Issuu on Google+

É verão! Que tal fazer um sorvete natural delicioso?

25537 NA - JAN 2012

Nosso Amiguinho, a revista que ensina brincando

JAN 2012

E XEMPLAR A VULSO : R$ 10,10

Designer

Editor

C.Qualidade

Custo

Depto. Arte

25537 NA - JAN 2012

Nem tudo é o que parece.

Designer

Editor

A História de Moisés em quadrinho s

Moisés parecia ser apenas o fi lho mais novo família de escr de uma avos, mas Deus tinha grandes para sua vida. planos Por causa diss o, ele foi salvo quando ainda da morte era bebê, torn ou-se príncipe recebeu a mis do Eg ito, são de libertar o povo de Deus tornou um do e se s maiores líde res de todos os tempos.

C.Qualidade

Propaganda

Depto. Arte

0800-552616* | www. cpb.com.br | Lojas, pág. 39

*Segunda a quinta , das 8h às 20h / Sex ta, das 8h às 15h45 Domingo, das 8h30 às 14h

Sara Campos/ Foto: Shutterstok – Olga Sapegina

Você teria medo deste tigre?

e c i d ín 4 6

Clube do Cazuza

Estude Brincando Nosso dinheirinho

10

Página da Luísa

13

Bíblia em Quadrinhos

Uma ex bem leg periência al no Fe ir de ciênc a ias! pág. 15

Sorvete de iogurte e fruta Jacó fica rico

Pinte o 7 É verão! É fruta!

15

Feira de Ciências

25

Arco-íris sem chuva

17

Pesquisa

28

História Ano-novo, sorriso novo

30

Calendário: Que dia é hoje?

Bate-Papo

Não caia na rede

Nossa Língua

32

“Com unhas e dentes”

24

Mexa-se

Vamos brincar de pega-bandeira?

18 Datas Importantes 19 Recortar & Armar 23

Mis Amigos Sedes de los Juegos Olímpicos de Verano

26

Coopere você também!

Bom Sinal

Estou de férias!

Little Friend

Summer Olympic Games Host Cities

33 34

Sabino Responde Rimando

Bandeira branca

36

Pinte o 7

Pará

38

Para Pensar

Acredite! Designer

Editor

C.Qualidade Seribelli

14

dicas et s a t s rn E a inte a r a p +! Vc são d ler! sa preci 3O pág.

Gente, neste verão, nada como um bom sorvete para refrescar. Vocês não acham? pág. 1O

25537 NA - JAN 2012

8

Jornal do Clubinho

Depto. Arte

Ano 59  Número 7

Foto: Pedro Simao/SXC

Uma pintora da pesada

Janeiro de 2012

Karishma tem 13 anos e virou uma atração na Inglaterra depois que passou a pintar seus quadros.

Ela é uma elefanta e, segurando o pincel com a tromba, tem chamado a atenção no zoológico de

Música na sala de aula Foto: Pedro Simao/SXC

25537 NA - JAN 2012

Vulcões na foto

Whipsnade, em Bedfordshire, enquanto deixa suas telas cada vez mais coloridas.

Quantos vulcões ativos existem por aí? É difícil saber, mas Donna e Steve O’Meara já visitaram e fotografaram mais de 100 deles. O casal fundou uma organização chamada Volcano Watch International, que estuda os vulcões

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

4

ativos da Terra. Assim, eles alertam as pessoas sobre os perigos que os vulcões representam e o que elas podem fazer em caso de erupção. Confira as incríveis fotos de erupções e fontes de lava em http://volcanoheaven.tumblr.com

Segundo o Ministério da Educação (MEC), a música é matéria obrigatória nas escolas a partir deste ano. O que isso quer dizer? Quer dizer que agora, na aula de Artes, você também aprenderá música e irá encontrá-la em trabalhos de outras disciplinas. O Cazuza gostou da ideia. E você, o que achou?

In

Chimello

2

Fonte: Casa Publicadora Brasileira

PASSARINHA A história de um menino que testemunha o crescimento de um pequeno pássaro em uma árvore próxima a uma janela de sua casa. (Editora Peirópolis)

nez

Fonte: Communica Brasil

ALMANAQUE BÍBLICO

Foto: Pedro Simao/SXC

Repleto de atividades, este livro oferece às crianças diversão e entretenimento, enquanto conta lindas e inspiradoras histórias da Bíblia. (SBB) Fonte: Oficina da Palavra

Sojita Show tEXto: Marcelo Dias (mecdias@hotmail.com)

www.sojita.com.br No site www.sojita.com.br, você pode conhecer uma nova amiguinha, a Sojita. Aprenda sobre proteínas, água, soluço, chulé e outras coisas no Saiba+, clicando na seta da direita. Na seção das Estórias, basta você clicar num dos títulos e assistir à animação com as dicas da Sojita e seus Amiguitos. Uma das partes mais legais é a de jogos. O Inventando Moda é um dos jogos mais originais. A sua parte é ajudar a Sojita a se vestir para ir à escola. Quando terminar, clique na palavra “Pronto” para ver se você acertou. Para quem gosta de recortar e montar, a opção Imprima, Pinte e Monte é perfeita. Tem porta-trecos, relógio, máscara e carrinho. Ainda tem Jogo da Memória, Quem Bebe Mais, Tetris e Vamos Colorir. Se você gostar do site, mande um cartão da Sojita para um amigo com seu nome e uma mensagem, e ele também poderá brincar na internet.

“Um irmão pode não ser um amigo, mas um amigo será sempre um irmão.” (Benjamim Franklin)

25537 NA - JAN 2012

Um estranho aparece na vila e diz que sabe fazer a melhor sopa do mundo. Ele reúne a vizinhança e começa a preparar a deliciosa refeição. Não é que o cheiro é bom mesmo? Essa sopa tem um segredo. Qual será? (CPB)

Internauta Ilustração: Iluminura

Foto: Pedro Simao/SXC

SOPA DE QUÊ?!

,

-la as. ê,

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

5

JAN

2012

uza z a C Clube do

Brenda Lima Feira de Santana, BA

Clube do Cazuza

Brenno Nascimento Canavieiras, BA

Isaac Lucas e Júlia Maria Jabes Manassés Santos, SP Salgueiro, PE

Lincoln e Luan da Costa por e-mail

Luiza Viture por e-mail

Breno Garcia Chapecó, SC

Bruna Botelho Vila Velha, ES

João Paulo e Pedro Lucas Juliana Jaguaquara, BA Pau dos Ferros, RN

Maria Beatriz Almeida, Campina Grande, PB

Gustavo e Denise Sheidt Gravataí, RS

Larissa e Leonardo Sapiranga, RS

Maysa, Marlon, Pedro Henrique e Marta

o que é? o que é?

25537 NA - JAN 2012

1. O relógio cumprimentou a tora de madeira. Que horas são? 2. Por que a faxineira não luta caratê? 3. O que é usado como tempero, mas na verdade tem muito dinheiro? 4. Como se faz para transformar o suco em cobra? 5. Por que a cenoura tem ciúmes da cebola? 6. O que é que, quanto mais ruga tem, mais novo é? 7. O que é que são três, parecem dois, mas só se vê um? 8. Qual cidade espanhola tem um cômodo torto? 9. Qual é a diferença entre a fotografia e o sol? 10. O que é que todas as mães têm, sem ele não tem pão, some no inverno e reaparece no verão?

Designer

Editor

Chimello

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

6

Respostas na página 38

Leone Schmidt Dom Pedrito, RS

A

A

Pedro Henrique Hining Santo Ângelo, RS

s Este é o Victor Nagy Helou. Ele tem 5 anos e sempre gostou da Turma do Nosso Amiguinho. Por isso, quando teve oportunidade de encontrar a Turminha em uma de suas apresentações, não perdeu tempo; correu logo para perto da Luísa.

R R H So

agy nos e urma nho. eve ontrar a de , não u logo sa.

Vytor Ferrari Florianópolis, SC

Ana Carolina Sousa Gabriel Aguiar Pedro de Toledo, SP Paraíso do Tocantins, TO

Andrielly de Souza Pedro Osório Christofer Binder Dois Irmãos, RS Santana do Livramento, RS Corbélia, PR

Joana e Maria Lima Itabirito, MG

Gustavo Viegas Santa Bárbara, MG

Bryan Reichelt Joinville, SC

Ana Carolina e Ricardo, Araguaína, TO

Ana Carla Pucci Campo Belo do Sul, SC

Vanessa Thalia Thainara de Carvalho Jennifer Carvalho Espigão do Oeste, RO Inocência, MS Paraíso das Águas, MS

sorteados do mês

Carlos Eduardo Rodrigues, Venâncio Aires, RS; Dhierod Maicon da Silva, Espigão do Oeste, RO; Elnatan Melo, Caruaru, PE; Guilherme Duarte, São Paulo, SP; Leandra Trindade, São Sepé, RS; Marconi Linder da Silva, Alfredo Wagner, SC; Neusa da Costa, Pato Branco, PR; Pedro Henrique Charpinel, Vila Velha, ES; Renata Morais da Silva, Bombinhas, SC; Vanessa Thalia de Souza, Espigão do Oeste, RO; Suzana Willemann, Joinville, SC.

25537 NA - JAN 2012

ning S

Renan Ferrari Afonso Cláudio, ES

Sorteio “Turma do Noguinho”   : P       - – T, SP. N A, C P , CEP

Designer

Sorteio “Click da galera”     , P ,     ,    -, 

Editor

T        A  . A    N       .             

C.Qualidade

Depto. Arte

7

JAN

2012

Nome

Seção

25537 NA - JAN 2012

ho, çalves Coel Roberto Gon e de investimentos tEXto: Paulo o tiv ra inist diretor adm ra Cartoon Ilustração: Ilust

O que é o dinheiro?

Como e onde o dinheiro é fabricado? Quem não gostaria de ter uma árvore em que nasce dinheiro? Mas, como na vida real essa árvore não existe, o processo de fabricação do dinheiro depende de algumas etapas. Primeiro, o papel é fabricado pela empresa Papel Salto, que fica em Salto, interior de São Paulo. A empresa fabrica o papel com a marca d´água e o fio de segurança. Em seguida, essa primeira parte do dinheiro é enviada para a Casa da Moeda. A Casa da Moeda é quem faz a impressão nas notas com os valores de R$ 2,00; R$ 5,00; R$ 10,00; R$ 20,00; R$ 50,00 e R$ 100,00. Em 2000, o Brasil começou a utilizar cédulas de plástico como parte das comemorações dos 500 anos do descobrimento. E foi uma boa opção, pois a previsão é de que as notas de plástico durem quatro vezes mais que as de papel.

As moedas brasileiras A Casa da Moeda, que fica no Estado do Rio de Janeiro, também fabrica as moedas de 1 centavo, 5 centavos, 10 centavos, 25 centavos, 50 centavos e 1 Real. Nas moedas estão cunhadas (impressas) as imagens das seguintes personalidades:

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

8

Pedro A. Cabral

B

O dinheiro, como o conhecemos hoje, é apenas um papel ou uma moeda metálica com um valor impresso. Usamos o dinheiro para comprar, investir ou fazer pagamentos. No Brasil, ele é chamado de Real e é importante lembrar que ele só vale o valor que está escrito sobre ele.

Tiradentes

D. Pedro I

Respostas na página 38

ando c n i r B Estude

oisas Umas das c que podem mais legais uerer é a gente q acontecer o. conquistá-l e o lg a o it mu os edas, querem Muitas vez edo ou um um brinqu ecial, mas objeto esp vação os da apro dependem ir. ra consegu a p is a p s o d ce porque, Isso aconte prar remos com e u q o d n a qu amos de algo, precis que as, afinal, o M . o ir e h din é o? Onde ele é o dinheir a de que form fabricado e a impedir su é possível ? falsificação

Brincando, Brincando

m

o

o?

a 0; 00. de 00

as

25537 NA - JAN 2012

a

Respostas na página 38

ão

Fique esperto! Ninguém quer ser passado para trás e receber uma nota falsa, não é mesmo? Brincando, brincando, você pode aprender a diferenciar as caraterísticas de uma nota falsa de uma nota verdadeira e se tornar um monitor da boa nota, ou seja, uma pessoa que facilmente reconhece o dinheiro falso. Veja as notas ao lado e aponte as 7 diferenças entre elas.

A Casa d a Moeda também imprime dinheiro para alg uns países q ue não tê m como im primir.

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

Deodoro da Fonseca

Barão do Rio Branco

Efígie da República 9

JAN

2012

1

e t r u g o i e d e Sor vet e fruta

a toda se m que a Turm si as oi F ! ia Quer ia, delíc e de manga. et rv so Delícia, delíc eu m este “Pleno ois de provar ngua e disse: lí a u expressou dep lo ta es m essas o Sabino! Ele e aparecer co m dizer, menos a ar p o in ab esmo o S fácil de deleite!” Só m e, que é muito et rv so ao os , vam lorzinho palavras... Mas aproveitar o ca e od p ém b m ta ura em ser feito! Você tar essa gostos en im er p ex e da estação ga, pode iser com man u q ão n e S . sua casa ngelada tra polpa co ou er u q al u q usar ra para a gente comp e u q s sa es d – . preparar suco

25537 NA - JAN 2012

 3 potes de iogurte natural  200 ml de mel  4 folhas de hortelã  500 g de polpa congelada de manga (5 pacotinhos)  Folhas de hortelã para enfeitar

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

10

E nós também fizemos com morango. Hum!!!

Nã ap s u i n

3

ou Leve ao freezer e qu é congelador at endureça.

2

4

Coloque a massa a do sorvete em um vasilha baixa.

Sirva em taças de sobremesa, enfeitando as porções com folhas de hortelã.

Se você estiver no s Estados Unidos e quiser to mar um sorvetinho, deverá pedir um ice cream. Se es tiver em Portugal, peça um gelado; na Argentina, he lado; na Itália, gelato; na França, crême glacée; na Alemanha, eiscreme. E pode ter certeza, em qual quer um desses lugares, se rá uma deliciosa sobrem esa!

25537 NA - JAN 2012

1

mexer com Não é muito bom Então, para se cos. aparelhos elétri de ro, peça a ajuda gu sentir mais se o r te ba a casa para um adulto de su ga an hortelã e a m iogurte, o mel, a ve Esse processo de no liquidificador. , pulsando o os ser feito aos pouc aparelho.

Designer

ira de Oliveira tEXto: Sueli Ferre ribelli Ilustração luÍsa: Se ira Fotos: Daniel Olive

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

11

JAN

2012

Sara Campos/ Foto: Shutterstok – Lobke Peers

Crescer é f

ácil,

Devocional da

s Crianças

Crescendo com 366 mensagens ilu

Designer

Editor

Jesus

Inspiração Infa

stradas

ntojuvenil

Amigo é pra es

365 mensagens de

sas coisas

encorajamento e

valores

Propaganda

C.Qualidade

Depto. Arte

am!

Chegar

0800-552616* | www. cpb.com.br | Lojas, pág. 39

*Segunda a quinta , das 8h às 20h / Sex ta, das 8h às 15h45 Domingo, das 8h30 às 14h

Ilustração: Iluminura

25537 NA - JAN 2012

Mas ser grande é muito mais que ter tamanho!

m!

Ilustração: Iluminura

25537 NA - JAN 2012

,

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

13

JAN

2012

Sara Campos/ Foto: Shutterstok – Lobke Peers

te e S Pinte o

ÉPinte verão! É fruta! Sete

Ilustração: Ilustra Cartoon

o

No verão, parece que nos desgastamos mais. Isso acontece por várias razões, mas uma delas tem a ver com o calor, e, então, suor produzido. Ao perdermos um pouco mais de água, é necessário ingerir maior quantidade de líquido e de frutas para manter o corpo hidratado. Os amiguinhos, muito espertos, estão se divertindo à beça nestas férias. E sabe qual é o segredo de eles aproveitarem tanto? É simples: onde vão, não se esquecem de levar uma garrafinha de suco de fruta ou de água. De que frutas eles gostam mais? Preste atenção nas dicas abaixo e encontre nas figuras ao lado as frutas escolhidas para fazer os sucos.

O Cazuza disse que seu suco estava um pouco azedo.

Respostas na página 38

b p a o

A Gi prefere o suco de uma fruta bem pequena, que deixa os dedinhos roxos.

25537 NA - JAN 2012

O Quico gosta de um suco feito com uma fruta que só tem quatro letras e começa com M.

O Sabino reclamou porque esqueceu de colocar hortelã no suco.

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

14

A c

A Luísa escolheu uma fruta verde, rica em vitamina C.

O Noguinho está feliz porque seu suco, de uma fruta de apenas três letras, é muito fácil de encontrar.

A Turminha decidiu que, para ficar mais fácil, no próximo passeio farão um suco só, com uma fruta de que todos gostam e que tem mais de 90% de água. Qual será?

c n Q s q

Respostas na página 38

Arco-íris sem chuva

s

cia n ê i C Feira de

Feira deC iências

O que aparece depois de uma chuva, tem a forma de um arco e é bem colorido? Se você respondeu o arco-íris, acertou! Mas você já se perguntou como ele se forma? Por que não são todas as cores que aparecem e por que é visto depois da chuva? Que tal descobrirmos como o arco-íris se forma, e tentar fazer um? A luz do sol, também chamada de luz branca, é formada por componentes de luz de todas as cores. Quando um raio de luz penetra na água, sofre refração, ou seja, passa por um desvio no seu caminho. Quando isso acontece, cada cor que estava escondida na luz branca segue um caminho diferente, formando o arco-íris com as cores básicas que já conhecemos. Vamos tentar fazer um arco-íris, mesmo sem chuva?

 Espelho (desses pequenos com moldura alaranjada, encontrados em supermercados ou bazares)  Assadeira (bacia ou bandeja funda)  Água  Cartolina (para ser usada como aparato de observação do espectro)

25537 NA - JAN 2012

!

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

15

JAN

2012

1

Encha a assadeira com água.

2

3

Faça com que a luz do Sol reflita no espelho no interior da assadeira e atinja um aparato de preferência de cor clara (a cartolina).

4

25537 NA - JAN 2012

Coloque o espelho inclinado dentro dela.

A luz refletida é um espectro composto pelas cores do arco-íris. Parabéns! Você fez essas cores aparecerem mesmo sem chuva.

tEXto: Rérison Vasques, professor de física Ilustração: Iluminura

Só podemos perceber que cada objeto tem sua cor porque, quando a luz branca bate sobre ele, este reflete a cor que o pigmento consegue emitir. Um objeto de cor vermelha, por exemplo, apesar de estar recebendo todas as cores, só reflete a componente vermelha. Por isso, quando estamos expostos ao sol, vestindo camiseta branca, sentimos esquentar menos que com uma roupa escura: a roupa branca reflete todas as componentes coloridas da luz branca, enquanto a preta absorve todas elas.

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

16

a

is u q s e P

ê c t a o m v e b r é e p

Pesqui s

a

25537 NA - JAN 2012

Coo

m!

Todo ano, a Organização das Nações Unidos (ONU) escolhe um tema ou setor que deverá receber atenção internacional. E 2012 foi eleito o Ano Internacional das Cooperativas, com o lema: “Cooperativas constroem um mundo melhor.” Mas você sabe o que é uma cooperativa? Assim como nos associamos a um clube, por exemplo, nos associamos a uma cooperativa. A diferença é que quem se associa a uma cooperativa faz isso por um ideal, por uma razão econômica, cultural, educacional, etc. Há cooperativas que reúnem a disposição de associados e voluntários para realizar atividades sociais. As cooperativas buscam agir com responsabilidade, dividindo as tarefas de forma justa, para que todos se ajudem, pois seus fundadores estabelecem regras que incentivam a honestidade, a igualdade e a preocupação com o próximo. Esta é a primeira vez que o setor cooperativista ganha tanto destaque, já que a ONU está reconhecendo a importância das cooperativas para a construção de um mundo melhor. O diretor-geral da Aliança Cooperativa Internacional disse que, em 2012, o mundo se lembrará de que há várias formas de negociar e que, por isso, devemos aprender a trabalhar juntos. No Brasil, o presidente da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), Márcio Freitas, disse que 2012 será a grande oportunidade para as cooperativas mostrarem que podem ser ferramentas na redução da pobreza e da miséria. Para tanto, a OCB planeja trabalhar em parceria com o Governo Federal. As cooperativas têm ainda um aspecto de inclusão, pois suas portas se abrem a vários tipos de pessoas. Muitos jovens e mulheres encontram oportunidades de emprego nas cooperativas. E você, em que tipo de cooperativa gostaria de participar? Mesmo que não faça parte de uma, aproveite o ano de 2012 para fazer mais coisas com os amigos, com a família, ou seja um colaborador de seus vizinhos. Seja como for, coopere você também!

Designer

as s

Editor

C.Qualidade

tEXto: Ágatha Lemos Ilustração: Lívia Haydée

Depto. Arte

17

JAN

2012

1 – Dia Mundial da Paz Janeiro de 2012

antes t r o p Im Datas

DOM

1

Dia Mundial da Paz

2

Ilustração: Ilustra Cartoon

Datas I mporta ntes

SEG

Nasce o escritor Paulo Setúbal (1893)

3

TER

Dia do Juiz de Menores

4

QUA

Dia da Abreugrafia

5

QUI

6

SEX

Dia da Gratidão

7

SÁB

Dia do Leitor

Nasce Louis Braille (1809) Dia do Hemofílico

8

Dia Nacional da Fotografia Morre Galileu Galilei (1642)

15

Dia Mundial do Compositor

9

Dia do “Fico” (1822)

10

Dia do Astronauta

16

11

Nasce o poeta Oswald de Andrade (1890) Dia do Controle da Poluição por Agrotóxicos

17

Morre Tarsila do Amaral (1973)

18

Dia Internacional do Riso

25537 NA - JAN 2012

Dia da Imprensa Filatélica

Designer

Editor

C.Qualidade

22

D. João VI chega ao Brasil (1808)

23

Morre Salvador Dalí (1989)

24

Dia do Senado

Nasce o ex-presidente Jânio Quadros (1917)

Fundação de São Vicente, primeira vila do Brasil (1532)

29

Dia do Patrono da Imprensa e dos jornalistas Dia Mundial do Hanseniano

30

Morre Mahatma Ghandi (1948) Dia Nacional da História em Quadrinhos Dia da Não-violência

Depto. Arte

JAN

2012

18

25

Criação dos correios no Brasil (1663)

31

Nasce o compositor Franz Peter Schubert (1797) Dia Mundial da Solidariedade

12

Nasce Rubem Braga, cronista brasileiro (1913)

13

Criação do Museu Nacional de Belas Artes (1937)

Morre a médica Zilda Arns (2010)

19

Morre o Marechal Cândido Rondon (1958)

26

Inaugurada a Ponte da Amizade, que liga o Brasil ao Paraguai (1965)

14

Dia dos Enfermos Dia do Empresário de Contabilidade Morre o escritor Lewis Carrol (1898)

20

Dia do Farmacêutico

27

21

Dia Mundial da Religião

28

Dia do Orador

Dia dos Portuários

Fim da guerra do Vietnã (1973)

Dia do Comércio Exterior Morre Tomé de Souza, 1º Governador-Geral do Brasil (1579)

Will iam de M orae s FOTO:

Que dia é hoje?

23731 NA - JAN 2011

O ano-novo está aí, cheio de coisas para fazer e datas para comemorar. Mas você já parou para pensar por que os anos, os meses, as semanas, os dias e as horas são divididos da maneira como conhecemos? Uma vez, uma pessoa disse que o tempo é o jeitinho que a natureza arrumou para que as coisas não acontecessem todas de uma vez. Como seria sua vida se tudo acontecesse em um só dia? Com certeza, seria bem difícil, pois não daria tempo de fazer tudo em apenas 24 horas. Para ajudar as pessoas e tornar a sociedade mais organizada, o calendário foi criado. Dessa forma, é possível estabelecer metas de acordo com os períodos de tempo. Você deve ter muitos planos para este ano, não é mesmo? Então, aproveite para fazer seu calendário 2012! Ah! E não se esqueça de marcar os dias importantes da sua vida!

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

19

JAN

2012

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

RECORTAR & ARMAR – JANEIRO DE 2012

23731 NA - JAN 2011

S 2 9 16 23 30

T 3 10 17 24

Q 4 11 18 25

Abril

Q 5 12 19 26

S 6 13 20 27

S 7 14 21 28

S 4 11 18 25

Junho

S 2 9 16 23 30

S 3 10 17 24

D S T Q Q S S

D 1 8 15 22 29

Q 2 9 16 23

Fevereiro

D S T Q 1 5 6 7 8 12 13 14 15 19 20 21 22 26 27 28 29

Maio

S 3 10 17 24 31

S 7 14 21 28

D S T Q Q S S

Março

D S T Q Q 1 4 5 6 7 8 11 12 13 14 15 18 19 20 21 22 25 26 27 28 29

Q 4 11 18 25

Janeiro

T 3 10 17 24 31

S 6 13 20 27

S 2 9 16 23 30

Q 5 12 19 26

D 1 8 15 22 29

ILUSTRAÇÃO: Iluminura

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

23731 NA - JAN 2011

S 2 9 16 23 30

Q 3 10 17 24 31

Q 4 11 18 25

Q 5 12 19 26

Setembro

T 3 10 17 24 31

Julho

Q 2 9 16 23 30

S 6 13 20 27

S 4 11 18 25

S 7 14 21 28

S 5 12 19 26

D S T Q Q 1 4 5 6 7 8 11 12 13 14 15 18 19 20 21 22 25 26 27 28 29

Novembro

S 2 9 16 23 30

S 3 10 17 24

D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30

D 1 8 15 22 29

D S T 1 6 7 8 13 14 15 20 21 22 27 28 29

Maio

25 26 27 28 29 30 31

Junho

Q 3 10 17 24 31

Q 4 11 18 25

Dezembro

T 2 9 16 23 30

Outubro

Q 2 9 16 23 30

S 5 12 19 26

S 3 10 17 24 31

S 6 13 20 27

S 4 11 18 25

S 2 9 16 23 30

D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31

D S 1 7 8 14 15 21 22 28 29

D S T Q 1 5 6 7 8 12 13 14 15 19 20 21 22 26 27 28 29

Agosto

D S T Q Q S 1 3 4 5 6 7 8 10 11 12 13 14 15 17 18 19 20 21 22 24 25 26 27 28 29

29 30

23731 NA - JAN 2011 Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

22

unhas

“e dentes com

a

ngu í L a s Nos

Nossa

Língua

O latim era o idioma que os antigos romanos falavam, e ele deu origem a várias línguas atuais. Uma delas é a Língua Portuguesa. Há uma expressão em latim assim: unguibus et rostro, que significa “com unhas e bico”. Provavelmente vem das brigas de galo, que já existiam na Roma Antiga. E devia se referir à maneira como as pobres aves lutavam ou se defendiam, com bastante energia e empenho. Essa expressão passou para o nosso idioma e virou “com unhas e dentes”. Hoje, ela não é mais usada para brigas de galo (coisa que nem devia existir). Mas, quando alguém quer falar que uma pessoa agarrou uma oportunidade, não a deixou passar de maneira alguma, ou se esforçou para alcançar um objetivo, dizem que ela fez isso “com unhas e dentes”.

25537 NA - JAN 2012

TEXTO: Sueli Ferreira de Oliveira ILUSTRAÇÃO: Chimello

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

23

JAN

2012

Little

Friend

Little F riend

English

Summer Olympic Games Host Cities

écia nas, Gr te A 6 e 189 , Greec Athens Grecia , Atenas

1900 Paris, Fr ança Paris, France París, Francia

tados Unidos 1904 Saint Louis, Es St. Louis, United States idos San Luis, Estados Un

1906 Atenas, G récia Athens, Greece Atenas, Grecia

1916 r causa da I G uerra M cancelled be undial ca suspendidos use of World War I por la Primera Guerra Mundial

a rpia, Bélgic 1920 Antué Belgium Antwerp, élgica Amberes, B

cancelada po

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

ILUSTRAÇÃO: Lívia Haydée

25537 NA - JAN 2012

1908 Londres, Reino Unido London, United Kingdom Londres, Reino Unido

1924 Paris, Fran ça Paris, France París, Francia

1940 cancelad a por ca usa d Mundial a II Guerra cancelle d suspedid because of Wor os por la ld War II Segu Mundial nda Guerra JAN

2012

24

1912 Estocolmo, Suécia Stockholm, Sweden Estocolmo, Suecia

olanda 1928 Amsterdã, H lands er Amesterdam, Neth jos Ba s íse Ámsterdam, Pa

1944 da II por causa a d la e c n a c undial Guerra M ause of c e b cancelled War II World unda por la Seg s o id d n e susp undial Guerra M

1932 Los A ngeles, Los Angeles, Estados Unidos Los Ángeles, United States Estados Unid os

o s, Reino Unid 1948 Londre d Kingdom London, Unite o Unido Londres, Rein

1936 Berlim , Ale Berlin, Germ manha Berlín, Germ any ania

1952 Helsínque, Finlândia Helsinki, Finland Helsinki, Finlandia

1972

M

os g i m is A

Sedes de los Juegos Olímpicos de Verano

strália 1956 Melbourne, Au a ali str Au e, rn Melbou a ali str Au e, rn ou Melb

1960 Roma, Itália Rome, Italy Roma, Italia

1972 Mun ique, Ale Munich, W manha Ocidental es Múnich, R t Germany . F. Aleman a

al, Canadá 1976 Montre anada Montreal, C dá na Montreal, Ca

1980 Moscou, União Soviéti ca Moscow, Soviet Union Moscú, Unión Soviética

na, Espanha 1992 Barcelo Spain na Barcelo , aña Barcelona, Esp

1996 Atlanta, Estados Unidos Atlanta, United States Atlanta, Estados Unido s

1988 Seul, Co reia do Sul Seoul, South K ore Seúl, Corea de a l Sur

1964 Tóquio, Japã o Tokyo, Japan Tokio, Japón

Mis Am

igos

ico, México 1968 Cidade do Méx ico M Mexico City, ex éxico Ciudad de México, M

idos Estados Un , s le e g n A 198 4 Los eles, United States idos Los Ang Estados Un , s le e g n Á Los

ey, Austrália 2000 Sydn stralia Sydney, Au lia ra Sídney, Aust

25537 NA - JAN 2012

Españo l

Designer

récia 2004 Atenas, G e ec re G Athens, a ci re G s, Atena

2008 Pequim , China Beijing, China Pekín, R. P. Chi na

2012

Londres, Reino Unido m London, United Kingdo o nid U Londres, Reino

2016 Rio de Janeiro, Br asil Rio de Janeiro, Brazil Río de Janeiro, Brasil

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

25

JAN

2012

exa-se

M

Vamos brincar de pe Mexa-

se

ba-bandeira e m é conhecida como rou Esta brincadeira també buco. e ela surgiu em Pernam qu a dig em qu há e ira barra-bande ar. e seus amigos para brinc É muito divertida! Cham

1 O primeiro passo é reunir um bom número de crianças em uma área bem grande, onde se possa correr com segurança.

2 Depois, é preciso dividir as crianças em dois grupos iguais.

25537 NA - JAN 2012

deira, Com esta brinca faço exercícios, igos, conheço novos am égias desenvolvo estrat para alcançar a ais bandeira, fico m meus rápido, aumento em reflexos, trabalho s ai equipe e fico m so é observador. E is muito divertido!

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

26

TEXTO: Sueli ILUSTRAÇÃO: L

e pega-bandeira? TEXTO: Sueli Ferreira de Oliveira ILUSTRAÇÃO: Lobo

Qual é o objetivo desta brincadeira?

Regras e objetivos:

Participantes de cada grupo devem atravessar o campo adversário e tentar pegar a bandeira da parte oposta sem serem tocados por ninguém do outro time.

Quem for tocado deve ficar parado, como estátua. Apenas seus colegas de grupo poderão libertá-lo dessa situação. Para isso, terão que alcançá-lo e tocá-lo sem serem tocados por alguém do grupo adversário.

Caso a brincadeira tenha que ser interrompida antes de uma das bandeiras ser alcançada, o grupo vencedor será o que tiver mais participantes livres.

4 No fundo de cada parte deve ser fincada uma bandeira (ou um galho de árvore, um pedaço de madeira, um lenço; qualquer coisa que faça o papel de bandeira serve).

25537 NA - JAN 2012

ira e co.

O vencedor da brincadeira é o grupo que conseguir pegar primeiro a bandeira do grupo rival.

3

Designer

A área da brincadeira também deve ser dividida em duas partes, uma para cada grupo.

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

27

JAN

2012

ia r ó t s i H

A

Históri TEXTO: Denis Cruz ILUSTRAÇÃO: Ilustra Cartoon

a

no-novo, vida nova – diz a adolescente Mariana, esbanjando alegria enquanto abre a janela e deixa a primeira luz do novo ano iluminar todo o seu quarto. Ela respira aquele ar gostoso de verão e arruma rapidamente a cama. Desce as escadas, beija a avó no rosto e se senta à mesa para comer torrada com geleia de morango. – Você pode me levar, Patrick? – pergunta para o irmão mais velho. – Está tudo pronto? – Sim, está – diz Mariana ao chacoalhar afirmativamente a cabeça. – Algum bicho mordeu você hoje, Mariana? – questiona a mãe enquanto senta ao seu lado. – Passei pelo seu quarto e vi a cama arrumada. Fiquei surpresa, pois já estava cansada de pedir todos os dias que fizesse isso. – Ano-novo, vida nova, mãezinha! – a garota fala sorridente. – Agora vamos, Patrick, ou nos atrasaremos. Mariana pega uma caixa cheia de bugigangas e Pa-

25537 NA - JAN 2012

_

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

28

trick, um cesto com frutas e guloseimas. Eles vão para o carro e saem pelas ruas do bairro, parando na casa de dois grandes amigos: Paolo e Geisa. Depois, no caminho... – Eu trouxe as roupas e a maquiagem – diz Geisa. – E eu estou com os brinquedos – completa Paolo. – É aqui? – Patrick pergunta, estacionando o carro na frente de outra casa. Do portão da casa sai Tatiana, uma menina não muito popular na escola, mas que, apesar de tímida, é uma pessoa muito especial. Ela entra no carro, apertando-se no banco de trás entre os passageiros e as caixas e dando um “oi” envergonhado. Mariana, como de costume, logo puxa conversa, falando alto, gesticulando e contando sobre suas expectativas para aquele dia, até finalmente chegarem ao destino: uma casa que acolhe crianças e adolescentes. Patrick estaciona o carro e aguarda enquanto os quatro amigos descarregam as parafernálias. Como já estava tudo combinado com a diretora do abrigo, os jovens entram no

p ti b sa

se br ga la

d sa

te p

m to

o

ima se n-

aai-

ro do no

prédio, cumprimentam a recepcionista e vão até um quartinho para se arrumar. Ali, se pintam de alegria: narizes e bocas vermelhas, cabelos rosas e azuis, roupas coloridas e sapatos maiores que os pés. Eis o Quarteto Sorriso. Tatiana, a menor dos quatro palhaços, rapidamente se transforma. Faz caretas e muda a voz, ensaiando para brincar com as crianças da casa. E, nesse entusiasmo, chegam ao salão onde estão os menores abrigados. Com eles, lancham, brincam, gargalham e distribuem presentes. Mariana pega uma ou duas criancinhas no colo, dando-lhes abraços e beijinhos. Quando fica bem cansada, joga-se num sofá, ao lado de Patrick. – Ano-novo, vida nova? – o irmão pergunta, contente ao ver toda aquela alegria que os amigos estavam espalhando. – Vidas novas! – Mariana responde ofegante. – Como assim? – Não adiantaria nada eu mudar minha vida sem mudar a de outras pessoas – a menina esclarece. – Estou dando vida nova para a mamãe, pois ela vai recla-

mar menos de mim. Vida nova para a vovó, que às vezes só espera um gesto a mais de carinho e atenção de nossa parte. Vida nova para o Paolo e para a Geisa, que podem ter menos preconceito com os amigos excluídos de nosso grupo e que podem aprender a fazer mais por aqueles que estão perto de nós. Vida nova para a Tatiana, que sempre foi excluída por sua timidez; mas eu quero que ela sinta que é uma de nós. Vida nova para as crianças e adolescentes desta casa, pois de agora em diante estaremos sempre por aqui, com eles. – Entendi – diz o irmão. – Ah, e eu ia me esquecendo – Mariana dá um beijo no rosto de Patrick. – Vida nova para você, que vai levar o Quarteto Sorriso a um montão de lugares. – Está bem, mas com uma condição – o jovem fala, tirando o nariz de palhaço de Mariana e colocando em seu próprio nariz. – Só se mudarmos o nome do grupo para Quinteto Sorriso. Ano-novo, vida nova! – diz Patrick, ao se levantar e ir para o meio da criançada fazer palhaçada e semear alegria. 29

JAN

2012

25537 NA - JAN 2012

ra de

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

Não caia n

o

Bate-p

p a p e t Ba

apo

A internet é uma boa rede de informações, um bom recurso para estudar e se divertir, e até se relacionar com os amigos, mas tome cuidado para evitar armadilhas. Um clique mal dado pode trazer desagradáveis surpresas. Para navegar pela net de maneira mais segura, a Turma bateu um papo com o José Antonio Milagre, advogado e especialista em crimes digitais. Aqui, as respostas:

t

ying!

ll Fora, cyberbu

25537 NA - JAN 2012

NA: Quais são os principais cuidados que devemos ter ao navegar pela internet? José: A internet também trouxe parcela criminosa, que hoje consegue inúmeras informações das vítimas com uma facilidade incrível. Perdemos a noção de superexposição na internet. Não podemos colocar na internet o que não colocaríamos na calçada de casa. NA: Em um dos seus textos, lemos uma frase interessante: “Confie, mas confira.” Na internet, como a gente pode seguir esse conselho e checar se os sites são realmente seguros? José: Sim, podemos sempre checar se o site oferece um certificado digital, assinado e válido. Jamais devemos acessar sites de links ou e-mails, pois eles podem ser alterados e sermos enganados e acessar sites que falseam a identidade visual do verdadeiro site, fornecendo equivocadamente dados pessoais e bancários.

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

30

q h d d

é

ENTREVISTA: Sueli Ferreira de Oliveira FOTO: Cedida pelo entrevistado ILUSTRAÇÃO: Iluminura

ne mos inter Só quere segura!

m

NA: O que pode acontecer com quem espalha fofoca ou faz piadinhas com o nome e a imagem dos outros na internet? José: Devemos ter cuidado para não excedermos o direito de expressão. Piadinhas podem ser consideradas ofensivas ou discriminatórias, levando os autores a punição por crimes como calúnia, injúria ou difamação. Quem reencaminha também pode ser punido por potencializar a ofensa. NA: E se for menor de idade, como é punido? José: Os pais poderão ser responsabilizados por danos morais e materiais. Já tivemos casos em que os pais foram processados pela escola pois seus filhos criaram uma falsa comunidade do colégio na internet, e a usavam para ofender colegas. NA: As crianças estão aderindo cada vez mais às redes sociais. Ao menos elas são seguras? Por quê? José: Ninguém está seguro na internet. Redes sociais são grandes praças, sujeitas à atuação de pedófilos e pessoas mal-intencionadas. Os pais precisam marcar presença na internet e saber em que sites seus filhos navegam.

fr te p A d

p co

es in o lo

q

m am p

in n es d ri p si

a na rede

s

NA: Como normalmente age quem é mal-intencionado na internet? José: Normalmente criam perfis falsos e frequentam salas de bate-papo justamente para tentar “capturar” vítimas. Depois, as chamam para papos privados, para conseguir informações e fotos. Após isso, passam para a chantagem em troca da não divulgação das informações. NA: Que sinais podem ser detectados pelos pais que demonstrem que o filho possa estar correndo risco? José: Filhos que se expoem muito na internet estão em risco. Jovens com milhares de fotos na internet, ou que habilitam a câmera para todos ou mesmo que disponibilizam informações de localização em seus celulares podem ser presas fáceis. NA: Como nós, crianças, podemos detectar que estamos correndo risco? José: As abordagens na internet são muitas, mas a dica principal é: Cuidado com amizades virtuais! Não troque sua privacidade por nada e não marque encontros pela internet. NA: Qual é sua dica final e decisiva para nós? José: Cuidado com as más companhias na internet! Não coloque na internet o que não colocaria na calçada de casa. Não abra seu computador para estranhos. A internet é como a rua; não podemos deixar de sair às ruas, mas temos que saber de seus riscos e perigos. Outras dicas de cuidados na internet podem ser obtidas no Twitter @periciadigital ou no site www.legaltech.com.br.

25537 NA - JAN 2012

e

NA: É fácil achar um criminoso digital, mesmo que ele use nomes falsos ou lan houses? José: Sim, crimes digitais deixam mais rastros do que crimes físicos. Mesmo no caso de lan houses, hoje temos leis que obrigam as lan houses a preservar dados por 60 meses. Se a lan não preserva os dados de uso, pode ser responsabilizada na justiça.

Designer

Use a internet co m inteligência: só para trabalhos escola res e diversão saudáv el.

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

31

JAN

2012

Estou de férias!

al n i S Bom

Q c c B

Bom S

Libras =in Eualférias

EU:

Sã da B no co pe O m qu ta

Com a mão direita em “1” horizontal, a palma virada para a direita e o indicador apontando para trás, tocar o peito com a ponta do indicador.

FÉRIAS:

25537 NA - JAN 2012

ILUSTRAÇÃO: Chimello

Mantenha a mão esquerda em “S” horizontal, a palma virada para baixo, apontando para o lado direito. Com a mão direita, faça um “F” horizontal, deixando a palma virada para a esquerda e toque o dorso da mão esquerda. Mova a mão direita em círculos horizontais. TEXTO: Joice Alves, deficiente auditiva oralizada, certificada pelo PROLIBRAS/MEC para o ensino da Língua de Sinais ILUSTRAÇÃO: Chimello

Designer

a

b

c

d

e

f

g

h

i

j

k

l

m

n

o

p

q

s

t

u

v

w

x

y

z

Editor

r

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

32

Qual é a corrida mais conhecida do Brasil?

Não faz muito tempo. Em 2010, Marílson Gomes dos Santos foi o ganhador da prova, conquistando o primeiro lugar pela terceira vez e se tornando o brasileiro com mais vitórias na São Silvestre. Suas outras duas conquistas aconteceram em 2003 e 2005. Em 2006, outro brasileiro – Franck Caldeira – também venceu a corrida. No entanto, nos anos de 2007, 2008 e 2009, a primeira colocação foi para os quenianos. O Brasil já tem 11 títulos da São Silvestre enquanto o Quênia tem 12.

Corrida de São Silvestre?

O mais legal do evento é que uma pessoa comum também pode se inscrever, desde que coloque seu nome na categoria correta. Até mesmo pessoas portadoras de deficiências físicas participam. Mas o atleta profissional corre na esperança de alcançar o primeiro lugar, e, quando isso acontece, ele, além de ver seu nome sendo divulgado em sites, jornais, revistas e programas de TV, recebe uma boa quantia em dinheiro como premiação.

25537 NA - JAN 2012

ILUSTRAÇÃO: Chimello

A Corrida Internacional de São Silvestre é a mais famosa das corridas promovidas no Brasil. Ela acontece sempre no último dia do ano e conta com a presença de milhares de pessoas na cidade de São Paulo. O dia 31 de dezembro já ficou marcado por essa atividade que, a cada ano, revela novos talentos do Brasil e do mundo.

Qual foi a última ponde Sabino s e Respon R vez em que Sum de abino brasileiro ganhou Quem pode a corrida? participar da

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

33

JAN

2012

o

25537 NA - JAN 2012

d Riman

Designer

Bandeira b Riman

do

Quando entro pra jogar, Não dá sempre pra ganhar. Tanto fez, tanto faz. Já sei competir em paz!

E se peço alguma coisa, Que meus pais não podem dar. Tanto fez, tanto faz. Bem mais vale um lar em paz!

V P T E

Ao correr na minha rua, Posso sim me machucar. Tanto fez, tanto faz. Como é bom brincar em paz!

Se um amigo me magoa, Ou se vai falando mal. Tanto fez, tanto faz. O perdão renova a paz!

M “ T M

Mesmo se estou atrasado, Na avenida não me apresso. Tanto fez, tanto faz. Quero um trânsito em paz!

Vejo, às vezes, a maldade, Avançando sem parar. Tanto fez, tanto faz. Decidi amar em paz!

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

34

TEX ILU

25537 NA - JAN 2012

a branca

Violência e conflito, Podem muito atrapalhar, Tanto fez, tanto faz. Eu escolho a vida em paz! Meu aviso é sempre o mesmo: “Nem venha me provocar.” Tanto fez, tanto faz. Minha bandeira é da paz!

Designer

Editor

TEXTO: Ágatha Lemos ILUSTRAÇÃO: Marta Irokawa

C.Qualidade

Depto. Arte

35

JAN

2012

te e S Pinte

Pinte o

o

38 gina na pá s ta s o Resp

1

A Turma quase se perdeu no Pará, o segundo maior Estado do Brasil. Fique coladinho neles e embarque nestas divertidas atividades.

Sete

2

Estas 7 cumbucas de cerâmica marajoara parecem idênticas, mas, se você prestar atenção, vai encontrar duas peças diferentes. Quer tentar?

O primo do Noguinho foi surfar em São Domingo do Capim, onde acontece o encontro do Rio Amazonas e do Oceano Atlântico. Com as dicas abaixo, será que você consegue descobrir quem é?

ILUSTRAÇÃO: Ilustra Cartoon

 O primo do Noguinho não é ruivo.  Ele está de óculos de sol.  Sua prancha é vermelha.

A B

25537 NA - JAN 2012

B

C

C

D

E

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

F 36

G

18 ÷ 3 =

5

A

D

3

O encontro do rio com o mar é chamado de Pororoca.

3

rque ades.

o r e

18 ÷ 3 =

5

11 + 9 =

27 - 16 =

30 - 24 =

9÷3=

3x5=

11 x 3 =

4

p u a b u b a b c i a p t á r x r i c í b ç u a au b u á c u e a aç i e t a

21 - 15 =

A Gi e o Cazuza se divertiram com o comércio do famoso Mercado Ver-o-Peso, construído no século XIX, no porto de Belém, a capital do Pará. Nesta confusão, localize as figuras do quadro em destaque.

25537 NA - JAN 2012

rdeu or

Depois de fazer todas as contas M–3 propostas pelo Sabino, troque os resultados pelas letras correspondentes R – 33 e encontre o nome da maior cidade em L – 20 A–6 extensão do Pará. I – 15 T – 11

Nestas letras embaralhadas, estão os nomes de 7 frutas deliciosas, típicas do Pará. Ajude o Quico a encontrá-los:

Designer

Capital Belém

Editor

População total 7,3 milhões Clima Equatorial 37

C.Qualidade

Depto. Arte

JAN

2012

sar n e P Para

Para Pe n

sar

Acredite!

– Eu só acredito vendo! – disse Tomás. – É verdade. Eu vi mesmo uma lagartixa sem rabo – insistiu Alex. O papai chegou bem naquela hora à mesa do jantar, teve tempo de ouvir o finzinho da conversa e interferiu: – Só porque você nunca viu algo, não quer dizer que não exista de verdade. – Eu sei – defendeu-se Tomás. – Eu não vejo o vento, mas sei que ele está ali. Não vejo a eletricidade, mas sei que ela existe. Agora, lagartixa sem rabo? Duvido que exista. – Pois você está enganado – garantiu o pai. – A lagartixa tem um sistema de defesa interessante. Se ela se sentir ameaçada, foge. Mas, se o rabo for um obstáculo para essa fuga rápida, ela simplesmente o deixa para trás. Mais tarde, um novo rabo crescerá no mesmo lugar. – É sério? – perguntou Tomás. – Sim! – Eu não sabia disso – respondeu o garoto. – Agora você acredita? – desafiou Alex. – Bem, eu nunca vi... Mas acredito – rendeu-se o irmão. Muitas pessoas só acreditam naquilo que podem ver. Você também é assim? Tome cuidado, porque, mesmo não podendo ver Deus, precisamos acreditar nEle. Você tem muitas provas de que Ele é real. Tente se lembrar de algumas. JAN

25537 NA - JAN 2012

2012

Designer

Editor

C.Qualidade

Depto. Arte

TEXTO: Sueli Ferreira de Oliveira ILUSTRAÇÃO: Ilustra Cartoon

38

Respostas PÁGINA 6 1. “Oi, tora!”; 2. Porque ela já luta ca-poeira. 3. Manje-ricão. 4. Basta fazer cócegas que o suco-ri. 5. Porque ninguém chora por ela. 6. Pneu. 7. Grávida de gêmeos; 8. Salamanca; 9. A fotografia se tira e o sol se põe; 10. O til.

PÁGINA 9

PÁGINA 14 Quico = maçã Cazuza = laranja Gi = amora Sabino = abacaxi Luísa = limão Noguinho = uva Fruta para o próximo passeio = melancia

PÁGINAS 36 E 37 1. C e F 2. D 3. Altamira 4. De cima para baixo: bacaba taperebá cupuaçu butiá uxi açaí bacuri

5.

NOSSO AMIGUINHO A revista que ensina brincando Publicação Mensal – Ano 59 – NO 7 – Janeiro de 2012 Editora: Sueli Ferreira de Oliveira Editora associada: Ágatha Lemos Projeto gráfico e direção de arte: Flávio Oak Ilustração de capa: Andrei Vieira Orientadora pedagógica: Carmen de Souza

NOV 2011

A Turma assiste à Sinfonia das

Águas em solo mineiro

Assine

Ligue (15) 3205-8883, com Lorraine Moura / e-mail: marketing@cpb.com.br Visite o nosso site: www.cpb.com.br ou o site da turminha www.nossoamiguinho.com.br E-mail: n-amiguinho@cpb.com.br A editora só se responsabiliza pelas assinaturas angariadas por representantes do SELS – Serviço Educacional Lar e Saúde.

que ensina brincando

Ano

mero

B Nú

mbro

Nove

5

www.cpb.com.br

PARA ANUNCIAR

hoje para seu

Nosso Amiguinho, a revista

Segunda a quinta, das 8h às 20h Sexta, das 7h30 às 15h45 / Domingo, das 8h30 às 14h Site: www.cpb.com.br E-mail: sac@cpb.com.br Redação: n-amiguinho@cpb.com.br

Sara Campos / Ilustração: Andrei

SERVIÇO DE ATENDIMENTO AO CLIENTE LIGUE GRÁTIS: 0800 552616

filho

11

de 20

Exemplar avulso: R$ 10,10 Assinaturas: 1 Ano: 121,20 – 2 Anos: 231,10 – 3 Anos: 329,80 – 4 Anos: 417,20 – 5 Anos: 493,40. Nosso Amiguinho: Marca Registrada no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, do Ministério da Indústria e do Comércio. Todos os direitos reservados. Não é permitida a reprodução total ou parcial de matérias deste periódico sem autorização por escrito dos editores.

Tiragem desta edição: 98.000 – 5822/25537 – ISSN 1413-0890

A

revista Nosso A miguinho é publicada men salmente há m ais de 55 anos. Tant o ela quanto a revista Nosso A miguinho Jr. co ntribuem para a formação do caráter e pa ra o desenvolvimen to cultural, físic o e social das crianç as. Possuem hi stórias, curiosidades, pa ssatempos, brin quedos para recortar e montar e muito mais.

Diretor-Geral: José Carlos de Lima Diretor Financeiro: Edson Erthal de Medeiros Redator-Chefe: Rubens S. Lessa Gerente de Produção: Reisner Martins Gerente de Vendas: João Vicente Pereyra Chefe de Expedição: Eduardo G. da Luz Chefe de Arte: Marcelo de Souza

LOJAS DA CASA

SÃO PAULO (Moema): Avenida Juriti, 573 – Moema - 04520-001 - São Paulo, SP - Fones: (11) 50511544/5051-2806 - Fax: (11) 5051-8703. (Praça da Sé): Praça da Sé, 28 - A1, Sala 13 - Centro - 01001-000 - São Paulo, SP - Fones: (11) 3105-5852/3106-2659. (UNASP-C2): Rodovia SP-332 - km 106 - Fazenda Lagoa Bonita 13165-000 - Engenheiro Coelho, SP - Fones: (19) 3858-9036/3858-1398. RIO DE JANEIRO: Rua Conde do Bonfim, 80 - Loja A – Tijuca - 20520-053 - Rio de Janeiro, RJ - Fones: (21) 3872-7375/3872-2856. BRASÍLIA: SD/Sul, Bloco Q, Loja 54, Térreo - Edifício Venâncio IV - Asa Sul - 70393-900 - Brasília, DF Fone: (61) 3321-2021/3321-2778. CURITIBA: Rua Visconde do Rio Branco, 1.335 - Loja 1 – Centro - 80420210 - Curitiba, PR - Fone: (41) 3323-9023. GOIÂNIA: Av. Goiás, 1.013 - Loja 1 – Centro - 74010-010 - Goiânia, GO - Fone: (62) 3229-3830. CAMPO GRANDE: Rua quinze de Novembro, 575 - Salas 2 e 3 - Centro - 79002140 - Campo Grande, MS - Fones: (67) 3321-9463/3321-3329. FORTALEZA: Rua Pedro I, 1.120 – Centro - 60035-101 - Fortaleza, CE - Fone: (85) 3252-5779. SALVADOR: Avenida Joana Angélica, 747 – Sala 401 - Bairro Nazaré - 40050-000 - Salvador – BA - Fone: (71) 3322-0543.

NOSSOS DISTRIBUIDORES

ALAGOAS E SERGIPE: R. Jorge Pereira Porto, 200 – Salgado Filho – 49020-140 – Aracaju, SE – Fone: (79) 2107-7100 – Fax: (79) 2107-7129. AMAZONAS: (Central Amazonas – ACEAM) R. Prof. Marciano Armond, 446 – Adrianópolis – 69057-030 – Manaus, AM – Fone/Fax: (92) 2125-6934 e 0800-7266909. AMAZONAS E RORAIMA: (Amazonas e Roraima – AAMAR) Av. Max Teixeira 3.301 – anexo A – Cidade Nova – 69093-770 – Manaus, AM – Fone: (92) 2127-1500 – Fax: (92) 2127-1543. BAHIA: R. Prof. Hugo Baltazar da Silveira, 28 – Jardim Baiano – 40050-310 – Salvador, BA – Fone: (71) 3322-6888 – Fax: (71) 3322-6889. (Região Sul): R. Jaime Pacheco Machado,155 – Campo Grande – 29143-522 – Cariacica, ES – Fone: (27) 3089-3129. (Região Central): R. Presidente Lincoln, 178 – Pilão – 44075-310 – Feira de Santana, BA – Fone: (75) 21011138 – Fax: (75) 2101-1104. (Região Sudoeste): Praça Guadalajara 2 – Recreio – 45015-903 – Vitória da Conquista, BA – Fone: (77) 3201-3303. CEARÁ E PIAUÍ: R. Dom Joaquim de Melo, 559 – Rodolfo Teófilo – 60430-660 – Fortaleza, CE – Fone: (85) 3304-0629. DISTRITO FEDERAL: EQRSW 7/8 – Lote 02 – Setor Sudoeste – 70675-760 – Cruzeiro, DF – Fone/Fax: (61) 3343-5349. ESPÍRITO SANTO: Av. Carlos Moreira Lima, 1.110 – Bento Ferreira – 29050-650 – Vitória, ES – Fone: (27) 2104-8522 – Fax: (27) 3233-6483. (Região Sul): R. Jaime Pacheco Machado,155 – Campo Grande – 29143-522 – Cariacica, ES – Fone: (27) 3089-3129. GOIÁS: Av. Caiapó, 800 – Setor Santa Genoveva – 74672-400 – Goiânia, GO – Fone: (62) 40127777 – Fax: (62) 4012-7778. MARANHÃO: Av. Daniel de La Touche, 53 – Maranhão Novo – 65061-020 – São Luís, MA – Fones: (98) 4009-4949/4009-4920 – Fax: (98) 4009-4956. (Região Sul): Av. Bernardo Sayão, 1.300 – Jardim Três Poderes – 65903-250 – Imperatriz, MA – Fone: (99) 3529-9900. MATO GROSSO DO SUL: R. Amando de Oliveira, 147 – Amambaí – 79005-370 – Campo Grande, MS – Fone: (67) 3384-6403 – Fax: (67) 3324-8577. MATO GROSSO: Av. São Sebastião, 3.682 – Santa Helena – 78045-002 – Cuiabá, MT – Fone: (65) 3315-3310 – Fax: (65) 3315-3346 e 0800-6474848. MINAS GERAIS: (Região Central): Av. Portugal, 931 – Bairro Jardim Atlântico – 31550-000 – Belo Horizonte, MG – Fone: (31) 2121-6900 – Fax: (31) 2121-6941. (Região Sul): R. Barão de Cataguases, 121 – Santa Helena – 36015-370 – Juiz de Fora, MG – Fone: (32) 3313-4608 – Fax: (32) 3313-4633. (Região Leste): R. Afonso Pena, 3.402 – Centro – 35010-001 – Governador Valadares, MG – Fone/Fax: (33) 3272-7000. PARANÁ: (Curitiba): Av. Senador Salgado Filho, 5280 – Uberaba – 8158-000 – Curitiba, PR – Fone: (41) 3331-5637 – Fax: (41) 3331-5602. (Região Norte): Av. Carlos Corrêa Borges, 1.336 – Jardim Iguaçu – 87060-000 – Maringá, PR – Fone: (44) 3220-7777. PARÁ E AMAPÁ: Rod. BR-316 km 11 – 3.528 – Marituba – 67200-000 – Belém, PA – Fone: (91) 3323-3019 – Fax: (91) 3255-4043. (Região Sul): Folha 31 – Quadra 00 – Lote 1-A – Nova Marabá – 68507-610 – Marabá, PA – Fone: (94) 2101-2819 – Fax: (94) 3322-1758. (Região Oeste): Av. Mararu, 584 - Anexo A – Diamantino – 68020-000 – Santarém, PA – Fone: (93) 3524-6190. PERNAMBUCO: Estrada de Belém, 885 – Campo Grande – 52040000 – Recife, PE – Fone: (81) 2125-2400 – Fax: (81) 2125-2401. (Pernambucana Central) R. Varsóvia S/N – Quadra 34 – Loteamento Jd. Europa – Universitário – 55016-417 – Caruaru, PE – Fone: (81) 2103-6800. RIO GRANDE DO NORTE: R. Aníbal Correia, 1.957 – Candelária II – 59064-340 – Natal, RN – Fone: (84) 3206-3554 – Fax: (84) 4006-1864. RIO GRANDE DO SUL: Av. Caí, 82 – Cristal – 90810-120 – Porto Alegre, RS – Fone: (51) 3245-7000 – Fax: (51) 3245-7079. (Região Oeste): R. Barão do Rio Branco, 489 – Centro – 98700-000 – Ijuí, RS – Fone/Fax: (55) 3331-7800. (Região Norte): Av. João Wallig, 596 – sala 4 – Passo D’Areia – 91340-000 – Porto Alegre, RS – Fone: (51) 3375-1600. RIO DE JANEIRO: R. do Matoso, 97 – Praça da Bandeira – 20270-130 – Rio de Janeiro, RJ – Fone: (21) 2131-7890 – Fax: (21) 2502-3782. (Região Sul): R. Sacramento Blacke, 325 – Campo Grande – 23052-160 – Rio de Janeiro, RJ – Fone: (21) 2199-3541 – Fax: (21) 2199-3548. (Rio Fluminense): R. Desembargador Ferreira Pinto, 721 – Centro – 24800-000 – Itaboraí, RJ. Fone: (21) 2645-9100 – Fax: (21) 2639-0714. RONDÔNIA E ACRE: R. José Vieira Caúla, 4.005 – Agenor Martins de Carvalho – 78909-490 – Porto Velho, RO – Fone: (69) 2181-1930 – Fax: (69) 3221-3526. (Região Sul): Av. Ji-Paraná, 855 – Urupá – 76900-285 – Ji-Paraná, RO – Fone: (69) 3411-8000. SANTA CATARINA: R. Gisela, 900 – Barreiros – 88110-110 – São José, SC – Fone/Fax: (48) 3281-3068. SÃO PAULO: (Paulistana): R. Gabrielle D’Annunzio, 246 – Campo Belo – 04619-000 – São Paulo, SP – Fone: (11) 5538-0912 – Fax: (11) 3545-0832. (Região Sul): R. Paulino Vital de Morais, 307 – Parque Maria Helena – 05855-000 – São Paulo, SP – Fones: (11) 2128-1000/2128-1103 – Fax: (11) 2128-1012. (Região Central): R. Júlio Ribeiro, 188 – Bonfim – 13070-742 – Campinas, SP – Fone: (19) 2117-2900 – Fax: (19) 2117-2989. (Região Oeste): R. Abdo Muanis, 1.000 – Nova Redentora – 15090-140 – São José do Rio Preto, SP – Fone: (17) 3016-3219 – Fax: (17) 3016-3201. (Região Leste): R. Gil de Oliveira, 153 – Vila Matilde – 03509-020 – São Paulo, SP – Fone/Fax: (11) 2651-9244. (Região Vale): Av. Barão do Rio Branco, 980 – Jardim Esplanada – 12242-800 – São José dos Campos, SP – Fones: (12) 4009-9124 – Fax: (12) 4009-9138. (Região Sudoeste): R. Emygdia Campolim, 92 – Campolim – 18047-626 – Sorocaba, SP – Fone: (15) 3388-9600. TOCANTINS: Quadra 106 Sul Alameda 28 Lote 6 – Centro – 77020-090 – Palmas, TO – Fone: (63) 3219-8800.

A revista Nosso Amiguinho é para crianças acima de 6 anos. A revista Nosso Amiguinho Jr. é para crianças entre 3 e 6 anos.

para: upom 270-970 c e t s e 8 Envie SP – CEP 1 tuí, 6 a 1 T 6 – 2 55 CP 34 0800-

Preencha o cupom para receber mais informações sobre estas revistas:

25537 NA - JAN 2012

CASA PUBLICADORA BRASILEIRA Editora de Livros e Revistas Rodovia Estadual SP 127, km 106 – Caixa Postal 34; CEP 18270-970 – Tatuí, SP – Fone (15) 3205-8800 – Fax (15) 3205-8900

Designer

NOME: ENDEREÇO RES.: BAIRRO: CEP:

Editor

TELEFONE RES.: Nº/COMP.: CIDADE:

Propagandas

ESTADO:

CELULAR:

E-MAIL:

Custo

ENDEREÇO COMERCIAL: TELEFONE COM.:

DATA:

/

/

ASSINATURA:

C.Qualidade

Depto. Arte

Sara Campos/ Ilustração: Andrei Vieira

25537 NA - JAN 2012

í a vem

tas

e

ed do d

Designer

Editor

C.Qualidade

Propaganda

Depto. Arte

ber o c s

un

m um

pra você


Revista Nosso Amiguinho