Issuu on Google+

BENTO GONÇALVES

Sábado

5 DE MARÇO DE 2011 ANO 44 . N°2700 R$ 2,50

www.jornalsemanario.com.br

COMBATE À GRIPE

Vacina única contra H1N1 e sazonal Página 8

DIA DA MULHER

MOBILIDADE

Um brinde às conquistas

DENOMINAÇÃO DOS BAIRROS

Bento Gonçalves tem novo mapa Vereadores aprovam lei que denomina e delimita os bairros do município. Atraso na aprovação foi causado pela nomenclatura do bairro Vila Nova II Página 7 FELIPE ZIBELL

Começou a folia A semana foi de preparação para os blocos carnavalescos que terão a missão de agitar os foliões em Bento Gonçalves. Clubes definiram programação especial para os dias de festa. Páginas 19,20 e 21

Página 6

2

Opinião

Sábado, 5 de março de 2011

EDITORIAL SEDE Wolsir A. Antonini, 451 Bairro Fenavinho - Caixa Postal 126 95 700.000 - Bento Gonçalves - RS ESCRITÓRIO CENTRAL Mal. Deodoro, Centro, 101 Galeria Central - Sala 501 DIRETOR HENRIQUE ALFREDO CAPRARA GERENTE Henrique Antônio Frâncio GESTORES Felipe Dall’Igna Mateus Mezzaroba

EDITOR RESPONSÁVEL Henrique Alfredo Caprara Registro Prof. DRT 3321 GERENTE DE REDAÇÃO Márcio Leandro da Silva SECRETÁRIA DE REDAÇÃO Márcia Sarmento Ferreira REPÓRTERES Bettina Schünke Eveline Poncio Felipe Zibell Franciéle Picinin Borges Gustavo Bottega Juliana Reichembach Gelatti Luiz Inácio Maikeli Alves Marcilei Rossi Noemir Leitão Raquel Fronza DIAGRAMADORES Maiara Alvarez Moacir Arlan Noeli Ogrodoski Ricardo Passarin COLUNISTAS/COLABORADORES Adelgides Stefenon Antônio Frizzo Assunta De Páris Denise Da Ré Eliane Zanluchi Getulio Lucas de Abreu Itacyr Giacomello Luís Antônio Ferrarini

COORDENADORA Jussara Konrad EVENTOS Rainha Indústria e Comércio Mérito Grandes Líderes Campeões da Preferência Talentos

COORDENADORA Ana Júlia Tiellet FALE COM A GENTE Telefones: Central/Fax: 3455.4500 Classificados: 3455.4506 Escritório Centro: 3452.2186 Rádio - Estúdio: 3455.4530 Rádio - Coordenação: 3455.4535 Circulação: 3452.2686 / 8408.4644 3455.4500 E-mails: classificados@jornalsemanario.com.br jornal.semanario@italnet.com.br radio@radiorainha.fm.br Sites: www.jornalsemanario.com.br www.radiorainha.fm.br Somos filiados à ADJORI / RS Este jornal não se responsabiliza por conceitos emitidos em artigos assinados e não devolve originais que não foram publicados. Representante em Porto Alegre Grupo de Diários Rua Garibaldi, 659, Conjunto 102 Centro - POA - Fone: (51) 3272.9595 e-mail: fernanda@grupodediarios.com.br

De camarote O Carnaval. A festa que é capaz de parar o país durante cinco dias, parece não abalar as estruturas em algumas regiões do Rio Grande do Sul, em especial, Bento Gonçalves. O Carnaval, sinônimo de uma empolgação ímpar, que mobiliza grupos em todo o Brasil, colabora diretamente na construção A dica de cuidados deve ser de uma imagem que, entendida. Cinco dias de folia, aos olhos do mundo, não podem substituir uma vida. torna o Brasil um país ainda mais hospitaleiro, mas também, aberto a problemas históricos, como é o caso de uma identidade embaçada da mulher brasileira. O Brasil, para estrangeiros, chega ao ápice neste período. Atraídos pela sensualidade e irreverência, milhares desembarcam no Rio, SP e outras regiões do país, para aproveitar os dias de festa. Em diversas regiões do Rio Grande do Sul, milhares de jovens se organizam em blocos de Carnaval, incluindo roteiros bem definidos para os dias de folia. Em Bento, a situação é um pouco diferente. O número de blocos carnavalescos diminuiu nos últimos anos, e muitos estão optando pelo lazer do litoral às festas em concentrações e nos clubes.

O período também marca o desafio dos órgãos responsáveis pela segurança e saúde dos foliões, já que alguns índices mostram o aumento significativo de ocorrências policiais e doenças, um dos motivos são os excessos costumeiros de bebida alcoólica e atitudes típicas de Carnaval. Outra questão importante e que gera preocupação dos órgãos policiais são os acidentes. Historicamente, a época de Carnaval é manchada pela cor de sangue nas rodovias. O abuso e o desrespeito às leis de trânsito são o carro-chefe do aumento dos índices que mostram a repetição de cenas trágicas nas estradas da região. Brincar o Carnaval com segurança exige responsabilidade, também no que diz respeito à saúde. Não basta evitar excessos na alimentação e no consumo de álcool. Mais que isso, é preciso consciência para se prevenir as Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e Aids, ou ainda uma gravidez indesejável. A dica de cuidados anunciados pela secretaria municipal de Saúde deve ser levada ao extremo, deve ser entendida e interpretada como sendo elementar para uma festa saudável, já que cinco dias de folia não podem substituir uma vida.

ARTIGO

Bolha populacional e suas consequências A população mundial cresceu num ritmo surpreendente desde o século XIX. Somos quase 7 bilhões de habitantes. O aumento populacional se deu ao fato de as condições de vida melhorarem, levando à diminuição da mortalidade e ao respectivo aumento da expectativa de vida, porém mantendo a estabilidade da taxa de natalidade (elevada). A área da saúde sofreu avanços intensos, proporcionados pela melhoria no saneamento básico. Contudo, se por um lado a melhoria nas condições de vida da sociedade tiveram consequências positivas à saúde, por outro lado, ainda há muito o que evoluir, sabendo da finitude e/ou esgotamento dos recursos naturais, essenciais à sobrevivência humana. E isto não é problema da China ou da Índia, apenas. Não precisamos ir tão longe para comprovar o que foi dito acima. Nossos avós tiveram 7, 8 ou até mesmo 12 filhos, se não mais. Por quê? A mão de obra era necessária para a agricultura, não se tinha acesso (ou mesmo inexistiam) a máquinas e implementos agrícolas. Alguns dos filhos não sobreviviam devido à falta de medicamentos ou médicos. Era comum ter muitos filhos. Já hoje é comum ter 2, 3 filhos ou mesmo apenas 1. A agricultura não exige tanta mão de obra, há maquinários que substituem o trabalho braçal e pesado. Nas indústrias, cada vez mais, se substitui também a força humana pelas máquinas, robôs. O homem dá

o comando, a máquina faz o serviço. Onde quero chegar? Veremos. O aumento populacional fez com que o uso dos recursos naturais fosse multiplicado. No início não havia uso racional, de proteção, pois se considerava que eram infinitos. Percebeu-se, porém, que muitos deles estavam se exaurindo ou, então, se tornando inutilizáveis devido à sua contaminação por dejetos industriais, agrícolas e urbanos. Desta forma, tomou-se consciência de sua importância econômica, mas também propriamente para a saúde do ambiente e do homem. Algumas ações precisam postas em prática urgentemente: maior conscientização na separação do lixo e sua diminuição, seja ela em nível doméstico ou industrial, despoluição das águas, tratamento total de esgotos, cuidados especiais às áreas de preservação permanente (APPs), dentre tantos outros em nível ambiental. No nível do homem, planejamento familiar e, se a população não tem nível para decidir isso, que o Estado o faça. Enfim, cuidados que parecem estar esgotados, de discussão acabada, mas que, se não se tomar as devidas providências, a bolha populacional estourará e o meio ambiente irá, literalmente, para o esgoto.

JONAS ROSSATO MESTRANDO EM GEOGRAFIA UFRGS

A pergunta que não quer calar Falando em qualificação profissional, você trabalha com as mãos e os braços na empresa, e a cabeça fora dela? Ou com a cabeça, as mãos, os pés e toda a concentração naquilo que faz?

Envie a sua sugestão de pergunta pelo e-mail pergunta@jornalsemanario.com.br

Opinião

Sábado, 5 de março de 2011

Painel

Novo modelo para os pedágios gaúchos O secretário de Infraestrutura e Logística do RS, Beto Albuquerque, acompanhado do secretário executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do RS (CEDS), Marcelo Danéris, instalou ao final da manhã da quarta-feira, 2, o Grupo de Trabalho que debaterá o novo modelo de pedágios para o Rio Grande do Sul. O grupo se transformará em uma das Câmaras Temáticas do CEDS, que cederá de três a oito conselheiros para compor a equipe. A intenção é construir uma equação econômico-financeira que substitua o atual modelo, que é apenas de manutenção, para um contrato que contribua para a evolução da

Da Redação

editoria@jornalsemanario.com.br

DIVULGAÇÃO

Somos uma cidade adolescente, com as crises da adolescência. Queremos ser grandes, mas não queremos assumir as responsabilidades do adulto

CURTAS

Heber dos Santos, secretário de Mobilidade Urbana, falando sobre os problemas do trânsito no município.

R$ 350 mil para a Praça das Rosas LUCINARA MASIERO

LUCINARA MASIERO, ESPECIAL

o book é apresentado de forma diferenciada e com um facilitador, que permite a inserção de materiais de futuros associados. Bento Gonçalves é apresentada como destino com seu portfólio de eventos e infraestrutura de atendimento, em 52 páginas que enaltecem a beleza da cidade, ilustrada através de imagens. O book ainda traz a estrutura hoteleira, os atrativos turísticos, opções em enoturismo e gastronomia, roteiros e espaços culturais, além da planta baixa de ambientes para eventos e um catálogo que comprova porque a cidade se diferencia das demais. Como um guia de serviços, o book também relaciona os associados por segmento e, ao final, traz dados estatísticos do município.

TrêsPontos... Você acredita no retorno do Esportivo à primeira divisão em 2011?

O Corede Serra lança no próximo dia 14, às 17h30, durante o encontro de representantes – que provavelmente ocorre em Carlos Barbosa –, o Plano de Desenvolvimento Regional. O documento será entregue a todos os municípios que integram o conselho, e contém fraquezas e potencialidades regionais que precisam ser trabalhadas, sob forma de projetos e políticas públicas, visando o fortalecimento da serra. O Sebrae realiza em Bento Gonçalves, no próximo dia 15, às 19h, a palestra Gestão do Varejo para Datas Especiais. Sem custo para os participantes, o evento visa informar e sensibilizar as pessoas sobre como conduzir a gestão (planejamento, equipe, estoque, produtividade) de seus negócios para aproveitar ao máximo os movimentos que aquecem o mercado. Informações no telefone 3451-1842.

malha viária gaúcha, inclusive, com as duplicações. Segundo o governo, os modelos analisados estão entre concessão, participação público-privada, comunitário ou nenhum pedágio.

Atrativos turísticos em 52 páginas de beleza Bento Gonçalves agora possui um book de captação de eventos. O material foi lançado na quarta-feira, 2, pelo Bento Convention Bureau (BCB) durante Assembleia Geral Ordinária. A iniciativa é mais uma das estratégias do Convention que trabalha para tornar Bento Gonçalves o principal destino para eventos do Rio Grande do Sul. Em uma simpática sacola de papel,

3

O prefeito Roberto Lunelli confirmou investimento na revitalização da Praça Padre Rui Lorenzi, carinhosamente apelidada de Praça das Rosas, no bairro Cidade Alta. O projeto contemplará a recuperação de toda a área da praça e a reforma dos sanitários públicos, com valor aproximado de R$ 350 mil. Para a recuperação da área estão previstos a execução de uma nova pavimentação com passeios que convergem para a Igreja Cristo Rei; alargamento dos passeios ex-

“Acho que sim, pois o time está bem encaminhado e na luta por uma vaga a primeira divisão. A direção contratou bons jogadores e o torcedor tem que apoiar a equipe nos jogos em seu estádio, sendo assim, tenho certeza que ele vai chegar à elite em 2011”. Jackson José Lima, 28 anos, encarregado de produção, morador do bairro Conceição.

ternos; renovação da vegetação, com a substituição de árvores, plantio de arbustos, grama e flores da estação. A iluminação será ampliada com a colocação de mais postes e luminárias, e serão instalados bancos e lixeiras novas. A área do playground será mantida no seu formato atual e receberá um sistema de drenagem. Os sanitários públicos serão completamente reformados, sendo também instalado um sanitário para pessoas portadoras de necessidades especiais.

“Tenho certeza absoluta, já que há uma motivação grande dos jogadores e dirigentes, além disso, a equipe, num todo, está bem qualificada. Particularmente, vou torcer muito pelo Alviazul nesta caminhada de volta à primeira divisão”. Maria Giacomelli, 57 anos, comerciante, moradora do bairro Maria Goretti.

Estão abertas as inscrições, na 16ª CRE, para o cadastro de contratação emergencial de servidores de escola, no cargo de agente educacional I – manutenção de infraestrutura, para a função de limpeza e alimentação e agente educacional II – administração escolar e interação com o educando. As inscrições podem ser feitas no site www.educacao.rs.gov.br. Outras informações no telefone 3451-2900.

“Não tenho esperança em ver o clube retornar, acho que ainda há falhas, principalmente, na parte diretiva do clube. Algo teria que ser mudado e está faltando humildade, já que isso é que faz uma equipe vencedora, acima de tudo”. Lindor Antonio Ozelame, 45 anos, comerciante, morador do bairro São João.

4

Opinião

Sábado, 5 de março de 2011

AntônioFrizzo SE É PARA ELOGIAR... Devemos elogiar, certamente. Quando a Câmara de Vereadores, em votação unânime, decidiu catapultar o salário dos edis para fantásticos R$ 10.022,00 mensais; para o prefeito R$ 20.042,00 e para os secretários municipais e vice-prefeito, R$ 14.029,00, a Coluna criticou com veemência, traduzindo o sentimento da esmagadora maioria da comunidade. O assunto, também inacreditavelmente (já que sempre houve a omissão, o “esquecimento” de parte de coleguinhas da imprensa), foi alvo de comentários da imprensa local e regional. A pressão popular e o entendimento do Tribunal de Contas do Estado no sentido da inconstitucionalidade dos aumentos em cascata (a origem foi o brutal aumento auto-concedido pelos parlamentares do Congresso Nacional), colocou claramente a possibilidade de, caso os novos valores fossem pagos aos vereadores, haver sentença judicial impondo a devolução dos valores indevidamente recebidos. Já há algum tempo o presidente da Câmara, vereador Valdecir Rubbo, falava a mim a ao prefeito Lunelli que não iria pagar o aumento aprovado na Câmara. Diante disso tudo é necessário, sim, fazer o devido elogio aos vereadores de Bento Gonçalves que, neste dia 1º de março, início do ano legislativo, REVOGARAM todos os aumentos, voltando os valores ao que eram anteriormente: vereadores, R$ 5.782,38 mensais; prefeito, R$ 11.564,76 mensais; secretários e vice-prefeito, R$ 8.095,33. Parabéns, senhores vereadores. A comunidade agradece, certamente.

Antônio Frizzo

antoniofrizzo@italnet.com.br

CRÍTICAS AO PREFEITO?

ÚLTIMAS

Nesses 32 anos em que assino esta coluna no Semanário já fui alvo de inúmeras críticas, obviamente. Sempre que se emite “opinião” (ressalto: “opinião”, alicerçada em pesquisa do fato e não “palpites”, que é o mais comum por aí) se é apoiado ou não. Os apoios sempre foram em muito, mas muito maior número, claro, já que tenho a pretensão de, em ouvindo os comentários da população, traduzir aqui o pensamento da maioria. Nos últimos tempos tenho ouvido uma pergunta: “-O que tu estás achando da administração Lunelli?”. Pois partindo de algumas pessoas, a pergunta pode ser interpretada como uma crítica velada ao Prefeito Lunelli. Como tenho por hábito não deixar ninguém sem resposta, respondo com outra pergunta: “O que o Lunelli não está fazendo e que os últimos 15 prefeitos fizeram?”. Silêncio! Sim, e agora transfiro a pergunta a todos os leitores. O quê, mesmo, Lunelli não está fazendo que os outros fizeram? Sinceramente, ninguém respondeu até agora. Mas aproveito para responder “o quê ele está fazendo que os OUTROS NÃO FIZERAM”. A resposta, que pode ser comprovada é: PROJETOS! Sim, a administração de Roberto Lunelli fez e está fazendo ���PROJETOS” e os está encaminhando para os Ministérios competentes em Brasília.

Primeira: Estamos em pleno Carnaval. Ontem começou o Carnaval da Billy, na AABB (repetir-se-á hoje e dia 8) e, como sempre, um grande número de pessoas se entregou à folia. Considerando-se as entrevistas concedidas pelo Promotor Élcio Resmini Meneses, o conselheiro tutelar Moacir Camerini, as entidades estarão a postos para entrarem em ação, caso se tornar necessário; Segunda: Claro que isso não seria preciso se TODOS fizessem a sua parte, ou seja, os pais acompanhando de perto seus filhos menores (não necessariamente juntos, mas sabendo onde estão, com quem e fazendo o quê seria o suficiente) e os maiores tendo o juízo suficiente para saber que “a vida é bela para quem sabe lidar com ela”; Terceira: Os agentes de trânsito também deverão estar fazendo plantão no Carnaval, já que há muito trânsito que precisa ser fiscalizado. Quarta: Certeza absoluta somente a ação da Polícia Rodoviária Estadual posicionando-se de tocaia, em locais estratégicos (alguns de duvidosíssima necessidade), com radares móveis, multando motorista infratores e, mesmo, os momentaneamente distraídos ou em ultrapassagens; Quinta: No meu entender, o objetivo primeiro da PRE é multar. Caso a intenção fosse “evitar acidentes” não se posicionariam de tocaia, mas ostensivamente. A menos que seja interessante multar alguém que provoque um acidente fatal a 120 ou mais km/h; Sexta: No próximo final de semana, de 11 a 13 de março, acontecerá o “Armazém das Pontas”, edição Verão, no Salão Paroquial de Santo Antônio. As 24 lojas presentes estarão oferecendo seus artigos a preços vantajosos, numa verdadeira liquidação; Sétima: Na sexta, dia 11, o “Armazém das Ponta” funcionará das 13 ás 20h; no sábado e domingo, 12 e 13, o horário será das 10 às 20h. O ingresso, R$ 1,00, será destinado ao Lar das Meninas e a Associação Gota D’Água; Oitava: Depois de muito tempo, a Área Azul – estacionamento rotativo pago – teve aumento. Passou de R$ 1,20 para R$ 1,30. A Fundação CONSEPRO continuará a receber o repasse de 21% da arrecadação, cujo montante é repassado para a segurança pública; Nona: Esportivo estreou com vitória na segundona gaúcha. Bateu o Guarani de Camaquã por 3 x 0. Na quarta, dia 9, ás 20 h, enfrentará o Garibaldi, em Garibaldi; Décima: O Grêmio penou para vencer o León, do Peru, pela Libertadores, depois de ser derrotado pelo Júnior, da Colômbia. Quem imaginava moleza na competição está percebendo engano. O Inter que o diga, já que, mesmo vencendo o Jaguares (convidado mexicano) por 4 x 0, não teve facilidades; Décima-primeira: Na quarta, 9, Grêmio decidirá o primeiro turno contra o Caxias, no Olímpico. Não é jogo jogado. A vitória é primordial para disputar o segundo turno do “ruralito” de sangue doce, enquanto outros não terão moleza. Afinal, perder o “ruralito” é pior do que ganhar, não? Décima-segunda: A Coluna cumprimenta Maristela Cusin Longhi e Neilene Lunelli Cristófoli pela distinção recebida da Assembléia Legislativa, o Troféu Mulher Cidadã 2011. Ambas representam, com méritos, a mulher bentogonçalvense. Parabéns, Maristela e Neilene!

VÁRIOS PROJETOS Sempre dirigi críticas aos prefeitos anteriores por “não tirarem a bunda da cadeira”, fazerem projetos e os encaminharem a Brasília. Questionava, e muito, que Bento Gonçalves não recebia verbas federais e estaduais senão as obrigatórias, os repasses constitucionais. E fazia outra pergunta aos questionadores: “Qual verba e qual seu destino, chegada em Bento Gonçalves nos últimos TRINTA ANOS?”. Pois é, ninguém sabia responder. E eu fazia outra: “Sabe quantos projetos da Prefeitura de Bento chegaram a Brasília nos últimos dois anos? Sabe o montante das verbas federais que já chegaram a Bento nesse período?”. Novo silêncio. Penso que está carente de informações a população de Bento Gonçalves. Há uma assessoria de comunicações na Prefeitura, mas a questão é: a imprensa tem levado ao povo as informações? Respondo, então, o que penso da administração Lunelli: Não é nenhuma “Brastemp”, mas nada deve às anteriores, em todos os sentidos. E tem a grande vantagem de estar alinhada politicamente ao governo federal e, agora, ao estadual. Pelo que se tem visto, Lunelli tem sabido valer-se disso, com PROJETOS. Algo que não acontecia. Mas a coluna está aberta a quem queira manifestar opinião diferente, alicerçada em dados, claro. O e-mail é antoniofrizzo@ italnet.com.br. Jamais verão aqui a crítica pela crítica, por razões financeiras – elogios pagos e críticas por não pagar - tão comum nesse Brasil afora. É a tradução da vantagem de fazer jornalismo independente.

VANDALISMO IMPUNE O assunto é chato, sim, mas, devemos insistir: quem colocará um paradeiro no vandalismo? Caxias do Sul, cidade referida com rasgados elogios pela forma com que faz o recolhimento do lixo através de containers no Fantástico, da Globo, vive às turras com bandidos que os incendeiam e, agora, Passo Fundo vira notícia pelo mesmo motivo. Mas, por que isso acontece? Simples: o sentimento de IMPUNIDADE que têm esses vermes é o motivo. Eles sabem que grande parte da população que os vê incendiando, pichando, quebrando placas de sinalização, depredando orelhões, etc, não os denuncia, até finge que não os vê. E quando há a denúncia e a polícia age, levando-os à justiça, falta legislação adequada para colocá-los em cana. Mas, independentemente de tudo isso, temos que combatê-los. Vai que alguma punição lhes seja aplicada, não é mesmo?

SHOW DE FEIRAS Neste mês de março, Bento Gonçalves apresentará para o mundo uma grande feira, de dimensões realmente mundiais. A FIMMA BRASIL 2011 ocupará todos os espaços do Parque de Eventos para receber, de 21 a 25 de março, com mais de seis centenas de expositores nacionais e do exterior, a visita de mais de 40 mil profissionais e empresários do setor moveleiro. A FIMMA, maior feira do gênero da América Latina e uma das maiores do mundo é a grande vitrina do potencial econômico de Bento Gonçalves. A seguir virá a FENAVINHO BRASIL 2011, de 29 de abril a 8 de maio, a grande feira-festa do município, que é o marco inicial do nosso progresso econômico, dispensa apresentações pela sua tradição nacional e internacional. Já para o mês de junho, de 02 a 13, o Parque de Eventos receberá a EXPOBENTO 2011, uma Feira Sem Limites, evento já consolidado que atrai duas centenas de milhares de visitantes. A seguir virá a CASA BRASIL, outro grande evento de projeção internacional. Sem dúvidas, 2011 é um ano que promete muito para a indústria, comércio e serviços de Bento Gonçalves com a realização dessas grandes feiras. Turismo para todos os gostos.

Política

Sábado, 5 de março de 2011

Corte de R$ 50 Bilhões

Turismo terá dificuldade de recursos

Secretária Ivane Fávero afirma que apenas os projetos já aprovados sairão do papel TOMAZ DOS SANTOS

Revitalização da Pipa Pórtico está garantida

Tomaz dos Santos

C

erca de 30 projetos da secretaria municipal de Turismo, encaminhados a Brasília, terão dificuldade de ser aprovados. A pasta foi a que teve a maior redução percentual na readequação das finanças da União, que cortou cerca de R$ 50 bilhões do orçamento para 2011. Com uma diminuição de 85% – o equivalente a R$ 3 bilhões – o Ministério do Turismo terá pouco mais de R$ 500 milhões para investimento neste ano. O reajuste deixa apreensiva a secretária de Turismo de Bento Gonçalves, Ivane Fávero, pois havia cerca de 30 projetos encaminhados. Porém, alguns já estão aprovados, como é o caso da sinalização turística e a revitalização da Pipa Pórtico. “Agora teremos que batalhar, pois haverá dificuldade em aprovar

novas propostas”, salienta a secretária. Entretanto, ela afirma que irá buscar recursos em outras fontes, como o Ministério do Desenvolvolvimento Agrário, com o qual terá uma reunião nos próximos dias. Entre os projetos encaminhados e que possivelmente não serão contemplados, Ivane cita a construção de acessos a propriedades turísticas, a promoção de Bento como destino e a construção do Pórtico da Fenavinho. Apesar dos cortes e da dificuldade para novas ações, a secretária afirma que o pleito de Bento para a Copa 2014 não será afetado, uma vez que a maioria das atividades ligadas ao mundial são custeadas pelo município. Os investimentos federais são provenientes do Ministério dos Esportes. redacao1@jornalsemanario.com.br

5

6 Entrevista Heber dos Santos, secretário de Mobilidade Urbana Política

Sábado, 5 de março de 2011

“Somos uma cidade adolescente” TOMAZ DOS SANTOS

Tomaz dos Santos

D

ando sequência à série de entrevistas, o Semanário traz o secretário de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana, Heber dos Santos, que fala sobre os projetos desenvolvidos pela secretaria. Para ele, o principal trabalho da gestão foi a elaboração do Plano de Saneamento. Além disso, Santos destaca os problemas no trânsito, os investimentos em infraestrutura e a captação de recursos federais. São mais de R$ 240 milhões em projetos que aguardam a liberação dos recursos para as obras, como a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a revitalização do bairro Municipal, entre outros investimentos. Jornal Semanário – Qual foi o principal projeto da secretaria nestes dois primeiros anos? Heber dos Santos – O mais importante e mais excepcional foi a elaboração do Plano Municipal de Saneamento (PMS), que possibilitou a renovação com a Corsan. Está faltando ainda a parte dos resíduos sólidos, que está bem encaminhada, e da drenagem urbana. O plano possibilitou o financiamento das obras de saneamento e de ampliação da capacidade de atendimento de água. Nós temos 0% de tratamento de esgoto. Apesar do sistema de fossa e filtro, há uma deficiência muito grande. Serão R$ 31 milhões para a captação do esgoto na bacia do Barracão, que já estão aprovados. A Corsan já fez a licitação do estudo socioambiental, e a obra deve começar logo. Incluímos no PAC 2 a bacia do Burati, e os projetos executivos também já foram aprovados, já saiu a habilitação e, com isso, já temos R$ 78,7 milhões para serem executados. Pretendemos chegar em 2014, com 65% de coleta e tratamento de esgoto. Até 2019 serão 90% e, em 2024, atingiremos 100%. JS – Como estão as desapropriações dos terrenos para a construção da Estação de Tratamento do Barracão? Santos – A desapropriação

ainda não foi liberada, mas já foi feito o levantamento por parte da Corsan, de todas as áreas que precisam ser desapropriadas. Estamos trabalhando com a secretaria de Meio Ambiente, o Ipurb, e a procuradoria jurídica da Corsan. É marco regulatório, pois vamos ter uma série de problemas que precisam ser normatizados.

desafio do ano passado foi a implementação da secretaria de Mobilidade Urbana. Pegamos tudo o que estava separado: a iluminação pública, administração do cemitério, projetos que estavam no gabinete do prefeito. O Departamento Municipal de Trânsito (DMT) não tinha viaturas, nem equipamentos. Conseguimos juntar tudo neste novo prédio, equipamos a seJS – O município já investiu cretaria, compramos veículos em maquinário para trabalhar o novos e investimos na qualificasaneamento. As obras já come- ção do serviço. çaram? Santos – Cabe à prefeitura JS – Qual é a importância da executar as obras de drenagem secretaria para o município? urbana. Fechamos convênio Santos – Nós não tínhamos de R$ 10 milhões com a Cor- no município uma estrutura san, dos quais, R$ 5 milhões voltada ao planejamento, pois o já foram aportados em 2010 e Ipurb fazia uma parte e, o DMT, teremos mais 1,7 milhão nos fazia outra. Agora estamos trapróximos anos. Com mais um balhando no Plano Municipal acréscimo de, mais ou menos, de Mobilidade Urbana. Somos R$ 30 mil por mês, proveniente uma cidade adolescente com as de 1,5% de arrecadação mensal crises da adolescência, as dúvida Corsan, destinado ao Fundo das da adolescência. Queremos de Gestão Compartilhada para ser grandes, mas não queremos manutenção e conservação das assumir as responsabilidades galerias pluviais e, a sustentabi- do adulto, da cidade grande. lidade da drenagem. Foi adqui- Temos que ter uma visão do rido o maquinário e realizadas coletivo, já que a mobilidade é diversas obras nos locais com uma questão de todas as pesproblemas mais críticos, como soas. É legítimo que todos os o Licorsul, Zat e Vila Nova. comércios queiram ter estacionamento na frente de seu estaJS – A criação da secretaria belecimento, só que esta não é a de Mobilidade Urbana agregou nossa realidade. Temos ruas esdiversos serviços. Qual era a si- treitas, região urbana densificatuação destes serviços? da, concentração de comércio e Santos – O segundo grande não temos como deixar estacio-

É legítimo que todos os comércios queiram ter estacionamento. Mas esta não é nossa realidade namento em todos os lugares. Nos últimos dois anos, foram emplacados cerca de nove mil novos veículos. Nós temos uma frota de mais de 60 mil veículos. É a maior concentração de veículos do Rio Grande do Sul, de acordo com o Denatran, e é a 28ª do país. Então, estes problemas são gravíssimos e nós, com a Mobilidade Urbana, procuramos dar soluções técnicas para o trânsito em Bento. Por isso pensamos na ligação leste-oeste e estamos trabalhando no eixo norte-sul, desde a rua São Roque até a Nelson Carraro. É claro que ainda há alguns ajustes a serem feitos. JS – Quais são as grandes obras que estão sendo esperadas para o município? Santos – As obras maiores que temos têm a participação de várias secretarias. Começamos pelo Saneamento Integra-

do do Recanto da Aurora, no bairro Municipal. Temos a praça do PAC, que vai ser construída no loteamento Ouro Verde e já foi aprovada. Para as cinco unidades básicas de saúde já estamos com os projetos praticamente prontos, está aprovado e vai ser liberado em bloco, por Estado. O trem regional teve concluído o estudo de viabilidade econômica pela Labitrans e já foi encaminhado para o Ministério dos Transportes, no dia 11 de fevereiro. Aguardamos a liberação deste estudo para começarmos a construir o projeto de engenharia junto com a Aune. Licitamos a aquisição de 100 novas paradas de ônibus. Vamos começar, a partir deste mês, a fazer a instalação destas novas paradas. As antigas serão distribuídas nas ruas secundárias. reporter1@jornalsemanario.com.br

Geral

Sábado, 5 de março de 2011

7

Denominação de Bairros

Bento Gonçalves tem novo mapa Município passa a contar com 46 bairros. Câmara de Vereadores aprovou a lei que altera a geografia do município Tomaz dos Santos

O

município de Bento Gonçalves passa a contar, a partir de agora, com 46 bairros. Isso porque a lei que dá denominação e delimita bairros da cidade foi aprovada pelos vereadores, na sessão ordinária realizada ontem, 4. A legislação organiza os espaços do município, delimita os 26 bairros atuais e cria outros 20. Na verdade, a lei oficializa o nome de antigos loteamentos como Municipal, Barracão, Santa Helena, Ouro Verde, Zatt, além de outras 15 localidades. Em trâmite no Legislativo desde setembro do ano passado, a demanda era uma reivindicação da comunidade, julgada essencial para a realização do Censo 2011. O projeto, segundo sua justificativa, supre uma necessidade desencadeada pela expansão urbana e pela falta de adequação destes

espaços a uma nova legislação, o Estatuto das Cidades. Para chegar à denominação e delimitação de todos os bairros, o Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Ipurb) realizou estudos técnicos visando reorganizar o perímetro, delimitar os bairros e dar nova nomenclatura. O atraso na votação da lei pelo legislativo ocorreu por conta de indefinição do nome de duas localidades: Cohab II e Vila Nova II. A alteração dos nomes dos bairros foi aprovada em assembleia pelas comunidades, mas alguns moradores, não contentes com a mudança, recorreram da decisão. No caso mais polêmico, o bairro Vila Nova II passaria a chamar-se Caravaggio. Entretanto, permanecerá como vila Vila Nova II, graças a uma emenda no projeto de lei, subscrita por todos os vereadores. reporter1@jornalsemanario.com.br

TOMAZ DOS SANTOS

Os 46 bairros

Emenda dos vereadores manteve nome do bairro Villa Nova II

São Valentin, Nossa Senhora do Carmo, São Roque, São Vendelino, AParecida, Caminhos da Eulália, São João, Universitário, Vinhedos, Maria Goretti, Conceição, juventude da Enologia, Municipal, Jardim Glória, Cidade Alta, Pomarosa, Santa Rita, Vinosul, Merlot, Verona, Santo Antão, Santa Helena, Santa Marta, Botafogo, Imigrante, São Bento, Centro, São Francisco, Humaitá, Progresso, Borgo, Ouro Verde, Zatt, Pradel, Salgado, Industrial, Cohab, Licorsul, Vila Nova, Eucaliptos, Planalto, Fenavinho, Fátima, Cruzeiro, Barracão, e Vila Nova II

8

Geral

IG Variedades Itacyr Luiz Giacomello italugi@yahoo.com.br

FIMMA BRASIL – SHOW DE TECNOLOGIA ESTAMOS na reta final para a abertura oficial da maior e melhor feira do segmento da América Latina e a 6ª em nível mundial. Propostas inovadoras e cercada de vida estamos nos referindo a FIMMA BRASIL – um show de tecnologia – de máquinas, matérias primas e acessórios para a indústria moveleira, um expressivo evento que se identifica pela reconhecida credibilidade e bons negócios. A FIMMA BRASIL 2011 segundo seu presidente,Juarez José Piva, alcança os objetivos traçados consolidando uma feira exitosa com 650 expositores, 40 mil profissionais qualificados, mais de 40 países presentes e 20 anos de história.

Sábado, 5 de março de 2011

Gripe H1N1

Aumenta número de pessoas imunizadas

Estado deverá aplicar vacina única contra o vírus da gripe A e sazonal EVELINE PONCIO

UMA FEIRA EXPOENTE TUDO isso acontece em Bento Gonçalves – RS de 21 a 25 de março de 2011 em evento promovido pela MOVERGS cujo presidente Ivo Cansan espera superar as expectativas fruto do trabalho e organização em equipe. PARA o presidente da 10a FIMMA BRASIL 2011 Juarez José Piva a competitividade gera conquistas de mercado e novas parcerias. É mais um avanço significativo para o expressivo parque industrial moveleiro que vem aí com muita inovação e vida e, o alto patrocínio do Banco do Brasil, Duratex e SCM Group Tecmatic Brasil. Prepare-se! É Bento na frente! Seja hospitaleiro! CASA BRASIL 2011 – ALTO DESIGN E a cidade dos grandes eventos, vai abrindo caminhos para mais uma edição da CASA BRASIL. Com requinte, alta tecnologia e design apurado Bento Gonçalves através do SINDMÓVEIS será palco de uma feira consolidada pela sua organização e credibilidade. É a CASA BRASIL a principal do país no gênero e uma das mais importantes do mundo de design em produtos, lançamentos e tendências no setor moveleiro. Promovida pelo SINDMÓVEIS entidade presidida pelo empresário Glademir Ferrari e presidente da feira a CASA BRASIL em Bento Gonçalves-RS, Parque de Eventos, acontece de 02 a 06 de agosto de 2011. Será mesmo fascinante e de muitas novidades! Fique ligado! AFFEMAQ – NOVOS HORIZONTES LIDERANÇAS de diferentes segmentos produtivos vão gradativamente buscando seu merecido espaço. A constatação é prova de que cada setor produtivo vai em busca de seu crescimento como, empresa, entidade e associados. Cumprimentar os novos dirigentes da AFFEMAQ - Associação dos Fabricantes de Ferramentas, Máquinas e Acessórios para a Indústria Moveleira gestão 2011/2012 na pessoa do presidente eleito e empossado empresário Euclides Rizzi que assumiu o cargo em lugar de Luciano Rombaldi. Além do presidente Euclides Rizzi cuja gestão promete ser profícua integram a Diretoria o vice presidente Jacir Fronza, Diretor Financeiro Nestor José Caon, Diretor Executivo Luiz Valim e Diretora de Marketing Paula Giordani. Crescimento é o grande caminho da AFFEMAQ! Sucesso gente amiga! O GIRO DO QUERO - QUERO A falsidade e prepotência vêm corroendo a dignidade e os alicerces não apenas da sociedade, mas do próprio ser humano. Incapaz de controlar impulsos e desafios acaba atingindo os princípios, valores e o alicerce da família. Com esta linha de pensamento e dentro das normas éticas que devem nortear todas as ações que regem a sociedade, a falsidade e prepotência são palavras desprezíveis e repugnantes, repudiadas em qualquer circunstância. Isso mostra infelizmente a fragilidade do ser humano, forças inoperantes e de atos impensados. É o suposto poder do egoísmo e ganância de quem nesta vida nunca teve princípios e caráter! É a vida dos fracos e pobres de espírito! Para refletir!

A FRASE O que resta da vida se um homem não pode ouvir o melodioso canto de um belo pássaro? (IG)

Devido à característica mutante do vírus, todo ano é necessário repetir a dose da vacina contra a gripe

Eveline Poncio

A

pós a epidemia de gripe H1N1 ter afetado milhares de pessoas em todo o país, em especial, no Rio Grande do Sul, a Secretaria Estadual da Saúde do Estado (SES) já estabeleceu mudanças no cronograma de vacinação. Com início no dia 25 de abril e término em 13 de maio, neste ano, o grupo de risco foi ampliado, imunizando, além dos idosos acima de 60 anos, também gestantes, crianças de seis meses a dois anos, profissionais da saúde e indígenas. Mesmo as pessoas que já foram vacinadas no último ano devem procurar os postos de saúde e fazer a imunização da gripe pois, devido ao caráter mutante dos vírus, a aplicação da vacina deve ocorrer anualmente. De acordo com coorde-

nadora do programa estadual de imunização da SES, Tani Ranieri, a vacina que será aplicada protege a população contra o vírus da gripe “comum” e a H1N1. “Esta vacina disponibilizada na saúde pública para idosos desde 1999 é chamada de vacina da influenza sazonal, pois é uma dose composta por três cepas do vírus da gripe, dois do tipo A e um do tipo B, protegendo contra vários tipos da doença. A novidade deste ano é que, além dos idosos, mais pessoas terão a vacina disponibilizada, gratuitamente, para a prevenção contra a gripe H1N1 e a sazonal”, explicou Tani.

saúde que trabalharão com a aplicação das vacinas. Aproximadamente, mais de dois milhões de doses deverão ser aplicadas no Rio Grande do Sul, que terá o dia D da campanha no dia 30 de abril. “Ainda não temos o número preciso de doses e metas que deverão ser atingidas na campanha de vacinação de 2011, mas nos guiamos pelas metas de 2010, quando tínhamos no Estado mais de 1,4 milhão de população acima dos 60 anos, 270 mil crianças de seis meses a dois anos, 140 mil gestantes, 19 mil indígenas e um número não preciso de profissionais da saúde que serão imunizados contra a gripe”, finalizou a coCapacitação ordenadora do programa estaEntre os dias 15 e 17 de mar- dual de imunização, da Secretaço serão realizadas, em todo o ria Estadual da Saúde. Estado, campanhas de capacireporter2@jornalsemanario.com.br tação para os profissionais da

Geral

Sábado, 5 de março de 2011

FUNCIONALISMO

Equipe do PA terá 10% de aumento Profissionais que atuam no Pronto Atendimento 24 Horas (PA 24h) Bento Gonçalves terão direito a uma gratificação complementar de 10% aos seus vencimentos, a partir de maio. A proposta do executivo foi aprovada pela câmara de vereadores na sessão realizada ontem, 4. Conforme o projeto de lei, serão beneficiados médicos, enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, auxiliares de serviços médicos e higienizadores que estiverem lotados no PA 24h. A gratificação de 10% incide sobre o padrão básico do vencimento do cargo exercido por cada profissional, sem acréscimo de vantagem, tal como biênio ou mudança de classe. Como justificativa para o benefício, a prefeitura destaca que os profissionais do pronto atendimento possuem alto risco de apresentar sintomas de estresse pós-traumático, por causa do atendimento de doenças e ferimentos.

9

Trem regional

Relatório será entregue Ministério dos Transportes vai receber estudo de viabilidade econômica após o Carnaval REPRODUÇÃO

Tomaz dos Santos

O

Ministério dos Transportes (MT) deverá receber, após o Carnaval, o relatório final sobre a viabilidade técnica, econômica, financeira, social e ambiental de implantação do trem de passageiros que deverá ligar Bento Gonçalves a Caxias do Sul, em um trajeto de aproximadamente 60 quilômetros. O estudo foi desenvolvido pelo Laboratório de Transporte e Logística (Labtrans) da Universidade Federal de Santa Catarina. Em fevereiro, o MT recebeu o relatório parcial. De acordo com o diretor de relações institucionais, da Secretaria de Política Nacional de Transportes, do Ministério dos Transportes, Afonso Carneiro Filho, coordenador da implantação do modal ferroviário de passageiros, há uma expectativa muito grande em torno do tema, já que, a região foi a primeira a concluir os estudos. Segundo ele, assim que o MT

Ministério dos Transportes irá apontar a viabilidade ou não do trem de passageiros, na Serra Gaúcha

receber o material conclusivo serão iniciadas as análises. “Estes estudos vão nos apresentar o cenário, nos apontar a possibilidade e sustentabilidade da implantação do projeto. Nossa expectativa é que sejam concluídas as análises dentro de 30 dias. Caso haja alguma correção ou se precisarmos de algum dado, cobraremos do Labtrans. Assim que tivermos tudo pronto, devolvemos para o laboratório e, então, serão desencadeadas as audiências

pública, os estudos do cenários e as combinações que serão viáveis”, argumenta Carneiro Filho. O coordenador-executivo da Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre, Paulo Thimóteo, destaca que o estudo desenvolvido na região foi o primeiro a ser concluído e servirá como piloto para os demais trechos – em todo o país são 16. “Com ele, abre-se a perspectiva de implantação e todo o processo de revitalização de trens regionais

no país”, diz. “Esse estudo só aconteceu devido à mobilização da comunidade, que mostrou apoio à volta do trem de passageiros nas duas regiões”. Assim que o MT concluir sua análise, o estudo com a aprovação ou não da viabilidade será apresentado para os municípios da Aglomeração Urbana do Nordeste (Aune), que irá encaminhar a captação de recursos para iniciar a implantação. reporter1@jornalsemanario.com.br

10

Sábado, 2 de março de 2011

FIMMA BRASIL 2011

Feira reúne vanguarda mundial do setor moveleiro Pelos corredores da FIMMA Brasil 2011 devem circular cerca de 40 mil pessoas durante os cinco dias do encontro. Maior feira da América Latina para a cadeia de madeira e móveis e uma das seis maiores do mundo no segmento, o encontro é reconhecido pela capacidade de mobilizar expositores de todas as partes do mundo. Para a décima edição, cerca de 30% dos expositores confirmados são internacionais. No credenciamento que dá acesso ao Parque de Eventos, devem passar visitantes vindos de 40 países - especialmente mobilizados para conhecer as novidades. Esses números confirmam o conceito da feira enquanto grande oportunidade de negócios para empresas de todo o mundo. Exemplo disso é a participação da Alemanha em um estande próprio. Na visão dos alemães, o Brasil dominou a recente crise econômica e ainda está se desenvolvendo em ritmo acelerado. O mercado para revestimentos de piso e móveis tende a crescer ainda mais e os produtos brasileiros são compe-

ESPAÇO PARA OS HERMANOS

titivos no mercado global. No estande oficial de informação da Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas para Processamento de Madeira (VDMA), as empresas do país europeu mostram a gama de produtos ligados ao setor industrial madeireiro. A entidade fornece detalhes sobre as empresas que participam da feira e a respeito da

AMPLIAÇÃO DA PROJEÇÃO INTERNACIONAL Feira internacional que movimenta empresas e profissionais de mais de 40 países, a FIMMA Brasil investe nas parcerias para levar toda a tecnologia apresentada em Bento Gonçalves para os quatro cantos do mundo. Através do apoio da APEX Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), o encontro atrai profissionais da imprensa mundial com o objetivo de difundir para um público ainda maior todas as novidades trazidas pelos expositores. Essa iniciativa ganha reforço com o Projeto Imagem, criado para ampliar as fronteiras da maior feira latino-americana para o setor de madeira e móveis. Jornalistas estrangeiros têm acesso facilitado para conhecer os lançamentos e entrevistar os principais atores do desenvolvimento da indústria moveleira mundial. Para a edição 2011 estão confirmados profissionais da imprensa da África do Sul, Argentina, Canadá, Colômbia e México. Revista Asora, El Mueble y La Madera, Revista Moblaje, Wood SA & Timber Times e Wood Industry são os veículos participantes. Eles terão a chance de conhecer em primeira mão a vanguarda do segmento, propagando as informações em seus países de origem.

Siga a FIMMA Brasil na internet:

Site: www.fimma.com.br Twitter: www.twitter.com/Fimmabrasil2011 Facebook: www.facebook.com/Fimma Brasil Orkut: www.orkut.com – Fimma Brasil 2011 Mobicode: www.i-nigma.com/downloadi-nigmareader.html Boletins MVTV: www.intelligencegroup.com.br

Prepare-se para a FIMMA Brasil 2011:

O que: 10ª edição da Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria moveleira Quando: de 21 a 25 de março Onde: Parque de Eventos de Bento Gonçalves Quem expõe: 650 empresas Quem visita: são esperadas 40 mil pessoas de mais de 40 países

cadeia produtiva do segmento. A Alemanha participa da FIMMA Brasil com o Ministério Federal Alemão de Economia e Tecnologia (BMWi), a Associação de Indústria Alemã de Feiras Comerciais (AUMA), com apoio da Associação Alemã de Fabricantes de Máquinas para Processamento de Madeira (VDMA).

Também os vizinhos argentinos asseguraram presença na FIMMA Brasil 2011 através da participação da Asora – Associação de Fabricantes e Representantes de Máquinas, Equipamentos e Ferramentas para a Indústria Moveleira. Os argentinos vêm a Bento Gonçalves focados na retomada do setor de madeira e móveis após a crise que derrubou o mercado financeiro há cerca de dois anos. “Vivemos um momento econômico mundial muito bom com a recuperação das economias que passaram por dificuldades nos últimos anos e inúmeras oportunidades para os emergentes como Brasil e tantos outros vizinhos da América Latina. A

Fotos: Silvia Tonon

Diretor de Assuntos Internacionais, Marcos Troes

FIMMA Brasil, nesse contexto, potencializa as chances de bons negócios, alavancagem de vendas, divulgação de marcas e inovações”, avalia o Diretor de Assuntos Internacionais, Marcos Troes.

FEIRA MULTIMÍDIA A construção e a ativação da rede de contatos oportunizada pela FIMMA Brasil já começaram antes mesmo da abertura dos portões. Sob o lema Inovação e Vida, o evento comprova seu caráter multimídia com novidades que permitem a interação e participação ativa de expositores e visitantes. Presente nas principais redes sociais do momento – Twitter, Facebook e Orkut – a FIMMA Brasil renova permanentemente o compromisso com a tecnologia, além de ser a primeira feira do mundo a utilizar o sistema Mobicode. Com mais de 600 amigos no Facebook, a FIMMA Brasil atualiza diariamente o seu perfil com notícias e novidades não somente sobre a feira, mas também sobre seus expositores. As próprias empresas participantes têm se utilizado das ferramentas da internet para potencializar o contato com o público. Através do Facebook, fornecedores já compartilham suas peças publicitárias em um álbum especialmente criado para os expositores. No Twitter, a FIMMA Bra-

Diretor de Divulgação, Paulo César Franzoni

sil conta com aproximadamente 200 seguidores. As atualizações constantes, várias vezes ao dia, garantem a informação permanente daqueles que seguem a feira no microblog. O site da FIMMA Brasil é outro canal de comunicação que possibilita conferir novidades a respeito do que as empresas fornecedoras de máquinas, matérias-primas e acessórios preparam para apre-

sentar na feira. “Temos percebido uma receptividade incrível da participação nas redes sociais. As empresas de fato estão investindo nesses canais de comunicação e a FIMMA Brasil, enquanto encontro de negócios, representa uma oportunidade perfeita para estreitar laços e fomentar novos contatos profissionais, agora inclusive antes da feira”, assegura o diretor de divulgação, Paulo César Franzoni. O Mobicode é outro meio de ficar sempre bem informado. Com ele, dados sobre a FIMMA Brasil e conteúdos úteis para expositores e visitantes podem ser acessados de qualquer lugar por meio do celular. Para utilizar basta instalar o aplicativo leitor acessando www.i-nigma. com/downloadi-nigmareader. html através do smarthphone. Depois é só capturar com a câmera fotográfica do aparelho o selo do Mobicode e fazer a conexão direta com conteúdos que irão facilitar o acesso à feira e garantir o sucesso da participação na FIMMA Brasil 2011.

Sรกbado, 5 de marรงo de 2011

11

12

Geral

Sábado, 5 de março de 2011

Bolsa família

Valor do benefício deverá aumentar Se for sancionada, alteração deverá auxiliar mais de mil famílias em Bento Eveline Poncio

M

antendo o apoio social pela erradicação da pobreza e pobreza extrema, a presidente Dilma Rousseff anunciou na última semana, que pretende reajustar o valor do Bolsa Família. O benefício pago pelo governo federal, a partir do próximo mês, deverá ter reajuste médio de 19,4%, podendo chegar a até 45,5%. Só em Bento Gonçalves, a ação deverá contemplar as 1.025 mil famílias que recebem o benefício social, com valores entre R$ 22 e R$ 200, dependendo de fatores como o número de filhos, idade, situação de escolaridade e vulnerabilidade social. O programa de transferência direta de renda tem o objetivo de assegurar o direito humano à alimentação adequada, promovendo a segurança alimen-

tar e nutricional para a população mais vulnerável à fome. De acordo com o secretário municipal de Habitação e Assistência Social, Roberto Locatelli, o aumento do benefício é necessário, porém, os valores deveriam levar em consideração a realidade de cada região. “ O reajuste é necessário, considerando a inflação. Contudo, gostaríamos que a renda per capita fosse regionalizada, isto é, que houvesse um valor para o norte e o nordeste, e outro para o restante do país. Renda per capita de R$ 140 pode ser possível no nordeste, mas aqui no sul temos mais dificuldades, considerando nossos custos maiores para tudo.”, explicou Locatelli. Recebendo o benefício do Bolsa Família desde que ficou desempregada, a moradora da Vila dos Eucaliptos, Margarida de Fátima da Rocha, utiliza os R$ 40 recebidos para

EVELINE PONCIO

Reajuste será de 19,4% a 45,5%

as duas filhas, menores de 14 anos, visando complementar a renda. “Com este dinheiro compro o material escolar, uniforme e alimentação”, destacou Margarida. reporter2@jornalsemanario.com.br

Geral 13

Sábado, 5 de março de 2011

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Pessoa em situação de rua é tema de fórum Na contínua tentativa de encontrar solução para um problema crônico de muitas cidades do Rio Grande do Sul, a secretaria municipal de Habitação e Assistência Social realiza no próximo dia 22, a primeira edição do Fórum Municipal da Pessoa em Situação de Rua em Bento Gonçalves. O evento estava primeiramente agendado para fevereiro, e teria a presença da ministra de Direitos Humanos, Maria do Rosário. No entanto, a confirmação agora é a vinda de representantes da Secretaria Nacional de Direitos Humanos. A informação é do secretário municipal de Habitação e Assistência Social de Bento Gonçalves, Roberto Locatelli. O local onde será realizado o evento ainda não foi definido. “A discussão será mais abrangente e dinâmica”, avisa o secretário. A ideia é que o fórum se torne um amplo canal de discussão e de possíveis caminhos para um problema que não para de crescer em todas as

ARQUIVO

Roberto Locatelli

regiões do país. “A sociedade quer uma solução. O Poder Público, também. Mas não podemos obrigar as pessoas a viver dentro de determinado padrão. Existe o livre arbítrio. É neste ponto que está o maior desafio imposto pelo problema”, acredita Locatelli. Em Bento Gonçalves, cerca de 30 casos de situação de ruas integram a lista de pessoas assistidas pela secretaria de Assistência Social.

Dois mestrados da UCS completam 10 anos DIVULGAÇÃO

A Universidade de Caxias do Sul mantém programas institucionais de pós-graduação stricto sensu (mestrados e doutorados), autorizados pela Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), através dos quais a Instituição reafirma seu compromisso permanente com a formação avançada de recursos humanos e consolida sua missão institucional. Dentro deste contexto, 2011 é importante para dois mestrados, o de Turismo e o de Direito, que estão completando 10 anos. Desde sua implantação, o Mestrado em Turismo já formou 111 profissionais, sempre buscando ampliar a reflexão sobre as relações que o turismo estabelece com as múltiplas áreas do conhecimento. Isso ficou ainda mais evidente durante a

“Saberes e Fazeres no Turismo: Interfaces” foi tema de discussão

realização do 6º Seminário de Turismo do Mercosul, promovido pelo Mestrado em 2010 e cujo subtítulo foi “Saberes e Fazeres no Turismo: Interfaces”. “Todas essas abordagens vêm ao encontro dos novos desafios frente ao ensino e à pesquisa em turismo”, explica a coordenadora, professora Márcia Cappellano dos Santos.

14

Sรกbado, 5 de marรงo de 2011

Economia 15

Sábado, 5 de março de 2011

VINHO

Wines of Brasil recebe jornalistas internacionais O Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), como parte da campanha de divulgação dos Vinhos do Brasil (Wines of Brasil, no exterior), realiza durante o Carnaval, a segunda edição do Projeto Imagem Internacional. Por meio da iniciativa, a britânica Julia Harding – braço direito da famosa crítica de vinhos Jancis Robinson – e o norte-americano, Theodore Michael Luongo – da revista Wine Enthusiast – vieram a Bento Gonçalves para conhecer as vinícolas da região. A fim de reforçar a imagem do vinho brasileiro, amanhã,

os jornalistas seguem para o Rio de Janeiro, onde acompanharão o desfile das escolas de samba no camarote da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), na Marquês de Sapucaí. Ali só serão servidos vinhos e espumantes brasileiros. Jancis Robinson e Julia Harding editaram o conhecido Atlas do Mundo do Vinho, que cita os vinhos brasileiros. A partir da visita, Theodore Michael Luongo produzirá um suplemento exclusivo sobre os vinhos brasileiros para a revista Wine Enthusiast a ser publicado em setembro.

ENERGIA

Inscrição para tarifa social vai até junho Famílias de baixa renda que têm o consumo de energia elétrica limitado entre 68 e 79 quilowatts/hora/mês (kWh/mês) têm direito à tarifa especial na conta de luz. A Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) dá descontos para famílias cuja renda não ultrapasse meio salário mínimo por pessoa, ou de três salários mínimos no total, que estejam cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). O prazo de inscrição no CadÚnico para manter o benefício foi ampliado para o período entre 1º de março e 1º de junho.

Os consumidores que ainda não se cadastraram no CadÚnico, têm mais 90 dias de desconto. Após a inclusão no CadÚnico, os interessados no benefício devem procurar a sede da distribuidora de energia elétrica (em Bento é a RGE) para comprovar o direito a continuar recebendo o desconto. Quem se enquadra nos requisitos, mas ainda não recebe o benefício, pode procurar a gestão do programa Bolsa Família na secretaria de Habitação e Assistência Social, e inscrever-se no CadÚnico. O telefone para informações é 3055.7337.

Imposto de renda

Entenda as regras para não errar na declaração Fique atento aos dependentes, declarantes em conjunto e residentes no exterior Juliana Gelatti rio deve declarar para receber a restituição. Há também a declaração em ais de 20 conjunto. Cônjuges, compamil bento-gonçalvenses nheiros ou dependentes, que tedevem disponi- nham rendimentos tributáveis, bilizar para a Receita Federal, até podem apresentar suas inforo fim do mês de abril, a declara- mações na declaração do titular. ção do Imposto de Renda relaEstrangeiros e tivo a 2010. Mesmo para quem já declara há bastante tempo, residentes no exterior algumas dúvidas podem surgir, Estrangeiros que estejam redevido às mudanças recentes. A importância desta tarefa sidindo no Brasil há mais de 184 para o contribuinte é a mesma dias (consecutivos ou não, no que o CPF tem na vida do ci- período de 12 meses), tenham dadão. Quem está devendo in- visto permanente ou ingresse formações para a Receita, fica no país com visto temporário, com o cadastro irregular, o que mas pretendem trabalhar com impede ações como fazer com- vínculo empregatício, devem pras a crédito, registrar imóveis, apresentar declaração do Imfazer matrículas em escolas e posto de Renda. Os brasileiros que estão fora universidades, entre outros imdo país também devem prestar pedimentos. Desde 2008 não existe mais contas. Quem adquiriu condição a declaração de isento. Antes, de não-residente, mas retornou, todas as pessoas que tivessem deve declarar na data da chegada. CPF deveriam prestar contas à Quem está fora do Brasil em caReceita. O objetivo disso foi a ráter permanente ou temporário, atualização do cadastro, o que deve regularizar a situação, seja pela declaração do imposto de foi alcançado. Apenas uma parcela dos con- renda, ou pela Comunicação de tribuintes é obrigada a declarar, Saída Definitiva do Pais. O prazo de envio da declarade acordo com a renda e o patrimônio. Mas qualquer pessoa ção pela internet é o mesmo que física pode, se desejar, subme- o dos demais contribuintes, às ter a declaração do imposto de 23h59min do dia 29 de abril. renda à Receita Federal. Quem reporter6@jornalsemanario.com.br tem o imposto retido no salá-

M

Quem pode ser declarado como dependente Cônjuge ou companheiro do titular: companheiro com quem o contribuinte é casado, tenha filhos ou viva há mais de cinco anos. Filhos e enteados: de até 21 anos de idade, ou com qualquer idade, se for incapacitado física ou mentalmente para trabalhar. Filho ou enteado de até 24 anos, se ainda estiver estudando (ensino superior ou técnico). Irmãos, netos e bisnetos: sem o amparo dos pais, com até 21 anos ou incapacitado para trabalhar, de que o contribuinte tenha a guarda legal. Jovem de até 24 anos, que ainda esteja estudando (ensino superior ou técnico). Pais, avós e bisavós: pessoas que tenham recebido rendimentos tributáveis ou não. Menor pobre: jovens de até 21 anos criados e educados pelo contribuinte, com guarda judicial. Tutelados e curatelados: pessoa incapaz de que o contribuinte seja tutor ou curador.

16 Especial

Sábado, 5 de março de 2011

Um brinde

Os desafios e alegrias de ser Juliana Gelatti

O

ito de março é o Dia Internacional da Mulher e, para celebrá-lo, o Semanário reuniu quatro mulheres de Bento para debater juntas sobre as conquistas e lutas da mulher nos dias de hoje. O que a mulher tem para brindar atualmente? A presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bento Gonçalves, Inês Bettoni; a empresária no ramo da beleza, Maria Glaci Carboni; a comerciante do ramo de colchões, Cátia Nicolao; e a corretora de imóveis e empresária, Janete Zatt compartilharam suas reflexões e esperanças no universo feminino em relação a beleza, trabalho, vida familiar. Jornal Semanário - Quais razões nós temos para brindar? Janete Zatt - Podemos começar brindando que finalmente nós temos uma presidente. No mercado de trabalho, por outro lado, até hoje, a mulher tem uma remuneração menor que a masculina, embora tenha a mesma capacidade para desempenhar as funções que o homem faz. Maria Glaci Carboni - E por que isso? Porque nós trabalhamos com a emoção, com o coração. O homem, não, ele trabalha com a razão. Janete - Alguns trabalhos que precisam de mais minúcia, de cuidado, a mulher desempe-

nha melhor. Então eu brindo à tripla jornada feminina. Em nenhum momento a gente deixa de ser feminina, de cuidar dos filhos, do jardim e da casa, e estudar, estamos aí como mães, enfermeiras, como profissionais liberais, estamos aí. Glaci - Nós somos heroí-

Então eu brindo à tripla jornada feminina Janete Zatt

nas multifuncionais. Cátia Nicolao- A gente custa a se dar por vencida de alguma coisa, né? O homem desiste mais fácil, a mulher é mais persistente. Não existe ‘não, isso não pode’. Eu acho que

Inês Bettoni

ela realiza mais e acaba motivando as pessoas ao redor. Glaci - Se tu tens uma meta para cumprir, quando tu chegas naquele limite, pensa ‘bom, mas eu podia fazer mais um pouquinho’. E tu consegues fazer. Cátia - O único momento que ela desiste de alguma coisa, é por um filho, por um marido, por uma pessoa que ela ama mais do que aquilo. A mulher é capaz de sacrificar-se em prol dos seus queridos. Inês Bettoni - Eu acho que no 8 de março o brinde vai para a mulher do interior, sempre considerada como ‘do lar’, nem direito à aposentadoria ela tinha. Mesmo fazendo tudo, indo pra roça, cuidando dos filhos, do marido, ela não tinha direito a nada. Hoje ela

Maria Glaci Carboni

conquistou direito à aposen- famílias de diversos poderes aquisititadoria, salário maternidade vos, e isso se reflete em todas as sie outros benefícios. Outra tuações. Inês - Onde está a mulher, a estruquestão importante é a autoestima. Fizemos várias pales- tura familiar está mais organizada. Glaci - Eu notei outra coisa, no tratras sobre isso no sindicato. É preciso ressaltar o lado bo- balho, que a mulher, de uns anos pra nito da mulher. As mulheres cá, começou a se valorizar mais, a se hoje começaram cuidar mais, a cuidar da pele, cuidar a ter voz No 8 de março, o brinde vai ativa em para a mulher do interior, casa, a dividir as que não tinha direito a nada situações, a dividir e hoje se valoriza e divide os os negócios com o negócios com o marido marido, então a isso Inês Bettoni tudo eu brindo, porque a mulher do interior sabe da roupa, de si. Não só o valor que ela realmente tem. de classe mais elitizada, Janete – A mulher é muito mas as mais humildes. A classe C e D centralizadora. A mulher de- está se arrumando, se cuidando, estão cide muita coisa. Eu acom- ficando show. Janete - Uma das razões é o alcance panho, pelo meu trabalho,

Especial 17

Sábado, 5 de março de 2011

às mulheres

r mulher em tempo integral TOMAZ DOS SANTOS

Janete Zatt

Cátia Nicolao

da informação, a imagem que a tele- determinadas conquistas– e eu visão, o jornal, as propagandas pas- não estou dizendo conquistas sam, é de que você tem que ser uma amorosas – se impõe que você pessoa bem apresentável, inclusive, tenha determinada postura. pra você conquistar uma posição Por identificação, por aceitamelhor numa carreira, você tem Já se veem os dois, marido que cuidar da e mulher, no pediatra, aparência, dos na escola, mais cabelos, se quer parceiros, sabe? conquistar alguma coisa. Cátia Nicolao Inês - Nós temos que usar palavras bonitas, para estimular. A gente tem que dizer, tem ção e pela vaidade que ser sincera. Temos que dar auto- da mulher, nós temos isso, e podemos alçar mão de artifíestima para as pessoas. cios. Inês - A vaidade e a autoJornal Semanário - É algo natural da mulher querer se cuidar, que- estima estão crescendo no ser rer estar bonita, ou é algo que a so- mulher a cada dia que passa, e eu vejo que nos homens tamciedade pede? Janete - Ambas as coisas. Eu acho bém. O homem também está que já é da natureza feminina e para vaidoso.

Cátia - Eu considero que seja mais por natureza, mesmo de tu querer se cuidar. Porque quando tu é criança, não tem essa consciência e já gosta ou não gosta. É difícil tu ensinar a ser feminina. Glaci - Por exemplo, eu tenho uma cadeira de maquiagem na loja e, seguidamente,a gente coloca um cliente na cadeira. Às vezes a pessoa chega lá meio pra baixo. Tu colocas a cliente na cadeira e faz uma maquiagem. Gente, a alegria que aquelas pessoas saem da loja! Jornal Semanário - O que ainda temos a conquistar? Janete - Tudo aquilo que você tem de bom, vai procurar ampliar e aquilo que você não gosta, as nossas falhas, a

gente vai procurar fazer dife- um lavando e o outro secando. rente. Desafios? Todos os dias Cátia - Em muitos lares está temos. Sonhos novos, às vezes dividida metade a metade a nossos, às vezes que adotamos responsabilidade por prover a dos filhos, dos amigos queri- casa. dos. Quando somos pessoas Inês - Para mim, o maior amorosas, voltadas para a fa- desafio que nós, mulheres, temília, vamos cuidar não só do mos ainda, é confiarmos mais nosso núcleo pequeno, mas em nós mesmas e umas nas de todos, do nosso vizinho de outras. Nós somos críticas de porta. Vai ampliando em esca- nós mesmas. E eu não falo por la. Causando uma espécie de mim, falo pelas mulheres lá corrente do bem. do interior. Que praticamente Cátia - Desafios temos se levantam e não se olham sempre. A cada dia, quando no espelho. Eu falo para elas. levantamos da cama, ao abrir Confie e acredite em si. E cono olho. O que fie na sua tem que mePara as mães vizinha. lhorar ainda sofredoras de mais é essa filhos com carga de funproblemas, ções. A mulher ainda está muito que elas continuem a assoberbada de ter coragem funções que só Glaci Glaci Carboni competem a ela. - Para as Glaci - Eu acho que as cul- mães sofredoras de filhos com padas disso aí somos nós. problemas, que elas continuem a Cátia - Isso é ser mãe, que- ter coragem, que com o carinho remos ser a maezinha do ma- e com a atenção, elas vão resolrido, dos filhos, do vizinho, tu ver o problema dos filhos. Que queres cuidar de todos e quer a coisa mais triste é ter um filho fazer o melhor e não delega com um problema como as drotarefas. Eu acho que essa ge- gas. Então para essas mães, para ração, da minha filha para cá, essas mulheres, nós desejamos já se veem os dois, marido e um feliz dia 8 de março, Dia Inmulher, no pediatra, na escola, ternacional da Mulher. mais parceiros, sabe? reporter6@jornalsemanario.com.br Janete - Os dois na cozinha,

18 Especial

Sábado, 5 de março de 2011

Programação

Data é celebrada na cidade

A Coordenadoria da Mulher tem atividades diversificadas para todo o mês de março, em diferentes lugares do município Juliana Gelatti

A

liada a diversos parceiros, a Coordenadoria da Mulher de Bento organizou um mês de atividades para comemorar o Dia da Mulher. Palestras, eventos artísticos e

intervenções buscam chamar a atenção para a saúde e qualidade de vida da mulher. Durante a semana que passou, os primeiros eventos já foram realizados. Na terça-feira, 1º, foi realizada a solenidade de lançamento

DIVULGAÇÃO

do calendário comemorativo “Construindo um mundo melhor na diversidade”, no salão da prefeitura. No evento, o calendário foi distribuído para as entidades e mulheres fotografadas que estavam presentes. A partir de então, o material está

Confira a Programação para o Mês da Mulher em Bento Dia 4 a 12 de março Exposição de Fotos e entrega de material informativo Horário: 16h às 20h Local: Shopping Bento Realização: IMAMA e Studio 7 Dia 12 de março Oficina: Saúde da Mama Local: Unidade de Saúde Central Horário: 9h Realização: IMAMA Dia 12 de março Saúde Mulher Abertura das UBSs e ESFs para consultas e exames Horário: 8h às 12h Local: unidades de saúde do município Realização: SMS/Saúde da Mulher Dia 18 de março Tudo Vira Cena Peça de Teatro Horário: 20h Local: Teatro do Sesc Realização: SESC-BG

Dia 19 de março Caminhada das mulheres Mulheres e Homens Construindo um mundo Melhor Horário: 9h Local: Saída em frente à Igreja Cristo Rei Realização: Rede de Atenção à Mulher Dia 25 de março Palestra: A Sexualidade Feminina Palestrante: Majdolein Mohamad Chama (ginecologista) Horário: 14h Local: Escola General Bento Gonçalves Realização: Circulo Operário e Parceiros Voluntários

10 de março, na Coordenadoria da Mulher Realização: Rede de Atenção à Mulher Dia 30 de março Palestra Sexualidade Palestrante: Marta Barbosa Horário: 20h Local: Auditório do Hospital Tacchini Realização: Hospital Tacchini Entrada: Gratuita

Dia 26 de março 2º Mulher Show Horário: 14h Local: Casa das Artes. Inscrições: Até o dia

O Lar do Ancião recebeu a “Visita da Alegria” e teve festa de carnaval

sendo distribuído na coordenadoria, gratuitamente. Na quarta-feira, 2, uma comitiva de cerca de 40 pessoas foi a Porto Alegre para acompanhar a premiação do Troféu Mulher Cidadã 2011. Anualmente, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul seleciona sete mulheres, divididas em categorias, para receber a homenagem. Neste ano, duas bento-gonçalvenses foram premiadas e a coordenadoria foi acompanhá-las. A conselheira da Movergs e diretora da Multimóveis, Maristela Longhi, recebeu o prêmio na categoria Profissionalização e Emprego da Mulher. A vereadora Neilene Lunelli Cristofoli foi homenageada na classificação Participação Política da Mulher.

Na quinta-feira, 3, a coordenadoria e voluntárias visitaram o Lar do Ancião. A atividade realizada foi um carnaval com marchinhas tradicionais. Ontem foi aberta a exposição de fotos com entrega de material informativo sobre o câncer de mama, no Shopping Bento. Como o dia 8 de março cai na terça-feira de carnaval, a coordenadoria participará da festa com mensagens de conscientização. Em três clubes da cidade haverá banners com os dizeres “Paz em casa, paz no mundo, paz na folia”. Também serão entregues faixas para a cabeça das cores da campanha com a frase “Paz na folia”. reporter6@jornalsemanario.com.br

ALMIR DUPONT

SANEAMENTO BÁSICO

Borgo recebe obra de R$ 319 mil

A Prefeitura de Bento Gonçalves, através da Secretaria de Viação e Obras Públicas, iniciou no mês de fevereiro, a obra do desvio de rede de esgoto em diversas ruas do bairro Borgo. A obra terá 180 metros quadrados e tem prazo de conclusão de 90 dias, conforme o tempo de clima favorável. A empresa que está trabalhando nas obras é a Monte Duradouro Terraplenagem Ltda. Com valor total da iniciativa de, aproximadamente, R$ 319

Obras dão melhor infraestrutura para o saneamento básico

mil, a secretaria solicita a colaboração da população, pois haverá bloqueio do trânsito durante a realização das melhorias. As próximas obras de saneamento básico que devem ser

realizadas em Bento Gonçalves irão beneficiar os bairros Licorsul (R$ 374 mil), Glória (R$ 13.730 mil), Maria Goretti ( R$ 42.486,98 mil) e Fenavinho (R$ 197.831,05 mil)

Carnaval 19

Sábado, 5 de março de 2011

Fiscalização

Folia mesmo, só no nome

Conselho Tutelar e blocos de carnaval de Bento apresentam medidas para o controle da segurança durante a festa Felipe Zibell

M

enores de idade consumindo bebida alcoólica pelas ruas, blocos de carnaval permitindo o acesso ao álcool, sem levar em conta a idade dos foliões. Arruaça pelas ruas, baderna, confusão. Tudo isso é o que não deve acontecer no carnaval deste ano em Bento Gonçalves. Pensando em definir os rumos da festa em 2011, o Conselho Tutelar da cidade convocou, na terça-feira, 1º, uma reunião com os dirigentes dos blocos, Ministério Público e Brigada Militar, para avaliar as experiências que deram certo, e quais foram os maiores problemas dos carnavais passados. Idade mínima para participar Dentre os principais temas abordados, o consumo de bebidas alcoólicas por menores de idade, parece preocupar, tanto conselheiros tutelares, quanto policias. Segundo a coordenadora do conselho, Isaura Bolezina Zandonai, a presença do Conselho Tutelar é muito importante para manter o controle e fiscalizar, juntamente com a promotoria, a entrada de menores de 16 anos nas festas com bebida liberada. A coordenadora alertou aos integrantes dos blocos que haverá denúncias, por parte do Conselho Tutelar, mas também da comunidade, que colabora para a manutenção da ordem. “As medidas serão tomadas, o conselho vai monitorar todas as festas deste carnaval, circulando pela cidade e acionando a Brigada Militar, se necessário”, destaca. O núcleo do Conselho Tutelar de Bento Gonçalves conta com cinco conselheiros e, por isso, a interação com a sociedade é fundamental. “A responsabilidade é também dos pais, em controlar os filhos. Nos anos anteriores houve casos em que os pais levavam os filhos nos bailes de carnaval infantil e consumiam bebidas alcoólicas.

FELIPE ZIBELL

Isto precisa acabar”, declarou a coordenadora. Para que isso aconteça, durante o debate, ficou decidido que os clubes que realizam bailes de carnaval infantil não podem vender bebidas alcoólicas durante a festa. A idade mínima estabelecida para o ingresso nos clubes, nas noites de carnaval, foi fixada em 14 anos, com autorização dos pais. Nas festas dos blocos de carnaval, a idade limite para o ingresso, continua a mesma do carnaval passado, 16 anos, também com autorização. Segundo o promotor de justiça especializada, Elcio Resmini Meneses, os clubes conseguem realizar um controle mais efetivo de quem ingressa na festa, justificando a permissão a jovens menores de idade. “Esta é a nova realidade. Não podemos presumir que o menor, necessariamente, irá consumir álcool. Ainda assim, a recomendação é de que se proíba a entrada de menores de 14 anos”, explica o promotor. Penalizações Os diretores dos blocos entraram em acordo quanto à venda de bebidas do lado de fora das concentrações. “Nos anos passados, alguns jovens, que não participavam do bloco, compraram e consumiram álcool na rua. Os vendedores ambulantes, muitas vezes sem fiscalização da prefeitura, comercializam a menores de idade e o bloco precisa intervir”, declara Sidnei Postal, um dos diretores do bloco Filhos da mãe. Nestes casos, a recomendação é acionar o Conselho Tutelar. Segundo Moacir Camerini, conselheiro tutelar, a demanda de casos envolvendo menores durante o carnaval é alta e, muitas vezes, a presença do Conselho não consegue coibir os abusos. “Apesar da presença dos conselheiros tutelares identificados com colete ajudar na conscientização, inclusive de pais que tentam entrar com os filhos menores, muitas vezes, quando a polícia ou conselho

Reunião na sede do Conselho Tutelar de Bento procurou definir questões de segurança para o Carnaval

passam, a situação se disfarça”, complementa Camerini. Quanto à responsabilização nestes casos de abuso, o promotor ressalta que, dentro da concentração, a responsabilidade é dos organizadores da festa, que devem responder pela falha. A recomendação geral é que a

conscientização parta da família, e que os blocos reforcem o apelo aos pais, no momento do ingresso. O telefone do plantão 24h do Conselho Tutelar, para denúncias, é 9159 5744. Participaram da reunião na sede do Conselho Tutelar, os diretores dos blocos Vem comigo, Filhos da mãe, UTI,

União do morro e Kamikases; os diretores da Billy – organizadores do Carnabilly – e dos clubes Botafogo, Aliança e Susfa. Acompanhe a atuação da Brigada Militar, durante o carnaval, na página policial. reporter3@jornalsemanario.com.br

20 Dias de folia

Sábado, 5 de março de 2011

FELIPE ZIBELL

É tempo de festa no município Clubes e blocos de Bento iniciaram ontem, 4, as programações de Carnaval Márcia Ferreira

A

cidade de colonização italiana que inspira produções retratando a história dos colonizadores que trouxeram para o Rio Grande do Sul danças típicas, as massas e, principalmente, o vinho, deixa, neste final de semana, um pouco de lado os ares europeus, dan-

do lugar às características tropicais do Brasil. É tempo de Carnaval também em Bento Gonçalves onde, durante quatro dias, o vinho e o espumante cedem um pouco seu espaço para uma bebida alemã adorada pelo brasileiro: a cerveja. Os ritmos são outros e a ordem do momento é a diversão.

E para contentar os mais variados gostos dos foliões, clubes e blocos da cidade se organizaram para proporcionar atividades variadas, reunindo aqueles que curtem a maior festa do Brasil. Para quem deseja fugir da folia, a boa notícia é que os hotéis da cidade prepararam opções de lazer diferenciadas que

União do Morro intensificou ensaios da bateria na última semana

prometem distância da agitação do Carnaval e, garantindo descanso e, ao mesmo tempo, descontração. Para orientar o leitor, a equipe de reportagem do Semanário buscou junto às entidades,

as programações que serão realizadas durante o Carnaval, facilitando a escolha de qual atividade combina mais com o gosto de cada um. redacao@jornalsemanario.com.br

Bannda Nowa no Clube Aliança Diversidade de gêneros no Carnabilly DIVULGAÇÃO

O Clube aliança preparou atividades para adultos e crianças, neste domingo, 6. Com animação da Bannda Nowa, a criançada tem matinê, a partir das 16h. Neste ano, o tradicional concurso de fantasias não será realizado. Para os adultos, a festa começa às 23h, também no domingo, com a Bannda Nowa no salão de festas e DJ Exclusiv na boate. Sócios não pagam ingresso. As entradas serão vendidas na hora e são limitadas. Há reserva

Carnaval infantil no Aliança será amanhã, 6, a partir das 16h

de mesas na área vip. Menores, Outras informações podem ser entre 14 e 16 anos precisam apre- obtidas através do telefone 3055sentar a carteira de identidade. 4588, na secretaria do clube.

Tropical Brass anima festa no Botafogo Tradicional clube de Bento Gonçalves, o Botafogo optou neste ano, por oferecer uma programação diferente aos associados da entidade.

Hoje, 5, a partir das 20h30min, lão de festas do clube e, durante acontece um jantar para casais, a noite, será servido chope aos com carnaval. A animação fica- participantes. rá por conta da Banda Tropical Brass. O evento acontece no sa- Bloco Os Filhos da Mãe Cerca de 1,1 mil pessoas brincam o carnaval no Blocos Filhos DIVULGAÇÃO da Mãe, que mantém a concentração no Clube Botafogo. A festa iniciou ainda na quinta-feira, 3, aberta ao público. Desde ontem, 4, a programação – com som mecânico e DJs – é fechada para os integrantes do grupo. Seguranças garantem a tranquilidade no local. Informações podem ser obtidas no telefone 8115-0575.

O Carnabilly 2011 iniciou ontem, 4, em grande estilo. Armandinho e banda e DJ Fabiano garantiram a festa na primeira noite de folia. Outros nomes também integraram as atrações, representando diversos gêneros musicais para agradar a todos os gostos. De acordo com os organizadores, o sucesso da programação – que atinge o 11º ano – foi tão grande que já no início da semana, os ingressos do primeiro lote, vendidos a R$ 20, estavam esgotados, assim como os passaportes para os três dias de festa. Para atender ao público são oferecidos três ambientes distintos durante a noite, com artistas de gêneros musicais distintos, entre eletrônica, sertanejo, pagode e outros. Hoje, 5, na Tenda Eletric Cir-

cus estarão DJ Fabiano, FatDuo, Pura Cadência, MC Jean Paul e VJ Dany. Na Pista DC3, a diversão fica por conta da Banda Misturadão, DJ Cris e show sertanejo com João Vitor Cassio. Já na Tenda Pirata Bar, o comando fica com o Grupo Doce Mania, Pagode e Malícia e DJ Pirata. Na terça-feira, 8, DJ Fabiano, Puracazuah, DJ Show, MC Jair da Rocha, VJ Dany e Projeto Ccoma passam pela Tenda Eletric Circus. Na Pista DC3 estarão a Banda Misturadão, DJ Claimar e show da Retrato Falado. Na Tenda Pirata Bar, a Banda Jahmin, Tok D’Styllo e DJ Pirata fazem a festa. O Carnabilly é promovido pela Billy Produções, na Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB). Informações pelo telefone 3452-3239.

Carnaval Infantil

Para os pequenos, programação acontece amanhã, 6 e na terça, 8

Para as crianças, as matinês ocorrem a partir das 15h, amanhã, 6, e na terça-feira, 8. A animação será também da Evento é destaque por proporcionar atrações nacionais Banda Tropical Brass.

DIVULGAÇÃO

Carnaval

Sábado, 5 de março de 2011

Alternativa

21 DIVULGAÇÃO

Hotéis oferecem opções diferenciadas

Atrações destacam as culturas gaúcha e italiana também para o público Márcia Ferreira

Q

uem não gosta da folia típica do Carnaval não tem desculpa para ficar em casa assistindo aos desfiles das escolas de samba na TV. Pelo menos, não em Bento. A rede Dall’Onder de Hotéis organizou uma programação diferenciada que não será fechada somente aos hóspe-

des, mas será estendida ao público externo. O “Carnaval de Magia” oferece jantares com espetáculos a partir de R$ 45. Pacotes especiais também estão sendo oferecidos para aqueles que optarem em se hospedar no hotel. Ontem, 4, o grupo Rastros do Tempo apresentou o espetáculo Alma Gaúcha, com números de música e dança. Hoje, 5, a cultu-

ra italiana ganha destaque com o Le Donne Curiose, da trupe de teatro Miseri Coloni, que conta a história de quatro mulheres que pretendem descobrir o que seus maridos fazem reunidos em encontros escondidos. No domingo, 6, a Orquestra do Imigrante – com 30 músicos comandados pelo maestro Astor Jair Dalferth – faz performance apresentando músicas

Orquestra Imigrante é atração amanhã, 6, no Dall’Onder Hotel

de Glenn Mille, Ray Conniff, James Last e Perez Prado. Seis mágicos do grupo Magiarte são a atração da segunda-feira, 7, levando ao público enredos engraçados, trágicos, românticos e poéticos. Na terça-feira, 8, Dia Inter-

Trânsito muda neste feriado Para organizar o fluxo de trânsito durante o feriado de Carnaval, especialmente, nas proximidades da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB) – onde ocorre o Carnabilly – até a próxima terça-feira, 8, o sistema de circulação de veículos será alterado . A medida está valendo desde ontem, 4, e foi anunciada pela Secretaria de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana de Bento Gonçalves, por meio da direção de trânsito. Na rua José Giordani houve estreitamento de pista com cones para redução de velocidade, em dois trechos. Também

DIVULGAÇÃO

foram feitos bloqueios parciais de meia pista na mesma via, visando a melhor fluidez do trânsito e a segurança de motoristas e pedestres. A partir do cruzamento da rua Alfeo Torriani – continuação da José Giordani – com a rua Márcia Rita Carraro, o bloqueio é total, na entrada da AABB. Os pontos de táxi estão localizados nas ruas Alfeo Torriani e Márcia Rita Carraro. O trânsito segue em sentido único para o acesso ao local. Agentes do DMT fazem a orientação e monitoram o trânsito. Mais informações pelo fone 153. Alterações ocorrem nas proximidades da AABB

Confira os horários de atendimento no Carnaval Bancos – Todas as agências bancárias fecharam ontem, 4, e retomam o atendimento ao público na próxima quarta-feira, 9, às 12h, conforme determinação da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). No Banrisul, o atendimento inicia às 11h da quarta-feira, 9. Correios – Retoma o atendimento na quarta-feira, 9, das 12h às 17h30min. INSS – Atendimento na quarta-feira, 9, das 14h às 17h. Lotéricas – Hoje, 5, funcionam até às 19h. Abrirão somente na quarta-feira, 9. Prefeitura – Atende na quarta-feira, 9, das 8h às 11h45min e das 13h30min às 17h45min. Supermercados – Apolo funcionará em horário normal hoje, 5, e na segunda-feira, 7. Na terça-feira, 8, as lojas abrirão às 14h. A filial 2, da rua Saldanha Marinho estará fechada na segunda-feira, 7, e na terça-feira, 8. As lojas do Imec funcionarão em horário normal, durante todo o feriado.

Shopping Bento – Funcionará na segunda, 7, na terça, 8, e na quarta, 9, em horário de domingo: das 11h às 22h, para a praça de alimentação, e das 14h às 20h, para as lojas. Hoje, 5, e amanhã, 6, o atendimento é normal. L’América Shopping – De segunda-feira, 7, à quarta-feira, 9, funcionará das 14h às 20h, para as lojas, e das 10h às 22h, para praça de alimentação e serviços.

40 mil preservativos distribuídos O Serviço de Atendimento Especializado (SAE) e Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) da Secretaria Municipal de Bento Gonçalves distribuiu durante a Campanha do Ministério da Saúde – “Com essa roupa eu vou. Vista-se, use sempre camisinha” – 40 mil preservativos para representantes de clubes e blocos e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município. Também foram entregues mais de 10 mil folhetos, com orientações sobre sexo seguro, doenças sexualmente transmissíveis e outras informações.

nacional da Mulher, acontece o Spa Day, com atividades para as mulheres, como sauna, hidroginástica e massagem, a partir das 16h. Mais informações no telefone 3455-3555. redacao@jornalsemanario.com.br

Concurso de fantasias no Susfa As crianças têm opções garantidas para não deixar o Carnaval passar em branco neste ano. No Susfa serão realizados bailes infantis amanhã, 6, e na terça-feira, 8, a partir das 15h. Em ambas as matinês haverá a escolha da melhor fantasia, com premiações até oito anos e de oito a 14 anos. Outra atração é a venda de confetes, serpentinas e espumas. A idade limite para o evento é 14 anos Mais informações podem ser obtidas no telefone 34521597, na secretaria do clube.

Matinê no Caça e Pesca Filhos de associados e crianças convidadas podem participar na terça-feira, 8, das 15h às 19h, do Carnaval Infantil do Clube Caça e Pesca. A animação será com som mecânico. Outras informações no telefone 3464-7226.

22

Bairros

Sábado, 5 de março de 2011

COMUNIDADE Noemir Leitão

narleitao@gmail.com

Jantar festivo

Ocorrerá dia 18 deste mês, o jantar festivo que homenageará os festeiros de Santo Antonio edição 2010, e os jubilados que fizeram, nos últimos 25 anos, o grande evento em honra ao padroeiro de Bento Gonçalves. Um excelente cardápio está sendo programado para este dia, com a presença dos atuais festeiros, que são seis casais. O evento será no salão paroquial, com início às 20h.

Carnaval com brilho

Foi o que ocorreu com a grande festa momesca, o Bento Folia, no domingo, 27 de fevereiro, no estádio da Montanha, na avenida Osvaldo Aranha. Apresentações, shows de escolas de samba e a presença de um grande público que, teve ainda, a contribuição do clima. Cumprimentos à UACB, promotora do evento, e à prefeitura que apoiou esta festa, dando início ao carnaval na cidade.

Clubes na folia

Muitos clubes da cidade estão se preparando para receber os foliões nas noitadas carnavalescas nestas noites de muita animação. Mas, não é somente na cidade. Nos clubes do interior também teremos atrações. O Pedro Rossi, da Bombonera, me disse que hoje, 5, e na segunda-feira, 7, teremos ótimas atrações, como as bandas Rota Luminosas e Alma Nova, e chope liberado. É só aproveitar.

Chá das Zeladoras

Recebi também a informação do festeiro Hermes Buffon que, no dia 27 deste mês, haverá o tradicional chá das zeladoras, no Salão Paroquial Santo Antonio. Este evento está inserido na programação da festa do padroeiro, e será mais uma atração para que a comunidade possa desfrutar. O trabalho bem organizado dos festeiros deste ano já iniciou, dando sequência às atividades que, anualmente, são destaques dentro da festa maior da nossa cidade.

São Roque

Ainda não temos a confirmação dos festeiros deste ano, sobre a programação em honra aos padroeiros São Roque e São Gotardo. Mas, com certeza, os casais que serão responsáveis em conduzir o evento terão a incumbência de organizar as atividades que farão parte da festa, em agosto. Em breve teremos novidades da equipe desta paróquia que cresce na cidade.

Educação

Escola Tancredo abre ano letivo com show Apresentações animaram o primeiro dia de aula dos mais de 300 alunos

A

DIVULGAÇÃO

Bettina Schünke

Escola Municipal de Ensino Fundamental Doutor Tancredo de Almeida Neves , localizada no bairro São Vendelino, iniciou o ano letivo, no dia 21 de fevereiro, com uma proposta cultural. Professores e alunos do turno da manhã assistiram a uma apresentação do poeta, pajador e declamador, Pedro Júnior da Fontoura, e do cantor, Alemão Velharia. A dupla apresentou o show “Do Pampa à Amazônia”, levando alunos e professores a um passeio pela poesia e música popular brasileira. Já no turno da tarde, a apresentação artística ficou a cargo dos dançarinos do Studio de Danças Aline Kirinus, que apresentaram diversos ritmos de dança. Segundo a diretora da escola, Stael Invernizzi, foram realizadas várias reformas na instituição durante o período de férias escolares. Pintura do pátio e do parquinho, ampliação da cozinha, reforma dos banheiros, aquisição de armários para as salas de aula e equipamentos foram algumas

Alunos assistiram a apresentações culturais no primeiro dia de aula

das melhorias feitas. Foram comprados também novos aparelhos de som, materiais para educação física e a montagem de uma sala de aula para práticas pedagógicas, onde os professores poderão realizar aulas práticas referentes aos temas abordados em sala. A biblioteca também foi reformada. Estantes novas foram adquiridas e criou-se o espaço da leitura, com o objetivo de estimular o gosto pela leitura.

No dia 10 de março, a escola completará 29 anos e, para comemorar a data, o Conselho de Pais e Mestres, a equipe diretiva, professores e os funcionários da entidade estarão promovendo, no dia 9 de abril, um jantar dançante, no salão da Comunidade São João. Os ingressos custam R$ 25 para adulto, e R$ 12 o infantil, e estão à venda na escola. bairros@jornalsemanario.com.br

BOTAFOGO

Acidentes preocupam moradores Os frequentes acidentes envolvendo carros e motos na Rua Vitório Carraro, localizada no bairro Botafogo, têm deixado os moradores preocupados.

Segundo Gilberto Dilda, morador da região há oito anos, desde que colocaram asfalto na rua a situação piorou, pois os veículos descem e sobem a rua BETTINA SCHÜNKE

Motoristas não respeitam a sinalização na Rua Vitório Carraro

em alta velocidade. “Os motoristas não respeitam a velocidade. Deveria ter mais fiscalização aqui”, sugere Dilda. Delvino Cassol disse que a esquina com a Rua Domênico Zanetti é o local onde ocorrem o maior número de acidentes. “Tem apenas um quebra-molas na rua, e que está no lugar errado. Os veículos passam correndo”, conta Cassol, morador há 30 anos. Segundo a secretaria de Gestão Integrada e Mobilidade Urbana ocorrem, em média, 5 acidentes por mês na rua. “Fizemos um estudo para instalação de lombadas eletrônicas, Estamos esperando o aval do Ministério Público”, disse Pedro Soliman, gerente de trânsito do órgão.

Bairros

Sábado, 5 de março de 2011

23

Medianeira

Atenção redobrada na RST-470 Perigo na pista exige atenção e cuidados especiais de pedestres que usam com frequência a rodovia, especialmente crianças Noemir Leitão

P

ara quem quer deslocar-se até o bairro Medianeira, a pé, é necessário enfrentar um drama quase todos os dias. A RST-470, considerada uma das rodovias mais perigosas da região, exige atenção redobrada na hora de cruzar a via. Isso acontece porque não há como descer da rua Refatti – no bairro Maria Goretti – ou mesmo vir de outro local, sem ter que passar por este desafio. As faixas de segurança estão apagadas e muitos acidentes ocorreram em virtude da imprudência dos motoristas, e também do descuido dos pedestres. Mas o que mais indigna os moradores é o descaso, não só por parte dos órgãos públicos, como da empresa responsável pela manutenção da rodovia. Esta é a reclamação da moradora Leodir Barbosa, 66 anos, que sempre residiu no bairro. Ela conta que seus dois irmãos e o filho morreram no local.

“Tudo podia ter sido evitado, mas ninguém se importa com as pessoas que moram no Medianeira, simplesmente, esquecem que aqui há trabalhadores e famílias que precisam de segurança no trânsito. Essa rodovia é o maior perigo para todos nós”, completa. A moradora ressalta, ainda, que tem os dois netos pequenos e, que eles, assim como outras crianças precisam deslocar-se para ir à escola e não há outro caminho. Uma passarela já foi revindicada diversas vezes, porém, a secretaria de Obras e o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) – que já realizaram estudos técnicos de estruturação – afirmam ser inviável a construção porque os gastos seriam enormes, mas sugerem a reforma na faixa de segurança e, até mesmo, a instalação de semáforos para controlar a velocidade dos veículos e facilitar a passagem dos pedestres. narleitao@gmail.com.br

NOEMIR LEITÃO

A travessia da rodovia representa extremo perigo para os moradores da comunidade do Medianeira

24 Interior

Sábado, 5 de março de 2011

Acervo

Memória que resgata a força Museu localizado no Vale dos Vinhedos reúne peças históricas dentro de casa com mais de 80 anos FOTOS RAQUEL FRONZA

Raquel Fronza

A

imigração italiana contada através de objetos inseridos em uma residência com mais de 80 anos. Assim podemos definir o Museu Familiar Tasca, localizado no Vale dos Vinhedos, em Monte Belo do Sul, onde centenas de peças são resgatadas e mantidas para visitação e acervo particular, impressionando os turistas que passam por lá, e deixam suas impressões. Os Tasca chegaram ao Brasil em 1929 e, a casa em que o museu está localizado, é a terceira tentativa de moradia que a família fez, construída pelo bisavô de Décio, que sabe narrar cada lembrança presente. Ao lado da residência, cerca de três hectares de uva compõem o cenário tipicamente italiano, onde a família utiliza os vinhedos para a produção de suco e geleias, herança que os bisavós deixaram para a geração, iniciando pelo vinho, e optando pela bebida sem álcool. “Pela produção de uva orgânica e pela qualidade do suco”, justifica Décio. Originários de Vicenza, a trajetória da família se confunde a da imigração italiana, chegando ao Brasil em busca da terra prometida. “Naquela época, eram tempos de extrema miséria para o trabalhador italiano. Vieram à América procurando fartura, e fizeram daqui sua casa”. Mais de cem pessoas viveram no prédio onde funciona o museu. Diva Tasca, da quarta geração da família e já falecida, foi quem orga-

Décio Tasca mostra o baú que transportou a bagagem da Itália ao Brasil no ano de 1929

nizou e idealizou o acervo. “A forma com que a casa foi projetada também foi extremamente pensada, através do conhecimento milenar que o imigrante possuía. Os quartos nos andares superiores, com maior circulação de ar e facilitando o clima para temperaturas mais suaves, são uma demonstração disso”. Conforme Décio, a residência foi construída com materiais que puderam ser encontrados na época em abundância, como madeira e pedras, estas que, aliás, comportam a cantina familiar. Um baú carregou tudo o que a família poderia transportar ao Brasil. Originário de muito an-

Cerca de 100 pessoas já residiram na antiga casa

tes de 1929, a peça rara está em exposição no museu, junto a outras valiosas heranças deixadas pela tradição. Máquinas antigas como aparelhos de plantar milho, matar formigas, panelas de ferro e barro, fogão à lenha e outros utensílios fizeram parte da história do imigrante, que Décio ressalta a matéria-prima para o sustento desta trajetória. “A polenta. Foi o que manteve o imigrante em pé, já que era encontrado milho por todo local”, relembrou. Entretanto, na cozinha, o único auxílio que o homem poderia fornecer à esposa eram atividades que exigiam força, como por exemplo, a confecção do espaguete, feito em casa, com um aparelho específico construído pelos maridos. A maturidade é a característica mais visível dos turistas que chegam ao museu, afirma Décio. Ele conta que estar em meio a tanta história o faz entender que não “caiu de paraquedas no mundo”, e que somente valorizou esta herança após os 30 anos, quando amadureceu. Sem foco comercial, o local está em visitação diariamente, de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h. Sábados e feriados, das 10h às 18h, e aos domingos das 10h às 17h.

Pai Nosso A religião sempre esteve presente na rotina do italiano, e está representada com um presépio à moda antiga: ao invés de arranjos natalinos, santinhas e lembranças de religiosos estavam penduradas na árvore, com um prato de farinha de polenta ao lado. O motivo do alimento estar próximo ao presépio, Décio explica: “É para o burrinho que acompanhava Jesus parar e comer”. O presente que Tasca recebeu de Natal, em 1952, também se mantém intacto: uma bicicleta, que mede, aproximadamente, 50cm. Futebol em 1958 A Copa do Mundo de 1958 ainda emociona Décio. Ele conta que, através de um rádio, trazido de segunda mão e movido à energia elétrica – já presente na linha Santo Isidoro, de Monte Belo – o pai acompanhou a final da competição. Quando o Brasil ganhou, a forma com que a família transmitiu o resultado faz com que Décio mareje os olhos: “Meu pai atirou com uma espingarda diversas vezes. Os vizinhos responderam com mais tiros, e comemoram juntos”. regional@jornalsemanario.com.br

Sábado, 5 de março de 2011

Acesse:

www.

jornal semanario

.com.br

e fique por dentro das notícias atualizadas da sua região

Publicações Legais

25

26 Polícia PLANTÃO Ladrão de carros preso em flagrante Por volta das 18h da segundafeira, 28, a Brigada Militar recebeu uma ligação da vitima, informando que na rua Giacomo Baccin, bairro São Roque, um individuo de moleton amarelo, calça jeans e estatura média, havia roubado o seu veículo Fiat Strada, e fugido do local. O proprietário não sabia informar se o individuo estava armado, mas indicou a direção que o assaltante fugiu com o veículo. A BM localizou o carro abandonado na rua João Camerini, bairro Cembranel. Populares informaram aos policiais que o individuo havia se escondido em um matagal próximo de onde o Strada estava abandonado. Durante as buscas, a BM abordou um sujeito com as mesmas características descritas anteriormente, que tentou fugir, mas foi perseguido e detido. O acusado foi conduzido ao PA 24 horas e, posteriormente, à Delegacia de Policia, para registro do flagrante. O veículo foi recolhido, e nenhuma arma de fogo foi localizada.

Ladrões limpam contas bancárias Um empresário e um comerciante de Bento Gonçalves foram vítimas de estelionatários e tiveram suas contas bancárias assaltadas. O comerciante, de 36 anos, verificou o crime quando acessou a conta, via internet, e percebeu que todo o saldo havia sido retirado, sem sua autorização. Já o empresário, de 42 anos, relata que estava realizando transferência para um funcionário da empresa, quando percebeu algo anormal no gerenciador financeiro do banco. O processo pedia a reconfirmação da chave de acesso à conta, fato que pode ter ocasionado a captura dos dados. Da conta da empresa foram subtraídos R$ 45 mil.

Foragido capturado no Planalto No domingo, 27 de fevereiro, às 3h50min, uma viatura da Brigada Militar deslocou-se à rua Henri Hugo Dreher, bairro Planalto, para socorrer um individuo caído na calçada, com sangramento na cabeça. O sujeito constava no sistema da polícia como foragido. A BM entrou em contato com a ambulância e deslou-se com o mesmo ao hospital Tacchini, onde o suspeito permaneceu sob escolta da Brigada Militar.

Sábado, 5 de março de 2011

Segurança no Carnaval

Operação policial no feriado Brigada Militar e Batalhão da Polícia Rodoviária contarão com cinco bafômetros para conter excessos Felipe Zibell

A Brigada Militar de Bento Gonçalves promete colocar na rua todo o efetivo da corporação durante as festas de carnaval. Segundo o comandante do 3º Batalhão de Áreas Turísticas (Bpat), capitão Reni Onírio Zdruikoski, a BM vai atuar em operações preventivas, desde o trânsito e deslocamento dos foliões, até às concentrações dos blocos e, depois, aos bares e bailes de carnaval. “Agiremos na chegada e saída dos blocos. O nosso trabalho é mais enérgico e quando a Brigada é acionada, é porque alguma etapa, desde a organização à segurança da festa, saiu errada”, garante o comandante. Apesar de contar com todo o efetivo da BM disponível, o carnaval é uma festa que preo-

cupa a Polícia. “Nesta época do ano, a Brigada não pode contar com reforços, porque toda cidade festeja o Carnaval e, geralmente, a demanda é grande, entre casos de acidentes e perturbação do sossego”, afirma o capitão Zdruikoski. A BM contará com três bafômetros que devem ser utilizados para manter a ordem nas proximidades das festas e concentrações dos blocos. Segundo informações da polícia rodoviária, o Batalhão de Bento Gonçalves deve atuar com mais ênfase no início e no final das festas. Três viaturas estarão à disposição, com mais dois bafômetros e dois radares instalados, para tentar evitar mortes no feriadão. O comandante Zdruikoski, do 3º Bpat, fez um apelo aos foliões: “O pedido é que as

FELIPE ZIBELL

Segurança foi tema de reunião entre a BM e o Conselho Tutelar

pessoas controlem no consu- e a BM estará atuando efetivamo de bebida alcoólica e, de mente nas ruas de Bento Gonmaneira alguma, combinem di- çalves”, finalizou. reção e bebida, porque a penalidade para estes casos é pesada reporter3@jornalsemanario.com.br

COMANDO GERAL DA BM

Brigada Militar solicita mais 40 soldados Felipe Zibell

O 3º Batalhão de Áreas Turísticas (3ºBpat) de Bento Gonçalves recebeu a visita do comandante-geral da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, coronel Sérgio Roberto de Abreu. A visita à cidade durou dois dias, e teve vários objetivos. Dentre eles, divulgar as tratativas junto ao governo estadual a respeito das necessidades materiais e de recursos humanos da Brigada Militar, e escutar as reivindicações da BM de Bento Gonçalves, que solicita a incorporação de mais 40 soldados. Segundo o comandante interino do 3º Bpat, major José Paulo Marinho, o projeto que cria três mil novas vagas para o curso de soldados da Brigada Militar já foi aprovado durante a vigência do último governo estadual. “Destas três mil vagas, o comando do 3º Bpat requer, pelo menos, uma turma composta por 40 alunos, que realizariam o curso no município e ficariam lotados em Ben-

to Gonçalves, aumentando o efetivo do batalhão”, afirma o comandante. No entanto, a realização do curso e a criação das vagas ainda não foram liberadas. Segundo informações do major Marinho, o comandante-geral da BM está intercedendo junto ao governo atual do Estado, buscando a aprovação das vagas, ainda sem data prevista. A última turma de soldados formados em Bento Gonçalves foi no ano passado. Dois grupos foram efetivados, mas mesmo assim, faltam 37 homens para completar o quadro ideal do 3º Bpat, que deveria comportar 146 policiais militares. A visita do comandante-geral teve, ainda, o objetivo de prestigiar a despedida do tenentecoronel Mereb, ex-comandante do 3º Bpat, atual chefe de gabinete do comando geral, em Porto Alegre. As visitas incluiram pontos turísticos da região, gabinetes de políticos e empresas do município. De acordo com o major

DIVULGAÇÃO

Comandante-geral da BM esteve em visita a Bento Gonçalves

Marinho, o comandante geral da BM pode perceber o trabalho que se desenvolve na questão de segurança pública em Bento Gonçalves, e na região – já que a cidade é candidata a sub-sede da Copa do Mundo de futebol – e saiu bastante satisfeito com o trabalho que vem sendo desenvolvido”, destacou o comandante do 3º Bpat. Durante a visita do comandante-geral da BM, coronel

Abreu, mais de 40 oficiais da serra estiveram em Bento Gonçalves, incluindo o comandante regional da serra, coronel Barros. Em abril, deve haver promoções na Brigada Militar e um novo tenente-coronel será designado para assumir o comando do 3º Bpat, em Bento Gonçalves. reporter3@jornalsemanario.com.br

Polícia

Sábado, 5 de março de 2011

Polícia Civil

PLANTÃO

Novas viaturas foram recebidas Cerimônia de entrega aconteceu em Porto Alegre, na quarta-feira, 2, e distribuiu mais de 120 carros Felipe Zibell

A

Polícia Civil de Bento Gonçalves recebeu, nesta semana, as viaturas esperadas desde o ano passado. A entrega foi realizada pela Secretaria da Segurança Pública do Rio Grande do Sul, na manhã da quarta-feira, 2, em Porto Alegre. Os veículos foram entregues para as Delegacias Regionais da Polícia Civil, conforme a demanda registrada pela Consulta Popular de 2009/2010.

FELIPE ZIBELL

O chefe da Polícia Civil no Estado, delegado Ranolfo Vieira Júnior, destacou a importância da mobilização popular nos processos de aquisição de viaturas e equipamentos, o que mostra uma integração entre a polícia e a sociedade. A Ford Ranger, equipada com cela para transporte de presos, teve custo estimado em R$ 120 mil, e será usada pelo 2º Distrito Policial de Bento. reporter3@jornalsemanario.com.br

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

hematomas. O fato teria acontecido na presença da filha, de 8 anos. Os envolvidos residem no bairro São Roque. Ainda, por volta das 21h30min, uma copeira, de 36 anos, voltou a ser importunada pelo companheiro, no bairro Glória. Menos de uma semana atrás, em audiência, o acusado por lesão corporal foi encaminhado ao Centro de Atenção Psicossocial (Caps), devido ao uso de álcool e drogas. A vítima relata que o acusado teria voltado a beber, usar drogas e a ameaçá-la. Na segunda-feira que passou, o homem a agrediu verbalmente e ameaçou espancá-la. Os filhos da comunicante – menores de idade –teriam presenciado as cenas. A mulher requereu medidas protetivas junto à polícia. Na quinta-feira, 3, uma mulher, no bairro Aparecida, queixou-se de ter sido agredida pelo ex-namorado e um amigo. Ambos foram localizados e conduzidos à delegacia.

Caxias A Polícia Federal de Caxias do Sul desarticulou uma quadrilha que comercializava dinheiro falso. Os agentes apreenderam cerca de mil notas e equipamentos usados na prática do golpe, como material para impressão e papel especial. Depois de 38 dias de investigação, na manhã da quinta-feira, 3, policiais cumpriram os mandados de busca e prisão em Caxias, Arroio do Sal e Paranavaí, no Paraná. Cinco pessoas foram presas. A maior parte das notas falsas apreendidas é da nova cédula de R$ 50, ainda pouco conhecida.

Farroupilha Nova viatura deve ser utilizada em operações policiais e investigação

HOMICÍDIO

Homem foi morto Três registros de agressão na segunda com facada no peito O primeiro caso foi registrado na segunda-feira, 28 de fevereiro, às 8h. O indiciado, de 28 anos, foi preso em flagrante pela Brigada Militar, quando teria agredido fisicamente a companheira, de 29 anos, no meio da rua, causando lesões corporais. A agressão aconteceu na rua Iraci Foppa, bairro São Vedelino. Pouco depois, perto do meio-dia, a vítima, uma doméstica de 28 anos, relata que estava em sua casa, falando ao telefone, devido à separação do companheiro. Relata, ainda, que já vinha sofrendo agressões há mais de três anos. Mesmo a intimação do companheiro, em outra oportunidade, não o impediu de continuar agressivo. A mulher relata que o acusado teria arremessado o controle da televisão no seu rosto, a agarrado pelos cabelos e jogado contra a pia do banheiro. Como resultado da agressão, a comunicante apresentava escoriações no cotovelo direito e

27

Na noite da quinta-feira, 3, por volta das 21h, Marcos Alexandre Varini, 30 anos, foi assassinado com uma facada abaixo da clavícula esquerda em Bento Gonçalves. Quando a polícia chegou ao local, na rua Livramento, bairro Juventude, a vítima já havia sido levada, in-

consciente, ao hospital Tacchini, pelo Corpo de Bombeiros. Segundo o delegado de Polícia Civil, Leônidas Reis, que esteve no local, a vítima – moradora do bairro Zatt – atendia pelo apelido de padeiro, e tinha passagens pela polícia, oito delas por furto.

INSEGURANÇA

Veículo furtado é achado no dia seguinte Foi encontrado, na terça-feira, 1º, um veículo abandonado em uma estrada sem saída, na altura do km 211, da RST-470. Uma viatura da Brigada Militar deslocou-se ao local, por volta das 15h30min, através de uma denúncia, e constatou que o veículo Fiat Tempra, placas IHF8498, de Bento Gonçalves, estava abandonado, sem as quatro rodas, estepe e bateria. Ao consultar o sistema informatizado, a BM identificou o carro como objeto de furto. O crime havia

sido registrado na Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA) da Polícia Civil, no mesmo dia, às 10h. O veículo foi furtado na garagem do edifício onde reside o proprietário, no intervalo entre às 22h e 8h da noite anterior, na rua José Mario Mônaco, no centro de Bento Gonçalves. O proprietário, farmacêutico, de 70 anos, relatou que não percebeu qualquer arrombamento no portão. A garagem do prédio possui câmeras de monitoramento.

O motorista de um caminhão Ford Cargo foi sequestrado na quinta-feira, 3, por volta das 5h, na linha Julieta. O condutor trafegava no sentido Farroupilha/ Caxias, quando foi surpreendido por um Vectra preto. Os assaltantes estavam armados e obrigaram o motorista do caminhão a entrar no carro. Depois de 40 minutos, com uma venda na cabeça, o homem foi liberado, sem lesões, no bairro Monte Pascoal, em Farroupilha. Além do caminhão, os assaltantes ainda levaram cerca de R$ 500 e celular.

Vacaria Um homem de 44 anos foi preso por pedofilia, na manhã da quinta-feira, 3, no bairro Borges em Vacaria. O homem foi flagrado praticando ato sexual com um menino de sete anos. A Brigada Militar atendeu ao chamado. A criança teria confirmado, durante o depoimento, ter sido abusada. Junto com o acusado foi apreendida uma bolsa com mais de 30 balas, que seriam usadas para atrair as crianças. Para a polícia, este seria um indicativo de que o homem poderia ter praticado o crime em outras oportunidades. Três testemunhas confirmaram a cena. O homem foi preso em flagrante e responderá por estupro de menor.

28 Geral / Obituário Dengue

Sábado, 5 de março de 2011

Faleceram em Bento

Nenhum caso em Bento Estatística é resultado das ações de combate ao mosquito transmissor da doença, o aedes aegypti Eveline Poncio

O

estado de alerta contra a dengue permanece em tempo integral, principalmente, durante o verão quando, devido ao calor e à ocorrência de chuvas, o período se torna mais propício à reprodução do mosquito transmissor da doença, o aedes aegypti. Em Bento Gonçalves as ações de combate foram intensificadas na última semana, com a instalação e monitoramento de, aproximadamente, 180 armadilhas para o mosquito. As atividades coordenadas

pela secretaria municipal de Saúde, através do setor de Vigilância Ambiental, tem ação principal nos bairros de Bento Gonçalves, onde já foram encontrados focos do mosquito. Em 2010, as incidências do aedes aegypti foram registradas nos bairros Maria Goretti, Vila Nova, Cidade Alta e Centro. Já desde o início deste ano foram encontrados focos do mosquito nos bairros Borgo, Progresso e Vila Nova.

do monitoramento das mais de 180 armadilhas instaladas na zona urbana do município – sobretudo em pontos estratégicos da cidade –, está sendo feita também a inspeção em locais que são considerados possíveis focos de reprodução do mosquito, como cemitérios, rodoviária, borracharias e terrenos baldios, quinzenalmente. Os dispositivos são feitos em pneus cortados ao meio, pendurados a 80 centímetros do chão, onde as equipes deCasos positam água limpa. Uma vez De acordo com informações por semana, cada uma das da secretaria de Saúde, além armadilhas distribuídas nos bairros é vistoriada com o objetivo de constatar se houve ou não o aparecimento de larvas do vetor. Casos da doença Nos últimos dois anos, Bento Gonçalves ainda não registrou nenhum caso autóctone da doença, que tivesse sido contraído no município. Em 2010, dos quatro casos confirmados da enfermidade, todos foram adquiridos fora do Estado, sendo chamados de importados. Em 2011, nenhum caso da doença foi confirmado. Cuidados A principal forma de evitar a proliferação do aedes aegypti é não deixar água parada depositada em locais que propi-

ciem a procriação das larvas. Manter potinhos de flor com areia e caixas de água tampada impedem que a dengue seja transmitida. Sobre os cuidados em caso de suspeita da doença, o setor de Vigilância Ambiental orienta a população a não fazer o uso de automedicação, principalmente, medicamentos que contenham acidoacetilsalicílico, e procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima, para orientação médica. Sobre a doença A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido às pessoas através da picada do mosquito aedes aegypti. Este vetor também é responsável pela transmissão da febre amarela, no seu ciclo urbano. As 180 armadilhas espalhadas na cidade são vistoriadas, semanalmente, para a coleta de larvas do mosquito e envio para laboratório. Assim, a secretaria da Saúde, através da Vigilância Ambiental, pode saber quais espécies de mosquito estão presentes na cidade. Em caso de existência de algum foco, toda a área do entorno é trabalhada para a verificação de outras incidências. reporter2@jornalsemanario.com.br

VERONICA PERUZZO, no dia 23 de Fevereiro de 2011. Natural de Fagundes Varela RS, era filha de João Peruzzo e Angela Bertolini Peruzzo e tinha 62 anos. JORGE LANCINI, no dia 24 de Fevereiro de 2011. Natural de Nova Araça RS, era filho de Luiz Lancini e Idelça Rosa Franzosi Lancini e tinha 54 anos. ENIO POSSER, no dia 25 de Fevereiro de 2011. Natural de Getúlio Vargas RS, era filho de Felisberto Posser e Santa Mazutti Posser e tinha 60 anos. JOÃO ANTONIO DE PAULA BORGES, no dia 25 de Fevereiro de 2011. Natural de Concórdia SC, era filho de Francisco de Paula Borges e Gemma Domingas Prezotto de Paula Borges e tinha 49 anos. EMILIA DOMINGAS MENONCIN TOMASI, no dia 25 de Fevereiro de 2011. Natural deste município, era filha de Bortolo Menoncin e Elizabeth Todeschini Menoncin e tinha 96 anos. ANTONIO ZIMKE, no dia 28 de Fevereiro de 2011. Natural de Roca Sales RS, era filho de Lina Zimke e tinha 94 anos. DIVA LIBERA PEDERSINI SBERSE, no dia 28 de Fevereiro de 2011. Natural de Guaporé RS, era filha de Pedro Pedersini e Maria Dallabona e tinha 71 anos. GUIDO PICHLER, no dia 27 de Fevereiro de 2011. Natural de Erechim RS, era filho de Alfredo Pichler e Maria Pichler e tinha 58 anos. VICTORIA BINOTTE MOTTA, no dia 25 de Fevereiro de 2011. Natural deste município, era filha de Rudinei Motta e Marta Juliana da Silva Binotte e tinha 1 dia. THERESINHA TOMAZELI PERUZZO no dia 28 de Fevereiro de 2011. Natural de Guaporé RS, era filha de Antonio Tomazeli e Maria Bressan e tinha 72 anos. NELSON LUIS FEDRIZZI, no dia 02 de Março de 2011. Natural deste município, era filho de Guilherme Fedrizzi e Adelina Dalla Pozza Fedrizzi e tinha 74 anos. WALDEMAR SCHEUER, no dia 02 de Março de 2011. Natural de Chapada RS, era filho de Aciso Scheuer e Leonilda Scheuer e tinha 47 anos.

Esportes

Sábado, 5 de março de 2011

29

Estreia na Segundona

Avião alviazul decolando

Esportivo goleia o Guarany de Camaquã por 3 a 0, no Montanha dos Vinhedos, e abre competição na liderança do grupo GUSTAVO BOTTEGA

Gustavo Bottega

Ficha técnica

O

s ventos do Montanha estão a favor do Esportivo. Assim foi na noite da quarta-feira, 2, na estreia da Segundona 2011. A equipe alviazul aplicou um convincente 3 a 0 no Guarany, de Camaquã, enchendo o torcedor de esperança para retornar à elite do futebol gaúcho. A caminhada, com os dois pés no chão, começou confiante. E foi viajando pelo ar que a bola chegou às redes adversárias – os três gols vieram de bolas paradas, alçadas na área. “Essa será a tônica da Segundona”, já dizia o técnico, Paulo Henrique Marques, no intervalo, quando a equipe fazia 2 a 0 no Guarany. O Esportivo levou susto no primeiro tempo em, pelo menos, quatro chances do time visitante. Mas o fato do dia foi a fragilidade da defesa adversária. Aos 14 minutos, Zeferino cobrou escanteio, a bola foi desviada de cabeça e sobrou no segundo pau para o zagueiro Renato Benatti, que só arrematou para o fundo do gol. E o garçom Zeferino repetiu a dose, num lance parecido. Aos 42, cobrou falta e, novamente, a zaga do Guarany falhou, e a bola caiu no pé de Diego Eli, que bateu cruzado no canto esquerdo do goleiro. Tudo da-

3 Esportivo

João Cléber fechou a conta marcando o terceiro gol alviazul, aos 47 do segundo tempo, no Montanha

va certo para o alviazul. Na segunda etapa, o Esportivo voltou mais incisivo e a zaga mais bem postada. Roan, Ortolan, Navarini e Renato garantiram a segurança atrás. O Guarany já nem representava mais perigo ao gol de Thales. E o alviazul partiu para cima e acumulou chances ainda, com a expulsão de um jogador do time visitante. Éder Ceccon, visivelmente fora de ritmo – devido a uma lesão que o deixou fora dos treinamentos por duas semanas – não foi poupado pela torcida e foi substituído em meio a vaias e aplausos – saiu des-

contente de campo. Na frente, os destaques foram Zeferino e João Cléber, que transformaram o 4-5-1 num 4-3-3. E foi de João o terceiro gol aos 47, também originado de um escanteio. Depois do chute na forquilha de Giovani, a bola sobrou para o meia-atacante só escorar para o fundo da rede: 3 a 0, e festa na arquibancada. Com o resultado, o Esportivo lidera o seu grupo com três pontos, ao lado do Sapucaiense. O plantel irá ganhar folga e volta aos treinos após o Carnaval, para o confronto contra o Guarani, na quinta-feira, 10.

Torcida acuada

Segue a velha rixa entre a Brigada Militar e a Torcida Organizada Fúria Alviazul. Os integrantes reclamaram que tiveram problemas no jogo da estreia. Conforme o torcedor Augusto Nodari, foram confiscados materiais da torcida. Eles não puderam usar sinalizadores e bobinas de papel, além de uma bandeira com mastro. Também alguns instrumentos da charanga foram barrados. “É muita perseguição. Daqui a pouco vão proibir a gente de cantar no estádio”, dissse Nodari. reporter4@jornalsemanario.com.br

0 Guarany-Ca

Esportivo: Thales; Roan, Juliano Ortolan, Renato Benatti e Navarini; Belmonte, Diego Eli, Lauro (Márcio Silveira), João Cléber e Rodrigo Zeferino (Giovani); Éder Ceccon (Rodrigo Ribas). Técnico: Paulo Henrique Marques Guarany-Ca: Julio César; Maicon Leal, Ícaro, Claiton e Alan, Julio, Jùnior, Douglas e Alberto (Índio); Dudu Lence (Alex Guimarães) e Esquerdinha (Édson Bugrão). Técnico: Leandro Machado Gols: Renato Benatti (14” 1º), Diego Eli (43” 2º) e João Cléber (47” 2º). Pagantes: 856 pessoas Renda: R$ 5 mil

Próximo jogo O Esportivo volta a jogar pela Segundona no dia 10 de março, fora de casa, contra o Garibaldi. A Federação Gaúcha de Futebol alterou o horário da partida. Agora será às 20h, e não mais às 15h30min.

Outros resultados Glória 5×1 Atlético-Ca Guarany-Ba 1×0 São Paulo Aimoré 1×1 Garibaldi Juventus 1×1 Milan Panambi 3×2 Riograndense Três Passos 2×1 União

30 Esportes

Sábado, 5 de março de 2011

DA ARQUIBANCADA Noemir Leitão

narleitao@gmail.com

Para quem aprecia o futebol amador, ocorre amanhã no estádio Pompéia, em Pinto Bandeira, as finais do 20º Torneio de Verão de La Pinta. As partidas iniciam às 08h30min e o público está convidado a assistir muitos jogos de alta técnica entre as equipes da cidade e do interior de Bento Gonçalves. O vencedor será conhecido no final da tarde, quando ocorrerá a premiação deste evento. Numa apresentação bem organizada em objetiva, o BGF retornou aos trabalhos normais visando esta temporada no futsal gaúcho. Serão doze atletas e alguns testes para efetivar um grupo forte e qualificado, visando às disputas de torneios e competições oficiais em 2011. O técnico Vaner Flores está otimista com relação ao grupo e espera uma boa campanha durante este ano. Dalcimir Dal Prá que por muito tempo foi dirigente da Sociedade Esportiva e Recreativa Comercial do bairro Universitário, em uma visita que tivemos com ele nesta semana, destacou a qualidade que o seu time tinha quando chegou ao título de muitos torneios e principalmente do Citadino em 1992. A equipe durou uma década apenas, mas tinha bons jogadores que hoje jogariam em qualquer clube da primeira divisão. Sou testemunha disso. Que vitória na estreia. O Esportivo venceu ao Guarany de Camaquã, apresentando um bom futebol e mostrando que para este ano, o time pode chegar a divisão de elite do futebol gaúcho em 2012. Mesmo com a presença de poucos torcedores, o alvi-azul deu a resposta em campo. Agora, só falta a torcida atender ao pedido e comparecer em grande número de torcedores para apoiar o time de Paulo Henrique Marques. Grêmio e Caxias na final da Taça Piratini. Não é nenhuma surpresa, pois a equipe do Renato Portaluppi está lutando para este título independente se não está bem na Libertadores. Já o Caxias fez uma campanha maravilhosa e também merece esse título do primeiro turno. Sem contar com a brilhante atuação do goleiro grená André Sangalli, que estará na final da próxima quarta-feira, no Olímpico. E o Inter só comemora a folga no gauchão e na Libertadores. O time colorado ficou de fora da decisão do primeiro turno e ainda na competição sul-americana jogará apenas dia 16, na Bolívia. Isso sim que é pegar férias prolongadas sem se preocupar com títulos. Pelo menos é o que resta para a equipe do Roth, porém temos que lembrar que os dirigentes não cansam de afirmar: “Estamos pensando apenas na Libertadores e no Mundial, em Tóquio”... Falta ainda muito tempo para o Mano Menezes colocar a Seleção em ordem na busca hexacampeonato mundial. Mas com novos valores que estão surgindo na sub 20, o Brasil terá o seu grande time em busca dos títulos importantes até o mundial de 2014. É só a gente apostar e torcer que vai dar certo.

Ciclismo

Boa arrancada

Equipe ABC Concresul lidera estadual após bons resultados em Sapiranga DIVULGAÇÃO

Gustavo Bottega

A

equipe ABC Concresul começou a temporada 2011 com todo o gás. Após os bons resultados na 1ª etapa, os atletas fizeram bonito em Sapiranga, na 2ª etapa do Campeonato Gaúcho de Meio Fundo, realizada no sábado, 26 de fevereiro, debaixo de muita chuva. Destaque para o atleta Leandro Rizzardo, que venceu na categoria MTB, com Gustavo de Mello em 2º. Otávio Marca garantiu o 2ª lugar na Máster A. No Veterano, Gelson Schenatto também ficou com a 2ª colocação, mesma posição de Felipe Zortea, na Sub-30. Na Elite, Rodrigo Camatti também obteve o 2ª, com Cristiano Vargas em 5º. Na Máster B, Sílvio Soares ficou com o 2º e, Paulo Magnani, com o 4º. Também participaram os atletas Carlos Silva, Tadeu Lu-

Equipe de Bento busca o tetracampeonato gaúcho

zzi, Luciano Pauletto, Cristiano da Cruz e Fúlvio Boff. Com os resultados, a equipe permanece na liderança do estadual. “Estamos satisfeitos com os resultados iniciais, porém, conscientes que podemos mais. Nosso objetivo é a conquista do tetracampeonato de ciclismo 2011. O

próximo grande treino será de 227 km, no percurso Bento-Tramandaí, que servirá para potencializar as características individuais de cada atleta”, comenta Marcelo Capellari, assessor de imprensa da equipe. reporter4@jornalsemanario.com.br

FUTSAL

BGF estreia na Copa dos Vales O Bento Gonçalves Futsal iniciou a temporada 2011 na sexta-feira, 25 de fevereiro, com a apresentação de 11 atletas no Ginásio da Madecenter. O início dos treinamentos foi antecipado em razão da participação da II Copa do Vales, que integra seis equipes do Estado. O BGF estreia hoje, 5, contra a Assoeva (Venâncio Aires), na cidade de Vale do Sol. No dia

10 de março, a equipe joga em Bento Gonçalves, diante da Assaf (Santa Cruz do Sul). O terceiro jogo será contra o Vale do Sol, em Teutônia. Das seis equipes, as quatro melhores na pontuação avançam para a semifinal, onde primeiro e segundo levam a vantagem do empate. A competição servirá de preparação para a Série Ouro do Estadual, que começa no dia 9 de abril.

TABELA DE JOGOS: 5/3 - Vale do Sol 18h00 - Assoeva x BGF 19h30 - Assaf x Teutônia 21h00 - Vale do Sol x Alaf

ELENCO PARA TEMPORADA 2011:

10/3- Bento Gonçalves 18h00 - Assoeva x Alaf 19h30 - Vale do Sol x Teutônia 21h00 - BGF x Assaf 12/3 - Teutônia 18h00 - Vale do Sol x BGF 19h30m - Assaf x Alaf 21h00m - Teutônia x Assoeva

Goleiros: Alemão, Joel e Victor Beques: Diego Gaúcho e George Alas: Valmir, Ranieri, Maninho e Emerson Pivôs: Silon e William

19/3 - Santa Cruz do Sul Semifinal 3/4 - Lajeado Final

Esportes 31

Sábado, 5 de março de 2011

LIBERTADORES

Grêmio bate o Léon TADEU VILANI, DIVULGAÇÃO

Renato e equipe ganham folga

Mesmo sem uma atuação convincente, o Grêmio venceu o León de Huánuco, por 2 a 0, na quinta-feira, 3, e assumiu a Liderança do grupo 2 da Libertadores da América, com seis pontos em três jogos, ao lado do Junior de Barranquilla – tricolor leva a vantagem do saldo de gols. André Lima e Borges marcaram os gols do Grêmio. Agora, a equipe ganha folga de três dias, no Carnaval, e volta aos treinos na segunda-feira, 7, pensando do confronto da Quarta-Feira de Cinzas, 9, quando enfrenta o Caxias, pela final do primeiro turno do Gauchão. O técnico, Renato Portaluppi, irá aproveitar a folga para matar a saudade do Rio de Janeiro. Irá acompanhar o desfile das escolas de samba na Sapucaí.

INTERNACIONAL

Tinga nega atrito O volante Tinga, pela primeira vez, é reserva do Inter. O motivo seria uma lesão e atuações ruins no Gauchão, até admitidas pelo jogador, que negou qualquer atrito com o técnico Celso Roth. Tinga sofreu uma tendinite no tendão de Aquiles. Minutos antes do jogo contra o Emelec, no Equador, pela Libertadores da América, ele foi vetado. Em 2011, ele atuou apenas em três partidas do Campeonato Gaúcho. O colorado só volta a jogar pela Libertadores no dia 16 de março, fora de casa, diante do Jorge Wilstermann. Sobis, recuparado de lesão já treina normalmente no Beira-Rio.

NA ÁREA Gustavo Bottega

reporter4@jornalsemanario.com.br

Outros Carnavais Eu consigo ver o Carnaval como uma festa formosa. Mas só através do túnel estreito da infância. Preservo a visão da folia dos tradicionais clubes, das serpentinas voando em espiral, dos confetes grudados no cabelo, dos ingênuos trenzinhos no meio do salão. No meu clube faziam o melhor cachorro-quente do mundo, regado a bons goles de guaraná. As meninas do bairro se transformavam em Carmens Miranda, com seus abacaxis e bananas de plástico na cabeça. E no meu clube, todos dançavam as marchinhas em sincronia, andando pelo salão em sentido anti-horário – fato que me intriga até hoje. Em tempos atuais, as festas de Carnaval na minha cidade não têm sentido horário e nem anti-horário. Na verdade, não têm muito sentido, pelo menos, pra mim. O Carnaval deu lugar a uma pseudo-balada. As marchinhas perdem espaço para outras atrações, que acabam por descaracterizar a festa do Rei Momo. Mas até vejo as mudanças com naturalidade, resultado da necessidade de um consumidor cada vez mais jovem, versátil e sedento por novidades. E para nós, os saudosistas de 30 anos, resta entrar no clima das mudanças ou confinar-se em casa, e aproveitar para alugar os filmes que ganharam o Oscar. Rebobinando a fita, lembro que nem quando adolescente, eu gostava de Carnaval. Em certa feita, em protesto, entrei no bloco ‘Os Boleteros’, a única camisa preta do Carnaval, atitude criativa dos ro-

DIVULGAÇÃO

Arrancada O Esportivo não fez uma partida brilhante, mas começou embalado na Segundona. Os 3 a 0 foi um injeção de ânimo que todo time e toda torcida precisam numa estreia. Destaque ficou por conta da zaga, bem postada no 4-5-1 – na verdade um esquema falso. O adversário, Guarany, de Camaquã, foi surpreendido com a chegada de Zeferino e João Cléber, na frente.

Bola parada Estive no treino do Esportivo, às vésperas da estreia. O técnico Paulo Henrique abusou das jogadas paradas que, de fato, se concretizaram no jogo, com os três gols nesta situação, dois deles em escanteios. Torcedor que se acostume, será uma característica constante na Segundona.

Motivação

queiros para se diferenciar do povedo em geral. Trocamos a cerveja gelada pela cachaça com Coca quente e sem gás. Mas o ruim mesmo foi engolir os sucessos dos anos 90, do axé, a seco. Mas hoje eu já desopilei com isso. Não vejo motivo para eu ficar de fora deste Carnaval. A festa é democrática e alegre, apesar de testar as limitações de todos os GUSTAVO BOTTEGA

meus sentidos. Está decidido que irei para o Carnaval. Momentaneamente, vou trocar o Bloco de Notas por outro, munido de camiseta colorida e caneca. Vou pegar um Habeas Corpus da minha inocência e cair na orgia do mundo mascarado e sem regras. Afinal, o ser humano precisa de uns dias de desopilação. Só sei que, para mim, o ano tem 360 dias.

Disciplina Guarde a imagem desta equipe. Há muitos anos não se via um grupo tão comprometido. Sem os problemas extra-campo – como os que ocorreram nas últimas temporadas – o Esportivo está focado no objetivo, que é voltar à primeira divisão do futebol gaúcho. Missão difícil para a comissão técnica manter a disciplina durante o campeonato. Por exemplo, a direção deverá conversar com o atacante Éder Ceccon, que saiu com cara de poucos amigos após a substituição no jogo de estreia.

Pela primeira vez – que tenho conhecimento – o Esportivo faz um vídeo motivacional para os atletas. Ele foi exibido minutos antes da partida contra o Guarany. Nas imagens, os gols e jogadas do time, nos amistosos de preparação. Tudo isso ao som de U2, uma das bandas prediletas do técnico Paulo Henrique.

2014 em risco A indecisão no Beira-Rio sobre as garantias de obras exigidas pela Fifa podem descredenciar a capital como sede da Copa de 2014. Isso significa que a candidata a campo base, Bento Gonçalves, também pode ficar de fora da festa. No entanto, se o Inter der para trás, a prefeitura de PoA tentará uma segunda opção.

A Edição

www.jornalsemanario.com.br

64 páginas

BENTO GONÇALVES

Sábado 5 DE MARÇO DE 2011

Primeiro caderno ..................... 32 páginas Caderno CulturaS......................... 8 páginas Caderno S ..................................24 páginas

ANO 44 R$

N°2700

2,50

Caderno Especial

Vagão 217

Como destino, a história

páginas 4 e 5

FOLIA

CDL promove Carnaval da Mulher na terça-feira Evidências S 2 FENAVINHO

Vinícola Salton lança o Vinho da Imperatriz Evidências S 7 ENSINOTEK

Novos cursos em parceria com o Círculo Operário FACE DESIGN

Alta decoração em móveis chega a Farroupilha Caderno S 13

Caderno S 10

A vez da cultura Editorial

De camarote lembra os cuidados elementares para um Carnaval seguro

Vagรฃo 217

Como destino, a histรณria

pรกginas 4 e 5

2

Sábado 5 de março de 2011

O amor que “estraga” Excesso de amor “estraga” a criança, deixando-a mimada e cheia de vontades? Não! Segundo uma pesquisa científica realizada por uma Universidade dos Estados Unidos que acompanhou quase quinhentas pessoas durante três décadas, “quanto maior o vínculo afetivo da mãe com o filho, mais baixos ficam os níveis de ansiedade, estresse e hostilidade na vida adulta”. Podemos, portanto, demonstrar todo o afeto sem nenhum sentimento de culpa, porque amor nunca é demais. Amor só faz bem. O quesito “birra” tem a ver com a educação. Falta de limites, chantagem emocional e satisfação de todos os desejos infantis são fatores determinantes. De pessoinhas impertinentes para adultos insuportáveis é só questão de tempo. E isso todo mundo sabe. Mas, entre a teoria e a prática, há um espaço abismal. Se a gente não consegue aproximar as duas coisas, a vaca vai pro brejo. Estou até vendo o sorrisinho de algumas pessoas que me conhecem mais de perto. Por isso, explico: já percorri esse descampado (para as mães não há sombra e água fresca) e, confesso, nem sempre consegui escapar das armadilhas típicas do processo, mas, no fim e ao cabo, o equilíbrio se dava, nem que fosse pela intervenção paterna. Já, hoje, tenho privilégios que me foram conferidos pelo título de “vovó”. Assim, faço muito se não atrapalho. No mais, é curtição. Mas, em se tratando da minha enteadinha, que também é uma graça, a situação muda de figura. A baixinha, com seis anos, pesa sete quilos – ganhou três depois que veio morar comigo. Além da obesidade, ela anda tendo quadros cruéis de alergia à comida humana. -Não dê nada além da ração! É para o bem dela! – me recomendou o veterinário. Parece fácil, não é verdade? Pois, não é! Como ficar insensível diante desse par de olhinhos de jabuticaba que suplicam? Como fazer essa criaturinha entender que a ração insossa é melhor que o estonteante bifinho na chapa? Situação análoga acontece nas ruas, praças, estacionamentos e semáforos, onde menininhos e menininhas pedem “um trocado”. É muito cômodo seguir a orientação das autoridades de não dar esmola. “Para o bem deles” (dos pedintes). No meu ponto de vista, esse comportamento só se justifica se a gente estiver comprometida com a luta para a minimização das diferenças sociais e o sofrimento alheio dela decorrentes. Quanto ao problema daqui de casa, sugeri que adotássemos a mesma conduta usada diante de alcoólicos, que é a de não expor o recuperando a situações de risco, como beber na frente dele, a não ser água (e afins). No caso, não comer na frente dela, a não ser comida canina. Ninguém aceitou. E olha que ração nem precisa cozinhar! Com o coração apertado, estou cumprindo à risca a ordem médica. Mas tomo o maior cuidado para que a cachorrinha não fique me implorando migalhas com seu olhar faminto. Se vou para a cozinha, fecho a porta e vedo a fresta com um pano, para que o aroma não fuja do ambiente e persiga suas narinas. E só abro embalagens de guloseimas a uma distância considerável, de onde ela não possa ouvir o farfalhar do papel laminado. Afinal, “quando a gente gosta, é claro que a gente cuida”, e não “é da boca pra fora”...

Mais cultura Pré-conferência estadual de cultura em Bento

Serginho Mohá em Bossa

Dia 12 de março, próximo sábado, secretários municipais de Cultura de todo o Rio Grande do Sul; o secretário estadual de Cultura, Luiz Antônio de Assis Brasil; e representantes de cinco Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) do Estado estarão em Bento Gonçalves para a primeira etapa dos Diálogos Culturais. O evento consistirá em conferências e discussões e será realizado na Casa das Artes. A recepção aos participantes ficou a cargo da secretaria de Cultura de Bento, e algumas surpresas estão sendo preparadas. Música erudita, artistas plásticos locais, teatro, oficina de dança e as outras atividades já previstas no projeto Arte no Verão serão a inspiração para os pensadores da Cultura.

Durante a programação da Feira do Livro, que ocorre em maio, o vocalista da banda Papas da Língua, Serginho Moah, fará apresentação solo, trazendo clássicos da Bossa Nova. O evento faz parte da programação do projeto Patrimônio é Show, e toda a arrecadação será revertida para a restauração do Museu do Imigrante.

Shakira em Porto Alegre Cinema da Casa das Artes inaugura em julho Uma das maiores divas da música pop atual, a colombiana Shakira, retorna a Porto Alegre 13 anos depois da primeira visita. O show acontece no dia 13 de março. Shakira é a atração do Pop Music Festival, que acontece também em Brasília (16) e São Paulo (19). Ela vem apresentar a turnê do mais recente álbum Sale el Sol. Desde a última vinda ao Brasil, a carreira da cantora mudou radicalmente. A novata morena que tocava violão e tinha como principal hit Estoy Aqui é, hoje, um ícone mundial, faz grandiosas apresentações e tem um repertório cheio de sucessos, como Hips Don’t Lie e o tema da Copa do Mundo de futebol 2010, Waka Waka.

Está marcada para julho, a inauguração da Sala de Cinema da Casa das Artes de Bento Gonçalves. O espaço, que já é utilizado para reuniões e conferências, recebeu a tela de 250 polegadas, e a secretaria de Cultura encaminha a compra de um projetor de alto nível. Para marcar a inauguração, o município irá sediar a Mostra Serra Cine Mercosul, que ocorre entre os dias 1º e 16 daquele mês.

Piano de Paul McCartney vai ser leiloado O piano que o cantor Paul McCartney utilizou para compor a música Yesterday vai ser leiloado no próximo mês, na Inglaterra. O objeto também foi usado por Mick Jagger, Sean Connery e John Lennon. Estima-se que o valor do instrumento seja de 125 mil libras. Vale lembrar que a canção Yesterday é a música mais regravada dos últimos tempos e foi escrita em 1964.

A Fox marca data de estreia para “Star Wars 3D” Os fãs da Força podem ficar felizes. A Fox Films anunciou a data de chegada aos cinemas dos filmes da saga Star Wars convertidos para o formato 3D. O primeiro episódio chegou aos cinemas americanos em 10 de fevereiro de 2012, e ainda não têm previsão para estrear nas telas brasileiras.

São Paulo recebe mostra sobre Marylin Monroe A exposição Life as a Legend – Marilyn Monroe será aberta no dia 1º de junho no Museu Brasileiro da Escultura (Mube), em São Paulo. A mostra traz 300 obras inspiradas na atriz e feitas por artistas como Andy Warhol e Henri Cartier-Bresson. A data de abertura marca a comemoração dos 85 anos de nascimento de Monroe. A exposição já passou por Europa e Estados Unidos desde 2003, e chega pela primeira vez à América Latina. Marilyn Monroe foi uma das maiores estrelas de Hollywood na década de 50. Após alguns anos como modelo, estreou no cinema em um pequeno papel não creditado em Sua Alteza, a Secretária (1947). Devido a sua beleza, sensualidade e talento para a comédia, Marilyn protagonizou filmes como Os Homens Preferem as Loiras (1953), Como Agarrar Um Milionário(1953) e Quanto Mais Quente Melhor (1959).

Mamonas Assassinas no cinema O documentário Mamonas pra Sempre, que traz a trajetória da banda Mamonas Assassinas, vai estrear nos cinemas brasileiros no dia 27 de maio, após ter passado pela Mostra de Cinema de São Paulo e no Festival CineMúsica de Conservatória. A produção da Tatu Filmes e direção de Cláudio Khans, é também uma homenagem aos 15 anos de morte de uma das bandas mais carismáticas da década de 1990.

Caderno

Este caderno faz parte da edição 2700 de sábado, 5 de março de 2011, do Jornal Semanário

Edição: Márcio Leandro e Ana Júlia Tiellet editoria@jornalsemanario.com.br Colaboradores: Eveline Poncio, Felipe Zibell, Juliana Gelatti, Maiara Alvarez e Tomaz dos Santos

Revisão: Márcia Ferreira Diamagramação: Maiara Alvarez diamagrador@jornalsemanario.com.br Projeto Gráfico: Maiara Alvarez Foto de Capa: Felipe Zibbel Direção: Henrique Alfredo Caprara jornal.semanario@italnet.com.br

SEDE Wolsir A. Antonini, 451 - Bairro Fenavinho/Bento Gonçalves, RS 54. 3455.4500

Sábado 5 de março de 2011 FOTOS DIVULGAÇÃO

3

Música

De

carona Gravaêh dá aos músicos iniciantes a chance de gravar o primeiro CD Juliana Gelatti

“C

antar era buscar o caminho que vai dar no sol...” Assim, Milton Nascimento canta, em “Bailes da Vida”, o começo da vida do artista. O sonho de ser músico, às vezes, parece tão inalcançável para quem está começando quanto tocar o sol. Tanto empenho nem sempre é compensado com aquilo que o artista mais quer: o aplauso nos shows, o gosto do público, o “bis”. A concorrência implacável de quem já se consagrou nos palcos e nas rádios pode desanimar quem tem talento e vontade, mas ainda não conseguiu superar a difícil e cara etapa que é gravar o primeiro CD, com qualidade para poder divulgar o trabalho. “Para cantar nada era longe, tudo tão bom”, principalmente, para a Organização Não Governa-

mental Cirandar, que vai de ônibus. Não para cantar, mas para dar a chance de quem quer e sabe, mas ainda não consegue, tanto quanto quer, cantar, tocar, fazer música. Com o projeto Gravaêh, eles vão levar um estúdio-palco para que, em qualquer cidade do Rio Grande do Sul, o obstáculo do primeiro CD seja superado mais facilmente. Agora o Gravaêh está em Bento Gonçalves. As inscrições para os músicos que querem gravar criações próprias, com qualidade técnica, estão abertas até o dia 17 de março. Nos dias 23 e 24 deste mês, a equipe do Gravaêh, composta de técnicos, músicos e produtores culturais de Porto Alegre, realizará a audição para selecionar as dez bandas que vão gravar. Cada grupo poderá produzir duas músicas de autoria própria e, recebe no fim, trinta cópias

do CD. Segundo Cris Tomasini, da Banda Vicca, que participou do Gravaêh quando o projeto passou por Garibaldi, esse registro das músicas com qualidade acrescenta bastante no trabalho de divulgação.

Na boleia ‘Até a estrada de terra na boleia de caminhão, era assim”. O ônibus multicolorido da ONG Cirandar carrega dentro um estúdio para gravação, com instrumentos musicais, equipamentos para mixagem e gravação das músicas. E o estúdio ainda pode se transformar num palco para que a plateia assista à gravação. Entram no mapa das turnês

do Gravaêh as cidades gaúchas que possuam uma rede envolvendo secretarias municipais de Cultura ou correlatas, ativistas da música e da cultura. A ONG começou o trabalho de captação de recursos para a implantação do projeto em 2009, depois de reconhecer que, no interior do Estado, havia boas iniciativas em cultura e muito espaço para desenvolver ainda mais. As gravações e apresentações no ônibus acontecem sempre ao ar livre: praças, praias, parques e centros culturais abertos à comunidade. O objetivo é estar no meio da cidade e partilhar com ela a cultura que dela mesma nasce e cresce.

Quem quer embarcar no ônibus do Gravaêh pode se inscrever no site da ONG Cirandar: www.cirandar.org/gravaeh. É necessário que a banda tenha algum material gravado para enviar, não importa o suporte. Links no You Tube e filmagens em celular são aceitos como registro. Informações do que mais é necessário para participar podem ser encontradas no site ou com a secretaria municipal de Cultura, junto à Casa das Artes, pelo telefone 3454.5211. “Todo artista tem de ir aonde o povo está”. E o Gravaêh dá uma carona para quem quiser colocar o talento na boleia e seguir o caminho que vai dar no sol.

Banda Vicca embarcou e se prepara para decolar

Com 5 anos, Vicca está gravando o primeiro CD depois do Gravaêh

2010 foi um ano de conquistas para a banda Vicca, de Bento Gonçalves. Depois de cinco anos de estrada e quase dois de preparação para gravar um CD, o grupo que toca pop rock conseguiu pegar um atalho. O Gravaêh passava por Garibaldi e logo já se formou uma fila de gente querendo ser passageiro. A Tai Baldissera e a Cris Tomasini, da Vicca, dizem que “a experiência de participar do Gravaêh foi, acima de tudo, um aprendizado”. Participar junto com outras bandas pela seleção e pelos preparativos para gra-

var, ainda serviu de inspiração. “Como estávamos na correria da gravação do nosso álbum de composições próprias, o fato de sair do foco e repensar as duas músicas que gravamos foi um alimento para o processo criativo”, conta Tai. Os músicos que fazem parte da Vicca, atualmente, Cris Tomasini e Tai Baldissera, nos vocais; Giovani Pinceta, nas guitarras; Leandro Perin, no baixo; e Maicol Villa, na bateria; já estão na música há dez anos e entendem que, agora, é um momento muito importante na

própria trajetória e no caminho da banda. “Para um músico, a gravação em estúdio só tem a somar a sua carreira pois, precisão e bom desempenho, são cruciais. Também, o fato de gravar em um estúdio móvel, dentro de um ônibus, torna o momento ainda mais interessante. Além de tudo, a oportunidade de trabalhar com os excelentes profissionais do projeto permite uma constante troca de experiência”, arremata Tai, que ficou fã da iniciativa. reporter6@jornalsemanario.com.br

4

Sábado 5 de março de 2011

Nos trilhos do passado

Um patrimônio cultural a céu aberto, a Maria Fumaça de Bento Gonçalves revela durante seu passeio, a história da imigração italiana no Rio Grande do Sul, ajudando a preservar a cultura da serra Eveline Poncio e Felipe Zibell

Q

uem chega à estação não desconfia que todas aquelas pessoas podem ter chegado de lugares muito distantes. Para elas, tudo é novo e mágico. Mas, aos poucos, os sotaques vão ganhando forma e a percepção das diferenças começa a ficar mais nítida. Dentro do vagão 217 do trem a vapor, quando poderíamos imaginar que no banco, logo atrás, o casal que cantava em voz baixa as músicas italianas, com tom de romantismo seriam, na verdade, argentinos? Quando se desconfiaria que o grupo que sorria o tempo todo e fotografava tudo, vinha da ensolarada, ô mainha, Bahia, ou as duas senhoras, quatro ou cinco bancos à frente, não só transpareciam traços orientais, como, de fato, eram duas simpáticas japonesas? Vimos paulistas, cariocas, catarinenses e, é claro, muitos gaúchos. Afinal, este cantinho do Rio Grande é especial, também para nós. Bento Gonçalves, dizem, é um pedacinho da Europa italiana, encravada nas serras do sul. Pois, falemos deles, os donos do sotaque mais marcante nas ruas e estações de Bento. Os descendentes dos italianos, que chegaram até aqui, por volta de 1875, conservam muito do que aprenderam em casa, com a nona, ou

Na estação de Bento Gonçalves, despedida em grande estilo, ao som de Ciao

a mama. E vá bene, os italianos são muitos mesmo por aqui, e a nossa viagem, a bordo do vagão 217, vai resgatar um pouco da cultura, dos anseios e dos sonhos italianos quando descobriram esta terra. Embarcamos às nove horas de um sábado chuvoso, enjoado, mas com a cara da serra, ao som de Ciao, cantado pelo violeiro da estação. Nada melhor para um turista do que a imersão por inteiro nas condições reais, e úmidas, da região que se visita. Esqueçam o sol, baianos. Tentem se concentrar no “portuliano”, estrangeiros. Vencidos os primeiros metros da estrada, que liga Bento Gonçalves a Carlos Barbosa, as diversidades do vagão 217 se acentuam. À opinião de vários que já passaram pelo trem, comprova-se a mais pura verdade: as maravilhas do passeio estão muito mais dentro do vagão, e menos na paisagem ao lado de fora. Os traços dos bancos, corredores e o soar alto do apito do trem, nada nos parece com os anos 2011. A cada segundo entramos numa viagem, não pelos caminhos da serra gaúcha, mas no tempo. A Maria Fumaça nos faz voltar na história 100 ou 200 anos. O teto alto e curvado, com lustres trabalhados, e as pequenas janelas dos vagões, os bancos estreitos, tudo, completamente

tudo dentro da locomotiva, faz com que nos infiltremos na mais pura viagem histórica, do tempo em que as viagens de trem eram a única forma de locomoção pelo vasto território brasileiro e, por que não, europeu, já que as semelhanças não nos deixam esquecer de onde veio a nossa cultura. Minutos após as explicações iniciais, um ruído de gaita surge da frente do vagão 217. Acompanhado do acordeão, um senhor de chapéu soa as primeiras notas musicais das apresentações artísticas que comporiam a trilha da viagem até Carlos Barbosa. Entre elas, a origem do ritmo tarantela é explicada às pessoas a bordo. O ataque das aranhas tarântulas, que faziam os italianos pularem para espantar a dor e fugir da picada das pequenas ferozes, fez com que surgisse uma das mais tradicionais canções italianas, a tarantela, cantada e dançada no vagão 217, entre um funiculì e outro funiculà. A despedida do que era, ainda, o começo veio pelo belo dialeto local... arrivederci que, em resposta, voltou a ser ecoado nos mais variados sotaques. Entre uma explicação e outra, a acompanhante da viagem comenta com os passageiros: “Estamos na época da vindima!” Bom explicar, pois turista que se preze, além de curioso, não faz ideia, nem em seus sonhos mais

A locomotiva e os vagões conservam traços de sua construção original

5

Sábado 5 de março de 2011

FOTOS: FELIPE ZIBELL

surreais, o que significa o termo vindima. Porém, só explicar não seria o suficiente, por isso, em instantes o vagão 217 é impregnado do melhor cheiro de uva, o mesmo aroma encontrado nas ruas de Bento Gonçalves neste período do ano, que traz para cá milhares de turistas todos os anos, não buscando o inverno gélido da serra, mas sim, a uva, a época da colheita, e por fim, a vindima. Ei, espere. Novamente um ruído, desta vez surgindo do final do vagão. Cantando “a bela polenta”, um coral italiano se apresenta na Maria Fumaça, todos vestidos em suas melhores roupas. Os lenços na cabeça, feitos à mão, em crochê, faz com surjam os pensamentos mais nostálgicos na nossa companheira de vagão, Jandira, turista de São Paulo, que logo mais vocês irão conhecer. A viagem segue, as câmeras fotográficas e filmadoras não param um minuto e, a cada apresentação, o vagão 217 se torna um salão de dança. A cada nova música, pares são formados e o ritmo toma conta dos turistas, que dançam ao som do violão e da gaita. Neste momento não se tem dúvida alguma, todos já deixaram suas origens genealógicas de lado, e todos são um pouquinho italianos, todos gostam de polenta e vinho.

Colonização italiana no Rio Grande do Sul Comprovando que a cultura italiana, no sul, foi uma das bases da consolidação do tradicionalismo gaúcho, nada melhor que uma apresentação de música gauchesca, que tomou voz e vez, dentro do vagão 217. A referen-

cia à cultura gaúcha cantou as maravilhas do povo sulino, com suas harmonizações e misturas de povos que, assim como no vagão 217, fez surgir um novo povo, o gaúcho, um misto de italianos, alemães, poloneses, africanos e indígenas, com todos cantando em uma só voz “eu sou do sul, é só olhar para ver que eu sou do sul”. Dentre as canções, não poderia faltar é claro, a referencia também a um dos maiores artistas dos pampas, que ultrapassou a barreira da música e se embrenhou nos rumos do cinema, sendo hoje considerado um marco para a produção cinematográfica no Rio Grande do Sul, e cantando a Teixeirinha, foi entoado... “Me perguntaram se eu sou gaúcho, está na cara repare o meu jeito, eu sou gaúcho lá de Passo Fundo e trato todo mundo com o maior respeito”. Mas deixemos as cantorias e a miscigenação gaúcha de lado, afinal, estamos no berço da cultura italiana. Nada melhor do que representar este povo com suas linguagens e dialetos através das artes cênicas. E assim, surgiu o que seria a última apresentação artística do passeio de Maria Fumaça. Um casal, em “pé de guerra”. Ele, um tanto desocupado, ela, brava, que repetia a cada instante, maledeta hora que casei com este traste! O momento foi de riso solto, a situação pedia o sorriso mais escrachado permitido. Para finalizar, a esposa encontrou a solução para o marido Pepino, só não podemos saber se ele aprovou levar uma surra de pau de macarrão. Passada a estação ferroviária de Garibaldi, após 20 minutos para fotografias e a degustação do melhor do vinho, sucos de uva e filtrados doce produ-

O casal paulista, José e Jandira Moreira, viajou no tempo a bordo do vagão 217

zidos no município, é hora de retornar ao vagão, pois a última parada está logo ali, na estação de Carlos Barbosa. Agora sim é um bom momento para conhecermos Jandira, acompanhada do marido José Moreira. A senhora, muito mais do que apenas participar das apresentações artísticas e aproveitar a viagem de Maria Fumaça, fez uma longa viagem no tempo, voltando até mesmo para antes de 1900. Enquanto alguns navios que traziam italianos atracavam no Rio Grande do Sul, outros paravam antes, no porto de Santos, em São Paulo. E foi lá que, aos 17 anos de idade, a bisavó de Jandira desembarcou em terras tupiniquins onde, anos mais tarde, constituiu uma grande família, no Estado de São Paulo. “Estou olhando estas pessoas, com roupas estampadas, lenço de crochê na cabeça e estou lembrando da minha bisavó, minha

avó e minha mãe. Mesmo com o passar do tempo, estas gerações mantiveram traços de sua terra natal, minha avó fazia à mão seu lencinho, as roupas eram costuradas em casa, a farinha era socada no pilão, assim como o café. Lembro-me muito bem de como elas faziam o pão e cuidavam dos animais, por tudo isso, fazer este passeio é voltar para minhas origens, meu povo, minha família. É muito emocionante”, lembrou a paulista. A locomotiva percorre os últimos trechos do passeio e, neste exato instante, pode ser visto nos olhos dos passageiros do vagão 217, que o saudosismo que sentiriam em breve, já se acentuava nos últimos metros até chegar à estação de Carlos Barbosa. Mas a alegria da cultura italiana, mais uma vez, se fazia presente e, após um até logo, os passageiros foram recebidos novamente com belas canções, que seriam estas, as últimas ouvidas na travessia da Maria Fumaça. Uma bela voz cantava: “vita, vite, speranza, sogno, sogno, sogni, speranza”. A mesma esperança que trouxe milhares de italianos para o Brasil, no final dos anos 80, recepcionava os passageiros na estação, após uma viagem no tempo, nos pensamentos e na história. Canção propícia para o momento, representando a esperança em um futuro melhor, na união dos povos e em um melhor entendimento entre as nações. Ponto final. É hora de desembarcar. reporter2@jornalsemanario.com.br

As apresentações são o destaque do passeio, que reserva, dentro dos vagões, algumas das riquezas serra

reporter3@jornalsemanario.com.br

6

Sábado 5 de março de 2011

FOTOS REPRODUÇÃO

Alguns premiados Se me permitem, começo de uma forma negativa. Não tenho qualificações para ser crítica de cinema e nem tenho isso como objetivo. Agora, se me aceitam como comentarista, tenho o maior prazer de contribuir como espectadora. Até porque, cá entre nós, podemos ter uma conversa mais franca e, talvez, com mais possibilidades de identificação – ou não – nas telas tudo é possível. Sendo óbvia, o assunto é o Oscar. Confesso que não tive a oportunidade de ver o grande premiado da noite, vencedor do melhor filme: O Discurso do Rei (The King’s Speech). Tenho vontade, claro. Primeiro por estar curiosa pela atuação de Colin Firth (premiado como melhor ator), que faz parte da minha lista de atores-ingleses-preferidos. Nesta trama (que também ganhou como melhor roteiro original), Colin interpreta o pai da atual rainha britânica, Elizabeth II, em sua dificuldade de falar em público, em pleno estouro da Segunda Guerra Mundial. Pra completar a noite, o diretor Tom Hooper, também foi premiado como o melhor. A Origem (Inception) também ganhou quatro estatuetas – com menos glamour, é verdade – todas técnicas. Estrelado por Leonardo Di Caprio, A Origem tem uma boa história (ficção científica sobre ladrões em sonhos), um ritmo maravilhoso, cenas de ação geniais e empolgantes e uma trama com um nível de complexidade suficiente para prender a atenção e render boas risadas entre amigos após a sessão. A história dirigida por Christopher Nolan é entretenimento de qualidade na certa. A Rede Social (The Social Network), também era um dos preferidos da noite, em algumas categorias importantes, mas não na minha lista. O filme, que conta a história do fundador do site de relacionamentos Facebook, não anima. A interpretação primorosa de Jesse Eisenberg foi o que deu algo de vida à trama, embora estivesse representando um Mark Zuckerberg inteligente-mas-imaturo-e-ganhando-muita-grana (que condiz com o que eu imaginava do personagem). A trilha sonora não agradou – umas das estatuetas foi para essa categoria e, o o filme, em si, é legal e mais nada. Toy Story III ganhou os dois prêmios lhe cabiam: melhor animação e melhor canção original. Além de ser fofo e ser inocente, como poucas animações sabem fazer hoje, Toy cheira à infância, já que o primeiro filme da série foi lançado há mais de 15 anos. A animação dirigida por Lee Unkrich é divertida, tem piadas excelentes e diálogos memoráveis. É mais um filme que, independente de prêmios, vale à pena conferir. A noite ainda teve, entre os ganhadores e os nomeados, outros tantos títulos interessantes: Cisne Negro (Black Swan), que levou a estatueta de melhor atriz pela atuação de Natalie Portman e o não premiado Bravura Indômita (True Grit), remake do homônimo de 1969 e dirigido pelos - polêmicos para o público e mestres para a crítica - irmãos Coen. Pelo curto espaço para tantos filmes, tive que escolher pelos que mais me apraziam e parti para a parcialidade. Espero que com razão.

Maiara Alvarez

Policromia vibrante

Adda Pompermayer, artista que tem suas obras inseridas em importantes coleções particulares no país Márcio Leandro

Rosto de Mulher mostra o interesse pela figura humana

Peixe Multicor, reflete o tom vibrante que marca sua obra

MAIS EXPRESSÃO do que a forma, assim a explosão de cores das obras da artista plástica Adda Pompermayer ganharam o mundo, já que não existe fronteiras para o talento. Ela foi uma das convidadas a participar da 5ª Exposição Nacional de Artes Plásticas, no Jockey Club de São Paulo, realizada nos dias 27 e 28 passados. Lá em meio a um seleto time de grandes artistas, a bento-gonçalvense mostrou os motivos que a Academia Latino-Americana de Arte (Ala) lhe concedeu prêmio especial em 2009, e a soma de uma carreira reconhecida em prêmios internacionais ao de excelência artística no inverno do mesmo ano. “Faço arte abstrata, figurativa, pinto de acordo com minha vontade”. Igual criança debruçada sobre folhas brancas e lápis de cor, a artista viaja pelo mundo paralelo, mas real de quem olha e abstrai tons e cores do cotidiano, que dá à natureza morta, a sobrevida em tela. Foi assim na infância quando, nas aulas de Educação Artística, Adda se divertia na escola. “Aula de desenho era brinquedo, sempre gostei de pintar, então, desenhar era diversão”. O HORIZONTE para a tela foi aberto apenas na vida adulta, através de um ato solidário. Suas duas filhas, Êrica e Fernanda, participavam de um movimento ligado à Igreja Católica, o dos Focolares, surgido na década de 1940, na Itália, que é reconhecido pelo Papa. Muitas das meninas que participavam não tinham dinheiro para os encontros que aconteciam dentro do movimento, já que era preciso pagar o transporte. Foi assim que nasceu a ideia de confeccionar mantas de inverno para vender. Todo o dinheiro arrecadado foi destinado para as meninas. Mas com a chegada da primavera e o fim do inverno no hemisfé-

7

Sábado 5 de março de 2011

MÁRCIO LEANDRO

No jardim Aqueles momentos em que falar é difícil. Quando soube que Moacyr Scliar tinha sido internado não foi assim pra acreditar. O que aconteceu? Não, estou longe de ter uma amizade de longa data, com um dos mais importantes escritores gaúchos, mas ele fazia - me desculpem - ele faz parte de uma lista de pessoas queridas e que vão fazer falta. Li Scliar quando estava no ensino médio. Aquela coisa de livro para vestibular. O Centauro no Jardim era um dos obrigatórios mas, não foi contra a minha vontade que li. O título já chama atenção, mas o livro tem muito mais de realista, do que de fantasioso. REPRODUÇÃO

Adda Pompermayer é integrante da Academia Latino-Americana de Arte (ALA)

rio sul, a venda de mantas despencaria. “Passei a pintar sabonetes. Minha mãe gostou tanto que sugeriu que pintasse em panos de prato. Logo depois, quis aprimorar minha técnica com uma professora de arte, foi quando ela insistiu para entrar no mundo das telas”. O aprimoramento estendeu-se ao talento do artista plástico Waldeny Elias, que também foi seu professor e, desde então, Adda não conseguiu mais parar. Vocação descoberta num gesto solidário. EM SUA galeria, estão expostas obras de outros artistas como Vasco Prado, Xico Stockinger, Vilaró e Scliar. Adda tem suas obras inseridas em importantes coleções particulares, como as do Ivo Pitangui, no Rio de Janeiro e Gianni Matarazzo, em São Paulo. É fácil perceber a coloração vibrante que permeia seus quadros abstratos determinando a marca pictória, em cores quentes e chapadas, que caracterizam a tendência da artista. Não foi à toa que Adda ganhou destaque da Academia Latino-Americana de Artes como sendo uma das representantes da nova onda de artistas brasileiros que eclodem nas veredas caudalosas da cena cultural da América Latina. O conjunto de séries temáticas reflete maturidade ao que a experiência lhe proporcionou em 20 anos, como envolto a um magnetismo que vai do Vaso Azul aos Vasos Frágeis, do Descobrimento a Velas ao Vento a Cidade ao Longe; provam harmonia. O observador ficará com vontade de devorar Maçã Verde, Vermelho Maçã ou Peras Tardias, tão qual a perfeição da fruta na tela. “Olho para o mar e pinto o peixe. Não tenho uma linha definida ou tema, mas facilidade em expressar motivos diferentes, essa é minha vida e identificação como artista”. Por inteira, Adda.

Maçã Verde constitui a natureza morta em cor “lavada”

Velas ao Vento sai da figuração clássica para o estilístico

Como você deve estar imaginando, trata-se da história de um centauro - um ser metade homem, metade cavalo. Guedali Tratskovsky, o centauro, é o quarto filho de um casal de imigrantes judeus vivendo em Porto Alegre. Toda a poética e o contexto social em que se insere o romance - o dualismo da divisão étnica e religiosa dos judeus, o isolamente de Guedali, excluído da sociedade não vão ser os temas de interesse centrais aqui. Um livro curto, de certa forma, que consegue contar um história longa e incrível, com vários acontecimentos, de forma clara - essa poderia ser uma das definiçoes sobre a obra. Mas há mais, muito mais. Os livros de Moacyr Scliar têm um quê diferente, algo que qualquer crítico tenta descrever mas, não chega a expressar com clareza. Dá pra tentar dizer que Scliar escreve com sinceridade. Mas isso não é simples. As histórias dele conseguem ser duras, pesadas, mas também fantásticas e, dentro de todo esse contexto, permeando todo esse mundo, Scliar coloca as ações da trama e as reações dos personagens de uma forma tão simples que tudo parece mais que natural. São aquelas coisas que a gente só sente com o livro na mão. Ler Scliar é gostoso, não há como se ter vergonha de dizer. Diverte, engrandece, reflexiona. Que bom saber que esse autor incrível deixou um legado de várias obras para ser lembrado e degustado infinitamente. Que ele descanse em paz mas, que seus livros, continuem a não parar por muito tempo em nenhum prateleira.

Maiara Alvarez

8

Sábado 5 de março de 2011

A marca de uma nova era nas ondas da 90.9 O maior símbolo de realeza é, sem dúvidas, a coroa – joia sofisticada, entregue àqueles que têm o direito, o sangue e a nobreza como justificativa para ostentá-la. Ainda assim, por mais bela que seja sua coroa, um soberano não tem legítima majestade sem o apoio e a fidelidade de seus súditos... É por isso que, a partir deste mês, a Rádio Rainha FM passa a utilizar sua coroa de maneira mais formosa e em destaque – nossa nova logomarca é o indicativo de boas mudanças que vêm por aí. Símbolo e logotipia renovados são a marca dos ventos que sopram e levarão cada vez mais longe, as canções, a informação e as oportunidades de negócios em nossas ondas sonoras. A rainha volta-se aos clientes, ouvintes e novos ouvintes para fazer legítimo o título de soberana das transmissões em frequência modulada na Serra Gaúcha.

Nota-se que, em nosso logotipo novo, o que pode-se interpretar é, também, a paisagem de alto relevo de nossa região, com seus belos morros e montes. Nada mais natural, afinal, nosso reino, primeiramente, vai até onde alcançam as ondas emitidas dos altos da Serra. E são as pessoas deste chão que, primeiramente, fazem nossa majestade – a cada pedido de música, a cada referência, a cada cliente que temos, o prazer de sermos parceiros cresce nossa responsabilidade, e aumenta nossa busca por qualidade. Assim é o nosso reino – o reino de cada um e de todos. Nos próximos dias, novas vozes, mais informação, programação ainda melhor e muito mais músicas serão a companhia de quem sintonizar a 90.9 FM. Você, leitor do Semanário, é convidado especial para aumentar o volume e ficar ligado nesta rádio.

Ana Júlia Tiellet Coordenadora da Rádio Rainha FM

Espetáculo Ledonne Curiose Quando: Hoje, 5 Local: Anfiteatro da Fundação Casa das Artes Horário: 19h45min Informações: (54) 3455-3555 Carnaval das Mulheres do CDL Quando: 8 de março Local: Bangalô Music Bar Horário: 21h Informações: (54) 3453-5553

Agenda

Carnabilly Quando: 8 de março Local: AABB Horário: 23h30min Informações: (54) 9113-1174

Carnaval Infantil Quando: 6 e 8 de março Local: Clube Susfa Horário: 15h Informações: (54) 3452-1597

Matinê Infantil com a banda Tropical Brass Quando: 6 e 8 de março Local: Clube Botafogo Horário: 15h Informações: (54) 3453-1996

Exposição Fotográfica Início: 10 de março Local: L’América Shopping Lançamento exposição fotográfica “Eles na Passarela”

10º Fusca Fest Quando: 13 de março Local: Praça Walter Galassi Informações: (54) 9682-7717

Cinema Shopping Bento Bravura Indômita Idioma: Legendado Duração: 110 minutos Censura: 16 anos Gênero: Suspense Exibição: Diariamente, às 19 e 21h Sinopse:O pai de Mattie Ross (Hailee Steinfeld), de apenas 14 anos, foi assassinado a sangue frio por Tom Shaney (Josh Brolin). Em busca de vingança, ela resolve contratar um xerife beberrão, Reuben J. Cogburn (Jeff Bridges), para ir atrás dele. Inicialmente, ele recusa a oferta, mas como precisa de dinheiro, acaba aceitando. Mattie exige ir junto com Reuben, o que não lhe agrada. Para capturar Shaney eles precisam entrar em território indígena e encontrá-lo antes de La Boeuf (Matt Damon), um policial do Texas que está a sua procura, devido ao assassinato de outro homem.

Caça às bruxas Idioma: Legendado Duração: 96 minutos Censura: 14 anos Gênero: Aventura Exibição: de sábado a quarta às 15h e às 17h. Quinta e sexta às 17h.

O Vencedor Idioma: Legendado Duração: 115 minutos Censura: 14 anos Gênero: Drama Exibição: de sábado a quarta às 14h40min, 16h80min, 19h e 21h10min. Quinta e sexta às 16h50min, 19h e 21h10min.

O Turista Idioma: Legendado Duração: 103 minutos Censura: 12 anos Gênero: Suspense Exibição: Diariamente, às 19h e 21h.

Zé Colméia Idioma: Dublado Duração: 80 minutos Censura: Livre Gênero: Animação Exibição: de sábado a quinta, às 14h10min, 15h50min e 17h25min. Sexta às 17h25min.

Shopping L’América Biutiful Idioma: Legendado Duração: 147 minutos Censura: 16 anos Gênero: Drama Exibição: Diariamente, (menos segunda-feira) às 18h e 20h45min. FOTOS: DIVULGAÇÃO Sinopse: Na Catalunha, Uxbal (Javier Bardem) coordena vários negócios ilícitos, que incluem a venda de produtos nas ruas da cidade e a negociação do trabalho de um grupo de chineses, cujo custo é bem menor, por não serem legalizados e viverem em condições precárias. Além disto, ele possui o dom de falar com os mortos e usa esta habilidade para cobrar das pessoas que desejam saber mais sobre seus entes que partiram há pouco tempo. Uxbal precisa conciliar sua agitada vida com o papel de pai de dois filhos, já que a mãe deles, Marambra (Maricel Álvarez), é instável. Até que, após sentir fortes dores por semanas, ele resolve ir ao hospital. Lá descobre que está com câncer e que tem poucos meses de vida.

Zé Colméia Idioma: Dublado Duração: 88 minutos Censura: Livre Gênero: Animação Exibição: De terça a domingo às 16h

O Vencedor Idioma: Legendado Duração: 115 minutos Censura: 14 anos Gênero: Drama Exibição: De terça a domingo às 18h30min e 21h.

Caça às bruxas Idioma: Legendado Duração: 96 minutos Censura: 14 anos Gênero: Suspense Exibição: De terça a domingo às 16h.

CadernoS SEMANÁRIO

BENTO GONÇALVES

SÁBADO, 5 DE MARÇO DE 2011

“Só por AMOR vale a vida”

A religiosa irmã Socorro, como é carinhosamente conhecida, é um exemplo de quem dá a vida pelos outros e tem amor de sobra para oferecer. Filha de Epifânio Jorge da Cunha e Osvalda Nunes da Cunha, vê neles, sua própria identidade. Como uma típica leonina é animada, feliz, otimista e crê muito na vida. “Sou bem humorada, “meio palhaça”, faço humor da vida”, afirmou ela. De personalidade marcante, sempre positiva e simpática, com garra e determinação, ela dedica-se à educação, sendo assim, diretora pedagógica do Colégio Sagrado Coração de Jesus. “Gosto muito do meu trabalho. Encontro nele satisfação e realização, porque amo trabalhar com as pessoas e acredito muito nelas, na possibilidade de crescimento de todos”. Seu robby preferido é ouvir música e tem na família o seu alicerce, o seu porto seguro. A amizade significa “coração que acolhe do jeito que somos”. Tendo Jesus Cristo como o seu referencial, uma viagem inesquecível que lhe marcou foi a Roma. Se sua vida fosse uma trilha sonora, seria Balada para Adelina, de Richard Clayderman, pois traz paz e serenidade. Irmã Socorro orgulha-se de ser o que é, e sente-se feliz em ter realizado um dos seus sonhos: a conclusão do mestrado. Almeja estudar e pesquisar cada vez mais, para assim, compartilhar seus ensinamentos e conhecimentos, mostrando que vale à pena viver. Um dos momentos mais marcantes para irmã Socorro foi a celebração dos 25 anos de vida religiosa. Natural de Querência do Norte (PR), mesmo morando há um mês em Bento, considera uma cidade encantadora. Seu livro preferido é a Bíblia e as lembranças mais marcantes são do tempo de criança, vividos em família, reunidos. Felicidade é...saber escolher fazer sempre o bem.

Estudio Pavan

Irmã Maria do Socorro da Cunha

2

EVIDÊNCIAS

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Autoridades buscam recursos em Brasília para meio rural Agricultores sofrem com norma que proibe suco de uva de panela A presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Bento Gonçalves, com extensão de base em Monte Belo do Sul e Santa Tereza, Inês Fagherazzi Bettoni, esteve em Brasília juntamente com outras autoridades ligadas ao meio rural da região e deputados do Estado a fim de buscar liberação de recursos para os agricultores. Entre as principais solicitações estiveram a liberação de recursos do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para dar continuidade ao projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) e liberação de recursos para a subvenção do Seguro Rural para próxima safra. O grupo tratou ainda de outros assuntos, como a proibição da elaboração do suco de uva de panela e o seguro agrícola.

De acordo com a Presidente, os assuntos abordados junto a representantes do MDA são de extrema importância para a sobrevivência e manutenção de inúmeras propriedades rurais. “O programa ATER, por exemplo, objetiva contribuir com o fortalecimento da agricultura familiar e de suas cooperativas, com desenvolvimento sustentável, voltado à nossa região (a Serra Gaúcha)”, comenta. Entre os principais benefícios do programa estão a solução de problemas crônicos da viticultura, tais como ausência de assistência técnica continuada. Outro assunto de extrema importância para Inês diz respeito ao Seguro Agrícola, uma vez que inúmeros agricultores acabam tendo suas safras prejudicadas devido principalmente

às intempéries. Finalizando os assuntos abordados, a Presidente destaca que muitas famílias estão sofrendo prejuízos devido a uma norma expedida por técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) que proíbe a elaboração de suco de uva de panela. Segundo apresentado na reunião de representantes do MAPA com o grupo de autoridades da região, o ministro Wagner Gonçalves Rossi foi enfático e determinou que seja suspensa imediatamente essa norma. Rossi também constituiu um grupo técnico para tratar do assunto e estabeleceu um prazo de três anos para encontrar uma solução que viabilize a continuidade do processo de elaboração do suco de uva de panela.

TIM lança chips exclusivos da dupla Grenal A TIM traz mais uma novidade para os apaixonados pela dupla Grenal: os chips exclusivos da operadora para tricolores e colorados. Serão os primeiros produtos licenciados pela empresa junto aos times após o contrato de patrocínio fecha-

do com o Grêmio e com o Internacional, no final de 2010. Além de personalizarem o celular usando sim cards com as logos dos clubes, os torcedores ainda poderão colaborar com os projetos de Grêmio e Inter, já que parte do valor da ven-

da dos produtos será repassada aos times. Para comunicar a ação respectiva a cada clube, a TIM, juntamente com cada clube, convidou o goleiro tricolor Victor, e o meia colorado D´Alessandro, ídolos de suas torcidas.

CDL de Bento promove Carnaval da Mulher Prêmio para as melhores fantasias, maior e mais criativo bloco, muito espumante e animação para comemorar o Dia Internacional da Mulher. Homem só entra depois das 23 horas. Assim será a festa alusiva ao Dia Internacional da Mulher, organizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Bento Gonçalves (CDL/BG) no dia 8 de março, no Bangalô Music Bar. É o Carnaval da Mulher, uma festa dedicada não somente as lojistas e comerciárias, mas também a todas as mulheres que desejam se divertir no encerramento do Carnaval comemorando o seu dia. As três melhores fantasias da noite serão premiadas. As vencedoras ganharão um dia de beleza incluindo massagem, pé, mão e escova, oferecido por Iva Espaço da Beleza. O maior e o mais criativo bloco carnavalesco serão premiados com duas caixas de espumante moscatel cada. Uma comissão julgadora formada apenas por mulheres terá a tarefa de avaliar as fantasias e o bloco mais criativo. Já o controle do maior bloco será

feito por uma equipe da CDL. A caráter, a presidente da CDL/BG, Helenir Bedin, estará recepcionando as mulheres com muito espumante. O ambiente será totalmente decorado para receber cerca de 200 mulheres, conforme previsão da entidade. “Estamos trabalhando para integrar as mulheres que trabalham no comércio. Dia 8 é dia da mulher cair na folia e se divertir, e nós da CDL queremos proporcionar este momento”, destaca. “Quem não tiver uma fantasia pode optar por máscaras. O que vale é entrar no espírito da festa”. A programação inicia às 21 horas. A presidente explica que a partir das 23h, maridos e namorados poderão participar da festa, que será animada pela Banda Jeito atrevido. O valor do ingresso para associadas é de R$ 30,00. Não associadas pagam R$ 38,00. Os ingressos podem ser adquiridos na sede da CDL, na Galeria Zanoni, 2º andar, no centro da cidade. Informações pelo telefone (54) 3455.0555.

CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS A Faculdade FISUL está com as inscrições abertas para o curso de extensão acadêmica Gerenciamento de Projetos. O curso proporcionará aos participantes a oportunidade de desenvolver suas competências como gestores de empreendimentos, por meio de uma eficaz combinação de disciplinas que tratam dos aspectos estratégicos, organizacionais e operacionais em todos os tipos de projetos. Segundo o coordenador do curso Leandro Vignochi, a serra gaúcha é uma região repleta de projetos e empresas renomadas que já utilizam as boas técnicas de Gerenciamento de Projetos. “A partir do momento em que mais organizações entenderem que o projeto bem gerenciado é um diferencial competitivo, ocorrerá uma busca intensa por esta metodologia,” comenta. O coordenador salienta que os projetos não fazem parte apenas em obras de engenharia. Na

realidade se uma empresa tem uma estratégia, será através do projeto que o objetivo será alcançado. “Não é o tempo ou o custo que determina a importância de um projeto. A importância é medida pelo impacto que ele gera na organização. O Gerenciamento de Projetos não deve ser uma técnica tratada como rotina nas organizações,” enfatiza. O início das aulas será no dia 06 de abril e encerra no dia 11 de junho, totalizando 61 horas. As aulas serão à noite das 19h às 22h30min, na sede da Faculdade FISUL. Estão abertas as inscrições também para a especialização em Direito do Trabalho e Previdenciário, em parceria com a Faculdade IDC, de Porto Alegre e o curso de extensão Redução de Desperdícios. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 54.3462.8300, das 14h às 21h, pelo e.mail extensao@ fisul.edu.br ou no site www.fisul.edu.br.

CadernoS Sábado,

EVIDÊNCIAS 3

5 de março de 2011

Maxxi 4 passa a atuar na locação de imóveis

Diferencial da empresa é prestar suporte qualificado ao cliente Altamente qualificada e reconhecida na comercialização de imóveis comerciais e residenciais, assim como de terrenos, a Maxxi 4 Imóveis, passa a atuar também na locação imobiliária. Idealizada pelos sócios Wanderly Ferreira (Dico) e Carlos Rizzi, desde a fundação da empresa em abril de 2010, a Maxxi 4 Imóveis, realizou amplo planejamento para se diferenciar no setor imobiliário. O sócio e corretor de imóveis Dico comenta o trabalho que a empresa vem desenvolvendo. “Buscamos oferecer todo o suporte a nossos clientes, além de toda a prestação de serviços inerentes ao processo de locação, dispomos de assessoria jurídica e tributária, que reflete em tranquilidade e segurança no momento da locação”, relata Dico, que analisa o mercado regional propício para locações com grandes oportunidades de negócio. Outro fator positivo apontado pelo corretor é a Lei de Inquilinato, que

Jucilene Festa

A equipe Maxxi 4 Imóveis, Carlos Rizzi, Samantha Franceschini, Rosimeri Machado, Angélica Lobo e Wanderly Ferreira (Dico)

entrou em vigor no ano passado, contribuindo positivamente com o segmento de locação. O corretor de imóveis Carlos Rizzi aponta ainda a qualidade da assessoria prestada como fator fundamental para se obter respeito e a credibilidade no setor. “A Maxxi 4 Imóveis desde o início de sua concepção, buscou implemen-

tar diversos valores que possam contribuir com a lucratividade e sustentabilidade de seus negócio e de seus clientes”, afirma Rizzi, que acredita no alto investimento do capital humano como um dos grandes diferenciais e preocupação constante na qualificação e profissionalização da equipe Maxxi 4.

4 EVIDÊNCIAS

CadernoS Sábado,

Marista recebe visita de egressos Universitários levam experiência aos alunos Divulgação

Novos acadêmicos conversaram com alunos do ensino médio

O início das aulas para eles não é mais o mesmo. Os concluintes do ensino médio 2010 visitaram o Colégio Marista na última semana, com um sorriso de conquista. O momento de reencontro com os amigos, colegas e professores teve ainda troca de experiências do vestibular; em alguns casos, os preparativos para mudança de cidade e, para todos, as expectativas para o mundo acadêmico. Os novos universitários falaram para os estudantes da 2ª e 3ª série do

ensino médio, lembrando a importância de aproveitar o tempo de aprendizado e convivência na escola. A diretora da escola, professora Sílvia Pagot Marodin; o vice-diretor, irmão João Olide Costenaro; a orientadora educacional, Vanessa Catuci; e os professores, Elisabete Miele e Mauro Olsen parabenizam os ex-alunos pelas conquistas, desejando uma caminhada de muito sucesso e de persistência, difundindo por onde passarem o jeito de ser Marista.

Aprovados no Vestibular 2011 Arthur Formentão Guidolin - Designer - UCS 7º lugar Augusto Giacomini Werner - Direito - UCS 4º lugar e Ufpel Bruna Ferrari - Arquitetura e Urbanismo - UCS 5º lugar Bruno Tesser - Engenharia Civil UCS e PUC Cássio Poletto Cutulli - Comércio Internacional - UCS Débora Albanese Pellicioli - Nutrição - PUC 5º lugar e na UCS Eduardo Lodetti Paupério - Engenharia Mecânica - UCS e Unisinos Eduardo Valtrich Conte - Odontologia - Ulbra Gabriel Pastorello Casonatto - Engenharia Mecânica - UCS Giulia Mariana de Moraes Marins Designer - UCS

Guilherme Gasperin Gava - Administração - UCS Guilherme Tumelero - Engenharia Mecânica - UCS Gustavo Ferrari - Engenharia Mecânica - UCS Henrique Colao Zanuz - Ciência da Computação - UCS Jessica Costa Marini - Engenharia Ambiental - UCS Lucas Dorneles da Silva - Direito - Unisinos Matheus Mafra Bastos - Ciência da Computação - UCS Pâmela Minella de Souza - Relações Internacionais - Anglo Americano 1º lugar Patrícia Faggion Schramm - Fonadiologia - UFCSPA e Direito UCS Rafael Miele - Direito - PUC e UCS

5 de março de 2011

Colégio Medianeira retorna atividades em 2011 com olhar para o futuro Neste início de ano letivo, o Colégio Medianeira recebeu os estudantes do ensino médio com um bate-papo com os ex-alunos que já estão atuando no mercado de trabalho ou cursando uma faculdade. A conversa teve por objetivo mostrar os caminhos que se abrem ao final do ensino médio, além da importância de desenvolver as diversas habilidades e competências durante o período escolar. Sempre olhando mais adiante e primando pela formação integral do aluno, o colégio investe na formação dos estudantes, desde a educação infantil até ao ensino médio, oferecendo várias oficinas no período extraclasse, as quais auxiliam no desenvolvimento de diferentes habilidades. São oferecidas diversas oficinas como futsal, handebol, basquete, vôlei, balé, teatro, patinação, capoeira e música. Elas proporcionam o desenvolvimento integral do ser humano, por meio da disciplina, harmonização, concentração, espírito de equipe e expressão corporal.

Divulgação

Habilidades são trabalhadas durante oficinas

Uma vez que as oficinas são abertas a todos os alunos da educação infantil ao ensino médio, a escola proporciona a possibilidade de que todos possam desenvolver suas habilidades independentemente de suas idades. Pensando sempre no melhor desenvolvi-

mento dos seus alunos, o Colégio Medianeira prima por uma educação de excelência alicerçada em valores cristãos, proporcionando a todos, o contato com diversos segmentos auxiliando, assim, na valorização da diversidade e no respeito mútuo entre os cidadãos.

CadernoS Sábado,

EVIDÊNCIAS 5

5 de março de 2011

Colégio Sagrado desenvolve projeto Coração Feliz 2011

Vinícola Aurora adquire novos tanques de inox Divulgação

Iniciativa tem como temática a preservação ambiental Divulgação

Através de encontros realizados na segunda-feira, 28, foi lançado o projeto Coração Feliz, que se estendeu durante toda a semana no Colégio Sagrado Coração de Jesus. Este ano tem por temática a preservação do planeta. As ações serão desenvolvidas com os alunos da educação infantil ao ensino médio e todos os setores da escola. Esta edição do Projeto Coração Feliz tem o objetivo de acolher e integrar a comunidade escolar no início do ano letivo, por meio de ações educativas, em busca da superação de problemas ambientais, e que estejam alicerçadas nos princípios do Evangelho e no carisma de Madre Clélia. Ainda no lançamento do projeto procurou-se rememorar e atualizar toda comunidade educativa

Mobilização visa um planeta menos poluído

sobre a urgência que é a conservação ambiental em vista de uma vida mais digna e de qualidade. Além da mobilização, percebe-se a participação e o envolvimento dos alunos que, desde a última semana de fevereiro, estão contribuindo e participando das atividades propostas. Vale ressaltar a escolha do le-

Grife Akeo confirmada para a FIMMA Com o objetivo de consolidar ainda mais a imagem de marca moderna e que surpreende, a Akeo está preparando diversas novidades para apresentar na Fimma, que acontece de 21 a 25 de março, em Bento Gonçalves. Entre elas está a apresentação dos novos lançamentos que – com aplicação extremamente funcional e também decorativa – prometem prender a atenção dos visitantes. Repletas de estilo, as criações são assinadas pelas designers Juliana Desconsi, responsável

pela linha de puxadores de metal, e por Marlene Gurgel, que endossa a linha plástica. Especializada na produção de acessórios para mobiliário e serviços de acabamentos especiais, a Akeo é reconhecida no mercado pelo seu poder de inovação a cada lançamento. Conceitos diferentes, sofisticação, variados estilos e formas contemporâneas são apenas algumas das características que poderão ser conferidas nos novos produtos durante o evento.

ma do projeto: Com fraternidade tudo é possível, do cinza poluente ao verde consciente. Este lema, da turma da 5ª série 3, foi escolhido entre diversos e criativos que foram sugeridos.

A Vinícola Aurora acaba de adquirir mais 20 tanques de inox, com cinta térmica para controle de temperatura, com capacidade de 10 mil e cinco mil litros. Os tanques aumentarão em 170 mil litros o volume de fer-

mentação de vinhos da linha Top da empresa. As aquisições são a aposta da Aurora para a elaboração de vinhos diferenciados, em volumes menores, mantendo a qualidade e excelência características da marca.

6 EVIDÊNCIAS

CadernoS Sábado,

Malharia Gabriel recebe coleção outono/inverno

Pelo mundo do

MARKETING Eliane Zanluchi

Loja aguarda clientes repleta de novidades para todos os estilos Passando a oferecer produtos de qualidade até o tamanho 18, a Malharia Gabriel disponibiliza aos clientes, as novidades do mundo da moda. E já começa a receber os lançamentos da coleção outono/inverno. A gerente, Solange Stradiotti, lembra que com a nova coleção, a loja estará repleta de novidades e estilo. “Nesta estação, as meninas estarão vestindo saias e bermudas com meião. Os vestidos continuarão em alta, dando continuidade ao glamour conquistado nas estações passadas”, comenta Solange, lembrando que a estação que se aproxima terá bastante sobreposição de peças. Tons como o rosa nude estarão em alta para o público feminino. Já na moda masculina combinações no xadrez são a grande tendência, que mantém uma releitura de estações passadas. Segundo Solange, o que não se pode deixar de afirmar é que o xadrez traz à estação, muita cor, deixando a nova coleção charmosa e despojada, atendendo, inclusive, o universo feminino. Visite e comprove as novidades e ouse com as tendências da moda.

5 de março de 2011

Divulgação

O que o Branding tem a ver com as empresas?

Um dos termos que vem ganhando evidência em Marketing é o branding. Sua relação direta com a marca é evidente aos que interagem com este universo. Mas o que é e o que traz este termo de novo para as empresas? E será ele assim, tão importante, que hoje é considerado fundamental para o sucesso dos negócios? A marca e o branding nas empresas A marca é o conjunto de elementos tangíveis ou intangíveis da empresa (como o nome, o logotipo e as cores) que é representado por um símbolo. Quando bem gerenciada, a marca pode trazer mais valor ao produto, serviço ou empresa que representa. O branding, por sua vez, é o conjunto de ações envolvidas na gestão desta marca. Ele reúne estratégias para ampliar o valor das marcas no mercado, com o objetivo de torná-las únicas frente às necessidades e desejos do consumidor. Isto inclui desde um bom design, até o plano de comunicação e a construção da imagem e reputação da marca frente ao consumidor. Bons produtos, sem o branding, podem não fazer mais a diferença A tecnologia e acesso à informação tornam a concorrência, nos diversos setores, cada vez mais semelhante. E, hoje, o que faz a diferença na decisão da compra é a marca na grande maioria dos casos. Sabe-se, claro, que o preço também é determinante, porém observe o caso da Coca-Cola (uma das maiores marcas do mundo): seu refrigerante é um dos mais vendidos, mas pergunto, seu preço é o mais baixo?

Como começar a trabalhar com branding? Em primeiro lugar, identifique qual público a empresa quer atingir e, depois, os diferenciais do produto ou serviço que podem ser reforçados frente a este público através da sua marca. Após, tenha claro o que a empresa quer e como pretende se posicionar no mercado e crie um bom plano de comunicação e gestão para a marca. E atenção, este é o “ponto chave”: perceba todos os pontos de contato da marca e produto ou serviço com o consumidor, sem descuidar nenhum detalhe neste processo. Assim, o branding, junto a todas as ações que envolve, será realmente bem aplicado. “(...) Então pergunto: a Coca-cola é a marca mais barata para vender tanto no mercado? Ou o que a faz vender mais?” Envie sugestões! elizanluchi@hotmail.com | @elizanluchi Acompanhe esta coluna: www.ezcommkt.blogspot.com *Eliane Zanluchi é Consultora da ez/com - Branding & Marketing, Publicitária da Agência House 360 e Professora Universitária.

EVIDÊNCIAS

CadernoS Sábado,

Salton lança Vinho da Imperatriz da Fenavinho

5 de março de 2011

7

Parisotto e Allmax apresentam Residencial Libertá Divulgação

“O segredo do vinho é fazer com que as pessoas tomem de novo,” diz enólogo A Imperatriz da Fenavinho Brasil 2011 Kelly Scanagata, e as princesas, Carine Pedrotti e Gabriela Bottega, entraram na mastela e amassaram uvas merlot que vão originar o Vinho da Imperatriz 2011. O momento também foi marcado pela apresentação do Vinho da Imperatriz 2009 e do leilão virtual Com os pés nas uvas e o cenário da Vinícola Salton, a imperatriz Kelly, e as princesas Carine e Gabriela, demonstraram o clima de festa que a Serra Gaúcha vive, em função da vindima. Após a pisa das uvas pela corte foi lançado o Vinho da Imperatriz 2009 e apresentado, como inovação da 15ª edição da feira, o leilão virtual. Lançado na edição de 2005, o Vinho da Imperatriz homenageia os produtores rurais, enaltecendo a cultura italiana através do resgate de uma das atrações folclóricas mais emocionantes: a pisa das uvas. O mosto resultante do esmagamento feito pelas atuais soberanas é o que vai originar oa bebida, sempre lançada na edição posterior da feira. Celebrando a fé, a fartura e a autenticidade do povo da região, o evento foi marcado por três momentos: a bênção e a pisa das uvas, a entrega simbólica de exemplares do Vinho da Imperatriz 2009 a autoridades e convidados. Receberam o mimo, a própria Corte da Fenavinho Brasil 2009 – imperatriz Cláudia Alberici Pinto e as princesas Bárbara Manfroi Chies e Aline Petroli –, além do presidente daquela edição, Tarcísio Michelon. Bebida especial Do Vinho da Imperatriz 2009 foram produzidas apenas 250

Franciéle Picinin

Residencial Libertá terá duas torres e 180 apartamentos

Soberanas esmagam uva Merlot na mastela

garrafas. E nada melhor do que o próprio criador, Lucindo Copat – eleito o enólogo do Ano 2010 – para abrir a garrafa de número 15. Ao degustar a bebida, ele falou de suas características. Copat garantiu que o potencial de vida do vinho é de, no mínimo, 10 anos. “Muito saboroso e persistente, o vinho apresenta um sabor com ataque doce e taninos macios. Possui muita estrutura, com cor intensa de um roxo límpido e aromas de frutas negras e notas de chocolate, cogumelos, trufas e nozes”, descreveu. Copat destacou ainda que “o segredo é provocar as pessoas a tomar de novo”.

Lucindo Copat também será o responsável pela elaboração do Vinho da Imperatriz 2011. Personalização Exclusivo, este vinho tem identidade própria. E por isso, recebeu atenção especial de seu criador, que teve a ideia de personalizar a barrica com a pintura do rosto das soberanas, criando, assim, uma peça única, digna de integrar o patrimônio cultural da Fenavinho Brasil. A obra é do artista plástico Cristiano Fabris, de Guaporé. A mesma pintura está retratada no rótulo do vinho com numeração de 1 a 250.

Foi apresentado oficialmente na quinta-feira, 3, o Residencial Libertá, grande lançamento da Construtora Parisotto, que tem financiamento da Caixa Econômica Federal e comercialização exclusiva pela Allmax Imóveis. Chamando a atenção pela localização, o empreendimento possui projeto inovador e valores acessíveis, com apartamentos que se enquadram no programa Minha Casa Minha Vida. Mesclando salas comerciais com andares residenciais, as duas torres totalizam 180 apartamentos, servidos de quatro elevadores. O residencial está localizado na rua Osvaldo Aranha, nas imediações da rodoviária e a dois minutos do centro de Bento. Por sua localização privilegiada em terreno nobre, o edifício oferece ótima orientação solar, com vista privilegiada para diversos pontos da cidade. Diogo Parisotto explica a acomodação das salas comerciais no empreendimento. “Os espaços comerciais estão destinados apenas ao pavimento térreo, os demais andares são todos destinados a apartamentos de um e dois dormitórios”, co-

menta o responsável pela obra que destaca ainda, a importância da parceira com a Allmax na comercialização e entrega das chaves aos proprietários “Pela seriedade da Allmax, nós da Construtora Parisotto, julgamos como uma parceria vitoriosa, que somente tem a somar para os proprietários, devido à seriedade e comprometimento da empresa”, relata Parisotto. Para o diretor da Allmax, Augusto Farina, o Residencial Libertá é o empreendimento de melhor localização na cidade em condições de financiamento através da Caixa, com uma qualidade superior e que vai surpreender aos clientes da Construtora Parisotto. Entre as benfeitorias do novo empreendimento destaca-se a completa infraestrutura e segurança oferecida aos moradores, com a entrega de garagem fechada em box privativo e a ampla área de lazer, com dois salões de festa, playground , brinquedoteca, espaço para lazer no terraço, aliados aos quatro elevadores que garantem a comodidade dos moradores.

Todeschini marca presença no Carnaval de Salvador com coleção Organix em três camarotes Pelo segundo ano consecutivo, a Todeschini firma o nome no Oceania, localizado em frente ao Farol da Barra, e que recebe três mil pessoas por dia. Uma cozinha gourmet Todeschini – desenvolvida com os

padrões Moka e Acácia – fará parte do complexo do camarote. Além deste espaço, a marca aparece também nos camarotes vips. As novidades neste ano ficam por conta do patrocínio ao tradicionalíssimo Camarote Ex-

presso 2222, de Flora e Gilberto Gil, e ao disputado Boteco Marta Góes, comandado pela renomada promoter Marta Góes. O Expresso 2222 espera cerca de mil pessoas por dia. Ao lado de patrocinadores como Bra-

desco e Coca-Cola, a Todeschini estará presente com mobiliário no padrão Tagliato, último lançamento da marca, no café, na praça e na feirinha. O Camarote Marta Góes, tradicional por receber convidados ilustres, te-

rá a assinatura da Todeschini na Champanheria, na Temakeria e nos balcões do espaço. Como patrocinadora, a Todeschini terá sua marca presente em todos os materiais de comunicação e na parte interna dos camarotes.

8 EVIDÊNCIAS

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Mônica Vagliati Psicóloga- Psicoterapia Cognitivo Comportamental

Retratus,’s Ateliêr

1. Nome completo: Marina Cristianeti Gallas 2. Idade: 4 anos 3. Nomes completos dos pais: Marlove Cristianeti e Leandro Morsch Gallas 4. Estuda? Se sim, onde? Estuda na escolinha Little Kids 5: Qual é sua comida favorita? Lasanha 6. Quem são seus melhores amigos? Maria Eduarda e Cleo 7. O que você gosta de fazer? brincar, comer e estudar 8. Qual é o personagem de desenho animado que você mais gosta? Rapunzel 9. Qual é sua brincadeira preferida? esconde-esconde 10. O que quer ser quando crescer? trabalhar no Yázigi Foto Pvan

João Lucas Frá completa 9 anos no próximo dia 22. Recebe os parabéns dos pais, Marcia e Odair; dos avós, Ellia, Odila e Lauro, e dos dindos, Everson e Marciane

A Importância das habilidades sociais Durante a infância, a criança precisa desenvolver um conjunto de habilidades sociais que a instrumente a lidar com as demandas das diferentes situações sociais. Paralelamente, é necessário que ela consiga, ainda, articular fatores sociais, pessoais e culturais para que, finalmente, possa emitir um comportamento socialmente competente, considerando-se a idade em que se encontra. Destacam-se como habilidades sociais: autocontrole/expressividade emocional; civilidade; empatia; solução de problemas interpessoais; capacidade de fazer amizades; assertividade e habilidades acadêmicas. Problemas no desenvolvimento dessas habilidades podem resultar em dificuldades comportamentais como: agressividade, impulsividade, explosividade, comportamentos opositores e condutas antissociais; por vezes resultam, também, em depressão, isolamento social, ansiedade e fobia social. Algumas medidas são essenciais à promoção, pelos pais, de comportamentos adequados em seus filhos. São elas: - emitir comportamentos adequados e demonstrar assertividade, ao invés de agressividade; - dialogar com os filhos fazendo perguntas, expressar sentimentos, opiniões e estabelecer limites; - expressar sentimentos de agrado e desagrado em relação ao comportamento do filho. Abordar o comportamento e não fazer críticas que atinjam a autoestima; - cumprir promessas; - estabelecer limites e regras, o que implica aprender a dizer “NÃO”. - desculpar-se com os filhos e admitir os próprios erros. A Psicoterapia proporciona programas de treinamentos em habilidades sociais que possibilitam incrementar fatores de proteção ao desenvolvimento, tratar problemas já instalados e reduzir o impacto de déficits graves nessa área. Mônica Vagliati Psicóloga- Psicoterapia Cognitivo Comportamental Contato: monivagliati@bol.com.br e telefone(54) 9129-8696

Fotos Divulgação

Photo Art Fotografias

O gatinho da foto é João Vitor Fitarelli Zat que completou 1 aninho no dia 17 de fevereiro, para a alegria dos pais corujas, Alexandra Fitarelli e Ivanes Zat

Grenal foi o tema da festa dos primos, Rafael Casarin Zen e Lucas Zen Cainelli, que completaram 7 anos, dia 27. Recebem o carinho dos pais, Edemar e Andréia e Carlos e Ironi

A boneca Eloísa Michelon Cristófoli, de 5 meses, é a alegria dos pais Marcelo e Leandra

O pequeno Theo completou seu primeiro ano de vida no dia 3 de março, em uma linda festa organizada pelos pais, Mariana e Jocemir Stormoski

EVIDÊNCIAS 9

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011 Sociais Franciéle Picinin Borges

Franciéle Picinin

Evandra Stringhini e Andréia Zucchi foram presenças marcantes na Assembleia Ordinária do Bento Convection Bureal, na Dom Pepe Pizzaria

Carnabilly Depois do super show com Armandinho, ontem à noite, hoje, 5, a festa segue na AABB, com atrações especiais: Banda Misturadão, DJ Cris, Show Sertanejo João Victor e Cassio, DJ Fabiano, FatDuo, Pura Cadência, MC Jean Paul, VJ Dany, Grupo Doce Mania (Bento), Pagode e Malicia (Bento/Barbosa) e DJ Pirata.

Botafogo Hoje à noite tem jantar social para casais, na Sociedade Recreativa Botafogo. O Baile de Carnaval será realizado no Salão Nobre, a partir das 20h30min, com cardápio especial, sobremesa e petiscos até o final da noite, regados a chope. A noite será animada pela Banda Tropical Brass. Mais informações pelo 3453-1996.

frapicinin@jornalsemanario.com.br

10 EVIDÊNCIAS

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Sociais Franciéle Picinin Borges

frapicinin@jornalsemanario.com.br

Franciéli Picinin

Inscrições abertas A Ensinotek, em parceria com o Círculo Operário, está trazendo para Bento Gonçalves e região, os cursos de eletricidade de automóveis, instalação de som automotivo, instalação de alarme, travas e vidros elétricos e aplicação de película. As capacitações são práticas, com apostila gratuita e certificado de conclusão. A previsão de início das aulas é para o dia 21 de março. As inscrições podem ser realizadas no Círculo Operário Bento-Gonçalvense. Contato: 2102-5600.

O empresário Camilo Geremia e o enólogo Dario Crespi, no lançamento do Vinho da Imperatriz, na Vinícola Salton

EVIDÊNCIAS 11

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Sociais

frapicinin@jornalsemanario.com.br

Franciéle Picinin Borges

Franciéle Picinin

O enólogo e diretor industrial da Salton, Lucindo Copat, o empresário Tarcísio Michelon e o casal, Séfora e Carlos Paviani, diretor executivo do Ibravin, na Vinícola Salton, no lançamento do Vinho da Imperatriz

12 EVIDÊNCIAS

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Sociais

Franciéle Picinin Borges n

Silvia Tono

Divulgação

Marcos Rafaele

As filhas Taís e Laís, o esposo Euclides Longhi, radiantes de felicidade, ao lado da empresária Maristela Cusin Longhi, agraciada com o troféu Mulher Cidadã 2011

Além de romantismo, mento dos caxienses Frasson Amalcabúrio e Leis, no cair da noite do de março, reservará boa charme por conta do cen colhido pelo casal para re união. A estilosa Cave d Winery, no Vale dos V em Bento, será ambienta servir de palco da cerimô giosa e da recepção dos A organização do evento cargo da relações pública monialista, Cristina Magg

Arquivo pessoal

No dia 19 de fevereiro, Michel Carra e Lílian Guerra trocaram alianças na igreja Santa Maria Goretti. Após a cerimônia os convidados foram recepcionados com uma linda festa, no Restaurante Casa Borsói

Quem brindou mais um ano de vida no mês de fevereiro, foi Lui Salton, que recebe as homenagens de todos os familiares e amigos, em especial, do esposo Antonio Salton

Credifácil Empréstimos A filial da Credifáci, completou um ano neste mês, e os sócios, Marli Rodrigues Miranda e Vicente Miranda, recepcionaram clientes, convidados e amigos, para festejar a data. A Credifácil já está em Bento Gonçalves há 5 anos, contando com duas lojas (a matriz está localizada na rua Felix da Cunha, 36, ao lado do antigo terminal de ônibus, fone 3453-7965). “Nosso diferencial é ter um mix bancário amplo, podendo oferecer diversas opções ao nosso cliente, além da flexibilidade na negociação da taxa de juros. E no final deste ano vamos sortear uma moto para quem realizar um contrato conosco, não importa o valor. Também concorrerá ao prêmio quem nos indicar um cliente, assim todos podem participar”, explica a proprietária, que sempre realiza promoções para prestigiar seus clientes.

EVIDÊNCIAS 13

CadernoS Sábado, 5 de marçode 2011

frapicinin@jornalsemanario.com.br James Rodrigues / Revelare

& e

o casaRafaele Marcos o dia 19 dose de nário eseceber a de Pedra Vinhedos, ada para ônia relis noivos. o está a as e cerigi.

Larissa Spall de Almeida comemorou seus 15 anos no dia 26 de fevereiro. A aniversariante e os pais, Ezequiel Santos de Almeida e Elma Spall de Almeida, brindaram o momento com amigos, familiares e convidados, em uma bela festa no Clube São Bento

Franciéli Picinin

Face Design A decoradora Vera Lucia Petroli Beitel e o especialista em Marketing, Jonas Ortiz, unem talento e criatividade e inauguram, no dia 10 de março, em Farroupilha, a Face Design. Especializada em móveis para casa e alta decoração, a loja contará com ambientes assinados pelo design Roberto Beitel, linha de frente da Chair Brasil, e espaço destinado a peças de antiquários. O evento de lançamento contará com a organização e ambientação de Daniela Scheer, que cuida de todos os detalhes da festa. Para tornar o momento ainda mais especial, os convidados serão recepcionados ao som do pianista Rodrigo Solton. O novo espaço atende no endereço localizado na rodovia RS 122 km 61, número 18, bairro Industrial, em Farroupilha.

Graziela Pacheco e David Lumley deixaram a badalada Londres para celebrarem o enlace do casal, no sábado, 26 de fevereiro, no belíssimo cenário da Estalagem e Restaurante La Hacienda, em Gramado. O grande momento de animação aconteceu pouco depois do sim, com a apresentação de 15 integrantes da bateria Imperadores do Samba, um contraste inusitado com o clima bucólico da serra e a generosa natureza emoldurando a arquitetura do lugar, que lembra muito o estilo rústico e elegante dos casarios de Vêneto, na Itália. A organização do casamento tem assinatura de Margarida e Alex Muller, que escolheram rosas e orquídeas brancas de Sebastião Flores, para harmonizar com o espírito romântico da Estalagem. Os pais da noiva, Mirom e Zenite Pacheco, são gaúchos e, os do noivo, Peter e Lois Lumley, aterrisaram da Inglaterra para auxiliar na recepção aos convidados, muitos, vindos do exterior.

Os diretores da Arvy, Marcos e Marli Lazzarotto, com a filha Brenda, no evento que inaugurou a primeira loja exclusiva Arvy, em Porto Alegre A imperatriz da Fenavinho Brasil 2009, Cláudia Pinto e seu noivo Sidgrei Spassini, marcaram presença no lançamento do Vinho da Imperatriz, na Vinícola Salton

Divulgação

14 SAÚDE

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Infância barrada

Falta de diagnósticos de problemas de visão em crianças pode levar à permanência dos prejuízos pelo resto da vida. Se os olhos de uma criança não enxergam bem, a infância perde cores e contornos importantes. A deficiência ofusca o aprendizado e o desenvolvimento dos pequenos, já que eles costumam não conseguir identificar ou relatar o mau funcionamento da visão. Muitas vezes, nem pais nem professores conseguem perceber o problema. Dados do Ministério da Saúde revelam que 30% da garotada em idade de escola apresentam algum problema na vida. Por isso, o retorno às aulas é sempre uma época de alerta. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que existam 400 mil crianças cegas no mundo, 94 % delas, em países em desenvolvimento. A Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica calcula a existência de 180 crianças cegas e 720 com baixa visão para cada milhão de brasileiros. As duas principais causas de cegueira estável no Brasil são a catarada e a falta de óculos. Em cada dez casos de perda de visão, oito poderiam ser evitados se detectados precocemente. A recomendação, quase nunca levada a sério, é que a primeira consulta oftalmológica ocorra, no máximo, até o segundo ano de vida. O oftalmologista Celso

Fotos Divulgação

As duas principais causa de cegueira evitável no Brasil são as cataratas e a falta de óculos

Boianoviski explica que supostos atrasos de evolução motora podem, na verdade, ser provocados por deficiência visual, facilmente diagnosticada e, na maior parte das vezes, com ótimas chances de tratamento. Cerca de 90% de desenvolvimento da visão ocorre até os dois anos. Por isso, todos as crianças devem ser submetidas a exames de acuidade visual. Qualquer alteração ocular não corrigida na infância acarreta prejuízos para o resto da vida, pois limita as perspectivas escolares, culturais e profissionais da gurizada – diz o médico. A ambliopia de refração – miopia, hipermetropia e astigmatismo, são os problemas mais comuns entre os pequenos. Também conhecida como visão

preguiçosa, a ambliopia pode levar a cegueira. Ela ocorre quando há privação da boa qualidade de imagem em um dos olhos. O cérebro, então, elege o olho saudável, e o desenvolvimento neurológico acaba desequilibrado, porque a visão afetada não estimula o nervo ótico, que está conectado à atividade cerebral. O estrabismo, a opacidade na córnea, a catarata congênita e a ptose – queda da pálpebra – também são fatores desencadeantes da ambliopia. A criança que tinha uma deficiência simples e tratável adquire um prejuízo definitivo. Se passar dos oito anos, o tratamento é muito difícil. “Mesmo com todas as estimulações, o problema torna-se irreversível, observa Boianoviski.

Saiba preparar o suco que combate a celulite Mesmo que digam por aí que homem não está nem aí para a celulite e que alguns até acham sexy aqueles “furinhos” exibidos, as mulheres ainda encaram a situação com desconforto. Como não é possível acabar com esta companheira indesejável, o jeito é tentar minimizar os seus efeitos. Então, aqui vai uma receita prática de um suco que promete combater a celulite. De acordo com especialistas, este suco possui propriedades diuréticas e anti-inflamatórias. Ingredientes: 1 copo americano de água, três xícaras de chá de melancia, meia xícara de café de suco de limão, 1 colher de sopa de linhaça.

Suco auxilia na redução dos furinhos indesejáveis

SAÚDE 15

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Eduardo Garcia eduardosgarcia@terra.com.br

Pneumologista e Geriatra

Emagrecedores: sim ou não Mais uma vez somos surpreendidos por definições e novas regulamentações que advem de uma decisão superior e não consultada. A bola da vez agora são os medicamentos ditos emagrecedores que, por décadas, fizeram e fazem parte dos balcões de nossas farmácias. Não quero discutir a conotação política, nem tampouco, interesses que, porventura, possam estar por trás desta nova regulamentação. Não tenho estas informações e nem poderia comentar se as soubesse. A questão que quero discutir é bem simples e direta: se tais medicamentos para emagrecer (que citaremos abaixo), sabidamente podem provocar danos a saúde são vendidos no Brasil há muitos e muitos anos, somente agora alguém resolveu descobrir que podem ser nocivos! Isto causa estranheza. Em primeiro lugar porque sempre se soube dos diversos riscos que poderiam causar à saúde mas, mesmo assim, eram vendidos de forma relativamente controlada. Em segundo lugar, todos os medicamentos possuem algum tipo de efeito colateral. O que deve preponderar é o fato de que um medicamento na dose certa a cada indivíduo tem uma chance seguramente maior de auxiliar e combater uma doença ou disfunção do que causar dano ou lesão. Quando esta gangorra se desequilibra para o outro lado, aí não podemos mais chamar de me-

dicamento. Não estou aqui defendendo ou acusando os medicamentos emagrecedores, embora fármacos, tais como anfepramona e femproporex, por exemplo, tenham risco de causar efeitos nocivos à saúde física e mental de quem os utiliza. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quer banir a venda de inibidores de apetite que contêm sibutramina e os chamados anorexígenos anfetamínicos, que têm em sua composição as substâncias anfepramona, femproporex e mazindol. De acordo com o órgão, os medicamentos devem ser retirados do mercado brasileiro por representarem altos riscos à saúde. Por meio de nota, a Anvisa explicou que a medida tem como base estudos e um parecer da Câmara Técnica de Medicamentos (Cateme), de outubro do ano passado, que recomenda o cancelamento do registro dos remédios ao considerar que os riscos superam os benefícios. Uma nota técnica da área de farmacovigilância e da Gerência de Medicamentos da Anvisa atesta que a sibutramina apresenta baixa efetividade na redução de peso, além de pouca manutenção desse resultado, em longo prazo. Há ainda um aumento de risco cardiovascular em todos os usuários do remédio. Os anorexígenos anfetamínicos apresentam graves riscos cardiopulmonares e ao sistema ner-

voso central, o que, segundo a Anvisa, tornaria insustentável a permanência desses produtos no mercado brasileiro – mesmo com melhorias no processo de controle de venda. O comunicado destaca que os inibidores de apetite que contêm sibutramina e os anorexígenos anfetamínicos já foram banidos em diversos países desenvolvidos por serem considerados medicamentos obsoletos e de elevado risco para o paciente. “As novas evidências científicas, aliadas aos dados obtidos por meio das ações de vigilância pós-mercado da Anvisa, apontam para a necessidade de retirada dos inibidores de apetite do mercado brasileiro, não havendo justificativa para a permanência desses produtos no país”, afirma a nota. O outro lado da moeda é bem conhecido ou imaginado: tudo o que é proibido ganha mais valor de mercado e sua procura pode aumentar ainda mais, de forma ilegal e por meios escusos chegar ao usuário, sem, pelo menos, receber a atenção ou prescrição de um médico. A questão é polêmica e merece ser discutida com as entidades competentes, sobretudo, os médicos e, em especial, os endocrinologistas que diretamente lidam com o fenômeno mundial da obesidade. A questão que fica é = ruim com eles, e sem eles como será que fica....

16 SAÚDE

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Exagero no salto alto pode encolher as fibras musculares Você é do tipo que não vive sem um salto alto? Então esta matéria é para você!!! Uma pesquisa, realizada com mulheres que haviam usado calçados com saltos de cinco centímetros, por dois anos ou mais, e que sentiam desconforto ao andar com os pés chatos, constatou que elas possuíam fibras musculares da panturrilha cerca de 13% menores do que as que evitam o salto. Segundo o site Hypescience, o estudo também mostrou que quem usa salto alto tem os tendões mais espessos e duros,

diminuindo a capacidade de “esticar”, o que dificulta o andar descalço. Mas, calma! Isso não é o fim dos saltos altos! O ideal é alternar calçados de saltos com diferentes tamanhos e não se esquecer de fazer exercícios de alongamento. Um exemplo simples e fácil é ficar na ponta dos pés em um degrau e, com as mãos apoiadas na parede ou corrimão, abaixar os calcanhares o máximo que conseguir, depois levantá-los novamente.

Fonte: dicasdemulher.com.br

Que droga tem sido sua melhor amiga?

Esta última semana nos deparamos com matérias sobre medicamentos que nos chamaram bastante atenção. Você é daquelas mulheres que entram no consultório e pedem um tranquilizante quando sentam na cadeira? Daquelas que não vivem sem uma Fluoxetina, Rivotril, Sertralina? O uso destas medicações precisa ter indicações precisas e não somente atender a um pedido que, por trás, esconde seus problemas pessoais e sua dificuldade em resolvê-los. Em quatro anos, o uso do ansiolítico Rivotril subiu 36%. Será que todos estão usando com indicação correta? Claro que isso é responsabilidade do médico que indica, mas quero trazer a reflexão para todos que usam estas medicações. Resolver seus problemas familiares,

amorosos e financeiros com este recurso, realmente, não é o melhor remédio. Não estou me referindo aqui aos pacientes que usam estas drogas devidamente para tratamento de depressão. Tomar as “pílulas da ansiedade” não tornará sua vida mais fácil. Pelo contrário, pode até dar início a um outro problema: a dependência da medicação. Psicoterapia é uma opção que funciona

bem para muitos casos não graves, onde você pode aprender a lidar e resolver suas questões sem o uso de drogas. Converse com seu médico sobre a real necessidade das medicações, sobre psicoterapia e não use remédios de outras pessoas porque elae dizem ter se sentido melhores depois do uso. Você tem necessidades específicas. Fonte: anamariabraga.com.br

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Estresse,a doença da modernidade Com o constante avanço científico e tecnológico, houve muitas facilidades, agilidade nos serviços, aumento da produção e, com isso tudo, o tempo tornou-se mais curto. Com todas as transformações surgiram mudanças em nosso comportamento. O estresse é uma reação do organismo quando estimulado por fatores externos desfavoráveis. Qualquer atitude em excesso pode se transformar em um agente estressor, ou seja, agente causador de estresse. A primeira coisa que acontece com o nosso organismo, nestas circunstâncias, é uma descarga de adrenalina. No aparelho circulatório, a adrenalina promove a aceleração dos batimentos cardíacos e um estreitamento dos vasos sanguíneos periféricos. Assim, o sangue circula mais rapidamente para uma melhor oxigenação, principalmente, nos músculos e no cérebro já que ficou pouco sangue na periferia, o que também diminui sangramentos, em caso de ferimentos superficiais. No aparelho respiratório, a adrenalina promove a dilatação dos brônquios e induz o aumento dos movimentos respiratórios para que haja maior captação de oxigênio, que vai ser mais rapidamente transportado pelo sistema circulatório. Afinal, o estresse é bom ou pode ser prejudicial à saúde? Em uma reação do organismo às situações de luta ou fuga, ele é bom, especialmente, em circunstâncias em que o organismo tem de esboçar uma reação física, como

no caso de um atleta em uma competição. Nesta situação, o organismo libera substâncias que aumentam os batimentos cardíacos, elevam a pressão arterial, aumentam o fluxo sanguíneo nos músculos, melhoram a oxigenação cerebral, aumentam o tônus e a força muscular. Ele se torna danoso quando este mecanismo de liberação dos hormônios não é desligado, quando começa a se manifestar no organismo sinais e sintomas do estresse propriamente dito. Um dos primeiros sintomas do estresse são a ansiedade, a irritação e a preocupação excessiva, seguidos pela falta de memória, dificuldade de concentração, cansaço persistente, distúrbios no sistema digestivo como diarreias, gastrite, constipação, diminuição na qualidade do sono, cervicalgias tensionais, lombalgias, torcicolos frequentes, dor no pescoço associado com cefaleias, aumento do tônus muscular favorecendo as lesões por esforços repetitivos, ranger dos dentes, taquicardia, hipertensão, e desânimo. O nosso organismo, para estar em plena saúde, necessita estar equilibrado sob vários aspectos: físico, mental, endócrino, emocional e espiritual. Se vivermos sob alta frequência, em ritmo muito acelerado, além dos nossos limites orgânicos, podemos estar propensos aos sintomas do estresse e, por consequência, expor o nosso organismo às doenças. O combate ao estresse não é fácil, mas existem algumas medidas que aliviam e podem ajudar muito, dentre elas, a acupuntura recebe destaque. O tratamento com acupuntuDivulgação

Andréia de Deus

Leandro Stanislawski Biomédico CRBM -14442

ra induz a produção de hormônios que combatem os sintomas do estresse, como as encefalinas, endorfinas, serotonina e dopamina, que neutralizam os hormônios do estresse, como a adrenalina e o cortisol, produzindo uma sensação de bem-estar geral, benefício analgésico, relaxante muscular e efeito calmante. O tratamento permite atingir um relaxamento profundo, melhorando a capacidade pulmonar, qualificando o aporte sanguíneo, facilitando a eliminação das substâncias tóxicas do organismo. Sendo toda forma de excesso uma maneira de se estressar, é fundamental respeitar o limite pessoal, aliando uma dieta balanceada a uma atividade física regular. Estas medidas, certamente, ajudam a melhorar sua qualidade de vida e manter este problema distante.

SAÚDE 17

18 SAÚDE

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Alimentação à base de fibras reduz risco de morte em 22% Comer bastante fibra ajuda a prevenir contra doenças cardiovasculares, infecciosas e respiratórias, reduzindo, desta forma, o risco total de morte em até 22%. Estes são os resultados preliminares de um estudo feito nos Estados Unidos e que será divulgado na revista da Associação Médica Americana. Pesquisadores americanos do Instituto Nacional do Câncer avaliaram informações sobre 219.123 homens e 168.999 mulheres, que responderam um questionário sobre alimentação no início do acompanhamento, entre 1995 e 1996, e foram reavaliados nove anos depois. Neste tempo, morreram 20.126 homens e 11.330 mulheres. As fibras são nutrientes que não são digeridos pelo organismo e que não possuem calorias. Elas são encontradas em nozes, legumes, cereais integrais, farelos, pão integral, frutas e vegetais. De acordo com Yikyung Park, um dos autores do estudo, o consumo diário de fibras pelos participantes do estudo variou entre 13 gramas a 29

Divulgação

gramas para os homens, e 11 gramas a 26 gramas para as mulheres. Os resultados mostraram que os que consumiram mais fibras (20% entre todos os voluntários) tiveram um risco de morte 22% menor na comparação com aqueles que comiam menos o nutriente. Os pesquisadores afirmam que uma série de estudos já vem demonstrando os benefícios das fibras contra doenças cardíacas, câncer, diabetes e obesidade. Segundo Park, a fibra auxilia na digestão, reduz o nível de colesterol, me-

lhora os níveis de glicose e da pressão, diminui inflamações, entre outros benefícios. O recente estudo americano demonstrou ainda que o risco de desenvolver uma doença cardiovascular, infecciosa ou respiratória, entre aqueles que consumiram a maior quantidade de fibras, diminuiu de 24% a 56% nos homens, e de 34% a 59% nas mulheres. Uma dieta rica em fibra alimentar pode proporcionar benefícios significativos para a saúde. Fonte: www.r7.com.br

Quais produtos naturais podem auxiliar na digestão? Chás como o de boldo e de funcho são exemplos de ótimo saliados. O funcho aumenta o esvaziamento gástrico e diminui a fermentação e os gases estoma-

cais”, diz a nutricionista e fitoterapeuta, Lucyanna Kualluf. Já o boldo aumenta a produção de bile, estimulando o equilíbrio das enzimas digestivas e hepáticas”,

complementa. Para preparar a infusão, que deve ser tomada após as refeições, a nutricionista aconselha usar 1 colher de chá de erva seca, para uma xícara de 200 mililitros.

SAÚDE 19

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

Mitos e verdades: o xixi com hora certa As fraldas foram aposentadas há algum tempo. A mamadeira já não visita mais as manhãs. A criança está prestes a ser alfabetizada. Tudo perfeito, se não fossem as calças frequentemente molhadas. Pois é, dentro de casa ou na escola, a urina insiste em dar aquela escapulida. Longe de pedir uma bronca dos pais, a situação exige um olhar atento e a ajuda de um médico. Episódios recorrentes de xixi fora de hora são a mais pura manifestação de um problema que pode arrasar a autoestima do pequeno: a incontinência urinária. Felizmente, uma nova técnica testada e aprovada em solo nacional promete interromper o distúrbio sem cobrar nem um pingo de sofrimento. O estudo que avaliou seu potencial, assinado pelo urologista pediátrico Ubirajara Barroso Júnior e pela fisioterapeuta Patrícia Lordêlo, professores da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, foi um dos três finalistas da categoria Saúde da Criança da mais recente edição do Prêmio SAÚDE!. Ao lançar mão de um método chamado eletroterapia parassacral, eles conseguiram uma taxa de cura de 63%, além de melhoras significativas em quase toda a garotada submetida ao procedimento. “Acredita-se que boa parte das crianças com incontinência urinária apresente uma imaturidade em uma área do cérebro que coordena a micção”, explica Barroso Júnior. A eletroterapia visa acelerar essa maturação, bem como a remissão do distúrbio. “Posicionamos dois eletrodos acima das nádegas do paciente e

a corrente elétrica emitida ali estimula os nervos da bexiga, que enviam uma mensagem à região da massa cinzenta responsável pelo controle da urina”, conta o médico. Isso permite realinhar a comunicação da cachola com a bexiga, que deixa de se esvaziar na hora errada. A eletroterapia requer 20 sessões, distribuídas três vezes por semana. “Entre as vantagens, estão o baixo custo e a ausência de efeitos colaterais”, aponta Patrícia. “A criança sente apenas um formigamento. Já tivemos um paciente que até dormiu em meio ao procedimento”, diz Barroso Júnior. A eletroterapia também dá um banho no tratamento à base de medicamentos que relaxam a bexiga. “Nesse caso, a taxa de cura é de apenas 30%, sem contar os efeitos adversos, como boca seca e rubor facial”, compara Barroso Júnior. É claro que os especialistas precisam avaliar a criança para saber se ela é candidata ao método. E aqui entramos em uma questão fundamental quando se fala em incontinência: o diagnóstico. Diante das escapadas de urina constantes, de nada adianta a repreensão dos pais, acreditando em uma simples birra. “A criança não sabe se expressar. Ela não vai pedir que a levem ao médico”, observa o urologista. Primeiro é necessário investigar se há um problema neurológico ou anatômico. “Afastadas essas condições, precisamos rastrear o que atrapalha o funcionamento da bexiga”, avalia Vera Koch, chefe da Unidade de Nefrologia do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas de São Paulo.

todo que avalia a musculatura da bexiga, o estudo urodinâmico”, diz Carlo Passeroti. “Além disso, recomendamos um diário miccional, em que os pais e a criança podem anotar, por exemplo, com que frequência ela vai ao banheiro”, completa o médico. Detectado o descompasso, há várias estratégias para corrigi-lo, com destaque para a fisioterapia. “Utilizamos uma técnica, o biofeedback, que ensina o pequeno a contrair e relaxar corretamente a bexiga”, explica Patrícia. Com o auxílio de quem entende do riscado, a torneirinha só irá abrir na hora certa. No que prestar atenção

Há crianças que, abandonadas as fraldas entre os 2 e os 3 anos, demoram muito para distinguir o momento propício para urinar. Outras seguram demais o xixi em meio a uma brincadeira e, quando menos se espera, deixam a calça molhada. “A ansiedade e as situações de trauma também contribuem com a incontinência. Por isso, há casos que pedem o apoio psicológico”, afirma Vera. A constipação intestinal também pode ser a gota d’água — as fezes acumuladas no reto chegam a pressionar a bexiga, que aperta em momentos indesejados. Identificar o distúrbio o quanto antes também é a chave para prevenir complicações, como infecções urinárias e danos aos rins. O diagnóstico é feito por exclusão. “Podemos solicitar exames de imagem e um mé-

Verifique se a criança urina, em média, de três em três horas — de cinco a sete vezes por dia. Repare se ela segura por muito tempo a urina ou se fica se contorcendo e colocando as mãos na genitália quando tem vontade de fazer xixi. Fique de olho em que situações ela molha a calça ou o pijama. Veja qual a posição em que ela se senta no vaso (as meninas que se afundam na privada, por exemplo, contraem demais o abdômen e não esvaziam a bexiga direito). Apure se a criança vai ao banheiro na escola e a incentive a fazer xixi fora de casa — a timidez é inimiga da bexiga. Averigue se o jato de urina é fraco ou forte e se há algum incômodo ao urinar. Avalie o comportamento do pequeno: ele é ansioso? É hiperativo? Passou por algum estresse intenso? Essas situações fomentam a incontinência

Por que a urina escapa É normal uma criança molhar o pijama ou o uniforme vez ou outra. A incontinência existe, de fato, quando os escapes são recorrentes. “Ela pode ser causada por uma alteração neurológica ou anatômica, como um estreitamento do canal por onde a urina sai”, diz o urologista Ubirajara Barroso Júnior. Ou, o que acontece na maioria dos casos, a comunicação do cérebro com a bexiga é falha e esse órgão se contrai involuntariamente. Aliás, incontinência não é a mesma coisa que a enurese noturna — o famoso xixi na cama. “Nessa condição, a criança não desperta quando a bexiga está cheia e acaba urinando”, diz o cirurgião urológico Carlo Passeroti, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. Fonte: Vida e Saúde

EVIDÊNCIAS 20

CadernoS Sábado, 05 de março de 2011

Nelson Rubens Maioridade

Pensa em mim!

Ponto sem nó

William Bonner vai atingir a maioridade no “Jornal Nacional”: 21 anos no ar! Ele, que está há 14 anos no comando do noticiário, acaba de renovar contrato com a Globo por mais sete anos.

Bruno Gagliasso se prepara para viver Leonardo no cinema. Resta saber quem será o Leandro... O roteiro sobre a vida dos sertanejos será o primeiro de Gloria Perez nos cinemas.

Marília Gabriela não deu ponto sem nó: adiantou gravações dos três programas que comanda (SBT, Cultura e GNT) para conseguir sair de férias. Já está em Israel, de pernas para o ar.

Eu aumento mas não invento A cantora Simone não perde Novo programa de Silvio Sanum capítulo de Ti-ti-ti: ela se di- tos já começa dando R$ 1 miverte com as cenas de Jaqueline lhão ao participante! A diferença é que é proibido desistir e, cada (Claudia Raia)... vez que se erra uma pergunta, Amordaçado! Dizem que Da- Silvio vai descontando um bom nilo Gentili está proibido de fa- valor da quantia... Vai ter quem lar do BBB no seu Twitter. Nem saia devendo! bem, nem mal. Ordem da Band. Ele acata porque está feliz: seu Depois os brothers reclamam talk-show na emissora irá ao ar das broncas de Boninho, mas duas vezes por semana, nas noi- não dão uma dentro: passaram horas da madrugada comentantes de quarta e sexta. do sobre “Ídolos”, atração da Alô?! Nos moldes do extinto rival Record... “Aqui Agora”, Cristina Rocha ganhará um programa para con- Susana Vieira não gostou da sucorrer diariamente com o “Mais gestão maldosa de repórter: “Aposentar? Pra que? Na minha idade você” e cia. no horário. já não pego fila porque sou idosa Boca suja! Ministério Público de e pronto!” Ela está com 68 anos. olho no vocabulário dos personagens de “Insensato coração”. Embora tenha reclamado de Só para dar um exemplo: dia des- ser chamada de “atriz”, Fernanses, Marina (Paola Oliveira) foi da Lima não descarta tentar de chamada de “urina marrom” e novo: se receber uma boa proposta, topa fazer novela! Mas a “vaca travestida de boneca”! Globo, que está satisfeita com ela Vai e não vem! Preta Gil não no “Amor e sexo”, já virou essa gosta do trocadilho com o nome página! do seu programa, em canal a cabo, mas o “Vai e vem” não deve Tropa de Elite! Globo descobrindo a pólvora: trazer de volta ter nova temporada em 2011...

o “Linha Direta” porque os telespectadores sentem falta de um programa policial. Então não devia ter tirado do ar... A atração retorna à grade no segundo semestre. Só falta escolher o apresentador - cujo salário tem teto de R$ 150 mil. Não é tão fantástico assim o futuro das vencedoras do tal “Menina Fantástica”, concurso para eleger modelos no programa global: Regina Krilow, a vencedora de 2008, faz testes todos os dias. Mas ficou longe de virar uma estrela. Já Tayna Carvalho (vencedora em 2010) ainda divide o quarto com outras três amigas em uma casa mantida por uma agência, onde moram 16 meninas. Dizem nos bastidores da TV que Gugu poderá ter uma surpresa: o SBT cogita inverter os horários dos programas de Eliana e Celso Portiolli: ela começaria às onze da manhã e o “Domingo legal” às três da tarde - até 19 horas. Ou seja, Gugu teria que encarar o seu antigo programa. Mas porta-voz do SBT nega a troca na grade...

PAREDÃO – PADRE MARCELO ROSSI NR: Quem é você? PM: Divulgo a palavra de Deus!

NR: Vida de sacerdote? PM: Não escolhi. Fui escolhido

NR: Evangelizar pela música? PM: Provei que avalia a pena!

NR: E o celibato? PM: Sou convicto! Sem sacrifício! NR: Camisinha e aborto? PM: A Igreja é a favor da vida!

NR: Celebridade? PM: Não sou artista! NR: E os críticos? PM: Fui chamado de Padre estrela...

NR: Autor de livros? PM: Deus me deu esse livro! (“Ágape”)

NR: Admiração? PM: Madre Teresa de Calcutá.

NR: Coroinha? PM: Na infância fui pouco à igreja!

NR: Fé? PM: Todos têm dentro de si!

NR: Formado em educação física? PM: Dei aula e tudo!

NR: Recorde de vendas? PM: 2 milhões em 6 meses! NR: Músicas, filmes, livro... PM: O objetivo é tocar cada um!

PING-PONG – EMÍLIO ORCIOLLO NETTO Nome completo: Emílio Orciollo Netto. Data de nascimento: 15/01/74. Signo: capricórnio. Peso: 63 kg. Altura: 1m70. Prato preferido: qualquer um que tenha camarão. Bebida preferida: coca light. O que não falta na sua geladeira: maçã e água. Mania: usar cueca vermelha para trabalhar. Medo: de avião. Qualidade: sinceridade. Defeito: ansiedade.

Motivo de orgulho: minha família. Perfume: Hugo Boss. Livro: O Anjo Pornográfico, de Nelson Rodrigues. Música: todas da Gal Costa. Filme: O Poderoso Chefão. Ator: Al Pacino. Atriz: Winona Rider.

Destilando o veneno Você acredita? Dizem que Fiuk entrou com a bunda e a ex-namorada Natália com o pé: ela o achava muito ciumento! A moça tem uma loja de roupas em São Paulo que, entre outros itens, vende coleção de camisetas da grife de Fiuk! O produto vai entrar em promoção?!

flagra, só que aí foi trocado por um homem! Sem perdão!

Vencedor de “A fazenda 3”, Daniel Bueno reata namoro com Adriana, mãe de sua segunda filha, Mariana. A menina nasceu um dia antes dele entrar para o reality show.

Mais uma chance?! Samara Felippo e Leandrinho assumindo a volta! Agora vão juntos a restaurante e até em boate... O casal tem uma filha, Alicia, de um ano e nove meses.

Oscar Filho ri ao contar que flagrou sua ex-namorada na cama, com uma amiga do casal! Mas levou numa boa porque ele também era afim da moça! Mas não rolou nada... Oscar só terminou a reação depois de novo

Ney Matogrosso adora contar a novidade: descobriu que seus pais o geraram na praça da Sé, hospedados em hotel. Foi durante uma visita a São Paulo. Mas ele acabou nascendo um “cabra macho com H” em... Mato Grosso! Do Sul!

Daniel Oliveira jura que não é ciúme: ficou triste de Vanessa Giácomo ser musa de camarote, em sambódromo de São Paulo, porque não poderia curtir a festa com ela! Daniel está filmando na Itália. Mas ele sabe Do Rei Roberto Carlos para que sua esposa sempre se comum irmão camarada: “Não es- porta “direitinho”! tou apaixonado, mas estou chegando lá!” E aí, Paula Fernan- Vai ver Latino “herdou” mania des? Qual é a sua? da ex Mirelle Santos: tem ido dia sim dia não levantar peso! DeÉ namoro? Sabrina Sato até talhe: em academia de Moema queria ser discreta em suas saí- (SP). Solteiro, quer ficar “gosdas com Bruno Setúbal, herdei- tosão”?! Latino já teve complexo ro do Banco Itaú. Mas a Japa de pernas finas: chegou a brigar sempre chama atenção... Ele é com o Gugu - não aceitou entrar ex da cantora Alinne Rosa, do na banheira do antigo programa Cheiro de Amor. do apresentador no SBT...

CadernoS Sábado,

Guia 21

5 de março de 2011

Assunta De Paris

A FASE IMPERIAL DA COLONIZAÇÃO assunta.deparis@gmail.com

ordem, a carência alimentar e as epidemias foram algumas Enquanto a Província do Rio Grande do Sul criava os dos companheiros diários do colono daquele tempo; avalienúcleos para fixar a estrada, unindo a região dos tropeiros com resto do país, o Império tomou a obra como incentivo -se a dimensão do drama que viverem!... As agências de emigrantes valiam-se de técnicas vem ao desenvolvimento de mão de obra especializada, á consosempre leais para induzirem gente á viagem. Parece que se lidação da fronteira no Sul. importavam mais pelo dinheiro que recebiam de particuCada colônia foi dividida em léguas, estas em linhas ou lares ou de Estado do que pelo bem estar dos retirantes. A travessões, que se dividiam em lotes. Houve imigrantes que maioria deles tinham vendidos os seus bens para consecompraram mais de um lote, outros só adquiriram 1/8 de guir viajar até Gênova de dote, o que lhes parecia bom, onde o Governo Brasileiro vindo do pouco ou quase deveria começar seu auxínada. Mas o tamanho do lio.Quando saiam de seus lote variava muito, convilarejos e cidades, o sino forme irregularidades do dobrava de finados... terreno e a fertilidade do Além de agências solo. Presume-se, além disto que a inescrupulosas, muitos comissão de Terras tenha homens mal intencionacometido alguma arbitrariedos se fizeram passar por dade, pois a variedade dos “agentes de imigração” e dados colhidos pelos pesquipregaram peças lamensadores é muito significativo. Memorial do Imigrante. táveis nos migrantes. Um Vale frisar: o que caracdeles abandonou os passageiros no terizou o imigrante gaúcho foi ter cais de Gênova, e sumiu com seus vindo com a família (esposa, nonas, passaportes e riquezas. Muitos desses agentes recebiam comissão agregados e compadres). E o nível cultural muito baixo: de taverneiros de Gênova, para que levasse para ali os emigrantes 63% das mulheres e 37% doa homens não sabiam ler e muito tempo antes de atracar o navio que os deveria levar, para escrever ao chegarem. Temos dados pesquisados que o extorquir-lhes o pouco que tinham. Nas tavernas além de estarem sofrimento dos imigrantes foi muito marcante. Evitamos expostos a todo o tipo de estelionatário, eram envolvidos em descrever em tons sombrios o painel da vida dos primeitransações cambiais de tirar o couro. ros tempos; estaríamos ignorado o alto teor de esperança “Em Gênova, se pudessem, arrancariam também o coração”. e otimismo que envolveu a atitude daqueles que, alguns Depois, travessia de Atlântico não era nenhum durante séculos, tinham sido servos sem perspectivas de cruzeiro. Os navios eram semelhantes aos negreiros, gente emancipação civil. As crises, coletivas, financeiras e indivimorrendo de epidemia, espalhados e sufocados... duais, seguiram naturalmente, conseqüência das mudanças Os imigrantes ao chegarem ao Brasil, ficavam na de terreno e clima, das variações lingüísticas e comportacasa do Imigrante no Rio de Janeiro. mentais. A novidade do continente, as pressões de toda a

22 GUIA

CadernoS Sábado, 5 de março de 2011

PALAVRAS CRUZADAS

Flávio Luis Ferrarini

Bilhetes ao Dia da Mulher www.flavioluisferrarini.com.br

Pétalas de esperança Mulheres confortam, aquecem o coração A mulher é música Amparam, conduzem a dança É ela que rege o cotidiano Abrem-se como pétalas de Sem ela, o mundo desafina esperança Sem ela, o mundo emudece Fecham-se de repente, de A mulher é música Ela está nas paradas de sucesso emoção A mulher é música Incondicionalmente E a música é a voz de Deus Música

Beleza e garra Mais do que compartilhar alegrias e multiplicar amores; Mais do que dividir esperanças e inebriar o mundo com mil cores; A mulher é beleza, garra, amor e fé! Matérias Mulher é matemática faz-de-contas. Mulher é história de conto-de-fadas. Mulher é geografia tonta de amor. Mulher é química da paixão desenfreada. Mulher é português sem regra sem nada. Viver e amar A mulher multiplica afetos... Sonha a paz Oferece flores... Ensina a viver e amar.

A mulher ama incondicionalmente Amulher ganha o mundo com sua coragem A mulher deveria ser lembrada, admirada, amada e homenageada todos os dias... Previsão de tempo bom Mulher é como previsão de tempo bom Ensolarado como a felicidade Brilhante como o otimismo Quente como o coração da amizade. A mulher vale ouro A mulher vale ouro Vale por uma boa Doutora Enfermeira, Professora Faxineira, Advogada Psicóloga, Cozinheira Engenheira, Economista Vale até por uma Feiticeira Bilhete

As mulheres são folhas secas que enfeitam o outono. As mulheres são lágrimas bailarinas que dançam em nosso sono. Apenas uma mulher Vulnerável, forte, audaciosa, guerreira,sensível, dedicada, assustada otimista, linda, inteligente, sol, chuva, ventania, vulcão, prisão, liberdade, mentira, verdade sensibilidade, aspereza na suavidade apenas uma mulher! Mulher-menina... Menina-Mulher Mulher-menina que sonha um futuro feliz; Menina-mulher que luta e faz o futuro acontecer. “M” de Mulher Mulheres, Mães, Madres, Madonas Madrinhas, Madrastas, Mártires Mestras, Ministras, Marquesas Margaretes, Madeleines, Madalenas Marinas, Marias, Margaridas Mágicas, Maravilhosas, Magníficas Múltiplas, Misteriosas, Místicas Mudas, Murmurantes, Mimadas Maduras, Molecas, Manhosa Modernas, Músicas, Mulheres

LOTERIAS

HORÓSCOPO Áries

Touro

Mergulhe em suas emoções. Olhe para dentro sem medo do que pode encontrar. Deixe-se levar pelo mundo dos sonhos, das emoções, da imaginação. Você vai entrar em uma nova fase afetiva, mesmo que dentro da mesma relação.

Você está extremamente idealista hoje e com bom poder de persuasão. Com isso, pode influenciar outras pessoas, inspirando amigos a ajudarem em seus projetos. Dia de importantes definições afetivas. É importante dar o primeiro passo em qualquer mudança.

21/03 a 20/04

Leão

22/07 a 22/08 Cuide mais de sua espiritualidade. É um bom dia para reforçar a fé e perceber o quanto é importante acreditar em alguma coisa. Seja mais gentil e romântico, demonstrando seus sentimentos mais profundos. Está na hora de ser mais intenso ao se relacionar.

Sagitário

22/11 a 21/12

Assuma-se mais, especialmente perante sua família. Isso inclui ser firme em relação ao que acredita e cada vez mais valorizar aquilo que tem, inclusive seus talentos. Entre mais em contato com suas emoções não tenha medo.

21/04 a 20/05

Virgem

23/08 a 22/09 Aproveite todo esse romantismo e tenha atitudes mais firmes e concretas para conquistar a atenção das pessoas. É um dia para fazer, ter atitude, agir. É um dia para conquistar definitivamente quem você ama. Tenha atitude e impressione com sua segurança.

Capricórnio 22/12 a 20/01

Aproveite que está mais sensível e compreensivo para falar de seus sentimentos. Em qualquer conversa que tiver hoje, escute o que o outro tem para dizer com mais receptividade. Fale com o coração. Demonstre seus sentimentos sem medo.

Gêmeos

21/05 a 20/06

Nunca foi tão fácil enxergar seu destino. É um momento de mais clareza e de certeza sobre quem você é e o rumo que sua vida precisa tomar. Siga sua estrela. Você precisa investir mais em você e na sua liberdade, e qualquer relação precisa respeitar isso.

Libra

23/09 a 22/10 Resgate sua força se espelhando em situações que viveu no passado. É um dia para demonstrar mais segurança e firmeza em tudo que fizer. É importante agradar o outro, mas chegou a hora de mostrar cada vez mais como o outro pode agradar você.

Aquário

21/01 a 19/02 É um bom dia para organizar suas finanças, fazendo novas definições sobre como lidar com seu dinheiro. Baseie-se em sua história até aqui para definir como vai lidar com isso daqui para frente. Está cada vez mais importante compartilhar seus valores.

Câncer

21/06 a 21/07

Você está mais sonhador e deve aproveitar para prestar mais atenção mesmo nos sonhos, nos sinais, nas sincronicidades da vida. As respostas estão em todo lugar, fique atento. Um dia para aprofundar a relação.

Escorpião

23/10 a 21/11 Você está mais poderoso, sentindo que pode conquistar o mundo. Aproveite toda essa energia e direcione para causas mais especiais. Um dia para aprofundar a relação, mergulhando de cabeça em seus sentimentos.

Peixes

20/02 a 20/03 Você está com tanta energia que precisa tomar cuidado para não desperdiçá-la. Mantenha o foco no que é mais importante e aproveite essa fase de tantas oportunidades e realizações. Você está extremamente sensível e inspirado hoje.

DUPLA SENA 945 Primeiro sorteio 01 - 17 - 20 - 25 - 26 - 41 Segundo sorteio 02 - 11 - 23 - 38 - 39 - 40 946 Primeiro sorteio 12 - 18 - 26 - 31 - 32 - 46 Segundo sorteio 17 - 27 - 34 - 36 - 46 - 48 QUINA 2536 - 14 - 24 - 27 - 73 - 75 2537 - 12 - 46 - 48 - 72 - 77 LOTERIA FEDERAL 1º 39.065 2º 16.112 3º 62.929 4º 51.790 5º 14.961 LOTOMANIA 1118 -08 -11 - 14 -17 -19 - 20 - 24 35 - 37 - 42 - 44 - 50 - 54 - 58 - 64 69 - 74 - 76 - 87 - 00 1119 - 03 - 10 - 15 - 18 - 28 - 32 36 - 45 - 46 - 48 - 50 - 55 - 60 - 63 65 - 74 - 82 - 91 - 96 - 98 MEGA SENA 1261- 10 - 14 - 22 - 41 - 42 - 53 1262- 05 - 07 - 08 - 09 - 11 - 39

CadernoS Sábado,

GUIA 23

5 de março de 2011

ANIVERSÁRIOS Dia 05/03: Renato Marcolin, Terezinha M Saurim, Felipe Giacomin, Ana Maria Piletti, Merielen Bottega, Cecília Gasparetto, Cristina Carrion, Iolanda de Oliveira Venturella, Lucas Dendena, Nelsi Ferreira, Ana Toniozzo, Giovane Garbin, César Longhi, Angelo Conci, Telmo Siqueira Junior, Ademar Garziera, Daniel Rizzardo, Geni Silva, Ivete Martins, Jacira Girolometo, Lauralice Dupont, Márcio Borges, Alexandre de Freitas, Raul Zaniol, Claudio Pozza, Hélio Carlos Casamale, Nelson Potrick, Leucadio F. Percio, João Bellini Neto, Melania Mortari Sandrin, Dalila de Oliveira, Mauro Luiz Panizzi, Cláudio Tonezer, Pedro Paulo Kaminski, Marciano Zanin, Genor Antonio Salton, Euclides Magnim, Miguel Costa de Menezes, Ilione Giusti, Pedro Varzeletti, Dorival Santos da Rosa, Jacson da Silva, Irma Rodrigues Menezes, Adelino Ramos Junior, Gertrudes Sgarbozza, Giovana Ferrato. Dia 06/03: Dorval Vivan, Vânio Casagnolli, Gilvan Dal’Oglio,Ciro Zandoná, Maristela Debortoli Pasquali, Nestor Nunes, Estevão Zanetti, Fabiano Barth, Marli Pain, Valdecir de Cesaro, Ana Rita Dias, Inês Marco, Claci Ozelame, Felipe Volpatto, Lori Zapalai, Sidimar Cambruzzi, Mari Massuti, Edegelson Tomasi, Thais Krindges, Rejane Grasseli, Jean Carlo Vignatti, Vinicius Gallina, Fani De Villa, Luciane Sartor Paese, Rodrigo Pierozan, Aristides Bertuol Filho, Gleci Petroli, Lauro Vivan, Nair Volpatto, Moisés Scussel, Renato Weirich, Orval José Perego, Rejane Burlin Gresseli, Luiz Antonio Rusezik, Gleci Terezinha Cusin, Valdomiro Piazzeta, Janaine B. Boneti, Jose Sotoriva, João Ranzi, Jussara Vieira,Valdomiro Domingues, Ademir P. Massutti, Dorival Vivan, Ismael A. Brandalise, Lúcia Cavaleri. Dia 07/03: Eloísa Ramella, Vanessa Dos Santos, Volmir Grassi, Idalina Maria Monteiro, Andressa Paz, Lorivan Sétimo Fracaro, Lino Antonio Sgarbi, Juvenal Griza, Franciele Kaezaia, Lucas Bruschi, Gustavo Bruschi, Cleimar Todeschini, Diva Branchi, Evandro Pian, Altemir Saibel, Loreno Peruffo, Alice Dall`Oglio, Luis Carlos Leal, Alberto Troian, Bernardete Toni, Vilson Fiorio, Viviane Ghelen, Paula Garnier, Fabio Lando, Tomás Rigon, Flávia Ferrari, Agenor Pertile, Patrícia Carvalho, Marlon Petroli, Valnil Borges Barreto Junior, Valdecir Dal Magro, Cenira Miolo, Inês Pompermayer, Sharmayne M. Steffenon, Otacílio Dallagnol, Luiz R. Gatto, Leopoldo Dendena, Lucindo T. Passaia, Selio de Paulo, Enio Antonio Ranzi, Valdir Dal’Magros, Cleusa da Silva, Volmir Grassi, Ana Carolina Rizzar do Conci, Matheus Bordignon, Maristela Salini Buckal, Lisander Somacal, Maristela Falini Buckel. Dia 08/03: Mario Mazzocato, Luiz Alberto Majola, Palmira F. Piovesana, Gilberto Torrezan, Pedronice Bremm Lunkeluches, Andre Lemos, Gilberto Torresan, Maria Ledi Schmitt, Ines T. Camerini, Teresa Tomasini, Olimpia Geggio, Cristiano Buttinger, Alan Salton, Tereza Predebon Todeschini, Júlio César Osmarin, Roberto A. Chaves, Eduardo Valduga, Anai de Mattos, Lurdes Faccin, Claudete Vignatti, Diego Marini, Silvana Viviane, Laci Maria Francio, Genir Casagrande, Neide Carlesso Romanini, Cristiane Bottin, Marta Gallon, Sérgio Fernando Seben, Lourdes Lucietto, Leticia Bergamin, Maximiliano Delazari, Maximino Delazari, Elaine Marinês Arsego, Ivan Cainelli, Edson Rosa, Airton José Tedesco, Gema Bertol, Clemar Piccini, Adelir Gregio, Valéria Cavalli, Paulo César Nascimen-

NASCIMENTOS to, Mário Mazzoccato, Adelina Zanette, Carlos Guadagnini, Lisete Custódio, Waldir José Signori, Laercio Spadari, Terezinha Rizzardo Casagrande, Lisete Toschi, Terezinha Nichetti Maciel, Valdir Favaretto, Lidia Pelizzari da Silva, Renato Mazzili, Adelino Roman, Mirena Sonza, Jussara Conci, Luiz Alberto Majola, Adriano Rossatto. Dia 09/03: Neli Gil, Nelson Foresti, Eduardo Severo do Nascimento, Gilberto Zanetti, José F. T. Thiz, Marlene Sperotto, Darci Antônio Echer, Loreno Falcade, Iara Sanches, Marcelo Gazzola, Jacinta Zanchettin, Marizete Casagrande, Zeny B. Odia, Alfeu Moreira do Prado, Maria Tereza Menoncin, Chaiane Vivian, Neusa Brandelli, Iberê Gomes de Freitas, Avelino Monteiro, Sérgio Bortolini, Marcelo Fornari, Delvira Rigon, Kaliandra Fracalossi, Rosane Galves, Ivo Jora, Nelson Zapalai, Diandra Gosteinski, Rui Zucchi, Elmira Bertuol, Hellen Rodrigues, Severino Viana, Renan Klein, Dulce Maria Turconi, Adriana Pompermayer Bellé, Paula Schenatto, Charles Pelicioli, Wanderley Garcia, Fernanda Aline Tesser, Maurício Bertolini, Ernesto Carpaneda, Egídio Telvi Marin, Artêmio Casagrande, Milton Chesini, Marino Mejolaro, Ezenir Antonio Fracalossi, Alvides Antonio Spoder, Mercilio P. Grando, Antônio Trentin. Dia 10/03: Jovana Almeida Fra, Raffhaela Basso, Gilson Barreto,Anete Maria Carraro Ranzi, Ana Maria Moraes Paese, Jovilde Cervieri, Luciana Casagrande, Armando Casagrande, Chirlei Rodrigues, Romildo Parisotto, Scheila Bast Schling, Ione Scalco, Iliane Scalco, Jeferson Luis Soares, João Lira, Rosmari Machado Carlesso, Geremias Lerin, Justina Rigoni, Ismael Lago, Ana Paula Pastorello, Tatiana Contini, Reinor Montagna, Marcos Henrique Brufatto, Atilio Salton, Silvana Emer, Celita Chesini Ferreira, Adilso Crespin, Gilei Favaretto, Dolmires Lunardi, Charles Pellicioli, Valdir Victório Valenti, Alcides Zanotto, Vilso José Frâncio, Rodrigo Sandrin, Viviane Rossatto, Manoel Carvalho, Cesar Anderle, Ida Dalla Coletta, Elidia Rossetti, Valdecir Pivotto, Adir Reginatto, Moacir Dall’Onder, Anete Ranzi, Sheila Stella, Pedro Zanchett, Alessandro Prado, Doraci Silveira, Marco Aurélio Ferrari, Vanessa dos Santos, Fausto Menoncim, Ana Maria F. Paese, Antônio Jair de Oliveira, Marciana Balbinot Gentilini, Domingos Fontanive. Dia 11/03: Nilze Michelin, Rosangela Fernandes, Willian Mecca, Nelci Debona,Generino da Campo, José Carlos Ceritti, Nelso Spolti, Marlene Bielski, Rosângela Fernandes, Jurema Almeida Martins, Eva Rodrigues, Otacílio Medeiros, Ivan Pietro Manara, Cristiane Longhi, Tiago Galves, Inelvo Carlos Kunzler, Angélica Dorneles, Janete Sebben, Mário de Oliveira, Giovani Zanotto, Iracema Zatt, Franciele Fontana, Maristela Bordignon, Sandro Scalon, Nachani Casparin, Ismael Gasparin, José Lovera, Jaqueline Luchese, Etila Toneser, Étila Rosângela Peres Toneser, Willian Amaral Mecca, Roni Severa, Guilherme Fontanari, Nilza Michelin, Lilian Gasparetto, Nadir Frizzo, Benito Maldotti, Zelfira Dal Sasso, Daniela Mosconi, Rosali Mosconi, José Nunes, Lindo Salini, Ademir Nichetti, Nelson Passarin, Maria de Lourdes Bassotto, João Bonalume, Jacob Armando Selbach, Darci Trevisol, Aldino Ferrari, Maria Lurdes Santarosa, Andressa de Oliveira, Liliam M. Ceriotti, Evandro Zatt, Adelino Beltrame, Maristela Z. Bordignon, Ciria Luize Rosolen.

No dia15.02 Luigi Bottin Facchin, filho de Fernando Facchin e Sheribel Bottin No dia 18.02 Giovanni Filho de Terciane Angela Luchese e Fábio Morandi; Ana Júlia Filha de Jaqueline O dos Santos e Rafael Cavalleri; Chistian Samuel Filho de Tatieli Medeiros de O Stormoscki e Evandro Stormoscki NO dia 19.02 Júnior Filho de Marli Miszevski e Cláudio Barreto No dia 20.02 Juliano filho de Tamiris de O Viana e Júlio César da Costa; Kimberly filha de Patrícia da Rosa Vidal e Jason Poloni Vidal; Lilian filha de Ana Paula Pfeifer Oliveira e Juarez Reis da C. Oliveira No dia 21.02 Naiely (F) filha de Sheila Andriele Vargas e Vander A Lisboa; Esther filho de Márcia Denise Fernandes e Adilson Silva da Rosa No dia 22.02 Eduarda filha de Ediane Nunes de Camargo Signori e Décio Signori; Milena filha de Elisete Pellicioli e Paulo Sérgio Francisquini Botelho; Caroline filha de Érica Felippi Chiella e Jonatan Justino Ribeiro. No dia 23.02 Nayara Filha de Nádia Eliane Zauza e Gerson Fraga da Mata Machado No dia 24.02 Eduarda filha de Inês Meassi Pilotti e Luiz Pilotti; Arthur filho de Gilceia Pimentel Barreto e Ricardo Hergotti May; Isadora Filha de Janice Binder e Luciano dos Santos

CadernoS BENTO GONÇALVES

RETRATO

SÁBADO, 5 DE MARÇO DE 2011

Por Franciéle Picinin Borges

Local e data de nascimento: 19 de fevereiro, em Santiago (RS).

Sociedade bento-gonçalvense: É uma sociedade de pessoas trabalhadoras, empreendedoras, com pensamentos positivos para o crescimento da cidade e do Estado.

Filiação: Bonifácio Pereira de Lima e Maria Atzler de Lima. Onde já trabalhou? Móveis Aldo Cine, LM Todeschini e Cia de Móveis Três S.

Turismo: É um dos potenciais de Bento Gonçalves em função das belezas naturais, da receptividade do povo, onde envolve vinho, uva, comércio e nosso interior.

Atividade profissional atual: Sindicalista e vereador. Por que escolheu trabalhar nesta área? Não foi realmente uma escolha, as coisas foram acontecendo ao natural na minha vida profissional.

Significado de família: Base de tudo. Filosofia de vida: trabalhar com dignidade e respeito.

O que esta experiência profissional tem agregado de valor a sua vida? Conhecimento, novas amizades, experiência profissional, de vida e política.

Prato preferido: Rabada. Bebida: Vinhos e espumante moscatel. Suas qualidades: generosidade.

Qual foi o momento mais marcante de sua trajetória profissional e por quê? Foram dois momentos: o primeiro, quando fui nomeado juiz classista pelo Tribunal Regional do Trabalho, para atuar na 1ª Vara Trabalhista em Bento Gonçalves, no ano de 1998; e o segundo, quando fui eleito vereador em 2008, o mais votado pelo PMDB. Eu jamais teria imaginado que conseguiria um espaço tão importante profissionalmente. Ser eleito vereador é um resultado da conduta pessoal, do trabalho e amizades. Bento Gonçalves? Cidade com um enorme potencial econômico na área industrial, de turismo e de agricultura. Bento vem crescendo e se tornando uma “marca”, além de ser um polo gerador de muitos empregos. Pontos fortes da cidade? Setor moveleiro, turismo, setor metalmecânico, suas belezas naturais, bem como, a uva e o vinho. E os fracos? As deficiências no trânsito. O que falta? Mão de obra, especialmente, a qualificada. Emprego em Bento: Bento é um polo forte na geração de emprego, pois temos vários setores da indústria, comércio e serviços – e, que hoje, estão com falta de mão de obra.

Seus defeitos: Um pouco teimoso. Em que outra profissão consegue se imaginar? Advocacia. Uma personalidade que admira e por quê? Luiz Felipe Scolari (Felipão), pelo seu caráter. Principal meta/desafio de vida: Continuar trabalhado e fazer muito mais pelos trabalhadores e pela comunidade. A vida é... boa para quem sabe viver.

José Elvio de Lima É na família que o vereador e sindicalista José Elvio Atzler de Lima tem sua base e alicerce

Bem mais precioso: família. O melhor da TV: programas educativos.

de bem viver. Com amor e paixão incondicional pelos filhos Jober (32) e Jonatan (22), é com

O pior da TV: Big Brother Brasil.

eles que divide afeto e cumplicidade. Dentre as várias ocupações de Elvio, reunir-se com

Nota 10: Minha equipe de trabalho.

seus irmãos e cunhados todos os domingos, é algo indispensável. “Nos reunimos todos os domingos, bem cedo, às 7h30min, para tomar chimarrão e conversar na casa do meu falecido pai, fizemos estes encontros há mais de 18 anos e, isso, eu não abro mão”, relatou. Honrando as tradições e o amor pelo chão onde nasceu, Elvio não deixa de lado o chimarrão, mas confessa que suas bebidas preferidas são os vinhos e o espumante moscatel. Gene-

Nota 0: Pessoas corruptas. Um sonho realizado: Crescimento profissional.

roso por natureza, bem humorado, considera-se uma pessoa alto astral, detesta mentiras e

Ídolo (s): Meus falecidos pais.

acredita que a sociedade de Bento Gonçalves tem grande potencial, com pessoas trabalha-

Estado civil: Viúvo.

doras e empreendedoras, que têm pensamentos positivos para o crescimento da cidade e do Estado. Continuar trabalhando e fazendo mais pelos trabalhadores e pela comunidade é a sua principal meta de vida.

Frase preferida: “Jamais despreze os outros quando estiver subindo, para não encontrá-los quando estiver descendo.”


05/03/2011 - JORNAL SEMANÁRIO