar de garagem, no Cartaxo, 350€, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151 A APT T3 no centro do Cartaxo, 425€/mês, AMI 7252, Localvoga, Lda TLM 961503151

IMOBILIÁRIO trespassa-se A BAR c/ grande afluência de clientes, no centro de Santarém, junto a escolas superiores. Todo Equipado. Em pleno funcionamento Ref. 3390 Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A Cabeleireiro c/gabinete estética equipado centro Str. TLM 912204266 A CAFÉ Restaurante 12.500€/ renda 600€ Benfica Ribatejo TLM 969738212

IMOBILIÁRIO vende-se A TERRENO c/2500m2 Benavente água luz TL 217930100 A APT T2 c/ terraço, r/ch alto, no Cartaxo, grandes áreas, pouco uso, varanda, 2 despensas, marquise, 73.000€. AMI 7252 Localvoga, Lda TLM 961503152 A APT T2 no Cartaxo, r/ ch, c/ acesso à A1, área útil 95m2, lareira, cozinha semi-equipada, despensa e varanda fechada, roupeiros. wc, videoporteiro, garagem c/ portão automático, elevador, 70.000€, AMI 7252, , Localvoga, Lda TLM 961503152. A CARTAXO T3 em bom estado de conservação, centro da cidade 79.000 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871069-2 Tel.: 961 725 441 A SANTARÉM T2 (R/C) c/ logradouro e lugar de garagem 100.000 € RE/ MAX Milénio – AMI 6883 www.remax.pt/12187104449 Tel.: 961 725 443 A CARTAXO T3 (1º andar) perto do C. Saúde. Lareira, arrecadação ampla 88.000 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871028-259Tel.: 961 334 733 A CARTAXO T3 (R/C) c/ lugar de garagem e pátio

CARTAXO EM MEMÓRIA DE:

JOSÉ JOAQUIM PAÍNHO DE ALMEIDA E SILVA de 27 de Fevereiro de 1932 a 2 de Outubro de 2009-10-14

Vêm por este meio todos os familiares participar o falecimento do seu ente querido. Reconhecidos, agradecem a todos os que sempre manifestaram a sua amizade e solidariedade. Sem esquecer um especial obrigado, a todos quanto o auxiliaram a superar o sofrimento prolongado, demonstrando sempre uma especial simpatia, respeito e consideração, até que Deus o chamou. Que Deus lhe conceda o eterno descanso.

EXPLICAÇÕES de Matem��tica A e B; biologia, geologia, física, química, geografia, estatística e MACS aos 2º e 3º ciclos e nível universitário. Perto da Ginestal Machado.

Contacto: 914 626 531

privativo. Alarme, cozinha semi-equipada. Boas áreas. 93.500 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www. remax.pt/121871044-47 Tel.: 961 725 443

varanda da cozinha fechada – 85.000€ www. remax.pt/120431106-12 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500

A SANTARÉM, Casais Reimão – Moradia V3 em lote de 2.240 m2. Garagem, vistas panorâmicas. Aceita permuta. 158.000 € RE/ MAX Milénio – AMI 6883 www.remax.pt/1218710021021 Tel.: 961 311 745

A MORADIA c/ traça única, total. remod. em 2005, respeitando materiais originais. O r/c tem sala/ estar, sala/ jantar, escritório, cozinha e wc. 1º andar c/ quarto principal amplo, 2 quartos, salinha, closet e 2 casas de banho. O logradouro é constituído pelo páteo com floreiras e árvores, arrecadação e casa das máq.180.000€www.remax. pt/120431071-38AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

A S. VICENTE DO PAÚL – Moradia rústica. Lote de 4.360 m2. Garagem e sótão. Vista espectacular. 99.999 € RE/MAX Milénio – AMI 6883 www.remax. pt/121871028-253 Tel.: 961 311 745 A CARTAXO T3 novos c/ acabamentos de 1ª qualidade. PROMOÇÃO: OFERTA DA ESCRITURA s/ impostos 127.500 € RE/ MAX Milénio – AMI 6883 www.remax.pt/12187103091 Tel.: 961 535 235 A APT T3, em cond. fechado, zona sossegada a 5 min. centro da cidade. 3 quartos, cozinha equipada c/ placa, forno, exaustor, frigorifico e máq. lavar roupa, sala c/ lareira (A ESTREAR!) e a.c.. Garagem p/ duas viaturas. Arrecadação por cima da sala c/ possibilidade de transf. em duplex – 108.000€ www.remax. pt/120431071-42 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 A APT 4 assoa., 2 casas de banho, cozinha, despensa, hall, 2 varandas e arrecadação no sótão. Encontra-se em bom estado de conservação possui recup. de lareira, a

A APT T1 bem conservado, óptima vista das janelas e varanda na sala, roupeiro no hall, soalheiro. Zona privilegiada do Cartaxo. Próximo Intermarché, cafés, restaurantes, farmácias, outro comércio e parque infantil. A 2 min. a pé da zona comercial e Jardim de Infância do Cartaxo– 58.000€ www.remax. pt/120431071-40AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T2 excelente estado de conservação, sala c/ lareira, óptimas áreas e lugar de parque. na cave, por portão automático. Perto do centro de Almeirim , comércio, transportes e espaços de lazer– 95.000€ www.remax.pt/12043109216 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 a 50 mts do Hospital, em zona resid. Aprazível, bom estado de

conservação, sala c/ lareira, 4 quartos, 2 casas-de-banho (1 c/ 2 janelas) e despensa. Cozinha equipada, 2 roupeiros, pré-instalação de aquecimento central – 95.000€ www.remax. pt/120431108-24 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A CASA p/ remodelação total ou terreno p/ construção prédio de 5 pisos, sendo o R/chão para loja e os restantes pisos p/ habitação de 4 apt (1 p/ piso). No centro do Cartaxo ( Avenida Mestre Cid) – 65.000€ www.remax. pt/120431070-98 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T3 c/ pouco tempo de uso. Possibilidade de espaço de garagem. Santarém – S. Domingos (95.000€) Ref; 001001018 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda. pt – 243306076/ 917 997770 A MORADIA geminada c/ 3 assoa., 2 pisos, terraço e logradouro. Centro da cidade. Bom preço. Calçada do monte – Santarém (95.000€) Ref; 001002002 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770 A V2, pré-instalação a.c., cozinha rústica c/ lareira, telheiro c/ barbecue e lavatório, parqueamento, murado e possib. construção de 182m2. Frade de cima – (125.000€) Ref; 001003006 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770

A QUINTINHA c/ 10.200 m2, moradia c/ 4 quartos, sala comum (32.85 m2) c/ recup. calor, Cozinha semi-equipada, pré-instalação de aquec. central e garagem p/ 2 carros. Piscina (4.5mx9m). Achete (199.000€) Ref; 001004007 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770 A APT T2 em muito bom estado, situado na zona nobre de S. Domingos – Santarém (95.000 €) Ref; 001005001 Trata: Imovenda, Lda – AMI 5774 www.imovenda.pt – 243306076/ 917 997770 A APT T2, Almeirim, coo novo, cozinha equipada, logradouro c/churrasqueira. Valor 90.000,00€ - Ref. A-327 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A TERRENO c/ 165m2, Almeirim, c/ moradia para demolir. Valor 27.500,00€ Ref A-326 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A APT T3, Almeirim, novo, lugar garagem, ar condicionado, cozinha equipada, excelentes. Valor 115.000,00€ - Ref. A-322 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A MORADIA T2 rural, na Várzea, 1900m2 terreno, zona sossegada. Valor 68.000,00€ - Ref. A-320 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A LOJA em Santarém, nova, 110m2, grandes montras. Valor 97.500,00€

- Ref. S-574 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A São Vicente Paúl Moradia T3, usada, como nova, c/ 2 quartos, suite , cozinha, sala, 2 wc, alpendre, garagem. 2 cadernetas urbana c/1.000m2 e rústica c/3.020m2. convida ao relax e qualidade de vida . ZEN , c/ a capital do gótico e entrada para A1 a 10 min. ZEN MOR.199 PREÇO 175.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – Jardim de Baixo Moradia T3, r/c e 1º, usada, soalheira, em ópt. estado, pré-instal. p/ paneis solares, logradouro, alpendre, garagem indiv.. Zona residencial mtº aprazível, próx. entrada A1, zonas comercias, escolas e cidade de Santarém. ZEN MOR.198 PREÇO 165,000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Romeira Moradia T4+1. r/chão, cave e sótão. No r/ chão: hall, sala, quarto, suite, wc e alpendre; na cave: cozinha, despensa, casa máq., 2 quartos, casa jantar e wc. Sótão amplo. 2 cadernetas, urbana c/ 450m2, rústica c/ 11.680m2. ZEN MOR.130 PREÇO 199.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Alpiarça Moradia T5+1,usada ( cave, r/c e 1º), proj. numa construção e acab. Qualidade, zona habitacional privilegiada... Barragem, Museu dos Patudos e Reserva Natural do Cavalo Sorraia. ZEN MOR.168 PREÇO 280.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

IMOBILIÁRIO & CLASSIFICADOS 47

O Ribatejo 16 | Outubro | 2009 A Santarém – S.Salvador Apt Duplex T2, usado, bem cons., bons acab., 2 quartos, sala, Wc ,cozinha, zona arrumos, garagem priv. c/acesso ao duplex, arrecadação, em zona calma, a 3 min. centro da cidade, e 5 min. acesso a A1 .ZEN APT.107 PREÇO 97.500€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Almeirim Apt T3, novo, hall (tecto falso c/ projec.) 2 quartos (roupeiros de correr), 1 suite( banheira hidrom. wc c/ janela), sala, wc, cozinha semi-equipada c/ electrodom. INDESIT, garagem (box indiv.

exterior, c/ água e luz ligado cada fracção), zona agradável, c/ jardim, bons acessos rodoviários ZEN APT.155 PREÇO 105.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Apt. usado T2 Almeirim c/ 1 lugar de garagem . 100.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Casa antiga em Ponte do Soleiro/ Santarém. 50.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653

A LOJA c/ + - 40 m2 em Santarém na zona histórica. 42.500€ neg - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653

comércio e serviços. Ref. 3629 Preço: 105.000,00 € Trata Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A TERRENO c/ 3.680 m2, água da Companhia, ribeiro de água, árvores de fruto nos arredores de Santarém. Acessos Alcatroados. Ref. 3638 Preço: 11.000,00 € Trata Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

A Apt. usado T2 em Santarém. 65.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. novo T3 c/ garagem em Almeirim. 126.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A APT 4 assoa. em Santarém. Arrecadação, terraço, lugar de garagem. Excelentes áreas. Junto a

FARMACÊUTICO M/F

Licenciatura em Ciências Farmacêuticas

A LOJA c/ 3 salas, arrumos, ar cond., área total 106 m2. Localizada em Edifício habitacional, grande passagem pedonal no centro de Santarém.

Oportunidade de Negócio. Ref. 3632 Preço Sob Consulta Trata Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A MORADIA 3 assoa., boas áreas, arrumos, anexos, logradouro, garagem 2 carros. Terraço. Zona calma nos arredores de Santarém Ref. 3623 Preço: 90.000,00 € Trata Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A APT 4 assoa. em Santarém, c/ lareira, despensa, arrecadação, lugar de garagem. OPORTUNIDADE!

Possibilidade de compra c/ mobília. Ref. 3608 Preço: 91.000,00 € Trata Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

EMPREGO oferece-se A SERVIÇO de mudanças zona Santarém TL 966997886

DIVERSOS geral A EXPLICAÇÕES 1.º Ciclo do Ensino Básico Professora Licenciada Vale de Santarém 962789988

DIVERSOS mensagens A RAPAZ simpático convive c/ ninas TL910314505

A PRECISO Trabalho Contactar Telm: 966074361 A HOMEM p/ tratar cavalos em quintas TLM 966997886

PRECISA-SE COM URGÊNCIA (m/f)

Para os devidos efeitos, comunica-se que no próximo dia 18 de Outubro de 2009 (Domingo), prevê-se o corte de corrente nos locais e períodos abaixo mencionados: DRC TEJO

Admite para Farmácia no Concelho de Santarém resposta para: farma.nsp@gmail.com

ESTUCADORES Contacto: 917 527 059

Concelho de Almeirim Freguesia de Almeirim: Estrada Condessa, Rua Moinho de Vento, Sítio Pupos, Estrada Barreira Branca, Sítio Feteira. (as 07:15 às 11:00 horas) Freguesia de Vila de Fazendas de Almeirim: Sítio Barreira Branca, Sítio Cadete, Sítio Condessa, Estrada do Moinho de Vento, Rua Sá da Bandeira, Estrada Fazendas de Almeirim, Rua dos Ambrósios, Estrada do Varão, Sítio Varão, Rua Flausino M. Rabeca, Bairro Feteira. (das 07:15 às 11:00 horas Freguesia de Benfica do Ribatejo: Rua Direita. (das 07:15 às 11:00 horas)

Concelho de Alpiarça Freguesia de Alpiarça: Vale Peixe, Sítio Cadete Frade. (das 07:15 às 11:00 horas)

Concelho de Tomar Freguesia de Tomar (S. João Baptista): Rua João Oliv. Casquilho, Rua Rodrigues Samões, Rua Flecheiro, Rua Particular - Br. Industrial, Av. Nuno Álvares Pereira. (das 08:00 às 12:00 horas)

Concelho de Santarém

ARRENDAM-SE

LOJAS/ESCRITÓRIOS O CNEMA dispõe de 3 lojas (espaços comerciais/escritórios) para arrendamento com as seguintes áreas: 18m2, 26m2 e 125m2 (esta última inclui WC). Contacte-nos através do 243 300 300 | geral@cnema.pt

Freguesia de Santarém (Salvador): Casal Alto Anjos Lt, Qta Sta Isabel, Rua Santa Catarina, Estrada Nacional 3, Qta Servato, Casal Alto Anjos, Rua 19 de Março, Qta Besteira, Estrada Besteira..(das 08:30 às 12:30 horas) Nota: Devido a situações imprevistas, os trabalhos poder-se-ão prolongar até às 15:00 horas. Por motivos de segurança e dado poder haver necessidade de proceder a ensaios ou ser feito o restabelecimento antecipado, as instalações deverão ser consideradas permanentemente em tensão.

tempo: sol Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

∑agenda Sexta-feira

Abrantes ∑Ana Free sobe ao palco do Teatro S.Pedro, dia 16, às 21h30.

Sábado Cartaxo ∑ Drakula, a peça de teatro do Chapitô, no Centro Cultural do Cartaxo, às21h30 Torres Novas ∑Festival da canção infantil e juvenil acontece no Teatro Virgínia, às 16h. Tomar ∑Concerto Corsage, no Theatro bar, às 23h00

Domingo Santarém ∑ Concerto Promenade, no Teatro Sá da bandeira, às 17h00.

Ourém é o pior pagador Com um prazo médio de pagamento de 321 dias (quase 11 meses), o município de Ourém é o que mais tempo demora a pagar as suas dívidas, entre os 21 concelhos do distrito de Santarém. A nível nacional, Ourém surge na 13ª posição entre as 308 Câmaras Municipais portuguesas, segundo a listagem divulgada pela Direcção-Geral das Autarquias Locais (DGAL), com dados referentes ao 2º trimestre de 2009. E, entre 31 de Março e 30 de Junho, a Câmara demorou mais 23 dias para liquidar os seus compromissos. Entre os piores pagadores do distrito, seguem-se a Câmara de Alcanena, que demora 271 dias (22ª a nível nacional, com mais 29 dias em relação ao 1º trimestre), a da Chamusca, com 265 dias (26ª, com mais 5 dias), Alpiarça, com 256 dias (é 29ª no ranking nacional, mas encurtou o prazo médio de pagamento em 79 dias), e o Cartaxo, com 230 dias (apesar de baixado 60 dias, aparece no 33º lugar). Na listagem da DGAL, aparecem ainda mais cinco municí-

Daniel Abrunheiro

Brasil, remorso e infecção

A Câmara de Ourém é a 13ª pior, a nível nacional pios do Ribatejo, e todos eles conseguiram reduzir, em três meses, o prazo que demoram a pagar. São eles Tomar, na 53ª posição (reduziu de 196 para 172 dias), Santarém, na 55ª posição (reduziu de 175 para 168 dias), Torres Novas, na 57ª posição (passou de 168 dias para 163), Sardoal, na 84ª posição (passou de 152 para 125 dias), e a Golegã, na 106ª posição (reduziu um dia, de 107 para 106). A DGAL esclarece ainda que a

listagem divulgada só contempla as Câmara com um prazo médio de pagamento superior a 90 dias. Ou seja, há 11 municípios no distrito – Abrantes, Almeirim, Rio Maior, Coruche, Salvaterra de Magos, Benavente, Barquinha, Ferreira do Zêzere, Entroncamento, Constância e Mação – que demoram menos de três meses a pagar aos seus fornecedores. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

Jornadas da Quercus em Fátima As XIX jornadas do ambiente da Associação Nacional de Coservação da Natureza - Quercus - realizam-se no próximo dia 30 de Outubro, na Estalagem D. Gonçalo, em Fátima, este ano subordinadas ao tema “tratamento mecânico e biológico (TMB) na reciclagem dos resíduos urbanos”, com a presença de An-

tónio Gonçalves Henriques, director-geral da Agência Portuguesa de Ambiente e Susana Fonseca, presidente da associação ambientalista, entre outros especialistas. Segundo uma nota da Quercus, o TMB “consiste na separação mecânica dos resíduos indiferenciados em três catego-

rias: matéria orgânica, materiais recicláveis e rejeitados”. A matéria orgânica é tratada de forma biológica através de compostagem ou de digestão anaeróbia (biogás para produção de energia renovável), e os materiais recicláveis (metais, vidro, cartão, plástico, pilhas) são enviados para reciclagem. No

entender dos ambientalistas, “o TMB posiciona-se como o processo mais adequado, mais barato e mais eficaz para proporcionar um rápido aumento dos índices de reciclagem em Portugal”, que acrescentam que esta matéria é “de especial relevo da política de ambiente para os próximos anos”, segundo a mesma nota..

do uma nota da Câmara de Tomar, “o trabalho passa primeiro lugar pela substituição das lâmpadas actuais, pelas de vapor de

sódio, que garantem mais qualidade de iluminação com uma eficiência energética superior 1,7 vezes às de vapor de mercúrio”.

Tomar reforça iluminação A Câmara Municipal de Tomar e a EDP chegaram a acordo para a remodelação de toda a rede de iluminação pública do concelho, num trabalho que vai implicar a substituição e colocação de 10 mil novos braços de iluminação pública (BIPs), muitos deles obsoletos e degradados depois de 20 anos sem qualquer intervenção. O levantamento da situação foi feito pelo Instituto Politécnico de Tomar (IPT), que

rosário breve

Câmara ∑ Demora quase 11 meses a liquidar as suas dívidas

J

16 | OUTUBRO | 2009

O próximo fim de semana será de céu limpo, embora possam aparacer algumas nuvens. Esperam-se dias de sol, pouco habituais para a época, apesar de uma pequena descida da temperatura durante a próxima semana.

realizou um estudo luminotécnico que identificando o tipo de equipamentos e de iluminação que definem o plano de intervenção, a partir do PDM. A intervenção, que já está a decorrer, será feita primeiro nos núcleos com mais de 500 habitantes (há 41 no concelho), depois nos aglomerados entre 250 e 500 habitantes (39), e finalmente em zonas com menos de 250 munícipes (130 no concelho). Segun-

A prova definitiva de o colonialismo ser uma coisa má – está no facto de nós, Portugueses, termos inventado o Brasil, essa infecção do mundo, esse nosso remorso. Outra violência me não ocorre senão esta, depois de ter visto a “atriz” (sem cê) e “xecritora” (com xis) Maitê Proença a humilhar-nos num programa televisivo brasileiro reles. (Sim, eu sei, dizer “televisivo brasileiro reles” é redundância). Parece que somos o povo mais estúpido do mundo. Mas o Brasil das favelas, o Brasil morredouro de pobres, o Brasil viveiro de sequestradores, o Brasil da Polícia Militar assassina de meninos-derua, o Brasil do mensalão, o Brasil exterminador da Amazónia, o Brasil chinelo de borracha, o Brasil da escumalha ortográfica, o Brasil do Pelé e da Xuxa, o Brasil do vólei-de-praia, o Brasil do Pão-deAçúcar com o Saca-Rolhas lá em cima, o Brasil da Maitê Proença – não é melhor do que nós. É pior. É uma infecção. É uma flor-do-lixo. É um escarro desonesto no nosso rosto honesto. Haverá outros Brasis, decerto. O Brasil de Fernando Sabino. O Brasil de Chico Buarque. O Brasil de Sebastião Salgado. O Brasil de Carlos Chaparro. Mas o verdadeiro Brasil é o de Garrincha, morto nos braços da fome e do desprezo. Maitê Proença, cuspindo-nos sem finura como nos cuspiu, rebaixou-se ao desnível de qualquer das suas (dela) muitas compatriotas que cá pelo Pórtugáu alternam a luxúria boçal dos patos-bravos e dos mal-casados em covis prostibulares sem ortografia nem remédio. Proença não pensa. Se soubesse português, pensaria, talvez. Mas como só humilha em brasilês, não conta para o nosso totobola. Contará, quando muito, para o nosso remorso tão lusíada e tão remordido, nosso de nós, que nos enganámos algures no caminho marítimo para a Índia e fomos descobrir, para darmos ao mundo, aquela infecciosa porcaria verde-amarela.


ed 1250