Issuu on Google+

Química na abordagem do cotidiano

Exercícios adicionais

Seu(sua) professor(a) indicará quais exercÍcios deste bloco você deve fazer.

29. (UFSC) Seja um elemento químico representado pela notação 16X. Com relação ao elemento dado, consulte a classificação periódica dos elementos químicos e assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). 01. Sabe-se que ocupa o terceiro período da classificação e seu nome é oxigênio.

33. (UFRRJ) As vitaminas A, C e E possuem propriedades

02. C onsiderando os elementos N, Se, F, é o Se o elemento que tem propriedades químicas mais semelhantes às de 16X. 04. S ua configuração eletrônica fundamental é 1s2 — 2s2 — 2p4. 08. É classificado como um metal alcalinoterroso. 16. Seu estado físico é gasoso. Responda com a soma dos itens corretos.

30. (Fuvest-SP) Um astronauta foi capturado por habitantes de um planeta hostil e aprisionado numa cela, sem seu capacete espacial. Logo começou a sentir falta de ar. Ao mesmo tempo, notou um painel como o da figura em que cada quadrado era uma tecla. Apertou duas delas, voltando a respirar bem. As teclas apertadas foram @

antioxidantes, por isso são importantes no combate aos radicais livres. A vitamina E, por exemplo, quando interage com selênio, origina uma potente ação inibidora desses radicais livres. Em relação ao selênio podemos afirmar que: a) se encontra no terceiro período da tabela periódica. b) possui quatro elétrons na camada mais externa. c) apresenta um acentuado caráter metálico. d) possui tendência de formar íons de carga positiva. e) apresenta seis elétrons na camada mais externa.

34. (PUC-SP) O fenômeno da supercondução de eletrici-

# % &

$

d) O zinco é um metal que, no estado fundamental, apresenta elétrons distribuídos em três camadas eletrônicas. e) O enxofre é um não metal, com seis elétrons na última camada.

*

dade, descoberto em 1911 por Kamerlingh Onnes, voltou a ser objeto da atenção do mundo científico com a constatação de Bednorz e Müller de que materiais cerâmicos podem exibir esse tipo de comportamento. Houve, em seguida, uma verdadeira avalanche de novas descobertas, criando a expectativa de sensacionais aplicações do fenômeno. Os físicos citados foram contemplados com o Prêmo Nobel de 1987. Um dos elementos químicos mais importantes na formulação da cerâmica supercondutora é o ítrio. Relativamente ao ítrio, pede-se: a) a estrutura eletrônica; b) sua classificação, tendo em conta a estrutura eletrônica.

35. (UFSCar-SP) Uma tecnologia promissora para aten-

a) @ e #

d) % e &

b) # e $

e) & e *

c) $ e %

31. (UCDB-MS) Um elemento que apresenta nos últimos subníveis a configuração 4s2 3d2 é um elemento: a) alcalino. d) calcogênio. b) de transição. e) gás nobre. c) alcalinoterroso.

32. (UFRGS-RS) Considerando a classificação periódica

dos elementos, a afirmação correta é: a) O manganês é um metal e seu número atômico é 54,9. b) O bromo é semimetal e pertence à família dos halogênios. c) O criptônio é um gás nobre e seu número atômico é 19.

der parte de nossas necessidades energéticas, sem a poluição gerada pela queima de combustíveis fósseis, envolve a transformação direta de parte da energia luminosa do Sol em energia elétrica. Nesse processo são utilizadas as chamadas células fotogalvânicas, que podem funcionar utilizando semicondutores extrínsecos de silício, constituídos por uma matriz de silício de alta pureza, na qual são introduzidos níveis controlados de impurezas. Essas impurezas são elementos químicos em cujas camadas de valência há um elétron a mais ou a menos, em relação à camada de valência do silício. Semicondutores do tipo n são produzidos quando o elemento utilizado como impureza tem cinco elétrons na camada de valência. Considerando os elementos B, P, Ga, Ge, As e In como possíveis impurezas para a obtenção de um semicondutor extrínseco de silício, poderão ser do tipo n apenas aqueles produzidos com a utilização de: a) B d) P e As b) Ge e) B, Ga e In c) Ga e Ge

Reprodução proibida. Art.184 do Código Penal e Lei 9.610 de 19 de fevereiro de 1998.

Química Geral e Inorgânica • Capítulo 7

+

98

088a105_Cap07_QVU_EM.indd 98

21/06/12 14:58


Química na Abordagem do Cotidiano